Você está na página 1de 2

Professor(a): Vinicius Zanardi

1) Leia: “Lembre-se: comer de menos faz mal da 3) Assinale a alternativa que contém a frase do texto I
mesma forma que comer demais.”. Dentre as que diz de outro modo a mesma mensagem do terceiro
alternativas a seguir, apenas uma NÃO expressa a quadrinho do texto II.
mesma ideia da locução conjuntiva que relaciona a) “Recentemente, dei uma entrevista em que me
orações no trecho acima. Assinale-a. perguntaram sobre os limites do humor.”
a) “Como você já descobriu, precisamos comer para b) “Mas aí não estamos falando de humor. O nome
manter o corpo em equilíbrio.” disso é bullying.”
b) “Assim como as máquinas precisam de combustível c) “É importante deixar claro que eu disse sim essa
para funcionar, o organismo necessita de alimentos para frase pavorosa.”
produzir energia e movimento.” d) “Sou a favor de se fazer piada da intolerância em si.”
c) “Somos mais que um conjunto de órgãos 4) O termo “Então”, no terceiro quadrinho do texto II,
funcionando.” pode ser substituído, sem prejuízo de seu sentido
d) “Quem passa muito tempo sentado à frente do original, por
computador, televisão ou videogame, por exemplo, tem a) portanto.
necessidade menor de energia do que quem pratica b) porque.
esportes, joga bola ou brinca de pique.” c) pois.
2) Os advérbios em português servem para traduzir d) mas.
variadas circunstâncias, mas também, em alguns 5) Releia o seguinte trecho destacado do texto III:
contextos, como nos textos argumentativos, são usados “Segundo ele, os comediantes consideraram esse
para expressar um ponto de vista defendido pelo humor fácil, pois muitas vezes se limitava a imitar
produtor do texto. Esse segundo uso do advérbio essas pessoas.” Assinale a alternativa que apresenta a
aparece em: forma correspondente da oração sublinhada na voz
a) “Não sou a favor de fazer graça de quem já tem que passiva.
lidar diariamente com a intolerância (...)” a) Esse humor fácil foi considerado pelos comediantes.
b) “Recentemente, dei uma entrevista em que me b) Esse humor é considerado fácil pelos comediantes.
perguntaram sobre os limites do humor.” c) Considerou-se esse humor fácil pelos comediantes.
c) “Não existe nada mais fácil do que sacanear quem já d) Esse humor foi considerado fácil pelos comediantes.
é frequentemente sacaneado.” 6) Em português, o verbo “ser” pode formar predicados
d) “Mas fingir que o preconceito não existe é nominais, qualificando o sujeito, ou predicados verbais.
infinitamente pior. Assinale a opção em que o verbo “ser” forma um
predicado verbal:
a) “é bem perto de Oswaldo Cruz.”
b) “é eterno no meu coração.”
c) “é difícil esquecer.”
d) “é doce dizer.”
7) Releia os seguintes versos destacados do texto II:
“ A gente sempre deve sair à rua como quem foge de

MATEMÁTICA www.colegioecursozerohum.com.br Página 1


Professor(a): Vinicius Zanardi

casa/ Como se estivessem abertos diante de nós todos 11) No verso “Como chave desse mal” (estrofe VIII), a
os caminhos do mundo”. palavra “chave” foi empregada de modo figurado.
A conjunção sublinhada nos dois versos estabelece uma Comando: Assinale a alternativa que apresenta a figura
relação de sentido de: de linguagem em questão.
a) causa. a) Antítese.
b) conformidade. b) Hipérbole.
c) comparação. c) Metáfora.
d) consequência. d) Metonímia.
8) Em “as rugas são letras”, foi empregada como Gabarito
recurso estilístico a figura de linguagem: 1) a 2) d 3) b 4) d 5) a 6) a 7) c 8) c 9) c 10) a 11) c
a) antítese.
b) hipérbole.
c) metáfora.
d) metonímia.

9) A frase do Texto 2 que apresenta um exemplo de


antítese é:
a) “Minha percepção é que criança é livre, inteira e
intensa.”
b) “Brincar, aprender, correr, subir na árvore, tudo é
uma coisa só.”
c) “Não tem rico nem pobre, branco nem preto, noite
nem dia.”
d) “É educada para ser senhor da natureza, das coisas.”
10) “Se imagino, vejo”.
No que se refere ao conectivo sublinhado, pode-se
dizer que exprime uma relação de:
a) condição e pode ser substituído por caso com
alteração do tempo verbal na oração subordinada;
b) condição e pode ser substituído por caso sem
necessidade alteração do tempo verbal na oração
subordinada;
c) conclusão e pode ser substituído por portanto com
alteração do tempo verbal na oração subordinada;
d) conclusão e pode ser substituído por portanto sem
necessidade alteração do tempo verbal na oração
subordinada.

MATEMÁTICA www.colegioecursozerohum.com.br Página 1