Você está na página 1de 2

MultVet 4.

14 ®

HISTOPATOLÓGICO
Exame HISTO.19827-2019
Clínica: São Francisco de Assis Proprietário: Maria Da Gloria De Alencar Araripe
Endereço: Rua Espirito Santo, 2143
Endereço:
Cidade: Belo Horizonte
Cidade:
CEP: 30160038 Fn/Fx:(31) 3292990
CEP: Fone:
Veterinário(a): Ana Leticia Ferreira Bicalho
Nome/RG: Sutao-Rg.: 069255 Sexo: Macho
Espécie: Felina Idade: 5 Anos
Raça: SRD Data de entrada: 27/09/2019

MACROSCOPIA
Amostras previamente identificadas
A) Narina direita: Três fragmentos acastanhados medindo o maior 0,5 x 0,4 x 0,3 cm, e o menor medindo 0,1
cm de diâmetro. Superfície interna castanho esbranquiçado, macio e liso. Todo material incluído.
B) Narina esquerda: Múltiplos fragmentos acastanhados medindo em conjunto 1,5 x 1,3 x 0,5 cm. Superfície
interna de todos, castanho esbranquiçado, macio e liso. Todo material incluído.

MICROSCOPIA
A) NARINA DIREITA: AVALIAÇÃO HISTOPATOLÓGICA REVELA FRAGMENTO NASAL DE
CARACTERÍSTICA EXÍGUA, REPRESENTADO POR DISCRETA PORÇÃO EPITELIAL PRESERVADA, COM
ÁREAS EDEMATOSAS E FOCOS FIBRINO HEMORRÁGICOS, ALTERNANDO ÁREAS HEMORRÁGICAS E
RAROS FOCOS DE NECROSE. EM MEIO A JUNÇÃO EPITELIAL DESTACA-SE RAROS LINFÓCITOS E
PLASMÓCITOS, PERMEADOS POR MATERIAL SECRETÓRIO. O TECIDO ÓSSEO APRESENTA-SE
PRESERVADO, LIVRE DE INDÍCIOS PATOLÓGICOS. NÃO FORAM OBSERVADOS INDÍCIOS DE
MALIGNIDADE NA PRESENTE AMOSTRA.

B) NARINA ESQUERDA: AVALIAÇÃO HISTOPATOLÓGICA REVELA ARQUITETURA TECIDUAL


PARCIALMENTE PRESERVADA, DESTACANDO TRAÇOS DE ULCERAÇÃO DE MUCOSA, COM TRAÇOS
HEMORRÁGICOS E ESBOÇOS SUPURATIVOS. O EPITÉLIO ADJACENTE AOS FOCOS ULCERATIVOS
DESTACA-SE TRAÇOS DE HIPERPLASIA REATIVA E ESBOÇOS DE INFILTRAÇÃO
LINFOPLASMOCITÁRIA E ÁREAS NEUTROFÍLICAS EM MEIO A JUNÇÃO EPITELIAL. A SUBMUCOSA
APRESENTA-SE CONSOLIDADA POR INTENSA PROLIFERAÇÃO INFLAMATÓRIA CRÔNICA A
GRANULOMATOSA, DESTACANDO PADRÃO LINFOPLASMOCITÁRIO PREDOMINANTEMENTE, COM
AGREGADOS DE MACRÓFAGOS E RARAS CÉLULAS MULTINUCLEADAS. O ESTROMA CONJUNTIVAL
APRESENTA-SE PROLIFERADO, MESCLANDO FOCOS DE REABSORÇÃO ÓSSEA.

DIAGNÓSTICO
A) NARINA DIREITA: RINITE LINFOPLASMOCITÁRIA COM ÁREAS SECRETÓRIAS E FOCOS
HEMORRÁGICOS.

B) NARINA ESQUERDA: RINITE LINFOPLASMOCITÁRIA COM ÁREAS DE ULCERAÇÃO E TRAÇOS


GRANULOMATOSOS.

Assinado eletronicamente por:


Leonardo F. Pavan
Data da conclusão do laudo 4/10/2019
CRMV-SP 32587
VetPat - Campinas, R.Coronel Manuel Moraes-146-Jd.Brasil, (19)-4062-9232, Campinas - SP, CEP:13073-022
MultVet 4.14 ®

HISTOPATOLÓGICO
OBSERVAÇÃO
A formação de granulomas/piogranulomas (rinite granulomatosa) tem sido descrita especialmente associada
a processos infecciosos (fúngicos, bacterianos) e reações de corpo estranho. Embora não tenham sido
observados agentes infecciosos, testes adicionais são indicados para maior sensibilidade diagnóstica (Cultivo
microbiológico, PCR). A possibilidade de doença granulomatosa idiopática, resposta imunológica e síndrome
de rinite alérgica também devem ser listadas, e deve ser considerada após descartar a possibilidade de
processos infecciosos por meio de testes adicionais.

Fonte: Pappalardo BL, Brown T, Gookin JL, Morrill CL, Breitschwerdt EB. Granulomatous Disease Associated
with Bartonella Infection in 2 Dogs. J Vet Intern Med. 2000
Jan-Feb;14(1):37-42.

Assinado eletronicamente por:


Leonardo F. Pavan
Data da conclusão do laudo 4/10/2019
CRMV-SP 32587
VetPat - Campinas, R.Coronel Manuel Moraes-146-Jd.Brasil, (19)-4062-9232, Campinas - SP, CEP:13073-022

Você também pode gostar