Você está na página 1de 121

21

SACADAS
Criar
PA R A

Oportunidades
Bel Pesce
SUMÁRIO

PÁG. 05 INTRODUÇÃO:
Como Criar Oportunidades

PÁG. 07 SACADA #1:


Faça o que é possível hoje para abrir portas para o impossível amanhã

PÁG. 12 SACADA #2:


Você pode produzir mais ao trazer o que gosta à mesa

PÁG. 17 SACADA #3:


As suas ações mudam as probabilidades de dar certo

PÁG. 22 SACADA #4:


Você tem a liberdade de decidir o significado que as coisas têm

PÁG. 27 SACADA #5:


É raríssimo uma oportunidade simplesmente cair no seu colo

PÁG. 32 SACADA #6:


Cuidado com aquilo que é esperado de todos.
Médias podem te limitar a não ampliar os seus horizontes

PÁG. 37 SAC ADA #7:


A capacidade de adaptação faz com que você
foque nos resultados e não nos desafios

PÁG. 42 SACADA #8:


Gerar valor e criar fortes conexões depende de você

PÁG. 47 SACADA #9:


Peça mais responsabilidades em vez de só esperar por elas

PÁG. 52 SACADA #10:


Quanto valem as coisas que não fazemos?
Não é só porque está tudo bem, que não é hora de mudar

PÁG. 57 SACADA #11:


Existem outros caminhos além daquele para o qual todos estão indo
SUMÁRIO
PÁG. 62 SAC ADA #12:
Pegue algo que faz parte do seu melhor e compartilhe
com o mundo sem querer nada em troca

PÁG. 67 SAC ADA #13:


Entender seus parâmetros mais importantes
pode te ajudar a tomar decisões mais certeiras

PÁG. 72 SACADA #14:


Valorize as oportunidades que você criou no passado

PÁG. 77 SACADA #15:


Respeitar, e até mesmo refletir se novos pontos de vista fazem
sentido, é sinal de inteligência

PÁG. 82 SACADA #16:


Escute de seus clientes a transformação que causou na vida deles

PÁG. 87 SAC ADA #17:


Agarre aquilo que tem de melhor na sua natureza

PÁG. 92 SACADA #18:


É possível diversificar o foco e ao mesmo tempo fortalecê-lo

PÁG. 97 SACADA #19:


Às vezes, deixar as coisas fluírem pode trazer grandes resultados

PÁG. 102 SACADA #20:


Quer compromisso? Dê liberdade

PÁG. 107 SACADA #21:


Como dizia Steve Jobs: os pontos só fazem sentido quando você olha
para trás e enxerga de verdade as conexões

PÁG. 112 SACADA EXTRA


O que não é percebido não existe
INTRODUÇÃO
COMO CRIAR OPORTUNIDADES

Muita gente fala sobre a importância de agarrar as opor-


tunidades que existem. Mas como fazer isso quando sequer
enxergamos essas oportunidades? Quando queremos muito
alcançar alguma coisa, certos caminhos aumentam nossas
chances de conseguir e algumas ações nos levam mais próxi-
mos de onde queremos chegar.

A questão é: quais ações são essas? Em momentos difíceis,


é fácil jogar a toalha e desistir antes mesmo de começar algo
novo, até porque nem sempre as oportunidades são claras.
Algumas pessoas, inclusive, acham que oportunidades não
existem ou então que existem só para alguns, mas isso não
é verdade. É possível treinar o olhar para conseguir identifi-
car as oportunidades que nos cercam e também aprender a
criá-las. Mas não se iluda, nada cai do céu e é raríssimo uma
oportunidade aparecer do nada, por isso nossas atitudes são
fundamentais. Treinar esse olhar é muito útil para todos os
aspectos da nossa vida, tanto pessoal quanto profissional. É
algo independente da sua idade, profissão e experiências, são
dicas que servem para todos, inclusive para você.

Eu sou uma empreendedora apaixonada por negócios


e louca por criar oportunidades. Desde muito nova, tracei
caminhos e ações para aproveitar ao máximo cada momento
da minha vida e isso me levou a resultados que eu sequer
imaginava que poderiam existir. Olhando para trás e fazendo
uma análise crítica, consegui identificar algumas sacadas

5
INTRODUÇÃO
COMO CRIAR OPORTUNIDADES

fundamentais para algumas das coisas que conquistei.


No total, identifiquei 21 insights fundamentais para quem
deseja criar oportunidades na vida, que você encontra aqui,
neste livro.

Esta não será uma leitura comum. Ao longo deste livro,


você será questionado e desafiado. Antes mesmo de termi-
nar de ler, você começará a treinar o seu olhar para conseguir
enxergar as oportunidades por meio de perguntas, espaços
para anotações, lembretes dos pontos mais importantes e
passos para conseguir identificar e criar oportunidades que
farão com que sua vida seja ainda mais completa.

sempre!
LEMBRE-SE

É possível treinar o olhar para encontrar


01.
e criar oportunidades.

Treinar esse olhar é muito útil para todos


02.
os aspectos da sua vida.

Treinar esse olhar é para todos,


03.
inclusive para você.

6
Sacada # 1

FA Ç A O Q U E É
POSSÍVEL
H O J E PA R A A B R I R

I mpossível
P O R TA S PA R A O

7
Sacada # 1
FA Ç A O Q U E É
P O S S Í V E L H O J E PA R A
A B R I R P O R TA S PA R A
O IMPOSSÍVEL

Sempre fui fascinada por pessoas e por tecnologia, e quando tinha


meus 8 anos começaram a surgir os computadores. Naquela época, tudo
o que eu queria era aprender a montar e a desmontar computadores. Mas,
como uma criança nessa idade, não tinha como comprar computadores
e peças. Muitas vezes até os livros eram caros.

“Então, ao invés de ficar presa ao que parecia


impossível, eu percebi que teria que fazer o que
estava ao meu alcance.”

Aprendi a fazer pulseiras e comecei a vender na escola. Aos poucos


fui juntando dinheiro e, finalmente, consegui comprar um livro, depois
uma peça, depois outra peça. Até que consegui montar o computador.

8
Aprender isso tão cedo me deixou preparada para sempre pensar
no primeiro passo, e não focar no resultado final que, aparentemente
poderia parecer impossível. Quantas vezes você teve medo, achou que
não iria conseguir, e sequer tentou? Isso é normal, é difícil imaginar que
vender pulseiras, como no meu caso, me levaria a montar computadores.
Eu poderia ter travado, porque não tinha como comprar as peças que
precisava e não conseguiria fazer aquilo que eu realmente queria, mas
focar no que eu conseguia fazer no momento foi o que me levou para
aquilo que no início era impossível. Existem mil coisas que sabemos
fazer e outras tantas que queremos, mas que estão distantes. Dar o
primeiro passo, começando de forma simples, já é uma grande coisa.
E o simples fato de ir adiante poderá te levar muito, muito longe.

REFLEXÃO
Qual é o s eu sonho q u e par ec e i m p oss í v e l e
co mo abr i r po rtas par a ele ?

9
sempre!
LEMBRE-SE

01. Pense sempre no primeiro passo.

02. Comece pequeno.

Foque naquilo que você consegue fazer


03.
no momento.

Faça
AGORA MESMO!

Pense e anote o que você realmente


deseja realizar.

Trace os passos necessários para realizar.

Observe quais são as ações que você consegue


realizar hoje e escreva o que você precisa para
começar.

Comece e tenha sempre em mente o resultado


que deseja, mesmo se ele ainda estiver muito
distante.

10
Anotações

11
Sacada # 2

VOCÊ PODE
P RO D U Z I R M A I S AO
TRAZER O QUE

Gosta
À MESA

12
Sacada # 2
VOCÊ PODE PRODUZIR
M A I S AO T R A Z E R O Q U E
G O S TA À M E S A

Por volta dos 14 anos, decidi que queria fazer faculdade de


engenharia e vi que precisava estudar bastante para aquilo. Sempre
tive a visão de dar o melhor de mim e na época da escola era muito
focada nos estudos, mas em alguns momentos, como acontece com
todo mundo, eu dispersava. Então surgiu o primeiro ponto: eu precisava
identificar aquilo que me dispersava, tinha que entender tudo o que eu
não gostava. Reparei que o mais difícil para mim era ler textos muito
longos e precisava encontrar uma solução, pois os textos longos também
eram importantes. Então, resolvi ler os textos em voz alta e gravar a
minha leitura, pois para ler em voz alta eu teria que ficar mais atenta a
cada linha. Depois, quando tinha que rever aquele conteúdo, era só ouvir

“Todo mundo tem alguma coisa de que não gosta e dificuldades em


algumas áreas. E, da mesma forma, todo mundo tem aquelas coisas
as quais ama fazer. A questão é saber exatamente aquilo de que
você não gosta e de que você gosta.”

a minha gravação.

Veja só como isso é simples e profundo: enquanto eu lia da forma

13
mais comum de se estudar, eu dispersava. Quando passei a ler em voz
alta, eu me sentia comprometida a prestar atenção, pois estava sendo
gravada, e, depois disso, eu ouvia o áudio e aprendia ainda mais com aquele
conteúdo. Ou seja, eu não gostava de textos longos, mas gostava de ler
e aprendia mais ouvindo. Essa foi a maneira que encontrei para aprender
o conteúdo da escola fazendo uma coisa que eu gostava mais. Tudo tem
os dois lados e há muitas formas de fazer a mesma coisa. Temos que
estar de olhos bem abertos para conseguir identificar as possibilidades
de fazer de uma forma mais agradável. Na vida, constantemente somos
expostos a situações chatas e difíceis, mas precisamos passar por elas,
e fazendo isso de forma leve fica mais fácil.

Todo mundo tem alguma coisa de que não gosta e dificuldades em


algumas áreas. E, da mesma forma, todo mundo tem aquelas coisas as
quais ama fazer. A questão é saber exatamente aquilo de que você não
gosta e o que você gosta.

REFLEXÃO
Quan d o vo c ê s e s en te mai s produtivo?

14
sempre!
LEMBRE-SE

A produtividade está diretamente ligada


01.
às suas habilidades.

02. Habilidades novas podem ser desenvolvidas.

03. Há diversas formas de fazer a mesma coisa.

Faça
AGORA MESMO!

Faça uma lista das coisas que você


não gosta e do que tem dificuldade.

Faça outra lista com o que você gosta


e tem facilidade.

Analise como transformar o ruim


em algo bom.

15
Anotações

16
Sacada # 3

AS S UAS AÇ Õ ES
MUDAM AS

Probabilidades
DAS COISAS

17
Sacada # 3
AS S UAS AÇ Õ ES
MUDAM AS
PROBABILIDADES
DAS COISAS

Aos 17 anos descobri, que uma das melhores faculdades de


tecnologia do mundo, o MIT, aceitava gente do mundo todo. Fiquei louca
com aquilo e fui atrás das informações para me candidatar, mas reparei
que tinha perdido o prazo de duas etapas do processo seletivo, que eram
a entrevista com um ex-aluno e a inscrição para uma prova de múltipla
escolha. Naquele momento eu poderia ter desistido, como muita gente
sugeriu. Aliás, desistir e deixar para o ano seguinte parecia o mais lógico.
Só que eu precisava ter a certeza absoluta de que não havia realmente

“Se você olha para alguma coisa cuja probabilidade é baixa e não
faz por causa disso, você leva a chance para zero. Mas se é difícil e
mesmo assim você faz, você aumenta as chances de dar certo. Não
adianta olhar para as probabilidades da média, você tem que fazer
o seu melhor e mudar a probabilidade das coisas.”

18
mais nenhuma chance. Eu precisava tentar. Descobri então o contato de
um ex-aluno que morava em São Paulo e implorei por uma entrevista.
Consegui, mas ele mesmo me disse que aquilo talvez não desse certo,
pois o prazo tinha passado. Depois disso, descobri o local onde seria
realizada a prova de múltipla escolha e apareci lá no dia da prova, na
esperança de que conseguisse fazer uma. Fui expulsa da sala, mas não
fui embora e fiquei até o último momento quando, enfim, uma pessoa
faltou e eu consegui fazer a prova. Meses depois, recebi o resultado de
que tinha sido aprovada.

Essa história parece loucura, mas na realidade eu simplesmente não


aceitei as dificuldades e fui atrás de todas as chances, mesmo sabendo
que eram mínimas. Se você olha para alguma coisa cuja probabilidade é
baixa e não faz por causa disso, você leva a chance para zero. Mas se é
difícil e mesmo assim você faz, você aumenta as chances de dar certo.
Não adianta olhar para as probabilidades da média, você tem que fazer
o seu melhor e mudar a probabilidade das coisas.

REFLEXÃO
O q u e vo c ê po d e fazer par a transformar
aq u ele “n ão” em “s i m”?

19
sempre!
LEMBRE-SE

0,001% de chance de dar certo também é


01.
chance de dar certo.

02. Fuja das médias.

Você é o responsável por definir as suas


03.
probabilidades.

Faça
AGORA MESMO!

Dê sempre o seu melhor.

Prepare-se. Só assim a “sorte” aparecerá.

Não desista sem antes tentar todas as


possibilidades.

20
Anotações

21
Sacada # 4

VOCÊ TEM A
LIBERDADE DE

Decidir
O SIGNIFICADO DAS
COISAS

22
Sacada # 4
VOCÊ TEM A LIBERDADE DE
DECIDIR O SIGNIFICADO
DAS COISAS

Depois de ser aprovada no MIT percebi que não teria como pagar
a faculdade. Estudar lá é caríssimo e meus pais não tinham condições
de me bancar em uma universidade fora do país. Naquele momento
eu poderia ter desistido, como muita gente faria e como até pessoas
próximas que me amam sugeriram. Mais uma vez eu precisava tentar
e teria que me dedicar ao máximo. A única forma então de conseguir
dinheiro era trabalhando duro, em todos os lugares possíveis. E fiz
isso nos meses que tinha antes de começar a faculdade. Fiz vários
trabalhos no Brasil e consegui dinheiro para ir. Chegando lá, corri
atrás de um emprego, pois teria que me manter. Consegui um trabalho
no mesmo dia, de Techcallers, que era uma espécie de telemarketing
para arrecadar fundos para a universidade. Alguns reclamariam do

“Ao invés de olhar para o lado mais difícil, que


realmente existia, eu foquei na parte boa e em como
poderia aprender com aquilo.”

23
horário, ou até mesmo de que era um pouco desafiador aquilo. Eu
amava: via uma forma de levantar fundos para quem mais precisasse,
para boas bolsas, bons projetos. Ótimo para treinar inglês. Ótimo para
aprender mais sobre diversos cursos e programas. Ao invés de olhar
para o lado mais difícil, que realmente existia, eu foquei na parte boa
e em como poderia aprender com aquilo.

Nós temos o poder de decidir o significado das coisas. Tudo tem


os dois lados, só depende de você escolher para qual quer olhar,
assim como as atitudes que você tomará diante de cada situação só
dependerão de você. Não pense que o mundo é injusto e ao invés de
perder tempo reclamando, foque em algo que poderá fazer. Mesmo
nas situações mais corriqueiras é possível aprender.

REFLEXÃO
Co mo vo c ê enxerga as o br i g aç õ es
qu e r eali z a h o je ?

24
sempre!
LEMBRE-SE

01. Tudo tem dois lados.

02. É possível aprender em qualquer situação.

Reclamar só vai deixar aquilo


03.
ainda mais pesado.

Faça
AGORA MESMO!

Pegue uma situação difícil e dê um


significado nobre a ela.

Reveja alguma experiência que considerou


negativa, e encontre um bom aprendizado.

Treine seu olhar para ver desafios com


outros olhos.

25
Anotações

26
Sacada # 5

Oportunidade
É RARÍSSIMO UMA

SIMPLESMENTE CAIR
N O S E U C O LO

27
Sacada # 5
É RARÍSSIMO UMA
OPORTUNIDADE
SIMPLESMENTE CAIR
N O S E U C O LO

As universidades americanas têm muito tempo de férias. São


três meses seguidos de férias e geralmente os estudantes viajam,
descansam, curtem a família. Só que eu queria aproveitar aqueles meses
para trabalhar o máximo possível. Os grandes programas de estágios
que aconteciam nas férias não eram para alunos do primeiro ano, mas
meu sonho era estagiar na Microsoft logo no primeiro ano e eu sabia
que a empresa fazia recrutamentos na universidade. Então resolvi
participar de todos os eventos que aconteciam. Ia nos eventos super

“As oportunidades não caem no nosso colo. Nós temos que


ir atrás delas e, muitas vezes, criar maneiras de ter essas
oportunidades.”

preparada, com várias perguntas, ficava até o final e me apresentava


para a pessoa que recrutava, mandava e-mail no dia seguinte, me
mostrava muito, muito interessada. Além disso, fazia questão de

28
falar com todo mundo que eu conhecesse que já tivesse trabalhado
na Microsoft. Isso me abriu muitas portas e no final do primeiro ano
eu consegui um estágio na Microsoft. Se eu tivesse ficado parada,
esperando, jamais teria tido a oportunidade de fazer aquele estágio
no primeiro ano.

As oportunidades não caem no nosso colo. Nós temos que ir atrás


delas e, muitas vezes, criar maneiras de ter essas oportunidades.

Algumas pessoas ficam sentadas, esperando algo bom acontecer.


E reclamam que nada acontece. Não tem segredo, se você não correr
em busca dos seus sonhos, ninguém vai chegar e te oferecer o que
você tanto quer. Aliás, a oportunidade pode estar do seu lado, e, às
vezes, você não consegue aproveitá-la, simplesmente porque ficou
quieto, sem falar nada. Não tenha medo, vá atrás, converse com as
pessoas, demonstre interesse. Só depende de você.

REFLEXÃO
Você já fez alguma coisa incomum para
conseguir uma oportunidade que sempre quis?

29
sempre!
LEMBRE-SE

01. As oportunidades não caem do céu.

02. Você tem o poder de criar as oportunidades.

As oportunidades podem estar mais perto


03.
do que você imagina.

Faça
AGORA MESMO!

Fique ligado no que acontece ao seu redor.

Converse com as pessoas e compartilhe os


seus sonhos.

Frequente eventos e encontros, e


informe-se sobre as novidades da sua área
de interesse.

30
Anotações

31
Sacada # 6

C U I DA D O C O M AQ U I LO Q U E
É E S P E R A D O D E TO D O S .
M É D I A S P O D E M T E L I M I TA R
A N ÃO A M P L I A R O S S EU S

Horizontes

32
Sacada # 6
C U I DA D O C O M AQ U I LO Q U E
É E S P E R A D O D E TO D O S .
M É D I A S P O D E M T E L I M I TA R
A N ÃO A M P L I A R O S S EU S
HORIZONTES

É comum fazermos a mesma coisa que todo mundo faz sem


nos questionarmos sobre aquilo, isso acontece com todo mundo
e nós nem percebemos. Por exemplo, na faculdade que fiz você é
encorajado a escolher quatro matérias por semestre, isso é o que todo
mundo faz e é o que eles consideram o ideal. Mas nas universidades

“Média é uma coisa engraçada, que muitas vezes seguimos


sem sequer questionar. Se você pode fazer mais, por que se
contentar com a média? Se podemos fazer diferente, por
que seguir pelo mesmo caminho que todo mundo?”

americanas existe a possibilidade de fazer todo tipo de matéria,


independentemente do seu curso. E eu queria fazer muita coisa,
queria aprender de tudo. Então tive uma ideia: e se, a cada semestre,
eu fizer uma ou duas matérias a mais? Percebi que se organizasse
meu tempo, conseguiria incluir uma aula a mais e fui em frente. Pouco

33
a pouco fui aumentando, sempre respeitando meus limites. Até que
no oitavo semestre eu estava fazendo mais de 12 matérias! O mais
interessante é que aqueles semestres com mais matérias foram os
mais bem aproveitados, pois eu gosto muito de variar os aprendizados,
e ter várias coisas para aprender me motivava demais. Se eu tivesse
simplesmente seguido a média e feito 4 matérias por semestre, teria
deixado de aprender tanta coisa!

Eu vejo muita gente boa fazendo aquilo que é esperado. Uma


pena, pois elas nem imaginam que podem fazer muito mais. E quando
você vai além e sente o gostinho de desafiar as médias, de inovar e
de fazer algo inesperado a sensação é tão boa que a vontade é de ir
cada vez mais longe, testando coisas novas. Somos capazes de fazer
coisas incríveis. Por isso eu digo, cuidado com as médias e com o que
é esperado de todos. Isso pode te limitar e até mesmo evitar que você
encontre a melhor versão de si mesmo.

REFLEXÃO
Vo c ê já d ei xo u d e fazer alg u m a co i sa
po rq u e t i n h a atingido a meta o u a m é d i a?

34
sempre!
LEMBRE-SE

01. Você pode fazer mais do que o esperado.

02. As médias podem te limitar.

Cuidado ao fazer a mesma coisa que todo


03.
mundo faz.

Faça
AGORA MESMO!

Questione.

Faça testes consigo mesmo e desafie-se a


crescer pouco a pouco.

Compare-se a si mesmo e encontre a sua


melhor versão.

35
Anotações

36
Sacada # 7

A C A PA C I D A D E D E
A D A P TA Ç Ã O FA Z C O M
QUE VOCÊ FOQUE NOS
R E S U LTA D O S E N Ã O N O S

Desafios

37
Sacada # 7
A C A PA C I D A D E D E
A D A P TA Ç Ã O FA Z C O M
QUE VOCÊ FOQUE NOS
R E S U LTA D O S E N Ã O N O S
DESAFIOS

Minha primeira experiência no Vale do Silício foi na Google,


quando eu ainda estava no terceiro ano de faculdade e resolvi me
inscrever em um programa que mesclava mestrado e estágio. Acabei
sendo aceita e embarquei em direção ao Vale para começar o meu
mestrado. Era bem técnico, afinal era um mestrado e eu estava no
setor de pesquisas. Eu trabalhava no tradutor da Google, que tem
diversas formas de aprender a traduzir textos. Uma forma é através
de textos que foram realmente traduzidos por pessoas. Por exemplo,

“As pessoas que em vez de adaptar-se resolvem sofrer


com aquilo que não é perfeito, muitas vezes acabam não
tendo resultado, pois focam na dificuldade e no fato de
não quererem fazer aquilo. A capacidade de adaptação é
uma grande sacada para criar oportunidades.”

alguns textos das Nações Unidas são traduzidos para mais de 40


línguas. Os sistemas que aprendem em cima desses textos, algumas
vezes, têm um problema no meio do processamento e essa pane
pode acontecer depois de horas e horas, com muitos computadores

38
trabalhando, ou seja, um super desperdício. Meu papel era identificar
os gargalos antes de eles acontecerem, para que esse trabalho não
se perdesse. Como era um mestrado, eu trabalhava muito sozinha,
era algo bem solitário. E por mais que eu amasse trabalhar em equipe,
e aquilo realmente fizesse muita falta para mim, eu resolvi agarrar
aquilo e fazer o meu melhor. Aprendi com aquela situação que a sua
capacidade de adaptação faz com que você foque nos resultados em
vez de focar nas dificuldades.

As pessoas que em vez de adaptar-se resolvem sofrer com


aquilo que não é perfeito, muitas vezes acabam não tendo resultado,
pois focam na dificuldade e no fato de não quererem fazer aquilo.
A capacidade de adaptação é uma grande sacada para criar
oportunidades.

REFLEXÃO
Qual d esaf i o vo c ê po d e tr an sfo rm a r
em oportunidade?

39
sempre!
LEMBRE-SE

01. Dê o seu melhor em tudo o que fizer.

Se alguma tarefa for difícil e você conseguir se


02.
adaptar, uma nova oportunidade poderá surgir.

A sua capacidade de adaptação tornará os


03.
desafios mais fáceis.

Faça
AGORA MESMO!

Foque no resultado.

Procure novas maneiras de encarar os


desafios, listando diferentes formas e
entendendo qual delas poderá trazer mais
benefícios.

Abrace o desafio com brilho nos olhos.

40
Anotações

41
Sacada # 8

G E R A R VA L O R E
CRIAR FORTES

Conexões
DEPENDE DE VOCÊ

42
Sacada # 8
G E R A R VA L O R E C R I A R
FORTES CONE XÕES
DEPENDE DE VOCÊ

O Vale do Silício é um lugar bem interessante e peculiar. Quando


cheguei lá não conhecia ninguém e aquele era um mundo muito
desconhecido para mim. Eu queria conhecer mais gente e entender
tudo sobre a região, mas não tinha tantas horas livres, pois eu também
queria trabalhar muito. Reparei então que teria que me organizar
para conseguir aprender ainda mais da cultura do lugar, sem deixar
de aproveitar ao máximo as horas de trabalho. Passei então a tomar
café da manhã com alguém novo todo dia antes de ir para o trabalho

“Aprendi que gerar valor pode ser uma ótima maneira


de criar fortes laços, e isso depende somente de nós e do
nosso interesse em conhecer pessoas, saber mais sobre o
que fazem e mostrar interesse genuíno por aquilo. ”

e também a almoçar com pessoas diferentes. Além disso, duas ou


três vezes por semana eu ia em eventos à noite. Eram eventos bem
diversos, de tecnologia a investimentos, e lá eu tinha a oportunidade
de conhecer muita gente. Sempre levava comigo cartões, com algum

43
detalhe que pudesse marcar as pessoas e que fizesse com que elas
se lembrassem de nossa conversa. Quando conversava com alguém
e encontrava uma conexão bacana, eu ia para casa, pesquisava mais
sobre a empresa da pessoa e mandava um e-mail me colocando à
disposição para ajudar em algo ou com alguma ideia para aquela
empresa, agregando valor de alguma forma. Foi assim que comecei a
criar meu network no Vale do Silício.

Aprendi que gerar valor pode ser uma ótima maneira de criar
fortes laços, e isso depende somente de nós e do nosso interesse
em conhecer pessoas, saber mais sobre o que elas fazem e mostrar
interesse genuíno por aquilo. O fato de adorar conhecer e conversar
com pessoas me ajudou a abrir muitas portas.

REFLEXÃO
O q u e vo c ê po d e fazer par a
cri ar n ovas conexões?

44
sempre!
LEMBRE-SE

01. Você pode criar suas próprias conexões.

Mais importante do que conhecer gente nova é


02.
saber manter as relações.

Busque assuntos e interesses em comum


03.
com as pessoas.

Faça
AGORA MESMO!

Organize seu tempo.

Faça uma lista das pessoas que gostaria


de conhecer.

Crie algo marcante para que as pessoas


lembrem-se de você. Pode ser um cartão de
visitas com uma frase interessante, pode
ser a forma como você se apresenta, etc.

45
Anotações

46
Sacada # 9

Peça MAIS
RESPONSABILIDADES
EM VEZ DE SÓ
ESPERAR POR ELAS

47
Sacada # 9
PEÇA MAIS
RESPONSABILIDADES
EM VEZ DE SÓ
ESPERAR POR ELAS

Depois de formada, o meu primeiro emprego foi em uma empresa


chamada Ooyala. Eu conheci os fundadores da empresa quando ainda
estava na Google e, na época, a empresa tinha cerca de 20 pessoas. A
empresa estava em ascensão e eu tinha interesse em trabalhar em um
lugar menor. Grande parte da minha experiência era como programadora,
mas eu tinha descoberto uma área interessante, que era trabalhar como
Gerente de Produtos e atuar entre tecnologia e negócios, as duas coisas
que eu amo. Senti que aquela seria uma ótima chance de ter novas
experiências e no processo seletivo expliquei que queria atuar como
Gerente de Produtos. Eles me disseram que seria um grande desafio, pois

“Mesmo quando pedimos responsabilidade para tarefas


sobre as quais não temos total certeza e que não sabemos
fazer 100%, existe a possibilidade de irmos de cabeça e
aprendermos a cada dia um pouco mais. ”

eu teria que administrar a equipe de engenheiros e, por isso, entender


muito bem da parte técnica, mas também teria que entender a parte de
negócios para tomar decisões. Mas lá fui eu. Comecei com uma equipe
pequena: eu e mais uma pessoa. Foi uma experiência fantástica, aprendi

48
muito e pouco a pouco fomos aumentando a equipe. A empresa também
foi crescendo e era difícil encontrar novos Gerentes de Produto, então
pedi para colocar mais pessoas na equipe, que eu administraria até
encontrarem outros gerentes de produto. Por fim, acabei coordenando
três equipes diferentes.

Esta foi uma das melhores experiências que tive e o que ficou muito
marcado é que não podemos esperar a responsabilidade chegar. Temos
que pedir a responsabilidade. Mesmo quando pedimos responsabilidade
para tarefas sobre as quais não temos total certeza e que não sabemos
fazer 100%, existe a possibilidade de irmos de cabeça e aprendermos a
cada dia um pouco mais.

Não deixe o medo te paralisar e quando tiver a oportunidade de fazer


algo grande, faça. Mesmo se não souber, estude, aprenda, pergunte, seja
interessado. Isso traz um crescimento profissional gigante e um crescimento
pessoal também enorme, pois provamos a nós mesmos que somos capazes
de aprender algo novo e de assumir grandes responsabilidades.

REFLEXÃO
Co mo co n q u i star mai s responsabilidades
e a prov ei tá-l as ao máx i mo ?

49
sempre!
LEMBRE-SE

01. Peça responsabilidades.

Quando pedir responsabilidades, prepare-se


02.
para viver o desafio intensamente.

Dedique tempo para aprender


03.
cada dia mais.

Faça
AGORA MESMO!

Observe a sua volta e verifique se existem


tarefas pendentes que você pode realizar.

Entenda quais são os seus medos e trabalhe


em cima deles, identificando maneiras de
não paralisar por conta deles.

Liste o que você acredita que deva aprender


mais, procure pessoas que possam te ajudar
a aprender mais sobre essa lista, vá atrás de
aprimorar os seus conhecimentos.

50
Anotações

51
Sacada # 10

Q U A N T O VA L E M A S C O I S A S
Q U E N Ã O FA Z E M O S ?
N Ã O É S Ó P O R Q U E E S TÁ
T U D O B E M , Q U E N ÃO É

Mudar
HORA DE

52
Sacada # 10
Q U A N T O VA L E M A S C O I S A S
Q U E N Ã O FA Z E M O S ? N Ã O É S Ó
P O R Q U E E S TÁ T U D O B E M , Q U E
N ÃO É H O R A D E M U DA R .

Conforme o tempo ia passando, fui conhecendo muitas pessoas


no Vale do Silício e algumas viraram verdadeiros mentores. Um
desses mentores me apresentou para um empreendedor em série
e falou que eu iria adorar conversar com ele. Fiquei encantada na
primeira conversa, era a pessoa mais carismática que eu já tinha
conhecido em minha vida. No final da reunião ele me disse, como um
bom homem de negócios: “bom, se achar que eu posso te ajudar de
alguma maneira, me diga.” Eu sabia na hora o que eu queria, que era
fazer parte da equipe fundadora da próxima empresa que ele criasse.
Mas, tudo estava tão bom! Eu tinha um emprego ótimo, cheio de
responsabilidades. Eu estava fazendo um mestrado.

“A gente sabe pesar muito bem o que perderemos


se sairmos de algo. Mas e o que perderemos se não
mudarmos, se não entrarmos em algo novo?”

Por outro lado, a empresa estava crescendo muito rápido, vi a


Ooyala quadruplicar de tamanho, estava se tornando uma empresa
grande. Estava aprendendo muito, mas eu tinha entrado lá exatamente
por ela estar começando, por ser pequena. Tinha entrado para ver como

53
uma empresa de 50 pessoas funcionava, para me preparar para ver uma
empresa crescer do zero. Nesse lado da balança, eu tinha um mestrado
também, mas eu já tinha feito praticamente o mestrado todo, a aplicação
já estava rodando e com resultados. O que faltava era eu escrever o que
já tinha sido aprendido. Do outro lado da balança, eu tinha a oportunidade
para a qual eu havia me preparado, que era participar de um negócio
desde o início e adquirir novas experiências.

Depois da reunião, a minha cabeça estava a mil e eu não conseguia


nem ligar o carro e ir embora de lá. Entrei, saí, entrei, saí. No dia seguinte,
apareci lá bem cedo dizendo ter uma resposta para ele: eu quero ser
parte do time fundador da sua nova empresa! Ele olhou surpreso, e ficou
quieto por um momento. Logo depois, ele me disse que no meu lugar
faria a mesma coisa. E assim eu pulei de uma experiência muito legal
para outra ótima experiência.

A gente sabe pesar muito bem o que perderemos se sairmos de algo.


Mas e o que perderemos se não mudarmos, se não entrarmos em algo
novo? Quanto vale aquilo que não fazemos? Muitas vezes precisamos de
coragem para ir em frente e encarar as mudanças. Por mais difíceis que
sejam, elas sempre nos trazem grandes aprendizados e mudar faz parte
da nossa evolução. Por mais que tudo esteja bem, podemos pensar em
buscar algo que vai trazer ainda mais conhecimento.

REFLEXÃO
O q u e vo c ê per d eu ao n ão
reali z ar mudanças?

54
sempre!
LEMBRE-SE

Podemos arriscar mudanças até mesmo


em situações favoráveis, não é preciso
01.
estar passando por dificuldades para
testar algo novo.

Não saberemos o que as mudanças nos trarão


02.
se não nos permitirmos mudar.

Os grandes desafios nos proporcionam


03.
grandes aprendizados.

Faça
AGORA MESMO!

Quando tiver que tomar uma decisão, tente


não listar apenas o que você poderá perder
com a mudança, mas também o que perderá
se não mudar.

Questione as suas certezas para enriquecer


a sua maneira de enxergar o mundo.

Realize mudanças com uma certa frequência,


mesmo que não sejam grandes mudanças.
Sair da zona de conforto pode nos trazer
grandes aprendizados.

55
Anotações

56
Sacada # 11

EXISTEM OUTROS

Caminhos
A L É M DAQ U E L E
PA R A O Q U A L T O D O S
E S TÃ O I N D O

57
Sacada # 11
EXISTEM OUTROS CAMINHOS
A L É M D A Q U E L E PA R A O Q U A L
T O D O S E S TÃ O I N D O

Ao começar um projeto ou uma empresa, muita gente decide


olhar para o lado e ver o que os concorrentes estão fazendo. Mas é
fundamental termos discernimento e lucidez para pensarmos além e,
se necessário, buscarmos outros caminhos. Para explicar melhor isso,
vou contar minha experiência na Lemon. Quando saí da Ooyala para
participar da fundação da Lemon, tive mais contato com o mundo das
finanças. Decidimos que iríamos focar no digital e criar uma carteira
digital. Naquela época (e ainda hoje), o comum era as empresas irem
para o lado de pagamentos que, realmente, é um mercado grande, mas
pensamos em ir por outro caminho. Pensamos que não era grande a
necessidade de trocar um cartão de crédito por um telefone. Queríamos
focar em algo que agregava valor de largada.

“Você cria oportunidades quando não tem medo


de testar outros caminhos.”

58
Então decidimos que o foco seria em criar uma réplica digital da
sua carteira no telefone. Por exemplo, o usuário poderia tirar fotos de
documentos e cartões, e ter uma camada de inteligência para agregar
valor a cada documento. Tínhamos também um alerta de fraude de cartão
de crédito. Se o usuário perdesse a carteira ou fosse roubado, poderia
informar isso para o aplicativo e todos os seus documentos seriam
devidamente cancelados. Criamos então o aplicativo com propostas
de valor que não estavam ligadas diretamente a processamento de
pagamentos, como a maioria das empresas estavam fazendo até então.

Aprendi muitíssimo com essa experiência e, principalmente, aprendi


na prática que existem muitos caminhos diferentes em um mesmo
mercado. Você cria oportunidades quando não tem medo de testar
outros caminhos. Não é porque todo mundo está indo para um mesmo
lado, que aquilo é a verdade e o caminho absoluto.

REFLEXÃO
Vo c ê é capaz d e c r i ar o po rt u n i da d es
perco r r en d o caminhos desconhecidos?

59
sempre!
LEMBRE-SE

As oportunidades nem sempre estão no


01.
caminho que todos estão seguindo.

Entenda para onde o mercado está indo, mas


02.
também para onde ele poderia ir.

Os caminhos conhecidos nem sempre são os


03.
melhores caminhos.

Faça
AGORA MESMO!

Simule como seria o seu projeto se você


tivesse adotado estratégias diferentes das
que você planejou.

Identifique as estratégias dos concorrentes


e tente traçar estratégias contrárias a elas.
Você poderá identificar novas oportunidades.

Teste outros caminhos sem medo.

60
Anotações

61
Sacada # 12

P EG U E A LG O Q U E
FA Z PA R T E D O S E U

Compartilhe
MELHOR E

COM O MUNDO SEM


QUERER NADA EM
TROCA.

62
Sacada # 12
P E G U E A L G O Q U E FA Z PA R T E D O
S E U M E L H O R E C O M PA R T I L H E
COM O MUNDO SEM QUERER
NADA EM TROCA.

Morei sete anos nos Estados Unidos, mas nunca quis realmente sair do
Brasil. Na verdade, eu sonhava em estudar no MIT e, como a universidade
fica nos EUA, quando passei na faculdade, me mudei para lá. Vivi coisas
incríveis e adorava tudo aquilo, mas sempre pensei em um dia voltar para
o Brasil. Para me aproximar mais do meu país, família e amigos, mesmo
morando longe, tive a ideia de compartilhar algumas histórias minhas em um
livro online. Como eu mantinha o hábito de anotar muitas coisas nos meus
caderninhos, já tinha muito conteúdo e um dia, relendo aquilo, achei que
daria um livro legal. Então fui lá e organizei algumas dessas anotações.

“Aquilo começou a me tocar muito, e a grande sacada foi que quando


você pega parte do seu melhor e compartilha com os outros, sem
querer nada em troca, você gera uma infinidade de oportunidades. A
partir disso, muita coisa mudou em minha vida.”

A ideia era fazer algo de coração para compartilhar com o meu Brasil
de forma gratuita. Pensei que se era legal para mim, também seria para
meus amigos e família e, talvez, algumas outras pessoas podiam gostar
daquele material. O projeto então foi tomando forma. Meu namorado na

63
época leu cada história, minha amiga com quem eu morava revisou o texto,
um dos meus mentores, o Flávio Augusto, apoiou demais o projeto e me
apresentou a sua agência para fazermos ilustração.

Como cientista da computação que sou, pensei logo no digital. Fiz um arquivo
em PDF, criei um site e coloquei o livro lá para download gratuito. Mas aí
veio a surpresa: milhares e milhares de e-mails e milhões de downloads.
Eu tinha feito aquele livro de coração, disponibilizei-o gratuitamente sem
esperar nada em troca e o retorno foi inacreditável: mais de 3 milhões de
downloads e e-mails com histórias de jovens de 7 anos a senhoras de 90
anos que tinham lido “A menina do Vale”. Não conseguia acreditar. Aquilo
começou a me tocar muito, e a grande sacada foi que quando você pega
parte do seu melhor e compartilha com os outros, sem querer nada em
troca, você gera uma infinidade de oportunidades. A partir disso, muita
coisa mudou em minha vida.

REFLEXÃO
O q u e vo c ê g ostar i a d e compartilhar
co m o u tr as pess oas ?

64
sempre!
LEMBRE-SE

Quando você coloca o seu coração no que


01. faz, o que você faz chega mais rápido ao
coração das pessoas.

Realizar projetos que fazem o seu coração


02. bater mais forte, sem esperar algo em troca,
pode render grandes surpresas.

Quando compartilhamos o nosso melhor


03. inspiramos outras pessoas a fazerem o
mesmo. Isso vira uma corrente do bem.

Faça
AGORA MESMO!

Transforme algo que você gosta de fazer em


algo que possa ser útil para os outros.

Coloque o seu coração nesse projeto.

Compartilhe!

65
Anotações

66
Sacada # 13

ENTENDER SEUS
PA R Â M E T R O S M A I S
I M P O R TA N T E S P O D E
T E A J U DA R A TO M A R

Certeiras
DECISÕES MAIS

67
A
Sacada # 13
ENTENDER SEUS
PA R Â M E T R O S M A I S
I M P O R TA N T E S P O D E T E
A J U DA R A TO M A R D EC I S Õ E S
MAIS CERTEIRAS

Depois que lancei o livro “A menina do Vale” pela internet, passei a


viver no meio de um furacão. De um lado, uma startup crescendo muito
rapidamente, nos Estados Unidos. Do outro, alguns milhões de pessoas
me escutando no Brasil. Por um ano, resolvi continuar nos Estados Unidos,
aprendendo e crescendo, mergulhando no mercado mobile, e resolvi me

“O poder do autoconhecimento é fundamental


para você entender quais são os seus parâmetros
e isso te ajuda a tomar as decisões mais
importantes de sua vida.”

comunicar com o Brasil pela internet, criei canal no YouTube e comecei a


alimentar redes sociais. De repente me vi com uma voz no Brasil, e com
a possibilidade de falar sobre educação e empreendedorismo no meu
país. Como a minha startup estava indo em direção a uma aquisição,
eu decidi que estava na hora de colocar as coisas na balança de novo.

68
A decisão não foi difícil, pois segui dois parâmetros que considero
essenciais: potencial de impacto para as pessoas e crescimento pessoal
para mim. Aquela era a hora de voltar para o Brasil e aproveitar o
momento. Senti que eu precisava modelar aquela argila antes que ela
endurecesse.

O poder do autoconhecimento é fundamental para você entender


quais são os seus parâmetros e isso te ajuda a tomar as decisões mais
importantes de sua vida.

REFLEXÃO
Quai s são os par âmetros essenciais
par a a s ua v i da?

69
sempre!
LEMBRE-SE

01. Pense sempre no primeiro passo.

02. Comece pequeno.

Foque naquilo que você consegue fazer


03.
no momento.

Faça
AGORA MESMO!

Pense e anote o que você realmente


deseja realizar.

Trace os passos necessários para realizar.

Observe quais são as ações que você consegue


realizar hoje e escreva o que você precisa para
começar.

Comece e tenha sempre em mente o resultado


que deseja, mesmo se ele ainda estiver muito
distante.

70
Anotações

7B1
Sacada # 14

Valorize
AS OPORTUNIDADES
QUE VOCÊ CRIOU
N O PA S S A D O

72
Sacada # 14
VA L O R I Z E A S
OPORTUNIDADES
QUE VOCÊ CRIOU
N O PA S S A D O

Voltei para o Brasil com o plano de trabalhar com educação e desenhei


uma escola, a FazINOVA. Recebi propostas para começar o negócio de
outra forma, já grande, e também para trabalhar em empresas que
admiro bastante. Mas o que eu queria mesmo era começar pequeno e
testar minha ideia com o menor gasto possível. Queria sentir na pele
como as pessoas receberiam os cursos e qual o impacto que cada um
dos meus cursos causaria nos alunos. Para viabilizar isso, procurei o
Etapa, onde tinha estudado durante o ensino médio. Eles foram super
receptivos e me deixaram usar a estrutura da escola.

Isso me mostrou claramente a importância de valorizar as


oportunidades que tivemos no passado. Às vezes, queremos começar
algo totalmente do zero, mas em muitos casos temos pessoas e
parceiros do passado que podem também contribuir para o presente.

73
“Às vezes, queremos começar algo totalmente
do zero, mas em muitos casos temos pessoas
e parceiros do passado que podem também
contribuir para o presente.”

REFLEXÃO
Vo c ê valoriza co r r etamen te as co n e xõ es
qu e r eali z a ao lo n g o da v i da?

74
sempre!
LEMBRE-SE

Não esqueça das pessoas que ajudaram


01.
você a chegar onde está hoje.

Muita gente que já passou pela sua vida


02. pode agregar muito no momento atual.
E você pode ajudá-la também.

Algumas conexões que fazemos ao longo


03. de nossas vidas são valiosíssimas para
a vida toda.

Faça
AGORA MESMO!

Pense quais pessoas que você conhece pode-


riam te ajudar a crescer de alguma forma.

Pense em como você pode agregar valor a


diferentes projetos.

Organize os contatos, junte forças, trabalhe


com parceiros e com equipes que estejam
alinhados com a troca que acontecerá. Seja
sempre grato!

75
Anotações

76
Sacada # 15

R E S P E I TA R , E AT É
MESMO REFLETIR SE
N OVO S P O N TO S D E
V I S TA FA Z E M S E N T I D O ,
É SINAL DE

Inteligência

77
Sacada # 15
R E S P E I TA R , E AT É M E S M O
R E F L E T I R S E N OVO S P O N TO S D E
V I S TA FA Z E M S E N T I D O , É S I N A L
DE INTELIGÊNCIA

Quando temos uma ideia de negócio, é fundamental testar a


viabilidade daquilo. E quando comecei a testar os três cursos que desenhei
para a FazINOVA, fiquei chocada com os resultados. Os meus três
primeiros cursos foram sobre empreendedorismo, inovação e habilidades
comportamentais. Por incrível que pareça, o curso de habilidades
comportamentais tinha resultados ainda mais transformadores do
que os cursos mais técnicos, de inovação e empreendedorismo. Como
engenheira e cientista da computação, eu não entendia muito bem
aquilo. Naquele momento eu aprendi algo que mudaria para sempre
a minha vida: nada é mais eficaz em tocar alguém positivamente, do
que a maneira como você faz as pessoas se sentirem. Isso é o mais
transformador, por isso que o comportamental é tão eficaz.

E o maior aprendizado vai além. Respeitar, e até mesmo refletir se alguns


novos pontos de vista fazem sentido na sua vida, é sinal de inteligência.
Pessoas irredutíveis fecham portas para muitas oportunidades, eu
mesma poderia ter sido irredutível naquele momento e teria fechado
as portas, mas nós não podemos ter preconceitos e temos que ter em
mente que as coisas podem mudar. E transformações são OK.

78
“Nada é mais eficaz em tocar alguém positivamente,
do que a maneira como você faz as pessoas se
sentirem. Isso é o mais transformador, por isso que
o comportamental é tão eficaz.”

REFLEXÃO
Até o n d e vo c ê s e per mi te mudar?

79
sempre!
LEMBRE-SE

Esteja aberto a mudar de opinião


01.
se fizer sentido.

Produtos precisam ser validados na prática


02.
e na experiência com o cliente.

Não feche suas opções em um primeiro


03.
momento. Você pode se surpreender.

Faça
AGORA MESMO!

Compartilhar suas ideias com outras


pessoas te ajudará a te dar novos pontos
de vista.

Diversifique a sua equipe com pessoas que


pensam de diferentes formas.

Frequente novos lugares e converse com


todos os grupos de pessoas.

80
Anotações

81
Sacada # 16

ESCUTE DE SEUS
CLIENTES A

transformação
QUE CAUSOU
NA VIDA DELES

82
Sacada # 16
ESCUTE DE SEUS
C L I E N T ES A T R A N FO R M AÇ ÃO
QUE CAUSOU NA
VIDA DELES

Quando criei a FazINOVA, comecei pequeno, sozinha, contando


com o apoio de um parceiro de confiança, o Etapa. Eu queria aprender
antes de crescer. E, para aprender, criei vários modelos de cursos.
Os primeiros cursos foram só comigo em São Paulo. Eu criava o
material, imprimia, dava as aulas, emitia nota fiscal. Depois levei os
cursos para outras cidades ao redor do Brasil e viajei para ministrar
as aulas. Pouco tempo depois, oferecemos cursos meus e também de
outros professores. Por um tempo, foquei só nos cursos de imersão.
Também testamos novos modelos de cursos já existentes que eram
ministrados por outros professores. Depois disso, criamos cursos

“Às vezes, você desenha algo esperando um certo efeito, mas


o efeito pode ser outro, muitas vezes até melhor, mas para
saber disso você precisa estar aberto para ouvir.”

83
semestrais ministrados por professores da FazINOVA. Tivemos
também cursos mais curtos, de um dia só. Isso tudo presencial. No
mundo online, criamos uma plataforma própria, onde lançamos
mais de 10 cursos online gratuitos e três fechados. Foram muitas
experiências acumuladas ao longo de dois anos e meio, com mais de
150 mil alunos, entre cursos online e presenciais. E, baseado nisso,
aprendemos três coisas: a transformação será maior se a FazINOVA
focar no despertar do sentimento de protagonismo, se atuarmos
na mudança do modo de pensar dos alunos e, principalmente, na
mudança de como as pessoas usam o que sabem e o que aprendem
em direção aos projetos que elas mais querem realizar.

Essa experiência do dia a dia com os alunos nos mostrou o quanto


é importante escutá-los. Escute os seus clientes, eles sabem bem a
transformação que você causou (ou deixou de causar). E escute de
peito aberto as críticas, pois elas virão e precisamos estar abertos
para ouvir e melhorar com isso. Às vezes, você desenha algo esperando
um certo efeito, mas o efeito pode ser outro, muitas vezes até melhor,
mas para saber disso você precisa estar aberto para ouvir.

REFLEXÃO
Co mo vo c ê r ec ebe críticas?

84
sempre!
LEMBRE-SE

01. Escute seus clientes.

Testar novos modelos de serviços ou


02.
produtos faz parte da evolução.

O resultado pode ser diferente do planejado,


03.
e isso, às vezes, é ainda melhor.

Faça
AGORA MESMO!

Peça feedback.

Esteja sempre de peito aberto.

Permita-se mudar.

85
Anotações

86
Sacada # 17

AG A R R E AQ U I LO
QUE TEM DE

melhor
N A S U A N AT U R E Z A

87
Sacada # 17
AG A R R E AQ U I LO Q U E
TEM DE MELHOR NA SUA
N AT U R E Z A

Aos poucos, o meu lado comunicadora foi se desenvolvendo e eu


peguei gosto por escrever. Escrevi mais três livros, aprendi bastante
sobre o mercado literário, e como boa empreendedora que ama aprender
modelos de negócios, decidi que valeria a pena abrir uma editora e
aprender ainda mais sobre esse negócio. Relançar meus livros era o de

“Seja fiel ao melhor da sua natureza e vá em frente.”

menos, o legal mesmo seria, além de ser a editora da FazINOVA, criar uma
proposta única para novos talentos, inovar na forma na qual pessoas
podem colaborar na criação de um livro e mesclar completamente o
mundo online e offline em cada projeto. O caminho mais fácil, sem
dúvidas, era outro. Mas não adianta, o DNA da minha equipe é de

88
reinvenção. Com apenas três meses, a editora relançou meus três
primeiros livros, lançou um novo livro que escrevi, criou um aplicativo,
operacionalizou um tour de lançamento de livros com palestras por
todas as capitais do Brasil com mais de 50 mil inscritos, fez parcerias
para o lançamento de um jogo de cartas original, outro para um livro de
histórias em quadrinhos para crianças e, em cima do que aprendemos
com esses projetos, expandiremos para muitos outros lançamentos
com pessoas muito queridas. De novo, foco em protagonismo.

Eu poderia facilmente ter continuado com outra parceria para


fazer meus livros, sem me aborrecer com os desafios de começar uma
empresa nova, em outro mercado, mas faz parte da minha natureza
querer fazer novos projetos, querer aprender sobre novos mercados e
querer reinventar a forma como projetos são feitos. Tenha sempre em
mente que você pode e deve agarrar aquilo que tem de melhor. Seja fiel
ao melhor da sua natureza e vá em frente.

REFLEXÃO
O que você faz de melhor?

89
sempre!
LEMBRE-SE

O melhor de sua natureza deve estar claro


01.
para você e para os outros.

02. Seja fiel aos seus propósitos.

Seja protagonista da sua própria vida e


03.
agarre o que você tem de melhor.

Faça
AGORA MESMO!

Liste as atividades que você mais domina.

Encontre como aliar as atividades que você


domina com seu trabalho.

Aprenda ainda mais sobre as coisas sobre


as quais você já tem algum conhecimento.

90
Anotações

91
Sacada # 18

É POSSÍVEL DIVERSIFICAR
P R O J E TO S E AO M E S M O
T E M P O F O R TA L E C E R O

Foco

92
Sacada # 18
É POSSÍVEL DIVERSIFICAR
P R O J E TO S E AO M E S M O T E M P O
F O R TA L E C E R O F O C O

Falei em DNA e de como não adianta fugir daquilo que faz parte do
seu melhor. Me formei engenheira elétrica e cientista da computação.
Comecei minha carreira programando e sempre amei tecnologia. Fui
altamente influenciada pela forma de pensar do Vale do Silício. Amo
comunicação e amo empreender no mundo da educação, mas não
dá para ficar longe de tecnologia. Não dá para parar de pensar em
algumas ideias, que inclusive se conectam absurdamente bem com
a FazINOVA e a Enkla, e não querer montar esses projetos. Inclusive,

“É possível diversificar projetos e não perder o foco?


Pois eu te digo que sim. E mais, ao diversificar, é possível
fortalecer ainda mais o foco. ”

tenho pessoas na minha equipe que também possuem forte ligação com
a tecnologia. A FazINOVA é focada em conteúdo, embora ela também
tenha a parte de tecnologia presente por conta dos cursos online, mas
os conteúdos são cursos focados em protagonismo e no despertar.

93
De forma natural, começamos a pensar em como escalar ainda
mais em termos de curadoria de conteúdo, principalmente algo self-
service que pessoas pudessem usar quando já sabem qual sonho ou
projeto querem realizar. E assim surgiu o BeDream.me, uma empresa
mobile e global, que já nasce em inglês mas também em português, e
que pretende reinventar como as pessoas encontram os conteúdos,
as ferramentas e as parcerias de que mais precisam.

Algumas pessoas podem achar que é muito projeto, que é falta


de foco. É possível diversificar projetos e não perder o foco? Pois eu
te digo que sim. E mais, ao diversificar, é possível fortalecer ainda
mais o foco. Quando os projetos estão alinhados entre si, é como se
um conjunto de soluções convergisse para uma mesma meta. Um
complementa o outro e, de certa forma, se potencializam. Vejo muita
gente com medo de realizar projetos novos, e claro, é preciso ter uma
dose de planejamento e clareza sobre cada um, mas se você conseguir
analisar como cada um se comporta, talvez encontre uma maneira
pela qual irão se complementar.

REFLEXÃO
Há u m po n to em co mu m en tr e
to d os os s eu s projetos?

94
sempre!
LEMBRE-SE

É possível fazer várias atividades e manter


01. o foco, quando todas estão ligadas ao
mesmo propósito.

Saiba onde você quer chegar para que novos


02.
caminhos sejam possíveis.

03. Tenha muita clareza em seus objetivos.

Faça
AGORA MESMO!

Deixe o seu propósito escrito de forma clara


em algum lugar visível diariamente.

Informe as pessoas a sua volta qual


é o seu objetivo.

Saiba explicar de forma ampla a conexão


entre as partes.

95
Anotações

96
Sacada # 19

ÀS VEZES, DEIXAR
AS COISAS FLUÍREM
N AT U R A L M E N T E P O D E
TRAZER GRANDES

Resultados

97
Sacada # 19
ÀS VEZES, DEIXAR AS COISAS
F L U Í R E M N AT U R A L M E N T E P O D E
T R A Z E R G R A N D E S R E S U LTA D O S

Acredito muito no poder de deixar as coisas acontecerem


normalmente. Oportunidades incríveis podem surgir disso e tenho
várias histórias interessantes neste sentido. Nos últimos anos,
começamos a mergulhar muito no universo de comunicação, branding
e mídias, pois estávamos sempre envolvidos com os conteúdos da
FazINOVA, além de pensar cuidadosamente nas estratégias de marca
da Enkla e do BeDream. Fora isso, aprendemos muito com a minha
presença em mídias tradicionais e digitais. Então, naturalmente,
evoluímos para criar uma agência, a Figurinhas, que agora tem se
aprofundado em branding, comunicação e criação de novos projetos
que fortalecem os nossos negócios.
Veja bem, eu não resolvi abrir de repente uma agência, mas deixei
as coisas fluírem, atendemos as demandas que surgiram e, ao perceber,
estávamos desenvolvendo o papel de uma agência. Deixar as coisas
fluírem naturalmente também pode trazer bons resultados.

98
“Deixar as coisas fluírem naturalmente
também pode trazer bons resultados. ”

REFLEXÃO
Co mo cali br ar o r i tmo d e u m p ro j e to
i nter f er i n d o pos i t i vamen te n os resultados?

99
sempre!
LEMBRE-SE

Colocar suas ideias na prática gera mais


01.
insights do que apenas deixá-las no planejamento.

Uma experiência influencia a outra,


02.
deixe as coisas fluírem.

É preciso aproveitar da melhor forma o que


03. você tem hoje na mão, isso pode te abrir
oportunidades futuras.

Faça
AGORA MESMO!

Faça pequenos testes em cima


das ideias que você tem.

Dê tempo para as coisas acontecerem.

Faça o melhor que você pode com


o que você tem hoje.

100
Anotações

101
Sacada #20

QUER
COMPROMISSO?

Liberdade

102
Sacada #20
QUER COMPROMISSO?
DÊ LIBERDADE

A praticidade aliada à boa execução pode gerar grandes resultados


e projetos realmente interessantes. Na minha equipe, temos uma visão
muito prática das coisas e criamos novos projetos em questão de dias
ou no máximo algumas semanas. Como conseguimos isso? Com uma
equipe super enxuta, na qual todos querem e têm muita liberdade e
responsabilidade. Consequentemente, todos são muito engajados com
cada projeto que desenvolvemos. Ao dar liberdade para um colaborador
responsável, o compromisso dele só tende a aumentar.

103
“Ao dar liberdade para um colaborador responsável,
o compromisso dele só tende a aumentar.”

REFLEXÃO
Como a liberdade aliada a responsabilidades
podem engajar uma equipe?

104
sempre!
LEMBRE-SE

Tenha uma equipe na qual você possa


01.
confiar.

Esperar o melhor das pessoas pode influenciar


02.
positivamente nas atitudes delas.

Responsabilidades com um voto de confiança


03.
podem criar engajamento nas pessoas.

Faça
AGORA MESMO!

Experimente dar um voto de confiança para


alguma pessoa responsável.

Liste suas responsabilidades, e as priorize.

Faça uma pesquisa rápida para entender


qual a percepção das pessoas quanto aos
seus desafios.

105
Anotações

106
Sacada #21

COMO DIZIA STEVE JOBS:


O S P O N T O S S Ó FA Z E M
SENTIDO QUANDO VOCÊ OLHA
PA R A T R Á S E E N X E R G A D E

Conexões
VERDADE AS

107
Sacada # 2 1
C O M O D I Z I A S T E V E J O B S : O S P O N TO S
S Ó FA Z E M S E N T I D O Q U A N D O V O C Ê
O L H A PA R A T R Á S E E N X E R G A D E
VERDADE AS CONE XÕES

Quando mergulhamos em um processo como eu mergulhei nos


últimos três anos, desde que voltei ao Brasil, o começo é uma bagunça
e pouco a pouco as conexões vão surgindo. Algumas coisas que você
tinha certeza que seriam parte do seu destino não fazem parte dele,
e coisas totalmente inesperadas fazem, mas as conexões são ainda
melhores. Ao me envolver com esses quatro negócios, ao aprender
mais sobre diferentes papéis de diferentes colaboradores, começou a
ficar claro que há diferentes tipos de protagonismo, e que o maior papel
dos nossos negócios, como um todo, seria despertar o sentimento de
protagonismo entre os nossos alunos da FazINOVA, desenvolver seus

“Protagonismo vai além, ele existe em sua vida


profissional e também na pessoal.”

108
projetos pela curadoria do BeDream, e ajudá-los a lançar e distribuir
esses projetos pela Enkla e Figurinhas. Protagonismo vai além, ele existe
em sua vida profissional e também na pessoal. E focando muito mais
em protagonismo, resolvi testar na pele alguns desafios, como treinar
para uma maratona, aprender a desenhar e a cozinhar. Isso me ajuda
a entender o processo de aprendizagem e crescimento em diferentes
ramos. E o legal é que aprender coisas novas, por métodos novos, com
as pessoas certas, como o que oferecemos, é também uma das coisas
que mais amo fazer na vida.

Agora eu te proponho um desafio: pense na sua vida. Há quanto


tempo você diz que quer começar a correr, ou então, desde quando você
tem vontade de aprender a dançar, a cozinhar? O novo assusta e a inércia
é poderosa e pode nos travar, mas quando percebemos que podemos
dar os primeiros passos e que a coragem aparece quando começamos, a
sua vida muda.

REFLEXÃO
Quan tos d os s eu s pl an os
estão ai n da n o papel?

109
sempre!
LEMBRE-SE

Podem acontecer coisas maravilhosas no


futuro em função do primeiro passo que
01.
você está dando hoje, mesmo que hoje
isso não esteja tão claro.

A única maneira de realizar algo grande é


02. dividindo em partes menores e dando um
primeiro passo.

Muitas pequenas ações podem


03.
mudar sua vida para sempre.

Faça
AGORA MESMO!

Faça uma lista das coisas que você gostaria


de fazer um dia.

Experimente fazer pequenas coisas que você


nunca fez, alguma aula diferente, ir a algum
lugar inusitado, fazer uma viagem para um
lugar que você não iria normalmente.

110
Anotações

111
Sacada Extra!

O Q U E N ÃO É
P E RC E B I D O N ÃO

Existe

112
Sacada Extra!
O Q U E N ÃO É P E RC E B I D O, N ÃO E X I ST E .
TRABALHE MUITO.
NÃO EXISTEM OPORTUNIDADES QUE VÊM DO ALÉM.
ACREDITE MUITO NO QUE VAI REALIZAR, MAS NÃO SEJA
CEGO EM NÃO OUVIR COMO ALGO É PERCEBIDO.

Uma última coisa que queria mencionar é que só você sabe daquilo
que viveu, aprendeu, acertou, errou, da transformação positiva que
causa em seus clientes, da luta diária dos seus colaboradores. Por outro
lado, em um mundo ultraconectado, no qual pessoas podem aprender
rapidamente, mas muito por cima, o que você faz, um erro comum que
mata oportunidades é não deixar claro o que você tem feito. É normal
se empolgar internamente, trabalhar focado de cabeça baixa, e ainda
assim não posicionar externamente o seu real trabalho, sua motivação
e visão. Um erro mais grave, se você tem colaboradores ou até mesmo
para a sua família, é não expor a eles com clareza qual o seu projeto e
onde poderão chegar.

“Acredite, o que não é percebido, não existe. Trabalhe muito. Não


existem oportunidades que vêm do além. Acredite muito no que
vai realizar, mas não seja cego em não ouvir como algo é percebido.
Se algo está sendo percebido de maneira incorreta, tem aí um
aprendizado: explique melhor as coisas, até mesmo para as pessoas
mais próximas que são aquelas que mais importam.”

113
Todas as 21 sacadas que mostramos aqui, junto com exemplos da
minha vida, provam o quanto somos capazes de realizar. Cada um tem
suas histórias e experiências únicas, mas a força de vontade de realizar
e o foco em criar e enxergar as oportunidades são fatores que todos
podem ter. Aplique essas sacadas em sua vida, preste atenção no que
acontece ao redor e treine o seu olhar para extrair o melhor de cada
situação. Isso nada mais é do que criar oportunidades. Nossas atitudes
perante a vida são as responsáveis pelos resultados que alcançamos,
e essas ações dependem só de você. É possível, e quando percebemos
que o impossível simplesmente não existe, o gostinho de fazer cada vez
mais e melhor e de encontrar a sua melhor versão te leva para lugares
que você sequer poderia imaginar.

sempre!
LEMBRE-SE

Faça o que é possível hoje para abrir portas


01.
para o impossível amanhã.

Você pode produzir mais ao trazer o que gosta


02.
á mesa.

As suas ações mudam as probabilidades


03.
de dar certo.

114
Você tem a liberdade de decidir o significado
04.
que as coisas têm.

É raríssimo uma oportunidade simplesmente


05.
cair no seu colo.

06. Cuidado com aquilo que é esperado de todos.


Médias podem te limitar a não encontrar o
seu melhor.

A capacidade de adaptação faz com que você


07.
foque nos resultados e não nos desafios.

Gerar valor e criar fortes conexões depende


08.
de você.

09. Peça mais responsabilidades em vez de só


esperar por elas.

Quanto vale aquilo que não fazemos? Não é


10.
só porque está tudo bem, que não é hora de
mudar.

115
Existem outros caminhos além daquele para
11.
qual todos estão indo.

Pegue algo que faz parte do seu melhor e


12. compartilhe com o mundo sem querer nada
em troca.

Entender seus parâmetros mais importantes


13.
pode te ajudar a tomar decisões mais certeiras.

Valorize as oportunidades que você criou no


14.
passado.

Respeitar, e até mesmo refletir se novos


15.
pontos de vista fazem sentido, é sinal de
inteligência.

Escute de seus clientes a transformação que


16.
causou na vida deles.

Agarre aquilo que tem de melhor na sua


17.
natureza.

116
18. É possível diversificar projetos e ao mesmo
tempo fortalecer o foco

Às vezes, deixar as coisas fluírem naturalmente


19.
pode trazer grandes resultados

20. Quer compromisso? Dê liberdade.

21. Como dizia Steve Jobs: os pontos só fazem


sentido quando você olha para trás e enxerga
de verdade as conexões.

22. O que não é percebido não existe.

VAI COM
TUDO
NOS SEUS
SONHOS!

Bel Pesce

117
CRIANDO
Oportunidades

para se aprofundar neste tema, acesse

www.descubraoportunidades.com.br
Bel Pesce
A AU TO R A

Bel Pesce é uma empreendedora apaixonada por negócios e pela


vida, e fundadora da FazINOVA, uma escola de desenvolvimento de
talentos e inovação que ajuda as pessoas a realizarem sonhos. Ela
também é escritora, autora dos livros “A Menina do Vale”, “Procuram-se
Super- Herois”, “A Menina do Vale 2” e ”A sua melhor versão te leva além”,
também é fundadora da Editora Enkla, que nasceu em setembro de 2015
com o propósito de semear conteúdos inspiradores. Foi considerada uma
das “100 pessoas mais influentes do Brasil”, pela Revista Época, eleita
um dos “30 jovens mais promissores do Brasil”, pela Revista Forbes, um
dos “10 líderes mundiais mais admirados pelos jovens”, em pesquisa da
Cia de Talentos, e vencedora do Women’s Initiative Awards, trazendo
para o Brasil, pela primeira vez, o renomado prêmio da Cartier que avalia
projetos de mulheres empreendedoras de todo o mundo.
QUER SABER
MAIS SOBRE
A ENKLA?

Fique por dentro


DE NOSSOS TÍTULOS, AUTORES,
LANÇAMENTOS E EVENTOS.

Visite o site www.enkla.com.br, cadastre-se para


receber as novidades e curta nossas redes sociais
para ter acesso a conteúdo exclusivo .

www.enkla.com.br
www.facebook.com/editoraenkla
www.twitter.com/enklaeditora
www.instagram.com/enklaeditora

Se quiser receber informações por e-mail, basta se


cadastrar em nosso site ou enviar uma mensagem
para contato@enkla.com.br

PROJETO GRÁFICO:
Sabrina Carrard Vanessa de Souza Esser
sabrina.carrard@gmail.com vesser.design@gmail.com