Você está na página 1de 7

FATEC SANTOS

Curso: SI – 2º Sem. Disciplina: Matemática Discreta


Profª Ms. Luciana Paiva

LISTA DE EXERCÍCIOS: LISTA 01

Concursos públicos, como os da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Tribunais etc,
costumam inserir questões com a lógica aqui estudada. E vários deles pedem que seja julgado,
como correta ou incorreta, a afirmação que é feita no enunciado. Veja este exemplo:

1) (CESPE: Banco do Brasil –2007) Na lista de frases apresentadas a seguir, há exatamente


três proposições.
I – “a frase dentro destas aspas é uma mentira.”
II – A expressão X + Y é positiva.
III – O valor de √4 + 3 é 7.
IV – Pelé marcou dez gols para a seleção brasileira.
V – O que é isto?
OBSERVAÇÃO: lembre-se, você deve julgar como correta ou incorreta a afirmação que o
exercício fez (“há exatamente três proposições”).

2) Ainda na linha dos concursos, resolva este exercício, que tem os mesmos moldes do anterior.

(Banco do Brasil 2, CESPE/2007,) Uma proposição é uma afirmação que pode ser julgada como
verdadeira (V) ou falsa (F), mas não como ambas. As proposições são usualmente simbolizadas
por letras minúsculas do alfabeto, como, por exemplo, p, q, r etc. A partir desses conceitos,
julgue o próximo item.
Há duas proposições no seguinte conjunto de sentenças:

(I) O BB foi criado em 1980.


(II) Faça seu trabalho corretamente.
(III) Manuela tem mais de 40 anos de idade.

OBSERVAÇÃO: lembre-se, você deve julgar como correta ou incorreta a afirmação que o
exercício fez (“há duas proposições...”).

3) Mais uma de concurso:

(SEBRAE –CESPE/2010) Entre as frases apresentadas a seguir, apenas duas são proposições:
a: Pedro é marceneiro e Francisco, pedreiro.
b: Adriana, você vai para o exterior nessas férias?
c: Que jogador fenomenal!
d: Todos os presidentes foram homens honrados.
e: Não deixe de resolver a prova com a devida atenção.
4) Certo dia, três funcionárias foram incumbidas de arquivar os documentos de um determinado
processo. Ao final do trabalho, duas delas fizeram as seguintes declarações:
Aline: Bia arquivou os documentos mas Clara não os arquivou.
Bia: Se Aline não arquivou os documentos, então Clara os arquivou.
Considerando que as duas declarações são verdadeiras, então os documentos foram
arquivados:
a) Pelas três funcionárias;
b) Por uma única funcionária;
c) Apenas por Bia e Clara;
d) Apenas por Aline e Clara;
e) Apenas por Aline e Bia.

5) Determine o valor lógico de cada uma das seguintes proposições:


a) Se 3+2 = 7, então 4+4 = 8. ( )
b) Não é verdade que se 2+2 = 5, então 4+4 = 10. ( )
c) Se 3+3 = 8, então 2+2 = 4 ou 7+7  14. ( )
d) Se 5>2 e 2  1, então 7+2 = 10 ou 2+3 = 5. ( )

6) Dadas as proposições:
p: O aplicativo é bom.
q: O aplicativo é útil.
Escreva cada uma das proposições na forma simbólica, usando p e q.

a) O aplicativo é bom e útil.


b) O aplicativo é bom mas não é útil. f) Não é verdade que o aplicativo não é
c) É falso que o aplicativo não é bom ou bom ou não é útil.
útil. g) Se o aplicativo é bom, então o
d) O aplicativo não é bom nem útil. aplicativo é útil.
e) O aplicativo é bom, ou o aplicativo h) O aplicativo não é bom, se não é útil.
não é bom e útil.

7) Sabendo-se que V(p)=V, V(q)=V, V(r)=F e V(s)=F, determinar os valores lógicos das
seguintes proposições:
a) (p  (q  r))  (p  (r  q)) ( )
b) (q  r)  (~ q  r) ( )
c) (~ p  ~ (r  s)) ( )
d) (p  q)  (~ r  s) ( )

8) Qual o valor lógico de cada uma das proposições a seguir?

a) p: -2<0 ( )
b) q: Porto Alegre é a capital do Paraná. ( ) e) R: 8 é par e 6 é ímpar. ( )
c) P: 3>1 ou 3=1 ( ) f) S: 8 é par ou 6 é ímpar.. ( )
d) Q: 3>1 e 4>2 ( ) g) T: 8 é ímpar ou 6 é ímpar. ( )
9) Sejam as proposições: d) Luiz não é professor e engenheiro.
p: Luiz é professor. e) Luiz é professor ou engenheiro.
q: Luiz é engenheiro. f) Luiz é professor ou não é engenheiro.
Escreva na forma simbólica cada uma g) Luiz não é professor ou engenheiro.
das proposições abaixo: h) Luiz não é professor ou é engenheiro.
i) Não é verdade que Luiz é professor
a) Luiz não é professor. ou engenheiro.
b) Luiz é professor e engenheiro. j) Não é verdade que Luiz não é
c) Luiz é professor e não é engenheiro. professor ou não é engenheiro.
k) Luiz não é professor nem engenheiro.

10) Dadas as proposições:


p: Gosto de pizza.
q: Gosto de pipoca.
r: Gosto de guaraná.

Traduzir para a linguagem natural as seguintes proposições:


a) q  p b) (p  q)  r c) ~ p  (q  ~ r)

11) Determine o valor lógico das proposições a seguir:


a) P: Se 9+7 = 17, então eu sou o rei da Inglaterra. ( )
b) Q: Se 22 = 4, então 32 = 6. ( )
c) R: 2 = 0, se 1 < 0 ( )
d) S: 4 < 5, se 3 > 4 ( )
e) T: Se 5 > 2, então 7 > 4 ( )

12) Determine se as proposições a seguir são tautologias, contradições ou indeterminadas:


a) (p  q)  (p  q) c) ~((~p  r)  (q  r))
b) ~((p  q)  (p  q)) d) ~p  ~q

13) Mostrar que:


a) (p  (p  q))  q
b) ((p  q)  (q  r))  (p r)
c) ((p  q)  (p  r))  (p  (q  r))
d) ((p  q)  (p  r))  (p  (q  r))

14) Determine se a implicação a seguir é Verdadeira ou Falsa:


24 = 16 e 42 = 16  34 = 81 e 43 = 81

15) Escreva em linguagem simbólica e verifique se são logicamente equivalentes os pares de


proposições abaixo:

a) A: Se ele é um bom cantor, então ele faz sucesso.


B: Ele não é um bom cantor ou faz sucesso.
b) C: Se Q não é um quadrado, então Q não é um retângulo.
D: Se Q é um quadrado, então Q é um retângulo.

c) E: Se eu me chamo Rubens, eu serei aprovado no concurso.


F: Eu serei aprovado no concurso ou não me chamo Rubens.

16) Verificar se (p  q)  p implica q.

17) Demonstrar que as proposições “p ~q” e “~p  q” não são equivalentes.

18) Simbolizar as seguintes proposições matemáticas:

a) x é maior que 5 e menor que 7, ou x não é igual a 6.


b) Se x é menor que 5 e maior que 3, então x é igual a 4.
c) x é maior que 1, ou x é menor que 1 e maior que 0.

19) Negar, em linguagem simbólica, as proposições do exercício anterior.

20) Dar a negação, em linguagem natural, de cada uma das seguintes proposições:

a) A Lógica é fácil e Joaquim será aprovado.


b) Marisa é alta ou não é atleta.
c) É noite e a cidade descansa.
d) Eu irei à praia, se está sol.
e) Se o rei é bonito e rico, então ele é feliz.
f) O cinema fica lotado, se o filme é bom.

21) Considere a proposição: “Se ela é uma boa cozinheira, então a comida é saborosa”.
Determine, em linguagem simbólica e linguagem natural
a) a proposição recíproca;
b) a negação da proposição;
c) uma proposição equivalente.

22) Escreva a negação de cada uma das seguintes proposições, numa sentença o mais simples
possível:
a) João é bem sucedido e não precisa de um empréstimo.
b) Ele não é rico nem feliz.
c) Se as ações caem, aumenta o desemprego.
d) Nem Marcos nem Eurico são médicos.
e) Ela tem cabelos louros e olhos azuis.
f) Ela tem cabelos louros se, e somente se tiver olhos azuis.
g) Se Pedro é um poeta, então ele é pobre mas feliz.
h) Se Iara estuda e presta atenção às aulas, então ela é aprovada.
i) Se Melissa ama a natureza, então ela ama os animais e as plantas.

23) Verificar, mediante tabelas-verdade, as seguintes equivalências:


a) p  q  q  p (Comutativa)
b) (p  q)  r  p  (q  r) (Associativa)
c) ~ (p  q)  p  ~q  ~p  q (Negação do bicondicional)
d) p → q  ~q→~p (Contrapositiva do condicional)
e) ~ (p → q)  p  ~q (Negação do condicional)

24) Verifique, por meio de tabelas-verdade, que ~(A ∧ B) NÃO é equivalente a (~A) ∧ (~B).

25) Verifique, por meio de tabelas-verdade, que ~(A ∨ B) NÃO é equivalente a (~A) ∨ (~B).

26) Verifique se as proposições P e Q são equivalentes (há 3 proposições simples em cada


uma):
P: Se o dia está quente e úmido, a tempestade virá.
Q: O dia não está quente nem úmido, então a tempestade não virá.

27) Avalie se as proposições a seguir são equivalentes.


P: Não estudei Matemática e estudei Inglês.
Q: Não é verdade que estudei Matemática ou não estudei Inglês.

28) Um teste fácil:


(ESAF/ANA 2009) Determinado rio passa pelas cidades A, B e C. Se chove em A, o rio
transborda. Se chove em B, o rio transborda e, se chove em C, o rio não transborda. Se o rio
transbordou, pode-se afirmar que:
(a) Choveu em A e choveu em B. (d) Choveu em C.
(b) Não choveu em C. (e) Choveu em A.
(c) Choveu em A ou choveu em B.
29) As seguintes proposições são verdadeiras:
 Se Paulo não trabalha sexta-feira, então Maria trabalha sábado.
 Se Ana não trabalha domingo, então Samuel não trabalha sexta-feira.
 Se Samuel trabalha sexta-feira, então Maria não trabalha sábado.
 Samuel trabalha sexta-feira.
Logo, pode-se afirmar que:
a) Paulo trabalha terça-feira e Maria trabalha sábado.
b) Paulo não trabalha terça-feira ou Maria trabalha sábado.
c) Maria trabalha sábado e Ana não trabalha domingo.
d) Ana não trabalha domingo e Paulo trabalha terça-feira.
e) Se Maria trabalha sábado, então Ana não trabalha domingo.

30) As seguintes proposições são verdadeiras:


Se o bolo é de laranja, então o refresco é de limão.
Se o refresco não é de limão, então o sanduíche é de queijo. O sanduíche não é de queijo.
Logo, o correto é concluir que:
a) O bolo é de laranja.
b) O refresco é de limão.
c) O bolo não é de laranja.
d) O refresco não é de limão.
e) O bolo é de laranja e o refresco é de limão.

31) Considerando que “planto ou crio gado”, “não vendo a fazenda ou não planto”, “se aplico na
bolsa, então não crio gado” são proposições verdadeiras e que, de fato, “aplico na bolsa”, então
é correto afirmar que
a) não vendo a fazenda e planto.
b) não planto e vendo a fazenda.
c) aplico na bolsa e não planto.
d) crio gado e planto.
e) não crio gado e não planto.

32) Se João está cansado, então vai dormir. Se João vai dormir, Maria não assiste à TV. Se
Maria não assiste à TV, então faz o jantar. Certo dia, Maria não fez o jantar. Logo,
a) João foi dormir.
b) João estava cansado.
c) João fez o jantar.
d) Maria assistiu à TV.
e) Maria foi dormir.

33) Se sou paulista, então gosto de feijoada. Se não sou brasileiro, então não gosto de feijoada.
Não sou brasileiro, logo:
a) sou brasileiro. d) sou paulista e não gosto de feijoada.
b) não sou paulista. e) gosto de feijoada.
c) sou paulista.
34) Considere as premissas:
P1: Ou Rafaela pega um taxi ou Cintia não vai ao cinema de carro;
P2: Rafaela compra pipoca se e somente se, Cintia também comprar;
P3: Cintia vai ao cinema de carro se e somente se tiver dinheiro para a gasolina;
P4: Ou Cintia tem dinheiro para a gasolina ou compra pipoca.
Sabendo-se que Cintia não tem dinheiro para a gasolina conclui-se que:
a) Cintia e Rafaela vão ao cinema de carro.
b) Cintia não pega um taxi, mas vai ao cinema de carro.
c) Cintia não vai ao cinema de carro, nem compra pipoca.
d) Nem Rafaela pega um taxi, nem Cintia vai ao cinema de carro.

35) Sejam as proposições:


 Se o fiscal emitir o parecer técnico, então redigirei o ofício.
 Anexarei os documentos comprobatórios ao processo se e somente se o ofício estiver
redigido.
 Ou os documentos comprobatórios são anexados ao processo, ou são arquivados.
Considerando que as proposições anteriores possuem valoração verdadeira e sabendo que os
documentos comprobatórios não foram anexados ao processo, então:
a) o fiscal emitiu o parecer técnico mas o ofício não foi redigido.
b) o ofício não foi redigido e os documentos comprobatórios foram arquivados.
c) ou os documentos comprobatórios foram arquivados ou o ofício não foi redigido.
d) o fiscal emitiu o parecer técnico e os documentos comprobatórios foram arquivados.