Você está na página 1de 3

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DO

JUIZADO ESPECIAL CÍVEL


DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE
______________________________________

Nem todas as cidades têm mais de um foro. Você deve verificar na comarca onde atuará sobre o foro competente. Nos sites dos tribunais pode ter possibilidade

de consulta de foro por logradouro.

Art. 14. da lei 9.099/95: O processo instaurar-se-á com a apresentação do pedido, escrito ou oral, à Secretaria do Juizado. § 1º Do pedido constarão, de forma

simples e em linguagem acessível: I - o nome, a qualificação e o endereço das partes;

JOÃO FULANO, brasileiro, empresário, solteiro, portador da carteira de


identidade número xxxxxxxxxx, expedida pela XXX/XX, inscrita no CPF/MF sob
o número 000.000.000-00, residente e domiciliado na Rua XXXXXX, nº XX, nesta
Capital, por intermédio de sua advogada MARIA DA SILVA, (procuração -
documento 01) brasileira, solteira, portadora da carteira de identidade número
XXXXXXXXXX, expedida pela XXX/XX, inscrita no CPF/MF sob o número
000.000.000-00, inscrita na OAB/RS sob o número XX.XXX, com endereço
profissional à Av. XXXXXXXX, sala XXX, Bairro XXXXXX, Porto Alegre/RS, CEP
90.000-000, onde recebe intimações, endereço eletrônico
mariadasilva@gmail.com, vem, respeitosamente, nos termos do art. 14 da Lei nº
9.099/95, perante Vossa Excelência, propor o seguinte
O e-mail do advogado não é um item obrigatório, mas pode ser útil caso alguém do cartório ou secretaria queira entrar em contato.

AÇÃO INDENIZATÓRIA POR VÍCIO DO PRODUTO


em face de Empresa XYZ Computadores Ltda, pessoa jurídica de direito privado,
inscrita no CNPJ sob o número 00.00.000/0000-00, situada à Av. XXXXXXXX,
nº XX, Bairro das Estradas, Campo Encantado/RS, CEP 99.999-999, pelos fatos
e fundamentos a seguir expostos.
Lembre-se que você pode ajuizar a ação em face da empresa fabricante e também em face do comerciante do produto. Nesse caso,

haverá litisconsórcio passivo. Não esqueça de verificar o endereço correto dos fornecedores, para ter certeza de que eles poderão ser

citados e intimados para comparecer à audiência de conciliação, a primeira que se realizará após o ajuizamento da demanda.

I – DOS FATOS
No dia 03/02/2015 o Autor adquiriu um notebook da empresa Ré (doc. 02).
Aqui o advogado deve expor todos os fatos. Observe a ordem lógica e cronológica dos acontecimento. Narre com clareza tudo o que aconteceu e aproveite para

indicar o número do documento que comprove a ocorrência do fato relatado. Mesmo no processo eletrônico, aproveite para mencionar o número ou nome do

documento que se relaciona ao fato. Isso facilita o entendimento do julgador e faz com que a petição seja mais clara, de leitura fluida e fácil de ler.

Lembre-se de expor todos os detalhes e juntar números de protocolos, nome de eventuais atendentes. Nessa parte também escreva sobre as características da

vida do autor ou autora, enfatizando fatos como a matrícula em um curso, a realização de uma viagem ou outros elementos que possam influenciar, por exemplo,

na indenização requerida ou que se relacionam com o vício do produto.


II – DOS FUNDAMENTOS
DO VÍCIO DO PRODUTO
A relação entre as partes é nitidamente de consumo.
Dispõe o artigo 18 do Código de Proteção e Defesa do Consumidor: os
fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem
solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem
impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o
valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com a indicações
constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária,
respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor
exigir a substituição das partes viciadas.
O § 1° do citado diploma legal prevê que não sendo o vício sanado no prazo
máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua
escolha: I - a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas
condições de uso; II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente
atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos; III - o abatimento
proporcional do preço.
O notebook objeto da ação tem um vício oculto de qualidade que não permite o
seu funcionamento perfeito, sendo, portanto, inadequado ao fim a que se destina
já que o consumidor não pode utilizá-lo normalmente.

DO DANO MORAL SUPORTADO PELO CONSUMIDOR


Caso seja interessante, esclareça aqui os motivos pelos quais o consumidor sofreu danos morais. Esse item pode estar separado ou junto com o item sobre o

vício do produto. A jurisprudência reconhece a ocorrência de danos morais em situações de problemas com produtos como nos casos de aparelhos de ar

condicionado, veículos, entre outros. Confira ao final desse modelo uma seleção de decisões para fundamentar sua petição!

III - DOS PEDIDOS


Diante do exposto, requer o autor:
a) a citação da empresa ré;
b) a total procedência do pedido a fim de que a ré seja condenada a substituir o
notebook objeto da ação por outro que esteja em perfeitas condições de
funcionamento e tenha as mesmas características, nos termos do art. 18, § 1º, I
do CDC;
Atenção: segundo o artigo 18, §1º do CDC, o consumidor tem 3 opções de escolha. Os pedidos, portanto, devem ser baseados nessas possibilidades. Converse

com seu cliente e avalie o que é melhor pedir. Os pedidos podem ser alternativos ou cumulativos.

c) seja a ré condenação ao pagamento do valor a ser arbitrado pelo juízo a título


de compensação pelos danos morais suportados pelo autor
Dá-se à causa o valor de alçada.
Caso você pretenda atribuir à causa um valor específico, lembre-se que em caso de Recurso

para as Turmas Recursais, será cobrado um valor calculado tendo-se em conta o valor atribuído à causa.
Cidade, _____ de ___________ de 2017.
No procedimento do Juizado Especial, a advogado não precisa indicar as testemunhas na petição inicial. Elas serão levadas a depor independentemente de

intimação na data designada para a audiência de instrução.

Maria da Silva
assinatura digital
Não esqueça de assinar a petição caso não se trate de processo eletrônico.

Você também pode escrever a expressão assinatura digital, embora não seja obrigatório.