Você está na página 1de 12

ANTI-AMA

Para o Ayurveda, a boa saúde depende de nossa capacidade de


metabolizar completamente os alimentos, digerir e manter em
equilíbrio as emoções e sensações. Quando nosso Agni (enzimas
digestivas) está equilibrado, criamos tecidos saudáveis eeliminamos
os resíduos (fezes, urina, suor) de forma eficiente e, somos ainda
capazes de manter nosso Ojas (vitalidade) estável.

Agni = Fogo sutil, poder de transformar, metabolismo.

Ojas = Força de defesa do corpo denso e sutil, imunidade.

São vários os fatores que podem interferir na qualidade de nosso


Agni: Emoções, estilo de vida, ambiente, alimentação.

Como estas variáveis estão sempre presentes em nossa rotina, é


importante que saibamos o que caracteriza uma boa capacidade
digestiva.

Sinais de uma boa capacidade digestiva – agni saudável:

- Língua rosada, ou seja, sem camada de muco ou saliva mais


espessa;

- Sensação de fome próximo ás refeições;

- Funcionamento do intestino (diariamente);

- Sensação de clareza mental;

- Pele saudável e com brilho;

- Vitalidade, sensação de energia;

Sinais de uma capacidade digestiva insuficiente – mau Agni:

- Língua com revestimento esbranquiçado, sendo que não sai com


facilidade;

- Falta de apetite;

- Digestão lenta, sensação de empachamento;

- inchaço, gases, constipação E distensão abdominal;

- Letargia ou sonolência.
Quando a capacidade digestiva não está boa, a tendência é a
formação de bio-toxinas, ou seja, Ama. Toxina ou Ama são
substâncias resultantes da digestão incompleta dos alimentos que
podem trazer prejuízos à saúde do organismo.

Com o passar do tempo, o acúmulo dessas toxinas no organismo


pode apresentar-se na forma de doenças como: intolerâncias
alimentares, artrites, alergias, doenças autoimunes, doenças
neurológicas.

A dieta anti-ama é uma boa ferramenta que o Ayurveda apresenta


para eliminação dessas toxinas. Ela vai ajudar a desintoxicar,
fortalecer o sistema imunológico e aumentar a produção de Ojas
(energia vital).

O propósito da dieta anti-ama é de aumentar a capacidade digestiva.


É uma abordagem terapêutica natural não medicamentosa para
eliminar toxinas e os seus efeitos nocivos. É considerado o primeiro
passo para restaurar o equilíbrio do organismo e despertar os
mecanismos internos de auto cura. A dietaanti-ama é recomendada
para a prevenção e tratamento de desequilíbrios de saúde em fase
subclínica (assintomáticos ou com sintomas inespecíficos) ou no
estágio precoce das patologias, e também para promover o
rejuvenescimento.

É importante a qualidade, a variedade e as combinações corretas dos


alimentos, observando a forma adequada de prepará-los, respeitando
os horários e os ciclos naturais do corpo. Alimentar-se apenas
quando sentir fome real, esta é uma das principais regras a ser
respeitada neste período.

Deve-se dar preferência a vegetais orgânicos e frescos, também se


deve ter a hidratação adequada, descanso, meditação e pratica de
atividade física moderada.

Os horários de alimentar-se, assim como os de sono, devem ser


respeitados. Na medida de possível procurar dormir cedo e acordar
antes do sol nascer, evitar excessos de estímulos, tais como:
internet, celular, televisão, etc.
ALIMENTOS PERMITIDOS:

− Folha verdes refogadas como: chicória, aipo, brotos, almeirão,


espinafre, bertalha, folha de brócolis, rama de beterraba, folha de
mostarda.

− Vegetais: cenoura, abóbora, inhame, nabo, bardana, abobrinha,


beterraba, rabanete, chuchu, aspargo fresco, broto de feijão,
palmito fresco.

− Frutas sempre refogadas ou cozidas: abacaxi (doce), maçã (doce),


mamão, morango, cereja, pêssego, pera, água de coco, goiaba,
coco fresco, tâmara (de molho na água). Geleias sem açúcar das
mesmas frutas.

− Cereais integrais: arroz basmati, arroz thai, amaranto, macarrão


de arroz, gérmen de trigo, lentilha rosa, lentilha verde, semente
de girassol, feijão moyashi, aveia cozida, quinoa, semolina, ervilha
partida.

− Temperos: salsa, cebolinha, alho poró, manjericão, cúrcuma,


cardamomo, cominho, coentro semente e folha, erva-doce, noz
moscada, hortelã, pimentas, orégano, páprica, funcho, menta,
cravo, canela, gengibre, tomilho, louro, assafétida, mostarda em
grão.

− Ghee, sal de rocha (rosa) do Himalaya, com moderação.

− Mel com moderação. Procure um mel orgânico, pois existem


muitas misturas inadequadas. E, quanto mais tempo longe da
colheita é melhor, pois, ele fica mais adstringente após 6 meses
da colheita.

− Chás: Anis-estrelado, Camomila, erva-doce, erva cidreira, capim


limão, hortelã, menta, coentro, dente-de-leão, alcachofra,
gengibre, canela, cravo, cardamomo.
ALIMENTOS PROIBIDOS:

− Todos os tipos de carne, todos os frutos do mar, frango e ovos.

− Raízes: batata inglesa.

− Vegetais: Pimentão, berinjela, repolho, brócolis, couve-flor,


cogumelos, alho, cebola, tomate.

− Frutas: banana, jaca, fruta do conde, caqui, figo, manga,


melancia, melão, romã e frutas ácidas.

− Pão com farinha refinada, tortas, quiches, pastéis, empadas,


etc.

− Feijões de grão graúdo, grão de bico, soja.

− Todos os tipos de sementes e nozes, amendoim, castanha,


amêndoa, castanha de caju, castanha-do-pará, pinhão.

− Leite, queijo, cottage, requeijão, açúcar e todos os adoçantes.

− Bebidas alcoólicas, café, tabaco, chocolate.

− Óleos refinados, frituras. Manteiga, margarina (Comer com


moderação).

− Mandioca, mandioquinha, batata doce.


HÁBITOS PARA MELHORAR A DIGESTÃO:

− Consumir ½ colher de chá de gengibre fresco com 1 pitada de


sal de rocha antes das refeições, aumenta o Agni.

− Ghee estimula o Agni e melhora a digestão.

− Não beber e comer nada gelado, pois diminui o Agni e gera


Ama.

− Coma em ritmo moderado, não muito rápido ou vagaroso.

− Coma em uma atmosfera tranquila.

− Nunca se alimente quando estiver contrariado.

− Durante uma refeição, 1/3 do volume do estômago deverá ficar


vazio, para facilitar a digestão.

− Evitar combinações incompatíveis.

− Alimentar-se somente quando a refeição anterior tiver sido


digerida.

− Alimentar-se com alimentos que respeitem sua constituição,


idade, clima, hora do dia e desequilíbrio.

− Não dormir durante o dia, deitar cedo e acordar cedo. Desta


forma aumenta-se o Prana, vitalidade.
Remedinho Pastinha para dissolver as bio-toxinas e estimular o Agni
(fogo digestivo), que deve ser tomado durante os 7ou 5 dias, sempre
pela manhã e após a água morna.

1 col de sopa de ghee

1 col de sopa de mascavo

1 col de sopa de gengibre em pó – mistura fazer uma pasta e tomar


da seguinte forma:

dia 1 – ½ colher de chá (se a dieta for de 7 dias, iniciar aqui)

dia 2 – 1 colher de chá (se a dieta for de 5 dias iniciar aqui)

dia 3 – 1 e ½ colher de chá

dia 4 – 2 colheres de chá

dia 5 - 1 e ½ colher de chá

dia 6 - 1 colher de chá (terminar aqui se dieta de 5 dias)

dia 7 - ½ colher de chá (terminar aqui se dieta de 7 dias)

** Essa pastinha deve ser conservada em geladeira por no máximo 3


dias. Após fazer novamente.

Após a água morna e a pastinha de ghee, esperar 15 minutos para


fazer a refeição. No caso, a opção de café da manhã.
Sugestão de cardápio - Antes de começar a dieta compre os
ingredientes e leia às receitas para prepará-las adequadamente.

• Sempre verificar o cardápio no dia anterior da preparação, pois se


tiverem grãos eles precisam ficar de molho.

DIETA - 1º dia

Café da manhã

- Panqueca de aveia.

- Chá de hortelã.

Almoço

- Arroz basmati.

- Lentilha rosa com cenoura.

- Vagem refogada.

- Abóbora assada.

Lanche

- Maçã assada com canela em pau, cravo e cardamomo.

Jantar

- Sopa de cenoura com gengibre.

- Chá de erva doce.

2º dia

Café da manhã

- Chá de camomila.

- Panqueca de quinoa

Almoço

- Arroz integral agulhinha.

- Feijão moyashi com alho poró e cenoura em cubinhos.

- Bertalha ou chicória refogada com temperos permitidos.


- Chuchu e abobrinha refogados com ghee, alho poró e temperos
permitidos.

Lanche

- Pêssego cozido com canela em pau.

Jantar

- Sopa de abóbora com ghee, gengibre, alho poró e manjericão.

- Chá de camomila.

3º dia

Café da manhã

- Chá de capim limão.

- Mingau de aveia.

Almoço

- Kichari.

- Espinafre refogado com temperos permitidos.

- Chá de dente de leão.

Lanche

- Pera assada com canela em pau e cardamomo.

Jantar

- Sopa de legumes, refogado no ghee e temperos permitidos


(abóbora, cenoura, inhame, abobrinha).
Receitas Anti-ama

PANQUECA DE AVEIA

Ingredientes

3 colheres de sopa de aveia em flocos

3 colheres de sopa de aveia em flocos finos

100ml de água

Canela e cardamomo.

Preparo

Colocar a aveia em uma frigideira antiaderente. Misturar com as


mãos e ir adicionando a água até formar uma massa homogênea,
adicionar as especiarias. Distribuir pela frigideira e levar ao fogo
médio, virando de um lado para o outro até ficar dourada.

PANQUECA DE QUINOA

Ingredientes

5 colheres de sopa de quinoa em flocos

Água

Erva-doce e canela.

Ghee

Preparo

Passar o ghee na frigideira antiaderente. Adicionar a quinoa e ir


colocando a água até formar uma massa homogênea, adicionar as
especiarias.. Distribuir pela frigideira e levar ao fogo médio virando
de um lado para o outro até ficar bem sequinha.

Feijão moyashi

- ½ xícara de feijão moyashi (deixar de molho por 8 horas).

- 1colher de chá de ghee.

- ½ alho-poró cortado em fatias.


- 1cenoura média descascada e cortada em cubinhos.

- ½ colher de café de cominho em grão.

- 1 colher de café de coentro em grão.

- ½ colher de café de cúrcuma (açafrão da terra).

- 1 folha de louro

- 1 ½ xícara de água.

Em uma panela, aqueça o ghee e coloque o coentro e o cominho em


grão. Quando começar a fazer espuma, adicione o alho poró e
refogue. Acrescente a cúrcuma, a folha de louro, o feijão moyashi e a
cenoura, refogue rapidamente adicione água e o sal. Deixe cozinhar
por cerca de 20 minutos.

Kichari

- ½ xícara de arroz integral agulhinha

- 1 xícara de lentilha

- 1 pitada de gengibre em pó

- 1 colher de café de cúrcuma em pó.

- 1 folha de louro

- 1 cravo

- 1 pitada de pimenta do reino

- 3 xícaras de água.

- sal.

Em uma panela coloque o cravo, o louro, o arroz e a cúrcuma e toste


por cera de 1 minuto. Logo em seguida coloque a água, o gengibre
em pó e a pimenta. Deixe cozinhar, e quando levantar fervura baixe o
fogo, adicione o sal e cozinhe até ficar completamente seco. Desligue
o fogo e sirva.

Sopa de abóbora com gengibre e manjericão

Ingredientes

1 colher de chá de ghee


500ml de água

300g de abóbora japonesa

4 colheres de sopa de alho-poró cortado em fatias finas

3 colheres de sopa de manjericão fresco

1 colher de chá de gengibre ralado.

Sal

Preparo

Esquente o ghee, refogue o alho poró e o gengibre, reserve. Cozinhe


a abóbora no vapor. Bater a abóbora com o refogado e o manjericão
no liquidificador, se precisar acrescente um pouco de água. Sirva
morna.

--------------------------------------------------------------------------

Você também pode gostar