Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA

CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO


E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG

ATIVIDADES 23CNA – CONTAS NACIONAIS NÚMEROS ÍNDICES

1. Com base nos dados da tabela abaixo (quando necessário considere 2008 como base) responda:
Artigo 2008 2009 2010
Preço Quantidade Preço Quantidade Preço Quantidade
1 8 12 11 17 12 21
2 5 7 7 8 10 14
3 9 4 15 11 19 16
a) Qual o índice de Quantidade de Bradstreet-Doutot (razão entre as médias aritmética simples)
entre 2008 e 2010? Interprete o resultado.
b) Como é feita a ponderação do Índice de Laspeyres de Preço? Apresente a fórmula de cálculo
do Índice de Laspeyres de Preço e calcule o índice entre o 2009 e o 2010. Interprete o
resultado.
c) Como é feita a ponderação do Índice de Paasche de Quantidade? Apresente a fórmula de
cálculo do Índice de Paasche de Quantidade e calcule o índice entre 2009 e 2010. Interprete o
resultado.
d) Calcule o Índice de Valor de 2008 a 2010. Interprete o resultado.
e) Encontre o índice de Fisher de Preço entre 2008 e 2010. Demonstre (algebricamente e
numericamente) que o produto de um índice de Fisher de Quantidade multiplicado pelo índice
de Fisher de Preço resulta num Índice de Valor.
f) Como é feita a ponderação do índice de Divisia? Qual a principal vantagem desse índice?
Apresente a fórmula e calcule o índice de Divisia de Preço de 2009 a 2010.
g) Calcule o Índice de Preço de Laspeyres Modificado de 2009 a 2010. Interprete o resultado.
h) Calcule o índice Quantidade de Bureau de Preço de 2009 a 2010.

2. Considere uma população dividida em dois grupos, com 5 pessoas em cada grupo. A renda
de cada pessoa é dada na tabela a seguir:
Rendas (X) a) (1.5 ponto) Calcule o índice de Gini da desigualdade dentro do
Grupo1 Grupo 2 Grupo1 (G1), dentro do Grupo2 (G2) e para toda a população (G).
1 16 b) (1 ponto) Admita que a renda de todas as pessoas do Grupo1
1 16 seja dobrada, permanecendo constante a renda das pessoas do Grupo2.
2 16 Quais são agora os valores de G1, G2 e G?
4 16
32 16

3. Considere os dados da tabela abaixo referentes ao PIB de um país qualquer e também a


variação de preços:
Ano PIB - $ (milhões) Inflação- var. anual - (% a.a.)
2009 4587 -
2010 4698 0,75
2011 4585 -0,06
2012 4788 0,15
a) Transforme a série do PIB – $ (milhões) em um índice com base fixa em
2011 = 100.
b) Utilizando a série Inflação - var. anual - (% a.a.), construa um índice de preço com base fixa
em 2011.
c) Lembrando da propriedade de decomposição de causas, encontre o índice de quantidade com
base fixa em 2011.
1. Imagine que a população do país ESTEC seja composta por 5 pessoas (E1, S, T, E2 e C). As
rendas dessas pessoas são, em Estects (E$), respectivamente, E$ 1000, E$ 2000, E$ 8000, E$
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO
E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG

12000 e E$ 20000. Trace a curva de Lorenz desse país e calcule o Índice de Gini da
população.

2. Qual a diferença entre “linha de pobreza” e “necessidades básicas”? Considere os dados da


população do país ESTEC, se a linha de pobreza é z = E$ 5000, calcule a Incidência de Pobreza
desta população de ESTEC.

3. Considere os dados da tabela abaixo referentes ao PIB do país ESTEC e também a variação
real anual (% a.a.) do PIB e responda:
Ano PIB - E$ (milhões) PIB - var. real anual - (% a.a.)
2009 35000 -
2010 36000 0,75
2011 39000 -0,06
2012 43000 0,15
d) Transforme a série do PIB – E$ (milhões) em um índice com base fixa em
2010 = 100.
e) Utilizando a série PIB - var. real anual - (% a.a.), construa um índice de quantidade com base
fixa em 2009 e um índice com base fixa em 2012.
4. Em ESTEC, a Esperança de vida ao nascer, em 2012, foi de 70 anos. A média de anos de
escolaridade dos habitantes era de 5 anos e os anos de escolaridade esperados era de 8 anos.
O rendimento nacional bruto per capita (PPC$) foi de 1200.
Calcule o IDH para o ESTEC (usando a nova metodologia), considerando os valores abaixo
como os valores de referência para o cálculo do IDH para o ano de 2012:
Indicador Máximo observado Mínimo Observado
Esperança de via ao nascer 83,4 20,0
Média de anos de escolaridade 13,1 0
Anos de escolaridade esperados 18 0
Índice de educação combinado 0,978 0
Rendimento nacional bruto per capita (PPC$) 107721 100

5. Com base nas respostas corretas das questões de 1 a 4, relativas ao país ESTEC, faça uma
análise detalhada sobre as questões de desigualdade, pobreza, crescimento e desenvolvimento
do país ESTEC.

6. (1 ponto) Enuncie e demonstre a Propriedade de Inversão e a Propriedade Ano Preço de X


Circular dos números índices proposto por Fisher. Depois, com base nos 2010 95
dados da tabela ao lado demonstre essas duas propriedades dos números 2011 102
índices simples de Preço ( use 2010 como base): 2012 104

7. Analise os dados hipotéticos abaixo e responda às perguntas que se seguem:


Peru, Colômbia e Paraguai- Distribuição Pessoal da Renda 2011
Distribuição da Renda (2011)
Países
30% mais pobres 20% seguintes 10% mais ricos
Peru 12% 21% 20%
Colômbia 20% 25% 14%
Paraguai 25% 20% 11%
a)Trace a curva de Lorenz aproximada para os três países e diga, pela análise gráfica, qual dos três
países apresenta a distribuição de renda mais desigual. Justifique.
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO
E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG

b) Agora, calcule o índice de Gini para o país com maior desigualdade dentre os três.

8. Enuncie e demonstre a Propriedade de Inversão e a Propriedade Circular dos números índices


proposto por Fisher. Depois, com base nos dados da tabela ao lado demonstre essas duas
propriedades dos números índices simples de Preço ( use 2008 como base):

9. Mostre que o índice de preços de Paasche é igual à média harmônica ponderada dos preços
relativos, utilizando o valor das vendas de cada produto no período para o qual se está
calculando o índice (PitQit) como fator de ponderação.

10. Muitas vezes precisamos mudar a base de uma série. Para isso, Ano Índice de Preço
fazemos uso de duas propriedades dos números índices. Demonstre Base 2011
algebricamente como fica a mudança de base. Depois, faça a mudança 2008 95
de base da série ao lado tomando como nova base o ano de 2009. 2009 94
2010 97
2011 100
11. Considere uma população com n pessoas em que a renda de m (com m < n) pessoas é igual a
zero e a renda total é equitativamente distribuída entre as n-m pessoas restantes.
a) Derive o índice de Gini da distribuição de renda nessa população.

12. Julgue verdadeiro ou falso (justifique as falsas):


(V) a curva de Lorenz é traçada considerando-se a percentagem acumulada de pessoas no eixo das
abscissas e a percentagem acumulada de renda no eixo das ordenadas;
(V) de maneira geral, a Curva de Lorenz é uma situação intermediária entre a linha de perfeita
equidade (com inclinação de 45º) e a perfeita desigualdade (onde apenas 1 pessoa detêm toda a renda
da economia);
(F) ao dividirmos a área de desigualdade pela área de perfeita igualdade, determinamos o índice de
Gini que torna-se assim um índice adimensional que varia entre 0 e 0.5.
(F) Para o cálculo do IDH adota-se uma medida relativa, sem unidade de medida, e isso permite a sua
agregação por meio da média aritmética simples ou ponderada. Varia entre -1 e 1 com valores mais
altos indicando níveis superiores de desenvolvimento.

13. Leia atentamente os trechos da reportagem abaixo, publicada no WebSite PortalDa Ilha em
16/11/2011 bem como as informações a seguir:
Governo Colombo anuncia nova política salarial para os servidores
O governador [de Santa Catarina] e grupo gestor do Governo do Estado apresentaram, nesta quarta-
feira (16), a nova proposta salarial para os servidores públicos do Estado.
Nas medidas estão o reajuste de 8% no vencimento de todos os funcionários, a incorporação dos
abonos e o aumento no vale alimentação, criando uma política salarial única a todos os funcionários.
(...). A revisão de 8% vai ser aplicada sobre a base de dezembro de 2011(...). A medida vai beneficiar
quase 130 mil servidores catarinenses, com impacto mensal de R$ 32,7 milhões aos cofres do Governo
do Estado.
Considere apenas o salário, sem os benefícios. Suponha que, no ano de 2012, o Índice Nacional de
Preços ao Consumidor aumente de 100 para 110. Ao escrever sua reportagem, no final do ano de 2012,
um jornalista escreveu: “O salário real dos servidores públicos do Estado de Santa Catarina diminuiu
no ano de 2012”. Julgue a afirmativa, justificando sua resposta.

14. Imagine uma economia que só produza livros de Estatística Econômica e calculadoras
financeiras. As quantidades produzidas e os preços unitários são apresentados na tabela
seguinte. Use 2009 como ano-base para os cálculos quando necessário.
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO
E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG

Ano Preço (livro) Quantidade (livro) Preço (calculadora) Quantidade (calculadora)


2009 80 15 330 12
2010 80 17 350 12
2011 95 23 365 14
a) Qual é o valor do PIB nominal em 2009, em 2010 e em 2011?
b) Qual é o valor do PIB real em 2009, em 2010 e em 2011?
c) Qual é a taxa de crescimento do deflator implícito do PIB entre o ano-base o ano de 2010?

15. Em uma economia qualquer são calculados três índices (o sobrescrito i não indica expoente e
sim a quantidade de produtos que compõem o índice):
∑𝑛𝑖=1 𝑝𝑡𝑖 𝑞𝑡𝑖 ∑𝑛𝑖=1 𝑝𝑡𝑖 𝑞0𝑖 ∑𝑛𝑖=1 𝑝0𝑖 𝑞𝑡𝑖
𝜃0,𝑡 = 𝑛 ; 𝛾0,𝑡 = 𝑛 𝑖 𝑖 ; 𝜉0,𝑡 = 𝑛
∑𝑖=1 𝑝0𝑖 𝑞0𝑖 ∑𝑖=1 𝑝0 𝑞0 ∑𝑖=1 𝑝0𝑖 𝑞0𝑖
a) Quem são 𝜃0,𝑡 ; 𝛾0,𝑡 e 𝜉0,𝑡 ?
b) Com base em 𝜃0,𝑡 ; 𝛾0,𝑡 e 𝜉0,𝑡 (ou em uma combinação desses índices) é possível calcular o
Deflator Implícito (DI) do PIB? Explique detalhadamente.
c) Com base em 𝜃0,𝑡 ; 𝛾0,𝑡 e 𝜉0,𝑡 é possível calcular o Índice de Fisher de preço e de
quantidade?(Caso sim, demonstre como fica). O que acontece quando multiplicamos um
índice de Fisher de Quantidade por um Índice de Fisher de Preço?

16. Leia atentamente os trechos da reportagem abaixo, apresentada no Diário Catarinense dia
11/06/2013 bem como as informações a seguir:

O sindicato dos motoristas e cobradores (Sintraturb) recuou e decidiu suspender a greve do transporte
coletivo de Florianópolis na noite desta terça-feira. A decisão foi tomada porque os trabalhadores não
desejam que o índice de reajuste salarial seja definido pela Justiça do Trabalho no dissídio coletivo
marcado para quinta-feira.
O motivo é que se o caso fosse para a avaliação dos desembargadores, os motoristas e cobradores
poderiam receber menos que o oferecido pelo sindicato dos empresários (Setuf), a reposição de 7,16%
referente ao INPC mais ganho real de 2,63%.
Imagine que o salário base de um motorista antes da greve é de R$ 1591. Caso seja aceita a proposta
patronal, de quanto deve ser o novo salário dos motoristas (em R$)? (use o deflacionamento que
aprendemos em aula)

17. Leia atentamente os trechos da reportagem abaixo, apresentada no Jornal Bom dia Brasil em
21/11/2012 bem como as informações a seguir:
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO
E SÓCIO-ECONÔMICAS – ESAG

Greve de auditores da Receita prende caminhões na


fronteira
No Paraná, 140 caminhões carregados lotam o pátio. No local trabalham
nove auditores, que conseguem liberar até 120 cargas por dia.
A greve dos auditores fiscais em todo o Brasil completou cinco meses no último domingo. Eles pedem 30% de
reajuste nos salários. O governo já ofereceu a metade, para ser paga ao longo dos próximos três anos, mas a
categoria não aceitou.
Imagine que o salário base de um auditor fiscal é de R$ 13.600,00 e não sofre reajuste há T anos.
Considere também que durante os T anos, a inflação foi de 27%. Caso os Auditores consigam o
reajuste nominal de 30%, de quanto será a variação REAL de salários?