Você está na página 1de 5

Vetius Valens, Antologias, Livro I (tradução para língua inglesa: Mark Riley)

Tradução para o português: Daniela Figueiredo www.saturnalia.com.br

3. A Parte da Fortuna e seu Regente da Casa.

Querendo tornar o assunto da boa fortuna mais seguro e preciso, me dirijo à Parte da Fortuna, a
posição1 mais influente e potente. Como revelou misticamente o Rei, no início de seu 13o Livro: “A
seguir, (em natividades diurnas) é preciso contar com precisão a distância do Sol até a Lua, e depois
medir, na direção oposta, uma distância igual a partir do Ascendente, e verificar a posição resultante:
qual planeta é seu regente, que planetas ou estrelas estão nessa posição, e todos os asterismos em
quadratura ou trígono com essa posição. Com esse estudo/combinação de posições, as questões do
nativo aparecem claramente”.

Em seu livro “Os Termos”, Petosiris explica da mesma forma a Posição. Outros tratam do assunto de
outras maneiras, que publicaremos quando necessário, além de outros métodos que esclarecerão o
tópico da Boa fortuna. Agora vamos falar sobre a questão a seguir.

4. O Planeta que Rege o Ascendente ou a Parte.

Quando a Parte da Fortuna é designada a Saturno, e está no Ascendente, sem Marte em


oposição, o nativo tem sorte em atividades controladas por Saturno. Se Júpiter forma aspecto, ele tem
sorte redobrada; e se Vênus forma aspecto, ele tem sorte com a ajuda de mulheres ou eunucos. Quando
Marte está em conjunção ou oposição, o nativo sofre distúrbios e revezes. Quando Mercúrio
compartilha o Ascendente com Saturno, o nativo tem problemas de audição.
Júpiter, quando designado à hora ou Parte, e no Ascendente, torna os homens bem sucedidos
desde a juventude. Se Marte está na configuração (no mesmo centro, ou em trígono), os nativos
avançam em campanhas brilhantes, e adquirem meios de sustento. Quando Saturno também forma
aspecto, os nativos são exaltados; quando Vênus está em aspecto, são ainda mais exaltados. Quando
Mercúrio está em aspecto, os homens se envolvem em trocas.
Marte, quando designado a hora ou a Parte, e no Ascendente, incita seus nativos ao serviço
militar. Se Júpiter forma aspecto, o nativo melhora o status; com Vênus, ganha um status extraordinário.
Quando Mercúrio está em conjunção, ele aceita dinheiro entregue sem testemunhas, e nega o fato mais
tarde. Quando Júpiter está em conjunção, o nativo compra várias propriedades, de várias pessoas, mas
após sua morte, tudo volta a pertencer ao tesouro nacional.
Vênus, quando designado a hora ou a Parte, e no Ascendente, indica grandes benefícios e
outorga grande renome aos homens. Quando Mercúrio está em conjunção, tornam-se músicos. Mas, na
posição anterior, com Saturno está em oposição a eles ou em um aspecto superior, rouba deles o que
têm.
Mercúrio, quando designado a hora ou a Parte, e no Ascendente, dá boa fortuna aos homens.
Quando Júpiter está em conjunção ou quadratura, os nativos controlam tribunais e cidades. Quando
Saturno também está em conjunção, o controle, as honras, os bens e o sucesso são redobrados.
Quando o Sol herda a hora ou a Fortuna, e está no Ascendente: com Júpiter em conjunção ou
quadratura, o nativo tem extrema boa fortuna. Se Mercúrio também está em conjunção, o sucesso vem
em virtude das palavras. Se Marte está em conjunção ou quadratura junto a Júpiter, o nativo é grande,
um mestre da vida e da morte. No posicionamento anterior, quando Saturno está em quadratura ou
oposição, o nativo passa por percalços e penalidades.
A Lua, quando herda a hora ou a Parte da Fortuna, ou está no Ascendente, engrandece os
homens, especialmente em seu próprio triângulo. Com Vênus em conjunção ou quadratura, o nativo é
considerado merecedor de grandes honras. Quando Marte também está com a Lua, cria um mestre da
vida e da morte. Com Saturno, controla vários distritos. Com Júpiter em conjunção ou quadratura,
surgem grandes reis. Quando nenhum dos casos acima ocorre, e com Mercúrio configurado junto à Lua,
o sucesso advém das palavras e de aptidões especiais. Com Marte em conjunção ou quadratura, surgem
grandes tiranos e lordes. Se Marte está em oposição à Lua, sem aspectos com benéficos, o nativo é

1
O termo “posição” aqui utilizado tem relação com as dignidades – regências e júbilos, as casas, e os lotes.

Saturnália – Escola de Astrologia www.saturnalia.com.br


abandonado quando criança; mas com um benéfico em aspecto, a criança abandonada sobrevive e é
adotada. Da mesma forma, com Marte em quadratura ou posicionado em aspecto superior, o nativo se
envolve em andanças, separações e vicissitudes. Mas com Vênus em quadratura no ângulo, os homens
são enganados por mulheres. Com Saturno em conjunção e em signo obsceno, formam-se proxenetas, e
com Marte também na posição, os homens cedem suas esposas a outros homens. Com Saturno em
quadratura com a Lua ou em oposição exata (no grau), o nativo tem a sua criação interrompida ou é
abandonado pelos pais. Com Mercúrio em quadratura ou oposição à Lua, os homens são do contra,
sempre contrariando, e se envolvem em calúnias e são acusados por superiores. Com, além disso, um
maléfico na Posição ou em aspecto, há descrédito e condenação. Júpiter em oposição exata à Lua causa
esterilidade e oposição aos superiores. Em geral, maléficos que contemplam luminares e o Ascendente,
sem formar aspecto com benéficos, encurtam a vida dos nativos. Quando o regente do Ascendente está
em sua posição apropriada ou em sua própria seita, ele concede vida longa. Configurado com o regente
da Parte da Fortuna, o nativo ganha muitos anos e sorte. Com o regente descendendo, vida curta ao
nativo. Com um maléfico em conjunção ou em aspecto superior com a Lua, os filhos não sobrevivem.

5. A Posição do Mau Daimon2 (12). Muitas Configurações.

Quando os maléficos estão nessa posição, causam grandes ferimentos e traumas, especialmente em sua
própria face. Com a Parte da Fortuna nessa Posição, ou o planeta que a rege, não há auxílio, nem
mesmo durante os trânsitos: eles sempre foram inimigos, desde o nascimento. Da mesma forma,
benéficos nessa Posição não outorgam seus benefícios. Quando os três planetas estão sob esse signo (os
regentes do Ascendente, da Parte, e do Daimon), tornam os homens infelizes e desgraçados, e lhes falta
o pão de cada dia. Muitos pedem esmolas (pelas almas).

6. A Posição do Bom Daimon (11). Muitas Configurações. Signos que Escutam e Observam. Signos que
Contemplam também devem ser Analisados.

Quando os benéficos estão no signo do Bom Daimon, e em suas faces e posições apropriadas, criam
homens ilustres e ricos desde jovens — e mais ainda, se estiverem em trígono, a partir da direita, com a
Parte da Fortuna, ou em sextil com o Ascendente. Quando em signos que escutam ou que contemplam,
provêm mais e maiores benefícios. Com um dos benéficos em oposição ao Bom Daimon, e o regente da
casa também presente, esses planetas atraem maiores e melhores benefícios e sucessos. Quando os
maléficos estão em conjunção com o Bom Daimon, não podem causar qualquer dano. Sua eficácia
aumenta quando os regentes das casas, da Parte, o Ascendente e o Bom Daimon ascendem, ou com a
maioria dos planetas em conjunção ou aspecto com esses signos operativos; então, eles os homens são
gloriosos e extremamente ricos. Com Júpiter na Posição do Bom Daimon, o nativo é afortunado, tem um
bom salário, e muitos filhos. Quando também rege a Parte da Fortuna, o nativo é rico e abençoado. Com
Mercúrio em conjunção com ele, o nativo é um servidor imperial, e tem felicidade com os filhos.

7. A Posição do Meio do Céu (10)

Tanto os benéficos quanto os maléficos se alegram nessa Posição, caso tenham sido designados a Parte,
o Ascendente, ou o Daimon. Com algum dos benéficos ali e ascendendo, ou quando em contato com a
Lua, nascem tiranos e déspotas, governantes de distritos, homens de renome público. Quando o
regente dessa Posição está em posição favorável, cria homens vigorosos e bem sucedidos; em situação
desfavorável, cria homens fracos e malsucedidos. Com o regente descendente, ou com um maléfico em
conjunção ou em oposição a essa Posição, há derrotas, e também gera homens estéreis ou sem filhos.

8. A Posição do Deus Sol (09), pouco antes do MC. Nona Posição a partir do Ascendente. Muitos
Posicionamentos.

Com os benéficos nessa Posição e quando designados o Ascendente ou a Fortuna, o nativo é abençoado,
reverente, um profeta do grande Deus; na verdade ele será obedecido como a um Deus. Sem benéficos
ali, e com apenas Mercúrio em aspecto, o nativo se envolve em adivinhações; ele interpreta sua arte às

2 Gênio, Divindade, Espírito. O termo refere-se ao fogo íntimo que leva à criação, e nela se expressa (grego).

Saturnália – Escola de Astrologia www.saturnalia.com.br


massas. 3 Na meia idade, torna-se um administrador real. Porém, quando em conjunção com maléficos,
regendo os Posições antes mencionados (o Ascendente e a Fortuna), ou quando em aspecto com a
Parte, a partir da direita, o nativo será um tirano: fundará algumas cidades, saqueará outras, e pilhará
muita gente, vilmente. Com o Daimon ou a Fortuna na Posição do Mau Daimon (12), mas com os
regentes das casas da Parte e do Ascendente nessa Posição (do Deus), o nativo se envolve em muitas
maldades, viagens, e perde tudo o que ganhou; ou se refugia em templos, em virtude de desejos e
dores.

9. A Posição da Morte (8). Várias Visões.

Benéficos que aparecem nessa Posição não têm efetividade e são fracos, e não outorgam os benefícios
apropriados. Além disso, se regem o Ascendente e A Parte da Fortuna, são ainda menos efetivos e
variáveis. Com os maléficos em conjunção ou regendo a Parte, o nativo vagueia, e perde o que quer que
ganhe. Com a Parte nessa Posição, e com os maléficos em conjunção, regendo as casas da Parte, o
nativo é pobre, e não tem o que vestir. Com maléficos também regendo o Ascendente, ele é abjeto,
durante toda a sua vida. Com o regente da casa da Parte ou do Ascendente sob os raios do Sol, o nativo
estende a mão como pedinte. Com somente Mercúrio neste Signo, regendo a Inteligência (o chamado
Daimon), gera tolos, dementes, de fala deficiente, analfabetos. Quando a Fortuna está lá, o nativo, além
de ser lento, também será burro e pobre, especialmente se a Parte estiver sob os raios do Sol. Se, sob
essas circunstâncias, os maléficos também estiverem em conjunção, o nativo será surdo e mudo.
Somente a Lua, quando sua luz está minguando, parece se alegrar nessa Posição.

10. A Posição do Descendente (07)

Benéficos nessa Posição e que regem o Ascendente ou a Parte da Fortuna indicam boas coisas para o
nativo: heranças, aquisição súbita de novas propriedades, e benefícios a partir de falecimentos. Sem os
benéficos em seus lugares, os homens são menos prósperos, mas não pobres. Com somente Mercúrio
em conjunção e em sua própria face, o nativo obtém ganhos na terceira idade, e assuntos sobre cidades
lhe são confiados por reis. Com maléficos nessa Posição e regendo a Parte ou o Ascendente, e em suas
próprias faces, a vida do nativo fica sujeita a altos e baixos, especialmente na terceira idade, mas ele não
será pobre. Ele obterá renda a partir de calúnias e maldades / vituperação. Com maléficos regendo as
Partes, e fora de sua própria face ou seita, o nativo terá uma velhice miserável; alguns passarão um
tempo na prisão, e sofrerão decrepitude e doenças. Com Júpiter em aspecto a partir da direita, os
homens prestam serviços aos templos, em caso de moléstias; são perturbados e sofrem hemorragias e
doenças nos genitais e dedos. Com Mercúrio e Marte em signos descendentes, os homens são
cúmplices de bandidagens e assassinatos; e consequentemente, perecem miseravelmente depois.
Maléficos que descendem fora de seus próprios signos causam suicídios. Benéficos criam homens muito
experientes e bem-afortunados na velhice.

11. A Posição de Marte (06).

Com os benéficos nessa Posição, os homens perdem o que possuem; suas posses não duram. Eles
sofrem perdas em idade avançada, em virtude de multas. Com o Sol nessa Posição e regendo a Parte da
Fortuna ou o Ascendente, o nativo é condenado por autoridades máximas. Com Saturno regendo essa
Posição, o nativo é um errante, tende a ofender, e foge de sua terra natal, sobrevivendo a duras penas.
Com Júpiter regendo a Parte ou o Ascendente, o nativo perde propriedades em ações civis. Com a
regência de Vênus, o nativo é julgado e penalizado por causa de uma mulher. Esses homens
desagradáveis são insensíveis ao amor. Quando Marte rege, causa ferimentos e doenças na parte do
corpo referente ao signo onde está Marte, e cria pedintes nus que sofrem um fim miserável. Com
Mercúrio regendo a Parte ou o Ascendente, há tramoias, ladrões, calúnias, e homens que são injuriados
em público. Com a Lua nessa Posição, o nativo é um escravo, inútil—a menos que o restante esteja em
conjunção com a Lua: quando os outros planetas têm uma situação favorável, o nativo pode ser livre e
respeitável, apesar de a Lua estar na Posição da Má Fortuna.

3
ou “…o nativo se envolve em finanças; e controlaas massas por meio de seus negócios.” (Rhetorius em CCAG 8.4 pags. 163-4)

Saturnália – Escola de Astrologia www.saturnalia.com.br


12. A Quinta Posição. Muitos Teoremas.

Quando o Ascendente ou a Parte da Fortuna são atribuídos aos benéficos, o nativo é grande, lidera as
massas, e cria leis. Vênus é particularmente graciosa regendo o Ascendente ou a Parte. Especialmente
com Vênus em sua própria face ou Posição, surgem homens abastados e honrados. O mesmo se aplica a
todos os planetas: quando governam o Ascendente ou a Parte, produzem bens apropriados a sua
natureza e à Boa fortuna. Com Marte assim situado, os homens administram todo tipo de lugares: são
governadores, tiranos, e mestres da vida e da morte — não somente de homens simples, mas também
dos de alto escalão. Saturno nessa Posição cria donos de terras, que lidam com gado e outros animais;
eles fundam cidades e vilas. Com o Sol nessa Posição, os homens são amigos de grandes senhores,
associados dos Reis, e governantes de templos. Com Mercúrio nessa Posição os homens são bem
sucedidos nas palavras, e valem muito dinheiro. Com a Lua bem configurada, designada a Parte ou o
Ascendente, e em sua própria Posição, junto ao seu regente da casa, o nativo terá vida longa, e sua
prosperidade crescerá. Os benéficos ajudam muito quando passam por essa Posição; maléficos não
causam danos.

13. A Quarta Posição— Meio do Céu Inferior

Quando benéficos regem o Ascendente ou a Fortuna, e estão nessa Posição, o nativo ganha sua vida em
templos. Com benéficos designados à Parte dos Arquétipos, regendo as casas no Meio do Céu Inferior, o
nativo recebe revelações dos Deuses, através de visões de formas fantasmagóricas. Com Marte conjunto
ali, e designados a Fortuna e o Ascendente, o nativo vive uma vida perturbada, desgraçada, passa por
dificuldades, se envolve em atividades criminosas com os outros, e sofre uma morte violenta, ou
causada por si mesmo. Deve-se notar que essa Posição implica em boa reputação após a morte e
legados a herdeiros. Com maléficos nessa Posição, o nativo cede suas propriedades a quem quiser.

14. A Terceira Posição. Posição da Deusa Lua.

Se a Lua está nessa Posição, e é atribuída ao Ascendente ou à Parte, e em sua face apropriada, o nativo
é grande, um mestre em muitas coisas boas. Governará uma cidade, dará ordens a muitos homens; será
obedecido, e será responsável por tesouros. Se o Sol também está nessa Posição com a Lua, após a fase
nova, o nativo é um sacerdote ou sacerdotisa, e tem um meio de sustento insuperável. Quando Saturno
está ali com a Lua, o nativo fica sujeito à ira de Deus, é punido, passa por provações, e blasfema contra
os deuses muitas vezes; em virtude do que aconteceu a ele. Quando Júpiter está junto à Lua, o nativo é
um profeta, afortunado, rico, famoso, e mestre de muitas coisas boas. Com Marte em conjunção com a
Lua, ele é bem sucedido, mas perverso: desvia valores, ganha a vida matando ou roubando outros, e
viaja muito. Com Marte corretamente situado em suas próprias faces, o nativo é um governador de
cidades (dependendo do caráter da natividade), mas também é injusto, dá falso testemunho, e cobiça
os bens de outros. Ele decairá subitamente com a ira das autoridades. Com Vênus em sua própria
Posição, regendo a Posição da Deusa (03) e A Parte da Fortuna, especialmente em nascimentos
noturnos, o nativo é rico e apreciado pelas mulheres. Alguns são governantes reais, e administram
cidades, porque a deusa (Vênus) está atribuída a Parte da Fortuna na Casa da Deusa. Quando Mercúrio
está com a Lua no Signo da Deusa e rege a Parte da Fortuna ou o Ascendente, o nativo pode prever o
futuro de todos, e compartilha os mistérios com os deuses.

15. A Segunda Posição, Chamado Portão de Hades. A Posição que Ascende após o Ascendente.

Nessa Posição, os benéficos não beneficiam, e os maléficos criam homens desleixados e injuriados,
incapazes de se sustentar na vida, até o final. Com a Parte nessa Posição, quando os maléficos são
regentes das casas da Parte ou do Ascendente, o nativo torna-se guarda de cemitérios, e vive fora dos
limites das cidades. Saturno regendo a Parte da Fortuna e nessa Posição cria mortos-vivos, com o corpo
frágil, que sofrem acorrentados e aprisionados por muito tempo, até completar a fase cronocrática do
planeta. Júpiter nessa Posição gera gastos dos recursos do nativo até o fim, quando não resta mais nada;
traz o dom com crianças, mas não com boa fortuna. Marte nessa Posição e como regente da casa da
Parte e do Ascendente cria homens que tendem a ofender, sujeitos a penalidades, e cujas ações são
impedidas. Alguns são presos, e mais tarde, libertados. Com Marte, em seus próprios graus ou signos,
encarregado da Parte da Fortuna, quando a Parte está na Posição da 02, os homens tornam-se

Saturnália – Escola de Astrologia www.saturnalia.com.br


carcereiros, e ganham a vida em prisões, ou vivem em celas. Quando o Sol está nessa Posição, como
regente da casa da Parte ou do Ascendente, e em sua própria casa, com Marte no Ascendente, ou nos
Posições de Saturno, o nativo perde a visão durante o período cronocrático de Marte, sofre perdas de
suas propriedades ancestrais, e torna-se um mendigo. Vênus nessa Posição, como regente da casa da
Parte, ou do Ascendente, atrai ocupações públicas, de má reputação, se Vênus estiver ascendendo pela
manhã. Mercúrio nessa Posição e localizado sob os raios do Sol cria homens estúpidos e analfabetos. Se
ele também reger a Segunda Fortuna (chamada Daimon), tornará os homens surdos-mudos. Caso esteja
ascendendo, os homens se engajam em artes inusitadas, experimentando com o que não aprenderam
(de outros), mas sendo bem sucedidos em seus estudos. Quando a Lua está nessa Posição com Saturno
no Ascendente, acontece o oposto: o nativo sofrerá de cataratas e glaucoma.

16. Os Nove Nomes das Posições4.

(Significado do Nome)

O Deus (09) o pai


A Deusa (03) a mãe
O Bom Daimon (11) filhos
A Boa Fortuna (05) casamento
O Mau Daimon (12) doenças
A Má Sorte (07) ferimentos
A Parte da Fortuna
e O Ascendente (1) vida e meios de subsistência;
Daimon Atividade Mental
Meio do Céu (10)= Ação/Trabalho;
Desejo Amor
Necessidade Inimigos

4 Aqui ele se refere aos júbilos.

Saturnália – Escola de Astrologia www.saturnalia.com.br