Você está na página 1de 186

INSS

ANALISTA DO SEGURO SOCIAL

LÍNGUA PORTUGUESA:
1 Compreensão e interpretação de textos.
2 Tipologia textual.
3 Ortografia oficial.
4 Acentuação Gráfica.
5 Emprego e reconhecimento das classes de palavras; formação de palavras; flexão de gênero e número; modos e tempos
verbais.
6 Emprego do sinal indicativo de crase.
7 Sintaxe da oração e do período; termos essenciais, acidentais e integrantes da oração; concordância nominal e verbal.
8 Pontuação.
9 Figuras de linguagem.
10 Significação das palavras.
11 Redação de correspondências oficiais
(conforme Manual de Redação da Presidência da República).
TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL

LÍNGUA PORTUGUESA:
1 Compreensão e interpretação de textos.
2 Tipologia textual.
3 Ortografia oficial.
4 Acentuação gráfica.
5 Emprego das classes de palavras.
6 Emprego do sinal indicativo de crase.
7 Sintaxe da oração e do período.
8 Pontuação.
9 Concordância nominal e verbal.
10 Regências nominal e verbal.
11 Significação das palavras.
12 Redação de correspondências oficiais (conforme Manual de Redação da
Presidência da República).
RECORRÊNCIA
CESPE – PGE - PE – CONHECIMENTOS BÁSICOS – 2019

Com relação às ideias e aos aspectos linguísticos do texto apresentado, julgue o item
que se segue.

Conforme o texto, a Terceira Revolução Industrial foi o evento histórico responsável


por transformar o empregado em simples mercadoria do processo de produção.

Certo
Errado
CESPE – SLU - DF – CONHECIMENTOS BÁSICOS – 2019

Com relação às ideias do texto CB1A1-III, julgue o item seguinte.

De acordo com o texto, quando estamos indignados e sozinhos, elaboramos


mentalmente grandes argumentações contra aquilo que definimos como alvo da
nossa revolta.

Certo
Errado
CESPE – EMAP – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL MÉDIO –
2018

Acerca de aspectos linguísticos do texto precedente e das ideias nele contidas, julgue
o item a seguir.

O texto defende o papel dos governos como reguladores da economia.

Certo
Errado
CESPE – STJ – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGO 1 – 2018

Com base no texto CB1A1CCC, escrito por uma juíza acerca de casos de violência
doméstica, julgue o item a seguir.
No terceiro parágrafo, fica clara a importância da linguagem nas audiências judiciais, momento em
que as vítimas têm a oportunidade de desabafar, e os juízes, como a autora do texto, de lhes
explicar o trâmite da ação.
CESPE – ABIN – OFICIAL TÉCNICO DE INTELIGÊNCIA - CONHECIMENTOS GERAIS – 2018
A respeito das ideias e das estruturas linguísticas do texto CB1A1AAA, julgue o item
seguinte.

Para o autor do texto, há muito tempo o mundo encontra-se em uma guerra cuja intensidade
aumenta a cada ciclo histórico e cujos efeitos já estão bem divulgados.
CESPE – ABIN – AGENTE DE INTELIGÊNCIA – 2018
CESPE – ABIN – AGENTE DE INTELIGÊNCIA – 2018

Julgue o item seguinte, relativo à ideia e ao aspecto linguístico do texto CB3A1AAA.

O escopo do trabalho da inteligência se confunde com o da contrainteligência, embora sejam duas


facetas da atividade de inteligência.
CESPE – ABIN – AGENTE DE INTELIGÊNCIA – 2018
CESPE – ABIN – AGENTE DE INTELIGÊNCIA – 2018

A propósito das ideias e dos aspectos linguísticos do texto CB3A1BBB, julgue o item
subsequente.
O texto aponta que, embora haja consenso entre os países acerca da definição do que vem a ser
espionagem, a criminalização dessa conduta não é universal, a exemplo do caso brasileiro, país
onde o acusado de espionagem é sentenciado à morte apenas em situações extremas.
CESPE – EMAP – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL MÉDIO – 2018
Com relação aos sentidos e aos aspectos linguísticos do texto precedente, julgue o próximo
item.

Conforme o texto, o porto foi fator de mudança por permitir, além de trocas comerciais, ampliação
de perspectivas sociais.
CESPE – EMAP – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR – 2018
CESPE – EMAP – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR – 2018

Acerca dos aspectos linguísticos do texto precedente e das ideias nele contidas, julgue o
próximo item.

De acordo com os sentidos do texto, “a noção da causa interior” (l.12) refere-se à expressão “a
consciência do nosso valor em si” (l. 8 e 9).
CESPE – EMAP – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR – 2018

Com relação às ideias e às estruturas linguísticas do texto apresentado, julgue o item que
segue.
O sentido do texto seria preservado se o trecho “Todos esses sensores operam integrados em um
centro de controle” (l. 19 e 20) fosse substituído por: Todos esses sensores integrados operam em
um centro de controle.
CESPE – EBSERH– CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR – ÁREA
MÉDICA – 2018
Com relação às ideias do texto CB1A1AAA, que data de janeiro de 1915, julgue o item a
seguir.
Conforme o texto, o governo vendia a particulares todo o excedente de explosivos não utilizados.
CESPE – EBSERH– CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR – ÁREA
MÉDICA – 2018
Com relação às ideias do texto CB1A1BBB, julgue o item que se segue.

De 1991 a 2015, houve um aumento progressivo de casos de dengue no município de São José do
Rio Preto, devido à resistência do mosquito Aedes aegypti às medidas implantadas para seu
controle.
CESPE – EBSERH– CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL MÉDIO – ÁREA
ASSISTENCIAL – 2018
A respeito das ideias do texto CB2A1AAA, julgue o item subsequente.

A cultura familista e pró-natalista que predominou no Brasil durante séculos foi fruto da forte
influência católica da colonização portuguesa.
CESPE – EBSERH– CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL MÉDIO – ÁREA
ASSISTENCIAL – 2018
A respeito das ideias do texto CB2A1AAA, julgue o item subsequente.

Durante o Estado Novo, os privilégios oferecidos aos homens casados e com filhos eram parte das
medidas adotadas pelo governo para incentivar a natalidade.
CESPE – EBSERH– CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL MÉDIO – ÁREA
ASSISTENCIAL – 2018
A respeito das ideias do texto CB2A1AAA, julgue o item subsequente.

A legislação vigente na primeira metade do século XX desestimulava o controle da natalidade pela


população brasileira.
SEMÂNTICAS DOS TEMPOS
E MODOS VERBAIS
Observe que são três os modos verbais:

1-Indicativo: é o modo que assegura algo.


2-Subjuntivo: é o modo que indica possibilidade, hipótese.
3-Imperativo: é o modo que apresenta ideias de ordem, pedido, convite, súplica.
I – O Modo Indicativo
Expressa um fato real, de maneira definida. Divide-se nos seguintes tempos:

a) Presente
É empregado para expressar um fato que ocorre no momento em que se fala. Exemplo:
Guilherme está cansado.
(Isso é algo que ocorre no momento em que se fala.)
- Pode ser usado também para exprimir outras ideias.
Conferir realidade a fatos passados.
Ex.: Em 1500 Cabral descobre o Brasil.
-Indicar futuro próximo.
Ex.: Vou amanhã para Búzios.
b) Pretérito imperfeito
Pode ser utilizado para expressar:

Fatos repetidos, frequentes, habituais no passado.

Ex.: Quando era pequena, brincava de boneca.

Uma ação planejada, esperada, e não realizada.

Ex.: Pretendíamos ir até sua casa, mas não foi possível.


c) Pretérito perfeito simples
Expressa um fato que começou e terminou no passado, próximo ou distante.

Ex.: Conversei com Andreia hoje (passado próximo).


em 1990 (passado distante).

d) Pretérito mais-que-perfeito
É utilizado, em geral, para expressar um fato já terminado antes de outro no passado. Gosto de dizer que
ele é o passado anterior ao pretérito perfeito.

Ex.: Ele já estudara quando sua namorada ligou.


e) Futuro do presente

Em geral, é usado para indicar um fato futuro em relação ao momento em que se fala. É um fato
futuro, posterior ao presente.

Ex.: Viajarei na próxima semana.


f) Futuro do pretérito

É utilizado nas seguintes situações:

Para indicar um fato futuro em relação a outro no passado.


Ex.: Ele disse que faria todos os deveres.

Para expressar dúvida, incerteza.


Ex.: Quem estaria lá?

Para denotar desejo, em tom polido.


Ex.: Gostaria de um café ?
CESPE – TCM - BA – AUDITOR ESTADUAL DE CONTROLE EXTERNO – 2018
CESPE – TCM - BA – AUDITOR ESTADUAL DE CONTROLE EXTERNO – 2018

No texto 1A1AAA, com o emprego da forma verbal “assumira” (ℓ.9), exprime-se

a) a continuidade de uma ação ocorrida no passado.

b) a concomitância de uma ação em relação a outra.

c) o resultado presente de ação ocorrida no passado.

d) o ponto inicial de ação ocorrida no passado.

e) a anterioridade de uma ação em relação a outra.


CESPE – SEFAZ – RS – AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL – 2019

Considerando os sentidos e os aspectos linguísticos do texto 1A3-II, julgue os itens seguintes.

No trecho “seria comparável a usurpação ou roubo” (l.19), a forma verbal “seria” expressa
dúvida quanto à possibilidade de concretização da referida comparação.

Certo
Errado
CESPE – PRF – POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL – 2019

No que se refere aos sentidos e às construções linguísticas do texto precedente, julgue o item a seguir.
A correção gramatical e os sentidos do texto seriam mantidos caso a forma verbal “existia” (ℓ.34) fosse
substituída por existisse.

Certo
Errado
CESPE – PGE - PE – ANALISTA JUDICIÁRIO DE PROCURADORIA – 2019

A respeito dos sentidos e dos aspectos linguísticos do texto CB2A1-I, julgue o item que se segue.
A coerência e a correção gramatical do texto seriam preservadas se a forma verbal “mudaram” (l.2) fosse
substituída por mudam.
Certo
Errado
CESPE – PREFEITURA DE BOA VISTA - RR – PROCURADOR MUNICIPAL – 2019

Julgue o seguinte item, considerando os aspectos textuais e gramaticais do cartaz precedente veiculado
pelo Ministério Público Federal, no âmbito do projeto Amazônia Protege.

As formas verbais “Acesse”, “conheça” e “consulte” caracterizam-se por uma uniformidade na flexão de
modo e de pessoa.

Certo
Errado
CESPE – EMAP – CONHECIMENTOS BÁSICOS – 2018

Com relação às estruturas linguísticas e aos sentidos do texto CB1A1AAA, julgue o item a seguir.

Na linha 5, caso a forma verbal “era” fosse substituída por seria, a respectiva afirmação sobre o
comportamento de Juca seria mais categórica que a que se verifica no texto.
Certo ( )
Errado ( )
CESPE – POLÍCIA FEDERAL – AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL – 2018
CESPE – POLÍCIA FEDERAL – AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL – 2018

Julgue o seguinte item, relativo aos sentidos e aos aspectos linguísticos do texto 12A1AAA.

A correção gramatical do texto seria mantida caso a forma verbal “compreenderá” (l.42) fosse substituída
por compreende, embora o sentido original do período em que ela ocorre fosse alterado: no original, o
emprego do futuro revela uma expectativa de Dupin em relação a seu interlocutor; com o emprego do
presente, essa expectativa seria transformada em fato consumado.

Certo
Errado
CESPE – MPE – PI TÉCNICO MINISTERIAL – 2018
CESPE – MPE – PI TÉCNICO MINISTERIAL – 2018

Com referência aos sentidos do texto precedente e às estruturas linguísticas nele empregadas, julgue o
item a seguir.

Os sentidos do texto seriam alterados caso o trecho “estar a se corresponder” (l.3) fosse assim reescrito:
estar se correspondendo.

Certo
Errado
CESPE – BNB – ANALISTA BANCÁRIO – 2018

Julgue o próximo item, relativos aos sentidos e a aspectos linguísticos do texto 2A1-I.
A substituição da forma verbal ‘podemos’ (l.31) por poderemos não prejudicaria a correção gramatical
nem alteraria os sentidos originais do texto.
Certo
Errado
TEMPO COMPOSTO
TEMPOS COMPOSTOS
Formam-se com os auxiliares TER ou HAVER mais particípio.
Na maioria dos casos, o nome do tempo composto quem determina é o verbo auxiliar.

No indicativo:
Terei falado. (futuro do presente composto)
Teria falado. (futuro do pretérito composto)
Ter falado. (infinitivo composto)
Tendo falado. (gerúndio composto)

No subjuntivo:
Tiver falado. (futuro composto)
TEMPOS COMPOSTOS

No entanto, merecem atenção especial duas formas:

1) Pretérito perfeito composto: verbo auxiliar no presente mais o particípio.

Indica a repetição ou continuidade de um fato iniciado no passado que dura até o presente.
tem falado, tenho contado...
2) Pretérito mais-que-perfeito composto: verbo auxiliar no imperfeito mais particípio. É
empregado como o simples, para expressar um fato já concluído antes de outro também no
passado.

tinha falado, havia falado, tinha contado...


CESPE – SEFAZ – RS – AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL – 2019
CESPE – SEFAZ – RS – AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL – 2019

Os sentidos originais e a correção gramatical do texto 1A11-I seriam preservados se a forma


verbal “invertera” (l.20) fosse substituída por

A inverteria.
B teria invertido.
C invertesse.
D havia invertido.
E houve de inverter.
CESPE – SEDUC – AL – CONHECIMENTOS BÁSICOS – 2018

Julgue o seguinte item, com relação aos aspectos gramaticais do texto CB1A1AAA.

A substituição da locução verbal “terá mudado” (l.15) pela forma verbal mudou manteria a correção
gramatical do texto, mas alteraria o sentido do período.

Certo ( )
Errado ( )
CESPE – SEFAZ – RS – AUDITOR DO ESTADO – 2018
CESPE – SEFAZ – RS – AUDITOR DO ESTADO – 2018

Assinale a opção que apresenta uma forma / locução verbal do texto 1A9AAA que denota uma ação / um
fato que ocorreu repetidamente no passado e que se prolonga até o momento da narração do texto.

a) “tenho largado” (ℓ .3)

b) “fui possuído” (ℓ .5)

c) “tem” (ℓ .9)

d) “haja fugido” (ℓ .15)

e) “narrasse” (ℓ .2)
CESPE – CGM DE JOÃO PESSOA – PB – TÉCNICO MUNICIPAL DE CONTROLE INTERNO – 2018

Com relação aos sentidos e aos aspectos gramaticais do texto apresentado, julgue o item a seguir.
A substituição de “teremos conquistado” (ℓ.10) por conquistaremos manteria os sentidos originais do
texto.
Certo ( )
Errado ( )
CESPE – BNB – ANALISTA BANCÁRIO – 2018

Acerca dos aspectos linguísticos e dos sentidos do texto CB1A3-I, julgue o seguinte item.
Nas locuções “tinha botado” (l.15) e “tinha posto” (l.16), a substituição da forma verbal “tinha” por havia
não prejudicaria a correção gramatical e o sentido original do texto.
Certo
Errado
PROCESSOS DE
COORDENAÇÃO E
SUBORDINAÇÃO

PROCESSO DE COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO


ADRIANA FIGUEIREDO
ORAÇÕES COORDENADAS
a) Assindéticas (sem conectivo):

Ex.: Não corra, não mate, não morra.

As orações coordenadas assindéticas não vêm com conectivo,


com conjunção: Não corra, não mate, não morra.
b) Sindéticas (conectivas – vêm com conjunção e se dividem em):

• aditivas – exprimem ideia de soma, adição.


Ex.: Chegou [e se divertiu.]

A segunda oração acrescenta uma ação à ocorrida na primeira oração.

As principais conjunções são: e, nem, não só...mas também etc.


• adversativas – exprimem ideia de oposição, contraste, ressalva.

Ex.: Saiu cedo de casa, [mas chegou atrasado ao trabalho.]

A segunda oração contrasta com a informação da primeira.

Se ele saiu cedo de casa, o normal seria não chegar atrasado.

As principais conjunções são: mas, porém, contudo, todavia,


entretanto, no entanto etc.
• alternativas – exprimem ideia de alternância, escolha.
Ex.: Ora chovia, [ora fazia sol.] alternância

Fale agora, [ou se cale para sempre.] escolha

As principais conjunções são: ou, ou... ou, ora...ora, já... já,


quer... quer etc.
•conclusivas – exprimem ideia de conclusão.
Ex.: Trabalhou muito, [logo foi recompensado.]

A segunda oração conclui algo mais ou menos esperado do que se


afirmou na primeira.

As principais conjunções são: logo, portanto, por conseguinte,


pois (quando vem posposto ao verbo) etc.
• explicativas – exprimem uma justificativa para o que se disse na outra
oração.

Ex.: Aguarde um instante [pois estou chegando.]

A segunda oração explica, justifica o pedido feito na primeira.

As principais conjunções são: que, pois (antes do verbo), porque,


porquanto etc.
Frases de Fixação
Use o seguinte código para classificar as orações coordenadas destacadas abaixo:

(1) oração coordenada assindética;

(2) oração coordenada sindética aditiva;

(3) oração coordenada sindética alternativa;

(4) oração coordenada sindética adversativa;

(5) oração coordenada sindética conclusiva;

(6) oração coordenada sindética explicativa.


1. ( ) “Foi até a esquina, parou, tomou fôlego.”

2. ( ) Penso, logo existo.

3. ( ) Comprou os ingressos, porém não conseguiu assistir ao jogo.

4. ( ) Venha e fique à vontade.

5. ( ) Chore, porque alivia a dor.

6. ( ) Ora falava sem parar, ora se calava demoradamente.

7. ( ) O filho chegou e a mãe nem notou.


ORAÇÕES SUBORBINADAS
A oração que não possui o conectivo será chamada de oração principal e a outra que
se relaciona com ela será a subordinada.

Aqui, em subordinação, o nome é principal).

Quanto às subordinadas, elas se subdividem em três blocos:

a) Substantivas (equivalem a um substantivo, exercendo as funções próprias


do substantivo)

Apresentam-se em forma desenvolvida (introduzidas pelas conjunções integrantes


que ou se ou por pronome indefinido, pronome ou advérbio interrogativo) e em
forma reduzida (infinitivo).
1) Subjetivas: exercem a função sintática do sujeito.

-Verbo na 3ª pessoa do singular (convir, cumprir, importar, urgir, acontecer, parecer etc.) seguidos de
que, se ou de infinitivo.

Ex.: Urge [que chegues no horário.]

-Expressões na voz passiva: sabe-se, soube-se, diz-se, conta-se, é sabido, estava decidido etc.

Ex.: Diz-se [que ela mentiu.]

- Verbo de ligação mais predicativo: é bom, é conveniente, está claro etc.

Ex.: Está claro [que ela mentiu.]


DICA!
Quando o sujeito aparece sob forma de oração, normalmente aparecem essas construções
(convém, importa, sabe-se, é sabido, é bom, está claro) na oração
principal.
A oração subordinada é sujeito da oração principal quando não se acha o sujeito da oração
principal na oração principal

Veja:
Ex.: Urge / que chegues no horário. (or. princ.) (or. subord. subst. subjetiva)
A segunda oração é sujeito da primeira porque, ao se analisar a oração principal, não
encontramos o sujeito de urge nessa oração: Ele urge? Alguém urge? Não tem sentido.

O que se entende é: Urge isto (que chegues no horário).


Na ordem, teríamos: Isto (= que chegues no horário) urge.
2) Objetivas diretas: exercem a função de objeto direto.

Ex.: Espero [que ela volte logo.]

Não sei [se volto amanhã.]

Os verbos espero e sei são transitivos diretos. O complemento é o objeto direto.

Ex.: (Eu) Espero / que ela volte logo. (or. princ.) (or. subord. subst. objetiva direta)

Ex.: (Eu) Não sei / se volto amanhã.

(or. princ.) (or. subord. subst. objetiva direta)


3) Objetivas indiretas: exercem a função de objeto indireto.

Ex.: Necessito [de que me ajudem nesta tarefa.]

(or. princ.) (or. subord. subst. objetiva indireta)

O verbo necessito pede preposição obrigatória, é transitivo indireto. O complemento é o


objeto indireto.
4) Completivas nominais: exercem a função de complemento nominal.

Ex.: Tenho necessidade [de que me auxilies.]

(or. princ.) (or. subord. subst. completiva nominal)

Ex.: Tinha esperança [de que revelasses o segredo.]

(or. princ.) (or. subord. subst. completiva nominal)

Agora o que temos são os nomes, necessidade e esperança, que pedem preposição. O
complemento de nome substantivo é complemento nominal.
5) Predicativas: exercem a função de predicativo.

Ex.: Minha esperança é [que consiga esse emprego.]

(or. princ.) (or. subord. subst. predicativa)


6) Apositivas: exercem a função de aposto.

Ex.: Havia uma esperança: [que contasse a verdade.]

(or. princ.) (or. subord. subst. apositiva)

A oração subordinada “que contasse a verdade” explica a esperança que havia. Aposto sob
forma de oração.
7) Agente da passiva: aparecem sem conjunção e são introduzidas por pronome indefinido,
seguido de por ou de.

Ex.: Foi substituído [por quem o criticava.]

(or. princ.) (or. subord. subst. agente da passiva)

Foi substituído [por quem o criticava.]

A oração subordinada é o termo que age nesse período: quem o criticava é que o substitui.
Frases de Fixação
01. Use o seguinte código para classificar as orações subordinadas substantivas destacadas:
(1) subjetiva;

(2) objetiva direta;

(3) objetiva indireta;

(4) completiva nominal;

(5) predicativa;

(6) apositiva;

(7) agente da passiva.


1. ( ) Reafirmo meu desejo: que todos tenham boa sorte.

2. ( ) Lembrou-se de que a reunião fora adiada.

3. ( ) É indispensável que todos entendam o problema.

4. ( ) Tenho a impressão de que mentiste para mim.

5. ( ) O pai esperava que o filho reagisse.

6. ( ) O desejo da família era que se formasse logo.

7. ( ) Parece que a decisão foi justa.

8. ( ) Peço a todos que não se atrasem.


b) Adverbiais: modificam o verbo, como um advérbio.

Equivalem a um adjunto adverbial.

São introduzidas pelas conjunções subordinativas adverbiais (= orações


desenvolvidas). Podem aparecer sob forma reduzida (de infinitivo, de gerúndio ou de
particípio).
1) Causais: indicam o motivo, a razão do que ocorre na oração principal.
Ex.: Como chovia muito, não fui à escola.

“Chover muito” foi o motivo que fez ele “não ir à escola”.

As principais conjunções são: porque, como, já que, visto que, uma vez que...
2) Consecutivas: indicam o resultado de uma ação.

Ex.: Gritou tanto que perdeu a voz.

Agora, “perder a voz” e o resultado de ter “gritado tanto”, ou seja, a consequência.


As principais conjunções são: que (precedido de tão, tanto, tal), de modo que, de
sorte que...
3) Concessivas: exprimem sentido de oposição, exceção, aceitar uma ideia oposta.

Ex.: Foi à escola, embora chovesse muito.


Observe que o fato de “chover muito” não evitou a “ida à escola”. Havia adversidade,
mas não impediu que um fato ocorresse.

As principais conjunções são: embora, conquanto, mesmo que, ainda que, por
mais que... Lembre-se de que, com elas, o verbo vem no subjuntivo.
4) Condicionais: indicam uma hipótese para a realização de um fato.

Ex.: Se vieres, darei a festa.


Eu só “darei a festa” na condição, na hipótese de “vires”.

As principais conjunções são: se, caso, desde que, contanto que...


5) Comparativas: exprimem uma ideia de comparação entre dois termos.

Ex.: É inteligente como o pai.


Nesse período, a intenção é comparar a “inteligência do filho” com a “do pai”. Nas
comparativas, normalmente o verbo vem subentendido: “É inteligente como o pai (é)”.

As principais conjunções são: como, que (antecedido de mais, menos), quanto,


assim como...
6) Conformativas: indicam a conformidade de um fato com outro.

Ex.: Não compareceu, conforme se previa.


De acordo com a previsão, ele não compareceu. Ou seja, não há contradição, já era
algo esperado.

As principais conjunções são: como, conforme, consoante...


7) Finais: indicam a finalidade, o objetivo.

Ex.: Comportaram-se para que não fossem castigados.


Aqui, havia um objetivo: “não ser castigado”, por isso se comportaram.

As principais são: a fim de que, que, para que, porque...


8) Proporcionais: relação entre duas ações em que uma delas acarreta mudança na
outra.

Ex.: À medida que o tempo passava, ia ficando mais preocupado.


Nessa frase, observamos que “a preocupação ia aumentando” na mesma proporção
que o “tempo passava”.

As principais conjunções são: à medida que, à proporção que, ao passo que...


9) Temporais: indicam o momento em que ocorre um fato.

Ex.: Quando chegou, todos o aplaudiram.


Os “aplausos” aconteceram no momento de sua chegada, indicando um tempo
simultâneo.

As principais conjunções: quando, mal, enquanto, desde que, logo que...


c) Adjetivas

Quanto às orações adjetivas, entenda que:

• As orações adjetivas, por terem um valor adjetivo, referem-se ao substantivo da oração


principal.

Quando desenvolvidas, iniciam-se por um pronome relativo, que é conectivo que retoma
o substantivo ou o pronome substantivo da oração principal.

Podem aparecer sob forma reduzida (de infinitivo, de gerúndio ou de particípio).


•A oração adjetiva funciona como adjunto adnominal de um substantivo ou pronome da oração
principal, ora tendo função restritiva (sem vírgulas), outras vezes com função explicativa
(entre vírgulas).

Assim:

“O homem / que trabalha / perde tempo precioso.”


or. sub. adj. Restritiva

Qual seria, então, a diferença entre a oração adjetiva restritiva e a explicativa?


As duas têm, sintaticamente, a mesma função: são adjuntos adnominais, só que, quanto ao
sentido são diferentes: uma restringe, a outra explica. Ou seja, a primeira se refere ao
antecedente particularizando-o. A segunda se refere ao antecedente de maneira geral.
Frases de Fixação
Use o código abaixo para classificar as orações subordinas adverbiais ou adjetivas destacadas:

(1) oração subordinada adverbial causal;


(2) oração subordinada adverbial consecutiva;
(3) oração subordinada adverbial concessiva;
(4) oração subordinada adverbial condicional;
(5) oração subordinada adverbial comparativa;
(6) oração subordinada adverbial conformativa;
(7) oração subordinada adverbial final;
(8) oração subordinada adverbial proporcional;
(9) oração subordinada adverbial temporal;
(10) oração subordinada adjetiva restritiva;
(11) oração subordinada adjetiva explicativa.
1. ( ) O que você faria se ela entrasse por aquela porta?

2. ( ) Antes que essa coluna fosse publicada, tomei a decisão.

3. ( ) “Coisas que passaram e pessoas que perdi estão comigo, nas belas memórias.”

4. ( ) “Nossa aventura existencial terá mais ou menos chance à medida que esse chão for
confiável.”

5. ( ) “Eu, que ia escrever sobre viagens, acabo escrevendo sobre música ruim.”

6. ( ) Conquanto estivesse descontente, não desistia do plano.

7. ( ) Segundo previu o economista, o mercado se estabilizou.


8. ( ) As vendas subirão, uma vez que os juros baixaram.

9. ( ) A comida era tão boa que todos silenciaram em volta da mesa.

10. ( ) As mulheres sempre são mais maldosas que os homens.

11. ( ) Faremos esforço, para que não haja conflitos.

12. ( ) Mal se sentou na cadeira presidencial, passou a ver conspirações em tudo.

13. ( ) Os juros custam caro para o governo, que é o maior devedor do país.

14. ( ) Mesmo que insista no pedido, não irei à posse do prefeito.


Questões
CESPE – SEFAZ - RS – AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL – 2019
CESPE – SEFAZ - RS – AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL – 2019
No texto 1A3-I, a oração “se o Estado reduzisse a tributação de determinado setor da economia” (ℓ. 10 e
11) apresenta, no período em que se insere, noção de

A concessão, uma vez que representa uma exceção às regras de tributação do país.

B explicação, uma vez que esclarece uma ação que diminuiria os custos do referido setor.

C proporcionalidade, uma vez que os custos do referido setor diminuiriam à medida que se diminuísse a
tributação.

D tempo, uma vez que a diminuição dos custos do referido setor ocorreria somente após a redução da
tributação sobre ele.

E condição, uma vez que a diminuição dos custos do referido setor dependeria da redução da tributação
sobre ele.
CESPE – PRF – POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL – 2019

No que se refere aos sentidos e às construções linguísticas do texto precedente, julgue o item a seguir.

A correção gramatical do texto seria mantida, mas seu sentido seria alterado, caso o trecho “que se infiltra
no ambiente no qual dormimos” (ℓ. 18 e 19) fosse isolado por vírgulas.

Certo
Errado
CESPE – EMAP – CONHEIMENTOS BÁSICOS – 2018

Acerca de aspectos linguísticos do texto precedente e das ideias nele contidas, julgue o item a seguir.

A oração introduzida pela locução “visto que” (l.8) explica o porquê de ser necessário considerar a
concorrência na abordagem do comércio internacional.

Certo ( ) Errado ( )
CESPE – IFF– CONHECIMENTOS GERAIS – 2018
CESPE – IFF– CONHECIMENTOS GERAIS – 2018

A oração “para que os filhos tenham acesso a um ensino de qualidade” (ℓ. 15 e 16) expressa circunstância
de

a) finalidade.
b) causa.
c) modo.
d) proporção.
e) concessão.
CESPE – EBSERH – CONHEIMENTOS BÁSICOS – ÁREA MÉDICA - 2018

A respeito de aspectos linguísticos do texto CB1A1BBB, julgue o item a seguir.

A expressão “com a introdução dos demais sorotipos” (ℓ. 26 e 27) exprime ideia de causa.

Certo ( ) Errado ( )
CESPE – EBSERH – CONHEIMENTOS BÁSICOS – ÁREA MÉDICA - 2018

No que se refere às estruturas linguísticas do texto CB1A1AAA, julgue o item seguinte.

O trecho “se são acidentais ou propositais” (ℓ.11) exprime uma condição sobre a ideia expressa na oração
anterior.

Certo ( ) Errado ( )
CESPE – SEDUC - AL – PROFESSOR – PORTUGUÊS – 2018

Considerando as ideias e os aspectos linguísticos do texto precedente, julgue o item a seguir.

Em “Para se vacinar, as pessoas precisam de documento de identidade e carteiras do SUS e de


vacinação” (ℓ. 4 a 6), a preposição “Para” exerce o papel de conectivo e introduz uma oração que
expressa finalidade.

Certo ( ) Errado ( )
CESPE – SEFAZ - RS – AUDITOR DO ESTADO – 2018

Em relação ao trecho “ou alguém as derrubará” (ℓ.44) no texto 1A9AAA, a oração ‘Para erguer outras
ainda mais terríveis’ (ℓ. 44 e 45) transmite uma ideia de
a) conformidade.
b) condição.
c) causa.
d) proporção.
e) propósito.
CESPE – STM – ANALISTA JUDICIÁRIO – REVISÃO DE TEXTO – 2018
CESPE – STM – ANALISTA JUDICIÁRIO – REVISÃO DE TEXTO – 2018

No que concerne aos aspectos linguísticos do texto 6A4CCC, julgue o item a seguir.

O período “É por isso que (...) da sua vida” se organiza internamente a partir da articulação de três
orações.

Certo ( ) Errado ( )
CESPE – CGM DE JOÃO PESSSOA – PB – TÉCNICO MUNICIPAL DE CONTROLE INTERNO – 2018
CESPE – CGM DE JOÃO PESSSOA – PB – TÉCNICO MUNICIPAL DE CONTROLE INTERNO – 2018

Acerca das propriedades linguísticas do texto precedente, julgue o item subsequente.

No trecho “Tentar subornar o guarda para evitar multas”, a oração “para evitar multas” expressa a causa, o
motivo que leva alguém a cometer suborno.

Certo ( ) Errado ( )
CESPE – EMAP – CONHECIMENTOS BÁSICOS – 2018

Com relação aos sentidos e aos aspectos linguísticos do texto precedente, julgue o próximo item.

A palavra “portanto” (l.18) introduz, no período em que ocorre, uma ideia de conclusão.

Certo ( ) Errado ( )
CESPE – EMAP – CONHECIMENTOS BÁSICOS – 2018

A respeito das estruturas linguísticas do texto CB1A1AAA, julgue o próximo item.

No trecho “Pois, meus amigos, da última vez que vi o Juca, o impasse continuava...” (l. 12 e 13), o
elemento “Pois” introduz uma concessão.

Certo ( ) Errado ( )
CESPE – TCM - BA – AUDITOR ESTADUAL DE CONTROLE EXTERNO - 2018

Assinale a opção que apresenta trecho do texto 1A1AAA que expressa uma ideia de comparação.

a) “mas também um crime moral” (ℓ.3)

b) “mais do que infringir uma legalidade cívica” (ℓ.18)

c) “a quem ela não diz respeito” (ℓ.23)

d) “o que é intolerável e chocante” (ℓ.26)

e) “que a tradição materialista sistematizou sob o nome de totalidade” (ℓ. 36 e 37)


CESPE – SEDF – PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA LINGUA PORTUGUESA - 2017

Com referência às ideias e aos aspectos linguísticos do texto precedente, julgue o próximo item.

O primeiro parágrafo do texto é um período composto por orações coordenadas.

Certo ( ) Errado ( )
CESPE – PREFEITURA DE SÃO LUÍS – MA – PROFESSOR LÍNGUA PORTUGUESA – NÍVEL
SUPERIOR - 2017

No verso 6 do texto 10A1CCC, o vocábulo “porque” introduz uma oração

a) coordenada sindética substantiva.

b) subordinada adverbial causal.

c) subordinada adverbial conclusiva.

d) subordinada adverbial consecutiva.

e) coordenada sindética apositiva.


ORAÇÕES REDUZIDAS
Apresentam o seu verbo (principal ou auxiliar, este último nas locuções verbais) no infinitivo, gerúndio ou
particípio.

Elas recebem este nome – reduzidas – porque perderam a conjunção ou o pronome relativo.

Observe:

É preciso seguir em frente. (reduzido de infinitivo)

Precisando de ajuda, chamou-me. (reduzido de gerúndio)

Chegada a hora, saiu rapidamente. (reduzida de particípio)

Precisando chegar na hora marcada, saiu voando. (reduzida de gerúndio, locução verbal)
Obs.:

Em geral, uma oração reduzida pode ser reescrita em desenvolvida. (iniciada por conjunção ou pronome relativo)

Ex.:

É preciso seguir em frente. (= É preciso que você siga em frente.)

Precisando de ajuda, chamou-me. (= Como precisava de ajuda, chamou-me.)

Chegada a hora, saiu rapidamente (= Quando chegou a hora, saiu rapidamente.)


Frases de Fixação
Classifique as orações reduzidas em destaque e desenvolva-as.

1) Nada conseguindo, a mais nova fugiu.

2) Apesar de ser torcedor fanático, não vai aos estádios.

3) Peço-te saíres da minha vida!

4) Há muitos alunos estudando com afinco.


Questões
CESPE – STM – ANALISTA JUDICIÁRIO – REVISÃO DE TEXTO – 2018

Considerando os aspectos linguísticos e os sentidos do texto 6A3BBB, julgue o item que se segue.
No contexto em que aparece, a oração reduzida “rompendo corporativismos e privilégios históricos” (ℓ. 28
e 29) possui sentido de finalidade.
Certo
Errado
CESPE – TRF 1ª REGIÃO – ANALISTA JUDICIÁRIO – TAQUIGRAFIA – 2017

Considerando as relações sintático-semânticas do texto 4A4AAA, julgue o próximo item.


A palavra “Isoladas” (l.12) introduz uma oração reduzida que, no texto, apresenta valor condicional.
Certo
Errado
CESPE – DPU – AGENTE ADMINISTRATIVO – 2016

Acerca dos aspectos linguísticos e das ideias do texto acima, julgue o item seguinte.
A forma verbal “garantindo” (l.15) introduz uma oração reduzida de gerúndio de caráter adverbial.
Certo
Errado
CESPE – INSTITUTO RIO BRANCO – DIPLOMATA – 2016

Considerando as relações semântico-sintáticas estabelecidas no texto II, julgue (C ou E) o item a seguir.

A oração reduzida iniciada pelo gerúndio “incluindo” (l.10) poderia ser corretamente substituída pela
seguinte oração desenvolvida: no qual se inclui vários trabalhos sobre os índios.
Certo
Errado
CESPE – DPU – AGENTE ADMINISTRATIVO – 2016

Acerca dos aspectos linguísticos e das ideias do texto acima, julgue o item seguinte.

Seria mantida a correção do texto caso o trecho ‘para que seus direitos sejam garantidos’ (l. 31 e 32)
fosse reescrito da seguinte forma: visando à garantia de seus direitos.

Certo
Errado
INFERÊNCIA
CESPE – SLU - DF – CONHECIMENTOS BÁSICOS – 2019

Com relação às ideias do texto CB1A1-I, julgue o item a seguir.

Depreende-se do primeiro período do texto que Adílson dos Anjos habitualmente


frequenta o depósito de sucata eletrônica descrito no texto.

Certo
Errado
CESPE – CGE - CE – CONHECIM ENTOS BÁSICOS – 2019

Infere-se do texto CB1A1-I que o narrador caracteriza Candeia como “quase nada”
(l.1) e “morta” (l.14) devido à

A) desesperança reinante no povoado.

B) impressão de abandono exibida pelo povoado.

C) inexistência de espaços de diversão no povoado.

D) desigualdade explícita em todos os cantos do povoado.

E) presença de pessoas mesquinhas e desgraçadas pelo povoado.


CESPE – PGE - PE – ANALISTA JUDICIÁRIO DE PROCURADORIA – 2019

Com relação às ideias do texto CB2A1-I, julgue o item a seguir.

Conclui-se do último parágrafo do texto que o sentimento de crise provocado pela


sensação de desorientação favorece um futuro prejudicial ao próprio sujeito em crise.

Certo
Errado
CESPE – SEFAZ - RS – AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL – 2019

Infere-se das ideias do texto 1A1-I que o autor é contrário

A) ao modelo tributário europeu.

B) à aplicação do IVA em nível federal.

C) ao sistema tributário do MERCOSUL.

D) à competência estadual para o ICMS.

E) aos padrões tributários do mundo globalizado.


CESPE – SEFAZ - RS – AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL – 2019

Infere-se do texto 1A3-I que a ação do Estado, com relação à política tributária, visa

A) ao provimento de receitas e também a finalidades econômicas e sociais.

B) à redução de tributos sobre empresas comprometidas com o desenvolvimento social.

C) ao aumento do lucro de empresas, com impacto sobre o crescimento do país.

D) ao estímulo do setor empresarial pela concessão de isenção do pagamento de impostos.

E) ao crescimento da livre concorrência, com aumento dos impostos aplicados a empresas.


CESPE – PRF – POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL – 2019

Julgue o seguinte item, a respeito das ideias e das construções linguísticas do texto
apresentado.

Conclui-se do texto que, devido à abundância de recursos, nas sociedades tribais os


indivíduos não têm necessidade de separar as práticas laborais das outras atividades
sociais.

Certo
Errado
CESPE – SEDUC – AL – PROFESSOR – PORTUGUÊS – 2018

Com relação às ideias do texto 11A3AAA, julgue o item que se segue.

Da fala do encarregado das Rendas de São Miguel do Cupim conclui-se que, na


época de Seu Borjalino, os contribuintes podiam dirigir-se diretamente aos
governadores de estado para apresentar reclamações relacionadas ao fisco.

Certo
Errado
CESPE – ABIN – OFICIAL TÉCNICO DE INTELIGÊNCIA - CONHECIMENTOS
GERAIS – 2018

A respeito das ideias e das estruturas linguísticas do texto CB1A1AAA, julgue o item
seguinte.

Depreende-se do texto que a guerra secreta é o mais complexo dos conflitos porque
é um jogo estratégico de poder, de interesses e de influência que se desenvolve em
um espaço específico: nos bastidores do poder político internacional, onde governos
semeiam inverdades e encenam acordos sem validade.

Certo
Errado
CESPE – STM – ANALISTA JUDICIÁRIO – REVISÃO DE TEXTO – 2018

No que se refere às ideias, aos fatores de textualidade do texto 6A1AAA e à variação


linguística, julgue o seguinte item.

Infere-se dos sentidos do texto que, no trecho “também a sentença que antes
parecera imutável para todo o sempre oferece subitamente outra interpretação” (ℓ. 36
e 37), o autor se refere à variação da língua no tempo, ou seja, ao fato de que, com a
mudança linguística, novas interpretações são atribuídas aos enunciados.

Certo
Errado
CESPE – STM – ANALISTA JUDICIÁRIO – REVISÃO DE TEXTO – 2018

Acerca dos sentidos e dos aspectos linguísticos do texto 6A4BBB, julgue o item
subsequente.

Infere-se do texto que o revisor passa a ser considerado experiente quando, ao


revisar um texto, ele opta por um caminho menos simples que se compõe de três
passos: identificação de problemas que possam existir no texto objeto de revisão,
correção desses problemas e busca de máxima manutenção da produção original.

Certo
Errado
CESPE – STJ – CONHECIMENTOS BÁSICOS - CARGOS 10 E 12 – 2018

Julgue o seguinte item, relativo ao sentido e às ideias do texto CB4A1AAA.

Depreende-se do texto que o debate acerca da justiça organiza-se em torno de


parâmetros básicos, mas que não há consenso quanto ao conceito de justiça e às
formas concretas para alcançá-la entre filósofos e cientistas políticos do século XX.

Certo
Errado
CESPE – STJ – CONHECIMENTOS BÁSICOS - CARGO 1 – 2018

Com base no texto CB1A1CCC, escrito por uma juíza acerca de casos de violência
doméstica, julgue o item a seguir.

Infere-se do primeiro parágrafo que, para a autora, escrever foi uma espécie de
processo terapêutico.

Certo
Errado
CESPE – EBSERH– CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL
SUPERIOR – ÁREA MÉDICA – 2018

Com relação às ideias do texto CB1A1AAA, que data de janeiro de 1915, julgue o
item a seguir.

Conclui-se do texto que as autoridades do estado do Rio de Janeiro eximiam-se de


investigar as causas das explosões que ocorriam no estado.

Certo
Errado
CESPE – EMAP – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
– 2018

Acerca dos aspectos linguísticos do texto precedente e das ideias nele contidas,
julgue o próximo item.

Infere-se do texto que, na evolução espiritual do ser humano, o processo de


autoconhecimento provém da consciência das impressões alheias sobre o indivíduo.

Certo
Errado
CESPE – IPHAN – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
– 2018

Com relação às ideias e às estruturas linguísticas do texto apresentado, julgue os


itens a seguir.

Conclui-se do texto que evitar a abordagem do estranho teria deixado o narrador


impassível.

Certo
Errado
CESPE – IPHAN – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
– 2018

Com relação às ideias e às estruturas linguísticas do texto apresentado, julgue os


itens a seguir.

O autor encerra o texto com a imagem de duas estátuas que não se comunicam.

Certo
Errado
CESPE – IPHAN – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
– 2018

Com relação aos sentidos e aos aspectos linguísticos do texto precedente, julgue o
item que se segue.

Apesar de conter marcas de primeira pessoa do plural ⸻ como “nós” (ℓ.2),


“admiramos” (ℓ.2) e “olharmos” (ℓ.18) —, o texto caracteriza-se como uma descrição
objetiva do tráfico de escravos da África para o Brasil.

Certo
Errado
CESPE – IPHAN – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
– 2018

Com relação aos sentidos e aos aspectos linguísticos do texto precedente, julgue o
item que se segue.
Depreende-se dos sentidos do texto que o vocábulo “naquela” (ℓ.12) refere-se a
“América” (ℓ.9).

Certo
Errado
CESPE – IPHAN – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
– 2018

Com relação às ideias do texto CB1A1AAA, julgue o seguinte item.

O último período do texto revela um tom crítico ao projeto de construção de Brasília.

Certo
Errado
CESPE – IPHAN – CONHECIMENTOS BÁSICOS – CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
– 2018

Com relação às ideias do texto CB1A1AAA, julgue o seguinte item.

Conclui-se do texto que a obra de Siron Franco confronta as instituições políticas do


Brasil.

Certo
Errado