Você está na página 1de 3

Disc.

: FÍSICA TEÓRICA EXPERIMENTAL III

Aluno(a): CHRISTIANE

Acertos: 2,0 de 2,0 20/08/2019

1a Questão (Ref.:201803541830) Acerto: 0,2 / 0,2

Em uma aula de laboratório de Física, para estudar propriedades de cargas elétricas, foi realizado
um experimento em que pequenas esferas eletrizadas são injetadas na parte superior de uma
câmara, em vácuo, onde há um campo elétrico uniforme na mesma direção e sentido da
aceleração local da gravidade. Observou-se que, com campo elétrico de módulo igual a 2 x
103 V/m, uma das esferas, de massa 3,2 x 10-15 kg, permanecia com velocidade constante no
interior da câmara. Essa esfera tem:

(adote: carga do elétron = -1,6 x 10-19 C carga do próton = + 1,6 x 10-19 C aceleração local da
gravidade = 10 m/s2)

o mesmo número de elétrons e de prótons.


100 elétrons a mais que prótons.
2000 elétrons a menos que prótons.
100 elétrons a menos que prótons.
2000 elétrons a mais que prótons.

2a Questão (Ref.:201803541965) Acerto: 0,2 / 0,2

Duas partículas eletrizadas estão fixadas a 3.10-3m uma da outra. Suas cargas elétricas são
idênticas e iguais a 2,0 nC, positivas. Sabendo que o meio é o vácuo e que a constante
eletrostática é Ko= 9,0 x 109 em unidades no SI. A força de interação eletrostática entre elas e o
módulo serão:

(Lembre-se: 1 nC= 10-9 C).

de repulsão e tem módulo igual a 4,0 N.


de atração e tem módulo 3,0 N.
de atração e tem módulo de 3,0 x 10-3 N.
de repulsão e tem módulo de 4,0 x 10-3 N.
de repulsão e tem módulo igual 1,2 N.

3a Questão (Ref.:201803541888) Acerto: 0,2 / 0,2

Dois corpos idênticos isolados contêm, respectivamente, cargas Q(1) = 10 C e Q(2) = 4 C.


Colocam-se os corpos em contato até que todas as cargas se equilibrem. Após um tempo, ambos
os corpos são afastados novamente. Considerando que ambos apresentam a mesma capacidade
de armazenar elétrons, a carga Q''(1) e Q''(2) que ambos os corpos apresentam após o contato
será igual a:

Q(1) = 0 C e Q(2) = 14 C
Q(1) = 7 C e Q(2) = 7 C
Q(1) = -4 C e Q(2) = -7 C
Q(1) = 4 C e Q(2) = 10 C
Q(1) = -4 C e Q(2) = 18 C
4a Questão (Ref.:201803541842) Acerto: 0,2 / 0,2

Duas cargas iguais de 2.10-6C, se repelem no vácuo com uma força de 0,1N. Sabendo-se que a
constante elétrica do vácuo é 9.109Nm2/C2, a distância entre as cargas, em metros, é de:

0,6
0,8
0,9
0,7
0,5

5a Questão (Ref.:201803541895) Acerto: 0,2 / 0,2

Qual o número de elétrons retirados de um corpo cuja carga elétrica é de 32x10-6 C ?

2,0 x 1017 e-
2,0 x 1015 e-
2,0 x 1016 e-
2,0 x 1014 e-
2,0 x 1018 e-

6a Questão (Ref.:201803542039) Acerto: 0,2 / 0,2

Assinale a alternativa correta: Em um condutor isolado:

As cargas elétricas nunca estão no seu interior.


O campo elétrico é nulo no seu exterior.
Todas as alternativas estão corretas.
As cargas elétricas estão em movimento.
O campo elétrico no interior desse condutor não é nulo.

7a Questão (Ref.:201803541892) Acerto: 0,2 / 0,2

Calcule o valor do campo elétrico causado por uma carga pontual Q(1) = 2.10-9 C em um ponto
a 3 m de distância da carga.

Considere a constante eletrostática K = 9.109 (Nm2)/(C2):

6 N/C
0,5 N/C
1 N/C
2 N/C
0,3 N/C

8a Questão (Ref.:201803541999) Acerto: 0,2 / 0,2

Determine a magnitude da força eletrostática entre dois elétrons no núcleo de uma substância onde
estão separados por 3pm. A força aplicada era de atração ou repulsão?

25,7µN de atração
25,7µN de repulsão
76,7µN de repulsão
76,9µN de atração
25,7ηN de repulsão
9a Questão (Ref.:201803542222) Acerto: 0,2 / 0,2

Quando há separação de cargas num corpo neutro devido à proximidade de um corpo


eletrizado, está ocorrendo

o fenômeno da indução.
eletrização por contato;
magnetização;
inversão;
eletrização por atrito;

10a Questão (Ref.:201803542021) Acerto: 0,2 / 0,2

Leia o texto a seguir, para responder a questão a seguir.

A geração de eletricidade estática por atrito é mais comum do que se pode imaginar. Quando penteamos
o cabelo num dia seco, podemos notar que os fios repelem-se uns aos outros. Ao tirarmos um agasalho
de lã, notamos que os pelos dos braços se arrepiam, atraídos pelo tecido. Ao caminharmos sobre um
tapete de lã, o atrito dos sapatos com o tapete pode gerar cargas que se acumulam em nosso corpo.
Ao se movimentarem, os veículos também podem se tornar eletrizados pelo atrito com o ar atmosférico.
Além dessas, seria possível enumerar várias outras situações do dia a dia em que se pode constatar a
eletrização por atrito. (Adaptado de JUNIOR, F.R. Os Fundamentos da Física. 8. cd. vol. 3. São Paulo:
Moderna, 2003, p. 8)

Acerca do assunto abordado no texto, que descreve alguns dos efeitos da eletrização por atrito, analise
e identifique nas proposições a seguir, a(as) que explica(m) o processo de eletrização por atrito,
escrevendo V ou F, conforme sejam verdadeiras ou falsas, respectivamente:

( ) Nem todo par de corpos atritados se eletriza. É preciso que eles tenham diferentes tendências para
reter ou ceder elétrons.

( ) Nos isolantes, as cargas elétricas, em excesso, distribuem-se sempre na superfície externa,


quaisquer que sejam suas dimensões. Isso acontece porque, sendo cargas de mesmo sinal, elas
repelem-se mutuamente de modo a manter a maior distância possível entre si.

( ) Os corpos atritados adquirem cargas de mesmo valor absoluto e sinais contrários.

( ) Não é possível eletrizar uma barra metálica segurando-a com a mão, porque tanto a barra metálica
como o corpo humano são bons condutores.

Após a análise feita, assinale a alternativa que corresponde à sequência correta:

VVFV
FFVV
FVFV
VFVV
VVFF