Você está na página 1de 6

Curso: Engenharia Mecânica Ano / Fase: 2018/8ª Fase

Disciplina: Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos Nº: 708022


Professor: Richard de Medeiros Castro, MSc. Eng.

Exercícios
(Atuadores hidráulicos e Acumuladores de pressão)

01 – Um sistema hidráulico que utiliza um cilindro semelhante ao da figura abaixo é empregado para
movimentar, no avanço, uma carga Fu = 35,2kN com velocidade 𝒙̇o = 0,25 m/s e pressão p1 = 70 bar
durante a fase de regime permanente. O comportamento da velocidade do cilindro também é dado na figura
abaixo.

A massa acoplada ao pistão é M = 500 kg, e o curso máximo da haste é Lp = 555 mm. A perda de
carga nas canalizações e os atritos podem ser desprezados. Considerar g = 9,81m/s2.
a) Dimensionar cilindro e bomba. Determinar o diâmetro do cilindro, Dc, em mm, a vazão real, Qb, e
teórica da bomba, Qtb em lpm, o deslocamento da bomba, Vb em cm3/rot., para uma rotação de
1700 rpm e rendimento volumétrico de 88,7%, durante a fase de regime permanente.
b) Determinar a pressão, p1, em bar no sistema durante a fase de aceleração.
c) Determinar o diâmetro da haste do cilindro, dh, em mm, considerando a condição de carregamento
crítico, ou seja, na fase de aceleração.

Considerações: O fluido utilizado é um óleo HLP ISO VG 32 com ρ = 840 kg/m 3, e o sistema opera com
temperatura de 40ºC.

02 – Os sistemas hidráulicos de potência são formados basicamente pelas seguintes unidades: conversão
primária, limitação e controle e conversão secundária de energia. Nas unidades de conversão primária e
secundária, as bombas hidrostáticas e os cilindros hidráulicos, respectivamente são os principais
componentes. Admitindo que a transferência de calor e energia seja desprezível, pode-se representar
basicamente a potência hidrostática de uma bomba através da seguinte expressão (equação 01):

 p2 − p1 v22 − v12 
W = m
& & +  → N = p.Q (01)
  2 
Rendimentos do Sistema Hidráulico (Unidade de Potência)
ηg = ηv.ηm.ηh

Já para o cilindro hidráulico apresentado conforme figura 1, o modelo que descreve o seu comportamento
dinâmico pode ser representado pela equação 02:

d2x
pA . AA − pB . AB − Fat − Fu = M . [N ] (02)
dt 2
Considere um carregamento (W) de 27000 N deslocando-se para cima sobre uma superfície inclinada, a
uma velocidade constante por um cilindro hidráulico, como se mostra na figura 1. O coeficiente de atrito (µ)
entre o peso e a superfície inclinada é igual a 0,15 e a massa específica do fluido é igual a 850 kg/m3.
Assinale a seguir, a única alternativa que mais se aproxima dos valores encontrados para cada item abaixo.
Considere a ordem numérica de cima para baixo:
a) O diâmetro do êmbolo De (mm) do cilindro necessário
para que a pressão (p) seja igual a 69.105 N/m2.
Considere o resultado p/ regime permanente;
b) O novo diâmetro do êmbolo De (mm) se a carga é
acelerada de 0 a 1524 mm/s num tempo de 0,5s.
c) A vazão teórica Qtb (lpm) da bomba considerando o
sistema em regime permanente, para uma eficiência
volumétrica da bomba igual a 92%.
d) A potência máxima de acionamento Na (kW), para um
rendimento mecânico igual a 89%.
Figura 01: Cilindro hidráulico de
Considere: g = 9,81 m/s2 duplo efeito

1. ( ) 35,6 mm, 55,4 mm, 3,75.10-3 m3/s e 17,5 kW


2. ( ) 56,0 mm, 68,5 mm, 244,8 lpm e 47,32 kW
3. ( ) 20,3 mm, 56,0 mm, 235,5 lpm e 15 kW
4. ( ) 68,5 mm, 76,5 mm, 107,2 lpm e 32,2 kW
5. ( ) 56,0 mm, 76,5 mm, 4,08.10-3 m3/s e 45 kW

03 – O sistema hidráulico na figura abaixo é usado para levantar massas usando um cilindro e um guincho
hidráulico movido através de um acionamento hidrostático (motor hidráulico). Quando a válvula é ajustada
para a posição de comutação "direita", a fase de elevação começa. Explique a operação do sistema na fase
de elevação e calcule o seguinte:

a) Leitura do manômetro;
b) Potência máxima necessária no eixo da bomba.

Dados:
Ø do êmbolo d1 = 100 mm, haste d2 = 50 mm, ηmh = 0.9,
Cilindro hidráulico:
ηv = 1.0, massa a ser levantada m1 = 8000 kg

Vg = 160 cm3/rot., ηmh = 0.85, ηt = 0.81, Massa a ser


Motor hidráulico:
levantada m2 = 150 kg, diâmetro da polia ds = 0,5 m

Vg = 5 cm3/rot., ηmh = 0.9, ηv = 0.8, rotação do motor


Bomba hidráulica:
elétrico n = 1500 r/min

• A tabela de perda de carga (pressão) da válvula de controle direcional utilizada é apresentada abaixo.
04 – Um cilindro hidráulico deve ser dimensionado para acelerar uma carga de 50 Toneladas posicionado
horizontalmente com uma velocidade de 10 m/min a 50 mm, como mostra a figura abaixo. Considere um
coeficiente de atrito entre a carga e o guia como 0,1. Suponha uma contrapressão zero.

Determinar:

a) Um tamanho adequado do cilindro hidráulico comercial, se a pressão máxima admissível no cilindro for
de 180 bar.
b) A vazão volumétrica de fluido para conduzir no avanço a uma velocidade média de 3m/min.
c) O deslocamento geométrico da bomba (Vg em cm 3/rot.), para a velocidade especificada no item
anterior, considerando uma bomba de pistão com rendimento volumétrico η v igual a 0.93, acionada por
um motor elétrico de indução trifásico 4 pólos/60Hz.

05 – A figura abaixo mostra um mecanismo de alternância, que utiliza um sistema hidráulico para que ocorra
este deslocamento. Para tanto, é necessário determinar:
a) A força que deve exercer o cilindro hidráulico em N, para manter o
sistema em equilíbrio. Considere uma força de carga de 866 N.
b) O diâmetro do êmbolo (mm) do cilindro hidráulico, necessário
para que a pressão p seja igual a 30 bar. Considere o sistema em
regime permanente e o resultado da questão anterior.
c) Se fosse necessário que o cilindro acelerasse a uma velocidade de
300 mm/s num tempo de 0,02 segundos, qual o novo diâmetro do
êmbolo que deveria ser considerado. Considere uma massa de
88,28 kg, na força de carga e g = 9,81 m/s2.
d) A vazão teórica Qtb (lpm) da bomba para o sistema anterior em
regime permanente. A eficiência volumétrica da bomba (ηv) é igual
a 88%.

06 – Uma válvula direcional de três vias (solenóide) é comumente utilizada para o controle de posição de
cilindros assimétricos, conforme apresentado na figura abaixo. Considere que:

• As passagens nos orifícios de controle da válvula seja igual


à metade do perímetro do carretel multiplicado pelo
deslocamento deste e que o diâmetro (D) do carretel seja
de 9 mm;
• O cilindro assimétrico tem áreas de 0,004 m2 e 0,002 m2 e
uma velocidade máxima exigida de 0,3 m/s, vencendo uma
força de atrito viscosa, cujo coeficiente Bc = 26667 N.s/m;
• A pressão ps = 120 bar, Cd = 0,7 e ρ = 870 kg/m3.
Determine:
a) O valor do deslocamento (mm) necessário do
carretel para obter essa velocidade constante.

07 – Um peso é sustentado por um cilindro hidráulico. A oscilação vertical do peso ocorre em função do
efeito de compressibilidade do óleo confinado na câmara inferior do êmbolo do cilindro. Para tanto,
determine o item abaixo. Dados: 5,0
Amplitude [mm]


Diâmetro do êmbolo do cilindro: 100 mm 4,0

Volume do fluido confinado: 0,00059 m3 3,0
• Massa sendo sustentada: 2000 kg 2,0

• Módulo de compressibilidade: 16,55 x 10 N/m


8 2 1,0
0,0
0 0,1 0,2 0,3 0,4 0,5
a) Supondo que o êmbolo e haste tenha massa Tempo [s]
desprezível, que o atrito e o vazamento também são
desprezíveis, determine o diâmetro mínimo da
haste (dh) do cilindro (mm) para que a frequência
hidráulica (ωh) não ultrapasse a fornecida pelas
oscilações apresentadas no gráfico;
08 – Um cilindro hidráulico de simples efeito, com diâmetro Dc = 80 mm, montado verticalmente, suporta
uma massa total (incluindo as massas da haste e pistão) de 3000 kg. Devido a compressibilidade do óleo
confinado na câmara da base do cilindro, o sistema está sujeito a oscilações quando da ocorrência de
perturbações externas momentâneas. Considerando que o cilindro é perfeitamente rígido, que o atrito e
vazamentos são desprezíveis e que a câmara da haste está aberta para a atmosfera, estimar a frequência
das oscilações para posições do pistão em relação a base, de 100 mm, 200 mm e 300 mm.

Para tanto, considere: β = 1,5 . 104 bar Resposta: ≈ 25,3 Hz, 17,9 Hz e 14,5 Hz.

09 – Um cilindro de haste dupla possui um percurso de projeto de 0,5 m, e seu diâmetro interno deve ser
determinado. Uma exigência do projeto é que a frequência natural não amortecida deve ser superior a 100
Hz quando a massa de carga for M = 200 kg. O módulo de compressibilidade efetivo do fluido β é de 0,9
GN/m2, e o diâmetro da haste é igual a metade do diâmetro interno do cilindro, d = D/2.

a) Determine o diâmetro interno do cilindro, considerando a posição média do cilindro para obter a
menor frequência natural.

10 – Um motor hidráulico é acionado para acelerar de 0 a 500 rpm em 2 segundos, com os seguintes
parâmetros de máquina:
• Torque de carga T = 80 Nm, atrito de Coulomb Tcf = 10 Nm
• Deslocamento Dm = 6 x10-6 m3/rad., inércia de rotação J = 0,5 kg.m2
• Coeficiente viscoso Bv = 0,04 Nm/rad.-1
• As perdas de escoamento podem ser desprezadas

Equação do movimento motor hidráulico:


d
Dm ( P1 − P2 ) = Tcf + B  + Tcarga + J
dt
Determine:
a) O diferencial de pressão (bar) necessário para o movimento da carga;
b) Se o motor hidráulico é acionado a uma velocidade constante de 500 rpm, calcule a potência
disponível no eixo de acionamento (kW) e a vazão necessária (lpm) para atingir essa rotação.

11 – Com base em conteúdos apresentados em sala de aula e pesquisas referentes a literaturas pertinentes
da área de sistemas hidráulicos de potência, descreva o funcionamento para cada aplicação dos
acumuladores hidráulicos, bem como, apresentar as funções de cada componente do circuito.
12 – Um sistema hidráulico opera com ciclo de 50 s de duração. A demanda de fluxo durante a operação de
ciclo é mostrada na figura abaixo. A máxima pressão que a bomba consegue suprir durante o ciclo de
operação é de 160 bar, e a vazão são definidas por um grande arranjo de controle de fluxo. O sistema
possui uma bomba de deslocamento fixo.

Determine a taxa de fluxo requerida para os seguintes casos:

a) Quando usar apenas a bomba para suprir a potência hidráulica;


b) Se um acumulador hidráulico é usado para compensar a curta duração de demanda de fluxo,
determine o tamanho adequado deste acumulador, se a pressão máxima permitida é de 240 bar.

13 – Um sistema hidráulico funciona num ciclo de funcionamento conforme o gráfico abaixo. A demanda
de fluxo durante o ciclo de funcionamento é mostrado na figura abaixo. A pressão mínima de trabalho é de
50 bar e as taxas de fluxo são definidas por uma disposição de controle de escoamento, de forma resistiva.
Considerando que o sistema opera com uma bomba de deslocamento fixo, determine:

Respostas:
a) p2 = 90,62 bar
b) Ganho = 72%
c) Uso do Excel

a) A pressão máxima do circuito, considerando que um acumulador do tipo balão elástico é utilizado
para compensar as exigências de fluxo de curta duração. O acumulador possui um tamanho nominal de
18,34 litros. Considere o coeficiente politrópico para este caso igual a 1,4.
b) O ganho de energia em (%) para o sistema hidráulico, onde o acumulador hidropneumático é usado
para fornecer o fluido nas exigências de vazão, acima da média da bomba.
c) A variação gráfica do volume de óleo no acumulador durante um ciclo. Utilizar o Excel para obter a
medida do volume administrado pelo acumulador.

14 – Um circuito foi projetado para esmagar em fardo um corpo de um carro, usando um cilindro hidráulico
de 150 mm de diâmetro. O hidráulico deve prolongar 2,50 m durante um período de 10 s. o tempo entre os
cursos de esmagamento é de 8 min. As seguintes pressões absolutas do gás utilizado no acumulador são
dadas:

P1 = Pressão de pré-carga de gás 90 bar (abs), P2 = Pressão de carga de gás quando a bomba está ligada
200 bar (abs) = ajuste do valor de alívio de pressão, P3 = Pressão mínima necessária para atuar a carga é
de 125 bar (abs).
Determine:

a) O tamanho necessário do acumulador (litros);


b) A potência de kW hidráulica da bomba e os requisitos de fluxo com e sem acumulador (lpm)?
Padrão de Respostas

Questão 01 Questão 02 Questão 03


a) Dc = 80 mm a) Dc = 56 mm a) pmanômetro = 117,7 bar
Qtb = 85 lpm b) Dc = 68,5 mm b) Na = 2,5 kW
Qb = 75,4 lpm c) Qtb = 244,8 lpm
Vg = 48,6 cm3/rot. d) Na = 47,32 kW
b) p1 = 75 bar
c) dh = 36 mm

Questão 04 Questão 05 Questão 06


a) Dc = 67 mm (calculado), a) F = 1000 N
comercial 80 mm. b) Dc = 20,6 mm a) ∆s aprox.. = 2 mm
b) Qb = 15,1 lpm c) Dc = 31,4 mm
c) Vg = 9 cm3/rot. d) Qtb = 6,82 lpm

Questão 07 Questão 08 Questão 09


a) dh = 87,33 mm a) f ≈ 25,3 Hz, a) Di > 137 mm
b) f ≈ 17,9 Hz
c) f ≈ 14,5 Hz

Questão 10 Questão 11 Questão 12


a) p = 175 bar OBS: Ler cap.7 do livro de a) Qb = 24 lpm
b) Q = 18,8 lpm Fundamentos de Sistemas b) Vacumulador = 10,41 litros
Hidráulicos.

Questão 13 Questão 14
a) p2 = 90,62 bar a) Vacumulador = 163,6 litros
b) Ganho = 72% b) Com uso do Acumulador:
c) Uso do Excel Na = 11,8 kW
Sem o uso do Acumulador:
Na = 55,3 kW