Você está na página 1de 22

TRATAMENTO

DE ÁGUAS
RESIDUAIS
INDUSTRIAIS:
como aumentar rapidamente a
capacidade de tratamento das suas
instalações permanentes ou temporárias,
de uma forma rentável e sustentável?
“AS NOSSAS INSTALAÇÕES DE DEPURAÇÃO DE ÁGUA
TRATAM MAIS DE 500 M3/DIA DE EFLUENTES. COM O SEU
SISTEMA DE INJEÇÃO DE OXIGÉNIO PURO, CONSEGUIMOS
AUMENTAR A CAPACIDADE DE TRATAMENTO DOS NOSSOS
TANQUES E DO NOSSO BIODIGESTOR. ATUALMENTE ESTAMOS
A TRABALHAR COM O SEU ESPECIALISTA NUMA APLICAÇÃO
DE OZONO PARA ELIMINAR OS MICROPOLUENTES DOS NOSSOS
EFLUENTES E CUMPRIR ASSIM AS NORMAS AMBIENTAIS.
OS RESULTADOS A NÍVEL TÉCNICO E ECONÓMICO TÊM
SUPERADO AS NOSSAS EXPECTATIVAS.”
ANGEL DE LA CRUZ ESCUDERO, RESPONSÁVEL INSTALAÇÕES
TRATAMENTO DE ÁGUAS DA ERCROS (ARANJUEZ, ESPANHA)

“A INJEÇÃO DE CO2 VAI PERMITIR NEUTRALIZAR A DESCARGA.


UM TRANSPORTE DE CO2 E UMA GESTÃO DO CO2 SÃO, MESMO
ASSIM, MUITO MAIS SEGUROS DO QUE GERIR NA UNIDADE
OS ÁCIDOS CLORÍDRICOS OU OS ÁCIDOS SULFÚRICOS. A
AIR LIQUIDE TROUXE UM PROCESSO QUE NOS PERMITE TER
DESEMPENHOS NA ORDEM DOS 95%.”
FABRICE ORSINI, RESPONSÁVEL DE PROJETOS AMBIENTAIS DA
ALTEO (GARDANNE, FRANÇA)

Os nossos especialistas

Philippe Campo,
Especialista internacional em tratamento de águas,
Air Liquide França

Enrique Dacal,
Especialista internacional em tratamento de águas,
Air Liquide Espanha

Oliveira Araújo,
Especialista em tratamento de águas,
Air Liquide Portugal

Franco Manzoni,
Especialista em tratamento de águas,
Air Liquide Itália

2
O cumprimento das normas
ambientais relativas aos limites
de descarga e à alcalinidade
dos efluentes e as inspeções das
autoridades competentes sobre
a qualidade das águas residuais
constituem um grande desafio para os
industriais.1

A utilização de gases industriais (O2,


CO2 e O3) pode ser uma forma rentável
e sustentável de:
• A
 umentar a capacidade de
tratamento biológico de águas
residuais na sua instalação
existente em até 50%
• E
 vitar problemas com espumas,
odores e sólidos em de suspensão
• R
 eduzir as emissões odoríferas e
aerossóis até 100 vezes
 iminuir em até 40% a
• D
produção de lama biológica em
excesso
i Se já está familiarizado com as
• C
 ontrolar o pH sem risco de atingir tecnologias de gases para o
valores muito inferiores a 6 tratamento de águas, consulte os
casos práticos directamente no
• R
 emover componentes não final de cada secção.

biodegradáveis,
microcontaminantes e côr das
águas residuais
• E
 vitar custos de manutenção
acrescidos devido à corrosão
causada por ácidos.

Descubra neste documento como as


tecnologias de gás são usadas em
casos concreto e como podem ser
aplicadas à sua estação de tratamento 1
artigo 75.º da Diretiva sobre Emissões Industriais
de águas residuais. (IED) 2010/75/UE
3
ÍNDICE

1GASES INDUSTRIAIS:
UMA SOLUÇÃO ALTERNATIVA
PARA O TRATAMENTO DE ÁGUAS
RESIDUAIS

2
p.5

PRECISA DE REDUZIR
ESPUMAS OU ODORES?
p.7-11

3
NECESSIDADE DE
NEUTRALIZAR O pH?

4
p.12-16

NECESSIDADE DE REMOVER
COR E COMPOSTOS
NÃO-BIODEGRADÁVEIS?
p.17-20
4
O TRATAMENTO DE ÁGUAS
RESIDUAIS É UM REQUISITO
EM TODAS AS INDÚSTRIAS, OS
GASES INDUSTRIAIS TRAZEM
SOLUÇÕES EFICAZES

A
água é um componente crítico em todas as indústrias.
Desde a água de processo, passando pela água de
lavagem, passando pela água da chuva, até às torres de
arrefecimento, o tratamento da água tem lugar na maior parte das
instalações industriais, desde as fábricas de produtos alimentares
até às siderurgias.

O tratamento das águas residuais continua a ser uma grande


preocupação. Em algumas regiões, a água é escassa e a
proteção do ambiente é uma necessidade crescente.
Como resultado, estão sempre a surgir regulamentações
ambientais mais rigorosas sobre a qualidade da água, e
cumpri-las é um desafio para a indústria.

Portanto, a indústria precisa de tecnologias fiáveis e económicas


para cumprir com as rígidas regulamentações atuais de descarga
de efluentes. Mais recentemente, o foco ambiental foi colocado
na remoção de microcontaminantes, hormonas, organismos
patogênicos, resíduos de produtos farmacêuticos e de cuidados
pessoais, surfactantes, corantes, etc.

Os gases industriais (O2, CO2 e O3) podem ser aplicados de


forma fiável, segura, económica e rápida, principalmente para:
• aumentar a capacidade de tratamento biológico de águas
residuais em fábricas existentes e resolver problemas de
espumas e odores,
• s ubstituir o uso de ácidos fortes para o controlo do pH
da água e cumprir os requisitos
• r emover compostos não biodegradáveis e
microcontaminantes das águas residuais.

Os gases industriais oferecem soluções abrangentes e


competitivas para o tratamento de águas residuais através da
introdução de oxigénio puro em bacias biológicas utilizando os
nossos injectores patenteados, em vez de utilizar a tecnologia
tradicional de ar comprimido, e substituir os ácidos minerais por
dióxido de carbono para tornar o controlo do pH mais seguro para
os trabalhadores e mais amigo do ambiente. Além disso, podem
ser implementados tratamentos avançados de oxidação com
ozono para tratar as águas residuais de forma mais eficaz e
reduzir a produção de lamas ativadas em excesso.

5
"A ESCASSEZ DE ÁGUA
DOCE EM ALGUMAS REGIÕES
E A POLUIÇÃO PELA ÁGUA
RESIDUAL CONSTITUEM
UMA SITUAÇÃO DE RISCO PARA
A SAÚDE PÚBLICA E O
AMBIENTE. COMO
RESULTADO, AS INDÚSTRIAS
DESENVOLVEM TECNOLOGIAS
FIÁVEIS E SUSTENTÁVEIS
PARA CUMPRIR COM AS
REGULAMENTAÇÕES DE
DESCARGA DE ÁGUAS
RESIDUAIS CADA VEZ MAIS
RIGOROSAS."

6
TRATAMENTO BIOLÓGICO
DA ÁGUA:
A INJEÇÃO DE O2 PURO AUMENTA
A CAPACIDADE DA INSTALAÇÃO
DE TRATAMENTO EM ATÉ 50% E
EVITA OS CUSTOS DE INVESTIMENTO,
TEMPO E ESPAÇO NECESSÁRIOS PARA A
AMPLIAÇÃO DA INSTALAÇÃO DE
TRATAMENTO DE ÁGUA

1. A injeção de O puro é interessante se


2
necessitar de uma solução rápida, eficaz,
com baixo investimento e sustentável para
aumentar a sua capacidade de tratamento
de água

O tratamento de águas residuais com uma instalação


sobrecarregada pode comprometer o cumprimento dos limites
regulatórios de descarga e causar problemas técnicos aleatórios,
como espumas e odores. Estas situações requerem uma
resposta rápida para restaurar a capacidade da estação de
tratamento de água. A evolução das regulamentações e o
aumento de caudal a tratar geram necessidades de maior
capacidade nas estações de tratamento de água. A
nossa solução permite tratar maiores volumes com especificações
mais restritas com investimento reduzido e custos operacionais
limitados. A escassez de água gera necessidades de
reutilização, o que requer um maior nível de purificação.

2. O tratamento biológico da água


necessita de microrganismos para
metabolizar compostos orgânicos e a
injeção de O2 puro aumenta a sua
capacidade de metabolização

O pré-tratamento consiste em tecnologias mecânicas


(gradagem, filtração, desarenamento, flutuação...) para eliminar
a poluição não solúvel, objetos maiores e materiais como óleos,
areias e gorduras.

A seguir o tratamento primário pode usar coagulantes e


floculantes para eliminar sólidos em suspensão. Neste pas-
so, pode ser usado CO2 para regular o pH do efluente e assim
optimizar o consumo de reagentes.

7
A fase biológica aeróbia ocorre dentro do tratamento
secundário e requer oxigênio para a respiração dos 3. Principais benefícios da utilização de
microorganismos, principalmente bactérias. Elas formam as O2 puro para tratamento biológico
chamadas «lamas ativadas», suspensas nas águas residuais em
tratamento, também chamadas de «biomassa». • R
 eduzir rapidamente a concentração de
poluição conforme exigido pelos regulamentos
O seu papel é fundamental; consomem a poluição
biodegradável das águas residuais. Eliminam os compostos
• F
 acilitação do cumprimento dos regulamentos
biodegradáveis que contêm carbono e azoto.
ambientais
A poluição da água é composta principalmente por
compostos orgânicos e nitrogenados. Os microrganismos • R
 edução significativa do odores e dos COV e
degradam a poluição orgânica biodegradável como uma fenómenos de formação de espuma
prioridade, consumindo parte da poluição por azoto para
o seu metabolismo. O excesso de poluição por azoto é • Redução do tamanho dos biorreatores
principalmente transformado em azoto amoniacal (NH4+) que
pode ser oxidado a nitritos (NO2-) e nitratos (NO3-) se as condições • A
 té 50% de aumento de capacidade em bacias
requeridas forem cumpridas. Estes passos, conhecidos como existentes
nitrificação, requerem uma alimentação de oxigênio otimizada.
Assim, os microrganismos precisam de oxigénio para • I nvestimento minimizado: até 50% em poupança de
respirar e metabolizar a matéria biológica. Hoje em dia, investimento de capital
na maioria dos locais injeta-se ar nas bacias biológicas. A
injeção de ar tem uma capacidade de transferência de oxigénio • M
 áxima eficiência de transferência de O2 para a
relativamente limitada. Por isso, a substituição do ar por oxigênio água (até 95%)
puro aumenta a eficácia das bacias e a sua capacidade de
tratamento é aumentada até 50%. Reduz ou elimina a • A
 umentar os níveis de oxigénio dissolvido na
necessidade de expandir bacias ou construir novas bacias, descarga
limitando assim as despesas de capital. A espuma na superfície
da água, gerada pelo fluxo de ar e produtos químicos, é reduzida, • Resposta rápida e adaptativa aos picos de carga
assim como os odores desagradáveis devido à falta de oxigénio
e o arrastamento dos compostos orgânicos voláteis (COV) pelo
ar comprimido.
Se as condições de operação forem boas, a nitrificação pode
ser efectuada para remover o azoto amoniacal, normalmente
na mesma bacia de arejamento..

8
"INJETAR OXIGÊNIO
PURO EM VEZ DE AR
AUMENTA A EFICÁCIA
DAS BACIAS BIOLÓGICAS
E A SUA CAPACIDADE DE
TRATAMENTO PODE SER
AUMENTADA ATÉ 50%."

9
4. Estudo de caso do cliente INJETOR DE OXIGÉNIO TURBOXAL™ de alta eficiência

peso:
Aumento do oxigénio num processo de tratamento de 800 kg
águas residuais industriais

O perfil do cliente

2,6 m
Empresa independente de propriedade familiar com 600
funcionários, líder nacional na área de produtos químicos finos
com filiais em toda a Europa.

A empresa, a produzir especialidades químicas de alto valor


acrescentado, está continuamente a crescer e a sua instalação
de tratamento de águas residuais é agora uma limitação
2,5 m
quando ocorrem picos de poluição de entrada. Além disso, a
bacia biológica tem um problema histórico com a formação de A Air Liquide ajudou a otimizar e reconfigurar a instalação,
espuma gerada por substâncias tensoativas. parando os arejadores e o tratamento antiespuma. O resultado
imediato foi o desaparecimento da espuma e o aumento da
capacidade de remoção do CQO.
Características da estação de tratamento de águas
residuais:
Balanço técnico/económico:
• 1 bacia biológica de 650 m (profundidade 5,5 m)
3
Antes Com a solução Poupança
• 1 dispositivo de flutuação Air Liquide

• 2 arejadores de 22 kW Custo da energia 28 k€ 10 k€ 18 k€


elétrica (por ano)
• Caudal de água: 200 m3/dia
• Temperatura da água: 25 °C a 37 °C Custo do tratamento 10 k€ 0€ 10 k€
anti-espuma (por ano)
• CQO recebido: 250 kg / dia
Custo de manutenção 2 k€ 0€ 2 k€
• Concentração de lamas: 5 g SST/ (por ano)

Custo do oxigénio 23 k€
e do equipamento
(por ano)
O desafio 40 k€ 33 k€
Custo total -7 k€ (por ano)

Ser capaz de lidar com picos de carga de entrada até 1 t / dia Capacidade de 250 a 500 kg 1 000 a 1 500 kg X3
tratamento
(contra 250 kg / dia em média), sem investir na construção (CQO por dia)
de uma bacia adicional e controlar a formação de espuma
sem aditivos químicos. O tratamento com agente antiespuma
Os benefícios
tem um custo de 10.000 €/ano (excluindo os custos ligados
à interrupção das operações da fábrica quando a espuma é
Durante os últimos 3 anos o cliente foi capaz de
importante).
• multiplicar por 3 a quantidade de poluição tratada
diariamente pela estação de tratamento de águas
residuais
A solução Air Liquide
• reduzir o consumo elétrico no local.
• deixou de usar o agente antiespuma e eliminou o
Os nossos especialistas em tratamento de água propuseram
custo associado..
uma solução baseada na injeção de oxigênio puro com
Turboxal, um dispositivo de injeção de O2 flutuante patenteado.
Este sistema é extremamente fácil de instalar e requer um
investimento muito limitado: apenas a laje de betão para o
tanque de oxigênio e a grua para colocar o Turboxal e o tanque
de oxigénio no lugar. O cliente ficou convencido com a
flexibilidade da solução. Além disso, a Air Liquide fornece
O Turboxal™ acabou O mesmo Turboxal™
equipamentos rápidamente disponíveis, com um período
de ser instalado um dia depois: sem espuma
experimental de 3 meses para demonstrar os desempenhos e
os benefícios.

10
5. A nossa oferta Nexelia™ para Tratamento Biológico
Nexelia™ para Tratamento Biológico é uma solução completa e competitiva para
aumentar a capacidade dos tratamentos biológicos aeróbicos usando oxigênio puro,
proporcionando os principais benefícios mencionados anteriormente na secção 3.
Consiste na introdução de oxigénio puro em bacias biológicas para a respiração dos
microorganismos (lamas activadas) que consomem a poluição orgânica e
biodegradável. Os injetores de gás avançados são usados para dissolver o oxigénio na
água residual.
Nexelia™ para Tratamento Biológico também oferece uma solução de ozonização
de lamas para sustentar a atividade microbiana, aumentar a velocidade de decantação
e diminuir a produção de excesso de lamas. A solução permite reutilizar o gás
rico em oxigénio do processo de ozonização, nas bacias biológicas, o que
torna a oferta global muito rentável. Esta solução permite também resolver
algumas disfunções que outras soluções baseadas em reagentes químicos
não conseguem resolver.
Todos os sistemas são instalados de forma rápida e fácil, sendo mobilizados com um
guindaste. Os quadros de controlo de potência e os armários de regulação gás são
colocados próximo das bacias. Um sistema de monitorização que usa um sensor de
oxigênio dissolvido pode otimizar a quantidade de oxigénio que é transferida para a
água residual.
Beneficia do apoio total dos nossos especialistas em tratamento de água,
desde a auditoria da capacidade atual do sistema de arejamento até ao projeto
preliminar e de detalhe, bem como a implementação completa em apenas alguns dias,
que inclui comissionamento, monitorização e manutenção.

Gás Experiência em Equipamento de Compromisso


processos aplicação com o
desempenho
Oxigénio Apoio total das nossas equipas: - armário de controlo de gás
(fornecimento a granel ou
produzido no local) - projeto preliminar da solução - injetor-Poroxal™ de oxigénio -M
 onitorização de
desempenho
- projeto detalhado da solução - injetor-Turboxal™ de oxigénio
-R
 egisto e verificação de
- comissionamento - injetor-Ventoxal™ de oxigénio
medição (MRV)
- solução de problemas - unidade de ozonização
- formação em segurança
Solução de equipamento
adaptada às suas necessidades
e local específicos

11
Controlo do pH:
O uso da injeção de CO2
é uma opção mais segura,
mais barata e mais fiável
do que os ácidos minerais

1. Regulamentos rigorosos impõem


limites de pH na água descarregada

O pH é a medida da acidez livre ou da alcalinidade livre da água.


Medidas numa escala de 0-14, as soluções com um pH inferior a
7 são ácidas, enquanto as soluções com um pH superior a 7 são
bases. As bases são usadas para neutralizar ácidos (para elevar o
pH até 7), enquanto os ácidos são usados para neutralizar álcalis
(para baixar o pH até 7). Os termos cáustico, alcalino ou base são
muitas vezes usados indistintamente. Os subprodutos são sais
(que podem ou não ser solúveis) e água.

A regulamentação ambiental impõe geralmente um pH final entre


5,5 e 8,5. Algumas indústrias como a indústria alimentar (bebidas,
laticínios...) usam grandes volumes de água para lavar e enxaguar
os seus tanques com produtos alcalinos. Para cumprir as normas
ambientais, essas águas de lavagem precisam de ser
neutralizadas antes de serem eliminadas.

Outros setores como lavandarias industriais, estaleiros de obras,


refinarias de petróleo e indústria química também produzem
efluentes alcalinos que precisam de ser neutralizados para
cumprir com o nível de pH imposto por lei.

2. A injeção de CO é mais segura, mais


2
sustentável e pode ser uma solução mais
económica do que o uso de ácidos fortes
para controlo do pH

Neutro
Ácidos Bases

A escala de pH 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14

Águas residuais
Água

12
A tarefa de qualquer sistema de ajustamento do pH consiste
em ajustar o pH da corrente de processo para a gama aceitável 3. Principais benefícios da utilização
definida. de CO2 em vez de ácidos minerais
Hoje em dia, muitas instalações de neutralização utilizam
ácidos minerais ou ácidos fortes. No entanto, este método tem ➊ Facilita o cumprimento dos regulamentos ambientais
muitas desvantagens, entre as quais
➋ O CO em solução é um ácido fraco e, por isso, permite
2

• S
 egurança para os trabalhadores: os ácidos minerais um melhor controlo dos níveis de pH (maior exatidão: 0,1
são classificados como substâncias nocivas porque unidades de pH)
são corrosivos
➌ Impossível ultrapassar o pH de 6.0 (ácidos minerais fortes
• S
 egurança do seu equipamento e sistema: os ácidos
podem reduzir o pH a valores demasiado baixos e causar a
desencadeiam problemas como corrosão,
não conformidade do pH final)
aumentando os riscos de segurança e os custos de
manutenção
➍ Nenhuma poluição secundária perigosa por sulfatos ou
• S
 alinidade adicionada, principalmente de cloretos e sais de cloreto (o uso de CO2 em vez de ácido sulfúrico
sulfatos evita os riscos de formação de H2S nas redes de esgoto)
• Risco de sobreacidificação da água.
➎ Custo mínimo de manutenção
Em vez de usar ácidos minerais, a injeção de dióxido de carbono ➏ Menor risco de exposição a produtos químicos para o
(CO2) é uma alternativa mais segura que minimiza a exposição pessoal - armazenamento e manuseio mais fáceis - sem
ambiental e o risco de lesões acidentais catastróficas. necessidade de PPE especial, sem relatórios
O CO2 pode ser injetado diretamente em tubagens, injetado regulamentares de EHS
através de redes difusoras submersas ou através de um método
de injeção de fluxo lateral parcial adaptado à água a tratar e ao ➐ Sem danos ou corrosão na tubagem, betão, etc.
complexo industrial. A utilização de CO2 não apresenta risco
na utilização com outros produtos, ao contrário dos ácidos que ➑ Os custos podem ser comparáveis ou mais baixos, de-
podem ser perigosos quando associados a outros agentes. pendendo do tipo de àcido, do consumo e das condições
de aplicação.
O uso de dióxido de carbono para controlar o pH das águas
residuais de uma instalação oferece segurança mensurável
e vantagens de custo sobre os sistemas de tratamento que
empregam ácidos minerais tóxicos e corrosivos, como o ácido
sulfúrico, clorídrico ou nítrico. Além disso, a nossa solução de
controlo de pH com dióxido de carbono reduz o alto custo
necessário para entregar, armazenar e usar ácidos minerais
perigosos - incluindo os custos de degradação contínua de
equipamentos expostos aos efeitos corrosivos do ácido.

13
"O USO DE DIÓXIDO
DE CARBONO PARA
CONTROLAR O PH DAS
ÁGUAS RESIDUAIS DE
UMA INSTALAÇÃO
OFERECE SEGURANÇA
MENSURÁVEL E
VANTAGENS DE CUSTO
SOBRE OS SISTEMAS DE
TRATAMENTO QUE
EMPREGAM ÁCIDOS
MINERAIS TÓXICOS E
CORROSIVOS, COMO
O ÁCIDO SULFÚRICO,
CLORÍDRICO OU
NÍTRICO."

14
4. Estudo de caso do cliente
Regulação do pH do leite e das águas residuais na indústria
de laticínios

O perfil do cliente
Cooperativa francesa tradicional que cresceu ao longo dos anos até
1500 membros, processando mais de 400 milhões de litros de leite/
ano. Foram adicionadas novas linhas de produção ao leite líquido
tradicional: leite em pó, proteínas e ingredientes bioativos.
Inicialmente, o cliente testou a injeção de CO2 no leite para a
regulação do pH (para a produção de queijo). Isto levou a uma
melhoria da produção.
Esta foi também uma oportunidade para o cliente substituir o ácido
sulfúrico, utilizado na neutralização das águas residuais, capitalizando
a presença de um depósito de CO2 já existente.Para além das
poupanças, um dos principais benefícios para o utilizador final foi a
eliminação dos elevados riscos de manipulação do ácido sulfúrico.

Características da estação de tratamento


• A penas pré-tratamento, regulação do pH e etapas de
flotação.
• Bacia de regulação de pH: 1000 m3
• Caudal de água: 130 m3/h
• Temperatura da água: 23 a 27 °C
• pH maximo = 11,5
• pH após correcção = 7,2 (para a próxima etapa do
tratamento com cloreto férrico)

O desafio
Gerir o aumento da produção, respeitando o pH e diminuindo o risco
de acidentes ligados ao manuseio de ácidos fortes.

A solução Air Liquide


Os nossos especialistas em tratamento de água propuseram uma
bomba externa para recircular 300 m3/h de água com um regulador
ON/OFF e um injetor on-line de CO2 de injector CS, um componente
econômico e resistente fornecido sob pedido pelo departamento de
engenharia da Air Liquide

Balanço técnico/económico Uma solução segura, rentável e resistente:

Solução Solução Saldo


com ácido com CO2 CS nozzle neutralisation
sulfúrico CO2 injector tank
Custos 50 k€ /ano ácido, 45 k€ /ano CO2, - 5 k€ /ano
operacionais energia elétrica energia elétrica

recirculating
Manutenção 2 k€ /ano incluída - 2 k€ /ano
pump

Investimento Bombas de Bomba de 35 k€, - 5 k€ /ano


(incl. obras civis) 40 k€, bombas Armários de
doseadoras, regulação de gás,
tanque de ácido, obra civil ON/OFF
obra civil
dosing
Outros risco acrescido risco menor segurança cabinet
melhorada

15
5. A nossa oferta Nexelia™ para
Controlo de pH

Nexelia™ para Controlo de pH é uma solução de gás completa


que utiliza dióxido de carbono (CO2) para ajustar o pH de efluentes
básicos. É uma solução sustentável para substituir ácidos
minerais fortes (como HCl, HNO3, H2SO4), uma vez que os
regulamentos ambientais estipulam uma gama rigorosa de valores
de pH aceitáveis para a eliminação de efluentes.
Nexelia™ para Controlo de pH é uma oferta multiuso que
se baseia em gás Air Liquide e em tecnologias patenteadas de
injeção de gás de líquidos e experiência para ajudar os clientes a
melhorar o desempenho do processo e cumprir com as rígidas
regulamentações ambientais a custos operacionais mais baixos.
Beneficia do apoio total dos nossos especialistas em
tratamento de água, desde a auditoria da sua capacidade atual
do sistema até aos projetos preliminares e detalhados, bem como
a implementação completa em apenas alguns dias, que inclui
comissionamento, monitorização e manutenção.

Gás Experiência em Equipamento de Compromisso


processos aplicação com o
desempenho
Dióxido de Carbono Apoio total das nossas equipas: Armário de regulação de gás
Ampla gama de injetores de CO2
- projeto preliminar da solução -M
 onitorização de
para cumprir todas as
desempenho
- projeto detalhado da solução configurações e caudais
-R
 egisto e verificação de
- comissionamento
medição (MRV)
- solução de problemas
- formação em segurança

16
OZONO PARA
REMOÇÃO DE
COMPONENTES NÃO
BIODEGRADÁVEIS

1. Os contaminantes não biodegradáveis


têm de ser removidos para cumprir os
regulamentos

Foram detectados vestígios de contaminantes preocupantes


para a saúde humana e ecológica nas águas de superfície e
nas águas residuais.

A contaminação não facilmente biodegradável tipicamente


inclui compostos farmaceuticamente ativos e produtos de
cuidado pessoal que são chamados de «micropoluentes» (ou
«Contaminantes de preocupação emergente»). A maioria desses
compostos é dificilmente biodegradável. Os tensoativos dos
produtos de limpeza e higiene são considerados de forma
semelhante.

Micropoluentes em águas residuais, tais como estrogénios,


são responsáveis pela feminização dos peixes machos em
compartimentos de água que recebem tais descargas de
efluentes.

Estão a surgir novos regulamentos ou regulamentos mais


exigentes e podem exigir tratamento específico num futuro
próximo.

2. O ozono é um poderoso agente


oxidante que quebra moléculas complexas
em moléculas mais simples e
biodegradáveis

O ozono é utilizado para duas aplicações principais:

• G
 raças ao seu elevado potencial de oxidação, o
ozono pode transformar muitos poluentes tóxicos e/
ou não-biodegradáveis em produtos mineralizados.
Neste caso, a ozonização ocorre no final do
processo para concentrar a reação do ozono na poluição
remanescente e dificilmente biodegradável.

17
• O
 ozono pode também ser utilizado para quebrar
moléculas complexas e orgânicas e/ou para
reduzir a toxicidade das águas residuais antes
de um tratamento biológico complementar. O objetivo
deste pré-tratamento é aumentar a biodegradabilidade
das águas residuais, eliminando os poluentes tóxicos e
permitindo uma melhor ação dos microrganismos.

É importante que as águas residuais sejam adequadamente


tratadas antes da ozonização para que o processo de oxidação
seja eficaz.

3. Principais benefícios do uso de O para 3


ozonização

• Remoção de compostos não facilmente biodegradáveis


• Remoção de microcontaminantes
• Destoxificação
• Desinfeção
• Descoloração
• M
 elhoria da decantação de lamas (ou seja, velocidade
de decantação) e do desempenho global: Índice de
Volume de Lamas (IVL) idealmente entre
50-100 ml/g
• R
 edução da produção de lamas ativadas e dos
respetivos custos de transporte e tratamento (até 40%)
• A
 diar ou evitar o congestionamento dispendioso e
intensivo em capital devido à melhoria da capacidade
das instalações de desidratação e espessamento das
lamas

18
"O OZONO É UM
AGENTE OXIDANTE MUITO
FORTE E PODE QUEBRAR
MOLÉCULAS ORGÂNICAS
COMPLEXAS EM
SIMPLES PERMITINDO A
DEGRADAÇÃO DE
COMPOSTOS TÓXICOS E
NÃO-BIODEGRADÁVEIS OU
ELIMINAR ORGANISMOS
PATOGÊNICOS, PREVENINDO
A PROPAGAÇÃO DE
DOENÇAS TRANSMITIDAS
PELA ÁGUA PARA O MEIO
AMBIENTE."

19
4. A Nexelia™ para Tratamento terciário
da Air Liquide é uma solução eficaz para o
tratamento terciário

A Nexelia™ para tratamento terciário é uma solução de


gás completa que utiliza ozono para transformar poluentes
que são difíceis de biodegradar como surfactantes, corantes e
microcontaminantes em produtos biodegradáveis. O ozono
também pode ser aplicado para remover microrganismos
patogénicos dos efluentes.
A Air Liquide realizou um extenso trabalho de investigação e
desenvolvimento para determinar a dosagem precisa de ozono
para remover micropoluentes sem toxicidade residual. Além
disso, a solução permite reutilizar o gás rico em oxigénio de um
reator de ozonização novamente numa bacia biológica, o que
torna a oferta geral muito rentável.
Todos os sistemas são instalados de forma rápida e fácil.
Beneficia do apoio total dos nossos especialistas em tratamento
de água, desde a auditoria da sua capacidade atual do sistema
de aeração até aos projetos preliminares e detalhados, bem
como a implementação completa, que inclui comissionamento,
monitorização e manutenção.

Gás Experiência em Equipamento Compromisso


processos de aplicação com o
desempenho
Oxigénio Apoio total das nossas equipas: Unidade de ozonização
(fornecimento a granel ou Solução de
produção no local) - solução preliminar design -M
 onitorização de
equipamento adaptada
desempenho
- projeto detalhado da solução às suas necessidades e
local específicos -R
 egisto e verificação de
- comissionamento
Ampla gama de medição (MRV)
- solução de problemas injetores de O2 para
cumprir todas as
- formação em segurança configurações e caudais

20
Sumário

Os gases industriais oferecem uma alternativa rápida, eficaz,


segura e competitiva aos processos tradicionais de tratamento
de resíduos, tanto para tratamento biológico como para controlo
de pH para cumprir as regulamentações ambientais.

Na Air Liquide, alavancamos a nossa experiência e tecnologias


de gás para desenvolver essas soluções de forma proativa.

Comprometemo-nos a ajudar os nossos clientes a reduzir o


seu impacto ambiental e em conformidade com a mais rigorosa
legislação ambiental, com a máxima eficiência a um custo
razoável através das nossas ofertas Nexelia.

Para enfrentar esse desafio, trabalhamos lado a lado com os


nossos clientes para implementar soluções competitivas de gás
e, portanto, entregar resultados quando e onde for mais impor-
tante.

Fale connosco, é grátis!

Se tiver alguma dificuldade na sua estação de tratamento de


efluentes ou se procura otimização adicional, não hesite em
contactar-nos para uma primeira consulta gratuita.

Os nossos especialistas ajudarão a compreender o seu


problema e sugerirão uma solução personalizada que dê
resposta às suas necessidades.

20
21
SE DECIDIR CONFIAR EM NÓS COMO
UM PARCEIRO, ENTRE EM CONTACTO
COM O ESPECIALISTA NA SUA ÁREA
GEOGRÁFICA:

Portugal
Oliveira Araújo
Oliveira.Araujo@airliquide.com

Espanha
Enrique Dacal
enrique.dacal@airliquide.com

Itália
Franco Manzoni
franco.manzoni@airliquide.com

França
Philippe Campo
Philippe .campo@airliquide.com