Você está na página 1de 269

Visão geral

1
MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO
Habilidades Objetivo do exame Número do objetivo
Inicialização do Excel Criar uma pasta de trabalho. 1.1.1
Trabalho na janela do Excel Personalizar a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido. 1.4.3
Alteração das exibições de pasta Alterar os modos de exibição de pastas de trabalho. 1.4.4
de trabalho e janelas Alterar os modos de exibição de janelas. 1.4.5
Trabalho com uma pasta de Navegar para uma célula nomeada, intervalo ou 1.2.2
trabalho existente elemento de pasta de trabalho.

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
Tela de abertura do Microsoft Excel
O Microsoft Office Excel 2016 fornece ferramentas poderosas que permitem aos usuários organizar,
analisar, gerenciar e compartilhar informações facilmente. A base do Excel e os locais onde você faz seu
trabalho são células, linhas e colunas em uma planilha, e planilhas, que fazem parte de uma pasta de
trabalho. Muitas das ferramentas usadas ao trabalhar no Excel estão localizadas na faixa de opções,
exibida na parte superior da janela. A faixa de opções é organizada em guias de comando
orientadas a tarefas. Cada guia é dividida em grupos de comandos específicos à tarefa com
comandos e opções relacionados ao nome do grupo. Como é possível personalizar a faixa de opções
e novas guias podem ser exibidas, como as guias Desenvolvedor e Complemento, sua tela poderá
ter uma aparência diferente do que a da Figura 1-1.

Barra de ferramentas de Guias de comando Barra de título


acesso rápido

Guia Arquivo
Faixa de opções

Caixa de nome

Célula ativa Barra de Rótulos de coluna


fórmulas

Rótulos de linha

Guia de planilha

Figura 1-1
Pasta de trabalho em
branco do Excel

1
2 Lição 1

INICIALIZAÇÃO DO EXCEL
Para trabalhar de forma eficiente no Microsoft Excel, você precisa se familiarizar com sua principal
interface do usuário. É possível abrir o Microsoft Excel 2016 no Windows 10, acessando o canto inferior
esquerdo da tela, clicando em Iniciar, clicando em Todos os aplicativos e, depois, em Excel 2016.

O Excel abre uma lista de modelos e, na maioria dos casos, você deve escolher a pasta de trabalho
em branco ou abrir um arquivo anterior. Uma pasta de trabalho, ou arquivo de planilha, é
mostrada na Figura 1-1. Pense em uma pasta de trabalho como um livro físico com muitas páginas.
O nome do arquivo (Pasta1) e o nome do programa (Excel) aparecem na barra de título na parte
superior da tela. Pasta1 (ou Pasta2, Pasta3 e assim por diante) é um título temporário para sua pasta
de trabalho até você salvar a pasta de trabalho com o nome de sua escolha. A nova pasta de trabalho
contém uma planilha (Plan1) por padrão, semelhante à primeira página de um livro, onde se
inserem as informações. Se uma pasta de trabalho tiver mais páginas (ou planilhas), use as guias de
planilha que estão localizadas logo acima da barra de Status e que são identificadas como Plan1,
Plan2 e Plan3. Você pode renomear as planilhas para identificar seu conteúdo e adicionar planilhas
com o botão Nova planilha (+) conforme necessário.

Abertura do Excel
Nesse exercício, você aprende a usar o menu Iniciar para abrir o Excel e exibir a planilha em branco
na nova pasta de trabalho.

PASSO A PASSO Iniciar o Excel

PREPARE-SE. Certifique-se de que o Microsoft Excel está instalado no seu computador.


Em seguida, execute as seguintes etapas:
1. Com a área de trabalho do Windows em exibição, clique no botão Iniciar no canto
inferior esquerdo da tela do Windows 10.
2. Clique em Todos os aplicativos perto da parte inferior do menu Iniciar.
3. Na lista de aplicativos, role para baixo conforme o necessário e clique em Excel 2016.
A janela do Excel é aberta para exibir os arquivos que foram abertos recentemente no
Excel, além de exemplos de modelos que você pode usar (consulte a Figura 1-2).

Clique em pasta de trabalho em branco para Clique para saber mais sobre o Excel.
iniciar um novo arquivo.

Figura 1-2
Tela de abertura do
Microsoft Excel

Arquivos recentes que você abriu (se houver) Clique em outros modelos para ver o que você pode
fazer no Excel ou para começar com um exemplo.
Visão geral 3

4. Clique em Pasta de trabalho em branco. Uma pasta de trabalho em branco é aberta, e a


planilha denominada Plan1 é exibida conforme mostrado anteriormente, na Figura 1-1.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Observação Se você usar o Excel frequentemente, é aconselhável fixar o aplicativo no menu Iniciar. No menu
Todos os Aplicativos, clique com o botão direito do mouse no nome do aplicativo e escolha Fixar
na tela inicial. Você também pode escolher Mais e Fixar na barra de tarefas para permitir iniciar o
Excel pelo ícone na parte inferior da barra de tarefas do Windows.

Uma planilha é uma grade composta de linhas, colunas e células. Cada coluna da planilha começa
na parte superior e vai para a parte inferior e é identificada por uma letra. Cada linha começa na
borda esquerda da planilha e continua para a direita e é identificada por um número. Cada caixa, ou
célula na grade, é identificada pela interseção de uma coluna e uma linha. Assim, a primeira célula
em uma planilha aberta é A1. Você insere informações digitando na célula ativa ou selecionada,
que é destacada por um retângulo em negrito. Ela também é chamada de célula atual ou destacada.

TRABALHO NA JANELA DO EXCEL


Ao iniciar o Excel e clicar na pasta de trabalho em branco, o programa abre uma nova pasta de
trabalho e exibe uma planilha em branco. Você acabou de aprender alguns dos componentes mais
importantes da planilha do Excel, tais como linhas, colunas e células. Nessa seção, explore a janela
do Excel e aprenda como identificar e personalizar a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido, a faixa
de opções e outras ferramentas e componentes importantes na tela. Você também aprenderá a abrir e
usar o Modo de Exibição Backstage, que fornece acesso aos comandos de gerenciamento de arquivos.

Utilização das ferramentas na tela


A Barra de Ferramentas de Acesso Rápido fornece acesso rápido e fácil para as ferramentas
que você usa mais frequentemente em qualquer sessão do Excel. Ela aparece no lado esquerdo da
barra de título, acima da faixa de opções (embora você possa mover a barra de ferramentas abaixo
da faixa de opções se quiser que ela fique mais perto de sua área de trabalho). Você pode adicionar
e remover comandos da barra de ferramentas para que ela contenha apenas os comandos que você
usa com mais frequência. Nesta lição, você aprenderá a mover e personalizar a Barra de Ferramentas
de Acesso Rápido, adicionando e removendo comandos. Você também aprenderá como usar as
dicas de tela, que são caixas pequenas na tela que exibem texto descritivo ao passar o ponteiro
em um comando ou controle.

PASSO A PASSO Usar as ferramentas na tela

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho em branco que você abriu no exercício anterior para
executar estas etapas:
1. Aponte para cada ícone na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido e leia a descrição
que aparece como uma dica de tela.
Observação Use as dicas de tela para lembrá-lo da função de um comando. As dicas de tela aprimoradas são
exibidas em uma caixa maior, que contém um texto mais descritivo do que uma dica de tela. A
maioria das dicas de tela aprimoradas contém um link para um tópico da ajuda.

2. No lado direito da Barra de Ferramentas de Acesso Rápido, clique na seta suspensa. Na


lista suspensa, selecione Abrir. O ícone Abrir é adicionado à Barra de Ferramentas de
Acesso Rápido. Clique na seta suspensa novamente e selecione Impressão Rápida na
lista suspensa (veja a Figura 1-3).
4 Lição 1

Figura 1-3
Personalização da Barra
de Ferramentas de Acesso
Rápido

3. Em seguida, clique com o botão direito do mouse em qualquer local na Barra de


Ferramentas de Acesso Rápido e, então, selecione Mostrar a Barra de Ferramentas de
Acesso Rápido abaixo da Faixa de Opções.
4. Clique com o botão direito do mouse na guia Página Inicial e clique em Recolher a Faixa
de Opções. Agora, somente as guias permanecem em exibição, aumentando a área de
trabalho.
5. Clique com o botão direito do mouse novamente na guia Página Inicial e escolha
Recolher a Faixa de Opções para desmarcar a opção e tornar os comandos da faixa de
opções visíveis novamente.
6. No lado direito da Barra de Ferramentas de Acesso Rápido, que agora aparece abaixo
da faixa de opções, clique na seta suspensa. Clique em Mostrar Acima da Fita na lista
suspensa.
7. Clique com o botão direito do mouse no comando Abrir e selecione Remover da Barra
de Ferramentas de Acesso Rápido.
8. Clique na seta suspensa no lado direito da Barra de Ferramentas de Acesso Rápido e
clique em Impressão Rápida para remover a marca de seleção do menu e, dessa forma,
remover o ícone Impressão Rápida da Barra de Ferramentas de Acesso Rápido.
Observação Para adicionar comandos à Barra de Ferramentas de Acesso Rápido, que não aparecem na lista
suspensa, clique em Mais Comandos na lista suspensa. A caixa de diálogo Opções do Excel é
aberta. Você também pode clicar com o botão direito do mouse na Barra de Ferramentas de Acesso
Rápido ou qualquer guia da faixa de opções e selecionar Personalizar Barra de Ferramentas de
Acesso Rápido para abrir a caixa de diálogo Opções do Excel.

PAUSE. FECHAR o Excel.

Por padrão, a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido contém os comandos Salvar, Desfazer e
Refazer. Conforme trabalhar no Excel, personalize a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido para
que ela contenha os comandos usados com mais frequência. No entanto, não remova os comandos
Desfazer e Refazer. Esses comandos não estão disponíveis nas guias de comando da faixa de opções.
Visão geral 5

ALTERAÇÃO DAS EXIBIÇÕES DE PASTA DE TRABALHO E JANELAS


Na faixa de opções, a guia Exibir apresenta comandos para controlar a aparência da pasta de
trabalho. Você também pode abrir e organizar novas janelas e dividir janelas em visualizações lado
a lado de diferentes partes da sua pasta de trabalho.

Alteração da exibição da pasta de trabalho


Alguns grupos nas guias da faixa de opções têm uma seta em seu canto inferior direito chamada de
Iniciador de Caixa de Diálogo. Clicar na seta abre uma caixa de diálogo ou um painel de tarefa que
contém mais opções para aquele determinado grupo de comandos. Neste exercício, você aprenderá
como usar os comandos da Exibição no grupo Modos de Exibição de Pasta de Trabalho para alterar
o modo de exibição do Excel.

PASSO A PASSO Alterar a exibição da pasta de trabalho

PREPARE-SE. Inicie o Excel e uma nova pasta de trabalho.


1. Se necessário, clique na guia Página Inicial para ativá-la.
2. Selecione a célula A1 para ativá-la. Em seguida, digite 456 e pressione Tab.
3. No canto inferior direito do grupo Fonte, clique na seta Iniciador de Caixa de Diálogo.
A caixa de diálogo Formatar Células mostrada na Figura 1-4 é aberta. Na maioria dos
casos, sua fonte padrão no Excel será a Calibri, tamanho 11, sem negrito nem itálico.

Figura 1-4
Caixa de diálogo Formatar
Células

4. Observe que a guia Fonte da caixa de diálogo está ativa. Percorra a lista Fonte, clique em
Cambria e, em seguida, em OK. A célula B1 é a célula ativa agora.
5. Digite 456 nessa célula e pressione Tab. Observe a diferença de aparência entre esse
número e o que você digitou na célula A1.
6. Clique na guia Exibir.
7. No grupo Modos de Exibir de Pasta de Trabalho, clique em Layout da Página. Neste
modo de exibição, você pode ver as margens, onde as páginas quebram, e pode
adicionar um cabeçalho ou rodapé (ver Figura 1-5).
6 Lição 1

O painel direito exibe células adicionais que seriam


Régua horizontal impressas em uma segunda página se houvesse entradas

Figura 1-5
Exibição do Layout da Página

Régua vertical

8. No grupo Modos de Exibição de Pasta de Trabalho, clique em Normal para retornar


à exibição da planilha sem réguas, cabeçalhos, rodapés e quebras de página.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Conforme demonstrado neste exercício, é possível visualizar sua planilha impressa clicando na guia
Exibir da faixa de opções e clicando em Layout da Página, no grupo Modos de Exibir da Pasta de
Trabalho. Essa exibição permite ajustar páginas antes da impressão. Você pode alterar o layout e o
formato da sua planilha nesse modo de exibição e no modo de Exibir Normal. Você também pode
usar réguas para medir a largura e a altura da sua janela e determinar se é necessário mudar suas
margens ou orientação de impressão.

Divisão da janela
Quando uma planilha contém uma grande quantidade de dados, é possível ver apenas uma pequena
parte da planilha nos modos de exibição Normal e Layout da Página do Excel. O comando Dividir
permite superar esta limitação visualizando a planilha em dois painéis ou quatro quadrantes. Após
usar esse comando, você pode usar as barras de rolagem à direita e na parte inferior da janela
para exibir diferentes seções da planilha ao mesmo tempo, de modo que é possível comparar ou
contrastar mais facilmente dados ou ver qual efeito pode ter uma mudança em uma parte distante
da planilha. Neste exercício, você aprenderá a dividir a janela do Excel e usar as barras de rolagem
para exibir diferentes seções de uma planilha. Você também praticará a inserção de dados em células
nas janelas de divisão e aprenderá a remover a divisão para retornar à exibição de janela única.

PASSO A PASSO Dividir a janela

PREPARE-SE. USE a planilha que você deixou aberta no exercício anterior ou digite 456 nas
células A1 e B1 em uma nova pasta de trabalho.
1. Clique na célula F1 para ativá-la.
2. Na guia Exibir, clique em Dividir. Observe que a tela é dividida verticalmente em dois
painéis diferentes.
Visão geral 7

3. Na barra de rolagem horizontal do painel direito, mantenha pressionada a seta para


a direita até ver a célula AA1. Observe que ainda é possível ver as células A1 e B1 no
painel esquerdo.
4. Clique em Dividir novamente. A tela não está mais dividida.
5. Clique na célula A17 e em Dividir. A tela é dividida horizontalmente em dois painéis diferentes.
6. Clique em Dividir novamente. A tela não está mais dividida.
7. Clique na célula F14 e em Dividir. Dessa vez, a tela é dividida em quatro painéis.
8. Escolha o quadrante inferior direito clicando em qualquer célula desse painel e,
em seguida, role a tela para exibir a linha 40.
9. Na célula H40, digite 236 e pressione Enter. Os dados inseridos nas células A1 e
B1 devem ser visíveis, juntamente com o que você acabou de inserir na cela H40
(consulte a Figura 1-6).
Comando Dividir
Figura 1-6
Trabalhando em uma
janela de divisão

Barras de rolagem
10. Clique em Dividir para remover a divisão. Os dados contidos na célula H40 não estão
mais visíveis.

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho sem salvar. DEIXE o Excel aberto.

Observação O comando Dividir é especialmente útil quando é preciso comparar várias partes de uma longa
planilha.

Ao usar uma planilha que contém uma pequena quantidade de dados, é fácil percorrer a planilha
e focar em células específicas. À medida que adquirir experiência em trabalhar com o Excel, você
poderá trabalhar em planilhas muito maiores. A capacidade de exibir mais de uma seção de uma
planilha ao mesmo tempo usando janelas de divisão é especialmente útil quando é necessário
comparar diferentes seções de dados.

TRABALHO COM UMA PASTA DE TRABALHO EXISTENTE


Muitas pastas de trabalho exigem frequente atualização porque os dados existentes mudaram ou novos
dados devem ser adicionados. Os profissionais frequentemente abrem uma pasta de trabalho existente,
atualizam informações e depois salvam a pasta para ser revisada novamente em um momento posterior.
Em geral, os arquivos são criados por uma pessoa e, em seguida, são usados ou adaptados por outros.
Os nomes de arquivo devem refletir o tipo de dados contidos no arquivo. Um nome de arquivo
descritivo permite localizar e recuperar arquivos rapidamente. Os nomes de arquivo podem ter até
255 caracteres, incluindo a extensão de nome de arquivo. No entanto, a maioria dos profissionais
usa nomes de arquivo descritivos curtos que identificam claramente o conteúdo da pasta de trabalho.
8 Lição 1

Navegação em uma planilha


Uma planilha do Excel pode conter mais de 1 milhão de linhas e mais de 16 mil colunas. Existem
várias maneiras de percorrer planilhas que contêm numerosas linhas e colunas. Você pode usar o
mouse, as barras de rolagem ou as teclas de seta para navegar por uma planilha. Nos exercícios a
seguir, você explorará os diferentes métodos para percorrer uma planilha.

Observação Uma planilha pode ser muito grande ou muito pequena, dependendo de suas necessidades. As
colunas disponíveis vão de A até XFD, e as linhas disponíveis podem ir de 1 a 1.048.576.

PASSO A PASSO Navegar por uma planilha

PREPARE-SE. Clique na guia Arquivo, clique em Abrir e depois em Procurar. Na caixa de diálogo
Abrir, escolha a localização de seus arquivos de dados Lesson01, selecione 01 Contoso Employee
Info e clique em Abrir.
1. Pressione Ctrl+End para ir para o final da planilha (célula D27).
2. Pressione Ctrl+Home para ir para o início da planilha (célula A1).
3. Clique na Caixa de Nome, digite A3 e depois pressione Enter para ativar a célula.
4. Pressione Ctrl+seta para baixo para ir para a última linha de dados (célula A27).
Observação CTRL + atalhos de seta permite ir para o início e fim dos intervalos de dados. O título da planilha,
que abrange todas as colunas, não é considerado parte do intervalo de dados da planilha.

5. Pressione Ctrl+seta para a direita. A célula D27, a última coluna no intervalo de dados,
torna-se a célula ativa.
6. Pressione Ctrl+seta para baixo. A última linha possível da planilha é exibida.
7. Pressione Ctrl+Home.
8. Use a barra de rolagem vertical para navegar do início até o final dos dados.
9. Se o mouse tiver um botão de roda, role-o para a frente e para trás para percorrer
rapidamente a planilha.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Navegação em dados com o comando Ir para


A pasta de trabalho usada nestes exercícios não é longa nem particularmente complicada. Quando
começar a lidar com bancos de dados muito maiores, ou conjuntos maiores de pastas de trabalho,
você poderá desejar ter alguns meios mais fáceis de observar os dados do que apenas a rolagem.
A Caixa de Nome indica a célula atual na qual você está, além de permitir que você nomeie
a célula ou um intervalo. O comando Ir para pode direcionar você a pontos específicos em uma
planilha, incluindo células e intervalos de células que você pode nomear.

PASSO A PASSO Navegar pelos dados com o comando Ir para

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho 01 Contoso Employee Info do exercício anterior.


1. Selecione a célula A17.
2. Na Caixa de Nome à esquerda da barra de fórmulas, selecione A17.
3. Exclua A17, digite AssMédic e depois pressione Enter.
4. Selecione a célula M11.
5. Na guia Página Inicial, no grupo Edição, clique em Localizar e Selecionar. Clique em
Ir para. A caixa de diálogo Ir para é exibida (ver Figura 1-7).
Visão geral 9

Figura 1-7
Caixa de diálogo
Ir para

6. Na lista Ir para, clique em AssMédic e em OK. A célula A17 se torna ativa.


7. Clique em Localizar e Selecionar novamente e, em seguida, clique em Ir para Especial.
A caixa de diálogo Ir para Especial é exibida (consulte a Figura 1-8).

Figura 1-8
Caixa de diálogo
Ir para Especial

8. Na caixa de diálogo Ir para Especial, clique em Última célula.


9. Clique em OK. A célula D27 se torna ativa. A última célula é a inferior à direita na
planilha, com conteúdos ou formatação.

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho sem salvar. FECHAR o Excel.


10 Lição 1

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Uma seta no canto inferior direito de um grupo na faixa de opções informa que qual das
seguintes está disponível?
a. Uma caixa de diálogo ou painel de tarefa
b. Uma pasta de trabalho adicional
c. Uma lista de planilhas
d. Uma parte adicional do intervalo atual
2. Qual recurso permite visualizar cabeçalhos e rodapés, quebras de página e outros
recursos que serão impressos?
a. Layout da Página
b. Layout de Impressão
c. Rolagem síncrona
d. Dicas de tela
3. Ao dividir uma janela, ela é dividida em quantos painéis?
a. dois
b. três
c. quatro
d. dois ou quatro
4. Qual das opções a seguir é a interseção de uma linha e uma coluna?
a. intervalo
b. guia
c. gráfico de barras
d. célula
5. Qual dos seguintes itens é iniciado com Salvar, Desfazer e Refazer e pode ser
personalizado para conter os comandos mais usados?
a. Uma planilha
b. A janela de ajuda
c. A Barra de Ferramentas de Acesso Rápido
d. A faixa de opções
6. Com quantas planilhas uma nova pasta de trabalho do Excel 2016 é aberta?
a. um
b. dois
c. três
d. quatro

Verdadeiro/Falso
Circule V se a afirmação for verdadeira ou F, se for falsa.

V F 1. A Barra de Ferramentas de Rápido Acesso aparece no lado direito da barra


de título, acima da faixa de opções.
V F 2. As colunas em uma planilha são identificadas por números.
V F 3. A célula ativa em uma planilha é realçada por um retângulo em negrito.
V F 4. A exibição Layout de Página é útil na preparação de seus dados para impressão.
Visão geral 11

Projetos

Projeto 1-1: Utilizando a faixa de opções


PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele não estiver em execução e abra uma pasta de trabalho
em branco.
1. Clique na guia Arquivo. Este é o seu acesso instantâneo ao Modo de Exibição Backstage.
Clique em vários dos comandos no Modo de Exibição Backstage, que são mostrados na
barra de navegação no painel esquerdo.
2. Clique na seta Retornar ao documento no canto superior esquerdo para retornar à pasta
de trabalho. Clique na guia Página Inicial se ela ainda não estiver selecionada. Mova o
ponteiro do mouse sobre a faixa de opções, lendo as várias dicas de tela que aparecem
à medida que o ponteiro passa sobre os elementos individuais da faixa de opções.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Fonte, clique na seta Fonte. Observe que a primeira
fonte no topo da lista de fontes é exibida. Clique na seta novamente para ocultar a lista.
4. Clique na seta de Fonte novamente e depois escolha Times New Roman Observe a
mudança correspondente na fonte na lista de Fontes.
5. Mova o ponteiro para a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido e clique no botão
Desfazer. Observe que sua fonte retorna para a fonte padrão, geralmente Calibri.
6. Clique na guia Inserir. Mova o ponteiro sobre a faixa de opções e examine-o enquanto
lê as dicas de tela.
7. Clique na guia Exibir. Mais uma vez, aponte para a faixa de opções e examine suas
características.
8. Clique na guia Arquivo novamente para exibir o Modo de Exibição Backstage.
9. Clique no comando Fechar na parte inferior do painel esquerdo para fechar a pasta de
trabalho. Se for solicitado para salvar a pasta de trabalho, escolha Não salvar.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para o próximo projeto.

Projeto 1-2: Navegação em uma lista


A Fabrikam, Inc., uma corretora de imóveis, tem uma lista de casas à venda. Você precisa saber qual
é o tamanho da lista.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo 01 Fabrikam Customer Houses.
2. Pressione Ctrl+End para mover para a última célula na pasta de trabalho.
3. Pressione Ctrl+Home para mover para a primeira célula.
4. Clique na célula B6.
5. Pressione Ctrl+seta para a direita para ir para a borda direita do intervalo ativo.
6. Pressione Ctrl+seta para a esquerda para ir para a borda esquerda.
7. Pressione Ctrl+seta para cima para ir para a borda superior do intervalo ativo.
8. FECHAR a pasta de trabalho.

FECHAR o Excel.
2 Trabalho com o Microsoft Excel 2016

MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO


Habilidades Objetivo do exame Número do objetivo
Criação de pastas de trabalho Criar uma pasta de trabalho. 1.1.1
Salvar pastas de trabalho Salvar pastas de trabalho em formatos de arquivo alternativos. 1.5.2
Inspecionar se existem problemas de compatibilidade na 1.5.8
pasta de trabalho.
Inserção e edição de dados Substituir dados. 2.1.1
básicos em uma planilha Ajustar a altura da linha e a largura da coluna. 1.3.7
Preencher células usando o Preenchimento Automático. 2.1.4
Inserir e excluir células. 2.1.5
Utilização de tipos de dados Aplicar formatos de número. 2.2.5
para preencher uma planilha
Recortar, copiar e colar dados Cortar, copiar e colar dados. 2.1.2
Edição das propriedades de Modificar as propriedades do documento. 1.4.6
uma pasta de trabalho

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
Guia Página Inicial do Excel
A faixa de opções no Microsoft Office Excel 2016 é composta de uma série de guias, cada uma delas
relacionada a tipos específicos de tarefa que você realiza no Excel. A guia Página Inicial, mostrada
na Figura 2-1, contém os comandos que as pessoas mais usam ao criar documentos do Excel. Com
os comandos visíveis na área de trabalho, você consegue ver rapidamente a maioria das tarefas que
deseja realizar. Cada guia contém grupos de comandos relacionados a tarefas ou funções específicas.

Recortar
Colar Copiar Iniciadores de caixa de diálogo Comando Grupos de comandos Setas de botão de comando

Barra de fórmulas
Figura 2-1

Faixa de opções, barra


de fórmulas e opções de Alguns comandos têm uma seta associada. Na Figura 2-1, você vê as setas de botão associadas a
comando AutoSoma e Localizar e Selecionar. Isso indica que, além da tarefa padrão, outras opções estão
disponíveis para a tarefa. De forma similar, alguns grupos têm Iniciadores de Caixa de Diálogo
associados. Quando você clica neles, são exibidos comandos adicionais que não aparecem na faixa
de opções. Na Figura 2-1, os grupos Área de Transferência, Fonte, Alinhamento e Número têm
caixas de diálogo ou painéis de tarefa associadas, já os grupos Estilo, Células e Edição não.

12 12
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 13

CRIAÇÃO DE PASTAS DE TRABALHO


Há três formas de criar uma nova pasta de trabalho do Microsoft Excel. É possível abrir uma nova
pasta de trabalho em branco ao iniciar o Excel ou usar a guia Arquivo para acessar o Modo de
Exibição Backstage. É possível abrir uma pasta de trabalho do Excel existente, inserir dados novos ou
adicionais e salvar o arquivo com um novo nome, criando, dessa forma, uma nova pasta de trabalho.
Também é possível usar um modelo para criar uma nova pasta de trabalho. Um modelo é um arquivo
que já foi configurado para exibir certos tipos de dados, como: relatórios de vendas, faturas etc.

Criação de uma pasta de trabalho do zero


Para criar uma nova pasta de trabalho, inicie o Excel e selecione uma pasta de trabalho em branco ou
outro tipo de modelo. Se você já estiver trabalhando no Excel e quiser criar uma nova pasta de trabalho,
clique na guia Arquivo e, em seguida, em Novo e Pasta de trabalho em branco. Geralmente, as planilhas
incluem um texto que descreve seu conteúdo. Neste exercício, você criará duas pastas de trabalho do
Excel: uma com o endereço de uma empresa e outra com uma mensagem rápida de telefone.

PASSO A PASSO Criar uma pasta de trabalho desde o início

PREPARE-SE. INICIE o Excel. O Excel oferece a você as opções de criar uma pasta de
trabalho em branco, fazer um tour pelo programa ou usar modelos (consulte a Figura 2-2).

Figura 2-2
Opções disponíveis depois
que o Excel é iniciado

1. Clique em Pasta de trabalho em branco. Se você acabou de abrir o Excel, será exibido
Pasta1 – Excel na barra de título na parte superior da janela. Uma pasta de trabalho em
branco é aberta com A1 como a célula ativa.
2. Na célula A1, digite Fabrikam Inc. Essa entrada é o título principal da planilha. Observe
que, conforme você digita, o texto aparece na célula e na barra de fórmulas (consulte a
Figura 2-3). Consulte a definição da barra de fórmulas na seção “Edição do conteúdo de
uma célula”, posteriormente nesta lição.
14 Lição 2

Figura 2-3
O texto digitado é exibido
tanto na célula ativa quanto
na barra de fórmulas
Barra de fórmulas

Célula ativa

3. Pressione Enter. O texto é inserido na célula A1, mas parece invadir a célula B1.
4. Na célula A2, digite 123 Fourth Street e pressione Enter.
5. Na célula A3, digite Columbus, OH 43204 e depois pressione Enter.
6. Às vezes, é necessário uma área de trabalho rápida para concluir outra tarefa enquanto
está no meio de uma pasta de trabalho. É possível abrir outra pasta de trabalho como
uma área de rascunho. Clique na guia Arquivo e, no painel esquerdo, clique em Novo.
Os diferentes modelos disponíveis são exibidos (consulte a Figura 2-2).
7. No Modo de Exibição Backstage, clique em Pasta de trabalho em branco. Uma
segunda pasta de trabalho do Excel é aberta, e Pasta2 é exibido na barra de título.
8. Na célula A1, digite Chamadas e depois pressione Enter.
9. Na célula A2, digite Francisco Melo – UA voo 525 com chegada às 16h30 e depois
pressione Enter.
10. Clique na guia Arquivo para abrir o Modo de Exibição Backstage. No painel esquerdo,
clique em Fechar para fechar a pasta de trabalho Chamadas. Na caixa de mensagens,
clique em Não Salvar.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho Fabrikam aberta para o próximo exercício.

SALVAR PASTAS DE TRABALHO


Ao salvar um arquivo, você pode salvá-lo em uma pasta no disco rígido do computador, em uma
unidade de rede, em um disco, em um CD, em uma unidade USB, no OneDrive ou em qualquer outro
local de armazenamento. Primeiro, é necessário identificar onde o documento será salvo. O restante
do processo para salvar é igual, independentemente do local ou do dispositivo de armazenamento.

Nomear e salvar uma pasta de trabalho


Ao salvar um arquivo pela primeira vez, são feitas duas perguntas importantes a você: Onde deseja
salvar o arquivo? Qual é o nome do arquivo? Nesta lição, você praticará o processo de resposta a
essas perguntas com dois arquivos diferentes. Como padrão em todos os aplicativos do Office,
os documentos do Excel são salvos na pasta Documentos ou em seu OneDrive, dependendo das
configurações especificadas durante o programa de instalação.
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 15

PASSO A PASSO Nomear e salvar uma pasta de trabalho

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia Arquivo para abrir o Modo de Exibição Backstage. No painel esquerdo,
clique em Salvar como para exibir as opções de salvamento.
2. Clique duas vezes em Este Computador para abrir a caixa de diálogo Salvar como
(consulte a Figura 2-4).

Figura 2-4
Caixa de diálogo Salvar como

3. No painel de navegação à esquerda, na caixa de diálogo Salvar como, clique em Área de


Trabalho. A Área de Trabalho se torna o novo destino do seu arquivo salvo.
4. Na caixa de diálogo Salvar como, clique em Nova pasta. Um ícone de pasta é exibido
com as palavras Nova pasta selecionadas.
5. Digite Excel Lesson 2 e pressione Enter.
6. Clique no botão Abrir.
7. Na caixa Nome do arquivo, digite 02 Fabrikam Address Solution (02 Solução de
Endereço Fabrikam).
8. Clique no botão Salvar.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Observação Salve sua pasta de trabalho regularmente, especialmente antes de abrir outra pasta de trabalho e
fazer impressões ou depois de fornecer informações.

Salvar uma pasta de trabalho no seu OneDrive


O OneDrive é um aplicativo baseado em nuvem que permite armazenar e sincronizar arquivos para
recuperá-los em qualquer lugar e compartilhá-los com outras pessoas, se desejado. O OneDrive
é também um ótimo lugar para armazenar arquivos de backup de documentos importantes. O
OneDrive é fornecido com as versões recentes do Windows e Microsoft Office. Um aplicativo de
área de trabalho gratuito está também disponível para dispositivos móveis. Esse exercício assume
que você já tem acesso ao OneDrive.
16 Lição 2

PASSO A PASSO Salvar em seu SkyDrive

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia Arquivo e, em seguida, clique em Salvar como.
2. No Modo de Exibição Backstage, sob Salvar Como, clique em sua conta do OneDrive
e depois em um local de pasta no painel direito. Você precisa se inscrever no OneDrive,
caso ainda não tenha feito isso (consulte a Figura 2-5).

Selecionar seu OneDrive Selecionar um local de pasta Entrar no OneDrive, se solicitado

Figura 2-5
Informações do OneDrive no
Modo de Exibição Backstage

3. Clique no botão Nova pasta na caixa de diálogo Salvar como.


4. Na caixa de texto Nova pasta, digite Excel Lesson 2 para salvar uma pasta para esta lição
no seu OneDrive e pressione Enter.
5. Clique duas vezes no ícone Excel Lesson 2 para ir a essa pasta.
6. Mantenha o arquivo com o mesmo nome (ou digite 02 Fabrikam Address Solution na
caixa Nome do arquivo) e clique no botão Salvar.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Salvar uma pasta de trabalho com um nome diferente


Você pode renomear uma pasta de trabalho existente para criar uma nova. Por exemplo, quando
você tem vários escritórios, pode salvar o arquivo com um novo nome e usá-lo para inserir dados de
outro escritório. Você também pode usar uma pasta de trabalho existente como modelo para criar
outras pastas de trabalho. Neste exercício, você aprenderá a usar a caixa de diálogo Salvar como para
implementar uma dessas opções.

PASSO A PASSO Salvar uma pasta de trabalho com outro nome

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Na célula A2, digite 87 East Broad Street e depois pressione Enter.
2. Na célula A3, digite Columbus, OH 43215 e depois pressione Enter.
3. Clique na guia Arquivo e, no painel esquerdo, clique em Salvar como. O Modo de
Exibição Backstage mostra que a Pasta Atual no painel direito é Excel Lesson 2 em
seu OneDrive, porque foi a pasta usada para salvar uma pasta de trabalho.
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 17

4. Clique em Este PC para voltar à unidade que você usou anteriormente.


5. No painel direito, clique duas vezes em Excel Lesson 2.
6. Clique na caixa Nome do arquivo e posicione o cursor depois de Fabrikam de depois
digite Broad para que o nome exibido seja 02 Fabrikam Broad Address Solution
(02 Solução de Endereço Amplo Fabrikam).
7. Clique em Salvar. Ao salvar uma pasta de trabalho existente, você criou outra pasta
com um novo nome.
8. Clique na guia Arquivo e, em seguida, em Salvar como no painel esquerdo e depois
em Procurar.
9. Na caixa Nome do arquivo, digite 02 Fabrikam Broad Address Template Solution
(02 Solução de Modelo de Endereço Amplo Fabrikam).
10. Na caixa Tipo, clique na seta suspensa e depois escolha Modelo do Excel. Clique no
botão Salvar.
Observação Os modelos são salvos automaticamente em outro local para que possam ser abertos com a opção
Arquivo > Novo.

PAUSE. FECHAR o Excel.

A criação de um modelo para ser usado em cada pasta de trabalho nova baseada no arquivo de
exemplo elimina a possibilidade de perda de dados, porque você pode substituir um arquivo depois
de inserir os novos dados. Para usar o modelo, escolha Arquivo > Novo > Pessoal e selecione o
modelo que você salvou. Ao clicar em Fechar, será solicitado a salvar o arquivo com um novo nome.

Salvar uma pasta de trabalho em um formato anterior do Excel


Os arquivos criados em versões anteriores do Excel podem ser abertos e revisados no Excel 2016. No
entanto, se alguns de seus usuários não tiverem a versão mais recente ou usar outros aplicativos, eles
não poderão abrir seu arquivo. Você pode salvar uma cópia de uma pasta de trabalho do Excel 2016
(com a extensão de arquivo .xlsx) no formato anterior Pasta de Trabalho do Excel 97-2003 (com a
extensão de arquivo .xls). O símbolo do programa exibido com os nomes de arquivo é diferente, mas
é bom especificar um nome diferente para o arquivo da edição anterior. Também é uma boa ideia
verificar, com o verificador de compatibilidade do Excel, quais recursos podem ser perdidos.

PASSO A PASSO Salvar uma pasta de trabalho em um formato anterior do Excel

PREPARE-SE. INICIE o Excel.


1. Na parte inferior do painel esquerdo, clique em Abrir Mais Pastas de Trabalho.
2. Na lista de arquivos recentes no painel direito, clique em 02 Fabrikam Broad Address Solution.
3. Primeiro, verifique se há problemas de compatibilidade. Clique na guia Arquivo, clique
em Informações > Verificar Se Há Problemas > Verificar Compatibilidade. A caixa de
diálogo Microsoft Excel – Verificador de Compatibilidade mostrada na Figura 2-6 é aberta.

Figura 2-6
O Verificador de
Compatibilidade mostrando
que não há problemas de
compatibilidade
18 Lição 2

4. Leia as informações na caixa de diálogo Verificador de Compatibilidade e depois clique


em OK.
5. Clique na guia Arquivo e, em seguida, em Exportar e Alterar Tipo de Arquivo. O Modo
de Exibição Backstage mostra os diferentes tipos de arquivo (consulte a Figura 2-7).

Figura 2-7
As opções de Alterar Tipo de
Arquivo no Modo de Exibição
Backstage

6. Clique em Pasta de Trabalho do Excel 97-2003 e depois, em Salvar como.


7. Na caixa Nome do arquivo, posicione o cursor antes de Solution e digite 97-03,
em seguida, clique em Salvar.
8. Clique na guia Arquivo e depois clique em Fechar para fechar a pasta de trabalho
02 Fabrikam Broad Address 97-03 Solution.
9. Clique na guia Arquivo e clique em Abrir. O painel direito no Modo de Exibição
Backstage mostra o último conjunto de documentos salvo.
10. Clique em 02 Fabrikam Broad Address Solution.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Salvar uma pasta de trabalho em formatos de arquivo diferentes


Você pode salvar um arquivo do Excel 2016 em um formato diferente de .xlsx ou .xls. Os formatos
de arquivo listados como opções na caixa de diálogo Salvar como ou na guia Exportar dependem do
tipo de formato de arquivo ao qual o aplicativo dá suporte. Ao salvar um arquivo em outro formato,
parte da formatação, dos dados e dos recursos pode ser perdida.

PASSO A PASSO Salvar em diferentes formatos de arquivo

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho 02 Fabrikam Broad Address Solution do exercício


anterior ou digite seu nome e endereço em uma nova pasta.
1. Clique na guia Arquivo, em seguida, clique no botão Exportar.
2. Clique no botão Alterar Tipo de Arquivo. O Excel explica os diferentes tipos de arquivo
(consulte a Figura 2-7).
3. Clique na opção Criar Documento PDF/XPS. A Figura 2-8 mostra os motivos do uso
desse formato.
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 19

Figura 2-8
O Modo de Exibição Backstage
com as informações sobre
o formato PDF/XPS

4. No painel direito, clique no botão Criar Documento PDF/XPS.


5. No painel de navegação esquerdo, clique em Área de Trabalho.
6. Clique duas vezes em Excel Lesson 2 para ir a essa pasta.
7. Na caixa de diálogo Publicar como PDF ou XPS, certifique-se de que a lista Tipo mostra
PDF.
8. Clique em Publicar.
9. O aplicativo Reader (ou um navegador da web) é aberto com o arquivo PDF exibido.
10. Pressione Alt+F4 para fechar o navegador ou aplicativo Reader.
11. Se necessário, pressione Alt+Tab para voltar ao arquivo do Excel.

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho e DEIXE o Excel aberto para usar no próximo exercício.

Observação O Adobe PDF garante a permanência da formatação desejada no seu arquivo impresso ou exibido,
mas dificulta a alteração do arquivo. Também é possível salvar pastas de trabalho em um formato
de página da Web para uso em sites. Para isso, use a caixa de diálogo Página da Web de Arquivo
Único ou Página da Web. Para importar dados em outro formato, você também pode tentar usar
os formatos Texto (separado por tabulações) ou CSV (delimitado por vírgula). Todas essas opções
estão disponíveis na lista suspensa Salvar como tipo ou na guia Exportar.

INSERÇÃO E EDIÇÃO DE DADOS BÁSICOS EM UMA PLANILHA


Você pode digitar os dados diretamente em uma ou mais células da planilha. Também é possível
copiar e colar informações de outra planilha ou outros programas. A opção Copiar obtém as
informações de um local e as duplica. Você usa a opção Colar para colocar essas informações em
outro local. Para inserir dados em uma célula de uma planilha, é preciso ativar a célula desejada
e digitar os dados nela. Para ir para a próxima coluna, depois de inserir o texto, pressione Tab.
Continue a pressionar Tab para ir para a próxima coluna.

Inserção de dados básicos em uma planilha


Ao terminar de digitar as entradas em uma linha, pressione Enter para ir ao começo da próxima
linha. Você também pode usar as teclas de seta para ir a uma célula adjacente ou clicar em qualquer
célula para torná-la ativa. Pressione Enter para aceitar a entrada e mover para baixo uma linha. No
próximo exercício, você criará uma lista das pessoas que trabalham no escritório.
20 Lição 2

PASSO A PASSO Inserir dados básicos em uma planilha

PREPARE-SE. Se necessário, INICIE o Excel e ABRIR uma nova pasta de trabalho.


1. Clique na célula A1, digite Fabrikam Inc. e depois pressione Enter. Observe que a célula
ativa se move para a próxima linha, para a célula A2.
2. Na célula A2, digite Lista de funcionários e pressione Enter.
3. Clique na célula A4, digite Nome e depois pressione Tab. Observe que a célula ativa
muda para a coluna seguinte, passando a ser a célula B4.

Solução de Se você digitar algum dado incorreto, poderá clicar na célula e digitar a entrada novamente.
problemas Nas próximas seções, você verá como editar um texto.

4. Digite Extensão e, em seguida, pressione Enter. Observe que a célula ativa muda para
a primeira célula da linha seguinte.
5. Digite Alberto Soares e pressione Tab.
6. Digite 101 e depois pressione Enter. O nome de Alberto Soares parece cortado.
7. Clique na célula A5 e observe que a entrada completa para Alberto Soares é exibida
na barra de fórmulas.
8. Clique na célula A6, digite Francisco Melo e depois pressione Enter.
9. Digite Giovana Araújo e pressione Enter.
10. Digite Isabela Mendes e pressione Enter.
11. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 2 em seu computador como
02 Fabrikam Employees Solution (02 Solução de Funcionários da Fabrikam).
Seu arquivo deve ser parecido com o mostrado na Figura 2-9.

Figura 2-9
A pasta de trabalho 02
Fabrikam Employees concluída

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar na próxima lição.

Observação O texto é armazenado em apenas uma célula, mesmo quando parece invadir as células adjacentes. Se
uma entrada ultrapassar a largura da célula, e a próxima célula contiver dados, a entrada aparecerá
de forma truncada. Para editar os dados, você precisa ir para a célula onde o texto começa, não para
as células adjacentes.

Alteração da largura de uma coluna


No Excel, a largura das colunas é estabelecida com base nos dados existentes. Ao adicionar uma
coluna uma entrada que ultrapassa a largura da coluna, é preciso ajustar a largura da coluna para
acomodar a entrada.

PASSO A PASSO Alterar a largura da coluna

PREPARE-SE. Use o arquivo 02 Fabrikam Employees Solution do exercício anterior.


1. Mova o ponteiro do mouse entre as colunas A e B até os marcadores de coluna na parte
superior da planilha (consulte a Figura 2-10). O ponteiro do mouse muda para uma seta
de duas pontas.
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 21

Figura 2-10
Redimensionamento de uma
coluna
Seta de duas pontas

2. Clique duas vezes no marcador de coluna entre A e B. A largura da coluna é alterada


para a da entrada mais larga na coluna A. Nesse caso, as entradas mais largas são Lista
de funcionários e o nome Alberto Soares.
Observação Para alterar a largura da coluna manualmente, aponte para o marcador entre as colunas A e B e
arraste o ponteiro para a esquerda ou direita, em vez de clicar duas vezes no marcador.

3. Arraste o ponteiro do mouse em forma de seta de duas pontas entre as colunas B e C até
a dica de tela mostrar Largura: 20 (145 pixels) ou próximo desse valor (veja a Figura 2-11)
e depois solte o botão do mouse.

Figura 2-11
Ao arrastar o ponteiro do
mouse em forma de seta de
duas pontas, a Dica de Tela
exibe a largura da coluna

4. SALVAR o arquivo 02 Fabrikam Employees Solution (02 Solução de Funcionários da


Fabrikam). Com isso, a versão anterior, sem a alteração da largura de coluna, é substituída.

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho e DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Observação Ao digitar um texto maior que a largura da célula, ele parece invadir a célula seguinte. No entanto,
ao digitar na célula seguinte, o texto excedente não é exibido. No entanto, o texto ainda estará
lá. Muitas vezes, será mais fácil analisar seu trabalho se a largura das colunas coincidir com
o texto mais longo. Você pode clicar duas vezes nos marcadores de coluna para ajustar as colunas
automaticamente à entrada mais larga ou arrastar o marcador de coluna até a largura desejada para
a coluna.

Edição do conteúdo de uma célula


Uma vantagem dos registros eletrônicos sobre os registros manuais é que as alterações podem ser
feitas de forma mais rápida e fácil. Para editar informações em uma planilha, você pode fazer
alterações diretamente na célula ou editar o conteúdo de uma célula na barra de fórmulas,
localizada entre a faixa de opções e a planilha. Ao inserir dados em uma célula, o texto ou os números
são exibidos na célula e na barra de fórmulas. Você também pode inserir dados diretamente na barra
de fórmulas. No entanto, antes de fazer as alterações, você precisa selecionar as informações a serem
22 Lição 2

alteradas. Selecionar o texto significa destacar o texto a ser alterado. Você pode selecionar
uma célula ou parte do texto de uma célula na barra de fórmulas antes de fazer as alterações. Você
também pode clicar duas vezes em uma célula para posicionar o ponto de inserção para a edição.

PASSO A PASSO Editar o conteúdo de uma célula

PREPARE-SE. ABRIR uma pasta de trabalho em branco.


1. Clique na célula A1, digite Fabrikam e depois pressione Enter. O ponto de inserção muda
para a célula A2, e nada aparece na barra de fórmulas.
2. Clique na célula A1. Observe que a barra de fórmulas exibe Fabrikam (consulte a Figura 2-12).

Figura 2-12
A célula ativa e a barra
de fórmulas exibindo as Barra de fórmulas
mesmas informações

Célula ativa

3. Posicione o cursor depois de Fabrikam na barra de fórmulas, dê um espaço e digite


Incorporated e, depois, pressione Tab. O ponto de inserção muda para a célula B1,
e nada aparece na barra de fórmulas (consulte a Figura 2-13).

Figura 2-13
Embora o texto pareça estar
na célula B1, na realidade,
ele é o texto estendido de A1

Nada é mostrado na
barra de fórmulas

4. Clique na célula A1 e, na barra de fórmulas, clique duas vezes em Incorporated para


selecionar essa palavra. Digite Inc. e depois pressione Enter.
5. Digite Vendas e depois pressione Enter.
6. Clique na célula A2, em seguida, em Vendas na barra de fórmulas.
7. Pressione Home. O ponto de inserção vai para o início da barra de fórmulas.
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 23

Observação Ao fazer edições na barra de fórmulas, você pode pressionar Home para ir ao início da barra e End
para ir ao final dela ou pressionar as teclas de seta para a esquerda/direita para movimentar o cursor
um caractere por vez. Pressione a tecla Delete para excluir os caracteres após o ponto de inserção.
Pressione Backspace para excluir os caracteres antes do ponto de inserção.

8. Digite Mensal e pressione a barra de espaços. Pressione Enter.


9. Na célula A3, digite Janeiro e depois pressione Enter.
10. Clique na célula A3, digite Fevereiro e depois pressione Enter. O texto original da célula
A3 desaparece e Fevereiro substitui Janeiro.
11. Clique na célula A3 e pressione Delete. A entrada presente na célula A3 é removida.
12. Acima da linha 1 e à esquerda da coluna A, clique no botão Selecionar Tudo. Todas as
células da planilha são selecionadas.
13. Pressione Excluir. Todas as entradas são removidas.

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho sem salvá-la e DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Observação Se você editar o conteúdo de uma célula e mudar de ideia antes de pressionar Enter, pressione Esc
para restaurar o texto original. Se alterar o conteúdo de uma célula, pressionar Enter e, em seguida,
não quiser a alteração, clique no botão Desfazer na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido ou
pressione Ctrl+Z. O texto excluído será restaurado.

Você pode editar uma célula clicando duas vezes nela e digitando o texto substituto. Ou, você pode
clicar na célula e, em seguida, na barra de fórmulas.

Quando você está no modo de Edição:

• O ponto de inserção é exibido como uma barra vertical e a maioria dos comandos está inativa.
• Você pode mover o ponto de inserção usando as teclas de seta para a esquerda/direita.
• O indicador Editar é exibido à esquerda da barra de status.
Use a tecla Home do seu teclado para mover o ponto de inserção para o início da célula e a tecla
End para movê-lo para o final da célula. Você pode adicionar novos caracteres no local do ponto
de inserção.

Para selecionar vários caracteres no modo de Edição, mantenha o Shift pressionado enquanto
pressiona as teclas de seta. Você também pode usar o mouse para selecionar caracteres enquanto
edita uma célula. Basta clicar na célula e arrastar o ponteiro do mouse sobre os caracteres que você
deseja selecionar.

Como nos exercícios anteriores, há várias formas de modificar os valores ou o texto inserido em
uma célula:

• Apagar o conteúdo da célula.


• Substituir o conteúdo da célula por outro.
• Editar o conteúdo da célula.

Exclusão e limpeza do conteúdo de uma célula


Para apagar o conteúdo inteiro de uma célula, clique nela e depois pressione Delete. Isso exclui o
que está na célula, não a célula em si. Para apagar o conteúdo de mais de uma célula, selecione todas
as células que deseja apagar e, no seu teclado, pressione Delete. Ao pressionar Delete, o conteúdo
da célula é removido, mas a formatação aplicada à célula é mantida (como negrito, itálico ou um
formato de número diferente).
24 Lição 2

PASSO A PASSO Excluir e limpar o conteúdo de uma célula

PREPARE-SE. ABRIR uma pasta de trabalho em branco.


1. Na célula A1, digite 1 e depois pressione Enter.
2. Digite 2 e depois pressione Enter.
3. Digite 3 e depois pressione Enter.
4. Digite 4 e depois pressione Enter.
5. Realce as células de A1 a A4 (que contêm os números de 1 a 4).
6. Pressione Excluir. Todas as células são apagadas.
7. Na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido, clique no botão Desfazer para restaurar as
entradas das células.
8. Clique na célula B5, digite $ 275.000 e depois pressione Enter. O valor e o formato são
colocados na célula.
9. Clique na célula B5 e pressione Delete.
10. Digite 225000 sem o cifrão e o ponto e depois pressione Enter. Observe que $ 225.000
é formatado. Embora a entrada original desapareça, a célula mantém o formato anterior
quando você pressiona Delete.
11. Clique na célula B5 e na guia Página Inicial, no grupo Edição, clique em Limpar.
12. Clique em Limpar Formatos. A célula B5 exibe 225000 sem o cifrão e o ponto.
Observação O recurso Limpar exibe algumas opções. Para remover a entrada e o formato, escolha Limpar tudo.

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho sem salvá-la e DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

UTILIZAÇÃO DE TIPOS DE DADOS PARA PREENCHER UMA


PLANILHA
Você pode inserir três tipos de dados no Excel: texto, números e fórmulas. Você já inseriu um texto
básico e dados numéricos nesta lição. Nos exercícios a seguir, você inserirá dados, usará o Preenchimento
Automático para preencher os dados em uma série e o recurso Preenchimento Relâmpago para acelerar
a entrada de dados em uma coluna. Você insere fórmulas na Lição 4, “Utilização de fórmulas básicas”.
As entradas de texto contêm caracteres alfabéticos e todos os outros caracteres que não têm um valor
puramente numérico. O ponto forte do Excel é sua capacidade de calcular e analisar números com
base nos valores numéricos que você insere. Naturalmente, se você digitar os números errados, obterá
os cálculos errados. Por esse motivo, a entrada de dados precisos é crucial.

Inserção de datas
Geralmente, datas são usadas em planilhas para acompanhar dados de um período específico. Assim
como textos, datas podem ser usadas como títulos de linha e coluna. No entanto, as datas são
consideradas números de série, o que significa que elas são sequenciais e podem ser adicionadas,
subtraídas e usadas em cálculos. As datas também podem ser usadas em fórmulas e no desenvolvimento
de tabelas e gráficos. A forma como uma data é exibida inicialmente na célula de uma planilha
depende do formato no qual você digita os caracteres. No Excel 2016, o formato padrão de data usa
quatro dígitos para o ano. Também por padrão, as datas são justificadas à direita nas células.

PASSO A PASSO Inserir datas

PREPARE-SE. ABRIR o arquivo 02 Fabrikam Sales dentre os arquivos de dados desta lição.
1. Clique na célula B5, digite 4/1/2017 e depois pressione Enter.
2. Clique na célula B6, digite 25/1/17 e pressione Enter. A data é inserida em B6 como
25/01/2017 e B7 torna-se a célula ativa.
3. Digite 23/1 e depois pressione Enter. 23-jan é inserido na célula. Clique na célula B7.
Observe que 23/1/20XX (com XX representando o ano atual) é exibido na barra de fórmulas.
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 25

4. Se o ano exibido na barra de fórmula não for 2017, clique na célula B7 e depois pressione
F2. Altere o ano para 2017 e depois pressione Enter.
5. Na célula B8, digite 28/01/2017 e depois pressione Enter.
6. Na célula B9, digite 21 de janeiro de 2017 e depois pressione Enter. 21-jan-14 é exibido
na célula. Se você inserir uma data em um formato diferente do especificado ou já tiver
inserido e excluído algo na célula, talvez sua planilha não reflita os resultados descritos.
Os formatos de data na coluna B não estão consistentes (consulte a Figura 2-14). Na
próxima seção, você aplicará um formato de data consistente.

Figura 2-14
Se você não digitar as datas
da mesma forma, os formatos
ficarão inconsistentes na pasta
de trabalho

7. Na célula B9, digite 01/01/2017 e depois pressione Enter. Observe que o valor é alterado,
mas a formatação permanece a mesma.
8. Clique no botão Desfazer para voltar à pasta de trabalho mostrada na Figura 2-14.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

O Excel interpreta anos com dois dígitos de 00 a 29 como os anos 2000 a 2029 e os de 30 a 99
como 1930 a 1999. Se você inserir 28/1/28, a data será interpretada como 28/1/2028 na célula. Se
você inserir 28/01/37, a célula exibirá 28/01/1937.

Se você digitar 28 de janeiro de 2020, a data será exibida como 28-jan-20. Se você digitar 28/01
sem especificar um ano, o Excel interpretará a data como no ano atual. A célula exibirá 28-jan e a
barra de fórmulas exibirá 28/01/ seguido pelo ano atual com quatro dígitos. Na próxima seção, você
aprenderá a aplicar um formato consistente a uma série de datas.

Observação Ao inserir uma data em uma célula com um formato específico, a célula é formatada automaticamente,
mesmo se você exclui a entrada. Os números que forem posteriormente inseridos nessa célula serão
convertidos para o formato de data da entrada original.

Independentemente do formato de data exibido na célula, a barra de fórmulas exibe a data no


formato dia/mês/ano com quatro dígitos, porque esse é o formato exigido para cálculos e análises.

Preenchimento de uma série com a ferramenta Preenchimento Automático


O Excel fornece opções de Preenchimento Automático que preenchem as células automaticamente
com formatação e/ou dados. Para preencher uma célula nova usando dados existentes em uma
célula adjacente, use o recurso Preenchimento Automático por meio do comando ou da alça de
preenchimento. A alça de preenchimento é um pequeno quadrado verde no canto inferior direito
de uma célula ou um intervalo de células selecionado. Um intervalo é um grupo de células adjacentes
que você seleciona para realizar operações em todas as células selecionadas. Ao se referir a um intervalo
de células, a primeira e a última células são separadas por dois-pontos (por exemplo, C4:H4).

Para usar a alça de preenchimento, aponte para o canto inferior direito da célula ou do intervalo
até o ponteiro do mouse se transformar em um +. Clique na alça de preenchimento e arraste-a das
células que contêm os dados para as células que você deseja preencher com esses dados ou deixe o
Excel continuar automaticamente uma série de números, combinações de número e texto, datas ou
períodos, com base em um padrão estabelecido. Para escolher um intervalo para sua série, digite as
26 Lição 2

duas primeiras entradas, selecione-as e use a alça de preenchimento para expandir a série usando
o padrão das duas células selecionadas. Neste exercício, você usará o comando Preenchimento
Automático e a alça de preenchimento para inserir dados nas células.

PASSO A PASSO Preencher uma série com Preenchimento Automático

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior ou digite o texto mostrado na


Figura 2-14.
1. Selecione o intervalo C4:H4. Janeiro está na primeira célula.
2. Na guia Página Inicial, no grupo Edição, clique no botão Preencher. O menu Preencher
é exibido (consulte a Figura 2-15).

Figura 2-15
Menu suspenso Preencher

Botão Preencher

Opções de Preencher

3. No menu, clique em Para a Direita. O conteúdo de C4 (Janeiro) é preenchido em todas


as células.
4. Clique no botão Desfazer.
5. Selecione o intervalo C9:C13 e depois clique no botão Preencher. Escolha Para Baixo.
O conteúdo de C9 é copiado nas quatro células adicionais.
6. Clique no botão Desfazer.
7. Clique na célula C4, aponte para a alça de preenchimento no canto inferior direito
da célula (consulte Figura 2-16), arraste-a para E4 e solte-a. O botão Opções de
autopreenchimento é exibido ao lado do intervalo e de Janeiro a Março são exibidos.
Figura 2-16
O ponteiro do mouse muda
para um + preto no canto
inferior direito de uma célula
ou intervalo selecionado

Alça de preenchimento

8. Clique na célula C5, aponte para a alça de preenchimento e depois arraste-a para
C9 e solte-a. Todos os números tornam-se $ 275.000 na coluna C. O botão Opções
de Autopreenchimento é exibido agora perto do canto inferior direito do intervalo
selecionado (veja a Figura 2-17).
9. Clique no botão Opções de autopreenchimento e escolha Preencher Formatação
Somente na lista exibida. Todos os números voltam aos valores anteriores, mas
formatados com cifrão e ponto.
10. Repita as etapas 8 e 9 para o intervalo B5:B9.
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 27

Figura 2-17
Você pode preencher números,
formatos ou outras opções

Botão Opções de
autopreenchimento

11. Clique na célula A9 e arraste a alça de preenchimento para baixo até A15. O nome
Marco Pereira é repetido.
12. Clique no botão Desfazer para voltar à planilha.
13. SALVAR a pasta de trabalho como 02 Fabrikam Sales Solution (02 Solução de Vendas
Fabrikam).

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho e DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Depois de preencher as células usando a alça de preenchimento, o botão Opções de autopreenchimento


é exibido para que você possa escolher como a seleção será preenchida. No Excel, a opção padrão é
copiar o conteúdo e a formatação originais. Com o Preenchimento Automático, você pode selecionar
a forma como o conteúdo da célula original é exibido em cada célula do intervalo preenchido.

Observação Ao digitar dados suficientes para o Excel reconhecer uma série, a alça de preenchimento faz o resto.
Por exemplo, para registrar vendas diárias, você pode querer ter colunas consecutivas rotuladas com
os dias da semana. Se você digitar Segunda-feira na primeira célula, poderá preencher o restante dos
dias arrastando a alça de preenchimento da célula Segunda-feira para completar a série.

O Excel reconhece Janeiro como o início de uma série natural e completa a série quando você puxa
a alça de preenchimento. Por definição, uma série natural é uma série formatada de textos ou
números que estão em uma sequência normal, como: meses, dias da semana, números ou horários.
Por exemplo, uma série natural de números poderia ser 1, 2, 3 ou 100, 200, 300, e uma série
natural de textos poderia ser Segunda-feira, Terça-feira, Quarta-feira ou Janeiro, Fevereiro, Março.
Para conhecer outras séries naturais, consulte a Tabela 2-1.

Tabela 2-1 Seleção inicial Série estendida


Exemplos de série de
1 1, 1, 1, 1, …
Preenchimento Automático
1, 2 3, 4, 5, …
2017, 2018 2019, 2020, 2021, …
08:00 AM 9:00, 10:00, 11:00, …
18:00 AM 19:00, 20:00, ...
Seg Ter, Qua, Qui, ...
Segunda-feira Terça-feira, Quarta-feira, Quinta-feira, ...
Jan Fev, Mar, Abr, ...
Janeiro Fevereiro, Março, Abril, ...
Tri1 Trim2, Trim3, Trim4, Trim1, ...
8/02/2017, 15/02/2017 22/02/2017, 1/03/2017, 08/03/2017.
1º texto qualquer 2º texto qualquer, 3º texto qualquer, 4º texto qualquer, ...
Texto qualquer 1 Texto qualquer 2, Texto qualquer 3, Texto qualquer 4, …
28 Lição 2

Observação Talvez seja preciso selecionar duas células, em vez de uma, para continuar alguns dos padrões
anteriores. Para criar sua própria lista personalizada, vá para Arquivo > Opções > Avançado > seção
Geral > Editar Listas Personalizadas.

Preenchimento de uma série com a ferramenta Preenchimento Relâmpago


Outra opção rápida para preenchimento de dados é o recurso Preenchimento Relâmpago,
introduzido no Excel 2013. Com o Preenchimento Relâmpago, é possível preencher rapidamente
uma coluna de dados usando um exemplo que é baseado nos dados existentes nas colunas adjacentes.
Como as etapas a seguir mostram, por exemplo, você pode criar quase instantaneamente colunas
para o nome e sobrenome se o nome completo aparecer na outra coluna. Depois de inserir o item
inicial (como o nome) em uma coluna e começar a digitar o segundo item nessa coluna, o Excel exibe
uma visualização das entradas formatadas da mesma maneira que o resto da coluna. Se a visualização
apresentada dos dados for a desejada, basta pressionar Enter para preencher a coluna com as entradas.

PASSO A PASSO Preencher uma série com Preenchimento Relâmpago

PREPARE-SE. ABRIR 02 Customers dos arquivos de dados desta lição.


1. Observe a lista de clientes na coluna A, que inclui o sobrenome seguido por uma vírgula
e o nome. Você pretende criar colunas separadas para os nomes e os sobrenomes.
2. Selecione a célula B2 na coluna Nome.
3. Digite Tarsila e depois pressione Enter.
4. Na célula B3, digite Va para começar com o primeiro nome, Valério. O Excel adivinha que
você deseja inserir o resto dos nomes na coluna B e exibe uma prévia dos resultados
(veja a Figura 2-18).

Figura 2-18
Preenchimento Relâmpago Digite o nome da primeira pessoa em B2
mostrando uma possível lista
de todos os nomes
Digite as primeiras duas letras da
segunda pessoa em B3 e o Excel
adivinha automaticamente que
você deseja todos os nomes na
coluna B

5. Pressione Enter para aceitar a entrada. Os nomes restantes preenchem a coluna.


Observe que o Excel inclui também as iniciais do nome do meio.
6. Selecione a célula C2 na coluna Sobrenome.
7. Digite Oliveira e depois pressione Enter.
8. Na célula C3, digite Ol para começar com o sobrenome, Oliveira. O Excel adivinha que
você deseja inserir o resto dos sobrenomes na coluna C e exibe uma visualização dos
resultados.
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 29

9. Pressione Enter para aceitar a entrada. Os sobrenomes restantes preenchem a coluna.


10. SALVAR a pasta de trabalho como 02 Customers Solution (02 Soluções de Clientes).

PAUSE. FECHAR o Excel.

RECORTAR, COPIAR E COLAR DADOS


Depois de inserir dados em uma planilha, muitas vezes, você precisa reorganizar parte deles para
facilitar o entendimento e a análise da planilha. Você pode usar os comandos Recortar, Copiar
e Colar do Excel para copiar ou mover células inteiras com conteúdo, formato e fórmula. Esses
processos serão discutidos nos próximos exercícios desta seção. Você também pode copiar conteúdo
ou atributos específicos das células. Por exemplo, é possível copiar somente o formato sem copiar
o valor da célula, ou copiar o valor resultante de uma fórmula sem copiar a fórmula em si. Você
também pode copiar o valor da célula original, mas manter a formatação da célula de destino.

As funções Recortar, Copiar e Colar podem ser realizadas de várias formas usando:

• O mouse
• Os comandos da faixa de opções
• Comandos de atalho, como Ctrl+C (copiar), Ctrl+X (cortar) e Ctrl+V (colar)
• O painel Área de Transferência do Office

Cópia de uma série de dados com o mouse


Por padrão, a edição do tipo “arrastar e soltar” está ativada para que você possa usar o mouse para
copiar (duplicar) ou mover células. Basta selecionar a célula ou o intervalo de células que você
deseja copiar e manter a tecla Ctrl pressionada enquanto aponta para a borda da seleção. Quando
o ponteiro se tornar um ponteiro de cópia (seta com um sinal de mais), você poderá arrastar a
célula ou o intervalo de células para o novo local. Conforme você arrasta o objeto, uma dica de tela
de rolagem identifica onde a seleção será copiada se você soltar o botão do mouse. Neste exercício,
você praticará a cópia de dados com o mouse.

PASSO A PASSO Copiar uma série de dados com o mouse

PREPARE-SE. Antes de começar, INICIE o Microsoft Excel.


1. Abra o arquivo 02 Customer Houses.
2. Selecione o intervalo A12:A22.
3. Pressione Ctrl e aponte para a borda direita do intervalo selecionado. O ponteiro de
cópia é exibido.

Solução de Certifique-se de manter a tecla Ctrl pressionada o tempo todo enquanto estiver arrastando uma
problemas série de dados para copiá-la com o mouse. Caso contrário, você moverá a série, em vez de copiá-la.

4. Com o ponteiro de cópia exibido, mantenha pressionado o botão esquerdo do mouse e


arraste a seleção para a direita, até H12:H22 aparecer na dica de tela de rolagem ao lado
da seleção.
5. Solte o botão do mouse e, em seguida, solte a tecla Ctrl. Os dados em A12:A22 também
são exibidos em H12:H22.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Movimentação de uma série de dados com o mouse


Os dados podem ser movidos de um local para outro dentro de uma pasta de trabalho mais ou
mesmo da mesma forma que são copiados. Para mover uma série de dados, selecione a célula
ou o intervalo de células e aponte para a borda da seleção. Quando o ponteiro se tornar um
ponteiro de movimentação, você poderá arrastar a célula ou o intervalo de células para um novo
30 Lição 2

local. Quando os dados são movidos, eles substituem os dados presentes nas células de destino. Neste
exercício, você praticará a movimentação de uma série de dados de um intervalo de células para outro.

PASSO A PASSO Mover uma série de dados com o mouse

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho 02 Customer Houses do exercício anterior.


1. Selecione E12:E22.
2. Aponte para a borda direita do intervalo selecionado. O ponteiro de movimento (uma
seta branca com quatro setas pretas menores) é exibido.
3. Com o ponteiro de movimentação exibido, mantenha pressionado o botão esquerdo do
mouse e arraste a seleção para a direita, até I12:I22 aparecer na dica de tela de rolagem
ao lado do intervalo selecionado.
4. Solte o botão do mouse. Em sua planilha, as células de destino estão vazias; portanto,
não se preocupe com a substituição de dados existentes. Os dados que antes estavam
em E12:E22 agora estão em I12:I22.
5. Arraste A1 para H12. Observe que uma caixa de diálogo avisa sobre a substituição do
conteúdo das células de destino.
6. Clique em Cancelar.
7. Arraste A1 para H11.
8. Arraste E1 para I11. Sua planilha deve ser parecida com a mostrada na Figura 2-19.

Figura 2-19
A pasta de trabalho 02
Customer Houses

##### indica que as entradas não se ajustam a esse formato

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Observação Ao tentar mover uma seleção para um local que já contém dados, é aberta uma caixa de diálogo
Cuidado. “Já existem dados aqui. Você quer substituí-los?” é um lembrete de que a movimentação de
dados para um novo local substitui os dados existentes. Você pode clicar em OK ou cancelar a operação.

Cópia e colagem de dados


A Área de Transferência do Office coleta e armazena até 24 itens copiados ou recortados que
são disponibilizados para uso na pasta de trabalho ativa, ou em outras pastas de trabalho, e em
outros programas do Microsoft Office. Você pode colar (inserir) itens selecionados da Área de
Transferência em um novo local da planilha. Os dados recortados (movidos) são removidos da
Trabalho com o Microsoft Excel 2016 31

planilha, mas continuam disponíveis para uso em vários locais. Se você copiar vários itens e clicar
em Colar, apenas o último item copiado será colado. Para acessar vários itens, você precisa abrir o
painel Área de Transferência. Neste exercício, você usará comandos no grupo Área de Transferência
e no painel Área de Transferência para copiar e colar dados de célula.

PASSO A PASSO Copiar e colar dados

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho 02 Customer Houses do exercício anterior.


1. Na guia Página Inicial da faixa de opções, clique no Iniciador de Caixa de Diálogo Área
de Transferência. O painel Área de Transferência é aberto no lado esquerdo da planilha.
O último item copiado sempre é adicionado ao topo da lista nesse painel. É esse item
que será copiado quando você clicar em Colar ou usar um comando de atalho.
2. Selecione A1:E22 e pressione Delete.
3. Selecione H11:I22 e, no grupo Área de Transferência, clique no botão Copiar. A borda ao
redor do intervalo selecionado torna-se uma borda móvel.
4. Selecione A1 e clique no botão Colar. A borda móvel permanece ativa ao redor de
H11:I22. O intervalo copiado não será desativado até você digitar um novo texto, emitir
outro comando, clicar duas vezes em outra célula ou pressionar Esc.
5. Selecione A20 e depois clique na seta para baixo do botão Colar. O menu de opções
Colar é exibido (consulte a Figura 2-20).

Figura 2-20
O menu de opções Colar

6. Em Colar Valores, selecione a primeira opção. Observe que os valores no intervalo


B21:B31 não estão mais formatados.
7. Clique no botão Desfazer.
8. Selecione H11:I22 e pressione Delete.
9. Pressione Ctrl+Home para voltar ao início da pasta de trabalho. Clique no botão Fechar
no canto superior direito do painel da área de transferência para fechá-lo.
10. SALVAR a pasta de trabalho como 02 Customer Houses Solution (02 Soluções de Casas
de Clientes).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Observação Se você apontar para as opções de colagem no menu de atalho ou nas opções de colagem no grupo
Área de Transferência, conseguirá visualizar suas alterações antes de implementá-las.
32 Lição 2

EDIÇÃO DAS PROPRIEDADES DE UMA PASTA DE TRABALHO


A pasta de trabalho tem algumas propriedades associadas que facilitam o gerenciamento dela. As
propriedades incluem itens que você altera indiretamente, como o tamanho e a data da última edição.
As propriedades da pasta de trabalho também incluem itens que você altera diretamente,
como palavras-chave. A atribuição de palavras-chave (também chamadas de marcas) às
propriedades dos documentos facilita a organização e localização deles. Você também pode adicionar
outras observações ao seu arquivo para fins de classificação e gerenciamento do documento.

Atribuição de palavras-chave
Se você trabalhasse para a Fabrikam, Inc., poderia atribuir a palavra-chave vendas às planilhas que
contêm dados de receita. Posteriormente, você poderia procurar e localizar todos os arquivos que
contêm informações sobre vendas. É possível atribuir mais de uma palavra-chave a um documento.

PASSO A PASSO Atribuir palavras-chave

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho 02 Customer Houses Solution do exercício anterior.


1. Clique em Arquivo. O Modo de Exibição Backstage exibe as propriedades atuais no lado
direito da janela.
2. Na parte inferior do painel direito, clique no link Mostrar todas as Propriedades para
exibir propriedades adicionais.
3. Clique no campo Marcas e digite Cliente, m², Preço.
4. Clique no campo Categorias e digite Receita.
5. Clique no campo Empresa e digite Fabrikam, Inc..
6. Acima do campo Tamanho, clique na seta suspensa Propriedades e, em seguida, clique em
Propriedades Avançadas. A caixa de diálogo Propriedades é aberta (consulte a Figura 2-21).

Caixa de diálogo Propriedades Seta suspensa Propriedades do documento

Figura 2-21
Propriedades do
documento atual

7. Clique na guia Resumo na caixa de diálogo para ver as propriedades inseridas.


8. Clique na guia Estatísticas para ver quando você modificou o arquivo.
9. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Propriedades.
10. Pressione Esc para voltar à planilha.
11. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 2 como 02 Customer Houses Prop
Solution (02 Solução de Prop de Casas do Cliente).

PAUSE. FECHAR o Excel.


Trabalho com o Microsoft Excel 2016 33

Depois que um arquivo é salvo, a guia Estatísticas registra quando o arquivo foi acessado e quando
ele foi modificado. Ela também identifica a pessoa que salvou o arquivo pela última vez. Depois
que uma pasta de trabalho é salva, a barra de título da caixa de diálogo Propriedades exibe o nome
da pasta de trabalho.

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Qual das opções a seguir consiste em detalhes que descrevem ou identificam um arquivo,
inclusive o autor?
a. Colar
b. Propriedades do documento
c. Copiar
d. Intervalo
2. Qual comando é usado para inserir uma seleção recortada ou copiada em uma célula ou
um intervalo de células?
a. Colar
b. Propriedades do documento
c. Copiar
d. Intervalo
3. Se você quiser usar uma pasta de trabalho em outro tipo de documento, terá a opção de
salvá-la usando qual destas opções?
a. Formato de arquivo
b. Planilha
c. Folha de arquivo
d. Intervalo de arquivos
4. O que é um pequeno quadrado verde no canto inferior direito de uma célula ou um
intervalo selecionado que você pode usar para copiar uma célula ou células adjacentes
ou criar uma série?
a. Ponteiro de célula
b. Marcador de coluna
c. Alça de preenchimento
d. Barra de fórmulas
5. Qual das alternativas a seguir você pode arrastar ou clicar duas vezes para alterar
a largura de uma coluna?
a. Ponteiro de célula
b. Marcador de coluna
c. Alça de preenchimento
d. Barra de fórmulas

Verdadeiro/Falso
Circule V se a afirmação for verdadeira ou F, se for falsa.

V F 1. O uso da tecla Delete remove o texto e os formatos de uma célula.


V F 2. Você pode atribuir palavras-chave para que os outros possam procurar seus
documentos online.
V F 3. A barra de fórmulas é encontrada na parte inferior da janela do Excel.
V F 4. Use a alça de preenchimento para criar uma série natural, como meses do ano.
V F 5. Pastas de trabalho podem ser salvas como páginas da Web, arquivos PDF e para
uso em versões anteriores do Excel.
34 Lição 2

Projetos

Projeto 2-1: Criação de uma pasta de trabalho


Neste projeto, você criará uma nova pasta de trabalho para a Fabrikam, Inc., que seja resultado de um
grupo de foco que mostra as opções de casa mais procuradas por compradores de primeira viagem.

PREPARE-SE. INICIE o Excel e abra uma nova pasta de trabalho em branco.


1. Clique na célula A1, digite Fabrikam, Inc. e depois pressione Enter.
2. Clique na célula A2 e digite Solicitações do grupo de foco (de 20 a 30 anos).
3. Começando em A4, digite os rótulos e valores a seguir. Pressione Tab entre cada célula
nova e Enter para ir a uma linha nova:
Opção Prioridade Custo
Salão de jogos Baixa $ 25.000
Equipamento de exercício Baixa 2500
Quintal cercado para cães Média 10.000
HDTV de tela plana Média 1000
Mobiliado Média 15000
Lavadora e secadora Alta 1500
Lavadora de louça Média 1000
Ciclovia próxima Alta 0
Cesta de basquete Baixa 100
4. Se necessário, ajuste as larguras de coluna para exibir todo o texto presente nas colunas.
5. Arraste a alça de preenchimento de C5 até C13 e escolha Preencher Formatação Somente.
6. SALVAR a pasta de trabalho como 02 Focus Group Solution (02 Solução de Grupo de
Foco) na pasta Excel Lesson 2 que você criou em um exercício anterior.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo projeto.

Projeto 2-2: Configuração das propriedades do documento e atribuição de palavras-chave


Nesse projeto, você usará as Propriedades do Documento para atribuir propriedades a um livro de
trabalho existente.

PREPARE-SE. Se necessário, ABRIR a pasta de trabalho 02 Focus Group Solution criada no


projeto anterior.
1. Clique na guia Arquivo.
2. Clique em Propriedades, em seguida, em Propriedades Avançadas. Clique na guia Resumo.
3. No campo Título, digite Solicitações do grupo de foco e pressione Tab.
4. No campo Assunto, digite Vendas e depois pressione Tab.
5. Clique no campo Autor, digite [seu nome] e depois pressione Tab.
6. No campo Palavras-chave, digite 20 – 30, opções, prioridades.
7. Clique em OK.
8. SALVAR o arquivo como 02 Focus Properties Solution na pasta Excel Lesson 2.
9. FECHAR o arquivo.

FECHAR o Excel.
Utilização do Backstage do Office
3
MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO
Habilidades Objetivo do exame Número do objetivo
Impressão com Backstage Definir uma área de impressão. 1.5.1
Imprimir tudo ou parte de uma pasta de trabalho. 1.5.3
Definir a escala de impressão. 1.5.4
Modificar a configuração da página. 1.3.4
Alteração do ambiente do Excel Personalizar a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido. 1.4.3
Acesso e utilização dos modelos do Excel Criar uma pasta de trabalho. 1.1.1

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
Modo de Exibição Backstage do Microsoft Excel 2016
A faixa de opções é uma interface visual que permite trabalhar em um arquivo e executar tarefas,
como alterar fontes, criar gráficos e formatar números. Por outro lado, o Modo de Exibição Backstage
é uma interface visual que permite usar e dominar os recursos de gerenciamento de arquivos do
Excel: funções que permitem executar ações com um arquivo em vez de no arquivo. O painel de
navegação do lado esquerdo do Modo de Exibição Backstage (veja a Figura 3-1) fornece acesso à
pasta de trabalho e comandos relacionados ao arquivo por meio de uma série de guias, incluindo
Informações, Novo, Abrir, Salvar, Salvar como, Imprimir, Compartilhar, Exportar, Fechar, Conta
e Opções. Cada guia fornece opções e configurações relacionadas para ajudá-lo a gerenciar seus
arquivos de pasta de trabalho do Excel.

Opções adicionais afetam a exibição no painel direito Fechar janela

Retornar para o
botão Documento

Guias do painel
de navegação

Fechar pasta
de trabalho

Figura 3-1
A guia Modo de Exibição
Backstage - Abrir

35
36 Lição 3

ACESSO E USO DO MODO DE EXIBIÇÃO BACKSTAGE


Na janela do Excel 2016, você vê a guia Arquivo verde no canto esquerdo superior. Este é o seu
acesso ao Modo de Exibição Backstage. Ao clicar na guia Arquivo para acessar o Modo de Exibição
Backstage, você vê o painel de navegação no lado esquerdo da janela, com comandos relacionados
ao gerenciamento de arquivos (veja a Figura 3-1). Também é possível acessar o Modo de Exibição
Backstage, pressionando Alt+F. Se desejar voltar a uma pasta de trabalho a partir do modo de exibição
Backstage, clique no botão Retornar ao documento no canto superior esquerdo ou pressione Esc.

IMPRESSÃO COM BACKSTAGE


O Modo de Exibição Backstage contém comandos de imprimir e opções do Excel. É possível
usar as configurações de imprimir para manipular elementos de pasta de trabalho, como margens,
orientação, tamanho do papel, etc. Muitos desses comandos também estão disponíveis na guia
Layout da Página na faixa de opções.

Configuração da área de impressão


Você pode usar as opções de imprimir no Modo de Exibição Backstage para imprimir somente uma
parte selecionada, ou imprimir a área, de uma pasta de trabalho do Excel. Neste exercício, você
aprenderá a selecionar uma área de uma pasta de trabalho para impressão. Você imprime apenas a
lista de itens na planilha. Observe que este comando geralmente é usado em uma planilha maior,
que imprime em várias páginas, de modo que é possível especificar uma área de impressão menor,
se não quiser imprimir toda a planilha ou pasta de trabalho.

PASSO A PASSO Definir a área de impressão

PREPARE-SE. ABRIR 03 Contoso Potluck dos arquivos de dados desta lição.


1. Na planilha, clique na célula A3, mantenha o botão do mouse pressionado e arraste para a
célula A13. O intervalo de células selecionado deve ser destacado em cinza (veja a Figura 3-2).

Figura 3-2
Seleção de uma área
de impressão

2. Clique na guia Arquivo e depois clique em Imprimir no painel de navegação.


3. Em Configurações, clique no primeiro botão, rotulado como Imprimir Planilhas Ativas
(o nome no botão muda ao fazer uma seleção diferente). Um menu suspenso com
opções de exibição para configuração da área de impressão.
4. No menu exibido, clique em Imprimir Seleção. Isso feito, a área de impressão estará
definida. Observe que, no painel Visualizar Impressão à direita, você pode ver apenas a
lista de itens para trazer e não o texto nas linhas 1 e 2 (veja a Figura 3-3).
Utilização do Backstage do Office 37

Botão exibe Imprimir Seleção Área de impressão selecionada

Figura 3-3
Área de impressão selecionada
no painel Visualizar Impressão

5. Clique no botão Retornar ao documento. Você não imprimirá neste momento.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho em uma nova pasta com o nome Excel Lesson 3 com
o nome 03 Contoso Potluck Solution (03 Solução Potluck Contoso) e FECHAR o Excel.

Observação Especificar a área de impressão do Modo de Exibição Backstage, não salva a configuração da pasta de
trabalho. Se quiser salvar a área de impressão para uso posterior, selecione o intervalo da área de impressão
e, na guia Layout da Página, clique em Área de Impressão e depois em Definir Área de Impressão. Para
redefinir a área de impressão, selecione Área de Impressão e clique em Limpar Área de Impressão.

Impressão das planilhas selecionadas


Nesse exercício, você aprenderá a acessar as opções de impressão de planilhas individuais em uma
pasta de trabalho Você pode usar essas opções somente para imprimir a planilha atual ou para
imprimir várias planilhas.

PASSO A PASSO Imprimir planilhas selecionadas

PREPARE-SE. INICIE o Excel 2016 e, em seguida, execute estas etapas:


1. ABRIR 03 Contoso Potluck Depts. Esta é uma versão modificada da pasta potluck usada
anteriormente. Neste caso, há três planilhas para três departamentos diferentes.
2. Clique em cada uma das três guias de planilha: RH, Operações e Finanças Observe que
o título em C1 mostra o nome do departamento e há um número diferente de itens para
trazer para cada potluck dependendo do tamanho do departamento. Clique na guia RH.
3. Pressione Ctrl+P para exibir as opções de impressão no Modo de Exibição Backstage. No
painel Visualizar Impressão, a primeira planilha é exibida. O Excel imprime somente as
planilhas ativas por padrão. Observe que o número da página mostra 1 de 1 indicando
que apenas uma das planilhas será impressa, e caberá tudo em uma página.
4. Pressione Esc ou clique no botão Retornar ao documento.
5. Enquanto a planilha RH estiver ativa, mantenha pressionada a tecla Ctrl e clique na guia
Finanças. Agora, as planilhas RH e Finanças estão selecionadas.
6. Clique na guia Arquivo e, em seguida, clique em Imprimir. Agora, na área Visualizar
Impressão, a parte inferior da tela mostra 1 de 2 com a visualização da planilha RH.
Clique na seta direita para ir para a segunda página e observe que a planilha Finanças
é exibida (veja a Figura 3-4).
38 Lição 3

Botão exibe Imprimir Planilhas Ativas  A página 2 atual é a planilha Finanças


Figura 3-4
Duas planilhas serão impressas

A página 1 atual é a planilha RH

7. Na seção Configurações das Opções de impressão, clique na seta suspensa Imprimir


Planilhas Ativas. No menu suspenso exibido, observe que é possível selecionar várias
opções de impressão para sua pasta de trabalho ou planilha.
8. Clique no botão Retornar ao documento para voltar para a pasta de trabalho sem
imprimi-la.

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho sem salvar. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Impressão de uma pasta de trabalho inteira


Na maioria dos cenários de negócio, pastas de trabalho são compostas de várias planilhas. É muito
mais fácil imprimir uma pasta de trabalho inteira do que imprimir planilhas da pasta de trabalho
individualmente. Neste exercício, você usará comandos no Modo de Exibição Backstage para
imprimir uma pasta de trabalho inteira.

PASSO A PASSO Imprimir pastas de trabalho selecionadas

PREPARE-SE. Com o Excel aberto do exercício anterior, execute as etapas a seguir.


1. Clique na guia Arquivo e depois clique na opção Abrir, se não estiver selecionada. Como
você acabou de usar a pasta de trabalho 03 Contoso Potluck Depts, ela deverá estar na
parte superior da lista Recentes no painel à direita.
2. Clique em 03 Contoso Potluck Depts para abri-la.
3. Clique na guia Arquivo e, em seguida, clique em Imprimir.
4. Observe que a pasta de trabalho não é exibida integralmente na área de Visualizar
Impressão. Isso acontece porque você não salvou a pasta de trabalho depois de
selecionar várias planilhas no exercício anterior.
5. Nas opções de configurações da janela de impressão, clique na seta suspensa Imprimir
Planilhas Ativas e depois clique em Imprimir a Pasta de Trabalho Inteira (veja a Figura 3-5).
Agora, na área Visualizar Impressão, a parte inferior da tela mostra 1 de 3.
6. Clique no botão Retornar ao documento para voltar para a pasta de trabalho sem
imprimi-la.

PAUSE. FECHAR o Excel e não SALVAR a pasta de trabalho.


Utilização do Backstage do Office 39

Figura 3-5
Impressão de uma pasta
de trabalho inteira Selecionar Imprimir Toda a Pasta de Trabalho

Aplicação das opções de impressão


O comando Imprimir no Modo de Exibição Backstage oferece uma série de opções para personalizar
as pastas de trabalho impressas. Este exercício prepara você para personalizar opções, tais como a
configuração de página, escala, seleção de papel e linhas de grade, todas usando os comandos no
Modo de Exibição Backstage.

PASSO A PASSO Aplicar opções de impressão

PREPARE-SE. INICIE o Excel, ABRIR 03 Contoso Potluck HR e verifique se a planilha HR-P1


está selecionada.
1. Clique na guia Arquivo e selecione Imprimir (veja a Figura 3-6). Observe que a planilha é
pequena e pode ser bom ter linhas para que as pessoas escrevam em uma página impressa.

Figura 3-6 Opções de impressão da planilha


Área Configurações de
Impressão do Modo de
Exibição Backstage

Opções de orientação de página

Opções de tipo de papel

Opções de margem

Opções de dimensionamento
40 Lição 3

2. Na área Configurações da janela Impressão, clique na seta suspensa Margens e depois


clique em Larga. As novas margens permitirão que a planilha seja perfurada e colocada
em um fichário.
3. Clique no menu suspenso Dimensionamento e veja as opções a seguir. As opções de
dimensionamento garantem que todas as colunas, linhas ou toda a planilha caibam em
uma página.

• A escolha atual é Sem dimensionamento, então, o documento é impresso no mesmo tamanho


que a planilha.
• Se você quiser ajustar tudo o que está na planilha em uma página, selecione Ajustar Planilha em
Uma Página.
• Se houver apenas algumas colunas extras, clique em Ajustar Todas as Colunas em Uma Página.
• Se houver apenas algumas linhas extras, clique em Ajustar Todas as Linhas em Uma Página.
4. Nesse caso, você pretende aumentar o texto sem alterar a fonte. Clique em Opções de
Dimensionamento Personalizado. A caixa de diálogo Configuração de Página é aberta.
5. Certifique-se de selecionar a guia Página e selecione Paisagem para que a página seja
impressa horizontalmente.
6. Na área Dimensionar, digite 175 para a % de tamanho normal.
7. Clique na guia Planilha e, na seção Imprimir, selecione a caixa Linhas de grade.
8. Clique em OK para voltar para o Modo de Exibição Backstage. Observe que a parte inferior
da tela ainda diz 1 de 1, significando que somente uma página será impressa, e observe
que Visualizar Impressão mostra um texto maior, com caixas ao redor de cada célula.
9. Sem imprimir o documento, clique no botão Retornar ao documento e, em seguida,
clique na planilha HR-P2.
10. Pressione Ctrl+P para ir para a guia Imprimir do Modo de Exibição Backstage e observe
que a parte inferior da tela indica que o documento será impresso em duas páginas.
11. Altere as configurações para imprimir no modo Paisagem, para Ajustar Planilha em
Uma Página e adicionar linhas de grade com base nas etapas anteriores desta seção.
A Visualizar Impressão deve ser parecida com a figura 3-7.
Figura 3-7
Exibição final da planilha
HR-P2 na Visualizar
Impressão

12. SALVAR a pasta de trabalho em sua pasta Excel Lesson 3 como 03 Contoso Potluck HR
Print Ready Solution (03 Solução RH Potluck Contoso pronto para impressão).

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho e deixe o Excel aberto para o próximo exercício.

ALTERAÇÃO DO AMBIENTE DO EXCEL


O Modo de Exibição Backstage também oferece uma série de comandos e opções para alterar o
ambiente de trabalho do Excel. Nesta seção, você aprende a manipular vários elementos do ambiente
do Excel, como a faixa de opções e a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido. Ao fazer isso, você
Utilização do Backstage do Office 41

modifica as configurações padrão do Excel. As Configurações padrão são opções predefinidas


que determinam como o Excel irá se comportar quando executar uma ação. Por exemplo, uma
impressora padrão é a impressora na qual seus documentos sempre serão impressos, a menos que
você a altere. Por padrão, há uma planilha em uma pasta de trabalho e a fonte é Calibri, 11 pontos,
mas também é possível alterar essas configurações.

Observação Depois de personalizar a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido e a faixa de opções nos exercícios
a seguir, você seguirá as etapas para retornar o Excel para as configurações padrão.

Personalização da Barra de Ferramentas de Acesso Rápido


Você não pode alterar o tamanho da Barra de Ferramentas de Acesso Rápido, mas pode personalizá-
la adicionando e removendo botões de comando. Neste exercício, você personalizará a Barra de
Ferramentas de Acesso Rápido adicionando comandos para funções utilizados com mais frequência
no Excel e organizando os botões de comando na barra de ferramentas para melhor atender suas
necessidades de trabalho e estilo.

PASSO A PASSO Personalizar a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

PREPARE-SE. ABRIR uma pasta de trabalho em branco no Excel.


1. Clique na guia Arquivo para acessar o Modo de Exibição Backstage.
2. No painel de navegação, clique na guia Opções. A caixa de diálogo Opções do Excel é aberta.
3. No painel esquerdo da caixa de diálogo, clique em Barra de Ferramentas de Acesso
Rápido para exibir as opções da Barra de Ferramentas de Acesso Rápido. No painel
direito, a lista à esquerda inclui os comandos que você pode adicionar à barra de
ferramentas. A lista à direita mostra os comandos que estão atualmente mostrados na
barra de ferramentas.
4. Na lista à esquerda, role a tela e clique em Pincel de Formatação (veja a Figura 3-8) e, em
seguida, clique no botão Adicionar no centro das duas listas para adicionar o Pincel de
Formatação à Barra de Ferramentas de Acesso Rápido.

Grupo de comandos padrão Lista de comandos

Figura 3-8
Personalização da Barra de
Ferramentas de Acesso Rápido

Comando Mover selecionados Botão Restaurar as configurações padrão


42 Lição 3

5. Usando o mesmo processo, mova mais cinco comandos que você usa com frequência
para a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido. Concluído o processo, clique em OK para
aplicar as alterações (as alterações só serão aplicadas depois de clicar em OK).
6. Observe que sua Barra de Ferramentas de Acesso Rápido agora inclui botões de comando
adicionais. De forma similar, você pode remover qualquer comando adicionado à barra de
ferramentas. A qualquer momento, é possível redefinir a barra de ferramentas para suas
configurações padrão.
7. Clique em qualquer parte da Barra de Ferramentas de Acesso Rápido e depois clique em
Personalizar Barra de Ferramentas de Acesso Rápido. Perto do canto inferior direito da
caixa de diálogo Opções do Excel, clique no botão Redefinir e depois clique em Redefinir
apenas a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido. Clique em Sim para confirmar e
depois clique em OK.

PAUSE. FECHAR o Excel.

Personalização da faixa de opções


Como mencionado na lição 1, a faixa de opções é uma interface visual que permite manipular itens
em sua planilha. Você pode adicionar uma nova guia faixa de opções, um grupo em qualquer guia
faixa de opções e comandos dentro de um grupo. Um grupo de comandos na guia faixa de opções
padrão está relacionado na funcionalidade. Por exemplo, na guia Página Inicial, o grupo Fonte
permite alterar a fonte, tamanho da fonte, adicionar negrito, itálico, sublinhado ou mudar a cor da
célula ou fonte.

A caixa de diálogo Opções do Excel também oferece seleções para personalizar a faixa de opções. Você
pode adicionar e remover comandos e alterar a localização dos comandos da faixa de opções para
facilitar o acesso ao que você usa com mais frequência. Neste exercício, você usará os comandos na caixa
de diálogo Opções do Excel para criar um novo grupo de comando e guia para conter seus comandos
usados com frequência. Você redefinirá as personalizações para voltar à faixa de opções padrão.

PASSO A PASSO Personalizar a faixa de opções

PREPARE-SE. ABRIR uma pasta de trabalho em branco no Excel.


1. Clique na guia Arquivo para abrir o Modo de Exibição Backstage.
2. Clique na guia Opções.
3. Na caixa de diálogo Opções do Excel, clique em Personalizar Faixa de Opções. As opções
para Personalizar a Faixa de Opções são exibidas. Por padrão, a opção Comandos Mais
Usados é selecionada na caixa suspensa Escolher comandos em. A lista Comandos Mais
Usados é exibida na lista abaixo da caixa suspensa. Além disso, por padrão, a opção
Guias Principais é exibida na caixa Personalizar a Faixa de Opções à direita, com as guias
principais da faixa listadas abaixo.
4. Na lista Comandos Mais Usados, clique em Pincel de Formatação. Observe que o botão
Adicionar no centro da caixa de diálogo agora está ativo.
5. Na lista Personalizar a Faixa de Opções à direita, clique em + antes de Página Inicial para
expandir a lista de grupos de comandos da guia Início, se ainda não estiver expandida.
Você pode usar esse método para exibir os grupos atuais disponíveis em uma guia da
Faixa de Opções.
6. Sob as opções Personalizar a Faixa de Opções, clique no botão Nova guia mostrado
na Figura 3-9 para inserir uma nova guia em branco na lista Personalizar as Faixas de
Opção. Ao clicar em uma nova guia, um novo grupo é criado automaticamente nessa
nova guia.
7. Clique no item da lista Nova Guia (Personalizar) à direita para selecioná-la e, em seguida,
clique no botão Renomear. Na caixa de diálogo Renomear que é exibida, digite Minha
Nova Guia e, em seguida, clique em OK.
Utilização do Backstage do Office 43

Grupo de comandos padrão Lista de comandos Comandos atuais

Figura 3-9
Personalização da faixa
de opções

Botão Nova Guia Botão Restaurar as configurações padrão

8. Em sua nova guia, clique em Novo Grupo (Personalizado) para selecioná-lo. Clique no
botão Renomear novamente. Desta vez, a caixa de diálogo Renomear permite que você
selecione um símbolo (veja a Figura 3-10). Selecione o símbolo de mão Na caixa Nome
de exibição, digite Meu Novo Grupo e, em seguida, clique em OK. Você verá o Novo
Grupo renomeado.

Figura 3-10
Caixa de diálogo Renomear Símbolo de mão
Grupo

Digite um nome de grupo

Clipart cortesia da Microsoft


44 Lição 3

9. Na lista Personalizar a Faixa de Opções à direita, clique no item de lista Meu Novo Grupo.
Na lista de comandos à esquerda, clique em um comando de sua escolha e clique no botão
Adicionar. O comando é exibido em sua nova guia da faixa de opções. Na lista Escolher
comandos em, selecione Todos os Comandos e, em seguida, adicione outro comando dessa
lista. Na lista Escolher comandos em, selecione Guia Arquivo e, em seguida, adicione outro
comando. Sua tela deve ser semelhante à Figura 3-11.

Opção de personalização da faixa Guia Recentemente


de opções selecionada Guia Arquivo adicionado Grupo personalizado
Figura 3-11
Comandos de faixa de opções
adicionados

Comandos adicionados ao grupo de faixa de opções

10. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Opções do Excel. Ao sair, você verá sua
guia nomeada para Minha Nova Guia na faixa de opções.
11. Clique na guia Minha Nova Guia. Seus comandos são exibidos em Meu Novo Grupo
da Guia.
12. Clique com o botão direito em qualquer parte da faixa de opções e depois clique em
Personalizar a Faixa de Opções. Perto do canto inferior direito da caixa de diálogo
Opções do Excel, clique no botão Redefinir e depois clique em Redefinir todas as
personalizações. Clique em Sim para confirmar e depois clique em OK.

PAUSE. FECHAR o Excel.

ACESSO E UTILIZAÇÃO DOS MODELOS DO EXCEL


O Excel tem vários modelos que estão disponíveis ao iniciar o aplicativo ou ao clicar na guia Arquivo
e selecionar Novo, além de vários outros modelos que podem ser pesquisados. Modelos são arquivos
Utilização do Backstage do Office 45

que já incluem formatação e fórmulas completas com projetos, ferramentas e tipos de dados específicos.
Este exercício familiariza você com os locais onde estão os modelos e como selecionar e usá-los.

Seleção de um modelo na guia Novo


Modelos permitem criar pastas de trabalho profissionais em uma fração do tempo que levaria para
desenvolvê-los do zero. Exemplos destes são orçamentos, modelos de empréstimo, notas fiscais,
calendários e assim por diante.

PASSO A PASSO Selecionar um modelo na Nova Guia

PREPARE-SE. ABRIR uma pasta de trabalho em branco no Excel.


1. Clique na guia Arquivo e depois clique em Novo. A janela Novo exibe uma série de
modelos em destaque. Você já usou o modelo de pasta de trabalho em branco dessa
pasta.
2. Role a tela para baixo, se necessário, e depois clique no ícone Rastreador de Projeto.

Solução de Em alguns casos, será necessário procurar um modelo, se ele não aparecer por padrão. Se você
problemas não encontrar o modelo do Rastreador de Projeto, digite-o na caixa de pesquisa de modelos
online.

3. Clique no botão Criar. Observe que existem duas planilhas nesta pasta de trabalho: O
Rastreador de Projeto com os dados de amostra que você pode alterar e a Configuração
que permite a inserção de uma lista de categorias e funcionários. Ao terminar de
examinar este modelo, clique em Arquivo e depois clique em Fechar. Se for solicitado,
não salve as alterações.
4. Clique na guia Arquivo e depois clique em Novo.
5. Procure e clique no modelo Calendário acadêmico (qualquer ano) e clique no botão
Criar.
6. Clique no ano e use a seta para cima ou para baixo para alterar para o ano atual, se
necessário. Clique no nome do mês e selecione o nome do mês atual na lista suspensa.
7. Role para baixo na planilha para ver meses adicionais serem exibidos no modelo.
8. SALVAR a pasta de trabalho em sua pasta Excel Lesson 3 como 03 My Calendar Solution
(03 Minha Solução de Calendário).
9. Clique na guia Arquivo e depois clique em Novo. Observe que o modelo Calendário
acadêmico (qualquer ano) é exibido como o terceiro item de sua lista de modelos
porque ele foi usado recentemente.
10. Clique na caixa Procurar modelos online na parte superior da janela. Digite Orçamento
e depois pressione Enter. Observe que o Excel exibe uma lista baixada de modelos, além
de uma lista Categoria à direita, de forma que você pode restringir as escolhas (veja a
Figura 3-12).
46 Lição 3

O botão Início retorna à A caixa de pesquisa permite


janela original Novo procurar modelos adicionais Categorias de modelos
Figura 3-12
Modelos de orçamento
exibidos na janela Novo

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho e depois FECHAR o Excel.

Observação É possível modificar pasta de trabalho do calendário com seu nome, nome da empresa e fotos
favoritas para personalizar seu calendário ou usar como um presente.
Utilização do Backstage do Office 47

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Qual dos seguintes itens é o local você pode salvar, selecionar um modelo, alterar as
propriedades do documento e fechar ou sair do Excel?
a. Backstage
b. Imprimir
c. Editar
d. Windows
2. Para alterar as configurações de margem, layout ou impressora, você clica na guia
Arquivo e usa qual das seguintes opções?
a. Informações
b. Opções
c. Imprimir
d. Abrir
3. Qual dos seguintes itens pode ser personalizado para obter acesso mais rápido aos
comandos mais usados?
a. Visualizar Impressão
b. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido
c. Configuração da impressora
d. Pasta de trabalho
4. Quando você modifica a faixa de opções, qual dos seguintes itens é criado?
a. comando
b. guia
c. botão
d. planilha
5. Qual é um arquivo predefinido que já tem uma quantidade significativa de formatação,
texto e outros recursos?
a. Pasta de trabalho em branco
b. Arquivo predefinido
c. Arquivo de texto
d. Modelo

Verdadeiro/Falso
Circule V se a afirmação for verdadeira ou F, se for falsa.

V F 1. Para acessar um modelo do Excel, você pode clicar na guia Arquivo e depois
clicar em Novo.
V F 2. Se houver muitas colunas em uma página, a única opção para ver todas elas em
uma página impressa é diminuir a largura das colunas.
V F 3. Você pode acessar o Modo de Exibição Backstage, pressionando Ctrl+B.
V F 4. No Excel, é possível adicionar seus comandos mais usados na Barra de
Ferramentas de Acesso Rápido.
V F 5. Você pode criar, além de grupos, uma guia inteiramente nova de Faixa de Opções.
48 Lição 3

Projetos

Projeto 3-1: Pesquisa e utilização de um modelo


Nesse projeto, você encontrará um modelo para filmes e adicionará seu próprio filme.

PREPARE-SE. ABRIR uma pasta de trabalho em branco no Excel.


1. Clique na guia Arquivo, clique em Novo e depois pesquise pelo modelo Lista de Filmes.
2. Clique no botão Criar.
3. Inclua um filme adicional à lista.
4. SALVAR a pasta de trabalho como 03 My Movies Solution (03 Minha Solução de Filmes)
e FECHAR o arquivo.

DEIXE o Excel aberto para o próximo projeto.

Projeto 3-2: Impressão de uma área específica de uma planilha


Nesse projeto, você imprimirá uma área selecionada na planilha e depois uma planilha específica.

PREPARE-SE. ABRIR o arquivo da pasta Excel Lesson 3 intitulado 03 My Movies Solution.


1. Selecione o intervalo D5:L9.
2. ABRIR o Modo de Exibição Backstage.
3. Clique em Imprimir no painel de navegação do Modo de Exibição Backstage.
4. Na seção Configurações da janela de impressão, clique na seta suspensa Imprimir
Planilhas Ativas e depois clique na opção Imprimir Seleção no menu suspenso.
5. Clique no botão Imprimir para imprimir a área selecionada da planilha.
6. No Modo de Exibição Backstage, clique na guia Imprimir para voltar para as opções
de configurações, abra o menu suspenso Imprimir Seleção e clique em Imprimir
Planilhas Ativas.
7. Clique no botão Imprimir para imprimir a planilha ativa.
8. FECHAR a pasta de trabalho.

FECHAR o Excel.
Utilização de fórmulas básicas
4
MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO
Habilidades Objetivo do exame Número do objetivo
Compreensão e exibição de fórmulas Exibir fórmulas. 1.4.8
Utilização de referências de célula em fórmulas Inserir referências. 4.1.1
Utilização de referências de célula externas Inserir referências. 4.1.1

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
O Excel permite criar várias fórmulas. Basta digitá-las em uma célula ou usar o ponteiro do mouse
para selecionar células para incluí-las em uma fórmula. Por exemplo, você pode criar fórmulas
básicas para adição, subtração, multiplicação e divisão usando esses métodos. No entanto, como
você descobriu em lições anteriores, a interface do usuário oferece ferramentas que tornam mais
fácil trabalhar com dados. Nesta lição, você usará alguns grupos de comandos na guia Fórmulas
para exibir fórmulas e intervalos de nomes a serem usados em fórmulas.

Caixa de nome Barra de fórmulas Exibir e editar intervalos Definir nome Criar a partir do seleção Mostrar fórmulas
nomeados

Figura 4-1
A guia Fórmulas no Excel 2016
Use a Figura 4-1 como referência por toda esta lição, à medida que você se familiarizar com alguns
dos grupos de comandos da guia Fórmulas e usá-los para trabalhar com fórmulas. Você aprenderá
sobre comandos adicionais da guia Fórmulas da próxima lição, que abordará as funções.

COMPREENSÃO E EXIBIÇÃO DE FÓRMULAS


A grande vantagem do Excel é sua capacidade de realizar cálculos complexos e comuns. A fórmula é
um dos elementos essenciais do Excel, que permite adicionar, subtrair, multiplicar e dividir números.
Ao inserir uma fórmula em uma célula, a fórmula é armazenada internamente, e os resultados são
exibidos na célula. Você pode exibir a fórmula subjacente na barra de fórmulas quando a célula está
ativa, ao clicar duas vezes na célula para editá-la ou usando a guia Fórmulas.

49
50 Lição 4

PASSO A PASSO Exibir fórmulas

PREPARE-SE. Antes de começar, INICIE o Microsoft Excel e depois ABRIR uma nova pasta de
trabalho em branco.
1. Clique na célula A1.
2. Digite =7+8*3/2-4 e pressione Enter. Você acabou de inserir uma fórmula.
Observação As fórmulas devem ser digitadas sem espaços, mas se você os deixar, o Excel os eliminará quando
você pressionar Enter.

3. Clique na célula A1. Observe que o resultado da fórmula é exibido na célula, mas ela
mesma aparece na barra de fórmulas (veja a Figura 4-2).

Figura 4-2
Visualização de uma fórmula
na barra de fórmulas

Resultados da fórmula exibidos na célula Fórmula exibida na barra de fórmulas

4. Clique duas vezes na célula A1. A fórmula é exibida na célula ativa e na barra de
fórmulas. É possível editá-la neste modo.
5. Pressione Enter.
6. Na guia Fórmulas, no grupo Auditoria de Fórmulas, clique em Mostrar Fórmulas.
A fórmula na célula A1 é exibida.
Observação Ao exibir fórmulas na planilha, você não verá os resultados delas.

7. Clique em Mostrar Fórmulas novamente para desativar a exibição de fórmulas.


8. SALVAR a pasta de trabalho em sua pasta Excel Lesson 4 como 04 Formula Practice
Solution (04 Solução de Prática de Fórmula).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

A fórmula é uma equação que executa cálculos, como adição, subtração, multiplicação e divisão,
em valores em uma planilha. No Excel, um valor pode ser um número, um endereço de célula, uma
data, texto ou dados boolianos, mas normalmente é um número ou endereço de célula em termos de
fórmulas. Uma fórmula consiste em dois elementos: operandos e operadores de cálculo. Operandos
identificam os valores a serem usados no cálculo. Um operando pode ser um valor constante ou uma
variável como uma referência de célula, um intervalo de células ou outra fórmula. A constante é
um valor de número ou texto que é inserido diretamente em uma fórmula. A variável é um símbolo
ou um nome que representa outra coisa, que pode ser um endereço de célula, um intervalo de células
e assim por diante. Operadores de cálculo especificam os cálculos a serem realizados. Para que o
Excel faça a distinção entre fórmulas e dados, todas as fórmulas começam com um sinal de igual (=).

Observação Você pode começar uma fórmula com um sinal de adição (+) ou subtração (−) como o operador de
cálculo de início, mas o Excel o muda para um sinal de igual quando você pressiona Enter. O Excel
não reconhece uma construção como 3+4= como uma fórmula legítima. O Excel a trata como uma
simples sequência de caracteres.
Utilização de fórmulas básicas 51

O Excel usa quatro operadores de cálculo: aritmética, comparação, concatenação de texto e


referência. Esta lição abrange vários operadores aritméticos e o sinal de igual, que é um operador de
comparação. Os operadores aritméticos são listados na Tabela 4-1.

Tabela 4-1
Operador Nome Cálculo Exemplo
Operadores aritméticos aritmético
do Excel
+ Sinal de adição Adição 5+2

− Sinal de subtração Subtração 5-2

Negação -5

* Asterisco Multiplicação 5*2

/ Barra Divisão 2/5

% Sinal de porcentagem Porcentagem 20%

^ Acento circunflexo Potenciação 5^2

Ao criar uma fórmula, ela aparece na barra de fórmulas e na própria célula. Ao concluir a fórmula
e pressionar Enter, o valor é exibido na célula e a fórmula na barra de fórmulas, se você selecionar a
célula. Você pode editar uma fórmula na célula ou na barra de fórmulas da mesma forma que você
edita qualquer entrada de dados.

Ao clicar no botão Mostrar Fórmulas, na guia Fórmulas, todas as fórmulas na planilha são exibidas.
Clique no botão Mostrar Fórmulas novamente para desativar a exibição das fórmulas.

NOÇÕES BÁSICAS SOBRE ORDEM DE OPERAÇÕES


Se você usar mais de um operador em uma fórmula, o Excel seguirá uma ordem específica,
chamada ordem de operações, para calcular a fórmula. Os parênteses desempenham um papel
importante ao controlarem a ordem das operações.

PASSO A PASSO Entender a ordem das operações

PREPARE-SE. USE a planilha do exercício anterior.


1. Clique na célula A1 para ativá-la.
2. Clique na barra de fórmulas.
3. Insira parênteses ao redor de 7 + 8.
4. Insira parênteses ao redor de 3 / 2.
5. Insira parênteses ao redor de (7 + 8) * (3 / 2), conforme mostrado na barra de fórmulas
na Figura 4-3. Pressione Enter. O resultado em A1 é alterado para 18,5.

Figura 4-3
Parênteses adicionados
à fórmula

6. SALVAR a pasta de trabalho em sua pasta Excel Lesson 4 como 04 Order of Operations
Solution (04 Solução da Ordem de Operações) e FECHAR.

PAUSE. Deixe o Excel aberto para usar no próximo exercício.


52 Lição 4

O Excel aplica as regras da matemática para determinar como as fórmulas são calculadas. Veja a
seguir a ordem em que são aplicados os operadores aritméticos:

• Número negativo (−)


• Porcentagem (%)
• Potenciação (ˆ)
• Multiplicação (*) e divisão (/) (da esquerda para a direita)
• Adição (+) e subtração (−) (da esquerda para a direita)
Por exemplo, considere a fórmula original:
7 + 8 * 3 / 2 − 4 = 15

Seguindo as prioridades de operador aritmético, a primeira operação é 8 multiplicado por 3 e o


resultado é dividido por 2. Em seguida, 7 é somado e 4 é subtraído.
Você pode usar parênteses em uma fórmula para substituir a ordem padrão das operações. O Excel
executa cálculos em fórmulas dentro dos parênteses primeiro. Parênteses dentro de parênteses são
chamados de parênteses aninhados. Os cálculos são executados em fórmulas no conjunto de
parênteses mais interno primeiro e da esquerda para a direita se os parênteses aninhados estiverem
no mesmo nível. Portanto, o resultado da seguinte fórmula com parênteses é diferente da anterior:

((7 + 8) * (3 / 2)) − 4 = 18,5


Seguindo as prioridades de operador aritmético, a primeira operação é a soma de 7 + 8 multiplicada
pelo quociente de 3 dividido por 2. Em seguida, 4 é subtraído.
Observação Ao modificar uma fórmula complexa, se você decidir voltar à fórmula original e começar de novo,
basta pressionar Esc. Se você já tiver pressionado Enter, precisará clicar no botão Desfazer na Barra
de Ferramentas de Acesso Rápido.

UTILIZAÇÃO DE REFERÊNCIAS DE CÉLULA EM FÓRMULAS


Como você aprendeu na Lição 1, “Visão geral”, cada célula de uma planilha do Excel tem um
identificador exclusivo identificando sua coluna e linha, como A1 (coluna A, linha 1) ou E4 (coluna
E, linha 4). Ao criar uma fórmula, você pode referenciar o identificador de uma célula em vez de
digitar o número que aparece na célula em questão. Uma referência de célula identifica o local
da célula na planilha, com base na letra da coluna e no número da linha. Usar uma referência de
célula em vez dos dados exibidos em uma célula confere mais flexibilidade à sua planilha. Se os
dados em uma célula forem alterados, todas as fórmulas que fazem referência à célula também
serão alteradas. Por exemplo, se a célula E1 contiver o número 12, mas posteriormente for alterada
para 15, todas as fórmulas que fizerem referência à célula E1 serão atualizadas automaticamente. O
mesmo princípio aplica-se a uma célula que contém uma fórmula e é referenciada em outra fórmula.

Utilização de referências de célula relativas em uma fórmula


A referência de célula relativa é aquela que ajusta automaticamente o identificador da célula
se você inserir ou excluir colunas ou linhas, ou se você copiar a fórmula para outra célula. Uma
referência de célula relativa é, portanto, aquela cujas referências mudam de forma “relativa” ao local
onde ela é copiada ou movida.

PASSO A PASSO Usar referências de célula relativas em uma fórmula

PREPARE-SE. ABRIR o arquivo de dados 04 Budget Cell References desta lição.


1. Clique na célula B18.
2. Clique na barra de fórmulas e substitua 1200 por B3. Observe que a célula B3 é realçada
e envolvida por uma borda azul enquanto você modifica a fórmula (veja a Figura 4-4).
Utilização de fórmulas básicas 53

Figura 4-4
Inserção de uma Inserção de uma referência de
referência de célula célula relativa
relativa

A célula B3 é realçada e rodeada


por uma borda azul

Observação Você pode usar letras maiúsculas ou minúsculas ao digitar uma referência de célula em uma fórmula.
Por exemplo, não importa se você digitar B4 ou b4 na fórmula inserida. O Excel altera a referência
para letras maiúsculas ao pressionar Enter.

3. Pressione Enter. A fórmula na célula B18 agora usa a referência de célula relativa à B3.
4. Copie a célula B18 na célula B21. O resultado exibido é alterado para 400.
5. Observe na barra de fórmulas que a fórmula na célula B21 é = B6+500-100, mas a
fórmula que você copiou é = B3+500-100. A razão disso é que a referência original da
célula B3 foi alterada para a célula B6 quando você copiou a fórmula nas três células
abaixo, e a célula B6 está em branco. A referência de célula é ajustada em relação à sua
posição na planilha.
6. Uma maneira alternativa de usar uma referência de célula é clicar na célula que está
sendo referenciada ao criar ou modificar uma fórmula. Com a célula B21 ainda ativa,
clique na barra de fórmulas e selecione B6.
7. Clique na célula B3. A célula B3 é realçada e cercada por uma borda tracejada azul,
e a célula B3 aparece na barra de fórmulas em vez da célula B6. Pressione Enter.
8. SALVAR a pasta de trabalho em sua pasta Excel Lesson 4 como 04 Budget Cell
References Solution (04 Solução de Referências de Célula do Orçamento).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Utilize referências de célula relativa quando quiser que a referência seja ajustada automaticamente
ao copiar ou preencher a fórmula ao longo de linhas ou colunas em intervalos de células. Por
padrão, novas fórmulas no Excel usam referências relativas.

Neste exercício, você aprenderá dois métodos para a criação de fórmulas usando referências relativas:

• Digitando a fórmula diretamente na célula


• Clicando em uma célula para incluir na fórmula, em vez de digitar a referência de célula
O segundo método é geralmente mais rápido e elimina a possibilidade de digitar um identificador
da célula incorreto, especialmente se você precisar criar uma fórmula com muitas referências de
célula. Por exemplo, é fácil cometer um erro de digitação =D2+D7+D9+D12+D14 em vez de só
clicar em cada célula para adicioná-lo à fórmula.

Também é possível fazer referência a um intervalo de células em uma fórmula, o que você aprenderá
no final desta lição.

Fazer referência a células gera outro ponto importante sobre o Excel. Ao executar cálculos em uma
série de números no papel, eles estão geralmente bem perto um do outro em uma coluna ou uma
única linha. Em uma planilha, os números não precisam ser adjacentes: você pode criar fórmulas
que fazem referência a células em qualquer lugar na planilha.
54 Lição 4

Observação Ao construir uma planilha, planeje usar referências de célula relativas, a menos que você saiba que
haverá uma razão para não ajustar o identificador da célula ao inserir ou excluir linhas e colunas.

Utilização de referências de célula absolutas em uma fórmula


Às vezes, você não quer que uma referência de célula seja alterada ao ser movida ou copiada. Para
fazer uma referência de célula absoluta, use o sinal de cifrão ($) antes da coluna e linha da célula à
qual você deseja fazer referência.

PASSO A PASSO Usar uma referências de célula absoluta em uma fórmula

PREPARE-SE. USE a planilha que você modificou no exercício anterior.


1. Clique na célula B18.
2. Clique na barra de fórmulas e digite cifrões na referência da célula B3 da seguinte forma:
$B$3.
3. Pressione Enter. A fórmula na célula B18 agora usa uma referência de célula absoluta à B3.
4. Copie a célula B18 na célula B21. O resultado exibido é 1600, que corresponde à B18.
5. Copie a célula B21 na célula C21. O resultado exibido ainda é 1600.
6. Observe que na barra de fórmula que as fórmulas nas células B21 e C21 são =$B$3+500-100.
A Figura 4-5 mostra a fórmula para a célula C21. Independentemente de onde você copiar a
fórmula na planilha, ela ainda vai fazer referência à célula B3.

Figura 4-5
Uma referência de
célula absoluta

Uma referência de célula


absoluta contém dois cifrões.

As células B21 e C21 mostram


os resultados da mesma
referência de célula absoluta.

7. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Uma referência de célula absoluta refere-se a uma célula específica ou um intervalo de células
independentemente de onde está a fórmula na planilha. Referências de célula absolutas incluem
dois cifrões na fórmula, antes da letra da coluna e do número da linha. A referência de célula
absoluta $B$3, por exemplo, refere-se sempre à coluna (B) e linha (3). Ao copiar a fórmula para
qualquer outra célula na planilha, a referência absoluta não se ajustará às células de destino.
Utilização de fórmulas básicas 55

Utilização de referências de célula mistas em uma fórmula


Você também pode criar uma referência mista em que uma coluna ou uma linha é absoluta, e a
outra é relativa. Por exemplo, se a referência de célula em uma fórmula for $A5 ou A$5, você teria
uma referência mista em que um componente é absoluto e um é relativo.

PASSO A PASSO Usar uma referências de célula mista em uma fórmula

PREPARE-SE. USE a planilha que você modificou no exercício anterior.


1. Clique na célula B21.
2. Clique na barra de fórmulas e exclua o cifrão antes de 3 na fórmula da seguinte maneira:
$B3.
3. Pressione Enter. A fórmula na célula B21 agora usa uma referência de célula mista.
4. Copie a célula B21 na célula C22. O resultado exibido é 440, que é diferente do resultado
em B21. Isso ocorre porque a fórmula em C22 faz referência à célula B4 (consulte a
Figura 4-6). O sinal de cifrão antes de B na fórmula é absoluto, mas o número da linha
é relativo.

Figura 4-6
Uma referência de célula mista

Uma referência de célula mista


contém um cifrão.

A célula C22 mostra o resultado de


uma referência de célula mista.

5. Exclua o conteúdo das células B21, C21 e C22.


6. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

A referência de célula mista é uma referência de célula que usa uma referência de coluna ou
linha absoluta, mas não ambas.

No exercício, a parte da coluna de referência da célula é absoluta e permanece inalterada na fórmula,


independentemente de onde a fórmula é copiada. A parte da linha da fórmula é relativa (nenhum
sinal de cifrão precede o número da linha 3), para que parte da referência de célula mude quando
a célula for copiada.
56 Lição 4

Se você copiar uma fórmula ao longo de linhas ou colunas, a referência relativa se ajustará
automaticamente, e a referência absoluta não se ajustará. Por exemplo, quando você copiou a
fórmula que contém a referência mista $B3 para uma célula diferente na coluna C, a referência na
célula de destino foi alterada para $B4. A referência de coluna permaneceu a mesma porque essa
parte da fórmula é absoluta. A referência de linha foi ajustada porque é relativa.

UTILIZAÇÃO DE REFERÊNCIAS DE CÉLULA EXTERNAS


Você criou e modificou referências de célula que se referem a células na mesma planilha. No entanto,
também é possível referenciar células em outras planilhas na mesma pasta de trabalho ou em outra
pasta de trabalho inteiramente diferente. Referências a células localizadas em uma pasta de trabalho
separada são consideradas referências externas. A menos que você especifique outra planilha ou
pasta de trabalho, o Excel supõe que suas referências apontam para células na planilha atual.

Referência a dados em outra planilha


Uma referência externa refere-se a uma célula ou intervalo em uma planilha ou outra pasta
de trabalho do Excel, ou um nome definido em outra pasta de trabalho. (Você aprenderá como
definir nomes de intervalo posteriormente nesta lição). Pode ser necessário usar essa estratégia, por
exemplo, para criar um resumo de dados em uma planilha baseando-se nos dados em outra planilha.
Os princípios básicos para criação dessas fórmulas são as mesmas usadas para criar fórmulas que
referenciam dados dentro de uma planilha.

PASSO A PASSO Referenciar dados em outra planilha

PREPARE-SE. USE a planilha que você modificou no exercício anterior.


1. Clique na guia de planilha Resumo na pasta de trabalho 04 Budget Cell References Solution.
2. Clique na célula D8. Você deseja exibir o pagamento médio de eletricidade nesta célula,
semelhante ao conteúdo que aparece em B20 na planilha de Detalhes de Despesas.
Contudo, a fórmula deve referenciar a planilha de Detalhes de Despesas para obter
os dados.
3. Digite =SOMA(‘Detalhes de Despesas’!N8)/12 e pressione Enter. Essa fórmula divide
o valor da célula N8 na planilha Detalhes de Despesas por 12. O resultado é 176,
arredondado devido à formatação de células aplicada à planilha (veja a Figura 4-7).

Figura 4-7
Criação de um link em uma
planilha na mesma pasta de
trabalho A fórmula inclui uma referência
à planilha Detalhes da Despesa,
que está na mesma pasta de
trabalho da planilha Sumário.

A célula D8 mostra o resultado


de uma fórmula que referencia
uma célula na pasta de trabalho
Detalhes da Despesa. 

4. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.


Utilização de fórmulas básicas 57

O formato de uma fórmula que referencia uma célula em uma pasta de trabalho diferente é
NomePlanilha!EndereçoCélula Isso é, você insere o nome de planilha externo seguido por um
ponto de exclamação e depois o endereço da célula na planilha externa. Para os nomes de planilha
que incluem um ou mais espaços, você precisa colocar o nome entre apóstrofos, da mesma maneira
que ‘NomePlanilha’!EndereçoCélula.

Você também pode referenciar um intervalo de células em uma planilha externa. Por exemplo, no
exercício, você pode usar uma fórmula similar, =SOMA(‘Detalhes de Despesas’!B8:M8)/12, para
concluir a mesma tarefa. Essa fórmula adiciona os valores no intervalo B8:M8 e depois divide-os
por 12 para produzir a média de pagamento mensal da eletricidade ao longo de um ano.

A Microsoft chama referências a células em outra planilha ou pasta de trabalho de links porque você
basicamente está ligando os dados desses locais remotos.

Referência a dados em outra pasta de trabalho


O procedimento para referenciar dados em outra pasta de trabalho é quase o mesmo usado para
referenciar dados em outra planilha na mesma pasta de trabalho. A diferença é que, ao criar uma
referência a células em outra pasta de trabalho, você deve colocar o nome da outra pasta de trabalho
entre colchetes ([ ]) e as pastas de trabalho devem estar abertas.

PASSO A PASSO Referenciar dados em outra pasta de trabalho

PREPARE-SE. USE a planilha que você modificou no exercício anterior.


1. Abra uma segunda pasta de trabalho, o arquivo de pasta de trabalho chamado
04Budget2016.
2. Volte à pasta de trabalho 04 Budget Cell References Solution. Na planilha Resumo, clique
na célula C3.
3. Digite =([04Budget2016.xlsx]Resumo’!B3) como mostrado na Figura 4-8 e pressione
Enter. A fórmula liga à célula B3 na planilha Sumário na pasta de trabalho chamada
04Budget2016.

Figura 4-8
Uma referência externa a
uma célula em outra pasta
A fórmula inclui uma referência
de trabalho
externa à planilha Sumário na
pasta de trabalho 04Budget2016

A célula C3 contém a fórmula


com uma referência externa

4. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR.


5. FECHAR 04Budget2016.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para usar no próximo exercício.

As chaves pareadas [ ] identificam o nome do arquivo de pasta de trabalho, e Resumo identifica a


pasta de trabalho dentro desse arquivo.
58 Lição 4

UTILIZAÇÃO DE INTERVALOS DE CÉLULAS EM FÓRMULAS


No Excel, grupos de células são chamados de intervalos. Os grupos de células são contíguos ou
não contíguos. Você pode nomear (definir) intervalos, alterar o tamanho dos intervalos depois de
defini-los e usar intervalos nomeados em fórmulas. A caixa Nome e o Gerenciador de nome ajudam
a rastrear intervalos nomeados e seus endereços de célula. Também é possível usar o comando Colar
Nomes para criar uma lista de intervalos nomeados e seus endereços em uma planilha.

Nomeação de um intervalo
Ao se referir ao mesmo intervalo de células várias vezes, pode ser mais conveniente dar-lhe um
nome. O Excel reconhece o nome como o intervalo de células e usa os valores nessas células para
fazer o que você especificou. Por exemplo, se você tiver uma série de números de vendas em uma
coluna, em vez de referir-se a eles como o intervalo C4:C10, você poderá chamá-los de SalesQ3. Ao
usar o nome SalesQ3 em uma fórmula, o Excel usará os valores nessas células.

PASSO A PASSO Nomear um intervalo de células

PREPARE-SE. ABRIR o arquivo de dados 04 Budget Ranges (04 Faixas de Orçamento)


desta lição.
1. Clique em Ativar Conteúdo, se solicitado. Se ver outra caixa de mensagem, clique em
Continuar. Clique em Sim se solicitado a tornar o arquivo um Documento Confiável.
Clique na guia da planilha Detalhes de Despesas.
2. Selecione B3:D14. Essas são as células a serem nomeadas.
3. À esquerda da barra de fórmulas, clique na Caixa Nome.
4. Digite um nome composto por uma palavra para a lista, como DespesasT1 e depois
pressione Enter. O nome do intervalo aparece na caixa Nome (consulte a Figura 4-9).
O Excel salva esse nome e o usa em qualquer referência subsequente a esse intervalo.

O nome do intervalo aparece na caixa Nome As células destacadas que fazem parte do intervalo
Figura 4-9
Utilização da caixa Nome
para nomear um intervalo

5. Uma maneira alternativa de nomear um intervalo é usar a caixa de diálogo Novo Nome.
Selecione B16:M16.
6. Na guia Fórmulas, no grupo Nomes Definidos, clique em Definir Nome. A caixa de
diálogo Novo Nome é exibida (consulte a Figura 4-10).
7. O Excel usa o título da linha como o nome do intervalo, mostrado na caixa de texto
Nome. Se quiser, você poderá alterar o nome. Para este exercício, deixe o nome padrão.
8. Abrir a lista suspensa Escopo. Suas opções são Pasta de Trabalho, Detalhes da Despesa
e Resumo. As duas últimas entradas correspondem às folhas individuais da pasta de
trabalho. Fechar a lista suspensa, deixando Pasta de Trabalho selecionado.
Utilização de fórmulas básicas 59

Figura 4-10
Usando a caixa de diálogo
Novo Nome para nomear
um intervalo

9. Digite comentários na caixa de texto Comentários, se quiser.


10. Deixe o endereço de célula que aparece na caixa de texto Refere-se a. Este é o intervalo que
você selecionou. Observe que o nome da planilha também é incluído automaticamente.
11. Clique em OK. O nome Subtotais de Serviços Públicos é salvo para o intervalo B16:M16.
12. Uma terceira maneira de nomear um intervalo é usar a caixa de diálogo Criar Nomes a
partir da Seleção. Selecione N2:N14. Esta seleção inclui o rótulo de título da coluna.
13. Na guia Fórmulas, no grupo Nomes Definidos, clique em Criar a partir da Seleção.
A caixa de diálogo Criar Nomes a partir da Seleção é exibida.
14. O Excel determina que você deseja usar o rótulo de título da coluna como o nome de
intervalo. Clique em OK. O intervalo é salvo com o nome Total.
15. Abra a lista suspensa da caixa Nome. Você tem três intervalos nomeados dos quais selecionar.
16. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 4 como 04 Budget Ranges Solution
(04 Solução de Intervalos de Orçamento).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Como você aprendeu na lição 2, um intervalo é um grupo de células adjacentes que você seleciona
para executar operações em todas as células selecionadas. Você se refere a um intervalo de célula,
separando a primeira e a última células no intervalo com dois pontos, como B1:B9 e D4:G9.

Um intervalo nomeado é um grupo de células e, ocasionalmente, uma única célula, com um


nome designado. A razão mais comum para nomear um intervalo é referir-se a ele em fórmulas e
funções. Nomear intervalos ou uma célula individual de acordo com os dados que eles contêm é uma
técnica de economia de tempo, mesmo que não pareça assim quando você trabalha com arquivos de
dados limitados em exercícios práticos. No entanto, nomear um intervalo em uma planilha grande
ou complexa permite que você vá para o local rapidamente, semelhante a um indicador.

Depois de selecionar um intervalo de células, você pode nomear o intervalo usando três métodos
diferentes:

• Digitando um nome na caixa Nome, ao lado da barra de fórmulas


• Usando a caixa de diálogo Novo Nome
• Usando a caixa de diálogo Criar Nomes a partir da Seleção
Regras e diretrizes para nomear intervalos incluem o seguinte:

• Nomes de intervalo podem ter até 255 caracteres de comprimento.


• Os nomes de intervalo podem começar com uma letra, o caractere de sublinhado (_), ou
uma barra invertida (\). O resto do nome pode incluir letras, números, pontos e caracteres de
sublinhado, mas não uma barra invertida.
• Os nomes de intervalo não podem consistir unicamente nas letras “C”, “c”, “R” ou “r”, que são
usadas como atalhos para a seleção de colunas e linhas.
60 Lição 4

• Os nomes de intervalo não podem incluir espaços. A Microsoft recomenda que você use o caractere
de sublinhado (_) ou ponto (.) para separar palavras, como Lista_Frutas e Orçamento.Pessoal.
• Os nomes de intervalo não podem ser iguais a uma referência de célula, como A7 ou $B$3.
Todos os nomes têm um escopo, para uma planilha específica ou para a pasta de trabalho inteira.
O escopo de um nome é o local em que o Excel reconhece o nome sem qualificação. O Excel
exige que um nome seja exclusivo dentro de seu escopo, mas você pode usar o mesmo nome em
diferentes escopos. Na caixa de diálogo Novo Nome, se você selecionar um nome de planilha
na lista Escopo, o escopo estará no nível da planilha local. Se você selecionar Pasta de Trabalho,
o escopo estará no nível de pasta de trabalho global.

Se você tiver definido um intervalo nomeado depois de inserir uma referência de célula em uma
fórmula, atualize a referência de célula existente para o nome definido. Selecione uma célula vazia,
clique na seta ao lado de Definir Nome e clique em Aplicar Nomes. Na caixa de diálogo Aplicar
Nomes, clique em um ou mais nomes e clique em OK.

Observação Você pode usar o mesmo nome para intervalos equivalentes em outras planilhas dentro de uma
pasta de trabalho. Inclua o nome da planilha entre parênteses antes do nome de intervalo para
identificar a qual planilha está se referindo.

Depois de criar intervalos nomeados, você pode selecionar um nome na lista suspensa da caixa
Nome para selecionar o intervalo nomeado na planilha.

Criação de uma fórmula que opera em um intervalo nomeado


Você pode usar o nome de qualquer intervalo em uma fórmula, assim como pode usar um
identificador de célula.

PASSO A PASSO Criar uma fórmula que funcione em um intervalo nomeado

PREPARE-SE. USE a planilha que você modificou no exercício anterior.


1. Na planilha Detalhes de Despesas, clique em A21.
2. Digite Despesas do Primeiro Trimestre e pressione Enter.
3. Na célula B21, digite =SOMA(.
4. Na guia Fórmulas, no grupo Nomes Definidos, clique em Usar em Fórmula.
5. Selecione DespesasT1 na lista (consulte a Figura 4-11), digite ) para fechar a fórmula e depois
pressione Enter. O valor total de despesas de janeiro a março é exibido na célula B21.

Selecionando Q1Expenses na lista suspensa Usar em Fórmulas

Figura 4-11
Utilização de um intervalo
nomeado em uma fórmula

6. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR.

FECHAR o Excel.
Utilização de fórmulas básicas 61

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Qual dos itens a seguir não é um operador aritmético?
a. +
b. −
c. *
d.  ]
2. De acordo com a ordem das operações, qual dos itens a seguir é calculado primeiro?
a. Adição (+) e subtração (−) (da esquerda para a direita)
b. Potenciação (ˆ)
c. Porcentagem (%)
d. Número negativo (−)
3. Qual das opções itens a seguir é um nome aceitável para um intervalo nomeado?
a. C7
b. subtotal_oeste
c. subtotal oeste
d. subtotal/oeste
4. Qual das opções a seguir é exemplo de uma referência de célula absoluta?
a. A9
b. A$9
c. $A$9
d. A9:E9
5. Qual das opções a seguir é exemplo de uma referência de célula mista?
a. A9
b. A$9
c. $A$9
d. A9:E9

Verdadeiro/Falso
Circule V se a afirmação for verdadeira ou F, se for falsa.

V F 1. Para que o Excel faça a distinção entre fórmulas e dados, todas as fórmulas
começam com um sinal de igual (=).
V F 2. Em relação um intervalo nomeado, o escopo de um nome é o local em que
o Excel reconhece o nome sem qualificação.
V F 3. Você pode criar um novo intervalo selecionando as células e digitando um nome
na caixa Nome ao lado da barra de fórmulas.
V F 4. A ordem das operações determina quais as partes são calculadas antes de outras
partes da fórmula.
V F 5. A fórmula = 6 * 2 / 3 produz o mesmo resultado que = 6 * (2 / 3).
62 Lição 4

Projetos

Projeto 4-1: Trabalho com a ordem das operações


Neste projeto, você praticará como trabalhar com a ordem das operações.

PREPARE-SE. Antes de iniciar estas etapas, INICIE o Excel e ABRIR a pasta de trabalho
04 Project Operations Practice.
1. Selecione C3 e depois modifique a fórmula inserindo parênteses ao redor de 5+2.
Pressione Enter. A nova fórmula deve ser =(5+2)*8. O valor em C3 muda de 21 para 56.
2. Selecione D2. Clique na barra de fórmulas e depois coloque parênteses em volta de
65–29. Pressione Enter. A nova fórmula deve ser =(65–29)*8+97/5. O valor de D2 muda
de −147,6 para 307,4.
3. Selecione D2. Clique na barra de fórmulas e depois coloque parênteses em volta de 975.
Pressione Enter. A nova fórmula deve ser =(65–29)*8+(97/5). O valor de D2 permanece
o mesmo, 307,4.
4. Selecione D2. Clique na barra de fórmulas e depois altere os parênteses para que a
fórmula pareça =(65–(29*8)+97)/5. Pressione Enter. O valor de D2 muda para –14.
5. SALVAR a pasta de trabalho em sua pasta Excel Lesson 4 como 04 Project Operations
Solution (04 Solução de Operações de Projeto) e FECHAR.

DEIXE o Excel aberto para usar no próximo projeto.

Projeto 4-2: Nomeação de um intervalo e utilização do intervalo em uma fórmula


Nesse projeto, a Blue Yonder Airlines quer que você analise os dados de vendas e despesas de seus
últimos quatro anos.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR a pasta de trabalho 04 Income Analysis desta lição.
2. Na planilha de vendas, selecione B4:E4 e use o comando Definir Nome na guia Fórmulas
para nomear o intervalo. Aceite os padrões na caixa de diálogo.
3. Selecione B5:E5 e use a caixa Nome para nomear o intervalo. Use o título da linha como
o nome do intervalo usando um caractere de sublinhado para separar as palavras.
4. Selecione A6:E6. Use o comando Criar a partir da Seleção na guia Fórmulas para nomear
o intervalo. Use a opção padrão na caixa de diálogo.
5. Crie um intervalo nomeado para A7:E7 usando o método de sua preferência.
6. Crie uma fórmula na célula F4 que some os valores em B4:E4 usando o nome do intervalo.
7. Repita a etapa 6 para as outras três fontes de renda.
8. Crie nomes de intervalo na planilha de despesas usando o método de sua preferência.
9. Calcule o total das quatro categorias de despesa na planilha de despesas, como você fez
na planilha de vendas. Tenha cuidado ao selecionar o nome de intervalo da planilha em
vez do nome de intervalo da pasta de trabalho em cada caso. Use esta pasta de trabalho
novamente na lição 5 e crie fórmulas com funções na planilha de análise.
10. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 4 como 04 Income Analysis Solution
(04 Solução de Análise de Renda) e depois FECHAR o arquivo.

FECHAR o Excel.
Utilização de funções
5
MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO
Habilidades Objetivo do exame Número do objetivo
Resumo de dados com funções Executar cálculos usando a função SOMA. 4.1.2
Executar cálculos usando a função CONT.NÚM. 4.1.4
Executar cálculos usando a função MÉDIA. 4.1.5
Executar cálculos usando as funções MÍNIMO e MÁXIMO. 4.1.3

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
Guia Fórmulas
A guia Fórmulas no Excel 2016, mostrada na Figura 5-1, fornece acesso a uma biblioteca de funções
e fórmulas. Nesta guia, você pode usar comandos para inserir funções rapidamente, inserir os valores
totais e exibir um mapa visual das células que são dependentes de uma fórmula.

Inserir Função AutoSoma Biblioteca de Funções

Botão Inserir Função ao lado da barra de fórmulas


Figura 5-1
A guia Fórmulas no Excel 2016
Nesta lição, você aprenderá como usar uma variedade de funções simples para executar cálculos em
uma planilha de orçamento.

RESUMO DE DADOS COM FUNÇÕES


As funções fornecem uma maneira fácil de realizar o trabalho matemático em um intervalo de
células, rapidamente e convenientemente. Esta seção mostra como usar algumas das funções básicas
no Excel: SOMA, CONT.NÚM, CONT.VALORES, CONTAR.VAZIO, MÉDIA, MÍNIMO
E MÁXIMO.

Utilização da função SOMA


Adicionar um intervalo de células é um dos cálculos mais comuns executados nos dados da planilha.
A função SOMA totaliza todas as células em um intervalo, facilmente e com precisão. A função
AutoSoma torna essa tarefa ainda mais fácil por meio do cálculo (por padrão) do total da célula
adjacente através da primeira célula não numérica, usando a função SOMA em sua fórmula. SOMA
é geralmente a primeira função que a maioria das pessoas aprende a usar no Excel. Na verdade, você
já viu isso em ação na lição 4, “Usando fórmulas básicas”.

63
64 Lição 5

PASSO A PASSO Usar a função SOMA

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo de dados 05 Budget Start para essa lição. Clique em Habilitar Edição,
se solicitado.
2. Na célula B7, digite =SOMA(B3:B6) e pressione Enter. O resultado, 2140, é a soma das
despesas de serviços não públicos de janeiro.

Solução de Lembre-se de que todas as fórmulas devem começar com um sinal de igual (=). Uma função
problemas é simplesmente uma fórmula predefinida, portanto, você deve usar o sinal de igual.

3. Clique na célula C7. Clique na guia Fórmulas e na parte superior do botão AutoSoma.
A função SOMA é exibida com argumentos preenchidos, mas somente C6 é incluída.
Digite C3: antes de C6 para corrigir o intervalo (consulte a Figura 5-2). Pressione Enter.
O resultado, 1340, é a soma das despesas de serviços não públicos de fevereiro.

Figura 5-2
Utilização da função SOMA

4. Copie a célula C7 em D7:M7 para inserir os valores subtotais restantes.


5. Copie a célula N6 em N7 para inserir as despesas totais de serviços não públicos.
6. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 5 como 05 Budget Math Solution
(05 Solução de Matemática do Orçamento).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

A alternativa para a função SOMA é criar uma fórmula de adição usando referências de célula para
cada valor de célula a ser adicionado, como a seguir:

=B7+C7+D7+E7+F7+G7+H7+I7+J7+K7+L7+M7

A maneira mais fácil de obter o mesmo resultado é usar a função SOMA ou AutoSoma. AutoSoma
é um recurso interno do Excel que reconhece as células adjacentes em linhas e colunas como a
seleção lógica para executar a AutoSoma.

Utilização das funções CONT.NÚM, CONT.VALORES e CONTAR.VAZIO


Funções estatísticas, como SOMA e CONT.NÚM, compilam e classificam dados para apresentar
informações significativas. Use a função CONT.NÚM quando desejar determinar quantas células
em um intervalo contêm um número. Há outras variações da função CONT.NÚM. A função
CONT.VALORES conta todas as entradas não vazias em um intervalos, que incluem textos ou
números. A função CONTAR.VAZIO conta o número de células vazias em um intervalo.
Utilização de funções 65

PASSO A PASSO Usar as funções CONT.NÚM, CONT.VALORES e CONTAR.VAZIO

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você modificou no exercício anterior.


1. Na célula O5, digite CONT.NÚM e depois pressione Enter. Este é o rótulo que identifica
a fórmula a ser inserida na próxima etapa.
2. Na célula O6, digite =CONT.NÚM(A6:M6) e pressione Enter. O resultado, 9, é o número
de meses nos quais você orçou despesas gerais. A função CONT.NÚM ignora a entrada
em A6 porque ela não contém um número, e a função também ignora células em branco.
3. Na célula P5, digite CONT.VALORES e depois pressione Enter. Este é o rótulo que
identifica a fórmula a ser inserida na próxima etapa.
4. Na célula P6, digite =CONT.VALORES(A6:M6) e pressione Enter. O resultado, 10,
é o número de entradas não em branco no intervalo.
5. Na célula Q5, digite CONTAR.VAZIO e depois pressione Enter. Este é o rótulo que
identifica a fórmula a ser inserida na próxima etapa.
6. Na célula Q6, digite =CONTAR.VAZIO(A6:M6) e pressione Enter. O resultado, 3,
é o número de entradas em branco no intervalo A6:M6 (veja a Figura 5-3).

Resultados das funções CONT.NÚM, CONT.VALORES e CONTAR.VAZIO

Figura 5-3
Os resultados das funções
CONT.NÚM, CONT.VALORES
e CONTAR.VAZIO
7. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Utilização da função MÉDIA


A função MÉDIA adiciona um intervalo de células e depois divide pelo número de entradas de
célula, determinando o valor médio de todos os valores no intervalo. Em relação ao seu orçamento
pessoal, como o custo da eletricidade e do gás varia sazonalmente, seria interessante saber a
quantidade média mensal que você pode gastar ao longo de um ano inteiro.

PASSO A PASSO Usar a função MÉDIA

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você modificou no exercício anterior.


1. Na célula O8, digite MÉDIA e depois pressione Enter.
2. Na célula O9, digite =MÉDIA(B9:M9) e depois pressione Enter. O resultado, 175,8333333,
é sua conta de eletricidade mensal média esperada.
3. Na célula O10, digite =MÉDIA(B10:M10) e depois pressione Enter. O resultado, 93,33333333,
é de sua conta de gás média mensal esperada (consulte a Figura 5-4).
66 Lição 5

Figura 5-4
Os resultados da função MÉDIA

4. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Utilização da função MÍNIMO


A função MÍNIMO permite determinar o valor mínimo em um intervalo de células. Vamos usar
esta função para determinar qual será sua conta de luz e gás mínima. Em vez de digitar a fórmula
manualmente, você usará o grupo de função de biblioteca na guia Fórmulas para criar a fórmula.

PASSO A PASSO Usar a função MÍNIMO

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você modificou no exercício anterior.


1. Na célula P8, digite MÍNIMO e depois pressione Enter.
2. Clique na célula P9 e clique na guia FÓRMULAS.
3. Clique na seta de botão AutoSoma e selecione Mín no menu. O intervalo de B9:O9
é automaticamente selecionado (consulte a Figura 5-5). Esse intervalo está incorreto,
portanto, é necessário editá-lo.

Figura 5-5
O intervalo errado é
selecionado para a
função MÍNIMO
4. Clique na célula B9, segure a tecla Shift e depois clique na célula M9. O intervalo B9:M9
é exibido na função, que agora tem a seguinte aparência =MÍNIMO(B9:M9). Consulte
a Figura 5-6. Pressione Enter. O resultado, 150, é exibido, que é a menor conta de
eletricidade esperada para o ano.
Utilização de funções 67

Figura 5-6
Modificação da função MÍNIMO
5. Copie a célula P9 na célula P10. O resultado, 70, é a menor conta de gás esperada para o ano.
6. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Utilização da função MÁXIMO


A função MÁXIMO retorna o maior valor em um conjunto de valores. A função MÁXIMO
funciona da mesma forma que MÍNIMO, exceto que MÁXIMO determina o valor máximo em um
intervalo de células. Para usar MÁXIMO em uma fórmula, vamos inserir a função manualmente.

PASSO A PASSO Usar a função MÁXIMO

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você modificou no exercício anterior.


1. Na célula Q8, digite MÁXIMO e depois pressione Enter.
2. Na célula Q9, digite =MÁXIMO( e depois arraste o intervalo B9:M9. Pressione Enter. Observe
que o Excel adiciona o parênteses à direita quando você pressiona Enter. O resultado dessa
função, 230, é a conta de eletricidade mensal mais alta que você espera receber.
3. Copie a célula Q9 em Q10. O resultado, 120, é a maior conta mensal de gás que você
espera receber (consulte a Figura 5-7).

Figura 5-7
Os resultados da função
MÁXIMO

Resultados da função MÁXIMO

4. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 5 e depois FECHAR.

FECHAR o Excel.
68 Lição 5

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Qual das opções a seguir calcula o total da célula adjacente até a primeira célula não
numérica por padrão, usando a função SOMA em sua fórmula?
a. MÉDIA
b. AutoSoma
c. CONT.NÚM
d. MÁXIMO
2. Você quer adicionar um intervalo de células e depois dividi-lo pelo número de entradas
de célula, determinando o valor médio de todos os valores no intervalo. Qual função
deve ser usada?
a. MÍNIMO
b. MÉDIA
c. CONT.NÚM
d. MÁXIMO
3. Você deseja calcular o número de células preenchidas em sua planilha. Qual função deve
ser usada?
a. SOMA
b. CONT.VALORES
c. MÍNIMO
d. MÁXIMO
4. Qual das seguintes afirmações descreve com precisão a seleção padrão para AutoSoma?
a. Você deve fazer a seleção antes de clicar em AutoSoma.
b. Por padrão, AutoSoma totaliza as entradas acima da célula na qual se localiza a
fórmula, mesmo se as células contiverem uma mistura de conteúdo numérico e não
numérico.
c. Por padrão, AutoSoma calcula o total da célula adjacente até a primeira célula não
numérica.
d. A função AutoSoma não tem uma seleção padrão.
5. As funções de CONT.NÚM e MÍNIMO são exemplos de qual categoria de funções?
a. texto
b. estatísticas
c. financeiras
d. lógicas

Verdadeiro/Falso
Circule V se a afirmação for verdadeira ou F, se for falsa.

V F 1. A função MÉDIA retorna o valor da média em um intervalo de células


selecionadas.
V F 2. A função CONT.NÚM retorna o número total de células no intervalo selecionado
que contém tanto texto quanto números.
V F 3. A função MÁXIMO retorna o total de todas as células no intervalo selecionado.
V F 4. A função MÍNIMO retorna o menor valor em um intervalo de células
selecionadas.
V F 5. Você deve usar o botão AutoSoma para inserir uma função SOMA, não é possível
digitá-la manualmente.
Utilização de funções 69

Projetos

Projeto 5-1: Utilização das funções financeiras


Nesse projeto, você trabalha para a Wingtip Toys e jogou três jogos diferentes todos os dias para
conhecê-los, esperando demonstrar os jogos na loja de varejo. Você mantém controle de suas vitórias
e derrotas em uma planilha. Um “1” indica uma vitória, e um “0” indica uma perda.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo de dados 05 Game Stats desta lição.
2. Na célula E3, digite =MÉDIA(B3:D3) e depois pressione Enter.
3. Use a alça de preenchimento em E3 em E4:E12.
4. Clique na célula G2.
5. Na guia Fórmulas, no grupo de biblioteca de funções, clique na seta do botão AutoSoma
e depois selecione Contar números.
6. Clique na célula B3 e arraste o ponteiro do mouse para a célula D12.
7. Solte o mouse e depois pressione Enter para aceitar a escala B3:D12. O resultado, 30, é
o número total de vezes que você jogou os jogos em 10 dias.
8. Na célula G3, digite =SOMA(B3:D12) e pressione Enter. O resultado, 17, representa
o número total de vezes que você venceu os jogos.
9. Na célula G4, digite =G2-G3 e pressione Enter. O resultado, 13, representa o número
total de vezes que você perdeu os jogos.
10. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 5 como 05 Game Stats Solution
(05 Solução de Estatística de Jogos) e depois FECHAR o arquivo.

DEIXE o Excel aberto para usar no próximo projeto.

Projeto 5-2: Preenchimento da ficha de análise da pasta de trabalho de orçamento


A Blue Yonder Airlines quer analisar os dados de vendas e despesas de seus últimos quatro anos.
Nesse projeto, você preencherá a ficha de análise para resumir os dados.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR 05 Income Analysis Start dos arquivos de dados desta lição.
2. Na ficha de análise, calcule a média de vendas para cada uma das quatro categorias de
serviços usando nomes de intervalo. Use o Gerenciador de nomes para examinar os
nomes de intervalo da pasta de trabalho antes de inserir as fórmulas.
3. Calcule os gastos médios para cada uma das quatro categorias de serviços.
4. Calcule as vendas máximas para cada uma das quatro categorias de serviços.
5. Calcule as despesas máximas para cada uma das quatro categorias de serviços.
6. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 5 como 05 Income Analysis Solution
(05 Solução de Análise de Renda) e depois FECHAR o arquivo.

FECHAR o Excel.
6 Formatação de células e intervalos

MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO


Habilidades Objetivo do exame Número do objetivo
Inserção e exclusão de células Inserir e excluir células. 2.1.5
Formatação manual do conteúdo das células Modificar o alinhamento e o recuo de células. 2.2.2
Aplicar formatos de célula. 2.2.6
Aplicar formatos de número. 2.2.5
Quebrar texto dentro das células. 2.2.4
Mesclar células. 2.2.1
Cópia de formatação da célula usando o Formatar células usando o Pincel de 2.2.3
Pincel de Formatação Formatação.
Noções básicas sobre as opções de Colar Colar dados usando opções de colagem 2.1.3
Especial especiais.
Formatação de células com estilos Aplicar estilos de células. 2.2.7
Trabalho com dados com hiperlink Inserir e remover hiperlinks. 1.2.3
Aplicação de formatação condicional a células Aplicar formatação condicional. 2.3.4

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
Formatação de planilhas do Excel
A guia Página Inicial do Excel mostrada na Figura 6-1 contém comandos de formatação e edição que
ajudam a melhorar a aparência e a legibilidade de suas planilhas. Você usará comandos de quase todos
os grupos dessa guia ao aprender a aplicar formatação aos dados, copiar a formatação e aplicar estilos.

Atributos de caractere Comandos de alinhamento Formatos de número Comandos de estilo Comandos de inserção, exclusão
de texto e formatação de célula
Figura 6-1
A guia Página Inicial
O Excel fornece várias maneiras de formatar texto e valores em uma planilha. No mundo dos
negócios, as planilhas são geralmente impressas ou compartilhadas com outras pessoas. Portanto, é
desejável que as planilhas sejam o mais atraentes e inteligíveis possível.

70 70
Formatação de células e intervalos 71

INSERÇÃO E EXCLUSÃO DE CÉLULAS


Depois de criar uma planilha, você pode optar por adicionar mais dados ou excluir dados
desnecessários. Embora seja possível inserir ou excluir colunas e linhas inteiras, às vezes, basta
trabalhar com uma única célula ou um intervalo de células. Você pode inserir ou excluir células
individuais ou intervalos de células, mas lembre-se de que isso afeta a localização de outras células.

Inserção de células em uma planilha


Ao inserir uma célula em uma coluna, você força as outras células na mesma coluna a se moverem
para baixo. Inserir uma célula em uma linha desloca as outras células na mesma linha para a direita.

PASSO A PASSO Inserir células em uma planilha

PREPARE-SE. INICIE o Microsoft Excel.


1. ABRIR o arquivo de dados 06 Patient Visits Insert Delete dessa lição.
2. Clique na célula G5 para ativá-la.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na parte superior do botão Inserir.
Todas as células da coluna G a partir de G5 deslocam-se uma célula para baixo.
4. Digite 590 e pressione Enter.
5. Selecione as células O3:O9.
6. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão Inserir e selecione
Inserir Células.
7. Na caixa de diálogo Inserir, certifique-se de que a opção Deslocar células para direita
esteja selecionada, conforme mostrado na Figura 6-2. Clique em OK.

Figura 6-2
A caixa de diálogo Inserir

8. Observe que as células que estavam no intervalo O3:O9 se deslocam uma célula para a
direita. A planilha deve ser semelhante à da Figura 6-3.
72 Lição 6

Comando Inserir
Figura 6-3
A planilha após inserir células

As células da coluna G moveram-se para baixo Intervalo de células inserido

9. Na célula O3, digite Novembro.


10. Insira os seguintes números nas células O4 a O9:
480
502
446
577
302
302
11. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 6 como 06 Patient Visits Insert Delete
Solution *(06 Solução Inserir Excluir Visitas de Pacientes).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Adições e alterações são atividades comuns em pastas de trabalho do Excel 2016. Após criar e
salvar uma pasta de trabalho do Excel que controla o número de pacientes tratados mensalmente, o
assistente administrativo da Contoso descobriu que havia necessidade de correções e outros dados
precisaram ser adicionados. No exercício anterior, você fez correções e adições.

Ao clicar na seta do botão Inserir no grupo Células na guia Página Inicial, o menu indica que é
possível inserir células, linhas da planilha, colunas da planilha ou até mesmo uma nova planilha em
uma pasta de trabalho.

Se você clicar no botão Inserir, no grupo Células, será inserida uma célula em branco e, por padrão,
as células existentes movem-se para baixo na coluna. Se, no entanto, você clicar na seta do botão
Inserir e depois selecionar Inserir células, a caixa de diálogo Inserir será aberta, como mostrado na
Figura 6-2, e você poderá optar por deslocar as células para a direita ou para baixo, inserir uma linha
ou inserir uma coluna em uma planilha.

Exclusão de células de uma planilha


Ao excluir células em uma planilha, você remove uma ou mais células, forçando as outras células a
se moverem para cima ou para a esquerda.
Formatação de células e intervalos 73

PASSO A PASSO Excluir células de uma planilha

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você modificou no exercício anterior.


1. Clique na célula P7 para ativá-la.
2. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão Excluir e, em seguida,
selecione Excluir Células.
3. Na caixa de diálogo Excluir, selecione a opção Deslocar células para a esquerda e clique
em OK. O conteúdo na célula Q7 se desloca para a esquerda e é exibido na célula P7.
4. Realce o intervalo A8:P8.
5. Clique com o botão direito do mouse na seleção, que é uma duplicação da próxima linha
de dados, e selecione Excluir no menu de atalho.
6. Na caixa de diálogo Excluir, verifique se Deslocar células para cima está selecionado
e depois clique em OK.
7. Para excluir um intervalo de células em uma coluna, realce o intervalo D3:D8 e, na guia
Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão Excluir e selecione Excluir Células.
Certifique-se de que Deslocar células para a esquerda esteja selecionado e depois clique
em OK. Pressione Ctrl+Home. A planilha deve ser semelhante à da Figura 6-4.

Figura 6-4
A planilha após a exclusão
de células
8. SALVAR a pasta de trabalho e FECHAR o arquivo.

PAUSE. DEIXE O Excel aberto para usar no próximo exercício.

Ao clicar na seta abaixo do comando Excluir no grupo Células na guia Página Inicial, observe que é
possível excluir uma linha da planilha, uma célula, uma coluna da planilha ou uma planilha inteira.

Excluir uma célula não é o mesmo que limpar o conteúdo da célula, que você aprendeu na lição 2,
“Trabalho com o Microsoft Excel 2016”. Pense em uma planilha do Excel como várias pilhas de
caixas. As caixas estão alinhadas, lado a lado e em cima uma da outra, para formar uma grade. O
lado aberto da cada caixa está virado para você. Você pode tirar conteúdo da caixa, esvaziando-a,
mas ela permanece na pilha. Isso é equivalente a limpar o conteúdo da célula. O mesmo princípio
aplica-se ao pressionar Excluir no teclado: você está simplesmente removendo o conteúdo da célula.
No entanto, quando você tira uma caixa da pilha, a caixa inteira acaba. Isso é o mesmo que excluir
uma célula usando o comando Excluir Células.

FORMATAÇÃO MANUAL DO CONTEÚDO DAS CÉLULAS


O Excel oferece muitas ferramentas diferentes para ajudar a formatar o conteúdo da célula. A
aplicação da formatação pode tornar suas planilhas mais fáceis de entender, destacar informações
importantes e proporcionar um toque profissional. As ferramentas necessárias para destacar suas
planilhas estão localizadas em vários grupos na guia Página Inicial da faixa de opções.
74 Lição 6

Alinhamento e recuo do conteúdo da célula


O Excel permite alinhar texto e números horizontal e verticalmente. Alinhar significa organizar
em uma linha ou colocar em alinhamento. O alinhamento horizontal inclui esquerda, direita e
centro. O alinhamento vertical inclui a parte de cima, a parte central e a parte inferior. Você pode
usar comandos de alinhamento no grupo Alinhamento na guia Página Inicial ou comandos na caixa
de diálogo Formatar Células para alterar o alinhamento do conteúdo da célula. O recuo move o
conteúdo da célula para mais perto da borda direita de uma célula. Dados de recuo em uma planilha
Excel são frequentemente executados em texto subordinado para aumentar a capacidade de leitura.

PASSO A PASSO Alinhar o conteúdo das células

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo de dados 06 Patient Visits Format Cells para essa lição.
2. Selecione A3:O3.

Solução de A formatação manual é aplicada apenas às células selecionadas. Portanto, você precisa
problemas selecionar uma célula ou um intervalo antes de aplicar a formatação.

3. Na guia Página Inicial, no grupo Alinhamento, clique no botão Centralizar,


conforme mostrado na Figura 6-5. Os rótulos das colunas agora estão centralizados
horizontalmente.

Alinhar Alinhar no Meio


em Cima Alinhar Embaixo Aumentar recuo
Figura 6-5
Os botões de alinhamento

Alinhar à Alinhar à Diminuir recuo


esquerda direita
Centralizar

4. Selecione D4:O8 e, em seguida, na guia Página Inicial, no grupo Alinhamento, clique no


botão Alinhar à Direita. Todos os números nas colunas de meses agora estão alinhados
à direita.
5. Selecione C4:C8.
6. Na guia Página Inicial, no grupo Alinhamento, clique no botão Aumentar recuo.
O conteúdo da célula se move para a borda da célula à direita.
7. Clique no botão Diminuir recuo. O conteúdo da célula se move para a borda da célula
à esquerda.
8. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 6 como 06 Patient Visits Format Cells
Solution (06 Solução de Formatação de Células de Visitas de Pacientes).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Por padrão, ao digitar caracteres alfabéticos ou caracteres alfabéticos combinados com números
ou símbolos, o conteúdo da célula será alinhado à esquerda na horizontal, o que significa que se
alinhará ao longo do lado esquerdo da célula. Ao digitar os números, o conteúdo será alinhado à
direita; ou seja, alinha-se com o lado direito da célula. Ao centralizar o conteúdo, ele se alinha com
o ponto médio de uma célula.
O alinhamento vertical afeta a localização do conteúdo verticalmente dentro de uma célula. Suas
opções no grupo Alinhamento na guia Página Inicial são Alinhar em Cima, Alinhar no Meio e
Alinhar Abaixo. Você também pode selecionar Justificar ou Distribuído, que estão disponíveis na
caixa de diálogo Formatar Células, mostrada na Figura 6-6. Para acessar a caixa de diálogo, clique no
Iniciador de Caixa de Diálogo no canto inferior direito do grupo Alinhamento na guia Página Inicial.
Formatação de células e intervalos 75

Figura 6-6
A guia Alinhamento da caixa
de diálogo Formatar Células

Veja a seguir a descrição de cada tipo de alinhamento vertical:

• Acima (ou Alinhar em Cima): A linha superior do texto aparece na parte superior da célula.
• Centralizar (ou Alinhar no Meio): O texto é centralizado no meio entre a parte superior e a
inferior da célula.
• Abaixo (ou Alinhar Embaixo): O texto aparece na parte inferior da célula. Este é o alinhamento
vertical padrão.
• Justificar: O texto é distribuído uniformemente em toda a célula. O Excel quebrará o texto e
ajustará automaticamente a altura da linha, se for necessário.
• Distribuído: O texto é distribuído uniformemente entre o topo da célula e a parte inferior,
separado por espaço em branco.

Escolha de fontes e tamanhos de fonte


Uma fonte é um conjunto de propriedades de texto que afetam o tipo de letra, tamanho e estilo
de texto. A fonte padrão, ou predefinida, para texto normal no Excel 2016 é Calibri, tamanho 11.
Você pode alterar a fonte para uma célula selecionada, um intervalo de células, colunas, linhas e até
mesmo para caracteres específicos dentro de uma célula. Para alterar a fonte, selecione uma nova
fonte no menu Fonte no grupo Fonte na guia Página Inicial. Você também pode alterar o tamanho
na caixa Tamanho da Fonte ou clicar em Aumentar Tamanho da Fonte ou Diminuir Tamanho da
Fonte até o tamanho que você desejar ser exibido na caixa Tamanho da Fonte.

PASSO A PASSO Escolher fontes e tamanhos de fontes

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique em A1.
2. Na guia Página Inicial, no grupo Fonte, abra o menu Fonte e selecione a primeira opção
em Fontes do Tema na parte superior, Calibri Light, conforme mostrado na Figura 6-7.
Somente o texto na célula A1 é alterado para a nova fonte.
76 Lição 6

Figura 6-7
O menu Fonte

3. Com a célula A1 ainda selecionada, abra o menu Tamanho da Fonte indicado na


Figura 6-8. Selecione 18. O tamanho da fonte do texto é alterado para 18 pontos.

Fonte Tamanho da fonte


Figura 6-8
As opções relacionadas à
fonte no grupo Fonte
Diminuir tamanho da fonte

Aumentar tamanho da fonte

4. Selecione A3:O3 e, na lista Fonte, selecione Arial.


5. Com A3:O3 ainda selecionado, altere o Tamanho da Fonte para 10. Os rótulos dos títulos
das colunas agora estão em Arial 10.
6. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.


Formatação de células e intervalos 77

O Excel oferece muitas fontes, tais como Arial, Calibri e Times New Roman, no menu Fonte. Para
melhorar o design geral de uma planilha, o tamanho da fonte geralmente é ampliado para títulos
e rótulos.
O tamanho da fonte é medido em pontos. Cada vez que você clica em Diminuir Tamanho da Fonte
ou Aumentar Tamanho da Fonte, o tamanho muda em uma quantidade que corresponde às opções
de tamanho na lista Tamanho da Fonte. Os pontos referem-se à medição da altura dos caracteres
em uma célula. Um ponto é igual a 1/72 polegadas.
Na caixa de diálogo Opções do Excel (selecione Arquivo > Opções), na página Geral, você pode
alterar a fonte padrão usada em todas as novas pastas de trabalho.

Solução de Se você escolher outra fonte padrão e/ou tamanho de fonte, essa fonte será usada apenas nas
problemas pastas de trabalho que você criar depois de alterar o padrão e reiniciar o Excel. As pastas de
trabalho existentes não são afetadas.

Sempre que você selecionar texto, células, linhas ou colunas de formatação, será possível usar a Minibarra
de ferramentas, mostrada na Figura 6-9, para aplicar os recursos de formatação selecionados. A
Minibarra de ferramentas é uma ferramenta de formatação que aparece acima ou abaixo do menu
de atalho ao clicar com o botão direito do mouse em uma célula. Esta barra de ferramentas exclusiva
fornece os comandos de formatação mais comumente usados. Ao contrário da Barra de Ferramentas
de Acesso Rápido, que pode ser personalizada, você não pode personalizar a Minibarra de ferramentas.

Figura 6-9
A Minibarra de ferramentas

Alteração da cor da fonte


O Excel permite escolher entre milhares de cores para aplicar os dados nas planilhas. Abra o menu
Cor da Fonte no grupo Fonte na guia Página Inicial para trabalhar com cores de temas e a paleta de
cores padrão, ou clique em Mais Cores para acessar uma seleção de cores muito maior.

PASSO A PASSO Alterar a cor da fonte

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique em A1.
2. Abra o menu Cor da Fonte, como mostrado na Figura 6-10 e, em Cores Padrão, clique na
caixa de cor Vermelho. O texto Contoso, Ltd. agora tem uma cor de fonte vermelha.
Figura 6-10
A paleta Cor da Fonte no
grupo Fonte

Caixa de cor vermelha


78 Lição 6

3. Selecione A3:O3, abra o menu Cor da Fonte e, em Cores Padrão, clique na caixa de cor
Azul (a terceira a partir da direita).
4. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

A cor aplicada mais recentemente aparece no botão Cor da fonte. Para aplicar a cor, faça uma
seleção e clique em Cor da fonte. Para aplicar uma cor de texto diferente, clique na seta ao lado do
botão Cor da fonte. Você pode escolher uma cores do tema ou uma cor padrão. Você também pode
clicar em Mais Cores para abrir a caixa de diálogo Cores, na qual você pode optar por outras cores
padrão ou criar cores personalizadas.

Aplicação de atributos de caractere especial


Um atributo é uma formatação característica, como negrito, itálico ou linha sublinhada. Você
pode aplicar atributos de caractere no Excel, selecionando os dados a serem afetados e clicando no
botão no grupo Fonte na guia Página Inicial.

PASSO A PASSO Aplicar atributos de caracteres especiais

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione A3:O3.
2. No grupo Fonte, clique no botão Negrito e depois clique no botão Itálico, como
mostrado na Figura 6-11. Os rótulos de coluna aparecem em negrito e itálico.

Negrito Itálico Sublinhado


Figura 6-11
Os botões Negrito, Itálico e
Sublinhado no grupo Fonte

3. Selecione A4:B8 e clique no botão Negrito. Os nomes e sobrenomes agora são exibidos
em negrito.
4. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Atributos de caracteres especiais proporcionam apelo visual além de alterar a fonte e o tamanho da fonte.
Também é possível chamar a atenção para dados específicos aplicando essas características especiais.
Para aplicar sublinhado, clique no botão Sublinhado no grupo Fonte. Você também pode clicar na
seta ao lado do botão Sublinhado e selecionar Sublinhado duplo na lista.
Formatação de células e intervalos 79

Ao aplicar sublinhado nas células, somente o conteúdo da célula é sublinhado. Para criar a aparência
de uma linha contínua, ou sublinhado, na parte inferior de uma célula, é necessário aplicar uma
borda. Você aprenderá sobre borda posteriormente nesta lição.

Preenchimento de células com cor


Ao formatar planilhas, você muitas vezes desejará aplicar um sombreamento colorido, ou realce, no
plano de fundo das células para que se sobressaiam do resto das células. Use a ferramenta Cor do
Preenchimento no grupo Fonte na guia Página Inicial para obter este tipo de realce.

PASSO A PASSO Preencher as células com cor

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione A3:O3.
2. No grupo Fonte, clique na seta de botão Cor do Preenchimento. As paletas Cores do
Tema e Cores Padrão são exibidas.
3. Selecione a caixa de cor Azul, Ênfase1, 80% Mais Claro, conforme mostrado na Figura
6-12. Um plano de fundo azul claro é aplicado à linha do título da coluna.

Cor de preenchimento
Figura 6-12
A caixa de cor Azul,
Ênfase1, 80% Mais Claro
na ferramenta Cor de
Preenchimento

4. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR o arquivo.

PAUSE. DEIXE O Excel aberto para usar no próximo exercício.

Sem preenchimento (clara) é a cor de fundo padrão. A paleta de cores usada para aplicar cores de
fonte é exibida nas mesmas cores que a paleta de cores da cor de fundo.

Parecido com a seleção de uma cor da fonte, depois de selecionar uma cor e aplicá-la ao plano
de fundo da célula, o botão Cor de Preenchimento assume essa cor. Para aplicar a cor mostrada
no botão Cor de Preenchimento, basta selecionar e clicar no botão. Para aplicar uma cor de
preenchimento diferente, clique na seta junto a Cor de Preenchimento e aplique um tema de cor
ou uma cor padrão. Você também pode clicar em Mais Cores para abrir a caixa de diálogo Cores e
personalizar a mistura de cores.

Você pode aplicar um efeito padrão nas células, bem como uma cor de fundo. Para isso, primeiro
selecione o intervalo de células ao qual deseja aplicar uma cor de fundo com efeitos de preenchimento,
em seguida, clique em Iniciador de Caixa de Diálogo do grupo Fonte. A caixa de diálogo Formatar
Células é aberta. Clique na guia Preenchimento. Como mostrado na Figura 6-13, é possível fazer
uma seleção na caixa Estilo Padrão para adicionar um padrão para a cor de fundo.
80 Lição 6

Figura 6-13
Adicionar um padrão à cor
de fundo da célula

Aplicação de formatos de números


Normalmente, os valores que você digita nas células não são formatados, eles consistem de uma
sequência de numerais. Você deve formatar os números para que eles sejam mais fáceis de ler, ou
sejam consistentes em termos de número de casas decimais mostradas. Você pode usar as ferramentas
no grupo Número na guia Página Inicial para aplicar uma grande variedade de formatos de número,
de moeda para datas e horários para notação científica.

PASSO A PASSO Aplicar formatos de número

PREPARE-SE. INICIE o Microsoft Excel se ele ainda não estiver aberto.


1. ABRIR o arquivo de dados 06 Contoso Revenue para esta lição.
2. Certifique-se de que a Planilha1 seja a planilha ativa.
3. Selecione B4:D8. Esses dados estão formatados como Geral, sem vírgulas nem casas
decimais.
4. Na guia Página Inicial, no grupo Número, abra o menu Formato de Número conforme
mostrado na Figura 6-14.

Figura 6-14
O menu Formatar Número
Formatação de células e intervalos 81

5. Selecione Moeda. Os números agora estão formatados como dólares, com duas casas
decimais para representar centavos.
6. Com B4:D8 ainda selecionado, no menu Formato de Número, selecione Contábil. Esse
formato alinha o cifrão à esquerda em todas as células.
7. No grupo Número, clique no botão Casas aumentar Decimais duas vezes para não
exibir casas decimais. Os botões Aumentar Casas Decimal e Diminuir Casas Deicimais
são mostrados na Figura 6-15. Os números agora estão exibidos como dólares inteiros.

Formato de número de Contabilização


Figura 6-15 Estilo de porcentagem

Os botões no grupo Número Separador de Milhares

Diminuir Casas Deicimais

Aumentar Casas Decimais

8. Clique em uma célula em branco, como A11.


9. Clique em Plan2.
10. Selecione B6:B11.
11. No grupo Número, clique no botão Separador de Milhares. Observe que os números são
formatados com um separador de milhar e duas casas decimais, mas sem cifrão.
12. Com B6:B11 ainda selecionado, no grupo Número, clique no botão Formato de número de
contabilização e, em seguida, clique no botão Diminuir casas decimais duas vezes. Essas
ações tornam o intervalo atual consistente com o formato de número em Planilha1.
13. Selecione C6:C11.
14. No menu Formato de Número, selecione Data Abreviada. As datas agora estão no
formato mm/dd/aaaa.
15. Diminua manualmente a largura da coluna C para eliminar o espaço extra.
16. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 6 como 06 Contoso Revenue Solution
(06 Solução de Receita da Contoso).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Observação A formatação de um número não afeta o valor na célula. A formatação simplesmente muda a
aparência do número.

O menu Formatar Número contém várias opções que permitem aplicar rapidamente formatos
de número comuns. Ao clicar em uma destas opções, a célula ativa assume o formato de número
especificado. Você também pode selecionar um intervalo de células (ou uma linha ou coluna inteira)
antes de clicar em uma opção de formato de número. A Tabela 6-1 resume os vários formatos
disponíveis no menu Formato de Número.
82 Lição 6

Tabela 6-1
Formato de Descrição
Opções de predefinição de número
formato de número do Excel
disponíveis no menu Formato Geral Este é o formato padrão que o Excel aplica quando você insere texto ou um
de Número número em uma célula.

Número Este formato é usado para a exibição geral de números, com duas casas decimais
por padrão.

Moeda Este formato é usado para valores monetários gerais e exibe o símbolo de moeda
padrão com duas casas decimais.

Contábil Este formato também é usado para valores monetários. Símbolos de moeda
e pontos decimais são alinhados neste formato.

Data Abreviada Este formato exibe dias, meses e anos no estilo mm/dd/aaaa, por padrão.

Data Completa Este formato exibe datas em um formato longo, tais como domingo,
15 de janeiro de 2017.

Hora Este formato aplica-se a um único formato: 12:00:00 AM. Se você deseja escolher
outro formato de hora, deve usar a caixa de diálogo Formatar Células.

Porcentagem Este formato exibe o número com um sinal de porcentagem e duas casas decimais.

Fração Este formato exibe o número como uma fração.

Clientífico Este formato exibe números em notação exponencial (com um E): por exemplo,
2,00E+05 = 200.000; 2,05E+05 = 205.000.

Na maioria dos casos, os formatos dos números fornecidos no menu Formato de Número são
adequados. No entanto, você pode ocasionalmente querer mais controle sobre a exibição dos seus
valores. O Excel oferece controle sobre formatos de número na caixa de diálogo Formatar Células.

A guia Número da caixa de diálogo Formatar Células exibe 12 categorias de formatos de número
para escolher, a maioria também está disponível no menu Formato de Número. No entanto, ao
selecionar uma categoria da caixa de lista na caixa de diálogo Formatar Células, o lado direito da
guia muda para exibir as opções.

Por exemplo, a categoria Número tem três opções que você pode controlar:

• O número de casas decimais para exibir


• Se deseja usar um separador de milhar
• Como exibir números negativos
Observe que a caixa de lista Números Negativos tem quatro opções, duas das quais exibem valores
negativos em vermelho. Essas opções mudam dependendo do número de casas decimais e se você
escolher separar milhares. Além disso, observe que uma seção de amostra perto do topo da caixa de
diálogo exibe como a célula ativa aparecerá com o formato de número selecionado. Depois de fazer
suas escolhas, clique em OK para aplicar o formato de número para todas as células selecionadas.

As categorias de formato de números que são exclusivas para a guia Número na caixa de diálogo
Formatar Células são descritas na Tabela 6-2.
Formatação de células e intervalos 83

Tabela 6-2
Formato de Descrição
Categorias de formato de número
número adicional
Especial Contém formatos de número adicionais específicos para o seu país. Nos Estados
Unidos, há quatro (CEP, CEP + 4, número de telefone e número de segurança
social); no Canadá, existem dois (número de telefone e número do seguro social);
na maioria dos outros países, não há nenhum.
Personalizada Permite definir formatos numéricos personalizados que não estão incluídos em
nenhuma das outras categorias.
Texto Quando aplicado a um valor, faz o Excel tratar o valor como texto (mesmo se
parecer com um número). Esse recurso é útil para itens tais como números de peça.

Quebra automática de texto em uma célula


Quando uma célula é formatada para quebrar texto, dados muito longos para exibir
automaticamente na largura da célula são exibidos na próxima linha dentro da célula. A quebra
automática de texto também aumenta a altura da linha automaticamente. Se você posteriormente
alterar a largura da coluna, a quebra automática de texto e a altura da linha serão ajustadas
automaticamente.

PASSO A PASSO Quebrar o texto em uma célula


PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você salvou no exercício anterior.
1. Clique em Plan1. Observe que o conteúdo de duas células na coluna A não pode ser
totalmente exibido por causa do comprimento.
2. Clique em A4, mantenha pressionada a tecla Ctrl e clique em A7. As duas células, A4 e
A7, são selecionadas.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Alinhamento, clique no botão Quebrar Texto
Automaticamente. O texto nas duas células é quebrado para uma segunda linha sem
afetar a largura da coluna, conforme mostrado na Figura 6-16. Observe que o botão
Quebrar Texto Automaticamente assume um plano de fundo mais escuro, indicando que
o texto nas células selecionadas está quebrado.

Figura 6-16
A planilha formatada com
quebra automática de texto

Células quebradas Indica que o conteúdo das células


selecionadas é quebrado
84 Lição 6

4. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

É possível remover a quebra de texto selecionando a célula apropriada e clicando no botão Quebrar
Texto Automaticamente novamente.

Mesclagem de células e divisão de células mescladas


A mesclagem é uma ferramenta útil ao combinar dados de outras fontes, e como meio de centralização
de um título através de múltiplas colunas. A célula mesclada combina duas ou mais células em uma
única célula. Dividir as células, ou desfazer a mesclagem, separa as células mescladas anteriormente.
O botão Mesclar e Centralizar no grupo Alinhamento da guia Página Inicial fornece vários comandos
de mesclagem e o comando Desfazer Mesclagem de Células. Use o comando Mesclar células se quiser
mesclar uma seleção sem centralizar os dados na célula mesclada resultante.

PASSO A PASSO Mesclar e dividir células

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você salvou no exercício anterior.


1. Em Plan1, selecione A1:D1.
2. Na guia Página Inicial, no grupo Alinhamento, clique na principal parte do botão Mesclar
e Centralizar. O nome da empresa permanece em uma única célula, que agora está
centralizada entre as colunas.
3. Selecione A2:D2.
4. Na guia Página Inicial, no grupo Alinhamento, abra o menu Mesclar e Centralizar.
Selecione Mesclar e Centralizar. O título permanece em uma única célula, que agora
está centralizada entre as colunas. Esta etapa surte em A2:D2 o mesmo efeito que a
etapa 2 em A1:D1.
5. Selecione A3:D3.
6. No menu Mesclar e Centralizar, clique em Mesclar e Centralizar.
7. Leia a mensagem de erro exibida e clique em OK.
8. Permanece somente o título na primeira coluna, que não é o efeito que desejamos.
Pressione Ctrl+Z para desfazer a última alteração e restaure os títulos. Consulte a
Figura 6-17.

Figura 6-17
A planilha formatada com
células nas duas primeiras
linhas mescladas e
centralizadas

Mesclado e
centralizado

9. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Uma célula mesclada é criada pela combinação de duas ou mais células adjacentes na horizontal ou
na vertical. Ao mesclar células, as células selecionadas tornam-se uma grande célula que abrange
várias colunas ou linhas.
Formatação de células e intervalos 85

Para dividir, ou desfazer a mesclagem, logo depois de mesclar as células, pressione Ctrl+Z. Caso
contrário, abra o menu Mesclar e Centralizar e depois selecione Desfazer Mesclagem de Células para
dividir células mescladas. Você pode dividir as células que foram mescladas em células separadas
novamente, mas não pode dividir uma célula de planilha única que não foi mesclada.

Colocação de bordas em torno das células


Você pode usar bordas para tornar uma planilha mais atraente visualmente e para facilitar a leitura.
Você pode aplicar os estilos de borda predefinidos do Excel ou personalizar as bordas, especificando
um estilo de linha e cor da sua preferência.

PASSO A PASSO Colocar bordas em torno de células

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você salvou no exercício anterior.


1. Em Plan1, selecione A3:D3.
2. Na guia Página Inicial, no grupo Fonte, clique na seta do botão Bordas para abrir o menu
Bordas.
3. Selecione Bordas superior e inferior. O teto selecionado agora tem bordas superior e
inferior.
4. Com A3:D3 ainda selecionado, abra o menu Bordas no grupo Fonte e selecione Mais
Bordas.
5. Na caixa de diálogo Formatar Células, clique na guia Borda, se necessário.
6. Clique em uma espessura de linha mais grossa, como a quinta linha da segunda coluna,
em Estilo. Clique nas linhas de borda superior e inferior mostradas na visualização à
direita para aplicar a linha mais grossa. Consulte a Figura 6-18.

Clique em ambas as linhas para aplicar o estilo


Estilo de largura da linha selecionada de largura às bordas superior e inferior
Figura 6-18
Aplicação de uma opção
de borda

7. Abra a lista Cor e sob Cores Padrão, selecione a caixa de cor Azul (a terceira a partir
da direita sob Cores Padrão) e depois clique nas linhas de borda superior e inferior
mostradas na prévia à direita para aplicar a cor. Clique em OK e depois clique em uma
célula em branco para que você possa visualizar o resultado. Consulte a Figura 6-19.
86 Lição 6

Figura 6-19
A planilha com borda azul
acima e abaixo dos rótulos de
título de coluna

8. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR o arquivo.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para usar no próximo exercício.

Bordas geralmente são usadas para diferenciar títulos, rótulos ou totais.

No grupo Fonte, o botão Bordas mostra o estilo de borda usado mais recentemente e o nome do
botão muda para esse nome de estilo. Clique no botão Borda (não na seta) para aplicar o estilo
novamente, ou clique na seta e escolha um estilo de borda diferente. Clique em Mais bordas para
aplicar uma borda diagonal ou personalizada.

Na guia Borda da caixa de diálogo Formatar Células, clique em um estilo de linha e selecione uma
cor. Você pode selecionar um estilo de borda predefinido ou criar um estilo com as opções de linha
na área Borda. Para remover uma borda, basta clicar na linha de borda no painel de visualização na
caixa de diálogo Formatar Células.

CÓPIA DE FORMATAÇÃO DA CÉLULA USANDO O PINCEL DE


FORMATAÇÃO
O Pincel de Formatação é um recurso encontrado na maioria dos aplicativos do Office, que
permite copiar rapidamente atributos de formatação que você já tenha aplicado e “pintar” esses
atributos em outro texto, formas, imagens e células da planilha. Você pode usar o Pincel de Formatação
para copiar fonte, tamanho e cor da fonte, atributos de caracteres como negrito e sublinhado,
alinhamento, recuo, formatos de número, bordas e sombreamento. O Pincel de Formatação está
localizado no grupo Área de Transferência da guia Página Inicial e na Minibarra de ferramentas.

PASSO A PASSO Usar o Pincel de Formatação para copiar a formatação

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo de dados 06 Contoso Painter Paste Special para essa lição.
2. Clique em Plan2.
3. Clique na célula A5.
4. Na guia Página Inicial, no grupo Alinhamento, clique no botão Centralizar.
5. No grupo Fonte, clique no botão Sublinhado.
6. No grupo Fonte, clique na seta de botão Cor da Fonte e depois selecione Azul Escuro,
Texto 2 (a quarta cor na primeira linha em Cores do Tema.
7. Na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique no botão Pincel de
Formatação. O ponteiro do mouse muda para um sinal de adição com um pincel,
como mostrado na Figura 6-20.
Formatação de células e intervalos 87

Figura 6-20
Pincel de Formatação
O ponteiro do mouse do
Pincel de Formatação
Ponteiro do mouse do
Pincel de Formatação

Célula com formatação


a ser copiada

8. Arraste sobre B5:C5. A formatação de A5 é aplicada a B5 e C5.


9. Se o Pincel de Formatação ainda estiver ativo, clique no botão Pincel de Formatação
novamente ou pressione Esc para desativá-lo.
10. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 6 como 06 Contoso Painter Paste
Special Solution (06 Solução Colar Especial do Pincel Contoso).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Observação Você pode clicar duas vezes no Pincel de Formatação se desejar aplicar formatos de várias seleções.

NOÇÕES BÁSICAS SOBRE AS OPÇÕES DE COLAR ESPECIAL


O Excel fornece outra ferramenta, chamada Colar Especial, que permite controlar especificamente
o que você deseja colar após usar o comando Copiar ou Recortar, como o conteúdo de célula,
fórmulas, valores, formatação e muito mais. Colar Especial está disponível no grupo Área de
transferência na guia Página Inicial, ou no menu de atalhos exibido após clicar em uma célula.

PASSO A PASSO Compreender as opções de colagem especial

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você salvou no exercício anterior.


1. Verifique se você está na Plan2.
2. Na célula A12, digite Mendes, Leticia.
3. Selecione B11:C11.
4. Pressione Ctrl+C a fim de copiá-la para a Área de Transferência.
5. Clique com o botão direito do mouse na célula B12 e selecione Colar Especial no menu
de atalho. A caixa de diálogo Colar Especial é aberta conforme mostrado na Figura 6-21.
88 Lição 6

Figura 6-21
Utilização da caixa de
diálogo Colar Especial

6. Selecione Formatos e clique em OK. Somente a formatação de B11:C11 é aplicada a


B12:C12.
7. Em B12, digite 1534 e pressione Tab. O conteúdo é formatado como igual a B11.
8. Na célula C12, digite 15/12/2017 e pressione Enter. O conteúdo assume o mesmo
formato de data de C11.
9. Clique em A13 e digite o rótulo Total.
10. Clique em B13 e na guia Página Inicial, no grupo Edição, clique no botão AutoSoma
e depois pressione Enter. Os valores em B6:B12 são totalizados.
11. Clique em B13 e pressione Ctrl+C para copiar a seleção para a Área de Transferência.
12. Clique com o botão direito em B14, selecione Colar Especial, na caixa de diálogo Colar
Especial, selecione Valores e depois em OK. Pressione Esc para cancelar a borda móvel
na célula B13. Somente o valor da fórmula em B13 foi copiado para B14 e não a própria
fórmula ou qualquer formatação de célula.
13. Exclua o conteúdo da célula B14.
14. SALVAR a pasta de trabalho e FECHAR o arquivo.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para usar no próximo exercício.

Com Colar Especial, você seleciona uma célula ou intervalo de células com o conteúdo da formatação
que deseja copiar, emite o comando Copiar ou Recortar e depois seleciona Colar Especial. Usando
ambos os botões em um menu ou a caixa de diálogo Colar Especial, é possível escolher o que colar
em uma célula ou intervalo diferente. Algumas das opções para colar incluem fórmulas, somente os
valores exibidos como o resultado das fórmulas, a formatação de célula, a largura da coluna, tudo
exceto bordas de células, valores e formatos de número e links.

FORMATAÇÃO DE CÉLULAS COM ESTILOS


O Excel fornece uma galeria de estilos de célula predefinidas que você pode aplicar para aumentar
consideravelmente o apelo de suas planilhas. Você pode duplicar e modificar estilos para criar
seus próprios estilos personalizados, e pode facilmente remover estilos, se não desejar usar essa
formatação específica.

O estilo é um conjunto de atributos de formatação que você pode aplicar a uma célula ou intervalo
de células mais facilmente do que pela configuração de cada atributo individualmente. Para aplicar
um estilo à célula em uma célula ativa ou intervalo, clique em Estilos de Célula na guia Página
Inicial e, em seguida, escolha o estilo de célula que deseja aplicar. Você pode aplicar mais de um
estilo a uma célula ou intervalo.
Formatação de células e intervalos 89

PASSO A PASSO Aplicar estilos de célula

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo de dados 06 Contoso Cell Styles para essa lição.
2. Clique em Plan1.
3. Selecione a célula A1.
4. Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, abra o menu Estilos de Célula. A galeria Estilos
de Célula aparece, como mostrado na Figura 6-22.

Figura 6-22
A galeria de Estilos de Célula

5. Na seção Títulos, selecione o estilo Título 1 para aplicá-lo à primeira célula da planilha.
6. Selecione a célula A2.
7. Abra a galeria Estilos de Célula e, na seção Estilos de Célula com Tema, selecione
Ênfase1. Um fundo azul com texto branco é aplicado à célula A2.
8. Selecione A8:D8.
9. Abra a galeria Estilos de Células e, na seção Títulos, selecione Total. Negrito é aplicado,
uma borda azul fina aparece acima de A8:D8, e um sublinhado duplo é exibido abaixo do
intervalo de células. Selecione uma célula em branco para ver os resultados. Consulte a
Figura 6-23.
90 Lição 6

Figura 6-23
A planilha com os estilos de
célula aplicados

10. SALVAR a pasta de trabalho na pasta da Excel Lesson 6 como 06 Contoso Cell Styles
Solution (06 Solução Estilos de Célula Contoso) e depois FECHAR o arquivo.

PAUSE. DEIXE O Excel aberto para usar no próximo exercício.

Os atributos de estilo incluem fontes e tamanhos de fonte, formatos de número, bordas e


sombreamento. O Excel tem vários estilos predefinidos que você pode aplicar. Também é possível
modificar ou duplicar um estilo de célula para criar um estilo de célula personalizado.

Ao apontar para estilos definidos na Galeria de estilos de célula, você pode ver a formatação que
será usada ao aplicar cada estilo. Esse recurso permite avaliar a formatação sem realmente aplicá-la.

Tente combinar estilos para atingir o efeito desejado. Por exemplo, você pode clicar em um estilo de
célula com tema, que aplicará o sombreamento de célula. Em seguida, você pode clicar novamente
em Estilos de Célula e clicar em Título 1, o que aplica um tamanho de fonte maior em negrito e
uma borda inferior espessa.

Se não estiver satisfeito com um estilo aplicado, você poderá usar o comando Desfazer imediatamente
depois de aplicar o estilo, remover o estilo aplicando o estilo Normal ou aplicar outro estilo à célula
ou intervalo.

TRABALHO COM DADOS COM HIPERLINK


Para obter acesso rápido a informações relacionadas em outra parte da pasta de trabalho, outro
arquivo ou em uma página da web, insira um hiperlink em uma célula da planilha. Um hiperlink
é um atalho de tipos que permite navegar até uma página da web ou um local em outro arquivo
com apenas um clique do mouse. Hiperlinks permitem complementar os dados da planilha com
informações adicionais e recursos.

Inserção de hiperlinks em uma planilha


Você pode adicionar um hiperlink ao seu documento usando o botão Hiperlink na guia Inserir, ou
clicando com o botão direito em uma célula e selecionando Hiperlink no menu de atalhos.
Formatação de células e intervalos 91

PASSO A PASSO Inserir hiperlinks em uma planilha

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo de dados 06 Contoso Hyperlink para essa lição.
2. Clique em Plan2.
3. Clique na célula A15.
4. Digite Site da empresa: e pressione Enter.
5. Alargue manualmente a coluna A até que todo o conteúdo seja exibido corretamente na
célula A15.
6. Clique com o botão direito do mouse na célula B15 e selecione Hiperlink no menu de
atalho.
7. Na caixa de diálogo Inserir Hiperlink, na caixa Endereço, digite http://www.contoso.com/
e clique em OK.
8. Clique na célula A16.
9. Digite Receita Tri4 e pressione Ctrl+Enter. A célula A16 ainda deve estar selecionada.
10. Clique na guia Inserir e, em seguida, clique no botão Hiperlink.
11. Na lista Vincular a no lado esquerdo da caixa de diálogo Inserir Hiperlink, clique em
Colocar neste Documento.
12. Na caixa Ou selecione um local neste documento, clique em Plan1 e depois em OK. Dois
hiperlinks agora são exibidos na planilha, como mostrado na Figura 6-24.

Figura 6-24
Dois tipos de hiperlinks
inseridos em uma planilha

Hiperlinks

13. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 6 como 06 Contoso Hyperlink
Solution.(06 Solução de Hiperlink Contoso).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Utilização e remoção de um hiperlink


Usar um hiperlink refere-se a clicar no link para navegar para o local integrado ao hiperlink. Após
inserir um hiperlink, é possível usar comandos no menu de atalho para editar o hiperlink e removê-
lo da planilha.
92 Lição 6

PASSO A PASSO Utilizar e remover um hiperlink

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho que você salvou no exercício anterior.


1. Clique no hiperlink na célula B15. Como o hiperlink aponta para um site, seu navegador
da Web padrão é aberto.
2. Fecha a janela do navegador.
3. Clique no hiperlink Receitas Tri4 na célula A16. O Excel exibe a Plan1 com as receitas do
quarto trimestre.
4. Clique em Plan2.
5. Clique com o botão direito do mouse no hiperlink da célula B15 e selecione Remover
Hiperlink no menu de atalho. Observe que o hiperlink é removido da URL, mas o texto
da URL permanece.
6. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR o arquivo.

PAUSE. DEIXE O Excel aberto para usar no próximo exercício.

APLICAÇÃO DE FORMATAÇÃO CONDICIONAL A CÉLULAS


O recurso de formatação condicional do Excel permite que você aplique a formatação de acordo
com as regras. Você pode aplicar uma regra única ou várias regras e usar as regras predefinidas
fornecidas pelo Excel ou personalizá-las para suas necessidades específicas. O Gerenciador de Regras
do Excel fornece maior controle sobre as regras, permitindo que você defina a ordem de várias
regras, ajuste configurações de regra e muito mais.

Aplicação de um formato condicional específico


Para aplicar um formato condicional específico, use o menu Formatação Condicional no grupo
Estilos na guia Página Inicial e depois selecione uma das muitas opções fornecidas.

PASSO A PASSO Aplicar um formato condicional específico

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo de dados 06 Patient Visits Conditional Formatting desta lição.
2. Selecione D4:O8.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique em Formatação Condicional, e selecione
Realçar Regras das Células > É Maior do que. A caixa de diálogo É Maior do que é
exibida.
4. Digite 600 na caixa Formatar células que são MAIORES DO QUE.
5. Deixe a cor de preenchimento padrão, conforme mostrado na Figura 6-25. Clique em OK.
As células que contêm um valor maior que 600 são formatadas com uma cor de fundo
vermelho claro e uma cor de texto vermelho escuro. Esses dados representam os meses
em que os médicos estavam atendendo mais do que o número ideal de pacientes.

Figura 6-25
A caixa de diálogo Maior
Que e as células exibindo a
formatação condicional
Formatação de células e intervalos 93

6. SALVAR a pasta de trabalho na pasta da Excel Lesson 6 como 06 Patient Visits


Conditional Formatting Solution (06 Solução de Formatação Condicional de Visitas de
Pacientes) e FECHAR o arquivo.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para usar no próximo exercício.

A formatação condicional é um recurso poderoso do Excel que permite que você especifique como
as células que atendem a uma determinada condição devem ser exibidas. Assim, a formatação condicional
significa que o Excel aplica a formatação automaticamente, com base em critérios estabelecidos.

Ao analisar dados, muitas vezes você tem perguntas como:

• Quem são os estudantes de desempenho mais alto na ficha de notas?


• Quais representantes de vendas ultrapassaram suas metas de vendas e em quais trimestres?
• Em quais meses as receitas foram mais altas ou mais baixas?
A formatação condicional ajuda a responder essas perguntas, realçando células ou intervalos de
células pertinentes. É possível até mesmo estabelecer várias regras de formatação condicionais para
um intervalo de dados.

Utilização do Gerenciador de Regras para aplicar formatos condicionais


O Gerenciador de Regras do Excel permite escolher formatos condicionais específicos predefinidos
que fornecem uma análise visual de uma planilha ou intervalo de dados selecionado. Você pode aplicar
uma regra única ou várias regras e modificar regras predefinidas para exibir formatos que gostar.

PASSO A PASSO Usar o Gerenciador de Regras para aplicar formatos condicionais

PREPARE-SE. ABRIR o arquivo de dados 06 Patient Visits Conditional Formatting2 para essa lição.
1. Selecione D4:O8.
2. Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, abra menu Formatação Condicional e selecione
Limpar Regras > Limpar Regras das Células Selecionadas.
3. Abra o menu Formatação Condicional novamente e selecione Gerenciar Regras. A caixa
de diálogo Gerenciador de Regras de Formatação Condicional é exibida.
4. Clique no botão Nova Regra. Na caixa de diálogo Nova regra de formatação, selecione
Formatar apenas os primeiros ou últimos valores. A caixa de diálogo é alterada como
mostrado na Figura 6-26.

Figura 6-26
A caixa de diálogo Nova
Regra de Formatação
94 Lição 6

5. Na seção Edite a Descrição da Regra, clique na caixa de seleção % do intervalo selecionado.


6. Clique no botão Formatar. A caixa de diálogo Formatar Células é aberta.
7. Clique na guia Preenchimento e depois selecione a caixa de cor vermelho claro (rosa),
a sexta cor na terceira linha. Clique em OK duas vezes.
8. Na caixa de diálogo do Gerenciador de Regras de Formatação Condicional, clique no
botão Nova Regra.
9. Na caixa de diálogo Nova regra de formatação, selecione Formatar apenas os primeiros
ou últimos valores.
10. Na seção Editar a Descrição da Regra, na primeira lista suspensa à esquerda, selecione
Inferior e, em seguida, clique na caixa de seleção % do intervalo selecionado.
11. Clique no botão Formatar.
12. Na caixa de diálogo Formatar Células, clique em uma cor de plano de fundo amarelo
claro na terceira linha da guia Preenchimento e, em seguida, clique em OK duas vezes.
13. Clique em OK. O Gerenciador de Regras aplica as regras nas células selecionadas,
conforme mostrado na Figura 6-27. Esta exibição permite ver os primeiros 10 valores
percentuais e os últimos 10 do intervalo.

Figura 6-27
A planilha com as regras
de 10% acima e 10%
abaixo aplicadas
14. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 6 como 06 Patient Visits Conditional
Formatting Revised Solution (06 Solução de Formatação Condicional de Visitar de
Pacientes Revisitada) e depois FECHAR o arquivo.

FECHAR o Excel.

O Gerenciador de Regras do Excel permite criar, modificar, aplicar, remover e gerenciar a


formatação condicional, incluindo vários critérios.

Além disso, você pode exibir o Gerenciador de Regras para ver quais regras estão em vigor para
a planilha e aplicar essas regras na hora certa. Na caixa de diálogo Gerenciador de Regras de
Formatação Condicional, você pode adicionar novas regras, editar as regras existentes ou excluir
uma ou todas as regras. As regras são aplicadas na ordem em que estão listadas no Gerenciador de
Regras. Você pode aplicar todas as regras, ou regras específicas para analisar os dados. A formatação
é visível quando a caixa de diálogo Gerenciador de Regras de Formatação Condicional é aberta.
Assim, você pode testar os formatos que deseja aplicar e a ordem na qual eles serão aplicados.
Formatação de células e intervalos 95

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Qual dos comandos a seguir é usado para inserir uma célula em uma planilha?
a. O comando Inserir no grupo Células, na guia Página Inicial
b. O comando Formato no grupo Células, na guia PÁGINA INICIAL
c. O comando Pincel de Formatação, no grupo Área de Transferência da guia Página
Inicial
d. O comando Formato no menu de atalho quando você clica com o botão direito em
uma célula
2. Você deseja formatar uma célula para que o texto seja distribuído uniformemente pela
célula, quebrando automaticamente e ajustando a altura da linha, se necessário. Qual
das seguintes opções de alinhamento deve ser usada?
a. Centralizar
b. Alinhar no Meio
c. Justificar
d. Alinhar em Cima
3. Qual dos seguintes itens você não pode copiar usando o Pincel de Formatação?
a. Cor da fonte
b. Negrito
c. Tamanho da fonte
d. Conteúdo da célula
4. Você não gosta do estilo da célula que acabou de aplicar. Qual das seguintes opções é a
maneira menos eficaz de remover ou substituir o estilo?
a. Aplicar outro estilo à célula.
b. Usar o comando Desfazer.
c. Limpar o conteúdo da célula.
d. Aplicar o estilo Normal à célula.
5. Qual dos seguintes itens não é útil para alterar o tamanho da fonte?
a. Lista suspensa Tamanho da Fonte
b. Botão Aumentar Tamanho da Fonte
c. Botão Diminuir Tamanho da Fonte
d. Botão Aumentar Recuo

Verdadeiro/Falso
Circule V se a afirmação for verdadeira ou F, se for falsa.

V F 1. Ao excluir células em uma planilha, você remove uma ou mais células, forçando
as outras células a se moverem para baixo ou para a direita.
V F 2. Ao apontar para estilos definidos na Galeria de estilos de célula, você pode ver a
formatação que será usada ao aplicar cada estilo.
V F 3. Os atributos de estilo incluem fontes e tamanhos de fonte, formatos de número,
bordas e sombreamento.
V F 4. Você não pode dividir uma célula de planilha única que não foi mesclada.
V F 5. Depois de selecionar uma cor e aplicá-la ao plano de fundo da célula, o botão Cor
de Preenchimento assume essa cor.
96 Lição 6

Projetos

Projeto 6-1: Aplicação da formatação básica


Neste projeto, você aplicará a formatação básica a uma planilha listando os números de vendas
regionais para um revendedor de equipamentos esportivos.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR 06 Regional Sales.
2. Selecione A1:E1.
3. Mesclar e centralizar o título da planilha.
4. Selecione A3:E3.
5. Aplique negrito e centralize os títulos.
6. Selecione B4:E7.
7. Aplique o formato de número Moeda.
8. Diminua as casas decimais em dois, para que nenhuma casa decimal seja exibida.
9. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 6 como 06 Regional Sales Solution
(06 Solução de Vendas Regionais).

DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo projeto.

Projeto 6-2: Aplicação dos estilos de célula em uma planilha


Neste projeto, você totalizará os valores de vendas e aplique estilos para melhorar a aparência de uma
planilha listando os números de vendas regionais para um revendedor de equipamento de esportes.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR 06 Regional Sales Solution se ainda não estiver aberto.
2. Na célula A8, digite a palavra Total.
3. Selecione B8:E8.
4. Clique no botão AutoSoma na guia Página Inicial.
5. Clique em A1.
6. No menu de Estilos de Célula, aplique o estilo do Título.
7. Selecione A3:E3.
8. No menu de Estilos de Célula, aplique o estilo da Ênfase6.
9. Selecione A4:A8.
10. Aplique o estilo de célula 40% - Ênfase6.
11. Selecione B4:E8.
12. Aplique o estilo de célula 20% - Ênfase6.
13. Selecione A8:E8.
14. Aplique negrito em todas as células no intervalo.
15. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 6 como 06 Regional Sales Formatted
Solution (06 Solução de Vendas Regionais Formatada) e FECHAR o arquivo.

FECHAR o Excel.
7 Formatação de planilhas

MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO


Habilidades Objetivo do exame Número do objetivo
Trabalho com linhas e colunas Inserir e excluir colunas ou linhas. 1.3.5
Ajustar a altura da linha e a largura 1.3.7
da coluna.
Ocultar ou reexibir colunas e linhas. 1.4.2
Colar dados usando opções de colagem 2.1.3
especiais.
Utilização de temas Alterar os temas de pastas de trabalho. 1.3.6
Inserção de cabeçalhos e rodapés Inserir cabeçalhos e rodapés. 1.3.8
Preparação de um documento para a impressão Exibir títulos de linha e coluna repetidos 1.5.5
em planilhas com várias páginas.
Alterar os modos de exibição de pastas 1.4.4
de trabalho.
Definir a escala de impressão. 1.5.4

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
Formatação de planilhas do Excel
O Excel 2016 fornece muitas ferramentas para melhorar a aparência de suas planilhas, sejam
elas visualizadas na tela ou impressas. Para aprimorar a exibição de uma planilha no monitor do
computador ou preparar uma planilha para a impressão, você usará principalmente os comandos
encontrados nas guias Página Inicial e Layout da Página, como mostrado na Figura 7-1. Com o uso
e a aplicação das opções de formatação dos grupos de comandos presentes nessas guias, você garante
que suas planilhas serão mais úteis, legíveis e elegantes.

Comando Estilos de Célula Grupo Células

Grupo Temas Grupo Configurações Grupo Dimensionar Grupo Opções de Planilha


de página para Ajustar

Figura 7-1
Grupos de comandos das guias Página Inicial e Layout da Página
97
98 Lição 7

TRABALHO COM LINHAS E COLUNAS


A Microsoft projetou as planilhas do Excel para serem flexíveis, permitindo inserir ou excluir linhas
e colunas em uma planilha existente, aumentar ou reduzir a altura da linha e largura da coluna,
ocultar e reexibir linhas e colunas e até mesmo transpor dados, de forma que os dados em uma linha
apareça em uma coluna, ou vice-versa.

Inserção ou exclusão de uma linha ou coluna


Muitas vezes, depois de inserir dados em uma planilha, será necessário inserir mais linhas ou colunas.
Para inserir uma linha, selecione a linha (ou uma célula da linha) abaixo da qual você deseja que a
nova linha seja exibida. A nova linha é inserida acima da célula ou linha selecionada. Para inserir
várias linhas, selecione o número de linhas que você deseja inserir. Inserir colunas funciona da
mesma forma, só que as colunas são inseridas à esquerda da célula ou coluna selecionada. Por
padrão, a coluna inserida tem a mesma formatação da coluna à esquerda. A exclusão de uma linha
ou coluna é bem fácil. Basta clicar com o botão direito no número da linha ou letra da coluna e
clique em Excluir no menu de atalho.

PASSO A PASSO Inserir e excluir linhas e colunas

PREPARE-SE. Antes de começar esse procedimento, certifique-se de INICIAR o Microsoft


Excel.
1. ABRIR a pasta de trabalho 07 Messenger Row-Column.
2. Clique no título da linha 14 para selecionar a linha inteira.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão Inserir e selecione
Inserir Linhas na Planilha, como mostrado na Figura 7-2. Uma nova linha em branco é
exibida como a linha 14.

Figura 7-2
O menu Inserir

Linha selecionada Comando Inserir linhas da planilha

4. Para inserir várias linhas de uma só vez, clique no título da linha 25, mantenha a tecla
Ctrl pressionada e clique nos títulos das linhas 34 e 43. Clique com o botão direito do
mouse em qualquer uma das linhas selecionadas e depois selecione Inserir no menu
de atalho. As linhas em branco são exibidas acima das linhas selecionadas, para que os
dados de cada mensageiro sejam separados por uma linha em branco.
5. Clique no título da coluna D para selecionar a coluna inteira. Essa coluna contém a zona
de entrega.
6. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão Excluir e, em seguida,
selecione Excluir colunas da planilha. A coluna Zona desaparece.
Formatação de planilhas 99

7. Clique com o botão direito do mouse no título da linha 3 e selecione Inserir no menu de
atalho. Na célula A3, digite Zona 1.
8. Selecione A3:I3. Na guia Página Inicial, no grupo Alinhamento, clique no botão Mesclar e
Centralizar. O texto “Zona 1” é centralizado nas colunas de dados.
9. SALVAR a pasta de trabalho em sua pasta Excel Lesson 7 como 07 Messenger Row-Column
Solution (07 Solução de Linha-Coluna de Mensageiros).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

O título da coluna ou o título da linha é a letra ou o número que a identifica. Você seleciona
uma linha ou coluna inteira clicando no título dela. Para selecionar várias linhas ou colunas
adjacentes, clique no primeiro título de linha ou coluna, mantenha a tecla Shift pressionada e clique
no último título. Você também pode selecionar várias colunas ou linhas não adjacentes. Basta clicar
no primeiro título de coluna ou linha, manter a tecla Ctrl pressionada e clicar nos outros títulos.

Modificação da altura de uma linha e da largura de uma coluna


Por padrão, todas as colunas em uma planilha nova têm a mesma largura, e todas as linhas têm a
mesma altura. Na maioria das planilhas, você desejará alterar alguns dos padrões de linha ou coluna
para acomodar melhor os dados. A modificação da altura das linhas e da largura das colunas pode
facilitar a leitura do conteúdo da planilha e aumentar seu apelo visual. Você pode definir uma linha/
coluna com uma altura/largura específica ou alterar a altura/largura para acomodar o conteúdo.
Para alterar as configurações de altura e largura, use os comandos de Formatar no grupo Células da
guia Página Inicial, use o menu de atalho exibido quando você clica com o botão direito do mouse
em uma linha ou coluna selecionada; clique duas vezes no limite (linha entre as linhas ou colunas);
ou arraste o limite até a posição desejada.

PASSO A PASSO Modificar a altera de uma linha e a largura de uma coluna

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique duas vezes no limite à direita do título da coluna G (consulte a Figura 7-3). Isso
ajustará a largura da coluna para mostrar todo o conteúdo da coluna G.

Aponte para a linha de limite

Figura 7-3
Clique duplo na linha de limite
entre as colunas G e H

2. Clique em qualquer lugar da coluna H. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique
na seta do botão Formatar e depois selecione Largura da Coluna. Na caixa de diálogo
Largura da Coluna, na caixa de texto Largura da coluna, digite 16 e clique em OK. Todo o
conteúdo da coluna H é exibido.
3. Clique no limite abaixo do título da linha 3 e mantenha o botão do mouse pressionado.
Arraste a linha até diminuir a altura da linha 3 para 18, como mostrado na Figura 7-4.
Observe que uma dica de tela aparece ao arrastar a linha de limite, mostrando a altura
da linha em pontos (o primeiro número) e pixels.
100 Lição 7

Dica de tela mostrando a altura da linha

Figura 7-4
Diminuição da altura de uma
linha arrastando a linha de
limite

4. Selecione a linha 2. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão
Formatar e depois selecione AutoAjuste da Altura da Linha. Ainda com a linha
selecionada, clique na seta do botão Formatar novamente e depois selecione Altura da
Linha. A caixa de diálogo Altura da Linha indica que a linha tem 18,75 pontos de altura.
Clique em OK.
5. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

A altura da linha, ou a medida de cima a baixo de uma linha, é medida em pontos; um ponto
equivale a 1/72 de polegada. A altura padrão de linha é de 15 pontos, mas você pode especificar
uma altura de linha de 0 a 409 pontos. A largura da coluna é a medida da esquerda para a
direita de uma coluna. Embora seja possível especificar uma largura de coluna de 0 a 255 caracteres,
a largura padrão de coluna é de 8,43 caracteres (com base na fonte e no tamanho de fonte padrão).
Se a altura de uma linha ou a largura de uma coluna for definida como 0, a linha ou a coluna
correspondente não será exibida.

Como você viu na Lição 2, quando o texto inserido excede a largura da coluna, ele invade a coluna
seguinte ou aparece truncado quando a célula seguinte contém dados. De modo semelhante, se o
valor inserido em uma coluna exceder a largura da coluna, o símbolo #### será exibido, indicando
que o número é maior do que a largura da coluna.

Observação Para ajustar automaticamente as entradas de todas as linhas de uma planilha, clique no ícone
Selecionar Tudo no canto superior esquerdo da sua planilha (na intersecção dos títulos de linha e
coluna) e, em seguida, clique duas vezes em um dos limites de linha.

Dependendo do alinhamento dos dados nas colunas, as informações presentes na planilha


podem ficar espremidas ou muito separadas quando você usa a opção AutoAjuste da Largura da
Linha, porque ela ajusta a largura da coluna à largura exata da entrada mais longa dessa coluna.
Assim sendo, depois de usar essa opção, talvez seja interessante usar o mouse para arrastar, para
a posição adequada, o limite das colunas que estão lotadas ou com muitos espaços em branco.
Espaço em branco é a área vazia de um documento, na qual não há conteúdo.

Observação Você pode usar o Pincel de Formatação para copiar a largura de uma coluna para outras colunas.
Para isso, selecione o título da primeira coluna e clique no Pincel de Formatação. Em seguida,
clique no título da coluna ou das colunas às quais deseja aplicar a largura da coluna.

No Excel, é possível alterar a largura padrão de todas as colunas de uma planilha ou pasta de
trabalho. Para isso, clique em Formatar e selecione Largura Padrão. Na caixa de diálogo Largura
Padrão, digite uma nova medida padrão de coluna. Note que, ao alterar o valor padrão de altura
de linha ou largura de coluna, as linhas e colunas que já contêm dados ou foram formatadas
anteriormente mantêm a formatação.
Formatação de planilhas 101

Ocultação ou reexibição de uma linha ou coluna


Talvez você não queira ou não precise de todas as linhas e colunas de uma planilha visíveis o
tempo todo, especialmente se a planilha contiver um grande número de linhas ou colunas. Você
pode ocultar uma linha ou coluna usando o comando Ocultar ou definindo a altura da linha ou
largura da coluna como zero. Quando as linhas são ocultadas, elas não aparecem na tela nem nas
impressões, mas seus dados permanecem na planilha e podem ser reexibidos.

PASSO A PASSO Ocultar ou reexibir uma linha ou uma coluna

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione as colunas D e E. As colunas Data e Hora são selecionadas.
2. Clique com o botão direito do mouse no título da coluna D ou E e depois selecione
Ocultar. As colunas Data e Hora deixam de ser exibidas, e uma linha verde aparece,
indicando que há conteúdo oculto, como mostrado na Figura 7-5.

As colunas D e E não são mais exibidas A linha verde indica que há conteúdo oculto

Figura 7-5
As colunas Data e Hora não
estão mais visíveis na planilha

3. Clique em qualquer célula. A linha verde desaparece, e o limite entre as colunas C e F


aparece como uma linha vertical dupla (consulte a Figura 7-6), indicando a presença de
colunas ocultas.

Linha de limite vertical dupla


Figura 7-6
A linha de limite vertical dupla
indica que há colunas ocultas

4. Selecione a linha 3. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão
Formatar, aponte para Ocultar e Reexibir e depois selecione Ocultar Linhas. Agora,
a linha 3 está oculta.
5. Selecione as linhas 2 e 4. Clique com o botão direito do mouse na seleção e escolha
Reexibir. Agora, a linha 3 está visível.
6. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.


102 Lição 7

Solução de Ao selecionar as linhas 2 e 4 para reexibir a linha oculta, é preciso selecioná-las de modo a
problemas incluir as linhas ocultas. Pressione Shift ao selecionar a linha 4 ou selecione a linha 2 e arraste-a
para incluir a linha 4. Se você selecionar a linha 2, pressionar Ctrl e clicar na linha 4, a linha
oculta não será reexibida. Além disso, se você selecionar apenas os dados das linhas, a linha
oculta não será liberada.

Uma planilha pode conter linhas ou colunas de dados confidenciais ou irrelevantes que você não
está usando ou não quer visualizar enquanto está trabalhando em outras áreas da planilha. Ao usar
o comando Ocultar, esses dados são apenas ocultados, continuando a existir na planilha.

Para tornar visíveis as linhas ocultas, selecione a linha acima ou abaixo da linha ou das linhas ocultas
e use o comando Reexibir Linhas. Para exibir as colunas ocultas, selecione as colunas adjacentes e
realize o mesmo procedimento usado para exibir linhas ocultas.

Você pode usar o recurso Ir para, apresentado na Lição 1, para localizar uma linha ou coluna oculta
e torná-la visível.

Transposição de linhas ou colunas


A transposição de uma linha ou coluna altera a orientação dos seus dados de célula. Os dados
de linha passam a ser dados de coluna e vice-versa. Você pode usar o comando Colar Especial para
realizar esse tipo de cópia irregular de célula. Na caixa de diálogo Colar Especial, marque a caixa de
seleção Transpor para transpor os dados de linha ou coluna.

PASSO A PASSO Transpor linhas ou colunas

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia Plan2.
2. Selecione as linhas de 2 a 7 e, em seguida, pressione Ctrl+C para copiar os dados para a
Área de Transferência. Uma borda de letreiro verde é exibida.
3. Clique na célula A10.
4. Na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique na seta do botão Colar
e depois selecione Colar Especial. A caixa de diálogo Colar Especial é aberta.
5. Limpe a caixa de seleção Transpor.
6. Clique em OK. Os dados de linha são exibidos em colunas e os de coluna, em linhas,
como mostrado na Figura 7-7.

Figura 7-7
Dados transpostos Dados originais

Dados transpostos

7. Clique na guia Plan1 para voltar à planilha principal.


Formatação de planilhas 103

8. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR o arquivo.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para usar no próximo exercício.

UTILIZAÇÃO DE TEMAS
Um tema de documento é um conjunto predefinido de cores, fontes e efeitos que podem ser
aplicados a uma pasta de trabalho. Você pode usar temas de documento para formatar facilmente
um documento inteiro e dar a ele uma aparência mais moderna e profissional. Temas são usados
também em outros aplicativos do Office, como Microsoft Word e Microsoft PowerPoint, permitindo
que você confira a todos os documentos do Office uma aparência uniforme em termos de cores,
fontes e efeitos. Efeitos, como sombras e bisel, modificam a aparência de um objeto.

O Excel tem vários temas de documento predefinidos. Ao aplicar um tema a uma pasta de trabalho,
as cores, as fontes e os efeitos contidos nesse tema substituem qualquer estilo que já tenha sido
aplicado às células ou aos intervalos.

PASSO A PASSO Escolher um tema para uma pasta de trabalho

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo de dados 07 Messenger Theme desta lição.
2. Com a Plan1 ativa, clique na célula A3.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique na seta do botão Estilos de Célula e depois
selecione 20% – Ênfase4. Um plano de fundo lilás é aplicado ao intervalo de células,
o tamanho da fonte é reduzido e a cor da fonte é alterada para preto.
4. Clique na guia Layout da Página e, depois, no grupo Temas, clique na seta do botão
Temas para abrir a galeria de temas. Vários temas internos são exibidos na galeria. Passe
o ponteiro do mouse sobre cada tema para ver seu efeito na planilha subjacente (recurso
conhecido como Visualização Dinâmica).
5. Localize e selecione o tema Facetado, como mostrado na Figura 7-8. Você acaba de
alterar o tema de documento padrão para o tema Facetado. A fonte dos subtítulos e dos
dados gerais foi alterada de Calibri para Trebuchet MS, e o plano de fundo das linhas 2 e
3 foi alterado para cores diferentes.

O tema Facetado

Figura 7-8
A galeria de temas
104 Lição 7

6. Clique em Plan2. Observe que a fonte foi alterada nessa planilha também.
7. Clique na Plan1 para voltar à planilha principal. Clique na guia Página Inicial e, depois,
no grupo Estilos, clique na seta do botão Estilos de Célula para exibir a galeria de
estilos de célula. Observe que os esquemas de cores dos diversos grupos foram
alterados. Isso ocorre porque um novo tema de documento foi aplicado e vários estilos
internos de célula foram criados usando as fontes e cores desse tema.
8. SALVAR a pasta de trabalho como 07 Messenger Theme Solution (07 Solução de Tema do
Mensageiro) e FECHAR o arquivo.
PAUSE. DEIXE o Excel aberto para usar no próximo exercício.

O tema de documento padrão no Excel 2016 é chamado de Office. Os temas de documento são
consistentes em todos os programas do Microsoft Office 2016.

Ao aplicar um novo tema, além de alterar fontes e cores, você também altera a cor das formas e
SmartArts, das tabelas, dos gráficos e de outros objetos.

Lembre-se de que os estilos de célula são usados para formatar células ou intervalos específicos em
uma planilha; os temas de documento são usados para aplicar conjuntos de estilos (cores, fontes e
efeitos de preenchimento) a um documento inteiro.

Muitos estilos internos de célula usam formatação com reconhecimento de tema. Portanto, a
aplicação de um novo tema determina as fontes e as cores usadas pelos estilos. É por isso que você
notou uma mudança na galeria de Estilos de Célula após a aplicação do novo tema no exercício. No
entanto, os estilos são independentes de tema, você pode alterá-los sem se preocupar com o tema
aplicado ao documento.

Observação Se você aplicar um estilo de célula de título ao texto e, depois, aumentar o tamanho da fonte da
célula, o tamanho da fonte será mantido ao aplicar um novo tema de documento. Se você não
alterar o tamanho da fonte do texto do título, aplicar um estilo de célula de título e, depois, aplicar
um novo tema, o texto do título exibirá o tamanho de fonte padrão do novo tema.

EXIBIÇÃO E IMPRESSÃO DAS LINHAS DE GRADE DA PLANILHA


As linhas de grade de planilha (linhas exibidas ao redor das células da planilha), os títulos de
linha e os títulos de coluna também podem ser usados para melhorar a aparência de uma planilha.
Na tela, esses elementos são exibidos por padrão, mas eles não são impressos automaticamente.

Você pode escolher mostrar ou ocultar as linhas de grade na sua planilha. Por padrão, as linhas de
grade estão presentes quando você abre uma planilha. Você também pode escolher se as linhas de
grade serão impressas. É mais fácil ler uma planilha impressa quando as linhas de grade estão presentes.

PASSO A PASSO Exibir e imprimir as linhas de grade de uma planilha

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo 07 Messenger Appearance e verifique se a Plan1 está ativa.
2. Clique na guia Layout da Página e, depois, no grupo Opções de Planilha, desmarque a
caixa de seleção Exibir de Linhas de Grade. As linhas de grade desaparecem da planilha.
3. Marque a caixa de seleção Exibir Linhas de Grade para tornar as linhas de grade visíveis
novamente.
4. Limpe a caixa de seleção Imprimir Linhas de Grade. Essa ação fará com que as linhas de
grade apareçam na sua planilha impressa.
5. Clique no Iniciador de Caixa de Diálogo no grupo Opções de Planilha para abrir a caixa
de diálogo Configurar Página.
6. Na guia Planilha, observe que a caixa de seleção Linhas de Grade está marcada. Clique
no botão Visualizar Impressão. As linhas de grade aparecem na visualização, como
mostrado na Figura 7-9.
Formatação de planilhas 105

Figura 7-9
Visualizar Impressão
mostrando as linhas de grade

As linhas de
grade são
exibidas na
visualização

7. No canto superior esquerdo da janela Imprimir, clique no botão Retornar ao documento


para retornar à planilha.
8. SALVAR a pasta de trabalho como 07 Messenger Appearance Solution (07 Solução de
Aparência do Mensageiro) e FECHAR o arquivo.
PAUSE. DEIXE o Excel aberto para usar no próximo exercício.

A lição 3 apresentou o Modo de Exibição Backstage, Visualizar Impressão e algumas opções de


impressão. Visualizar Impressão é a tela exibida quando você clica na guia Arquivo e, depois,
em Imprimir ou se você clica em Visualizar Impressão em uma caixa de diálogo que fornece esse
botão. Em Visualizar Impressão, você pode ver a aparência do seu documento antes de enviá-lo
para a impressora.

INSERÇÃO DE CABEÇALHOS E RODAPÉS


Você pode adicionar cabeçalhos ou rodapés às suas planilhas para fornecer informações úteis sobre
elas, como: quem as preparou, a data em que foram criadas ou modificadas pela última vez, o
número da página etc. Os cabeçalhos e rodapés são visíveis no modo de exibição Layout da Página
e aparecem nas impressões. Um cabeçalho é uma linha de texto exibida na parte superior de
cada página de uma planilha impressa. Um rodapé é uma linha de texto que aparece na parte
inferior de cada página. Você pode adicionar informações de cabeçalho ou rodapé predefinidas
a uma planilha, inserir elementos, como números de página, data e hora e nome do arquivo, ou
adicionar seu próprio conteúdo a um cabeçalho ou um rodapé.

Na guia Ferramentas de Cabeçalho e Rodapé - Design, exibida ao inserir um cabeçalho ou rodapé,


o grupo Cabeçalho e Rodapé contém cabeçalhos e rodapés predefinidos que permitem adicionar
um texto automaticamente ao cabeçalho ou rodapé, como: data, número da página, número de
páginas, nome da planilha etc. Você também pode criar um cabeçalho ou rodapé personalizado,
digitando manualmente o texto que deseja incluir.

PASSO A PASSO Inserir um cabeçalho e rodapé

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo 07 Messenger Header-Footer e verifique se a Plan1 está ativa. Clique
na célula A1.
2. Clique na guia Exibição e, depois, no grupo Modos de Exibição de Pasta de Trabalho,
clique no botão Layout da Página para exibir cabeçalhos e rodapés.
106 Lição 7

3. Clique na caixa de texto de cabeçalho no centro (que exibe o texto de espaço reservado
“Clique aqui para adicionar cabeçalho”). Clique na guia Ferramentas de Cabeçalho e
Rodapé - Design, que agora está ativa. No grupo Elementos de Cabeçalho e Rodapé, clique
em Nome da Planilha. O código & [Guia] é exibido na caixa de texto (veja a Figura 7-10).

botão Ir para Rodapé Guia Ferramentas de Cabeçalho e Rodapé - Design

Figura 7-10
Acréscimo de um
cabeçalho no modo de
exibição Layout de Página

Três caixas de texto de cabeçalho: esquerda, O Excel insere um código de planilha


centro e direita

4. Clique na caixa de texto de título esquerda e digite o seu nome.


5. No grupo Navegação, clique em Ir para Rodapé. Clique na caixa de texto de rodapé à
esquerda.
6. No grupo Cabeçalho e Rodapé, clique na seta de botão Rodapé e depois clique na
opção na lista que começa com “Confidencial”. A opção do rodapé combina o texto
Confidencial com a data atual e número de página (veja a Figura 7-11). Retorne ao modo
de exibição Normal.

Texto predefinido de rodapé


Figura 7-11
Inserção de um texto
predefinido em um rodapé

7. SALVAR a pasta de trabalho como 07 Messenger Header-Footer Solution (07 Solução


Cabeçalho-Rodapé do Mensageiro) e FECHAR o arquivo.
PAUSE. DEIXE o Excel aberto para usar no próximo exercício.

Você pode preencher cabeçalhos e rodapés selecionando um ou mais elementos predefinidos no


Excel, que insere códigos no cabeçalho ou rodapé. Quando sua pasta de trabalho for impressa, o
Excel substituirá esses códigos pela data e hora atuais e pelas demais informações especificadas. É
possível ver como os cabeçalhos e os rodapés aparecerão na impressão usando a Visualizar Impressão
no Modo de Exibição Backstage.

Muitos dos cabeçalhos e rodapés predefinidos do Excel combinam um ou mais elementos. No


exercício anterior, você inseriu uma entrada combinada clicando nela. Você pode personalizar a
aparência do seu cabeçalho ou rodapé no modo de exibição Layout da Página. Nesse modo de
exibição, assim que selecionar o cabeçalho ou rodapé, você poderá modificar a aparência do texto
dele usando o grupo Fonte na guia Página Inicial. Dessa maneira, você pode alterar opções, como
o tipo e tamanho da fonte, ou adicionar efeitos especiais ao seu texto.
Formatação de planilhas 107

PREPARAÇÃO DE UM DOCUMENTO PARA A IMPRESSÃO


Quando os dados da planilha são impressos em mais de uma página, você pode usar vários comandos
para configurar seu documento de modo a imprimir os dados de forma organizada e fácil de ler.
O comando Visualizar Quebra de Página na guia Exibir controla onde ocorrem as quebras de
página, permitindo quebrar os dados onde for mais lógico. Você também pode alterar as margens
da página, alterar a orientação da planilha e dimensionar a planilha para que ela acomode mais
dados em uma página só.

Repetição de títulos de impressão de linha e coluna


Nas planilhas que ocupam duas ou mais páginas, você pode instruir o Excel a imprimir linhas ou
colunas específicas de cada página para oferecer aos leitores uma perspectiva melhor dos dados
exibidos. Assim eles não precisarão voltar à primeira página para ver títulos ou rótulos de linha
ou coluna, chamados também de títulos de impressão. Os títulos de impressão ajudam a dar uma
aparência uniforme aos documentos, da primeira à última página.

PASSO A PASSO Repetir títulos de impressão de linha e coluna

PREPARE-SE. ABRIR a pasta de trabalho 07 Messenger Print.


1. Verifique se a Plan1 está ativa e no modo de exibição Normal.
2. Clique na guia Layout da Página e, depois, no grupo Configurar Página, clique no botão
Imprimir Títulos. A caixa de diálogo Configurar Página é aberta na guia Planilha.
3. Digite A1:I54 na caixa de texto Área de impressão. Esse intervalo inclui todos os dados
da Plan1 a serem impressos.
4. Na caixa de texto Linhas a repetir na parte superior, digite 1:4, como mostrado na Figura
7-12. Com isso, as quatro primeiras linhas da planilha, incluindo os títulos de coluna, se
repetirão em todas as páginas.

Caixa de texto Área de impressão Linhas a repetir na parte superior


(também chamadas de títulos de impressão)
Figura 7-12
A caixa de diálogo Configurar
Página, na guia Planilha
108 Lição 7

5. Clique em Visualizar Impressão. A janela Visualizar Impressão é exibida. Clique na seta


para a direita na parte inferior da tela para ir à segunda página. As quatro primeiras
linhas da planilha são exibidas na segunda página (consulte a Figura 7-13). Clique na
seta para a esquerda para voltar à visualização da página 1.

As primeiras quatro linhas da planilha repetem


Figura 7-13
A Visualizar Impressão mostra
que as quatro primeiras linhas
da planilha serão exibidas na
segunda página

Setas de navegação

6. Clique no botão Retornar ao documento para retornar à planilha.


7. SALVAR a pasta de trabalho como 07 Messenger Print Solution (07 Solução de
Impressão do Mensageiro).

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Adição e movimentação de uma quebra de página


A Imprimir no Modo de Exibição Backstage oferece uma série de opções para personalizar as pastas
de trabalho impressas. Com a Visualizar Impressão, é possível verificar o formato e o layout geral
de uma planilha antes de imprimi-la. No entanto, não é possível fazer alterações ao documento na
Visualizar Impressão.

Uma quebra de página é um divisor que divide uma planilha em páginas separadas para
impressão. O Excel insere quebras de página verticais automáticas (mostradas como linhas quebradas)
com base no tamanho do papel, nas configurações de margem, nas opções de dimensionamento e
na posição das quebras de página manuais (mostradas como linhas sólidas) inseridas por você. O
Excel fornece uma janela de Visualização da quebra de página na qual você pode ajustar
automaticamente quebras de página para o documento impresso desejável.

PASSO A PASSO Adicionar e movimentar uma quebra de página

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Ative a Planilha1.
2. Clique na guia Exibição e, depois, no grupo Modos de Exibição de Pastas de Trabalho,
clique em Visualização da Quebra de Página. Role para baixo para exibir toda a área de
impressão. Observe que uma linha tracejada em azul aparece após a linha 47 (veja a
Figura 7-14). A linha tracejada é uma quebra de página automática inserida pelo Excel.
Formatação de planilhas 109

Figura 7-14
Visualizar Quebra de Página
mostrando uma quebra de
página horizontal

A linha tracejada azul


indica quebra de página
automática

3. Clique e mantenha pressionada a quebra de página automática horizontal e arraste-a


para cima, para que fique abaixo da linha 46. A quebra de página automática agora é
uma quebra de página manual representada por uma linha azul sólida.
4. Na guia Exibição, no grupo Modos de Exibição de Pasta de Trabalho, clique em Normal.
5. SALVAR a pasta de trabalho.
PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Use quebras de página manuais para controlar a localização das quebras de página. Você pode
arrastar uma quebra de página automática para um novo local a fim de convertê-la em uma quebra
de página manual.

Outra maneira de inserir uma quebra de página manual é clicar em uma célula na linha em que
desejar que ocorra uma quebra de página. Depois, clique na guia Layout de Página. No grupo
Configurar Página, clique em Quebra de página e Inserir quebra de página. Uma quebra de página
horizontal é exibida.

Configuração de margens
As margens são uma maneira eficaz de gerenciar e otimizar o espaço em branco em uma planilha
impressa. Conseguir equilibrar dados e espaços em branco acrescenta legibilidade e aparência
significativas a uma planilha. No Excel, é possível escolher uma das três margens integradas ou criar
margens personalizadas usando a caixa de diálogo Configurar Página.

PASSO A PASSO Definir margens

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Verifique se a Plan1 está ativa e no modo de exibição Normal.
2. Clique na guia Layout da Página e, depois, no grupo Configurar Página, clique na seta do
botão Margens para abrir o menu Margens.
110 Lição 7

3. Na parte inferior da página, clique em Margens personalizadas. A caixa de diálogo


Configurar Página é aberta na guia Margens, conforme mostrado na Figura 7-15.

Figura 7-15
A caixa de diálogo Configurar
Página, na guia Margens Configurações de margem

Opções de Centralizar na página Botão Visualizar Impressão

4. Altere as margens esquerda e direita para 1,4. Isso tornará as margens maiores que o
normal.
5. Marque a caixa de seleção Centralizar na página Horizontal. O conteúdo em sua planilha
será impresso centralizado entre as margens esquerda e direita da página.
6. Clique em Visualizar Impressão. A página é centralizada horizontalmente, como mostra a
Figura 7-16.

Figura 7-16
A Visualizar Impressão
mostra a página centralizada
horizontalmente

A página está centralizada horizontalmente


Formatação de planilhas 111

7. Clique no botão Retornar ao documento para retornar à pasta de trabalho.


8. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

O menu Margens inclui configurações predefinidas Normal, Larga e Estreita. A configuração de


margem normal é padrão para uma nova pasta de trabalho. Margens mais estreitas permitem mais
área para dados ao imprimir uma pasta de trabalho, ao passo que áreas mais largas apresentam mais
espaços em branco. Você também pode definir margens personalizadas no Excel.

Ao clicar em Margens Personalizadas na parte inferior do menu Margens, a caixa de diálogo


Configurar Página é aberta com as configurações que foram aplicadas à planilha ativa. Você pode
alterar as configurações para criar uma definição de margem personalizada. As margens do cabeçalho
e rodapé se ajustam automaticamente ao alterar as margens da página.

Planilhas que não preenchem a página inteira podem ser centralizadas verticalmente e
horizontalmente, distribuindo assim uniformemente os espaços em branco da página. Use a guia
Margens da caixa de diálogo Configurar Página para definir esses recursos.

Para remover rapidamente todas as quebras de página de uma planilha, na guia Layout da Página,
no grupo Configurar Página, clique no botão de seta Quebras e depois selecione Redefinir todas as
quebras de página.

Definição da orientação da planilha


As planilhas impressas são mais fáceis de ler e analisar quando todos os dados são exibidos em
um pedaço de papel. Os recursos de orientação e dimensionamento do Excel fornecem controle
sobre o número de páginas impressas dos dados da planilha. Você pode alterar a orientação
de uma planilha, que é a posição do conteúdo, de forma que ele seja impresso na vertical ou na
horizontal em uma página. Uma planilha impressa verticalmente usa a orientação Retrato, que é a
configuração padrão. Uma planilha impressa horizontalmente usa a orientação Paisagem.

PASSO A PASSO Definir a orientação de uma planilha

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Verifique se a Plan1 está ativa e no modo de exibição Normal.
2. Na guia Layout da Página do grupo Configurar Página, clique em Orientação e depois
em Paisagem.
3. Clique na guia Arquivo e depois em Imprimir. Clique nas páginas para ver a planilha
na orientação Paisagem. Se decidir manter esta orientação, será necessário ajustar as
quebras de página para exibir todo o conteúdo corretamente.
4. Clique no botão Retornar ao documento para retornar à pasta de trabalho.
5. Repita a etapa 2 para alterar a orientação de volta a Retrato.
6. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Orientação é a forma com que sua pasta de trabalho ou planilha é exibida na página impressa.
Há duas configurações: Retrato e Paisagem. Retrato é a impressão vertical da pasta de trabalho e
Paisagem é o aspecto horizontal. Por padrão, todas as pastas de trabalho e planilhas são impressas na
orientação Retrato. Use a orientação Paisagem quando a largura da área que você deseja imprimir é
maior que a altura. Os dados são mais fáceis de ler quando todas as colunas cabem em uma página.
Isso pode ser feito alterando a orientação de uma planilha para Paisagem. Quando os dados não
couberem em uma única página de impressão, ao mudar a orientação, é possível diminuí-los ou
reduzi-los usando as opções de dimensionamento do Excel, conforme descrito no próximo exercício.
112 Lição 7

Dimensionamento de uma planilha para ela caber em uma página impressa


Dimensionamento refere-se ao ato de reduzir ou ampliar a saída impressa para uma porcentagem
do tamanho real dela. O dimensionamento é usado, por exemplo, para ajustar um documento de
modo que ele caiba em uma página só. Antes de tentar alterar o dimensionamento da saída de uma
planilha, a largura e altura máximas devem ser definidas como Automáticas.

PASSO A PASSO Dimensionar uma planilha para se ajustar a uma página impressa

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Verifique se a Plan1 está ativa e no modo de exibição Normal.
2. Na guia Layout da Página, no grupo Configurar Página, clique em Orientação e verifique
se a opção Retrato está selecionada.
3. No grupo Dimensionar para Ajustar, clique na seta de Altura e, depois, selecione 1 página.
A escala da planilha é reduzida para que todas as linhas caibam na mesma página.
4. Clique na guia Arquivo e depois em Imprimir. Observe que todas as linhas estão sendo
exibidas na página e o conteúdo está menor do que antes, como mostrado na Figura 7-17.
Quando a saída é reduzida, a altura e largura são reduzidas proporcionalmente.

Figura 7-17
Exibição da planilha depois de
dimensioná-la para ela caber
em uma página

O conteúdo está compactado para caber em uma página só

5. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR o arquivo.

FECHAR o Excel.

O motivo mais comum para dimensionar uma planilha é reduzi-la de modo que ela possa ser
impressa em uma página só. Você também pode ampliar a planilha para que os dados apareçam
maiores e preencham uma área maior da página impressa. Quando as caixas Largura e Altura estão
definidas como Automáticas, você pode clicar nas setas da caixa Escala para aumentar ou diminuir
a escala da impressão. Toda vez que você clica na seta, a escala é alterada em 5%.

Observação As configurações de Largura e Altura devem ser definidas como Automáticas se você deseja
especificar uma escala, por exemplo, 75%.
Formatação de planilhas 113

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Qual das seguintes declarações descreve como aumentar ou diminuir a largura de uma
coluna?
a. Clique com o botão direito do mouse em qualquer lugar na coluna e selecione
Formatar Células.
b. Use a caixa de diálogo Configurar Página.
c. Arraste o limite ao lado do título da coluna.
d. Selecione uma configuração de Largura no grupo Dimensionar para Ajustar na guia
Layout da Página.
2. Qual das seguintes caixas de diálogo é usada para transpor linhas e colunas?
a. Configurar Página
b. Colar Especial
c. Largura da Coluna
d. Altura da Linha
3. Em qual dos seguintes locais estão as caixas de marcação que você pode selecionar
para exibir ou imprimir linhas de grade?
a. Em Visualizar Impressão
b. Na guia Página Inicial, no grupo Células
c. Na guia Layout da Página, grupo Opções de Planilha
d. Na guia Layout da Página, no grupo Configurar Página
4. Qual das seguintes declarações descreve como reexibir uma linha ou coluna oculta?
a. Selecione um intervalo de células na linha ou na coluna, clique com o botão direito do
mouse e selecione Reexibir.
b. Use a caixa de diálogo Configurar Página.
c. Remova todas as quebras de página.
d. Selecione as linhas/colunas antes e após as linhas/colunas ocultas e, em seguida,
clique com botão direito e selecione Reexibir.

Preencha as lacunas
Preencha as lacunas das frases a seguir com a(s) palavra(s) correta(s).
1. O __________ é a linha entre linhas ou colunas.
2. Um __________ é uma linha de texto exibida na parte superior de cada página de uma
planilha impressa.
3. __________ é a medida de cima a baixo de uma linha, expressa em pontos.
4. A letra identificadora na parte superior de uma coluna é chamada de __________.
5. __________ refere-se ao ato de reduzir ou ampliar a saída impressa para uma
porcentagem do tamanho real dela.
6. Um ___________ é um conjunto predefinido de cores, fontes e efeitos que podem ser
aplicados a toda uma pasta de trabalho.
114 Lição 7

Projetos

Projeto 7-1: Trabalho com linhas e colunas


Neste projeto, use a pasta de trabalho da Escola de Belas Artes para praticar o trabalho com linhas
e colunas.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo 07 Fine Art dentre os arquivos de dados desta lição.
2. Clique no título da coluna D para selecionar a coluna inteira.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão Formatar, aponte para
Ocultar e Reexibir e depois selecione Ocultar Colunas. Agora, a coluna D está oculta.
4. Clique no título da coluna B para selecionar a coluna inteira.
5. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão Formatar e depois
selecione Largura da Coluna. Na caixa de diálogo Largura da Coluna, digite 11 na caixa
de texto Largura da coluna e clique em OK.
6. Clique duas vezes no limite duplo entre os títulos de coluna C e E. A coluna D é exibida.
7. Clique com o botão direito do mouse no título da linha 11 e depois selecione Inserir.
8. Digite o seguinte na linha em branco:
Nome Sobrenome Disciplina Data da Inscrição Média Geral
Murilo Costa Escultura 15/10/2017 =SOMA(3,4+3,5+3,7)/3
9. SALVAR a pasta de trabalho como 07 Fine Art Solution (07 Solução Belas Artes).

DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo projeto.

Projeto 7-2: Transposição de dados e ajuste de largura de colunas


Neste projeto, você adicionará uma nova planilha à pasta de trabalho Escola de Belas Artes para
praticar transposição de dados e redimensionar automaticamente todas as colunas.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR 07 Fine Art Solution se ainda não estiver aberto.
2. Clique no sinal de adição (+) à direita da Planilha1 para criar uma planilha nova em
branco na pasta de trabalho.
3. Clique na Plan1, selecione A2:E15 e depois pressione Ctrl+C para copiar o conteúdo para
a Área de Transferência.
4. Clique na Plan2, depois, na célula A1.
5. Na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique na seta do botão Colar
e depois selecione Colar Especial. A caixa de diálogo Colar Especial é aberta.
6. Marque a caixa de seleção Transpor e depois clique em OK.
7. Na Planilha2, selecione todo o conteúdo.
8. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta do botão Formatar e depois
selecione AutoAjuste da Largura da Coluna.
9. Clique em Plan1.
10. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 7 como 07 Fine Art Transpose
Solution (07 Solução Transpor Belas Artes) e FECHAR o arquivo.

FECHAR o Excel.
8 Gerenciamento de planilhas

MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO


Número do
Habilidades Objetivo do exame objetivo
Organização de planilhas Copiar e mover uma planilha. 1.1.4
Renomear uma planilha. 1.3.2
Alterar a ordem das planilhas. 1.3.3
Alterar a cor da guia da planilha. 1.3.1
Ocultar e reexibir planilhas. 1.4.1
Adicionar uma planilha a uma pasta de trabalho 1.1.3
existente.
Utilização de zoom e congelamento para Alterar a ampliação usando as ferramentas de zoom. 1.4.7
alterar a exibição na tela Alterar os modos de exibição de janelas. 1.4.5
Localização e substituição de dados Procurar dados em uma pasta de trabalho. 1.2.1
Substituir dados. 2.1.1

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
Gerenciamento de planilhas
Pense na pasta de trabalho do Excel como um conjunto de tipos de dados registrado em papel e
armazenado em uma pasta que era arquivada em um armário. Uma pasta de trabalho não precisa
incluir o conteúdo do armário todo, apenas os registros relacionados a um assunto específico. As
transações comerciais que ocorrem durante certo período (por exemplo, uma semana ou um mês)
podem compor uma pasta de trabalho.

Você pode dividir uma pasta de trabalho em planilhas para subcategorizar as transações em dias,
como os registros de um spa. Outra opção é usar uma planilha para cada departamento de vendas.
O Excel também pode ser usado para muitas outras finalidades além de acompanhar contas
empresariais.

Nesta lição, você se familiarizará com o processo de manipulação de planilhas em uma pasta de
trabalho da mesma forma que reorganizaria o conteúdo de uma pasta na gaveta da sua mesa. Você
encontrará os comandos desta lição nos grupos Células e Edição, localizados na guia Página Inicial
(consulte a Figura 8-1).

115
116 Lição 8

Mover ou copiar planilhas Ocultar e reexibir planilhas


Figura 8-1
Comandos para
organizar planilhas

Botão Inserir Excluir planilha de uma pasta de Inserir objetos em uma pasta
planilha trabalho de trabalho

ORGANIZAÇÃO DE PLANILHAS
Ao criar uma pasta de trabalho do Excel, por padrão, ela só tem uma planilha em branco. Talvez
seja necessário apenas uma, mas você poderá adicionar facilmente outras quando precisar de várias
planilhas relacionadas ao mesmo tema. Não há nenhum limite prático para quantas planilhas uma
pasta de trabalho pode conter. A ordem das planilhas em uma pasta de trabalho é determinada pela
sequência das guias na parte inferior da janela do Excel. Essas guias são usadas para alternar entre as
planilhas na janela. Dessa forma, é possível organizar as planilhas em uma ordem lógica que o ajude
a encontrá-las com mais facilidade e manter o conteúdo relacionado agrupado.

Cópia de uma planilha


Há uma diferença clara entre copiar o conteúdo de uma planilha para outra e copiar planilhas inteiras.
Esta seção cobre a última tarefa. Um dos principais motivos para copiar uma planilha inteira seria
criar uma nova planilha idêntica, em estilo e formatação, a uma existente, para que seja possível inserir
novos dados. Imagine um tipo de formulário de razão que você publique para si mesmo, uma planilha
por vez. Talvez seja preciso excluir parte dos dados copiados ou até todos eles da planilha recém-
produzida, dependendo de quantos dados você já inseriu e quantos deles também se aplicam à nova
planilha. Ao copiar uma planilha, tudo é duplicado, inclusive a formatação, os dados e as fórmulas.

PASSO A PASSO Copiar uma planilha

PREPARE-SE. Antes de começar, INICIE o Microsoft Excel.


1. ABRIR a pasta de trabalho 08 Spa Services desta lição.
2. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 8 como 08 Spa Services Week of 2-20
Solution (08 Solução de Serviços da Semana de 20-2 do Spa).
3. Com a planilha Segunda-feira ativa, clique na guia Página Inicial, no grupo Células,
clique em Formatar.
4. Clique em Mover ou Copiar Planilha. A caixa de diálogo Mover ou Copiar é aberta. Aqui,
a lista Antes da planilha mostra a sequência atual das planilhas na pasta de trabalho,
mesmo se houver apenas uma planilha. A planilha selecionada representa
o local na frente do qual você deseja colocar a planilha copiada.
Gerenciamento de planilhas 117

5. Na lista Antes da planilha, selecione (mover para o final). Em seguida, selecione a caixa
Criar uma cópia, como mostrado na Figura 8-2 e, depois, clique em OK. Uma cópia da
planilha Segunda-feira é inserida no final da sequência, à direita de Pesquisa. A nova
planilha recebe o nome padrão Segunda-feira (2).

Figura 8-2
A caixa de diálogo Mover ou
Copiar

6. Clique na guia da planilha Segunda-feira. Em seguida, clique e segure a guia Segunda-feira


e pressione e segure a tecla Ctrl. O ponteiro muda de uma seta para uma folha de papel
com um sinal de adição.
7. Arraste o ponteiro para a direita até a seta para baixo acima da barra de guias apontar
para o divisor à direita de Segunda-feira (2). Solte o botão do mouse e a tecla Ctrl.
Uma nova planilha é criada, com sua guia localizada à direita de onde a seta para baixo
estava apontando. Seu nome é Segunda-feira (3).
8. Com Segunda-feira (3) ativa, clique na célula B4 e digite a data 21/02/2017.
9. Selecione as células B8:H13.
10. Começando na célula B8, digite os seguintes dados, ignorando as células sem “x” ou
número (consulte a Figura 8-3):
Sophia 351 x   x   0.5
Helena 295 x x x x 1
Isabele 114     x    
Dilma 90 x x x 1
Júlia 205 x x x x 1
Bruna 34     x  

Figura 8-3
A planilha Serviços do spa
atualizada
118 Lição 8

11. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Quando você precisa de uma planilha nova que tenha os estilos, as fórmulas e a formatação que
funcionam bem em uma planilha existente, basta copiar essa planilha existente e colocá-la onde é
necessária na pasta de trabalho. Quando conveniente, você deve copiar a planilha existente antes de
adicionar dados a ela, mas isso nem sempre é possível. Sua planilha copiada contém uma duplicata
dos dados contidos na planilha existente, mas você pode excluir facilmente apenas os dados, sem
remover a formatação e as fórmulas que você queria copiar em primeiro lugar.

No exercício anterior, você usou dois métodos para copiar uma planilha: O Excel dá um nome a
cada planilha copiada, embora este seja provavelmente um nome temporário composto pelo nome
da planilha copiada seguido por um número entre parênteses, como Segunda-feira (3). A seleção
do comando Mover ou Copiar Planilha no menu Formatar mostra uma caixa de diálogo com todas
as suas opções.

O segundo método é mais uma espécie de atalho, no qual você segura o ponteiro sobre a guia da
planilha enquanto pressiona Ctrl e move a planilha copiada para o novo local. Na Figura 8-4, é
possível ver como o ponteiro do mouse o ajuda indicando, por meio de um símbolo, que você está
copiando uma planilha. Você poderá usar o método que preferir.

Ponteiro de mouse de cópia de planilha


Figura 8-4
Cópia de uma planilha
usando o mouse

Renomeação de uma planilha


O Excel fornece um nome temporário à planilha recém inserida ou copiada, como Plan2, Plan3, ou
Segunda-feira (2), como no exemplo. No exemplo, é claro que não queremos várias planilhas com o
nome Segunda-feira e o dia para o qual você acaba de inserir transações é Terça-feira.

PASSO A PASSO Renomear uma planilha

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique duas vezes na guia da planilha Segunda-feira (3) para selecionar seu nome.
2. Digite Terça-feira e depois pressione Enter. O novo nome é exibido na guia.
3. Repita esse processo para a guia da planilha Segunda-feira (2), renomeando-a para
Quarta-feira.
4. Com a planilha Quarta-feira ativa, selecione a célula B4 e digite a data 22/02/2017.
5. Selecione as células B8:H15.
6. Começando na célula B8, digite os seguintes dados, ignorando as células sem “x” ou
número (consulte a Figura 8-5):
Bruna 210   x      
210Lara 44 x x x   1.5
Letícia 191 x x x x 1
Luiza 221 x x   x 1
Julieta 118     x x  
Leonor 21 x x x x 1
Lívia 306 x x x   1
Tarsila R. 6 x x x x 1
Gerenciamento de planilhas 119

Figura 8-5
A planilha Quarta-feira
atualizada

7. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Reposicionamento das planilhas em uma pasta de trabalho


Se você precisasse entregar uma pasta de arquivos cheia de documentos importantes a seu chefe,
a sequência de papéis nessa pasta seria relevante. Seu chefe pode ser o tipo de pessoa que lê o
conteúdo da pasta de cima para baixo, ou em ordem cronológica. O mesmo princípio se aplica à
organização de planilhas em uma pasta de trabalho. Coloque as planilhas em ordem cronológica, se
for o caso. Se a pasta de trabalho incluir uma planilha de Resumo, geralmente, estará posicionada
no início da sequência.

PASSO A PASSO Reposicionar as planilhas em uma pasta de trabalho

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia da planilha Terça-feira. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em
Formatar.
2. Clique em Mover ou Copiar Planilha. A caixa de diálogo Mover ou Copiar é aberta.
3. Para garantir que a planilha Terça-feira seja exibida antes de Quarta-feira, na lista Antes
da planilha, clique em Quarta-feira, depois, em OK.
4. Clique e segure a guia da planilha Pesquisa. O ponteiro muda de uma seta para uma
folha de papel sem sinal de adição.
5. Arraste o ponteiro para a direita até a seta para baixo acima da barra de guias apontar
para o divisor à direita de Quarta-feira. Solte o botão do mouse. A planilha Pesquisa é
reposicionada no final da sequência. Nada é alterado dentro da planilha.
6. Clique na guia da planilha Segunda-feira.
7. Selecione as células B8:H11.
8. Começando na célula B8, digite os seguintes dados, ignorando as células sem “x” ou
número:
Ana C. 15 x x x x 1
Bruna 210 x   x   1
Daniella 301   x   x  
Dilma 213 x x x x 1
120 Lição 8

9. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Observação A planilha exibida quando você abre uma pasta de trabalho pela primeira vez é aquela que estava
ativa quando você salvou a pasta de trabalho pela última vez, independentemente da posição dela
na ordem de guias.

Alteração da cor de uma guia da planilha


No Excel 2016, as “guias” que denotam os nomes das planilhas em uma pasta de trabalho não se
parecem com as guias do mundo real. Uma característica das guias no mundo real, especialmente
quando você as usa para dividir uma documentação em pastas, são as cores. Caso sua empresa já
use códigos de cor para denotar as categorias dos documentos encontrados no armário de arquivos
ou você só precise de um pouco de cor para ajudá-lo a distinguir melhor as planilhas em uma pasta
de trabalho, você pode aplicar uma cor para cada guia da planilha.

PASSO A PASSO Alterar a cor da guia de uma planilha

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique com o botão direito do mouse na guia da planilha Segunda-feira.
2. No menu de atalho, clique em Cor da Guia.
3. No menu pop-up, em Cores Padrão, clique em Vermelho. O Excel aplica um gradiente
vermelho claro na guia da planilha Segunda-feira.
4. Clique na guia da planilha Terça-feira. Observe que, agora, a guia da planilha Segunda-
feira está com a tonalidade vermelha escura que você escolheu. O Excel só aplica a
tonalidade de gradiente à guia da planilha que está visível no momento, para destacá-la
das demais.
5. Repita o processo de seleção de cor para as guias das planilhas Terça-feira e Quarta-feira,
escolhendo Laranja e Amarelo, respectivamente.
6. Clique na guia da planilha Pesquisa. Agora, sua barra de guias deve ser exibida como
mostrado na Figura 8-6.

Figura 8-6
Cores diferentes aplicadas
às guias de planilha

7. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Observação Ao copiar uma planilha cuja guia foi colorida, a cor dela será copiada para a nova planilha junto
com o conteúdo e a formatação.

Ocultação e reexibição de planilhas


Nem todos os elementos de dados em uma pasta de trabalho precisa estar visível a todos os usuários.
Por exemplo, muitas pastas de trabalho contêm tabelas de pesquisa e outros dados auxiliares. Talvez
seja preciso atualizar esses tipos de dados de tempos em tempos, mas eles não precisam ser exibidos a
todos os usuários da pasta de trabalho. Assim sendo, você pode ocultar uma planilha e reexibi-la
para trabalhar com ela novamente. A ocultação de uma planilha não a torna confidencial, porque
todas as planilhas podem ser facilmente reexibidas A ocultação apenas tira coisas do seu caminho,
assim como guardar papéis na sua gaveta os mantém fora de vista.
Gerenciamento de planilhas 121

PASSO A PASSO Ocultar e reexibir uma planilha

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Com a guia da planilha Pesquisa ativa, na guia Página Inicial, no grupo Células, clique
em Formatar.
2. Clique em Ocultar e Reexibir e, em seguida, clique em Ocultar Planilha. A planilha
Pesquisa não está mais visível.
3. Clique em Formatar, em Ocultar e Reexibir e, em seguida, clique em Reexibir Planilha.
A caixa de diálogo Reexibir é exibida.
4. Na lista Reexibir planilha, verifique se a opção Pesquisa foi escolhida e clique em OK.
A planilha Pesquisa é reexibida e ativada.
5. Na planilha Pesquisa, selecione a célula B3.
6. Digite 70 e depois pressione Enter.
7. Clique com o botão direito do mouse na guia da planilha Pesquisa, em seguida, clique
em Ocultar. A planilha Pesquisa desaparece novamente, embora a alteração feita em
um preço tenha sido refletida nas outras planilhas relacionadas.
8. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Observação Quando uma pasta de trabalho contém planilhas ocultas, o comando Reexibir Planilha aparece
habilitado no menu Formatar e o comando Reexibir é habilitado no menu de atalho quando você
clica com o botão direito do mouse em qualquer guia.

Para ocultar várias planilhas ao mesmo tempo, exiba a primeira planilha que desejar ocultar,
mantenha Ctrl pressionado e, depois, clique na guia para cada planilha adicional que você deseja
ocultar. e o Excel sabe que elas ainda estão na pasta de trabalho. No entanto, você só pode reexibir
uma planilha por vez. Você pode clicar com o botão direito do mouse em qualquer guia visível e
clicar em Reexibir para abrir a caixa de diálogo Reexibir com a lista Reexibir planilha, na qual você
pode escolher uma planilha para tornar visível.

Inserção de uma nova planilha em uma pasta de trabalho


No Excel 2016, uma nova pasta de trabalho contém apenas uma planilha. Para a maioria das tarefas
diárias, é comum precisar de mais de uma planilha. Você pode continuar adicionando planilhas
para sempre, embora, na prática, seja mais fácil manter um número baixo de planilhas. Caso o
nível de complexidade das suas tarefas aumente a ponto de você precisar de dezenas de planilhas ao
mesmo tempo, divida as planilhas entre várias pastas de trabalho. O Excel reconhece as referências
de célula entre os limites da pasta de trabalho; portanto, suas pastas de trabalho não estão limitadas
a planilhas que se relacionam a apenas uma planilha.

PASSO A PASSO Insira uma nova planilha em uma pasta de trabalho

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia Quarta-feira.
2. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta para baixo Inserir (consulte a Figura 8-7).

Figura 8-7
O menu Inserir
122 Lição 8

3. Clique em Inserir Planilha. Uma nova planilha em branco é criada, e sua guia é inserida
antes da guia da planilha ativa (Quarta-feira). O Excel dá a ela um nome temporário,
começando com a palavra Planilha seguida por um número.
4. Mova a nova planilha para o final da sequência de guias.
5. Renomeie a nova planilha como Pesquisa.
6. Clique novamente na guia da planilha Quarta-feira.
7. Clique no botão Nova Planilha (+) à direita das guias da planilha. Outra planilha nova é
criada com um nome temporário. Dessa vez, sua guia é inserida depois de Quarta-feira.
8. Renomeie essa nova planilha como Totais.
9. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Exclusão de uma planilha de uma pasta de trabalho


Remover uma planilha de uma pasta de trabalho é um processo simples, pelo menos, a princípio. Os
problemas provavelmente surgirão mais tarde se você precisar reconciliar fórmulas que referenciam
dados que estavam na planilha excluída. Certifique-se de que o conteúdo de uma planilha que você está
prestes a excluir não seja referenciado nem exigido por nenhum elemento presente em outra planilha.

PASSO A PASSO Excluir uma planilha de uma pasta de trabalho

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia da planilha Totais.
2. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta para baixo Excluir.
3. Clique em Excluir Planilha. A planilha Totais é removida e sua guia desaparece.
4. Clique com o botão direito do mouse na guia Pesquisa e clique em Excluir. A planilha
Pesquisa é removida e sua guia desaparece.
5. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Observação Embora o Excel ofereça uma forma confiável de desfazer muitas das ações executadas acidentalmente
em pastas de trabalho (pressionar Ctrl+Z para desfazer erros cometidos, por exemplo), não é
possível desfazer a exclusão de uma planilha de uma pasta de trabalho. Para evitar a perda de horas
de trabalho, salve sua pasta de trabalho regularmente e mantenha cópias de segurança. Dessa forma,
se você excluir uma planilha acidentalmente, poderá recuperar, pelo menos, uma versão mais antiga
de um arquivo salvo.

TRABALHO COM VÁRIAS PLANILHAS


Uma das vantagens de ter várias planilhas baseadas no mesmo formulário em uma pasta de trabalho
é que sempre que os dados aparecem nas mesmas células em cada planilha, você pode selecionar
todos os dados e fazer alterações neles uma vez só, porque as alterações são refletidas em todas as
planilhas simultaneamente. O Excel não sabe antecipadamente quais planilhas são parecidas ou
mais parecidas; portanto, é necessário selecioná-las primeiro para agrupá-las. Você sabe que o Excel
agrupou planilhas quando a palavra [Grupo] é exibida após o nome do arquivo na barra de título.
Quando o código [Grupo] é exibido, tudo o que você digita em uma planilha do grupo, ou certas
alterações que você faz em uma planilha do grupo, é replicado nas outras planilhas. Para voltar a
trabalhar com cada planilha individualmente, você precisará desagrupá-las.

Você pode exibir partes de várias planilhas de uma pasta de trabalho simultaneamente. Isso é
útil quando você precisa fazer comparações entre os dados exibidos nessas planilhas. Você não
precisa fechar uma janela e abrir outra, ficar indo e voltando, nem depender da sua memória para
preencher os detalhes que não está visualizando. Neste exercício, você agrupará algumas planilhas
em preparação para fazer alterações que afetam todas elas e posicionará essas planilhas na tela para
comparar seus dados.
Gerenciamento de planilhas 123

PASSO A PASSO Trabalhar com várias planilhas em uma pasta de trabalho

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 8 como 08 Spa Services Week of 2-20
Solution 2 (08 Solução de Serviços de Spa da Semana de 20-2 2).
2. Clique com o botão direito do mouse em qualquer guia da planilha e clique em
Selecionar Todas as Planilhas. Agora, na barra de título, está escrito Spa Services Week
of 2-20 Solution 2.xlsx [Grupo]. Todas as planilhas visíveis estão incluídas nesse grupo,
enquanto as planilhas ocultas foram excluídas. Embora as guias de todas as planilhas
agora estejam em negrito, o nome da planilha ativa permanece realçado em verde.
3. Selecione as células I8:M33.
4. Na guia Página Inicial, no grupo Número, clique em $ (Formato de Número de
Contabilização). Os formatos de célula do intervalo mudam para um estilo de moeda
onde o cifrão é alinhado à esquerda e o valor, à direita com duas casas decimais. Como
a coluna K (Facial) é estreita demais para o conteúdo, os valores estão sendo exibidos
como ####.
5. Ajuste a largura da coluna K para acomodar o conteúdo.
6. Selecione a coluna M.
7. No grupo Fonte, clique em B (Negrito). Agora, todas as células da coluna M estão em
negrito. Pressione Ctrl+Home.
8. Clique em uma guia de planilha que não seja a de Quarta-feira. Agora, as planilhas estão
desagrupadas, mas as alterações que você fez na planilha anterior foram refletidas nas
três planilhas, como demonstrado pela planilha Terça-feira reformatada na Figura 8-8.

Figura 8-8
Planilha reformatada

9. Selecione a planilha Segunda-feira.


10. Na guia Exibir, no grupo Janela, clique em Nova Janela. Uma nova janela do Excel é
exibida, contendo também a planilha Segunda-feira.
11. Com a nova janela ativa, selecione a planilha Terça-feira.
12. Clique na guia Exibir e em Nova Janela novamente. Outra janela é exibida.
13. Com essa nova janela ativa, selecione a planilha Quarta-feira.
14. Na guia Exibir, no grupo Janela, clique em Organizar Tudo. A caixa de diálogo Organizar
Janelas é aberta.
15. Na caixa de diálogo, clique em Na vertical e em OK. O Excel reorganiza suas três janelas
para elas serem exibidas como mostrado na Figura 8-9.
124 Lição 8

Figura 8-9
Planilhas lado a lado
verticalmente

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Suponha que você agrupe várias planilhas, como aprendeu anteriormente. Ao tentar copiar ou
recortar dados de uma planilha presente em um grupo, o Excel pressupõe que você esteja tentando
extrair esses dados do grupo inteiro. Portanto, ao tentar colar os dados em uma planilha única e
desagrupada (talvez em outra pasta de trabalho), você não consegue. Isso porque o Excel espera
que a área na qual você esteja colando os dados seja do mesmo tamanho que os dados recortados
ou copiados, que, neste caso, vêm de várias planilhas. Agora, se você tentar colar os dados em um
grupo de planilhas do mesmo tamanho que a área de onde os dados foram recortados ou copiados,
será possível concluir a operação.

Observação Quando não há espaço suficiente para todas as guias de planilha visíveis serem exibidas na barra de
guias, como é o caso na Figura 8-9, aparecem setas de rolagem para a esquerda e para a direita ao
lado uma da outra no canto inferior esquerdo de cada janela. Use essas setas para deslizar as guias
para a esquerda e para a direita até encontrar a guia que você está procurando.

UTILIZAÇÃO DE ZOOM E CONGELAMENTO PARA ALTERAR A


EXIBIÇÃO NA TELA
O Microsoft Windows tem uma aproximação geral do tamanho da sua tela. Na maioria das vezes,
ele tenta renderizar o conteúdo dos documentos, como planilhas do Excel, relativamente com o
mesmo tamanho que esse conteúdo seria exibido se você o imprimisse em uma folha de papel da
impressora. Esse tamanho aproximado é o que o Excel chama de “100%”. Então, a ampliação de
50% é igual a aproximadamente metade do tamanho que sua planilha teria se impressa, enquanto
200% é igual a duas vezes o tamanho. Você pode ajustar ou aplicar zoom a essa exibição a
qualquer momento para facilitar a leitura do conteúdo ou acomodar mais dados na tela de uma só
vez, sem afetar o tamanho da planilha na hora da impressão. Ao salvar a pasta de trabalho, o Excel
salva a ampliação de cada uma de suas planilhas.

Provavelmente, você tem na sua casa uma janela que tem mais de um painel de vidro. Em alguns
aplicativos do Windows, inclusive no Excel, um painel é uma parte de uma janela dividida. Muitas
planilhas incluem uma ou mais linhas de células como rótulos de coluna. Quando você tem uma
planilha com uma grande quantidade de dadas, você pode perder os rótulos de vista ao navegar para
baixo na planilha. O Excel oferece uma forma de congelar partes de uma planilha na tela para
que, quando você rolar a página para baixo ou mesmo modifique a porcentagem de exibição, não
fique sem saber a quais elementos os rótulos se referem.
Gerenciamento de planilhas 125

PASSO A PASSO Usar Zoom e Congelar para alterar a exibição na tela

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Maximize a janela que contém a planilha Segunda-feira.
2. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 8 como 08 Spa Services Week of 2-20
Solution 3 (08 Solução de Serviços de Spa da Semana de 20-2 3).
3. Selecione a célula B8.
4. Para aumentar a ampliação, clique e mantenha pressionado o controle de zoom no canto
inferior direito e deslize o ponteiro à direita (veja a Figura 8-10). O zoom máximo é de
400%. Observe a janela ampliar a célula selecionada.

Figura 8-10
Zoom máximo em uma
planilha

5. Clique na guia Exibir e, no grupo Zoom, clique em 100%. A planilha retorna à ampliação
padrão. Vá para o início da planilha, de modo que a linha 1 fique visível novamente. Se
necessário, role a página para a esquerda para ver também a coluna
A novamente.
6. Selecione a célula B8 novamente, se necessário. Na guia Exibir, no grupo Janela, clique
em Congelar Painéis e, em seguida, no menu exibido, clique em Congelar Painéis. As
células acima e à esquerda da célula selecionada (B8) agora estão congeladas no lugar
de rolagem.
7. Role a tela até que a linha 33 se aproxime dos rótulos da linha 7. Observe que as linhas
de 1 a 7 permanecem no local (consulte a Figura 8-11).

Linha de congelamento vertical Linha de congelamento horizontal


Figura 8-11
Planilha com painéis
congelados
126 Lição 8

8. Pressione Ctrl+Home para rolar a planilha até o início. Na guia Exibir, no grupo Janela,
clique em Congelar Painéis e depois em Descongelar Painéis. As linhas finas que indicam
as bordas congeladas da planilha desaparecem.
PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Caso esteja acostumado a usar a roda do mouse para rolar a página para cima e para baixo, você
poderá usá-la, enquanto mantém a tecla Ctrl pressionada, para ampliar (para cima) ou reduzir (para
baixo) uma planilha.

LOCALIZAÇÃO E SUBSTITUIÇÃO DE DADOS


Se você já usou um processador de texto antes, como o Microsoft Word, provavelmente, já usou o
comando Localizar, que localiza uma passagem do texto. E, se você já escreveu uma carta ou um
memorando, talvez já tenha usado o comando Localizar e Substituir para alterar a ortografia de uma
palavra em todo o documento. O Excel tem um comando Localizar e um comando Substituir que
funcionam de forma semelhante. A única diferença é que eles navegam por células, em vez de parágrafos.

Localização de dados com o comando Localizar


Com o Excel, você pode usar o comando Localizar para procurar um texto que inseriu como
dado (por exemplo, o nome de uma pessoa) e os valores que são resultados de fórmulas. Isso é
importante, porque, se você tem certeza de que $ 10.000 aparecem em uma célula em algum lugar,
mas nunca digitou esse montante diretamente no sistema, ainda é possível localizar o valor, mesmo
que ele seja o resultado de uma fórmula.

Observação O comando Localizar não identifica dados em planilhas ocultas.

PASSO A PASSO Localizar dados com o comando Localizar

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione a planilha Segunda-feira. Selecione a célula B8.
2. Clique na guia Página Inicial e depois no grupo Edição, clique em Localizar e Selecionar.
Clique em Localizar. A caixa de diálogo Localizar e Substituir é exibida.
3. Na caixa de diálogo, clique em Opções. A caixa de diálogo é expandida.
4. Clique na seta para baixo de Em e, na lista suspensa, clique em Pasta de trabalho.
5. Clique na seta para baixo de Examinar e, na lista suspensa, clique em Valores.
6. Clique na caixa de texto Localizar, exclua qualquer texto exibido e digite Lara. Clique em
Localizar Próxima. A janela da pasta de trabalho muda para Quarta-feira, e a palavra Lara
é selecionada automaticamente na célula B9. Enquanto isso, a caixa de diálogo é exibida
como mostrado na Figura 8-12.

Figura 8-12
Utilização da caixa
de diálogo Localizar e
Substituir
Clipart cortesia da Microsoft
Gerenciamento de planilhas 127

7. Clique duas vezes na caixa de texto Localizar, pressione Delete e digite Beth. Clique
em Localizar Próxima. O Excel realça a célula B15, cujo conteúdo inclui “sila”, com letra
minúscula, no meio da célula.
8. Selecione a célula B9.
9. Na caixa de diálogo, clique em Diferenciar maiúsculas de minúsculas e, depois, em
Localizar Próxima. Dessa vez, o Excel relata que não é possível localizar o texto porque
está procurando por um nome que começa com a letra maiúscula “B”. Clique em OK
para fechar a mensagem.
10. Clique duas vezes na caixa de texto Localizar, pressione Delete e digite 420. Clique
em Localizar Tudo. A caixa de diálogo mostra um relatório detalhado listando todas as
células da pasta de trabalho que contêm o valor 420. Nesse caso, ele aponta para todos
os locais onde os clientes pagaram “os trabalhos” de todos os serviços juntos. Você
pode usar as barras de rolagem ou arrastar o canto inferior direito da caixa de diálogo
para ver todos os dados, como mostrado na Figura 8-13.

Figura 8-13
A caixa de diálogo Localizar
e Substituir após a utilização
de Localizar Tudo

11. Clique no primeiro item na lista cuja entrada da planilha esteja marcada como Terça-feira.
O Excel exibe a planilha Terça-feira e seleciona a célula M9, que contém uma entrada igual
a $ 420,00.
12. Clique em Fechar para fechar a caixa de diálogo.
13. FECHAR as outras duas janelas de pasta de trabalho abertas. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para usar no próximo exercício.

Solução de Quando você escolhe a opção Coincidir conteúdo da célula inteira na caixa de diálogo Localizar
problemas e Substituir, o Excel ignora as células cujo conteúdo não corresponde inteiramente ao texto da
caixa Localizar. Por exemplo, neste caso, uma busca por “Tarsila” ignoraria a célula que contém
“Tarsila R”. se a opção Coincidir conteúdo da célula inteira estivesse marcada.

Substituição de dados com o comando Substituir


As funções de localizar e substituir texto estão na mesma caixa de diálogo, embora o Excel ofereça duas
formas de abrir essa caixa. Talvez você já tenha notado a guia Localizar na parte superior da caixa de
diálogo Localizar e Substituir. A guia Substituir está ao lado dela. O comando Substituir difere
do Localizar em apenas um aspecto importante, ele adiciona uma caixa de texto para o conteúdo
que você pretende inserir no lugar das correspondências que o Excel localizar. Dessa forma, se você
digitar um nome errado em vários lugares de uma pasta de trabalho, bastará corrigi-lo uma vez que
a correção será refletida no restante do documento.
128 Lição 8

PASSO A PASSO Substituir dados com o comando Substituir

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione a planilha Quarta-feira. Selecione a célula B8.
2. Na guia Página Inicial, no grupo Edição, clique em Localizar e Selecionar. Clique em
Substituir no menu. A caixa de diálogo Localizar e Substituir é exibida.
3. Verifique se a caixa de diálogo está expandida e se Pasta de trabalho é a opção
selecionada para Em.
4. Se a caixa de texto Localizar mostrar o conteúdo da pesquisa anterior, clique duas vezes
nela e pressione Delete para apagar o conteúdo.
5. Clique na caixa de texto Localizar e digite Luiza.
6. Clique na caixa de texto Substituir por e digite Luísa. Agora, a caixa de diálogo deve ser
exibida como mostrado na Figura 8-14.

Figura 8-14
A caixa de diálogo Localizar
e Substituir exibindo a guia
Substituir

7. Clique em Substituir Tudo. O Excel procura todas as ocorrências de Luiza e troca


por “Luísa” (corrigindo a ortografia do nome do cliente) e depois notifica quando o
trabalho é concluído. O Excel faz uma substituição.
8. Clique em OK e em Fechar.

SALVAR a pasta de trabalho. FECHAR o Excel.

Solução de Só use Substituir Tudo quanto tiver certeza de que precisa substituir todas as ocorrências de
problemas uma passagem do texto ou de um item de dados. Haverá momentos em que você precisará
substituir apenas algumas ocorrências, não todas elas.
Gerenciamento de planilhas 129

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Qual dos seguintes procedimentos não é uma forma de excluir uma planilha ou mais
planilhas de uma pasta de trabalho?
a. Clicar com o botão direito do mouse em uma guia de planilha e clicar em Excluir.
b. Pressionar Ctrl+A para selecionar todas as células da planilha e depois pressionar
Delete.
c. Clicar na seta para baixo Excluir na guia Página Inicial e clique em Excluir planilha.
d. Selecionar um grupo de planilhas, clicar com o botão direito do mouse nesse grupo e
clicar em Excluir.
2. Qual das seguintes afirmações sobre planilhas ocultas e reexibidas está correta?
a. Planilhas reexibidas não podem conter fórmulas que se referem a planilhas ocultas.
b. Quando você clica em Localizar Tudo, a caixa de diálogo Localizar e Substituir mostra
o conteúdo correspondente tanto em planilhas reexibidas quanto em planilhas
ocultas.
c. Uma planilha oculta não pode ser excluída acidentalmente.
d. O Excel cria uma janela minimizada para cada planilha oculta.
3. Qual das declarações a seguir descreve um motivo para precisar copiar uma planilha em
uma pasta de trabalho?
a. É a maneira mais fácil de fazer um backup antes de fazer alterações.
b. Isso permite reutilizar formatos e fórmulas em uma nova planilha.
c. Ajuda o Excel a saber onde se situam os intervalos de dados.
d. Você deve manter uma planilha oculta no caso de um erro.
4. A fim de dobrar a exibição normal de uma planilha exibida em determinada área da tela,
para qual das seguintes configurações você deve alterar o zoom?
a. 200%
b. 120%
c. 75%
d. 50%
5. Qual das seguintes declarações descreve como alterar a cor de uma guia de planilha?
a. Na guia Layout da Página, no grupo Temas, selecionando Cores.
b. Clique com o botão direito do mouse na guia e selecione Cor da Guia.
c. Use a ferramenta Cor de Preenchimento na guia Página Inicial.
d. Não é possível alterar a cor de uma guia de planilha.
6. Qual das etapas a seguir é um método para ocultar uma única planilha em uma pasta de
trabalho com várias planilhas?
a. Na guia Exibir, no grupo Janela, clicar em Ocultar.
b. Selecionar a área visível da planilha.
c. Clicar com o botão direito do mouse na guia da planilha e clicar em Ocultar.
d. Digitar o nome da planilha na caixa de diálogo Ocultar.
7. Qual das etapas a seguir não é uma forma de inserir planilhas em uma pasta de
trabalho?
a. Clicar no botão Inserir planilha (+) à direita das guias da planilha.
b. Na guia Página Inicial, clicar em Inserir, depois, em Inserir Planilha.
c. Na guia Inserir, clicar em Planilha.
d. Na caixa de diálogo Inserir, clicar em Planilha, depois, em OK.
8. Para congelar a primeira coluna de uma planilha em um painel congelado:
a. Todo o conteúdo da coluna deve estar visível.
b. A primeira linha da coluna não pode estar vazia.
c. Também deve ser possível congelar as primeiras colunas de planilhas duplicadas.
d. Você pode clicar em Congelar Primeira Coluna no menu Congelar Painéis.
130 Lição 8

9. Ao criar uma cópia de uma planilha chamada de Agosto, o Excel dá qual dos seguintes
nomes à planilha?
a. Setembro
b. Agosto (2)
c. Sheet2
d. Julho
10. Quando você clica no botão Nova Planilha (+) na barra de guias, onde uma planilha
sempre é inserida?
a. No início da sequência de guias
b. Antes da planilha ativa
c. Depois da planilha ativa
d. No final da sequência de guias

Projetos

Projeto 8-1: Cópia e modificação de uma planilha.


Você está executando tarefas de contabilidade de uma cadeia de lojas de partituras e CDs
colecionáveis que atua no seu estado. Nesse projeto, você renomeará uma planilha, usará a caixa
Nome para selecionar um intervalo de células e copiará uma planilha do Trimestre 1 existente que
será modificada para inserção das vendas do Trimestre 2.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo 08 Brooks Music Annual Sales dentre os arquivos de dados desta lição.
2. SALVAR a pasta de trabalho como 08 Brooks Music Annual Sales Solution (08 Solução
de Vendas Anuais da Brooks Music). Maximize a janela, se necessário.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Formatar. Clique em Renomear
Planilha.
4. Digite Tri1 e depois pressione Enter.
5. Clique novamente em Formatar, depois, em Mover ou Copiar Planilha.
6. Na caixa de diálogo Mover ou Copiar, clique em (mover para o final), depois, clique em
Criar uma cópia e, finalmente, em OK.
7. Renomeie a planilha Tri1 (2) como Q2.
8. Na planilha Tri2, selecione a célula C5.
9. Exclua o texto Jan e substitua-o por Abr.
10. Use o Preenchimento Automático para alterar os títulos de coluna dos próximos dois
meses e, depois, na célula F5, altere Tri 1 para Tri 2.
11. Clique na caixa Nome e insira a referência de célula C6:E10. Pressione Enter e depois
pressione Delete.
12. Para os meses do segundo trimestre, insira os seguintes valores:
$22.748,00 $21.984,00 $20.194,00
$22.648,00 $21.068,00 $21.698,00
$24.971,00 $23.498,00 $23.011,00
$23.400,00 $24.681,00 $23.497,00
$21.037,00 $20.960,00 $19.684,00
13. Se necessário, ajuste a largura de cada coluna para que as entradas sejam legíveis.

SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho. DEIXE o Excel aberto para o próximo projeto.
Gerenciamento de planilhas 131

Projeto 8-2: Renomeação de uma planilha, reexibição de uma planilha e organização


de janelas
Você está em uma loja local de suprimentos de escritório ajudando um quiosque de revelação de
fotos a controlar quantas vendas a mais os funcionários precisam fazer para manter o quiosque
aberto na era da câmera digital. Neste projeto, você renomeará planilhas, reexibirá uma planilha de
formulário oculta, organizará as janelas na tela e fará alterações.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo 08 Photo Weekly Product Tracker dentre os arquivos de dados desta lição.
2. SALVAR a pasta de trabalho como 08 Photo Weekly Product Tracker Solution (08 Solução
do Acompanhamento de Produto Semanal de Foto).
3. Clique na guia da Planilha1.
4. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Formatar. No menu, clique em
Renomear Planilha.
5. Na guia da Planilha1, digite Sérgio (o nome do auxiliar de vendas na célula A7)
e pressione Enter.
6. Repita esse processo para os auxiliares de vendas na Planilha2 e Planilha3.
7. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique em Formatar. No menu, clique em
Ocultar e Reexibir, depois, em Reexibir Planilha.
8. Na caixa de diálogo Reexibir, escolha Formulário e clique em OK.
9. Com a planilha Formulário ativa, clique novamente em Formatar, depois, em Mover ou
Copiar Planilha.
10. Na caixa de diálogo Mover ou Copiar, na lista Antes da planilha, clique em Formulário.
Clique em Criar uma cópia. Clique em OK.
11. Clique na célula A7. Digite o nome Kauan Costa.
12. Edite a célula B4 para refletir a data mostrada nas outras planilhas.
13. Renomeie a planilha Formulário (2) como Kauan.
14. Clique com o botão direito do mouse na guia Formulário. Clique em Ocultar.
15. Na planilha Kauan, selecione as células B9:H13 e digite os seguintes valores para cada um
dos dias mostrados na tabela abaixo, ignorando as células em branco, como indicado:

Segunda- Terça- Sexta-


Domingo feira feira Quarta-feira Quinta-feira feira Sábado
2   3   4   2
10 1   2   6  
    4     2  
400   75   150   200
3 4     2 1 2

16. Selecione a planilha Sérgio.


17. Na guia Exibir, no grupo Janela, clique em Nova Janela.
18. Na nova janela, selecione a planilha Rafaela.
19. Novamente, na guia Exibir, no grupo Janela, clique em Nova Janela.
20. Na nova janela, selecione a planilha Marisa.
21. Mais uma vez, na guia Exibir, no grupo Janela, clique em Nova Janela.
22. Nessa nova janela, selecione a planilha Kauan.
23. Na planilha Jairo, na guia Exibir, no grupo janela, clique em Organizar Tudo.
24. Na caixa de diálogo Organizar Janelas, clique em Lado a lado. Clique em Janelas da
pasta de trabalho ativa. Clique em OK.

SALVAR essa pasta de trabalho e FECHAR o Excel.


9 Trabalho com dados e macros

MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO


Número do
Habilidades Objetivo do exame objetivo
Importação de dados Importar dados de um arquivo de texto delimitado. 1.1.2
Classificação de dados Alterar a ordem de classificação. 3.3.3
Classificar dados por várias colunas. 3.3.2
Filtragem de dados Filtrar registros. 3.3.1
Estrutura de tópicos e subtotalização de Estrutura de tópicos de dados. 2.3.2
dados Inserir subtotais. 2.3.3
Configuração de dados em um formato de Aplicar estilos às tabelas. 3.2.1
tabela Opções de Configurar estilo de tabela. 3.2.2
Inserir linhas de totais. 3.2.3
Adicionar ou remover linhas e colunas de tabela. 3.1.3
Filtrar registros. 3.3.1
Classificar dados por várias colunas. 3.3.2
Alterar a ordem de classificação. 3.3.3
Remover registros duplicados. 3.3.4
Criar uma tabela Excel de um intervalo de células. 3.1.1
Converter uma tabela a um intervalo de células. 3.1.2

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
Guia Dados
A maioria dos exercícios nesta lição usa a guia Dados na faixa de opções. Embora programas de
planilha como o Excel fossem originalmente destinados a servir como mecanismos de cálculo,
Figura 9-1 muitas vezes são convenientes para armazenar registros e executar cálculos no mesmo programa.
Tarefas de entrada de dados podem ser chatas e repetitivas, mas o Excel facilita a importação de
A guia Dados
dados existentes de outras fontes. Você poderá organizar e gerenciar os dados corretamente assim
que adicioná-los a uma pasta de trabalho.

Importar a partir de fontes


não Excel Guia Dados Remover linhas duplicadas Agrupar linhas ou colunas em clusters

Classificar de A a Z (classificar do Classificar por vários Desagrupar Inserir linhas de


menor para o maior) critérios Filtrar colunas linhas ou colunas subtotais
Classificar de Z a A (classificar do agrupadas
maior para o menor)

A Figura 9-1 mostra a guia Dados com descrições de muitos dos recursos usados nesta lição.

132 132
Trabalho com dados e macros 133

IMPORTAÇÃO DE DADOS
Ao usar uma pasta de trabalho que exija uma grande quantidade de dados, é útil que os dados
já existam em algum formulário e que não seja necessário digitá-los manualmente. Se os dados
necessários para uma pasta de trabalho forem de uma fonte externa ao Excel, o programa precisará
ser capaz de importar esses dados de uma forma que ele saiba onde as entradas de célula e os
registros se iniciam e terminam. Mesmo arquivos de texto simples, como arquivos .TXT ou .CSV,
nos quais os valores estão separados (delimitados) por vírgulas podem ser importados, porque
as vírgulas agem como cercas, e o Excel as reconhece. Bancos de dados relacionais complexos
consistem em várias tabelas e, portanto, não podem ser importados diretamente. Então, o truque é
poder estabelecer conexão com o banco de dados (como um canal de comunicação) e transmitir as
tabelas específicas de que você precisa para o Excel, de forma que ele possa analisar prontamente
(interpretar caractere por caractere).

Abertura de arquivos não nativos diretamente no Excel


O Excel tem dois formatos de dados principais: um mais antigo, que era de propriedade e operado
pela Microsoft e cujos arquivos terminam com a extensão .XLS, e um formato .XLSX mais recente
baseado em XML cujas especificações foram compartilhadas publicamente. Como o novo formato
é público, há mais programas e serviços agora que publicam dados em um formato que o Excel
aceita. Mas nem todos eles fazem isso; muitos serviços fornecem dados em um formato XML
básico que o Excel pode importar. Nesse caso, não há nenhuma garantia de que todas as colunas
serão alinhadas corretamente, ou que os títulos estarão no lugar que o Excel espera que eles estejam
para uma tabela. O “menor denominador comum” para compatibilidade de arquivos é o arquivo
.TXT ou .CSV, que usa determinados caracteres, como vírgulas e aspas, como delimitadores
(caracteres que separam entradas de dados umas das outras) e que o Excel não irá interpretar como
parte de uma célula de entrada.

PASSO A PASSO Abrir um arquivo não nativo no Excel

PREPARE-SE. Antes de começar, INICIE o Microsoft Excel e ABRIR uma pasta de trabalho em branco.
1. Clique na guia Dados e, depois, no grupo Obter Dados Externos, clique em De Texto.
2. Na caixa de diálogo Importar Arquivo de Texto, localize e clique em 09 NA-POP-EST-01.
csv. Clique em Importar.
3. Na etapa 1 do Assistente para Importação de Texto, observe a visualização na parte
inferior (veja a Figura 9-2). No momento, esta é a melhor aposta do Excel quanto à
formatação dos dados. Há números de preenchimento renderizados em “aspas” com
vírgulas entre cada número. Aqui, cada vírgula funciona como o delimitador, e é difícil
julgar se todos os números entre as vírgulas terão o mesmo comprimento. Em Escolha
o tipo de campo que melhor descreva seus dados, selecione Delimitado e, depois, Meus
dados contêm cabeçalhos.

Figura 9-2
Assistente de Importação
de Texto
134 Lição 9

4. A visualização mostra os cabeçalhos que se iniciam na linha 3. Assim, para a opção


Definir importação na linha, selecione 3. Clique em Avançar.
5. Na Etapa 2 do assistente, desmarque Tabulação porque a visualização não indica longos
espaços entre os números. Marque Vírgula. Defina o Qualificador do texto como ”
(aspas). Role o painel Visualização dos dados e observe agora que o Excel encontrou as
separações de coluna entre os números. Clique em Avançar.
6. A Etapa 3 do assistente permite estabelecer o tipo de dados para cada coluna detectada.
Clique na primeira coluna do painel Visualização de dados. Em seguida, em Formato dos
dados da coluna, clique em Data. Clique em Concluir.
7. Na caixa de diálogo Importar Dados, exibida ao lado (veja a Figura 9-3), deixe a opção
Onde você deseja colocar os dados? definida como Planilha existente. Clique em OK.

Figura 9-3
Caixa de diálogo Importar
Dados

8. Altere a largura da coluna A para 16.


9. A planilha que o Excel gerou, mostrada na Figura 9-4, mostra a estimativa de população
dos Estados Unidos para cada mês de abril de 2010 a dezembro de 2012. O Excel não
compreendeu as datas na coluna A, então, deixou o tipo de dados definido como Geral
para a maioria das células. No entanto, ele cometeu um erro ao tentar converter o ano
na célula A25. para corrigi-lo, comece selecionando e excluindo as linhas 2, 12 e 25
(certifique-se de selecionar todas as três linhas ao mesmo tempo antes de excluí-las).

Figura 9-4
Planilha de dados do
censo recém-importada

10. Clique na célula A2, digite Abril de 2010 e pressione Enter.


11. Arraste a alça de preenchimento da célula A2 para a célula A34. O Excel altera as
entradas da coluna A para meses adequados.
12. Exclua as linhas 35 a 40.
13. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 como 09 Monthly Census Data
Solution (09 Solução de Dados do Censo Mensal).

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.


Trabalho com dados e macros 135

Obtenção de dados externos


No mundo dos computadores, existem bancos de dados e arquivos de dados. Como os bancos de
dados são normalmente armazenados em arquivos, uma pergunta racional é: “qual é a diferença?”
Um arquivo de dados armazena uma série de registros em um formato relativamente simples
e o Excel é um programa que usa os arquivos de dados dessa maneira. Um banco de dados
é um sistema relativamente complexo que pode armazenar uma grande quantidade de dados
relacionados, que requer um programa que seja capaz de avaliar e processar dados. Quando o Excel
importa dados de um banco de dados em vez de um arquivo de dados (como no exercício anterior),
ele na verdade inicia um programa, começa um processo de comunicação com esse programa e
instrui o programa para transmitir os dados que ele requer.

Observação Neste exercício, você usará um arquivo do Microsoft Access, embora não precise ter o Access
instalado no seu computador para acompanhar.

PASSO A PASSO Obter dados externos

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele não estiver em execução e abra uma pasta de trabalho
em branco.
1. Clique na guia Dados e, depois, no grupo Obter Dados Externos, clique em Do Access.
2. Na caixa de diálogo Selecionar Fonte de Dados, localize o arquivo de banco de dados
09 Customer Contacts.accdb. Selecione-o e clique em Abrir.
3. Na caixa de diálogo Selecionar Tabela mostrada na Figura 9-5, clique em Clientes
(a tabela que desejamos importar) e, em seguida, clique em OK.
Figura 9-5
Caixa de diálogo
Selecionar Tabela

4. Na caixa de diálogo Importar Dados, clique em Tabela. Em Onde você deseja colocar os
dados, clique em Planilha Existente e verifique se a caixa de texto exibe =!$A$1.
5. Clique em OK. O Excel exibe uma tabela formatada (veja a Figura 9-6), completa com os
botões Filtro Automático nos cabeçalhos de coluna, sobre os quais você aprenderá mais
posteriormente, nesta lição, em “Utilização do filtro automático”.
Figura 9-6
Dados importados de uma
tabela do Access
136 Lição 9

6. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 como 09 Customers Solution


(09 Solução de Clientes).
PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Acréscimo de dados a uma planilha


Depois de importar dados de outro formato ou banco de dados para uma planilha, você provavelmente
vai gastar uma boa parte do tempo conciliando esses dados com os registros existentes. Nos dois
exercícios anteriores, você importou dados em planilhas em branco. Na maioria das situações, no
entanto, você importará os dados de outras fontes na planilha existente.

PASSO A PASSO Acrescentar dados a uma planilha

PREPARE-SE. ABRIR a pasta de trabalho 09 Owners.xls desta lição.


1. Clique na célula A21.
2. Clique na guia Dados e depois no grupo Obter Dados Externos, clique em De Outras
Fontes e, em seguida, clique em De Importação de Dados XML.
3. Na caixa de diálogo Selecionar Fonte de Dados, localize e selecione o arquivo de dados
09 Owners Import.xml. Clique em Abrir. Uma caixa de diálogo chamada Erro em XML
pode aparecer neste momento. Em caso afirmativo, clique em OK para descartar a caixa
de diálogo e prosseguir.
4. Na caixa de diálogo Importar Dados, clique em Planilha Existente e, em seguida, clique
em OK. Embora uma lista de clientes seja acrescentada ao final da planilha, as colunas
não ficam alinhadas, como mostrado na Figura 9-7. Isso é típico de dados anexados.

Solução de Ao longo do tempo, as pastas onde os arquivos de dados antigos costumavam residir podem
problemas deixar de existir. Este é o caso com o arquivo XML original do qual você importou dados para a
planilha. Algumas versões do analisador de XML da Microsoft lerão isso como um “erro” e outras
não. Diversos fatores podem contribuir para qual analisador de XML seu PC tem na verdade. Em
qualquer caso, isso não é realmente um erro e você não precisa se preocupar com isso.

Figura 9-7
Dados XML incompatíveis,
recentemente importados

5. Para corrigir o problema, comece movendo os nomes do intervalo de células E23:E75


a B23:B75. Substitua o conteúdo existente na coluna B.
6. Mova os sobrenomes do intervalo de células H23:H75 a A23:A75. Substitua o conteúdo
existente na coluna A.
7. Repita o processo para os estados na coluna J que devem estar na coluna E, os CEPs
na coluna K que devem estar na coluna F e os números de telefone na coluna I que
devem estar na coluna G.
8. Exclua as colunas H a L.
Trabalho com dados e macros 137

9. Exclua as linhas 21 e 22.


10. Substitua as 11 instâncias de Cidade de Dell da coluna D por Cidade de Del.
11. Altere as larguras das colunas para ajustar os dados na coluna.
12. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 como 09 Owners Solution.xlsx
(09 Solução de Proprietários).
PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

GARANTIA DA INTEGRIDADE DOS DADOS


Ao digitar novos dados em uma pasta de trabalho de uma fonte escrita em papel (especialmente
vários registros ao mesmo tempo), é muito fácil um inserir os dígitos ou caracteres errados,
principalmente em um campo em que um único caractere denota um tipo, como um idoso ou uma
criança, ou como um cão ou um gato. Por exemplo, “C” em uma clínica veterinária seria “cão”
ou “chinchila”? A validação ajuda a garantir que os dados sejam inseridos corretamente, antes
que eles sejam processados incorretamente. As ferramentas de validação de dados do Excel podem
ajudá-lo a configurar regras que impeçam você ou qualquer outra pessoa de inserir dados inválidos
ou inutilizáveis ou deixar de inserir dados quando é necessário.

Restrição de entradas de células a certos tipos de dados


Na América do Norte, um código de área telefônica tem três dígitos. Você pode configurar uma
regra no Excel que alerta o usuário sempre que ele digitar um código de dois ou quatro dígitos por
engano. O usuário pode então responder, descartando a mensagem e começando tudo de novo, ou
cancelando a entrada completamente, se ele não desejava digitar nada nessa célula.

PASSO A PASSO Restringir entradas de células a determinados tipos de dados

PREPARE-SE. ABRIR a pasta de trabalho 09 Vet Clinic Patients desta lição.


1. Clique na guia Arquivo e selecione Salvar como. SALVAR a pasta de trabalho na pasta
Excel Lesson 9 como 09 Vet Clinic Patients Solution (09 Solução de Pacientes da Clínica
Veterinária).
2. Congele as linhas 1 a 4 em ambas as planilhas da pasta de trabalho.
3. Na planilha Lista de Clientes, selecione a coluna L (Código de Área).
4. Clique na guia Dados e depois, no grupo Ferramentas de Dados, em Validação de Dados.
A caixa de diálogo Validação de Dados é aberta.
5. Clique na guia Configurações.
6. Na caixa de listagem Permitir, escolha Comprimento do texto. Este é o primeiro passo
na criação de uma regra que rege a quantidade de caracteres que cada nova entrada
deve conter.
7. Na caixa de listagem Dados, escolha é igual a.
8. Clique na guia Comprimento e digite 3 (consulte a Figura 9-8).

Figura 9-8
Use a guia Configurações
para especificar a regra
de validação
138 Lição 9

9. Clique na guia Mensagem de entrada. Essa guia exibe uma mensagem ao selecionar
uma célula no intervalo de validação.
10. Clique na caixa Título e digite Regra:.
11. Clique na caixa Mensagem de entrada e digite Insira um código de área com três dígitos.
12. Clique na guia Alerta de erro. O Excel pode exibir uma mensagem de alerta de erro
quando um usuário tenta inserir dados inválidos.
13. Clique na caixa Título e digite Erro de Entrada de Dados.
14. Clique na caixa Mensagem de erro e digite Apenas códigos de área de três dígitos são
reconhecidos. Essa mensagem é exibida em uma caixa de diálogo sempre que é feita
uma entrada inválida na coluna L. A caixa de diálogo deverá ser exibida conforme
mostrado na Figura 9-9.

Figura 9-9
Configure um aviso para
quando a regra de validação
é violada

15. Clique em OK.


16. Para testar a nova regra de validação, clique na célula L57. Você deverá ver a mensagem
de notificação digitada na guia Mensagem de Entrada.
17. Digite 40 e depois pressione Enter. O Excel exibe uma caixa de diálogo de alerta com a
mensagem que você criou (veja a Figura 9-10).

Figura 9-10
Planilha com a regra de
validação aplicada

Alerta de erro de validação Mensagem de validação de entrada


18. Clique em Cancelar. A entrada parcial na célula L57 é apagada.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.


Trabalho com dados e macros 139

Observação As regras de validação do Excel estão relacionadas apenas aos novos dados digitados na pasta de
trabalho, não aos dados que já existem na pasta, antes da criação das regras.

Permissão para apenas valores específicos serem inseridos em células


Uma informação comum que você encontrará em um banco de dados é muitas vezes uma única
letra que representa uma característica, como sexo ou filiação político-partidária ou o turno de
trabalho para o qual alguém é designado. Na entrada de dados, é fácil para alguém escorregar e
inserir um caractere inválido. Você pode prever eventos como esse, criando uma regra que restringe
a entrada a alguns caracteres válidos.

PASSO A PASSO Permitir que somente valores específicos sejam inseridos nas células

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia Arquivo e selecione Salvar como. SALVAR a pasta de trabalho na pasta
Excel Lesson 9 como 09 Vet Clinic Patients Solution 2 (09 Solução de Pacientes da Clínica
Veterinária 2).
2. Clique na guia Lista de pacientes.
3. Selecione a coluna D.
4. Na guia Dados, no grupo Ferramentas de Dados, clique em Validação de Dados.
5. Na caixa de diálogo Validação de Dados, clique na guia Configurações.
6. Na caixa de listagem Permitir, escolha Lista. A caixa Fonte é exibida na parte inferior da
caixa de diálogo.
7. Clique na caixa Fonte. Digite M,F,C certificando-se de incluir vírgulas.
8. Desmarque a caixa Ignorar em branco.
9. Clique na guia Mensagem de entrada. Clique na caixa Mensagem de entrada e digite
Masculino, Feminino ou Castrado.
10. Clique em OK. Agora qualquer um que inserir um novo paciente no banco de dados
deverá especificar o sexo do animal em uma lista suspensa na célula.
11. Selecione a coluna E (Número do proprietário).
12. No grupo Ferramentas de Dados, clique em Validação de Dados.
13. Clique na guia Configurações. Na caixa de listagem Permitir, clique em Lista.
14. No lado direito da caixa Fonte, clique no botão Recolher Caixa de Diálogo.
15. Com a caixa de diálogo Validação de Dados recolhida, clique na guia da planilha
Lista de clientes.
16. Selecione a coluna A (Número do cliente).
17. No final da caixa Fonte, clique no botão Expandir Caixa de Diálogo. A caixa de diálogo
inteira é retornada, e agora a caixa Fonte deve conter ='Lista de clientes'!$A:$A.
18. Desmarque as caixas Ignorar em branco e Na célula.
19. Clique na guia Alerta de Erro. Escolha Aviso na caixa Estilo.
20. Na caixa Mensagem de erro, digite O proprietário deve ser o número de um cliente
pré-existente.
21. Clique em OK. Agora a coluna Número do Proprietário só pode conter números para
clientes que aparecem na coluna Número do cliente da planilha Lista de Clientes.
22. Para certificar-se de que suas novas regras de validação estejam funcionando, na
planilha Lista de pacientes, na parte inferior da lista, clique na célula A57 e tente digitar
os seguintes dados:
Murdock Cão Rottweiler B 61
23. Depois de tentar digitar B na coluna D, responda à caixa de diálogo de erro clicando em
Tentar novamente e digitando M.
24. Depois de tentar digitar 61 na coluna E, responda à caixa de diálogo de erro mostrada na
Figura 9-11 clicando em Não e digitando 31.
140 Lição 9

Figura 9-11
O Excel tenta aplicar uma
regra de validação

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para usar no próximo exercício.

Observação Ainda é possível a permanência de um valor inválido em uma planilha depois que o usuário é avisado
sobre ele. Por exemplo, se na etapa anterior você clicasse em Sim em vez de em Não, o valor 61
permaneceria na coluna E, embora não houvesse cliente com o número 61 na coluna A da planilha
de lista de clientes. Dessa forma, é possível introduzir, propositadamente, um novo paciente canino
sem dono na lista, se você pretender adicionar as informações do proprietário posteriormente.

Remoção de linhas duplicadas de uma planilha


Em muitos bancos de dados, é importante que cada registro (cada linha de uma tabela de banco de
dados do Excel) seja exclusivo. Se uma entrada aparecer duas vezes, o Excel poderá tratá-las como
entradas separadas mesmo que contiverem informações idênticas. A dificuldade aparece quando
você tenta reconciliar quaisquer outros registros ou dados subsequentes que podem se referir a
qualquer uma dessas entradas duplicadas. Como meio de limpeza de seu banco de dados, você pode
fazer com que o Excel procure entradas duplicadas e as depure antes que aconteça muito estrago.

PASSO A PASSO Remover linhas duplicadas de uma planilha

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. SALVAR a pasta de trabalho atual como 09 Vet Clinic Patients Solution 3.
2. Clique na guia da planilha Lista de clientes.
3. Clique na célula A57 e, na linha 57, digite os seguintes dados nas colunas apropriadas:
0053 Sra. Julieta Mendes 704 Fairway Drive Cincinnati OH 45250 513 555-1655
4. Selecione o intervalo de células A4:N57.
5. Na guia Dados, no grupo Ferramentas de Dados, clique em Remover Duplicatas. A caixa
de diálogo Remover Duplicatas é exibida.
6. Na lista de colunas, remova a marca ao lado de Número do cliente. Se endereços e
nomes duplicados aparecerem na lista, é provável que os números de índice dos clientes
não tenham sido duplicados.
7. Deixe a caixa Meus dados contêm cabeçalhos marcada (veja a Figura 9-12). Dessa
forma, o Excel não tratará a linha 4 como se contivesse dados.

Figura 9-12
Caixa de diálogo Remover
Duplicatas
Trabalho com dados e macros 141

8. Clique em OK. O Excel responde com uma caixa de diálogo informando que um
conjunto de valores duplicados (que você acabou de inserir) foi removido.
9. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo. Observe que a segunda instância (inferior)
da entrada duplicada foi removida da linha 57.
PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para usar no próximo exercício.

CLASSIFICAÇÃO DE DADOS
A classificação de um intervalo de dados no Excel ajuda a localizar exatamente os dados de que
você precisa. Em alguns aspectos, isso também pode ajudar o Excel a procurar certos dados para
entradas em fórmulas (consulte a Lição 5), mas, na maioria das vezes, a classificação é útil para você.
Por exemplo, pode ser desejável classificar clientes em uma tabela pelo sobrenome em vez de um
número de cliente arbitrário. Ao inserir um novo cliente, você poderá achar mais fácil inserir o nome
no final da lista e então reclassificá-la em ordem alfabética. Dessa forma, não é necessário inserir
manualmente uma linha em branco no meio da planilha, na localização alfabética apropriada.

Classificação de dados com um único critério


Você provavelmente ouviu a palavra “critérios” mais frequentemente do que sua forma singular,
critério. Ambas as palavras referem-se aos elementos que são mencionados no decorrer da execução
de uma função. Por exemplo, as Páginas Brancas de um catálogo de telefones são classificadas pelos
sobrenomes dos proprietários da linha telefônica. O sobrenome é um critério desse tipo. Como
muitas pessoas compartilham o mesmo sobrenome, listas de proprietários de linhas telefônicas são
classificadas por seus nomes e depois por suas iniciais do nome do meio quando elas são usadas.
Isso conduz a três diferentes critérios para tal classificação. Quando os indivíduos em um banco de
dados são indexados por número, no entanto, e esse número é exclusivo, constitui um critério único
para uma operação de classificação comum.

PASSO A PASSO Classificar os dados com base em um único critério

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. SALVAR a pasta de trabalho atual como 09 Vet Clinic Patients Solution 4 (09 Solução de
Pacientes da Clínica Veterinária 4).
2. Na planilha Lista de pacientes, clique na célula E5. Observe que essa é a primeira célula
da coluna Número do proprietário e suas entradas são todas numéricas.
3. Na guia Dados, no grupo Classificar e Filtrar, clique no botão Classificar do Menor para o
Maior (com A sobre Z e uma seta apontando para baixo). Agora, a lista está classificada
em ordem numérica crescente, por Número da ordem, que foi a coluna em que você
clicou antes de realizar a classificação.
4. Clique na célula A5.
5. Clique no botão Classificar de A a Z. Dessa vez, a lista é classificada por Nome do
paciente e, novamente, a primeira coluna em que você clicou antes de realizar a
classificação. Murdock, o Rottweiler, que você adicionou anteriormente à linha 57 agora
é exibido na linha 44.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Observação Se sua classificação for baseada em uma única coluna em uma tabela do Excel, você pode selecionar
todo o intervalo da tabela ou qualquer célula na coluna que deseja classificar. Tome cuidado para
não selecionar somente uma parte da tabela (como uma única coluna) antes de classificar, ou o
Excel classificará apenas os dados selecionados e o restante permanecerá intacto, resultando em
registros não correspondidos. O Excel avisa antes de realizar esse tipo de classificação.

Classificação de dados com vários critérios


Um banco de dados adequado contendo registros de pessoas divide cada elemento dos seus nomes
em, no mínimo, sobrenome e nome e também pode incluir elementos opcionais como iniciais do
meio, prefixos e sufixos. Por esse motivo, sempre que classificar um banco de dados, intervalo ou
tabela por nomes, você deseja classificar por vários critérios.
142 Lição 9

PASSO A PASSO Classificar os dados com base em vários critérios

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia da planilha Lista de clientes.
2. Selecione o intervalo A4:N56.
3. Nomeie o intervalo como Clientes.
4. Na guia Dados, no grupo Classificar e Filtrar, clique em Classificar. A caixa de diálogo
Classificar é exibida.
5. Na caixa de listagem Classificar por, escolha Sobrenome.
6. Clique em Adicionar Nível.
7. Na caixa de listagem E depois por que aparecer, escolha Nome.
8. Clique em Adicionar Nível.
9. Na caixa de listagem Em seguida por, escolha MI (inicial do nome do meio).
10. Clique em Adicionar Nível novamente.
11. Na próxima caixa de listagem Em seguida por, escolha Sufixo. Agora, a caixa de diálogo
deve ser exibida como mostrado na Figura 9-13.

Figura 9-13
Caixa de diálogo Classificar

12. Deixe Meus dados contêm cabeçalhos selecionada, para que o Excel não trate a linha de
cabeçalhos como parte do intervalo a classificar.
13. Clique em OK. Agora, a lista de clientes está classificada em ordem alfabética, com
pessoas que compartilham o mesmo sobrenome classificadas em ordem alfabética pelo
nome. Embora os números dos clientes apareçam fora de ordem, os dados não são
alterados e o próprio banco de dados retém sua integridade total.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Classificação de dados usando atributos de célula


Na Lição 6, você viu como o Excel pode aplicar formatação especial às células dependendo do seu
conteúdo. O Excel é capaz de classificar registros com base na formatação condicional aplicada às
suas células. Isso é importante porque o Excel não tem um recurso de “classificação condicional”,
onde você cria uma regra ou uma fórmula que o Excel avalia para agrupar ou organizar linhas.
Em vez disso, você cria regras que aplicam formatos ou gráficos específicos a células com base em
seu conteúdo. Em seguida, o Excel pode classificar e agrupar os registros cujas células têm esses
formatos especiais aplicados a elas.

PASSO A PASSO Classificar dados com atributos de célula

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Na planilha Lista de Pacientes, que deve ainda ser classificada em ordem crescente na
coluna A, selecione a coluna E.
Trabalho com dados e macros 143

2. Clique com o botão direito do mouse na coluna e, em seguida, clique em Inserir no


menu de atalho.
3. Com a coluna E selecionada, na guia Dados, grupo Ferramentas de Dados, clique em
Validação de Dados.
4. Na caixa de diálogo Validação de Dados, clique em Limpar Tudo. Clique em OK.

Solução de Ao criar uma nova coluna à direita, regida por uma regra de validação de dados, ela segue a
problemas mesma regra, mesmo se tiver sido criada para outra finalidade. Para limpar esta regra, selecione
a nova coluna, ative a caixa de diálogo Validação de Dados e clique em Limpar tudo, conforme
demonstrado anteriormente.

5. Clique na célula E4 e digite Esterilizado/Castrado. Altere a largura da coluna E para 17.


6. Na coluna E, digite E para os números de linha a seguir: 6, 15, 19, 21, 22, 25, 34, 37, 46, 50 e 56.
7. Na coluna E, digite C para os números de linha a seguir: 5, 7, 8, 9, 10, 13, 16, 17, 20, 24,
27, 30, 31, 32, 36, 40, 41, 43, 47, 48, 52, 54 e 57.
8. Selecione a coluna E.
9. Na guia Dados, no grupo Ferramentas de Dados, clique em Validação de Dados.
10. Na caixa de diálogo Validação de Dados, clique na guia Configurações. Em Permitir,
escolha Lista.
11. Na caixa Fonte, digite C,E.
12. Clique na guia Mensagem de Entrada. Na caixa Mensagem de entrada, digite E =
Esterilizado, C = Castrado. Clique em OK.
13. Selecione o intervalo E5:E100. Clique na guia Página Inicial e depois no grupo Estilos,
clique em Formatação Condicional. Clique em Nova Regra.
14. Na caixa de diálogo Nova Regra de Formatação, escolha Formatar apenas células que
contenham na lista Selecionar um Tipo de Regra.
15. Na caixa de listagem, em Formatar apenas células com, escolha Sem espaços em branco.
16. Clique em Formatar.
17. Na caixa de diálogo Formatar Células, clique na guia Preencher. Escolha a sexta
amostra de cor da esquerda na terceira linha. Clique em OK.
18. Clique em OK. Agora os animais esterilizados e castrados devem aparecer sombreados.
19. Selecione o intervalo A4:F57. Nomeie o intervalo como Pacientes.
20. No grupo Classificar e Filtrar, clique em Classificar.
21. Na caixa de diálogo Classificar, na lista Classificar por, escolha Esterilizado/Castrado.
22. Na lista Classificar em, escolha Cor da Célula.
23. Clique na seta para baixo ao lado de Sem Cor da Célula. Como na Figura 9-14, a caixa
de listagem exibida mostra somente as cores que estão realmente sendo usadas para a
formatação condicional, nesse caso, somente uma amostra. Clique na amostra de cor.

Figura 9-14
Caixa de diálogo
Classificar apresentando
opção de cor de formato
condicional
144 Lição 9

24. Clique em OK. A planilha classificada agora deve aparecer como mostrado na Figura 9-15.
Todos os animais “C” e “E” estão agrupados juntos na parte superior, com os dois tipos se
mesclando. Todos os animais não operados estão agrupados em direção à parte inferior.

Figura 9-15
Planilha com classificação
baseada em formato
condicional aplicada

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

FILTRAGEM DE DADOS
Ao procurar por informações on-line, o que você espera que aconteça é que o mecanismo de pesquisa
retorne os dados mais relevantes para sua pesquisa no topo da lista. Da mesma forma que ocorre
com qualquer banco de dados, ao fazer uma solicitação ou uma consulta apenas dos dados que
atendam a critérios específicos, espera-se ver somente os dados relevantes e que os dados irrelevantes
ou não correspondentes sejam filtrados. Com o Excel, há uma maneira de especificar formalmente
os limites de sua tabela de banco de dados: informar “Esta parte da minha planilha deve ser tratada
como um banco de dados” e solicitar que o Excel filtre as linhas que não se relacionem com o que
você estiver procurando. Isso não altera o banco de dados e você não exclui nenhuma linha com um
filtro. Você apenas as oculta temporariamente.

Uso do Filtro Automático


Um Filtro Automático é o meio mais rápido para você criar uma tabela para que ela exibe apenas
as linhas que satisfazem critérios simples (por exemplo, apenas os clientes que vivem no estado,
ou apenas os clientes que se inscreveram para newsletters mensais). Se os critérios de sua pesquisa
envolverem informações que são facilmente avaliáveis através de uma simples leitura dos dados
existentes nas células, você pode usar um filtro automático para configurar sua pesquisa com pouca
dificuldade. Existem maneiras de configurar filtros avançados mais complexos que replicam dados
para um local separado (muitas vezes uma nova planilha) utilizando critérios avançados com base
nas fórmulas. Mas para a simples avaliação dos dados, um Filtro Automático exige muito menos
esforço. Isso converte a linha de cabeçalhos de sua tabela em um conjunto de controles, que você
usa para escolher seus critérios e depois selecionar os dados que você deseja ver.

PASSO A PASSO Usar o filtro automático

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


Trabalho com dados e macros 145

1. SALVAR a pasta de trabalho atual como 09 Vet Clinic Patients Solution 5 (09 Solução de
Pacientes da Clínica Veterinária 5).
2. Clique na guia da planilha Lista de clientes. Na caixa Nome, digite Clientes e pressione
Enter. O Excel realça o intervalo de dados para a tabela Clientes.
3. Na guia Dados, no grupo Classificar e Filtrar, clique em Filtro. O Excel adiciona botões
de seta para baixo aos nomes de campos em todas as colunas na lista. Role para cima e
clique na célula A5 para desmarcar o intervalo.
4. Clique na seta para baixo ao lado do título Número do cliente na coluna A. O Excel exibe
o menu Filtro Automático, mostrado na Figura 9-16.

Figura 9-16
Menu Filtro Automático
para uma coluna
numérica

5. Para classificar a tabela por número do cliente, clique em Classificar do Menor para o
Maior. Esse procedimento oferece um atalho para classificação.
6. Para mostrar apenas os clientes com endereços em Ohio, clique na seta para baixo ao
lado de Estado. No menu Filtro Automático exibido, desmarque a caixa (Selecionar Tudo)
para desmarcar todas as caixas de seleção, e, em seguida, marque OH, como mostrado
na Figura 9-17. Clique em OK.

Figura 9-17
Menu Filtro Automático
para uma coluna de texto
146 Lição 9

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Quando um Filtro Automático está ativo, para que você veja os resultados filtrados em vez da tabela
completa, o Excel aplica notação especial aos botões Filtro Automático e aos números de linha.
Como a Figura 9-18 mostra, o botão da coluna usada na classificação agora contém uma seta para
cima, enquanto o botão da coluna utilizada no filtro contém um símbolo de funil.

Coluna classificada (ordem crescente) Coluna filtrada


Figura 9-18
Símbolos em uma tabela
filtrada

Indicadores de linha mascarados

Além disso, observe que os números de linha são azuis e não são consecutivos. Se olhar atentamente,
verá que, onde linhas não correspondentes estão ocultas, o Excel coloca uma borda dupla entre os
números de linhas correspondentes, por exemplo, entre as linhas 17 e 20 e entre 46 e 54.

Criação de um Filtro Automático personalizado


Um Filtro Automático personalizado usa uma regra que você cria, instruindo o Excel sobre como
avaliar as entradas em cada linha. O resultado dessa avaliação determina se as linhas são exibidas
ou filtradas. Com um simples Filtro Automático, o Excel procura conteúdo com base em amostras
reais da coluna. Por exemplo, com a tarefa anterior, Ohio (OH) e Indiana (IN) foram escolhas
porque ambos foram destaque na coluna Estado. Nenhum outro estado foi listado. Por outro lado,
com um Filtro Automático personalizado, você pode elaborar uma regra instruindo a planilha a
exibir somente os registros cujos valores em uma determinada coluna estão acima ou abaixo de uma
determinada quantia. Essencialmente, a regra diz ao Excel para comparar cada valor da coluna com
outra coisa. Se esse valor será exibido varia de acordo com os termos da comparação: é igual? Maior?
Menor? Está entre os dez valores mais altos ou mais baixos? O Filtro Automático personalizado está
entre as mais poderosas ferramentas do Excel.

PASSO A PASSO Criação de um filtro automático personalizado

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Toque para a planilha de Lista de Pacientes e insira uma nova coluna entre as colunas
D e E existentes.
2. Limpe as regras de validação da nova coluna E.
Trabalho com dados e macros 147

3. Adicione o título Inoculação de hepatite à célula E4 e amplie a coluna conforme for


necessário para exibir o título em duas linhas.
4. Digite as seguintes datas nas células mostradas:
E8 18/01/2016
E11 16/08/2015
E13 15/05/2016
E18 01/03/2013
E22 19/10/2014
E26 05/07/2016
E32 02/02/2015
E37 15/08/2016
E38 14/07/2015
E43 01/09/2016
5. Selecione o intervalo de dados Pacientes. O intervalo deve incluir automaticamente a
nova coluna.
6. Na guia Dados, no grupo Classificar e Filtrar, clique em Filtro.
7. Clique na seta para baixo ao lado de Inoculação de hepatite. No menu, aponte para
Filtros de Data, e, em seguida, em Personalizar Filtro. A caixa de diálogo Personalizar
AutoFiltro é aberta.
8. Na primeira caixa de listagem logo abaixo de Inoculação de hepatite, escolha é anterior a.
Na caixa à direita, digite 01/01/2016.
9. Clique no botão Ou entre as duas linhas de caixas de listagem.
10. Na segunda caixa de listagem abaixo de Ou, escolha é igual a. Deixe a caixa de listagem
em branco (o que significa literalmente “em branco” ou “nada”). Agora, a caixa de
diálogo deve ser exibida como mostrado na Figura 9-19.

Figura 9-19
Caixa de diálogo Personalizar
AutoFiltro

11. Clique em OK. Depois que a caixa de diálogo desaparecer, o Excel filtrará na lista
todas as entradas de pacientes que tiveram inoculação de hepatite de 2016 em diante.
Permanecerão na lista os animais inoculados em 2015 ou antes, ou cujas datas de
inoculação não são conhecidas.
12. Clique novamente no botão Filtro ao lado de Inoculação de hepatite. No menu, aponte
para Filtros de Data, e, em seguida, em Personalizar Filtro.
13. Na segunda caixa de listagem que contém a inscrição igual a, escolha a entrada em
branco na parte superior da lista. Agora, a caixa deve estar vazia.
14. Clique em OK. A lista agora deve ter apenas os cinco animais que foram inoculados em
2015 ou antes, como mostrado na Figura 9-20.
15. Clique novamente no botão Filtro ao lado de Inoculação de hepatite. No menu, escolha
Limpar filtro de “Inoculação de hepatite”.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.


148 Lição 9

Figura 9-20
Planilha com filtro
personalizado aplicado

Filtragem de dados usando atributos de célula


Ao aplicar a formatação condicional a uma coluna de células, essa formatação é algo que o Excel
consegue reconhecer ao filtrar os dados. Em outras palavras, é fornecer ao sistema de filtragem algo que
ele possa procurar. Então, você pode facilmente fazer um filtro ocultar linhas onde as células em uma
coluna não têm um formato específico, como um plano de fundo sombreado ou uma cor da fonte.

PASSO A PASSO Filtrar dados com atributos de célula

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Na planilha Lista de pacientes, clique na seta para baixo do botão Esterilizado/Castrado.
2. No menu, clique em Filtrar por Cor.
3. No menu pop-up, escolha a amostra rosa. O Excel agora mostra apenas os animais que
tenham sido castrados ou esterilizados.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

ESTRUTURA DE TÓPICOS E SUBTOTALIZAÇÃO DE DADOS


Até aqui, você trabalhou com dados que são dispostos como tabelas cheias de registros, onde cada
linha representa uma entrada de elementos relacionados. Uma outra finalidade das planilhas é servir
como listas de valores e suas descrições relacionadas. Imagine uma lista de estoque mostrando o
preço de venda de itens organizados por departamento. Em sua forma mais básica, você precisa
somente de duas colunas: uma para a descrição e outra para o preço. No entanto, para que essa lista
seja útil, você desejará uma forma de dividir os itens de acordo com seus respectivos departamentos,
por exemplo, listando sua localização na prateleira. Essas categorias descritivas ajudam a subdividir
dados em grupos. O Excel então pode recolher esses grupos em título de uma linha chamadas
de estruturas de tópicos. O Excel usa estruturas de tópicos para gerar relatórios que fornecem
dados significativos sobre os itens em cada grupo coletivamente. O mais importante, e provavelmente
o mais usado desses relatórios, é o que mostra os subtotais dos valores agrupados.
Trabalho com dados e macros 149

Agrupamento e desagrupamento de dados


A forma mais simples de agrupamento de dados envolve tomar uma linha de células que possuem
um atributo relacionado, agrupá-las e então recolher o grupo como uma pasta que pode ser reaberta
mais tarde. O objetivo de fazer isso é reduzir o tamanho dos relatórios longos para torná-los mais
fáceis de ler. O agrupamento de dados é mais indicado para relatórios finais e não para bancos de
dados ativos nos quais novos dados podem ser inseridos posteriormente.

Sempre que você agrupar linhas ou executar uma operação (como estrutura de tópicos automática
ou subtotalização automática) na qual os grupos são criados automaticamente, o Excel adicionará
controles ao lado da linha e dos cabeçalhos de coluna. O Excel chama esses controles de
símbolos de estrutura de tópicos.

Caixas marcadas com símbolos de adição e subtração são colocados à esquerda de linhas agrupadas
ou acima de colunas agrupadas. Cada um age como um fecho que pode recolher ou expandir o
conteúdo do grupo. No canto superior esquerdo existem teclas numéricas que permitem mostrar
ou ocultar todo o conteúdo do grupo para um determinado nível. Quando tiver dois grupos que
estão lado a lado, você terá apenas dois níveis: a exibição recolhida e a expandida. Mas você pode
ter grupos dentro de grupos e, para cada nível de agrupamento que você criar, o Excel adicionará
outro número a esse banco de símbolos de estrutura de tópicos.

Observação As linhas e colunas que você registra em um grupo devem ser aquelas que você não deseja ver
quando o grupo está recolhido. As linhas de nome de campo que identificam as células e linhas de
totais que incluem os subtotais não devem ser incluídas em grupos.

PASSO A PASSO Agrupar e desagrupar dados

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. SALVAR a pasta de trabalho atual como 09 Vet Clinic Patients Solution 6 (09 Solução de
Pacientes da Clínica Veterinária 6).
Observação Registrar um conjunto de registros em um grupo altera o comportamento de filtros automáticos que
possam incorporar o grupo em questão. Por exemplo, ao tentar classificar uma coluna, somente os
registros que não são membros de um grupo são classificados. Uma vez agrupados os registros, sua
ordem é fixada e sua utilidade como partes de um banco de dados ativo é reduzida, especialmente
se você incluir linhas de subtotal no meio. Por esse motivo, você deve reservar o agrupamento e a
estrutura de tópicos para pastas de trabalho que são apresentadas como relatórios finais (imutáveis),
para um determinado momento.

2. Com a planilha Lista de pacientes ativa, na guia Dados, grupo Classificar e Filtrar, clique
em Limpar.
3. Ao lado de Gato ou Cão?, clique no botão de seta para baixo. No menu, clique em
Classificar de A a Z. Agora, todos os gatos estão agrupados na parte superior e os cães
na parte inferior.
4. Clique com o botão direito do mouse no título da linha 29, onde aparece o primeiro cão.
Clique em Inserir no menu de atalho.
5. Selecione a célula H29. Digite Número de gatos.
6. Selecione a célula G29. Clique na guia Página Inicial e, depois, no grupo Fonte, clique no
botão Negrito para enfatizar o número que será exibido nessa célula.
7. Na guia Página Inicial, no grupo Edição, clique na seta para baixo AutoSoma. No
menu, clique em Contar Números e, em seguida, pressione Enter. O Excel insere uma
função na célula que conta o número de células contíguas na coluna logo acima da que
contém números, nesse caso, os números dos proprietários dos clientes.
8. Adicione uma função similar CONT.NÚM para contar o número de cachorros à linha 59.
(Certifique-se de contar somente as linhas de cachorros). Aplique Negrito à célula G59 e
digite Número de cachorros na célula H59.
9. Selecione as linhas 5 a 28 (todos os gatos).
10. Clique na guia Dados e depois no grupo Estrutura de Tópicos, clique no botão Agrupar. Uma
linha indicadora de grupo é adicionada à esquerda dos marcadores de linha e um símbolo
da estrutura de tópicos é exibida na linha logo abaixo do final do grupo (veja a Figura 9-21).
150 Lição 9

Figura 9-21
Planilha com grupos aplicados

Botões de nível da
estrutura de tópicos

Linha de indicador
de grupo

Símbolo de estrutura
de tópicos

11. Repita o processo nas Etapas 9 e 10 para os cães nas linhas 30 a 58.
12. Para recolher o grupo de gatos, clique na caixa de sinal de subtração (mostrada na
Figura 9-21) ao lado da linha 29, que contém a contagem de gatos. O controle se
transforma em uma caixa de adição, indicando que quando você clicar nela, as linhas
ocultas serão exibidas.
13. Recolha o grupo de cães com a caixa de subtração na linha 59. A planilha agora aparece
totalmente recolhida (veja a Figura 9-22).

Botão Selecionar Tudo 


Figura 9-22
Planilha com grupos
recolhidos

14. Clique no botão Selecionar Tudo (consulte a Figura 9-22). Na guia Dados, no grupo
Estrutura de Tópicos, clique em Mostrar Detalhe (o ícone com o sinal de + verde à direita
do ícone Agrupar).
15. Selecione as colunas B a F.
16. No grupo Estrutura de Tópicos, clique no botão Agrupar. É criado um novo grupo de
colunas.
17. Clique na caixa de subtração sobre a coluna G para recolher o grupo de colunas. Clique
na caixa de adição que a substitui para expandi-la.
18. Selecione as colunas B a G.
19. No grupo Estrutura de Tópicos, clique no botão Desagrupar. O grupo de colunas
desaparece.

PAUSE. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.
Trabalho com dados e macros 151

Criação automática de uma estrutura de tópicos de dados


O agrupamento de dados é um processo fácil quando você tem alguns grupos em sua planilha.
Para um relatório complexo, como um balanço com ativos e passivos divididos em departamentos
e subdepartamentos, a tarefa fica muito mais tediosa. Suponha que você tenha inserido células
de valor total ao longo das linhas inferiores de células relacionadas, ou ao longo da coluna direita
ao lado de células relacionadas, ou talvez ambas. Você provavelmente precisará fazer isso para
um balanço formal, ou para uma tabela com os nomes dos vendedores em linhas e vendas por dias
da semana nas colunas. Aqui, você calcula o total para cada vendedor ao longo da coluna direita e
para cada dia ao longo da linha inferior. O Excel pode detectar quando e por que você configura sua
planilha assim. Então, quando você estruturar automaticamente em tópicos uma tabela
ou uma planilha cheia de tabelas, ele criará os grupos automaticamente e eliminará o problema.

PASSO A PASSO Criar automaticamente uma estrutura de tópicos de dados

PREPARE-SE. ABRIR a pasta de trabalho 09 Critical Care Expenses desta lição.


1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 como 09 Critical Care Expenses
Solution. (09 Solução de Despesas de Cuidado Crítico).
2. Selecione a célula H14. Na guia Página Inicial, no grupo Fonte, clique no botão Negrito.
Em seguida, no grupo Edição, clique no botão AutoSoma e pressione Enter. O valor total
aparece em negrito na célula.
3. Repita o processo de total geral para a célula H24 e aplique Negrito à célula.
4. Selecione o intervalo de células B6:H24, cobrindo totalmente os dois grupos de
despesas.
5. Clique na guia Dados e, depois, no grupo Estrutura de Tópicos, clique na seta para baixo
ao lado de Agrupar. No menu, clique em Auto Tópicos. Como mostrado na Figura 9-23,
o Excel agrupa automaticamente as linhas 8 a 13 e as linhas 18 a 23, pontilhando a linha
Total de Despesas ao longo da parte inferior de cada grupo. O Excel também agrupa as
colunas de 20 a 24 de março nas colunas C a G, pontilhando as colunas de valores totais
semanais à direita.

Figura 9-23
Planilha com estrutura
de dados

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.


152 Lição 9

Recolhimento de grupos de dados em uma estrutura de tópicos


Ao criar uma estrutura de tópicos em volta de grupos de dados em uma planilha, símbolos de
estrutura de tópicos aparecem para cada grupo de linhas e colunas. Você pode usar estes dispositivos
para recolher e expandir a estrutura de tópicos, alternando entre visualizações resumidas e detalhadas
da planilha.

PASSO A PASSO Recolher grupos de dados em uma estrutura de tópicos

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique nas três caixas de subtração para recolher seus respectivos grupos. A planilha
deverá mostrar apenas as células de total geral que você criou com os rótulos
apropriados (veja a Figura 9-24).

Figura 9-24
Planilha com tópicos com
grupos recolhidos

2. Clique em qualquer uma das caixas de adição (que substituíram as caixas de subtração)
para expandir o grupo ao qual está anexado.
3. Para remover toda a estrutura de tópicos, na guia Dados, grupo Estrutura de Tópicos,
clique na seta do botão Desagrupar. No menu, clique em Limpar Estrutura de Tópicos.

PAUSE. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Subtotalização de dados em estruturas de tópicos


Suponha que uma planilha serve como um relatório de determinada atividade que ocorre em
determinados dias no que diz respeito a divisões específicas da empresa em regiões específicas do
país. Essas três categorias representam níveis de informação. Ao classificar uma planilha para que
esses níveis estejam em uma ordem precisa, como você já aprendeu, o Excel aceita cada um desses
níveis como camadas em uma estrutura de tópicos. Uma estrutura de tópicos fornece o resumo
completo e oculta os detalhes até você solicitá-los.

PASSO A PASSO Subtotalizar dados em estrutura de tópicos

PREPARE-SE. ABRIR a pasta de trabalho 09 Server Usage Stats desta lição.


1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 como 09 Server Usage Stats Solution
(09 Solução de Estatísticas de Utilização de Servidor).
2. Selecione o intervalo A6:G141.
3. Clique na guia Dados e depois no grupo Classificar e Filtrar, clique em Classificar.
4. Na caixa de diálogo Classificar, na linha Classificar por, escolha Data, Do Mais Antigo
para o Mais Novo. Clique em OK.
Trabalho com dados e macros 153

5. Na guia Dados, grupo Estrutura de Tópicos, clique em Subtotal. A caixa de diálogo


Subtotais é exibida.
6. Na caixa de listagem A cada alteração em, clique em Departamento.
7. Se necessário, na caixa de listagem Usar função, escolha Soma.
8. Na lista de colunas marcada Adicionar subtotal a, selecione as caixas para Avg: Largura
de banda, Entrada de dados, Saída de dados e Transações.
9. Marque as caixas de seleção Resumir abaixo dos dados e Substituir subtotais atuais,
se necessário. Compare sua caixa de diálogo à Figura 9-25.

Figura 9-25
Caixa de diálogo
Subtotal

10. Clique em OK. O Excel insere linhas de subtotal para cada divisão da empresa, agrupando
os valores de consumo de dados para as três regiões corporativas. Ele coloca cada um
desses grupos de linhas de divisão em grupos. Em seguida, cria um grupo maior para
todo o intervalo e adiciona uma linha de total geral à parte inferior. O resultado é uma
planilha de subtotal com uma estrutura de tópicos de três camadas (veja a Figura 9-26).

Figura 9-26
Planilha com subtotais
automáticos

PAUSE. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.
154 Lição 9

Observação Ao remover uma estrutura de tópicos de um intervalo que foi subtotalizado de forma automática, as
linhas de subtotal inseridas pelo Excel permanecem automaticamente. Então, para retomar o estado
pré-subtotalizado de uma planilha, você deve excluir todas as linhas de subtotal manualmente.

CONFIGURAÇÃO DE DADOS EM UM FORMATO DE TABELA


Até agora nesta lição, talvez você tenha pensado que, na sua maioria, os dados utilizados em
planilhas são, para todos os fins, tabelas. Como poderiam não ser tabelas? Eles têm títulos na
parte superior e entradas únicas que identificam linhas. Em uma perspectiva de editoração, eles
certamente são tabelas. Mas o Excel tem uma relevância especial para uma classe de dados que ele,
formalmente, denomina tabela. Ao formatar um único intervalo retangular com uma linha de
cabeçalhos no topo e colunas de dados abaixo dos cabeçalhos, a conversão desse intervalo em uma
tabela permite que o Excel o trate como um banco de dados. O processamento de dados de uma
tabela é mais rápido, inclusive para classificação. E o Excel pode aplicar um formato rápido
elaborado que confere à tabela uma aparência elegante e profissional. Ao compor fórmulas, as
tabelas formais permitem que você se refira a nomes de campos explicitamente (por exemplo,
“Preço” e “Marcação”) em vez de usar sua referência de célula (por exemplo, B7 e D7).

Formatação de uma tabela com um estilo rápido


Ao observar um documento bem-definido que contém uma tabela cheia de números, é possível
ver como tipógrafos aplicam ferramentas gráficas para tornar a tabela mais fácil de ler: ferramentas
como alternância de bandas a cada duas linhas. Você pode aplicar (meticulosamente) um estilo
assim a um intervalo normal, mas o que aconteceria quando você classificasse o intervalo?
A formatação de célula se moveria juntamente com as células, e suas bandas alternadas seriam
desorganizadas. Ao indicar que parte de uma planilha é uma tabela, o Excel pode aplicar alguma
formatação independentemente do conteúdo. Então uma tabela corretamente em tiras fica em tiras
corretamente quando você classifica a tabela, ou quando insere e exclui linhas.

PASSO A PASSO Formatar uma tabela com um estilo rápido

PREPARE-SE. ABRIR a pasta de trabalho 09 Pet Pharma Sales desta lição.


1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 do Excel como 09 Pet Pharma Sales
August Solution (09 Solução de Agosto de Vendas da Farmácia Veterinária).
2. Na planilha Vendas de Agosto, selecione o intervalo de dados A6:K93.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique em Formatar como Tabela. O Excel exibe
um menu colorido de layouts de exemplo, como mostrado na Figura 9-27.

Figura 9-27
Menu Formatar como Tabela
Trabalho com dados e macros 155

4. Clique no exemplo na linha 4, coluna 2 (Estilo de Tabela Média 2). A caixa de diálogo
Formatar como Tabela é exibida.
Observação Você pode alterar o formato de uma tabela a qualquer momento usando o comando Formatar
como Tabela. Você só vê a caixa de diálogo Formatar como Tabela na primeira vez que formata uma
tabela, o que efetivamente transforma um intervalo padrão em uma tabela. Depois disso, você só
precisará selecionar uma célula dentro da tabela para dizer ao Excel qual tabela deseja reformatar.

5. Como a referência de célula abaixo de Onde estão os dados da tabela? está precisa, não
faça alterações e depois clique em OK. O Excel converte o intervalo de dados em uma
tabela formal e aplica o estilo que você escolheu, que inclui linhas automaticamente em
tiras que mantêm suas tiras mesmo quando as linhas são classificadas. Controles de
Filtro Automático também são adicionados à linha de nomes de campo.
6. Para aplicar negrito automaticamente à coluna mais à direita na tabela (Total de Vendas),
clique em qualquer célula dentro da tabela. Na guia Design, grupo Opções de Estilo de
Tabela, clique em Última Coluna.
Observação O grupo Opções de Estilos de Tabela também contém uma opção para definir colunas em tiras
em vez de linhas. Por exemplo, você pode desmarcar a opção Linhas em Tiras deste grupo e, em
seguida, marcar Colunas em Tiras.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Remoção de estilos de uma tabela


Se você estiver em um ponto onde deseja criar um estilo personalizado para sua tabela, ou para várias
tabelas na pasta de trabalho, comece removendo a formatação que já está presente. O recurso de
remoção de estilo de tabela no Excel está um pouco escondido e precisa ser descoberto para ser usado.

PASSO A PASSO Remover estilos de uma tabela

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 do Excel como 09 Pet Pharma Sales
August Solution 2 (09 Solução de Agosto de Vendas da Farmácia Veterinária 2).
2. Na planilha Vendas de Agosto, clique em qualquer lugar na tabela.
3. Na guia Design, grupo Estilos de Tabela, clique no botão de seta para baixo Mais.
(Ou se você vir apenas o botão Estilos Rápidos, clique nele.)
4. No menu, clique em Limpar. A formatação automática é removida.
5. Para alterar o estilo da tabela para algo que contraste com as outras dessa série, clique
no botão de seta para baixo Mais (ou exiba o menu Estilos Rápidos) e, dessa vez,
escolha Estilo de Tabela Clara 17.
6. Para aplicar negrito automaticamente à coluna mais à direita, no grupo Opções de Estilo
de Tabela, verifique se Última Coluna está marcado. Para fazer o mesmo na coluna mais
à esquerda, selecione Primeira Coluna.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Definição de um título para uma tabela


A grande diferença entre tabelas e intervalos de dados comuns é que a tabela pode receber um título,
de modo que ela e suas colunas podem ser referidas pelo nome em vez de por local de referência.
Isso muda tudo quando você escreve fórmulas que fazem referência a partes da tabela, porque agora
você não tem que saber onde elas estão localizadas, apenas o que chamaram.

Assim que uma tabela recebe um título, todos os nomes de suas colunas podem ser usados no
lugar de referências de célula em uma fórmula. O resultado é uma fórmula fácil de ler e ainda mais
fácil de digitar. Em vez de uma referência de célula absoluta, como $B$2:$B$55, você pode usar
uma referência como Estoque[Preço de venda]. O Excel já sabe que não deve tratar a primeira
linha como valores e sempre que os registros são adicionados à tabela, os resultados da fórmula são
ajustados sem a fórmula em si precise mudar.
156 Lição 9

A sintaxe de uma referência aos campos em uma tabela do Excel é a seguinte:

NomeTabela[NomeCampo]

Componente Significado

NomeTabela Um nome arbitrário, que você dá a uma tabela, no lugar de sua


referência como um intervalo. Você pode ter mais de uma tabela em
uma planilha, embora isso nem sempre seja conveniente.
Exemplos: Problemas de clientes, ordens de volta, quadrinhos

NomeCampo O nome do campo da linha de cabeçalho da tabela. O nome


refere-se ao conjunto de todas as células que compõem a coluna
nomeada na tabela. Você não precisa especificar a célula inicial e final.
O nome do campo é sempre indicado com [colchetes].
Exemplos: [Sobrenome], [Data de emissão], [Preço de venda]

Observação O Excel reconhece quatro constantes que se referem à mesma área geral de uma tabela, que você
pode usar aqui, quando aplicável, para substituir o nome do campo:

#All O conjunto de todas as células na tabela

#Data O conjunto de todas as células que contêm dados, excluindo a linha


de cabeçalho no topo e quaisquer linhas de totais ou subtotais que
podem aparecer na parte inferior

#Headers O conjunto de todas as células na primeira linha da tabela

#Totals O conjunto de todas as células onde os totais aparecem, geralmente


a coluna mais à direita da tabela onde uma função de soma é
empregada

Ao digitar uma referência de estilo de tabela dentro de uma fórmula, o Excel fornece um atalho.
Depois de começar a digitar o nome de tabela ou campo, o Excel exibe uma lista de nomes que você
pode adicionar à fórmula (incluindo intervalos nomeados). A Figura 9-28 mostra a aparência disso.
Em vez de digitar o resto do nome, você pode usar as setas do teclado para navegar neste menu até
o nome que deseja (o nome da tabela) ser realçado e pressionar Tab. O nome completo é inserido
na fórmula, poupando-lhe alguns segundos de tempo.

Figura 9-28 Menu aparece aqui


Nome é exibido ao começar
a digitar uma fórmula de
tabela

Com o nome de tabela inserido, quando for preciso se referir a um nome de campo na tabela, você
pode iniciar com o colchete esquerdo ( [ ). O Excel exibirá uma lista de todos os nomes de campo
já na tabela. Use as teclas de seta para realçar o que está procurando e, em seguida, pressione Tab.
Em seguida, digite o colchete direito( ] ) para completar a referência.
Trabalho com dados e macros 157

Da mesma forma, sempre que você desejar usar uma das quatro constantes (#All, #Data, #Headers
ou #Totals), comece com a cerquilha #. O Excel exibe a lista, depois você destaca o que deseja e
pressiona Tab.

Observação ao realçar a entrada que deseja no menu, pressione Tab, não Enter. A tecla Enter diz ao Excel que a
fórmula está completa e, neste momento, muitas vezes não está.

Observação Ao se referir a um campo de nome por nome em uma fórmula que é usada dentro da mesma
tabela como o nome do campo, você pode omitir o nome da tabela. Por exemplo, a referência
Clientes[Sobrenome] pode ser substituída apenas pelo sobrenome quando a referência está dentro
da tabela Clientes.

PASSO A PASSO Definir um título para uma tabela

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 do Excel como 09 Pet Pharma Sales
August Solution 3 (09 Solução de Agosto de Vendas da Farmácia Veterinária 3).
2. Na planilha Vendas de Agosto, clique em qualquer lugar na tabela.
3. Na guia Design, grupo Propriedades, clique na caixa de texto sob Nome da Tabela.
4. Digite VendasdeMedicamentos (tudo junto) e pressione Enter. Você forneceu um nome
para a tabela. Agora você pode substituir as fórmulas estranhas na parte inferior da
planilha Vendas de Agosto por fórmulas mais fáceis de ler e ainda produzir os mesmos
resultados.
5. Selecione a célula D97 (Total de Vendas).
6. Digite =soma(Dr
7. Quando aparecer VendasdeMedicamentos na lista, pressione Tab.
8. Digite [ (colchete esquerdo).
9. Use as teclas de seta para selecionar Total de Vendas na lista e pressione Tab.
10. Digite ] (colchete direito) e depois ) (parêntese direito) e Enter. Se você inserir a fórmula
corretamente, o resultado deverá ser idêntico ao que havia antes.
11. Substitua a fórmula na célula D98 pelo seguinte:
=SOMASE(VendasdeMedicamentos[Para tratar],“Cão”, VendasdeMedicamentos
[Total de Vendas])
12. Substitua a fórmula na célula D99 por uma baseada na fórmula em D98, mas procurando
Gato em vez de Cão.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Uso do comando Linha de Totais em uma tabela


Assim que o Excel reconhece uma tabela formal, ele automaticamente pode colocar uma linha de
totais automática na parte inferior da tabela. Não é o mesmo que uma linha de subtotal que cai
depois de um grupo. No entanto, ao escolher um estilo de tabela, o Excel aplica automaticamente
negrito à linha de totais para destacá-la.

PASSO A PASSO Usar o comando Linha de Totais em uma tabela

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione qualquer célula da tabela. O Excel adiciona a guia Design à faixa de opções.
2. Com a planilha Vendas de Agosto ativa, na guia Design, grupo Opções de Estilo de
Tabela, selecione a caixa Linha de Totais. O Excel adiciona uma linha de totais à parte
inferior com um rótulo na coluna mais à esquerda e o total geral na coluna mais à
direita. Aumente a coluna Total de Vendas para exibir os dados, se necessário.
3. Para adicionar outros subtotais ou fórmulas à Linha de Totais, escolha uma opção em um
menu suspenso. Clique na célula da linha de totais na parte inferior da coluna Preço do Item.
158 Lição 9

4. Clique na seta para baixo exibida à direita da célula em branco. No menu pop-up (veja a
Figura 9-29), clique em Média. O Excel calcula o preço médio por item de venda.

Figura 9-29
Como adicionar fórmulas à
linha de totais

5. Repita o processo para encontrar o número máximo de itens vendidos em um pedido,


escolhendo a função Máx para a coluna Nº Vendido.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Adição e remoção de linhas ou colunas em uma tabela


Os bancos de dados nunca terminam. Ao manter dados em um intervalo comum, um problema
que você enfrenta frequentemente é como e onde deseja inserir uma nova linha. Não há nenhuma
regra que diz que você tem que inserir um novo registro em ordem alfabética, quando o intervalo é
classificado em ordem alfabética. Você pode adicioná-lo ao final e classificar novamente. Aqui está
o problema: se você já tiver nomeado o intervalo, quando adicionar o registro ao final, talvez seja
necessário reatribuir o nome de intervalo. Com uma tabela formal, o intervalo da tabela não apenas
fica nomeado corretamente, mas, quando você insere (ou exclui) linhas, o intervalo nomeado
coberto pela tabela é ajustado automaticamente. E todas as fórmulas que você usar dentro de cada
uma das linhas da tabela serão copiadas e ajustadas para as novas linhas que adicionar.

PASSO A PASSO Adicionar e remover linhas e colunas de uma tabela

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 do Excel como 09 Pet Pharma Sales
August Solution 4 (09 Solução de Agosto de Vendas da Farmácia Veterinária 4).
2. Na planilha Vendas de Agosto, selecione a célula A88 (na coluna Medicamento).
3. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta para baixo Inserir. No menu,
clique em Inserir Linhas de Tabela Acima.
4. Digite os seguintes valores nas células A88:F88:
Soloxine Hipertireoidismo Cão ou Gato 7 20 2
5. Observe que o valor na coluna Itens Disponíveis é atualizado automaticamente, pois o
Excel copiou a fórmula para a nova linha.
Trabalho com dados e macros 159

6. Selecione a célula H88 (na coluna Itens Restantes) e digite o valor 41. A célula I88 é atualizada.
7. Selecione a célula J88 (na coluna Preço do Item) e digite o valor 25,95. A célula K88 é
atualizada.
8. Selecione qualquer célula da linha 32.
9. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta para baixo Excluir. No menu,
clique em Excluir Linhas de Tabela. A linha 32 é excluída, e a tabela diminui de tamanho
para se ajustar.
10. Selecione qualquer célula da coluna I (Nº Vendido).
11. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta para baixo Excluir e em Excluir
Colunas da Tabela. A coluna I é removida e, por enquanto, erros #REF! são gerados em
toda a coluna Total de Vendas, que contém fórmulas que se referem a Nº Vendido.
12. Com uma célula na coluna I ainda selecionada, clique na seta para baixo ao lado do
grupo Inserir nas Células, e no menu, clique em Inserir Colunas de Tabela à Esquerda.
13. Altere o cabeçalho na célula I6 para Nº Vendido.
14. Clique na célula I7 e digite a fórmula =[Itens Disponíveis]-[Itens Restantes]. Use os
menus exibidos ao digitar cada colchete esquerdo [ para acelerar sua entrada. Observe
que, ao pressionar Enter, o Excel copia automaticamente a fórmula no restante da
coluna. Você normalmente não precisa fazer isso manualmente para uma tabela.
15. Clique na célula K7 e digite a fórmula =[Nº Vendido]*[Preço do Item]. Dessa vez, ao
pressionar Enter, o Excel não preenche a fórmula na coluna, porque ele não preenche
automaticamente células que não estejam em branco.
16. Preencha a nova fórmula Total de Vendas até a linha 93, certificando-se de parar um
pouco antes da linha de totais. A fórmula de total geral na célula K94 agora está fixa.
17. Clique na célula L7, fora da tabela.
18. Digite a fórmula =[Total de Vendas]/MÉDIA([Total de Vendas]). Observe que você não vê
os menus exibidos dessa vez porque a célula ativa não está dentro da tabela. Depois de
pressionar Enter, o Excel não apenas cria a fórmula, mas estende a tabela uma coluna
para a direita e copia a fórmula por toda a coluna L. Por enquanto, o Excel fornece à
nova coluna o nome temporário Coluna1 (veja a Figura 9-30).

Coluna gerada automaticamente


Figura 9-30
Coluna acrescentada a uma
tabela

19. Renomeie a nova coluna como % de Média.


20. Selecione o intervalo de células L7:L93 e forneça ao intervalo um estilo de porcentagem.
O Excel não copia automaticamente estilos de célula personalizados em uma coluna,
portanto, é necessário selecionar o intervalo manualmente primeiro. Observe como o Excel
moveu o formato negrito da última coluna da tabela de Total de Vendas para % de Média.
21. Clique em qualquer célula de % de Média e, em seguida, clique na seta para baixo ao
lado de Excluir. Clique em Excluir Colunas da Tabela. Quando a coluna acrescentada
desaparece, o negrito é retornado para a coluna Total de Vendas.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.


160 Lição 9

Filtragem de registros em uma tabela


Os botões de filtragem/classificação que aparecem ao lado dos nomes de campo na linha superior
de uma tabela funcionam da mesma maneira que os botões de filtragem/classificação para um
intervalo onde o Filtro Automático é aplicado. A grande diferença com tabelas refere-se à linha
de totais. Os valores em uma linha de total mudam para refletir somente o que é visível na tabela
depois que o filtro é aplicado.

PASSO A PASSO Filtrar registros em uma tabela

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Na planilha Vendas de Agosto, clique na seta para baixo Total de Vendas.
2. No menu, aponte para Filtros de Número e, em seguida, clique em 10 Primeiros. A caixa
de diálogo Filtro Automático - 10 primeiros é exibida.
3. Deixe as opções definidas em 10 Primeiros Itens e clique em OK. A tabela é filtrada
a 10 itens com os maiores vendas, como mostrado na Figura 9-31.

Figura 9-31
O total da linha é ajustado
para ajustar totais para linhas
filtradas. Os outros totais não
são afetados.

Total geral (inclui linhas fora do campo visual) Total de vendas visíveis

PAUSE. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho e DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Observação O filtro 10 Primeiros Itens sempre resulta em 10 itens exibidos (a menos que a tabela tenha menos
de 10 registros). Em comparação, o filtro Principais 10% exibe tantos quantos forem os registros
que compreenderem os principais 10% dos valores na coluna filtrada.

A linha de totais de uma tabela filtrada ajusta seu conteúdo para que suas fórmulas reflitam somente
as células visíveis (filtradas). A fórmula de cálculo da média na célula J94 é ajustada para mostrar o
preço médio do item apenas entre os 10 principais. No entanto, olhe mais abaixo na seção de análise.
As fórmulas para Total de Vendas, Vendas de produtos apenas para cães e assim por diante referem-
se ainda à tabela inteira, não apenas à porção filtrada. Então qualquer análise que desejar executar
usando a filtragem deve ser inserida em uma linha de totais, que está incluída dentro da área filtrada.

Observação As exceções à regra sobre referências a uma tabela fora uma tabela filtrada são as constantes #. Se
a fórmula na célula D98 do exemplo for =SOMA(VendasdeMedicamentos[#Totals]) em vez de
=SOMA(VendasdeMedicamentos[Total de Vendas]), a fórmula será ajustada para calcular somente
os registros visíveis filtrados.
Trabalho com dados e macros 161

Classificação de dados em várias colunas em uma tabela


Com uma tabela, assim como com um intervalo filtrado automaticamente, você pode aplicar um
filtro e uma ordem de classificação ao mesmo tempo; por exemplo, você pode mostrar apenas os
registros que contêm uma determinada entrada (todas as motos, todos os cães e assim por diante),
classificados em ordem alfabética por nome.

PASSO A PASSO Classificar dados em várias colunas de uma tabela

PREPARE-SE. REABRA a pasta de trabalho 09 Owners Solution do início desta lição.


1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 como 09 Owners Solution 2.
2. Selecione o intervalo A1:G73.
3. Na guia Página Inicial, no grupo Estilos, clique em Formatar como Tabela. No menu,
clique em Estilo de Tabela Média 14.
4. Na caixa de diálogo Formatar como Tabela clique em OK.
5. Como esse intervalo contém dados anexados de uma fonte externa (consulte a seção
“Como acrescentar dados a uma planilha” anteriormente nesta lição), a consulta de
dados relacionados a essa fonte externa ainda está anexada ao intervalo. Clique na caixa
de diálogo Sim para que o Excel remova essas conexões.
6. Com a tabela ainda selecionada, clique na caixa Nome e renomeie a tabela Proprietários.
7. Altere a fonte da tabela inteira para Cambria, 11 pontos. Redimensione as colunas
conforme necessário para ajustar-se aos dados.
8. Alinhe a coluna G à esquerda.
9. Com alguma célula selecionada na tabela Proprietários, clique na guia Dados, grupo
Classificar e Filtrar, clique em Classificar. A caixa de diálogo Classificar é exibida.
10. Na caixa de listagem Classificar por, escolha Sobrenome.
11. Clique em Adicionar Nível.
12. Na caixa de listagem Em seguida por que aparecer abaixo da Coluna, escolha Nome.
Clique em OK.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Alteração da ordem de classificação em uma tabela


Ao definir a ordem de classificação para uma tabela, é possível mudá-la de duas maneiras. Primeiro,
qualquer classificação escolhida com os botões Filtro Automática substituem a ordem de classificação
atual, inclusive quando a tabela é classificada por várias colunas. Em segundo lugar, na caixa de
diálogo Classificar, exclua a ordem existente e insira uma nova.

PASSO A PASSO Alterar a ordem de classificação em uma tabela

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Com a célula ativa na tabela Proprietários, na guia Dados, grupo Classificar e Filtrar,
clique em Classificar.
2. Na caixa de diálogo Classificar, clique em Excluir Nível e, em seguida, em Excluir Nível
novamente, para remover a ordem de classificação existente.
3. Clique em Adicionar Nível.
4. Na caixa de listagem Classificar por que for exibida, clique em CEP. Clique em OK.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.


162 Lição 9

Remoção de duplicatas em uma tabela


Ao importar dados e acrescentá-los ao final de uma tabela ou intervalo existente, você pode acabar
com as entradas duplicadas (quando uma pessoa aparece duas vezes, ou talvez mais). Em vez de
percorrer a lista manualmente, o Excel tem uma maneira de eliminar as entradas duplicadas de uma
tabela de forma mais inteligente.

PASSO A PASSO Remover duplicatas de uma tabela

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique em qualquer célula dentro da tabela.
2. Na guia Design, grupo Ferramentas, clique em Remover Duplicatas.
3. A caixa de diálogo Remover Duplicatas permite determinar quanto de um registro
precisa estar duplicado para que ele se qualifique como uma duplicata. Por exemplo,
dois ou mais clientes podem ter o mesmo nome, embora eles provavelmente não
compartilhem o mesmo endereço ou número de telefone. Na lista Colunas, desmarque
Cidade, Estado e CEP.
4. Clique em OK. O Excel mostra uma caixa de diálogo relatando quantas entradas
duplicadas foram removidas. Clique em OK para fechar.
PAUSE. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho e DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Uso de uma segmentação de dados para exibir dados da tabela


Há duas maneiras de filtrar uma tabela para que ela mostre apenas um subconjunto especificado de
registros. Uma maneira é através do Filtro Automático. Outro recurso deixa a tabela mais facilmente
acessível para um usuário iniciante. Chama-se segmentação de dados, e é um painel de seleção
que flutua sobre uma planilha (como um gráfico). Esse painel inclui botões rotulados com cada um dos
conteúdos de uma das colunas na tabela. Ao clicar em um botão, a tabela é filtrada para mostrar apenas
as linhas que correspondem à seleção. Ao projetar a planilha, cada segmentação de dados é como uma
janela com uma barra de título. Você pode transferir uma segmentação de dados arrastando-a por sua
barra de título. Cada segmentação de dados também tem alças brancas ao longo de suas bordas. Arraste
uma dessas alças para redimensionar a segmentação de dados na direção que você está arrastando.

PASSO A PASSO Usar uma segmentação de dados para visualizar os dados de uma tabela

PREPARE-SE. REABRA a pasta de trabalho 09 Pet Pharma Sales August Solution 4 desta lição.
1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 do Excel como 09 Pet Pharma Sales
August Solution 5 (09 Solução de Agosto de Vendas da Farmácia Veterinária 5).
2. Clique em qualquer célula dentro da tabela. Clique na guia Dados e depois no grupo
Classificar e Filtrar, clique em Limpar.
3. Clique na guia Design e depois no grupo Ferramentas, clique no botão Inserir
Segmentação de Dados.
4. A caixa de diálogo Inserir Segmentação de Dados contém caixas de seleção vazias para
cada um dos campos para os quais você pode criar botões. Clique em Para uso em e
Para tratar.
5. Clique em OK. As duas ferramentas de segmentação de dados aparecerão como objetos
gráficos no centro da planilha. Eles não estão realmente dentro da tabela.
6. Realoque a segmentação de dados Para uso em arrastando sua barra de título para
a parte superior direita da planilha. À medida que você arrasta em direção à borda
da janela, a planilha automaticamente revela o espaço onde você pode soltar a
segmentação de dados. Solte a segmentação de dados quando estiver à direita da
tabela, logo abaixo da linha de cabeçalhos.
7. Repita o processo com a segmentação Para tratar, arrastando-a para abaixo da
segmentação Para uso em. A planilha deve ser semelhante à da Figura 9-32. Para ver
apenas os tratamentos que se aplicam apenas a cães, clique em Cão na segmentação
de dados Para tratar. Observe que o botão Filtro Automático da coluna Para tratar
mostra que foi aplicado um filtro.
Trabalho com dados e macros 163

Figura 9-32
Planilha com
segmentações de dados
adicionadas

8. Para mostrar apenas os tratamentos que se aplicam ao sistema endócrino, clique em


Endócrino na segmentação de dados Para usar em. Observe que os filtros das duas
segmentações de dados se aplicam simultaneamente, então, você deverá ver somente
tratamentos do sistema endócrino para cães. A segmentação de dados realça apenas o
critério utilizado para o filtro atual.
9. Para limpar os filtros usando as segmentações de dados, clique no botão Limpar Filtro
no canto superior direito de cada segmentação.

PAUSE. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho e DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Observação Quando um botão Filtro Automático de uma coluna é usado para filtrar uma tabela e há uma
segmentação de dados para essa coluna, a segmentação mostra os critérios usados no momento para
o filtro em questão. No entanto, o botão Limpar Filtro para a segmentação de dados é desabilitado.
Para limpar esse filtro, é necessário usar o botão Filtro Automático.

Conversão de uma tabela em um intervalo


Para acrescentar mais dados a uma tabela de uma fonte externa, pode ser conveniente remover o
aspecto de tabela da tabela, apenas temporariamente, e reaplicá-lo assim que os novos dados forem
importados e os dados limpos. Também, antes de exportar um arquivo de pasta de trabalho para
um novo formato (por exemplo, para importar por outra pessoa em um banco de dados), você
talvez precise converter tabelas em intervalos, pois o Excel trata os dados armazenados em tabelas
de forma diferente de dados armazenados em planilhas comuns.

PASSO A PASSO Converter uma tabela em intervalo

PREPARE-SE. REABRA a pasta de trabalho 09 Customers Solution desta lição.


1. Próximo da parte superior da janela do Excel, se necessário, responda ao aviso de
segurança clicando em Habilitar Conteúdo.
2. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 9 como 09 Customers Solution 2
(09 Solução de Clientes 2).
3. Clique em qualquer célula dentro da tabela.
4. Na guia Design, grupo Ferramentas, clique em Converter em Intervalo.
5. O Excel abre uma caixa de diálogo para verificar se essa conversão é o que você deseja.
Clique em OK. Os botões Filtro Automático são removidos da linha de cabeçalho e as
entradas permanecem classificadas como estavam anteriormente. As linhas de subtotais
e totais permanecem (se aplicável), e a formatação é deixada como estava. A guia
Design não é mais exibida.
PAUSE. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho e DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.
164 Lição 9

SALVAR TRABALHO COM MACROS


No Excel, um macro básico é uma gravação de uma sequência de comandos e entradas digitadas
que você pode reproduzir em outro lugar na planilha. Macros permitem executar as mesmas
sequências de comandos em lugares diferentes, reduzindo o tempo necessário para completar o
trabalho redundante.

Gravação de uma macro básica


O que deixa uma macro gravada útil é o fato de que ela pode ser reproduzida em qualquer célula
que seja a célula ativa. Uma macro gravada é uma série de etapas que podem ser repetidas e que
você talvez queira repetir frequentemente para poupar tempo. Como você viu, há maneiras de
automatizar a formatação de células que são realmente mais fáceis do que a gravação e reprodução
de macros. Então, os tipos de passos que você quer gravar são do tipo repetitivo que, caso contrário,
teria que repetir dezenas de vezes ou mais.

Observação O Excel registra apenas os passos que têm um impacto direto sobre o conteúdo da planilha. Para ser
exato, ele registra o impacto que esses passos têm, não os comandos reais que causaram o impacto.
Por exemplo, se você selecionar várias linhas e colunas, o Excel registrará o agrupamento de linhas
e colunas. Mas se você expandir ou recolher esse grupo, ele não registrará esse fato porque isso não
influencia a planilha em si. As exceções incluem a filtragem e classificação de intervalos e tabelas, o
que o Excel registra.

PASSO A PASSO Registrar uma macro básica

PREPARE-SE. ABRIR a pasta de trabalho 09 4Strong Tour Revenues desta lição.


1. Clique na guia Arquivo e clique em Opções.
2. Na caixa de diálogo Opções do Excel, clique em Personalizar Faixa de Opções.
3. Na lista Guias Principais, selecione a caixa Desenvolvedor se ainda não estiver
selecionada. Isso adiciona a guia Desenvolvedor à faixa de opções do Excel, permitindo
que você grave macros com facilidade. Clique em OK.
4. A macro que você gravar criará uma linha de subtotais no lugar definido, em vez de em
algum local determinado pelo Excel. A regra que você seguirá é que o usuário (você)
deve selecionar a célula onde deseja exibir o subtotal e, em seguida, executar a macro.
Para preparar-se para a gravação, clique na célula D21.
5. Clique na guia Desenvolvedor e, depois, no grupo Código, localize Usar Referências
Relativas. Se ainda não estiver realçada, clique para selecioná-la. Você quer referências
relativas para essa macro.
6. No grupo Código, clique em Gravar Macro.
7. Na caixa de diálogo Gravar Macro, clique na caixa Nome da macro e depois digite
SubtotaisPersonalizados.
8. Na caixa da tecla Atalho ao lado de Ctrl +, digite o S maiúsculo. Isso altera a tecla de
atalho Ctrl+Shift+S. Deixe Armazenar macro em definida como Esta Pasta de Trabalho.
A caixa de diálogo Gravar Macro deve ser exibida como mostrado na Figura 9-33.

Figura 9-33
Caixa de diálogo Gravar Macro
Trabalho com dados e macros 165

9. Clique em OK. Agora, você está gravando uma macro.


10. Pressione Shift+Seta para baixo.
11. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta Inserir Seta. No menu, clique
em Inserir Linhas na Planilha.
12. Pressione Shift+Seta para cima.

Solução de Se você cometer erros em uma etapa durante a gravação da macro, não se preocupe. Clique em
problemas Parar Gravação no grupo Código da guia Desenvolvedor. Comece novamente na etapa 6. Use
o mesmo nome e quando o Excel perguntar se você deseja substituir a macro existente com o
mesmo nome, responda Sim.

13. No grupo Edição, clique em AutoSoma. Não pressione Enter ainda.


14. No grupo Área de Transferência, clique em Copiar.
15. Pressione Tab.
16. Digite a fórmula parcial =MÁXIMO(
17. No grupo Área de Transferência, clique em Colar.
18. Digite ) (parêntese de fechamento) e pressione Tab.
19. Pressione Seta para a Esquerda.
20. Clique em $ (Formato de Número de Contabilização) no grupo Número.
21. Clique na guia Desenvolvedor e depois, no grupo Código, clique em Parar Gravação.
22. Agora que você não está gravando, ajuste a largura da coluna E para ajustar o conteúdo.
Conforme mostrado na Figura 9-34, a macro gera um total para a parte inferior do
grupo arbitrário de registros e também tabula o valor mais alto desse grupo na célula
adjacente ao subtotal.

Figura 9-34
Subtotais personalizados
gerados com macro

Subtotais personalizados gerados com macro


166 Lição 9

23. Clique na guia Arquivo e, em seguida, clique em Salvar como.


24. No Backstage, localize a pasta Excel Lesson 9.
25. Na caixa de diálogo Salvar como, em Salvar como tipo, escolha Pasta de Trabalho
Habilitada para Macro do Excel (*.xlsm). Salve a pasta de trabalho como 09 4Strong Tour
Revenues Solution.xlsm (09 Solução de Receitas da 4Strong Tour). Clique em OK se você
vir uma caixa de mensagem exibida após salvar o arquivo.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Por razões de segurança, o Excel não salva as macros nos formatos de arquivo .XLS e .XLSX
normais. Agora, a única maneira de salvar uma pasta de trabalho habilitada para macro é designá-
la como o tipo de arquivo .XLSM especial. Desta forma, as empresas que querem evitar qualquer
possibilidade de propagação de malware podem impor políticas para impedir que arquivos .XLSM
sejam anexados ou recebidos em emails.

Gerenciamento de segurança da macro


Por causa da proliferação de softwares maliciosos, a Microsoft configurou o Excel para que, depois
de ser instalado, você não possa executar as macros de um arquivo aberto (mesmo uma pasta de
trabalho explicitamente habilitada para macro) até ler a notificação e clicar em Habilitar Conteúdo.
Se você não planeja executar macros, ou se não acreditar em seus colegas de escritório, é possível
desativar as macros completamente. Você também pode desativar as notificações e habilitar todas
as macros, se trabalhar em um escritório como um provedor de serviços financeiros, onde as
macros são usadas constantemente, quando você confia na fonte de pastas de trabalho do Excel e as
notificações só iriam atrapalhar.

PASSO A PASSO Gerenciar a segurança das macros

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Na guia Desenvolvedor, grupo Código, clique em Segurança de Macro.
2. Na caixa de diálogo Central de Confiabilidade, clique em Desabilitar todas as macros
com notificação para que o Excel avise sempre que uma pasta de trabalho aberta
contiver macros, permitindo que você ative ou desative essas macros com base em sua
decisão.
3. Clique em OK.

FECHAR a pasta de trabalho. FECHAR o Excel.


Trabalho com dados e macros 167

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Qual dos seguintes procedimentos não é uma maneira de classificar uma tabela pelo
conteúdo de uma coluna?
a. Clicar no botão Classificar do grupo Classificar e Filtrar da guia Dados.
b. Clicar em um botão AutoFiltro na linha de totais.
c. Clicar em um botão AutoFiltro na linha de nomes de campo.
d. Clicar no botão Filtro do grupo Classificar e Filtrar da guia Dados.
2. Qual dos motivos a seguir é um motivo válido para converter uma tabela em um
intervalo?
a. Limpar os critérios de classificação e recomeçar.
b. Preparar-se para a exclusão de uma coluna.
c. Preparar-se para a importação de novos dados de um arquivo que não é do Excel.
d. Preparar-se para alterar sua formatação condicional.
3. Qual das seguintes declarações descreve a diferença entre uma planilha com Auto
Tópicos e uma planilha com vários grupos?
a. Não há nenhuma diferença entre uma planilha com Auto Tópicos e uma planilha com
vários grupos.
b. Apenas uma planilha com Auto Tópicos pode conter linhas de totais.
c. Uma planilha com Auto Tópicos contém apenas um botão para recolhimento e
expansão.
d. Apenas uma planilha com vários grupos pode agrupar linhas e colunas.
4. Qual das seguintes opções seria uma referência correta à célula na coluna Total de
Vendas no lado mais à direita de uma tabela denominada Itens de Leilão?
a. Tabela [Itens de Leilão (Total de Vendas)]
b. Itens de Leilão (Total de Vendas)
c. Itens de Leilão[#Totals]
d. #Totals [Total de Vendas]
5. Qual dos seguintes procedimentos não é uma maneira de filtrar uma tabela pelo
conteúdo de uma coluna?
a. Clicar no botão de critério na segmentação de dados.
b. Clicar com o botão direito do mouse na célula cujo conteúdo você deseja para o
critério e clicar em Filtro no menu.
c. Clicar no botão Filtro do grupo Classificar e Filtrar da guia Dados.
d. Clicar no botão Filtro Automático na linha de totais na parte inferior.
6. Qual dos seguintes atributos não é um critério em potencial para uma classificação de
Filtro Automático?
a. Cor da fonte
b. Estilo da fonte
c. Cor da célula
d. Ícone da célula
7. Qual das seguintes declarações descreve a diferença entre um intervalo de registros
filtrados automaticamente em uma lista e uma tabela?
a. Não há nenhuma diferença entre um intervalo de registros filtrados automaticamente
em uma lista e uma tabela.
b. Uma tabela mantém sua ordem de classificação depois de fechada e reaberta.
c. Uma tabela que recebe um título permite que os nomes de seus campos sejam
usados em fórmulas em vez de referências de células.
d. Uma tabela permite funções de subtotais especiais para linhas de totais.
8. Qual dos seguintes caracteres não aparece em um símbolo de estrutura de tópicos ou
controle para dados agrupados ou em estrutura de tópicos?
a. +
b. @
c. 2
d. -
168 Lição 9

9. Qual das seguintes declarações descreve o motivo pelo qual você desejaria gravar uma
macro com referências absolutas em vez de referências relativas?
a. Para preservar a integridade de todas as células referências por fórmulas na macro.
b. Para que os valores de todas as células copiadas na macro sejam precisos.
c. Para que os resultados de todas as fórmulas produzidas pela macro sejam precisos.
d. Para que a macro reproduza seus resultados sempre no mesmo lugar.
10. Para qual dos seguintes itens o Excel não tem recursos para importar dados?
a. Um banco de dados ativo
b. Uma página da Web
c. Uma pesquisa na Web
d. Um arquivo XML

Projetos

Projeto 9-1: Criação de filtragem de uma tabela


Você criou uma lista de casas disponíveis para venda no seu bairro, com algumas características
importantes que você deseja comparar. Você está se perguntando se seu corretor de imóveis está
pedindo tanto quanto sua casa vale. Neste projeto, você vai gerar uma tabela, filtrar a tabela por
vários critérios e calcular o preço médio para casas na vizinhança que satisfazem os critérios.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver aberto.


1. ABRIR 09 Homes for Sale nos arquivos desta lição.
2. SALVAR a pasta de trabalho como 09 Homes for Sale Solution (09 Solução de Casas para
Vendas).
3. Clique em qualquer célula no intervalo de dados. Na guia Página Inicial, no grupo
Estilos, clique em Formatar como Tabela. Dê à tabela do estilo Estilo de Tabela Clara 19.
Clique em OK.
4. Clique na guia Design e, depois, no grupo Opções de Estilo de Tabela, clique em Primeira
Coluna.
5. Clique na célula A21.
6. Na guia Página Inicial, no grupo Edição, clique no botão de seta para baixo ao lado de
AutoSoma. No menu, clique em Média.
7. Clique no botão de filtro Lareira. No menu, desmarque as caixas marcadas e, em
seguida, marque a caixa de Y. Clique em OK.
8. Repita este processo para a coluna Salão.
9. Clique na seta para baixo ao lado de m². No menu, aponte para Filtros de Número e,
depois, clique em É Maior ou igual a.
10. Na caixa de diálogo Personalizar AutoFiltro, próximo a é maior que ou igual a, digite
1900. Clique em OK. Agora, a tabela mostra todas as casas para venda no bairro, com
uma lareira e uma sala principal e com 1.900 pés quadrados ou mais. A linha de totais
mostra o preço médio apenas para as seis casas mostradas.

SALVAR e FECHAR esta pasta de trabalho. DEIXE o Excel aberto para o próximo projeto.
Trabalho com dados e macros 169

Projeto 9-2: Criação de uma estrutura de tópicos e subtotalização dos dados


Você é voluntário para uma instituição de caridade que gera dinheiro para causas de valor, reunindo
atletas famosos para eventos públicos. Neste projeto, você criará uma estrutura de tópicos e
gerará linhas de subtotais recolhíveis para obter uma lista de dinheiro arrecadado em várias paradas
da turnê.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver aberto.


1. ABRIR 09 4Strong Tour Revenues.xlsx nos arquivos desta lição. Note que este não é o
arquivo de solução . xlsm que você criou durante a gravação de um exercício de macro
básica.
2. SALVAR a pasta de trabalho como 09 4Strong Tour Revenues Summary Solution.xlsx
(09 Solução de Resumo de Receitas do 4Strong Tour).
3. Selecione o intervalo A4:D232.
4. Clique na guia Dados e depois no grupo Estrutura de Tópicos, clique no botão Agrupar.
5. Na caixa de diálogo Subtotal, defina A cada alteração em como Data de Parada do Tour.
Defina Usar função como Soma. Marque somente a caixa Vendas em Adicionar subtotal a.
Marque Resumir abaixo dos dados. Clique em OK.
6. Depois que todos os grupos são adicionados, no grupo Estrutura de Tópicos, clique em
Ocultar Detalhe.
7. Expanda a coluna D se necessário para deixar espaço para o Total Geral na parte inferior.

SALVAR e FECHAR esta pasta de trabalho. FECHAR o Excel.


10 Utilização de fórmulas avançadas

MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO


Número do
Habilidades Objetivo do exame objetivo
Utilização de fórmulas Executar operações lógicas usando a função SOMASE. 4.2.2
para resumir dados Executar operações lógicas usando a função CONT.SE. 4.2.4
condicionalmente Executar operações lógicas usando a função MÉDIASE. 4.2.3
Adição de funções de lógica Executar operações lógicas usando a função SE. 4.2.1
condicional a fórmulas
Utilização de fórmulas para Formatar texto usando as funções DIREITA, ESQUERDA e EXT.TEXTO. 4.3.1
modificar o texto Formatar texto usando as funções MAIÚSCULA, MINÚSCULA e PRI. 4.3.2
MAIÚSCULA.
Formatar texto usando a função CONCATENAR. 4.3.3

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
A guia FÓRMULAS
Nesta lição, você usará os comandos na guia Fórmulas para criar fórmulas e funções para resumir
dados condicionalmente, consultar dados, aplicar lógica condicional e modificar o texto. A guia
Fórmulas é mostrada na Figura 10-1.

Usar para aplicar lógica Usar para Usar para criar funções Criar e usar intervalos
condicional (SE, E, OU). modificar o texto. PROCV e PROCH. nomeados em fórmulas.

Matemática e Encontrar funções estatísticas como CONT.SE,


trigonometria contém CONT.SES, MÉDIASE e MÉDIASES aqui.
SOMASE e SOMASES.
Figura 10-1
A guia Fórmulas
A guia Fórmulas contém os grupos de comandos que você usa para criar e aplicar fórmulas avançadas
no Excel. Use esta ilustração como referência em toda a lição. A Tabela 10-1 resume as funções
abrangidas nesta lição e especifica onde as funções estão localizadas na guia Fórmulas.

170 170
Utilização de fórmulas avançadas 171

Tabela 10-1 Função Categoria Sintaxe Descrição


Localização e descrição de
SOMASE Matemática e SOMASE(Intervalo, Critérios, Adiciona as células em Intervalo
funções usadas nessa lição
trigonometria Intervalo_soma) ou Intervalo_soma especificadas
por um determinado critério.
SOMASES Matemática e SOMASES(Intervalo_soma, Adiciona as células em Intervalo_
trigonometria Intervalo_critérios1, Critérios1, soma que satisfazem vários
Intervalo_critérios2, Critérios2, …) critérios.
CONT.SE Mais funções > CONT.SE(Intervalo, Critérios) Conta o número de células dentro
Estatística do intervalo que satisfaz os
critérios.
CONT.SES Mais funções > CONT.SES(Intervalo_critérios1, Conta o número de células dentro
Estatística Critérios1, Intervalo_critérios2, de vários Intervalo_critérios# que
Critérios2, …) satisfazem Critérios#.
MÉDIASE Mais funções > MÉDIASE(Intervalo, Critérios, Retorna a média aritmética das
Estatística Intervalo_média) células em Intervalo ou Intervalo_
média que satisfaz um critério.
MÉDIASES Mais funções > MÉDIASES(Intervalo_média, Retorna a média de células em
Estatística Intervalo_critérios1, Critérios1, Intervalo_média que satisfaz vários
Intervalo_critérios2, Critérios2, …) critérios.
PROCV Pesquisa e PROCV(valor_procurado, Procura um valor na primeira
referência matriz_tabela, núm_índice_ coluna de Matriz_tabela e retorna
coluna, procurar_intervalo) um valor na mesma linha de
Núm_índice_coluna.
PROCH Pesquisa e PROCH(valor_procurado, Procura um valor na primeira linha
referência matriz_tabela, núm_índice_lin, de Matriz_tabela e retorna um
procurar_intervalo) valor na mesma coluna de
Núm_índice_lin.
SE Lógico SE(Teste_lógico, Valor_se_ Quando Teste_lógico é
verdadeiro, Valor_se_falso) VERDADEIRO, retorna Valor_se_
verdadeiro. Caso contrário, retorna
Valor_se_falso.
E Lógico E(Lógico1, Lógico2, …) Retorna VERDADEIRO quando
todos os argumentos são
VERDADEIRO; retorna FALSO
quando algum argumento é
FALSO.
OU Lógico OU(Lógico1, Lógico2, …) Retorna VERDADEIRO quando
algum argumento é VERDADEIRO;
retorna FALSO quando todos os
argumentos são FALSO.
ESQUERDA Texto ESQUERDA(Texto, Núm_ Retorna o Núm_caract à esquerda
caract) do texto.
DIREITA Texto DIREITA(Texto, Núm_caract) Retorna o Núm_caract à direita do
texto.
EXT.TEXTO Texto EXT.TEXTO(Texto, Num_inicial, Retorna o Núm_caract do texto
Núm_caract) começando em Num_inicial.
ARRUMAR Texto ARRUMAR(Texto) Remove espaços no início e no
final do texto.
PRI.MAIÚSCULA Texto PRI.MAIÚSCULA(Texto) Põe a primeira letra de cada
palavra de texto em maiúscula.
MAIÚSCULA Texto MAIÚSCULA(Texto) Converte texto em maiúsculas.
MINÚSCULA Texto MINÚSCULA(Texto) Converte texto em minúsculas.
CONCAT Texto CONCAT(Texto1, Junta Texto1, Texto2, … em uma
Texto2, …) única cadeia de texto.
172 Lição 10

UTILIZAÇÃO DE FÓRMULAS PARA RESUMIR DADOS


CONDICIONALMENTE
Como você aprendeu na lição 4, “Uso de fórmulas básicas”, uma fórmula é uma equação que realiza
cálculos, como adição, subtração, multiplicação e divisão, nos valores em uma planilha. Ao inserir
uma fórmula em uma célula, a fórmula é armazenada internamente, e os resultados são exibidos na
célula. As fórmulas dão resultados e soluções que ajudam você a avaliar e analisar os dados. Como você
aprendeu na lição 6, “Formatação de células e intervalos”, é possível usar um formato condicional,
que muda a aparência de um intervalo de células com base em um critério, para ajudá-lo a analisar
os dados, detectar problemas críticos, identificar padrões e explorar tendências visualmente.

As fórmulas condicionais adicionam mais uma dimensão à análise de dados, resumindo dados
que satisfazem um ou mais critérios. Critérios podem ser um número, texto ou expressão que
testa quais células devem ser somadas, contadas ou submetidas ao cálculo da média. Uma fórmula
condicional é aquela cujo resultado é determinado pela presença ou ausência de uma determinada
condição. As fórmulas condicionais utilizadas no Excel incluem as funções SOMASE, CONT.
SE e MÉDIASE, que verificam um critério, ou seus contrapontos SOMASES, CONT.SES e
MÉDIASES que verificam vários critérios.

Utilização de SOMASE
A função SOMASE calcula o total apenas das células que satisfazem um determinado critério
ou condição. A sintaxe da função SOMASE é SOMASE(Intervalo, Critérios, Intervalo_soma). Os
valores que uma função usa para executar operações ou cálculos em uma fórmula são chamados
argumentos. Assim, os argumentos da função SOMASE são Intervalo, Critérios e Intervalo_
soma, que, quando usados juntos, criam uma fórmula condicional na qual são adicionadas apenas as
células que satisfazem um critério estabelecido. As células dentro do intervalo que não satisfazem o
critério não são incluídas no total. Se você usar os números no intervalo para a soma, o argumento
Intervalo_soma não será necessário. No entanto, se você estiver usando os critérios para testar quais
valores devem ser somados de uma coluna diferente, o intervalo se tornará os valores testados
e Intervalo_soma determinará quais números serão somados nas mesmas linhas dos critérios
correspondentes. Neste capítulo, os argumentos opcionais estarão em itálico.

PASSO A PASSO Usar a função SOMASE

A Tabela 10-2 explica o significado de cada argumento na sintaxe SOMASE. Se você omitir Intervalo_
soma na fórmula, o Excel avaliará e adicionará as células no intervalo se corresponderem ao critério.
Tabela 10-2
Argumento Explicação
Argumentos na sintaxe
SOMASE Intervalo O intervalo de células que você deseja que a função avalie. Também adicione as células
correspondentes quando Intervalo_soma estiver em branco.

Critérios A condição ou critério na forma de uma entrada de número, expressão ou texto que
define quais células serão adicionadas.

Intervalo_soma As células a serem adicionadas se as células da linha correspondente no intervalo


corresponderem aos critérios. Se estiver em branco, use o intervalo para as células a
serem adicionadas e as células a serem avaliadas com base nos critérios.

PREPARE-SE. INICIE o Excel.


1. ABRIR o arquivo 10 Fabrikam Sales para esta lição e SALVAR-O na pasta Excel Lesson 10
como 10 Fabrikam Sales Solution (10 Solução de Vendas Fabrikam).
2. Selecione H5. Clique na guia Fórmulas e, depois, no grupo Biblioteca de Funções,
clique em Matemática e Trigonometria. Role e clique em SOMASE. A caixa de diálogo
Argumentos da Função abre com caixas de texto para os argumentos, uma descrição da
fórmula e uma descrição de cada argumento.
3. Na caixa de diálogo Argumentos da Função, clique no botão Recolher Caixa de Diálogo
para o argumento Intervalo. Isso permite que você tenha uma visão maior da planilha.
Selecione o intervalo de células C5:C16. Pressione Enter. Ao fazer isso, você aplicará o
intervalo de células que a fórmula usará no cálculo.
Utilização de fórmulas avançadas 173

4. Na caixa Critérios, digite >200000 e depois pressione Tab. A Figura 10-2 mostra que a
caixa de texto Intervalo_soma não está em negrito. Isso significa que esse argumento é
opcional. Se você deixar Intervalo_soma em branco, o Excel somará as células inseridas
na caixa Intervalo. Agora, você aplicou seus critérios para somar todos os valores
superiores a $ 200.000.

Selecione células ou digite o intervalo Botões da caixa de


para ser avaliado pelos critérios diálogo Recolher

Figura 10-2
A caixa de diálogo Argumentos
da Função orienta você na
construção de fórmulas
SOMASE

Os argumentos obrigatórios Descrição do argumento atual


estão em negrito

Observação Não é necessário digitar cifrões nem vírgulas ao inserir valores em dólares na caixa de diálogo
Argumentos da Função. Se você digitá-los, o Excel os removerá a partir da fórmula e retornará um
valor exato. As células na coluna H onde você digitará as fórmulas já foram formatadas para os dados.

5. Clique em OK para aceitar as alterações e fechar a caixa de diálogo. Você verá que
$ 1.657.100 da receita de dezembro da Fabrikam foi gerada por propriedades com valor
acima de $ 200.000.
6. Se, por algum motivo, você precisar editar a fórmula, selecione a célula que contém a
função e, na guia Fórmulas ou na Barra de Fórmulas, clique no botão Inserir Função para
voltar para a caixa de diálogo Argumentos da Função (veja a Figura 10-3).

Botões Inserir Função O Excel adiciona pontos de interrogação


quando reconhece texto ou equações
Figura 10-3
Os botões Inserir Função
permitem retornar à caixa de
diálogo Argumentos da Função

Prévia do resultado da fórmula


174 Lição 10

Observação O resultado da fórmula SOMASE na célula H5 não inclui o valor de propriedade em C15 porque a
fórmula especificou valores acima de $ 200.000. Para incluir esse valor, o critério deve ser >= (maior
ou igual a).

7. Clique em OK ou pressione Esc se não tiver alterações.


8. Selecione a célula H6 e, depois, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Usada
Recentemente e, em seguida, clique em SOMASE para abrir mais uma vez a caixa de
diálogo Argumentos da Função. O ponto de inserção deve estar na caixa Intervalo.
Observação Ao clicar em Usadas Recentemente, a última função que você utilizou será exibida na parte superior
da lista. Da mesma forma, quando você clicar em Inserir função, a caixa de diálogo Inserir Função
será aberta com a última função usada realçada.

9. No campo Intervalo, selecione as células E5:E16. O intervalo selecionado é inserido


automaticamente na caixa de texto. Pressione Tab.
Observação Você não precisa recolher a caixa de diálogo como na etapa 3. Será possível realçar diretamente o
intervalo se a caixa de diálogo não estiver no caminho. Outra opção é mover a caixa de diálogo
arrastando a barra de título.

10. Na caixa Critérios, digite <3% e depois pressione Tab. Você inseriu os critérios para
verificar a coluna E e encontrar valores inferiores a 3%.
11. No campo Intervalo_soma, selecione as células C5:C16. A fórmula na H6 é diferente da
fórmula na H5. Na H6, o intervalo de critérios é diferente do intervalo de soma. Na célula
H5, o intervalo de critérios e o intervalo de soma são os mesmos. Na célula H6, SOMASE
verifica valores na coluna E que são inferiores a 3% (E8 é o primeiro) e localiza o valor
na mesma linha e na coluna C (C8 neste caso) e o adiciona ao total. Clique em OK para
aceitar as alterações e fechar a caixa de diálogo. O Excel retorna um valor de $ 1.134.200.
12. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de SOMASES
A função SOMASES adiciona as células em um intervalo que satisfazem vários critérios. É
importante notar que a ordem dos argumentos nessa função é diferente da ordem usada com SOMASE.
Em uma fórmula SOMASE, o argumento Intervalo_soma é o terceiro argumento; em SOMASES, no
entanto, é o primeiro argumento. Neste exercício, você cria e usa duas fórmulas SOMASES, cada uma
analisa dados com base em dois critérios. A primeira fórmula SOMASES adiciona o preço de venda
das propriedades que a Fabrikam vendeu por mais de $ 200.000 e que estavam no mercado há 60 dias
ou menos. A segunda fórmula adiciona as propriedades vendidas com menos de 3% de diferença do
preço listado no prazo de 60 dias.

PASSO A PASSO Usar a função SOMASES

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula H7. Na guia Fórmulas, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Inserir
Função.
2. Na caixa Procure por uma função, digite SOMASES e, em seguida, clique em Ir.
SOMASES é realçado na caixa Selecionar uma função.
3. Clique em OK para aceitar a função.
4. Na caixa de diálogo Argumentos da Função, na caixa Intervalo_soma, selecione as
células C5:C16. Isso adiciona o intervalo de células ao argumento da fórmula.
5. Na caixa Intervalo_critérios1, selecione as células F5:F16. Na caixa Critérios1, digite
<=60. Isso especifica que você deseja calcular somente os valores inferiores ou iguais a
60. Quando você passar para a próxima caixa de texto, observe que o Excel coloca aspas
ao redor de seus critérios. Ele as aplica para avisar que se trata de um critério e não um
valor calculado.
Utilização de fórmulas avançadas 175

6. Na caixa Intervalo_critérios2, selecione as células C5:C16. Agora, você está escolhendo o


segundo intervalo de células.
7. Na caixa Critérios2, digite >200.000. Clique em OK. Agora, você aplicou um segundo
critério que calculará valores superiores a 200.000. O Excel calcula sua fórmula,
retornando um valor de $ 742.000.
8. Selecione H8 e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Usada Recentemente.
9. Selecione SOMASES. Na caixa Intervalo_soma, selecione C5:C16.
10. Na caixa Intervalo_critérios1, selecione as células F5:F16. Digite <=60 na caixa Critérios1.
11. Na caixa Intervalo_critérios2, selecione as células E5:E16. Digite <3% na caixa Critérios2
e depois pressione Tab. Para ver todos os argumentos, role para a parte superior da
caixa de diálogo (veja a Figura 10-4).

Figura 10-4
A função SOMASES aplica
dois ou mais critérios

A prévia indica que o total será 433000.

Solução de É uma boa ideia pressionar Tab depois da última entrada e visualizar o resultado da função para
problemas garantir que tenha inserido todos os argumentos corretamente.

12. Clique em OK. Depois de aplicar essa fórmula, o Excel retorna um valor de $ 433.000.
13. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

As fórmulas que você usar neste exercício analisarão os dados com base em dois critérios. Você pode
continuar a adicionar até 127 critérios com base nos quais os dados podem ser avaliados.

Como a ordem dos argumentos é diferente em SOMASE e SOMASES, se você desejar copiar e
editar essas funções semelhantes, certifique-se de colocar os argumentos na ordem correta (primeiro,
segundo, terceiro etc.).

Utilização de CONT.SE
A fórmula CONT.SE conta o número de células em um determinado intervalo que satisfazem uma
condição específica. A sintaxe da função CONT.SE é CONT.SE(Intervalo, Critérios). O Intervalo
é o intervalo de células a serem contadas pela fórmula e os Critérios são as condições que devem ser
satisfeitas para que as células sejam contadas. A condição pode ser um número, expressão ou entrada
de texto. Neste exercício, você pratica usando a função CONT.SE duas vezes para calcular o número
176 Lição 10

de casas vendidas e listadas >= 200.000. Os intervalos que você especifica nessas fórmulas CONT.
SE são os preços das casas. O critério seleciona somente as casas que custam $ 200.000 ou mais.

PASSO A PASSO Usar a função CONT.SE

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione H9. No grupo Biblioteca de Funções, clique em Mais Funções, selecione
Estatística e depois clique em CONT.SE.
2. Na caixa de diálogo Argumentos da Função na caixa Intervalo, selecione as células
B5:B16.
3. Na caixa Critérios, digite >=200000 e depois pressione Tab. Visualize o resultado e depois
clique em OK. Defina seus critérios de valores maiores ou iguais a $ 200.000. O Excel
retorna um valor de 9.
4. Selecione H10 e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Usada Recentemente.
5. Selecione CONT.SE. Na caixa de diálogo Argumentos da Função, na caixa Intervalo,
selecione as células C5:C16.
6. Na caixa Critérios, digite >=200000 e depois pressione Tab. Visualize o resultado e depois
clique em OK. O Excel retorna um valor de 7 quando a fórmula é aplicada à célula.
7. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de CONT.SES
A função CONT.SES conta o número de células dentro de um intervalo que satisfazem
vários critérios.  A sintaxe é CONT.SES(Intervalo_critérios1, Critérios1, Intervalo_critérios2,
Critérios2, …). Você pode criar até 127 intervalos e critérios. Neste exercício, você pode realizar
cálculos com base em vários critérios para a fórmula CONT.SES.

PASSO A PASSO Usar a função CONT.SES

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione H11. No grupo Biblioteca de Funções, clique em Inserir Função.
2. Na caixa Procure por uma função, digite CONT.SES e, em seguida, clique em Ir. CONT.
SES é realçado na caixa Selecionar uma função.
3. Clique em OK para aceitar a função e fechar a caixa de diálogo.
4. Na caixa de diálogo Argumentos da Função, caixa Intervalo_critérios1, digite F5:F16.
Você selecionou seu primeiro intervalo para cálculo.
5. Na caixa Critérios1, digite >=60 e depois pressione Tab. As descrições e as dicas para
cada caixa de argumento da caixa de diálogo Argumentos da Função serão substituídas
pelo valor quando você navegar para a próxima caixa de argumento (veja a Figura 10-5).
O resultado da fórmula também é exibido, permitindo que você reveja e faça correções
se for exibida uma mensagem de erro ou for retornado um resultado inesperado.
Agora, você definiu seu primeiro critério. O Excel mostra o cálculo até esta etapa
como um valor de 8.
Utilização de fórmulas avançadas 177

Figura 10-5
Argumentos e resultados da
função CONT.SES

Veja o resultado da fórmula. Veja esta


mudança conforme cada critério é adicionado.

6. Na caixa Intervalo_critérios2, selecione as células E5:E16. Você selecionou seu segundo


intervalo a ser calculado.
7. Na caixa Critérios2, digite >=5% e pressione Tab para visualizar. Clique em OK. O Excel
retorna um valor de 2.
8. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Uma célula do intervalo identificada na caixa de diálogo Argumentos da Função será contada
somente se todos os critérios correspondentes que você especificar forem VERDADEIROS nessa
célula. Se um critério se referir a uma célula vazia, CONT.SES a tratará como um valor 0.

Observação Ao criar fórmulas, você pode usar os caracteres curinga, ponto de interrogação (?) e asterisco (*)
em seus critérios. Um ponto de interrogação corresponde a qualquer caractere único; um asterisco
corresponde a qualquer número de caracteres. Se você quiser encontrar um ponto de interrogação
real ou um asterisco, digite um acento grave (`) antes do caractere.

Utilização de MÉDIASE
A função MÉDIASE retorna a média aritmética de todas as células em um intervalo que satisfazem
determinados critérios. A sintaxe é semelhante a SOMASE e é MÉDIASE(Intervalo, Critérios,
Intervalo_média). Na sintaxe de MÉDIASE, Intervalo é o conjunto de células das quais você quer
a média. Por exemplo, neste exercício, você usa a função MÉDIASE para calcular o número médio
de dias que propriedades avaliadas em $ 200.000 ou mais estavam no mercado antes de serem
vendidas. O intervalo nesta fórmula é B5:B16 (células que contêm o valor listado das casas que
foram vendidas). O critério é a condição com base na qual você quer que as células sejam avaliadas,
ou seja, >=200000. Intervalo_média é o conjunto real de células para calcular a média: o número de
dias que cada casa ficou no mercado antes de ser vendida. Como na fórmula SOMASE, o último
argumento, Intervalo_média, será opcional se o intervalo contiver as células que correspondem aos
critérios e são usadas para a média. Neste exercício, você primeiro encontra a média de todas as
células em um intervalo e então encontra uma média condicional.
178 Lição 10

PASSO A PASSO Usar a função MÉDIASE

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione H12 e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Mais Funções. Selecione
Estatística e depois clique em MÉDIA.
2. Na caixa Número1, digite B5:B16 e depois clique em OK. É retornada uma média
matemática para esse intervalo.
3. Selecione H13 e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Insira Função.
4. Selecione MÉDIASE na lista de funções ou use a caixa de pesquisa de funções para
localizar e aceitar a função MÉDIASE. A caixa de diálogo Argumentos da Função é
aberta.
5. Na caixa de diálogo Argumentos da Função na caixa Intervalo, selecione as células
B5:B16.
6. Na caixa Critérios, digite >=200000.
7. Na caixa Intervalo_média, selecione F5:F16 e depois pressione Tab para visualizar a
fórmula. Na visualização, o Excel retorna um valor de 63,33.
8. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo.
9. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de MÉDIASES
Uma fórmula MÉDIASES retorna a média (média aritmética) de todas as células que satisfazem
vários critérios. A sintaxe é MÉDIASES(Intervalo_média, Intervalo_critérios1, Critérios1,
Intervalo_critérios2, Critérios2, …). Você aprende a aplicar a fórmula MÉDIASES no exercício
seguinte para encontrar a média de um conjunto de números, onde dois critérios são satisfeitos.

PASSO A PASSO Usar a função MÉDIASES

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula H14. No grupo Biblioteca de Funções, clique em Inserir Função.
2. Digite MÉDIASES na caixa Procure por uma função e depois clique em Ir. MÉDIASES é
realçado na caixa Selecionar uma função.
3. Clique em OK para aceitar a função e fechar a caixa de diálogo.
4. Na caixa de diálogo Argumentos da Função, na caixa Intervalo_média, selecione as
células F5:F16. Pressione Tab.
5. Na caixa Intervalo_critérios1, selecione as células B5:B16 e depois pressione Tab. Você
selecionou o primeiro intervalo de critérios.
6. Na caixa Critérios1, digite <200000. Você definiu seu primeiro critério.
7. Na caixa Intervalo_critérios2, selecione as células E5:E16 e pressione Tab. Você
selecionou o segundo intervalo de critérios.
8. Na caixa Critérios2, digite <5% e depois pressione Tab. Clique em OK. O Excel retorna
um valor de 60.
9. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Você inseriu somente dois critérios para as fórmulas SOMASES, CONT.SES e MÉDIASES criadas
nos exercícios anteriores. No entanto, em planilhas grandes, muitas vezes é preciso usar vários
critérios para que a fórmula retorne um valor que seja significativo para sua análise. Você pode
inserir até 127 condições às quais os dados devem corresponder para que uma célula seja incluída
no resumo condicional que resulta de uma fórmula SOMASES, CONT.SES ou MÉDIASES.
Utilização de fórmulas avançadas 179

As instruções a seguir resumem como valores são tratados quando você insere uma fórmula
MÉDIASE ou MÉDIASES:

• Se Intervalo_média for omitido nos argumentos da função, o intervalo será usado.


• Se uma célula em Intervalo_média for uma célula vazia, MÉDIASE irá ignorá-la.
• Se o intervalo inteiro estiver em branco ou contiver valores de texto, MÉDIASE retornará o
valor de erro #DIV/0!.
• Se não houver células no intervalo que satisfazem os critérios, MÉDIASE retornará o valor de
erro #DIV/0!.

UTILIZAÇÃO DE FÓRMULAS PARA PROCURAR DADOS EM UMA


PASTA DE TRABALHO
Quando planilhas contêm longas e, às vezes, incômodas listas de dados, você precisa de uma
maneira para localizar rapidamente informações específicas nessas listas. É aqui que as funções
de pesquisa do Excel entram em cena. Funções de pesquisa são uma maneira eficiente de
pesquisar e inserir um valor em uma célula quando o valor desejado é armazenado em outro lugar
na planilha ou até mesmo em uma planilha ou pasta de trabalho diferente. PROCV e PROCH são
as duas funções de pesquisa que você usa nesta seção. Essas funções podem retornar o conteúdo da
célula encontrada. Ao trabalhar nos exercícios a seguir, observe que o termo tabela refere-se a um
intervalo de células em uma planilha que pode ser usado por uma função de pesquisa.

Utilização da função PROCV


O “V” em PROCV significa vertical. Essa fórmula é usada quando o valor de comparação está na
primeira coluna de uma tabela. O Excel desce a primeira coluna até que uma correspondência seja
encontrada e, em seguida, analisa uma das colunas à direita para encontrar o valor na mesma linha.
A sintaxe da função PROCV é PROCV(Valor_procurado, Matriz_tabela, Núm_índice_coluna,
Procurar_intervalo). Consulte a Figura 10-6 para obter uma explicação gráfica da função.

Figura 10-6
1) PROCV vai verticalmente para
Pesquisa vertical (PROCV) baixo na primeira coluna até que
PROCV(valor_procurado, matriz_tabela, núm_índice_col)
haja uma correspondência com
PROCV(5,Comissão,3) = 1,50%
valor_procurado

Bônus Bônus
Anos na Fabrikam individual Back Office
1 1,00% 2,00%
2 1,50% 1,50%
5 2,00% 1,50%
1 é a primeira Col índice 1 10 Col índice 2
2.50% Col índice 3
1.00% Matriz_tabela é o
coluna intervalo chamado de
15 3,00% 1,00%
Comissão

2) Em seguida, vá para núm_índice_col

Matriz_tabela é uma tabela de texto, números ou valores que você usa para a fórmula. Ela pode
ser um intervalo de células (A1:D5) ou um nome de intervalo (Comissão). Os dados em uma
matriz de tabela devem ser organizados em linhas e colunas. No próximo exercício, você
aplicará esta fórmula para calcular os bônus dos funcionários. Quando se trabalha com argumentos
e funções PROCV, há vários pontos-chave para ter em mente:
180 Lição 10

• Se Valor_procurado for menor que o menor valor na primeira coluna de Matriz_tabela,


PROCV retornará o valor de erro #N/A.
• Os valores de Matriz_tabela podem ser texto, números ou valores lógicos. Texto em letras
maiúsculas e minúsculas é equivalente.
• Os valores na primeira coluna da seleção Matriz_tabela devem ser colocados em ordem de
classificação crescente; caso contrário, PROCV pode não dar o valor correto. A tabela de
pesquisa que você usará neste exercício lista anos de serviço em ordem crescente.
• Procurar_intervalo é um quarto argumento opcional não mostrado na Figura 10-6.
• Se o argumento Procurar_intervalo for TRUE ou omitido, uma correspondência exata ou
aproximada será retornada. Se PROCV não localizar uma correspondência exata, retornará o
próximo maior valor menor que o valor especificado em Valor_procurado.
• Se Procurar_intervalo for FALSE, PROCV localizará apenas uma correspondência exata. Se uma
correspondência exata não for encontrada, o valor do erro #N/A será retornado.
Observação Os nomes de intervalo ou referências de célula usados na função PROCV ou PROCH não
diferenciam maiúsculas de minúsculas. Assim você pode digitá-los em letras maiúsculas, minúsculas,
ou qualquer combinação de caracteres maiúsculos e minúsculos. Além disso, os nomes das funções
PROCV e PROCH não diferenciam maiúsculas de minúsculas.

PASSO A PASSO Usar a função PROCV

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver aberto.


1. ABRIR o arquivo 10 Fabrikam Bonus desta lição. SALVAR a pasta de trabalho na pasta
Excel Lesson 10 como 10 Fabrikam Bonus Solution (10 Solução de Bônus Fabrikam).
2. Com a planilha Desempenho ativa, selecione as células A15:C20 na planilha. Clique na
guia Fórmulas e depois, no grupo Nomes Definidos, clique em Definir Nome. A caixa de
diálogo Novo Nome é aberta.
3. Na caixa de diálogo Novo Nome, na caixa Nome, digite Bônus. Clique em OK para fechar
a caixa de diálogo. Você definiu o nome do intervalo.
4. Clique na célula E5 e depois, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Pesquisa e
Referência e selecione PROCV.
5. Na caixa de texto Valor_procurado, digite B5 e pressione Tab. O ponto de inserção se
move para a caixa Matriz_tabela.
6. No grupo Nomes Definidos da guia Fórmula, clique em Usar na Fórmula e depois
selecione Bônus. Pressione Tab. O ponto de inserção se move para a próxima caixa de
texto.
7. Na caixa Núm_índice_coluna, digite 2, que é a coluna que contém os valores de bônus
individuais. Pressione Tab.
8. Na caixa Procurar_intervalo, digite Verdadeiro, que significa que PROCV pode verificar
o valor mais próximo que não ultrapasse o número na primeira coluna; o mesmo bônus
é pago por um intervalo de anos, então, digite Verdadeiro na caixa Procurar_intervalo
para que um valor seja retornado para todos os representantes. A caixa de diálogo
Argumentos da Função deve ser semelhante à mostrada na Figura 10-7. Clique em OK.
O Excel retorna um valor de 2,5%.
Utilização de fórmulas avançadas 181

Valor_procurado é B5 (que é 12)


Figura 10-7
Caixa de diálogo
Argumentos da Função
PROCV

Olhe em Matriz_tabela Localizar no valor da coluna número 2 está na mesma


chamado Bônus linha 10 (mais próximo sem passar mais de 12)

9. Usando a alça de preenchimento na célula E5, copie a fórmula no intervalo E6:E11. Isso
calcula taxas de bônus para os outros representantes de vendas. A mensagem de erro
#N/A é exibida na célula E11 porque um valor não está disponível para representantes
empregados há menos de um ano. (Os representantes tornam-se qualificados para um
bônus somente após um ano inteiro de serviço.)
10. Clique na célula F5 e digite =PROCV(B5,Bônus,3). Observe que a dica de tela fornece
informações e ajuda durante o processo. Isso pesquisa valores na terceira coluna do
intervalo Bônus. Pressione Enter.
11. Copie a fórmula em F5 no intervalo F6:F11.
12. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Observação Quando você insere Verdadeiro no argumento Procurar_intervalo, é retornado o valor mais
próximo. Falso retorna somente um valor exato. Se você omitir o argumento Procurar_intervalo
como na etapa 10 do exercício anterior, o Excel inserirá o argumento Verdadeiro quando você clicar
em OK (embora não apareça na fórmula).

Utilização de PROCH
O “H” em PROCH é horizontal. PROCH procura na horizontal um valor na primeira linha de
uma tabela ou uma matriz e, em seguida, retorna um valor na mesma coluna de uma linha que
você especificar na tabela ou matriz. Use PROCH quando os valores de comparação estiverem
localizados em uma linha na parte superior de uma tabela de dados e você quer analisar uma linha
especificada (veja a Figura 10-8). No exercício a seguir, você usará uma fórmula de PROCH para
procurar padrões para uma casa.
182 Lição 10

Figura 10-8
Pesquisa horizontal (PROCH)
PROCH(valor_procurado, matriz_tabela, núm_índice_lin)
PROCH(“Pés”,Propriedades,3) = 1000

2) Em seguida, vá para núm_índice_lin


1) PROCV vai
horizontalmente ao longo
Leitos CO2 Saídas Pés 1 é a primeira linha
da primeira linha até que
haja uma correspondência 1 1 2 500
2 é a segunda
com o valor_procurado 2 1 2 1000
3 é a terceira linha
3 2 2 1500
4 2 3 2000
5 3 3 2500
6 3 3 3000 Matriz_tabela é o intervalo
chamado de Propriedades

PASSO A PASSO Usar a função PROCH

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia da planilha Padrões para ir para a planilha Padrões.
2. Clique na célula F11 e depois, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Pesquisa e
Referência e selecione PROCH.
3. Na caixa de texto Valor_procurado, digite E11. Essa é a célula que você alterará, e a caixa
é visualizada em Pés porque é o que está digitado na célula E11.
4. Na caixa de texto Matriz_tabela, digite A1:D7. Esse será o intervalo de células que você
pesquisará.
5. Na caixa de texto Núm_índice_lin, digite D11+1. Isso atualmente avalia como 3. Se você
inserir o número de camas contido em D11, não abrangerá linhas suficientes por causa
dos rótulos contidos na primeira linha da Matriz_tabela. Na verdade, o número de camas
corresponde a uma linha além do número de camas porque os rótulos (Camas, CO2,
Saídas e Pés) são contabilizados como a primeira linha e a linha 2 corresponde a 1 cama.
6. Na caixa de texto Procurar_intervalo, digite FALSO porque você deseja uma
correspondência exata. Clique em OK. Nas etapas seguintes, você alterará os valores
em D11 e E11 e verá o que acontece quando há valores diferentes e quando não há uma
correspondência exata.
7. Na célula D11, digite 5 e observe que o resultado em F11 é alterado para 2500.
8. Na célula E11, digite CO2 e observe que o resultado é alterado para o resultado da
coluna CO2 para 5 camas, que é 3.
9. Clique na célula D11 e digite 7. Observe que é exibido um erro #REF! porque a tabela
somente abrange cinco camas.
10. Na célula D11, digite 1. A célula F11 exibe um resultado de 1.
11. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Pode ser difícil lembrar a sintaxe de uma função PROCH ou PROCV. Você sempre pode usar a
caixa de diálogo Argumentos da Função para ajudar a lembrar a ordem dos argumentos para todas
as funções. Quando você clicar em cada campo, leia as dicas que aparecem no lado direito de cada
caixa, bem como a explicação abaixo das caixas de argumento que informa o propósito de cada
argumento na função.
Utilização de fórmulas avançadas 183

ADIÇÃO DE FUNÇÕES DE LÓGICA CONDICIONAL A FÓRMULAS


Você pode usar as funções E e OU para criar fórmulas condicionais que resultam em um valor
lógico, ou seja, VERDADEIRO ou FALSO. Essas fórmulas testam se uma série de condições é
avaliada como VERDADEIRA ou FALSA. Além disso, você pode usar a fórmula condicional SE
que verifica se um cálculo é avaliado como VERDADEIRO ou FALSO. Então, você poderá dizer a
SE para retornar um valor (texto, número ou valor lógico) se o cálculo for VERDADEIRO ou um
valor diferente se for FALSO.

Utilização de SE
O resultado de uma fórmula condicional é determinado pelo estado de uma condição específica
ou pela resposta a uma pergunta lógica. Uma função SE configura uma instrução condicional para
testar dados. Uma fórmula SE retornará um valor se a condição especificada for verdadeira e outro
valor se for falsa. A função SE exige a seguinte sintaxe: SE(Teste_lógico, Valor_se_verdadeiro, Valor_
se_falso). Neste exercício, você usará uma função SE para determinar quem alcançou seu objetivo e
está qualificado para o bônus de desempenho.

PASSO A PASSO Usar a função SE

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia da planilha Desempenho para ativá-la.
2. Clique na célula G5. No grupo Biblioteca de Funções, clique em Lógico e depois em SE.
A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta.
3. Na caixa Teste_lógico, digite D5>=C5. Esse componente da fórmula determina se o
representante cumpriu sua meta de vendas.
4. Na caixa Valor_se_verdadeiro, digite Sim. Esse será o valor retornado se o representante
tiver atingido a meta.
5. Na caixa Valor_se_falso, digite Não e depois clique em OK.
6. Com G5 ainda selecionada, use a alça de preenchimento para copiar a fórmula em
G6:G12. O Excel retorna o resultado que três representantes ganharam o prêmio de
desempenho exibindo Sim nas células.
Observação Toda a empresa é avaliada quanto ao cumprimento da meta, e bônus serão concedidos para o
pessoal de back-office se o objetivo da empresa for atingido. O resultado em G12 será usado para
as fórmulas na coluna I. Quando você copiar, a formatação estará incluída.

7. Clique no botão Opções de Autopreenchimento no canto inferior direito do intervalo e


escolha Preencher sem formatação. Consulte a Figura 10-9.

Função SE na barra de fórmulas


Figura 10-9
Utilização da função SE

8. Na célula H5, digite =SE(G5=”Sim”,E5*D5,0. Antes de completar a fórmula, observe a


dica de tela, as células selecionadas e as cores. Mova o ponteiro do mouse para cada um
184 Lição 10

dos argumentos. Eles se transformam em hiperlinks. E5 é a taxa de bônus individual e


D5 são as vendas reais. O bônus é a taxa vezes as vendas.
9. Pressione Enter para completar a fórmula.
Observação Em alguns casos, o Excel completa a fórmula. Na etapa 8, o parêntese de fechamento não foi
adicionado, e o Excel conseguiu completar a fórmula.

10. Clique na célula H5 e use a alça de preenchimento para copiar a fórmula para H6:H11
11. Em I5, digite =SE($G$12=“Sim”, F5*D5,0) e, em seguida, pressione Enter.
12. Use a alça de preenchimento em I5 para copiar a fórmula para I6:I11. Observe que
Richard Carey, o sócio sênior, não recebeu nenhum bônus de representante e não houve
nenhum bônus para Back Office.
13. A venda pendente final de $ 700.000 do ano foi realizada. Em D5, digite $3.900.000.
Observe que H5 e os montantes da coluna I vão de 0 a bônus (consulte a Figura 10-10).

Figura 10-10
Bônus mudam adicionando
vendas a D5

Vendas atuais agora ultrapassam a Meta de vendas. G12 agora exibe Sim.

14. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de E
A função E retornará VERDADEIRO se todos os argumentos forem verdadeiros e FALSO se um
ou mais argumentos forem falsos. A sintaxe é E(Lógico1, Lógico2, ...). Neste exercício, você usará a
função E para determinar se as vendas totais anuais da Fabrikam atingiram o objetivo estratégico e
se a meta de vendas excedeu as vendas do ano anterior em 5 por cento.

PASSO A PASSO Usar a função E

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia da planilha Vendas Anuais. Clique na guia Fórmulas, se necessário.
2. Clique na célula B6. No grupo Biblioteca de Funções, clique em Lógica e clique na opção
E. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta com o ponto de inserção na caixa
Lógico1.
3. Clique na célula B16, digite >=, selecione a célula B3 e pressione Enter. Este argumento
representa a primeira condição: as vendas reais atingiram ou excederam a meta de
vendas? Como esse é o primeiro ano, apenas um teste lógico é inserido.
4. Selecione a célula C6, clique no botão Usada Recentemente e depois clique em E. Na
caixa Lógico1, digite C16>=C3. É a mesma condição da etapa 3 (as vendas excedem ou
equivalem à meta).
Utilização de fórmulas avançadas 185

5. Na caixa Lógico2, digite C16>=B16*1,05 e pressione Tab. A visualização da fórmula


retorna VERDADEIRO, o que significa que as duas condições da fórmula foram
cumpridas. Consulte a Figura 10-11.

Descrição da fórmula
Figura 10-11
Argumentos da função E

Resultado a ser retornado

6. Clique em OK para concluir a fórmula.


7. Selecione a célula C6 e copie a fórmula em D6:F6.
8. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Novamente, a função E retorna um resultado VERDADEIRO somente quando as duas condições


na fórmula são cumpridas. Por exemplo, considere os resultados obtidos no exercício anterior. As
vendas no segundo ano excederam as vendas do ano anterior. Portanto, a primeira condição foi
cumprida. As vendas do ano 2 também excederam as vendas do ano 1 em 5 por cento. Como ambas
as condições foram atendidas, a fórmula retornará um resultado VERDADEIRO.

Agora, considere os argumentos para os testes lógicos do ano 3 (a fórmula em D6). As vendas
não excederam a meta de vendas. Portanto, o primeiro argumento retorna um valor FALSO. No
entanto, as vendas excederam as vendas do ano anterior em 5 por cento. Quando somente uma
condição é satisfeita, a fórmula retorna FALSO.

Utilização de OU
Embora todos os argumentos em uma função E precisem ser verdadeiros para a função retornar
um valor VERDADEIRO, só um argumento na função OU tem que ser verdadeiro para a função
retornar um valor VERDADEIRO. A sintaxe de uma fórmula OU é semelhante à de uma fórmula
E. Com esta função, os argumentos devem ser avaliados como valores lógicos como VERDADEIRO
ou FALSO ou referências que contenham valores lógicos. Neste exercício, você criará uma fórmula
que avalia se os agentes de vendas estão qualificados para o bônus de back-office, quando eles são
novos ou quando não receberam o bônus de vendas (menos de 4 anos na empresa ou não receberam
o bônus de agente). A fórmula OU retornará VERDADEIRO se alguma condição for verdadeira.
186 Lição 10

PASSO A PASSO Usar a função OU

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia da planilha Desempenho para ativar essa planilha. Selecione J5 e, no
grupo Biblioteca de Funções, clique em Lógica.
2. Clique em OU. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta. Você cria uma
fórmula que responde à seguinte pergunta: Richard Carey trabalhou na empresa por
menos de 4 anos?
3. Na caixa Lógico1, digite B5<4 e depois pressione Tab.
4. Na caixa Lógico2, digite G5=”Não” e pressione Tab. Esse argumento responde
à segunda pergunta: Richard Carey não atingiu a meta de vendas? Cada um dos
argumentos for avaliado como FALSO, portanto, a função inteira é avaliada como
FALSO.
5. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo.
6. Selecione a célula J5 e copie a fórmula em J6 a J11.
7. A célula J7 é a primeira da coluna que retorna um valor VERDADEIRO. Para ver cada
um dos argumentos, clique na célula J7 e, em seguida, clique no botão Inserir Função,
e você retornará para a caixa de diálogo Argumentos da Função (veja a Figura 10-12).

Lógico1 (B7<4) é avaliada como FALSO. Lógico2 (G7 = “Não”) é avaliada como VERDADEIRO.

Figura 10-12
Argumentos da função OU

Então, a função inteira é avaliada como VERDADEIRO.

8. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo e retornar para a pasta de trabalho.


9. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR.
Observação À medida que você adiciona argumentos, os campos Lógica da caixa de diálogo Argumentos da
Função se expandem para que você digite vários argumentos.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

UTILIZAÇÃO DE FÓRMULAS PARA MODIFICAR O TEXTO


Ao obter arquivos de outras pessoas ou programas, frequentemente é necessário manipular os dados
antes de começar a usá-los. Por exemplo, às vezes você recebe arquivos em um formato de texto com
vírgulas separando o que deveria vir em colunas. O texto muitas vezes não está no formato que você
precisa para usar no Excel. Alguns textos podem ser combinados em uma longa cadeia de caracteres
ou outro texto pode estar todo em letras minúsculas ou maiúsculas.
Utilização de fórmulas avançadas 187

Você pode estar familiarizado com o comando Alterar maiúsculas e minúsculas do Microsoft Word,
que permite alterar as maiúsculas e minúsculas do texto. Da mesma maneira, no Excel, use as
funções PRI.MAIÚSCULA, MAIÚSCULA e MINÚSCULA para colocar a primeira letra de cada
palavra de uma cadeia de texto em maiúsculo, ou converter todos os caracteres em uma cadeia
de texto para minúsculo ou maiúsculo. Esta seção apresenta um arquivo de texto da empresa de
alarmes. Há um monte de informações úteis no arquivo, mas elas são codificadas para o sistema
de alarme, e não para uso em uma planilha. O presidente da empresa pediu para manter o arquivo
confidencial porque ele contém os códigos de cada funcionário, mas ele também pediu para usar
seus conhecimentos de Excel para converter as informações em um formato utilizável.

Conversão de texto em colunas


Você pode usar o Assistente para conversão de text em colunas para separar o conteúdo da célula
simples, como nomes e sobrenomes, em colunas diferentes. Dependendo de como seus dados
são organizados, você pode dividir o conteúdo da célula com base em um delimitador (divisor ou
separador), como um espaço ou uma vírgula, ou com base em um local de quebra de coluna específico
em seus dados. No exercício seguinte, você pode converter os dados na coluna A em duas colunas.

PASSO A PASSO Converter de texto em colunas

PREPARE-SE. INICIE o Excel, se necessário.


1. ABRIR a pasta de trabalho10 Fabrikam Alarm Codes (10 Códigos de Alarme Fabrikam) e
depois SALVAR-a em sua pasta Excel Lesson 10 como 10 Fabrikam Alarm Codes Solution
(10 Solução de Códigos de Alarme Fabrikam). A Figura 10-13 mostra como parece o
arquivo antes de converter as linhas em colunas e a Figura 10-14 mostra os mesmos
dados após a conversão.

Dados delimitados por vírgula serão convertidos em colunas separadas.

Figura 10-13
Arquivo original de 10
Fabrikam Alarm Codes

O arquivo é difícil de ler.

2. Selecione as células A2:A8. Clique na guia Dados e depois, no grupo Ferramentas de


Dados, em Texto para Colunas.
3. O Assistente para conversão de texto em colunas é aberto com Delimitado selecionado
como o padrão, porque o Excel reconhece que os dados no intervalo selecionado estão
separados por vírgulas. Clique em Avançar para ir para a próxima etapa do assistente.
4. Selecione Vírgula como o delimitador. Se outros delimitadores estiverem selecionados,
desmarque-os.
5. Clique em Avançar e, em seguida, clique em Concluir.
6. Os dados são separados em sete colunas. Para ajudar a identificar as colunas, digite o
texto mostrado na linha 1 da Figura 10-14. Aplique o estilo Título 3 ao intervalo A1:O1
(você adicionará dados às colunas H:O em exercícios posteriores). Aumente as larguras
das colunas A:G conforme for necessário, para que possa ver o conteúdo das células.
188 Lição 10

Tipo e formato de cabeçalhos de coluna. Redimensione as colunas para acomodar os dados.


Figura 10-14
Texto é convertido a colunas

7. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de ESQUERDA
A função ESQUERDA avalia uma sequência de caracteres e assume qualquer número de caracteres
no lado esquerdo da cadeia de caracteres. O formato da função é ESQUERDA(Texto, Núm_caract).
A primeira sequência de caracteres da pasta de dados de alarme contém o ramal e o número do
andar do funcionário, que você obtém usando a função ESQUERDA.

PASSO A PASSO Usar a função ESQUERDA

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula H1, digite Ext, e na célula I1, digite Andar para rotular as colunas.
2. Selecione a célula H2.
3. Clique na guia Fórmulas. No grupo Biblioteca de Funções, clique em Texto e escolha
ESQUERDA. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta.
4. Na caixa Texto, clique em A2 e pressione Tab.
5. Na caixa Núm_caract, digite 3 e depois pressione Tab. A visualização do resultado
mostra 425.
6. Clique em OK e clique duas vezes na alça de preenchimento na parte inferior direita da
célula H2 para copiar a fórmula em H2 para H3:H8.
7. Selecione a célula I2, clique no botão Usada Recentemente e depois selecione
ESQUERDA.
8. Na caixa Texto, digite A2, pressione Tab e, depois, na caixa Núm_caract, digite 1.
Clique em OK.
9. Copie a fórmula em I2 em I3:I8.
10. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Observação Você pode ver os resultados disso e os próximos exercícios na Figura 10-15, mais adiante na lição.

Utilização de DIREITA
A função DIREITA é quase idêntica à função ESQUERDA, mas retorna o número de caracteres no
lado direito da sequência de caracteres de texto. No arquivo de códigos de alarme, a primeira coluna
convertida contém a ID do funcionário de cinco dígitos no final, e o código de alarme na coluna E
contém o mês de nascimento do funcionário.
Utilização de fórmulas avançadas 189

PASSO A PASSO Usar a função DIREITA

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula J1 e, depois, digite Aniversário. Na célula K1, digite IDFunc para rotular
as colunas.
2. Selecione a célula J2.
3. Clique na guia Fórmulas e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Texto e escolha
DIREITA. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta.
4. Na caixa Texto, clique em E2 e pressione Tab.
5. Na caixa Núm_caract, digite 3 e depois pressione Tab. A visualização do resultado
mostra apr.
6. Clique em OK e copie a fórmula em J2 nas células J3:J8.
7. Selecione a célula K2, digite =DIREITA(A2,5) e depois pressione Enter.
8. Copie a fórmula em K2 em K3:K8.
9. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de EXT.TEXTO
Enquanto ESQUERDA e DIREITA retornam o número de caracteres em ambos os lados de uma
sequência de caracteres de texto, EXT.TEXTO retorna caracteres no meio. Por esta razão, seus
argumentos precisam incluir a sequência de caracteres de texto e, em seguida, um ponto de partida
(Num_inicial) e o número de caracteres (Núm_caract). Na primeira coluna do arquivo de alarme,
existem códigos indicando duas diferentes categorias de empregados.

PASSO A PASSO Usar a função EXT.TEXTO

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula L1, digite catfunc1 e depois, na célula M1, digite catfunc2 para rotular as
colunas.
2. Selecione a célula L2.
3. Clique na guia Fórmulas e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Texto e escolha
EXT.TEXTO. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta.
4. Na caixa Texto, clique em A2 e pressione Tab.
5. O ponto inicial do valor catfunc1 é o quarto caractere de (425oonp15210), então, digite 4
na caixa de texto Núm_inicial.
6. Na caixa Núm_caract, digite 2. A visualização do resultado mostra oo.
7. Clique em OK e copie a fórmula em L2 em L3:L8.
8. Selecione a célula M2, digite =EXT.TEXTO(A2,6,2) e depois pressione Enter.
9. Copie a fórmula em M2 em M3:M8.
10. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de ARRUMAR
Às vezes existem espaços extras em uma célula — no final ou início da sequência de caracteres,
especialmente depois de converter um arquivo de texto como o arquivo de alarme — consulte as
colunas SPFirst e SPLast. A função ARRUMAR remove caracteres em ambas as extremidades da cadeia
de caracteres. Há apenas um argumento: Texto. Assim, a sintaxe da função é ARRUMAR(Texto).
190 Lição 10

PASSO A PASSO Usar a função ARRUMAR

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula N1, digite primeiro e na célula O1, digite último para rotular as colunas.
2. Clique na célula N2.
3. Clique na guia Fórmulas e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Texto e escolha
ARRUMAR. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta.
4. Na caixa Texto, clique em B2. Se você olhar atentamente, você verá que o valor original
da célula B2 é “francisco” com um espaço antes do nome.
5. Clique em OK e copie a fórmula em N2 em N3:N8
6. Selecione a célula O2, digite =ARRUMAR(C2) e depois pressione Enter.
7. Copie a fórmula em O2 em O3:O8.
8. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de PRI.MAIÚSCULA
A função PRI.MAIÚSCULA coloca a primeira letra em uma cadeia de texto em maiúscula e todas
as letras em um texto que venham depois de um caractere que não seja uma letra. Todas as outras
letras são convertidas para minúsculas. Na sintaxe PRI.MAIÚSCULA(Texto), o texto pode ser
inserido entre aspas, uma fórmula que retorna texto ou uma referência a uma célula contendo o
texto que deseja passar para letras maiúsculas. Neste exercício, você usará PRI.MAIÚSCULA para
alterar o texto em minúsculas para iniciais maiúsculas.

PASSO A PASSO Usar a função PRI.MAIÚSCULA

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula A11 e digite Primeiro. Na célula B11, digite Último, digite primeiro e na
célula C11, digite Aniversário para rotular as colunas. Aplique o estilo de célula Título 3
a essas células.
2. Clique na célula A12.
3. Clique na guia Fórmulas e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Texto e escolha
PRI.MAIÚSCULA. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta.
4. Na caixa Texto, clique em N2. Você verá que francisco é convertido para Francisco.
5. Clique em OK e copie a fórmula em A12 nas células A12:B18 (na primeira e na última
coluna).
6. Selecione a célula C12, digite =PRI.MAIÚSCULA(J2) e depois pressione Enter.
7. Copie a fórmula em C12 em C13:C18.
8. SALVAR a pasta de trabalho e depois FECHAR o arquivo.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Observação A função PRI.MAIÚSCULA põe a primeira letra de cada palavra de texto em maiúscula. Todas as
outras letras são convertidas para minúsculas. Se tiver um apóstrofe no texto, como Francisco’s, o
Excel reconhecerá o apóstrofe como uma quebra e capitalizará o resultado como Francisco’S.

Utilização de MAIÚSCULA
A função MAIÚSCULA permite converter texto em maiúsculas (todas as letras maiúsculas).
A sintaxe é MAIÚSCULA(Texto), com texto referindo-se ao texto que deseja converter em
maiúsculas. Texto pode ser uma referência ou uma sequência de caracteres de texto. Neste exercício,
você converterá a categoria do funcionário (empcat1 e empcat2) em maiúsculas.
Utilização de fórmulas avançadas 191

PASSO A PASSO Usar a função MAIÚSCULA

PREPARE-SE. Abrir A PASTA DE TRABALHO 10 Fabrikam Alarm Codes 2.


1. SALVAR a pasta de trabalho como 10 Fabrikam Alarm Codes Solution 2 (10 Solução de
Códigos de Alarme Fabrikam 2).
2. Clique na célula D11, digite CatFunc1 e na célula E11, digite CatFunc2 para rotular as
colunas.
3. Clique na célula D12.
4. Clique na guia Fórmulas e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Texto e escolha
MAIÚSCULA. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta.
5. Na caixa Texto, clique em L2. Você verá que oo é convertido em OO.
6. Clique em OK e copie a fórmula em D12 em D12:E18 (colunas CatFunc1 e CatFunc2).
7. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de MINÚSCULA
A função MINÚSCULA converte todas as letras maiúsculas em uma sequência de caracteres de
texto em minúsculas. MINÚSCULA não altera os caracteres no texto que não são letras. Você pode
usar a função MINÚSCULA no exercício seguinte para aplicar o texto em minúsculas para poder
diferenciar mais facilmente um O (letra O) de um 0 (zero).

PASSO A PASSO Usar da função MINÚSCULA

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula F11 e digite oCódigo1. Na célula G11, digite oCódigo2 para rotular as
colunas.
2. Clique na célula F12.
3. Clique na guia Fórmulas e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Texto e escolha
MINÚSCULA. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta.
4. Na caixa Texto, clique em F2. Você verá que 00O0O0O000 é convertido em 00o0o0o000.
5. Clique em OK e copie a fórmula em F12 nas células F12 a G18 (as colunas oCode1 e
oCode2).
6. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Utilização de CONCAT
Em alguns casos, você precisa combinar sequências de texto. Use CONCAT para essa finalidade.
A sintaxe da função é CONCAT(Texto1, Texto2, Texto3, …). Neste caso, você pode combinar os
nomes e sobrenomes em dois formatos diferentes para futuras mesclas de mensagem. No primeiro
formato, você usa uma vírgula para separar nome e sobrenome, mas como o caractere pode mudar
para ponto e vírgula ou outro caractere, digite a vírgula em uma célula e use a referência de célula
na fórmula CONCAT.
192 Lição 10

PASSO A PASSO Usar a função CONCAT

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula H11 e digite , (uma vírgula seguida por um espaço). Na célula I11, digite
Primeiro Último para rotular as colunas.
2. Clique na célula H12.
3. Clique na guia Fórmulas e, no grupo Biblioteca de Funções, clique em Texto e escolha
CONCAT. A caixa de diálogo Argumentos da Função é aberta.
4. Na caixa Texto, clique na célula B12 e pressione Tab. Clique na célula H11, pressione Tab
e depois clique em A12. Na área de visualização, você verá “Melo, Francisco”.
5. Clique em OK e copie a fórmula em H12 em H13:H18. O resultado está incorreto.
Observe que a sequência de caracteres fica cada vez mais longa, e Ortiz está em todas as
sequências de caracteres.
6. Clique na célula H12. Na barra de fórmulas, clique na referência de célula H11 e depois
pressione F4 (Absoluta). A célula H11 deve se tornar $H$11.
7. Clique em Enter e copie a fórmula na célula H12 em H13:H18 novamente. Dessa vez, a
fórmula é copiada corretamente.
8. Selecione a célula I12 e digite =CONCAT(A12,” “,B12). Observe que o segundo argumento
é aspas, espaço e aspas. Isso separa os nomes e os sobrenomes.
9. Clique em Enter e copie a fórmula na célula I12 em I13:I18.
10. Aplique o estilo de célula Título 3 ao intervalo D11:I11. Aumente as colunas conforme
necessário para exibir os dados. Sua planilha devem ser semelhante à da Figura 10-15.

Figura 10-15
A planilha Fabrikam
concluída

11. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho e depois FECHAR o Excel.


Utilização de fórmulas avançadas 193

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. Qual das funções a seguir conta automaticamente as células que satisfazem várias
condições?
a. CONT.SE
b. CONT.NÚM
c. CONT.SES
d. SOMASES
2. Qual das funções a seguir conta automaticamente as células que satisfazem uma
condição específica?
a. CONT.SE
b. CONT.NÚM
c. CONT.SES
d. SOMASES
3. Na fórmula =SOMASES(C5:C16, F5:F16, “<=60”, B5:B16, “>200000”), qual das alternativas
a seguir é o intervalo de células a ser adicionado?
a. =C5:C16
b. =F5:F16
c. =B5:B16
d. =C5:F16
4. Na fórmula =SOMASES(C5:C16, F5:F16,“<=60”, B5:B16, “>200000”), o que significa
“<=60”?
a. Se o valor em C5:C16 for maior ou igual a 60, o valor em C5:C16 será incluído no total.
b. Se o valor em F5:F16 for maior ou igual a 60, o valor em C5:C16 será incluído no total.
c. Se o valor em B5:B16 for menor ou igual a 60, o valor em C5:C16 será incluído
no total.
d. Se o valor em F5:F16 for menor ou igual a 60, o valor em C5:C16 será incluído no total.
5. O intervalo de critérios em uma fórmula faz referência a que?
a. Os dados da planilha a serem incluídos nos resultados da fórmula.
b. O intervalo que contém uma condição que deve ser satisfeita para os dados serem
incluídos no resultado.
c. O tipo de fórmula a ser utilizada para o cálculo.
d. O tipo de dados contidos nas células a serem incluídas na fórmula.
6. Qual das funções a seguir retornará um valor se uma condição for verdadeira e um valor
diferente quando a condição não for verdadeira?
a. E
b. OU
c. SE
d. SOMA
7. Qual das funções a seguir retornará um valor se todas as condições forem cumpridas?
a. E
b. OU
c. SE
d. SOMA
194 Lição 10

8. Qual das funções a seguir procura um valor na primeira coluna de Matriz_tabela e


retorna um valor na mesma linha de Núm_índice_coluna.
a. MÉDIASE
b. PROCV
c. EXT.TEXTO
d. PROCH
9. Qual das funções a seguir converte texto de todas em maiúscula para primeira letra em
maiúscula?
a. MAIÚSCULA
b. PRI.MAIÚSCULA
c. MINÚSCULA
d. ARRUMAR
10. Qual das funções a seguir unem duas ou mais cadeias de texto em uma única cadeia de
texto?
a. E
b. EXT.TEXTO
c. ARRUMAR
d. CONCAT

Projetos

Projeto 10-1: Como separar o texto em colunas


Neste projeto, você pegará um arquivo de texto de notas do aluno e separará as informações em sete
colunas em vez de uma.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo 10 SFA Grades Import.
2. Selecione as células A4:A41. Clique na guia Dados e depois, no grupo Ferramentas de
Dados, em Texto para Colunas.
3. O Assistente para conversão de texto em colunas é aberto com Delimitado selecionado
como o padrão, porque o Excel reconheceu que os dados no intervalo selecionado estão
separados por delimitadores. Clique em Avançar.
4. Selecione Vírgula e Espaço como delimitadores. Se outros delimitadores estiverem
marcados (como Tab), desmarque-os e depois clique em Avançar. Clique em Concluir.
5. Rotule cada uma das colunas na linha 3 (A3 a G3): Último, Primeiro, Inicial, ID, Final,
Trimestre, Semestre.
6. Aplique o estilo de célula Título 3 aos títulos da coluna. Altere as larguras das colunas
para ajustar os dados na coluna.
7. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 10 como 10 SFA Grades Import
Solution (10 Solução de Importação de Graus SFA). FECHAR a pasta de trabalho.

DEIXE o Excel aberto para o próximo projeto.


Utilização de fórmulas avançadas 195

Projeto 10-2: Criação de fórmulas SOMASE e SOMASES para resumir os dados


condicionalmente
As informações de salário da Contoso, Ltd. foram registradas em uma pasta de trabalho para que o
gerente do escritório possa analisar e resumir os dados. Nesse projeto, você poderá calcular somas
com condições.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver em execução.


1. ABRIR o arquivo de dados 10 Contoso Salaries para essa lição.
2. Selecione a célula C35. Clique na guia Fórmulas e, depois, no grupo Biblioteca de
Funções, clique em Inserir Função.
3. Se a função SOMASE não estiver visível, digite SOMASE na caixa Procurar uma função e
clique em Ir. Na lista Selecionar uma função, clique em SOMASE. Clique em OK.
4. Na caixa de diálogo Argumentos da Função, no campo Intervalo, selecione C4:C33.
5. Na caixa Critérios, digite >100000.
6. Clique em OK. Como o intervalo de soma e o intervalo são os mesmos, não é necessário
introduzir um argumento Intervalo_soma.
7. Selecione C36 e depois clique em Inserir Função. Selecione SOMASES e depois clique
em OK.
8. Na caixa de diálogo Argumentos da Função, selecione C4:C33 como o intervalo de soma.
9. Selecione D4:D33 como o primeiro intervalo de critérios.
10. Digite >=10 como o primeiro critério.
11. Selecione C4:C33 como o segundo intervalo de critérios.
12. Digite <60000 como o segundo critério. Clique em OK para terminar a fórmula.
13. SALVAR a pasta de trabalho como 10 Contoso Salaries Solution (10 Solução de Salários
Contoso). FECHAR o arquivo.

FECHAR o Excel.
11 Proteção de pastas de trabalho

MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO


Habilidades Objetivo do exame Número do objetivo
Proteção do seu Inspecionar se há propriedades ocultas ou informações pessoais em 1.5.6
trabalho uma pasta de trabalho.

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
A guia Revisão
O Microsoft Excel fornece várias camadas de segurança e proteção que permitem a você controlar
quem pode acessar e alterar seus dados do Excel. Os comandos na guia Revisão (Figura 11-1)
permitem que você proteja um arquivo inteiro de pasta de trabalho para que apenas usuários
autorizados possam exibir ou modificar seus dados (o nível mais alto de proteção). Você também
pode proteger certos elementos de planilha ou pasta de trabalho para impedir que usuários alterem,
movam ou excluam dados importantes acidentalmente ou de propósito. A proteção de dados é
especialmente importante quando os arquivos são compartilhados e editados por vários usuários.

Botão Proteger Planilha Botão Compartilhar Pasta de Trabalho

Botão Proteger Pasta de Trabalho Botão Proteger e compartilhar pasta de trabalho


Figura 11-1
A guia Revisão
Use essa ilustração como referência durante a lição enquanto aprende a compartilhar e editar
arquivos usando as opções de segurança e proteção do Excel.

PROTEÇÃO DO SEU TRABALHO


Uma senha é um texto que o usuário precisa inserir para poder acessar uma pasta de trabalho, uma
planilha ou elementos de planilha. Você pode proteger uma pasta de trabalho inteira restringindo
quem pode abrir e/ou usar os dados dela e exigindo uma senha para exibir e/ou salvar as alterações
feitas na pasta de trabalho. Também é possível fornecer proteção adicional a certas planilhas ou
elementos específicos de pasta de trabalho aplicando ou não uma senha.

Proteção de uma planilha


Geralmente, em um ambiente de trabalho, as pastas de trabalho são usadas por mais de um
funcionário. Quando você cria uma planilha que é acessada por vários usuários, normalmente,
é preciso protegê-la para que os usuários não alterem, movam ou excluam dados importantes
acidentalmente ou de propósito. No próximo exercício, você usará as funções ALEATÓRIO e
ALEATÓRIOENTRE para criar números de identificação exclusivos.

196
Proteção de pastas de trabalho 197

O Excel tem duas funções de geração de número aleatório: ALEATÓRIO e ALEATÓRIOENTRE.


A função ALEATÓRIO não exige argumentos; portanto, não é possível especificar o número de
dígitos que você deseja ver no número retornado por uma fórmula ALEATÓRIO. Em contrapartida,
a função ALEATÓRIOENTRE permite que você determine os números inicial e final.

PASSO A PASSO Proteger uma planilha

PREPARE-SE. INICIE o Excel.


1. ABRIR o arquivo 11 Contoso Employees dentre os arquivos de dados desta lição.
SALVAR a pasta de trabalho em sua pasta Excel Lesson 11 como 11 Payroll Data Solution.
2. Na planilha SSN, selecione a célula G4.
3. Clique na guia Fórmulas, escolha Matemática e Trigonometria e selecione
ALEATÓRIOENTRE. Essa fórmula cria, para cada funcionário, um número aleatório que
pode ser usado para fins de identificação.
4. Na caixa de diálogo Argumentos da Função, digite 10000 na caixa Inferior e 99999 na
caixa Superior, como mostrado na Figura 11-2. Clique em OK. Geralmente, como uma das
primeiras medidas de segurança das informações, os funcionários recebem um número
de identificação de Funcionário que pode substituir os números de segurança social dos
funcionários americanos, os números de seguro social dos funcionários canadenses e os
números de segurança nacional dos funcionários britânicos em todos os documentos.

Figura 11-2
Utilização de
ALEATÓRIOENTRE para
gerar um número aleatório
de cinco dígitos

5. Clique duas vezes na alça de preenchimento na célula G4 para copiar o intervalo em G5:G33.
Agora, é atribuído a cada funcionário um número de identificação de cinco dígitos aleatório.
6. Com o intervalo G4:G33 já selecionado, clique na guia Página Inicial e, depois, clique em
Copiar. Clique na seta de Colar e em Colar Valores.

Solução de A fórmula ALEATÓRIOENTRE gera um número aleatório novo toda vez que uma pasta de
problemas trabalho é aberta ou modificada. Para manter os números de ID de funcionário criados pela
função, você deve substituir as funções pelos valores.

7. Com o intervalo G4:G33 selecionado, na guia Página Inicial, clique em Formatar e


selecione Formatar Células. Clique na guia Proteção e verifique se a caixa de seleção
Bloqueadas está marcada. Quando a planilha está protegida, isso impede que números
de identificação de funcionários sejam alterados. Clique em OK.
8. Com G4:G33 selecionado, na guia Página Inicial, clique no botão Classificar e Filtrar e
selecione Classificar do Menor para o Maior. Na caixa de diálogo Aviso de Classificação,
selecione Continuar com a seleção atual e clique em Classificar.
9. Selecione as células C4:D33. Na guia Página Inicial, clique em Formatar. Observe
que o comando Bloquear Célula aparece selecionado, indicando que as células estão
bloqueadas por padrão. Clique em Bloquear Célula para desativar a proteção nessas
células e permitir que elas sejam alteradas.
10. Clique na guia Revisão e, no grupo Alterações, clique em Proteger Planilha.
198 Lição 11

11. Na caixa Senha para desproteger a planilha, digite L11!e01. A senha não é exibida na
caixa Senha para desproteger a planilha. Em vez dela, são exibidos círculos sólidos,
como mostrado na Figura 11-3. Clique em OK.

Figura 11-3
A caixa de diálogo Proteger
Planilha

12. Você deve confirmar a senha. Digite L11!e01 novamente e depois clique em OK. Você
acabou de criar e confirmar a senha que bloqueará a planilha. As senhas precisam
ser seguras. Isso significa que todas diferenciam maiúsculas de minúsculas. Portanto,
você deve digitar a senha exatamente como ela foi atribuída (com letras maiúsculas e
minúsculas, números e símbolos).
13. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Observação A proteção de elementos de pasta de trabalho e planilha não deve ser confundida com a segurança
de senha no nível da pasta de trabalho. A proteção de elementos não protege uma pasta de trabalho
contra usuários mal-intencionados.

Proteção de uma pasta de trabalho


A atribuição de uma senha é uma forma eficiente de impedir que os usuários que não sabem a
senha abram uma pasta de trabalho. Para proteger uma pasta de trabalho inteira, você pode exigir
uma senha para abri-la e exibi-la. Você também pode exigir uma senha para abrir e exibir a pasta
de trabalho e outra senha para modificar os dados da pasta de trabalho. As senhas que se aplicam a
uma pasta de trabalho inteira fornecem o nível de segurança ideal para seus dados.

No momento, a pasta de trabalho 11 Payroll Data Solution que você salvou no exercício anterior
pode ser exibida por todos os usuários que têm acesso ao sistema do computador. Você restringiu a
modificação do arquivo, mas não o acesso aos dados. Neste exercício, você limitará o acesso à pasta
de trabalho exigindo uma senha para abrir o documento.

As senhas do Excel podem conter até 255 letras, números, espaços e símbolos. As senhas diferenciam
maiúsculas de minúsculas; portanto, você deve digitar as letras com a diferenciação correta de
maiúsculas de minúsculas. Se possível, escolha uma senha forte que você consiga lembrar, para não
precisar anotá-la. Uma senha forte é aquela que combina letras maiúsculas e minúsculas, números
e símbolos. Tome como exemplo a senha L11!e01, que você usou no exercício anterior. No entanto,
uma senha que use 14 caracteres ou mais é considerada mais segura. As senhas que usam datas de
nascimento, números de casa ou nomes de animais de estimação, entre outros, oferecem pouca
proteção, porque qualquer pessoa pode pesquisar essas informações nas redes sociais e na Internet.

Observação É extremamente importante que você lembre as senhas atribuídas a pastas de trabalho ou planilhas.
Se você esquecer sua senha, a Microsoft não poderá recuperá-la. Se necessário, anote as senhas e
armazene-as em um local seguro longe das informações que deseja proteger.
Proteção de pastas de trabalho 199

Ao proteger uma planilha, você pode ocultar fórmulas que não deseja visualizar na barra de fórmulas.
Selecione as células que contêm as fórmulas a serem ocultadas. Em seguida, na guia Proteção da
caixa de diálogo Formatar Células, marque a caixa de seleção Ocultas.

PASSO A PASSO Proteger uma pasta de trabalho

PREPARE-SE. ABRIR a pasta de trabalho 11 Payroll Data Solution, que você salvou e fechou
no exercício anterior.
1. Clique na célula G11 e tente digitar um novo valor nela. Uma caixa de diálogo informa
que você não pode modificar a célula porque a planilha está protegida. Clique em OK
para continuar.
2. Clique na célula D4 e altere o número para 1. Você consegue fazer alterações nas células
das colunas C e D porque desbloqueou essas células antes de proteger a planilha. Clique
em Desfazer para reverter a alteração.
3. Clique na guia da planilha Desempenho e depois selecione a célula D4.
4. Na guia Página Inicial, no grupo Células, clique na seta Excluir e depois em Excluir
Linhas da Planilha. Os dados da Dra. Araújo foram removidos da planilha porque ela foi
deixada desprotegida.
5. Clique em Desfazer para recuperar os dados da Dra. Araújo.
6. Clique na guia da planilha SSN. Clique na guia Revisão e, no grupo Alterações, clique
em Desproteger Planilha.
7. Digite L11!e01 (a senha criada no exercício anterior) e depois clique em OK.
8. Clique na célula D11. Digite 8, pressione Tab três vezes e digite 17000. Pressione Tab.
9. Na guia Revisão, no grupo Alterações, clique em Proteger Planilha. Nas duas caixas de
diálogo, digite a senha original da planilha L11!e01 para proteger novamente a planilha
SSN.
10. Na guia Revisão, no grupo Alterações, clique em Proteger Pasta de Trabalho. A caixa de
diálogo Proteger Estrutura e Janelas é aberta. Marque a caixa de seleção Proteger pasta
de trabalho para Estrutura na caixa de diálogo, caso ela ainda não esteja marcada.
11. Na caixa Senha, digite L11&E02 e depois clique em OK. Confirme a senha, digitando-a
novamente e depois clique em OK.
Observação A senha da pasta de trabalho é opcional; porém, se você não fornecer uma senha, qualquer usuário
poderá desproteger a pasta de trabalho e alterar os elementos protegidos.

12. Para confirmar que não é possível alterar as opções de planilha, clique com o botão
direito do mouse na guia da planilha Desempenho. Observe que os comandos estão
esmaecidos.
13. Pressione Esc e clique na guia Arquivo. Selecione Salvar como e clique no botão
Procurar.
14. Na caixa de diálogo Salvar como, clique no botão Ferramentas. O menu de atalho é
aberto (consulte a Figura 11-4).
15. Selecione Opções Gerais. A caixa de diálogo Opções Gerais é aberta. Na caixa de diálogo
Opções Gerais, na caixa Senha de protecão, digite L11&E02. Conforme você digita,
aparecem círculos sólidos na caixa de texto. Clique em OK.
16. Na caixa de diálogo Confirmar Senha, digite a senha novamente e clique em OK. Sempre
digite exatamente a mesma senha.
17. Clique em Salvar e depois em Sim para substituir o documento. Como agora o
documento está salvo, todos que tiverem a senha poderão abrir a pasta de trabalho e
modificar os dados presentes na planilha Desempenho, porque ela não está protegida.
No entanto, para modificar a planilha SSN, o usuário também precisará saber a senha
que você usou para protegê-la no primeiro exercício.
200 Lição 11

Figura 11-4
Use as opções de Ferramentas
na caixa de diálogo Salvar
como para restringir o acesso
à pasta de trabalho

Solução de Ao confirmar a senha para impedir a exibição não autorizada de um documento, você é
problemas lembrado de que as senhas diferenciam maiúsculas de minúsculas. Se a senha que você digitar
na caixa de diálogo Confirmar Senha não for idêntica à inserida na caixa de diálogo anterior,
você receberá uma mensagem de erro. Clique em OK para fechar a mensagem de erro e digite
a senha novamente na caixa de diálogo Confirmar Senha.

18. FECHAR a pasta de trabalho e ABRIR-a novamente.


19. Na caixa Senha, digite 111 e depois clique em OK. Essa é uma senha incorreta para testar
a segurança. É exibida uma caixa de diálogo avisando que a senha não está correta.
Clique em OK.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Quando você salvou a pasta de trabalho 11 Payroll Data Solution no primeiro exercício desta seção,
ela podia ser exibida por qualquer usuário com acesso ao sistema ou à rede do seu computador.
Como você viu quando abriu o arquivo neste exercício, a pasta de trabalho podia ser exibida, mas
a planilha SSN não podia ser modificada, com exceção das células que estavam desbloqueadas. Se
você tivesse salvado o arquivo com um nome diferente, esse arquivo também estaria protegido, e
você não poderia alterar os dados sem fornecer a senha que protege essa planilha.
Proteção de pastas de trabalho 201

A proteção da estrutura de uma pasta de trabalho impede os usuários de exibir planilhas ocultas;
inserir novas planilhas; e mover, excluir, ocultar ou renomear planilhas. A marcação da caixa de
seleção Janelas na caixa de diálogo Proteger Estrutura e Janelas impede o usuário de alterar o
tamanho e a posição das janelas quando a pasta de trabalho é aberta.

Utilização do Inspetor de Documento


Antes de compartilhar um documento importante com colegas ou indivíduos de fora da sua
organização, sempre passe o corretor ortográfico no arquivo e revise o conteúdo para garantir que
tudo está certo e o documento não contém informações que você não quer compartilhar. Você
também deve examinar o documento para verificar se há informações pessoais ou dados ocultos
armazenados na pasta de trabalho ou nas propriedades do documento. No Excel, o Inspetor de
Documento exibe várias opções que permitem localizar e remover informações pessoais e dados
ocultos específicos das pastas de trabalho do Excel. O Inspetor de Documento também localiza
dados XML personalizados, planilhas ocultas e conteúdo invisível.

Vários tipos de dados ocultos e informações pessoais podem ser salvos em uma pasta de trabalho do
Excel. Essas informações podem não estar imediatamente visíveis quando você exibe o documento,
mas elas ainda podem ser exibidas ou recuperadas. Essas informações incluem:

• Comentários e anotações: Permitem que outras pessoas vejam os nomes dos funcionários que
trabalharam na sua pasta de trabalho, os comentários deles e as alterações que foram feitas na
pasta de trabalho.
• Propriedades do documento e informações pessoais: Incluem o autor, o assunto e o título,
assim como o nome da pessoa que salvou a pasta de trabalho pela última vez e a data em que a
pasta de trabalho foi criada.
• Cabeçalhos e rodapés: Podem incluir o nome do autor e a data em que o arquivo foi criado,
dentre outras informações.
• Linhas, colunas e planilhas ocultas: Colunas podem ser ocultadas para proteger dados de
salário e segurança social (Estados Unidos), seguro social (Canadá) ou seguro nacional (Reino
Unido). Antes de remover linhas ou colunas ocultas, verifique se a remoção delas não alterará os
cálculos na sua planilha.

PASSO A PASSO Usar o Inspetor de Documento

PREPARE-SE. ABRIR o arquivo 11 Contoso Employee IDs dentre os arquivos desta lição.
1. Clique na guia Arquivo, clique em Salvar como, clique em Procurar e navegue até a
pasta Excel Lesson 11. Na caixa Nome do arquivo, digite 11 Employee ID Doc Inspect
Solution para salvar uma cópia da pasta de trabalho. Clique no botão Salvar.

Solução de É uma boa ideia realizar a inspeção em uma cópia da sua pasta de trabalho, porque talvez não
problemas seja possível restaurar o conteúdo oculto removido no processo de inspeção. Se você tentar
inspecionar um documento que tenha alterações não salvas, será solicitado que você salve o
documento antes de concluir a inspeção.

2. Clique na guia Arquivo. Em seguida, com a opção Informações selecionada, clique no


botão Verificar Se Há Problemas no painel do meio do Modo de Exibição Backstage. Em
seguida, clique em Inspecionar Documento. A caixa de diálogo Inspetor de Documento é
aberta, como mostrado na Figura 11-5.
3. Clique em Inspecionar. O Inspetor de Documento é alterado para incluir alguns botões
Remover Tudo.
4. Clique em Remover Tudo para Comentários e Anotações.
Observação Você deve remover cada tipo de dados ocultos individualmente. Você pode inspecionar o documento
novamente depois de remover itens.
202 Lição 11

Figura 11-5
Caixa de diálogo Inspetor de
Documento

5. Clique em Remover Tudo três vezes para Propriedades do Documento e Informações


Pessoais, Linhas e Colunas Ocultas e Planilhas Ocultas. Cabeçalhos e Rodapés deve ser
o único item oculto restante (consulte a Figura 11-6).

Figura 11-6
Botão Remover Tudo para
Cabeçalhos e Rodapés

Botão Remover
Tudo

6. Clique no botão Fechar para fechar a caixa de diálogo Inspetor de Documento.


7. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho.


Proteção de pastas de trabalho 203

Quando você abriu o arquivo neste exercício, ele continha colunas ocultas e outras informações que
você não queria compartilhar. Primeiro, você criou uma cópia da sua pasta de trabalho original,
porque nem sempre é possível restaurar os dados que o Inspetor de Documento remove. Assim
sendo, você removeu as informações confidenciais da cópia, e todos os dados foram mantidos na
pasta de trabalho original. Se a pasta de trabalho original estivesse protegida, a cópia também estaria,
e alguns dos itens da pasta de trabalho não poderiam ser alterados pelo Inspetor de Documento.
Você teria que desproteger a pasta de trabalho para só depois executar o Inspetor de Documento.

Marcação de um documento como final


Antes de compartilhar uma pasta de trabalho, você pode usar o comando Marcar como Final para
tornar o documento somente leitura e impedir alterações nele. A marcação de um documento
como final comunica que você está compartilhando uma versão completa do documento e ajuda a
impedir que revisores ou leitores façam alterações acidentais no documento.

PASSO A PASSO Marcar um documento como final

PREPARE-SE. ABRIR o arquivo 11 Contoso Employee IDs dentre os arquivos desta lição.
1. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 11 como 11 Employee ID Final
Solution.
2. Clique na guia Arquivo e, no Modo de Exibição Backstage, clique no botão Proteger
Pasta de Trabalho (veja a Figura 11-7). Clique em Marcar como Final.

Figura 11-7
Comando Marcar como Final

3. Uma caixa de mensagem do Excel é aberta, indicando que a pasta de trabalho será
marcada como final e salva. Clique em OK.
4. Outra caixa de mensagem do Excel explica que o documento foi marcado como final.
Isso também significa que agora o arquivo é somente leitura, ou seja, não é possível
editá-lo, a não ser que você clique no botão Editar Mesmo Assim. Clique em OK.
Observe o ícone MARCADO COMO FINAL na barra de status acima da planilha. Um
ícone Marcado como Final também aparece na barra de status (consulte a Figura 11-8).

PAUSE. FECHAR a pasta de trabalho.


204 Lição 11

Marcado como Final na planilha

Figura 11-8
Indicadores Marcar como Final

Ícone Marcado como Final na barra de status

O comando Marcar como Final não é um recurso de segurança. Qualquer pessoa que abra uma
pasta de trabalho marcada como final poderá editar o documento se remover o status Marcar como
Final do documento clicando no botão Editar Mesmo Assim.

COMO CONTROLAR ALTERAÇÕES EM UMA PASTA DE TRABALHO


Controlar alterações é a capacidade de marcar quem fez quais alterações em uma pasta de
trabalho. A capacidade de controlar alterações é especialmente útil em uma pasta de trabalho que
é compartilhada e modificada por vários usuários. Quando você habilitar o comando Controlar
Alterações, a pasta de trabalho se tornará uma pasta de trabalho compartilhada automaticamente.
É possível personalizar o recurso Controlar Alterações para controlar tipos específicos de alterações,
permitir que o recurso seja ativado e desativado por vários usuários ou especificar uma senha para
proteger as alterações. Você também pode decidir se deseja aceitar ou rejeitar as alterações feitas nos
dados da sua pasta de trabalho original. Quando você desativa o controle de alterações, a pasta de
trabalho deixa de ser uma pasta de trabalho compartilhada.

Habilitação e desabilitação do controle de alterações


Você pode habilitar o controle de alterações usando o comando Controlar Alterações, Compartilhar
Pasta de Trabalho ou Proteger pasta de trabalho compartilhada (todos localizados na guia Revisão).
O comando Proteger pasta de trabalho compartilhada fornece o nível mais alto de segurança porque
você pode adicionar uma senha. Quando as pastas de trabalho são compartilhadas, geralmente, é
importante saber quem fez quais alterações. O proprietário (criador) da pasta de trabalho pode
usar as funções de controle de alterações para gerenciar os dados em uma pasta de trabalho
compartilhada. O proprietário pode usar o registro de histórico de alterações para gerenciar a pasta
de trabalho compartilhada adicionando ou removendo usuários e resolvendo alterações conflitantes.
No próximo exercício, você aprenderá a controlar alterações.
Proteção de pastas de trabalho 205

PASSO A PASSO Ativar e desativar a opção Controlar Alterações

PREPARE-SE. ABRIR a pasta de trabalho 11 Contoso Assignments desta lição.


1. SALVAR a pasta de trabalho como 11 Assignments Solution na pasta Excel Lesson 11.
2. Clique na guia Revisão e depois, no grupo Alterações, clique no botão Proteger e Compartihar
Pasta de Trabalho. A caixa de diálogo Proteger Pasta de Trabalho Compartilhada é aberta.
3. Na caixa de diálogo, clique em Compartilhar com alterações de controle. Quando você
escolhe essa opção, a caixa de texto Senha é ativada. Nesse momento, você pode
atribuir uma senha, mas não é necessário. Clique em OK.
4. Clique em OK quando perguntado se deseja continuar e salvar a pasta de trabalho.
Agora, a pasta de trabalho está marcada para salvar as alterações controladas.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Você pode desabilitar o controle de alterações clicando no botão Desproteger Pasta de Trabalho
Compartilhada, que era chamado de Proteger e Compartilhar Pasta de Trabalho antes de você
concluir o exercício anterior.

Observação A desabilitação do controle de alterações remove o histórico de alterações e o status compartilhado


da pasta de trabalho, mas as alterações que já eram mostradas no documento permanecem até você
aceitá-las ou rejeitá-las.

Configuração das opções de Controlar Alterações


A guia Avançado da caixa de diálogo Compartilhar Pasta de Trabalho permite que você personalize
o uso compartilhado da pasta de trabalho. Normalmente, essas opções são configuradas pelo autor
da pasta de trabalho antes de compartilhá-la. Neste exercício, você modificará essas opções.

PASSO A PASSO Definir as opções de controle de alterações

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Na guia Revisão, no grupo Alterações, clique em Compartilhar Pasta de Trabalho. A caixa
de diálogo Compartilhar Pasta de Trabalho é aberta.
2. Clique na guia Avançado (consulte a Figura 11-9).

Figura 11-9
Guia Avançado, na caixa de
diálogo Compartilhar Pasta
de Trabalho
206 Lição 11

3. Na caixa Manter histórico de alterações, clique na seta de rolagem para exibir 35.
4. Clique no botão de opção Automaticamente a cada para que o arquivo seja salvo
automaticamente a cada 15 minutos (o padrão para a configuração).
5. Clique em OK para aceitar as configurações padrão para as demais opções.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Inserção de alterações controladas


Ao abrir uma pasta de trabalho compartilhada, o comando Controlar Alterações é habilitado
automaticamente. Na maioria das vezes, o proprietário da pasta de trabalho já inseriu uma senha
para impedir os usuários de desabilitar o controle de alterações. Assim, qualquer texto que você
digita na pasta de trabalho é controlado.

PASSO A PASSO Inserir alterações controladas

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Na guia Revisão, no grupo Alterações, clique em Controlar Alterações. Na lista suspensa
exibida, clique em Realçar Alterações. A caixa de diálogo Realçar Alterações é exibida.
2. A caixa Controlar alterações ao editar está selecionada, mas inativa porque o controle
de alterações estava ativado quando você compartilhou a pasta de trabalho. Na caixa
suspensa Quando, clique na seta para baixo e em Todas. Na caixa de seleção Autor e
na lista suspensa, marque a caixa e depois selecione Todos. A caixa de diálogo deve ser
exibida como mostrado na Figura 11-10.

Caixa de diálogo Realçar Alterações

Figura 11-10
Inserção de alterações
controladas  

Opções de Controlar Alterações 

3. A opção Realçar alterações na tela já está selecionada. Clique em OK. Se uma caixa de
aviso for exibida, clique em OK para aceitar.
4. Clique na guia Arquivo e clique em Opções. A caixa de diálogo Opções do Excel é aberta.
5. Na categoria Geral, em Personalizar a cópia do Microsoft Office, na caixa Nome de
usuário, digite Guilherme Mendes. Clique em OK. Você alterou o nome de usuário do
documento que será listado no comando Controlar Alterações.
Observação Anote o nome que você removeu. Você restaurará o nome de usuário original no final desta lição.

6. Clique na célula A14 e digite as seguintes informações em cada coluna:


Mendes Guilherme Arquivista Refazer caixas de correio
Proteção de pastas de trabalho 207

7. Conforme você faz essas alterações, um triângulo colorido e uma caixa de comentário
aparecem para cada entrada. Isso facilita a exibição posterior das alterações.
8. Na Barra de Ferramentas de Acesso Rápido, clique em Salvar para salvar as alterações
feitas com o nome de usuário Guilherme Mendes.
9. Clique na guia Arquivo e depois selecione Opções.
10. Na caixa Nome de usuário, digite Rafaela Moraes. Clique em OK. Você está, novamente,
alterando o nome de usuário e aplicando-o ao documento.
11. Clique na célula A15 e digite as seguintes informações em cada coluna:
Moraes Rafaela Recepcionista Remover todos os contatos antigos
12. Mova o ponteiro do mouse para a célula D15. O nome da pessoa que fez a alteração,
a data e hora da alteração e a própria alteração aparecem em uma dica de tela, como
mostrado na Figura 11-11.

Figura 11-11
Alterações controladas
em uma planilha

Alterações controladas com comentário

13. Veja as dicas de tela das outras células nas linhas 14 e 15.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Em uma rede, você não verá as alterações feitas por outros usuários até você e os outros usuários
salvarem as alterações. Note que, quando você trabalha em um ambiente de rede, é possível clicar
em Compartilhar Pasta de trabalho no grupo Alterações para ver uma lista dos outros usuários que
estão com a pasta de trabalho aberta.

Às vezes, ocorrem conflitos quando dois usuários editam uma pasta de trabalho compartilhada
e tentam salvar alterações que afetam a mesma célula. Quando o segundo usuário tenta salvar a
pasta de trabalho, o Excel exibe a caixa de diálogo Resolver Conflitos. Dependendo das opções
estabelecidas quando a pasta de trabalho foi criada e compartilhada, você pode manter sua alteração
ou aceitar a alteração feita por outro usuário.

Você também pode exibir uma lista que mostra como conflitos anteriores foram resolvidos. Essa lista
pode ser exibida em uma planilha separada que exibe o nome da pessoa que fez a alteração, quando e
onde ela foi feita, quais dados foram excluídos ou substituídos e como os conflitos foram resolvidos.

Exclusão das suas alterações


Como observado anteriormente, as alterações feitas em uma pasta compartilhada não ficarão visíveis
aos outros usuários até você salvar seu trabalho. As alterações só se tornarão parte do histórico de
alterações após o salvamento. Se você mudar de ideia antes de salvar a pasta de trabalho, poderá
editar ou excluir as alterações. As alterações precisam já ter sido salvas para você aceitá-las ou rejeitá-
las. Se a pasta de trabalho já tiver sido salva e você quiser excluir uma alteração, poderá inserir novos
dados ou rejeitar a alteração antes do salvamento.
208 Lição 11

PASSO A PASSO Excluir alterações

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia Arquivo e clique em Opções.
2. Na categoria Geral, em Personalizar a cópia do Microsoft Office, na caixa Nome de
usuário, digite Marina Gomes. Clique em OK. Você alterou novamente o usuário da pasta
de trabalho para fins de controle de alterações.
3. Selecione a célula A16 e digite as seguintes informações em cada coluna:
Gomes Marina Recepcionista Limpar todos os corredores
4. Clique na célula D13 e edite o conteúdo dela para que a palavra “corredores” seja
grafada corretamente. Altere “corridores” para “corredores”.
5. Na guia Revisão, clique em Controlar Alterações e, no menu suspenso exibido, clique
em Aceitar/Rejeitar Alterações. O Excel exibe uma caixa de mensagem confirmando
se você deseja salvar a pasta de trabalho. Clique em OK. A caixa de diálogo Selecionar
Alterações para serem Aceitas ou Rejeitadas é aberta.
6. Na caixa de diálogo Selecionar Alterações para serem Aceitas ou Rejeitadas, clique na seta
suspensa de Quando e selecione Marina Gomes, depois, clique em OK. Você acaba de
solicitar que o Excel restaure apenas as alterações controladas feitas por Marina Gomes. O
Excel realça a linha 16 com traços verdes onde as informações de Gomes estão digitadas.
Observação A ordem das alterações a serem aceitas ou rejeitadas pode variar. Aceite a alteração na célula D13,
mas rejeite todas as outras alterações.

7. Clique em Rejeitar. As quatro entradas são removidas.


8. Quando a célula D13 for selecionada para a correção da grafia de “corredores”, clique em
Aceitar.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Caso substitua dados de outro usuário e queira restaurar os dados originais, rejeite sua alteração. Se
você excluir o texto inserido como substituto, deixará a célula ou o intervalo em branco. A rejeição
da sua alteração restaura a entrada substituída.

Aceitação de alterações de outro usuário


Depois que uma pasta de trabalho compartilhada é editada, é possível identificar facilmente quais
células foram alteradas e determinar se as alterações devem ser mantidas ou rejeitadas. Você pode
escolher aceitar ou rejeitar todas as alterações de uma vez sem revisá-las individualmente ou aceitá-las/
rejeitá-las uma a uma. No próximo exercício, você aprenderá a aceitar alterações de outros usuários.

PASSO A PASSO Aceitar alterações de outro usuário

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia Arquivo e clique em Opções.
2. Na categoria Geral, em Personalizar a cópia do Microsoft Office, na caixa Nome de
usuário, digite Júlio Carvalho. Clique em OK.
3. Clique em Controlar Alterações e selecione Aceitar/Rejeitar Alterações na lista suspensa.
4. A opção Não revisada estará selecionada por padrão. Na caixa Autor, selecione
Guilherme Mendes. Clique em OK. É exibida a caixa de diálogo Aceitar ou Rejeitar
Alterações.
5. Clique em Aceitar para aceitar cada alteração que Luca fez. A caixa de diálogo Aceitar
ou Rejeitar Alterações é fechada quando você aceita todas as alterações feitas por
Guilherme Mendes.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.


Proteção de pastas de trabalho 209

Você também pode clicar no botão Recolher Caixa de Diálogo na caixa Onde em Selecionar
Alterações para serem Aceitas ou Rejeitadas e depois selecionar as células que contêm alterações.
Assim, você pode aceitar ou rejeitar todas as alterações. Neste exercício, algumas alterações foram
realçadas por célula e outras, por linha, e você pôde aceitar ou rejeitar as alterações feitas à célula ou
ao intervalo selecionado.

Rejeição de alterações de outro usuário


No próximo exercício, como proprietário da pasta de trabalho Atribuições, o gerente do escritório
tem autoridade para aceitar ou rejeitar alterações de todos os usuários. No entanto, a rejeição de
alterações não proíbe os usuários de alterar os dados novamente. Depois que os usuários fizerem
as alterações necessárias, o proprietário poderá removê-los e descompartilhar a pasta de trabalho.

PASSO A PASSO Rejeitar alterações de outro usuário

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique em Controlar Alterações e depois clique em Aceitar/Rejeitar Alterações.
2. No lado direito da caixa Onde, clique no botão Recolher Caixa de Diálogo.
3. Selecione os dados na linha 15 e depois clique no botão Expandir Caixa de Diálogo.
Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Selecionar Alterações para serem Aceitas
ou Rejeitadas. É exibida a caixa de diálogo Aceitar ou Rejeitar Alterações.
4. Clique em Rejeitar todas. Uma caixa de diálogo será aberta perguntando se você deseja
remover todas as alterações sem as revisar. Clique em OK. Os dados são removidos, e a
linha 15 fica em branco.
5. SALVAR a pasta de trabalho na pasta Excel Lesson 11 como 11 Assignments Edited Solution.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Ao trabalhar com uma pasta de trabalho compartilhada salva em uma rede, você provavelmente
encontrará conflitos quando tentar salvar uma alteração que afeta a mesma célula que as alterações de
outro usuário. Na caixa de diálogo Resolver Conflitos, você pode ler informações sobre cada alteração
e ver as alterações conflitantes feitas por outro usuário. As opções configuradas na guia Avançado da
caixa de diálogo Pasta de Trabalho Compartilhada determina como os conflitos são resolvidos.

Remoção do status compartilhado de uma pasta de trabalho


Antes de interromper o compartilhamento de uma pasta de trabalho, verifique se os outros usuários
concluíram o trabalho e você aceitou/rejeitou todas as alterações. Quando você interromper o
compartilhamento, todas as alterações que não tiverem sido salvas serão perdidas, e a planilha do
Histórico será excluída. Assim, antes de remover o status compartilhado de uma pasta de trabalho,
você deve imprimir a planilha do Histórico e/ou copiá-la para outra pasta de trabalho. Neste
exercício, você removerá o status compartilhado de uma pasta de trabalho.

PASSO A PASSO Remover o status compartilhado de uma pasta de trabalho

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Na guia Revisão, no grupo Alterações, clique em Controlar Alterações e, depois, em
Realçar Alterações.
2. Na caixa Quando, a opção Todas está selecionada por padrão. Ela instrui o Excel a
procurar todas as alterações controladas feitas na planilha.
3. Desmarque as caixas de seleção Quando e Onde caso estejam marcadas.
4. Clique na caixa de seleção Listar alterações em uma nova planilha. Clique em OK. Uma
planilha de Histórico é adicionada à pasta de trabalho.
5. Na planilha do Histórico, no canto da planilha adjacente à primeira linha e à primeira
coluna, clique no botão Mostrar Todas. Clique na guia Página Inicial e, no grupo Área de
Transferência, clique no botão Copiar.
210 Lição 11

6. Pressione Ctrl+N para abrir uma nova pasta de trabalho.


7. Na nova pasta de trabalho, na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência,
clique em Colar.
8. SALVAR a nova pasta de trabalho como 11 Assignments History Solution. FECHAR a
pasta de trabalho.
9. Na pasta de trabalho compartilhada, clique na guia Revisão, clique em Desproteger
Pasta de Trabalho Compartilhada e, em seguida, clique em Compartilhar Pasta de
Trabalho. A caixa de diálogo Compartilhar Pasta de Trabalho é exibida. Na guia Edição,
verifique se Júlio Carvalho (o último nome de usuário alterado em Arquivo > Opções) é
o único usuário listado em Quem que está com a pasta de trabalho aberta.
10. Desmarque a caixa de seleção Permitir alterações por mais de um usuário ao mesmo
tempo. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo.
11. Uma caixa de diálogo é aberta para alertá-lo sobre a remoção da pasta de trabalho do uso
compartilhado. Clique em Sim para desativar o status compartilhado da pasta de trabalho.
A palavra Compartilhada é removida da barra de título e a planilha Histórico é excluída.
12. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE o Excel aberto para o próximo exercício.

Quando o status compartilhado é removido de uma pasta de trabalho, as alterações podem ser
feitas como em qualquer pasta de trabalho. É claro que você pode habilitar o controle de alterações
novamente, o que compartilhará a pasta de trabalho de forma automática.

ADIÇÃO DE COMENTÁRIOS A UMA PASTA DE TRABALHO


No Excel, você pode adicionar uma anotação a uma célula inserindo um comentário. Você também
pode editar o texto nos comentários e excluir qualquer comentário que não seja mais necessário. Os
comentários são marcados por um triângulo vermelho no canto superior direito da célula. Quando
você aponta para esse triângulo, o comentário aparece em uma caixa ao lado da célula, juntamente
com o nome do usuário conectado ao computador no momento em que foi criado o comentário.

Inserção de um comentário
Comentários são uma técnica útil para chamar a atenção para dados importantes ou relevantes
e fornecer observações do usuário que explicam mais os dados. Por exemplo, suponhamos que
os funcionários da Contoso sejam avaliados usando três medidas de desempenho. O gerente usa
comentários para fazer observações sobre incidentes relacionados a essas medidas. Neste exercício,
você aprenderá a inserir comentários.

PASSO A PASSO Inserir um comentário

PREPARE-SE. ABRIR o arquivo 11 Contoso Personnel Evaluations desta lição.


1. Selecione a célula E11. Na guia Revisão, no grupo Comentários, clique em
Novo Comentário. A caixa de texto de comentário é aberta para edição.
2. Digite Costuma chegar atrasado, como mostrado na Figura 11-12.

Marcador de
comentário Caixa de texto de comentário
Figura 11-12
Caixa de texto do novo
comentário
Proteção de pastas de trabalho 211

3. Clique na célula D8. Pressione Shift+F2 e digite Atualmente completando o programa de


mestrado para obter certificação adicional. Clique fora da caixa de comentário. A caixa
desaparece, mas um triângulo vermelho permanece no canto superior direito da célula
na qual o comentário foi inserido.
4. Clique na célula E4. Clique em Novo Comentário e digite Horas ajustadas devido a
emergência familiar.
5. Clique na célula F10. Clique em Novo Comentário e digite Considerar aumento de
salário.
6. SALVAR o arquivo como 11 Evaluations Solution.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

A Contoso Ltd. realiza uma avaliação anual do desempenho dos funcionários. Nesta pasta de
trabalho, o gerente usa comentários para fazer observações sobre eventos ou ações que ele deseja
lembrar ao realizar as avaliações anuais dos funcionários. Quando você adiciona comentários, o
Excel exibe automaticamente o nome mostrado na caixa Nome em Configurações gerais do Office
na caixa de diálogo Opções do Excel. Se você não quiser usar um nome, poderá selecioná-lo no
comentário e pressionar Delete.

Exibição de um comentário
Ao posicionar o ponteiro sobre o triângulo vermelho que indica que uma célula tem um comentário
anexado a ela, o comentário é exibido. Você pode manter os comentários selecionados visíveis
durante o trabalho ou exibir todos os comentários usando os comandos do grupo Comentários
na guia Revisão. Os comandos Mostrar/Ocultar Comentário e Mostrar Todos os Comentários
permitem que você exiba ou oculte os comentários, conforme o necessário. Os comandos Anterior
e Próximo permitem que você navegue pelos comentários sem selecionar as células.

PASSO A PASSO Exibir um comentário

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula F10 e, na guia Revisão, no grupo Comentários, clique em Mostrar/
Ocultar Comentário. Observe que o comentário permanece visível quando você clica
fora da célula.
2. Clique na célula E4 e em Mostrar/Ocultar Comentário. Novamente, observe que o
comentário permanece visível quando você clica fora da célula.
3. Clique na célula F10 e em Mostrar/Ocultar Comentário. O comentário está oculto.
4. No grupo Comentários, clique duas vezes em Próximo para ir para o próximo
comentário disponível. O comentário na célula E11 é exibido.
5. No grupo Comentários, clique em Mostrar Todos os Comentários. Todos os comentários
são exibidos.
6. No grupo Comentários, clique novamente em Mostrar Todos os Comentários para
ocultar todos os comentários e garantir que eles não sejam mais exibidos.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Edição de um comentário
Comentários podem ser editados e formatados, conforme o necessário. Você pode formatar um
comentário usando a maioria das opções de formatação da guia Página Inicial no grupo Fonte.
No entanto, os botões Cor de Preenchimento e Cor da Fonte na guia Página Inicial não estão
disponíveis para texto de comentário. Para editar um comentário, selecione a célula que contém o
comentário e clique em Editar Comentário.
212 Lição 11

PASSO A PASSO Editar um comentário

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula E11 e mova o ponteiro do mouse para o botão Editar Comentário na guia
Revisão. A dica de tela também traz Shift + F2 como opção, como mostrado na Figura 11-13.

Botão Editar Comentário Botão Excluir Comentário

Figura 11-13
Botão Editar Comentário
e dica de tela

Botão Comentário Anterior Botão Próximo Comentário

2. Clique no botão Editar Comentário.


3. Após o texto de comentário existente, digite um . (ponto) seguido por um espaço e Em
experiência. Em seguida, clique em qualquer célula entre F4 e D8.
4. Clique em Próximo. O comentário em D8 é exibido.
5. Selecione o texto de comentário existente em D8 e digite Mestrado concluído; já pode
prescrever medicações.
6. Clique na célula E4 e clique em Editar Comentário.
7. Selecione o texto no comentário anexado à célula E4. Na guia Página Inicial, clique em
Negrito.
8. Clique na célula E11, clique na guia Revisão e em Editar Comentário.
9. Selecione o nome e o texto de comentário. Clique na guia Página Inicial e observe que
as opções Cor de Preenchimento e Cor da Fonte estão esmaecidas. Clique com o botão
direito do mouse no texto selecionado e escolha Formatar Comentário.
10. Na caixa de diálogo Formatar Comentário, clique na seta na caixa Cor e em Vermelho.
Clique em OK para aplicar o formato e fechar a caixa de diálogo. Não há nenhuma opção
de preenchimento para a caixa de comentário.

PAUSE. SALVAR a pasta de trabalho e a DEIXE aberta para o próximo exercício.

Exclusão de um comentário
Naturalmente, você pode excluir comentários de uma pasta de trabalho quando eles não são
mais necessários. A menos que a pasta de trabalho esteja protegida, qualquer usuário pode excluir
comentários; portanto, você deve considerar a proteção de uma pasta de trabalho que contém
informações confidenciais. Neste exercício, você aprenderá a excluir um comentário.

PASSO A PASSO Excluir um comentário

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na célula E4. O comentário dessa célula é exibido.
2. Clique na guia Revisão e depois no grupo Comentários, clique em Excluir.
3. Exiba a caixa de diálogo Opções do Excel e restaure a entrada original na caixa
Nome do usuário.

PAUSE. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho. FECHAR o Excel.


Proteção de pastas de trabalho 213

Avaliação de conhecimento

Múltipla escolha
Escolha a melhor resposta para as afirmações a seguir.
1. É possível adicionar, excluir e exibir comentários usando comandos localizados em qual
guia da faixa de opções?
a. Comentários
b. Revisão
c. Arquivo
d. Exibição
2. O botão Proteger Pasta de Trabalho está em qual guia da faixa de opções?
a. Comentários
b. Revisão
c. Arquivo
d. Exibição
3. Qual dos itens a seguir não é uma opção do grupo Comentários?
a. Novo Comentário
b. Excluir
c. Controle de alterações
d. Editar Comentário
4. Qual das alternativas a seguir não pode ser usada para ativar o controle de alterações?
a. O comando Controlar Alterações
b. O botão Compartilhar Pasta de Trabalho
c. O botão Proteger Planilha
d. O botão Proteger pasta de trabalho compartilhada
5. Qual das alternativas a seguir não está na guia Revisão?
a. Botão Controlar Alterações
b. Botão Compartilhar Pasta de Trabalho
c. Botão Proteger Células
d. Botão Proteger e compartilhar pasta de trabalho
6. Qual das senhas a seguir seria considerada a mais forte?
a. 02Fev2016 (o aniversário do seu cachorro)
b. DenVer (sua cidade natal, com tamanho estranho das letras)
c. 679KrDj! (os últimos três dígitos do seu CPF e as duas primeiras letras dos nomes de
seus irmãos com um ponto de exclamação)
d. BruinsO6 (o mascote de sua escola de ensino médio e o ano de sua formatura usando
a letra O em vez de zero)
7. No Excel, uma senha não pode ser exigida para qual das alternativas a seguir?
a. Abrir um arquivo
b. Formatar células, colunas e linhas em uma planilha
c. Adicionar uma nova planilha, excluir uma planilha
d. Excluir um arquivo
8. Qual das funções a seguir permite que o Excel coloque um número aleatório entre 10000
e 99999 em uma célula?
a. ALEATÓRIO()
b. ALEATÓRIOENTRE(10000,99999)
c. PORACASO(10000,99999)
d. ALEATÓRIO(10000,99999)
9. Qual das ações a seguir não pode ser executada com comentários?
a. Você pode formatar o texto usando uma cor diferente.
b. Você pode alterar a cor do plano de fundo da caixa de comentário.
c. Você pode evitar a divulgação do nome do usuário que fez o comentário.
d. Você pode ocultar o comentário.
214 Lição 11

10. Qual dos seguintes atalhos de teclado pode ser usado para adicionar uma nota a uma
célula?
a. Shift+F2
b. Ctrl+N
c. Alt+Shift+C
d. Ctrl+F9

Projetos

Projeto 11-1: Proteção de um arquivo com senha


Neste projeto, o gerente do escritório pediu para você criar um inventário dos cartões de crédito da
empresa e salvar o arquivo com uma senha.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver aberto.


1. ABRIR uma pasta de trabalho em branco e digite Inventário de cartões de crédito da
Contoso na célula A1.
2. Digite e formate as informações como mostrado na Figura 11-14. O título na célula A1 é
mesclado e centralizado, com o estilo de célula Título 1 aplicado. Os rótulos na linha 3
estão centralizados, com o estilo de célula Título 3 aplicado.

Figura 11-14
Criação da pasta de
trabalho de cartões de
crédito

3. SALVAR o arquivo como 11 Credit Cards Solution para ser usado no próximo exercício.
4. Clique na guia Arquivo, a opção Informações é selecionada automaticamente. Clique em
Proteger Pasta de Trabalho e escolha Criptografar com Senha.
5. Na caixa de diálogo Criptografar Documento, digite 11P1!s5 e insira a mesma senha na
caixa de diálogo Confirmar Senha.
6. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho.

DEIXE o Excel aberto para o próximo projeto.


Proteção de pastas de trabalho 215

Projeto 11-2: Adicionar comentários a um arquivo


Neste projeto, você adicionará comentários a um arquivo.

PREPARE-SE. INICIE o Excel se ele ainda não estiver aberto.


1. ABRIR o arquivo 11 Credit Cards Solution que você criou no primeiro projeto. Use a
senha criada no Projeto 11-1.
2. SALVAR o arquivo como 11 Credit Cards Comments Solution.
3. Na célula B4, digite um novo comentário: O E inicial será removido no próximo cartão.
4. Na célula D9, digite um novo comentário: Cartão perdido – cancelar se não for
encontrado até amanhã.
5. Na célula B12, digite um novo comentário: Edmund sai da empresa no final do
trimestre – cancelar o cartão.
6. Edite o comentário em D9 para exibir Cartão perdido e encontrado em [data de hoje].
7. Verifique se todos os comentários estão ocultos.
8. IMPRIMIR o documento.
9. SALVAR e FECHAR a pasta de trabalho.

FECHAR o Excel.
12 Criação de gráficos

MATRIZ DE HABILIDADES DA LIÇÃO


Número do
Habilidades Objetivo do exame objetivo
Construção de gráficos Criar um novo gráfico. 5.1.1
Formatação manual das partes de um Adicionar e modificar elementos do gráfico. 5.2.2
gráfico
Modificação de um gráfico Acrescentar séries de dados adicionais. 5.1.2
Alternar entre linhas e colunas na fonte de dados. 5.1.3
Mover gráficos para uma planilha de gráfico. 5.2.4
Redimensionar gráficos. 5.2.1
Aplicar estilos e layouts de gráfico. 5.2.3
Utilização de ferramentas de análise rápida Inserir minigráficos. 2.3.1
Analisar dados usando a Análise Rápida. 5.1.4

ORIENTAÇÃO DO SOFTWARE
A guia Inserir
A guia Inserir contém os grupos de comandos que você usará para criar gráficos no Excel (veja a
Figura 12-1). Para criar no Excel um gráfico básico que possa ser modificado e formatado
posteriormente, comece inserindo os dados para o gráfico em uma planilha. Em seguida, selecione
esses dados e escolha um tipo de gráfico para exibição dos dados. Basta escolher um tipo, um
layout e um estilo de gráfico, sendo que é possível acessar facilmente todos esses recursos nas guias
Ferramentas de Gráfico e Inserir da faixa de opções, você terá resultados profissionais instantâneos
sempre que criar um gráfico.

Gráficos recomendados

Tipos de gráfico no grupo Gráficos Grupo Minigráficos


Figura 12-1
A guia Inserir
Use esta ilustração como referência em toda esta lição conforme você se familiariza e usa os recursos
de gráfico do Excel para criar gráficos que chamam a atenção e resumem seus dados.

216 216
Criação de gráficos 217

CONSTRUÇÃO DE GRÁFICOS
Um gráfico é uma representação gráfica de dados numéricos em uma planilha. Os valores de
dados são representados por gráficos com combinações de linhas, retângulos verticais ou horizontais
(colunas e barras), pontos e outras formas. Quando você deseja criar um gráfico ou modificar um
gráfico existente, pode escolher entre 16 tipos de gráficos com inúmeros subtipos e gráficos de
combinação. Incluem cinco novos tipos de gráficos oferecidos no Excel 2016: Treemap, Explosão
Solar, Histograma, Caixa e Caixa Estreita e Cascata. A Tabela 12-1 fornece uma breve descrição dos
tipos de gráficos mais comuns usados no Excel.

Tabela 12-1
Tipo de Descrição Arranjo usual de dados
Tipos de gráficos Excel gráfico
Coluna Útil para comparar valores através de categorias Categorias (em qualquer ordem) ou
ou de um período de tempo. Pontos de dados são tempo estão geralmente no eixo
retângulos verticais. horizontal e os valores no eixo vertical.
Linha Útil para mostrar tendências em dados em Tempo em unidades iguais no eixo
intervalos iguais. Exibe dados contínuos ao longo horizontal e os valores no eixo vertical.
do tempo com base em uma escala comum. Os
valores são representados como pontos ao longo
de uma linha.
Pizza Útil para comparar o tamanho dos itens em uma Só uma série de dados e nenhum dos
série de dados e como cada fatia se compara com valores é negativo ou é zero.
o todo. Pontos de dados são exibidos como um
percentual de uma pizza circular.

Rosca Útil para exibir a relação das partes com um todo. Categorias são cores de bandas
Pode conter mais de uma série de dados. Os circulares e o tamanho das bandas são
valores são representados como seções de uma os valores de cada banda.
faixa circular.
Barra Útil para ilustrar comparações entre itens individuais Categorias ou tempo estão ao longo
quando rótulos de eixo são longos. Os valores são do eixo vertical e valores ao longo do
representados como retângulos horizontais. eixo horizontal.
Área Útil para enfatizar a magnitude da mudança ao Categorias ou tempo estão no eixo
longo do tempo. Mostra as relações das partes horizontal e valores no eixo vertical.
com o todo. Valores representados como áreas
sombreadas.
XY Útil para visualizar relações de um conjunto A variável independente está
(Dispersão) numérico de dados com outro conjunto numérico geralmente no eixo horizontal e a
de dados para ver se há uma correlação entre variável dependente está no eixo
duas variáveis. vertical.

Bolha Útil para comparar três conjuntos de valores. O primeiro valor é a distância
horizontal, o segundo valor é a
distância vertical, e o terceiro valor
é o tamanho da bolha.
Estoque Útil para ilustrar a flutuação de preços de ações ou Para cada período, há de três a cinco
dados científicos quando há um valor inicial, final, números.
alto e baixo durante cada período.
Superfície Útil para encontrar as melhores combinações Os valores e categorias são valores
entre dois conjuntos de dados. O gráfico resultante numéricos.
é semelhante a um mapa topográfico ou pedaço
de pano drapeado sobre pontos.
Radar Útil para mostrar várias variáveis para cada assunto, A primeira coluna é o rótulo do pico.
padronizadas para a mesma escala. Representa A primeira linha é o rótulo de
valores como pontos que irradiam em pontos do unidades. Os valores para cada
centro. unidade descem em cada coluna,
começando na segunda coluna após os
rótulos de linha.
Combo Dois ou mais tipos de gráfico como linha e coluna,
representados em um único gráfico.
218 Lição 12

Observação Ao criar uma planilha para um gráfico, o período de tempo normalmente é exibido na primeira
linha e as categorias estão na primeira coluna. Há um botão Alternar Linha/Coluna na guia Design
que permite que você altere a orientação dos dados, tal como aparecem no gráfico.

Seleção de dados para incluir em um gráfico


Você pode começar a criar um dos tipos de gráfico comuns do Excel ao clicar em sua imagem na
guia Inserir na faixa de opções. Mais importante do que o tipo de gráfico, no entanto, é a seleção
dos dados que deseja exibir graficamente. Que aspectos dos dados você quer que os espectadores
percebam? Neste exercício, você aprenderá a selecionar dados para uso em um gráfico do Excel que
retorna seus cálculos e dados em um gráfico de pizza codificado por cor com seções identificadas
por números ou rótulos.

Existem duas abordagens para identificar os dados do seu gráfico. Se você criar sua planilha com
eficiência, poderá selecionar vários intervalos ao mesmo tempo que se tornarão os diferentes
elementos de gráfico. A segunda maneira é identificar o tipo de gráfico e, em seguida, selecionar os
dados para cada elemento do gráfico. A primeira parte desta lição aborda a escolha dos intervalos;
a primeira e a segunda partes da lição conduzem você pela adição e remoção de certos elementos
do gráfico.

PASSO A PASSO Selecionar dados a serem incluídos em um gráfico

PREPARE-SE. INICIE o Excel.


1. ABRIR o arquivo 12 Fourth Coffee Financial History desta lição.
2. Selecione B2:B8 (os dados de 2014).
3. Clique na guia Inserir e, no grupo Gráficos, clique no botão Pizza. Clique no primeiro
gráfico Pizza 2-D no menu suspenso. É exibido um gráfico de pizza colorido com seções
identificadas por número.
4. Mova o ponteiro do mouse para a maior fatia. A dica de tela mostra Valor de série 1
ponto 1: 2014 (39%), conforme mostrado na Figura 12-2. Isso corresponde ao rótulo 2014
e não aos dados reais.

Intervalo de dados selecionado 2014 deve ser um rótulo em vez de um pedaço de pizza
Figura 12-2
Gráfico de pizza criado
com dados incorretos

1575 é um total e não deve ser uma fatia Números identificam fatias do gráfico de pizza
Criação de gráficos 219

5. Aponte para a segunda maior fatia e você verá que o valor é 1575, que é o valor do total.
Nem o rótulo da coluna (2014), nem o valor total das vendas deve ser incluído como
fatias da pizza.
6. Clique no espaço em branco do gráfico e pressione Excluir. O gráfico é removido da
planilha.

Solução de Para excluir um gráfico, clique no espaço em branco e, em seguida, pressione a tecla Excluir
problemas do teclado. Se você clicar no gráfico ou em um elemento gráfico e pressionar Excluir, apenas o
elemento selecionado será excluído.

7. Selecione B3:B7. Clique na guia Inserir, no grupo Gráficos, clique em Pizza e, em


seguida, clique no primeiro gráfico de pizza 2D. Os dados corretos são exibidos, mas
é difícil interpretar o gráfico com apenas números para identificar as partes da pizza.

Solução de Ao inserir um gráfico na planilha, as guias Ferramentas de Gráfico (Design e Formatar) ficam
problemas disponíveis na faixa de opções do Excel, com a guia Design ativa por padrão. Sempre que quiser
inserir um gráfico, você deverá selecionar a guia Inserir da faixa de opções.

8. Clique no espaço em branco do gráfico e pressione Excluir.


9. Selecione A2:B7, clique na guia Inserir e clique em Pizza no grupo Gráficos. Clique
no primeiro gráfico de pizza 2D. Conforme ilustrado na Figura 12-3, os dados estão
claramente identificados com um título e um rótulo para cada fatia colorida da pizza.

B3 a B7 determinam os tamanhos das Primeira célula na segunda coluna


fatias do gráfico de pizza torna-se o título do gráfico

Figura 12-3
Gráfico de pizza com
o intervalo de dados
correto

Coluna A torna-se rótulos para fatias (legenda)

10. Mova o ponteiro do mouse para um espaço em branco dentro do gráfico e arraste o
gráfico para movê-lo para baixo dos dados.
11. Clique fora do gráfico, clique em Arquivo e, em seguida, clique em Imprimir. Observe
que os dados de Vendas Anuais aparecem com o gráfico na página.
12. Pressione Esc e depois clique no Gráfico e escolha Arquivo, Imprimir. Agora, observe
que aparece somente o gráfico na página.
Observação Se você quiser imprimir apenas um gráfico inserido em uma pasta de trabalho, selecione-o antes de
escolher Arquivo > Imprimir.

13. CRIAR uma pasta Excel Lesson 12 e SALVAR a pasta de trabalho como 12 Charts Solution.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.


220 Lição 12

Este exercício ilustra que a seleção de dados do gráfico deve conter informações suficientes para
interpretar os dados em um piscar de olhos. O Excel não distingue entre o rótulo da coluna B e seus
dados quando você seleciona somente os dados na coluna B. Embora o rótulo seja formatado como
texto, porque o rótulo de coluna era numérico, foi interpretado como dados a serem incluídos
no gráfico. Ao expandir a seleção para incluir os rótulos de linha, 2014 foi reconhecido como um
rótulo corretamente e exibido como o título para o gráfico de pizza.

Ao selecionar dados e cria um gráfico de pizza, o gráfico é colocado na planilha. Isso é chamado de
gráfico inserido, o que significa que é colocado na planilha, em vez de uma planilha de gráfico
separada, uma folha que contém somente um gráfico.

Mover um gráfico
Ao inserir um gráfico, por padrão, ele é incorporado em uma planilha. Você pode clicar em um
canto de um gráfico ou no ponto médio de qualquer lado para exibir as alças de dimensionamento
(setas brancas bidirecionais verticais, horizontais ou diagonais). Você pode usar as alças de
dimensionamento para alterar o tamanho de um gráfico. Para mover um gráfico, é necessário clicar
no espaço em branco e arraste, usando o ponteiro do mouse preto de quatro cabeças. Você talvez
queira que um gráfico seja revisto com os dados da planilha, ou você pode desejar que o gráfico
tenha seus próprios dados. Neste exercício, você pode mover um gráfico para uma nova planilha na
pasta de trabalho.

PASSO A PASSO Mover um gráfico

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique no espaço em branco no gráfico para selecioná-lo.
2. Clique na guia Design e no botão Mover Gráfico.
3. Na caixa de diálogo Mover Gráfico, clique na caixa da Nova planilha e digite Pizza 2014
para criar o nome de sua nova planilha de gráfico.
4. Clique em OK. O gráfico transforma-se em uma planilha separada na pasta de trabalho.
5. Clique na guia da planilha Vendas para voltar para a parte de dados da pasta de trabalho.
6. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Se você desejar retornar o gráfico para a folha de dados, vá para a guia Pizza 2014, clique novamente
no botão Mover Gráfico e, no objeto na caixa, selecione Vendas (o nome da planilha).

Escolha do gráfico certo para seus dados


Você pode criar a maioria dos gráficos, como gráficos de coluna e de barras, de dados que estão
dispostos em linhas ou colunas em uma planilha. Alguns gráficos, como gráficos de pizza e bolhas,
requerem um arranjo de dados específico. Apenas um gráfico de pizza não pode ser usado para
as comparações entre períodos de tempo ou para analisar as tendências. O gráfico de colunas
funciona bem para comparações. Em um gráfico de colunas 2D ou 3D, cada marcador de dados
é representado por uma coluna. Em uma coluna empilhada, marcadores de dados são empilhados
para que o topo da coluna seja o total da mesma categoria (ou tempo) de cada série de dados.
Um gráfico de linhas mostra pontos conectados por uma linha para cada valor. Neste exercício, você
aprende como criar um gráfico de colunas e um gráfico de linhas para ilustrar o aumento das vendas
de café e café expresso no Fourth Coffee durante um período de cinco anos.
Criação de gráficos 221

PASSO A PASSO Escolher o gráfico correto para os dados

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Selecione as células A2:F7.

Solução de Certifique-se de não incluir a linha 8, Total de vendas. É uma prática comum não incluir totais
problemas em gráficos de colunas e barras. Em alguns casos, pode ser útil adicionar uma linha com os
totais como um eixo separado à direita.

2. Clique na guia Inserir e, no grupo Gráficos, clique em Inserir gráfico de colunas ou de


barras. Na lista suspensa, acesse cada uma das opções. Ao pausar sobre uma opção, o
Excel mostrará uma visualização do gráfico na planilha e uma descrição e as dicas para
o tipo de gráfico selecionado. Em Coluna 3D, vá para a primeira opção. Como mostrado
na Figura 12-4, a dica de tela mostra qual tipo de gráfico é uma Coluna 3D Agrupada. O
Excel sugere a utilização deste tipo de gráfico para comparar valores quando a ordem
das categorias não é importante.

Botão Inserir gráfico


Tipos de gráfico de colunas de colunas ou barras Nome atual do tipo de gráfico
Figura 12-4
Dica de tela e visualização
de gráfico

Sugestão sobre quando usar Visualização de gráfico

3. Na lista suspensa, clique em Coluna 3D Agrupada. O gráfico de colunas ilustra as


vendas para cada uma das categorias de receita para o período de cinco anos. A guia
Ferramentas de Gráfico é exibida com a guia Design ativa.
4. Em qualquer lugar em uma área em branco do gráfico, clique e arraste o gráfico abaixo
dos dados da planilha e posicione-o no canto esquerdo.
5. Clique fora do gráfico de colunas para desmarcá-lo. Observe que a guia Ferramentas de
Gráfico desaparece.
6. Selecione A2:F7, clique na guia Inserir e, no grupo Gráficos, clique em Linha (primeiro
gráfico na segunda linha). No grupo Linha 2D, clique na opção Linha com Marcadores.
Posicione o gráfico de linhas ao lado do gráfico de colunas. Consulte a Figura 12-5.
222 Lição 12

Ferramentas na guia Design


alteram para mostrar as opções O gráfico de linhas enfatiza
de tipo de gráfico de linhas tendências
Figura 12-5
Gráfico de colunas
e gráfico de linhas

O gráfico de colunas enfatiza a Gráfico de linhas ativo


diferença entre as colunas

Observação Pare um minuto para estudar os dois gráficos. No gráfico de colunas, café e café expresso são, sem
dúvida, as maiores fontes de receita, mas os acessórios para café estão alcançando. No gráfico de
linhas, observe que café e café expresso aumentam com o tempo, mas acessórios para café aumentam
com mais rapidez. Os itens de padaria estão diminuindo e as vendas de delicatessen estão um pouco
irregulares.

7. Clique no gráfico de colunas e na guia Design.


8. Clique no botão Mover Gráfico e, na caixa Nova planilha, digite Coluna e, em seguida,
clique em OK.
9. Clique na guia da planilha Vendas, selecione o gráfico de linhas, clique no botão Mover
Gráfico e, na caixa Nova planilha, digite Linha. Clique em OK.
10. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Os gráficos de colunas e linhas fornecem dois modos de exibição dos mesmos dados, ilustrando que
o tipo de gráfico que você escolhe depende da análise que você deseja que o gráfico retrate. O gráfico
de pizza, que mostra valores como parte de um todo, mostra a distribuição das vendas por um ano.
Gráficos de colunas também facilitam as comparações entre itens, mas também durante períodos
de tempo. A força de um gráfico de linhas mostra tendências ao longo do tempo.

O gráfico de linhas criado neste exercício inclui marcadores de dados para indicar as vendas de cada
ano. Um marcador de dados é uma barra, área, ponto, fatia ou outro símbolo em um gráfico
que representa um único ponto de dados ou valor que se origina em uma célula de planilha. Os
marcadores de dados relacionados em um gráfico constituem uma série de dados.

Utilização de gráficos recomendados


Se for novato na criação de gráficos, o número de tipos de gráficos a escolher pode parecer assustador.
O Excel 2016 tem um recurso para ajudar a restringir as escolhas dependendo dos dados que
você selecionar. É o botão Gráficos Recomendados. Neste exercício, você selecionará diferentes
conjuntos de dados e observará quais opções o botão Gráficos Recomendados exibe.
Criação de gráficos 223

PASSO A PASSO Usar gráficos recomendados

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia da planilha Vendas.
2. Selecione os rótulos Ano e as células Café e café expresso A2:F3, clique na guia Inserir e,
em seguida, clique no botão Gráficos Recomendados. O Excel recomenda quatro tipos
de gráficos e explica quando usar cada um deles no exemplo.
3. Clique nos outros três tipos de gráfico e leia cada descrição. Clique no gráfico de Linhas
e em OK.
4. Clique no botão Mover Gráfico e, na caixa Nova planilha, digite Linha de café e, em
seguida, clique em OK.
5. Clique na guia de planilha Vendas, selecione A2:F2, mantenha Ctrl pressionado e
selecione A8:F8. Você não precisa escolher intervalos adjacentes ao gerar gráficos com
seus dados.
6. Clique no botão Gráficos Recomendados. As escolhas recomendadas são as mesmas da
Etapa 2, porque a primeira linha inclui anos e a segunda linha inclui valores. Clique em OK.
7. Clique no botão Mover Gráfico e, na caixa Nova planilha, digite Linha do total e, em
seguida, clique em OK.
8. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Criação de um gráfico de barras


Os gráficos de barras são semelhantes aos gráficos de colunas e podem ser usados para ilustrar
comparações entre itens individuais. Os dados organizados em colunas ou linhas em uma planilha
podem ser plotados em um gráfico de barras. Gráficos de barras agrupados comparam valores
através das categorias. Gráficos de barras empilhados mostram a relação dos itens individuais com
o todo desse item. Os gráficos de barras lado a lado criados neste exercício ilustram dois modos de
exibição dos mesmos dados. Você pode experimentar os tipos de gráfico e selecionar aquele que
melhor retrata a mensagem que deseja transmitir ao seu público-alvo.

PASSO A PASSO Criar um gráfico de barras

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia da planilha Vendas.
2. Selecione as células A2:F7 e, na guia Inserir, grupo Gráficos, clique no botão Inserir
gráfico de colunas ou de barras.
Observação Uma dica de tela exibe o nome do tipo de gráfico quando você passa o ponteiro do mouse sobre o
botão ou a opção de subtipo.

3. Em Barra 3D, clique no subtipo Barras 3D Agrupadas. Os dados são exibidos em um


gráfico de barras agrupadas e a guia Design está ativa na guia Ferramentas de Gráfico.
4. Arraste o gráfico de barras agrupadas à esquerda, abaixo dos dados da planilha.
5. Selecione A2:F7. Na guia Inserir e, no grupo Gráficos, clique no botão Inserir gráfico de
colunas ou de barras.
6. Em Barra 3D, clique no subtipo Barras 3D Empilhadas.
7. Posicione o gráfico de barras empilhadas ao lado do gráfico de barras 3D. Sua planilha
deve ser semelhante à Figura 12-6.
224 Lição 12

Cada parte da barra se junta para


mostrar total na barra empilhada
Figura 12-6
Um gráfico de barras
agrupadas e gráfico de
barras empilhadas

8. Clique no botão Mover Gráfico e, na caixa Nova planilha, digite Barra Empilhada e, em
seguida, clique em OK.
9. Clique na guia da planilha Vendas, clique no gráfico de barras agrupadas, clique no
botão Mover Gráfico e, na caixa Nova planilha, digite Barras agrupadas e, em seguida,
clique em OK.
10. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

O grupo Gráficos na guia Inserir contém nove botões, levando a vários tipos de gráfico (incluindo
um tipo combinado). Para criar um desses gráficos, selecione os dados da planilha e clique no
botão e escolha uma das opções. Selecione qualquer tipo de gráfico, clicando no iniciador de caixa
de diálogo Gráficos para abrir a caixa de diálogo Inserir Gráfico. A opção Gráficos Recomendados
aparece na primeira guia. Clique na guia Todos os Gráficos na caixa de diálogo como mostrado na
Figura 12-7 para ver amostras de todos os tipos e subtipos de gráfico.

Quando você clicar em um tipo de gráfico no painel esquerdo da caixa de diálogo, o primeiro
gráfico desse tipo será selecionado no painel da direita. Você também pode percorrer o painel
direito e selecionar qualquer subtipo de gráfico. Exemplos diferentes são exibidos para determinar
se deseja que os dados sejam interpretados em linhas e colunas x colunas e linhas.
Criação de gráficos 225

Tipo de alteração Subtipo para cada tipo de gráfico


Figura 12-7
Guia Todos Gráficos da caixa
de diálogo Inserir Gráfico

Alterar a orientação dos dados

FORMATAÇÃO DE UM GRÁFICO COM UM ESTILO RÁPIDO


OU LAYOUT
Depois de criar um gráfico, você pode mudar sua aparência instantaneamente com a aplicação de
um estilo ou layout predefinido. O Excel fornece uma estilos rápidos e layout rápidos a partir dos
quais você pode escolher. Como mostrado na Figura 12-8, ao criar um gráfico, a guia Ferramentas
de Gráfico ficam disponíveis e as guias Design e Formatar e o botão Layout Rápido aparecem na
faixa de opções.

Guia Design Guia Ferramentas de Gráfico Guia Formatar

Botão Layout Rápido botão Alterar Cores Botões de Estilos de Gráfico

Figura 12-8
A guia Ferramentas de Gráfico
é exibida quando um gráfico é inserido
226 Lição 12

Formatação de um gráfico com um estilo rápido


Estilos e layouts predefinidos são recursos rápidos que você pode usar para melhorar a aparência de
seus gráficos. Neste exercício, você aplicará um estilo rápido a seu gráfico.

PASSO A PASSO Formatar um gráfico com um estilo rápido

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia do gráfico Pizza 2014. Se a guia Design não estiver visível e os botões
ativos, clique no espaço em branco dentro do limite do gráfico e clique na guia Design,
se necessário.
2. Um dos Estilos de Gráfico já está selecionado. Clique em cada um dos estilos até acessar
o estilo mostrado na Figura 12-9 com os rótulos e as porcentagens exibidos ao lado de
cada fatia da pizza. Se necessário, clique na seta para baixo para selecionar mais estilos.

Estilo atual selecionado Setas de rolagem para mais estilos

Figura 12-9
Gráfico de pizza com rótulos
ao lado de cada fatia

Planilha 2014 Pie selecionada

3. As cores do gráfico são determinadas pelo tema da sua planilha. Clique no botão Alterar
Cores e mova o ponteiro do mouse sobre cada uma das diferentes linhas para visualizar
a alteração da pizza.
4. Clique em Cor 3 para fazer a alteração. Esta alteração afeta somente o gráfico atual.
5. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Formatação de um gráfico com um layout rápido


Além de cores e padrões, você pode alterar quais elementos aparecem no seu gráfico e onde eles
aparecem. Isso inclui itens como títulos de eixo, tabelas de dados e a posição da legenda. Neste
exercício, você aplicará um Layout rápido ao gráfico para exibir uma tabela de dados sob o gráfico.
Criação de gráficos 227

PASSO A PASSO Formatar um gráfico com um layout rápido

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia do gráfico de Colunas.
2. Clique na guia Design e no botão Layout rápido. Conforme você mover para cada uma
das opções, o gráfico muda para visualizar como ele ficaria se você selecionasse a opção
(veja a Figura 12-10).

Figura 12-10
Opções de Layout rápido

Prévia do Layout 5 mostrado no gráfico

3. Clique em Layout 5. A tabela de dados aparece sob o gráfico. Os anos (2014-2018) agem
como os rótulos do eixo x e cabeçalhos de coluna da tabela de dados.
4. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Você também pode usar os botões de Design à direita do gráfico selecionado para alterar o estilo e a
cor e selecionar quais elementos aparecem no gráfico. Clique no gráfico e clique no primeiro botão,
botão Elementos do Gráfico para selecionar quais itens devem aparecer no gráfico como mostrado
na Figura 12-11.

Figura 12-11
Opções de Elementos
de Gráfico
228 Lição 12

Clique no segundo botão, Estilo de Gráfico, e escolha o estilo e a cor que desejar. O terceiro botão,
Filtros de Gráfico, permite filtrar seus dados de gráfico para ver apenas uma parte dos dados de
origem representados.
FORMATAÇÃO MANUAL DAS PARTES DE UM GRÁFICO
A guia Formato fornece uma variedade de maneiras de formatar elementos do gráfico. Para formatar
um elemento gráfico, clique no elemento que você deseja alterar e, em seguida, use os comandos
adequados na guia Formatar.

A lista a seguir define alguns dos elementos do gráfico que você pode formatar manualmente no
Excel. Estes elementos são ilustrados na Figura 12-12:

• Área do gráfico: o gráfico inteiro e todos os seus elementos.


• Área de plotagem: a área delimitada pelos eixos.
• Eixo: uma linha de fronteira com a área de plotagem do gráfico usada como um quadro de
referência para a medição.
• Série de dados: linha ou coluna de dados representados por uma linha, um conjunto de
colunas, barras ou outro tipo de gráfico.
• Título: texto descritivo alinhado a um eixo ou na parte superior de um gráfico.
• Rótulos de dados: texto que fornece informações adicionais sobre um marcador de dados, que
representa um único ponto de dados ou valor que se origina em uma célula de planilha.
• Legenda: uma caixa que identifica os padrões ou cores atribuídos à série de dados ou categorias
em um gráfico.

Selecione o Gráfico de Título do Rótulos de


elemento do gráfico áreas gráfico dados Legenda

Figura 12-12
Elementos do gráfico

Eixo vertical Eixo horizontal Área de plotagem Série de dados Café e Expresso

Observação Para conhecer os elementos do gráfico, clique na lista suspensa Elementos de Gráfico no grupo
Seleção Atual da guia Formatação e selecione cada um dos elementos nos gráficos de amostra em
sua pasta de trabalho.

Edição e adição de texto em gráficos


Até agora, usamos apenas os textos padrão nos gráficos criados. Você pode editar os títulos ou
rótulos existentes de forma semelhante ao que faz em uma planilha. Clique no rótulo, selecione
o texto e digite o novo texto. Se o elemento não estiver visível, você poderá adicioná-lo marcando
a opção Elementos do Gráfico ou inserindo uma caixa de texto.
Criação de gráficos 229

PASSO A PASSO Editar e adicionar texto aos gráficos

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia do gráfico de Pizza 2014.
2. Clique no título 2014, mova o ponto de inserção para o final do rótulo e clique. Deixe um
espaço e, em seguida, digite Vendas Anuais. O texto é exibido em letras maiúsculas com
base no layout atual.
3. Selecione o texto do rótulo. Clique na guia Página Inicial e clique no iniciador de caixa de
diálogo Fonte. A caixa de diálogo Fonte é exibida.
4. Clique na caixa de seleção Todas em Maiúsculas para desmarcar essa opção.
Clique em OK.
5. Clique na guia Formatar e depois no grupo Inserir Formas, clique no botão Caixa de
Texto. Clique no canto inferior esquerdo da área do gráfico e digite as suas iniciais e
a data de hoje na caixa de texto.
6. Edite os títulos do gráfico em cada um dos gráficos da seguinte forma:
Gráfico Título Texto
Coluna Título do Gráfico Vendas Anuais
Coluna Título do Eixo Milhares
Linha Título do Gráfico Vendas Anuais (Milhares)
Coluna Agrupada Título do Gráfico Vendas Anuais
Barra Agrupada Título do Gráfico Vendas Anuais

Solução de Se tiver dificuldade em ver o texto conforme você digitar um novo título de gráfico ou título
problemas de eixo, selecione a caixa de texto que contém o título, clique na barra de fórmula (à direita do
botão fx), digite o novo texto e pressione Enter.

7. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Formatação de uma série de dados


Uso comandos na guia Formato para adicionar ou alterar cores ou padrões aplicados a elementos
de gráfico. Selecione o elemento a formatar e clique em um dos botões na faixa de opções ou exiba
o painel de formato para adicionar a cor de preenchimento ou um padrão ao elemento do gráfico
selecionado.

PASSO A PASSO Formatar uma série de dados

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia do gráfico de Pizza 2014.
2. Clique na maior fatia da pizza. Você pode ver seletores de dados ao redor de cada uma
das fatias.
3. Clique novamente na maior fatia da pizza. Você deverá ver seletores de dados apenas na
fatia. Clique no botão Preenchimento da Forma e escolha Vermelho Escuro. A fatia do
gráfico de pizza de café e café expresso muda para vermelho escuro.
4. Clique na guia do gráfico de Colunas.
5. Clique na barra mais alta (café e café expresso). Observe que as cinco barras têm seletores
de dados. Clique no botão Preenchimento da Forma e selecione Vermelho Escuro. A cor
das cinco barras e da legenda para café e café expresso é alterada para vermelho escuro.
6. Clique no botão Efeitos de Forma, clique em Bisel e observe as opções disponíveis
(veja a Figura 12-13).
230 Lição 12

Série de dados Café e Expresso selecionada Botão Efeitos de forma Opções de bisel

Figura 12-13
Menu Efeitos de Forma

Legenda e colunas estão em vermelho escuro

7. Clique na primeira opção Bisel (Círculo). Repita essa opção para cada uma das séries de dados.
8. Além dos botões Preenchimento da Forma, Contorno da Forma e Efeitos de Forma, você
também pode alterar elementos com o iniciador de caixa de diálogo Estilos de Forma.
Selecione qualquer série de dados no gráfico de coluna, se necessário. Na guia Formatar,
grupo Estilos de Forma, clique no Iniciador de Caixa de Diálogo Estilos de Forma.
O painel Formatar Série de Dados é aberto com o botão Opções de Série selecionado.
9. Clique em cada um dos três botões sob o rótulo Opções de Série e veja as opções.
Clique em uma das colunas Acessórios para café.
10. Clique no botão Linha de Preenchimento, escolha Preenchimento e selecione
Preenchimento com imagem ou textura entre as opções.
11. Clique na seta suspensa Textura e escolha a opção Mármore Marrom.
12. SALVAR a pasta de trabalho.
PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Ao usar o mouse para apontar para um elemento do gráfico, o nome do elemento aparece em uma
dica de tela. Você pode selecionar o elemento que deseja formatar, clicando na seta ao lado da caixa
Elementos de Gráfico no grupo Seleção Atual, na guia Formatar. Esta lista é específica do gráfico.
Quando você clicar na seta, a lista incluirá todos os elementos que você incluiu no gráfico exibido.

Alteração da linha de fronteira do gráfico


Você pode criar um contorno em volta de um elemento do gráfico. Apenas selecione o elemento
e aplique um dos contornos predefinidos ou clique em Contorno da Forma para formatar um
elemento de gráfico selecionado. Você pode também aplicar uma borda ao redor do gráfico inteiro.
Selecione um elemento ou o gráfico e use os contornos coloridos no grupo Estilos de Forma na guia
Formatação, ou clique em Contorno da Forma e escolha uma cor.

PASSO A PASSO Alterar a linha de borda do gráfico

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia do gráfico Linha e escolha a guia Formatar.
2. No grupo Seleção Atual, clique na seta da caixa de seleção Elementos do Gráfico e
depois clique em Área do Gráfico.
Criação de gráficos 231

3. Clique na seta Mais no grupo Estilos de Forma. A galeria Estilos de Forma é aberta.
4. Percorra os estilos de contorno para localizar Contorno Colorido – Azul, Ênfase1.
5. Clique em Contorno Colorido – Azul, Ênfase1. Você pode não notar nenhuma alteração
devido à pequena espessura da linha.
6. No painel Formatar Área do Gráfico, clique na seta Borda para expandir essa ação.
7. Clique na seta para cima Largura, até obter 2,5 pontos. Agora, você pode ver que o
gráfico está contornado por uma borda azul claro.
8. Clique na linha Café e café expresso.
9. No botão suspenso Cor, abaixo da seção Linha, escolha Vermelho Escuro.
10. SALVAR sua pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Modificação da legenda de um gráfico


Você pode modificar o conteúdo da legenda, alterar a posição da legenda em relação ao gráfico,
expandir ou recolher a caixa de legenda, editar o texto que é exibido e alterar atributos de caractere.
No gráfico que você modificará neste exercício, alterar as cores de fonte na legenda para combinar
os blocos nas colunas fornece uma ajuda visual suplementar que permite ao espectador ver
rapidamente a contribuição de renda para cada categoria.

PASSO A PASSO Modificar a legenda de um gráfico

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia do gráfico Linha.
2. Na guia Formatar, clique na seta suspensa Elementos do Gráfico e escolha Legenda.
3. Se o painel Formatar Legenda não for exibido, clique no botão Formatar Seleção.
4. Clique no botão Opções de Legenda.
5. Na seção Posição da Legenda, clique em à direita para mover a legenda para o lado
direito do gráfico.
6. Clique no rótulo Café e café expresso na legenda.
7. Clique no botão Opções de Texto para exibir os menus para o texto.
8. No menu suspenso Cor de Preenchimento, escolha Vermelho Escuro para que o texto na
legenda coincida com a cor da linha.
9. Clique na guia do gráfico de Pizza 2014.
10. Clique no rótulo Café e café expresso duas vezes. Se necessário, clique no botão Opções
de Texto e, abaixo de Preenchimento de Texto, clique no botão Cor e depois escolha
Vermelho Escuro para alterar a cor do texto.
11. FECHAR o painel Formatar Rótulo de Dados e SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

MODIFICAÇÃO DE UM GRÁFICO
Às vezes, o gráfico que você adiciona com a guia Inserir e modifica com Layout Rápido e Estilos
de Gráfico ainda não é exatamente o que você deseja. Além de usar os recursos de criação e design
mencionado anteriormente, você pode modificar um gráfico adicionando ou excluindo elementos
individuais ou movendo ou redimensionando o gráfico. Também é possível alterar o tipo de gráfico
sem precisar excluir o gráfico existente e criar um novo um ou alterar como o Excel seleciona dados
como seus elementos de dados alterando linhas para colunas.
232 Lição 12

Adição de elementos a um gráfico


Adicionar elementos a um gráfico pode fornecer informações adicionais que não estavam disponíveis
nos dados selecionados para criar o gráfico. Em alguns casos, adicionar rótulos de dados ajuda a
tornar um gráfico mais compreensível. Neste exercício, você aprenderá a usar o botão Elementos de
Gráfico para adicionar itens a um gráfico.

PASSO A PASSO Adicionar elementos em um gráfico

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique na guia do gráfico Barras Empilhadas.
2. Se necessário, clique em um espaço em branco do gráfico para selecioná-lo e fazer com
que os botões no canto superior direito apareçam.
3. Clique no botão Elementos do Gráfico. É exibido um menu mostrando quais
elementos estão atualmente no gráfico (caixas selecionadas) e quais não estão (caixas
desmarcadas). Consulte a Figura 12-14.

Botão Elementos de Gráfico Clique em um quadrado marcado para


remover um item
Figura 12-14
Elementos do gráfico atuais

Clique em uma caixa desmarcada para adicionar um item

4. Clique na caixa Títulos dos Eixos para selecionar a caixa e adicionar um espaço
reservado para um eixo vertical e horizontal.
5. O Título do Eixo na parte inferior da tela tem indicadores de seleção para indicar que
está selecionado. Clique na barra de fórmulas acima do gráfico, digite Milhares e depois
pressione Enter.
6. Clique na guia do gráfico Linha de Totais, clique no botão Elementos do Gráfico e
selecione a opção Títulos dos Eixos. Desta vez, o título do eixo vertical é selecionado.
Você pode clicar em qualquer espaço reservado de rótulo para selecioná-lo se ele já
estiver em um gráfico. Clique na barra de fórmula, digite Milhares no título vertical
e depois pressione Enter.
7. Repita a etapa anterior para adicionar um título de eixo vertical de Milhares para o
gráfico Linha de Café e o título de eixo horizontal para o gráfico Barras Agrupadas.
8. Clique na guia do gráfico Barras Empilhadas, clique no botão Elementos do Gráfico e
depois selecione a opção Rótulos de Dados. Rótulos são exibidos para cada uma das
barras do gráfico.
9. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.


Criação de gráficos 233

Exclusão de elementos de um gráfico


Quando um gráfico torna-se muito confuso, pode ser necessário excluir elementos não essenciais.
Você pode selecionar um elemento no gráfico e pressionar a tecla Excluir. Você também pode
selecionar um elemento no menu suspenso Elementos do Gráfico no grupo Seleção Atual e
pressionar Excluir. Você usará este próximo exercício para excluir elementos de alguns gráficos.

PASSO A PASSO Excluir elementos de um gráfico

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Na guia da planilha de gráfico Barras Empilhadas, clique no Título do Eixo vertical e
pressione Delete.
2. Repita a etapa 1 para excluir os seguintes rótulos Título de Eixo genéricos:
Guia Gráfico Título do eixo vertical ou horizontal
Linha de café Horizontal
Linha do total Horizontal
Barras agrupadas Vertical
3. Clique com o botão direito do mouse na guia do gráfico Barras Empilhadas e selecione
Mover ou Copiar. Na caixa de listagem Antes da planilha, selecione Barras Agrupadas,
clique na caixa de seleção Criar uma cópia e, em seguida, clique em OK para criar outra
cópia do gráfico Barras Empilhadas.
4. Clique duas vezes no rótulo Barras Empilhadas (2) para a guia e digite Aumento das
Vendas para o novo nome.
5. Clique no rótulo de dado $150 para a Padaria em 2018. Todos os rótulos de dados para
a padaria têm indicadores de seleção. Pressione Excluir.
6. Repita a etapa 5 para os rótulos de dados Acessórios para café, Café/chá empacotado
e Delicatessen.
7. Clique no título Vendas Anuais, clique na barra de fórmula e depois digite Café, café
expresso e acessórios somente consistentes com aumento de vendas. Pressione Enter.
8. Você também pode ocultar séries de dados. Clique no botão Filtros de Gráfico do lado
direito do gráfico e, no grupo Série, clique em Padaria para desmarcá-la (veja a Figura 12-15).

Quando você aponta para a série, o gráfico Botão Filtros de Gráfico


destaca apenas essa série
Figura 12-15
Desmarque a série que você
não deseja que apareça no
gráfico

Botão Aplicar

9. Repita a etapa 8 para Café/chá embalado e Delicatessen e clique no botão Aplicar.


10. Depois de verificar o gráfico, você pode decidir que é melhor manter toda a série de
dados. Repita as etapas 8 e 9 para selecionar novamente as séries Padaria, Café/chá
embalado e Delicatessen e clique no botão Aplicar.
234 Lição 12

11. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Observação É importante lembrar que, se o gráfico estiver inserido na planilha ou localizado em uma planilha de
gráfico, ele estará vinculado aos dados da planilha. Todas as alterações feitas nos dados da planilha
serão refletidas no gráfico. Da mesma forma, se os dados da planilha forem excluídos, o gráfico
também será excluído.

Adição de séries de dados adicionais


Você talvez precise adicionar dados adicionais a um gráfico. Neste caso, o CEO da empresa pediu
para criar uma nova folha de dados que analisa café e expresso e café e chá embalados para ver se
você pode ver alguma nova tendência.

PASSO A PASSO Adicionar uma série de dados adicional

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior.


1. Clique com o botão direito do mouse na guia da planilha Vendas, selecione Mover ou
Copiar, role a tela até a parte inferior da lista Antes da planilha e selecione (mover para o
final). Clique na caixa de seleção Criar uma cópia e clique em OK. Clique duas vezes na
guia Vendas (2), digite Desp de Vendas e, em seguida, pressione Enter.
2. Na planilha Desp de Vendas, selecione A2:F7, clique na guia Inserir, clique no botão
Inserir Gráfico de Colunas ou Barras e, em seguida, em Coluna 2D, clique na opção
Colunas Agrupadas.
3. Insira linhas abaixo de Café e café expresso e Café/chá embalado. Edite os rótulos e os
valores como mostrado na Figura 12-16.

Figura 12-16
Edição de vendas anuais
com novas categorias

Novas linhas de dados não


aparecem no gráfico

4. Clique com o botão direito do mouse em uma área em branco do gráfico e escolha
Selecionar Dados. A caixa de diálogo Selecionar Fonte de Dados é aberta.
5. Clique no botão Adicionar e, na caixa Nome da série, clique na célula A4. Na caixa
Valores da série, exclua a entrada e arraste na planilha para selecionar as células B4:F4.
6. Clique em OK, em seguida, clique no botão Mover para Cima várias vezes para mover o
rótulo Cafés expresso/premium abaixo de Café como mostrado na Figura 12-17.
Criação de gráficos 235

Adicionar botão Botão Mover para cima

Figura 12-17
Adicionar séries de dados
adicionais com a caixa de
diálogo Selecionar fonte de
dados

7. Repita as etapas 5 e 6 com Chá embalado na célula A8 e os dados em B8:F8 para que o
rótulo fique abaixo de Café embalado. Clique em OK para aceitar as alterações e voltar
para a planilha.
8. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.

Redimensionamento de um gráfico
Você pode apontar para um canto de um gráfico ou o ponto médio de qualquer lado para exibir
as alças de dimensionamento (setas nos dois lados). Use as alças laterais para alterar a altura ou
largura do gráfico. Use as alças de dimensionamento do canto para alterar a altura e a largura. Neste
exercício, você aprende a redimensionar o gráfico.

PASSO A PASSO Redimensionar um gráfico

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior. A planilha Desp de Vendas deve
ser selecionada.
1. Na planilha Desp de Vendas, mova o ponteiro do mouse para o espaço em branco à
esquerda do título do gráfico. O mouse é uma seta de quatro pontas preta. Arraste o
mouse para mover o gráfico para a borda esquerda da planilha e abaixo da linha 11.
2. Mova o mouse para o canto inferior direito do gráfico. O ponteiro do mouse muda para
uma seta dupla diagonal. Arraste o ponteiro do mouse de modo que o canto inferior
direito esteja na célula H28. O gráfico se expande para ocupar mais espaço da tela e é
possível ver as colunas e a legenda com mais facilidade.
3. Clique no Título do Gráfico, clique na barra de fórmula e digite Vendas anuais detalhadas.
Clique em uma área em branco do gráfico e aponte para a alça de redimensionamento
central direita.
4. SALVAR a pasta de trabalho.

PAUSE. DEIXE a pasta de trabalho aberta para o próximo exercício.


236 Lição 12

Escolha de um tipo de gráfico diferente


Na maioria dos gráficos 2D e 3D, é possível alterar o tipo de gráfico e dar-lhe um aspecto
completamente diferente. Se um gráfico contiver várias séries de dados, você também poderá
selecionar um tipo de gráfico diferente para qualquer série de dados única, criando um gráfico
combinado. No entanto, não é possível combinar um gráfico 2D e um 3D.

PASSO A PASSO Escolher outro tipo de gráfico

PREPARE-SE. USE a pasta de trabalho do exercício anterior. A planilha Desp de Vendas deve
estar visível e o gráfico selecionado.
1. Clique na guia Design e selecione o botão Alterar Tipo de Gráfico. A caixa de diálogo
Alterar Tipo de Gráfico é aberta.
2. Clique em cada um dos tipos de gráfico à esquerda. Você verá um conjunto de ícones
diferentes representando subtipos de cada tipo de gráfico. Clique no botão Colunas.
C