Você está na página 1de 3

EPS http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.

asp#ancora_8

Lupa Calc.
HISTÓRIA DA AMÉRICA I
CEL0512_A1_201802230351_V1
Vídeo PPT MP3

Aluno: DANNY COSTA TEIXEIRA Matr.: 201802230351


Disc.: HIST. DA AMÉRICA I 2019.3 EAD (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu TESTE DE CONHECIMENTO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo
será composto de questões de múltipla escolha.

Após responde cada questão, você terá acesso ao gabarito comentado e/ou à explicação da mesma. Aproveite para se familiarizar com este
modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

1. Sobre a ocupação das primeiras populações ameríndias é FALSO afirmar:

O desenvolvimento da agricultura foi uma resposta a exigências ambientais e climáticas.


Nos planaltos frios dos atuais EUA o estilo de vida mais comum era o nomadismo ou o seminomadismo.
As maiores concentrações populacionais se deram a partir do desenvolvimento da agricultura.
As maiores concentrações populacionais ocorreram nas regiões onde hoje são o Equador e o Canadá.
O Alaska e o Canadá eram ocupados por populações seminômades devido às condições climáticas.

2. Por quais razões é importante o estudo e a compreensão das teorias acerca do povoamento da América?

Para compreender a conquista destes povos pelos europeus


Para analisar a estrutura militar e a inferioridade bélica que facilitou a conquista pelos conquistadores
Para compreender as organizações sociais dos povos ameríndios antes da chegada dos europeus.
Para rever conceitos superados acerca do continente americano, como a ideia de descobrimento.
Para avaliar as diferenças sócio politicas dos povos indígenas

3. Das características abaixo, quais podem ser associadas aos povos ameríndios sedentarizados?

I. Domesticar plantas e animais era uma necessidade, uma vez que fixos em uma região, não podiam mais percorrer grandes distâncias em busca
de oferta de alimentos.
II. A agricultura era uma atividade marginal, não ocupando papel muito importante na vida desses povos.
III. O maior nível de sedentarização ocorreu na América Central, devido às condições climáticas daquela região.
IV. Os Maias e os Astecas não eram povos sedentários, e por isso foram facilmente conquistados pelos espanhóis.

Apenas II e III estão corretas.


Apenas II, III e IV estão corretas.
Apenas I, III e IV estão corretas.
Apenas I e II estão corretas.
Apenas I e III estão corretas.

1 of 3 31/08/2019 19:42
EPS http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp#ancora_8

Gabarito
Coment.

4. Observe as afirmativas abaixo: (valor: 1,0). I O processo de povoamento das Américas foi comprovadamente feito a partir de um povo nativo
originário da região. As recentes descobertas realizadas no sítio denominado Clóvis, reforça essa tendência, pois foram encontrados nas três
regiões do continente os mesmos tipos humanos. II - As teorias que explicam o processo de povoamento primitivo das regiões americanas são
variadas, contemplando as travessias glaciais pelo Estreito de Bering, navegações de ilha em ilha, tanto nas Aleutas quanto na Polinésia, além do
uso de correntes marítimas capazes de favorecer até deslocamentos intercontinentais. III - A presença humana no continente americano é ainda
uma questão em processo de discussão. As datações divergem em alguns pontos e devido ao tipo de fontes usadas para a demarcação das
mesmas, como restos de fogueira. Entretanto, é consenso que humanos de traços físicos e culturais distintos habitaram primitivamente a região.
IV - O povoamento original das Américas pode ser sintetizado em ao menos três grandes experiências, fruto de processos migratórios indo-
europeus e malaios. Dessas, temos como resultantes diretas as experiências Asteca e Maia na América Central/Norte e a Inca, na América do Sul,
provando a questão da diversidade de etnias e de desenvolvimento cultural no período. Marque a resposta correta:

Apenas o item II é falso.


Os itens II e III são verdadeiros.
Os itens I e III são verdadeiros.
Os itens III e IV são falsos.
Apenas o item IV é verdadeiro.

Explicação:

O objetivo da questão é mostrar as possibilidades mais aceitáveis para as migrações que deram ensejo ao processo de povoamento primitivo das
Américas. As hipóteses atuais dão conta de sucessivas ondas migratórias, que teriam ocorrido pelo hemisfério sul e pelo Estreito de Bering.

5. O fóssil Luzia, encontrado em Lagoa Santa, Minas Gerais, põe em xeque a Teoria do Estreito de Bering porque:

Esta teoria estabelece a entrada do homem no continente há 12000 anos e este fóssil foi datada entre 11500 e 16400 anos
Os testes de datação de Luiz demonstram a tese de Niede Guidon de que o homem habita o continente americano há, pelo menos 100 mil
anos.
A entrada do homem americano, segundo a teoria de Bering, teria se dado pelo Norte, enquanto o fóssil foi achado ao sul do continente.
Os antropólogos estadunidenses concordam com a apresentação de Luzia como prova da falha na teoria do estreito.
Luzia foi o primeiro de diversos outros fosseis encontrados no Alaska que demonstram a falha na teoria de Bering.

Gabarito
Coment.

6. Qual foi a principal descoberta que fez com que a tese das múltiplas entradas migratórias como origem dos povos ameríndios tenha se tornado a
mais forte dentre as teses disponíveis?

A descoberta de que não havia nenhum traço africanoide (como os encontrados nas ilhas da Oceania) nos povos originais das Américas.
Apesar da descoberta do fóssil batizado de Luzia negar a tese das múltiplas entradas, outras descobertas reforçaram a tese de que o povo
americano foi fruto de migrações de locais e épocas diferentes.
A presença de uma cultura única em todo o território americano foi a prova definitiva de que houve múltiplas entradas (de norte a sul) na
composição das populações americanas.
Descobriu-se que era impossível o ser humano atravessar o Estreito de Bering, mesmo em períodos de muito frio.
A descoberta de Luzia, fóssil humano encontrado no interior de Minas Gerais, demonstrou que a datação da tese da única entrada era
impossível.

7. Qual tese sobre o povoamento da América é mais aceita pela arqueologia estadunidense?

A teoria do estreito de Gibraltar


A Tese Africana
A teoria de Lagoa Santa
A tese malaio-polinésia
A teoria do estreito de Bering

2 of 3 31/08/2019 19:42
EPS http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_exercicio.asp#ancora_8

8. Uma outra teoria para o povoamento do continente americano é a Teoria das Múltiplas Entradas, que defende que a ocupação se deu tendo
como ponto de entrada não apenas o Estreito de Bering, mas outros locais. Indique, abaixo, a opção que melhor explica as razões por ser essa
teoria considerada como possível.

Não há comprovação, pelos diversos exames e analises feitos em fosseis encontrados no continente americano, de que as origens das
primeiras populações sejam verdadeiramente asiáticas.
Devido divergências entre acadêmicos de diversas localidades, a Teoria das Múltiplas Entradas não e¿ reconhecida como uma teoria
cientifica.
Por "Múltiplas Entradas" entende-se que o continente americano teria sido ocupado por migrações que chagaram, por via marítima, depois
da era glacial, entrando pela costa da Colômbia e do Brasil.
Estudos realizados em fosseis encontrados no continente, baseados no DNA, apontam para uma origem africanóide, de uns, e asiática, de
outros.
Exames e analises levados a efeito em fosseis encontrados no continente americano, apontam sua origem africanoide, desmontando a ideia
de uma migração asiática pelo Estreito de Bering.

Explicação:

A análise de fósseis recentes como o de "Luzia" demonstram a presença na América do Sul, há mais de 11 mil anos, de indivíduos com traços
africanos. Isto se apresenta como um complicador para a tese da migração única pelo Estreito de Bering, na América do Norte, levantando a
hipótese de outras ondas migratórias ancestrais pelo Atlântico e pelo Pacífico Sul.

Legenda: Questão não respondida Questão não gravada Questão gravada

Exercício inciado em 31/08/2019 19:41:28.

3 of 3 31/08/2019 19:42