Você está na página 1de 5

Disciplina: Metrologia e Controle Dimensional - MCD

Prof ª Dra. Eliana Franco/ Profº Dr. Luiz V.O. Dalla Valentina

RELATÓRIO DE MEDIÇÃO
Aluna: Jenifer Larissa Roos.

1 – OBJETIVO

Através de um relógio comparador mecânico e um relógio comparador digital medir uma mesma
peça, a fim de obter dados experimentais metrológicos de suas dimensões. Além disso, com um
medidor de deslocamento elétrico indutivo verificar um dos planos de um bloco padrão. Sendo
assim, também há como objetivo o aumento do conhecimento sobre os equipamentos em si, tal
como as metodologias empregadas em cada medição.

2 – IDENTIFICAÇÃO DO SISTEMA DE MEDIÇÃO (SM)

 Relógio Comparador Mecânico

a) Tipo
- Fabricante: Mitutoyo
- Procedência (país de origem): Japão
- Código do Fabricante: 2046-08
- Número do Patrimônio: 019426

b) Parâmetros Característicos do SMC


- Intervalo de Indicação (II): 0,01 – 10 mm
- Intervalo de Medição (IM): 0,01 – 10 mm
- Valor de Uma Divisão (VD): 0,01 mm
- Resolução (R): 0,01 mm
- Erro Máximo (Emáx): 0,01 mm

 Relógio Comparador Digital

a) Tipo
- Fabricante: Mitutoyo
- Procedência (país de origem): Japão
- Código do Fabricante: 37160
- Número do Patrimônio: 21625

b) Parâmetros Característicos do SMC


- Intervalo de Indicação (II): 0,001 – 12,7 mm
- Intervalo de Medição (IM): 0,001 – 12,7 mm
- Incremento Digital (ID): 0,001 mm
- Resolução (R): 0,001 mm
- Erro Máximo (Emáx): 0,002 mm

 Medidor de Deslocamento Elétrico Indutivo

a) Tipo
- Fabricante: Tesa
- Procedência (país de origem): Suíça
- Código do Fabricante: 019561
- Número do Patrimônio: 019561

b) Parâmetros Característicos do SMC


- Intervalo de Indicação (II): ±10 µm
- Intervalo de Medição (IM): ±10 µm
- Incremento Digital (ID): 0,5 µm
- Resolução (R): 0,5 µm
- Erro Máximo (Emáx): 0,5 µm

3 – IDENTIFICAÇÃO DO OBJETO DE MEDIÇÃO


Neste procedimento foram utilizados três objetos para medição.

1. Peça padrão

Figura 1 – peça padrão vista frontal.


Figura 2 - peça padrão vista frontal e lateral.
2. Peça a ser comparada.

Figura 3 – peça a ser comparada vista Figura 4 – peça a ser comparada vista frontal
frontal. e lateral.

3. Bloco Padrão
Figura 5 – bloco padrão de cerâmica muito semelhante ao utilizado no procedimento.

4 – PROCEDIMENTO DE MEDIÇÃO

a) Procedimentos de medição empregados

Para realizar o procedimento de medição com todos os instrumentos, por primeiro limpou-se cada
equipamento com benzina a fim de retirar a vaselina. Tais procedimentos foram realizados sempre
utilizando luvas.
Foram empregados três procedimentos, um para cada tipo de peça; peça padrão, peça a ser
comparada e bloco padrão. Sendo esses:

- Procedimento (1 – Peça padrão): Foi realizada uma medida exatamente no centro da face
central.
- Procedimento (2 – Peça a ser comparada): Foi realizado um conjunto de cinco medidas.
Sendo quatro delas, uma em cada extremidade da face frontal e a quinta exatamente no
meio dessa mesma face.
- Procedimento (3 – Bloco padrão): Foram realizadas cinco medidas. Sendo a primeira bem
no centro do plano analisado, tida como padrão. E as outras quatro, uma em cada
extremidade.

Dessa forma, cada instrumento possui um modo de operação diferente. Sendo assim,

 Para o Relógio Comparador Mecânico

Depois de limpo, ajustou-se o relógio comparador ao apoio de mesa. Inseriu-se a peça padrão
abaixo do instrumento e foi aplicado o procedimento 1. Adequou-se ao zero no contador de
voltas e também se zerou o transdutor. Sendo assim, foi inserida a peça a ser comparada e
aplicou-se o procedimento 2, e assim anotou-se cuidadosamente os resultados obtidos.

 Para o Relógio Comparador Digital

Depois de limpo, ajustou-se o relógio comparador ao apoio de mesa. Inseriu-se a peça padrão
abaixo do instrumento e foi aplicado o procedimento 1. O painel digital foi zerado. Sendo assim,
foi inserida a peça a ser comparada e aplicou-se o procedimento 2, e assim anotou-se
cuidadosamente os resultados obtidos.

 Para o Medidor de Deslocamento Elétrico Indutivo

Depois de limpo e ligado, inseriu-se o bloco padrão no aparelho. Localizou-se o centro da face e o
ponteiro foi zerado. Sendo assim, aplicou-se o procedimento 3 e anotou-se cuidadosamente os
resultados obtidos.

Depois de anotados todos os dados referentes ao procedimento, prosseguiram-se com os


cálculos de média dos valores de indicação (MI), desvio padrão (s) e erro máximo (𝐸𝑚á𝑥 ) através
das respectivas fórmulas:

(∑𝑛
𝑖=1 𝐼𝑖 )
 𝑀𝐼 =
𝑛
∑𝑛
𝑖=1(𝐼𝑖 −𝑀𝐼)
2
 𝑠= √ 𝑛−1
 𝐸𝑚á𝑥 = √(𝐸𝑚á𝑥𝐶𝐷 )2 + (𝐸𝑚á𝑥𝑀𝐷 )2 + (𝐸𝑚á𝑥𝑃𝑃 )2 , sendo
- CM = Coluna de Medição
- MD = Medidor Diferencial
- PP = Peça Padrão

b) Condições ambientais dos procedimentos de medição.

A condição de temperatura ambiente no laboratório durante o processo de medição foi de 23 ºC.

5 – RESULTADOS DA MEDIÇÃO
 Apresentação dos Dados Brutos (Indicações).

Posição Indicação (mm) Posição Indicação (mm)


Centro 0,02 Centro 0,028
Relógio Relógio
1 -0,03 1 0,004
Comparador Comparador
2 -0,05 2 0,035
Mecânico Digital
3 -0,04 3 0,010
4 -0,07 4 0,050

Posição Indicação (µm)


Medidor de Centro Padrão
Deslocamen 1 0,5
to Elétrico 2 0,5
Indutivo 3 0
4 -1

 Processados (Média (MI), Desvio Padrão (s) e Erro Máximo (𝐸𝑚á𝑥 )).

O cálculo do erro máximo se dá pela fórmula 𝐸𝑚á𝑥 = √ (𝐸𝑚á𝑥𝐶𝐷 ) 2 + (𝐸𝑚á𝑥𝑀𝐷 ) 2 + (𝐸𝑚á𝑥𝑃𝑃 ) 2, uma
vez que todos os corpos a serem analisados são rígidos então, o erro associado à coluna de
medição equivale à zero. Além disso, o erro associado à peça padrão é comum a todas as peças
no valor de 0,005 mm.

𝑬𝒎á𝒙
Instrumento MI (mm) S (mm)
(mm)
Relógio 𝑬𝒎á𝒙
Instrumento MI (mm) S (mm)
Comparador -0,034 0,034 0,011 (mm)
Mecânico Medidor de
Deslocamento
0,0 0,001 0,005
Elétrico e
𝑬𝒎á𝒙 Indutivo
Instrumento MI (mm) S (mm)
(mm)
Relógio
Comparador 0,026 0,019 0,006
Digital

 Resultados de Medição (RM)

- Diferença máxima entre o centro da peça padrão e da peça a ser comparada através do
relógio comparador mecânico:

∆𝐿𝑚á𝑥 = 𝑀𝐼 ± 𝐸𝑚á𝑥
𝑹𝑴 = (−𝟎, 𝟎𝟑𝟒 ± 𝟎, 𝟎𝟏𝟏) mm
O negativo deve-se ao fato de que a média das extremidades está a uma altura inferior em
relação ao centro.

- Diferença máxima entre o centro da peça padrão e da peça a ser comparada


através do relógio comparador digital:

∆𝐿𝑚á𝑥 = 𝑀𝐼 ± 𝐸𝑚á𝑥
𝑅𝑀 = 0,0254 ± 0,006
𝑹𝑴 = (𝟎, 𝟎𝟐𝟔 ± 𝟎, 𝟎𝟎𝟔) mm

- Diferença máxima entre o centro do bloco padrão e de suas extremidades através


do medidor de deslocamento elétrico indutivo:

∆𝐿𝑚á𝑥 = 0 ± 𝐸𝑚á𝑥
𝑅𝑀 = 0 ± 0,005
𝑹𝑴 = (𝟎, 𝟎𝟎𝟎 ± 𝟎, 𝟎𝟎𝟓) mm

6- CONCLUSÃO

Observou-se através dos resultados obtidos e da comparação dos mesmo que as medições feitas
para a peça padrão e para a peça a ser comparada, através do relógio comparador digital, foram
as que apresentaram a menor incerteza expandida (𝐸𝑚á𝑥 ) e, assim, a melhor diferença máxima.
Também se pode observar tamanha a precisão do medidor de deslocamento elétrico indutivo,
uma vez que mede tão pequenas variações, e o quão precisa é a fabricação de um bloco padrão,
esse apresentou o menor desvio padrão.

Dessa forma, infere-se que para variações muito pequenas indica-se o medidor de deslocamento
elétrico indutivo, já para variações que desprendem de tão grande precisão, indica-se o relógio
comparador digital.

Sempre deve se considerar todas as fontes de erro possíveis na leitura das indicações. Essas são
a variação nas condições do ambiente, o erro humano, a imprecisão do instrumento de medição e
entre outras fontes.

7- REFERÊNCIAS

<https://www.wodonis.com.br/login?ReturnUrl=%2fbloco-padrao-ceramica-classe-0-
20mm-613672-021-011243> acessado em: 17 de junho de 2019.

GONÇALVES Jr, A. A.; SOUZA, A. R. De. Fundamentos de metrologia científica e


industrial. Editora Manole, 2008.

Você também pode gostar