Você está na página 1de 9

Filosofia / Sociologia

Processo de Socialização

Resumo

Filosofia / Sociologia Processo de Socialização Resumo Um dos fatores essenciais no âmbito da construção das
Filosofia / Sociologia Processo de Socialização Resumo Um dos fatores essenciais no âmbito da construção das

Um dos fatores essenciais no âmbito da construção das sociedades é chamado de processo de socialização. É justamente a partir desse processo que há a interação e integração dos indivíduos na sociedade a qual pertencem, através do aprendizado de hábitos, regras e saberes vinculados a uma determinada cultura. Assim, o processo de socialização permite a assimilação de hábitos culturais e guia o aprendizado social dos indivíduos, que irão assimilar os valores e regras da sociedade específica da qual fazem parte. A educação, por exemplo, é um componente fundamental do processo de socialização, a partir do qual as crianças se reconhecem como parte de um todo social, geralmente pelo contato com a geração adulta.

Todas as relações sociais estabelecidas pelos indivíduos ao longo de sua vida irão contribuir para o processo de socialização. Pelo contato com as normas, valores e diferentes grupos sociais acontecerá a socialização do indivíduo, numa teia complexa dentro da qual todas as pessoas moldarão seus hábitos e condutas. É evidente que os processos de socialização são diferentes de acordo com a sociedade em questão. Podemos dizer, nesse sentido, que o processo de socialização de uma criança educada num espaço urbano será diferente, por exemplo, da socialização de uma criança que vive campo. Da mesma forma que podemos perceber que o processo de socialização de uma criança numa determinada tribo indígena pode apresentar muitas diferenças em relação ao mesmo processo numa outra tribo indígena. Em geral, há dois tipos principais de socialização, a socialização primária e a socialização secundária.

A primeira diz respeito à socialização que ocorre através da família, quando a criança entrará em contato com

a linguagem e estabelecerá suas primeiras ralações sociais. Já aqui haverá a internalização de diversas

normas que serão fundamentais para o segundo estágio do processo de socialização. A socialização secundária diz respeito ao estabelecimento de papéis sociais que surgirão da relação e interação com o mundo e com outros atores sociais além da própria família. Como um exemplo de instituição que contribui para o estabelecimento uma socialização primária, podemos citar a escola.

Quer ver este material pelo Dex? Clique aqui

Filosofia / Sociologia

Exercícios

Filosofia / Sociologia Exercícios

1. Nenhum dos filmes que vi, e me divertiram tanto, me ajudou a compreender o labirinto da psicologia

humana como os romances de Dostoievski ou os mecanismos da vida social como os livros de

Tolstói e de Balzac, ou os abismos e os pontos altos que podem coexistir no ser humano, como me

ensinaram as sagas literárias de um Thomas Mann, um Faulkner, um Kafka, um Joyce ou um Proust.

As ficções apresentadas nas telas são intensas por seu imediatismo e efêmeras por seus resultados.

Prendem-nos e nos desencarceram quase de imediato, mas das ficções literárias nos tornamos

prisioneiros pela vida toda. Ao menos é o que acontece comigo, porque, sem elas, para o bem ou para

o mal, eu não seria como sou, não acreditaria no que acredito nem teria as dúvidas e as certezas que

me fazem viver.

(Mario Vargas Llosa. “Dinossauros em tempos difíceis”. www.valinor.com.br. O Estado de S. Paulo, 1996. Adaptado.)

Segundo o autor, sobre cinema e literatura é correto afirmar que

a) a ficção literária é considerada qualitativamente superior devido a seu maior elitismo intelectual.

b) suas diferenças estão relacionadas, sobretudo, às modalidades de público que visam atingir.

c) as obras literárias desencadeiam processos intelectualmente e esteticamente formativos.

d) a escrita literária apresenta maior afinidade com os padrões da sociedade do espetáculo.

e) as duas formas de arte mobilizam processos mentais imediatos e limitados ao entretenimento.

2. Os seres humanos são formados socialmente. A sociologia aborda esse processo de constituição

social dos seres humanos com o termo “socialização”. Desde Marx e Durkheim, passando pela escola

funcionalista até chegar aos sociólogos contemporâneos, esse é um tema fundamental da sociologia,

mesmo sem usar esse termo. Alguns sociólogos atribuem um caráter repressivo e coercitivo ao

processo de socialização em determinadas épocas e sociedades. A socialização, na sociedade

moderna, seria diferente da que ocorre em outras sociedades. A letra da música a seguir apresenta

elementos desse processo de socialização moderna.

Filosofia / Sociologia

Filosofia / Sociologia PRESSÃO SOCIAL   Plebe Rude Há uma espada sobre a minha cabeça Há

PRESSÃO SOCIAL

 

Plebe Rude

Há uma espada sobre a minha cabeça

Há uma espada sobre a minha cabeça

É

uma pressão social que não quer que

É

uma pressão social que não quer que

eu me esqueça

eu me esqueça

Que tenho que estudar

Que eu tenho que conformar

que eu tenho que trabalhar

conformar é rebelar

que tenho que ser alguém

que eu tenho que rebelar

não posso ser ninguém

rebelar é conformar

Há uma espada sobre a minha cabeça

E

quem conforma o sistema engole

É

uma pressão social que não quer que

e

quem rebela o sistema come

eu me esqueça

 
 

Disponível em:

Que a minha vitória é a derrota de alguém

e o meu lucro é a perda de alguém

<http://www.vagalume.com.br/plebe-

rude/pressao-social-original.html>.

Acesso em: 16/03/2016

que eu tenho que competir

 

que eu tenho que destruir

A letra da música apresenta o processo de

a) socialização de grupos subalternos que são altamente competitivos e voltados para o lucro e a vitória competitiva independente de qualquer consideração ética.

b) imposição dos valores dos pequenos comerciantes que precisam de educação escolar e aprendem a ter o lucro como objetivo principal de sua empresa.

c) imposição de elementos da sociabilidade moderna, tais como escolarização e trabalho visando ascender socialmente e vencer a competição social.

d) socialização nos países subdesenvolvidos, nos quais a falta de oportunidades e de riquezas gera uma forte competição social.

e) imposição de uma socialização fundada na racionalização, marcada por uma valoração da razão e dos sentimentos.

3. “Os sociólogos estabelecem distinção entre a socialização primária e a socialização secundária. A

socialização primária é o processo por meio do qual a criança se transforma num membro participante

da sociedade. A socialização secundária compreende todos os processos posteriores, por meio dos

quais o indivíduo é introduzido em um mundo específico. Qualquer treinamento profissional, por

exemplo, constitui um processo de socialização secundária.”

(BERGER, P. L. e BERGER, B., “Socialização: como ser membro da sociedade”. In FORACCHI, M. M. e MARTINS, J. S.,

Sociologia e Sociedade Leituras de introdução à Sociologia.

Rio de Janeiro: LTC Editora, 1999. p. 213-4)

Filosofia / Sociologia

Filosofia / Sociologia Considerando o texto acima reproduzido, é CORRETO afirmar que a) a socialização é

Considerando o texto acima reproduzido, é CORRETO afirmar que

a) a socialização é um fenômeno que ocorre apenas nos anos inciais da vida.

b) a socialização primária é aquela que ocorre no ambiente familiar e a secundária é aquela que ocorre apenas nas escolas.

c) as pessoas nascidas em famílias bem estruturadas não precisam passar por processos de socialização secundária.

d) apenas as sociedades industrializadas apresentam processos de socialização secundária.

e) a socialização é um processo que se inicia quando nascemos e nunca chega ao fim.

4.

O que pode acontecer a um indivíduo caso ele não tenha possibilidade de se socializar com ninguém?

Assinale a alternativa correta sociologicamente.

a) Ele ficará sozinho e sem amigos, tornando-se uma pessoa violenta.

b) Ele provavelmente não sobreviverá em sociedade e terá grandes dificuldades para se comunicar.

c) Ele será encaminhado para uma instituição de caridade.

d) Ele não se reconhecerá como pessoa, uma vez que não terá conhecido o significado da palavra “amor”.

e) Ele se tornará um empecilho para seus pais, um problema para a sociedade e não quererá viver.

5.

e) Ele se tornará um empecilho para seus pais, um problema para a sociedade e não
e) Ele se tornará um empecilho para seus pais, um problema para a sociedade e não

Filosofia / Sociologia

Filosofia / Sociologia Os quadrinhos acima apresentam a construção de uma figura social, o monstro. Tendo

Os quadrinhos acima apresentam a construção de uma figura social, o monstro. Tendo em conta a teoria sociológica, podemos dizer que:

a) O monstro surge a partir de um processo social que cria sujeitos rejeitados e desajustados.

b) O monstro é uma figura que já desde o nascimento se mostra desajustada em relação à sociedade.

c) Somente as crianças são monstruosas.

d) Os monstros correspondem a uma forma de classificação escolar dos seus estudantes.

e) Há, na sociedade contemporânea, uma grande preocupação em fazer com que a monstruosidade seja apagada da personalidade das pessoas.

6. Leia.

Sei que os anos vão passando e eu amando mais você. Dedicando sempre um amor sem fim, bons momentos de paixão e de felicidade.

E eu sempre acreditei que o seu amor era verdade.

Você sempre jurou a mim eterno amor, que um dia casaria comigo e seria feliz. Mas você mentiu, e eu vi que estava errado. Um dia vi você sair com o ex-namorado.

Eu vou te deletar, te excluir do meu Orkut. Eu vou te bloquear no MSN. Não me mande mais scraps, nem e-mails, PowerPoint. Me exclua também e adicione ele.

Ewerton Assunção. Eu vou te excluir do meu Orkut.

A música, acima, acaba por apresentar um aspecto novo da socialização existente na sociedade contemporânea. Que aspecto é esse?

a) O aumento da importância da internet como mediadora das relações sociais.

b) A relevância sociológica do amor para as relações amorosas.

c) A traição como fato social total.

d) A persistência da traição nas relações sociais.

e) O desejo pela posse de meios de comunicação.

7. Hoje em dia, muitos pais acreditam que, a partir de certa idade, devem delegar a educação de seus

filhos à escola, pois já cumpriram seu papel até ali, e nada podem acrescentar para o filho, não melhor

do que faria o colégio.

A questão é que estão enganados. Os pais são os melhores professores de seus filhos, e sempre serão.

Mas quando digo professores, não me refiro aos ensinamentos de matérias como o português ou a matemática, e sim ao desenvolvimento de virtudes e capacidades relacionadas a todos os âmbitos de seu ser, pois sabemos que o ser humano não é apenas composto por seu lado racional (aqui me refiro aos aprendizados puramente escolares).

Fonte: <http://www.serfamilia.com.br/educacao/uma-parceria-ideal.html>. Acesso em 03 nov. 2012.

O discurso acima procura evidenciar a importância da família para a educação da criança. Do ponto de

vista sociológico, o que está ocorrendo é:

a) A democratização do ensino público.

b) A afirmação da autonomia individual em detrimento da sociedade.

c) A defesa da importância da família para a primeira socialização dos indivíduos.

d) A divisão da instituição educacional.

e) O aumento da anomia social.

Filosofia / Sociologia

Filosofia / Sociologia 8. “Socialização significa o processo pelo qual um indivíduo se torna um membro

8. “Socialização significa o processo pelo qual um indivíduo se torna um membro ativo da sociedade em

que nasceu, isto é, comporta-se de acordo com seus folkways e mores [

sociedade, por suas exigências sobre os indivíduos determina, em grande parte, o tipo de personalidade

que predominará. Naturalmente, numa sociedade complexa como a nossa, com extrema

heterogeneidade de padrões, haverá consideráveis variações. Seria, portanto, exagerado dizer que a

cultura produz uma personalidade totalmente estereotipada. A sociedade proporciona, antes, os limites

dentro dos quais a personalidade se desenvolverá”.

Há pouca dúvida de que a

].

Fonte: KOENIG, S. Elementos de Sociologia. Tradução de Vera Borda, Rio de Janeiro, Zahar Editores, 1967, p. 70-75.

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar:

a) Existe uma interação entre a cultura e a personalidade, o que faz com que as individualidades sejam influenciadas de diferentes modos e graus pelo ambiente social.

b) Apesar de os indivíduos se diferenciarem desde o nascimento por dotes físicos e mentais,

desenvolvem personalidades praticamente idênticas por conta da influência da sociedade em que vivem.

c) sociedade impõe, por suas exigências, aprovações e desaprovações, o tipo de personalidade que

A

o indivíduo terá.

d) indivíduo já nasce com uma personalidade que dificilmente mudará por influência da sociedade

O

ou do meio ambiente.

e) São as tendências hereditárias e não a sociedade que determinam a personalidade do indivíduo.

9. “Pesquisadores das universidades britânicas de Glasgow e Bristol acompanharam os hábitos de 9.000

crianças nos últimos catorze anos. Concluíram que o ambiente no qual elas foram educadas teve tanta

influência nos casos de obesidade infantil quanto a herança genética. O estudo identificou oito fatores

que podem levar à obesidade a partir dos 7 anos, dos quais destacam-se, aqui, dois: crianças com mais

de 3 anos que permanecem diante da TV mais de oito horas por semana têm tendência ao

sedentarismo e à superalimentação; filhos de pais obesos podem, além de herdar características

genéticas de obesidade, imitar seu comportamento.”

(Veja, ano 38, n. 23, p. 37, 8 jun. 2005.)

Com base no texto, é correto afirmar:

a) O fato de filhos de pais obesos serem obesos indica que a causa da obesidade infantil é necessariamente genética.

b) Escolarização e incidência de obesidade infantil são diretamente proporcionais, revelando o equívoco dos conceitos sobre alimentação e saúde.

c) Fatores biológicos e a construção de hábitos alimentares no processo de socialização da criança são determinantes na obesidade infantil.

d) interdição das crianças à televisão é uma medida que elimina o risco da obesidade infantil.

e) sedentarismo, a superalimentação e o ambiente no qual as crianças são educadas são fatores

A

O

de obesidade infantil circunscritos aos povos de origem anglo-saxã.

Filosofia / Sociologia

Filosofia / Sociologia 10. Se vamos ter mais tempo de lazer no futuro automatizado, o problema

10. Se vamos ter mais tempo de lazer no futuro automatizado, o problema não é como as pessoas vão

consumir essas unidades adicionais de tempo de lazer, mas que capacidade para a experiência terão

as pessoas com esse tempo livre. Mas se a notação útil do emprego do tempo se torna menos

compulsiva, as pessoas talvez tenham de reaprender algumas das artes de viver que foram perdidas

na Revolução Industrial: como preencher os interstícios de seu dia com relações sociais e pessoais;

como derrubar mais uma vez as barreiras entre o trabalho e a vida.

THOMPSON, E. P. Costumes em comum: estudos sobre a cultura popular tradicional. São Paulo: Cia. das Letras, 1998 (adaptado).

A partir da reflexão do historiador, um argumento contrário à transformação promovida pela Revolução Industrial na relação dos homens com o uso do tempo livre é o(a)

a) intensificação da busca do lucro econômico.

b) flexibilização dos períodos de férias trabalhistas.

c) esquecimento das formas de sociabilidade tradicionais.

d) aumento das oportunidades de confraternização familiar.

e) multiplicação das possibilidades de entretenimento virtual.

Filosofia / Sociologia

Gabarito

Filosofia / Sociologia Gabarito

1. C

[Resposta do ponto de vista da disciplina de Português]

É correta a opção [C], pois, no último período do texto, Mario Vargas Llosa afirma que a literatura é

elemento fundamental para a sua formação: “sem elas, para o bem ou para o mal, eu não seria como sou, não acreditaria no que acredito nem teria as dúvidas e as certezas que me fazem viver”.

[Resposta do ponto de vista da disciplina de Sociologia]

A análise sociológica possível de ser feita em consonância com o argumento do texto é considerar a

leitura de obras literárias um elemento de socialização. Assim, a única alternativa que está de acordo com essa linha argumentativa é a [C], dado que todo processo de formação é também um processo de socialização.

2. C

A letra da música faz referência à imposição de valores e comportamentos exteriores aos indivíduos. Tais

valores representam o ideal de sucesso individual e de competitividade, típicos da sociedade capitalista contemporânea.

3. E

A socialização corresponde ao processo pelo qual um indivíduo passa a fazer parte de uma sociedade,

incorporando hábitos, gostos, normas e símbolos que são próprios dessa sociedade. Pelo fato de a sociedade estar sempre em mudança, esse processo nunca termina, tal como afirma a alternativa [E].

4. B

A alternativa [B] é a única correta. Um indivíduo que não se socializa é um indivíduo que não aprende a

linguagem social. Um exemplo clássico é o chamado Victor de Aveyron, garoto que foi encontrado em uma floresta francesa no século XVIII.

5. A

A alternativa [A] é a única correta. O processo que cria “sujeitos monstruosos” é social, pois depende da

interação dos indivíduos e da consequente rejeição de alguns deles.

6. A

A internet cria novos ambientes de socialização e novas regras sociais que devem ser seguidas. Ainda

que a música pareça uma simples paródia ou brincadeira, ela consegue evidenciar a importância da internet para as relações sociais contemporâneas.

7. C

A família tem um papel importante na socialização das crianças e é por isso que ela também carrega a

função de educá-la. Isso significa não somente educar de maneira escolar, mas valorizando sempre o tipo de ser humano que a sociedade considera ideal.

8. A

Segundo a corrente interacionista da sociologia, no processo de socialização ocorre uma relação dialética entre a cultura e a personalidade. A sociedade (ou cultura), construída pelo sujeito, o condiciona e determina qual a matriz sobre a qual o indivíduo pode construir sua personalidade pessoal. Nesse sentido, podemos dizer que a individualidade é socialmente condicionada e, por isso, somente a alternativa [A] é correta.

Filosofia / Sociologia

9. C

Filosofia / Sociologia 9. C Uma análise sociológica do problema proposto permite relacionar o processo de

Uma análise sociológica do problema proposto permite relacionar o processo de socialização das crianças com a obesidade infantil, dado que os filhos de pais obesos tendem a se manter obesos. Nesse sentido, fatores de ordem social apresentam praticamente o mesmo efeito que fatores de ordem biológica.

10. C

Pelo argumento do texto, a transformação do tempo livre em tempo de trabalho e produção fez com que as pessoas se desacostumassem a ocupar seu tempo com relações sociais e pessoais. Esse seria o desafio contemporâneo, bem expresso na alternativa [C].