Você está na página 1de 1

OBSERVAÇÃO NA PESQUISA E NA INTERVENÇÃO EDUCACIONAL A BUSCA DA COERÊNCIA OPERACIONAL

A coerência operacional atualmente envolve a metodologia de observação na pesquisa e na intervenção educacional em destaque as ciências sociais várias definições são encontradas a partir da definição de observação como técnica que o observador participante enfrenta.

Mais dificuldades para manter a objetividade por influenciar e ser influenciado é bem comum nesse meio, por isso se faz necessário esse refinamento do processo é a objetividade originária das ciências exatas juntamente com a técnica de observação. Como na maioria das áreas quando vêm as críticas dificulta bastante o seguimento do trabalho e colocando em cheque a questão da participação do pesquisador nesse processo levando à criação de uma nova estratégia de pesquisa intitulada de observação participante.

Com isso percebe se a real importância de observar com atenção, colocar um olhar mais apurado de como o observador deve atuar e também como não deve, tanto como prática científica como prática cotidiana. Ela tem sido caracterizada pelo uso dos sentidos com vistas a adquirir conhecimentos necessários à atuação do agente em um determinado campo onde o mesmo almeja atuar.

De modo geral, de lá para cá, a observação, como técnica de pesquisa, tem sido apontada como um dos elementos fundamentais desse processo, pois estão presente na escolha e formulação do problema, na construção das hipóteses e na coleta, análise e interpretação dos dados fazendo o observador a conhecer melhor a realidade de sua provável futura profissão.

ANTONIO JANIEL DE SOUSA ABREU