Você está na página 1de 21

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

CURSO DE PEDAGOGIA

TAUANE SANTOS DA SILVA RA: 2364247006

PROJETO INTEGRADOR I:
O PAPEL DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM INFANTIL

Mirassol D’ Oeste - MT
2019
TAUANE SANTOS DA SILVA RA:2364247006

PROJETO INTEGRADOR I

Relatório apresentado à Uniderp, como


requisito parcial para o aproveitamento da
disciplina Estágio Curricular em Pedagogia I:
Educação Infantil, do Curso de Pedagogia.

Docente supervisor: Prof. Paula Fernanda


Belebecha Perreira

Mirassol D’ Oeste - MT
2019
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ............................................................................................................ 3

1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO .................................. 4


2 CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO Error! Bookmark not defined.
3 DIÁRIO DAS OBSERVAÇÕES ........................... Error! Bookmark not defined.
4 PLANOS DE AULA ............................................................................................. 8
5 DIÁRIO DAS REGÊNCIAS ................................................................................ 15

CONSIDERAÇÕES FINAIS ...................................................................................... 19

REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 20
3

INTRODUÇÃO

O presente relatório tem por finalidade descrever as horas atividades do Estágio


Curricular Obrigatório do curso de Pedagogia da Universidade Anhanguera-UNIDERP,
realizado na Escola Municipal Fernão Dias Paes. Neste relatório, buscamos apresentar
elementos que possibilitam uma reflexão sobre a importância do Estágio supervisionado para
os alunos do curso de pedagogia, pois consideramos que este é um espaço rico de
possibilidades de articulação entre teoria e prática realizar o relatório das práticas educativas
nos dá oportunidade não só de socializar o contexto real encontrado na sala de aula durante o
Estágio supervisionado, mas ainda permitem repensar tanto a relação que fazemos entre teoria
e prática, quanto os teóricos e materiais lidos e compartilhados durante o nosso processo
formativo.
Sabemos que o curso Pedagogia da Universidade Anhanguera ainda apresenta um
curricular bastante teórico, mas, ao mesmo tempo, nos oferece a oportunidade de vivenciar a
prática nas redes Municipal e Estadual de ensino da nossa cidade considerou o estágio
curricular um dos momentos mais ricos e importantes em aprendizagens significativas com o
aluno de graduação se depara ao longo do curso, já que traz situações reais, proporcionando
aos educandos espaços de reflexão-ação-reflexão, como defende Paulo Freire, das práticas
pedagógicas no processo de ensino e aprendizagem o trabalho está dividido em capítulos
organizados por temáticas diversas alguns apresentam subitens, que consideramos de extrema
importância para a compreensão das atividades realizadas durante o estágio supervisionado no
decorrer das escritas, registramos imagens que foram feitas durante o processo de intervenção
e observação.
A escolha por inseri-las neste trabalho se dá porque compreendemos que facilitam o
entendimento do leitor e expõem alguns desses momentos de formação, principalmente nos
segmentos destinados as práticas educacionais desenvolvidas em sala de aula no primeiro
momento, destacamos a importância do estágio para a formação do futuro educador.
4

1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO

A Escola Municipal Fernão Dias Paes, tel. (065)99636-8381, C.N.P.J.


02.585.084/0001-06. Fica situada na Rua Fernão Dias Paes, s/n, no distrito de São José do
Pingador, cidade de Lambari D’ Oeste-MT, CEP: 78.278-000.
A escola municipal foi criada em 1990. A equipe pedagógica é constituída por:
Coordenador Pedagógico da escola Benedito, Diretor Josué Ferreira.
A escola funciona das 08:00 horas ás 16:00 horas, os níveis de ensino que a escola
atende em um único período, pois a maioria dos alunos não moram na comunidade e precisam
de transporte escolar:
Período da tarde:
Educação Infantil 04 e 05 anos;
Fundamental (séries iniciais): 06 a 09 anos;
Fundamental ( anos finais): 10 á 14 anos;
Há grande empenho por parte dos professores, oferecendo maior atenção a todos que
apresentam dificuldades de aprendizagem. Os alunos que necessitam de atendimento
especializado são encaminhados para avaliação medica psicológica, fonoaudiológica ou
psicopedagógica, onde em seguida são encaminhados para a sala de recursos da escola.
Os professores são responsáveis, dedicados, buscam orientação junto a supervisão e em
outras fontes para que possam aperfeiçoar o atendimento aos alunos.
5

2 CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO

A Escola Municipal Fernão dias Paes possui nesse ano de 2019 o total de 196 alunos.
Possuindo 12 salas de aula, sendo que uma das salas é a sala de recursos, funcionando no
período da tarde. Tem exatamente 27 (vinte sete) funcionários sendo distribuídos nas
seguintes funções: 1(um) Diretor, 1(um) Coordenador Pedagógico, 1(uma) Secretaria, 1(uma)
gerente de setor, 16(dezesseis) professores, 3 (três) Merendeiras, 3 Funcionarias da limpeza e
1 (uma) Auxiliar de Serviços Gerais.
A estrutura física da escola se dá da seguinte forma: uma secretaria com 2(dois)arquivos e
1(um) armário de aço, 3(três) mesas e 3(três) cadeiras, 1(um) computador, 1(uma) impressora
e 1(uma) caixa de som; Uma sala dos professores também equipada com: 1(um) armário de
aço, 4(quatro) mesas e 11(onze) cadeiras, 2(dois) computadores, 1(uma) impressora, um
banheiro dentro da sala dos professores; Uma cozinha com 1(um) fogão e uma geladeira,
eletrodomésticos, pia, utensílios de cozinha, 22 mesas com bancos para as crianças; Uma
biblioteca; Pátio amplo e também no interior da escola e banheiro para meninas e para
meninos apropriado para a idade das crianças; Um deposito; Um almoxarifado; Vários
brinquedos.
As crianças começam a chegar por volta de meia hora antes de tocar o sinal, onde se colocam
em filas organizadas em frente de suas salas.
A decoração das salas de aula é feita quase sempre pelas próprias crianças, que decoram o
alfabeto, cartazes com datas de aniversario de cada criança.
6

3 DIÁRIO DAS OBSERVAÇÕES

No dia 26 de abril, das 12h00min às 16h00min horas, a turma do Pré I, foi observada.
A turma possui 13 alunos e é regida por uma professora Sandra Meneses.
A sala é decorada com muitas figuras e desenhos de flores, animais e alfabeto
colorido.
A aula iniciou com Músicas de boa tarde, oração, leitura do alfabeto e historias
infantis.
Durante as quatro horas de aulas observadas, foram passadas atividades das vogais,
letrinha O e desenhos para colarem pedaços de papel colorido até a hora do intervalo que
ocorre às 13h40min horas as crianças saíram para o pátio em fila indiana com bastante
organização.
Após o intervalo que se deu ás 14h10min horas, as crianças voltaram pra as atividades
proposta pela professora.
A aula transcorreu com bastante disciplina e envolvimento dos alunos o termino da
aula se deu as 16h00min horas.

DIA 29/04/2019-SEGUNDA-FEIRA
A tarde começou com uma oração e em seguida cantaram algumas musicas infantis, sentados
em roda no fundo da sala a professora fez a leitura ambiente e em seguida a chamada. Passa o
cabeçalho na lousa e numerais de 0 a 10.
Trabalhando a escrita do nome de cada um dos alunos.
Depois do intervalo a professora passou o filme “ a bela e a fera”.
DIA 30/04/2019-TERÇA-FEIRA
Neste dia a turma Pré II foi observada, a turma possui 17 alunos e é regida pela
professora Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba. A sala de aula e decorado com cartazes
em que se encontravam figuras geométricas, vogais, numerais, alfabeto, cartazes com imagens
de instrumentos musicais e atividades realizadas pelas próprias crianças.
A aula começou com oração e em seguida musicas infantil.
Durante as quatro horas de aulas observadas, foram passadas atividades de leitura do
alfabeto e as vogais até a hora do intervalo que ocorre as 13h40min horas as crianças saíram
para o pátio em fila indiana com bastante organização.
Após o intervalo que se deu ás 14h10min horas, as crianças voltaram pra as atividades
proposta pela professora.
7

DIA 02/05/2019 QUARTA-FEIRA


A tarde começou com uma oração e em seguida cantaram algumas musicas infantis,
sentados em roda no fundo da sala a professora fez a leitura ambiente e em seguida a
chamada. Passa o cabeçalho e os numerais de 0 a 20. Passa atividades sobre o dia do trabalho.
DIA 03/05/2019 QUINTA-FEIRA
A tarde começou com uma oração e em seguida cantaram algumas musicas infantis,
sentados em roda no fundo da sala a professora fez a leitura ambiente e em seguida a
chamada. Passa o cabeçalho e a leitura dos numerais 0 a 20. Passa atividade de ligar peixinhos
aos aquários e aula de educação física com brincadeiras de roda, bolas e peças de montar.
DIA 06/05/2019 SEGUNDA-FEIRA
A tarde começou com uma oração e em seguida cantaram algumas musicas infantis,
sentados em roda no fundo da sala a professora fez a leitura ambiente e em seguida a
chamada.. Passa atividade de contar os peixinhos dos aquários e as vogais e em seguida cada
um começou a decorar um cartão para o dia das mães.

DIA 07/05/2019 TERÇA-FEIRA


A tarde começou com uma oração e em seguida cantaram algumas musicas infantis,
sentados em roda no fundo da sala a professora fez a leitura ambiente e em seguida a
chamada. Passa atividade sobre a higiene e a inicial dos nomes dos alunos, em seguida
ensaiaram uma musica para apresentação do dia das mães.

DIA 08/05/2019 QUARTA-FEIRA


A tarde começou com uma oração e em seguida cantaram algumas musicas infantis,
sentados em roda no fundo da sala a professora fez a leitura ambiente e em seguida a
chamada. Passa atividade de circular os números de 0 a 10 em meio as letras e a letra D, em
seguida ensaiaram uma musica para apresentação do dia das mães.

DIA 09/05/2019 QUINTA-FEIRA


A tarde começou com uma oração e em seguida cantaram algumas musicas infantis,
sentados em roda no fundo da sala a professora fez a leitura ambiente e em seguida a
chamada. Passa atividade sobre os seres vivos com recorte e colagem no caderno de cada um
e em seguida ensaiaram uma musica para apresentação do dia das mães.
8

4 PLANOS DE AULA
PLANO DE AULA – 1º DIA

Nome da instituição de ensino: Escola Municipal Fernão Dias Paes


Professor: Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba
Nível: PRÉ II
Período: Vespertino
Número de alunos: 17 alunos
Data: 20/05/2019
Tema da aula: Cuidados com o sol.

Objetivos:
 Despertar os cuidados que se deve ter ao se expor ao sol;
 Desenvolver noção de quantidade;
 Desenvolver escrita e memoria;
 Despertar a criatividade.

Conteúdo:
Linguagem oral;
Linguagem corporal;
Linguagem matemática.

Metodologia:
Primeiramente será feita ao momento de acolhida com apresentação da estagiária a
oração. Musicas Infantis, em seguida montar uma rodinha de conversa informal para
apresentar a historia do “ Boneco de Neve Zezé”, depois em folhas de oficio pedirmos aos
alunos para desenharem o boneco de neve Zezé, ao terminarem expor no varal da sala. Em
seguida desenvolver as atividades elaboradas pelo plano de aula desenvolvido pela professora,
para não atrapalhar o desenvolvimento dos alunos.

Recursos Didáticos:
Folha de oficio, lápis de grafite, lápis de cor e livro de historia.

Avaliação: Os alunos foram capazes de interagir com seus colegas, e de relatarem a


sequencia dos fatos acontecidos na historia, desenvolvendo assim sua concentração.

PLANO DE AULA – 2º DIA

Nome da instituição de ensino: Escola Municipal Fernão Dias Paes


Professor: Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba
Nível: PRÉ II
Período: Vespertino
Número de alunos: 17 alunos
Data: 21/05/2019
Tema da aula: As vogais
9

Objetivos:
 Reconhecer as vogais através de fichas, musicas, brincadeiras com dado e pescaria;
 Possibilitar o desenvolvimento da linguagem oral através das musicas e das vogais;
 Estimular o gosto pela musica;
 Desenvolver a coordenação motora viso-motor e a interação entre aluno/professor
através da brincadeira “ Pescaria das vogais”;
 Desenvolver a expressão corporal com a brincadeira da Dança da Cadeira.

Metodologia:
Primeiramente será feita ao momento de acolhida, a oração. Musicas Infantis. Aula
expositiva e dialogada das vogais; Apresentação de cartazes com figuras ilustrativas
representando as vogais; Cantar a musica das vogais gesticulando de maneira lúdica;
Brincadeira com o dado das vogais; Pescaria das vogais; Brincadeira da “Dança da cadeira”.
Em seguida desenvolver as atividades elaboradas pelo plano de aula desenvolvido pela
professora, para não atrapalhar o desenvolvimento dos alunos.

Recursos Didáticos: Avaliação: Cartazes; Dado; CD; Som; Vara; Peixe de papel; Cola;
Tesoura; Fita Adesiva; Arame; Cartolina; Pirulito; Balinha; Sacola plástica; Areia; Bacia.

Avaliação: Os alunos foram capazes de interagir com seus colegas, desenvolvendo assim sua
concentração e conhecimento das vogais.

.
PLANO DE AULA – 3º DIA
Nome da instituição de ensino: Escola Municipal Fernão Dias Paes
Professor: Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba
Nível: PRÉ II
Período: Vespertino
Número de alunos: 17 alunos
Data: 22/05/2019
Tema da aula: O Alfabeto

Objetivos:
 Explorar o alfabeto;
 Identificar as letras do alfabeto;
 Distinguir o som de cada letra.

Conteúdo:
Reconhecimento do alfabeto.

Metodologia:
Primeiramente será feita ao momento de acolhida, oração. Musicas Infantis; conversar
com os alunos sobre o alfabeto(O que é ?Quais são as letras? Quais os sons?); Passar os
vídeos “ABECEDARIO DA XUXA” e “O ALFABETO” (Aline Barros).
10

recursos Didáticos:
Folha de oficio impressa com atividades, lápis de grafite, lápis de cor .

Avaliação: Os alunos foram capazes de interagir com seus colegas e o


desenvolvimento de cada um em sala de aula.

PLANO DE AULA – 4º DIA


Nome da instituição de ensino: Escola Municipal Fernão Dias Paes
Professor: Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba
Nível: PRÉ II
Período: Vespertino
Número de alunos: 17 alunos
Data: 23/05/2019
Tema da aula: Os Números

Objetivos:
 Organizar a sequência dos números de 0 a 10
 Identificar o número pelo nome
 Conhecer os números e suas posições

Conteúdo:
Linguagem oral;
Linguagem corporal;
Linguagem matemática.

Metodologia:
Primeiramente será feita ao momento de acolhida; Oração e Musicas Infantis;
O professor deverá contar com antecedência uma historinha que relacione aos
números (sequência); Contar a história para as crianças e depois fazer perguntas de
interpretação. Como: Quais animais aparecem na história? quais animais representam
o número 5? E o número 8 etc. Colocar os números móveis em uma caixa e solicitar
que cada aluno, retire um número, fale o nome e cole na lousa.

Recursos Didáticos: Números Móveis, TV e DVD, Cadernos, livros de animais, Imagens


de animais.

Avaliação: Os alunos foram capazes de interagir com seus colegas, e do


desenvolvimentos dos alunos em sala de aula.

PLANO DE AULA – 5º DIA


11

Nome da instituição de ensino: Escola Municipal Fernão Dias Paes


Professor: Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba
Nível: PRÉ II
Período: Vespertino
Número de alunos: 17 alunos
Data: 24/05/2019
Tema da aula: Chapeuzinho Vermelho Releitura

Objetivos:
 Associar números a quantidade;
 Conhecer sobre a vida e obra de Maurício de Souza;
 Fazer caricaturas do artista;
 Desenvolver a coordenação motora fina.

Conteúdo:
Números e quantidade;
Linguagem oral e escrita;
Música- cantar musicas populares.
Metodologia:
Acolhida: Receber os alunos com música suave; apresentar casinha e um dos
personagens da historia Chapeuzinho vermelho (reconto) e pedir que falem sobre as historias
infantis em que ele aparece. Em seguida pedir que os alunos colem pedaços de EVA colorido
no desenho da chapeuzinho vermelho; Recorte e cole pães na cesta de acordo com a
quantidade do número que se pede em cada cesta.

Recursos Didáticos: TV, Pendrive, folhas de oficio, painel com caricatura, atividade
impressa, lápis de cor, desenhos xerocados, EVA colorido.

Avaliação: O aluno será avaliado de acordo com as capacidades demostradas na


realização das atividades, bem com na participação ativa delas.

PLANO DE AULA – 6º DIA


Nome da instituição de ensino: Escola Municipal Fernão Dias Paes
Professor: Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba
Nível: PRÉ II
Período: Vespertino
Número de alunos: 17 alunos
Data: 27/05/2019
Tema da aula: Órgãos do Sentido ( visão)

Objetivos:
 Perceber e distinguir as informações recebidas do ambiente por meio da visão;
 Aguçar os sentidos e expressões por meio da visão;

 Compreender a função da visão e o processo de distinção de imagens;

 Descobrir e conhecer as características do órgão responsável pela visão;


12

 Estimular a visão;

 Identificar o órgão responsável pela visão;

 Estimular o autoconhecimento;

 Desenvolver e ampliar o vocabulário.

Conteúdo: Linguagem oral; Identidade e autonomia; Natureza e sociedade; Música;


Movimento.

Metodologia:
Acolhida, Oração, historia diária e músicas infantis. Os alunos formam duplas: um
será o condutor, enquanto o outro será conduzido. Este último será vendado, ficando
desprovido da visão por alguns minutos, e percorrerá, juntamente com o condutor, um
trajeto (estabelecido pelo professor) no colégio. Vale lembrar aos alunos, antes de
saírem da sala, que a pessoa sem visão deverá ser orientada, verbalmente, pelo
condutor, que usará expressões como "direita" e "esquerda", além de avisar sobre
possíveis obstáculos no trajeto. Terminada a experiência, todos voltam à sala, sentam
em seus lugares, as vendas são retiradas e o professor pede que fechem os olhos. A
seguir, o professor coloca uma música tranquila e pede que os alunos.

Recursos Didáticos: Vendas para os olhos e um aparelho para tocar CDs (de
preferência, com músicas calmas).

Avaliação: A avaliação será realizada ao longo de todo o processo, e deverá ser


considerado: o interesse, a participação, o envolvimento, a interação e reflexão em
grupo, a comparação entre o resultado do experimento e das hipóteses iniciais, bem
como as falas, as observações e as conclusões realizadas pelas crianças após cada uma
das atividades.

PLANO DE AULA – 7º DIA

Nome da instituição de ensino: Escola Municipal Fernão Dias Paes


Professor: Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba
Nível: PRÉ II
Período: Vespertino
Número de alunos: 17 alunos
Data: 28/05/2019
Tema da aula: Órgãos do sentido (Paladar)

Objetivos:
 Preencher e Distinguir informações recebidas do ambiente através do paladar;
 Compreender que percebemos os sabores por meio da língua e da garganta;
 Identificar diversos sabores ( azedo, doce, amargo e salgado).
13

Conteúdo:
Linguagem oral; Identidade e autonomia; Natureza e sociedade; Música; Movimento.
Metodologia:
Acolhida, Oração, historia diária e músicas infantis. Iniciar a conversa apresentando às
crianças uma figura de doce (bombom), uma figura de salgado (carne/frango), uma
figura de azedo (limão) e perguntar se é doce, salgado, azedo, mostrar para as crianças
o cartaz ilustrado com o corpo humano, dando destaque à boca, explicar que a língua é
responsável por sentirmos os sabores, em seguida as crianças irão ao espelho observar
a boca e reconhecer a língua.

Recursos Didáticos: Conta gotas, Soluções, Limão, Café amargo, Água e açúcar,
Água e sal.

Avaliação: Observar a compreensão do tema através da participação na roda de


conversa; a percepção das crianças em relação aos sabores; a interação com o grupo.

PLANO DE AULA – 8º DIA

Nome da instituição de ensino: Escola Municipal Fernão Dias Paes


Professor: Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba
Nível: PRÉ II
Período: Vespertino
Número de alunos: 17 alunos
Data: 29/05/2019
Tema da aula: Órgãos do sentido (tato e olfato)

Objetivos:
 Preencher e Distinguir formas e cheiros recebidas do ambiente através do tato e do
olfato;
 Compreender que percebemos as formas e cheiros por meio das mãos e do nariz;
 Identificar diversas formas e odores.

Conteúdo: Linguagem oral; Identidade e autonomia; Natureza e sociedade; Música;


Movimento.

Metodologia:
Acolhida, Oração, historia diária e músicas infantis. Iniciar a conversa apresentando às
crianças uma figura com forma de circulo, uma figura de quadrado, uma figura de
triângulo, e perguntar quais formas são que estão em suas mãos, apresentar alguns
cheiros como perfume de flores, cheiros frutas, mostrar para as crianças o cartaz
ilustrado com o corpo humano, dando destaque o nariz e as mãos, explicar que a mão
é responsável por sentirmos as formas e que o nariz é o responsável por sentir os
14

odores (cheiros) que estão a nossa volta, em seguida as crianças irão ao espelho
observar o nariz e reconhecê-lo.

Recursos Didáticos: Formas Geométricas, flores, frutas e espelho.

Avaliação: Observar a compreensão do tema através da participação na roda de


conversa; a percepção das crianças em relação as formas e cheiros; a interação com o
grupo.

PLANO DE AULA – 9º DIA

Nome da instituição de ensino: Escola Municipal Fernão Dias Paes


Professor: Dâmaris Rose Matias Jovano Porangaba
Nível: PRÉ II
Período: Vespertino
Número de alunos: 17 alunos
Data: 30/05/2019
Tema da aula: Órgãos do sentido (Audição).

Objetivos:
 Perceber e distinguir informações recebidas do ambiente através do som.

 Compreender a função da audição.

Conteúdo: Linguagem oral; Identidade e autonomia; Natureza e sociedade; Música;


Movimento.

Metodologia:
Acolhida, Oração, historia diária e músicas infantis. Iniciar a conversa apresentando
às crianças objetos que fazem diversos sons, como: violão, caixa de som, apito,
buzina, mostrar para as crianças o cartaz ilustrado com o corpo humano, dando
destaque a orelha, explicar que a orelha é responsável por ouvirmos os sons que estão
a nossa volta, em seguida as crianças irão ao espelho observar a orelha e reconhecê-la.

Recursos Didáticos: caixa de som e atividades impressas

Avaliação: A avaliação será realizada ao longo de todo o processo, e deverá ser


considerado: o interesse, a participação, o envolvimento, a interação e reflexão em
grupo, a comparação entre o resultado do experimento e das hipóteses iniciais, bem
como as falas, as observações e as conclusões realizadas pelas crianças após cada uma
das atividades.
15

5 DIÁRIO DAS REGÊNCIAS


20/05/2019 SEGUNDA-FEIRA
Tive todo o apoio do material ali encontrado para elaborarmos nosso plano de aula
conforme o conteúdo já adquirido pela a professora que estava nos acompanhando
devidamente.
Os exercícios foram curtos para evitar cansaço e não ocasionar atividades não
finalizadas. Foram realizadas coletivamente e individualmente no caderno do aluno.
Após o momento de acolhimento e oração, expliquei que naquela semana eu os
acompanharia regendo as aulas e fiz a chamada e musicas, previamente fixado na parede da
sala de aula. Em seguida iniciei o conteúdo elaborado no plano de aula Após esse momento,
dei inicio nas atividades, contei a historia sobre o boneco de neve que derreteu porque passou
muito tempo no sol e em seguida foi explicado os cuidados que eles devem ter ao se expor ao
sol.
Logo após fizemos a correção das atividades no caderno individualmente, deu se o
intervalo as 13h40min horas.
Ao retornarem, pedi para que eles desenhassem um boneco de neve e contasse uma
historia sobre ele, até o termino da aula.

21/05/2019 TERÇA-FEIRA
Como as crianças já estavam familiarizadas comigo, foi mais fácil o início da aula,
onde realizei as mesmas atividades iniciais do dia a dia das crianças: acolhimento, oração,
chamada e músicas infantis. E da mesma forma os exercícios foram curtos para evitar cansaço
e não ocasionar atividades não finalizadas. Foram realizadas coletivamente e individualmente
no caderno do aluno.
Dando continuidade, foi passado para mim o plano de aula já elaborado pela
professora regente da sala. Logo então, apliquei a primeira atividade no caderno do dia, onde
as crianças deveriam identificar as vogais, desse o intervalo.
Ao retornarem, apliquei a segunda atividade no caderno, onde as mesmas deveriam
identificar as vogais nas palavras. Para casa a professora distribuiu livros pra realizar a leitura
e identificar os personagens do texto.
Agradeci pela tarde deliciosa e aguardamos o sinal tocar.

22/05/2019 QUARTA-FEIRA
16

As crianças chegaram mais animadas e realizei as mesmas atividades iniciais do dia a


dia das crianças dos dias anteriores de regência: acolhimento, oração, chamada e músicas
infantis. E novamente os exercícios foram curtos para evitar cansaço e não ocasionar
atividades não finalizadas. Foram realizadas coletivamente e individualmente no caderno do
aluno.
Neste dia trabalhei o alfabeto, após esse momento, novamente dei abertura para as
crianças comentarem e contarem de que forma identificarem as letras inciais do seus nomes.
Dei exemplo de animais e objetos, apliquei a primeira atividade no caderno do dia, onde as
crianças deveriam pintar somente as letras do alfabeto, em seguida, as crianças foram para o
recreio.

23/05/2019 QUINTA-FEIRA
As crianças chegaram mais animadas e realizei as mesmas atividades iniciais do dia a
dia das crianças dos dias anteriores de regência: acolhimento, oração, chamada e músicas
infantis. E novamente os exercícios foram curtos para evitar cansaço e não ocasionar
atividades não finalizadas. Foram realizadas coletivamente e individualmente no caderno do
aluno.
Neste dia trabalhei os números, após esse momento, novamente dei abertura para as
crianças comentarem e contarem quantas bolinhas tem em uma joaninha. Dei exemplo de
alguns números, apliquei a primeira atividade no caderno do dia, onde as crianças deveriam
colocar as bolinhas da joaninha de acordo com o números, em seguida, as crianças foram para
o recreio.

24/05/2019 SEXTA-FEIRA
As crianças chegaram mais animadas e realizei as mesmas atividades iniciais do dia a
dia das crianças dos dias anteriores de regência: acolhimento, oração, chamada e músicas
infantis. E novamente os exercícios foram curtos para evitar cansaço e não ocasionar
atividades não finalizadas. Foram realizadas coletivamente e individualmente no caderno do
aluno.
Neste dia trabalhei a releitura do conto de fadas Chapeuzinho vermelho, após esse
momento, novamente dei abertura para as crianças comentarem e contarem as historias da
personagem. Dei exemplo de alguns contos, apliquei a primeira atividade no caderno do dia,
onde as crianças deveriam recortar e colar pedaços de EVA colorido no desenho da
Chapeuzinho Vermelho, em seguida, as crianças foram para o recreio.
17

27/05/2019 SEGUNDA-FEIRA
As crianças chegaram mais animadas e realizei as mesmas atividades iniciais do dia a
dia das crianças dos dias anteriores de regência: acolhimento, oração, chamada e músicas
infantis. E novamente os exercícios foram curtos para evitar cansaço e não ocasionar
atividades não finalizadas. Foram realizadas coletivamente e individualmente no caderno do
aluno.
Neste dia trabalhei os órgãos do sentido(visão), após esse momento, as crianças
foram vendadas e saíram da sala de aula para andar no pátio e sentirem o espaço escolar sem
sua visão .Dei exemplo de pessoas com deficiências visuais, apliquei a primeira atividade no
caderno do dia, onde as crianças deveriam circular objetos que conseguimos enxegar, em
seguida, as crianças foram para o recreio.

28/05/2019 TERÇA-FEIRA
As crianças chegaram mais animadas e realizei as mesmas atividades iniciais do dia a
dia das crianças dos dias anteriores de regência: acolhimento, oração, chamada e músicas
infantis. E novamente os exercícios foram curtos para evitar cansaço e não ocasionar
atividades não finalizadas. Foram realizadas coletivamente e individualmente no caderno do
aluno.
Neste dia trabalhei os órgãos do sentido(paladar), após esse momento, lever as
crianças até o refeitório para identificarem o gosto de alguns alimentos. Dei exemplo de
alimentos azedo, doces, amargos e salgados , apliquei a primeira atividade no caderno do dia,
onde as crianças deveriam circular alimentos azedo, doces, amargos e salgados , em seguida,
as crianças foram para o recreio.

29/05/2019 QUARTA-FEIRA
As crianças chegaram mais animadas e realizei as mesmas atividades iniciais do dia a
dia das crianças dos dias anteriores de regência: acolhimento, oração, chamada e músicas
infantis. E novamente os exercícios foram curtos para evitar cansaço e não ocasionar
18

atividades não finalizadas. Foram realizadas coletivamente e individualmente no caderno do


aluno.
Neste dia trabalhei os órgãos do sentido(tato e olfato), após esse momento, entregar
objetos para as crianças identificarem as letras suas formas e cheiros. Dei exemplos de flores
e formas geométricas, apliquei a primeira atividade no caderno do dia, onde as crianças
deveriam desenhar suas mãos e orelhas com auxilio do espelho, em seguida, as crianças foram
para o recreio.

30/05/2019 QUINTA-FEIRA
As crianças chegaram mais animadas e realizei as mesmas atividades iniciais do dia a
dia das crianças dos dias anteriores de regência: acolhimento, oração, chamada e músicas
infantis. E novamente os exercícios foram curtos para evitar cansaço e não ocasionar
atividades não finalizadas. Foram realizadas coletivamente e individualmente no caderno do
aluno.
Neste dia trabalhei os órgãos do sentido(audição), após esse momento, novamente
dei abertura para as crianças comentarem e contarem de que forma identificarem os sons que
estão a nossa volta. Dei exemplos de musicas, animais e sons diferentes, apliquei a primeira
atividade no caderno do dia, onde as crianças deveriam identificar os sons que estavam
passando na caixa de som, em seguida, as crianças foram para o recreio.
19

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Ao realizar o estágio de observação e regência, percebi na prática educativa o dia a dia


do professor que às vezes nos revelam momentos bons e até mágicos ou situações totalmente
inversas, mas, que nos ensina a pensar melhor e refletir profundamente a nossa missão como
educador.
Portanto, o estágio de observação foi muito importante para o meu aprendizado, pois
pude perceber que ensinar não é muito fácil, é preciso ter habilidade, dinâmica e domínio de
conteúdo.
Quanto às aulas observadas, foi muito válido porque eu aprendi muito com os
professores, que ao abordar os conteúdos em sala de aula, é visível a participação dos alunos,
como também o desinteresse de alguns.
Mas, mesmo diante das dificuldades pude presenciar a criatividade, e boa vontade da
professora em deixar o seu recado de maneira produtiva de modo que, as aulas tornaram-se
prazerosas e cativantes.
E assim, os alunos mostraram desenvoltura nas atividades propostas. Posso dizer
então, que tanto o estágio de observação quanto o de estágio de regência foram
imprescindíveis para o meu aprendizado como futura professora de Educação Infantil.
20

REFERÊNCIAS
PIMENTA, S. G. O estágio na formação de professores: Unidade entre teoria e prática?
INEP/ Relatos de pesquisa- Série documental; nº25, maio/1995.

LAMBARI D’ OESTE, MT: Projeto Político Pedagógico: Escola Municipal Fernão Dias
Paes, 2019.