Você está na página 1de 23

CRESCIMENTO E

DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO
2016/1

Fatos do Crescimento
Econômico

F AT O # 1
F AT O # 2
F AT O # 3
F AT O # 4
F AT O # 5
F AT O # 6
F AT O # 7

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO AS 3 PERGUNTAS FUNDAMENTAIS PARA O
2016/1
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICOS

1. Por que alguns países são tão ricos e outros tão


pobres?
Fatos do Crescimento
Econômico 2. Qual é o motor do crescimento econômico?
3. Como algumas economias (como o Japão após a
segunda guerra e, mais recentemente, Hong Kong,
F AT O # 1
Cingapura e Coreia do Sul) conseguiram
F AT O # 2 transformar-se tão rapidamente de “pobres” em
“ricas”?
F AT O # 3
F AT O # 4
O mundo é formado por economias de todas as
F AT O # 5 formas e tamanhos....
F AT O # 6  Há países muito ricos e outros muito pobres
F AT O # 7  Há economias que crescem rapidamente e
outras que simplesmente não crescem

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
ESTATÍSTICAS DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO
2016/1

Fatos do Crescimento
Econômico

Obs: Os dados relativos ao PIB estão em dólares de 2005. A taxa de crescimento é a variação anual média do logaritmo do PIB
por trabalhador. Um número negativo na coluna “Anos necessários para duplicar o PIB” indica “anos para reduzir à metade”.

FONTE: Jones (2015) Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO
2016/1

Fatos do Crescimento
Econômico

F AT O # 1 Há uma imensa variação entre as


F AT O # 2 rendas das diferentes economias.
F AT O # 3 Os países mais pobres têm rendas
F AT O # 4 per capita inferiores a 5% da renda
F AT O # 5 per capita dos países mais ricos.
F AT O # 6
F AT O # 7

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
ESTATÍSTICAS DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO
2016/1 As 3 primeiras colunas denotam o
nível de desenvolvimento dos países
 Valores convertidos pela taxa de
câmbio ajustada pela paridade
do poder de compra: valor real
Fatos do Crescimento
de uma moeda em termos de
Econômico
sua capacidade de comprar
produtos semelhantes.
 PIB per capita é entendido como
uma medida de bem-estar mais
geral, já que nos informa qual o
montante de produto disponível,
por pessoa, para ser consumido,
investido ou empregado de
alguma outra maneira.
 PIB por trabalhador nos revela
mais a respeito da produtividade
da força de trabalho.

Obs: Os dados relativos ao PIB estão em dólares de 2005. A taxa de crescimento é a variação anual média do logaritmo do PIB
por trabalhador. Um número negativo na coluna “Anos necessários para duplicar o PIB” indica “anos para reduzir à metade”.

FONTE: Jones (2015) Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E DISTRIBUIÇÃO ACUMULADA DA POPULAÇÃO MUNDIAL
DESENVOLVIMENTO SEGUNDO O PIB POR TRABALHADOR, 2008
ECONÔMICO
2016/1

Fatos do Crescimento
Econômico Em 2008, dois terços da
população mundial viviam
em países com menos de 20%
F AT O # 1 do PIB por trabalhador dos
Estados Unidos.
F AT O # 2
F AT O # 3
F AT O # 4
F AT O # 5
F AT O # 6
A maioria dessas pessoas vive em apenas dois países: a China e a
F AT O # 7 Índia, cada uma com cerca de um quinto da população mundial.
Juntos, os dois países respondem por mais de 40% da população
mundial. Já os 39 países da África subsaariana constituem cerca de
12% da população mundial.

FONTE: Jones (2015) Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E POPULAÇÃO MUNDIAL SEGUNDO O PIB POR
DESENVOLVIMENTO TRABALHADOR, 1960 E 2008
ECONÔMICO
2016/1

Dos países mais pobres, tanto a China


quanto a Índia registraram um crescimento
substancial do PIB por trabalhador, mesmo
Fatos do Crescimento
em relação aos Estados Unidos.
Econômico
Isso explica a queda substancial da
participação da população mundial com
F AT O # 1 renda relativa de 0% a 10%, bem como o
aumento da participação com renda
F AT O # 2
relativa de 10% a 20%.
F AT O # 3
F AT O # 4
F AT O # 5
F AT O # 6
F AT O # 7 A renda relativa da China aumentou de menos de 2% do PIB por
trabalhador dos Estados Unidos em 1960, para 13%, em 2008.
Na Índia, o PIB por trabalhador era inferior a 5% do PIB americano
por trabalhador, em 1960, mas estava acima de 9%, em 2008.
FONTE: Jones (2015) Profª Dra. Thais Waideman Niquito
CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO
2016/1

Fatos do Crescimento
Econômico

F AT O # 1 As taxas de crescimento
F AT O # 2 econômico variam
F AT O # 3 substancialmente de um
F AT O # 4 país para outro.
F AT O # 5
F AT O # 6
F AT O # 7

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
ESTATÍSTICAS DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO
DESENVOLVIMENTO
As duas últimas colunas do caracterizam o
ECONÔMICO
2016/1 crescimento econômico
 Países de industrialização recente (PIRs):
Hong Kong, Cingapura, Taiwan e Coreia do
Sul. Cingapura estava entre os países mais
ricos do mundo em 2008, com um PIB per
capita maior do que o dos Estados Unidos –
Fatos do Crescimento
em decorrência de seu crescimento muito
Econômico
acelerado. Em 1960, a ilha tinha um PIB per
capita correspondente a apenas 28% do
americano.
 As taxas de crescimento de diversos países
foram negativas, entre 1960 e 2008, o que
lhes valeu o rótulo de “desastres de
crescimento”.
 Robert E. Lucas Jr: um país que cresce a
uma taxa de g% ao ano dobrará sua renda
per capita a cada 70/g anos.
 Se por duas gerações persistissem tais taxas
de crescimento, o americano médio seria
duas ou três vezes mais rico que seus avós.
Já o cidadão médio da China seria cerca
de vinte vezes mais rico que seus avós.

Obs: Os dados relativos ao PIB estão em dólares de 2005. A taxa de crescimento é a variação anual média do logaritmo do PIB
por trabalhador. Um número negativo na coluna “Anos necessários para duplicar o PIB” indica “anos para reduzir à metade”.

FONTE: Jones (2015) Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO
2016/1

As taxas de crescimento, de modo


Fatos do Crescimento geral, não permanecem
Econômico
constantes ao longo do tempo.
F AT O # 1
Para o mundo, como um todo, as
F AT O # 2
taxas de crescimento foram
F AT O # 3
próximas a zero durante a maior
F AT O # 4
parte da história, mas
F AT O # 5
apresentaram um aumento
F AT O # 6
acentuado, no século XX. Em cada
F AT O # 7
país individual, as taxas de
crescimento também mudam com
o tempo.
Profª Dra. Thais Waideman Niquito
CRESCIMENTO E PIB PER CAPITA E TAXAS DE CRESCIMENTO
DESENVOLVIMENTO MUNDIAIS, 1500-2000
ECONÔMICO
2016/1
Como o gráfico é plotado em escala
logarítmica, a inclinação de cada
segmento de linha reflete a taxa de
crescimento: a inclinação ascendente
Fatos do Crescimento ao longo do tempo indica um aumento
Econômico na taxa de crescimento econômico do
mundo.

F AT O # 1
F AT O # 2
F AT O # 3
F AT O # 4
F AT O # 5  Entre 1950 e 2008, o PIB per capita mundial cresceu a uma
taxa de 2,26% ao ano.
F AT O # 6
 Entre 1870 e 1950, entretanto, a taxa de crescimento foi de
F AT O # 7 apenas 1,10% e, antes de 1870, ficou em apenas 0,2% anuais.
 Angus Maddison (2010) chega a sugerir que, durante o
milênio transcorrido entre 500 e 1500, o crescimento foi
essencialmente zero.
FONTE: Jones (2015) Profª Dra. Thais Waideman Niquito
CRESCIMENTO E  O crescimento econômico sustentado a taxas de
DESENVOLVIMENTO 2% ao ano é uma invenção moderna tanto quanto
ECONÔMICO
2016/1 a eletricidade ou o microprocessador.
 Em decorrência desse crescimento, o mundo é
muito mais rico hoje do que jamais o foi.
 A estimativa aproximada é de que o PIB per capita
Fatos do Crescimento mundial como um todo era, em 1500, de US$500
Econômico por pessoa. Atualmente, é quase quinze vezes
maior.
F AT O # 1  Para países individuais, as taxas de crescimento
também mudam ao longo do tempo
F AT O # 2
BRASIL: CRESC. % MÉDIO a.a.
F AT O # 3
12 11.2
F AT O # 4 10

8
7.6 7.1
F AT O # 5
6
3.5 3 3.7
F AT O # 6 4
2.1
2
1.4
F AT O # 7
0
1948-62

1963-67

1974-80

1981-92

1993-99

2000-10

2011-14
1968-73

FONTE: IBGE. Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO A substancial variação nas taxas de crescimento, tanto
ECONÔMICO entre um país e outro quanto dentro de um determinado
2016/1 país, leva a um importante corolário dos Fatos 2 e 3 – tão
importante que o consideraremos também um fato em si:

Fatos do Crescimento
Econômico

F AT O # 1
F AT O # 2 A posição relativa de um
F AT O # 3 país na distribuição mundial
F AT O # 4 da renda per capita não é
F AT O # 5 imutável. Os países podem
F AT O # 6 passar de “pobres” a “ricos”,
F AT O # 7 e vice-versa.

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E Os Fatos 1 a 4 se aplicam de forma ampla aos países do
DESENVOLVIMENTO mundo. O próximo descreve certas características gerais da
ECONÔMICO maior parte das economias “no longo prazo”
2016/1

Fatos do Crescimento
Econômico No último século, nos Estados Unidos:
1. A taxa de retorno real sobre o capital, 𝑟,
F AT O # 1 não mostra tendência crescente ou
F AT O # 2 decrescente.
2. As participações da renda destinada ao
F AT O # 3
capital, 𝑟𝐾/𝑌, e à mão de obra, 𝑤𝐿/𝑌, não
F AT O # 4 apresentam qualquer tendência.
F AT O # 5 3. A taxa de crescimento médio do produto
F AT O # 6
per capita foi positiva e relativamente
constante, ao longo do tempo – isto é, há um
F AT O # 7 crescimento de renda per capita estável e
sustentado.

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO  Esse “fato”, por assim dizer – a rigor, um conjunto de fatos –,
ECONÔMICO foi em grande parte derivado de uma palestra proferida por
2016/1 Nicholas Kaldor, em uma conferência de 1958, sobre
acumulação de capital.
 Kaldor iniciou sua exposição afirmando que um teórico de
economia deveria começar por um resumo dos fatos
“estilizados” que, supõe-se, sejam explicados pela teoria.
Fatos do Crescimento
Econômico  O primeiro fato mencionado por ele – de que a taxa de
retorno sobre o capital se mantinha praticamente constante
– é mais bem visualizado, hoje, quando se observa que a
F AT O # 1 taxa de juros real sobre a dívida pública da economia dos
Estados Unidos não apresenta tendência.
F AT O # 2  O segundo fato se refere ao pagamento aos fatores de
F AT O # 3 produção, que podem ser agrupados em capital e trabalho.
No caso dos Estados Unidos, é possível avaliar a
F AT O # 4 participação da força de trabalho no PIB calculando o
montante de salários e ordenados e a renda dos autônomos
F AT O # 5 como parcela do PIB.
F AT O # 6  Os números revelam que a participação da força de
trabalho é relativamente constante ao longo do tempo,
F AT O # 7 situando-se em torno de 0,7. Caso se estivesse considerando
um modelo com dois fatores, supondo que não há lucros
econômicos no modelo, a parcela do capital seria 1 menos
a parcela do trabalho, ou 0,3.
Profª Dra. Thais Waideman Niquito
CRESCIMENTO E  Os dois primeiros fatos implicam que a razão
DESENVOLVIMENTO capital/produto, 𝐾/𝑌, permanece mais ou menos constante
ECONÔMICO
nos Estados Unidos. O terceiro fato é uma ligeira
2016/1
reinterpretação de um dos fatos estilizados de Kaldor.

A linha de tendência no gráfico sobe a uma taxa


de 1,8% ao ano e a constância relativa da taxa de
Fatos do Crescimento crescimento pode ser vista ao observarmos que,
Econômico afora as altas e baixas dos ciclos econômicos, a
trajetória constante da taxa de crescimento se
“ajusta” muito bem aos dados.
F AT O # 1
F AT O # 2
F AT O # 3
F AT O # 4
F AT O # 5
F AT O # 6
PIB PER CAPITA REAL NOS ESTADOS
F AT O # 7 UNIDOS, 1870-2008

FONTE: Jones (2015) Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO PIB PER CAPITA REAL NO BRASIL, 1947-2014
2016/1 (EM R$ DE 2014)
30,000.00

Taxa média de crescimento: 2,7% a.a.


25,000.00
Fatos do Crescimento
Econômico
20,000.00

F AT O # 1
15,000.00
F AT O # 2
F AT O # 3 10,000.00
F AT O # 4
F AT O # 5 5,000.00

F AT O # 6
-
F AT O # 7
1947
1950

1962
1965
1968
1971
1974
1977
1980
1983
1986
1989
1992
1995
1998

2010
2013
1953
1956
1959

2001
2004
2007
FONTE: IBGE. Profª Dra. Thais Waideman Niquito
CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO
2016/1

Fatos do Crescimento
Econômico

F AT O # 1 Os crescimentos tanto do
F AT O # 2 produto quanto do volume
F AT O # 3 do comércio internacional
F AT O # 4 estão estreitamente
F AT O # 5 relacionados.
F AT O # 6
F AT O # 7

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E CRESCIMENTO DO
DESENVOLVIMENTO
COMÉRCIO E PIB,
ECONÔMICO
1960-2008
2016/1

Fatos do Crescimento
Econômico

F AT O # 1
F AT O # 2
F AT O # 3
F AT O # 4
F AT O # 5  A relação entre comércio e desempenho econômico é complexa.
A intensidade de comércio não é necessariamente alta entre os
F AT O # 6 países mais ricos do mundo. No Japão, em 2007, era de apenas
28%.
F AT O # 7
 Quase todos os países da África subsaariana têm intensidades de
comércio superiores à japonesa. Vários deles também registraram
aumento na intensidade de comércio, de 1960 a 2008, apesar do
fraco desempenho em termos de crescimento econômico.
FONTE: Jones (2015) Profª Dra. Thais Waideman Niquito
CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO
2016/1

Fatos do Crescimento
Econômico

F AT O # 1 Trabalhadores, qualificados
F AT O # 2 ou não, tendem a migrar de
F AT O # 3 países ou regiões pobres
F AT O # 4 para países ou regiões ricas.
F AT O # 5
F AT O # 6
F AT O # 7

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO  Robert Lucas destacou esse fato estilizado – que pode ser
ECONÔMICO demonstrado pela presença de restrições à imigração nos
2016/1 países ricos .
 É uma observação importante, porque tais movimentações
de força de trabalho, que muitas vezes têm custos bastante
altos, dizem algo a respeito dos salários reais.
Fatos do Crescimento  O retorno para a mão de obra, tanto a qualificada quanto a
Econômico não qualificada, deve ser mais alto nas regiões de renda
elevada do que nas regiões de renda baixa. Do contrário, os
trabalhadores não se disporiam a arcar com os altos custos
F AT O # 1 da migração.
 Em termos de mão de obra qualificada, isso levanta uma
F AT O # 2 interrogação interessante. Tudo indica que a mão de obra
F AT O # 3 qualificada é escassa nas economias em desenvolvimento e
teorias elementares predizem que os retornos aos fatores são
F AT O # 4 maiores quando estes são escassos.
 Por que, então, a mão de obra qualificada não migra dos
F AT O # 5
Estados Unidos para o Quênia?
F AT O # 6
F AT O # 7

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO  Modelo de Solow e Modelos Neoclássicos:
ECONÔMICO
2016/1
visam explicar porque alguns países são
ricos e outros pobres.

Fatos do Crescimento
 Modelos de Crescimento Endógeno: visam
Econômico explicar qual o motor do crescimento
econômico, como economias registram um
F AT O # 1 crescimento sustentado no produto por
F AT O # 2
trabalhador, durante um século ou mais. A
resposta a essas perguntas está no
F AT O # 3 progresso tecnológico.
F AT O # 4
F AT O # 5  Modelos de Crescimento e
F AT O # 6 Desenvolvimento: visam explicar os milagres
F AT O # 7 de crescimento.

Profª Dra. Thais Waideman Niquito


CRESCIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
ECONÔMICO
2016/1 Referências

• JONES, C. Introdução à teoria do crescimento


Fatos do Crescimento econômico. – 3. ed. – Rio de Janeiro: Elsevier,
Econômico 2015. Capítulo 1.

F AT O # 1
F AT O # 2
F AT O # 3
F AT O # 4 Obrigada!
F AT O # 5
F AT O # 6
F AT O # 7

Profª Dra. Thais Waideman Niquito