Você está na página 1de 12

Guia para os pais sobre a criopreservação de

células estaminais da polpa dentária

Um futuro saudável nas suas mãos


O que são células estaminais?

As células estaminais são os componentes essenciais da vida, e os dentes de leite do seu bebé
constituem uma fonte rica destas preciosas células.

As células estaminais da polpa dentária são encontradas nos tecidos conjuntivos moles na parte central de
cada dente. Entre estas células encontra-se um tipo de células estaminais mais estudadas, exaustivamente
investigadas e mais promissoras designadas células estaminais mesenquimais (MSCs); um tipo de célula
estaminal que se consegue transformar e replicar uma variedade de outras células no corpo humano.
Estas valiosas células estaminais conseguem regenerar-se e proteger o corpo a partir do seu interior, e
podem ser extraídas dos dentes de leite e dos dentes adultos saudáveis.

O tipo de células
encontrado nos dentes
está a ser utilizado
atualmente em
centenas de ensaios
clínicos1 para
utilização em
tratamentos de
condições que
incluem o autismo,
a diabetes e a
doença de Crohn

Ficámo
extremamente felizes por
descobrir este serviço, pois
pensava que tínhamos perdido
a oportunidade de armazenar
células estaminais, uma vez
que não o tínhamos feito com o
cordão umbilical. E estamos
muito satisfeitos com
o serviço
Louise Rowlands, UK

1
DP-PT-dbrV1
Porque motivo armazenam os pais as células
estaminais dos filhos?

A medicina regenerativa personalizada está definida para ser o futuro dos


uidados de saúde. Por conseguinte, não nos surpreende que já existam milhões de
amostras de células estaminais armazenadas, em empresas privadas, por todo o mundo2.
Estão disponíveis, atualmente, tratamentos à base de células estaminais, que permitem
salvar e mudar vidas.

Ao armazenar, hoje, as células estaminais do seu filho num banco de criopreservação de células
estaminais profissional, significa que este material valioso foi isolado, testado e, posteriormente,
congelado criogenicamente; guardando as células para o futuro.

No futuro, caso a criança precise das suas células, são disponibilizadas de imediato
para utilização em potenciais terapias de células estaminais para vencer a doença,
a condição ou a lesão

As principais razões para armazenar células estaminais


da polpa dentária:

Solução não-invasiva: A dentição de leite da criança


constitui uma solução não-invasiva para a
criopreservação de células estaminais.

Correspondência garantida: O acesso às terapias de


células estaminais requer uma correspondência de
células estaminais. A criopreservação de células da
dentição do seu filho garante uma amostra com
correspondência de células imediatamente
disponíveis para quaisquer terapias futuras.

Células jovens viáveis: As células estaminais


deterioram-se com o avanço da idade3 . A
criopreservação de células dos dentes em tenra
idade preserva o seu potencial.

Proteção para a família: A criopreservação de


células da dentição, hoje, pode significar que, no
futuro, um familiar poderá vir a usá-las.

Excelente potencial terapêutico: Ao utilizarem


técnicas especializadas, os cientistas conseguem
fazer proliferar células estaminais fora do
organismo, aumentado assim exponencialmente o
número de células estaminais disponível. A sua
capacidade para se transformarem em muitos
outros tipos de células significa que têm um
excelente potencial para serem utilizadas em
tratamentos à base de células estaminais.

2
DP-PT-dbrV1
Potencial utilização de células estaminais da polpa dentária

Há quase duas décadas que os cientistas estudam células estaminais da polpa dentária. Após estudos e
ensaios clínicos exaustivos4, as células estaminais da polpa dentária apresentam potencial para as
terapêuticas regenerativas que podem tratar várias doenças e condições, que vão desde problemas
relacionados com a dentição até à reparação nervosa. A investigação permite demonstrar que as células
estaminais da polpa dentária partilham características comportamentais semelhantes às das células
estaminais mesenquimais (MSCs) de outros tecidos5.

As MSCs são encontradas em muitos tecidos do organismo e conseguem transformar-se e replicar células
musculares, nervosas, ósseas, gordas e da cartilagem. Têm também a capacidade para alterar o comportamento
do sistema imunitário, pelo que, apresentam grande potencial para tratar várias doenças imunes6.

Vasos sanguíneos
para tratar a recuperação de um ataque
cardíaco, reparar e revitalizar tecido
POLPA

Imunoterapia
para tratar o Autismo, a doença de
Parkinson, a doença de Alzheimer e
a esclerose lateral amiotrófica

What are
clinical trials?
Reparação nervosa Clinical trials are medical
para tratar a esclerose múltipla, research studies tested on
lesões na espinal medula people. This is the stage
that follows extensive
research carried out
in a laboratory.

Células cutâneas
enxertos de pele após queimaduras
ou lesões, tratamentos reconstrutivos

Células secretoras
de insulina
para tratar a Diabetes

3
DP-PT-dbrV1
Usar a dentição para armazenar células estaminais oferece benefícios únicos ao
processo de criopreservação.

Se perdeu a oportunidade de armazenar tecido do cordão umbilical à nascença, não há


limitações de tempo no que diz respeito ao armazenamento de polpa dentária.

Enquanto que a utilização de medula óssea requer um procedimento invasivo, armazenar um dente de leite
do seu filho, que cai naturalmente, elimina a necessidade de ser submetido a qualquer procedimento.

Olhos
Voltar a ter visão após uma lesão
ou degeneração macular
relacionada com a idade

Osso e cartilagem
Regeneração óssea, reparação de
articulações e das costas ou de
lesões desportivas

Células gordas
Para a cirurgia reconstrutiva

Reparação da boca
Para reparar dentes com lesões ou
doentes e tecido da gengiva

Vários órgãos
Coração, doenças renais
e hepáticas

4
DP-PT-dbrV1
Como é que funciona?

A ciência por detrás da


criopreservação de células
estaminais é complicada, mas o
armazenamento de células
estaminais do seu bebé não
podia ser mais simples:

Etapa 1
Enviamos o kit de colheita para a
sua morada assim que a criança
tiver dentes de leite a
abanar

Etapa 2
Assim que um dente cai, coloque-o no kit
de colheita especializado para o dente,
seguindo as instruções e proceda à
recolha do sangue do dador que
deverá ser feita por um
profissional de saúde

Etapa 3
A nossa transportadora médica irá
então recolher a amostra em sua
O kit chegou casa e enviá-la para o nosso
muito rapidamente e quando o
dente do meu filho caiu, liguei laboratório em
para o número indicado na embalagem e Nottingham
falei com a Hannah que foi muito útil a
explicar-me as etapas seguintes. A
transportadora chegou à hora agendada
para recolher o dente -
um serviço espetacular!

Ainara Moreno REINO UNIDO

www.futurehealthbiobank.com/blog/
asier-moreno-dental-pulp-stored/

5
DP-PT-dbrV1
Uma vez nas nossas instalações,
os nossos cientistas:

Etapa 4
Fazem uma série de testes ao
dente e isolam as células da
polpa dentária

Etapa 5
Proliferam as células até obterem
um número suficiente de células de
alta qualidade, antes de dividirem
as células por vários
frascos

Etapa 6
Realizam mais testes de
qualidade para garantir
uma amostra ideal para a
terapia

Etapa 7
Congelam e armazenam
criogenicamente células na fase
de vaporização do nitrogénio
líquido para as décadas
vindouras

Etapa 8
Se alguma vez precisar de utilizar
a sua amostra, tratamos de tudo e
transportamo-la para qualquer
parte do mundo, sem
qualquer custo
associado

6
DP-PT-dbrV1
Quanto é que este serviço irá custar?

Disponibilizamos várias formas de pagamento, incluindo


planos de pagamento sem juros.

Para mais informações, visite o


nosso website em
www.futurehealthbiobank.pt,
envie um e-mail para
info@futurehealth.pt ou ligue
para o número 213,161,318.

O serviço inclui:

O kit de colheita e entrega


no dia seguinte

A transportadora
médica para expedição
para o laboratório

Testes de qualidade

Processamento da amostra

Teste de contaminação

Seguro físico e financeiro

7
DP-PT-dbrV1
Porquê escolher a Future Health Biobank?

Mais experiente do que qualquer uma das outras


Somos o maior banco privado de células estaminais do Reino Unido, tendo armazenado
mais de 150 000 amostras de células estaminais nas nossas instalações de todo o mundo.
A nossa experiência conduziu à criação de um dos bancos de criopreservação de células estaminais
mais avançados, em termos tecnológicos, da Europa, permitindo-nos oferecer o melhor tratamento
possível à amostra da sua família

Presença global
Expedição Temos escritórios em cerca de 40 países de todo
grátis, para o mundo e, até à data, já colhemos amostras em
mais de 75 países, o que nos faz um verdadeiro
todo o
líder global na criopreservação de células
mundo, estaminais. Para além da sede e laboratório em
de amostras Nottingham, temos uma segunda instalação em
para Chatel, na Suíça, que nos permite uma capacidade
tratamento de armazenamento adicional e instalações de
apoio ao principal escritório no Reino Unido.

HTA AABB O banco de criopreservação de


células estaminais mais
acreditado do mundo
Swiss Os nossos pares vêem-nos como o centro de
medic MHRA excelência mais inovador e somos altamente
considerados. Os nossos processos, tanto nos
laboratórios do Reino Unido como da Suíça, são
. HF
bsi O licenciados e acreditados ao mais alto nível.
IS 1 EA
0
90

8
DP-PT-dbrV1
Perguntas frequentes

P: Quantos dentes são necessários?

R: Por norma, o processo é bem-sucedido apenas com um dente. Se não resultar com um único dente,
voltamos a tentar o processo sem qualquer custo adicional. Há um limite de três tentativas, algo que,
até à data, nunca foi necessário.

P: Qual é o melhor dente?

R: Sendo que todos os dentes contêm polpa dentária, a partir da qual é possível isolar células, os dentes
mais convenientes são os dentes decíduos anteriores. Estes são os seis dentes anteriores, superiores
e inferiores. É importante não esquecer que, tal como todas as células do corpo, as células
estaminais se deterioram com o avanço da idade. Quanto mais jovem, melhor. Por isso,
aconselhamos que inicie o processo assim que tomar a decisão de armazenar células.

P: É necessário fazer análises sanguíneas?

R: É um requisito regulamentar. Esta despistagem obrigatória garante que a amostra é segura para
armazenamento e que o potencial recetor da amostra no futuro conheça os antecedentes da amostra.
Esta despistagem também poderá ser útil para uma amostra a ser usada por qualquer outra pessoa
no futuro, um familiar, por exemplo.

P: É possível armazenar células de dentes adultos?

R: Sim. Se o dente não tiver cáries nem reconstruções, pode ser processado no nosso laboratório.
É muito frequente pessoas que extraíram dentes do siso quererem armazenar polpa dentária.

P: Sendo a possibilidade de usar células estaminais tão reduzida, valerá a pena armazená-las?

R: A terapia de células estaminais é uma possibilidade muito real na terapia de transplantes e


regenerativa. Em 2008, estimou-se que 1 em cada 200 pessoas iria ser submetida a um transplante
de células estaminais antes dos 70 anos7. Os dados de transplantes utilizados neste estudo têm agora
dez anos e a investigação sobre células estaminais continuou a desenvolver-se a uma velocidade
estonteante. Na realidade, calcula-se agora que 1 em cada 3 pessoas irá beneficiar das terapias
regenerativas à base de células estaminais8. Atualmente, as células estaminais do cordão umbilical,
por si só, são utilizadas no tratamento de mais de 85 doenças e condições, sendo que estão em
curso mais de 300 ensaios clínicos.

P: Preciso de falar com o meu dentista para fazer esta extração?

R: O processo permite que a dentição caia naturalmente, pelo que, pode enviar-nos um dente que caia
em sua casa. Também podemos aceitar dentes extraídos por dentistas.

P: O que digo à "Fada dos Dentes"?

R: Emitimos um cheque oficial do nosso banco de criopreservação que juntamos aos nossos kits, para
que o seu filho possa assinar e certificar que perdeu um dente e tenha a devida compensação. Pela
nossa experiência, a fada dos dentes aceita esta moeda de troca.

9
DP-PT-dbrV1
Referências

1. “Search of: Mesenchymal Stem Cells | Recruiting, Not yet Recruiting, Active,
Not Recruiting, Enrolling by Invitation, Unknown Status Studies | Interventional
Studies - List Results - ClinicalTrials.Gov.” Clinicaltrials.Gov, 2018
clinicaltrials.gov/ct2/results?term=mesenchymal+stem+cells&Search= Apply&recrs=b&recrs
=a&recrs=f&recrs=d&recrs=m&age_v=&gndr=&type=Intr&rslt=. Accessed 29 Mar. 2019.

2. Brown K, Roa K, Brown H. "The Future State of Newborn Stem Cell Banking" J. Clin. Med. 2019,
8(1), 117 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6352006/

3. Young viable cells: Stem cells deteriorate with age: Ahmed etal. “Effect of aging on stem cells.”
World J Exp Med. 2017 Feb 20;7(1):1-10 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28261550

4. “Search of: Mesenchymal Stem Cells | Completed Studies - List Results - ClinicalTrials.Gov.”
Clinicaltrials.Gov, 2012, clinicaltrials.gov/ct2/results?term=mesenchymal+stem+cells&recrs=e&age_
v=&gndr=&type=&rslt=&Search=Apply. Accessed 29 Mar. 2019.

5. Research shows that dental pulp stem cells share similar behavioural characteristics to mesenchymal
stem cells (MSCs) from other tissues.
Bojic S, Volarevic V, Ljujic B, Stojkovic M. Histol Histopathol. 2014 Jun;29(6):699-706. Epub 2014
Jan 21. Review.

6. Gao, F, et al. “Mesenchymal Stem Cells and Immunomodulation: Current Status and Future
Prospects.” Cell Death and Disease, vol. 7, no. 1, 21 Jan. 2016, p. e2062,
www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4816164/,10.1038/cddis.2015.327. Accessed 29 Mar. 2019.

7. Nietfeld, JJ., Pasquini, MC., Logan, Br., Verter, F. and Horowitz, MM. (2008), Lifetime Probabilities of
Hematopoietic Stem Cell Transplantation, U.S. Biology of Blood and Marrow Transplantation,
14: 316-322 2

8. Harris DT, Badowski M, Ahmad N and Gaballa MA. (2007), The potential of cord blood stem cells for
use in regenerative medicine, Expert Opin Biol Ther., 7(9): 1311-1322.

10
DP-PT-dbrV1
Um futuro saudável nas suas mãos

Future Health Biobank


Av. António Serpa, 32 -10D
1050-027 Lisboa
Portugal

213,161,318
info@futurehealth.pt
www.futurehealthbiobank.pt

autorização licença acreditação licença licença certificação licença certificação

August 2019 DP-PT-dbrV1