Você está na página 1de 3

LICENCIATURA EM LETRAS COM PORTUGUÊS

TEORIA DO CONHECIMENTO E APRENDIZAGEM

ACSA LIMA
CARLA CARVALHO
DAISY LIMA
GABRIEL PIMENTA
GEISA NASCIMENTO
JACKELINE NUNES
MORIAT LEAL
VANDALVA MIRANDA

As Concepções da Verdade: RESUMO

Salvador
2019
A pergunta filosófica “O que é a verdade?” provoca a reflexão sobre os fatos,
comportamentos e a realidade frente a subjetividade dos sujeitos. A etimologia da
palavra “verdade”, no grego, vem do termo ​aletheia que significa “o que não está
oculto ou não escondido, não-dissimulado”. Já a palavra latina ​veritas complementa
a significação, por se traduzir em quando um fato é relatado exatamente como
ocorreu e em seus minuciosos detalhes.
A concepção de verdade, utilizada atualmente, foi constituída a partir de três
concepções diferentes. Oriundas do latim, do grego e do hebraico. Para os gregos a
verdade depende de como se manifesta a realidade. “Em latim, a verdade se diz
veritas e se refere à precisão”, ou seja, a verdade é baseada na linguagem
(narrativa de fatos). Em hebraico verdade se diz emunah e significa confiança. A
verdade é fundamentada na confiança e na esperança. Verdade é um juízo
verdadeiro que corresponde aos fatos. Refere-se aos fatos e linguagens passadas,
ao presente e ao futuro. “A verdade continua como um propósito humano
necessário e vital, que exige a liberdade de pensamento e o diálogo, para que os
indivíduos compartilhem as interpretações possíveis do real” (ARANHA, p. 116).
Existem diferente teorias sobre o conhecimento do que é verdadeiro, e para
um deles o carimbo do conhecimento verdadeiro é a evidência, o que se pode
provar, que se refere como as coisas são de fato, no presente. Em algumas outras
teorias, a verdade é apenas baseada na confiança bilateral entre as partes
envolvidas, onde se chega a um denominador comum.
Com base nesses saberes, podemos observar que: 1. A palavra grega
“​aletheia​” refere-se a razão daquilo que se pode ver, ou seja, contra fatos não há
argumentos. A verdade está nas coisas; 2. na palavra “​Veritas​”, do latim, há uma
clara exposição de um enunciado fidedigno em certo acontecimento. Nada podemos
contra a verdade, senão pela verdade. A verdade depende da lucidez do emitente;
3. a palavra “confiança” ou “​emunah​” diz respeito a algo que acreditamos que não
falhará. A verdade é uma crença fundada na esperança e na confiança.
A síntese da significação destas três palavras nos da à concepção de
“verdade”. Aletheia (as coisas como são), veritas (os fatos como foram)e emunah
(ação e coisas que serão).
A verdade é um fato ou coisa que está intimamente ligada à realidade, ela é
despida de qualquer vício, dissimulação, é manifestação do que realmente é à luz
da clareza da razão. Ela é a descrição exata, precisa e adequada, percebida em
enunciados, podendo se firmar em regras e princípios que poderão ser usados para
descobrir novas verdades (ao serem verificadas e comprovadas por testes). Ela se
dá no pleno conhecimento da essência real das coisas, é uma máxima em si,
permanentemente universal. Ela nada mais é do que a clareza e veracidade das
palavras, do que contamos do que ouvimos e lemos.
Acreditamos que “verdade” é aquilo que evidenciamos ou concebemos como
realidade. Contudo, esta concepção pode ser defendida ou contestada no decorrer
do tempo. Hoje, muitas coisas são confirmadas ou anuladas de acordo com novas
teorias criadas nas mais diversas áreas do conhecimento. Isto ocorre graças às
pesquisas de cunho cientifico, que por sua vez investigam, indagam e buscam a
verdade das verdades preexistentes.

REFERÊNCIAS

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. ​Filosofando: uma
introdução à Filosofia​. São Paulo: Moderna, 2009. 4. ed. p. 116.

CHAUÍ, Marilena. ​Convite à Filosofia​. São Paulo: Editora Ática, 2000. Disponível
em: <http://www.cfh.ufsc.br/~wfil/convite.pdf>. Acesso em: 16 de jul. 2019.
CHISHOLM, R. M. ​Teoria do Conhecimento​. Rio de Janeiro: Zahar, 1996. pgs.
11-15. Disponível em: < http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/file/2010
/artigos_teses/filosofia/artigos/que_conhecimento.pdf >. Acesso em: 16 de jul. 2019.
MEDEIROS, Alexsandro M. ​Teoria do Conhecimento​. Sabedoria Política: Um site
dedicado ao estudo da política. 2017. Disponível em: < https://www.sabedoriapoliti
ca.com.br/products/teoria-do-conhecimento/ > . Acesso em: 16 de jul. 2019.

Você também pode gostar