Você está na página 1de 21

UNIVERSIDADE ZAMBEZE

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA


ENGENHARIA MECATRÓNICA PL
ELECTRÓNICA DE POTÊNCIA (ELPO)

RELATÓRIO LABORATORIAL

CRISTIANO AGOSTINHO RODRIGUES

BEIRA, NOVEMBRO DE 2018


CRISTIANO AGOSTINHO RODRIGUES

RELATÓRIO LABORATORIAL

MULTISIM

UNIVERSIDADE ZAMBEZE

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA

ENGENHARIA MECATRÓNICA

ELECTRÓNICA DE POTÊNCIA

BEIRA, NOVEMBRO DE 2018


CRISTIANO AGOSTINHO RODRIGUES

RELATÓRIO LABORATORIAL

Relatório a ser apresentado ao Departamento de


Engenharia Mecatrónica, na Faculdade de Ciências
e Tecnologia em cumprimento as exigências legais
sob orientação do Docente:
Msc. Eng. Artiaga

UNIVERSIDADE ZAMBEZE

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA

ENGENHARIA MECATRÓNICA

ELECTRÓNICA DE POTÊNCIA

Beira, Novembro de 2018


INTRODUÇÃO
Trata-se de um relatório sobre como aprender e apreender em casa com várias ferramentas
disponível na sociedade, na comunidade. Contudo para a realização desse laboratório é
necessário executar com os seguintes materiais:

Multisim (Software, desenvolvido para a simulação de circuitos elétricos);

Manuais fornecidos pelo Docente;

Vídeos Aulas (sobre o uso e aprendizagem aprofundada do software para ganhar mais
habilidades e prática);

Consulta de colegas que já tiveram essa disciplina (buscando o conhecimento oral sobre o
assunto);

Computador (para instalar e executar o software de simulação “simulink”)


LABORATÓRIO 1

Simulação de Circuito com Díodos

Considerando-o como sendo ideal e com queda de tensão de 1,05 V. Não esqueça de especificar
no simular esta queda de tensão.

Anote os valores obtidos na Tabela 1. A seguir altere o circuito, deixando o díodo reversamente
polarizado e anote os valores na Tabela 2

Os valores obtidos podem ser arredondados, pois em alguns casos representariam números
extensos para serem representados.

Representação do circuito no Multisim em Polarização Direta.

Tabela 1 – Valores de tensão e corrente na região direta.


Tensão na fonte [V] Tensão no díodo [V] Tensão no resistor [V] Corrente no díodo [mA]
Multisim Multisim Multisim
0,0 0,0 0,0 0,0
0,5 0,49 500𝑚𝑉 5
1,0 0,684 0,3153 9,99𝜇𝐴
1,5 0,708 0,791 750𝑀𝐴
2,0 0,720 1,279 1𝐺𝐴
2,5 0,729 1,777 −
3,0 735,777𝑚 2,644 −
3,5 740,89𝑚 2,759 −
4,0 745,17𝑚 3,255 −
4,5 748,83𝑚 3,751 −
5,0 752,056𝑚 4,248 −
Tabela 2 – Valores de tensão e corrente na Região Reversa.

Tensão na fonte [V] Tensão no díodo [V] Tensão no resistor [V] Corrente no díodo [mA]
Multisim Multisim Multisim
0,0 0 0 0
50,0 500𝑓 50 49,9𝑀𝐴
100,0 100 150 0
500,0 5𝑝 500 0
1000,0 10𝑝 1𝑘 0

Representação do circuito no Multisim em Polarização Reversa


LABORATÓRIO 2
Simulação de Circuitos com Tirístores
A simulação do circuito com tirístor (SCR), conforme mostrado na Figura , será simulado
apenas com o Multisim, visto que este software permite visualizar o LED ligado ou desligado.
Assim, implemente no Multisim o circuito mostrado na Figura . Note que para medir a tensão
sobre o tirístor (D1) foi utilizado um recurso muito interessante, que por meio de uma ponteira
(Probe 1) inserida ao circuito, permite obter tensões e correntes naquele ponto.

Além disso, note que na versão do Multisim utilizada (Multisim Student Edition 11.0.2) não há
modelo para o tirístor 𝐵𝑇151, substituindo-se então o mesmo pelo tirístor 2𝑁1599. Note que
chave 𝑆1 serve para disparar (acionar) o tirístor, enquanto a chave 𝑆2 fará seu bloqueio,
desviando sua corrente e forçando a parar de conduzir.

Observe também que ao pressionar o interruptor S1, o tirístor entra em condução,


permanecendo assim mesmo que o botão seja solto.

Verifique que alterando o resistor 𝑅1 para 1 𝑘𝛺 a corrente no 𝐿𝐸𝐷 será reduzida para menos
do que 5 𝑚𝐴. Neste caso, ao pressionar o interruptor 𝑆1 o tirístor entra em condução, mas
quando o mesmo for solto, deixará de conduzir.

Verifique para qual corrente no tirístor este deixa de conduzir após a retirada do sinal de
comando. Anote este valor:

𝐼𝐻 = 2,75𝑚𝐴
Anote também a tensão sobre o tirístor, ou seja, sua queda de tensão direta:
𝑉𝑇 = 3,81𝑉
Calcule a potência dissipada sobre o tirístor.
𝑃𝑇 = 363𝑚𝑊
Analise desse laboratório
Notei que chave 𝑆1 serve para acionar o tirístor, enquanto a chave 𝑆2 bloqueará, desviando sua
corrente e forçando a parar de conduzir.

Observei também que ao pressionar o interruptor S1, o tirístor entra em condução, Mantendo
assim mesmo que o botão seja deixado de pressionar.

Verifiquei também que alterando o 𝑅1 para 1 𝑘𝛺 a corrente no 𝐿𝐸𝐷 será reduzida para menos
de 5 𝑚𝐴. No entanto, ao pressionar o 𝑆1, o tirístor entra em condução, mas quando o mesmo
for deixado de pressionar, deixará de conduzir.
LABORATÓRIO 3

Díodos Semicondutores

Obtenha na internet a folha de dados do díodo MUR160. A seguir, verifique se o díodo está em
boas condições, utilizando o multímetro. Meça a tensão direta do mesmo:

𝑉𝐷 = 600𝑉

Levante a curva de corrente versus tensão, tanto na região direta como na região reversa do
díodo, anotando os valores nas Tabela 3 e Tabela 4. Utilize como referência o circuito da Figura
47. O díodo utilizado no circuito é o MUR160 e o resistor é de 100.

Tabela 3 – Valores de tensão e corrente na região direta.


Tensão na fonte [V] Tensão no díodo [V] Tensão no resistor [V] Corrente calculada no
díodo [mA]

0,0 0,0 0,0 0


0,5 431,946𝑚𝑉 68,054𝑚𝑉 5,995𝐴
1,0 557,478𝑚𝑉 442,522𝑚𝑉 5,99𝐴
1,5 604,91𝑚𝑉 895,09𝑚𝑉 5,985𝐴
2,0 633,51𝑚𝑉 1,366𝑉 5,98𝐴
2,5 653,925𝑚𝑉 1,846𝑉 5,975𝐴
3,0 669,795𝑚𝑉 2,33𝑉 5,97𝐴
3,5 682,778𝑚𝑉 2,817𝑉 5,965𝐴
4,0 693,771𝑚𝑉 3,306𝑉 5,96𝐴
4,5 703,309𝑚𝑉 3,797𝑉 5,955𝐴
5,0 711,738𝑚𝑉 4,288𝑉 5,95𝐴

Polarização Directa

Representação do circuito no Multisim em Polarização Direta.


Polarização Reversa

Representação do circuito no Multisim em Polarização Direta.

Tabela 4 – Valores de tensão e corrente na região reversa.

Tensão na fonte [V] Tensão no díodo [V] Tensão no resistor [V] Corrente calculada
No díodo [mA]

0,0 0 0 0
15,0 15𝑉 109,504𝑢𝑉 0,1395𝐴
30,0 30𝑉 111,007𝑢𝑉 0,2895𝑉
Tirístores
Obtenha na internet a folha de dados do SCR BT151.

A seguir, verifique se o díodo está em boas condições, utilizando o multímetro. Implemente o


circuito mostrado na Figura 49 e provoque o disparo e bloqueio do SCR conforme orientações
do professor. Para disparar o tirístor, conecte através de um condutor (fiozinho) o resistor R2
ao terminal de gatilho do SCR. Já para bloquear o tirístor, inicialmente desligue a fonte de
alimentação, em seguida religue o circuito e verifique que o mesmo deixou de conduzir. A outra
possibilidade é curto-circuito através de um condutor, conforme indicado na figura, o terminal
de ânodo com o terminal de catado do SCR.

Os elementos do circuito da Figura 49 são:

• Vi = 5 V;
• R1 = 100;
• R2 = 220;
• D1 = LED comum;
• T1 = BT151.

Meça a tensão entre ânodo e cátodo do tirístor quando o mesmo estiver conduzindo:

𝑽𝑻 = 𝟓𝟗𝟔𝒎𝑽.

Quais as duas formas de bloquear um tirístor que foram testadas?

Determine a máxima perda em condução do tirístor.

A máxima Perda em Condução do tirístor é 29,9𝑚𝑊

Representação do circuito no Multisim em Polarização Direta.


LABORATÓRIO 4
Retificador de Meia Onda com Carga Resistiva

Implemente no simulador o circuito mostrado na Figura 12. A tensão de alimentação 𝑣𝑖 Será


de 21,1 𝑉 de pico. O resistor de carga (𝑅0 ) Será de 10Ω. O diodo 𝐷1 Será ideal. Anote os
valores simulados e calculados na tabela 3.

Como o 𝒗𝒊 é 21,1V de Pico, transformando isso em valor eficaz fica:

𝒗𝒊 = 𝟐𝟏, 𝟏 ∗ √𝟐 = 𝟏𝟒, 𝟗𝟏𝑽

Representação do circuito no Multisim em Polarização Direta.

Tabela 3 – Resultados para o retificador de meia onda

Variável Descrição Valor Calculado Valor Simulado


𝑽𝟎(𝒑𝒌) Tensão de pico na Carga 𝟐𝟎𝑽 𝟐𝟎, 𝟏𝑽
𝑽𝟎(𝒂𝒗𝒈) Tensão média na Carga 𝟏𝟎𝑽 𝟏𝟎, 𝟏𝑽
𝑰𝟎(𝒑𝒌) Corrente de pico na Carga 𝟐, 𝟎𝑨 𝟐, 𝟎𝟏𝑨
𝑰𝟎(𝒂𝒗𝒈) Corrente média na Carga 𝟏, 𝟎𝑨 𝟏, 𝟎𝟏𝑨
𝑷𝟎 Potência média na Carga 𝟏𝟎, 𝟏𝑾 𝟏𝟎, 𝟐𝑾
Análise dos Resultados

1) Esboce as formas de onda da tensão de entrada e de saída do retificador.

2) Os resultados obtidos na simulação condizem com os valores calculados?


Os dados calculados tem uma pequena diferença apenas nos décimos.

3) Se o díodo 𝐷1 Fosse substituído por um diodo real, ocorre alteracao na tensao de saída?

Representação do circuito no Multisim em Polarização Direta.


1) Determine o valor eficaz da tensão de saída.
A tensão eficaz da saída é de 9,89𝑉

2) Determine o valor eficaz da corrente de saída.

A corrente eficaz da saída é de 989𝑚𝐴

Calculo:
𝟐
𝑽 (𝟐𝟎,𝟏)𝟐
𝑷𝟎 = 𝑹𝒐 ∗ 𝑰𝒐(𝒆𝒇) 𝟐 = 𝟒∗𝑹
𝒑𝒌
= = 𝟏𝟎, 𝟏𝑾
𝒐 𝟒∗𝟏𝟎
LABORATÓRIO 5
Retificador de Meia Onda com Carga Resistiva-Indutiva

Implemente no simulador o circuito mostrado na Figura 23. A tensão de alimentação 𝑣𝑖 Será


de 21,1 𝑉 de pico. O resistor de carga (𝑅0 ) Será de 10 Ω e o indutor (𝐿0 ) De 10 mH. O diodo
𝐷1 Será ideal. Anote os valores simulados e calculados na tabela 4.

Como o 𝒗𝒊 É 21,1V de Pico, transformando isso em valor eficaz fica:

𝒗𝒊 = 𝟐𝟏, 𝟏 ∗ √𝟐 = 𝟏𝟒, 𝟗𝟏𝑽

Representação do circuito no Multisim em Polarização Direta.

Tabela 4 - Resultados para o retificador de meia Onda


Variável Descrição Valor Calculado Valor Simulado
𝑉0(𝑝𝑘) Tensão de pico na Carga 20,2 𝑉 20,4 𝑉
𝑉0(𝑎𝑣𝑔) Tensão média na Carga 9𝑉 10.1 𝑉
𝐼0(𝑝𝑘) Corrente de pico na Carga 2𝐴 2.04 𝐴
𝐼0(𝑎𝑣𝑔) Corrente média na Carga 1𝐴 1.01 𝐴
𝑃0 Potência média na Carga 10𝑊 10,2𝑊
Análise dos Resultados

1) Esboce as formas de onda da tensão de entrada e de saída do retificador.

2) Os resultados obtidos na simulação condizem com os valores calculados?


Sim, são bastantes aproximados aos valores calculado.
3) Se o díodo 𝐷1 Fosse substituído por um diodo real, ocorre alteracao na tensao de saída?

Substituição do circuito no Multisim em com o díodo real


4) Determine o valor eficaz da tensão de saída.

A tensão eficaz da saída é de 1,25𝑝𝑉

5) Determine o valor eficaz da corrente de saída.

A corrente eficaz da saída é de 989𝑚𝐴


LABORATÓRIO 6
Retificador de Meia Onda com Carga Resistiva
Implemente no simulador o circuito mostrado na Figura 22. A tensão de alimentação 𝑣𝑖 Será
de 21,1 𝑉 de pico. O resistor de carga (𝑅0 ) Será de 10Ω. O Tirístor será ideal. Anote os valores
simulados e calculados na tabela 4.

Representação do circuito no Multisim em Polarização Direta.

Tabela 4 – Resultados Para o retificador controlado de meia onda.

Variável Descrição Valor Calculado Valor Simulado


𝑉0(𝑝𝑘) Tensão de pico na Carga 63,1𝑢𝑉 63,2𝑢𝑉
𝑉0(𝑎𝑣𝑔) Tensão média na Carga 23,4𝑢𝑉 23,6𝑢𝑉
𝐼0(𝑝𝑘) Corrente de pico na Carga 6,29𝑢𝐴 6,31𝑢𝐴
𝐼0(𝑎𝑣𝑔) Corrente média na Carga 2,30𝑢𝐴 2,36𝑢𝐴
𝑃0 Potência média na Carga 55,2𝑝𝑊 55,6𝑝𝑊
Análise dos Resultados

1) Esboce as formas de onda da tensão de entrada e de saída do retificador.

2) Os resultados obtidos na simulação condizem com os valores calculados?

Sim os valores encontrados estão a combinar ou a condizerem com os calculados.

3) Determine o valor eficaz da tensão de saída.

A tensão eficaz da saída é de 33,6𝑢𝑉

4) Determine o valor eficaz da corrente de saída.

A corrente eficaz da saída é de 3,36𝑢𝐴


Discussão de Resultados
Vários conhecimentos foram aplicados para a execução desse tão grande trabalho contudo
posso dizer que nessas análises, vários cálculos foram efetuados durante a execução do
laboratório, contudo percebe-se que os dados obtidos nos cálculos e na simulação no Multisim
tem sua margem de diferença que mostra que é praticamente difícil encontrar os mesmos dados
cálculos com os simulados. Portanto, é oportuno dizer que todos os 6 laboratórios podem ser
aplicados na prática, na vida real com os componentes desejados ou usados para o este
laboratório, desde já venho agradecer essa oportunidade de fornecer algo tão grandioso que é
esse relatório feito com muita criatividade a fim de aumentar o conhecimento que tenho sobre
essa área de estudo. Voltando as análises, verifiquei que para todo componente elétricos,
electrónicos devem ser antes testado com o multímetro, isso na sua implementação na prática.