Você está na página 1de 54

Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 1 de 25

ESTERILIZADOR A VAPOR
Registro ANVISA n°: 10345500099

Modelo: HI SPEED II

M A N U A L D E M A N U T E N Ç Ã O

Código

Modelo Fabricado em

Núm. Série

Baumer - Compromisso com a saúde


Responsável Técnico: Eng. Sérgio Yukio Koseki
CREA-SP: 0601577094 - Cart: 157709/D
Início da Responsabilidade Técnica: 31/01/1994
Fabricado e Distribuído por Baumer S.A.
Divisão STIC - Esterilização e Controle de Infecção
Av. Pref. Antonio Tavares Leite, 181 • Parque da Empresa
Caixa Postal 1081 • 13803-330 • Mogi Mirim • SP • Indústria Brasileira
E-mail: baumer@baumer.com.br

Vendas: 11 3670 0000 • GPV 19 3805 7698 • www.baumer.com.br


Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 2 de 25

Parabéns!
Você adquiriu um produto Baumer e estamos empenhados em corresponder a sua confiança.

Para garantir a melhor performance de seu produto leia atentamente e siga as instruções contidas neste Manual.

Ressaltamos que as fotos, figuras e desenhos são ilustrativos, estando sujeitos a variações sem notificação prévia.

A Baumer S.A. considera-se responsável pela segurança, confiabilidade e desempenho de seu produto desde que:
• A instalação a ponto, as modificações e os reparos sejam executados somente por um agente autorizado
da Baumer S.A.;
• Os pontos de suprimentos estejam de acordo com o Manual de Instalação;
• O produto seja utilizado de acordo com os Manuais de Usuário, de Instalação e de Manutenção.

A Baumer S.A. não se responsabiliza por danos causados durante o transporte de seu produto.

É de responsabilidade do Comprador a sua conferência no ato da entrega, acionando imediatamente a


transportadora em caso de danos.

Caso decida utilizar pessoal especializado para desembalar o produto, podemos prestar o serviço através de
nossa rede de agentes, filiais, ou da Divisão de G.P.V. - Gestão Pós-Venda. Consulte-nos sobre preços e
condições.

Também oferecemos opções de Contrato de Manutenção Preventiva (CMP) e suporte técnico especializado, o que
proporciona o prolongamento da vida útil de seu produto, maior tranqüilidade e a certeza de um perfeito
funcionamento a baixo custo.

Colocamo-nos à sua disposição para mais esclarecimentos e esperamos que você possa usufruir de seu produto
por muitos anos.

De acordo com a política de contínuo desenvolvimento, a Baumer S.A. reserva-se ao direito de efetuar, sem
notificação prévia, modificações no produto mencionado neste documento.

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, armazenada em sistema de
recuperação de informações, nem transmitida sob nenhuma forma ou por nenhum meio, seja eletrônico, mecânico,
fotocópia, gravação ou de qualquer outro modo, sem a autorização prévia da Baumer S.A..
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 3 de 25

Sumário
1. Introdução ........................................................................................................................................... 4
Normas aplicáveis: ..................................................................................................................................................................... 4

2. Termo de Garantia Limitada Baumer................................................................................................. 4


I. Apresentação .......................................................................................................................................................................... 4
II. Prazo da Garantia .................................................................................................................................................................. 4
III. Condições da Garantia Limitada ........................................................................................................................................... 5
IV. Responsabilidades do Comprador ........................................................................................................................................ 5
V. Exclusões ............................................................................................................................................................................... 5
VI. Limitações de Responsabilidade do Fabricante .................................................................................................................... 6
VII. Garantias Adicionais ............................................................................................................................................................ 6

3. Manutenção ......................................................................................................................................... 6
3.1. Comando ............................................................................................................................................................................. 8
3.2. Monitoramento das Entradas e Saída ................................................................................................................................. 9
3.3. Senhas de acesso ............................................................................................................................................................... 9
3.3. Operação Manual .............................................................................................................................................................. 10
3.4. Rotina de Calibração dos Sensores Comando .................................................................................................................. 11
3.4.1. Calibração dos Sensores de Temperatura ..................................................................................................................... 11
3.4.2. Calibração dos Sensores de Pressão (Somente para Programa “B”) ............................................................................ 13
3.4.3. Dados de calibração (Somente para Programa “B”) ....................................................................................................... 15
3.4.4. Ajuste da Pressão Atmosférica (Somente para Programa “B”) ...................................................................................... 15
3.5. Indicações de Falhas (alarmes)......................................................................................................................................... 17
3.6. Dados do Software ............................................................................................................................................................ 18

4. Limpeza ............................................................................................................................................. 19

5. Peças e Reposições ......................................................................................................................... 19

6. Símbolos Gráficos ............................................................................................................................ 21

7. Problemas e Soluções ...................................................................................................................... 22

8. Esquema Elétrico .............................................................................................................................. 24

9. Esquema Hidropneumático .............................................................................................................. 24

10. Vista Explodida ............................................................................................................................... 24

11. Descarte do Produto ....................................................................................................................... 24

12. G.P.V. - Gestão Pós-Venda ............................................................................................................. 25


Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 4 de 25

1. Introdução
O Esterilizador a Vapor HI SPEED II, a vapor por alto vácuo, é a nova geração de esterilizadores que associa:
Performance, Ergonomia, Economia, Segurança, Estilo e Simplicidade. Destinado a clínicas oftalmológicas e de
cirurgia plástica, unidades ambulatoriais, laboratórios de análises clínicas e de controle de qualidade, pequenos,
médios e grandes hospitais.
É utilizado para esterilização e secagem de instrumentais cirúrgicos, utensílios, tecidos, luvas, vidrarias, líquidos
em frascos de vidro com fechamento ventilado, borrachas e meios de cultura e para o aquecimento terminal sob
pressão de leite.

Normas aplicáveis

• ASME, Seção VIII, Divisão I - ASME Boiler and pressure vessel code.
• NBR 11816:2003 - Esterilizadores a vapor com vácuo, para produtos de saúde.
• ISO 17665-1:2006 – Sterilization of health care products - Moist heat - Part 1: Requirements for the
development, validation and routine control of a sterilization process for medical devices.
• NBR ISO 17665-1: 2010 Esterilização de produtos para saúde - Vapor Parte 1: Requisitos para o
desenvolvimento, validação e controle de rotina nos processos de esterilização de produtos para saúde
• ISO 17665-2:2009 - Sterilization of health care products — Moist heat — Part 2: Guidance on the
application of ISO 17665-1
• IEC 61010-1:2001 – Safety requirements for electrical equipment for measurement, control and laboratory
use – Part 1: General requirements.
• IEC 61010-2-040:2005 – Safety requirements for electrical equipment for measurement, control and
laboratory use – Part 2 – 040: Particular requirements for sterilizers and washer-disinfectors used to treat
medical materials.
• IEC 61326-1:2005 – Electrical equipment for measurement, control and laboratory use – EMC requirements
– Part 1: General requirements.
• NR 13:1997 - Caldeiras e Vasos de Pressão.
• RDC N° 56:2001 - Requisitos mínimos para comprovar a segurança e eficácia de produtos para saúde;
• RDC N° 59:2000 – Boas Práticas de Fabricação de Produtos Médicos;

O Esterilizador Baumer – modelo HI SPEED II atende os requisitos da Norma IEC 61326-1:2005 referente à
compatibilidade eletromagnética, não causando interferência acima dos limites estabelecidos pela Norma bem
como sendo imune a interferências causadas por outros equipamentos.

Não instalar o Esterilizador Baumer – modelo HI SPEED II na mesma rede de alimentação que equipamentos que
não atendam as normas de Compatibilidade Eletromagnética.

A pedido do cliente e às suas expensas, uma organização credenciada poderá fornecer atestado de conformidade
e/ou validação.

2. Termo de Garantia Limitada Baumer


I. Apresentação
Este termo estabelece as condições de garantia limitada do Produto BAUMER ao Comprador original.

O Comprador deve cumprir os requisitos de instalação, operação e manutenção, conforme constam dos Manuais
de Instalação, Operação e Manutenção, recebidos no ato da compra e com a entrega do Produto.

II. Prazo da Garantia


A garantia inicia-se a partir da emissão da Nota Fiscal de venda e tem os seguintes prazos de duração:
• 13 (treze) meses contra defeito de fabricação para partes gerais, não indicadas em garantia específica;
• 6 (seis) meses para material elétrico / eletrônico (fiação, micros, pressostato, filtros, alarmes, campainhas,
válvulas, comandos, conexões, resistências, reparo de válvulas, transdutores de pressão);
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 5 de 25

• 90 (noventa) dias para componentes de aquecimento (lâmpadas, material de desgaste normal pelo uso do
Produto, como guarnições, mangueiras, borrachas, plugs de plástico);
• 5 (cinco) anos para vasos de pressão (câmara interna e externa e caldeira de geração de vapor), exceto
para as lâmpadas e mesas cirúrgicas;
• 6 (seis) meses para vedações hidráulicas;
• 3 (três) meses para as membranas, desde que a análise de água de alimentação tenha sido aprovada pela
Baumer S.A..

III. Condições da Garantia Limitada


• A Baumer S.A. garante que seus Produtos são livres de defeitos nos materiais e na fabricação pelo
período supra mencionado, o qual se inicia na data de emissão da Nota Fiscal;
• Caso um Produto, durante o período de garantia aplicável, apresente defeito coberto pela garantia e por
fato comprovadamente imputável à Baumer S.A. será reparado a seu exclusivo critério, respeitada a
legislação vigente;
• A Baumer S.A. não garante que a operação de qualquer Produto seja ininterrupta ou livre de erros;
• O local de instalação do Produto deve estar de acordo com os requisitos descritos no Manual de
Instalação, recebido pelo Comprador no ato da compra.

IV. Responsabilidades do Comprador


Para a validade da garantia o Comprador se obriga a:
• Instalar os pontos de energia elétrica, vapor, ar comprimido e água, bem como manter o ambiente físico
arejado e adequado, de acordo com o que consta dos Manuais de Instalação, Operação e Manutenção do
Fabricante;
• Comprovar as manutenções preventivas, indicadas no Manual de Manutenção, por meio de registros;
• Utilizar peças e/ou componentes originais para o Equipamento, ou seja, somente aqueles fornecidos pela
Baumer S.A.;
• Não permitir intervenções por agentes técnicos não autorizados para reparos, aplicações e instalações de
componentes adicionais;
• Devolver formalmente ao departamento técnico da Baumer S.A. (fábrica Mogi Mirim), através de seu
agente autorizado, no prazo máximo de 10 (dez) dias úteis, os componentes e/ou peças substituídos em
garantia.

V. Exclusões
Os seguintes itens, entre outros compatíveis com o ora exposto, não estão cobertos pela garantia:
• Componentes externos ao Produto;
• Materiais de limpeza, conservação e desgaste normal pelo uso;
• Papéis e vidros;
• Mão de obra de manutenção preventiva;
• Ensaios de qualificação e de validação de processos;
• Aferição e calibração periódicas dos instrumentos de medição e controle;
• Atualização de software do controlador (quando for o caso), exceto nos casos em que as falhas
comprovadas do programa prejudiquem as condições de operação e segurança;
• Despesas de viagem e estadias do técnico, fretes, embalagens e seguro;
• Custos com terceirização de processos em função de manutenções corretivas e preventivas;
• Danos causados por falhas nos suprimentos de água, energia elétrica (interrupção, sub ou sobre tensão,
transientes) ou de deficiência no aterramento;
• Danos causados por mau uso, abuso, queda, negligência, imprudência ou imperícia;
• Danos causados por armazenamento ou uso em condições fora das especificações contidas nos Manuais;
• Danos causados por equipamentos que produzam ou induzam interferências eletromagnéticas ou ainda
por problemas de instalação elétrica em desacordo com os Manuais de Instalação, Operação e
Manutenção;
• Danos causados por acessórios e Produtos de terceiros adicionados a um Produto comercializado pela
Baumer S.A.;
• Danos causados por violação do Produto, tentativa de reparo ou ajuste por terceiros não autorizados pela
Baumer S.A.;
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 6 de 25

• Danos causados por agentes da natureza, como descargas elétricas (raios), inundações, incêndios,
desabamentos, terremotos, etc;
• Perdas e danos causados pelo Produto ou por desempenho do Produto, inclusive, mas não limitado, a
lucros cessantes, perdas financeiras e limitações de produtividade, resultantes dos atos relacionados a
hipóteses de não cobertura desta garantia;
• Danos causados ao Produto instalado após o vencimento dos prazos de garantia acima descritos;
• Danos causados ao Produto decorrentes do transporte.

VI. Limitações de Responsabilidade do Fabricante


• As obrigações assumidas pela Baumer S.A. em conseqüência deste Termo de Garantia limitam-se às
expressamente aqui incluídas;
• As soluções fornecidas neste Termo de Garantia são as únicas e exclusivas oferecidas ao cliente;
• Sob hipótese alguma a Baumer S.A. será responsável por quaisquer danos diretos, indiretos, inclusive
lucros cessantes, especiais, incidentais ou conseqüências, seja baseado em contrato, ato lícito, prejuízo ou
outra teoria legal;
• Em nenhuma circunstância, a responsabilidade da Baumer S.A. por danos materiais excede o limite
máximo do preço do Produto que tenha causado tal dano.

VII. Garantias Adicionais


As garantias estendidas e/ou especiais serão objeto de negociação, à parte, entre a Baumer S.A. e o Comprador.
Após a contratação, serão registradas em contrato de fornecimento específico para tal finalidade.

3. Manutenção
O procedimento de manutenção de qualquer equipamento é de vital importância para garantir a qualidade do
processo e a longevidade do produto, e deve ser considerado pela instituição como um fator econômico, assim
como a aquisição e uso do equipamento.

Conceito de manutenção
São todas as ações necessárias para manter um equipamento ou sistema em operação ou para restituí-lo ao
funcionamento. A manutenção inclui conservação, reparo, modificação, revisão, inspeção e determinação da
eficiência do trabalho.

Nos produtos da Baumer S.A., pelo menos duas modalidades de manutenção devem ser previstas: a manutenção
corretiva e preventiva.

Manutenção corretiva
É a execução de tarefas de manutenção não planejadas para restaurar a capacidade de funcionamento de um
equipamento ou sistema danificado ou que funciona mal. Economicamente, a manutenção corretiva pode equivaler
à perda de recurso não planejado, dada a sua natureza aleatória.

Um bom programa de manutenção preventiva deve contemplar todas as atividades necessárias para manter o
equipamento em plena operação pelo intervalo de tempo programado entre as intervenções.

Manutenção preventiva
Consiste não só na limpeza e inspeção, mas também na troca programada de peças que tenham seu tempo de
vida útil estimado, evitando a sua quebra durante o uso. A troca programada de componentes sujeitos a desgaste
mantém o equipamento em operação dentro dos parâmetros adequados de qualidade e performance.

A rede de representantes da Baumer S.A. está apta no sentido de oferecer programas exclusivos de manutenção
preventiva aos nossos clientes em condições especiais, mesmo durante o período de garantia do produto.

Atenção
Os procedimentos de manutenção preventiva não estão contemplados na garantia e, inclusive a não
observância destes poderá anular a garantia do produto.
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 7 de 25

Nota: Conforme regulamentações da ANVISA (ou consulte regulamentação específica para o país de destino) o
teste biológico deve ser executado ao término de todas as manutenções preventivas e corretivas.

Imprescindível
Durante os procedimentos de manutenção, testes de esforço e/ou exames de funcionamento por técnicos
credenciados, a área ao redor do equipamento deve estar isolada, sem a presença de usuários. Somente o técnico
responsável deve estar na área limitada. A demonstração dos trabalhos executados e a liberação do isolamento se
darão, após a conclusão dos procedimentos.

Semanalmente
• Realizar a limpeza das superfícies internas da câmara de esterilização, estando fria e não utilizando-se, de
ferramentas cortantes ou palha de aço. Se a câmara apresentar material incrustado, proceda a limpeza
com ACTS® (Código Baumer ER-501).
• Remover a grelha do dreno, limpando fiapos ou qualquer outro tipo de material que possa causar
obstrução ou entupimento.
• Lubrifique a(s) guarnição(ões) de vedação das portas utilizando o lubrificante especial para guarnições
(código Baumer 86429 ou graxa GLC 346), ao primeiro ciclo com a máquina fria, aplicando o lubrificante
por toda a extensão da canaleta.
• Examinar as indicações dos instrumentos do painel do esterilizador. Os instrumentos devem esta indicando
a pressão atmosférica.
• Examinar o elemento do filtro de água e substituir se necessário.
• Examinar as resistências quanto a sua limpeza.

Mensalmente
• Nos dois primeiros meses, reapertar os contatores da bomba de vácuo e das resistências do gerador.
• Examinar a válvula de segurança quanto a eventuais vazamentos. Acionar uma ou duas vezes a haste,
promovendo escape de vapor sobpressão para verificar o não colamento da guarnição em sua sede.
• Examinar toda a tubulação de água e vapor, observando a presença de eventuais vazamentos.
• Realizar a limpeza das resistências do gerador de vapor, utilizando uma escova de aço. Através das
verificações semanais pode ser detectada a necessidade desta limpeza a intervalos de tempos menores.
• Quando o suprimento de água tiver alto teor de calcário (água dura), e esta não for tratada, deve-se lavar a
bomba.
• Reapertar todas as conexões elétricas do painel de controle e conexões das válvulas.
• Verificar as condições das guarnições da porta.

Trimestralmente
• Limpar a câmara do gerador de vapor com produto desincrustante. Enxaguar pelo menos três vezes com
água limpa para câmara estar pronta para uso novamente, conforme instruções em “Limpeza e
Desinfecção”.
• Substituir o filtro de entrada de ar, localizado na lateral direita do equipamento, posição superior à direita.
Para esta operação, não é necessário o uso de qualquer ferramenta, basta soltar e apertar com a mão
(trimestralmente ou a cada 300 ciclos).
• Verificar o ajuste das portas.
• Efetuar limpeza da impressora e trocar a fita.
• Trocar o assento das válvulas pneumáticas.
• Substituir o elemento do filtro de água. Através das verificações semanais, pode ser detectada a
necessidade desta substituição em intervalos de tempo menores.

Anualmente
• Trocar as guarnições do grupo gerador.
• Efetuar a aferição e calibração dos instrumentos de medição e controle (temperatura e pressão).
• Efetuar a reavaliação do processo para assegurar a repetibilidade de equipamento.
• Recomenda-se que o processo de revalidação seja executado em todas as suas fases, como a verificação
das condições de comissionamento, análise de distribuição térmica do esterilizador (qualificação térmica),
estudo de penetração de carga (validação) e treinamento dos operadores. Tais procedimentos, além de
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 8 de 25

assegurarem a longevidade do produto, garantem aos responsáveis pelo processo a total segurança e
qualidade dos procedimentos adotados, com evidências documentadas da sistemática.

Outras recomendações
• Trocar a válvula de segurança por uma nova a cada dois anos.
• Efetuar o ensaio hidrostático da câmara a cada cinco anos.

Cuidados com a(s) guarnição (ões)


• A vida útil de uma guarnição é diretamente proporcional à intensidade de uso do esterilizador (número de
horas em funcionamento, número de ciclos por dia e cuidados de lubrificação).
• Nunca utilize vaselina líquida como lubrificante. A eficiência de lubrificação é baixa, pois tal lubrificante é
removido facilmente pelo calor e compromete a estabilidade da guarnição.
• Recomendamos a utilização de graxa de silicone especialmente desenvolvido para a Baumer S.ª,
comercializado em frascos de 500 ml (código Baumer 86429 ou graxa GLC 346), utilizando um pequeno
pincel ou as próprias mãos.
• Lubrificar semanalmente.
• Lubrificar as bordas da canaleta em toda a sua extensão e não o fundo.
• Ao remover a guarnição para limpeza, nunca utilize ferramentas cortantes ou pontiagudas, como chave de
fenda, faca, garfo ou outro instrumento qualquer. Utilize espátula especial de ponta curva (código Baumer
86428).
• Nunca remova uma guarnição quente, pois ela poderá romper na emenda.
• Para retirada da guarnição, posicione a espátula entre a canaleta e a guarnição, puxando-a para fora até
que se solte completamente da canaleta da câmara. Remova toda a guarnição da canaleta e lubrifique-a
com a graxa de silicone especial (não é necessário lubrificar a canaleta da câmara). Para realizar a
colocação da guarnição no equipamento, coloque a emenda na parte superior central, encaixando
primeiramente as porções retas verticais e horizontais e posteriormente os cantos. Este procedimento deve
ser seguido, tanto para a troca de guarnição, como para os cuidados de manutenção preventiva sugerida
neste manual.

Atenção
Os parâmetros de manutenção podem ter a sua periodicidade alterada em função da qualidade dos
suprimentos e frequência de utilização do equipamento.

3.1. Comando
O Esterilizador Baumer modelo HI SPEED II possui funções nas teclas da tela do comando destinadas aos
procedimentos de manutenção “ON LINE” pela equipe de manutenção.
Abaixo descrevemos as principais funções:
Ao ser acionado, dá acesso às mudanças dos parâmetros do ciclo
Programar
correspondente. Este acesso só é possível por meio de senha.

Status Ao ser acionado, visualiza os parâmetros do ciclo correspondente.

Ao ser acionado permite visualizar o gráfico com os valores instantâneos dos


sensores de temperatura e pressão (pressão somente para o programa “B”).
MONITORAÇÃO
E possível também monitorar o acionamento das entradas e saídas do CLP.

Só deverá ser acionado por pessoal técnico treinado. Permite acesso (por
CONFIGURAÇÕES GERAIS meio de senha) de data e hora, senhas de acesso, sistemas da IHM, habilitar
impressora e selecionar sistema de suprimento de vapor.

Só deverá ser acionado por pessoal técnico treinado. Permite acesso (por
CALIBRAÇÃO meio de senha) à calibração de sensores de temperatura e pressão (pressão
somente para o programa “B”).
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 9 de 25

Ao ser acionado, permite operar manualmente as diversas saídas do PLC.


OPERAÇÃO MANUAL Acesso por meio de senha.

3.2. Monitoramento das Entradas e Saída


A HI SPEED II permite monitorar através da tela da IHM, o acionamento das entradas e saídas do CLP durante o
funcionamento do esterilizador, para visualizar proceda conforme abaixo:

1. Após iniciar o ciclo e em qualquer fase do processo pressione a tecla


“Monitoração” surgira a tela “MONITORAÇÃO”

2. Pressione a tecla “Entradas/Saídas” surgira a tela com as entradas do CLP;

3. É possível nesta tela monitorar o acionamento em tempo real de todas as


entradas do CLP que serão demonstradas como acionada, através da
mudança de cor para verde.

4. Pressionando a tecla “Saídas” será possível monitorar o acionamento em


tempo real de todas as saídas do CLP que serão demonstradas como
acionada, através da mudança de cor para verde.
Para sair da tela de monitoração pressione a tecla “Retornar”

3.3. Senhas de acesso


O esterilizador HI SPEED II permite o cadastramento de usuários de fábrica com nomes e senhas pré-cadastradas.
Abaixo segue os usuários suas senhas e seus acessos:
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 10 de 25

Usuário Senha Denominação Acesso

OP1 Operador 1
Permite que o usuário possa operar o esterilizador, seu nome de
OP2 3785 Operador 2
usuário será impresso na fita da impressora.
OP3 Operador 3

SUP 1279 Supervisor Permite alterar os parâmetros dos ciclos e alterar data e hora;
CAL 6976 Calibração Permite alterar os parâmetros de calibração dos sensores;

Permite operar manualmente as válvulas e sistemas de


MAN 2441 Manutenção
acionamento do esterilizador

Permite acessar todas as operações acima e a tela de edição de


Usuário, habilitar ou desabilitar a impressora, selecionar o sistema
ADM 2667 Administrador
de suprimento de vapor, habilitar ou desabilitar o Login para
utilização do esterilizador e editar o nome do cliente

3.3. Operação Manual


O produto foi projetado para operar de forma totalmente automática. Para auxiliar a manutenção e verificar o
correto funcionamento dos acionamentos, o produto pode ser operado manualmente, através de senha de acesso
especificada pelo supervisor.

1. Na tela de inicialização pressione qualquer ponto da tela da IHM, surgirá a


tela de “SELECIONAR CICLO”;

2. Na tela “SELECIONAR CICLO” selecione o ciclo desejado pressionando a


tecla correspondente,

3. Na tela de “INICIAR CICLO” pressione a tecla “Configuração”;


Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 11 de 25

4. Na tela de “CONFIGURAÇÕES” pressione a tecla “Operação Manual”, o


comando solicita entrada da senha de operação manual;

5. Digite a senha de Operação Manual utilizando o teclado alfanumérico e


confirme pressionando a tecla "Ent” surgirá a tela de “OPERAÇÃO
MANUAL”;

6. O esterilizador estará habilitado para funcionamento manual. O acionamento


dos sistemas pode ser feito individualmente ou de maneira simultânea
pressionando a tecla correspondente. A tecla habilitada ficará vermelha
indicando esta condição, pressionando novamente a tecla a operação será
desabilitada;
O comando só estará disponível se ocorrer a seguinte condição: o ciclo não
estiver em execução. Na tela é possível operar manualmente:
• Válvula de Vapor C.I.; • Alarme;
• Válvula de Vácuo; • Válvula de Vapor Externo;
• Bomba de vácuo; • Porta de carga;
• Válvula de Ar C.I.; • Porta de Descarga

7. Para retornar a tela de “CONFIGURAÇÕES” pressione a tecla “Retornar” e


pressionando a tecla “Retornar” surgirá a tela de “INICIAR CICLO”.

3.4. Rotina de Calibração dos Sensores Comando

3.4.1. Calibração dos Sensores de Temperatura

1. Na tela de inicialização pressione qualquer ponto da tela da IHM, surgira a


tela de “SELECIONAR CICLO”;
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 12 de 25

2. Na tela “SELECIONAR CICLO” selecione o ciclo desejado pressionando a


tecla correspondente,

3. Na tela de “INICIAR CICLO” pressione a tecla “Configuração”;

4. Na tela de “CONFIGURAÇÕES” pressione a tecla “Calibração”, o comando


solicita entrada da senha de calibração;

5. Digite a senha de calibração utilizando o teclado alfa-numérico e confirme


pressionando a tecla "ENT”.

6. Para o programa “B” surgirá a tela de “CALIBRAÇÃO DE SENSORES“


pressione a tecla “Calibração de temperatura” para surgir a tela de
“CALIBRAÇÃO DE TEMPERATURA”;
Atenção: Para os programas “A” e “L” a tela de a tela de “CALIBRAÇÃO DE
SENSORES“ não aparece indo direto para a tela de “CALIBRAÇÃO DE
TEMPERATURA”;
A opção “Temperatura” permite a calibração dos sensores:
• TE-5A - referente ao sensor de controle da camara interna;
• TE-5B – referente ao sensor de carga (Opcional no programa “B”).
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 13 de 25

7. Para realizar a calibração dos sensores de temperatura será necessária a


utilização de um forno de calibração ajustado em uma temperatura de
referência para comparação. Proceder conforme abaixo para efetuar a
calibração dos sensores de temperatura:
• Ligar o Forno de Calibração e Inserir o Sensor a ser calibrado.
• Ajustar a temperatura do Forno de Calibração em 134ºC ± 0,5ºC.
• Verificar a leitura do sensor a ser calibrado com a indicação do forno de
calibração.
• Caso haja diferença de temperatura, ajustar conforme abaixo.
• Calcular a diferença entre a leitura do Sensor a ser calibrado e o Forno
de Calibração.
• O valor encontrado deverá ser incrementado, se o resultado acima for
positivo, ou decrementado, caso seja negativo, do fator padrão de
ajuste, que é de 15,0.
• Para ajustar pressionar sobre o parâmetro a ser modificado, inserir o
valor desejado e confirmar com a tecla “ENTER”.
• Verificar novamente a leitura do comando com a indicação do forno e se
necessário ajustar novamente. Para sair pressionar as teclas “Retornar”.

3.4.2. Calibração dos Sensores de Pressão (Somente para Programa “B”)

1. Na tela de inicialização pressione qualquer ponto da tela da IHM, surgira a


tela de “SELECIONAR CICLO”;

2. Na tela “SELECIONAR CICLO” selecione o ciclo desejado pressionando a


tecla correspondente,

3. Na tela de “INICIAR CICLO” pressione a tecla “Configuração”;


Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 14 de 25

4. Na tela de “CONFIGURAÇÕES” pressione a tecla “Calibração”, o comando


solicita entrada da senha de calibração;

5. Digite a senha de calibração utilizando o teclado alfa-numérico e confirme


pressionando a tecla "Ent” surgirá a tela de “CALIBRAÇÃO DE
SENSORES”;

6. A opção “PRESSÃO” permite a calibração dos transdutores de pressão da


camara interna “PT-2” e da camara externa “PT-3”, Para realizar esta
calibração será necessária a utilização de um calibrador pneumático com
range de 0 a 5 bar absoluto e precisão de 0,0001 bar, pressione a tecla
“Calibração Pressão” e proceda conforme abaixo para efetuar a calibração
dos transdutores de pressão.

7. Na tela de “CALIBRAÇÃO DE PRESSÃO” pressione a tecla “PT-2” para


calibração do transdutor de pressão da camara interna.

8. Procedimento de calibração para camara interna.


• Conectar o calibrador de pressão ao transdutor da câmara interna.
• Despressurizar o calibrador utilizando a válvula de alivio da bomba de
pressão e ajustar a pressão do calibrador para 0,400 bar e pressionar a
tecla “ZERO”.
• Inserir com o auxilio da bomba de pressão 2,500 bar no calibrador de
pressão e pressionar a tecla “SPAM”.
• Repetir os ajustes de “ZERO” e “SPAM” três vezes.
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 15 de 25

9. Desconectar o calibrador de pressão do transdutor da Câmara Interna e


conectar na Câmara Externa, pressionar a tecla “Retornar”, na tela de
“CALIBRAÇÃO DE PRESSÃO” pressione a tecla “PT-3” para calibração do
transdutor de pressão da camara externa.

10. Procedimento de calibração da câmara externa


• Despressurizar o calibrador utilizando a válvula de alivio da bomba de
pressão e ajustar a pressão do calibrador para 0,400 bar e pressionar a
tecla “ZERO”.
• Inserir com o auxilio da bomba de pressão 2,500 bar no calibrador de
pressão e pressionar a tecla “SPAM”.
• Repetir os ajustes de “ZERO” e “SPAM” três vezes.
• Para sair pressionar as teclas “Retornar”.

3.4.3. Dados de calibração (Somente para Programa “B”)

11. Na tela de “CALIBRAÇÃO DE PRESSÃO” pressionando a tecla “Dados de


Calibração”, surgirá a tela de “DADOS DE CALIBRAÇÃO DE PRESSÃO”;

12. Caso haja a troca do CLP é possível inserir os valores mostrados na tela da
IHM sem interferir no funcionamento do esterilizador.
Atenção: caso o modulo de Pressão tenha que ser trocada estes valores
não poderão ser utilizados, sendo necessário uma nova calibração conforme
capitulo 3.4.1 e 3.4.2.

3.4.4. Ajuste da Pressão Atmosférica (Somente para Programa “B”)

1. Com a porta de carga do esterilizador aberta e na tela de inicialização


pressione qualquer ponto da tela da IHM, surgira a tela de “SELECIONAR
CICLO”;
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 16 de 25

2. Na tela “SELECIONAR CICLO” selecione o ciclo desejado pressionando a


tecla correspondente,

3. Na tela de “INICIAR CICLO” pressione a tecla “Configuração”;

4. Na tela de “CONFIGURAÇÕES” pressione a tecla “Calibração”, o comando


solicita entrada da senha de calibração;

5. Digite a senha de calibração utilizando o teclado alfa-numérico e confirme


pressionando a tecla "Ent” surgirá a tela de “CALIBRAÇÃO DE
SENSORES”;

6. A opção “PRESSÃO” permite a calibração dos transdutores de pressão da


camara interna “PT-2” e da camara externa “PT-3”, Para realizar esta
calibração será necessária a utilização de um calibrador pneumático com
range de 0 a 5 bar absoluto e precisão de 0,0001 bar, pressione a tecla
“Calibração Pressão” e proceda conforme abaixo para efetuar a calibração
dos transdutores de pressão.
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 17 de 25

7. Na tela de “CALIBRAÇÃO DE PRESSÃO” pressione a tecla “Ajustar” o


comando entende neste momento que a pressão indicada é a pressão
atmosférica na localidade. Para sair pressionar as teclas “Retornar”.

3.5. Indicações de Falhas (alarmes)


O Esterilizador a Vapor HI SPEED II possui uma lógica de controle extremamente funcional, de modo a não
permitir que ações ou parâmetros estejam fora das faixas ou condições necessárias, o que torna esse produto
extremamente confiável durante o ciclo de esterilização.

Os alarmes do esterilizador podem ocorrer em diferentes circunstâncias ou fases


do processo.
Os alarmes se distinguem dos demais parâmetros por serem apresentados na
tela, acompanhado de alarme acustico.
Pressionando a tecla “Reconhecer” o alarme acústico é desligado e a tela de
alarme e reduzida a um ícone de atenção, pressionando o ícone a tela de alarme
volta a ser aberta.

O ícone continuará na tela até que uma ação seja tomada pelo usuário, a qual
deverá eliminar o motivo da geração do alarme, caso nenhuma ação seja tomada
por um período pré-determinado o ciclo é cancelado.

O Esterilizador fará uma rotina de segurança padrão, a qual garantirá que, ao


final da mesma, a porta possa ser aberta com segurança pelo operador..

Veja abaixo os principais alarmes e suas causas e soluções:

ALARME CAUSA PROCEDIMENTO


Alarme de Sobretemperatura na • Falha na válvula de alimentação • Verificar vazamento de vapor pela
Esterilização: de vapor para a câmara interna. válvula da câmara interna.
Alarme de Subtemperatura na • Válvula de vapor para a câmara • Substituição da válvula de vapor
Esterilização: interna com defeito. para a câmara interna.
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 18 de 25

ALARME CAUSA PROCEDIMENTO


• Verificar o funcionamento da
• Falha no sistema de vácuo. bomba de vácuo e da válvula de
Falha no Alcance de Parâmetros: • Falha na válvula de vapor da vácuo da câmara interna.
câmara interna. • Verificar o funcionamento da
válvula de vapor da câmara interna.
• Rearmar o disjuntor motor da
• Disjuntor motor da bomba de
Falha no Relé Térmico da Bomba de bomba de vácuo.
vácuo desligado.
Vácuo: • Verificar a corrente elétrica da
• Sobrecarga na bomba de vácuo.
bomba de vácuo.
• Tentativa de seleção do sensor
• Não selecionar o sensor TTS ou
Equipamento não possui Sensor TTS TTS sem o esterilizador possuir
instalar o opcional.
esse opcional.
• Esterilizador energizado com • Pressionar botão fechar porta de
Fechar Porta de Descarga:
porta de descarga aberta. descarga.
Fechar Porta de Carga para depois • Tentativa de iniciar o ciclo com a • Fechar a porta para depois iniciar o
Iniciar o Ciclo: porta de carga aberta. ciclo.
• Disjuntores do comando do
• Ligar os disjuntores do comando do
gerador desligados.
gerador.
Falha no Pressostato de Vapor • Falha na alimentação de água
• Verificar o abastecimento de água
(Programa B): para o gerador.
para o gerador.
• Resistências de aquecimento
• Substituir as resistências.
queimadas.
Falha no Pressostato de Ar • Falha na alimentação de ar • Verificar fornecimento de ar
(Programa B): comprimido. comprimido.
Falha no Pressostato de Água da • Falta de água para alimentar a • Verificar fornecimento de água para
Bomba de Vácuo (Programa B): bomba de vácuo. a bomba de vácuo.
Sobrepressão na Câmara Interna • Falha no controle da pressão da
• Desligar o esterilizador.
Desligar o esterilizador (Programa B). câmara interna.
Sobrepressão na Câmara Externa. • Falha no controle da pressão da
• Desligar o esterilizador.
Desligar o esterilizador (Programa B).. câmara interna.
Falha no Leak Test da Câmara • Entrada de ar ou vapor para a • Verificar conexões e válvulas da
Interna (Programa B): câmara interna. câmara interna.

3.6. Dados do Software


O Esterilizador a Vapor HI SPEED II permite visualizar na tela da IHM, o programa adquirido bem como a versão
do software da IHM e do CLP, para visualizar estas informações proceda conforme abaixo:

1. Na tela de inicialização pressione no ponto superior esquerdo da tela da


IHM, surgirá a tela de “DADOS DO SOFTWARE”;
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 19 de 25

2. Na tela “DADOS DO SOFTWARE” é possível visualizar:


• O programa adquirido;
• O software do CLP e sua versão;
• O software da IHM e sua versão.

Pressionando a tecla “Retorno” o comando volta a tela de inicialização.

4. Limpeza
Limpeza da superfície da câmara
• Se a câmara apresentar material incrustado, borrife sobre a superfície o desincrustante ACTS® (Código
Baumer ER-501). A temperatura da câmara deve ser baixa o suficiente para permitir o contato com as
mãos do operador.
• Aguarde de 15 a 20 minutos e esfregue a câmara com escova não metálica (ideal escova com cerdas de
nylon). Remova o produto com enxágüe e/ou pano úmido.
• Cuidado para não deixar felpas sobre a superfície.
• O uso freqüente do ACTS® (Código Baumer ER-501), é recomendado para superfícies com excesso de
material incrustado.
• Nunca entre dentro da câmara interna com todo o corpo para realizar a limpeza. No caso da
impossibilidade da limpeza sem entrar na câmara, certifique-se de que o equipamento esteja desligado.

Limpeza da câmara do gerador


• Utilize um produto desincrustante ACTS® (Código Baumer ER-501).
• Desligue a alimentação das resistências.
• Retire a flange da bóia.
• Derrame a solução na câmara.
• Monte novamente a flange.
• Deixe a solução pelo tempo estipulado pelo fabricante.
• Realize a drenagem do gerador.
• Ligue o gerador para entrada de água limpa.
• Realize nova drenagem.
• Repita os dois últimos passos por três vezes.

Limpeza da grelha do dreno:


• Puxe-a para cima.
• Limpe a grelha.
• Posicione a grelha novamente no dreno.

5. Peças e Reposições
DESCRIÇÃO CÓDIGO BAUMER QUANTIDADE
Bloco Auxiliar Disjuntor Motor 891848 01
Bobina para Impressora 898470 01
Bomba de Vácuo 1,5 CV - 50Hz 891610 01
Bomba de Vácuo 3,0 CV - 50Hz 891705 01
Bomba de Vácuo 1,5 CV - 60Hz 891057 01
Bomba de Vácuo 3,0 CV - 60Hz 891058 01
Borne Neutro 0,5 a 4,0 mm² 89576 01
Borne Passagem 10 mm² 89535 01
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 20 de 25

DESCRIÇÃO CÓDIGO BAUMER QUANTIDADE


Borne Passagem Duplo 87749 01
Campainha Sonalarme 24VCC 88027 01
Cilindro Pneumático 40x655 (300 e 500) 902136 02
Cilindro Pneumático 32x465 (100 e 200) 902989 02
Conector Terra EK 4/35 87770 01
Contator 24VCC 18 A 55008 01
Disjuntor Monopolar 4 A 891149 02
Disjuntor Motor 13 a 18 A 895385 01
Disjuntor Motor 9 a 14 A 891196 01
Filtro de Ar Hidrófobo 89521 01
Pressostato 0,1 a 1,0 bar NF 895381 01
Fusível 0,5 A 87756 01
Guarnição (100, 200,) 89332 01
Guarnição (300, 500) 890323 01
Impressora Térmica 898471 01
Mangueira vapor ¾” (1m) 108190 01
Manovacuômetro Diâmetro 60 Pressão bar abs 896205 Mínimo 03
Micro Ventilador 220VCA 87369 01
Mini Regulador Pressão 89974 02
Porta Fusível Trilho DIN 87752 10
Pressostato 1 a 10 bar NA 88441 02
Pressostato 0,1 a 1,0 bar NA 88442 02
Pressostato 895331 02
Purgador Termodinâmico 45078 02
Reparo Válvula Pneumática ½ “ 896305 01
Sensor de Temperatura tipo PT-100 895714 03
Sensor Magnético 55428 01
Sensor PT-100 com bucim movel 895953 01
Transdutor de Pressão Absoluto 896072 02
Válvula Solenóide para Bloco 2/2 NF 895843 01
Válvula Solenóide para Bloco 3/2 NF 895842 01
IHM Touch Screen Colorida 3,5” 901351 01
Controlador Delta DVP14SS2 901554 01
Expansão 4E PT-100 Delta SS2 901559 01
Fonte 24vcc/6.25A - Delta 902220 01
Fonte chaveada 5V 8A 89548 01
Rele 24vcc - 3 contatos reversíveis 34156 01
Base rele ICR 90-19PC 87887 01
Válvula retenção 1” 45275 01
Expansão digital Delta ss2 8e/8s 901555 01
Chave ON/OFF 2pos 2blocos NA 88256 01
Botão emergência tipo soco 98278 01
Botão impulso 81060 01
Sinalizador 16 verde 899717 01
Sinalizador 16 amarelo 899718 01
Válvula esfera m x f ¼” 893035 01
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 21 de 25

DESCRIÇÃO CÓDIGO BAUMER QUANTIDADE


Válvula controladora fluxo ¼” 87838 01
Válvula pneumática 3/2 seletora 892868 01
Válvula Agulha ½” Latão 891071 02
Válvula de Retenção 1/2” BSP Latão 86154 03
Válvula de Segurança 891762 01
Válvula Pneumática ½” BSP NF Latão 893573 03
Válvula Pneumática ½” NF c/ limitador Latão 87217 02
Válvula Pneumática 1/2” NA Latão 899594 01
Válvula Solenóide NF G 1/2” Latão 46979 01
Filtro Y 1/2” BSP Latão 45062 01

6. Símbolos Gráficos
Simbologia utilizada no Esterilizador Baumer modelo HI SPEED II:

SÍMBOLO DESCRIÇÃO

Indica pressão na câmara externa.

Indica pressão da câmara interna.

Indica botão de abertura e fechamento de porta lado descarga (esterilizador com duas
portas).

Etiqueta de identificação de entrada de água.

Etiqueta de identificação de entrada de vapor.

Etiqueta de identificação de entrada de ar

Etiqueta indicadora de não pise.

Etiqueta de identificação de saída dreno.

Etiqueta de identificação de eletricidade.

Etiqueta de identificação de superfície quente.


Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 22 de 25

SÍMBOLO DESCRIÇÃO

Atenção, consultar documentos acompanhantes.

Simbologia utilizada na embalagem do Esterilizador Baumer modelo HI SPEED II:


SÍMBOLO DESCRIÇÃO

Sentido de estocagem.

Frágil, manusear com cuidado.

Consultar instruções de operação.

Manter seco.

Não permitido o empilhamento.

Manter protegido do Sol.

7. Problemas e Soluções
PROBLEMA CAUSA MEDIDA CORRETIVA
• Disjuntor do comando
desarmado. • Armar disjuntor.
Display do comando se apaga
• Conector entre interface e • Reapertar conector.
comando solto.
Movimento de abertura e • Falta de lubrificação na
• Lubrificar a guarnição de vedação.
fechamento de portas realizado guarnição de vedação.
• Reajustar o regulador.
com dificuldade • Regulador de fluxo obstruído.
• Checar a bomba de vácuo.
• Checar a vedação das portas e válvulas
• Ineficiência da bomba de vácuo.
de retenção.
• Entrada de ar na câmara
Pacotes saem molhados • Checar a instalação de abastecimento
interna.
de vapor direto ou gerador, observando
• Vapor úmido.
o correto funcionamento dos purgadores
e separador de umidade.
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 23 de 25

PROBLEMA CAUSA MEDIDA CORRETIVA


• Impressora com defeito. • Realizar manutenção ou troca do
• Fonte da impressora com componente.
Impressora não imprime defeito. • Realizar manutenção ou troca da fonte.
• Falha de comunicação com • Verificar conexão com cabos de
controlador. conexão.
No final do ciclo o retorno à
pressão atmosférica demora além • Filtro de ar saturado. • Substituir o componente.
do normal
Positivando o teste • Vapor úmido. • Verificar suprimento de vapor.
• Verificar relé térmico, disjuntores e
• Falha na bomba de vácuo.
tensão de alimentação.
Porta não abre • Guarnição enroscando.
• Lubrificar guarnição.
• Falha nas válvulas de controle.
• Contactar a Gestão Pós-Venda.
• Falha na comunicação entre o
• Verificar cabos de comunicação.
display e o controlador.
• Mudar a chave para posição “RUN”.
Telas do display não alternam • Chave “RUN” / “PROG” do
• Realizar manutenção ou substituir
controlador na posição “PROG”.
componente.
• Controlador com defeito.
• Checar a qualidade da água.
• Checar o elemento do filtro de água,
substituindo-o se necessário.
• Checar a câmara do gerador de vapor
(caso exista), quanto à quantidade de
Pacotes, instrumentais ou
• Qualidade do vapor/água. minerais e partículas em suspensão
utensílios manchados
depositados em suas paredes, fundo e
resistências, limpando-os caso
necessário.
• Verificar a qualidade do vapor de linha e
instalar um filtro se necessário.
• Falta de pressão de
alimentação.
• Checar a pressão de entrada no
• Válvula agulha bloqueada.
cavalete de vapor.
• Filtro ”Y” do sistema de purga
• Checar o funcionamento dos
obstruído.
Câmara interna não atinge a componentes do cavalete de vapor.
• Vazamento de vapor da câmara
temperatura selecionada • Checar o funcionamento do gerador de
interna.
vapor.
• Vazamento de ar da canaleta
• Limpar ou substituir o componente.
para a câmara.
• Limpar o componente.
• Temperatura da câmara
• Verificar o filtro e purgador.
externa, falha na purgação na
câmara externa.
• Desnivelamento.
• Nivelar.
Acúmulo de água no fundo ou • Válvula agulha bloqueada.
• Limpar ou substituir o componente.
porta do esterilizador • Filtro “Y” do sistema de purga
• Limpar o componente.
obstruído.
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 24 de 25

PROBLEMA CAUSA MEDIDA CORRETIVA


• Rearmar. Caso o desarme seja
constante, contactar a Gestão Pós-
• Relé térmico de proteção da
Venda.
bomba desligada.
• Checar a abertura do registro no
• Falta de água de alimentação
cavalete de água.
Equipamento não realiza vácuo da bomba.
• Situação normal do equipamento
• Câmara pressurizada acima de
durante abertura da porta.
1,10 bar absoluto.
• Rearmar. Caso o desarme seja
• Disjuntor de proteção desligado.
constante, contactar a Gestão Pós-
Venda.
• Vazamento de ar comprimido da
• Limpar ou trocar a guarnição.
Subida de pressão na câmara canaleta para a câmara interna.
• Trocar o reparo ou substituir o
interna sem disparo do ciclo • Falha na válvula de vapor da
componente.
câmara interna.
• Falha no aterramento.
• Verificar aterramento.
Oscilação na leitura de pressão • Transdutor de pressão com
• Realizar a substituição do componente.
defeito.
• Acumulo de água no dreno.
• Sensor de temperatura solto. • Desobstruir o dreno.
• Sensor de temperatura com • Reapertar o sensor.
Erro de leitura da temperatura
defeito. • Realizar substituição do componente.
• Falha na conexão com o • Verificar conexão com o controlador.
controlador.

Em caso de não resolução do problema ou outros problemas, contatar o agente autorizado Baumer S.A..

8. Esquema Elétrico
Anexo no final deste manual:
E-B0111-1 – Esquema elétrico para o programa “A e L”.
E-B0111-2 – Esquema elétrico para o programa “B”.

9. Esquema Hidropneumático
Anexo no final deste manual:
H-B0111-A-p – Esquema hidropneumático para o programa “A”.
H-B0111-B-p – Esquema hidropneumático para o programa “B”.
H-B0111-L-p – Esquema hidropneumático para o programa “L”.

10. Vista Explodida


Anexo no final deste manual V-B0111-p.

11. Descarte do Produto


A Baumer S.A. recomenda que este produto seja devolvido à sua unidade fabril, sem custo, em Mogi Mirim/SP
Brasil, na Av. Prefeito Antonio Tavares Leite, 181 – CEP: 13803-330 – A/C Gestão Pós-Venda, com a instrução de
“Descarte do Produto”. Caso o comprador do produto decida pelo descarte em seu país e/ou cidade, este descarte
deve seguir as normas de descarte do local e/ou país destino, bem como enviar um e-mail, carta e/ou fax para a
empresa Baumer S.A. que a mesma foi descartada conforme legislação.
Manual de Manutenção Código: 130040021

Esterilizador a Vapor Versão / Revisão: 2.000


Modelo: HI SPEED II Folha: 25 de 25

12. G.P.V. - Gestão Pós-Venda


Baumer S.A.
Av. Prefeito Antonio Tavares Leite, 181 • Parque da Empresa
CEP: 13803-330 • Mogi Mirim • SP
Caixa Postal: 1081
Fone/Fax: 19 3805 7699
E-mail: gpv@baumer.com.br • baumer@baumer.com.br
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Diagrama elaborado no Eplan eletric P8

Av. Prefeito Antônio Tavares Leite, 181


Moji Mirim, 13803-330
(0xx)19 3805-7655

Baumer S/A

Diagrama elétrico HI SPEED II


Programa A e Programa L

Código: E-B0111-1

Substitui: E-B0111-AL-p Sub:A

Página anterior: Próxima página: 2


Página: 1
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1
Revisão: Wanderson Venceslau Título / Capa Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

HI SPEED II - Programa A e Programa L


Entradas digitais Saídas digitais

CPU1: DVP14SS211R CPU: DVP14SS211R


X0 - SM-7 (100) - Micro porta de carga; Y0 - SYV-9B e H2 (180) - Válvula vácuo canaleta de carga e lâmpada de indicação de porta aberta;
X1 - SM-8 (101) - Micro porta de descarga; Y1 - SYV-9A (181) - Válvula ar canaleta de carga;
X2 - PS-3A (102) - Pressostato de 121°C; Y2 - SYV-10B (182) - Válvula vácuo canaleta de descarga;
X3 - PS-2 (103) - Pressostato de segurança; Y3 - SYV-10A (183) - Válvula ar canaleta de descarga;
X4 - S3 (104) - Botão porta lado de descarga; Y4 - SY-5 (184) - Válvula vácuo câmara interna;
X5 - Q1 (105) - Auxiliar disjuntor motor bomba de vácuo (gerador). Y5 - SY-2B (185) - Válvula ar câmara interna;

EESD1: DVP16S911R (opcional anti-esmagamento) EESD1: DVP16S911R


X1 - SM-7B e SM-7C (106) - Sistema anti-esmagamento lado carga; Y0 - SY-2A (186) - Válvula vapor câmara interna;
X2 - SM-8B e SM-8C (107) - Sistema anti-esmagamento lado descarga; Y1 - H4 e H3 (187) - Alarme e indicação de fim de ciclo;
Y2 - H1 (188) - Indicação de ciclos lado de descarga;
Entradas analógicas Y3 - RL1 (189) - Relé de controle de ciclos (para programa A);
Y4 - K1 (190) - Contator de acionamento da bomba de vácuo (gerador);
EEA1: DVP04PT Y5 - SY-3 (191) - Válvula vapor câmara externa (para programa L);
CH1 - TE-5B - Sensor de temperatura. Y6 - RL2 (192) - Relé de comutação entre vapor gerado e vapor de linha;

EESD2: DVP16S911R (opcional anti-esmagamento)


Y0 - SYV-7 (193) - Válvula anti-esmagamento porta carga;
Y1 - SYV-8 (198) - Válvula anti-esmagamento porta descarga;

Para auxiliar na identificação:


Exemplo:

Y3 - SY3 (183) Nº do cabo


TAG do componente
Entrada ou saída

Página anterior: 1 Próxima página: 3


Página: 2
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1
Revisão: Wanderson Venceslau Descritivo de entradas e saídas CLP Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Gerador
5
-X1
10
1
2
-X1
10
2 -X1 5 6
1 1 5 5
5 / 10

2 2
2 / 10

5 2 5 2 5 2 5 2

-X1 6 5
2 2
1,0 mm²
1,0 mm² PR 1,0 mm² 1,0 mm²
PR PR PR
Opcional
5 2
L L Opcional
1 2
L L/N -FP1 Line Line
-FA1 Fonte 24 V/6,25 A Fonte -PS4 -VENT1 Ventilador
impressora Motor Motor
Fonte + + - - Pressostato Ventilador
alimentação 5 V / 2A compressor 220 V
+ + - - V+ V-

24 24 0 0 29 30

0,5 mm² 0,5 mm²


VM AZ
-X1 2 2 3 3 -X1 4 4
1 2 1 2 1 2
24 0 BR VD 1,0 mm²
4x21 AWG PR
Blindado 29 30 R5 S5

-X1 1 1
1 2

24 0 Vermelho/ Preto/
PE
Laranja Preto
24 0 PE

24Vcc 0Vcc PE
24 0 29 30
-IHM1
Carga Delta 1 2
+5 GND
M
24 0
-PR1
Impressora
Impressora -M3
P-15 1~ Para auxiliar na identificação:
térmica Compressor PE
4455 4455 de ar Número
24 0 do borne
-X1 1
Nome da régua 1
de bornes Nível 1 ou 2
6677 6677
24.1 0.1 (para borne duplo)

Página anterior: 2 Próxima página: 4


Página: 3
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1 Para máquina sem gerador os bornes -X1: 10/1 e 10/2 da entrada devem ser
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: Entradas substituidos pelos bornes -X1: 8/1 (cabo 5) e -X1: 8/2 (cabo 2). Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

0,5 mm² 0,5 mm²


VM VM
24 24
24 / 3 24 / 3

0 0
0/3 0/3
0,5 mm² 0,5 mm²
AZ 0 24 24 24 24 24 24 24 0 AZ
0 24
-X1 7 8 9 10 11 11
1 1 1 1 1 1
Jumper 1
24 24 24 24 24
13 13 11 11 13
Régua -X1
P P
do gerador
-SM-7 14 -SM-8 14 -PS-3A 12 -PS-2 12 -S3 14
Carga Descarga 121°C Segurança Descarga
100 101 102 103 104
-X1 7 8 9 10 11 11
2 2 2 2 2 2

0,5 mm²
BR
0 24 0 100 101 102 103 104 105 24 0

S/S X0 X1 X2 X3 X4 X5
IN
S/S X0 X1 X2 X3 X4 X5 X6 X7
Alimentação PE
-CPU1 CLP Delta: DVP-14SS211R CPU
A1
C0 Y0 Y1 Y2 C1 Y3 Y4 Y5
OUT A2
C0 Y0 Y1 Y2 C1 Y3 Y4 Y5
24 180 181 182 24 183 184 185

0,5 mm² 0,5 mm²


BR BR
1 1 1 1 1 1

-F1 -F2 -F3 -F4 -F5 -F6


2 2 2 2 2 2
Multicabo Multicabo
3 x 0,5 mm² 3 x 0,5 mm²
0
50 51 52 53 54 55

50 50

-H2 -SYV-9B -SYV-9A -SYV-10B -SYV-10A -SY-5 -SY-2B


Indicação Vácuo Ar Vácuo Ar Vácuo Ar
porta canaleta canaleta canaleta canaleta C.I. C.I.
aberta carga carga descarga descarga
(verde)
0 0 0 0 0 0 0 0

Página anterior: 3 Próxima página: 5


Página: 4
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1 Alimentar -CPU1 com 0, 24 V e PE, o cabo já vem pronto, junto à CPU. Realizar
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: CPU1 jumper 1 para equipamento de uma única porta. Para máquina sem gerador Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
CLP Delta 14SS211R ligar cabo 105 ao borne -X1: 9/2 do comando sem gerador e cabo 24 ao borne
Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro -X1: 9/1 do mesmo.
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

0,5 mm² 0,5 mm²


VM VM
24 24
24 / 3 24 / 3

0 0
0/3 0/3
0,5 mm² 0,5 mm²
0 24 0 24 24
AZ AZ

-X1 12 13
1 1
Jumper
3 24 24

11 11

-SM-7B 12 -SM-8B 12
Carga Descarga Sistema
500 501 anti-esmagamento
(opcional)
11 11

0 -SM-7C 12 -SM-8C 12
Carga Descarga
107 108
Para equipamento sem sistema anti-esmagamento realizar
-X1 12 13 jumper 3 e 4, para máquina de uma unica porta com opcional
2 2 anti-esmagamento realizar jumper 4.

0 24 0 107 108

S/S
IN
S/S X0 X1 X2 X3 X4 X5 X6 X7

-EESD1 CLP Delta: DVP-16SP11R


A1
C0 Y0 Y1 Y2 Y3 Y4 Y5 Y6 Y7
OUT A2
C0 Y0 Y1 Y2 Y3 Y4 Y5 Y6

24 186 187 188 189 190 191 192

0,5 mm²
BR
1 1 1 1 1 1 1

-F7 -F8 -F9 -F10 -F11 -F12 -F13


2 2 2 2 2 2 2 Multicabo
3 x 0,5 mm²
56 57 58 59 60 62
12
56 57 57 1

2 2
Régua -X1
10 do gerador 10
-SY-2A -H3 -H4 -H1 -RL1 -SY-3 -RL2
Vapor Alarme Controle Vapor Comutação
câmara Indicação Indicação de ciclos câmara vapor
interna fim de ciclo prog. A 12 externa gerado
ciclo (verde) 2 prog. L e vapor de
(amarelo) linha
0 0 0 0 0 0 0 0 0

14
12 11 /11

Página anterior: 4 Próxima página: 6


Página: 5
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1 Realizar ligação do RL1 apenas para programa A e ligação da SY7 apenas para
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: EESD1 programa L. Para programa A deixar o cabo 191 parado no porta fusível F12 e Autor ultima alteração:
para programa L deixar o cabo 189 parado no porta fusível F10. Para máquina gabriel.marcondes
expansão de saídas digitais 1
Aprovação: Michel Ribeiro sem gerador ligar cabo 60 ao borne -X1: 10/1 do comando sem gerador e o cabo Data ultima alteração:
0 ao borne -X1:10/2 do mesmo. 21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

0,5 mm² 0,5 mm²


Opcional
VM VM
24 24
24.1 / 3 24.1 / 3

0 0
0.1 / 3 0.1 / 3
0,5 mm² 0,5 mm²
0 24 0
AZ AZ

0 24 0

S/S
IN
S/S X0 X1 X2 X3 X4 X5 X6 X7

-EESD2 CLP Delta: DVP-16SP11R


A1
C0 Y0 Y1 Y2 Y3 Y4 Y5 Y6 Y7
OUT A2
C0 Y0 Y1

24 193 194

0,5 mm²
BR
1 1

-F14 -F15
2 2
Multicabo
3 x 0,5 mm²
63 64

-SYV-7 -SYV-8
Anti- Anti-
esmagamento esmagamento
carga descarga

0 0 0

Página anterior: 5 Próxima página: 7


Página: 6
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1 Realizar as conexões dessa página apenas para máquinas com opcional de
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: EESD2 anti-esmagamento. Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
expansão de entradas e saídas Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
digitais 2 21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

0,5 mm² 0,5 mm²


VM VM
24 24
24.1 / 3 24.1 / 3

0 0
0.1 / 3 0.1 / 3
0,5 mm² 0,5 mm²
AZ 24 0 AZ

24 0

-TE-5B
TCI

Alimentação PE
EEA1

4x22 AWG
blindado

L+ L- I- FG L+ L- I- FG . L+ L- I- FG L+ L- I- FG .
CH1 CH2 CH3 CH4

CLP Delta: DVP-04PT


-EEA1

Página anterior: 6 Próxima página: 8


Página: 7
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1 Alimentar -EEA1 com 0, 24 V e PE, o cabo já vem pronto, junto à CPU.
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: EEA1 Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
expansão de entradas analógicas 1 Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

VENT1 CPU1 EESD1 EESD2 EEA1


Boas práticas na montagem do painel,
FA1
H4
baseadas na NR 5410:
°Partes energizadas devem ser completamente isoladas, sendo que a isolação
FP1 não pode apresentar defeitos que a comprometam. Quando a mesma
apresentar esses defeitos ela deve ser destruída e substituída por outra ideal.
Essa observação se aplica para a isolação própria dos condutores,
termocontráteis e outros tipos de isolação.

Opcional
°Verificar aperto dos elementos de fixação e das conexões.
EESD1
OpcionalEESD2
CPU1

EEA1

°Os termocontráteis não podem apresentar defeitos (ex: rachaduras), para que
Opcional isso não aconteça faça com que o corte do mesmo seja perpendicular, sem
apresentar bicos.

F10
F11
F12
F13
F14
F15
F1
F2
F3
F4
F5
F6
F7
F8
F9
Corte Corte Corte
ideal defeituoso defeituoso

Nível 1
°Os contatos e conexões devem ser seguros e confiáveis.
24
24

29

24
24
24
24
24
24
24
0

2
5
Nível 2

100
101
102
103
104
107
108
24

30
0

2
5
°Não devem existir emendas nos condutores dentro dos eletrodutos,

10
11
12
13
Régua de
1
2
3
4
5
6
7
8
9
bornes -X1 conduites e canaletas.

°Verificar se os condutores não apresentam sinais de calor excessivo,


rachaduras, ressecamento e sujeira.
Apenas para
programa L °Verificar se os painéis não apresentam corrosão, oxidação, falha na pintura,
Disponivel SY-3 SY-5 SY-2A SY-2B umidade ou quaisquer coisas que alterem a integridade de seu estado geral.

°Verificar o estado geral de calhas, eletrodutos, conduites (estes não podem


estar amassados), canaletas e componentes.

°As conexões com terminais devem respeitar a seguinte padronização:


Terminais vermelhos - cabos de 0,5 a 1,5 mm²;
Terminais azuis - cabos de 1,6 a 2,5 mm²;
Terminais amarelos - cabos de 2,6 a 6,0 mm².
Se for conectado mais de um cabo no mesmo terminal a escolha deste
SYV-9A SYV-9B SYV-10A SYV-10B
deve ser feita mediante a soma das secções transversais. Ex: 3 cabos de
0,5 mm² em um mesmo terminal, 0,5 +0,5+0,5 = 1,5 mm², então utilizar
terminal vermelho.

°As etiquetas dos Tag's de identificação devem ser amarelas.

Página anterior: 7 Próxima página: 9


Página: 8
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1 Todas as canaletas serão 30 x 50. Os portas fusíveis tracejados devem ser
Revisão: Wanderson Venceslau Layout de montagem do painel instalados apenas para máquina com opcional de anti-esmagamento. Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
elétrico Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

-IHM -CPU1

Layout das lâmpadas do lado


de descarga

H1 Indicação de máquina ligada.


Verde

8 Pin
H2 Indicação de porta de carga aberta. mini DIN
Verde

0V 24 V
RS-485
H3 Indicação de fim de ciclo.
T+ T- R+ R- + -
Amarelo
901 900

Marrom
901
VD PR PR
900
DB-9 Macho Branco
-X1: 4/2 -X1: 4/1 0 24
30 29 Multicabo 3 x 0,5 mm²
Preto
4 x 22 AWG
VD BR

30 29
Laranja (+VP)
Vermelho (+VC)
Preto (GND)
Preto (GND)

Cinza (RXD)

Comunicação entre a impressora PR1 e a IHM


Azul (TXD)
Preto (GND)

IHM Impressora

Branco
2 AZ
3 Amarelo CIN
5 Verde PR
4 x 22 AWG
-IHM1 cód.: 107894 -PR1

Página anterior: 8 Próxima página: 10


Página: 9
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comunicação e layout Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
das lâmpadas do lado de descarga Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Instalação
R
do cliente
S
T
N 1 3 5

-Q5
15 A 2 4 6

220/380 Vca N R S T
R R
R / 11

S S
S / 11

T T
T / 11
N
2,5 mm²
R S N

220 Vca
380 Vca
PR
-X1 1 2
1 1

-X1 3
1
R S ou N
13 13
-Q3 -Q4
10 A 14 10 A 14
1,0 mm²
1 2
PR
-X1 4
1
1
13
-CH1
Chave 14
on/off
3 Bomba de vácuo
11 Tensão (U)
Potência (P) Ajuste
-S0 (Vca)
Emergência 12
lado
carga 4 220 5A
1,5 cv
380 3A
-X1 4
2 220 9A
3,0 cv
380 5A
4
Tabela 1
-X1 5
1
4
Jumper 1 Para auxiliar na identificação:
-S1 Número
Emergência
lado do borne
descarga -X1 1
5 Nome da régua 1
de bornes Nível 1 ou 2
-X1 5 (para borne duplo)
2

5 2

3 3
Alimentação sem gerador 5 2
Página anterior: 9 Próxima página: 11
Página: 10
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1 O jumper entre o borne -X1:1/1 e -X1:3/1 é realizado para equipamentos 220 Vca
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: Ligações de e o jumper entre -X1:2/1 e -X1:3/1 para 380 Vca. O jumper 1 é feito em Autor ultima alteração:
equipamento de uma porta. Para equipamento de 380 Vca o disjuntor Q4 é gabriel.marcondes
entrada para máquinas sem gerador
Aprovação: Michel Ribeiro substituído por um borne neutro. Data ultima alteração:
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

5 R
5/ R / 10

S
2 S / 10
2/
5 2 1,0 mm² 5 2 24 24 60 60
PR T
T / 10

4,0 mm²
PR
13 A1
R S T
-Q1 -K1
/11 14 Bomba A2
Auxiliar de vácuo
motor
disjuntor
bomba de 1 3 5
1,0 mm² vácuo -Q1
PR Tabela 1
1,0 mm² 1,0 mm² 1,0 mm² 1,0 mm² pág. 11
5 PR VM BR AZ I> I> I>
2 4 6
2 5 2 24 105 60 0
-X1 6
1
-X1 8 8 9 9 10 10
5 1 2 1 2 1 2

11
-RL1
/5 12 14
Jumper Controle de
5 ciclos 92

-X1 6 R1 S1 T1
2
92
11 1 3 5

-PS-12 P -K1
134° C (prog. A e B) 12 14 /11 2 4 6
121° C (prog. L) 18 A
94
U1 V1 W1
-X1 7
1
1,0 mm² 1,0 mm²
PR 94 PR U1 U1

-SYV-6 -SYV-6
N V1

94 380 Vca 220 Vca


U1 V1 W1
-SY-1
Vapor
-M1
M
de linha Ligar no centro do P5 3~
externa fechamento Y (bomba de vácuo) PE
Tabela 1
pág. 11

2 2

/11
Realizar jumper apenas para programa L.

Alimentação sem gerador


Página anterior: 10 Próxima página: 12
Página: 11
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: Ligações de Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
controle e potência para máquinas Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
sem gerador 21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Aterramento

Q5
RL1

Nível 1
S N S/N 1 4 5 94 5 24 60
Nível 2
4 5 92 2 105 0
Q3 Q4 Q1
Régua de

10
1
2
3
4
5
6
7
8
9
bornes -X1
4 5 92 2 105 0

S N S/N 1 4 5 94 5 24 60

Régua -X1 K1

Página anterior: 11 Alimentação sem gerador Próxima página:


Página: 12
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 12
E-B0111-1
Revisão: Wanderson Venceslau Layout de montagem do quadro Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
elétrico para máquinas sem gerador Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Diagrama elaborado no Eplan eletric P8

Av. Prefeito Antônio Tavares Leite, 181


Moji Mirim, 13803-330
(0xx)19 3805-7655

Baumer S/A

Diagrama elétrico HI SPEED II


Programa B

Código: E-B0111-2

Substitui: E-B0111-B-p Sub:A

Página anterior: Próxima página: 2


Página: 1
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2
Revisão: Wanderson Venceslau Título / Capa Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

HI SPEED II - Programa B
Entradas digitais Saídas digitais

CPU1: DVP14SS211R CPU: DVP14SS211R


X0 - SM-7 (100) - Micro porta de carga; Y0 - SYV-9B e H2(180) - Válvula vácuo canaleta de carga e lâmpda de indicação de porta aberta;
X1 - SM-8 (101) - Micro porta de descarga; Y1 - SYV-9A (181) - Válvula ar canaleta de carga;
X2 - PS-11 (102) - Pressostato de ar; Y2 - SYV-10B (182) - Válvula vácuo canaleta de descarga;
X3 - PS-1 (103) - Pressostato de vapor; Y3 - SYV-10A (183) - Válvula ar canaleta de descarga;
X4 - S3 (104) - Botão porta lado de descarga; Y4 - SY-5 (184) - Válvula vácuo câmara interna;
X5 - Q1 (105) - Auxiliar disjuntor motor bomba de vácuo (gerador); Y5 - SY-2B (185) - Válvula ar câmara interna;
X6 - PS-6 (106) - Pressostato de água.
EESD1: DVP16S911R
EESD1: DVP16S911R (opcional anti-esmagamento) Y0 - SY-2A (186) - Válvula vapor câmara interna;
X1 - SM-7B e SM-7C (106) - Sistema anti-esmagamento lado carga; Y1 - H4 e H3 (187) - Alarme e lâmpada de indicação de fim de ciclo;
X2 - SM-8B e SM-8C (107) - Sistema anti-esmagamento lado descarga; Y2 - H1 (188) - Indicação de ciclos;
Y3 - Não utilizável em programa B.
Entradas analógicas Y4 - K1 (190) - Contator de acionamento da bomba de vácuo (gerador);
Y5 - SY-3 (191) - Válvula vapor câmara externa;
EEA1: DVP04PT Y6 - RL2 (192) - Relé de comutação entre vapor gerado e vapor de linha.
CH1 - TE-5B - Sensor de temperatura TCI;
CH2 - TE-5A - Sensor de temperatura TTS. EESD2: DVP16S911R (opcional anti-esmagamento)
Y0 - SYV-7 (193) - Válvula anti-esmagamento porta carga;
EEA2: DVP04AD Y1 - SYV-8 (194) - Válvula anti-esmagamento porta descarga.
CH1 - PT-12 - Transdutor de pressão câmara interna;
CH2 - PT-3 - Transdutor de pressão câmara externa.

Para auxiliar na identificação:


Exemplo:

Y3 - SY3 (183) Nº do cabo


TAG do componente
Entrada ou saída

Página anterior: 1 Próxima página: 3


Página: 2
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2
Revisão: Wanderson Venceslau Descritivo de entradas e saídas CLP Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Gerador
5
-X1
10
1
2
-X1
10
2 -X1 5 6
1 1 5 5
5 / 11

2 2
2 / 11

5 2 5 2 5 2 5 2

-X1 6 5
2 2
1,0 mm²
1,0 mm² PR 1,0 mm² 1,0 mm²
PR PR PR
Opcional
5 2
L L Opcional
1 2
L L/N -FP1 Line Line
-FA1 Fonte 24 V/6,25 A Fonte -PS4 -VENT1 Ventilador
impressora Motor Motor
Fonte + + - - Pressostato Ventilador
alimentação 5 V / 2A compressor 220 V
+ + - - V+ V-

24 24 0 0 29 30

0,5 mm² 0,5 mm²


VM AZ
-X1 2 2 3 3 -X1 4 4
1 2 1 2 1 2
24 0 BR VD 1,0 mm²
4x21 AWG PR
Blindado 29 30 R5 S5

-X1 1 1
1 2
Vermelho/ Preto/
24 0 PE Laranja Preto
24 0 PE

24Vcc 0Vcc PE
24 0 29 30
-IHM1
Carga Delta 1 2
+5 GND
24 0 M
-PR1
Impressora
Impressora -M3
P-15 1~ Para auxiliar na identificação:
4455 4455 térmica Compressor PE
66 66 de ar Número
24 0 do borne
-X1 1
7788 7788 Nome da régua 1
24.1 0.1 de bornes Nível 1 ou 2
(para borne duplo)

Página anterior: 2 Próxima página: 4


Página: 3
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2 Para máquina sem gerador os bornes -X1: 10/1 e 10/2 da entrada devem ser
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: Entradas substituidos pelos bornes -X1: 8/1 (cabo 5) e -X1: 8/2 (cabo 2). Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

0,5 mm² 0,5 mm²


VM VM
24 24
24 / 3 24 / 3

0 0
0/3 0/3
0,5 mm² 0,5 mm²
AZ 0 24 24 24 24 24 24 24 24 0 AZ
0 24
-X1 7 8 9 10 11 11 12
1 1 1 1 1 1 1
Jumper 1
24 24 24 24 24 24
13 13 11 11 13 11
Régua -X1
P P P
do gerador
-SM-7 14 -SM-8 14 -PS-11 12 -PS-1 12 -S3 14 -PS-6 12
Carga Descarga Ar Vapor Descarga Água
100 101 102 103 104 106
-X1 7 8 9 10 11 11 12
2 2 1 2 2 2 2

0,5 mm²
BR
0 24 0 100 101 102 103 104 105 106 24 0

S/S X0 X1 X2 X3 X4 X5
IN
S/S X0 X1 X2 X3 X4 X5 X6 X7
Alimentação PE
-CPU1 CLP Delta: DVP-14SS211R CPU
A1
C0 Y0 Y1 Y2 C1 Y3 Y4 Y5
OUT A2
C0 Y0 Y1 Y2 C1 Y3 Y4 Y5
24 180 181 182 24 183 184 185

0,5 mm² 0,5 mm²


BR BR
1 1 1 1 1 1

-F1 -F2 -F3 -F4 -F5 -F6


2 2 2 2 2 2
Multicabo Multicabo
3 x 0,5 mm² 3 x 0,5 mm²
0
50 51 52 53 54 55

50 50

-H2 -SYV-9B -SYV-9A -SYV-10B -SYV-10A -SY-5 -SY-2B


Indicação Vácuo Ar Vácuo Ar Vácuo Ar
de porta canaleta canaleta canaleta canaleta C.I. C.I.
aberta carga carga descarga descarga
(verde)
0 0 0 0 0 0 0 0

Página anterior: 3 Próxima página: 5


Página: 4
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2 Alimentar -CPU1 e com 0, 24 V e PE, a Delta já disponibiliza o cabo pronto, junto à
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: CPU1 CPU. Realizar jumper 1 para equipamento de uma única porta. Para máquina sem Autor ultima alteração:
CLP Delta 14SS211R gerador ligar cabo 105 ao borne -X1: 9/2 do comando sem gerador e cabo 24 ao gabriel.marcondes
Aprovação: Michel Ribeiro borne -X1: 9/1 do mesmo. Data ultima alteração:
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

0,5 mm² 0,5 mm²


VM VM
24 24
24 / 3 24 / 3

0 0
0/3 0/3
0,5 mm² 0,5 mm²
0 24 0 24 24
AZ AZ

-X1 15 16
1 1
Jumper Jumper
3 24 24 4

11 11

-SM-7B 12 -SM-8B 12
Carga Descarga Sistema
500 501 anti-esmagamento
(opcional)
11 11

0 -SM-7C 12 -SM-8C 12
Carga Descarga
107 108

-X1 15 16
2 2

0 24 0 107 108

S/S
IN
S/S X0 X1 X2 X3 X4 X5 X6 X7

-EESD1 CLP Delta: DVP-16SP11R


A1
C0 Y0 Y1 Y2 Y3 Y4 Y5 Y6 Y7
OUT A2
C0 Y0 Y1 Y2 Y3 Y4

24 186 187 188 189 190 191 192

0,5 mm²
BR
1 1 1 1 1 1 1

-F7 -F8 -F9 -F10 -F11 -F12 -F13


2 2 2 2 2 2 2 Multicabo
3 x 0,5 mm²
56 57 58 60 61 62
12
1
56 57 57
2
-SY-2A -H3 -H4 -H1 Régua -X1
Vapor Alarme do gerador 10
C.I. Indicação Indicação -SY-3 -RL2
fim de ciclo Vapor Comutação
ciclo (verde) C.E. vapor
12 gerado
(amarela)
2 e vapor de
linha
0 0 0 0 0 0 0 0

Página anterior: 4 Próxima página: 6


Página: 5
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2 Para máquina sem gerador ligar cabo 60 ao borne -X1: 10/1 do comando
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: ESD1 sem gerador e o cabo 0 ao borne -X1:10/2 do mesmo. Para equipamento Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
expansão de saídas digitais 1 sem sistema anti-esmagamento realizar jumper 3 e 4, para uma porta com
Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro anti-esmagamento realizar jumper 4.
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

0,5 mm² 0,5 mm²


Opcional
VM VM
24 24
24 / 3 24 / 3

0 0
0/3 0/3
0,5 mm² 0,5 mm²
0 24 0
AZ AZ

0 24 0

S/S
IN
S/S X0 X1 X2 X3 X4 X5 X6 X7

-EESD2 CLP Delta: DVP-16SP11R


A1
C0 Y0 Y1 Y2 Y3 Y4 Y5 Y6 Y7
OUT A2
C0 Y0 Y1

24 193 194

0,5 mm²
BR
1 1

-F14 -F15
2 2
Multicabo
3 x 0,5 mm²
63 64

-SYV-7 -SYV-8
Anti- Anti-
esmagamento esmagamento
carga descarga

0 0 0

Página anterior: 5 Próxima página: 7


Página: 6
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2 Realizar as conexões dessa página apenas para máquinas com opcional de
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: EESD2 anti-esmagamento. Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
expansão de entradas e saídas Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
digitais 2 21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

0,5 mm² 0,5 mm²


VM VM
24 24
24.1 / 3 24.1 / 3

0 0
0.1 / 3 0.1 / 3
0,5 mm² 0,5 mm²
AZ 24 0 AZ

24 0

-TE-5B -TE-5A
TCI TTS

Alimentação PE
EEA1

4x22 AWG 4x22 AWG


blindado blindado

L+ L- I- FG L+ L- I- FG . L+ L- I- FG L+ L- I- FG .
CH1 CH2 CH3 CH4

CLP Delta: DVP-04PT


-EEA1

Página anterior: 6 Próxima página: 8


Página: 7
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2 Alimentar -EEA1 e com 0, 24 V e PE, a Delta já disponibiliza o cabo pronto, junto à
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: EEA1 expansão. Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
expansão de entradas analógicas 1 Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

0,5 mm² 0,5 mm²


VM VM
24 24
24.1 / 3 24.1 / 3

0 0
0.1 / 3 0.1 / 3
0,5 mm² 0,5 mm²
24 24 24 0
AZ AZ
-X1 13 14
1 1
24 24
VM VM

24 0
-PT-2 -PT-3
PCI PCE

BR BR
300 301
-X1 13 14
2 2
300 301
Alimentação PE
EEA2

PE PE
300 300 301 301

V+ I+ COM FG V+ I+ COM FG . V+ I+ COM FG V+ I+ COM FG .


CH1 CH2 CH3 CH4

CLP Delta: DVP-04AD


-EEA2

Página anterior: 7 Próxima página: 9


Página: 8
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2 Alimentar -EEA2 e com 0, 24 V e PE, a Delta já disponibiliza o cabo pronto, junto à
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: EEA2 expansão. Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
expansão de entradas analógicas 2 Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

VENT1 CPU1 EESD1 EESD2 EEA1 EEA2


Boas práticas na montagem do painel,
FA1
H4
baseadas na NR 5410:
°Partes energizadas devem ser completamente isoladas, sendo que a isolação
FP1 não pode apresentar defeitos que a comprometam. Quando a mesma
apresentar esses defeitos ela deve ser destruída e substituída por outra ideal.
Essa observação se aplica para a isolação própria dos condutores,
termocontráteis e outros tipos de isolação.

Opcional
°Verificar aperto dos elementos de fixação e das conexões.
EESD1
OpcionalEESD2
CPU1

EEA1
EEA2

°Os termocontráteis não podem apresentar defeitos (ex: rachaduras), para que
isso não aconteça faça com que o corte do mesmo seja perpendicular, sem
apresentar bicos.

F10
F11
F12
F13
F14
F15
F1
F2
F3
F4
F5
F6
F7
F8
F9
Corte Corte Corte
ideal defeituoso defeituoso

Nível 1
°Os contatos e conexões devem ser seguros e confiáveis.
24
24

29

24
24
24
24
24
24
24
24
24
24
0

2
5
Nível 2

100
101
102
103
104
106
300
301
107
108
24

30
0

2
5 °Não devem existir emendas nos condutores dentro dos eletrodutos,

10
11
12
13
14
15
16
Régua de
1
2
3
4
5
6
7
8
9
bornes -X1 conduites e canaletas.

°Verificar se os condutores não apresentam sinais de calor excessivo,


rachaduras, ressecamento e sujeira.

°Verificar se os painéis não apresentam corrosão, oxidação, falha na pintura,


Disponivel SY-3 SY-5 SY-2A SY2B
umidade ou quaisquer coisas que alterem a integridade de seu estado geral.

°Verificar o estado geral de calhas, eletrodutos, conduites (estes não podem


estar amassados), canaletas e componentes.

°As conexões com terminais devem respeitar a seguinte padronização:


Terminais vermelhos - cabos de 0,5 a 1,5 mm²;
Terminais azuis - cabos de 1,6 a 2,5 mm²;
Terminais amarelos - cabos de 2,6 a 6,0 mm².
SYV-9A SYV-9B SYV-10A SYV-10B Se for conectado mais de um cabo no mesmo terminal a escolha deste
deve ser feita mediante a soma das secções transversais. Ex: 3 cabos de
0,5 mm² em um mesmo terminal, 0,5 +0,5+0,5 = 1,5 mm², então utilizar
terminal vermelho.

°As etiquetas dos Tag's de identificação devem ser amarelas.

Página anterior: 8 Próxima página: 10


Página: 9
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2 Todas as canaletas serão 30 x 50. Os portas fusíveis tracejados devem ser
Revisão: Wanderson Venceslau Layout de montagem do painel instalados apenas para máquina com opcional de anti-esmagamento. Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
elétrico Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

-IHM -CPU1

Layout das lâmpadas do lado


de descarga

H1 Indicação de máquina ligada.


Verde

8 Pin
H2 Indicação de porta de carga aberta. mini DIN
Verde

0V 24 V
RS-485
H3 Indicação de fim de ciclo. + -
Amarelo T+ T- R+ R-
901 900

Marrom
901
VD PR PR
900
DB-9 Macho Branco
-X1: 4/2 -X1: 4/1 0 24
30 29 Multicabo 3 x 0,5 mm²
Preto
4 x 22 AWG
VD BR

30 29
Laranja (+VP)
Vermelho (+VC)
Preto (GND)
Preto (GND)

Cinza (RXD)

Comunicação entre a impressora PR1 e a IHM


Azul (TXD)
Preto (GND)

IHM Impressora

Branco
2 AZ
3 Amarelo CIN
5 Verde PR
4 x 22 AWG
-IHM1 cód.: 107894 -PR1

Página anterior: 9 Próxima página: 11


Página: 10
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comunicação Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Instalação
R
do cliente
S
T
N 1 3 5

-Q5
15 A 2 4 6

220/380 Vca N R S T
R R
R / 12

S S
S / 12

T T
T / 12
N
2,5 mm²
R S N

220 Vca
380 Vca
PR
-X1 1 2
1 1
Bomba de vácuo
-X1 3
1 Tensão (U)
R S ou N Potência (P) Ajuste
(Vca)
13 13
-Q3 -Q4 220 5A
10 A 14 10 A 14 1,5 cv
1,0 mm² 380 3A
1 2
PR
220 9A
-X1 4 3,0 cv
1 380 5A
1
13
Tabela 1
-CH1
Chave 14
on/off
3

11
-S0
Emergência 12
lado
carga 4

-X1 4
2

-X1 5
1
4
Jumper 1 Para auxiliar na identificação:
-S1 Número
Emergência
lado do borne
descarga -X1 1
5 Nome da régua 1
de bornes Nível 1 ou 2
-X1 5 (para borne duplo)
2

5 2

3 3
Alimentação sem gerador 5 2
Página anterior: 10 Próxima página: 12
Página: 11
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2 O jumper entre o borne -X1:1/1 e -X1:3/1 é realizado para equipamentos 220 Vca
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: Ligações de e o jumper entre -X1:2/1 e -X1:3/1 para 380 Vca. O jumper 1 é feito em Autor ultima alteração:
equipamento de uma porta. Para equipamento de 380 Vca o disjuntor Q4 é gabriel.marcondes
entrada para máquinas sem gerador
Aprovação: Michel Ribeiro substituído por um borne neutro. Data ultima alteração:
21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

5 R
5/ R / 11

S
2 S / 11
2/
5 2 1,0 mm² 5 2 24 24 60 60
PR T
T / 11

4,0 mm²
PR
13 A1
R S T
-Q1 -K1
/12 14 Bomba A2
Auxiliar de vácuo
motor
disjuntor
bomba de 1 3 5
1,0 mm² vácuo -Q1
PR Tabela 1
1,0 mm² 1,0 mm² 1,0 mm² 1,0 mm² pág. 11
5 2 I> I> I>
PR VM BR AZ
2 4 6
5 2 24 105 60 0
-X1 6
1
-X1 8 8 9 9 10 10
5 1 2 1 2 1 2

-X1 6 R1 S1 T1
2
5
1 3 5
-K1
/12 2 4 6
18 A
5
U1 V1 W1
-X1 7
1
1,0 mm² 1,0 mm²
PR 5 PR U1 U1

-SYV-6 -SYV-6
N V1

5 380 Vca 220 Vca


U1 V1 W1
-SY-1
Vapor
-M1
M
de linha Ligar no centro do P5 3~
externa fechamento Y (bomba de vácuo) PE
Tabela 1
pág. 11

2 2

/12

Alimentação sem gerador


Página anterior: 11 Próxima página: 13
Página: 12
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2
Revisão: Wanderson Venceslau Diagrama de comando: Ligações de Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
controle e potência para máquinas Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
sem gerador 21/01/2013
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Aterramento

Q5
RL1

Nível 1
S N S/N 1 4 5 94 5 24 60
Nível 2
4 5 92 2 105 0
Q3 Q4 Q1
Régua de

10
1
2
3
4
5
6
7
8
9
bornes -X1
4 5 92 2 105 0

S N S/N 1 4 5 94 5 24 60

Régua -X1 K1

Página anterior: 12 Alimentação sem gerador Próxima página:


Página: 13
Código: Desenho: Marcos Franceli
Descrição da página: Observação: Total de páginas: 13
E-B0111-2
Revisão: Wanderson Venceslau Layout de montagem do quadro Autor ultima alteração:
gabriel.marcondes
elétrico para máquinas sem gerador Data ultima alteração:
Aprovação: Michel Ribeiro
21/01/2013
2 Purgador Termodinâmico 45078 1 Filtro Y 1/2” BSP Latão 45062
2 Pressostato 895331 1 Válvula Solenóide NF G 1/2” Latão 46979
2 Pressostato 0,1 a 1,0 bar NA 88442 1 Válvula Pneumática 1/2” NA Latão 899594
2 Pressostato 1 a 10 bar NA 88441 2 Válvula Pneumática ½” NF c/ limitador Latão 87217
10 Porta Fusível Trilho DIN 87752 3 Válvula Pneumática ½” BSP NF Latão 893573
2 Mini Regulador Pressão 89974 1 Válvula de Segurança 891762
1 Micro Ventilador 220VCA 87369 3 Válvula de Retenção 1/2” BSP Latão 86154
3 Manovacuômetro Diâmetro 60 Pressão bar abs 896205 2 Válvula Agulha ½” Latão 891071
1 Mangueira vapor ¾” (1m) 108190 1 Válvula pneumática 3/2 seletora
1 Impressora Térmica 898471 1 Válvula controladora fluxo ¼”
1 Guarnição (300, 500) 890323 1 Válvula esfera m x f ¼”
1 Guarnição (100, 210,) 89332 1 Sinalizador 16 amarelo 899718
1 Fusível 0,5 A 87756 1 Sinalizador 16 verde 899717
1 Pressostato 0,1 a 1,0 bar NF 895381 1 Botão impulso 81060
1 Filtro de Ar Hidrófobo 89521 1 Botão emergência tipo soco 98278
1 Disjuntor Motor 9 a 14 A 891196 1 Chave ON/OFF 2pos 2blocos NA 88256
1 Disjuntor Motor 13 a 18 A 895385 1 Expansão digital Delta ss2 8e/8s 901555
2 Disjuntor Monopolar 4 A 891149 1 Válvula retenção 1" 45275
1 Contator 24VCC 18 A 55008 1 Base rele ICR 90-19PC 87887
1 Conector Terra EK 4/35 87770 1 Rele 24vcc - 3 contatos reversíveis 34156
2 Cilindro Pneumático 32x465 (100 e 210) 902989 1 Fonte chaveada 5V 8A 89548
2 Cilindro Pneumático 40x655 (300 e 500) 902136 1 Fonte 24vcc/6.25A - Delta 902220
1 Campainha Sonalarme 24VCC 88027 1 Expansão 4E PT-100 Delta SS2 901559
1 Borne Passagem Duplo 87749 1 Controlador Delta DVP14SS2 901554
1 Borne Passagem 10 mm² 89535 1 IHM Touch Screen Colorida 3,5” 901351
1 Borne Neutro 0,5 a 4,0 mm² 89576 1 Válvula Solenóide para Bloco 3/2 NF 895842
1 Bomba de Vácuo 3,0 CV - 60Hz 891058 1 Válvula Solenóide para Bloco 2/2 NF 895843
1 Bomba de Vácuo 1,5 CV - 60Hz 891057 2 Transdutor de Pressão Absoluto 896072
1 Bomba de Vácuo 3,0 CV - 50Hz 891705 1 Sensor PT-100 com bucim movel 895953
1 Bomba de Vácuo 1,5 CV - 50Hz 891610 1 Sensor Magnético 55428
1 Bobina para Impressora 898470 3 Sensor de Temperatura tipo PT-100 895714
1 Bloco Auxiliar Disjuntor Motor 891848 1 Reparo Válvula Pneumática ½ “ 896305
REF. QTD DENOMINAÇÃO DESENHO REF. QTD DENOMINAÇÃO DESENHO

Você também pode gostar