Você está na página 1de 5

Oficina de Sabão Natural

com Florbela Graça (Artes de

Suntria)
Espaço Art of Living Concept em Sintra
Dia 17 de Setembro das 15:00 às 18:00

Sabão natural: Lavagens e limpezas. (processo a frio)


Tabela de Saponificação
Óleos, ceras e gorduras Fator de multiplicação para
Calcular a soda
Óleo de amendoim 0,137
Banha de porco 0.141
Manteiga 0.162
Óleo de amêndoas doces 0,139
Óleo de coco 0.191
Óleo girassol 0.135
Óleo de milho 0.137
Óleo de palma 0.142
Óleo de palmiste (caroço de palma) 0.175
Óleo de soja 0.136
Sebo de bovino 0.140
Azeite 0.135
Óleo de rícino 0.129
Cera de abelha 0.067

Como se calcula a soda:

Multiplica-se a quantidade de gordura pelo índice indicado na tabela. Calcula-se as


quantidades necessárias para cada tipo de gordura em separado, e depois soma-se as varias
quantidades de soda e dilui-se o total na água.

Ex:

Para saponificar 600g de óleo de girassol = 600 X 0.135 = 90 (portanto são precisas 90g de
soda para saponificar 600g de óleo de girassol. Se o sabão levasse outro óleo/gordura na sua
composição, proceder-se-ia da mesma forma. Por ex. 100 de óleo de coco X 0.191 = 11g

90g + 11 g = 101 g de soda para saponificar 600g de o. Girassol + 100 g o. coco

Como a soda comprada tem normalmente uma percentagem de pureza que ronda os 99% (e
deve ser essa a usada para fazer sabão e não outro tipo de soda), significa q fazendo estes
cálculos ainda assim ficariam cerca de 1% de óleos por saponificar, mantendo não alterados no
sabão. Assim sendo para que a totalidade das gorduras seja saponificada teremos q
acrescentar mais 1% desse valor em soda, ou seja:

101g X 1%= 1.01g

Vamos precisar então de 102 g de soda para saponificar a totalidade dos óleos.
Como a nossa intenção é fazer um sabão para limpezas pudemos colocar um pouco de soda
em excesso para que o efeito de limpeza seja mais eficaz (por volta de 6 ou 7%, embora
existam receitas com um excesso de soda muito maior inclusive até 20%, especialmente para
usar em maquinas de lavar, depois de desfeitos em pó).

Neste caso multiplicaríamos 102 g por 7% = 7.14 g

102+7.14= 109,14 g (usaríamos então 109 g de soda)

Como o óleo de cozinha normalmente usado em frituras é constituído por uma mistura de
vários óleos vegetais não seria possível encontrar a quantidade de soda a usar através deste
método da tabela. Além disso é também possível utilizar os restos das varias gorduras animais
(manteiga, banha) usadas em frituras e misturá-las com o óleo “normal”. Sendo assim vou usar
um valor intermédio, tal como é usado por outros saboeiros e utilizar um índice de
saponificação médio de 0.140 para óleos vegetais e caso usem gorduras animais misturadas
usem o índice 0.150.

De resto as contas são idênticas:

Para 500 g de óleo de cozinha usado

500 X 0.140= 70 + 1%= 70.7

70.7 + 6% = 74, 94 ; vamos usar 75 g de soda

Cálculo da Água
Existem pela internet varias receitas de sabão natural de óleo usado que utiliza a mesma
quantidade de água que de óleo. Ou seja: se por exemplo é utilizado 3l de óleo usado, é
utilizado também 3 litros de água. Este sabão é feito depois ao lume por 2 a 3 horas (ou mais
depende da receita) para que o calor faça com que a saponificação se dê e para que o excesso
de água se evapore. É o chamado processo a quente. Nós vamos utilizar o processo a frio.
Neste processo o único calor empregue será a prévio aquecimento dos óleos (temperaturas
entre os 50 e os 60 º) e o calor libertado pela reacção provocada pela dissolução da soda na
água.

Uma forma básica e simples de calcular a agua necessária para fazer um sabão é dividir por 3 a
quantidade de óleos/gorduras. Assim no nosso ex. pratico: para 500g de óleo / 3 =
166,6666….Então vamos usar pelo menos 166 g de agua. Vamos usar um pouco de sal
também, como faziam as nossas antepassadas. Porquê? Porque o sal torna a barra um pouco
mais dura. Não mais de 1% de sal, diluído num pouco da água já pesada.
Medidas de segurança:

Antes de começar é importante ter em conta que vamos trabalhar com um químico
alcalino extremamente corrosivo (soda caustica ou hidróxido de sódio (NaOH), e pode
produzir queimaduras, cicatrizes e cegueira devido à sua elevada reatividade.

Por isso é preciso utilizar equipamento de protecção, nomeadamente, óculos, luvas, mascara e
de preferência um avental de protecção de mangas e botas. Não inalar os vapores e enxaguar
com água ou vinagre qualquer salpico acidental. Em caso de derrame, lavar abundantemente
em agua corrente e vinagre (o acido neutraliza o alcalino da soda).

Material necessário: Nunca utilizar panelas ou outros utensílios de alumínio!!

Panela de inox

Outro recipiente para usar para o banho Maria

Balança digital

Jarros medidores de plástico ou de vidro resistente a temperaturas altas

Colheres de pau e ou de plástico resistente para mexer a solução de soda e a massa de


sabão

Varinha magica

Moldes (ex. cx. Tetra pack /de iogurtes ou cx de plástico tipo tupperware)

Termómetro de cozinha (facultativo)

Sabão caseiro com óleo usado (lavagens e limpezas)

500 g de óleo usado

75 g de soda

166 g de água destilada

5g sal

Medir os ingredientes.

Retirar um pouco de água e diluir nela o sal.

Deitar a soda na água restante, mexer (observar as medidas de segurança)

Aquecer ligeiramente o óleo em banho maria.

Deitar a solução alcalina (água e soda) na gordura aquecida e bater com a varinha mágica até
obter o traço. Juntar a água com o sal. Bater novamente.
Deitar em moldes. Tapar e colocar uma toalha turca por cima para que a saponificação
continue. Desmoldar em 24 horas ou um pouco mais, cortar. Deixar 1 mês em cura também.

Outras receitas de sabão caseiro para lavagens e limpeza:

www.quimicasemsegredos.com

http://nutricy.com/receitas-para-fazer-sabao-com-oleo-de-cozinha/

http://www.soapyworld.com/el_jabon_artesano_de_la_abuela.htm

http://www.ipemabrasil.org.br/receita.htm

Receitas de outros produtos de limpeza utilizando sabão caseiro:

Detergente para lavar a loiça:

150 g de sabão natural

1.5 l de água

½ copo de amoníaco ou de vinagre

Raspe a barra de sabão e junte metade com 700 ml de água num recipiente com boca larga. E
bata /triture. Junte o resto do sabão com a restante água e proceda da mesma forma. Deite
numa garrafa e junte o amoníaco ou o vinagre. Deixe aberto por 2 horas. Esta pronto a usar dã
para 14 lavagens.

Para maquina de roupa

Ralar o sabão. Usar 1 copo (250 ml) de sabão ralado por lote de roupa. Encher a maquina 1/3 e
colocar o sabão ralado, antes de ligar.

Detergente liquido para roupa

2 copos(cerca de 200 g)de bicarbonato de sódio

1 barra de sabão (entre 150g e 200g)

5 litros de agua quente

Ralar o sabão para uma panela.

Colocar um pouco de agua quente só para cobrir o sabão ralado. Aquecer em lume médio até o
sabão estar derretido. Deitar os 5 litros de agua quente num balde. Devagar adicione o sabão
derretido e mexa muito bem. Juntar o bicarbonato de sódio devagar, mexendo muito bem,
novamente. Para um aroma fresco adicione de 10 a 15 gotas de óleo essencial de alfazema,
alecrim ou do seu aroma favorito, quando o sabão arrefecer.

Outras receitas de produtos de limpeza ecológicos

http://www.ifil.org/rcs/tecnologia/limpeza.htm#fonte