Você está na página 1de 14

Abordagem

Tradicional

Professora: Inês de Campos Gomes
Características Gerais

❧ Não se fundamenta em teorias validadas
empiricamente – mas uma prática já utilizada.
❧ Pretende-se discutir essa prática pedagógica.
❧ Uma prática que persiste pelo o tempo e serve de
referencia para abordagens.
❧ Vários autores levantam os aspectos positivos e
negativos.
Tradicional


Snyders somente avaliação crítica poderá superar o
método.
❧ Para esse autor o método mais adequado para a
aprendizagem é esse.
❧ O adulto como pronto e o aluno um adulto em
miniatura.
❧ O professor garanti o conhecimento.
❧ Como as iniciativas cabiam ao professor, o essencial era
contar com um professor razoavelmente bem
preparado. Assim, as escolas eram organizadas em
forma de classes, cada uma contando com um
professor que expunha as lições que os alunos seguiam
atentamente eaplicava os exercícios que os alunos
deveriam realizar disciplinadamente. (Saviani, 1991. p.18)

❧ o que interessa analisar sobre a escola tradicional é
que ela continua existindo de modo semelhante ao
que foi no seu início.
❧ Tal pedagogia acredita na igualdade essencial entre
os homens: a de serem livres, e essa igualdade vai
servir de base para estruturar e manter o método.
❧ A educação se dirigiu para a formação do cidadão
disciplinado.
❧ Não sabemos por quanto tempo ainda haverá uma
educação para os pobres e outra para os ricos, mas
já temos certeza de que a escola, por si só, não é
redentora da humanidade.
Homem

❧ Não uma teoria explicita.
❧ Homem que poderá repassar para outros que serão
receptores passivos.
❧ Tábula Rasa.
❧ ...atribui-se ao sujeito um papel irrelevante na
elaboração e aquisição do conhecimento.
❧ Ensino verbalista .
Mundo

❧ O mundo é externo e será gradativamente sendo
compreendido de forma so sticada.

❧ Sociedade e Cultura
❧ Mais variadas – visando o domínio da natureza.
❧ A reprovação passa a ser necessária quando
mínimo cultural não é alcançado.
Sociedade e Cultura

❧ O diploma – instrumento de hierarquização.
❧ Condição de sobrevivência.
❧ Paulo Freire – educação bancária.
❧ Individualista.
Conhecimento

❧ Inteligência – capacidade de acumular informações.
❧ Simpli car e transmitir.
❧ Os alunos serão apresentados aos resultados.
❧ Transmissão de conhecimento.
Educação

❧ Instrução – transmissão.
❧ Para alguns autores considera a individualidade –
mas se faz necessário para desabrochar.
❧ Sendo necessário a intervenção.
❧ Educação como produto.
Escola

❧ Onde se realiza a educação.
❧ Onde se raciocina.
❧ O ato de aprender como uma cerimônia e o
professor deve se distanciar dos alunos.
❧ Relação vertical.
❧ Ajustamento social.
Ensino aprendizagem

❧ Sala de aula – instruções.
❧ Sendo necessária a relação com o professor.
❧ Quantidade de conteúdo.
❧ Preocupação com a sistematização.
❧ Rotina.
Professor e Aluno

❧ Vertical.
❧ Professor – conduzir.
❧ O aluno repetir o conhecimento.
❧ Metodologia
❧ Tomar a lição.
❧ Expositivo.
❧ Trata todos de forma igual e todos devem seguir o
mesmo ritmo.
❧ Algumas matérias mais importantes.
Avaliação

❧ Veri car a exatidão da informação dada.

❧ Re exões
❧ Como tratar todos de forma igual?
❧ A escola não está sujeita as transformações?

❧ Surgiram outras tendências.....


Referenciais bibliográ cas:

❧ MIZUKAMI, Maria da Graça. Ensino: as abordagens
do processo. São Paulo: EPU, 2013. (Temas básicos
de educação e ensino). Capítulo 1 pág. 07 a 18.

❧ Johann Friedrich Herbart. Disponível em: http://


revistaescola.abril.com.br/historia/pratica-
pedagogica/organizador-pedagogia-como-
ciencia-423109.shtml . Acesso em: 10/junho/2014.