Você está na página 1de 5

Geografia C Objectivos 1º teste

1. Noção de Globalização

Globalização: o processo de globalização traduz-se na difusão a todo o planeta de modelos


económicos, políticos e culturais de forte inspiração ocidental, baseados numa economia
de mercado e num modelo político e social do tipo liberal.
Traduz-se num fluxo de pessoas, bens, capitais, informação e serviços à escala global.

2. Factores que impulsionaram a globalização

● Desenvolvimento dos transportes;


● Desenvolvimento das TIC;
● Desenvolvimento das E.T.N. (Empresas Transnacionais);
● Formação das organizações económicas regionais (UE, MERCOSUL, NAFTA);
● Liberalização dos mercados.

3. Acontecimentos históricos que favoreceram a globalização

● Fim da Guerra Fria e da bipolarização do mundo;


● Queda do Muro de Berlim (unificação da Alemanha);
● Abertura da China ao investimento estrangeiro.

4. Principais características da globalização

● Modelo de economia de mercado;


● Intensificação das trocas à escala mundial;
● Concorrência entre as empresas;
● Abertura das fronteiras para permitir a circulação de pessoa, bens, serviços, capitais e
informação;
● Deslocalização das empresas para reduzir os custos de produção;
● Crescente importância das E.T.N.;
● Domínio das trocas transnacionais e intraempresariais;
● Utilização crescente das TIC;
● Aumento das assimetrias a nível mundial.

5. As diferentes dimensões da globalização

A globalização é um processo multidimensional.

 Dimensão Económica – processo de transnacionalização da produção levado a cabo


pelas ETN (actor principal da globalização)
Principais características da nova economia mundial:
● Economia dominada pelo sistema financeiro e pelo investimento à escala global;
● Processos de produção flexíveis e multilocais;
● Baixos custos de transporte;

1
Geografia C Objectivos 1º teste

● Revolução das tecnologias de informação e de comunicação;


● Desregulação das economias nacionais;
● Domínio da Tríade (EUA, UE, Japão) sobre o sistema mundial

 Dimensão Social – globalização originou uma nova classe: a classe capitalista


transnacional (administradores, gestores e accionistas das ETN) que concentra uma
parcela importante do rendimento mundial.
 Dimensão Cultural – convergência dos modos de vida em resultado da difusão de uma
cultura universal.
 Dimensões Demográfica e Religiosa:
● Intensificação dos fluxos migratórios internacionais;
● Aumento dos fluxos turísticos;
● Crescente multiculturalismo e multietnicidade.

 Dimensão Política – estabelecimento de acordos inter-estatais (NAFTA, MERCOSUL,


UE)
 Dimensão Jurídica – Processo de desregulamentação dos mercados
● Enfraquecimento dos poderes do Estado.

6. O papel dos diferentes actores da globalização

O processo de globalização é o produto de interacções complexas entre os quais as


ETN, os investidores, os Estados, as cidades e as regiões poderosas. Outros actores da
globalização são a OMC (Organização Mundial do Comércio) e o FMI (Fundo Monetário
Internacional) que, têm contribuído para organizar e incentivar as práticas comerciais
à escala planetária.

2
Geografia C Objectivos 1º teste

Organizações Formais:
●FMI (Fundo Monetário Internacional)
- Agência especializada e autónoma da ONU;
- Instituição financeira multilateral;
- Tem por objectivo colocar à disposição dos
países membros os recursos necessários para
equilibrar a balança de pagamentos mas os
empréstimos que faz têm garantias.

● Banco Mundial
- Agência especializada e autónoma da ONU;
- Instituição financeira multilateral;
- Actualmente financia projectos de apoio ao desenvolvimento dos PED (Países
Em Desenvolvimento), no sentido de resolverem o problema da dívida externa e
para haver uma redução da pobreza.

● OMC (Organização Mundial de Comércio)


- Agência especializada e autónoma da ONU;
- Instituição financeira multilateral;
- Tem por objectivo administrar e fiscalizar os acordos comerciais com vista a
resolver os possíveis conflitos a nível mundial.

7. Conceitos relacionados com a globalização (Integração económica, ETN, DIT,


Empresa Metanacional, Sistema-mundo, Arquipélago-mundo, Mundo
Policêntrico, Norte-Sul, Centro-Periferia, aculturação, Língua internacional,
franca e materna).

Integração económica: tipo de relação económica internacional que consiste numa união
de diversos países que procuram retirar vantagens da criação de um mercado de maior
dimensão constituído pela soma dos mercados nacionais de cada país.

ETN: empresas industriais ou de serviços que possuem filiais em vários países, realizando
uma parte significativa do seu volume de negócios no estrangeiro.

DIT (divisão internacional do trabalho): Sistema organizado pelos países industrializados e


pelas ETN que conduz a uma especialização dos países nas actividades em que possuem
vantagens comparativas.

Empresa Metanacional (EM): empresa que consegue uma vantagem competitiva ao reunir
três competências fundamentais: capacidade em identificar e captar conhecimentos
emergentes em todo o mundo (identificação e acesso); mobilizar este saber global
disperso (mobilização); e transformar esta inovação em valor através de uma produção,
marketing e distribuição eficientes à escala global (operacionalização).

3
Geografia C Objectivos 1º teste

Sistema-mundo: o sistema mundo, isto é, o mundo como um todo coerente, é um


conjunto organizado por actores, principalmente países e transnacionais, que tecem entre
si redes de fluxos e de relações de forças.

Arquipélago-mundo: Expressão utilizada para designar as características geoeconómicas e


políticas do sistema-mundo na actualidade.

Mundo Policêntrico: é uma das características do actual sistema mundo, que é dominado
por três pólos, EUA, UE e Japão, e por potências emergentes como a China, a Coreia do
Sul, Singapura e Taiwan.

Norte-Sul: noção utilizada por referência à localização geográfica. “Norte” designa os


países ricos e “Sul” é um termo utilizado em resultado dos países pobres.

Centro-Periferia: Por “Periferia” entende-se as zonas marginalizadas, ou seja, os bairros


pobres que rodeiam as cidades e as regiões rurais de um país.

Aculturação: Fenómeno pelo qual um grupo de indivíduos de uma cultura definida entra
.

em contacto com uma cultura diferente.

8. Os aspetos positivos e negativos da globalização

 Positivos:
- O sistema de trocas internacionais favorece a especialização e a eficiência
produtiva, permitindo a cada país aperfeiçoar-se nas produções em que possui
vantagens comparativas;
- O fluxo de capitais e de pessoas e a internacionalização das empresas facilitam a
difusão internacional das inovações e o progresso científico, alargando as
possibilidades de produção;
- Os consumidores ganham ao adquirirem bens a preços mais baixos devido à
redução dos custos de produção e ao acederem a uma maior diversidade de bens
e serviços.

 Negativos:
- A riqueza crescente do mundo é acompanhada de um aprofundamento das
desigualdades sociais e económicas entre países ricos e países pobres;
- A cooperação internacional beneficia os países estratégica ou comercialmente
interessantes, em vez de contribuir para a redução das assimetrias de
desenvolvimento;
- As trocas Norte-Sul aumentam as desigualdades entre as grandes potências
ocidentais e os países em desenvolvimento;
- As ETN e os mercados financeiros aproveitam a ausência ou a debilidade dos
sistemas de regulação supranacionais para desenvolverem as suas estratégias ou

4
Geografia C Objectivos 1º teste

protegerem os capitais especulativos, garantindo a maximização das mais-valias e


concentrando a riqueza.

9. Os principais desafios globais

Você também pode gostar