Você está na página 1de 9

Universidade Save

Extensão Universitária de Massinga

Departamento de Ciências Naturais e Matemática

Curso de Licenciatura em Ensino de Matemática com Habilitações em Ensino de Física

Cadeira de Didáctica de Matemática III

Plano de Aula

Introdução aos números inteiros

Elementos do I Grupo

Bernardo Arlindo Nhaule

Ivo Ricardo Gongolo

Tomas Salvador Nhaule

UniSave-Massinga

2019
UniSave - Massinga Universidade Save
Data: 29/07/2019
Departamento de Ciências Naturais e Matemática
Curso: Diurno, Duração da Aula: 45ʹ , Classe: 8ª classe, Turma: Única
Didáctica de Matemática III
Nome de Professor: I Grupo
Disciplina: Matemática Assinatura do Supervisor
Unidade Temática I: Números Racionais
Lição: 4 Data:____/____/_____
Tipo de aula: Nova
Tema: Introdução aos números inteiros Assinatura do tutor
Objectivo:

Âmbito de conhecimentos ou Nível Âmbito de Capacidades e Habilidades ou Nível Âmbito de Convicções e Atitudes
Cognitivo Psicomotor ou Nível Afectivo

O aluno deve possuir conhecimentos No final da aula, o aluno deve ser capaz de: No final da aula o aluno deve ser
sobre:  Diferenciar sinal de operação e de posição; capaz de:
 Conceitos dos números inteiros;  Efectuar a adição de números inteiros.  Resolver os problemas da vida
 O valor absoluto de um número. quotidiano a partir dos números
inteiros.
Função Actividades
Tempo Didáctica Competências Conteúdos Professor Aluno Método Meios
Saudação e Responde a saudação do Saúda o professor
Controle de aluno. Responde a Livro de
Tem a noção Presenças, Faz chamada. chamada. Turma;
Introdução sobre os Tema: Faz recapitulação de operação Acompanha a Elaboração Caderno,
Introdução
e números do conjunto ℕ. recapitulação de conjunta Caneta,
aos números
5’ Motivação Inteiros inteiros. Orienta a resolução de TPC operação do Quadro;
Escreve o tema no quadro. conjunto ℕ Marcador e
Resolve o TPC Apagador.
Escreve o tema no
caderno.
Números O professor sujeita aos alunos Apresenta suas
Tem a noção inteiros e a apresentarem suas ideias ideias sobre os Quadro;
sobre os Adição em sobre os números inteiros. A números inteiros. Marcador
Mediação números ℤ. partir das contribuições e das Presta atenção, Elaboração Apagador,
20’ E Inteiros; ideias dos alunos, o professor anota no caderno conjunta Caneta e
Assimilação Efectua o explica sobre os números e apresenta as Caderno
Cálculo sobre os inteiros, partindo dos possíveis dúvidas.
números problemas do quotidiano.
inteiros. Esclarece as dúvidas nos
alunos.
Caderno,
Efectua o Exercícios Dá exercícios no quadro. Escreve os Caneta,
Domínio Cálculo sobre os de aplicação. Orienta a resolução dos exercícios no Estudo Quadro;
exercícios no caderno.
e números caderno. Independente Marcador,
15’ Consolidação inteiros. Resolve os Giz e
exercícios no Apagador.
caderno.

Operação com Correcção de Orienta a correcção do Resolve os Elaboração Quadro;


Controle
números exercícios exercício no quadro. exercícios no conjunta Marcador,
e
inteiros. quadro. Apagador,
Avaliação
5’ Caneta e
Marcação de Copia os Estudo Caderno
TPC. Escreve o TPC no quadro. exercícios no Independente
caderno.
Quadro Mural

Números Inteiros

1. O Zé e a Rosa têm uma sociedade num negócio onde Zé ganhou 300 Mt e a Rosa ganhou 200 Mt. Diga-se:
a) Houve lucros ou prejuízos no seu negócio?
2. O João contraiu uma dívida de 2 Mt na cantina da escola, durante o intervalo maior, ele foi aumentar sua dívida por valor de 10
MT para compra de pão e Bajias.
a) Quantos meticais passará a dever na cantina?

Resolução

1. Zé ganhou lucro de + 300Mt; Rosa ganhou lucro de + 200Mt


a) (+300) + (+200) = +500
2. (−2) + (−10) = −12

R:. O João passará a dever (−12)Mt

O conjunto dos números inteiros relativos designam-se por ℤ e é constituído pelo zero, pelos números inteiros positivos e pelos
números inteiros negativos. ℤ = {… ; −4; −3; −2; −1; 0; 1; 2; 3; 4; … }.

O Valor absoluto

Se 𝑥 ∈ ℤ, o módulo ou valor absoluto de 𝑥 (indica-se: |x|) é definido pelas seguintes relações:


• Se 𝑥 ≥ 0, o módulo de 𝑥 é igual ao próprio valor de 𝑥, isto é, |𝑥| = 𝑥. ex: a) |1| = 1 b) |19| = 19
• Se 𝑥 < 0, o módulo de 𝑥 é igual ao oposto de 𝑥, isto é, |−𝑥| = 𝑥. ex: a)|−100| = 100 b) |−1| = 1
Adição em ℤ

A soma de números relativos do mesmo sinal é um número relativo com mesmo sinal e cujo o valor absoluto é a soma dos
valores absolutos.

Ex:. Calcule

a) (+7) + (+15) = (+22)


b) (−10) + (−5) = (−15)

Nota: Ao adicionar dois números positivos obtivemos o número positivo. Ao adicionarmos dois números negativos obtivemos um
número negativo. Em ambos os casos o valor absoluto da soma é a soma dos respeitivos valores absolutos.

A soma de dois números relativos de sinais contrarios é um número relativo cujo o valor absoluto é a diferença entre os valores
absolutos e o sinal é o da parcela com o maior valor absoluto.

Ex: Calcule

a) (+2) + (−5) = −3
b) (−2) + (+7) = +5
Exercicios

1. Numa outra associação Zé perdeu 300 Mt e Rosa perdeu 200Mt. Diga-se houve lucros ou prejuízo.
a) Calcula o valor obtido da associação.

Resp: Zé teve prejuízo de −300 e Rosa −200𝑀𝑡

a) (−300) + (−200) = (−500)


2. Calcule:
a) (−3) + (+5) = (+2)
b) (−9) + (−5) = (−14)
c) (−4) + (+4) = 0
d) (+5) + (−10) = (−5)

TPC

1. O senhor Pedro cria animais domésticos. Determine a perda e ganho nas alíneas abaixo:
a) Numa Terça-feira as duas galinhas do senhor Pedro chocaram ovos. A primeira galinha chocou 6 pintos e a segunda chocou 9.
b) Na Quarta-feira, das cabras do senhor Pedro morreram 2 no curral A e 1 no curral B.
2. Calcule:
a) (+5) − (+2) =
b) (+4) − (−7) =
c) (−5) − (+3) =
Referencias Bibliograficas

1. CARVALHO, Raul Fernando & MARTIS, Zeferino Alexandre. Matematica 8ª classe, 6ª ed., texto editores, Maputo, 2007.
2. MARTINS, Zeferino. M 9: Matemática 8ª classe, 5ª ed.,Texto Editores, Maputo, 2013.
3. NHEZE, Ismael Cassamo & VI, Tran Van. Matematica 8ª classe. s/ed, Rio Tinto,1991.
Erros e dificuldades dos alunos na adição de números inteiros relativos.
 Dificuldade em perceber que a soma de dois números relativos do mesmo sinal é um terceiro número relativo do mesmo sinal e
cujo valor absoluto é a soma dos valores absolutos das parcelas, pois ele tenta decorar e não compreender;
 Dificuldade em perceber que: a soma de dois números relativos de sinais contrários, é um terceiro número relativo cujo valor
absoluto é a diferença dos valores absolutos das parcelas e cujo sinal é o da parcela do maior valor absoluto;
 Erro ao interpretar problemas quotidianos sobre adição em ℤ.

Estratégia, procedimentos e métodos adequados para ultrapassar os erros e as dificuldades.

 O professor deve evitar no máximo ensinar aos alunos as regras da adição em ℤ apenas de forma técnica, onde o aluno procura
apenas decorá-las sem compreender o seu significado;
 O professor tem que ser dinâmico em colocar sempre o aluno em situações em que enfrenta a adição em ℤ como resposta de
algumas inquietações no seu quotidiano, o caso de aluno compra uma determinada coisa mas com dinheiro insuficiente, acaba
contraindo divida ao vendedor.
 O aluno tem que treinar mais na interpretação dos problemas quotidianos de diversos géneros de modo a proporcionar a
aprendizagem significativa na adição com números inteiros, para ultrapassar os erros cometido durante interpretação dos
problemas quotidianos relacionados com adição em ℤ;
 O professor deve motivar o aluno a visitar, sempre o livro de modo a conhecer os conteúdos da aula seguinte para pelo menos
ter noção das regras de adição de modo que na hora da leccionação da própria aula as regras não criam grandes
constrangimentos.