Você está na página 1de 2

1. Analise com atenção o gráfico e assinale as opções corretas.

True False

Constituem exemplos de medidas de combate ao desemprego a diminuição da idade


da reforma, o desenvolvimento do nível educacional, da qualificação e da formação
ao longo da vida ativa.

Portugal foi o 3º país que registou maior redução de emprego, depois da Grécia,
Espanha, Lituânia e Irlanda.

Podemos concluir após a análise do gráfico que a União Europeia necessita de


políticas de combate ao desemprego.

Em Portugal, entre 2008 e 2012, o emprego total reduziu-se 12,7%.

2. Constituem finalidades das funções económicas e sociais do Estado:

Garantir a eficiência, equidade e estabilidade.

Fornecer bens públicos e administrar a justiça.

Garantir a defesa nacional, a justiça e a estabilidade.

Fornecer bens e serviços e promover as privatizações.


3. Completa o texto, selecionando as opções corretas.

“Constituem ( falhas | consequências ) do mercado a concorrência imperfeita e as


externalidades ( negativas | positivas ). O mercado concorrência ( imperfeita | perfeita )
é dominado por monopólios, ( oligopólios | empresas de pequena dimensão ) e
concorrência monopolística. Por sua vez, as ( externalidades | consequências ) negativas
são efeitos ( positivos | perversos ) de uma determinada atividade económica que não são
tidos em conta pelo ( mercado | Estado ).”

4. Estabeleça corretamente a ligação dos elementos da esquerda com os elementos da direita.

Realizam-se ao longo de um
Despesas correntes
determinado ano

Receitas Públicas
inferiores às Despesas Défice orçamental
Públicas

Gastos do Estado Despesas públicas

Principal fonte de receitas


Impostos
públicas

Exemplo de imposto
IRS
direto

5. Observe com atenção o gráfico e assinale como verdadeiras ou falsas as seguintes afirmações.

True False

Em 2012, a dívida pública de Portugal em valores absolutos é inferior à da


Alemanha.

A dívida pública consiste no endividamento do Estado, que teve de recorrer a


empréstimos para fazer face ao défice orçamental.

A dívida pública consiste na diferença entre as receitas correntes e as despesas


correntes.

Em 2012, a dívida pública de Portugal era cerca de 204 mil milhões de euros.

Você também pode gostar