Você está na página 1de 3

Lista de Exercícios

1) Calcule o potencial de eletrodo quando um eletrodo de mercúrio é imerso em uma solução


de:
a) Hg(NO3)2 0,040 mol/L R: E = 0,813 V
b) b) Hg2(NO3)2 0,040 mol/L R: E = 0,747 V
c) KCl 0,040 mol/L saturado com Hg2Cl2 R: E= 0,340 V
d) Hg(SCN)2 0,040 mol/L R: E = 0,664 V

2) Indique se cada semicela comporta-se como anodo ou catodo quando acoplada ao eletrodo
padrão de hidrogênio numa cela galvânica. Calcule o potencial da cela.
a) Pb / Pb2+ (2,0 x 10-4 mol/L) R: anodo, E = 0,235 V

Pb2+ + 2 e- → Pb
E = E° - 0,0592 .log (1/[Pb2+])
2

E = - 0,126V – 0,0296.log (1/2,0 x 10-4)

E = -0,235 V

Como o potencial do eletrodo padrão de hidrogênio é maior do que o potencial do eletrodo Pb/Pb2+ nas
condições dadas, então este último atuará como anodo e, portando, a semirreação e o
potencial passarão a ser:

Pb → Pb2+ + 2 e- E = +0,235 V

b) Pt / Sn4+ (0,20 mol/L), Sn2+ (0,50 mol/L) R: catodo, E = 0,142 V


c) Pt / Sn4+ (1,0 x 10-6 mol/L), Sn2+ (0,50 mol/L) R: anodo, E = 0,0147 V
d) Ag / AgBr(s), Kbr (1,0 x 10-4 mol/L) R: catodo, E = 0,310 V
e) Ag / Ag(CN)2- (0,20 mol/L), CN- (1,0 x 10-6 mol/L) R: catodo, E = 0,360 V
f) Pt / Ti3+ (0,30 mol/L), TiO2+ (0,10 mol/L), H+ (0,20 mol/L) R: anodo, 0,012 V
g) Ag / Na3[Ag(S2O3)2] (0,010 mol/L), Na2S2O3 (0,080 mol/L) R: catodo,
E = 0,0285 V
3) A constante de produto de solubilidade (Kps) do Ag2SO3 é 1,5 x 10-14. Calcule Eo para a
semirreação:

Resolvendo pela primeira semirreação do eletrodo de prata: Ag+ + é ⇋ Ag(s) (E° Ag+/Ag =
0,799 V); e obtendo a concentração de prata pela solubilização do precipitado:

Ag2SO3 ⇋ 2Ag+ + SO32- ;

KPS = 1,5x10-14; tem-se que: KPS = [Ag+ ] 2.[SO32-]; [Ag+] = KPS/[SO32-] = 1,5x10-14/1,00 =
1,225.10-7 mol.L-1 .

Então, tem-se que:

E°Ag2SO3/Ag = E°Ag+/Ag - 0,0592.log (1/[Ag+ ]) = 0,799 – 0,0592 log (1/1,225.10-7)

= 0,799 – 0,0592.log 8,163.106 = 0,799 – 0,409;

E° Ag2SO3/Ag = 0,390 V.
4) Calcule Eo para a semirreação: ZnY2- + 2 e- → Zn(s) + Y4- R: E° = -1,25 V

Kf = 3,2x1016; tem-se que: 1/kf = [Zn2+].[Y4-]/[ZnY2-]

1/3,2x1016 = [Zn2+].1/1

[Zn2+] = 3,12x10-17

Então, tem-se que:

E° ZnY2-/Zn = E°Zn2+/Zn - 0,0592.log (1/[Zn2+]) = - 0,763 – 0,0296.log (1/3,12.10-17)


2
= - 0,763 – 0,0296.log 16,5058 = - 0, 763 – 0, 488

E° ZnY2-/Zn = - 1,25 V.

5) Calcule a constante de equilíbrio de cada uma das reações a seguir:

a) Cu(s) + 2Ag+ → Cu2+ + 2Ag(s)

E° = 0,0592 . log Keq


n
(0,799 – 0,337) = 0,0592. Log Keq
2
Log Keq = 15,608

Keq = 1015,608

Keq = 4,06x1015