Você está na página 1de 5

Trabalho destinado à apresentação em Loja.

Pelo Irm Reinaldo Gianelli, Comp Maç

Ensaio sobre a letra G

próloGo

Letra, por definição, é um sinal gráfico com o qual representamos um fonema em uma língua.
Este não é, definitivamente, o caso da Letra G na Maçonaria, pois há muito mais a ensinar e transmitir do
que um sinal pode fazer. Dessa forma, há que interpretá-la como um símbolo.
Símbolos e sinais são coisas distintas, pois enquanto sinais são designados para um propósito específico,
símbolos devem transmitir mais do que pode ser visto em um nível superficial, como conceitos abstratos e ideias.
Assim, devemos tratá-la como o símbolo que, de fato ela é. Insistir em dar-lhe significados específicos como aqueles
que afirmam ser a letra G a inicial de determinadas palavras e, mesmo que haja grande simbolismo nesses
substantivos, seu próprio simbolismo em si, fica vazio e reduz-se o símbolo a um simples sinal, um ícone que sempre
apontará para outros resultados.

oriGem
O ponto de partida para esta peça foi buscar, em tantas fontes quantas possível, a origem dessa letra nos
alfabetos que, de uma forma ou de outra, contribuíram para a consolidação do alfabeto latino.
Do pouco que se pode encontrar numa pesquisa rápida, basicamente em sites da Internet e alguns poucos
livros, verifica-se que as letras G e C tinham o mesmo valor fonético nos primórdios do alfabeto latino. Nos alfabetos
fenício e semita, é a terceira letra e chama-se Gimmel. Foi então adotada pelos gregos, passando a chamar-se Gama,
sendo também a terceira letra desse alfabeto. Os etruscos, povo que ocupava o noroeste da Itália e os romanos,
sobre o quais os etruscos exerceram grande influência, adotaram também essa terceira letra para depois criarem a
diferenciação fonética entre C, que é a terceira letra do alfabeto latino e o G que passou a ser a sétima letra desse
mesmo alfabeto. Nesse alfabeto, que também divide as letras por sua classificação fonética, há o conceito de vogais
e consoantes. Assim, a letra G também é a quinta consoante.

a a a
Gimmel é 3 letra de alfabetos Gamma, 3 letra do alfabeto Grego G é a 7 letra do alfabeto Latino e também a
a
Semíticos 5 consoante desse mesmo alfabeto
Origem: Wikipedia. Disponível em: http://en.wikipedia.org/wiki/Gimel

Na Maçonaria, a Letra G é um símbolo bastante conhecido, apesar de não ser muito antigo. A época exata
em que foi adotada é desconhecida, mas não foi, provavelmente, muito antes da metade do século XVIII. Pode-se
afirmar com elevado grau de certeza que este símbolo não derivou das Constituições Góticas ou das Antigas
Instruções, ou ainda de qualquer outro manuscrito da Maçonaria Operativa tendo sido mencionada pela primeira
vez no ritual publicado por Samuel Prichard em 1.730 –A Maçonaria Dissecada– onde o seu significado não estava
totalmente desenvolvido.

Albert G. Mackey em sua obra Encyclopedia of Freemasonry corrobora essa afirmação com a seguinte
sentença:

“Não há dúvidas que a Letra G é um símbolo moderno, não pertencendo a nenhum antigo sistema de origem
inglesa. É, de fato, uma corruptela de um antigo símbolo Cabalístico Hebreu, a letra “yod”, pela qual o
sagrado nome de Deus – na verdade o mais sagrado nome, o Tetragrammaton1 – é expresso. Esta letra “yod”
é a letra inicial da palavra “Jehovah” (lembrando que a escrita hebraica é feita da direita para a esquerda2), e
é constantemente encontrada entre os escritos Hebreus, como a abreviação ou símbolo do mais santo nome,
o qual, sem a menor dúvida, não pode nunca ser escrito por inteiro”.

Yod Tetragrammaton YHWH na forma original JHWH dentro do triângulo posto


ou JHWH na forma acima do altar da Karlskirche
latinizada (Igreja de São Carlos) em Viena

O texto de Mackey, de certa forma, oferece respaldo aos que afirmam ter a letra G o significado de Deus
mesmo que, dependo do idioma, não seja o G a inicial da palavra que O denomina pois, nesta interpretação, seria a
letra G a representação moderna de um outro símbolo anterior e mais antigo.

Muitos autores quando fazem essa afirmação sem se preocupar em explicá-la, acabam por abrir um abismo
entre a sua interpretação e o conceito de universalidade que rege a Maçonaria. Do mesmo modo, outros a refutam
baseando-se apenas nessa exceção.

Se pensarmos que, muitos dos símbolos que a Maçonaria moderna emprega foram “emprestados” dos
antigos operativos, é possível que este monograma, também o tenha sido. Talvez não porque tivesse sido utilizado
de maneira direta por nossos antepassados, mas por tratar-se da letra inicial da ciência que os tornava o que eram:

1
O Tetragrammaton, palavra de origem grega que significa “palavra com quatro letras", refere-se ao nome do Deus de Israel YHWH ou JHWH
em sua forma latinizada.
2
Comentário pessoal que não faz parte do texto original citado.
construtores, pois é a Geometria a mãe da arquitetura e da arte de construir, e assim, este conhecimento
fundamental os diferenciava e definia como tal.
Chega-se assim a um impasse, pois temos interpretações diametralmente opostas. De certa forma, esse
conflito fortalece as palavras do autor Albert Pike, Grande Comandante da Jurisdição do Sul do REAA entre
os anos 1.859 e 1.891, que afirmou em sua obra Moral e Dogma:

“...lembre-se de que elas [as cerimônias] vieram até nós a partir de uma época onde símbolos eram usados
não para revelar, mas para ocultar...”.

O autor não fala, neste trecho, especificamente da letra G, mas o conceito aplica-se perfeitamente a ela
também.

epíloGo
Para falar com um pouco mais de propriedade sobre a letra G, deve-se compreender que este não é um
símbolo esotérico ou secreto dado que é sempre exposto em lugares público, além dos Templos, ao contrário de seu
significado que atiça a curiosidade e causa devaneios entre os profanos. Mesmo para os iniciados, essencialmente os
AApr, seu significado é desconhecido já que o seu simbolismo relaciona-se intimamente com os mistérios da
Natureza e da Ciência, essência do Grau de Companheiro.

O Apr, para ser recebido Comp, deve conhecer a letra G. E ela lhe é apresentada ao término da quinta
viagem sendo o seu conhecimento, o prêmio a lograr. Enquanto a contempla, lhe é oferecido o seguinte significado:

“...é o monograma de Geração, para que o Companheiro Maçom faça a obra da vida, exercendo sua energia
vital no aprofundamento dos estudos dos mistérios da existência; de Gravitação, pois esta é a força que aproxima os
corpos na ordem física, correspondendo, na ordem social, a uma força semelhante que tende a unir os corações
assegurando a solidez do edifício maçônico; de Geometria que é a ciência dos cálculos e da perfeita divisão tendo
sido inicialmente aplicada à divisão de terras, de onde vem seu nome: geo=terra e metria=medida, surgindo daí a
noção da parte que a nós compete, na grande partilha da humanidade e dos direitos da terra cultivada; de Gênio, em
referência à inteligência humana, capaz de criar, de inventar para realizar as transformações idealizadas; de Gnose
que é conhecimento em seu sentido mais puro e amplo, estimulando o homem a sempre aprender mais, sendo o
principal fator do progresso humano”.

Mas, dentre estas, o que melhor expressa os mistérios da Natureza e da Ciência senão a Geometria? Talvez
seja por essa razão que encontramos muitos textos, de diversos autores de diferentes Ritos, que associam a letra G à
Geometria. Há ainda quem afirme que, esse monograma já associado à Geometria, podia ser encontrado
identificando as ferramentas dos antigos construtores. Não há provas disso, mas, pensando de forma racional, é
perfeitamente possível que seja verdade.

É também verdade que, deixando as coisas assim como estão, acabo incorrendo no mesmo erro daqueles
que afirmam ser a letra G a inicial de God, Deus em inglês. Avaliando a palavra Geometria em outros
idiomas, nota-se claramente que, com raras exceções ela inicia-se com a letra G seja na escrita ou na fonética. Logo,
podemos até arriscar que, a palavra Geometria trata-se de um conceito universal.
Em Português Nos idiomas: Forma Escrita Forma Fonética
Inglês geometry
Alemão geometrie
Albanês gjeometri
Bengali জ্যামিমি Jyāmiti
Búlgaro геометрия geometriya
Chinês 幾何 / 几何 Jǐhé
Coreano 기하학 gihahag
Croata geometrija
Geometria Crioulo Haitiano jewometri
Francês géométrie
Galego xeometría geometría
Grego γεωμετρία m t
Galês geometreg
Georgiano გეომეტრია geometria
Híndi ज्यामिति Jyāmiti
Irlandês geoiméadracht
Japonês 幾何学 Ikunangaku
Lituano geometrija
Macedônio геометрија geometriJa
Malaio geometri
Russo геометрия gyeometriya
Telugo జ్యామితి Jyāmiti
Turco geometri
Origem: Google Translator. Disponível em: http://translate.google.com.br/#.

Mas o que isso muda de fato?


Nada! Provavelmente, a letra G não tem a importância que tem por isso. Mais provável é o fato de que a
Geometria, cuja origem remonta aos babilônicos e egípcios, mas que teve sua organização como ciência dada pelos
gregos, povo ao qual coube o privilégio de batizá-la, ter sido, posteriormente, adquirida por diversas outras culturas
mantendo sua denominação pouco alterada em praticamente todas elas. Assim, a ciência Geometria começa pela
letra G em praticamente todas as línguas modernas, seja na forma escrita seja na fonética, o que reafirmo, de certa
forma mantém o conceito de universalidade da Maçonaria.

do próloGo ao epíloGo:
G de Maçonaria
Juntando tudo o vi até aqui, passo a buscar as camadas ocultas que os símbolos devem ter. Logo, me ocorre
que, antes dos árabes introduzirem o conjunto de algarismos que hoje usamos, as próprias letras representavam os
números em diferentes culturas. Dessa forma, que número representaria o G?
Originalmente, era 3. De Gimmel e Gama. Dos hebreus e dos gregos.
No alfabeto latino é a sétima letra e, o número sete também nos lembra das sete ciências ou artes liberais:
Dialética, Gramática, Retórica, Música, Geometria, Aritmética e Astronomia.
Sendo 7 é também 5, pois esse mesmo alfabeto divide-se em duas categorias fonéticas: vogais e consoantes.
E a sétima letra é também a quinta consoante.
E a quinta ciência é a Geometria. E Geometria é a ciência da construção. Se fosse eleger uma palavra para a
letra G, essa palavra seria Geometria, pois não há edificação sem esse conhecimento. Seja essa construção no
sentido estrito da palavra, seja ela no sentido metafórico.
Somando a tudo isso o conhecimento já adquirido no primeiro Grau, ouso dizer que a letra G representa a
Maçonaria, pois encerra, como símbolo, a Loja, dado que é 3, que a compõe, 5 que a governam e 7 que a completam
ao mesmo tempo que nos faz lembrar de Geometria, a quinta ciência que trata da teoria no espaço, cujo
conhecimento é fundamental para os construtores, sejam eles antigos ou modernos.

biblioGrafia

1- G de... Maçonaria
Disponível em: http://a-partir- 6- THE LETTER “G”
pedra.blogspot.com/2009/07/g-de-maconaria.html Disponível em:
2- Símbolos maçônicos http://www.masonicworld.com/education/files/artoct02/l
Disponível em: etter.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADmbolos_ma%C3%A7 7- Símbolo
%C3%B4nicos Disponível em:
3- A Letra G na Maçonaria http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADmbolo
Disponível em: 8- Tetragrama YHVH
http://cidademaconica.blogspot.com/2007/07/letra-g-na- Disponível em:
maonaria.html http://pt.wikipedia.org/wiki/Tetragrama_YHVH
4- Pílulas Maçônicas n° 27: A Letra G 9- Revelando o Código da Maçonaria – A Verdade sobre a
Disponível em: Chave de Salomão e a Irmandade
http://pilulasmaconicas.blogspot.com/2009/02/n-27-letra- Robert L. D. Cooper / Madras Editora Ltda.
g.html 10- Conheço a Letra G
5- THE LETTER G Trabalho apresentado em Loja pelo Irm Rogério Alegrucci
Disponível em: http://www.sacred-
texts.com/mas/syma/syma45.htm

São Paulo, 28 de Fevereiro de 2.012.

IrmReinaldo Gianelli , CompMaç


C.I.M.: 257094

Você também pode gostar