Você está na página 1de 1

Palavra de célula 17/05/018

João 15:5
Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu nele, esse dá muito fruto;
porque sem mim nada podeis fazer.
Introdução:
No mundo natural, conseguimos visualizar bem a relação do fruto com a árvore. Podemos
perceber que uma árvore não se torna produtiva do nada.
O crescimento e os frutos precisam de um tempo.
Existem componentes e condições essenciais para a árvore chegue no estágio de frutificar, como
a semente, um bom solo, o adubo, o sol, a água e o tempo necessário para crescer.
Quando esse processo é bem-sucedido, a árvore começa a frutificar. Porém, duas coisas são
certas:
1) Um fruto nunca nascerá e crescerá se não estiver ligado à árvore; (Quantas pessoas que
vimos que caminhavam bem na igreja e aos poucos começaram a andar de forma independente
e quando se deram conta já estavam distantes dos caminhos de Deus).
2) Cada fruto nasce de acordo com a sua espécie, ou seja, a bananeira nunca dará maçã.
No mundo espiritual é a mesma coisa:
Precisamos estar conectados a Jesus. Ele é a videira verdadeira. ( Jo 15.1)
Precisamos meditar na palavra de Deus, ( Josué 1.8)
Precisamos deixar o Espírito Santo nos guiar.( Jo 16.13)
Precisamos ter um coração pronto a ser ensinável, investirmos tempo em comunhão com a
Palavra e, então, frutificaremos.
Os frutos são, naturalmente, uma consequência de todo esse processo.
Como produziremos bons frutos se não estivermos dispostos a passar por ele?

Não se preocupe em mostrar seus belos frutos, mas apenas ocupe-se com a sua preparação
interior em fazer o que Cristo quer que você faça.
Tudo que é apenas aparência cairá por terra, mas o que é verdadeiro transformará tudo ao redor!

Oração: Por todas as células, pelos pastores, pelos líderes de células, novos membros e pela
cadeira vazia que cremos que Deus enviará novos discípulos para ocupa-la.

Ótima célula, e lembre-se que Deus separou você para conquistar uma grande multidão para o
Seu Reino.