Você está na página 1de 48

1

CURSO

EDITORAÇÃO ELETRÔNICA

Aline Michelle Ellen Oliveira


Maria do Carmo Alves de Oliveira
Patrícia Virgínia de Souza Magalhães
Sueli Gonçalves da Silva
2

EDITORAÇÃO ELETRÔNICA

A Editoração eletrônica é uma área muito importante das que foram invadidas pelo computador,
oferecendo recursos desde a produção de textos à geração de imagens. Temos, de um lado, a
tecnologia disponível e, de outro, a criatividade do usuário, sendo esta a única limitação para os
trabalhos que podem ser realizados.

Dessa forma, pressupõe que se possa confeccionar publicações com um sistema informático de
pequeno porte, ou seja, usando um PC para todos os estágios da editoração: criação, montagem
e impressão, pois ela, permite que o usuário (originador do texto) produza artes-finais gráficas
num processo dinâmico e interativo, sem ter que passar pela grande quantidade de operações
intermediárias exigidas pelos processos convencionais. É o autor exprimindo suas idéias,
recebendo imediatamente uma mostra da aparência final da arte, cuja impressão pode ser feita
em um curto espaço de tempo para ser distribuída.

OPEN OFFICE WRITER


O Open Office Writer é um software editor de textos, sendo uma ferramenta para a criação de
documentos no microcomputador. Para tal ele coloca a nossa disposição um vasto repertório de
possibilidades, que abrangem desde a utilização pura e simples de traço e ponto para a devida
formatação dos textos até os mais complexos efeitos tridimensionais. O bom aproveitamento
desses recursos depende do nível de interação que o usuário tem com o software. Daí Com ele,
podemos realizar tarefas mais complexas como a criação de documentos mais sofisticados. Ele
faz parte de um pacote de softwares denominado Open Office.

INSERIR TEXTO

Ao abrir o OpenOffice Writer, você pode começar a inserir texto imediatamente em um


documento ou mesmo de um documento que você deseje alterar. Observe que o
'Writer' sempre começa com um documento padrão chamado 'Sem Título1', com o
cursor no topo do documento onde o texto que você digitar irá aparecer.
3

DICAS IMPORTANTES

-A barra de espaço no teclado somente deverá ser usada para separar uma palavra de outra.
-Em relação aos sinais de pontuação os espaços deverão ser dados apenas depois dos
mesmos.
-O modo correto de realizar o parágrafo é através da régua (a seta superior faz o recuo de
todos os parágrafos e a seta inferior da régua realiza o recuo da 2ª linha) ou através da barra
de ferramenta > formatar > Parágrafo.

-Para a correta formatação de um sumário ou índice seguir os passos:


Digitar os itens (Introdução) dar espaço > tab > enter e assim sucessivamente até a
digitação de todos os itens (Capítulo I, Capítulo II, Conclusão).
Em seguida realizar a formatação: formatar > parágrafo > tabulações > (posição
aproximadamente 15,00 cm) > clicar novo > tipo (direito) > preenchimento (realizar a
escolha).
-Para aplicar qualquer tipo de formatação no documento, é necessário selecionar a região
onde será aplicado o efeito. Você pode selecionar partes do texto, utilizando o teclado ou
então, o mouse. A seguir, as formas mais usadas para selecionar:

Utilizando o Teclado
PARA SELECIONAR PRESSIONE
Um caracter para a Shift + seta para direita
direita
Um caracter para a Shift + seta para esquerda
esquerda
Até o final de uma Ctrl + Shift + seta
palavra
Até o final de uma linha Shift + End
Até o início de uma linha Shift + Home
Uma linha para baixo Shift + seta para baixo
Uma linha para cima Shift + seta para cima
Uma tela para baixo Shift + Page Down
Uma tela para cima Shift + Page Up
Até o final do documento Ctrl + Shift + End
Até o início do Ctrl + Shift + Home
documento
Uma célula preenchida Com o cursor dentro da tabela, pressione Ctrl + T
Tabela inteira Com o cursor dentro da tabela, pressione Ctrl + T
(2X)
Documento inteiro Ctrl + A
4

Utilizando o Mouse
PARA SELECIONAR FAÇA
Uma palavra 2 cliques com o botão esquerdo do mouse
sobre a palavra
Uma linha 3 cliques com o botão esquerdo do mouse em
qualquer palavra do linha
Diversas linhas Arraste o mouse com o botão esquerdo
pressionado
Parágrafo 2 cliques na marca de final de parágrafo

- Números e Marcadores

Numeração
Selecione o texto que você deseja transformar em uma lista numerada.
Dê um clique no botão ( ) Numeração na barra de ferramentas Formatação.

Marcadores
Selecione o texto que você deseja transformar em uma lista com marcadores.
Dê um clique no botão ( ) Marcadores na barra de ferramentas Formatação.
Para alternar a figura dos marcadores, basta que selecione o texto marcado e dê um
click com o botão direito do mouse na região selecionada, em seguida click em
'Numeração/Marcadores', selecione a opção desejada e click em 'OK'

Ex:
Para utilizar a opção Marcador com subitem digitar a lista > selecionar lista > formatar >
marcador e numeração > selecionar opção (1 por exemplo) > OK. Na lista teclar enter para a
marcação (1.) > tab para a marcação (1.1) > enter para a marcação (1.2) e Shift + tab para
retornar a marcação inicial.

OUTRAS FUNÇÕES IMPORTANTES:


5

ALINHAMENTO

Ao digitar seu texto em um documento, o texto automaticamente se alinha com a margem


esquerda. Selecione o texto e:

Dê um clique no botão( ) Alinhar à Direita na barra de ferramentas para alinhar à direita –


Ctrl+R

Dê um clique no botão( ) Alinha à Esquerda na barra de ferramentas para alinhar o texto à


esquerda
Dê um clique no botão( ) Centralizar na barra de ferramentas para deixar o texto
centralizado. - Ctrl + E
Existe ainda a opção “Justificado”(

CABEÇALHO E RODAPÉ

Onde encontrar esse comando...

Menu – Inserir/Cabeçalho
Menu – Inserir/Rodapé

Você pode inserir cabeçalho e rodapé e definir suas propriedades (altura e espaçamento
em relação à margem). Cabeçalhos e rodapés são separados da área de trabalho e se
repetem por todas as páginas do documento.
GUIA CAPITULAR

Onde encontrar esse comando...


6

Menu – Formatar/Parágrafo – Guia Capitular

U ma letra capitulada é a primeira letra de um parágrafo em tamanho e formato


diferente do restante do texto, com o objetivo de destacá-la do conjunto para
um efeito visual mais agradável. Você pode capitular uma letra, uma palavra ou
um conjunto de texto, mas o usual é capitular apenas a primeira letra do parágrafo
principal.

Exibir Capitulares
Inicialmente, marque esta opção. É ela que vai permitir visualizar o efeito.

Palavra Inteira
Caso você queira que toda a palavra seja capitulada, marque esta opção.
As outras opções referem-se aos números de caracteres que você deseja capitular, ao
número de linhas reservado para as letras capituladas e à distância do texto das letras
capituladas do restante do texto.

Conteúdos
Neste campo, você pode optar por digitar o texto a ser capitulado e ainda definir o estilo
de caracteres.

VERIFICAR ORTOGRAFIA

Textos formais como currículos, manuais técnicos e relatórios não devem apresentar
erros de ortografia para, entre outros fatores, não perderem sua credibilidade. Para
solucionar o problema, o writer incorporou uma série de ferramentas que passamos a
analisar.

Verificar Ortografia
Onde encontrar esse comando...
Menu Ferramentas/Ortografia – Verificar F7
7

Verificar palavra

A palavra em questão é mostrada exatamente como foi digitada no texto. Quando a


palavra estiver incorreta, aparecerá um ícone com “X” vermelho. Digitando
corretamente a palavra ou selecionando o campo de “Sugestões”, um ícone com “visto”
verde surgirá informando que a palavra está correta.

Língua
Apresenta o idioma com o qual o Writer está trabalhando.

Dicionário
Neste campo você define qual dicionário irá acrescentar as palavras.

Auto Correção
Pressione este botão para acrescentar duas palavras (a incorreta e a correta) para a
correção automática.

Dicionário
Pressione este botão para abrir a Caixa de diálogo de Sinônimos. Contudo o dicionário
não estará disponível para todas as línguas.

Opções
Pressione este comando para configurar as opções do “Verificar Ortografia”

Adicionar
Pressione este comando para acrescentar a palavra no dicionário definido pelo usuário.

Ignorar
Clique para ignorar uma palavra que o dicionário não reconhece.
8

Ignorar Tudo
Pressione este botão para o comando desconsiderar todas as ocorrência da palavra.

Substituir
Selecionando este botão, a palavra será substituída pela opção apresentada.

Substituir Tudo
Selecionando este botão, todas as ocorrências de palavra serão substituídas pela
sugestão apresentada.

Para trás
Pressione este botão para reverter a direção da pesquisa, direcionando para o início do
documento.

Verificação Automática
Onde encontrar esse comando...
Menu Ferramentas/Ortografia – Verificação Automática

Qualquer tipo de erro na palavra digitada será destacado com um sublinhado vermelho.
Se você posicionar o cursor sobre a palavra destacada e clicar com o botão direito, você
obterá uma lista de sugestões para substituir a palavra em destaque. Se você cometer o
mesmo erro novamente, enquanto digita o documento, ocorrerá a correção automática.

Auto Correção/Auto Formatação


Onde encontrar esse comando...
Menu – Ferramentas/Auto Correção.

A função “Auto Correção” efetua automaticamente as correções dos erros que já foram
configurados para serem reconhecidos, ou completa abreviações definidas pela usuário
em “Auto Texto”. A correção ocorre assim que a barra de espaço for pressionada após a
digitação do texto. Você pode alterar a configuração do “Auto Correção” em “Formatar
– Auto Formatação”.

QUEBRA AUTOMÁTICA DE PÁGINAS

Dê um click sobre a figura de sua escolha com o botão esquerdo do mouse e depois click uma
vez com o botão direito; vá em 'Quebra Automática' e escolha a opção de quebra de página.
Aconselho escolher a opção “Quebra Automática de Página”

GALERIA DE IMAGENS:

Para acessar a galera de Imagens do OpenOffice clique em Ferramentas>Gallery/Galeria


9

Depois é só clicar na figura que desejar e arrastar para o texto.

CRIANDO FIGURAS E DIAGRAMAS

Clique no pequeno “lápis verde” ('Funções de Desenho') e repare que no canto inferior da tela
será aberto uma barra. Escolha uma figura em uma opção na barra, que mais lhe agradar e
clique com o botão esquerdo arrastando sem soltar até uma área vazia do texto e solte o botão
do mouse.( )
10

EFEITO FONTWORK

Para produzir efeito semelhante ao 'WordArt' do Microsoft Office, vá na barra 'Função de


Desenho'(processo descrito acima) e clique na opção 'Galeria do FontWork'.

Selecione o modelo desejado, clique em 'OK' e o modelo será aberto:

Digite o texto que quiser e repare que abrirá uma etiqueta no centro do 'fontwork':

Agora apague o que estiver escrito na etiqueta e digite o texto que quiser colocar o efeito,
depois selecione uma área vazia do texto para que o processo se conclua.
11

TABELA

Use este comando para inserir uma tabela dentro do seu documento. Se o cursor já estiver
posicionado dentro de uma tabela, o comando Tabela/AutoFormatar apresentará opções para
trabalhar com a tabela (sensível ao contexto).

Tabela
Onde encontrar esse comando...
Menu – Inserir/Tabela – Ctrl + F12

Em “Inserir/Tabela” temos os comandos básicos para configuração da tabela como “Nome”. Na


área “Tamanho”, podemos definir a quantidade de colunas e linhas.

Na área de “Opções”, você especifica o comportamento da tabela que será inserida. Algumas
alterações são disponíveis:

Cabeçalho
Marque esta opção para que a primeira linha da tabela tenha uma configuração diferente.

Repetir em todas as páginas


Esta opção reproduz o cabeçalho em todas as páginas da tabela.

Não dividir tabela


Para garantir que sua tabela seja dividida, mesmo estando no final da página.

Borda
Caso queira que sua tabela apresente bordas, marque esta opção.

Formatação Automática
Pressionando este botão, você encontrará vários layouts predefinidos de tabelas.

Formatar tabela
Onde encontrar esse comando...
Menu – Tabela/Inserir
12

Ctrl + F12

Se você já tem uma tabela inserida no documento posicione o cursor dentro da tabela, clique
com o botão direito do mouse e em “Tabela”, você terá acesso ao comando “Formato de
Tabela”. As guias que aparecem são as seguintes:

Nesta guia é possível trabalhar com tamanho da célula, nome da tabela , alinhamento, bordas,
plano de fundo, etc.

H o rário das
2° 3° 4° 5°
aulas



Informática


Intervalo

Colocação da Tabela em ordem alfabética:


Com a tabela selecionada :
Menu – Tabela/Classificar
13

Nome Endereço Telefone Niver


João Nepomuceno Rua Esperança,35 (31) 3336-2589 26/08/1968
Maria Silviana Av. Afonso Pena, 36 (31) 3556-2439 12/02/1982
Mário Cardoso Rua Rio Branco (31) 3256-2589 02/01/1980
Pedro Carlos Av. Conde Santos (31) 3836-2589 22/09/1965
Vanda Fer da Silva Rua Eldora de Castro, 1256 (31) 3256-2589 15/05/1975

CONFIGURAÇÃO DE PÁGINA

Uma das etapas mais importantes na confecção de documentos é a definição de parâmetros que
o documento deverá seguir. Por exemplo: definição das margens da folha, tamanho do papel
utilizado pela impressora, direção da impressão, etc.

Guia de Página
Onde encontrar esse comando...
Menu – Formatar/Página – Guia página

É aconselhável configurar a página do documento antes de iniciar a edição de textos, pois, caso
contrário, será necessário organizar a posição do texto na folha novamente. Para acessar essa
função, vá em “Formatar/Página” – “Guia Página”.

Formato
Aqui você seleciona entre os formatos padrões existentes.

Largura e Altura
Você só irá utilizar estes campos quando os valores forem diferentes dos formatos padrões
existentes.

Retrato e Paisagens
Estes campos definem como será a impressão do documento.

Origem do Papel
Se sua impressora é equipada com múltiplas bandejas de papel, é aqui que você definir qual
bandeja será utilizada. Caso contrário, utilize a configuração padrão da impressora.

Margens
Você tem a opção de definir a distância entre o texto e as margens do documento. O valor
padrão é 2cm. Este valor está, em vários casos, acima do mínimo do padrão comum dos
modelos de impressoras. Assim temos uma garantia extra de que o documento não será cortado
na hora da impressão. Conforme os parâmetros de configuração, teremos margens internas e
externas.

OBS.:
Se você configurar as margens com valores que excedam à área de impressão, uma caixa de
diálogo surgirá alertando-o e solicitando a confirmação dos valores. Você pode cancelar sua
14

configuração, pressionando o botão “Não”. Os valores serão reajustados para valores válidos
mais próximos dos definidos por você.

DESCOBRINDO O IMPRESS:

1. O IMPRESS

O OpenOffice Apresentação é um aplicativo de apresentações multimídia. Oferece


recursos de animação, efeitos especiais, objetos clipart em 2D e 3D, além de
ferramentas para desenho. O Impress possui diferentes formas de visualização para as
suas apresentações: Desenho, Estrutura de Tópicos, Slides, Anotações e Folhetos.
Contém filtros capazes de importar/exportar arquivos do Microsoft PowerPoint,
possibilitando o compartilhamento com os usuários da Microsoft.

Área de trabalho

Descrição de cada ítem da área de trabalho:


1- Barra de Títulos: Mostra o nome do aplicativo e os botões para minimizar,
maximizar/restaurar e fechar o aplicativo;
2- Barra de Menus: Apresenta os nomes dos menus para acesso às listas de comandos e
funções do OpenOffice Apresentação;
3-Barra de Ferramentas: Apresenta os botões para acessar os comandos básicos do
Impress, tais como: abrir, salvar, cortar, copiar, colar etc;
4- Barra de Objetos: Apresenta os botões para acessar os comandos de edição de texto,
tais como: tipo e tamanho de letras, estilos de parágrafos, etc.
5- Barra de Ferramentas Principal: Apresenta os botões para acessar os comandos de
inserção de: Caixas de texto, figuras retangulares, elipse, objetos 3D, etc;
6- Barras de Rolagem: São usadas para mover e visualizar trechos do seu texto;
7- Régua: É utilizada para marcar tabulações e recuos;
8- Barra de Status: Apresenta zoom, número do slide, esboço de página e
posicionamento do cursor no slide;
9- Barra de Controle de Slides: Possibilita o controle dos slides (próximo slide, anterior,
etc);
10- Barra de Controle da Apresentação: Possibilita o controle do modo de apresentação
e o início da apresentação;
11- Slide de Apresentação: É o local onde será inserida a apresentação;
12- Página: É a página da apresentação.

2. FORMAS DAS APRESENTAÇÕES:

Sempre ao iniciar o OpenOffice Apresentação será apresentado ao usuário a tela do


assistente de apresentação com 3 opções :

Apresentação vazia – Cria uma apresentação em branco para ser editado.


A partir do modelo – Cria uma apresentação a partir de um modelo já existente.
Abrir uma apresentação existente – Abre uma apresentação criada anteriormente.
15

2.1.Apresentação Vazia

Selecione apresentação vazia na tela do assistente de apresentação e clique em criar ou


próximo.
Opção próximo – Antes de ser criada uma apresentação em branco, permite ao usuário
configurar detalhes de sua apresentação.
Opção criar – Cria a apresentação em branco sem pedir detalhes da configuração.
Obs.: A configuração poderá ser feita posteriormente.

Ao clicar no botão próximo será apresentada a seguinte tela:


- Campo Selecione um esboço de slide: Permite a escolha da categoria do estilo de
página. Abaixo estarão relacionados os estilos de página a serem escolhidos. Clique
sobre um deles e sua visualização será feita no quadro à direita.

- Campo Selecione um modo de transição de slide: Permite a escolha do modo de


transição de um slide selecionado o efeito e a velocidade.
Efeito – Apresenta o tipo de efeito a ser utilizado para a transição como: de cima para
baixo, de baixo para cima, da direita para esquerda, da esquerda para direita, etc...
Velocidade – Apresenta a velocidade da transição dos slides: lento, médio ou rápido.

- Campo Selecione o tipo de apresentação: Permite a escolha do tempo em que a


apresentação será exibida na tela.
Padrão – O tempo de apresentação é o definido pelo OpenOffice Apresentação , isto é
10 segundos.
Automático – O tempo de apresentação é definido pelo usuário. Ao selecionar o campo
automático poderá ser definido dois valores:
Duração da Página – Indica o tempo de duração da apresentação de um slide. Para
definição do tempo deve-se clicar no campo numérico ou utilizar as setas de maior ou
menor situadas ao lado direito do campo.
Duração da Pausa – Indica o tempo em que o aplicativo deve esperar para reiniciar
apresentação possibilitando a definição do tempo de espera para cada slide da
apresentação.
Após concluir as configurações desejadas clique em criar. Será apresentado uma tela
para a escolha do layout do slide.

2.2. A partir do modelo

Este recurso possibilita a criação de uma apresentação a partir de um modelo existente.


Para iniciar um modelo : ➔ Na Barra de Menu, clique em Arquivo – Novo –
Apresentação.

Será apresentada a tela Nº1 como no exemplo anterior. Clique na opção A partir do
Modelo. Escolhido o modelo da apresentação, clique em Próximo. Em seguida será
apresentada a tela Nº 2, escolha de plano de fundo, e a tela Nº 3, escolha de efeitos e
transição de slides. Clique em Próximo.
Obs.: Não se recomenda fazer mudanças no plano de fundo, pois isto pode provocar
mudanças de estilo do modelo.
16

Será apresentada a tela de Nº 4 sobre anotações das idéias básicas para a criação da
apresentação, tais como: nome, tema da apresentação e idéias sobre a apresentação.
Clique em Próximo. Os tópicos que aparecem no quadro à esquerda são sugeridos pelo
modelo escolhido. Os tópicos que aparecem assinalados serão incluídos na
apresentação. Caso não queira incluir algum tópico, deve-se clicar no
quadrado assinalado para eliminá-lo.

3. MENUS:

3.1.Arquivo

Novo: Cria um novo documento.


Abrir : Abre um documento existente.
Assistente: Abre tela do assistente para elaboração de vários tipos de documentos a
partir de modelos disponíveis.
Fechar: Fecha o documento ativo.
Salvar: Salva o documento.
Salvar Como: Salva o documento pela primeira vez. Abre-se uma janela para
localização da pasta onde o mesmo será arquivado e permite salvar o documento em
outro formato.
Salvar Tudo: Salva todos os documentos que estão sendo usados no momento.
Exportar: Exporta seu documento ou objeto selecionado para outros formatos gráficos.
Exportar em PDF: Exporta o documento aberto para formato PDF.
Enviar: Salva o documento e envia como e-mail, cria um documento em formato
HTML.
Propriedades: Mostra as informações a respeito do arquivo em uso.
Modelos: Permite utilizar modelos de documentos ou criar novos modelos.

Imprimir: Possibilita a escolha da quantidade de cópias, intervalo de impressão,


configurações da impressora e impressão.
Configuração da Impressora: Possibilita a definição dos recursos disponibilizados
pela impressora.
Sair: Fecha o documento em uso e solicita o salvamento do mesmo

3.2.Editar

Desfazer: Desfaz a última ação feita no slide.


Refazer: Refaz a última ação feita no slide.
Repetir: Repete a última ação feita no slide.
Cortar: Remove o objeto selecionado e grava na área de transferência.
Copiar: Copia o objeto selecionado para a área de transferência.
Colar: Cola o conteúdo da área de transferência para a posição corrente do cursor.
Colar Especial: Cola o conteúdo da área de transferência em formato especial.
Selecionar Tudo: Seleciona a página.
Localizar e Substituir: Localiza palavras ou trechos do texto e substitui por outras.
Navegador: Navega pelo texto selecionado, percorrendo por uma lista de títulos ,
17

tabelas, figuras, etc.


Duplicar: Use este comando para duplicar um objeto selecionado.
Pontos: Transforma linhas em curvas e vice-versa.
Pontos de Colagem: Uma conexão customizada de pontos onde pode-se anexar um
conector.
Campos: Permite editar campos do tipo data ou hora.
Excluir Slide: Este recurso possibilita eliminar uma página do documento.
Camada: Permite editar layers incluídos no slide.
Links: Edita link criado no documento.
Plug-in: Edita ou salva um plug-in inserido no slide.
Mapa de Imagem: Edita uma imagem já inserida no slide.
Objeto: Edita, modifica e salva como objetos no desenho (OLE).
Hiperlink: Edita ou modifica hiperlinks no slide.

3.3.Exibir

Zoom: Modifica a escala de visualização da página.


Barra de Ferramentas: Seleciona as barras de ferramentas que forem úteis ao trabalho.
Réguas: Habilita ou desabilita as réguas verticais ou horizontais.
Barra de Status: Habilita ou desabilita esta respectiva barra.
Espaço de Trabalho: Modificar o modo de visualização dos slides.
Qualidade da Exibição: Permite alternar a visualização no modo cor, tons de cinza e
preto e branco.
Visualizar: Possibilita uma prévia visualização da apresentação em uma pequena janela
que se abre ao lado do slide.
Modo de Visualização: Permite a escolha da cor de visualização da apresentação.
Slide: Possibilita a visualização da página da apresentação.
Principal: Possibilita a visualização dos recursos de plano de fundo, tais como:
desenhos, título, anotação e bilhete.
Camada: Possibilita a visualização dos recursos de controle, controle e linhas de
dimensão.
Grade: Permite inserir ou excluir uma linha de grade de uma apresentação.
Tela Inteira: Faz a mudança entre a visualização de tela cheia e normal.

3.4.Inserir

Slide: Insere uma nova página.


Duplicar Slide: Duplica a página que estiver ativa.
Expandir Slide: Cria novos slides utilizando tópicos de um determinado slide.
Slide de Resumo: Possibilita criar um resumo utilizando os títulos.
Campos: Insere datas, horário, número de página e autor.
Caracter especial: Permite inserir num texto caracteres especiais.
Hiperlink: Possibilita uma hiperligação entre documentos, correio, internet, ou novo
documento (apenas na edição e não na apresentação).
Digitalizar: Digitaliza imagens de um scanner.
Planilha: Insere uma planilha no slide da apresentação.
Figura: Insere uma imagem.
18

Objeto: Insere um objeto applet, que é um programa que roda no browser, no


documento que está sendo criado.
Gráfico: Insere e configura um gráfico no documento.
Moldura Flutuante: Abre uma janela onde o usuário poderá escolher o arquivo que
desejar inserir na moldura flutuante.
Arquivo: Insere arquivos elaborados em outros aplicativos na apresentação.

3.5.Formatar

Padrão: Restabelece os padrões de formatação do Impress


Linha: Formata as linhas , como: cor, tamanho, etc.
Área: Configura a área da figura ou caixa de texto selecionada.
Texto: Formata o texto selecionado possibilitando configurar sua animação.
Posição e Tamanho: Modifica a posição e/ou tamanho do texto.
Controle: Ativa caixa de controle para formulários.
Formulários: Ativa a caixa de formatação para o formulário ativo.
Dimensão: Formata linhas cotadas.
Conector: Possibilita a formatação de linhas existentes de conexão entre as figuras.
Caracter: Formata os tipos e estilos de fonte.
Numeração / Marcadores: Formata a numeração e marcas do texto.
Maiúsculas / Minúsculas:Esta opção altera os caracteres de maiúscula para minúscula
ou vice-e-versa.
Parágrafo: Formata os parágrafos do texto, desde que eles estejam selecionados.
Página: Formata as páginas.
Alterar Layout: Modifica o slide em que estiver trabalhando.
Estilos: Muda o tipo de formatação de um texto.
Estilista: Acessa vários estilos de apresentação e objetos gráficos que também pode ser
utilizada através da tecla F11.
FontWork: Cria vários efeitos para o texto selecionado, tais como:
posicionamento do texto na tela, de acordo com os recursos já definidos.
Efeitos 3D: Formata as figuras utilizando efeitos 3D.
Agrupar: Formata vários objetos como se fossem um único, apesar de estarem
fisicamente separados.

3.6. Ferramentas

Verificar Ortografia: Este recurso possibilita a verificação de erros de digitação ou de


ortografia no texto.
Dicionário de Correlatos: Opção ainda não disponível na língua portuguesa.
Divisão Silábica: Permite que se faça ou não a divisão silábica das palavras para um
melhor ajuste da margem direita do texto.
AutoCorreção: Correção do texto automaticamente.
Galeria: Acessa as várias opções de desenhos e imagens disponíveis no Impress
Conta Gotas: Possibilita a manipulação das cores fontes dos objetos da página do slide.
Macros: Possibilita a organização e a edição de macros e a criação de novas.
Definições do Filtro XML: Permite reeditar os filtros.
Configurar: Permite configurar o Impress.(obs.: este recurso somente deverá ser usado
19

por usuários avançados).


Opções: Permite configurar outros ítens do Impress

3.7.Apresentação de Slides

Apresentação de Slides: Possibilita o início da apresentação dos slides.


Cronometrar: Permite a inclusão de um botão contador de tempo de cada slide.
Configuração de Apresentação de Slides: Permite a configuração de como será a
apresentação: a partir de que página, os recursos como tipo do ponteiro do mouse, etc.
Apresentação de Slides Personalizada: Permite a seleção da página a ser apresentada
separada do resto da apresentação.
Transição de Slides: Permite configurar a forma como os slides irão ser apresentados,
se da esquerda para direita, de cima, de lado, etc. Possibilita também a inserção de sons
entre a transição dos slides.
Mostra / Ocultar Slides: Mostra ou oculta o slide desejado.
Animação: Possibilita criar animações dentro do slide selecionado.
Efeitos: Permite a inclusão de efeitos na apresentação.
Interação: Possibilita a escolha do tipo de seqüência a ser visualizada na tela em função
do mouse, inclusive a inclusão de som.

3.8.Janela

Nova Janela: Possibilita a criação de uma nova janela ao lado do documento atual.
Fechar: Fecha a janela ativa.

3.9. Ajuda
Conteúdo: Possibilita encontrar o significado dos recursos (em inglês).
Assistente de Ajuda: Quando passamos o mouse nos botões da barra de ferramentas
ele diz o que é.
Dicas: Descreve o nome dos botões nas barras.
Dicas Adicionais: Descreve as funções dos botões nas barras.
Suporte: Abre uma janela com o endereço de suporte do OpenOffice.org
(http://www.openoffice.org/welcome/support.html).
Registro: É um link que possibilita ao usuário entrar no site do OpenOffice.org para
se registrar.
Sobre OpenOffice.org: Contem a versão do OpenOffice.org e informações adicionais.

4. EDITANDO UMA APRESENTAÇÃO:

4.1.Desfazendo e refazendo uma última modificação

Para desfazer a última modificação realizada no slide. ➔ Na Barra de Ferramentas,


clique em Editar – Desfazer. ➔ Na Barra de Ferramentas, clique em Editar –
Refazer.

4.2.Selecionar o Texto
20

Este recurso permite selecionar um texto ou parte de um slide que posteriormente pode
ser recortado, copiado, colado ou deletado do texto.

Pelo Menu
Na Barra de Menu, clique em Editar – Selecionar Tudo.
Pelo Mouse
Arraste com o mouse e com o botão esquerdo pressionado, sobre todo o texto desejado;
Para selecionar apenas uma palavra, é necessário dois cliques na palavra desejada. Para
selecionar uma linha são necessários três cliques consecutivos.
Pelo Teclado
Com a tecla (SHIFT) pressionada, percorra com as teclas direcionais sobre o texto
desejado;

Para selecionar o slide todo, pressione as teclas de atalho (CTRL) (A).

•Recortar um trecho do slide

Para recortar um trecho do slide, é preciso selecionar o texto a ser recortado.


Há três formas de se recortar um slide:

Pelo Menu
Na barra de menu, vá em Editar – Recortar.
Pelo Teclado
Selecione o texto a ser recortado, em seguida utilize as teclas de atalho (CTRL) (X).
Pela Barra de Ferramentas
Selecione o texto a ser recortado e clique no botão recortar.

4.4. Copiar

Este recurso é similar ao recortar, a diferença é a não eliminação do texto selecionado,


fazendo somente cópia do texto para a área de transferência.

Pelo Menu
Na Barra de Menu, clique em Editar – Copiar.
Pelo Teclado
Utilize as teclas (CTRL) (C).
Pela Barra de Ferramentas
Clique no botão.

4.5. Colar
Este recurso cola o conteúdo da área de transferência para a posição corrente do cursor,
podendo colar um texto, uma figura, ou uma tabela, dependendo do que estiver na área
de transferência. Existem três formas de colar um texto:

Pelo Menu
Na Barra de Menu, clique em Editar – Colar.
Pelo Teclado
21

Utilize as teclas (CTRL) (V).


Pela Barra de Ferramentas
Clique no botão.

4.6. Colar Especial


Este recurso possibilita colar um arquivo ou documento que esteja na área de
transferência do Windows. Para acioná-lo: ➔ Na Barra de Menu, clique em Editar –
Colar Especial.

4.7.Localizar e Substituir

Permite a localização de palavras ou trechos de texto de forma rápida e a substituição


destas palavras por outras.

Pelo Teclado
Utilize as teclas (CTRL) (F).
Pelo Menu
Na Barra Menu, clique em Editar – Buscar & Substituir;

No campo Buscar, digite a palavra ou o nome do texto que deseja localizar;

No campo Substituir por, digite a palavra ou o nome do texto que deseja substituir;
Clique no botão Buscar ou Substituir, caso queira localizar a palavra ou o trecho do
texto cada vez que aparece no documento; Clique no botão Localizar Tudo ou Substituir
Tudo, caso queira ver ou alterar as palavras ou o trecho do texto de uma vez só.

4.8. Navegar pelo Texto


Com o recurso do navegador é possível percorrer os slides da apresentação que estiver
em edição ou em visualização. Para acionar o navegador:

Pelo Teclado
Utilize a tecla de atalho (F5).
Pelo Menu
Na Barra de Menu, clique em Editar – Navegador. ➔ Para fechar o navegador, clique
em (F5) ou clique em Fechar.

4.9. Duplicar
Este recurso possibilita a duplicação de um texto ou figura da apresentação, inclusive
escolhendo a quantidade de cópias, tamanho etc..., reduzindo o tempo na edição de uma
apresentação. Para acionar este recurso: ➔ Selecione o texto ou figura que deseja
duplicar; ➔ Na Barra de Menu, clique em Editar – Duplicar; ➔ Será aberta uma tela
onde o usuário poderá fazer algumas definições sobre o objeto que será duplicado, tais
como quantidade de cópias.

4.10. Pontos

Este recurso permite a edição de pontos de uma figura inserida na apresentação,


22

transformando linhas retas em curvas. Para editar os pontos siga estes passos: ➔ Clique
em Editar – Pontos;➔ Clique na figura que deseja editar; ➔ Serão exibidos pontos
(em azul) nas extremidades da figura.

4.11. Pontos de adesão


Este recurso permite a criação de pontos de colagem (ou conexão) dentro de uma figura.
Para utilizar este recurso: ➔ Selecione uma figura;➔ Na Barra de Menu, clique em
Editar – Pontos de Colagem; ➔ Clique no botão ponto de colagem; ➔ Clique dentro
da figura. O local do ponto de adesão será marcado com um X; ➔ Depois selecione um
conector e o arraste de uma outra figura para o ponto de colagem.

4.12. Excluir Slide


Para excluir uma página (slide) da sua apresentação:➔Clique na página (slide) que
deseja eliminar;
➔ Na Barra de Menu, clique em Editar – Excluir Slide.

4.13. Camada
Este recurso permite a edição de uma camada da apresentação que estiver em edição.
Para utilizar este recurso:➔Selecione, no modelo de exibição, como modelo de
camada;➔ Na Barra de Menu,clique em Editar – Camada. Será exibida algumas
funções como a de inserir e a modificar.

4.14. Links
Este recurso possibilita redefinir um link de um objeto que esteja vinculado. Para
utilizar este recurso:
➔ Clique no objeto vinculado;➔ Na Barra de Menu, clique em Editar – Links. Em
seguida será aberta a tela: ➔ Nesta tela clique em Modificar para modificar o objeto
vinculado ou em Romper o Vínculo para tirar o vínculo do objeto; ➔ Clique em
fechar.

4.15. Plug-in
Possibilita habilitar/desabilitar um plug-in que estiver na apresentação.

4.16. Editar Imagem

Permite fazer uma edição em uma imagem inserida na apresentação. Para acessar este
recurso: ➔
Clique na imagem a ser editada;➔ Na Barra de Menu, clique em Editar – Mapa de
Imagem.

4.17. Hiperlink (hiperligação)


Este recurso possibilita editar um hiperlink existente. Para utilização dos recursos:
Selecione o texto ou objeto que possua uma hiperligação; Na Barra de Menu, clique em
Editar – Hiperlink. Será exibido uma tela para realizar a mudança, por exemplo:
nome, arquivo, o destino,etc...

5. INSERIR:
23

•Trabalhando com a barra de ferramentas principal

A Barra de Ferramentas Principal está localizada à esquerda da tela. Estes recursos


permitem a inclusão de textos, figuras (retângulos, linhas, etc...) no slide. Os recursos de
editoração de texto são os mesmos do OpenOffice Texto.

5.2. Inserir um texto

Esta opção permite a inserção de uma caixa de texto dentro de uma apresentação. Ao
clicar e manter pressionado o botão de texto será apresentado uma tela contendo os
seguintes recursos:

Insere uma caixa de texto na apresentação. Depois de clicar neste botão, clique no local
da apresentação onde deseja inserir a caixa de texto. A caixa de texto será expandida a
medida que o texto for digitado.

Insere uma caixa de texto na apresentação, com apenas uma diferença: expande os
caracteres ao tamanho da caixa de texto definido pelo usuário.

Insere uma caixa de texto em forma de legenda.

•Zoom

Este recurso possibilita a visualização dos slides. Ao clicar sobre o ícone do zoom
segure-o por alguns momentos e lhe será oferecido as seguintes opções: aumentar zoom,
reduzir zoom, zoom 100%, zoom anterior, zoom seguinte, zoom largura de página,
otimizar, zoom objeto e deslocar.

5.4. Figuras Retangulares

Este recurso possibilita a inserção de figuras, como quadrados e retângulos. São


oferecidas duas opções: inserir figuras com ou sem cor de fundo. Ao ser inserida no
slide o usuário poderá definir o tamanho da figura clicando em sua borda. Na
necessidade de se incluir um texto no interior da figura, clique no ícone de texto e no
interior da figura.

5.5. Figura Elípticas

Este recurso possibilita a inserção de figuras elípticas e circulares. São oferecidas duas
opções: inserir figuras com ou sem cor de fundo. Ao ser inserida no slide o usuário
poderá definir o tamanho da figura clicando em sua borda. Na necessidade de se incluir
um texto no interior da figura, clique no ícone de texto e no interior da figura.

5.6. Objetos 3D

Este recurso possibilita a inserção vários objetos 3D, tais como figuras redondas,
retangulares e cônicas,etc. Ao ser inserido no slide o usuário poderá definir o tamanho
24

da figura clicando em sua borda, e com um clique no no meio da figura será apresentado
um círculo onde o usuário poderá deslocá-lo ou rotacioná-lo. Na necessidade de se
incluir um texto no interior da figura, clique no ícone de texto e no interior da figura.

•Curva

Este recurso permite a inserção de linhas no slide de apresentação. Estas linhas podem
ser retas, curvas, etc. Para acioná-la, clique no botão linhas e escolha o tipo desejado.
Para encerrar a criação da linha deve-se clicar duas vezes.

5.8. Linhas e setas

Este recurso possibilita a inserção de outros tipos de linhas, inclusive com a opção de
uso de setas. Para acionar este comando clique no botão de linhas e setas e escolha o
tipo de linha a ser usado.

5.9. Conectores

Este recurso possibilita a inserção de linhas, que sirvam de conectores entre duas ou
mais figuras já inseridas no slide. Para acioná-las clique no botão de conectores e
escolha o tipo de conector desejado.

5.10. Girar

Este recurso permite girar uma figura no slide, podendo assim mudar a posição da
figura.
Clique na figura que deseja girar; Clique no botão ➔ Aparecerá pontos vermelhos em
volta da figura. Posicione o cursor sobre estes pontos e aparecerá o símbolo rodar.

•Alinhamento

Este recurso possibilita o alinhamento das figuras do slide (para cima, para baixo, para
direita ou para a esquerda). Para acioná-lo, clique no botão de Alinhamento e escolha o
alinhamento desejado.

5.12. Organizar

Este recurso possibilita a definição da posição da figura no slide, isto é, para frente, ou
para trás de um outro objeto, texto ou linha. Para acioná-lo clique no botão Organizar e
selecione o posicionamento desejado.

6. APRESENTAÇÃO DE SLIDES:

6.1. Apresentação de Slides

Esta opção inicia a apresentação dos slides. Para acioná-la:


25

Pelo Teclado
Utilize as teclas (CTRL) (F2).

Pelo Menu

Na Barra de Menu, clique em Apresentação de Slide – Apresentação de Slide. ➔


Esta opção também pode ser acionada pelo botão iniciar apresentação, na barra de
botões de controle de apresentação. Para sair da apresentação clique no botão (ESC).

Pela Barra de Ferramentas Principal ou Pelo Botões de Controle de Apresentação

Clique no botão.

6.2. Ensaio cronometrado

Esta opção possibilita a inclusão de um botão com tempo de apresentação para cada
slide a ser apresentado, que aparecerá no canto inferior esquerdo do slide. Para acionar
esta opção:➔ Clique em Apresentação de Slides – Ensaio cronometrado.

6.3. Configurar a apresentação de slides

Esta opção possibilita configurar a apresentação. Para acioná-la: ➔ Na Barra de Menu,


clique em Apresentação na Slide – Configurações da Apresentação de Slides; Será
apresentada uma tela com três tipos de recursos:

Intervalo: Estabelece quais slides serão exibidos, a partir de qual slide a apresentação
irá ser iniciada;

Tipo: possibilita escolher qual tipo de apresentação:


Padrão: Que estabelece o padrão típico de apresentação (abre uma tela cheia);
Janela: Faz uma apresentação dentro da área de trabalho;
Automático: Possibilita cronometrar a apresentação e voltar do início.

Opções: Possibilita ajustar as seguintes configurações como tipo do ponteiro do mouse,


mudança de slides, permissão de animações,etc.

6.4. Apresentação de slides personalizada

Esta opção possibilita selecionar uma página a ser apresentada separadamente em


relação ao resto da apresentação. Para acionar este recurso:➔Na Barra de Menu, clique
em Apresentação de Slides – Apresentação de Slides Personalizada; ➔ Para criar
uma nova apresentação clique em novo na tela ativa; ➔ Ao surgir uma nova tela deve-
se escolher quais as páginas que deverão constar da nova apresentação. Em seguida
clique em OK para criar a nova apresentação.

6.5. Transição de Slides


26

Esta opção possibilita configurar a forma como os slides de um documento serão


apresentados – se da esquerda para a direita, da direita para esquerda, de cima, de lado,
etc. Esta opção também possibilita a inserção de sons entre a transição de slides. Para
acionar este recurso: ➔ Na Barra de Menu, clique em Apresentação de Slides –
Transição de Slides; Será apresentada a tela com as seguintes opções:

Efeitos: Onde pode-se escolher qual o efeito que se deseja para a transição dos slides
(da direita para à esquerda, de cima para baixo, etc.);
Extras: É possível determinar o tempo de duração de um slide e a inserção de músicas
na apresentação;
Atualizar: Atualiza os efeitos já inseridos no slide;
Atribuir: Confirma o recurso de configuração realizado;
Previsualizar: É possível visualizar as alterações feitas na apresentação. No list box
situado no final da tela o usuário pode escolher a velocidade do efeito selecionado:
Rápido, médio, lento.

6.6. Mostrar / Ocultar Slide

Este recurso possibilita ocultar um slide durante a apresentação ou mostrar um slide que
tenha sido ocultado. Este recurso é utilizado para ocultar um ou mais slides de uma
apresentação, sem eliminá-lo. Para ocultar um slide:➔ Selecione a apresentação para o
modo de slide (ver ítem sobre a barra de
controles de apresentação, neste mesmo capítulo);➔ Selecione o slide que deseja
ocultar; ➔ Na Barra de Menu, clique em Apresentação de Slides – Mostrar / Ocultar
Slide; ➔ O slide selecionado será ocultado automaticamente. O nome do slide ficará
marcado de cinza, informando que este slide está ocultado para exibição. ➔ Para
reexibir o slide siga o mesmo procedimento de ocultar o slide.

6.7. Animação
Este recurso tem por objetivo criar animações dentro de um slide selecionado. Para
acionar este recurso: ➔ Insira uma figura no slide da apresentação; ➔ Na Barra de
Menu, clique em Apresentação de slides – Animação;

Efeitos: cria um determinado efeito sobre o objeto. Para inserir um efeito clique no
modelo de efeito desejado e em seguida clique no botão de atribuir. A escolha será
atribuída ao objeto. No list box (onde aparece Favoritos), o usuário poderá escolher
outros modelos de efeitos. Para visualizar os efeitos é necessário habilitar o botão
visualizar.

Texto: Possibilita a inserção de efeitos no texto que estiver no slide de apresentação.


Para acioná-lo siga os mesmos passos realizados anteriormente.

Extras: Possibilita acrescentar novos efeitos à um objeto que já possua efeitos. Os


recursos oferecidos são Cor e Som. A tela apresentada para as configurações dos
efeitos extras: ➔ Para a inserção dos efeitos: clique na opção desejada e confirme.
27

Efeitos de Animação: Este recurso possibilita a inclusão de efeitos e objetos na


apresentação, como: caixas de texto, desenhos, figuras, etc. Para acioná-los: Clique no
objeto (uma figura, por exemplo); Na Barra de Menu, clique em Apresentação de
slides – Efeitos;

Seqüência: Permite atribuir uma seqüência aos objetos inseridos no slide. Será
apresentada uma lista onde o usuário poderá redefinir a ordem das figuras. Deve-se
clicar em um dos objetos e mantendo o botão esquerdo do mouse pressionado arraste-o
para o lugar desejado. Feita a reordenação clique no botão de confirmação.

6.8. Interação

Este recurso cria uma ação em um objeto do slide. Pode ser um link entre um objeto e
um outro ponto, tais como um slide na apresentação, ou mesmo um efeito de
visualização.. Para inserir uma interação, clique em um objeto e em seguida em
Apresentação de Slide – Interação (este comando só será ativado quando houver seleção
de algum objeto). Aparecerá um listbox para ser efetuada a escolha e depois clique em
OK
28

ANEXOS

 Apostila de Perguntas e Respostas Writer

Roteiro I do Curso de Editoração Eletrônica – Profª Inês

1.O que é o JSTAR?


É um editor de texto utilizado na interface de caracter, ou seja, quando não se tem um
computador que consiga rodar um sistema na interface gráfica.
(Página 3 da Apostila)

2.Como acessar o JSTAR?


Abra um Konsole, digite jstar(espaço)nome do arquivo a ser editado.
Por exemplo: jstar revista
O jstar não reconhece acentuação e ç

3.Os comandos do JSTAR


Os comandos do jstar estão na página 7 da apostila.
Outra opção e, estando no jstar, tecle ^J e vai abrir um quadro com alguns comandos.
Para fechar este quadro basta digitar novamente ^J.

4.Digitando no JSTAR
Vamos digitar este pequeno texto, ficando atentos quanto à acentuação e o ç.

Abra um Konsole, digite jstar(espaço)nome do arquivo a ser editado.


Por exemplo: jstar navios

FICAR A VER NAVIOS


Dom Joaquim, rei de Portugal, havia morrido na batalha de Alcacer-Quibir, mas seu
corpo nunca foi encontrado.
Por esse motivo, o povo lusitano se recusava a acreditar na morte do bom monarca. Era
comum as pessoas visitarem o Alto de Santa Catarina, em Lisboa, para esperar pelo rei.
Como ele nunca voltou, o povo ficava a ver navios.

5.Gravando este arquivo no JSTAR.


Como você pode observar, no alto da tela do jstar está o nome do arquivo que
digitou para abrir o programa.
Agora, para SALVAR o arquivo digitado, tecle ^KS (Salva e continua em edição).
Para sair do jstar tecle ^KQ.

6.Treinando alguns comandos do JSTAR.


Voltando ao texto que você digitou, teste alguns comandos da página 7 da
apostila ou tecle ^J e abra o quadro com alguns comandos.
Ex.: ^QR, ^QC, ^KS, ^QY, Û, etc.

7.Se quiser, grave novamente o arquivo, teclando ^KS.


Se preferir deixar o texto como gravou da última vez, tecle ^KQ para sair sem
salvar.
29

Roteiro II do do Curso de Editoração Eletrônica – Profª Inês

1.SED é um comando do Linux que tem a função de "substituir".


Este recurso é muito utilizado, por exemplo, quando queremos enviar uma
mesma carta, para várias pessoas, substituindo somente o cabeçalho.
(Página 18 da Apostila)

2.EXEMPLO PRÁTICO:
1° Passo:
Vamos gerar 2 arquivos:
Abra um Konsole, digite jstar(espaço)BILHETE (nome do arquivo a ser editado).
Agora digite:
Nome: 1
Endereço: 2
Cidade: 3
Estado: 4
Prezado senhor,
É com alegria que comunicamos que foi contemplado no sorteio da
nossa promoção do Dia das Crianças.
O prêmio é uma viagem à Disney, para você e um acompanhante,
com todas as despesas pagas.
Entre em contato conosco para que possamos marcar a data da
viagem.
Atenciosamente,
BM Promoções.
Salve este arquivo (^KS) e feche (^KQ)
2° Passo:
Digite jstar(espaço)BILHETE1 (nome do arquivo a ser editado).
Agora digite:
s/1/Pedro de Souza/g
s/2/Rua Alegria, 985/g
s/3/Betim/g
s/4/MG/g
Salve este arquivo (^KS) e feche (^KQ)
3° Passo:
Usar o seguinte comando na linha do Konsole:
sed -f BILHETE1 BILHETE > NOVOBILHETE
"NOVOARQUIVO": Ou outro nome do novo arquivo que vc queira dar.
Este comando SED foi utilizado para gerar um novo arquivo que uniu os outros 2 em
um só, fazendo as substituições pedidas de acordo com o arquivo BILHETE1.
Digite jstar NOVOBILHETE (ou o outro nome que você tenha dado) para ver o
resultado

3.Exercício
Aproveitando o arquivo BILHETE, vamos criar um arquivo com seus dados. Desta vez,
quem foi sorteado(a) foi você!
Repita os passos do item 2º passo
Digite jstar(espaço)BILHETE2 (nome do arquivo a ser editado).
Agora digite, fazendo as substituições:
s/1/seu nome/g
30

s/2/seu endereço/g
s/3/sua cidade/g
s/4/seu estado/g
Salve este arquivo (^KS) e feche (^KQ)
Usar o seguinte comando na linha do Konsole:
sed -f BILHETE2 BILHETE > NOVOBILHETE2
"NOVOBILHETE2": Ou outro nome do novo arquivo que vc queira dar.
Digite jstar NOVOBILHETE2 (ou o outro nome que você tenha dado) para ver o
resultado

4.Premie agora um(a) amigo(a)


Siga os passos do item 3, não se esquecendo de mudar os nomes dos novos
arquivos.
31

Roteiro III do do Curso de Editoração Eletrônica – Profª Inês


(Página 85 da Apostila)
Capítulo Formatadores
1.PostScript
2.Linguagem de programação gera múltiplas funções de acordo com a linguagem inserida
no arquivo de código fonte. Existem programas específicos de leitura desta linguagem
como: gv (ghostview), Postscript viewer e outros.
3.Sempre que você for digitar um arquivo Postscript digite de preferência no Kedit (editor
de texto mais evoluído que o Jstar. Aceita acento e ç. Abre os arquivos do SED e do
JSTAR).
4.Salve o arquivo digitado com um nome que escolher.

(Página 88 da Apostila)
EX: reta.txt (a extensão .txt é importante apenas para você diferenciar os diferentes
tipos de extensões dos arquivos)

10 setlinewidth
0 0 moveto
611 791 lineto ESTE É O ARQUIVO reta.txt A SER DIGITADO NO KEDIT
stroke PARA DAR SAÍDA POSTSCRIPT
showpage

Para dar saída gráfica use os seguintes comandos no jstar:

1- cat reta.txt > reta.ps (Este comando transforma o arquivo reta.txt em um arquivo reta.ps,
ou seja, um arquivo "crú" em um arquivo de linguagem a ser interpretada pelo gv.
2- gv reta.ps(Este comando agora realiza a tradução dos códigos e gera o desenho de uma
reta)
3- ps2pdf reta.ps (agora este comando transforma o arquivo em .ps para arquivo .pdf/que
será possível fazer isso com textos utilizando o QuikScript).

Faça exercícios com outros arquivos.


Por exemplo:
Digite no Kedit:
newpath
10 setlinewidth
0 0 moveto
200 0 rlineto
0 200 rlineto
-200 0 rlineto
0 -200 rlineto
closepath
1 1 .25 setrgbcolor
fill
stroke
showpage
Salve com o nome Quadrado.txt
Vá ao jstar e digite:
cat Quadrado.txt > Quadrado.ps
32

gv quadrado.ps
33

Roteiro IV do do Curso de Editoração Eletrônica – Profª Inês

1.Exercício:
a)Entre no Kedit.
b)Vamos abrir o arquivo "NOVOARQUIVO": Ou outro nome do arquivo que você deu
no exercício do Roteiro II, que digitou no jstar e está salvo no computador.
c)Com o cursor no início do texto, vamos clicar em Ferramentas e depois em
Ortografia. Imediatamente, o programa localiza a palavra Endereco e te dá várias
opções de palavras para Substituir (troca a palavra no texto), Substituir tudo (troca
todas as palavras idênticas a esta, no texto), Ignorar (procura o próximo “erro” no
texto) ou Ignorar tudo (Ignora todas as palavras idênticas a esta que houver no texto).
Escolha a palavra mais adequada ao texto, no caso, Endereço, e clic Substituir.
Seguindo a correção, nos mostra a palavra promocao, Disney e outras.
d)Salve seu arquivo corrigido.
e)Não estando em seu computador particular, NUNCA adicione palavras novas ao
dicionário.
f)Para mudar a cor, clique em Configurações, Configurar Kedit (igual a Configurar
Fonte), clicar em cor (palheta) e marque o quadradinho Usar cores personalizadas.
Escolha uma cor para o primeiro plano (a letra) e outra cor contrastante para o segundo
plano. Clique em Aplicar. (Isso vai atingir todo o texto
g)Para mudar o tipo de letra e a cor, clique em Configurações, Configurar Kedit (igual
a Configurar Fonte), escolha um tipo de letra e um tamanho.
h)Dessa forma, estamos definindo o nosso Kedit. Todas as vezes que você for usar este
programa, neste computador, ele vai estar com a fonte e a cor que você configurou (ou,
com a sua senha, em qualquer computador desta rede).
34

SCRIBUS
http://pt.wikipedia.org/wiki/Scribus
Scribus é um software livre destinado a DTP, (desktop publising ou editoração eletrônica).
Um jornal completo compõem-se de diversos arquivos
que variam em números e páginas, em vez de um
arquivo que contenha todo o jornal. Não apenas isso
permite que páginas diferentes sejam produzidas em
momentos diferentes (e por pessoas diferentes) como
impede que arquivos do Scribus se tornem
demasiadamente grandes – gráficos de alta resolução são
pesados. Os arquivos se tornam ainda maiores se
estiverem reunidos em um único arquivo.
A Editoração eletrônica, ou DTP (desktop publishing), é
um trabalho gráfico mais elaborado que a edição de um
texto.
Uma vez que você acostuma, o modo de trabalhar se
torna bastante produtivo: para colocar texto na página, você deve criar primeiro uma caixa de
texto e em seguida digitar texto nessa caixa. Para colocar uma imagem na página, crie uma
caixa de imagem e importe a foto ou o gráfico para essa caixa. As caixas e o conteúdo podem
ser manipulados independentes.
Aspectos
As páginas de um jornal ou revista consistem em três elementos básicos: texto, imagens e
espaços em branco.
Os dois aspectos fundamentais do projeto dos jornais são : facilidade de leitura e facilidade de
layout. O primeiro é importante porque um jornal deve ser digerido rapidamente por um leitor
médio , não por um especialista . Se o projeto for consistente e conformar-se com certas regras
básicas , a tarefa de leitura será facilitada .
O segundo aspecto é importante porque, diferente das revistas, que em geral têm uma edição por
mês, os jornais normalmente são diários e a equipe de layout sofre uma pressão bem maior.
O próximo elemento a incluir é o texto. Para a inserção do texto, é pouco eficiente digitar
diretamente no Scribus. Mesmo com um monitor de grandes dimensões, perde-se tempo
utilizando a ferramneta zoom para ler trechos. Em desktop publishing a equipe que diagrama é
específica. Os textos (matérias) são produzidos por jornalistas.
Em vez disso, prepare todo o texto num processador como o OpenOfficeWriter , faça a correção
ortográfica e importe-o para o Scribus.
O Texto deve ser salvo como texto puro antes de ser importado (.txt) .O scribus não pode
importar nenhuma forma de texto formatadoeja Rich Text Format (RTF) ou formatos nativos do
OpenOffice.org.
Isso logo deve mudar – os desenvolvedores do Scribus estão trabalhando na importação de RTF,
que teria a vantagem de importar toda a formatação , como negrito, itálico e assim por
diante,junto com o texto.
Scribus
O Scribus seria um equivalente ao Corel Ventura, Quark Xpress, PageMaker e InDesign.
Oferece para os usuários Unix e Linux, um ambiente versátil com disposição de páginas
amigáveis para o desenvolvimento de seu trabalho. Suporta os formatos gráficos certificados
como, .eps, .tiff, .jpeg, .jpg, .png, .xpm, além de se poder criar seus desenhos vetoriais.

Ele possui bibliotecas que lhe permitem exportar seus trabalhos para os formatos Postscripte
35

PDF e SVG.

O Tutorial

O objetivo desse tutorial é ensinar o básico para se começar a criar documentos com o Scribus,
preparando o leitor para a descoberta de novas funcionalidades. Também será feita uma rápida
passagem por outros programas úteis durante a editoração, como o Gimp, o seu navegador
preferido, o OpenOffice.org, além de apresentar sites importantes, como o OpenClipart
(www.openclipart.org) e a Wikipedia (www.wikipedia.org).
Rápida Apresentação do Scribus
As ações no Scribus são baseadas no princípio de inserção de objetos e alteração de suas
propriedades.
Tomando a inserção de uma figura, como exemplo:
Para inserir uma imagem em nosso documento, basta clicar no ícone da imagem (como mostra a
figura 1) e desenhá-lo no documento, clicando com o botão esquerdo na página e, sem soltá-lo,
movendo o mouse em diagonal (como mostra a figura 2).
nela com o botão direito para ter uma série de opções que permitem alterar as
propriedades dessa imagem (como mostra a figura 2).

Figura 1: O ícone
para a criação da
imagem

Figura 1: O retângulo
criado pelo mouse
Criada uma nova Figura 2: O menu do botão direito, que permite alterar as propriedades da imagem
imagem, basta clicar

Além da opção de se inserir uma imagem, como visto acima, na barra de ferramentas há diversas outras opções que
estão descritas abaixo:
Observação: Não se preocupe em entender tudo que cada ícone faz, aos poucos, sua utilização ficará mais clara.
36

Criar objeto de imagem Editar conteúdo do objeto


Iniciar novo documento
Criar objeto de tabela Abrir editor de texto
Abrir documento Conectar caixas de texto
Inserir forma
Fechar documento Desconectar caixas de texto
Inserir polígono
Imprimir documento Fazer medidas
Inserir linha Inserir campos especiais de
Exportar documento para PDF
PDF Rodar objeto
Inserir anotações de PDF
Selecionar objeto Aproximar ou afastar
visualização
Criar objeto de texto

Antes de passar para a próxima seção, "brinque" um pouco com o Scribus, procure descobrir suas funcionalidades,
gerar e alterar objetos, etc.
Construindo uma Revista
Para exemplificar a utilização do Scribus, criaremos aqui a revista "Mundo Tux", que você pode ver abaixo.

Figura 3: Exemplo: Revista Mundo Tux


Primeiramente, clique em Arquivo -> Novo, para gerar um novo documento.
Se quiser, altere a seção Unidade Padrão para Milímetros, para as medidas ficarem mais brasileiras! ;)
Clique em OK para confirmar a geração do novo documento
A Capa - Aprendendo como criar objetos e alterar suas propriedades
Primeiro é necessário ter uma imagem para a capa; para obter uma, siga o procedimento abaixo:
•Acesse o site do projeto Google, clic em IMAGENS e digite Tux ou Baby Tux (o resultado é diferente), um
excelente site com diversas imagens
•Clic na imagem escolhida (procure imagens com boas resoluções). Clic em “ver a imagem no tamanho
natural”
•Em seguida, clique com o botão direito na imagem.
•Clique em Salvar Imagem Como(o nome desta opção pode mudar ligeiramente, dependendo do navegador
utilizado) e, por fim;
•Selecione o local onde a figura será salva.
Para converter essa imagem para um formato que o Scribus "entende", além de remover o espaço em branco
desnecessário, siga o procedimento abaixo:
•Abra o Gimp, um excelente editor de imagens livre;
•Clique em Arquivo -> Abrir e selecione o arquivo que contém a imagem escolhida;
•Clique em OK na tela seguinte (na qual o gimp pergunta o tamanho da imagem);
37

•Clique no primeiro ícone (o que possui o desenho de um retângulo tracejado) e faça um retângulo em volta da
figura escolhida;
•Clique em Editar -> Copiar, e depois em Editar -> Colar como novo para gerar um novo arquivo com a
seleção;
•Clique em Arquivo (na janela onde está a figura, não na janela principal do Gimp) -> Salvar e dê um nome
para a imagem com a extensão .png;
•Na seqüência, volte para o Scribus;
•Clique no ícone da imagem;
•Faça um retângulo com o mouse;
•Clique com o botão direito na imagem criada;
•Clique em Obter Imagem;
•Selecione a imagem do Baby Tux.
•Clique em OK.
Menu de PROPRIEDADES
Clique com o botão direito do mouse no quadro para que o menu de propriedades apareça. Ele contém várias
operações comuns de quadro, sendo uma das mais importantes a função para converter quadros de texto em outros
tipos de quadros.
Para alterar as propriedades desse objeto, de forma que ele ocupe todo o fundo e a imagem escolhida seja
redimensionada, siga o procedimento no Scribus:
•Clique no ícone Criar objeto de imagem e
crie um espaço na tela onde a figura vai ser
inserida
•Arraste a imagem para o canto esquerdo
superior e pouse o mouse sobre o quadrado
vermelho no canto direito inferior do objeto;
•A seta do mouse se transformará em seta dupla.
Clique e arraste até que o objeto ocupe toda a
página (sem ultrapassar as margens);
•Clique no objeto com o botão direito e vá em
Mostrar Propriedades (será aberta a caixa
mostrada na figura 4);
•Vá em Imagem e selecione a opção
Redimensionar para o tamanho do quadro,
para que a figura ocupe todo o tamanho do
objeto.
Figura 4: Propriedades da imagem

Pronto! Agora vamos adicionar caixas, onde o texto será colocado, para melhorar a aparência de nossa capa.
•Na janela principal, clique no icone Criar objeto de texto e crie um objeto do tipo texto na posição e
tamanho apropriada para o título.
•Clique com o botão direito e vá em Editar Texto.
•Na janela que aparece você tem a sua disposição um editor de texto, onde você poderá selecionar a fonte,
tamanho, colocar o texto em negrito, etc.
•Escreva "O nome da sua revista/jornal" e formate-o como preferir.
•Quando terminar, clique em Arquivo -> Atualizar quadro de texto e sair (ou o ícone  verdinho)
•Crie ainda três novos textos (de chamada os artigos que comporão a revista/jornal) com os tópicos nas caixas
apropriadas.
Formatando o texto
Clique no objeto (caixa de texto) com o botão direito e vá em Mostrar Propriedades. Clique em Cores. Observe o
desenho do lápis (define a cor da linha) e o desenho do baldinho de tinta (define a cor da letra).
Vamos encontrar várias opções que podem ser exploradas: gradiente, normal etc...
38

No item Intensidade, use a porcentagem para “clarear” a cor.


Dentro da caixa de Propriedades, clicando em Texto, podemos escolher a fonte, o tamanho. (Sugestão: para título
use fontes bold e para textos normal ou “condensado”
Dentro da caixa de Propriedades, clicando em Forma, podemos rotacionar o texto, inclusive escolhendo a partir de
qual vértice ou centro, ele será “girado”
Se quiser que apareça uma “grade” no fundo da tela para facilitar o alinhamento das “caixas”, clique em Visualizar
– mostrar grade. Ela é apenas uma referência, não será impressa.
A capa está pronta! Antes de passar para a próxima seção, procure explorar mais a criação de objetos do Scribus,
tente descobrir como criar um texto em formato de seta e um quadrado em gradiente indo do branco ao preto.
Adicionando colunas e criando páginas
Modelos de Página
Antes de criar uma nova página na revista, é importante aprender a criar Modelos de Páginas. Mas o que são e para
que servem Modelos de Páginas?
Numa publicação é desejável que páginas de uma mesma seção tenham a mesma aparência. Por exemplo, as
páginas de uma seção de cartas possuem uma aparência, enquanto as de um artigo possuem outra. Para facilitar este
tipo de padronização, os Modelos de Páginas são utilizados.
Para gerar um novo Modelo de Página:
•Vá em Editar -> Modelos. não pelo mouse. Por exemplo, se você
•A janela que aparece (semelhante à mostrada na apertar <Ctrl> + <N>, um novo
figura 5) é onde os modelos existentes são documento será aberto no Scribus) que
listados. Clique em Novo, e chame seu modelo realiza essa ação.
de Cartas. Vá em Configurações e clique em
Atalhos do Teclado.
Procure pelo item Inserir Número de
Página. Selecione-o e clique em Definir
Tecla. Coloque o atalho de sua
preferência.
Recomendo aqui o atalho <Alt> + <3>.
(Note que para colocar o atalho você não
precisa digitar literalmente Alt + 3, basta
pressionar a tecla <Alt> e, sem soltá-la,
apertar a tecla <3>).
Agora crie um objeto do tipo texto no
canto inferior direito da página.
Dê um duplo clique no objeto (para
entrar no modo de edição rápido). Tudo
Figura 5: Utilizando Modelos de Página o que você digitar agora será colocado
•Note que o scribus está exibindo agora uma nesse objeto do tipo texto.
página em branco; você está editando um É como se você estivesse naquela tela
Modelo de Página e não uma página do seu de edição, mas esse modo é para entrar
documento. Todas as alterações que você fizer rapidamente com um texto, sem se
nessa página em branco serão adicionadas à todas preocupar com formatação, etc. Porém
as páginas do mesmo tipo (do mesmo Modelo de aqui, ao invés de escrever algo, pressione
Página). as teclas de atalho para ser colocado o
•Definindo o cabeçalho e rodapé: número da página, que você definiu
•Vamos colocar os números de página no canto anteriormente (se seguiu minha
inferior direito; para fazê-lo, siga os passos recomendação anterior, pressione
abaixo: <Alt> + <3>).
Primeiro, configure o atalho de teclado Note que agora seu objeto do tipo texto
(Atalho de teclado é uma forma de dar contêm "#". Esse caractere será
comandos ao programa pelo teclado, e substituído pelo número da página em
seu documento.
39

Crie um outro objeto do tipo texto e inserindo um desenho ou montando uma


escreva, na fonte e tamanho de sua “logomarca” .
preferência, "o nome da sua Caso queira alterar a rotação da
revista/jornal", no canto superior direito. imagem, por exemplo, acesse as
Em seguida, adicione uma imagem, propriedades da imagem e altere o item
abrindo uma caixa de imagem e rotação.

Está pronto então um modelo para as páginas do tipo Cartas. Existe um problema, porém... Normalmente a página
da esquerda é diferente da página da direita.
Para resolver tal problema, será necessário ter um modelo CartasD (para as páginas à direita) e CartasE (para as
páginas à esquerda). Para criá-los, siga os passos:
•Na janela aberta ao se acessar Editar -> Modelos, clique em Duplicar.
•Chame o novo modelo de CartasE.
•Clique novamente em Duplicar.
•Chame o novo modelo de CartasD.
•Selecione o modelo Cartas e apague-o, clicando em Apagar.
•Altere agora os modelos, de forma que CartasD seja apropriado para páginas à direita, e CartasE para páginas
à esquerda.
•Você estará editando o modelo que está selecionado na janela Editar Modelos. Quando terminar, clique no
botão Sair (ou Fechar, dependendo da versão do seu Scribus) desta janela para retornar à edição do seu
documento.
Criando uma nova página
Para adicionar uma página no seu arquivo, faça o seguinte:
•Vá em Página -> Inserir;
•Selecione o modelo apropriado no item Modelo e clique em Ok. Se está utilizando o arquivo onde criou a
capa, adicione agora uma página ESQUERDA
•Se você precisar trocar o modelo de uma página, clique em Página -> Aplicar Modelo e na janela que
aparecer, selecione o item apropriado.
•Crie um objeto do tipo texto com o tamanho apropriado, e em suas propriedades, na seção forma, coloque 2
em Colunas e 5.0 em Lacuna/Intervalo, para que o texto tenha 2 colunas com 5 pontos de distância entre elas.
(Abre colunas numa única caixa de texto).

O que fazer se os textos que você quer estiverem todas digitadas em um documento do OpenOffice? Você não vai
querer digitar tudo de novo, não é mesmo?
Neste caso, basta abrir o documento no OpenOffice, selecionar o texto que irá para sua página no Scribus (Caso
queira selecionar tudo, é mais fácil clicar em Editar -> Selecionar Tudo do que fazer a seleção com o mouse) e
clicar em Editar -> Copiar. Na tela de edição de texto do Scribus, com o cursor dentro da caixa (2 clics do mouse)
clique em Editar -> Colar.
Carregando um texto a partir de um arquivo
Carregue um texto através do meu de contexto/propriedades (clique com o botão direito no quadro) na opção
Obter Texto ou através do menu Arquivo > Importar > Obter Texto. É interessante que o texto esteja gravado
com a extensão .txt
Ligando um quadro ao outro
É interessante que, quando você insere um texto maior que o quadro de texto, aparece um X no canto direito,
inferior do quadro, indicando que há “um trecho do texto escondido”.
O texto pode continuar de um quadro para outro, ou mesmo em diferentes páginas. Para isso é preciso que você
conecte os quadros.
Primeiro abra um novo quadro de texto (onde o restante do texto vai “aparecer”. Selecione o quadro de "origem" e
clique no ícone Conectar caixas de texto , agora clique no quadro a ser conectado --"destino", pronto.
Se você quiser ligar mais quadros, você terá de fazer o mesmo que dito acima porém, em vez de selecionar o
40

primeiro quadro, você deve selecionar o segundo e conectar ao terceiro, do terceiro para o quarto, do quarto para o
quinto e assim vai.
Se for preciso usar a próxima página,
•Role a tela até que apareça a página seguinte (mas sem que a página atual desapareça da tela).
•Selecione o objeto texto que possui conteúdo (basta clicar sobre ele).
•Na janela principal, clique no item onde está o texto, clique no ícone Conectar caixas de texto Selecione o
quadro texto da página seguinte, que receberá o conteúdo que não coube no primeiro quadro.
Caso seja necessário desconectar dois quadros de texto, basta selecionar o objeto que será desconectado e clicar no
ícone ao lado de Conectar caixas de texto, o Desconectar caixas de texto.
Para alterar a página que você está editando você pode clicar na página que deseja na janela Arranjar Páginas (caso
ela não esteja visível, clique em Ferramentas -> Paleta de Página), pode rolar a tela, ou clicar nas setas presentes
na parte inferior da janela principal (como mostra a figura 6).

Figura 6: Alterando a página em edição


Caso queira DELETAR um objeto basta selecioná-lo e pressionar Delete ou acessar Item -> Excluir, ou Ctrl + X.
Inserindo uma figura no texto.
É interessante que você pode inserir uma figura, interferindo no texto.
Para isso, abra uma caixa de imagem, Criar objeto de imagem sobre o texto em questão. Insira a imagem
escolhida e faça a formatação que quiser (linha em volta, rotacionar etc).
Clique com o botão da direita do mouse – Propriedades e marque a caixinha X o texto flui ao redor do quadro.
Desta forma, o texto abre espaço para a imagem inserida.
Um pouco mais sobre objetos, estilos de parágrafo e mais operações com textos
Supondo que você quer algo um pouco mais
chamativo, uma caixa alterada, com um aparência
moderna, alternativa. Como fazer isso utilizando o
Scribus?
•Crie um retângulo (ou quadro de texto) com a
cor que preferir.
•Acesse as propriedades da caixa, vá em Forma
e clique em Editar Forma.
•Você verá uma janela com diversas opções
(como a mostrada na figura 7) e seu retângulo
com quatro bolas azuis nos cantos. Essas bolas
azuis são os nós e é mexendo nelas que você
altera a aparência da caixa.
•Clique em um nó e arraste, para você ver o que
vai acontecer. Cada um dos botões da janela Nós
realiza uma operação sobre os nós. Você pode,
inclusive, criar um nó novo, clicando no botão
que tem um quadrado com um mais em cima. Figura 7: Janela Nodes

Estilos de parágrafo

O Scribus também lhe possibilita definir Estilos de parágrafos. É um recurso que permite dar, aos parágrafos, uma
aparência condizente com sua função na revista. Por exemplo, o parágrafo de uma caixa com comentários pode ser
definido com uma letra menor do que o parágrafo do artigo.
Para utilizar os Estilos de parágrafos, siga os passos:
•Crie um objeto de texto e acesse a tela de edição.
•Clique em Editar -> Estilos. É aberta uma janela semelhante à dos Modelos de Página, mas que define
modelos para os parágrafos.
41

•Clique em Novo, para criar um novo modelo.


•Na janela que aparece você deverá configurar esse novo modelo:
oEm Nome, você dará o nome de sua preferência ao Estilo de Parágrafo.
oNa coluna Caracteres você poderá escolher qual será a fonte, o tamanho da letra, o alinhamento, etc.
oEm Espaços verticais você define a distância vertical entre as linhas.
oEm Indentação, você define um espaço antes do início da primeira linha (Primeira Linha) ou no
parágrafo inteiro (Deixar indentado).
Crie um estilo para os títulos de um artigo e um para os textos de um artigo.
Utilizando as Guias
Em primeiro lugar, você deverá editar os Modelos de Páginas do artigo, colocando guias para facilitar o
posicionamento dos objetos. Um pouco mais à frente você compreenderá como as guias são importantes para a
diagramação de um documento.
Para inserir tais guias, faça o seguinte:
•Edite o Modelo de Página chamado ArtigoE e coloque o número da página e o nome da revista no lugar
apropriado.
•Agora clique em Página -> Gerenciar Guias.
•Na janela que aparece, clique em Adicionar, na coluna Guias Verticais e no campo X-Pos digite 20+45 (sim,
você pode colocar sinais matemáticos).
•Pronto, você criou uma guia na Vertical.
•Agora crie outra na posição 122.5mm e mais uma em 127.5mm.
•Finalmente crie uma guia na coluna Guias Horizontais (para criar uma guia horizontal) na posição 265mm.
•Deixe a opção Travar Guias marcada, para que você não mova as guias por acidente.
•Clique em Ok e repita o processo para o Modelo ArtigosD.
Agora adicione uma nova página com o Modelo apropriado. Não se desespere caso não perceba qualquer alteração.
Clique em Visualizar -> Mostrar Guias para visualizar as guias (linhas azuis).
Entretanto, não será muito útil ter guias se for necessário ter que ficar posicionando os objetos com cuidado e
atenção para não ultrapassar a linha azul. Confira então se a opção em Visualizar -> Atrair para as guias está
marcada. Se estiver, seus objetos terão uma "tendência" de encostar na linha azul, é meio difícil de explicar, mas na
prática você vai notar como é fácil criar e redimensionar objetos de forma que eles se adaptem aos limites das
guias.

Primeira letra maior - Ou o Poder de uma Caixa Transparente


Diversas publicações adotam um padrão de colocar a primeira letra de um artigo com tamanho maior do que as
outras (às vezes até mesmo com uma fonte diferente).
É possível fazer o mesmo no Scribus:
•Comece retirando a primeira letra do seu artigo.
•Em seguida, crie uma caixa onde a primeira letra grande será posicionada, procure colocar a caixa com o
tamanho de três a quatro linhas.
•Nas propriedades da caixa, certifique-se que a opção Texto Flui ao redor do Quadro está marcada. Essa opção
faz com que o seu texto "fuja" da caixa, deixando um espaço.
•Na seção Cores, selecione a cor Nenhum, para que a caixa fique transparente.
•Clique no desenho de um lápis e selecione novamente a cor Nenhum, para que o contorno da caixa também
fique transparente.
•Agora crie um objeto do tipo texto dentro dessa caixa com a formatação que julgar apropriada.
Essa técnica de criar uma caixa transparente pode ser muito útil em diversas situações. Se quiser colocar, por
exemplo, uma imagem dentro do texto e tiver problemas com linhas com poucas letras aparecendo do lado direito
dela ou quiser aumentar o espaço que o texto salta em relação à imagem, poderá colocar uma caixa transparente
sobre ela e, assim, ter total controle sobre como o texto "foge" da imagem.
Deixando seu artigo "com cara" de artigo
Nenhum artigo de revista vem simplesmente com o texto. É comum haver caixas com informações auxiliares,
referências, curiosidades, etc.
42

Aproveite as guias que criamos no Modelo de Página ArtigoE e ArtigoD para posicionar essas caixas
adequadamente. Para compreender o que quero dizer, veja as imagens da documentação oficial do Scribus

Como você pode ver nos exemplos do site, é possível ter caixas de texto coloridas, bastando para isso alterar as
propriedades da seção CORES. Para ter esse belo efeito de gradiente, clique onde está escrito Normal, embaixo do
desenho de um lápis e de um balde de tinta. Um menu vai se abrir, onde você pode selecionar o tipo de gradiente
que deseja.
Na imagem do site, foi utilizado o Gradiente Horizontal. Agora basta clicar sobre o círculo ao lado de #1 e escolher
na lista qual será a cor inicial do grandiente, diminuir a intensidade da cor em Intensidade (basta clicar sobre o
100% e depois escolher uma intensidade menor).
Tal diminuição é feita para deixar o fundo mais claro e o texto mais legível. Clique agora sobre o círculo ao lado de
#2 e escolha a segunda cor do gradiente e uma intensidade que deixe o gradiente bonito e o texto bem legível.
Inspirado pelas imagens vistas no site, termine esse artigo, procurando dar uma aparência bem profissional.
Exercitando
43

Tamanho e Posicionamento
Propriedades: Aba XYZ
Nesse momento você achará que a Paleta de
Propriedades é uma ferramenta indispensável para
trabalhar com o Scribus. Se ela não estiver sendo
mostrada, mostre-a através do menu Janelas >
Propriedades. A aba XYZ mostra informações
precisas sobre a posição espacial do quadro no eixo
X e Y, a largura e altura do quadro e sua rotação.
Note que essas informações apenas estão disponíveis
quando um item está selecionado.

Usando a paleta de propriedades:

Existem três modos de alterar as configurações:


1.Editando através do teclado.
2.Alterando os valores pelas setas ao lado de cada valor.
3.Usando a roda do mouse em cada valor --normalmente deixar o cursor sobre o valor já é o suficiente, se não,
clique primeiro sobre o valor.
Nas opções 2 e 3, segurar a tecla Ctrl, Shift ou Ctrl+Shift, dará uma precisão decimal ao deslocamento. Veja mais
em Atalhos de teclado por tecla. Os valores são proporcionais por padrão. Se você deseja alterá-los em um
proporção diferente da original, desmarque as "correntes".
Usando a grade e a guia como auxílio:
•No menu Página selecione Atrair para a grade (v1.2.4: menu Visualizar > Atrair para a grade) para que
os quadros fiquem "grudados" às linhas de grade na página. Exiba ou oculte a grade através do menu
Visualizar > Mostrar grade (a grade não é impressa ou se torna parte de um PDF, ela serve apenas como
referência).
Você pode ajustar os espaçamentos de pauta da grade pelo menu Arquivo > Preferências > Guias.
•No menu Página selecione Atrair para a guia (v1.2.4: menu Visualizar > Atrair para a guia) para que os
quadro fiquem "grudados" às linhas de guia na página. Exiba ou oculte a grade através do menu Visualizar >
Mostrar guia (a guia também não é impressa ou se torna parte de um PDF).
Você pode ajustar a guia pelo menu Arquivo > Preferências > Guias ou em Página > Gerenciar guias.
Rotação
Com o mouse:
Clique no ícone de rotação na barra de ferramentas (Tecla R) e em seguida dentro do quadro. Rotacione no ângulo
desejado.
Com a paleta de propriedades:
Funciona da mesma forma que a descrita no item acima. Note que há ainda a opção de escolher qual ponto de
rotação será utilizado (o conjunto de botões de seleção).
44

Copiando quadros e operações similares


Há diversas maneiras de copiar ou mover quadros.
1.O tradicional copiar, recortar e colar (Teclas Ctrl+C, Ctrl+R e Ctrl+V), acessíveis pelo menu Editar ou
pelo menu de contexto. Para colar em um página diferente da selecionada, vá até a página que você deseja
adicionar o item e então cole-o — o quadro terá as mesmas coordenadas que na página original.
2.A opção duplicar (Teclas Ctrl+Alt+Shift+D) Editar > Duplicar. Isto cria uma cópia do objeto original na
camada acima do objeto copiado.
3.O menu Item > Duplicações Múltiplas para criar quantas copias automáticas você quiser do mesmo objeto
com uma diferença seqüencial de deslocamento. Você também pode usar esse item para determinar o
deslocamento de uma única cópia (assim a opção Item > Duplicar irá usar o mesmo deslocamento).
4.E por fim, o bloco de rascunhos -- Item > Enviar para o bloco de rascunhos (v1.3.x) ou pelo menu de
contexto. Isto criará uma cópia nomeada do quadro selecionado e de seu conteúdo no bloco de rascunhos. Para
obter um item salvo no bloco, selecione o menu Janelas > Bloco de rascunhos (Ferramentas > Bloco de
rascunhos no v1.2.4) para exibir os itens em seu bloco.
Note que você também pode salvar todo o conteúdo do bloco de rascunhos em um arquivo separado que poderá ser
carregado e usado em um outro documento.
A prática o mostrará que até mesmo quadros que estão fora das páginas ainda podem ser copiados, duplicados e
manipulados em diversas maneiras. Eles serão salvos na posição em que estão. Se você tentar gerar um PDF, você
receberá um aviso que objetos estão fora da página, e, caso você o ignore, o PDF não terá esses objetos. Além
disso, especialmente em grandes documentos com múltiplas páginas, você pode perder o controle desses objetos
que não fazem parte do documento.
XYZ: Outras funções
Alguns botões e suas funções:
1.Espelha o quadro selecionado na horizontal ou na vertical.
2.Trava o quadro (tamanho, posicionamento, conteúdo etc).
3.Trava o tamanho do quadro (note que os retângulos vermelhos desaparecem).
4.Habilita ou desabilita a impressão. Por que? Bem, você pode querer ter um quadro em uma página que é um
lembrete ou uma anotação qualquer que você não queira imprimir, com anotações de cores, tamanhos, contatos
etc.
Propriedades: FORMA
No topo da janela há um botão com um quadrado no centro. Se você clicar nesse botão,
uma janela de seleção com múltiplas formas aparecerá, dando outras opções de forma.
Você ainda tem a opção de Editar forma através de uma ferramenta de edição vetorial,
dando controle total de sua forma.
Uma outra visão sobre formas e quadro de textos:
Você também pode usar a ferramenta Polígono na barra de ferramentas para criar um
polígono regular que posteriormente pode ser convertido usando o menu de contexto
(Converter em > Quadro de texto).
45

Caracteres especiais e acentos de línguas estrangeiras


Você pode inserir acentos de línguas estrangeiras, símbolos especiais não disponíveis no seu teclado além de outros
caracteres (como quebras, espaços, ligaduras, marcas de comentários etc). Essas opções estão disponíveis dentro do
meu Inserir.
•Se o você não consegue ver um caractere selecionado, provavelmente a fonte que você está usando não o
suporte (só porque ele é exibido no editor de história não significa que ele será visto na página).
Cantos arredondados:
Essa opção tornará os cantos do quadro arredondados, inclusive com valores negativos.
Espaçamento de texto:
Colunas, lacunas - Define o número de colunas dentro do quadro e o espaço entre elas.
Topo, Fundo, Esquerdo, e Direita - ajusta o espaço entre a borda do quadro e o texto.
Tabulação - Para inserir paradas em seu quadro.
O texto flui ao redor do quadro:
Use isto para determinar o comportamento do texto "abaixo" do quadro selecionado.
Propriedades: TEXTO
As duas caixas no topo são a de seleção de fonte e estilo, respectivamente. Lembre-se que se você estiver no modo
de seleção de item (e não no modo edição de item), as alterações nas configurações da fonte serão aplicadas em
todo o texto do quadro. Para modificar apenas um trecho do texto, alterne para o modo de edição de conteúdo
(Tecla E) e então selecione o período de texto que você deseja modificar.
As seis caixas com opções de valores são:
1.Tamanho da fonte (tT).
2.Espaçamento entre linhas.
3.Largura de caracteres (<T>).
4.Posicionamento do texto na pauta (^T).
5.Entre-letras (A|V).
6.Altura de caracteres (IT).
A baixo existem dois botões de seleção de cores em seqüência:
1.Cor da linha.
2.Cor de preenchimento.
E uma série de botões de estilo:
1.Sublinhado (incluindo os espaços).
2.Sublinhado (apenas caracteres).
3.Subescrito (Efeitos > Preferências > Tipografia no v1.2.4).
4.Sobrescrito (Efeitos > Preferências > Tipografia no v1.2.4).
5.Todas caixa alta (não disponível no v1.2.4).
6.Todas caixa alta "pequenas" (os tamanhos das letras maiúsculas não são alterados).
7.Tachado (posição da linha e comprimento ajustáveis no v1.3.x).
8.Sombra (não disponível no v.1.2.4).
9.Revertido (espelhado horizontal).

Propriedades: LINHA
A linha de um quadro de texto se refere a borda do quadro. A primeira coisa que você deve notar é que o valor
padrão da cor de linha é nenhum. Você precisa determinar uma cor para poder configurar a linha ou então as
alterações não serão aplicadas.
46

Propriedades: CORES
Como dito acima, a cor da linha se refere a cor da borda do quadro, sendo que seu valor padrão é nenhum.
A cor de preenchimento nada mais é que a cor de fundo do quadro. O valor nenhum indica que o fundo do quadro é
transparente. A cor do texto pode se definida na aba texto ou através do editor de texto.
•Intensidade é a saturação da cor, então 0% representaria uma escala cinza neutro.
•Opacidade é relativo a quantidade do pigmento, sendo que 100% seria totalmente opaco e 0% completamente
transparente.
Vale notar que algumas versões de PDF NÃO suportam a transparência de cores, então fique atento.

TRABALHANDO COM QUADROS DE IMAGEM

A intenção deste artigo é listar as operações pertencentes aos quadros de imagem.


•1 Criação •8 Níveis e camadas
•2 Menu de contexto •9 XYZ: Outras funções
•3 Tamanho e Posicionamento •10 Propriedades: Aba forma
•4 Carregando uma imagem no quadro •11 Propriedades: Aba linha
•5 Redimensionar e posicionar •12 Propriedades: Aba cor
•6 Rotação •13 Relacionados
•7 Copiando quadros e operações similares

Onde conseguir mais informações :

Sobre o Scribus - http://docs.scribus.net. Recomendo o tutorial Get Started With Scribus


Sobre o Gimp - www.gimp.org/docs.
Sobre a Wikipedia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:Ajuda.
Sobre o OpenClipart - http://www.openclipart.org/cgi-bin/wiki.pl?FAQ.

Créditos da versão original


Documento Introdução ao Scribus
Direitos Autorais Reservados (c)
Universidade Federal de Minas Gerais
Departamento de Ciência da Computação
Projeto LibertasBR
Leandro Soriano Marcolino - leandromarcolino(arroba)gmail.com
A versão original desse tutorial pode ser obtida no site do LibertasBR
Retrieved from "http://wiki.scribus.net/index.php/Introdu%C3%A7%C3%A3o_ao_Scribus"
Categories: Tutoriais | PT

Nota:
Alguns recursos e funções podem variar de acordo com a versão do Scribus que você estiver usando. A versão
instável (ramificação de desenvolvimento - 1.3.x) possui diversos novos recursos que facilitam e simplificam a
criação de um documento no Scribus.
47
48