Você está na página 1de 3

Definições de Contabilidade

Descoberto Bancário: Se à data do fecho das contas, alguma das contas à ordem tiver saldo
negativo, segundo o SNC, isto confere uma situação de obrigação que deverá ser considerado
um descoberto bancário (2512), espelhando-se assim como um passivo corrente.

Amortizações:

Amortizações financeiras: O pagamento total ou parcial de uma dívida ( ex: amortização de 1


crédito)

Amortização económica: o uso e passagem do tempo faz com que certos activos percam valor,
quando assim é, afectua-se o cálculo da respectiva depreciação ou amortização de forma a que
à data do balanço, as respectivas rubricas do activo fixo tangível e activo intangível apareçam
espelhados com o seu valor corrigido devido a esta perda de valor.

Facto patrimonial permutativo: Altera a composição do património, mas não o seu valor.

Saldo modificativo: Quando se mexe nos valores, havendo ganhos ou gastos ( classe 6 e 7).

Inventários

Sistemas de Inventário: Existem 2 sistemas de inventários:

1º : Sistema de inventário intermitente: neste sistema a empresa não tem o controlo


administrativo dos seus stocks. No final do exercício económico, após a inventariação e a sua
valorização é possível à empresa determinar o que tem em armazém tanto em quantidade como
o seu valor, assim como determinar o custo de mercadoria vendida e matéria consumida,
recorrendo à fórmula:

CMVMC= Existências iniciais + compras – existências finais +/- regularização de existências (


conta 61)

2º : Sistema de inventário permanente : neste sistema, a empresa controla administrativamente


através das fichas de armazém o que entra, o que sai e o que tem em armazém, em quantidades,
preço unitário e em valor.

Descontos

Desconto Comercial: são descontos de quantidades. Quando considerados na factura, são


contabilisticamente deduzidos ao valor da compra ou ao valor da venda. Se efectuados na
factura, em nota de crédito, terão que ser lançados em cada conta especifica, no caso de compra
de mercadoria na conta 318 e no caso de venda na conta 718.

Desconto financeiro: é um desconto relacionado com as condições de pagamento (ex: pronto


pagamento). Contabilisticamente, estes descontos são sempre lançados em contas especificas,
quando obtido numa compra é lançado na conta 782 (desconto pronto pagamento) e no caso
das vendas na conta 682 (desconto de pronto pagamento concedido).
O desconto comercial e financeiro é sempre aplicável ao valor comercial sem os impostos
somados

Desconto bancário (letra) : o desconto bancário de uma letra é pedir ao banco que financie o
montante inscrito na letra até à data de vencimento da mesma.

Letra: a letra é um título de crédito na qual o sacado (o que deve) se compromete a pagar o valor
inscrito na letra na data de vencimento da mesma. O sacador (o que tem a receber) pode manter
a letra em carteira (cofre) ou efectuar ao desconto bancário da letra, ou seja, pedir ao seu banco
que lhe financie o montante inscrito na letra pelo período que falta até à data do vencimento.
A letra pode ainda ser endossada por exemplo a um fornecedor, liquidando a dívida que o
sacador tem para com o mesmo.

Rédito

O rédito tem um conceito menos amplo do que o rendimento, tendo em conta que o rédito deve
ser gerado internamente, enquanto que o rendimento não o ser. ( ex: subsídios / donativos).

Adiantamentos

Os adiantamentos são de registo contabilístico obrigatório e estão sujeitos ao IVA. Existem 2


tipos de adiantamentos:

1º: Adiantamento com preço fixado: neste adiantamento, o montante final da factura é
conhecido. Nas compras é como se a empresa já fosse dona do bem correspondente à parte
equivalente do adiantamento.

2º: Adiantamento sem preço fixado: neste tipo de adiantamento, o montante final da factura
não é conhecido, trata-se de um mero adiantamento.

Aquando da contabilização da factura a que o adiantamento diz respeito, é necessário anular o


adiantamento, regularizando o IVA e considerar o respectivo crédito na conta do cliente ou do
fornecedor, conforme o caso. Seguindo a contabilização integral da factura.

Processamento de Vencimentos

O processamento de vencimentos, contabilisticamente, obedece a 3 passos:

1º passo: processamento das remunerações, declarar na conta 632 (remuneração ao pessoal) e


na conta 631 (remuneração de órgãos sociais). É debitada pelo montante das remunerações
ilíquidas por contrapartida das contas 242(IRS), 245 (SEG. SOCIAL), 278 (SINDICATOS), as contas
2311 e 2312 (remuneração ao pessoal) pelo montante líquido a pagar aos funcionários.

2º passo: encargos da entidade patronal, debita-se na conta de gastos 635 encargos sobre as
remunerações, por contrapartida da conta 245 pelo montante de 23.75% do valor apurado.

3º passo: pagamento às respectivas entidades.


Constituição de Sociedades

A constituição de sociedades tem que cumprir 3 passos:

1º passo: Subscrição de capital, nesta fase regista-se o compromisso dos sócios/accionistas

Debita-se na conta 261/262

Credita-se na conta 5111

2º passo: realização do capital, nesta fase registam-se as entregas de bens, direitos ou


obrigações feitas pelos sócios à sociedade.

3º passo: Transferência do capital subscrito para capital realizado

Debita-se na conta 5111

Credita-se na conta 5112