Você está na página 1de 4

FACULDADE ANHANGUERA SUMARÉ

GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM.

IZABELLA FURLAN BRANCO


RA: 326407812597

GESTÃO EM SAÚDE
Lixo extraordinario
SUMARÉ-SP
2019.

O documentario ''Lixo Extraordinario'' retrata um trabalho do artista Vik Muniz e seu


envolvimento com catadores de lixo. Vik realiza obras de arte com ajuda dos catadores,
reutilizando materias encontrados no lixão para formar esculturas dos trabalhores do
local, transformando suas vidas. Além da criativade, reciclagem e lindas obras, o
documentario apresenta a realidade de pessoas que vivem em condições criticas de
saneamento basico e pobreza extrema, e tambem no problema ambiental de disposição a
residuos solidos.

Vik Muniz, Brasileiro e tendo reconhecimento mundialmente, já foi pobre e viveu em um


bairro de classe média em são Paulo. Por causa de um acidente, conseguiu dinheiro onde
foi para os Estados Unidos, assim começou com trabalhos singelos e conseguiu sucesso
extraordinario com suas obras.

Vik se interessou pelo maior lixão do mundo em recebimento diario, Gramacho - RJ.
Com o objetivo de mudar a vida das pessoas atraves da arte feita com materias de
cotidiano.
A expectativa do artista antes da visita em relação aos catadores era preconceituosa
''devem ser pessoas mais rudes, viciados... é o fim da linha''. Chegando no Lixão
Gramacho, Vik e seu companheiro são recebidos pelo administrador do aterro, um dado
interessante fornecido por ele era a retirada de 200 toneladas por dia de materiais
reciclaveis feita pelos catadores, isso demonstra a falta de comprometimento do governo
e da população com a Coleta seletiva.

O tamanho do lixão e a quantidade de lixos são enormes. todo residuo em processo de


aprodecimento fica exposto e as pessoas dividem espaço com milhares de urubus. A
estrutura irregular na disposição do lixo é mais do que notavel, a falta de procedimentos
de segurança e equipamentos é a caracteristica maior do aterro. Isso demonstra uma falha
na gestão de residuos de uma grande cidade, na qual, pode ser resolvida com uma boa
gestão urbana. Além disso, as condições de trabalho dos catadores são despreziveis,
possuem contato direto aos diversos residuos gerados pelo Rio de Janeiro, isso, incui alto
risco de contaminação e risco de contrair diversos tipos de doenças.
Vik se surpreende com o bom-humor dos catadores visto a condição em que vivem a cada
dia, dois personagens se destacam são: Zumbi, vítimade um acidente no lixão; e Tião,
presidente da Associação de Catadores do Jardim Gramacho, ambos possuem o hábito da
leitura e apresentam caráter de superação e liderança. A historia de vida de cada catador, é
impressionante pela emoção transmitida nos depoimentos, transformando o preconceito
de Vik antes da visita. As filmagens vão alem do aterro, mostrano a moradia dos
catadores e as condições em que vivem. Suelen, uma das mulheres escolhidas por Vik
apresenta a sua casa no documentario, com zero condições de saneamento basico nas
moradias construidas de madeira, a higiene e conforto são minimos. A conbinação entre o
aterro irregular e pessoas pobres precisando de trabalho levam ao surgimento de
comunidades juntas ao lixão. A falta de planejamento e a acelerada ocupação irregular
resultam em moradias com situações miseraveis de sobrevivencia e irregulares.
Vik obtia as imagens para suas obras através de uma camera fotografia, capturando
diversos perfis dos catadores do aterro de Gramacho. Na sua oficina ele observa as fotos
obtidas no aterro e escolhe a pessoa com quem mais se adequa para trabalhar em suas
obras. Ao chama-los para o inicio das obras, Vik deixa claro seu objetivo, e como as
fotografias seriam transformadas em escultuas sensacionais, contruidas apenas por
residuos. Em um momento no periodo de realização das obras, o o gestor relata um
assalto na cooperativa, ocasionando uma perda de R$ 12.000,00. Isso reforça a ideia de
que á insegurança e perigo nas comunidades mais carentes, e a ausencia da policia nesses
locais. Após trabalhar durante um longo periodo com os catadores, os artistas notaram
uma mudança drastica na rotina, passando do dia-a-dia cliche no lixão para um trabalho
relacionado a arte, despertando novas ambições aos ex-catadores.

O reconhecimento profissional de Vik garantiu uma vaga em Londres para uma de suas
obras, aumentando a expectativa de um bom retorno financeiro e consequentemente
social, proporcionado pelo tempo dedicado no aterro. A decisão de levar uma pessoa
humilde para um ambiente completamente diferente e encantador como Londres, causou
questionamento emcerto momento do documentario. A mudança drastica de ambiente e
os sonhos ansiados pelos personagens do aterro, poderiam causar constrangimento a essas
pessoas? Vik, de maneira positiva visualizou os pontos positivos gerados pela sua
interferencia na vida deles, causado por uma oportunidade rarisima de aprendizado.
O quadro composto apenas por residuos onde, desenha a imagem de Tião é exposta em
uma galeria em Londres, é o seu primeiro contato com a arte moderna, lhe
proporcionando novos conhecimentos.

A obra ''Marat, Sebastião: Retratos do Lixo'' é arrematada por 28 mil libras, causando
exaltação e emoção em Tião e em seus companheiros de trabalho. Em seguida, Vik
convida todos os envolvidos nas obras para uma exposição no musão de Arte Moderna do
Rio de Janeiro. Nessas cenas a desigualdade social é clara, onde pessoas que nunca
tiveram contato com museus e artes se tornam autores de obras apreciadas por classes
sociais diferentes.

No final do documentario, o autor principal visita seus colaboradores, presenteando-os


com seus quadros. As produções de ''Retratos de Lixo'' realizadas por Vik Muniz
renderam mais de 250 mil dolares. Como retorno para a Associação dos catadores do
Jardim Gramacho, foi comprado um caminhão, inaugurado um centro de ensino e uma
biblioteca com 15 computadores. Todos os catadores envolvidos na exposição tiveram
uma mudança de vida, alguns melhoraram suas condições, outros apenas abandonaram o
lixão, mas todos foram influenciados de uma forma ou de outra por uma experiencia
marcante e unica.

Além do auxilio financeiro, não apenas os catadores tiveram um grande aprendizado mas
Vik tambem. Após a convivencia com essas pessoas, o artista agregou novos valores a
respeito da comunidade Jardim Gramacho. O principal tema abordado pelo documentario
foi a relação da arte com a vida de pessoas humildades, focando na dificuldade e nas
condições de vida emocionante do cotidiano delas. Além do foco chocante na vida dos
catadores, que não deixa de ser importante a comoção, o documentario deixa de
apresentar prejuizos causados ao meio ambiene e na solução de problemas de saneamento
basico e saude das pessoas.

O tema ''lixo'' vai muito mais além da coleta seletiva e da educação ambiental. Um
planejamento urbano é mais do que essencial para composição do saneamento basico,
principalmente em uma cidade em processo de urbanização. A coleta, transporte e
disposição adequada pde residuos solidos são totalmente contrárias ao apresentado no
documentario. Esses detalhes deveriam ter ganhado mais foco e embazamento com o
objetivo de pressionar as autoridades e conseguir mudanças positivas no Aterro. Como
melhoria na gestão de residuos, o que é muito importante e melhoraria o trabalho dos
catadores tendo administração, organização, privando o meio ambiente e cuidando da
saude publica.
Apesar disso, a abordagem geral do documentario deixa resultados positivos, onde, tras o
assunto da geração excessiva de residuos e a reciclagem, e tambem reflete a desigualdade
social e a condição absurda de vida causada pela urbanização.