Você está na página 1de 13

UNIVERSIDADE CEUMA

COORDENADORIA DO CURSO DE PSICOLOGIA

LETICIA DIAS SERRA

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO ESPECÍFICO EM


PROCESSOS DE INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL, INSTITUCIONAL E
ORGANIZACIONAL.

São Luís
2019
LETICIA DIAS SERRA

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO ESPECÍFICO EM


PROCESSOS DE INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL, INSTITUCIONAL E
ORGANIZACIONAL.

Relatório apresentado ao curso de Psicologia


da Universidade CEUMA para as atividades
de Estágio Supervisionado Específico em
processos de Intervenções Psicossociais, com
o requisito para obtenção de nota da disciplina
de Estágio Curricular.

Supervisor docente: Talita Teresa


Gomes Furtado Maranhão
Supervisor técnico: Cinthia Maria
Urbano Rodrigues

São Luís
2019
LETICIA DIAS SERRA

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO ESPECÍFICO EM


PROCESSOS DE INTERVENÇÃO PSICOSSOCIAL, INSTITUCIONAL E
ORGANIZACIONAL.

Relatório apresentado ao curso de Psicologia da


Universidade CEUMA para demonstrar as atividades
do Estágio Supervisionado Específico em Intervenções
Psicossociais, realizado no Laboratório De Avaliação
Psicológica e Uso Dos Testes – LAPCEUMA com o
requisito para obtenção de nota da disciplina de
Estágio Curricular.

Aprovado em __ / __ / __
Nota ______

_______________________________________________________________
Profa. Talita Teresa Gomes Furtado Maranhão

Supervisor docente

_______________________________________________________________
Profa. Cinthia Maria Urbano Rodrigues

Supervisor técnico

São Luís
2019
“É só o inicio de uma extraordinária, bela e árdua
jornada, a cada passo trago sonhos e a confiança de
um futuro em que eu possa SER cada vez melhor, e
assim contribuir e gerar benefícios por meio do meu
olhar, das minhas palavras e dessa troca de
aprendizagens que nunca se finda, sendo eu a
arquiteta do meu próprio destino”.
SERRA, Leticia. Dias. 2019.
SUMÁRIO

1 DADOS GERAIS ............................................................................................


1.1 Identificação do estagiário.......................................................................
1.2 Identificação do campo de estágio..........................................................
1.3 Identificação do supervisor docente.......................................................
1.4 Período de duração e carga horário do estágio.....................................
2 INTRODUÇÃO............................................................................................
3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ..................................................................
3.1 Psicologia Social.......................................................................................
3.2 Intervenção Psicossocial..........................................................................
3.3 PRINCIPAIS PROBLEMAS DO fórum ................................................
4 CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO.......................................
4.1 Histórico.....................................................................................................
4.2 Importância da instituição para a comunidade......................................
4.3 Estrutura organizacional..........................................................................
4.4 Setor de estágio........................................................................................
5 O ESTÁGIO................................................................................................
5.1 Atividades desenvolvidas........................................................................
5.2 Projeto de Melhoria..................................................................................
6 CONSIDERAÇÕES FINAIS ......................................................................
REFERÊNCIAS.........................................................................................
APÊNDICE................................................................................................
ANEXOS ...................................................................................................
1 DADOS GERAIS
1.1 Identificação do estagiário
1 Nome completo: Leticia Dias Serra
2 Curso: Psicologia
3 Período: 8º Período Matutino
4 Código de matrícula: PS16057M4C1
5 CPD: 68384
6 Endereço: Rua 19; casa 9; Conjunto Vinhais
7 Telefone: (98) 987400186
8 E-mail: leeleh_15@hotmail.com
1.1 Identificação do campo de estágio
1.2.1. Nome Completo: Fórum de Desenvolvimento Local Sustentável da Vila
Jaracaty
1.2.2 Endereço Postal: Avenida Ferreira Goulart – Jardim São Francisco, São
Luís, CEP: 65065-545.
1.2.3 Telefone: (98) 988733174
1.2.4 Nome do Supervisor Técnico/Preceptor: Cinthia Maria Urbano Rodrigues,
CRP: 22/00115.
1.2.5 Ramo da atividade: Psicologia Social com foco nos Processos de
Intervenção Psicossocial, Institucionais e Organizacionais.

1.3 Identificação do supervisor docente


1.3.1. Nome completo: Talita Teresa Gomes Furtado Maranhão, CRP:
22/01931.
1.3.2. Departamento: Curso de psicologia

1.3.3. Endereço: Universidade Ceuma - Rua Anapurus, 01 – loteamento Bela


Vista- Renascença ll- São Luís- MA, CEP: 65075-120.

1.3.4. Telefone: 4020-7525

1.3.5. E-mail: talitafurtado@hotmail.com

1.2 Período de duração e carga horária do estágio

O período de duração do estágio curricular obrigatório será de 19/08 a 27/11 de


2019, sendo realizado toda semana no turno vespertino, as segundas e
quartas- feiras das 14 h às 17h no campo de estágio e 1h de supervisão
técnica em sala de aula, no CEUMA, contabilizando uma carga horária de 08
horas semanais. O estágio compõe uma carga horaria total de 200 horas,
sendo 120 horas de campo e 80 horas de pesquisa e produção.

2 INTRODUÇÃO
O presente relatório tem como principal objetivo versar sobre o exercício de
preparação para ser um psicólogo, no âmbito da Psicologia Social, a
experiência com foco nos Processos de Intervenção Psicossocial, Institucionais
e Organizacionais Desenvolvida no Fórum de Desenvolvimento Local
Sustentável da Vila Jaracaty localizado na Avenida Ferreira Goulart, Vila
Jaracaty.

O Fórum é uma Organização da Sociedade Civil de interesse Social, por ser


uma OSCIP ela pode ser financiada pelo Estado ou por iniciativas privadas
sem fins lucrativos. Ou seja, entidades típicas do terceiro setor. A OSCIP está
prevista no ordenamento jurídico brasileiro como forma de facilitar parcerias e
convênios com o governo e órgãos públicos (Federal, Estadual e Municipal)
permitindo que as doações possam ser descontadas no Imposto de Renda,
como é o caso da Cemar a grande Patrocinadora do FDSVJ atualmente, via Lei
Estadual de Incentivo ao Esporte.

O Fórum tem o intuito de oferecer a comunidade do Jacaraty diversas


atividades esportivas como Judô e Tênis de mesa; além de aulas de
informática, acesso à brinquedoteca e outras atividades, que beneficiam
também toda a comunidade e não apenas os moradores dando oportunidades
de desenvolvimento físico a social as crianças, jovens e frequentadores.

O foco norteador dos Estagiários é a Intervenção Psicossocial, que é


justamente essa forma de aprender em movimento , ao passo que se observa ,
pensa e estuda perante a Instituição e público-alvo. As atuações de Melhoria
contam com a escuta e acolhimento de crianças, jovens e moradores da Vila,
contam com as intervenções na Brinquedoteca e nos Atletas do Judô por meio
de Atividades que fomentem nos Atletas de Judô a conscientização, auto
percepção, auto regras e para as crianças estimulação cognitiva física e social.
Além da Psico-Higiene e Psicoeducação trabalhadas com a pedagoga da
Instituição e com as crianças, todas as atividades, palestras, rodas de
conversas acontecem com uma orientação supervisionada.

3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA(fazer)

4 CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO

4.1 Histórico

O Projeto do Fórum teve inicio com a indignação dos moradores diante de um


espaço cheio de lixo, que começou a virar um grande lixão, oferecendo riscos a
saúde e a falta de proteção dos moradores, pois esse espaço abrigava
consequentemente marginais e boca de fumo, diante disso aconteceu a
mobilização em 2003 para se pensar em soluções viáveis e melhorias para
todos , com o auxilio Financeiro de alguns Patrocinadores a concretização do
espaço aconteceu em 2007 . Reformado em Junho e Julho de 2019, o FDSVJ
é patrocinado pela Cemar, por meio da Lei de incentivo ao Esporte da Cemar
sendo um instrumento de fomento e difusão da produção cultural no Estado,
instituído por meio da Lei 9.437, de 15 de agosto de 2011, que se destina ao
financiamento de projetos artísticos e culturais, por meio de recursos oriundos
da renúncia fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e
Serviços).

4.2 Importância da Instituição para a comunidade


O Estágio tem por objetivo beneficiar as pessoas que ali frequentam ou
moradores da Vila e redondezas. A importância da intervenção em um Fórum
com multi demandas, é de grande aprendizagem e de possibilidades de
atuação, como a escuta das demandas espontâneas das crianças, dos jovens
e moradores, que precisam desse acompanhamento psicológico, vemos a
carência de um profissional da psicologia nesse Local atuando de forma
permanente. Possibilita-se a participação da comunidade ativa, promovendo a
reflexão dos temas envolvidos nas palestras, atividades e rodas de conversa,
proporcionando autonomia e uma psicoeducação, a qual tem função
pedagógica, ou seja, auxilia o indivíduo a lidar com suas dificuldades de forma
mais consciente.
4.3 Estrutura organizacional
O Fórum de Desenvolvimento Sustentável da Vila Jaracaty é um espaço
que une Esporte e Atividades Educativas destinadas a crianças e jovens da
Vila Jaracaty, no Fórum encontra-se o espaço do Judô, Sala de informática,
Sala da brinquedoteca, Sala dos arquivos e Diretora, Sala de atendimentos
médicos ou consultas, sala de oficinas de costura e palestras. A respeito da
Atual Reforma cozinha foi reformada adicionando uma despensa, no espaço de
Tênis de Mesa foi acrescentando divisórias entre os vasos dos Banheiros. Na
parte externa tem-se a Horta, a pintura do FDSVJ que também aconteceu
durante a Reforma e que é anual.
A instituição é composta da seguinte estrutura organizacional: uma
secretaria, uma direção executiva, uma tesouraria, uma copa de cozinha. Além
disso, o Fórum possui 14 (catorze) membros que colaboram para o seu
funcionamento, os quais são funcionalmente distribuídos da seguinte maneira:
uma diretora, uma coordenadora, uma tesoureira, uma secretária, uma
cozinheira, uma zeladora, quatro professores de judô, um professor de tênis de
mesa, um professor de informática e duas educadoras infantis. A estrutura do
FDLSVJ pode ser visualizada a partir de um organograma anexado no
Relatório.
4.4 Setor de estágio
Setor de psicologia trabalhando na área Especifica em Processos de
Intervenção de Psicossocial, institucional e Organizacional.

5 O ESTÁGIO (fazer)

5.1 Atividades desenvolvidas

5.1.1 Supervisão técnica

5.1.2 Supervisão docente


5.2 PROJETO DE MELHORIA
5.2.1 NOME
A psicologia no brincar
5.2.2 OBJETIVO
5.2.2.1 Geral
Realizar intervenção junto a educadora e crianças no sentindo de auxiliar no
desenvolvimento de atividades que trabalhem aspectos psicomotores e as
relações sociais entre estas.
5.2.2.2 Específicos
 Identificar demandas e necessidades junto as crianças participantes da
brinquedoteca
 Desenvolver o plano de ação junto a educadora e as crianças atendidas
 Avaliar os resultados obtidos com a intervenção

5.2.3 JUSTIFICATIVA
A partir das observações por parte do grupo de estágio e da demanda
apresentada pela educadora responsável pela brinquedoteca, o grupo de
estagiários se reuniu para construir um plano de ação que será desenvolvido
junto a um grupo de crianças com o apoio para o desenvolvimento de
atividades como jogos e brincadeiras infantis que trabalhe aspectos do
desenvolvimento psicomotor das crianças atendidas pelo Fórum.
Diante da demanda apresentada pela educadora responsável pela
brinquedoteca, o grupo de estagiários se reuniu para construir um plano de
ação que possa contribuir com o apoio para o desenvolvimento de atividades
como jogos brincadeiras infantis que trabalhem aspectos do desenvolvimento
psicomotor e integral das crianças atendidas pelo Fórum.
5.2.4 SITUAÇÃO ATUAL
A brinquedoteca como um setor de acolhimento de crianças com a faixa
etária de 3 a 8 anos vem enfrentando dificuldades como a ausência de um
plano de ação que trabalhe de forma geral as habilidades sociais e o
desenvolvimento psicomotor, como também além da falta de uma proposta de
intervenção mais pontual para lidar com as demandas diversificadas
emergentes do público atendido, como saúde integral e as habilidades sociais.
5.2.5 DESEJADA
Que sejam incluídas na rotina da brinquedoteca práticas que desenvolvam
habilidades sociais e o desenvolvimento psicomotor através de brincadeiras e
intervenções pontuais direcionadas para esse contexto visando trabalhar as
demandas identificadas inicialmente.
5.2.6 METODOLOGIA

Levantamento situacional do setor da brinquedoteca enquanto espaço de


acolhimento de crianças de 4 a 8 anos que se deu através da escuta junto a
educadora e diretora da instituição como também observação da dinâmica da
brinquedoteca. Levantamento bibliográfico relacionado às temáticas
psicomotoras e sociais do desenvolvimento infantil. Após esse processo de
pesquisa, será construída uma instrumentalização voltada para o
desenvolvimento psicomotor e integral da infância, para auxiliar a educadora.

5.2.7 RECURSOS

5.2.6.1 Humanos
Educadores, crianças, estagiários e preceptora.
5.2.6.2 Materiais
Brinquedos, papel, lápis, cola, tesoura.

5.2.7 CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

AGO SET OUT NOV DEZ

Levantamento
bibliográfico
X X

Elaboração
de atividades
X

Encontro com
o grupo da
brinquedoteca
juntamente
com a
X
educadora

Encontro
somente com
a educadora
para uma
escuta mais X
detalhada

Aplicação das
atividades
junto a
educadora e
as crianças X X

Encontro para
a avaliação
X X
da ação

6 CONSIDERAÇÕES FINAIS