Você está na página 1de 101

Deus

Ainda Usa
Profetas
Campanha de Avivamento
Pregador Manassés

E ele mesmo deu uns para apóstolos,


e outros para profetas,
e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,
Efésios 4:11

5 Mensagens por semana


De Isaías a Malaquias
De 15 de Julho 2019 á 27 de Setembro 2019
Introdução
Avivamento é um tema que sempre me atraiu, não por vaidade ou por popularismo, mas sim
por ser alvo do ministério que o Senhor Jesus confiou a mim. E trabalho com o objetivo de
levar avivamento e trazer almas a Cristo.

E por isso, minha oração ao Senhor, é que me dê as mensagens certas para este tempo! E com
a graça de Deus, ao realizar essas campanhas pela internet, almas de toda parte no Brasil estão
se convertendo ou voltando aos pés do Senhor Jesus.

E agora, ao pregar sob o tema: Deus Ainda usa Profetas! Queremos avivar os profetas dessa
nação, para que eles por sua vez, avivem as pessoas ao seu redor, principalmente a família e a
igreja do Senhor Jesus.

Espero que esse material chegue nas mãos de pastores, dirigentes, evangelistas, homens e
mulheres de Deus que tem um chamado a profetizar. E que seus ministérios sejam
incendiados, que suas igrejas sejam avivadas, que suas famílias impactadas e muitas almas se
convertam aos caminhos do Senhor.

Você pode usar deste material para ministrar em forma de estudo ou pregação. Você pode
repetir essa campanha, com estas mesmas mensagens em sua igreja, ou ainda usá-las como
ponto de partida para suas próprias pregações.

Você não pode vender esse material, nem muito menos postar em sites na internet, pois o
mesmo já é publicado em nosso site e em nossas redes sociais, e para preservar nosso site
posicionado nas buscas do Google, é que proibimos a republicação do mesmo em outro site.

As mensagens dessa campanha estão organizadas da seguinte forma.

5 mensagens sobre cada um dos profetas maiores. Mais 2 a 3 mensagens sobre cada um dos
profetas menores. As mensagens variam entre estudo bíblicos e pregações.

Se Deus tocar ao seu coração, você poderá ser contribuinte desse trabalho, através do site:
Apoia.se/PregadorManasses ou ainda pelo link direto do Paypal aqui.

Estabelecemos um propósito de oração:

• Orar em língua estranha todo dia pela manhã (os batizados)

• Orar por todos irmãos que participam da campanha

• Orar por um avivamento no Brasil

Nosso objetivo é avivamento. E em nome de Jesus, descerá do céu um avivamento em tua


vida, em casa, em tua igreja, em tua cidade e no nosso Brasil para glória de Deus.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/5 Semana de Isaías, 15/Jul/2019

Quando Deus Abre Nossos Olhos Espirituais


Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e
habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos
Exércitos. (Isaías 6:5).

Avivamento começa quando Deus abre nossos olhos espirituais. Veja o caso de Isaías:

Já era um profeta antes de ter um encontro com Deus. Ele certamente pensava estar fazendo
um ótimo trabalho e que tudo ia bem na “igreja” afinal, tinha um excelente líder que era Uzias,
as coisas em Judá estavam ótimas e ele era um profeta durão, conhecido pelos cajados que
entregava.

Palavras duras, de correção, ai desse, ai daquele, ai de todo mundo! (Is 3:11.


5:8,11,18,20,21,22). Imagino os elogios que recebia e ao chegar em casa e tirar a gravata na
frente do espelho, dizia para si mesmo: “Fiz um ótimo trabalho, sou um ótimo pregador!”

E por incrível que pareça. Isto não é avivamento! Nunca foi, esta longe de ser.

Um dia sua pregação mudou drasticamente! Foi quando Deus lhe abriu os olhos espirituais, e a
sua pregação foi: Ai de mim, que vou perecendo! (Is 6:5).

E é assim que começa um avivamento!

Ele começa pelo púlpito, pelos líderes da igreja, como disse Moody ao perguntarem: Como
começa um avivamento na igreja? Respondeu: Ascenda uma fogueira no púlpito!

E para essa fogueira acontecer, é preciso que o líder:

 Pregue primeiro para si mesmo (ai de mim) antes de pregar para o povo;
 E reconheça seus pecados (vou perecendo) antes de falar do pecado do povo; Seja
incendiado por Deus, o fogo precisa vir direto do altar do todo poderoso (brasa viva) e
não da internet;
 E se entregue totalmente ao chamado de Deus (eis me aqui, envia-me a mim);

Porém, para que tudo isso aconteça, o profeta precisa antes de tudo ter seus olhos espirituais
abertos! Para que veja o quão santo é o nosso Deus. E sinta seus próprios pecados e os do
povo.

Se você acha que todo mundo ao seu redor é santo, então você esta cego! Pois se isso fosse
verdade, há muito teríamos um avivamento. Se não temos um avivamento, é porque falta
santidade em você e no povo!

Precisa ter os olhos espirituais abertos; Para que aprenda a receber o que vem do altar do
Senhor, isto é, a brasa viva!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
É muito bom ouvir mensagens pela internet e ser tocado e edificado por
elas. Mas se você quer mesmo um avivamento em sua casa e na sua igreja, então precisa
aprender a buscar a mensagem direta da fonte, o trono de Deus, onde tem brasas vivas!

Porque assim a mensagem vem quentinha lá do alto, é comida feita na hora, e não requentada
da internet igual marmitex. Tome vergonha na cara e pare de ser papagaio, aprenda a orar, ler
a bíblia, estudar e buscar a palavra em Deus.

Precisa ter os olhos espirituais abertos, para entender a essência do chamado, a importância
da pregação e sentir na pele a urgência do evangelismo, pois somente assim, é que iremos nos
entregar totalmente dizendo:

Eis me aqui, envia-me a mim!

Você que fica brigando por coisas pequenas, como cargos, reconhecimento, microfone,
carteirinha, posição, oportunidades, ainda esta cego e não sabe de nada.

Que Deus abra nossos olhos espirituais, para que possamos ver a santidade do Senhor,
reconhecer nossos pecados, entender o chamado e correr em direção a ele.

Mensagem 2/5 Semana de Isaías, 16/Jul/2019

Quando Deus Abre Nossos Ouvidos Espirituais


E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra
está cheia da sua glória. (Isaías 6:3).

Deus já abriu os seus ouvidos espirituais? Isso é fundamental para que haja um avivamento
pleno. Queremos ver o Senhor usar os seus profetas, mas que esses profetas tenham seus
sentidos espirituais abertos.

Quando finalmente Isaías teve seus ouvidos abertos, ele foi consolado com o que ouviu. Pois o
som era maravilhoso, dos Serafins dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos!

 Ele ouviu que ainda existe adoração sincera e verdadeira.


 Ele ouviu e percebeu que sempre haverá verdadeiros adoradores diante de Deus.
 Ele ouviu e entendeu que toda a terra esta cheia da glória do Senhor.

Você não pode pensar que tudo esta perdido, que a igreja já não vale nada, que os crentes
verdadeiros ficaram no passado, que o trigo morreu e que hoje sobrou apenas o joio.

Você não pode ouvir apenas as más notícias, escândalos, pecados, falsos testemunhos e
péssimo exemplo por parte dos crentes, dos evangélicos famosos e dos líderes da igreja se
deixando levar por isso.

Abra os seus ouvidos espirituais; E escute, escute o som! Esta ouvindo os louvores?

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Eis que dizem: Santo, Santo, Santo.... Santo, Santo, Santo.... Santo, Santo,
Santo é o Senhor dos Exércitos!

Ainda tem verdadeiros adoradores que adoram o pai em espírito e em verdade nessa terra!

Você precisa fechar os seus ouvidos para os “tristemunhos” pois senão seu coração irá ficar
cheio das coisas ruins que aconteceram na igreja ultimamente.

Você precisa comparecer ante a presença do Senhor, como fez Isaías e olhar para cima, onde
esta o trono de Deus, prestando atenção ao som que vem do céu! Oh sim, comece a ouvir
somente o que vem de cima.

Feche seus ouvidos para o que vem da terra, se concentre no som que vem do céu, que vem
do trono de Deus e você irá perceber isto:

Que não importa o quanto o joio se multiplique, sempre haverá o trigo, sempre existirá um
adorador por excelência, um cristão genuíno, um remanescente que Deus guardou!

Ouça somente o que vem de Deus, é isso que importa! O que os homens falam tem pouca
importância e é passageiro, mas o que Deus fala tem total valor e é eterno.

Quando ouvimos o que vem de Deus, percebemos uma coisa! Que toda a terra esta cheia da
glória de Deus. E isso significa que:

Nossa visão de mundo muda completamente! Pois ao invés de olhar para a miséria dos
homens, começamos a perceber a glória de Deus em todo lugar nesse mundo.

Ouça o que vem do trono de Deus e perceba: Que tem glória de Deus aqui.

 Tem glória de Deus em tua casa.


 Tem glória de Deus em sua igreja.
 Tem glórias de Deus no trabalho.

Porque a glória de Deus é seu controle absoluto sobre tudo! E sim, toda a terra esta cheia da
sua glória.

Que Deus abra os nossos ouvidos espirituais, para que entre em nossa mente, somente o que
vem do céu.

Amém.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 3/5 Semana de Isaías

O Dia em que Jesus Disse: Eis me Aqui


Então ouvi a voz do Senhor, conclamando: "Quem enviarei? Quem irá por nós? " E eu
respondi: "Eis-me aqui. Envia-me! " (Isaías 6:8)

Certamente este texto traz o relato do chamado de Isaías, porém, ele não é chamado
diretamente, pois o Senhor quer nos revelar em sua palavra algo mais profundo.

Deus não perguntou a Isaías se ele poderia ir, mas disse: A quem enviarei? Como se não
tivesse ninguém. E depois disse: E quem há de ir pó nós? Como se tivesse opções.

C sabemos que Deus não precisa chamar Isaías diretamente, pois ele já era profeta, os
capítulos 1 a 5 estão aí com suas profecias. Porém, o Senhor aproveita a ocasião para revelar
outro chamado, o chamado messiânico.

Quando ele diz: A quem enviarei? É porque não existe ninguém que possa ser enviado. E isto
significa que a missão é muito grande, ora, quanto maior a missão, maior deve ser a
capacidade daquele a quem se envia.

Logo, Deus esta dizendo que não há ninguém que possa ser enviado para uma missão tão
grande. E isto, entre os homens. Por mais que Abraão, Moisés e Elias foram grandes, nem
mesmo eles tinham capacidade para essa nova missão.

E por que não? Ora, porque a bíblia diz: Não há um justo, nenhum sequer. (Rm 3:10. Ec 7:20.
Mq 7:2). Significa que a missão exige um homem justo. E o salmista ao perceber isso pergunta:

Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo? (Salmos 24:3)

E já que não há ninguém justo na terra, o Senhor olha agora para o céu, entre os anjos? Não,
mas entre a divindade que consiste de Pai, Filho e Espírito Santo. (2Co 13:14. 1Co 8:6. 1Pe 1:2.
2Co 1:21,22).

Ora, existe apenas um único Deus, que consiste em 3 pessoas, que se revelou a nós como Pai,
Filho e Espírito Santo. Como vemos no batismo de Jesus, e principalmente nas palavras de
Cristo, quando cita os 3 fazendo diferença de pessoa entre eles, por exemplo;

Mas o Conselheiro, o Espírito Santo , que o Pai enviará em meu nome , ensinará a vocês todas
as coisas e fará vocês lembrarem tudo o que eu disse. (João 14:26)

Veja, o Pai envia, a pedido do Filho, o Espírito Santo, que também é pessoa, porque falará por
si mesmo, fazendo os discípulos lembrarem as palavras de Cristo. Estes três são o Deus de
Israel.

Então... A primeira pergunta é olhando para a Terra: A quem enviarei? Não há nenhum justo.
Mas a segunda pergunta é olhando para o céu, a divindade, onde os 3 são justos, Pai, Filho e
Espírito Santo, conversam entre eles: E Quem Há de ir Por Nós?

E dentre os 3 o filho se levanta e diz: Eis me aqui, envia-me a mim!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Como nos revela o salmista dizendo:

Então disse: Eis aqui venho; no rolo do livro de mim está escrito.

Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração.
(Salmos 40:7,8). Veja também: Hebreus 10:5-7.

D como o próprio Deus revela em Isaías dizendo: Portanto o meu povo saberá o meu nome;
pois, naquele dia, saberá que sou eu mesmo o que falo: Eis-me aqui. (Is 52:6).

E em seguida, deixando claro que se trata do Cristo diz:

Quão formosos são, sobre os montes, os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a
paz, do que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, do que diz a Sião: O teu Deus reina! (Is
52:7).

Este que anuncia as boas novas é o mesmo que lá no céu disse: Eis-me aqui! O mesmo que se
dispôs a descer na terra para cumprir a missão que somente um justo poderia cumprir, que é
dar a sua vida para tornar a tomá-la, este é o Cristo, o Santo de Deus!

Enquanto o Cristo lá no céu disse: Eis me aqui, para morrer por nossos pecados, Isaías na terra
disse: Eis me aqui, para anunciar a chegada do todo poderoso salvador.

Mensagem 4/5 Semana de Isaías

Quem é o Deus de Isaías, o Braço do Senhor!


E naquele dia os surdos ouvirão as palavras do livro, e dentre a escuridão e dentre as trevas os
olhos dos cegos as verão. E os mansos terão gozo sobre gozo no Senhor; e os necessitados
entre os homens se alegrarão no Santo de Israel. (Isaías 29:18,19)

Você conhece Deus? Poucas pessoas conheceram ao Senhor tal como o profeta Isaías.

O Senhor é apresentado no livro de Isaías de várias formas. E uma delas é como o Santo de
Israel! Por várias vezes ele diz: “Assim diz o Senhor Deus, o Santo de Israel.” (Is 30:15. 31:1.
5:24. 60:14).

E o que isso importa? Ora, foi um ser todo poderoso e 3x Santo que Isaías viu assentado no
trono! (Is 6:1). O que significa que “Santo de Israel ” se refere aquele que se assenta no trono.

A pergunta é: Quem Isaías viu?

A resposta mais óbvia é: Ele viu a Deus, sim, mas como? Porque Deus não pode ser visto por
ninguém. (Ex 33:20. 1Jo 4:12). Também Paulo diz que Deus é invisível (1Tm 1:17).

João diz que ninguém viu a Deus, mas Cristo o revelou (Jo 1:18), quer dizer, Deus Pai é
revelado no Cristo encarnado, como Ele mesmo disse: “Quem me vê a mim vê o Pai ” (Jo 14:9).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E se Deus é invisível e não pode ser visto, então o único que Isaías poderia
ver é o próprio Senhor Jesus Cristo, que por enquanto estava no trono, mas que logo iria
descer a Terra dizendo: Eis-me aqui, envia-me a mim (Is 6:8).

Assim o autor aos Hebreus explica dizendo: “ O Filho é o resplendor da glória de Deus e a
expressão exata do seu ser ” (Hebreus 1:3).

Mas se foi mesmo o Cristo que Isaías viu assentado no trono, então o Santo de Israel se refere
também ao Senhor Jesus. Vejamos:

E naquele dia os surdos ouvirão as palavras do livro, e dentre a escuridão e dentre as trevas os
olhos dos cegos as verão. E os mansos terão gozo sobre gozo no Senhor; e os necessitados
entre os homens se alegrarão no Santo de Israel. (Isaías 29:18,19)

1. Diz que os surdos ouvirão as palavras do livro. Quer dizer, os surdos ouvirão a palavra de
Deus.

2. Diz que os cegos verão a palavra de Deus.

3. Que os mansos terão alegria dupla no Senhor, e ainda: Os pobres se alegrarão no Santo de
Israel.

• Ora, isto é tudo sobre Jesus Cristo. Ele curou os surdos e então eles ouviram a palavra de
Deus, pois é Cristo quem diz: “A tua lei esta no meu coração” (Sl 40:8).

• Ele curou os cegos, e então eles viram a palavra de Deus, pois o Senhor Jesus é chamado o
verbo de Deus, a palavra do Eterno. (Jo 1:1. Ap 19:13).

• E não somente isto, os pobres se alegraram com as boas novas, a pregação do evangelho que
os salva! E o próprio Jesus manda um recado a todos que desconfiarem dele dizendo:

Ide, e anunciai a João o que tendes visto e ouvido: que os cegos vêem, os coxos andam, os
leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e aos pobres anuncia-se o
evangelho. (Lc 7:22).

Mas é melhor ouvir da boca do próprio Isaías, dizendo que o Santo de Israel é o Senhor Jesus.

Ele diz que o Santo de Israel anda no meio do povo (Is 12:6).

Ele diz que o Santo de Israel é o REDENTOR do povo (Is 41:14. 47:4). Ele diz que o Santo de
Israel é o SALVADOR do povo (Is 43:3)

Ora, isso implica dizer que Jesus é Deus. E sim, Jesus é Deus! Aleluia. O próprio Deus diz isso:

Assim diz o Senhor, o teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou o Senhor teu Deus, que te ensina
o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar. (Isaías 48:17)

E também quando se fala de braço, ou direita, significa poder e autoridade! Por exemplo: “ E o
Senhor nos tirou do Egito com mão forte, e com braço estendido,” (Dt 26:8).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E a direita de Deus, muitas vezes se refere a Jesus Cristo. Assim como o
braço de Deus se refere a Jesus Cristo. (Compare Is 48:13 com João 1:3 e Jr 32:17. Ver
também: Is 51:5. Ez 20:33. Sl 89:20,21).

Por isso quando Isaías diz: O Senhor desnudou o seu santo braço perante os olhos de todas as
nações; e todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus. (Isaías 52:10). Esta falando
de Jesus, o Cristo.

Este é o Deus de Isaías, o braço do Senhor, o mesmo que diz a você agora:

Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço,
e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça . (Is 41:10).

Mensagem 5/5 Semana de Isaías

Mas Afinal, O que é Ano Aceitável do Senhor?


O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas
novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos
cativos, e a abertura de prisão aos presos;

A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os
tristes; (Isaías 61:1,2)

Ano aceitável ou dia da vingança? Você sabe em que tempo estamos?

Bom, é evidente que este texto se refere a Jesus Cristo, coisa comum no livro de Isaías. E o
próprio Cristo iniciou seu ministério com esse texto em Lucas 4:18,19.

Fica claro também que o verso 1 se cumpre no ministério terreno de Cristo, como se vê em
passagens como: Mateus 11:5 e Lucas 7:22 as palavras que consolaram João Batista na morte,
lhe dando certeza de que este é de fato o Cristo de Deus.

Tanto o ano aceitável como o dia da vingança são coisas que o Senhor Jesus irá proclamar.
Porém, não no sentido de avisar que vai chegar, mas sim de mostrar que já chegou!

Se ele fala do ano aceitável, é porque já esta acontecendo. Se ele falar do dia da vingança é
porque já esta em vigor. E ao que parece, o ano aceitável é o início, o dia da vingança é o final.

Veja que em Lucas 4:18,19 Jesus não lê a parte que diz: Dia da vingança! Ele lê somente até a
frase: Ano aceitável do Senhor! E isto significa que o dia da vingança ainda não chegou.

E este ano aceitável não é invenção de Isaías, mas é um ditado comum no meio do povo de
Israel que provém da lei de Moisés. Vejamos:

E, quando alguém vender uma casa de moradia em cidade murada, então poderá resgatá-la
até que se cumpra o ano da sua venda ; durante um ano inteiro será lícito o seu resgate . Mas,
se, cumprindo-se-lhe um ano inteiro, ainda não for resgatada, então a casa, que estiver na

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
cidade que tem muro, em perpetuidade ficará ao que a comprou, pelas
suas gerações; não sairá no jubileu.

(Levítico 25:29,30)

Este ano da venda, que trata do prazo para resgatar a casa é chamado de ano aceitável! Ou
seja, ano do resgate, ano de comprar de volta aquilo que antes era seu.

Portanto, o ano aceitável do Senhor é o prazo para resgatar as nossas vidas, pois nós somos a
casa (1Co 3:16).

Uma casa que Deus construiu e morou nela durante o Éden. Porém, na sua bondade e amor
deixou as chaves nas mãos de Adão, que a vendeu para satanás pelo preço do pecado. E não
somente isto, ao comprar a casa Satanás prendeu o homem dentro dela.

E agora Deus em Cristo, quer comprar de volta aquilo que é Dele, e esta é a boa notícia. Por
isso diz: para pregar boas novas aos mansos;

Satanás nos prendeu na casa, nos prendeu em nós mesmos e para garantir que não sairemos
ele destruiu a chave, que é o nosso coração. Porém, ao comprar de volta a casa Deus poderá
concertar as chaves, sendo o regente do nosso coração. Por isso diz:

enviou-me a restaurar os contritos de coração,

E não somente isto, Deus em Cristo quer nos dá a liberdade total, para mostrar a riqueza da
sua graça e seu infinito amor, por isso diz:

a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;

E qual a melhor forma de agradecer Aquele que comprou sua casa de volta e novamente
deixou as chaves na sua mão? A melhor coisa que podemos fazer é:

Senhor, não confio em mim com esta chave, por isso a entrego a ti e sei que a chave do meu
coração estará bem segura em suas mãos. (Pv 3:5,6).

E assim, somos de Deus duplamente! Primeiro porque ele nos fez, segundo porque nos
comprou. (Sl 100:3. 1Co 7:23).

E qual é o período de tempo deste Ano aceitável? Este período de tempo é enquanto estamos
aqui. Pois após o ano aceitável, a casa não poderá mais ser resgatada, nem mesmo pelo
Jubileu, isto é a graça!

Quer dizer que após a morte, nem mesmo a poderosa graça de Deus poderá te salvar, se o
dono da casa for o diabo.

Que Seja Cristo Hoje e Sempre o Único Senhor e Salvador de sua vida.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/5 Semana de Jeremias

Onde Estão os Chamados por Deus como Jeremias?


Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às
nações te dei por profeta. (Jeremias 1:5)

Você tem um chamado?

O profeta Jeremias era sábio suficiente para perceber que o chamado de Deus é pesado, é
difícil, é complicado, trabalhoso e doloroso. Assim como Moisés também percebeu isso. (Ex
4:10).

Uma decisão sábia é rejeitar fardos que você sabe que não pode carregar. Por isso Moisés e
Jeremias a princípio rejeitaram o chamado, tal qual o primeiro filho na parábola de Jesus (Mt
21:28-31).

Para Jeremias, ser apenas um sacerdote já estava de bom tamanho (Jr 1:1). Uma vez que ele
era da família sacerdotal, se tornar um sacerdote estava no sangue, logo tudo que ele queria
era servir ao Senhor cumprindo seu papel como sacerdote, tal qual o seu pai Hilquias, cujo
nome significa: O Senhor é minha porção. (Sl 119:57).

De maneira que a primeira coisa que Deus faz é lhe explicar sua real vocação, não um
sacerdote, mas sim um profeta! Por isso diz: “Ás nações te dei por profeta ”. (Jr 1:5).

Quantos Jeremias estão por aí escondidos entre os bancos da igreja, pensando que sua
vocação é ser membro, ou apenas porteiro?

Quando na verdade esses “Jeremias anônimos” tem a humildade que Deus gosta, felizes por
contribuir de alguma forma para o reino de Deus. Porém, o Senhor Hoje fala contigo e te diz,
que ser membro, porteiro, diácono, cooperador, tesoureiro, regente, líder de departamento,
professor de EBD.... Não é sua real vocação!

Deus te chamou para muito mais do que isto! O Senhor te elegeu para ser uma VOZ nesta
geração. E por isso te diz: “Antes que te formasse no ventre, eu te conheci”. (Sl 139:16)

Muitos são chamados, porque a obra é grande, porém são poucos aqueles que Deus escolheu
para grandes obras. E não importa se você vem de uma família de cargos pequenos, Deus hoje
coloca uma vírgula e separa você para fazer muito mais!

Um dos motivos pelo qual não temos ainda um avivamento no Brasil, é que os “Jeremias”
dessa geração atuam nos bastidores, quando a vontade de Deus é usá-los na linha de Frente!

Não adianta se esconder Jeremias, porque antes do seu corpo se formar no ventre de sua mãe,
O SENHOR JÁ TE VIU!

Não adianta disfarçar tentando viver como simples diácono, simples professor, simples
regente, simples líder de departamento, humilde porteiro.... Porque antes de nascer O
SENHOR JÁ TE CONSAGROU! (Gl 1:15. Lc 1:15).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Você não pode recusar mais o chamado, porque até aqui a palavra do
Senhor te encontrou outra vez e esta falando contigo como dantes, da grandeza do teu
chamado, VOCÊ JÁ NASCEU PROFETA E PONTO!

Sim, você sabe que o chamado de Deus esta longe de glória e fama, longe de dinheiro e
reconhecimento, pois ainda que isso tudo venha será pouco diante do trabalho, perseguição e
sofrimento que irá passar.

Porém, o avivamento esta tardando, porque os “Hananias ” (Cf. Jr 28), estão por aí
profetizando e enganando o povo. E por isso Deus escolheu você (Jr 1:10,18,19).

Estamos cansados de chamados ao microfone, chamados a oportunidade, chamados a


holofotes e a fama. Pessoas que desejam o chamado por coisas dessa terra.

Esta na hora dos Jeremias se levantarem nesta geração, chamados não por capacidade
própria, porque sabem: “Não passo de uma criança”, mas chamados sim pelo todo poderoso
de uma maneira tão forte que mesmo em meio ao sofrimento continuam profetizando. (Jr
20:1-4).

Aquele que te revela sua real vocação e te chama para algo maior te diz:

E pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti; porque eu sou contigo, diz o Senhor,
para te livrar. (Jeremias 1:19)

Deus ainda usa profetas.

Amém.

Mensagem 2/5 Semana de Jeremias

O Profeta que Deus não Usa, Nem Envia!


Mas o SENHOR me disse: Não digas: Não passo de uma criança; porque a todos a quem eu te
mandar irás; e tudo quanto eu te mandar falarás. (Jeremias 1:7).

Você ainda é um profeta infantil, ‘profetinha’ imaturo ou já é um profeta, adulto, maduro,


responsável e obediente diante de Deus?

Jeremias tinha entre 17 e 22 anos quando foi chamado por Deus. Estava longe de ser um
menino. Então por que ele disse que não passava de uma criança?

Entre os judeus, você só é um homem formado quando entende a lei do Senhor e completa
pelo menos 30 anos de idade. Fora isso, você não tem moral, nem o respeito de ninguém.

Porém, não era somente a idade que Jeremias se referia, mas também a sua timidez; pois ele
estudou e se preparou a vida toda para ser um sacerdote, não um profeta!

Quanto a sua timidez e falta de coragem, Deus lhe tocou na boca e disse: “Eis que ponho na
tua boca as minhas palavras.” (Jr 1:9).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Quer dizer: Seja tímido com suas palavras, que podem ser fracas,
redundantes e sem importância. Mas com a minha santa e poderosa palavra que é viva e
eficaz, não há como ser tímido.

E quanto a se achar uma criança Deus disse: Não digas: Não passo de uma criança; Por quê?
Porque a todos a quem eu te mandar irás; e tudo quanto eu te mandar falarás.

Quer dizer: Uma criança não faz o que eu mando. Uma criança não vai onde eu envio. Uma
criança não fala o que eu mando.

Então o que faz uma criança?

Olhe as crianças, veja que a maioria não ouve os pais na primeira chamada, é preciso falar com
elas várias vezes. Veja que a maioria não faz o que é preciso, porque não entendem, mas
fazem o que querem.

Por ventura não são assim os ‘profetinhas’? Imaturos na presença de Deus, não ouvem ao
Senhor, mas se comportam como querem profetizando qualquer coisa? Por isso, assim diz o
Senhor dos Exércitos:

Não deis ouvidos às palavras dos profetas, que entre vós profetizam; fazem-vos desvanecer;
falam da visão do seu coração, não da boca do SENHOR.

Dizem continuamente aos que me desprezam: O SENHOR disse: Paz tereis; e a qualquer que
anda segundo a dureza do seu coração, dizem: Não virá mal sobre vós.

Porque, quem esteve no conselho do SENHOR, e viu, e ouviu a sua palavra? Quem esteve
atento à sua palavra, e ouviu? (Jr 23:16-18).

Um profeta maduro é aquele que esteve no conselho do Senhor, que ouviu a palavra do
Senhor. Agora hoje, tem cada profetinha, Esses que só sabem sonhar (Jr 23:25) e chamam isso
de profecia.

Pois escute agora oh sonhador, a orientação de Deus:

O profeta que tem um sonho conte o sonho; e aquele que tem a minha palavra, fale a minha
palavra com verdade. Que tem a palha com o trigo? diz o SENHOR. (Jr 23:28).

Não exalte seus sonhos como se fossem a palavra de Deus, pois o sonho é como palha diante
da palavra do Senhor. A palha se joga fora, mas o trigo é sempre útil e proveitoso.

Mas é normal que tenham muitos sonhos, pois não passam as noites estudando a palavra de
Deus, antes vivem a dormir. Enquanto as crianças dormem, os profetas meditam na lei do
Senhor e desfrutam da sua presença. (Js 1:8. Pv 8:17. Sl 1:2).

Não sejas imaturo, mas medite na lei do Senhor dia e noite para profetizar a palavra com
verdade, e não como os sonhadores que só sabem dizer: Paz tereis; (Jr 23:17). Tipo dos que só
pregam coisas boas, falam das rosas e esquecem os espinhos.

Esse profeta realmente não passa de uma criança, porque não esteve no conselho do Senhor.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 3/5 Semana de Jeremias

Café da Manhã de Profeta


Achando-se as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do
meu coração; porque pelo teu nome sou chamado, ó Senhor Deus dos Exércitos.

(Jeremias 15:16)

Você é chamado pelo nome do Senhor? Deus ainda usa profetas. E é através dos profetas que
vem o avivamento.

Pois a fonte do avivamento é a palavra de Deus, por isso ele vem através dos profetas que com
ousadia anunciam a palavra do Senhor em tempo e fora de tempo. (2Tm 4:2).

Ser chamado pelo nome do Senhor, neste versículo, quer dizer que o nome do Senhor esta na
vida do profeta, foi imposto nele, como um cavalo que é marcado com as iniciais do seu dono,
assim o profeta é marcado pelo nome do Senhor dos Exércitos.

Isto é, o profeta verdadeiro é reconhecido por todos como sendo propriedade exclusiva de
Deus, e este reconhecimento vem porque o profeta dedica sua vida ao Senhor.

E a característica mais espetacular do profeta é esta: Achadas as tuas palavras logo as comi! (Cf
Jr 1:9. Ez 2:8. Ap 10:9).

A palavra para “achadas” aqui é o termo hebraico “matsa” e quer dizer: Achar, alcançar, pegar,
assegurar, encontrar. E é utilizada em uma situação de estar procurando ou ser procurado!

Podemos dizer que as duas situações são possíveis. Jeremias estava sendo procurado e achado
por Deus constantemente, e também estava procurando Deus em todo o tempo.

Quando ele diz: Logo as comi! Quer dizer: Estava com fome, ansioso por me alimentar da tua
palavra. Jeremias tem pressa em comer a palavra do Senhor.

Há quem pense que meditar na bíblia é pagar preço. Há quem não goste de estudar a bíblia
porque é cansativo. Mas para nós, os profetas do Senhor, que ainda temos na boca o gosto do
mais puro mel que é a palavra de Deus, meditar e estudar a palavra do ETERNO é um grande
prazer.

Porque comer a palavra de Deus é ter comunhão com Ele, comer sua palavra é participar dos
planos e propósitos de Deus. E saber destas coisas, te capacita para pregar e profetizar.

É disso que o salmista tem fome e sede. Veja: Assim como o cervo brama pelas correntes das
águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus!

A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face
de Deus? (Salmos 42:1,2)

Porque as tuas palavras são gozo e alegria para o coração! Isto quer dizer:

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
O profeta não consegue mais ter prazer nessa terra, nada lhe satisfaz
plenamente, nada lhe preenche totalmente. Somente a palavra do Senhor! (Sl
119:18,25,55,62,72,96,99- 100,127,161. Veja também: 1Sm 30:6b).

O que me consola na minha angústia é Isto: que a tua palavra me vivifica. (Sl 119:50)

Em nome de Jesus eu profetizo: Que a palavra de Deus será o seu café da manhã todo dia! E
que você terá uma ligação tão grande com a palavra de Deus, que mesmo querendo, não
poderá separar-se dela tal como Jeremias que disse:

Então disse eu: Não me lembrarei dele, e não falarei mais no seu nome; mas isso foi no meu
coração como fogo ardente, encerrado nos meus ossos; e estou fatigado de sofrer, e não
posso mais. (Jeremias 20:9)

Jeremias esta dizendo: Eu pensei em desistir do chamado! Tentei tirar o Senhor da minha
mente para não lembrar mais dele. Tentei fechar a minha boca para não falar mais no seu
nome... Porém isso foi como tentar arrancar meu próprio coração!

PORQUE ESTA PALAVRA ESTA ARDENDO NOS MEUS OSSOS!

E em nome de Jesus, que a palavra de Deus possa arder em você todo dia! (Lc 24:32). Amém.

Mensagem 4/5 Semana de Jeremias

Deus Chama e Capacita! Como?


Porque, eis que hoje te ponho por cidade forte, e por coluna de ferro, e por muros de bronze,
contra toda a terra, contra os reis de Judá, contra os seus príncipes, contra os seus sacerdotes,
e contra o povo da terra. (Jr 1:18)

Onde estão os homens corajosos?

Aqueles que falam a verdade doa a quem doer, que dão a cara a tapa, que não voltam atrás na
sua palavra mesmo que todo o Brasil fique contra eles?

Onde estão? Pois o que vemos são grandes pastores, grandes líderes, porém sua grandeza se
limita ao espaço de suas igrejas. O Brasil não os conhece, aqueles que estão no mundo não
sabem que eles existem.

Não é verdade que a fama de Jeremias chegou até Nabucodonosor? Tanto que este o
protegeu? (Jr 39:11,12). Me diga um profeta no Brasil cuja fama tenha chegado até as
autoridades de um país distante? Ou que pelo menos tenha chegado as autoridades de um
país vizinho?

E falando de País vizinho, Jeremias profetizou a 5 nações diferentes ao mesmo tempo sem
usar rádio nem televisão, levando a eles uma palavra de juízo (Jr 27:1-11). Me diga um profeta
do Brasil que tenha levado palavra de Juízo a outras nações?

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Os profetas do Brasil se omitem, fogem com medo da mídia, da
difamação, até mesmo em suas igrejas, se escondem atrás de sorrisos falsos e mensagens de
autoajuda, porque tem medo dos membros.

Pastores que não disciplinam, para não perder membros, não pregam contra o pecado, para
não perder membros, e ainda proíbem que alguém pregue mensagem dura, como se a igreja, a
mensagem, a obra e a palavra fossem deles.

Mas não foi para isto que Deus te chamou.

Deus não te chamou para ver o pecado e ficar quieto

Deus não te chamou para deixar de pregar a verdade quando for ameaçado Deus não te
chamou para mudar a mensagem quando o povo for embora Deus não te chamou para mudar
de igreja, quando o povo rejeitar a mensagem Deus não te chamou para pregar meia verdade
e sim toda verdade!

Então para que foi que Deus te chamou?

Olha, ponho-te neste dia sobre as nações, e sobre os reinos, para arrancares, e para
derrubares, e para destruíres, e para arruinares; e também para edificares e para plantares. (Jr
1:10)

 Para arrancar o pecado escondido embaixo da prosperidade deles. (Jr 7:9. 22:21. 20:5)
 Para derrubar a religiosidade que esconde a idolatria. (Jr 14:12)
 Para destruíres o orgulho que eles tem em suas obras. (Jr 7:4,10. Jr 9:23)
 Para arruinares a mensagem dos falsos profetas que dizem: paz paz! (Jr 14:13. 23:16.
27:9)
 Para edificar o temor do Senhor, que eles perderam. (Jr 2:21,35)
 Para plantar a palavra de Deus nos corações. (Jr 31:31-34)

E como foi que Deus te capacitou para o ministério?

Porque, eis que hoje te ponho por cidade forte, e por coluna de ferro, e por muros de bronze,
contra toda a terra, contra os reis de Judá, contra os seus príncipes, contra os seus sacerdotes,
e contra o povo da terra. (Jr 1:18)

 Cidade forte, que não pode ser conquistada, pois Deus já te conquistou (Jr 20:7-9)
 Coluna de ferro, que suporta muito peso, pois grande é o peso da palavra e da ira de
Deus. (Jr 6:11. 23:29)
 Muro de bronze, quer dizer impenetrável! Ninguém te poderá influenciar (Jr 15:17)

Pois o povo é barro na mão do oleiro, (Jr 18:6) mas tu és vaso pronto, sem trinca, forjado no
fogo diante de Deus!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 5/5 Semana de Jeremias

Deus do Barro e Deus do VASO


Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? Diz o Senhor. Eis que, como
o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel. (Jeremias 18:6)

Você é barro ou é vaso na mão de Deus?

Israel era um vaso nas mãos de Deus, o qual foi moldado no Egito, lavado na travessia do mar,
(1Co 10:2) e forjado no calor do deserto e no fogo da coluna de noite. (Ex 13:22).

Porém, ao entrar na terra prometida, este vaso trincou, rachou e ficou cheio de idolatria, (Jr
44:17-18)) quando deveriam estar cheios com a palavra do Senhor (Jr 8:9).

Pois qual vem primeiro: É o vaso que se quebra na mão do oleiro, ou é o oleiro quem quebra o
vaso?

Ambos acontecem. Primeiro o vaso se quebra na mão do oleiro tirando de dentro a palavra
que é como mel e dando espaço a outros deuses. E depois que isto acontece, o oleiro olha e
diz: Vaso quebrado não serve na minha presença, quebrarei este vaso até o ultimo caco para
fazer um novo. (Jr 13:12-14).

O Deus do Vaso diz:

Levanta-te! (Jr 18:2) Porque as vezes o vaso tomba ou emborca, mas não quebra, e por isso
ainda é útil ao Senhor, que o coloca de pé para então encher.

Desce a casa do oleiro! Este é o lugar onde Deus leva os seus vasos, para enchê-los! E serão
cheios de quê? Ora, ele mesmo diz: Lá te farei ouvir as minhas palavras. (Jr 18:2).

O Deus do Vaso enche-o com as suas palavras! Por isto diz: A boca fala, do que o coração esta
cheio (Mt 12:34).

Você sabe que é vaso se estiver cheio com a palavra do Senhor, e saberá que é barro se estiver
vazio de bíblia e vivendo atribulado (isto é porque o oleiro amassa o barro).

Mas onde é a casa do Oleiro? Ora, a casa do oleiro é o lugar onde nos encontramos com Deus.
E o Vaso verdadeiro sabe que é necessário ser cheio da palavra do Senhor, por isso ao se
encontrar com Deus ele responde dizendo: Fala Senhor, porque o teu servo ouve. (1Sm 3:10).

Agora veja no texto que, na casa do oleiro Deus não fala com o barro. Ele fala apenas com
Jeremias, que é Vaso! Porque para ter o privilégio de ouvir a voz de Deus diretamente, precisa
ser VASO!

Enquanto você é barro, Deus não fala, ele amassa! E como saber se é barro ou vaso? Ora, vaso
é cheio da palavra de Deus, barro não é.

Por isso, Israel sendo barro foi levado a Babilônia para ser amassado e moldado por Deus
durante 70 anos, até que aprendam a temer ao Senhor Todo Poderoso!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E quando finalmente aprenderem a temer ao Senhor, o vaso estará
pronto! E quando o vaso estiver pronto, eis o que devem fazer:

Então me invocareis, passareis a orar a mim, e vos ouvirei. (porque barro não tem vida de
oração, somente vaso)

Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração. (porque barro


busca por interesse, mas vaso busca de coração) (Jeremias 29:12,13).

Então, Que se levantem os VASOS do Deus Vivo, E que desçam a casa do oleiro, enchendo-se
da palavra de Deus, pois o Senhor Ainda Usa Profetas!

Amém.

Mensagem 1/1 Lamentações de Jeremias

Livro de Lamentações de Jeremias – Estudo Bíblico


Quero trazer a memória o que me pode dar esperança. (Lamentações 3:21).

Lamentações de Jeremias traz para nós 5 poemas que expressam a dor do profeta Jeremias, o
quanto ele chorou por Jerusalém. Este livro é também chamado de poemas de dor, e ainda,
Pentateuco da dor.

Os poemas são todos acrósticos com exceção do capítulo 5. Isso significa que cada parágrafo
começa com uma letra do alfabeto hebraico, seguindo a ordem. Este alfabeto possui 22 letras,
por isso, os capítulos 1,2 e 4 possuem todos 22 versos igualmente.

Para mim, este livro deveria estar entre os poéticos da bíblia sagrada, ao lado de Jó, Salmos,
Provérbios, Eclesiastes e Cânticos. O capítulo 5 não é um acróstico, é uma oração, embora
tenha também 22 versos.

O capítulo 3 também é acróstico, mas não possui 22 e sim 66 versos. Ele começa com uma
letra do alfabeto a cada 3 versos na nossa bíblia. E isto acontece por falta de atenção ou para
não deixar os versos enormes. 22x3=66.

Jeremias escreveu 5 poemas, porque me parece que é um costume judeu equalizar as coisas
com a lei do Senhor, que possui 5 partes. Assim como os 5 nomes de Deus (Is 9:6), as 5 pedras
que Davi pegou (1Sm 17:40), como os Salmos possui 5 divisões, os 5 ministérios de Cristo (Ef
4:11) entre tantas outras coisas que são 5, lembrando o Pentateuco.

Foi em 9 de Abib do ano 586 a.C que a Babilônia destruiu Jerusalém, nesta mesma data, 9 de
Abib, o general Tito destruiu Jerusalém novamente no ano 70 d.C e por isto, todos os anos
nesta data, muitos judeus fazem a leitura do livro de lamentações de Jeremias.

 O capítulo 1, fala da tristeza de Jerusalém.


 O capítulo 2, fala do castigo de Jerusalém.
 O capítulo 3, fala de arrependimento e esperança.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
 O capítulo 4, narra o sofrimento do cerco.
 O capítulo 5, é uma oração pedindo misericórdia ao Senhor.

Para entender melhor o livro, é importante ler na bíblia a história de como Babilônia destruiu
Jerusalém em 3 fases, levando judeus cativos em cada fase, chamados na bíblia de deportação
para a babilônia ou exílio. (Mt 1:12,17).

No livro de 2Reis 24, podemos ver com clareza as investidas da Babilônia.

 1° Deportação para a Babilônia . 2Re 24:1-7 trata do primeiro ataque a Jerusalém e a


primeira leva de Judeus.
 2° Deportação para a Babilônia . 2Re 24:8-17 trata do segundo ataque a Jerusalém e a
segunda leva de Judeus e utensílios da casa do Senhor.
 3° Deportação para a Babilônia . 2Re 25:1-7 trata do terceiro e ultimo ataque a
Jerusalém e a terceira leva de Judeus.

Após a 3° deportação, Jeremias ainda ficou na cidade, Gedalias foi colocado como governador,
porém foi morto por Ismael, um judeu fanático, e assim o povo pediu orientação a Jeremias
para saber o que fazer, eles queriam fugir para algum lugar, o profeta os orientou a ficar na
cidade, mas eles insistiram em fugir para o Egito, mesmo sob aviso do profeta de que
morreriam lá, e levaram Jeremias com eles para o Egito, onde ainda profetizou mais algum
tempo até sua morte. (Jr 39-43).

Alguns dizem que o livro de Lamentações foi escrito no Egito, porém acredito que tenha sido
escrito quando o profeta ainda estava em Jerusalém olhando a situação da cidade.

Texto central e chave do livro:

Quero trazer a memória o que me pode dar esperança. As misericórdias do Senhor são a causa
de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não tem fim; renovam-se a cada
manhã. Grande é a tua fidelidade. (Lamentações 3:21-23).

Jeremias esta dizendo que não é bom continuar pensando no que aconteceu com Jerusalém,
para que sua alma não se perca em meio a tristeza e angústia, é melhor pensar no que traz
esperança, e agora, nossa esperança é a misericórdia do Senhor.

O profeta confia que Deus terá ainda misericórdia da santa cidade. Assim também nós, em
temos difíceis, devemos confiar no Senhor, ainda que tenha sido ele mesmo que nos abateu.

Amém.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/5 Semana de Ezequiel

Todo Profeta é um Atalaia


Filho do homem: Eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; e tu da minha boca ouvirás a
palavra e avisá-los-ás da minha parte. (Ezequiel 3:17)

Há quem pense que não existem mais profetas hoje. Porém, uma coisa é certa: Com certeza
existem ATALAIAS. Portanto, se você é um atalaia, então você é um profeta!

Mas o que é atalaia? E o quê ele faz?

Nos tempos bíblicos, as cidades eram fechadas. Toda cidade segura, tinha seus muros ao
redor, por motivo de proteção em meio a guerra. (Dt 3:5. Ne 4:6. Jr 49:27. Sl 122:7).

Nesses muros moravam algumas pessoas, por questão de estratégia, como comércio no caso
de Raabe (Js 2:15). Mas também nesses muros haviam torres de vigilância.

Algumas cidades tinham torres apenas na porta principal ou no meio da cidade (Jz 9:51).
Outras maiores, tinham várias torres, na frente, atrás e nos cantos da cidade (2Cr 26:9). Nessas
torres ficavam alguns soldados com a missão de vigiar.

Não existiam ainda instrumentos precisos de observação à longa distância. Por isso, os
soldados precisam ser homens com boa visão .

Também os soldados precisam ser homens de inteligência e análise crítica , para identificar o
mais rápido possível aqueles que se aproximarem da cidade (2Re 9:17-20).

Quanto mais rápido o atalaia identificar se é inimigo ou amigo que vem lá, mais tempo a
cidade tem para se preparar.

Também o atalaia precisa de uma trombeta , com a qual irá avisar a cidade de que inimigos se
aproximam. (Ez 33:6).

Deus diz para Ezequiel: “Te pus por atalaia sobre Israel. ” Ou seja, o profeta é aquele que olha
para o céu, desde a torre da terra, a fim de avisar ao povo o quê esta vindo da parte de Deus,
se juízo ou paz, se vida ou morte, se bênção ou maldição.

A torre da vigilância é a oração + meditação bíblica. Porque isto é comunhão com Deus. Quem
faz isto, esta olhando para o céu e saberá com antecedência qual a vontade do Senhor.

O atalaia é uma pessoa que tem:

Boa visão espiritual , quer dizer ele é sensível a voz de Deus e percebe rápido quando Deus
esta falando. (Jo 10:27).

Possui inteligência e análise crítica , isto é, sabe interpretar a palavra de Deus. (Sl 119:18)

Ainda tem uma trombeta , quer dizer, ousadia no Espírito Santo para falar somente o que Deus
manda, seja leve ou pesado, doa a quem doer. (Mq 3:8).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Se você tem estes 3 itens, saiba que chegou o tempo de parar de olhar o
rio Quebar e os cativos, é tempo de olhar para o céu e receber visões de Deus. (Ez 1:1).

Se você ficar olhando os cativos, irá se sentir sem propósito igual eles.

Mas se olhar para o céu, descobrirá que Deus te mandou aí para profetizar. (Ez 2:1). Se ficar
olhando o rio Quebar, ficará entediado.

Mas se olhar para o céu, verá o trono de Deus. (Ez 1:28).

Se ficar olhando os cativos, sentir-se-á um prisioneiro.

Mas se olhar para o céu, Deus irá te levar no Espírito e você voará por Jerusalém. (Ez 8:3).

Então levanta filho do homem, põe em pé e o Senhor falará contigo. Você é Atalaia do Senhor
para esta geração.

Porque Deus Ainda Usa Profetas.

Mensagem 2/5 Semana de Ezequiel

Como Ter Certeza de que a Profecia Vem de Deus


Mas tu, ó filho do homem, ouve o que eu te falo, não sejas rebelde como a casa rebelde; abre
a tua boca, e come o que eu te dou. (Ezequiel 2:8)

Você profetiza somente o que Deus manda? Ou você confunde sua vontade com a vontade de
Deus? Você sabe com certeza quando é Deus falando na sua boca?

O Senhor disse a Ezequiel: Não sejas rebelde como eles. Essa advertência mostra que isso é
possível, que existiam chances de Ezequiel ser rebelde contra o Senhor se juntando ao povo.

E por quê?

Ora, porque igual a todos ele também queria voltar para casa. E melhor do que todos, ele não
era idólatra, mas era um santo homem de Deus (Ez 4:14). E no meio de todos muitos profetas
haviam surgido dizendo que eles voltariam para Jerusalém em breve. (Ez 13:1,16. Jr 23:16.
29:8-9).

Então como viver no mar de profecias falsas e não se deixar levar por elas? Como identificar
nessa tempestade de falsos profetas a verdadeira voz que vem de Deus?

Ora, por ventura não é assim hoje? São tantas profecias que não se podem contar, e estão
espalhadas pela internet, pelas igrejas, e são tantos falsos profetas que já muitos saíram da
igreja decepcionados por causa de profecias que nunca se cumprem.

Mas o Senhor Deus dá a receita para Ezequiel e para nós. O único jeito de não se deixar levar
pela multidão de falsos profetas e ouvir somente a verdadeira profecia que vem direta de Deus
é:

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
“A bre a tua boca, e come o que eu te dou. ” (Ez 2:8b).

E o que Deus dá? Isto: Então vi, e eis que uma mão se estendia para mim, e eis que nela havia
um rolo de livro. (Ez 2:9).

Não basta ouvir a voz de Deus, é preciso comer da sua palavra! O Senhor diz mais: Filho do
homem, dá de comer ao teu ventre, e enche as tuas entranhas deste rolo que eu te dou. Então
o comi, e era na minha boca doce como o mel. (Ez 3:3).

Não basta ouvir a voz de Deus; Não basta comer a palavra de Deus; “É preciso encher as
entranhas”. De maneira que todo o seu ser fique chamuscado com o fogo da palavra, tal qual
Jeremias que disse: Tua palavra arde nos meus ossos. (Jr 20:9).

Veja que após Ezequiel estar cheio da palavra de Deus, então o Senhor lhe manda profetizar.
(Ez 3:4).

Como ele sabe que esta falando o que vem de Deus?

Porque ele esta tão cheio da palavra, que fica impossível ter dúvidas. Porque esta palavra não
esta apenas nos seus ouvidos, não esta apenas no seu coração, mas esta também em suas
entranhas, tal qual raízes na terra, assim esta emaranhada a palavra do Senhor no profeta.

Como identificar um falso profeta?

Quando ele não lê, não medita, não come a palavra do Senhor.

E como saber que o profeta não come a palavra de Deus?

Simples, a boca fala do que tem no coração (Ez 3:10). Leia os profetas de Isaías a Malaquias e
verás que todos eles citam a lei de Moisés, citam os salmos e citam uns aos outros.

Quer dizer, todos eles são intérpretes da lei, todos são conhecedores das escrituras sagradas.

Hoje É o Tempo e a Hora em que o Senhor Deus irá levantar profetas de verdade, homens e
mulheres que comem bíblia no café, no almoço e no jantar. Que estão tão cheios da palavra,
que não podem se calar, mesmo sabendo que o povo é rebelde e não vai se converter (Ez 2:4-
7) ainda assim profetizam.

Homens e mulheres Tão ousados e cheios de Deus, que profetizam aos vivos e aos mortos, não
importa se é osso seco, o que importa que é ouvirão a palavra de Deus e saberão que Deus
ainda usa profeta nessa Terra!

Se é contigo que Deus esta falando, então vai, vai porque a palavra será tão poderosa na tua
boca, que até osso seco irá ouvir a voz de Deus!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 3/5 Semana de Ezequiel

Quando o Profeta não Pode Ficar na Brecha


E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha
perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém achei. (Ezequiel
22:30)

A pergunta NÃO é: Você esta na brecha? Mas sim: Você é qualificado para estar na brecha?

É fácil perceber que Deus estava procurando um homem justo. É fácil perceber que Deus
estava procurando um justo intercessor. Que pudesse interceder pelo povo.

Mas porque não achou a Jeremias que orava por eles? (Jr 14:11) Ou mesmo o próprio
Ezequiel?

Porque nem todos percebem, que mais do que justo e intercessor, existe uma condição a tal
homem. Condição que faltou em Ezequiel e Jeremias, por isso eles não são candidatos a
estarem na brecha.

E por falta de qualificação em Jeremias e Ezequiel, é que Deus procurou um homem. Se os


seus profetas fossem qualificados, Deus não iria precisar procurar. Afinal, é dever do profeta
interceder pelo povo.

Assim como fez Abraão, (Gn 18:30-33) e também Moisés e Arão (Ex 32:11. Nm 16:48) entre
outros.

A pergunta é: Qual a qualificação necessária para estar na brecha? A resposta é simples, ser
um líder no meio do povo.

Jeremias não era líder, mal era respeitado, um santo homem de Deus ao qual o povo tinha
coragem de desmenti-lo na face (Jr 43:2). Ezequiel também não era líder no meio do povo,
pois gostavam de ouvi-lo pela sua habilidade no falar, mas não o viam como líder (Ez 33:32).

Deus procurava um líder que fizesse o que Samuel fez (1Sm 7:3). Afinal, o que é um líder
diante do povo?

Um líder é alguém que tem influência, a quem o povo respeita e segue, como Samuel, ou
como Moisés. Alguém que não precisa ameaçar para ser considerado, nem praguejar para ser
ouvido.

Alguém que diz: Se mudar de igreja, não te dou minha bênção, sairás em rebeldia! Isto não é
líder. Alguém que precisa usar o medo, ameaçar, fazer promessas, para prender o povo
debaixo de si, não é líder.

Deus procurou um líder no púlpito, no altar, no lugar santo, no átrio externo e não achou.
Procurou também no centro, nas ruas, nas esquinas e praças da cidade, e não achou!

O povo não tinha líderes? Claro que sim, porém seus líderes diziam: Paz paz, quando não há
paz. Cegos guia de cegos. (Ez 13:10,16).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Por vezes, você, profeta do altíssimo, poderá se encontrar em tal situação,
não podendo influenciar ninguém, só lhe restará anunciar a palavra do Senhor.

 Siga o seu chamado, ainda que não subas no púlpito;


 Siga o seu chamado, ainda que não receba nenhum cargo;
 Siga o seu chamado, ainda que não tenha nenhum seguidor;
 Siga o seu chamado, ainda que ninguém te reconheça;
 Siga o seu chamado, ainda que esteja entre os exilados no meio do povão;
 Siga o seu chamado, porque o Senhor é contigo!

Pois o futuro irá revelar a todos, que de fato, passou aqui um profeta. (Ez 2:5). Lembra dos
falsos profetas em Israel? Nem eu, pois o Senhor apagou a memória deles (Ez 13:9).

Eles profetizam somente se tiverem um cargo, só profetizam se pegarem no microfone, só


profetizam se souberem que receberão algo em troca.

E tu, por que profetizas?

Porque o Espírito do Senhor esta em ti, para te levantar e abrir a tua boca anunciando a
palavra de Deus. (Ez 2:2. 3:12).

A glória do Senhor pode sair da casa de Deus, pode sair até da cidade (Ez 10:18-22. 11:23), mas
todavia o Santo Espírito não sairá de ti até que cumpra teu ministério.

Deus ainda usa profetas!

Mensagem 4/5 Semana de Ezequiel

Senhor, Pôr quê eu fui Chamado?


Porque eu, o SENHOR, falarei, e a palavra que eu falar se cumprirá; não será mais adiada;
porque em vossos dias, ó casa rebelde, falarei uma palavra e a cumprirei, diz o Senhor DEUS.
(Ezequiel 12:25)

Você sabe por que foi chamado por Deus? Veja se o caso de Ezequiel é igual ao seu.

O Senhor já tinha usado outros, entre eles Amós, Miquéias, Isaías e Jeremias para anunciar a
Israel e Judá o seu pecado e falar do cativeiro. Porém, Ezequiel foi levantado já após a primeira
e a segunda deportação para a Babilônia.

A primeira deportação foi no reinado de Jeoaquim (2Re 24:1. Jr 25:1-38) Nesse tempo Daniel e
seus amigos foram levados (Dn 1:1-2).

A segunda deportação foi no reinado de Joaquim (2Re 24:8-9) ocasião onde o próprio Ezequiel
foi levado para a Babilônia no meio do povo (Ez 1:2). Seu ministério começa 5 anos após a 2°
deportação para a Babilônia.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
A pergunta é: Se o juízo já esta acontecendo contra Jerusalém... E se
Ezequiel já estava na Babilônia com os judeus levados para lá, por causa do juízo de Deus...
Então para quê profetizar ainda para um povo que já esta em cativeiro?

Sendo que o próprio Jeremias já tinha avisado por carta que eles ficariam lá por 70 anos, e que
isto é juízo de Deus (Jr 29:1-10). Ora, por que profetizar ainda no meio do cativeiro para os
próprios que estão no cativeiro?

E mais... Tendo plena certeza de que eles não irão ouvir, pois são casa rebelde (Ez 3:7). Pois
este é o mesmo povo que estava em Jerusalém nos tempos de Isaías e Jeremias e ouviram
toda a palavra do Senhor.

Os motivos são vários.

1° A terceira deportação ainda não tinha ocorrido e Eles continuavam em pecado (Ez 2:3).

E se ainda tem pecado, Deus usa os seus profetas!

2° Jerusalém estava fragilizada e subjulgada pela Babilônia, mas ainda de pé, ainda tinha um
filho de Davi no trono, por isso eles ainda não criam na queda total de Jerusalém, tanto que
Deus teve que desenhar ilustrar e montar (Ez 4:1-2).

E se ainda tem incredulidade, gente que não crê na palavra por causa de título ou cargo, Deus
usa os seus profetas!

3° Porque a liderança não se arrependeu, não sentiu ainda o peso do juízo do Senhor (Ez 34:1-
10).

E enquanto houver corruptos na liderança, ladrões no púlpito, pastores inúteis que não
apascentam nada, Deus irá usar os seus profetas!

4° Porque ainda muitos falsos profetas profetizavam falsamente levando o povo para longe do
Senhor (Ez 13:1-16).

E enquanto houver profetas mau caráter, que profetizam em troca de bens materiais, que
distorcem a palavra e engana o povo levando-os a pecar, Deus irá usar os seus profetas
verdadeiros para trazer a tona toda verdade.

Se preparem falsos pastores, se preparem falsos profetas, o Deus de Israel grande e temível,
esta levantando homens e mulheres do meio do cativeiro como fez com Ezequiel, para vos
denunciar.

Ainda muitas máscaras irão cair no Brasil, desde anônimos até famosos, de cantores até
pregadores, de obreiros até pastores. E este país ainda há de conhecer o Deus dos deuses.

5° Deus ama o seu povo, por isso irá restaurar, tempos melhores virão! Na agenda de Deus
tem avivamento (Ez 37:13). Deus ainda tem mais do seu Espírito para derramar (ez 37:14).

Então Deus levanta profetas, porque ainda tem muito mais do seu Espírito para derramar.

E em nome de Jesus, virá um grande avivamento para o Brasil. Começando por você.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 5/5 Semana de Ezequiel

Você é Profeta ou é Osso Seco?


Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor.
(Ezequiel 37:4)

Incrível como ambos estão no vale. Tanto o profeta, quanto os ossos secos. Então, qual a
diferença?

Simples, os ossos secos estão no vale por causa dos seus pecados (Ez 37:11), o profeta esta no
vale porque Deus é misericordioso e quer reviver os ossos secos. (Ez 37:3).

Sabemos que vale é o local onde a guerra acontece, e a guerra por sua vez, é um dos 4 juízos
de Deus. (Ez 14:21).

Isto quer dizer: Israel sofreu o juízo de Deus, por isso foi tirado da terra da promessa (vida com
Deus) e levado para a Babilônia (vida sem Deus), caiu pela espada no vale e ficou lá setenta
anos, por isso agora só restaram ossos secos.

Então, se você esta passando um vale na sua vida, precisa identificar isto. A pergunta é: Você é
profeta ou é osso seco?

Pois o profeta só vai ao vale por missão de Deus! Enquanto outros vão ao vale por causa dos
seus muitos pecados. Como o próprio Israel desprezou o caminho do Senhor, veja:

Todavia, vós dizeis: Não é justo o caminho do Senhor; julgar-vos-ei a cada um conforme os
seus caminhos, ó casa de Israel. (Ez 33:20). Por isso estão no vale. E você? Por que esta no
vale?

 Osso seco esta no vale porque desobedeceu ao Senhor.


 Profeta esta no vale porque é obediente ao Senhor.
 Osso seco esta no vale sozinho sem Deus.
 Profeta esta no vale andando com Deus.
 Osso seco esta no vale dividido, espalhado, sua vida toda dividida e destruída.
 Profeta esta no vale, mas inteiro, vida no altar em comunhão com Deus e a igreja!
 Osso seco esta no vale sem vida nenhuma.
 Mas o profeta esta no vale cheio do Espírito do Senhor.
 Osso seco esta no vale para padecer e sofrer pelo que fez.
 Mas o profeta esta no vale para profetizar levar avivamento e trazer almas!

Você é profeta ou é osso seco?

Se é profeta, então profetiza, pois foi para isto que Deus te colocou aí. Mas se é osso seco,
então chega de viver rejeitando o conhecimento da palavra de Deus, pois é exatamente por
isso que você esta no vale. (Is 5:13).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Não gostava de doutrina, desprezava o ensinamento, falava mal de todos
que gostam de estudar a bíblia e aprender de Deus, tinha inveja dos bons pregadores que
manejam bem a palavra da verdade, e agora esta no vale.

Você mesmo nunca se preocupou em ler a bíblia toda, nunca foi frequente na escola
dominical, nunca correu atrás da revelação da palavra, só queria saber de pulo e grito.

E por isso esta no vale, porque não anda no caminho do Senhor. E com razão, pois como
andarias tu no caminho do Senhor sendo que nunca se preocupou em conhecer o caminho?

Esta na hora de parar de ouvir falsos profetas, como Israel ouvia, (Ez 13:19) e começar a ouvir
os verdadeiros profetas, porque somente os verdadeiros é que dizem estas 2 coisas:

1° Ossos secos.... Eles não tem medo de dizer a verdade sobre você, se é osso seco, é disso que
serás chamado (Mt 3:7. 12:34). Chega de negar sua situação espiritual, estando morto e
querendo se passar por vivo e odiando aqueles que te chamam de morto.

2° Ouvi a palavra do Senhor... O verdadeiro profeta indica para você a palavra de Deus, o
profeta não fala de si mesmo, mas fala de Deus, não fica contando testemunho pessoal como
quem quer reconhecimento, mas fala de Deus, fala de Cristo!

Se hoje ouvires a sua voz, não endureçais o vosso coração. (Ez 18:32).

Mensagem 1/4 Semana de Daniel

O Chamado de Daniel
E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com
o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se
contaminar. (Daniel 1:8)

Se você não teve nenhuma experiência de chamado profético, fique em paz, Daniel também
não.

O que é mais incrível em Daniel, é que não vemos ele sendo chamado por Deus. Não existe
uma experiência de chamado no livro de Daniel, nada de trono e serafins, nada de rodas e
querubins, nada de revelação desde o ventre de sua mãe...

Porém, percebemos que ele é dedicado ao Senhor, fiel ao Senhor acima de tudo! Pense um
pouco:

Daniel foi levado de Jerusalém para a Babilônia durante sua adolescência, tirado de seus pais,
removido da terra santa que ele tanto amava (Dn 6:10), introduzido em terra estranha, e não
somente isto.

Ele teria que servir e trabalhar para o mesmo rei que destruiu Jerusalém, que provavelmente
matou seus pais, um homem sanguinário e idólatra. E não somente isto, ele foi feito eunuco, o
que matou o maior sonho de todo judeu, que é ter uma família.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Como sei que Daniel era eunuco? Porque seu chefe era chefe dos eunucos
(Dn 1:3) Por que para servir no palácio real, tinha que ser eunuco, caso contrário, seria uma
ameaça para as mulheres da família real e para as concubinas do rei.

Porque ao ser lançado na cova, ele foi sozinho. E o costume da época era condenar toda a
família, mas Daniel não tinha família. Porém, quando Deus reverteu a história, seus inimigos
foram lançados na cova, estes sim foram com toda sua família (Dn 6:24).

E talvez a pior parte, o que mais fere o orgulho de um judeu que ama ao seu Deus. A troca do
nome! De Daniel, que significa Deus é meu juiz, para Beltessazar, que significa Bel (baal)
protege o rei!

Por ventura, Daniel não tinha motivos para murmurar? Será que isto não é motivo bastante
para abandonar este Deus e morrer? Ou no mínimo viver cheio de mágoas e rancor pelo resto
da vida?

Por isso digo que Daniel é: Dedicado ao Senhor, Fiel ao Senhor acima de tudo. Como alguém
que acredita 110% que Deus é seu Juiz. Ele esta vendo toda essa injustiça desde os altos céus e
julgará minha causa.

Vivemos dias, onde muitos precisam de bênçãos para serem fiéis a Deus. Passam qualquer
dificuldade mínima, e por isso já querem desistir de tudo e voltar para o mundo.

Qual foi o chamado de Daniel? Nenhum, mas um homem fiel e dedicado, o Senhor não
rejeitará! Alguém que mesmo na dor e no sofrimento permanece fiel ao Senhor, é certamente
muito valioso no reino de Deus.

Talvez você não seja louvado aqui, nem reconhecido na terra, mas se é fiel ao Senhor apesar
de tudo, então saiba que com certeza lá no céu teu nome é comentado. Tipo assim:

E me disse: Daniel, “homem muito amado ” (Dn 10:11a).

Não deixe o sofrimento cegar os olhos do teu entendimento, pois você pode ser injustiçado
em tudo na vida, mas certamente Deus é teu Juiz e diante Dele tu és: Homem muito amado!

Qual foi a recompensa que Daniel recebeu por permanecer fiel a Deus, ainda que na
Babilônia?

O privilégio de andar com Deus, conhecer os seus planos para o futuro, de ter um Espírito
Excelente (Dn 6:3), de receber anjos em sua casa, e viver suficiente para ver a queda da
Babilônia, a mesma que destruiu Jerusalém, Daniel pode ver o juízo de Deus sobre eles. E não
somente isto!

Deus concedeu a Daniel a honra de anunciar a queda deles, interpretando o que a mão
misteriosa escreveu na parede (Dn 5:18-28).

Não importa quanto sofrimento você irá enfrentar nessa terra, mas sim, que Deus é seu Juiz E
ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia. (Sl 37:6).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 2/4 Semana de Daniel

O Testemunho de um Verdadeiro Profeta do Senhor


Então estes homens disseram: Nunca acharemos ocasião alguma contra este Daniel, se não a
acharmos contra ele na lei do seu Deus. (Daniel 6:5)

Se inimigos cruéis estivessem investigando sua vida, procurando algo para te acusar, o que eles
iriam achar sobre ti? De quê te acusariam?

Será que você seria acusado de nome sujo, mal pagador? Fraude no imposto de renda? Ou
então de relações sexuais pecaminosas? Ou de destruidor de famílias, eterno pagador de
pensão? Colecionador de multas de trânsito?

Ou será que você seria acusado de fofoqueiro? Mentiroso? Promete e não cumpre? Miserável
que só dá esmolas na igreja e tem a cara de pau de chamar isso de oferta? Pessoa que nunca
leu o Salmo 40, pavio curto?

No caso de Daniel, não acharam nada. Não puderam acusar de nada! Mas e você, como esta o
seu testemunho?

N verdadeiro profeta do Deus altíssimo é exemplo em tudo! Já dizia Paulo a Timóteo – “Se for
colocar alguém em uma função na igreja, veja primeiro se ele dá bom testemunho” (1Tm 3:7).
Em outras palavras, veja se é crente maduro e experiente.

O que é mais incrível neste texto, é que deixa claro uma coisa: Os inimigos de Daniel estavam
procurando algo para acusar, não na lei do seu Deus, mas na lei dos homens. O que significa
que Daniel era exemplo diante dos homens, conforme as leis da Babilônia.

Assim nós também, precisamos ser exemplo em tudo, desde não jogar lixo no chão (fugir da
responsabilidade) até não estacionar em local proibido (desrespeitar a lei).

E os inimigos procuram falhas em Daniel, porque desde a antiguidade, existe um ditado que
diz mais ou menos isso: “Todo mundo tem podres, é só procurar que vai achar”.

Então foram procurar na lei de Deus, mas sabiam que não iriam achar nada!

A intenção deles era criar um conflito entre a lei de Deus e a lei dos homens, porque já sabiam
que ele iria dar preferência a lei de Deus.

E como sabiam disso? Ora, a investigação foi profunda, como se tivessem colocado uma
câmera na casa de Daniel para vigiá-lo 24hrs. É assim que o inimigo trabalha.

Porém, a única coisa que conseguiram descobrir, é que a maior parte do tempo de Daniel era
dedicado a oração! (Dn 6:10).

Se o inimigo te vigiar 24hrs, onde é que você investe a maior parte do seu tempo? Na rede
social? No WhatsApp? Na casa dos outros fofocando?

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Daniel esta em um nível muito alto de comunhão com Deus. Tanto que o
inimigo sabe que não vai adiantar colocar tentações no seu caminho. É por isso que sobra
apenas uma alternativa.

Criar na lei dos homens, um decreto que vai contra a lei de Deus!

Você conhece alguma lei que vai contra a lei de Deus? Certamente tem muitas.

Mas que Deus levante hoje homens e mulheres como Daniel, cuja devoção a Deus vai tão
longe, que até o rei saberá que Daniel, continuamente serve ao seu Deus. (Dn 6:16).

Não se deixe enganar por falsos profetas, se eles não são exemplo, também não são profetas.

Mas se você é chamado por Deus, então viverá incomodado enquanto não for exemplo em
tudo, e terá como principal objetivo, concertar sua vida para ser um servo de Deus exemplar,
pois este é o prazer do que teme ao Senhor. Viver para glorificar a Cristo. (Sl 40:8).

Mensagem 3/4 Semana de Daniel

A Maior Bênção que Deus dá ao Profeta!


Quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as
letras, e sabedoria; mas a Daniel deu entendimento em toda a visão e sonhos. (Daniel 1:17)

Não tenho dúvidas de que Deus irá levantar profetas aqui. Quem sabe você já percebeu isso
em sua vida, que o Senhor esta abrindo teu entendimento, porque tem um ministério
profético para você.

O Senhor não deixa seus servos desprovidos, ele capacita aqueles que são chamados. Perceba
que todos os profetas são interpretes da lei de Deus.

E não somente isto, todos os profetas olham para as escrituras de uma forma incomum, vendo
coisas que os doutores, fariseus e mestres não conseguem ver. (Ex; Dn 10:1. Is 58:5-7. Jr 4:4. Ez
16:3-9. Am 8:11).

Assim também Jesus sendo profeta, acusou os estudiosos de sua época de cegueira (Jo 5:39),
dizendo que eles estudam a lei, mas não conseguem ver o óbvio! E isto os profetas
perceberam, por isso profetizaram anunciando a chegada do Messias.

Em outras palavras, estou falando de algo que todos os profetas tem em comum, eles
enxergam no texto sagrado coisas que estão escondidas para os outros. E esta graça, bênção
divina, é dada por Deus para capacitar os seus profetas a falar a palavra com poder e
autoridade. (Ez 2:8. Jr 1:9. Is 6:7).

E o livro de Daniel revela este segredo. Esta bênção de Deus vem através do estudo! Vejamos:

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Daniel estava em uma sala de aula, ao lado de jovens de várias nações,
todos estudando a mesma coisa. Porém, quando chegou o dia de serem testados pelo Rei,
Daniel e seus amigos se destacaram (Dn 1:20).

Mas não foi um destaque qualquer, como quem tira nota 10, enquanto os outros tiram nota 9.
Foi um destaque 10 vezes maior, ou seja, se Daniel tirou 10, o máximo que os outros
conseguiram tirar foi 1.

Como isso é possível se a vida de todos aqueles jovens eunucos era apenas estudar e estudar?

Ora, estudar muito é bom, porém estudar com a bênção de Deus sobre tua vida é 10 vezes
melhor! Pois o texto diz:

Quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as
letras, e sabedoria; (Dn 1:17a).

Fica claro que Deus não injeta informações na tua cabeça! Se você quiser conhecer a bíblia
profundamente, precisa ler, estudar, meditar, fazer cursos, acompanhar bons professores que
possam tirar suas dúvidas e isto tudo durante alguns anos (praticamente, uma faculdade).

Porém, a bênção de Deus abre o teu entendimento, de maneira que o seu estudo é 10 vezes
mais proveitoso!

Significa, que para alguém te alcançar, terá que estudar 10x a mesma coisa, enquanto você,
estudará 1x somente. Isto é a bênção de Deus quando diz que deu a estes 4 jovens:
Conhecimento, inteligência e sabedoria.

Agora preste atenção: Deus não dá isso para quem não estuda. O próprio Daniel é quem diz: E
ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria
aos sábios e conhecimento aos entendidos. (Dn 2:21).

A bíblia fala mais sobre isso. (Ex; Pv 1:5, 9:9, 16:23. Ec 7:19). Porém, o profeta não estuda para
receber esta bênção, ele estuda porque ama a palavra do Senhor, e como consequência é
abençoado por Deus tendo seu entendimento ampliado.

Por isso, o Salmista fez este pedido ao Senhor dizendo: Desvenda os meus olhos, para que eu
contemple as maravilhas da tua lei. (Sl 119:18).

Em nome de Jesus eu profetizo, Deus irá te abençoar quando você se dedicar a conhecer mais
e mais a bíblia, abrindo teu entendimento, e coisas que antes você tinha que rever 10x para
entender, irá compreender de primeira, com a bênção do Senhor sobre ti!

E não somente isto, Daniel nos ensina que é possível subir de nível ainda. Porque depois de
muito estudo, ele recebeu de Deus algo especial, que seus amigos não tinham, entendimento
de visão e sonhos.

Comece a mergulhar na palavra de Deus o quanto antes, pois como diz o salmista: A palavra de
Deus não tem limite. (Sl 119:96).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 4/4 Semana de Daniel

Quando Aceitar Oferta, Quando Não Aceitar!


Então respondeu Daniel, e disse na presença do rei: As tuas dádivas fiquem contigo, e dá os
teus prêmios a outro; contudo lerei ao rei o escrito, e far-lhe-ei saber a interpretação. (Daniel
5:17)

Se alguém que precisa ouvir a voz de Deus, e sabe que você é profeta, te prometer dinheiro
para que você em troca, fale a palavra do Senhor; você aceitaria ou rejeitaria?

O Brasil é o país onde todos nasceram pobres, por isso, todos querem ser ricos. E isto vem de
muito tempo atrás, desde a época dos escravos, é uma maldição disfarçada de bênção que
todos pegam, como gripe.

E a ambição por riqueza é tão grande, que uma grande maioria de brasileiros, principalmente
crentes, não aceitam ver alguém prosperando, arrumam logo uma forma de denegrir, de falar
mal, de criticar, e se puder usar a bíblia para isto, melhor ainda!

O importante é entender, porque Daniel ACEITOU os presentes de Nabucodonosor, mas


rejeitou os presentes do filho dele, Belsazar?

Ora, Nabucodonosor, que significa ‘Nebo proteja as fronteiras’, te ve um sonho e somente


Daniel conseguiu interpretar, então o rei lhe deu presentes por isso, e ele aceitou, veja o texto:
(Daniel 2:48,49).

“Ah, mas Nabucodonosor não prometeu nada, foi espontâneo!” Poderá dizer alguém que não
lê bíblia. Mas sim, Nabucodonosor prometeu presentes (Dn 2:6).

A pergunta é: Você tem avareza misturada com inveja no seu coração? E não somente isto,
você ousaria falar mal de um homem como Daniel? Faça o teste:

Quando um famoso pastor, ou um famoso pregador recebe uma oferta alta de alguém, por
causa de uma palavra que pregou; você critica? Você fala mal? Você usa a bíblia para denegrir?
Ousa dizer que ele só prega por dinheiro? Caso sim, então com certeza você falaria mal de
Daniel.

É importante saber isto, pois se você é profeta de Deus, isto poderá acontecer contigo! Um
dia, alguém poderá ser tão abençoado através da tua vida, que irá querer te agradecer com
oferta ou presentes.

A pergunta é: Quanto vale uma resposta do Todo Poderoso Deus? Não tem preço!

Por isso, qualquer oferta, por mais alta que seja ainda será pouco, será apenas um
agradecimento. Daniel não cobrou nada, mas recebeu oferta. Afinal, avareza esta longe do
coração de um profeta, pois ele diz:

Teus presentes fiquem contigo; contudo darei a interpretação (Dn 5:17). Não quero presentes,
mas vou pregar, vou profetizar, vou fazer o que fui chamado a fazer.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Por que Daniel aceitou os presentes e a promoção de Nabucodonosor?

Simples, porque isto não é errado, nem pecado.

Então porque ele rejeitou os presentes e a promoção de Belsazar ❓Afinal, ele ofereceu a
mesma coisa.

Analise a oferta de Nabudonosor (Dn 2:6) e depois a de Belsazar (Dn 5:16). São iguais, riqueza
e autoridade, presentes e promoção!

A resposta é simples. Daniel conhecia a vontade de Deus, ele sabia que Deus era com
Nabucodonosor, e Deus entregou a ele o reino (Dn 2:37,38. Jr 27:6), por isso, não teria
problema se aliar ao rei nos negócios. Como não há problema em ter um patrão ímpio.

Porém, rejeitou os presentes de Belsazar, porque igualmente sabia a vontade de Deus, que o
reino dele não iria durar (Dn 5:26-28).

Portanto, aceitar os presentes poderia servir de armadilha para ele, já que os Medo-Persas
poderiam matá-lo identificando-o como aliado do rei inimigo.

Então, quando aceitar presentes? Quando Deus esta no negócio. Quando rejeitar? Quando
Deus não esta no negócio.

E como saber se Deus esta ou não no negócio? Ora, se você anda com Deus, vai sempre saber
(Am 3:7. Gn 18:17).

Então, você que critica aqueles que recebem grandes ofertas, pare imediatamente! Pois um
dia, você poderá estar no lugar deles.

E não somente isto, não fale daqueles que cobram, a menos que você tenha provas disso. Pois
tu não sabes se isto é difamação do diabo para denegrir o ministério do servo do Senhor,
_(árvore que não dá fruto não leva pedrada)_ Assim como falaram que Jesus era usado por
demônios (Lc 11:15).

O inimigo é expert em enganar o povo para dividi-lo uns contra os outros. Ele faz isso dentro e
fora das igrejas

Deixemos toda inveja e avareza de lado. E quando menos esperar, o Senhor irá honrar você,
pois se ele honra até os ímpios quando trabalham para ele (Ez 29:19-20) então muito mais
honrará a nós que o servimos de coração e sem interesse.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/1 Profetas Menores

Profetas Menores - Estudo Bíblico


Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus
servos, os profetas. (Amós 3:7)

Quando se fala dos profetas menores, deve-se sempre lembrar que eles são incríveis, grandes
homens de Deus, tanto quanto os profetas maiores.

São chamados de menores, apenas por que seus livros são pequenos. Porém, isso não significa
que não são usados poderosamente nas mãos de Deus.

Os profetas maiores estão organizados em nossa bíblia cronologicamente. Porém, os profetas


menores não. Por isso precisamos recorrer a uma cronologia, envolvendo também os profetas
maiores:

Antes do Cativeiro Babilônico:

• Jonas 856 - 784.


• Amós 810 - 785.
• Oséias 810 - 725.
• Isaías 810 - 698.
• Joel 810 - 660.
• Miquéias 758 - 699.
• Naum 720 - 698.
• Sofonias 640 - 609.

Um pouco antes e Durante o Cativeiro:

• Jeremias 628 - 586.


• Habacuque 612 - 598.
• Daniel 606 - 534.
• Obadias 588 - 583.
• Ezequiel 595 - 536.

Depois do Cativeiro:

• Ageu 520 - 518.


• Zacarias 520 - 518.
• Malaquias 436 - 420.

A maioria dos profetas seguiram a mesma linha de raciocínio:

• Revelam e apontam os pecados do povo.


• Alertam sobre o juízo de Deus.
• Convidam ao arrependimento.
• Profetizam a vinda do Messias.
• Anunciam um tempo de restauração em Israel.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Essa linha de raciocínio é fácil de entender. Eles apontam os pecados do
povo, com base na lei de Moisés, pois de fato ela veio para isto, mostrar o nosso pecado (Rm
7:7)

Alertam sobre o juízo de Deus, por causa da aliança que Deus fez com o seu povo. E é
justamente por isso, que Deus tem todo direito em cobrar o povo, para que eles cumpram a
sua parte na aliança feita no Sinai. (Ex 19:5).

O juízo de Deus envolve morte e sofrimento, porque esta é a punição da lei que eles estão
desobedecendo. Mas para além disso, o juízo de Deus também envolve retirá-los da terra, por
causa da Aliança com Abraão, Isaque e Jacó.

A aliança com Abraão, Isaque e Jacó é justamente dar a terra por Herança, mas se eles não
andam nos caminhos de Abraão, isto é, na fé de Abraão, Isaque e Jacó, servindo a Deus, então
também não podem herdar a terra que foi prometida a Abraão.

Pela lei, todo o povo morreria, mas graças a uma aliança feita com Davi, de que sempre
haveria herdeiro no trono, então Deus precisa deixar um remanescente na casa de Davi, da
tribo de Judá, para que esta aliança fique firme.

Pois não foi Davi quem pediu isso a Deus, mas foi Deus quem fez isto para Davi, portanto, a
aliança davídica depende somente de Deus e não do povo. Porém, a aliança do Sinai, depende
que o povo faça sua parte sendo fiel a Deus. (2Sm 7:16. Lc 1:32,33. Ap 20:1-6).

E é por causa da aliança com Davi, que o povo não é de todo destruído, e é por causa da
aliança com Davi, que Deus traz novamente o povo do cativeiro. Porque esta aliança com Davi
é na verdade a promessa da vinda do messias, ele é o herdeiro que sentou no trono de Davi e
esta lá até hoje reinando e para sempre reinará.

De maneira que, toda vez que os profetas, maiores e menores, falam de Davi ou herdeiro de
Davi, estão na verdade se referindo ao Cristo, que veio, morreu mas ressuscitou e reina
eternamente. Amém.

Por isso, eles chama ao arrependimento, por há salvação no messias que virá, ao qual, eles
também anunciam. E quando este messias vier, irá restaurar Israel.

Este é o centro da mensagem dos profetas, de maneira que começam com pecado e juízo, mas
terminam com restauração e consolação.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/4 Semana de Oséias

O Chamado Profético Envolve Sacrifícios


O princípio da palavra do Senhor por meio de Oséias. Disse, pois, o Senhor a Oséias: Vai, toma
uma mulher de prostituições, e filhos de prostituição; porque a terra certamente se prostitui,
desviando-se do Senhor. (Oséias 1:2)

Quais sacrifícios você esta disposto a fazer pelo seu chamado?

Deus pediu a Oséias que sacrificasse o sonho de uma família feliz e bem sucedida. Pois a forma
como Deus trabalha na vida de um profeta, é através do testemunho. Obviamente, esse
pedido não será repetido a ninguém hoje.

Mas não significa, que o profeta de hoje não tenha sacrifícios a fazer. A lição Aqui é: Você sofre
aquilo que Deus quer falar!

Através de Oséias Deus estava dizendo: Sou exemplar e perfeito em tudo, ainda assim, aceitei
para mim uma esposa imoral, como você Israel. E tenho suportado sua traição desde então.

O testemunho da vida de Oséias era uma mensagem viva para o povo! A pergunta é: Isso esta
certo? Se casar com prostituta não seria um pecado? Deus mandou o profeta pecar?

De maneira nenhuma. Deus que não pode suportar pecado em sua presença (Sl 5:4,5), que é
3x santo (Is 6:3. 1Pe 1:16), jamais pediria ou incitaria alguém a pecar. (Tg 1:13).

Casar com uma prostituta é casar com uma pecadora. Porém, a mesma bíblia diz que todos
somos pecadores! (Rm 3:23). Portanto, casar com qualquer pessoa, é casar com um pecador.

O que Deus pediu a Oséias é algo não recomendável, pois se trata de jugo desigual. O jugo
desigual em si, não é pecado, mas irá trazer muitas tribulações, as quais é bom evitar (2Co
6:14).

Porém, se o descrente consente em continuar casado, diz a bíblia, “não o deixe” (1Co 7:12,13).

A família de Oséias não era perfeita, mas este é o menor dos problemas, em uma sociedade
adúltera, idólatra e infiel ao Senhor. A importância da mensagem de Deus não esta na
prostituta, mas na fidelidade e amor de Oséias para com ela.

Pois este cuidado, amor e fidelidade de Oséias, representam uma pequena fração do amor, da
fidelidade e do cuidado de Deus para com seu povo Israel.

A lição é que: Em uma igreja (Israel) fraca e caída no pecado, até a família dos profetas
sofrerão consequências. Devemos lembrar que:

• Embora a esposa de Oséias seja imoral, ele não é!


• Embora a esposa de Oséias seja infiel, ele não é!
• Embora a esposa de Oséias não tenha compromisso com Deus, ele tem!
• Embora a esposa de Oséias escolha as festas à noite, ele escolhe a igreja!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Portanto! Não julgue um profeta pelos pecados de sua família. Pois você
não sabe o preço que ele paga e quanto sofre tentando trazê-los para os caminhos do Senhor.

É possível ser fiel a Deus, ainda que toda sua família seja ímpia. Siga o seu chamado, o Senhor
cuidará de tudo.

Mensagem 2/4 Semana de Oséias

Quando Deus Começa Agir


Mas da casa de Judá me compadecerei, e os salvarei pelo Senhor seu Deus, pois não os salvarei
pelo arco, nem pela espada, nem pela guerra, nem pelos cavalos, nem pelos cavaleiros. (Oséias
1:7)

Você entende relógio espiritual? Sabe a que horas Deus começa a agir? A quanto tempo você
esta aguardando o agir de Deus em sua vida?

Oséias era profeta em Israel, reino norte. É importante lembrar que nesse tempo, o reino
estava dividido. Resumindo:

Após Salomão, o reino se dividiu, seu filho Roboão ficou reinando sob 2 tribos, Judá e
Benjamin. Enquanto que do outro lado, Jeroboão foi levantado a rei sob 10 tribos, chamadas
assim de Israel, ou reino norte, enquanto que o filho de Salomão reinava em Judá, ou reino sul.
(1Re 12:1-33).

Oséias pregava em Israel, reino norte, acusando-os de gravíssimos pecados contra Deus. E
então ele cita o reino sul, Judá, como comparativo para mostrar o quão longe Israel esta de
Deus.

Sabemos que nesse tempo, Isaías e Miquéias profetizam em Judá. E a mensagem deles era
pesada também contra o reino sul. Porém, longe de defender os pecados de Judá, Oséias esta
apenas mostrando a casa de Israel que eles abandonaram Deus.

É o início do aviso da queda do reino para Israel, e também o primeiro aviso dos livramentos
que Deus iria trazer em Judá, os quais também foram profetizados por Isaías (Is 7:5-7) como
também vivenciados por ele e o rei Acaz e depois Ezequias (Is 37). Nota: Oséias profetizou até
parte do reinado de Ezequias (Os 1:1).

Eis aí o relógio de Deus, o momento em que o Senhor começa a agir é quando não há mais
recursos humanos.

Pois Judá é pequeno, apenas 2 tribos, enquanto que Israel é grande e se aliou aos Assírios. (Is
7:1. Os 12:1). Logo o recurso da amizade, da ajuda humana acabou!

Ainda o exército de Judá é fraco diante do exército da Assíria, suas armas são como nada! Por
isso, facilmente a Assíria venceria Judá, como de fato tomou todas as cidades, faltando apenas
Jerusalém (Is 36:1).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Em sua sabedoria, o rei ainda tentou a diplomacia, a conversa, a
negociação, (Is 36:3-22) era o último recurso humano! Quer dizer, falta pouco para Deus
começar a agir.

A quanto tempo você esta aguardando o agir de Deus em sua vida?

Pois ele vai começar quando todos os seus recursos acabarem. Quando não sobrar outra coisa
a fazer senão, orar ao Senhor!

Você ainda não foi quebrado o suficiente para derreter seu coração em lágrimas diante de
Deus?

Não? Então ainda não é o tempo de Deus agir.

Você ainda não se deu por vencido, o desespero ainda não te dominou para te fazer correr aos
pés de Cristo?

Não? Então ainda não é o tempo de Deus agir.

Foi quando Ezequias reconheceu que ele não poderia fazer nada, que seu exército não poderia
fazer nada, e que seus recursos acabaram totalmente; que Deus começou a agir!

Porque é nesta hora que Ezequias busca ao Deus do céu com tamanho desespero (Is 37:14-20),
e como diz o salmista, um coração quebrantado e contrito o Senhor não desprezará. (Sl 51:17).

Faça uma pausa e busque o teu Deus agora, com amargura de espírito, com alma
quebrantada, com desespero maior que a tua luta... Ore ao Senhor!

E após a oração, veja a resposta de Deus:

Portanto, assim diz o Senhor acerca do rei da Assíria: Não entrará nesta cidade, nem lançará
nela flecha alguma; tampouco virá perante ela com escudo, ou levantará trincheira contra ela.
Pelo caminho por onde vier, por esse voltará; porém nesta cidade não entrará, diz o Senhor.
(Isaías 37:33,34)

E é sobre isto que Oséias esta falando, sobre a forma como Deus trabalha em nossas vidas. Ele
não usa arco, nem espada, nem guerra, nem cavalos, nem cavaleiros! Mas Ele quebra o arco e
corta a lança, queima os carros no fogo para que saibam que Ele é Deus, o Senhor dos
Exércitos. (Sl 46:9-11).

Esqueça os seus recursos e entregue tudo a Deus, que ele pelejará por vós e vos calareis. (Ex
14:14).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 3/4 Semana de Oséias

Quando Deus Lembra o Pecado e Quando Esquece!


Mas eles não percebem que eu me lembro de todas as suas más obras. Seus pecados os
envolvem; eu os vejo constantemente. (Oséias 7:2 nvi)

Quais são os seus pecados mais comuns? Você já pensou que Deus esta se lembrando deles e
por isso parece que sua vida não anda e suas orações não surtem efeito?

Em Oséias 7, o Senhor fala sobre isso, como ele lembra facilmente dos pecados do seu povo. E
essa lembrança do pecado, leva Deus a enviar o juízo sobre seu povo, uma vez que ele é justo!

A lembrança do pecado faz com que a bênção seja retida, pois ele diz: Quando eu tento curar
Israel, o mal de Efraim fica exposto e os crimes de Samaria são revelados. (Oséias 7:1 nvi).

Ou seja, Deus tem pré-disposição para abençoar, porque ele é bom, misericordioso, amoroso,
longânimo e muito mais. Porém, ao olhar para seu povo, ele só vê pecado e isto faz com que a
bênção não aconteça.

Como disse Isaías, os nossos pecados fazem separação entre nós e Deus (Is 59:2).

E porque Deus fica lembrando os pecados do povo? Afinal, a bíblia não diz que ele apaga e
esquece nossos pecados? (Is 43:25).

Deus se lembra dos pecados de seu povo porque eles simplesmente continuam pecando (Os
7:4) vivendo no pecado, andando em pecado, repetindo os pecados como um vício!

A pergunta é: Você tem algum vício pecaminoso?

Deus continua se lembrando dos seus pecados porque eles não se arrependem, não voltam
para Deus (Os 7:10). Entenda isso:

Enquanto não houver arrependimento sincero e verdadeiro, não haverá perdão! E sem
perdão, Deus continuará se lembrando dos seus pecados.

Quando Deus lembra do pecado? Quando ele é contínuo e não há arrependimento.

Quando Deus esquece do pecado? Quando há arrependimento, o pecado cessa, e o perdão


vem.

Você não pode fingir o arrependimento diante de Deus, pois isto Israel já tentou fazer, veja a
resposta de Deus:

Eles não clamam a mim do fundo do coração quando gemem orando em suas camas.
Ajuntam-se por causa do trigo e do vinho, mas se afastam de mim. (Oséias 7:14)

A pergunta que você quer fazer é esta: Como posso me arrepender verdadeiramente?

Resposta: Reserve umas 2 horas para Deus na sua agenda. Nesse tempo você irá orar ao
Senhor e confessar o seu pecado tim-tim por tim-tim.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Passe vários minutos a refletir sobre o seu pecado, sobre o quanto
ofendeu a Deus, e a se lembrar que Deus não tem o culpado por inocente (Nm 1:2,3). E são
dignos do fogo do inferno aqueles que pecam contra Deus.

Lembre-se também de todo o sofrimento que Jesus passou no seu lugar para te dar a salvação,
e como você agradece agora pecando contra Deus.

Lembre dessas palavras do nosso Deus, que ele profere a todos pecadores dizendo:

Ai deles, porque se afastaram de mim! Destruição sobre eles, porque se rebelaram contra
mim! Eu desejo redimi-los, mas eles falam mentiras a meu respeito. (Oséias 7:13)

É tempo de buscar ao Senhor!

Mensagem 4/4 Semana de Oséias

Misericórdia Quero e Não Sacrifício


Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os
holocaustos. (Oséias 6:6)

O que você oferece mais ao Senhor, sacrifício ou misericórdia? A importância disso, é que a
misericórdia deve ser superior aos sacrifícios, caso contrário, o Senhor os rejeitará. (Mq 6:7,8).

E o que são sacrifícios nos dias de hoje? Ora, o sacrifício trata da religião externa, enquanto
que a misericórdia trata da religião interna. O sacrifício fala das obras que realizamos no
exterior, porém a misericórdia fala da transformação interior.

Oséias vai direto ao ponto crucial do pecado de Israel. Ele mostra qual é a raiz do problema.
Suas palavras são como um trator arrancando a planta toda para mostrar o problema na raiz.

Essas palavras revelam o caráter de Deus, e o que ele realmente quer de nós. Uma forma
resumida de explicar qual é a vontade de Deus para nossas vidas. Vejamos:

Existem os sacrifícios, que foram ordenados por Deus na lei de Moisés (Lv 1 a 7). Mas também
existe a misericórdia, que envolve amor e fé, e que também são cobradas por Deus na lei de
Moisés (Dt 6:5. 10:12).

Porém, um tem maior importância do que o outro! Um é o reflexo do outro! A misericórdia


tem maior valor, e os sacrifícios são apenas um reflexo da misericórdia.

Porém, o povo de Israel esta preocupado apenas com os sacrifícios, pois cometiam todo tipo
de pecado, e depois para demonstrar que são boas pessoas diante de Deus, entregam a ele
sacrifícios.

Isto é típico de todo hipócrita! Ele procura se esconder atrás das obras, mostrando um reflexo
impecável aos homens, tal qual os fariseus que amam os primeiros assentos, as saudações nas
praças, que oram em público para serem vistos pelos homens.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Tudo isso são sacrifícios, a parte externa da religião, ou como diriam Paulo
e Tiago, são as obras! Porém Deus não tem prazer em reflexos, mas sim na essência! Tanto
que Paulo ensina:

Que as obras não podem salvar! (Gl 2:16) Mas em contrapartida Tiago ensina que as obras
acontecem naturalmente na vida do salvo (Tg 2:1-26).

Ora, Israel estava cheio com a prática dos sacrifícios, mas seu coração estava vazio com a
prática da misericórdia! De maneira que Deus esta clamando a mim e a você:

Misericórdia quero, e não sacrifícios!

Isto não significa que Israel poderia abandonar os sacrifícios, assim como não significa que nós
podemos deixar de fazer boas obras.

Mas sim, quer dizer que sem misericórdia, os sacrifícios são inválidos! Sem amor e fé, sem
conversão, sem arrependimento sincero, todas as suas boas ações não são contadas diante de
Deus. Como diz Paulo, se não tiver amor, minhas obras serão nada! (1Co 13:2).

A pergunta é: Como esta seu coração? Como esta seu caráter? Você foi realmente convertido
de maneira que seus sacrifícios são resultado da sua misericórdia?

Ou você apenas faz sacrifícios para sustentar a imagem religiosa de que ainda serve a Deus,
quando no fundo seu coração já se afastou dele completamente?

E se você descobriu agora que não tem misericórdia, que suas obras funcionam como máscara
diante dos homens para sustentar uma falsa religião... E ao perceber isto, você quer
urgentemente se concertar diante de Deus, para ser misericordioso; Então o que fazer?

O texto responde: Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de


Deus, mais do que os holocaustos. (Os 6:6).

Isto é um paralelismo, quando se fala a mesma coisa com palavras diferentes. “Porque eu
quero a misericórdia, e não o sacrifício” é exatamente igual a “e o conhecimento de Deus,
mais do que os holocaustos”.

Em outras palavras, este texto nos ensina que a misericórdia, que é feita de fé e amor, se faz
dentro de nós através do conhecimento de Deus. Já dizia Paulo: A fé vem pelo ouvir a palavra
de Deus (Rm 10:17).

Sendo assim, se queres ser misericordioso, se queres que tuas obras tenham valor, se queres
andar segundo a vontade de Deus... Tudo que deves fazer é procurar conhecimento de Deus!
Isto é, conhecer a Cristo, adquirir informações sobre ele, e o buscar de todo coração, para ter
experiências com Deus.

Pois é somente assim que nos convertemos. Conhecendo mais e mais ao Senhor. Já disse o
salmista:

Dá-me entendimento, e guardarei a tua lei, e observá-la-ei de todo o meu coração. (Salmos
119:34)

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/3 Semana de Joel

Estudo Bíblico no Livro de Joel


Palavra do SENHOR, que foi dirigida a Joel, filho de Petuel. (Joel 1:1)

Joel significa “O Senhor é Deus”. E o nome de seu pai, Petuel significa “Visão de Deus” ou ainda
“Persuadido por Deus”. Existem outros Joel’s que aparecem na bíblia, mas nenhum deles é
filho de Petuel, portanto a bíblia fala deste profeta somente aqui, em seu livro.

Também em nenhum outro lugar, em nenhuma genealogia, a bíblia fala de Petuel. Isso torna
difícil identificar a data do livro. Embora alguns teólogos liberais pensem que o profeta tenha
vivido depois do cativeiro Babilônico, os tradicionais, entre eles, Hernandes Dias Lopes,
afirmam que o profeta é contemporâneo de Eliseu, sucessor de Elias.

Ou seja, seu ministério se deu no período do rei Joaz a mais ou menos 800 anos antes de
Cristo.

O profeta Joel é conhecido pela profecia do derramar do Espírito Santo sobre toda carne (Jl
2:28). Que foi citada pelo Apóstolo Pedro em Atos 2:16. Porém, ele é o profeta do Dia do
Senhor, que é a mensagem central do livro (Jl 1:15. 2:1. 3:14).

A mensagem dos gafanhotos esta em aberto para uma interpretação oficial (Jl 1:4). Pois até
então não se tem um consenso sobre o quê são esses gafanhotos, ao quê o profeta se refere.
Por hora, existem 4 interpretações principais:

 1 – Ele esta falando de 4 estágios do mesmo gafanhoto.


 2 – Ele esta falando de 4 tipos de gafanhotos.
 3 – Ele esta se referindo a nuvens, enxames do mesmo tipo de gafanhoto.
 4 – Ele esta fazendo alusão a 4 impérios mundiais, Assíria, Babilônia, Medo-Persas e
Roma.

Seja como for, outros profetas também falaram de gafanhotos (Am 7:1. Nm 3:15,17. Is 33:4.
40:22). O que pode auxiliar na interpretação de Joel 1:4.

As profecias de Joel, são para um tempo muito depois dele, um tempo que ainda não chegou
para nós. Pois a forma como ele descreve o dia do Senhor nos leva a imaginar a segunda vinda
de Cristo. Ele diz:

Dia de trevas e de escuridão; dia de nuvens e densas trevas, como a alva espalhada sobre os
montes; povo grande e poderoso, qual nunca houve desde o tempo antigo, nem depois dele
haverá pelos anos adiante, de geração em geração. (Joel 2:2)

Se isto for literal, então ainda não aconteceu. Se ele tivesse profetizado isso antes de Moisés,
poderíamos jogar o cumprimento dessa profecia nas pragas que desceram sobre o Egito com
gafanhotos e trevas. Mas desde Moisés, ainda não se viu tal fenômeno da parte de Deus no
mundo. Esperamos a vinda de Cristo nas nuvens. (Cf Jl 3:11-16).

ESBOÇO DO LIVRO

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Versículo-título: O Autor da Profecia. 1:1.

I. A praga da locusta como precursora do Dia do Senhor. 1:2 – 2:17.

A. Uma calamidade tripla: gafanhotos, seca e conflagrações. 1:2-20.

 1 . A invasão das locustas. 1:2-12.


 2. Chamado ao arrependimento, 1:13, 14.
 3. Os terrores do Dia do Senhor. 1:15-20.

B. O flagelo como precursor do dia do juízo. 2:1-17.

 Um quadro vivo do juízo vindouro. 2:1-11.


 Uma exortação ao arrependimento. 2:12-17.

II. O afastamento do juízo e a concessão de bênçãos. 2:18 – 3:21.

A. As bênçãos no futuro imediato. 2:18-27.

B. O derramamento do divino Espírito. 2:28-32.

C. Juízo sobre as nações. 3:1-17.

 A vingança das maldades cometidas contra os judeus. 3:1-3.


 Julgamento da Fenícia. 3:4-8.
 Julgamento do mundo. 3:9-17.

D. As bênçãos que se seguirão ao juízo. 3:18-21.

O livro de Joel termina com restauração, apontando para o reino milenar de Cristo, onde a
ultima frase é: O Senhor habitará em Sião.

Mensagem 2/3 Semana de Joel

As 3 Evidências do Derramar do Espírito Santo


E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas
filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões. (Joel 2:28).

Você é cheio do Espírito Santo?

Todos nós temos o Espírito Santo devido a graça que há em Cristo, sendo salvos por Ele,
recebemos o Espírito da promessa, penhor da nossa herança, selo de Deus em nós. (Ef 1:13).

Mas nem todos nós estamos cheios do Espírito Santo! Pois isto é somente para quem busca,
conforme a bíblia diz: Não vos embriagueis com vinho... Mas enchei-vos do Espírito! (Ef 5:18).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
O profeta Joel ao falar do derramar do Espírito Santo, também falou da
evidência, o sinal que caracteriza e diferencia a pessoa que recebeu, daquela que não recebeu
o Espírito!

Ele diz que o Espírito será derramado, e sabemos que isto aconteceu em Atos 2, (At 2:16) com
a descida do Espírito Santo e que Ele esta até hoje conosco. (Jo 14:16).

Porém, o profeta Joel não esta falando apenas da descida do Espírito, esta profecia não é um
simples aviso de que o Espírito virá! Esta profecia é um alerta de que Deus vai encher pessoas
com o Espírito Santo!

Quando ele diz: “Derramarei” quer dizer, sem medida, derramar em abundância! Como
também outros profetas falaram (Is 44:3. Ez 39:29). E a evidência a qual o profeta Joel aponta,
é uma mudança de atitude na vida. Ele diz:

1. Vossos filhos e vossas filhas profetizarão,


2. Os vossos velhos terão sonhos,
3. Os vossos jovens terão visões.

Profetizar é andar em uma comunhão tão grande com Deus, que você participa dos planos
futuros do Senhor, porque Deus revela o seu segredo aos seus amigos, como Abraão (Gn
18:17. Is 41:8. Tg 2:23) e também aos seus profetas (Am 3:7).

Andar em comunhão com o Senhor é evidência da plenitude do Espírito Santo. Deus quer
levantar você como profeta nestes últimos dias, mas é necessário que você tenha tempo para
Deus na sua agenda, todo dia!

Sonhar é típico de jovens, que tem toda a vida pela frente e sonham com grandes projetos no
futuro. Sonhar te torna vivo! Quem não sonha já morreu sem ser enterrado, vive como um
zumbi.

Por isso, todo aquele que é cheio do Espírito Santo, ainda sonha e sonha muito! Porque com
Deus podemos grandes coisas. Como disse Davi:

Porque contigo entrei pelo meio duma tropa, com o meu Deus saltei uma muralha. (Sl 18:29).

E quem é cheio do Espírito, ainda que seja velho, ainda que esteja no final da vida nessa terra,
ainda assim, por causa do Espírito Santo irá sonhar! Por isso diz: vossos velhos terão sonhos!

Vossos jovens terão visões, quer dizer, terão futuro! Serão equilibrados na vida, sabendo
exatamente qual caminho seguir. Visão é um projeto de vida, quer dizer: Nossos jovens não
serão como os ímpios, que não sabem o que fazer da vida.

Pelo contrário, o jovem cheio do Espírito de Deus, ele tem visão, sabe para onde vai! Enxerga o
futuro de longe e corre atrás dele. O jovem cheio do Espírito Santo será poderoso na terra, e
fará proezas em Deus.

Como o Jovem João Batista, cheio do Espírito Santo desde o ventre, não teve professor, nem
mesmo morava em cidade grande, mas já sabia o que queria fazer da sua vida desde cedo e
mesmo pregando no deserto atraiu todos para si, tornando-se o maior dos profetas. (Mt 3:1).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Assim como o jovem Davi, cheio do Espírito Santo tinha visão. Enxergou a
vitória sob Golias quando todos estavam fugindo com medo.

Assim como Samuel cheio de Deus, já estava decidido a servir ao Senhor para sempre,
enxergou seu chamado profético desde a madrugada em que o Senhor falou com Ele.

O jovem cheio do Espírito Santo tem visão! Não é como esses vazios e perdidos que não sabem
o que fazer da vida e acabam seguindo um caminho qualquer. Um jovem cheio de Deus, tem
um futuro brilhante nessa terra.

Mas eu não vim fazer poesia, eu vim entregar a você uma mensagem de Deus! Que você terá
essas 3 evidências do Espírito Santo em sua vida.

 Que se você não profetiza, vai profetizar!


 Que se você não sonha, vai sonhar!
 Que se você não tem visão, Deus vai abrir os teus olhos!

Porque Ele derramará a plenitude do Espírito Santo sobre ti. Creia. E isto acontecerá na
próxima oração da madrugada, e quando o dia amanhecer, serás uma nova pessoa para glória
de Deus.

Depois me conte o testemunho, Deus Ainda Usa Profetas.

Mensagem 3/3 Semana de Joel

A Praga de Gafanhotos que Destroem sua Vida Financeira


O que o gafanhoto cortador deixou o gafanhoto peregrino comeu; o que o gafanhoto
peregrino deixou o gafanhoto devastador comeu; o que o gafanhoto devastador deixou o
gafanhoto devorador comeu. (Joel 1:4)

Para quem esta passando uma crise, deve aprender com o profeta Joel a sair dela.

Os gafanhotos são pragas! Uma crise financeira chegou ao povo de Deus, e eles foram
alertados pelo profeta Joel. Ele narra a situação com detalhes (Jl 1:7-20).

E é incrível como Deus levantou o profeta Joel para profetizar a respeito da vida financeira do
povo. E isto é uma boa notícia para nós; pois Deus se importa com suas finanças!

Ao Senhor não agrada ver o seu povo empobrecendo, pelo contrário, o povo de Deus precisa
ser próspero, não rico, mas próspero, para que haja sustento na casa do Senhor e ofertas. (Leia
Joel 1:9,16).

A descrição desses 4 gafanhotos revela a forma como satanás trabalha para colocar o povo na
miséria. Esses 4 gafanhotos representam demônios que tem por objetivo destruir nossos
recursos.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Sim, o inimigo trabalha em várias áreas, mas também na vida financeira,
para destruir o seu dinheiro. Veja:

 Labão mudava o salário de Jacó para ele não prosperar (Gn 30:33-36. 31:7).
 Os inimigos entulhavam os poços de Isaque, para ele não prosperar (Gn 26:14,15).
 A primeira coisa que satanás fez com Jó, foi destruir toda a sua riqueza (Jó 1:10,11).

Então sim, o inimigo ataca as finanças e ele o faz através de 4 gafanhotos.

 O cortador = Um espírito maligno que trabalha para cortar os seus recursos, suas
fontes de renda.
 O migrador = Um espírito maligno que atua afastando de ti as oportunidades.
 O devorador = Um espírito maligno que trabalha para te fazer gastar o pouco que tem
naquilo que não é pão.
 O destruidor = Um espírito maligno que coloca contenda, provocando divisão e
destruindo a família a empresa e os negócios.

Sabia que as dívidas são motivo da destruição de casamentos, famílias e até amizades?
Certamente satanás esta envolvido nisso. (Jo 10:10).

Porém, Joel ensina o povo a sair da crise (Jl 2:12-17). Por isso também hoje, Deus irá usar os
seus profetas, não aqueles que só pedem dinheiro, mas aqueles que são comprometidos com
a palavra para ensinar o seu povo, o lugar junto a Deus, onde serão firmados na Rocha (Ex
33:21).

São 2 atitudes para sair da Crise: Conversão e União!

Conversão, com jejum e pranto. (Jl 2:12-14). E União! Se reunir para orar, jejuar, se santificar, a
família toda, a igreja inteira, em outras palavras, uma campanha de jejum e oração. Não é
campanha de pulo e grito, nem de musica alta, mas sim de oração e jejum.

E então ele diz: Chorem os sacerdotes e orem (Jl 2:17)! A liderança deve estar a frente,
exercendo o ministério que Deus lhes confiou.

E tudo isso que o profeta Joel esta falando é a mesma coisa que Deus falou no passado
dizendo:

Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se
afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua
terra. (2 Crônicas 7:14).

E é também a mesma coisa que o Senhor Jesus falou dizendo:

Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes
serão acrescentadas. (Mateus 6:33).

Em outras palavras, somente em Deus nossos recursos estarão protegidos. Somente colocando
Deus em primeiro lugar, é que prosperaremos. E este será o resultado: leia Joel 2:19:27.

Quer sair da crise? O profeta já mostrou o caminho.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mas mesmo um falido, pobre ou mendigo pode entrar no céu, pois
salvação não depende de bens. Então a principal pergunta é:

Por que Deus irá tirar você da crise?

A resposta é simples. Para que não cesse a oferta na casa do Senhor (veja Joel 1:9) e para que
volte a alegria e o regozijo na casa de Deus, isto é, o louvor de gratidão e a alegria do Espírito
Santo. (Joel 1:16).

Mensagem 1/2 Semana de Obadias

Como Deus Julga os Desviados


Por causa da violência feita a teu irmão Jacó, cobrir-te-á a confusão, e serás exterminado para
sempre. (Obadias 1:10)

Espero que você não esteja afastado dos caminhos do Senhor! Pois se for o caso, não pense
que escaparás ao juízo de Deus, ainda nessa vida!

Obadias é o menor entre os profetas menores, seu livro possui apenas 21 versículos, mas o
que falta em texto tem de sobra em peso e força! Sua profecia é forte, poderosa e trata do
terrível juízo de Deus sobre os edomitas.

Edom é um povo ímpio e desviado dos caminhos do Senhor. Edom é Esaú, que é filho de
Isaque, que é filho da promessa! (Gn 36:19. Gl 4:28).

E esta promessa passa naturalmente ao primogênito de Isaque, que é Edom! Porém ele se
desviou do caminho de seu pai Isaque e Abraão, ou seja, o caminho que agradou a Deus e lhes
deu justificação por causa da fé (Gn 15:3. Rm 4:3).

Ao se desviar do caminho de Abraão e Isaque. Edom perde a justificação que vem de Deus, por
isso, atualizando para hoje, ele se desviou do caminho do Senhor. E o ápice do seu desvio foi
quando vendeu sua primogenitura. Veja o texto:

Então disse Jacó: Vende-me hoje a tua primogenitura.


E disse Esaú: Eis que estou a ponto de morrer; para que me servirá a primogenitura? (Gênesis
25:31,32).

Isaque viveu 180 anos (Gn 35:28). Os “meninos” já estavam avançados em idade e por isso
disse Esaú: Estou a ponto de morrer! Ele se refere ao fato de que seu pai não morre nunca e
por isso a primogenitura não serve para nada.

E vendendo sua primogenitura, ele despreza a responsabilidade que tem como primogênito,
mas principalmente;

Despreza a responsabilidade que tem como servo de Deus e filho de Abraão, não dando valor
as promessas de Deus que foram feitas a Abraão e que passaram a Isaque e depois deveriam
passar para ele!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Não é assim hoje? Aquele que se desvia do caminho do Senhor esta
desprezando as promessas do Senhor e fugindo da responsabilidade que Deus impõe sobre
nós, que é: Anda na minha presença e sê perfeito! (Gn 17:1).

Desde então, Edom sempre criticou e prejudicou a Israel (Ob v10). Assim também é hoje, o
povo desviado vive a criticar o povo crente!

Muitos que saíram da igreja, vivem tentando provar que podem ser felizes sem Deus, quando
na verdade não conseguem, e por isso vivem a observar os cristãos para criticar e difamar. Eles
estão numa pior e querem escandalizar os crentes para desviá-los também.

O povo de Israel estava sofrendo o castigo de Deus, por causa dos seus próprios pecados. Deus
os estava enviando para o cativeiro, e permitiu a Babilônia levar o povo (Jr 27:6).

E os edomitas riram disso, zombaram do povo de Deus ao vê-los sofrendo. Por isso diz Deus:

Mas tu não devias olhar com prazer para o dia de teu irmão, no dia do seu infortúnio; nem
alegrar-te sobre os filhos de Judá, no dia da sua ruína; nem alargar a tua boca, no dia da
angústia; (Obadias 1:12)

Logo vemos que Deus não permite que desviados zombem do seu povo, ainda que eles
estejam errados! Pois ele é Senhor e Juiz. E não somente isto, Deus não permite que
zombemos nem mesmo dos nossos inimigos, veja:

Quando cair o teu inimigo, não te alegres, nem se regozije o teu coração quando ele tropeçar;
Para que, vendo-o o Senhor, seja isso mau aos seus olhos, e desvie dele a sua ira. (Provérbios
24:17,18).

Mas como Edom não se arrependeu, então agora o Senhor se levanta para julgá-los!

 Eles não irão crescer, isto é não irão prosperar (Ob v2)
 E o pouco que lhes sobrou, também será tirado (Ob v5-7. Conferir Mt 13:12)
 E o mal que fizeram, voltará para eles (Ob v15,16. Conferir Nm 32:23).

A boa notícia aos desviados, é que o pai os esta esperando em casa, pronto a perdoar os seus
pecados e assim todo juízo que possa vir sobre ti, será colocado na conta de Jesus Cristo, cuja
graça é infinita!

Aceite a Cristo hoje, e todos os teus pecados serão apagados. (Jo 3:16-20. Rm 10:9-17).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 2/2 Semana de Obadias

Deus Resiste ao Soberbo, o Anticristo


Se te elevares como águia, e puseres o teu ninho entre as estrelas, dali te derrubarei, diz o
Senhor. (Obadias 1:4)

Você é soberbo? O que significa soberba? Ora, soberba é arrogância, altivez, aquele que se
coloca acima de tudo e todos em qualquer área, lugar ou situação.

Por isso, a soberba é a principal característica do anticristo. Pois toda soberba é contra Deus. E
o anticristo é o que se levanta contra tudo que tem a ver com Deus (2Ts 2:3,4). Por que o diabo
caiu do céu? Porque entrou soberba no seu coração.

Por isso, quando diz que Deus resiste ao soberbo, ele resiste aos que tem espírito de anticristo
(1Jo 2:18). Resistir ao soberbo é justamente lutar contra ele, confronto direto! (Tg 4:6. 1Pe 5:5.
Sl 94:2. 138:6. Ez 21:26).

E o que isso tem a ver com Obadias? Ora, ele profetiza acerca da soberba de Edom, (Ob v3),
que é por causa dessa altivez que o Senhor irá derrubar Edom, ainda que se levante até as
estrelas.

E por isso, Edom é figura do anticristo, o eterno inimigo do povo de Deus; não ficarei admirado
se o anticristo for um descendente de Edom. Se assim proceder, saberemos que as palavras de
Obadias também são uma profecia da queda do império do Anticristo, por isso diz:

Se te elevares como águia, e puseres o teu ninho entre as estrelas, dali te derrubarei, diz o
Senhor. (Ob 1:4)

E por isso Deus disse: Amei a Jacó (de onde vem o Cristo) e aborreci a Esaú (de onde vem o
anticristo). (Ml 1:2,3. Rm 9:13). E não é de admirar porque Deus se direciona a Cristo
chamando-o pelo nome de Jacó ou Israel (Os 11:1. Is 44:1,2).

E porque aborreceu a Esaú? Porque ele é o desviado, que vendeu sua primogenitura, desistiu
da promessa e se tornou inimigo do povo de Deus, portanto, inimigo de Deus.

Todavia, não será assim o anticristo? Alguém que se levantará como sendo filho da promessa
(Os judeus o receberão Jo 5:43), reerguendo o templo e trazendo paz ao mundo? Mas que
logo em seguida irá se desviar e se tornar o principal inimigo do povo de Deus? (Dn 9:27. 1Ts
5:3).

Assim como será derrubado o anticristo, por causa da sua grande soberba, pois se diz dele:

E não terá respeito ao Deus de seus pais, nem terá respeito ao amor das mulheres, nem a deus
algum, porque sobre tudo se engrandecerá. (Daniel 11:37).

Assim também serão derrubados todos os soberbos começando pelos que estão no meio do
povo de Deus, infiltrados na igreja como Edomitas em Jerusalém (Ob v 13,16) para fazer
maldade ao povo santo do Senhor.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Serão totalmente exterminados, porquanto Obadias diz:

E a casa de Jacó será fogo, e a casa de José uma chama, e a casa de Esaú palha; e se acenderão
contra eles, e os consumirão; e ninguém mais restará da casa de Esaú, porque o Senhor o
falou. (Ob v18).

A casa de Jacó e José, povo do Deus vivo, tal qual a igreja, serão fortalecidos no poder do
Espírito Santo, o fogo, que queima pecado, que revela obras perecíveis (1Co 3:13), de tal forma
que os soberbos não resistirão.

Em resumo, Deus resiste ao soberbo, os anticristos, através do seu povo, revestindo-os de


poder. (1Co 4:20).

E assim é agora, o Senhor esta capacitando você no poder do Espírito Santo, para resistir aos
anticristos deste tempo presente, e por quê?

Porque Deus Ainda Usa Profetas

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/5 Semana de Amós

Estudo Bíblico em Amós


Mas o Senhor me tirou de seguir o rebanho, e o Senhor me disse: Vai, e profetiza ao meu povo
Israel. (Amós 7:15).

Já sabe qual é o peso do profeta Amós? Ele é o homem que “inspirou” a Isaías em seu
ministério. Ele começou antes de Isaías, e as profecias de Isaías lembram muito as palavras de
Amós, logo, percebemos que Isaías respeitava este grande servo de Deus.

Não confunda com o pai de Isaías cujo nome é Amoz, com Z no final e significa “Forte ou
Firme” típico de um homem que faz parte da realeza. Amós esteve profetizando entre os anos
810 e 725 a.C. Seu nome significa: “Aquele que carrega fardos!” Típico de um homem que
trabalha no campo.

Amós era pastor de ovelhas (Am 1:1), como também cuidava de outros animais que comem
grama (Am 7:14. Cf Gn 46:32). Ele vem de Tecoa, uma cidade pequena de Judá, ao sul de
Belém. Embora faça parte do reino sul, Judá, ele foi chamado por Deus para profetizar ao reino
norte, Israel (Am 7:15).

A profecia de Amós tem uma direção certa, ele fala contra os ricos de Israel (Am 2:6. 4:1). Ele
faz denúncias do pecado dos ricos, que é “enriquecer injustamente”. A riqueza não é pecado,
mas adquirir bens oprimindo os pobres, é um gravíssimo pecado diante de Deus. E é isto que o
profeta Amós condena.

Comentaristas concordam que ao enviar um simples pastor de ovelhas (pobre) para profetizar
aos ricos de Israel, o Senhor esta os humilhando grandemente ao mostrar que Deus anda com
um simples pastor de ovelhas, mas esta longe dos ricos que possuem altos cargos e títulos.

 Amós fala da queda de Jerusalém, (Am 2:5),


 Amós profetizou o cativeiro de Israel (Am 6:7. 7:17),
 Profetizou um terremoto que ficou conhecido na história e foi citado por Zacarias (Am
1:1. 2:13. Zc 14:5).

As frases polemicas no livro de Amós, são geralmente mal interpretadas. Por exemplo;

Quando ele diz: Andarão dois juntos se não estiverem de acordo? (Am 3:3). Se refere ao fato
de que Deus irá abandonar o seu povo, já que eles não concordam com a vontade divina.

Quando ele diz: Deus não fará coisa alguma sem primeiro revelar o seu segredo aos profetas
(Am 3:7). Quer dizer, que antes de enviar juízo e castigo ao seu povo, Deus avisa, porque os
ama e deseja que através do aviso, eles se arrependam. (Cf Am 4:6-12).

Quando ele diz: Rugiu o leão quem não temerá? (Am 3:8). Quer dizer: Quando Deus fala, o
profeta teme, ficando sem saída, a não ser profetizar e entregar a mensagem de Deus. E isso é
confirmado por ele mesmo quando diz:

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E respondeu Amós, dizendo a Amazias: Eu não sou profeta, nem filho de
profeta, mas boiadeiro, e cultivador de sicômoros. (Amós 7:14. Cf Jr 20:9. Ez 33:22).

Em Amós se cumpre o que confirma Paulo: E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as
desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; (1 Coríntios 1:28).

Deus escolheu um simples e humilde pastor de ovelhas, para denunciar o pecado dos grandes
e anunciar aos poderosos o juízo de Deus!

E isto, Deus continua fazendo ainda hoje! Será que você, tal qual Amós, tem coragem de
aceitar o chamado do Senhor?

Mensagem 2/5 Semana de Amós

Profeta de Deus é para Crentes e Ímpios!


Rugiu o leão, quem não temerá? Falou o Senhor DEUS, quem não profetizará? (Amós 3:8)

Você conhece um profeta que só profetiza para crentes? Isto não é profeta, isto apenas é dom
de profecia. Existe uma diferença gigantesca entre ser profeta e ter dom de profecia.

O profeta hoje é levantado pelo próprio Cristo, conforme Efésios 4:11 (cf 1Co 12:28). E este
chamado é semelhante ao dos profetas do antigo testamento, não é igual, mas tem algumas
semelhanças, e a principal é esta;

Profetas do antigo testamento, todos eles sem exceção, são conhecedores da palavra de Deus,
Calvino diz que são todos interpretes da lei. Assim também os profetas de hoje, devem ser
conhecedores das sagradas letras, tanto quanto obreiros e ministros devem ser. (2Tm 2:15. At
18:28).

E a prova de que os profetas do antigo testamento são conhecedores da palavra de Deus, é


que eles citam a lei de Moisés, os salmos e os escritos o tempo todo!

Profeta que não conhece bíblia não é profeta, é menino brincando com as coisas de Deus. Pois
nestes últimos dias a comunhão com Deus é ligada diretamente com a bíblia sagrada (Hb 1:1,2.
Jo 1:1. Ap 19:13. Sl 119:47. Jr 15:16. 1Pe 2:2. At 6:4).

Amós não foi profeta somente para Israel e Judá. Mas ele foi profeta para os de Damasco, os
de Gaza, os de Tiro, os de Edom, os de Amom e os de Moabe. Todos ímpios, mas para eles foi
enviada a palavra do Senhor através de Amós. (Am 1:3,6,9,11,13. 2:1).

Judá representa sua igreja, onde você congrega, pois Amós é morador de Judá (Am 1:1). Mas
profetizou principalmente para Israel, que representa a igreja dos outros.

Deus esta levantando profetas nestes dias, e se você é um deles, saiba disso: O Senhor não te
chamou para profetizar somente aos de Judá e Israel.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Você não é chamado a falar somente para os da sua igreja, ou somente
para os da igreja dos outros! Deus te chamou também para profetizar aos ímpios, os
incrédulos e até os ateus.

Profeta de Deus revela pecado de crente, mas também de ímpio! Entrega a palavra doa a
quem doer dentro da igreja e fora dela!

Abra teus olhos, chega de profetizar somente dentro da igreja, chega de falar em nome de
Deus somente aos crentes. Se Deus quem te chamou, deixa Ele te usar também para
denunciar a imoralidade e o pecado onde você passar!

Porque Deus não é Deus somente dos crentes. Nosso Deus é o Senhor de toda a Terra! (1Cr
16:14. Sl 47:2. 105:7. 33:8. Is 6:3). Então se prepare pois;

 Deus vai te usar para revelar pecado daquele seu amigo ímpio.
 Deus vai te usar para denunciar a imoralidade dos teus familiares dentro da sua casa.
 Deus vai te usar para denunciar o pecado até do seu patrão no trabalho.

Porque sobre ti virá um temor da palavra de Deus tão grande e profundo, que a voz dele no
teu coração será como rugido de leão e tal qual o profeta Amós você dirá:

Rugiu o leão, quem não temerá? Falou o Senhor DEUS, quem não profetizará? (Amós 3:8)

E quem te olhar vai saber: Que Deus Ainda Usa Profetas!

Mensagem 3/5 Semana de Amós

Deus Não Revela Tudo ao Profeta!


Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus
servos, os profetas. (Amós 3:7).

Quantas vezes você já ouviu alguém citar esse versículo para dar credibilidade a algum profeta,
no sentido de que você é obrigado a esperar no profeta, pois Deus vai revelar tudo para ele?

A verdade é que, nem tudo Deus revela aos seus profetas. Se assim fosse, muitas coisas não
fariam sentido, por exemplo;

 Pra quê buscar resposta de Deus na oração, se é só esperar o profeta revelar?


 Pra quê buscar resposta de Deus na leitura bíblica ou na pregação, se é só esperar o
profeta revelar?
 Pra quê buscar resposta na igreja, no culto, no louvor, se é só esperar o profeta falar?
 E pra quê buscar a Deus a quem não vemos e não ouvimos audivelmente? É melhor e
mais fácil buscar o profeta a quem vemos e ouvimos.

Quer ver exemplos bíblicos?

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Deus revelou a Abraão que lhe daria um filho, mas não disse quando isso
iria acontecer. Abraão teve que esperar em Deus 25 anos.

Deus revelou a José que ele iria governar, mas não revelou que seria vendido como escravo e
depois ficaria na prisão injustamente, também não revelou que seria governador após
interpretar o sonho do Faraó.

Deus revelou a Davi pelo profeta Samuel que ele seria rei, mas não disse quando, nem como,
nem onde! Imagina se Davi perdesse a fé quando foi ungido rei apenas em Judá? Dizendo
coisas como: eu pensei que seria rei de todo o Israel, mas o Senhor me fez rei apenas de uma
cidade. (2Sm 2).

Você tem promessa de Deus? Já sabe quando vai acontecer? Como? Onde? Já sabe o que terá
que enfrentar, quais gigantes derrubar, e como irá conquistar essa promessa? Então, Deus não
revelou tudo a você. (Dt 29:29).

Afinal, então do quê o profeta Amós esta falando quando diz: Certamente o Senhor DEUS não
fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas. (Am 3:7).

Ora, veja o contexto e entenderá que ele fala do juízo, da punição e do mal que virá a cidade
por causa dos pecados deles. Ou seja, tem a ver com o amor e a bondade de Deus, assim;

 Quanto ás bênçãos de Deus, umas você sabe, mas outras Deus te surpreende! Porque
ELE É BOM.
 Porém, quanto ás punições, disciplinas e juízos de Deus, por amor, ele sempre te avisa,
para que você tenha chance de se converter antes que aconteça. Porque ELE É BOM.

A maior alegria do pai e da mãe é fazer surpresas aos filhos, para ver aquele sorriso feliz no
rosto deles. Assim também Deus, não revela tudo, para te fazer surpresas.

Porém, quanto aos juízos, ele sempre avisa, sempre revela, para que você tenha chance de
mudar o seu futuro! Quando você vai no caminho errado, Deus sempre revela, sempre
adverte, sempre avisa! (Am 4:6-12).

A pregação de Amós começa dizendo:

De todas as famílias da terra só a vós vos escolhi; portanto eu vos punirei por todas as vossas
iniqüidades. (Amós 3:2).

Isto quer dizer: Eu escolhi vocês, e isto é um privilégio que outros não tiveram, mas como
vocês não deram valor a esta bênção, então serão punidos. E daí em diante, ele continua
dizendo:

Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? Quer dizer, como posso andar
com vocês, se não estão de acordo com minha lei e nem fazem a minha vontade? Ao mesmo
tempo que vocês não andam com Deus, o profeta esta com o Senhor, ele não poderia
profetizar se não estivesse de acordo com Deus.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Rugirá o leão no bosque, sem que tenha presa? Levantará o leãozinho no
seu covil a sua voz, se nada tiver apanhado? Entendam, se Deus esta rugindo bravo como
Leão, é porque os apanhou, vocês se tornaram a presa Dele.

Cairá a ave no laço em terra, se não houver armadilha para ela? Levantar-se-á da terra o laço,
sem que tenha apanhado alguma coisa? Ao ouvirem o barulho do laço saberão que uma ave
caiu nele, se o laço foi levantado da terra, é porque pegou a ave. Quer dizer, o profeta é o
aviso de que a armadilha funcionou, uma ave foi pega, esta ave é Israel, e uma vez presa ao
laço de Deus, será julgada. Em outras palavras, quer dizer: Se eu estou aqui profetizando, é
porque de fato o juízo esta próximo.

Tocar-se-á a trombeta na cidade, e o povo não estremecerá? Sucederá algum mal na cidade,
sem que o Senhor o tenha feito? Vocês são o povo do Senhor, que ele escolheu, por isso,
quem vos julga é o Senhor, todo mal que vier sobre esta cidade, vem de Deus, mas a boa
notícia é:

Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus
servos, os profetas. (Amós 3:3-7).

Enfim, Deus não revela tudo, com relação as bênçãos, mas sobre o juízo ele avisa sempre! Por
isso, se você esta sendo avisado, cobrado, advertido por Deus de alguma coisa, saiba que é
porque esta perto!

Volte-se do seu mal caminho o mais rápido possível. Pois o Senhor é Fiel no que diz, Mas
também misericordioso. (Sl 30:5).

Mensagem 4/5 Semana de Amós

Quando o Louvor e a Oferta Não Fazem Diferença


Nenhuma para Deus
Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias das tuas violas.
(Amós 5:23acf)

Você gosta de cantar? Gosta de ouvir hinos no radio, no youtube e junto ao som louvar a
Deus? Sabia que existem situações onde Deus não recebe nada disso?

Orgulha-se por ter uma bela voz? Considera-se um verdadeiro “adorador” na presença de
Deus? Mas será que Deus recebe o teu louvor?

A quem pense que oferta é uma coisa, e louvor é outra. Na verdade não! Oferta, dizimo e
louvor são comuns;

 Todos fazem parte do culto,


 Todos são coisas que oferecemos a Deus,
 Todos são coisas que Deus pode rejeitar se não for do seu agrado.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
O profeta Amós denuncia o pecado do povo e depois alerta dizendo que
sua religião é vã, que Deus não esta recebendo nem considerando nada do que eles estão
fazendo.

 Deus não se agrada das festas, nem das reuniões de culto (Am 5:21)
 Deus não se agrada de holocaustos, nem dos sacrifícios (Am 5:22)
 Deus não esta recebendo nenhuma das ofertas, ainda que sejam pacíficas (Am 5:22)
 Deus não esta recebendo nem mesmo a música que é tocada (Am 5:23)

Vivemos dias, onde não é possível sentir a presença de Deus em muitas igrejas por aí. É como
se Deus tivesse faltado no culto que foi feito para Ele. Talvez devemos considerar o profeta
Amós, quando diz que o Senhor não esta recebendo nada!

E por qual motivo Deus esta rejeitando tudo? O que fez o povo, para que Deus rejeitasse o
culto inteiro?

É importante perceber quê, se esta tendo culto, reuniões, ofertas, sacrifícios, louvores,
significa que aparentemente o povo esta buscando a Deus e agradando a Deus.

Mas é como se Amós entrasse na igreja e mandasse parar com tudo, porque Deus não esta
recebendo nada!

E o motivo? Pecado! Qual pecado? A falta da prática da justiça. Leia Amós 5:1-27. O versículo
chave é este:

Odeiam na porta ao que os repreende, e abominam ao que fala sinceramente. (Amós 5:10)

Isto significa que existiam algumas pessoas insatisfeitas, que os repreendiam, e outros que
com sinceridade tentavam mostrar ao povo seus erros. Mas eles odiavam e desprezavam
qualquer que tentasse falar a verdade.

Então o que este texto nos ensina? Ora, ensina que se não praticamos a justiça, se não
fazemos o que é bom e reto, então nosso culto é em vão. Nem mesmo nosso louvor será
aceito.

A forma como você anda fora da igreja, vai determinar se Deus recebe ou não o seu louvor
dentro da igreja. Isto significa que:

Santidade não é só orar e jejuar. Mas santidade é fazer o bem, procurar ser justo e honesto.
Comprar e pagar, prometer e cumprir. Como também é: Ouvir a repreensão, entender e
obedecer. (1Sm 15:22).

Você quer cantar? Quer louvar? Quer ofertar? Quer cultuar ao Senhor? Então procure
consertar sua vida em todas as áreas, dando frutos dignos de arrependimento, e aí sim o
Senhor receberá o seu culto como cheiro suave.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 5/5 Semana de Amós

Fome e Sede de Ouvir a Palavra do Senhor


Eis que vêm dias, diz o Senhor DEUS, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão,
nem sede de água, mas de ouvir as palavras do SENHOR. (Amós 8:11)

Quando essa profecia se cumpriu? Como assim fome de ouvir as palavras do Senhor? Como
isso acontece na prática? E se eu não estou com fome da palavra, isso é bom ou é ruim?

Quando ele diz que não é fome de pão, mas sim da palavra de Deus, trata-se de fome
espiritual.

Assim como uma pessoa pode morrer de fome se não tiver alimento para comer, e morrer de
sede se não tiver água para beber. Assim também aquele que tem fome espiritual, pode
morrer espiritualmente.

E o que se vê hoje ao nosso redor?

 Evangélicos na política escandalizando o reino de Deus.


 Cantores famosos na mídia dando péssimo testemunho.
 Pastores decepcionando geral o povo e sendo considerados piores que ladrões.

Os evangélicos no Brasil estão crescendo? Os fatos dizem o contrário.

Pois um cristão verdadeiro faz a diferença onde passa, onde mora, onde trabalha, onde
estuda! E o resultado disso é que a maldade vai diminuindo e a bondade prevalecendo.

Porém não vemos as brigas diminuindo, não vemos a união aumentando, não vemos os
casamentos se firmando, mas pelo contrário, há muitas brigas dentro da igreja tanto quanto
fora, há muita desunião no povo de Deus e os divórcios dentro da igreja são quase maiores do
que fora da igreja.

Mas tem tantas igrejas abençoadas e cheias no Brasil! Sim, isso é verdade. Temos vários
templos cheios. Mas como diria o Hernandes;

É muito ajuntamento e pouco quebrantamento, muito movimento e pouco avivamento, muita


aparência e pouca essência, muitas folhas e pouco fruto, muitos cultos festivos e poucas almas
se salvando!

A fome é um dos 4 juízos mais severos de Deus. (Ez 14:21). E agora, Amós fala que Deus
também pode enviar fome espiritual, que é pior do que a fome normal. E o motivo de Deus
enviar essa fome espiritual, é:

 Por causa do desprezo a palavra de Deus,


 Da indiferença a palavra de Deus,
 Da falta de zelo com a sua palavra!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
É uma situação de causa e efeito, se não ouvem os profetas, se rejeitam a
palavra, então o Senhor irá se calar por 400 anos. Isto você deve conhecer como período inter-
bíblico, o espaço tempo entre o AT e o NT.

E como acontece essa fome na prática?

Não seria a primeira vez que o Senhor envia fome espiritual. Já aconteceu antes, vejamos
alguns relatos:

E Israel esteve por muitos dias sem o verdadeiro Deus, e sem sacerdote que o ensinasse, e sem
lei. (2 Crônicas 15:3)

Já não vemos os nossos sinais, já não há profeta, nem há entre nós alguém que saiba até
quando isto durará. (Salmos 74:9)

As suas portas caíram por terra; ele destruiu e quebrou os seus ferrolhos; o seu rei e os seus
príncipes estão entre os gentios, onde não há lei, nem os seus profetas acham visão alguma do
Senhor. (Lamentações 2:9)

Miséria sobre miséria virá, e se levantará rumor sobre rumor; então buscarão do profeta uma
visão, mas do sacerdote perecerá a lei e dos anciãos o conselho. (Ezequiel 7:26)

Percebeu o que é fome espiritual? Não há profeta, significa que não há quem chame o povo a
santidade e revele a vontade do Senhor.

Uma simples pesquisa na internet revela quantas profecias erradas, quantas enganações,
‘revelamentos’ e profetadas estão acontecendo hoje no Brasil.

Também do sacerdote perecerá a lei. Quer dizer, pastores vazios que não conseguem
alimentar a igreja. E os únicos cultos em que você consegue ouvir uma boa palavra, são em
congressos porque trouxeram alguém de fora, e às vezes a palavra não é boa o bastante.

E hoje muitos pastores já admitiram que não podem alimentar o rebanho, e por isso,
abandonaram a pregação da palavra e se dedicaram a shows de música, entretenimentos e
festividades de todo tipo.

E hoje se cumpre novamente a profecia de Amós, pois as pessoas estão correndo atrás da
palavra, disputando os pregadores itinerantes, reclamam das ofertas que eles cobram, quando
deveriam ter vergonha de não buscar eles mesmos a doce e santa palavra de Deus.

Por isso Amós diz: E irão errantes de um mar até outro mar, e do norte até ao oriente;
correrão por toda a parte, buscando a palavra do Senhor, mas não a acharão. (Amós 8:12)

Qual foi o evento de missões referencial de pregadores no Brasil por muitos anos? Onde esta
ele agora?

E quantos jovens há que saíram da igreja e protestam contra ela? Não é isto morte espiritual?
Resultado da fome espiritual?

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
É incrível como Amós explica que um dos resultados da fome espiritual é
justamente os jovens caindo. Veja:

Naquele dia as virgens formosas e os jovens desmaiarão de sede. (Amós 8:13)

Por quê de sede e não de fome? Porque a fome é da palavra doce e pura que vem de Deus.
Mas a sede é da água, o Espírito Santo, aquele que faz jorrar em você um rio de águas vivas!
(Jo 7:38,39).

Esta água é tão poderosa que leva vida por onde passa (Ez 47:9) e só o cheio dela já faz brotar
a mais seca das árvores (Jó 14:7-9).

Oh meus irmãos, não podemos ficar de braços cruzados enquanto a fome mata o povo e a
sede desmaia nossos jovens.

 Cadê aqueles que viravam noites lendo a bíblia? E meditavam, e oravam e choravam
no colo do pai.
 Cadê aqueles que diziam: Usa-me Senhor! Eis-me aqui, envia-me a mim!
 E que choravam e suplicavam dizendo: Senhor, por favor, usa-me, eu imploro!

Para onde foram nossos heróis? Homens e mulheres tão bem nutridos espiritualmente que
eram capazes de pregar e ensinar o dia todo? E que viviam tão inspirados que poderiam
escrever vários hinos com base bíblica, os quais estão na harpa cristã hoje?

Enquanto você fica competindo com seus parentes e vizinhos para ver quem enriquece mais
rápido, quem junta mais tecnologia, quem tem o melhor celular; ALMAS ESTÃO MORRENDO
DE FOME E SEDE DENTRO DA IGREJA BEM DEBAIXO DO SEU NARIZ!

Uns estão perdendo tempo em debates teológicos, outros estão perdendo tempo falando mal
do dizimo, de pastores e da igreja em geral, e poucos estão lutando para levantar os muros!

Esta faltando Neemias, está sobrando Sambalates. Tem muitos para criticar, atrapalhar e
derrubar, mas poucos para edificar, trabalhar e construir.

Mas Deus que é riquíssimo em amor e misericórdia, pela sua infinita graça, ainda nos dá uma
chance e envia o seu divino Espírito Santo ao Brasil, mais uma vez, para levantar profetas!

É você? É você rapaz? É você irmã? É você moça?

DEIXA DEUS USAR A SUA VIDA, PORQUE JESUS VEM AÍ.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/3 Semana de Jonas

Porque Jonas não conseguiu Evitar o Chamado de Deus


Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até
mim. (Jonas 1:2)

Existe chamado inevitável? Afinal, Jonas não tinha livre arbítrio para decidir não pregar em
Nínive? Por que Deus o “obrigou” a pregar lá de qualquer jeito?

Jonas significa ‘pomba’. Ele é um dos profetas menores mais famosos, por sua incrível
experiência com Deus. É importante lembrar que este profeta, fez muito mais coisas,
profetizou entre 855 e 784 a.C aproximadamente.

Seu livro não traz profecias, mas relata um testemunho. Talvez a maior experiência que ele
tivera com Deus. E esta experiência aponta para a morte e ressurreição de Cristo, conforme ele
mesmo relata (Mt 12:38-42).

Fica subtendido que Jonas é um profeta experiente e obediente ao Senhor (2Re 14:25). Caso
não fosse, não teria ganhado essa missão. Para além disso, ele era patriota. Em seus dias, o
maior inimigo em potencial do povo de Deus era a Assíria, cuja capital é Nínive.

Jonas queria atrasar a mensagem, até que fosse tarde demais e assim veria os inimigos do
povo de Deus sendo destruídos por Deus. (Jn 4:2). Como se diz: Ao invés de se deixar ser usado
por Deus, ele tentou usar Deus.

Todos nós já agimos como Jonas, não querendo que nosso maior inimigo se converta, não
querendo que nosso inimigo receba da misericórdia e graça de Deus em lugar de juízo.

Se você já pensou que Deus deveria julgar alguém, ou mesmo, condenar logo alguém, então
você já pensou como Jonas.

A questão do chamado é simples. Jonas já tinha atendido o chamado para ser profeta (2Re
14:25). E se considerarmos que seu pai, também foi profeta, então é algo que Jonas queria ser
desde pequeno. Ou seja, é mais um dia comum no ministério do filho de Amitai, onde a voz de
Deus vem até ele e lhe dá uma ordem.

O problema é que Jonas decidiu não obedecer dessa vez. Em outras palavras, não tem nada a
ver com livre arbítrio, nem com chamado, mas sim com responsabilidade. Ora, se você aceitou
o cargo de profeta, não pode rejeitar as funções que vem com ele.

Se você aceitou o emprego, não pode rejeitar as ordens do patrão. Isso não tem a ver com seu
livre arbítrio, mas tem a ver com sua dívida! Pois quem aceita o emprego, ou o cargo, ou a
função, ou o ministério profético esta devendo obediência a Deus.

Existia uma crença naquele tempo, de que cada deus é dono de uma terra, porque cada terra
tem um deus principal. No caso da terra de Israel, o Deus da terra é Jeová, o todo poderoso!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E é provável que Jonas pensou que indo para outra terra, estaria livre das
responsabilidades com o Deus de Israel. Porém, ao perceber que seria inútil fugir, reconheceu
que o seu Deus domina muito além das fronteiras de Jacó.

E ele lhes disse: Eu sou hebreu e temo ao Senhor, o Deus do céu, que fez o mar e a terra seca.
(Jonas 1:9)

 Ele não conseguiu evitar, porque já tinha aceitado ser um profeta;


 Ele não conseguiu evitar, porque Deus não esta limitado a território;
 Ele não conseguiu evitar, porque Deus manda na terra e no mar;
 Ele não conseguiu evitar, porque a bondade a misericórdia e a graça de Deus também
alcançam os ímpios, ainda que um profeta não queira;

Ele não conseguiu evitar, porque Deus manda na terra (Jn 1:2), manda no mar (Jn 1:4), manda
nos animais (Jn 1:17), manda nas plantas (Jn 4:6), manda nos vermes (Jn 4:7), e como não
mandará também no homem?

 Jonas não é um exemplo de obediência ao Senhor. Mas ainda assim é um profeta.


 Não é um exemplo de compaixão pelas almas perdidas, mas ainda assim é um profeta.
 Não é um exemplo de amor aos inimigos, mas ainda assim é um profeta.

E Por quê? Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são para
aniquilar as que são; para que nenhuma carne se glorie perante ele. (1 Coríntios 1:28,29)

Então digo a você “Jonas”, se prepare, pois o Senhor Ainda Usa Profetas.

Mensagem 2/3 Semana de Jonas

Profeta Jonas, Grande Ganhador de Almas


Levantou-se, pois, Jonas e foi a Nínive, segundo a palavra do Senhor. Ora, Nínive era cidade
mui importante diante de Deus e de três dias para percorrê-la. (Jonas 3:3).

Digam o que quiserem, Jonas ganhava almas em todo lugar onde passava, mesmo quando não
tinha vontade nenhuma de pregar. Fala sério!

A bíblia diz que os homens são como peixes (Hb 1:14), com base nisto Jesus falou: “Vos farei
pescadores de homens”. (Mt 4:19).

No caso de Jonas, ele é quem foi pescado por um peixe enorme. Uma forma de humilhá-lo ao
ultimo. Já que o normal é os homens pescarem os peixes. Mas quando Deus quer agir, peixe
vira pescador e homem vira isca.

Porém, existe algo de especial em Jonas. Ele tem o dom para ganhar almas, algo parecido com
o ministério de evangelista (Ef 4:11). Onde esse rapaz teimoso passava, almas se convertiam.

Creio que é por isso que Deus enviou Jonas até Nínive, porque grandes homens como
Jeremias, Oséias e Amós pregaram por muitos anos e não ganharam ninguém ou quase

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
ningúem, pelo contrário, quanto mais pregavam, mais as pessoas se
afastavam deles e de Deus.

Mas não foi assim com Jonas, ele desistiu de pregar e resolveu tirar umas férias, fazer um
cruzeiro marítimo, pegar umas ondas, tomar sol na praia.

E embora Deus tenha tapado o sol com nuvens e enviado uma tempestade violenta que
frustrou as férias de Jonas, ainda assim, ele ganhou todas as almas a bordo! (Jn 1:4,5,9,16).

Num momento aqueles homens estavam cada um clamando ao seu deus (Jn 1:6), no outro
momento, estavam todos clamando ao Deus de Jonas (Jn 1:14) e logo depois estavam todos
temendo e oferecendo sacrifícios ao único Deus verdadeiro (Jn 1:16).

E qual foi a pregação de Jonas naquele barco?

Ora, ele não tinha se preparado para pregar, só queria viajar, e sua mensagem foi uma das
mais curtas da história dos pregadores. Porque ele apenas disse: Eu sou hebreu, e temo ao
Senhor Deus do céu e da terra. (Jn 1:9).

Sua vontade de pregar era tão pouca, que ele preferiu morrer afogado do que ir pregar em
Nínive. Ora, jogá-lo ao mar não era a única solução para parar a tempestade. A solução mais
fácil era:

“Virem o barco, voltemos para Jope de onde saímos, se eu atender a vontade do Senhor ele
retirará de nós essa tempestade.”

Afinal, qualquer cristão sabe disso, que quando Deus esta nos apertando por causa de
rebeldia, então é só começar a obedecer e a tempestade passa e vem à brisa.

Se Jonas mandasse mudar o curso do navio, certamente Deus não só iria parar a tempestade,
como mandaria uma brisa para ajudar o Navio a voltar mais rápido ainda.

Mas conjecturo que Jonas pensou: Eles me jogam do barco, eu morro afogado nas águas
agitadas, e lá no céu me entendo com Deus que me matou. Mas para Nínive não irei.

Dizem que quando um homem vai para a prisão por tempo suficiente, ele se arrepende de
verdade. No caso de Jonas, foi preciso 3 dias em uma cadeia de segurança máxima, no fundo
do oceano.

E nem assim ele mudou de ideia, penso que Jonas era nordestino, porque oh profeta da
cabeça dura! Veja sua oração no capítulo 2, em nenhum momento ele promete que agora vai
pregar em Nínive. Ele apenas faz um voto de oferecer sacrifícios a Deus (Jn 2:9).

E não pense que o peixe o deixou em Nínive. Porque esta cidade não tem litoral, ela fica
localizada muito longe da praia. A pergunta é: Onde o peixe deixou Jonas afinal?

Certamente em alguma praia. Mas não foi em Nínive. Jonas voltou para casa, algum tempo
passou, e então novamente Deus fala com ele:

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E veio a palavra do SENHOR segunda vez a Jonas, dizendo:
Levanta-te, e vai à grande cidade de Nínive, e prega contra ela a mensagem que eu te digo.
(Jonas 3:1,2).

Acredito que Jonas pensou: Fazer o quê, se tentar fugir o Senhor vai colocar o universo inteiro
contra mim!

A bíblia diz que para andar na cidade de Nínive do começo ao fim, é uma viajem de 3 dias.
Agora, veja que Jonas andou apenas por um dia (Jn 3:4).

 Sem vontade de pregar, ele trouxe uma mensagem curta novamente. (Jn 3:4)
 Sem vontade pregar, andou apenas 1 dia, ao invés de 3. (Jn 3:4)
 E desejando muito ver o fim da cidade, sentou-se de camarote para ver o fim de Nínive
(Jn 4:5).

Mesmo assim, a cidade inteira se converteu (Jn 3:6-10)! Imagina se ele estivesse com vontade
de pregar?

Muitas pessoas com vontade de pregar pregam a vida toda e não ganham nem um terço da
cidade em que pregam. Jonas sem vontade pregar, pregou em um terço da cidade e ganhou a
cidade toda, em apenas um dia!

E o que isso tem a ver contigo? É que Deus ainda levanta profetas, Deus ainda usa profetas, e
se Ele fez isso através de um cara chato igual Jonas, poderá fazer através da sua vida também!

Profetizo em Nome de Jesus Cristo, o nazareno, que se você se levantar e pregar aos gentios,
aos não convertidos, as almas perdidas, você também será um grande ganhador de almas, tal
qual foi Jonas, no pouco que pregar, muito irá ganhar! Para Glória de Deus.

Mensagem 3/3 Semana de Jonas

4 Pontos do Avivamento em Nínive


E os homens de Nínive creram em Deus; e proclamaram um jejum, e vestiram-se de saco,
desde o maior até ao menor. (Jonas 3:5)

Sabe por que tem tanto crente fraco nesse Brasil? Porque faz mais de 100 anos que passou um
avivamento por aqui; já passou da hora de vir outro.

Acontece que o avivamento que houve no Brasil foi apenas uma onda de outro avivamento
que aconteceu nos Estados Unidos. Ou seja, nunca tivemos um avivamento que começou aqui!

Por enquanto, porque em nome de Jesus, esta para chegar não dos Estados Unidos, não da
Europa, não da Ásia nem da África, mas do céu, do trono de Deus, é que virá um grande
avivamento no Brasil e daqui se espalhará pelo mundo.

Qual foi o segredo de Jonas para levar avivamento em Nínive?

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Pois converter uma cidade inteira, em apenas 1 dia, pregando uma
mensagem negativa, que fala de destruição e juízo, para um monte de pessoas que não
conhecem a Deus... É um tremendo avivamento com certeza!

Sabemos que avivamento não vem dos homens, ele vem somente de Deus. Porém, também
sabemos que nós pregadores, profetas e ministros, precisamos fazer a nossa parte para que
este avivamento aconteça.

Algumas coisas que contribuíram para este avivamento em Nínive:

 1. O pregador foi mandado por Deus. Diga o que quiser, mas não ouse pregar se não
tem comunhão com Deus.

Jonas tinha tanta comunhão com Deus, que conseguia ver Deus agindo na tempestade (Jn 1:4).
Viu Deus agindo no peixe, ele sabia que o peixe trabalhava para Deus, por isso orou ao Senhor
e por isso escreveu assim no seu livro (Jn 1:17).

 2. Ele conhece a Deus!

E ele não queria pregar por um motivo. Por que já sabia que Deus ia salvar muita gente, e ele
não queria isso para Nínive. (Jn 4:2). Ou seja, ele conhece Deus como ninguém! Se você não
conhece Deus, de forma profunda, então fique no banco.

 3. Ele não estava preocupado em convencer ninguém.

Sabemos que o motivo da sua falta de preocupação, era porque desejava o juízo para Nínive.
Mas isso nos ensina que, se ficarmos preocupados em converter todo mundo, podemos cair na
tentação de usar meios humanos para ganhar as pessoas ao invés de deixar na mão de Deus.

Já viu pregadores e pastores que gostam de usar argumentos filosóficos, motivacionais, fazer
promessas de bênçãos, etc e etc só para ganhar mais pessoas para suas igrejas? Pois é, o Jonas
não estava nem aí para isso.

 4. Ele pregou somente o que Deus mandou! Nem mais, nem menos!

É impossível vir um avivamento se nós pregarmos outra coisa, que não seja a palavra de Deus.

Você quer um avivamento em sua vida? Leia a bíblia diariamente.

Você quer um avivamento em sua igreja? Comece a pregar a bíblia naquele lugar. Não deixe
que preguem coisas sem base bíblica, que façam afirmações sem citar versículo, que tragam
conclusões sem mostrar na bíblia a origem.

Oh Senhor! Estamos cansados de sermões sem base bíblica, de pregadores que não citam
versículos, de pastores que só motivam, mas não avivam!

Que Deus levante mais homens como Jonas nesta geração, e que o temor que caiu sobre
Nínive caia sobre nós no Brasil. Em nome de Jesus.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/2 Semana de Naum

Quando Acaba a Paciência de Deus


Eis que eu estou contra ti, diz o Senhor dos Exércitos; e levantarei a tua saia sobre a tua face, e
às nações mostrarei a tua nudez, e aos reinos a tua vergonha. (Naum 3:5)

Sabia que existe um tipo de pecado que esgota rapidamente a paciência de Deus?

Pois é o que acontece no livro do profeta Naum. Deus esta se vingando de Nínive, em favor do
seu povo Judá. (Na 1:13-15).

E não somente isso, o profeta deixa claro que Nínive será destruída por Deus, por causa dos
seus muitos pecados. O livro tem apenas 3 capítulos e são fáceis de entender:

Naum capítulo 1 – O Profeta Apresenta Deus, o todo poderoso. Fala dos seus atributos, da sua
ira e também da misericórdia do Senhor.

Naum capítulo 2 – O profeta conta com muitos detalhes como será a destruição de Nínive, ela
será cercada e depois tomada.

Naum capítulo 3 – O profeta narra alguns dos pecados dessa cidade, justificando o juízo de
Deus, mostrando que eles merecem todo mal que virá sobre eles.

A aproximadamente cerca de 150 anos antes, o profeta Jonas converteu toda essa cidade.
Porém, agora, apenas 1 geração depois, a cidade esta novamente corrompida e mergulhada
no pecado e na maldade.

Os cananeus com seus gravíssimos pecados tiveram 4 gerações de tempo para se arrepender
antes de chegar o juízo de Deus com Josué e o exército de Israel. (Gn 15:16). Mas o pecado de
Nínive foi tão grande, que em apenas 1 geração, veio sobre eles o Juízo de Deus.

E chegaram a um ponto onde não há mais volta. Nos tempos de Jonas ainda existia volta,
perdão e reconciliação, por isso Deus os poupou. Porém, agora no tempo do profeta Naum, já
acabou o tempo do perdão.

O profeta Isaías sabia disso, que o tempo do perdão pode acabar, e ele viu que logo acabaria
para Israel e Judá, como de fato aconteceu, eles foram levados para o cativeiro. Mas ao ver
que o perdão acaba Isaías disse:

Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. (Isaías 55:6).

O Senhor perdoa pecados, mas costuma vingar transgressões. Qual a diferença entre pecado e
transgressão?

Pecado é errar o alvo. Ou seja, você não conseguiu fazer o que é certo, o que deveria fazer.

Transgressão é romper os limites. É quando você faz coisas erradas, sabendo que são erradas,
porém ignora sua consciência e pratica o mal mesmo assim.

O profeta Amós falou contra as nações que transgrediram. (Am 1:3-14).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Se você faz coisas erradas sabendo que são erradas, o Senhor irá cobrar
isso de ti! E não há desculpas, pois tal qual a cidade de Nínive conheceu a verdade pelo profeta
Jonas e se converteu ao Senhor.

Assim também você, transgressor da graça de Deus, você conhece a verdade e mesmo assim
pratica o mal.

Sabe que não deve mentir, mas mente para ter vantagem.

Sabe que não deve roubar o que é dos outros, mas rouba!

E pensa que porque Deus é amor, já estás perdoado? Esse tipo de comportamento, Deus pune
publicamente. Como foi com Davi. (2Sm 12:11,12. E 2Sm 16:22).

E o juízo de Deus é tão certo, que manda a Nínive que se fortaleça (Na 2:1) já sabendo que não
irá adiantar.

Pecado Deus perdoa, mas a transgressão só é perdoada dentro do tempo de perdão, o tempo
da paciência de Deus. Mas terminando esse tempo, a vingança do Senhor é certa. (Ez 25:17).

Vigiemos, e que nossas vidas sejam marcadas por essa advertência: Santidade ao Senhor!

Mensagem 2/2 Semana de Naum

O Juízo de Deus na Vida Financeira


Ainda que fizeste os teus negociantes mais numerosos do que as estrelas do céu, o gafanhoto
devorador invade e sai voando. (Naum 3:16).

Sim eu sei. Alguém já esta preocupado com o que vou dizer. E quem sabe alguns já estão
nervosos só de ver esse título. Pois quando o assunto é dinheiro, os avarentos ficam loucos.

Vivemos dias de tanta avareza que não se pode falar de finanças e ofertas. A ultima vez que
dei um estudo bíblico sobre Joel que apenas mencionou o gafanhoto devorador, e nem
entramos no mérito de ofertas, mesmo assim um cidadão veio me xingar. (1Tm 6:10).

Por isso aviso, eu pregador Manassés, não estou te pedindo oferta nenhuma :-D Mas quero
falar de finanças aos que gostam de estudar a bíblia.

O profeta Naum traz juízo contra a cidade de Nínive. E durante seu curto livro, vemos como
Deus irá destruir completamente essa cidade. Por exemplo;

 O Senhor reconhece que os Ninivitas não andam mais com Deus, (Na 1:7), isto porque
150 anos atrás Jonas converteu toda essa cidade.
 O Senhor deixa claro que não é acaso nem coincidência, mas que Ele mesmo, o Senhor
dos Exércitos, é que esta se levantando contra Nínive. (Na 1:8,9. 2:13. 3:5).
 O Senhor dá a sentença eterna contra eles. Nunca mais essa cidade se levantará, e a
Assíria nunca mais se erguerá. (Na 1:10-12, 14-15).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
 O Senhor diz que a destruição de Nínive é uma boa notícia para as
nações. (Na 1:15. Is 52:7).
 O Senhor dá detalhes de como será todo esse juízo, ele irá enviar um exército inimigo.
(Na 2:1-13).

Nós sabemos que a Babilônia estava se levantando para conquistar a Assíria. E é através deles
que Deus irá julgar a capital da Assíria, que é Nínive. E se você vivesse naquele tempo, iria
perguntar:

Mas pregador Manassés, a cidade de Nínive é poderosa em tudo, ao extremo, é impossível


vencê-los! Pois ainda que o inimigo consiga ser maior, eles têm recursos e parcerias, e podem
contratar exércitos de mercenários.

E é por isso, que Deus irá cortar os seus recursos financeiros, levando-os a falência para que
suas parcerias sejam enfraquecidas e não haja possiblidade de contratar ninguém para ajuda-
los. Veja o texto:

Ainda que fizeste os teus negociantes mais numerosos do que as estrelas do céu, o gafanhoto
devorador invade e sai voando. (Naum 3:16).

Negociantes numerosos. Esse é o segredo de Nínive para ter poder financeiro na cidade.
Porém, Deus já avisa que enviou o gafanhoto devorador, que é capaz de levar a falência
financeira uma cidade inteira.

E não pense que isso é difícil, pois se você acompanha a politica do nosso Brasil, então sabe
que atualmente temos cidades e estados falidos financeiramente, sem recursos para agir,
esperando que o presidente faça um ‘milagre’.

Estamos vendo Deus agir de forma estratégica para julgar a cidade de Nínive. Cortando os
recursos financeiros, eles ficam se ação, pois na vida do ímpio, o dinheiro é que move tudo!
Tira-lhes o dinheiro e eles são facilmente destruídos.

Mas não é assim na vida do justo, que mesmo quando acaba tudo, ele ainda tem Deus, e se
você tem Deus, então não perdeu nada, pois o Senhor é dono do ouro e da prata. (Ag 2:8). E
então ele pode louvar como Habacuque:

Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os
campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais
não haja gado, Todavia, eu me alegro no Senhor, exulto no Deus da minha salvação. (Hb
3:17,18).

Porém, aprendemos com Naum, que quando Deus quer agir para julgar ou apenas disciplinar
alguém ou uma cidade inteira, ele pode cortar os recursos financeiros. E ainda diz como o
gafanhoto devorador trabalha. Veja o texto:

Os teus príncipes são como os gafanhotos, e os teus chefes, como os gafanhotos grandes... (Na
3:17a).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Os líderes de Nínive estavam esbanjando dinheiro, enquanto o povo se
matava de trabalhar nos montes (Na 3:18).

O gafanhoto devorador, espiritualmente falando, atua de forma a fazer com que você gaste o
seu dinheiro naquilo que não tem valor nem importância. (Is 55:2).

Que em nome de Jesus, toda avareza caia por terra. Que em nome de Jesus, você tenha
sabedoria para administrar o seu dinheiro e fazê-lo render mais e mais, para glória de Deus.

Não sirva a mamom, faça seu dinheiro servir a Deus ajudando sempre a igreja onde você
congrega, para que mais e mais pessoas possam ouvir a palavra do Senhor naquele lugar.

Mensagem 1/3 Semana de Miquéias

Miquéias, um Profeta Cheio do Espírito Santo


Eu, porém, estou cheio de poder do Espírito do Senhor, cheio de Juízo e de força, para declarar
a Jacó a sua transgressão e a Israel o seu pecado. (Miquéias 3:8).

Com base na declaração de Miquéias, me atrevo a dizer, que esta é uma marca dos
verdadeiros profetas do Senhor. Eles são pessoas cheias do Espírito de Deus e sabem disso!

Um profeta não tem dúvida de que o Espírito do Senhor esta sobre ele (2Sm 23:2. Ez 3:14).
Miquéias é contemporâneo de Amós, Oséias e Isaías. Nos dias do profeta Miquéias, o culto era
vazio da presença de Deus. (Am 5:21-23. Is 1:11-15).

E isto significa que o profeta Miquéias não precisa frequentar cultos para ser cheio de Deus!
Porque é fato que existem outros meios, como a oração, o jejum e a leitura bíblica.

Não desmerecendo o culto, longe de mim tal coisa, porque Paulo deixa claro que ao nos reunir
como igreja, podemos nos encher do Espírito Santo (Ef 5:18-20).

Porém, destaco no profeta Miquéias que é possível andar cheio do Espírito de Deus, mesmo
quando o culto é vazio! Ou seja:

 Chega de ficar procurando festividades para se encher de Deus,


 Chega de ficar procurando a oração do João do fogo ou da Maria do manto,
 Chega de ficar colocando a culpa na sua igreja dizendo coisas como: Estou
desanimado, porque minha igreja não prega direito, ou os cultos são gelados...

Chega de ser menino! Se o culto está vazio de Deus e gelado do Espírito, seja profeta de Deus
nestes últimos dias como foi Miquéias!

Ande no Espírito mesmo quando ninguém anda!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Não morra espiritualmente só porque sua igreja é gelada, busque o fogo
que vem do alto na madrugada pela oração e meditação bíblica, e então entre naquele lugar
para incendiar!

O que acontece quando o profeta esta cheio do Espírito Santo?

Ah meu irmão. Confesso que na minha adolescência eu, pregador Manassés, pensava que
profeta cheio do Espírito Santo era apenas para fazer cair fogo do céu e incendiar a igreja.

Porém, o profeta Miquéias nos ensina o contrário! Ele esta cheio do PODER? Oh sim claro que
esta. Ele esta cheio do Espírito Santo? Sem sombra de dúvidas, completamente cheio. (Mq
3:8).

E para quê? Por qual motivo Deus encheu ele do poder do Espírito?

A resposta é dura: “para declarar a Jacó a sua transgressão e a Israel o seu pecado” (Mq 3:8b).

 Profeta cheio de Deus, nem sempre é para animar todo mundo!


 Profeta cheio de Deus, nem sempre é para fazer milagres e curas!
 Profeta cheio de Deus, também denuncia pecado, expõe a maldade e traz mensagem
de juízo divino.

Se o culto esta vazio da presença de Deus, na resposta do profeta Miquéias é porque tem
pecado em algum lugar. (Mq 3:9-12). E é para isto que o Senhor me encheu do seu Espírito,
para ter ousadia de falar a verdade doa a quem doer, custe o que custar.

Preste atenção nisso!

 Você talvez não seja sacerdote, tal qual Miquéias.


 Você talvez não seja levita, tal qual Miquéias.
 Você talvez não seja profeta reconhecido, tal qual Miquéias.
 Você talvez não seja rico, tal qual Miquéias. (Mq 1:1).

Mas se foi você a quem o Senhor encheu do Santo Espírito, então fala e não te calas! Deixa
Deus usar a sua vida, porque isto é o princípio de um grande avivamento que ele irá mandar
no Brasil.

Deus esta procurando pessoas para usar (Sl 101:6,7. Lc 10:2. Jo 4:23). E se você deixar... Deus
vai te usar até o seu limite.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 2/3 Semana de Miquéias

Todo Profeta Aponta para Cristo!


E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que
governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.
(Miquéias 5:2)

Qual profeta não falou de Jesus? Afinal, aqueles que não falaram com palavras, apontaram
para Cristo com ações, como foi com Jonas. (Mt 12:39-41).

De um jeito ou de outro, todos os profetas apontam a Cristo. E esta é mais uma marca dos
profetas verdadeiros.

Miquéias significa “Quem é Como Jeová?”. Foi um humilde profeta que vem de uma
cidadezinha no interior de Judá. Enquanto Isaías profetizava em palácios, Miquéias profetizava
nas ruas.

Dele vem uma revelação incrível, que o messias irá nascer em Belém. Será humilde como ele
mesmo foi. Mas não somente isto, ele revela que este guia, rei, governante, não é mais uma
pessoa comum, mas sim, o Emanuel ‘Deus conosco’.

Quando diz: “cujas saídas são desde os tempos antigos”. Quer dizer: Ele vai nascer ainda,
porém Ele vive, ele existe antes de tudo!

Como disse João: Após mim vem um, que já existia antes de mim. (Jo 1:30).

É só mais uma forma de dizer, que Deus vai descer na terra, vai andar entre nós! (Lv 26:12).
Nas palavras de João: E o verbo (que estava com Deus, que era Deus) se fez carne e habitou
entre nós... (Jo 1:14).

Assim também nós devemos sempre apontar para Cristo e falar de Cristo, pregar a Cristo,
lembrar de Cristo e exaltar a Cristo!

Quanto tempo faz que você não ouve uma mensagem focada em Cristo? O profeta Miquéias
fala de Cristo glorificado na eternidade (Jo 17:5), e o que isso quer dizer pregador Manassés?

Ora, quer dizer, que Cristo é um assunto tão abrangente, que temos várias opções para falar
Dele.

 Pregue a Cristo crucificado, mas também pregue o Cristo glorificado,


 Pregue o Cristo que faz milagres, mas também o Cristo que perdoa pecados,
 Pregue o Cristo que andou sobre as águas, mas também o Cristo que foi traído,
 Pregue o Cristo que andou na terra, mas também o Cristo que vive e reina desde os
céus!
 Pregue o Cristo da coroa de espinhos, mas também o Cristo do trono de glória!

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Quando Miquéias diz: ele é desde os “dias da eternidade”. Esta revelando
que Cristo é eterno, pois a eternidade não é eterna, ela passou a existir, foi criada por Deus
através de Cristo, e Isaías confirma isso chamando-o de: Pai da Eternidade. (Is 9:6).

E desde quando a eternidade tem dias? Ora, desde que foi criada, por isso no Gênesis 1, não
fala de noite, mas repete sempre dizendo: foi a tarde e a manhã e o próximo dia... Essa
contagem é na eternidade, onde não existe noite, mas tem manhã e tarde.

E onde Cristo estava na eternidade pregador Manassés? Ele estava no seio do pai, e foi
revelado a nós. (Jo 1:18). Foi o Senhor quem fez isso, e é maravilhoso aos nossos olhos.

Seu amor é tão grande, que Ele desceu aqui para passar um tempo conosco, e não somente
isto, mas veio para avisar que lá no céu tem lugar para nós.

Que Deus levante no Brasil mais e mais profetas como Miquéias, que foi chamado a exortar e
pregar juízo, mas ainda assim, não deixa de falar de Jesus Cristo.

Mensagem 2/3 Semana de Miquéias

3 Coisas Básicas que Deus Quer de Nós


Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor pede de ti, senão que
pratiques a justiça, e ames a benignidade, e andes humildemente com o teu Deus.(Miquéias
6:8).

Quer saber qual é a vontade do Senhor para tua vida? Comece pelo básico. Quer pregar a
palavra de Deus? Comece anunciando o básico da vontade do Senhor. Quer aconselhar alguém
sobre Deus? Comece pelo básico.

O profeta Miquéias é feliz na citação da lei do Senhor. Assim como todos os demais profetas
maiores e menores, ele também é um mestre da lei. Porque profeta que não estuda a palavra,
nem a conhece, não é profeta, é falso enganador!

Ele esta citando Dt 10:12,13. E anunciando ao povo de forma resumida. Veja o texto:

Agora, pois, ó Israel, que é que o Senhor teu Deus pede de ti, senão que temas o Senhor teu
Deus, que andes em todos os seus caminhos, e o ames, e sirvas ao Senhor teu Deus com todo
o teu coração e com toda a tua alma,
Que guardes os mandamentos do Senhor, e os seus estatutos, que hoje te ordeno, para o teu
bem? (Deuteronômio 10:12,13)

São 3 coisas. Vejamos o equilíbrio entre os textos:

Primeiro!

 Miquéias diz: Que Pratiques a Justiça.


 A lei diz: Tema ao Senhor Andando em todos os seus caminhos.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Segundo!

 Miquéias diz: Que ames a misericórdia.


 A lei diz: e o ames servindo ao Senhor com todo coração e com toda tua alma.

Terceiro!

 Miquéias diz: Andes humildemente com o teu Deus.


 A lei diz: Que guardes os mandamentos do Senhor e os seus estatutos.

Preste atenção e verás que é a mesma coisa. O profeta esta interpretando a lei para os seus
dias.

Praticar a justiça, é andar nos caminhos do Senhor, fazer o que é certo, o que é direito.
Comprar e pagar, prometer e cumprir, aprender e praticar.

Muitos crentes, compram e não pagam. Muitos prometem coisas para seus filhos, para esposa
ou esposo, e prometem até para eles mesmos na virada do ano, e não cumprem!

Muitos crentes aprendem coisas novas, principalmente sobre a palavra de Deus, mas ao sair
do culto ou da EBD, esquecem tudo, eles não se importam de praticar o que a palavra ensina.

Trazendo para hoje, isso é praticar a justiça, é ser justo!

 Comprar e pagar; é ser justo com o próximo.


 Prometer e cumprir; é ser justo consigo mesmo.
 Aprender e praticar; é ser justo com Deus.

Pois o Senhor não te ensina a palavra em vão, portanto, tudo que você aprende da palavra, é
Deus te ensinando para te moldar, te mudar, te transformar, te fazer uma nova criatura, te
converter mais a cada dia.

Amar a misericórdia, é amar ao Senhor que é misericordioso e em resultado amar o próximo.


Pois aprendemos e recebemos misericórdia de Deus, para então sermos misericordiosos com
todos ao nosso redor. (Lc 6:31. Mt 7:12. Cl 3:13).

Por isso que a lei diz: “e o ames servindo ao Senhor com todo coração e com toda tua alma.”
(Dt 10:12).

Fala de amar a Deus com sua alma e espírito. Porém, isto é um resumo, pois este mandamento
completo é assim:

Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as
tuas forças. (Dt 6:5. Mt 22:37. Lc 10:27).

Quer dizer que todo teu corpo, alma e espírito precisam estar envolvidos no amor dedicado a
Deus. Pois o amor que dedicamos a Deus não é manifesto por sentimento, nem por palavras,
mas sim por ações.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E é por isso que o seu relacionamento com Deus, define seu
relacionamento com as pessoas. Pois se você estiver bem com Deus, estará bem com sua
família, amigos e igreja.

Andes humildemente com teu Deus, é andar em obediência. O humilde é aquele que
reconhece seu lugar diante de Deus.

 Ele é Senhor, você é servo;


 Ele é Criador, você é criatura;
 Ele é Deus eterno imortal infinito, você é homem mortal finito;
 Ele é autossuficiente, mas você é necessitado dependente;
 Mas também Ele é Pai, e você é filho;

Por isso a lei diz: “Que guardes os mandamentos do Senhor e os seus estatutos”. (Dt 10:13).
Isso é humildade, obediência diante de Deus.

E por que o profeta Miquéias fala isso ao povo pregador Manassés? Ora, porque o povo estava
vivendo em pecado, e para justificar, traziam muitas ofertas ao Senhor.

Por isso o profeta no versículo anterior diz assim:

Agradar-se-á o Senhor de milhares de carneiros, ou de dez mil ribeiros de azeite? Darei o meu
primogênito pela minha transgressão, o fruto do meu ventre pelo pecado da minha alma?
(Miquéias 6:7)

E o que isso nos ensina? Ora, isto é para nos humilhar ao máximo. Pois se você não pratica o
básico do que Deus pede de ti, então seu culto, sua adoração, suas ofertas e sacrifícios, por
maiores que sejam, não irão agradar a Deus.

Sejamos crentes, pratiquemos o básico, pois os mandamentos do Senhor não são pesados para
aqueles que têm o Espírito Santo e temem a Deus.

Em nome de Jesus Brasil, pratique a justiça, ame a misericórdia e andes humildemente com
teu Deus.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/3 Semana de Habacuque

Lição de Habacuque, O Profeta da Intercessão


Pôr-me-ei na minha torre de vigia, colocar-me-ei sobre a fortaleza e vigiarei para ver o que
Deus me dirá e que resposta eu terei à minha queixa. (Habacuque 2:1-20).

Existem níveis da oração que somente os intercessores irão alcançar. Veja quão poderosa é a
oração de Habacuque. Ele é contemporâneo de Jeremias, Naum e Sofonias.

Deus bloqueou a oração de Jeremias (Jr 7:16. 11:14. 14:11), e declarou não aceitar a oração de
Moisés e Samuel (Jr 15:1). Porém, a oração de Habacuque é tão poderosa, que ele alcançou
resposta de Deus. (Hb 2:2).

Habacuque é o profeta intercessor, um gigante na oração, seu livro possui 3 capítulos


dedicados a oração. (Hb 1:2. 2:1. 3:1).

A principal lição que ele nos ensina é que devemos ter um local exclusivo para oração! Uma
torre de vigia.

Nós investimos em garagem para nossos carros, escritório para nossos computadores,
despensa para nossos alimentos e até um cantinho para nossos pets. Mas por que ainda não
investimos em um local dentro de casa que seja reservado a oração?

Nós enfeitamos a cozinha, procuramos deixar confortável o quarto, sem falar no canto onde
fica a Tv, é painel, é sofá, é cortina, é mesa de centro, é rack, e até home teacher.

E quando falta algum cômodo na casa, nós planejamos, fazemos orçamentos, contratamos
empreiteiros e assim que possível, aquele cômodo que faltava, já não falta mais.

 Porém o que fazemos para oração? Nada.


 O que construímos para oração? Nada.
 Qual planejamento tempos para nossa torre de vigia? Nenhum.

Habacuque chama de fortaleza de vigilância, um local tão importante que ele tem certeza de
que irá receber uma resposta de Deus.

Jesus não tinha isso em sua casa, pois quando resolvia pregar em casa, as pessoas abriram um
buraco no teto, e não duvido de que as paredes estivem abertas também para que mais
pessoas pudessem vê-lo e ouví-lo. (Mc 2:1-4).

E é por isso que Jesus tinha que sair por aí, e procurar lugares desertos para orar. (Mc 1:35. Mt
14:13. Jo 8:1).

Mas você não precisa ir a um monte tão longe para falar com um Deus que esta tão perto
morando dentro de você. Aprenda com Habacuque, procure ter em sua casa uma “torre de
vigia.”

Afinal,

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
 Oração não é só na igreja,
 Oração é todo dia, mínimo 3 vezes,
 Oração é necessidade da alma,
 Oração é fonte de poder do crente,
 Oração faz tanta diferença, que o diabo ora para você não orar.

Comece a planejar a sua fortaleza da vigilância, e a partir de hoje, toda vez que você estiver
desesperado para falar com Deus, sentirá falta de uma “torre de vigia.”

Toda vez que você enfrentar um grande problema, ou receber uma notícia desesperadora, ou
quando estiver aflito e angustiado, ou mesmo quando apenas quiser agradecer a Deus por
uma grande bênção; nessas horas, a torre de vigia fará grande diferença para você.

Ao invés de planejar um quarto para receber parentes, planeje uma torre de vigia para ser
recebido por Deus.

Coloque sua torre de vigia como prioridade, acima do escritório, acima da garagem, acima da
sala de ‘TiraVisão’.

Eu profetizo que hoje Deus esta levantando intercessores em todo o Brasil, aonde essa
mensagem chegar, o Espírito Santo irá tocar e separar pessoas para interceder pela igreja
brasileira.

Assim como Habacuque (Hb 3:2), pediremos a Deus que derrame um grande avivamento no
Brasil para glória de Cristo.

Mensagem 2/3 Semana de Habacuque

Como Viver da Fé?


Eis que a sua alma está orgulhosa, não é reta nele; mas o justo pela sua fé viverá. (Habacuque
2:4)

É difícil achar um texto de profeta, que seja tão repetido como esse no novo testamento. (Rm
1:17. Gl 3:11. Hb 10:38-39). Será que você consegue viver pela fé? Vejamos.

O justo viverá pela fé! Essa foi a resposta de Deus para Habacuque, que estava preocupado
com a queda de Jerusalém, e a morte dos justos. A mesma preocupação de Abraão (Gn 18:23).

Então Deus confortando Habacuque, lhe responde dizendo: Fique tranquilo, pois aquele que é
justo, não irá morrer junto com o ímpio, ele viverá. Como? Pela sua fé.

A fé é algo tão incrível que salva o homem justo até mesmo do juízo do próprio Deus.
Obviamente, a fé direcionada a Deus, pois ter fé sem Deus é ilusão!

No contexto histórico, ou seja, na época em que Habacuque fez essa oração, a resposta tem a
ver com vida física, quero dizer, pode até ser levado em cativeiro, mas viverá porque creu na
palavra do Senhor falada pelos profetas. (Jr 21:9. 38:2).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E se você pensa que foram muitos os que creram e sobreviveram, engana-
se! No livro de Jeremias diz que foram menos de 5 mil pessoas levadas em cativeiro, ou seja, a
grande esmagadora maioria morreu! (Jr 52:28-30. Lm 2:21).

Em outras palavras, as pessoas que viveram pela fé, como os profetas Daniel, Ezequiel,
Jeremias entre outros não ficaram na boa vida, antes sofreram bastante também por causa do
juízo que veio de Deus.

Isso nos ensina que viver pela fé não é sempre um mar de rosas, principalmente se tem um
juízo de Deus caindo sobre o povo.

E também nos ensina que os que viveram, só não morreram porque confiaram na palavra do
Senhor, falada pelos seus profetas. Nesse tempo, o principal profeta foi Jeremias, que pregou
incansavelmente dizendo:

E agora eu entreguei todas estas terras na mão de Nabucodonosor, rei de babilônia, meu
servo; e ainda até os animais do campo lhe dei, para que o sirvam. (Jr 27:6. Cf Jr 38:17).

E assim temos a resposta para a pergunta: Pregador Manassés, como viver pela fé?

Viver pela fé, é agir conforme a palavra de Deus. E para isto, primeiro você precisa conhecer a
palavra de Deus, para então fazer conforme o que ela diz.

O povo que sobreviveu, foi o povo que creu na palavra do Senhor e obedeceu, Porque o
profeta dizia: “Entreguem-se ao rei da babilônia e sua vida será por despojo”.

A pergunta é: Como você vai viver pela fé, sem conhecer a palavra do Senhor?

Nunca lestes no novo testamento, que a fé vem pelo ouvir, e ouvir da palavra de Deus?

E não percebes que esse texto é repetido no novo testamento tratando da nossa vida
espiritual?

Portanto, é impossível permanecer vivo espiritualmente, sem ouvir e praticar a palavra de


Deus. Afinal, é fato que aquele que não houve a palavra do Senhor esta afastado, e aquele que
houve e não pratica é como diz Tiago: “engana-se a si mesmo”. (Tg 1:22).

Quer exemplos?

Ló andou por vista olhando os campos verdes, e acabou indo morar em Sodoma tendo sua
família arruinada e envergonhada. (Gn 13:11-13. 19:26,30-38).

Abraão andou por fé e morou no deserto, mas sua família esta de pé até hoje.

Mas também Abraão andou por vista quando atendeu a Sara e se deitou com Agar. (Gn 16:2).

Porém Isaque andou por fé, tendo sua esposa o mesmo problema de Sara, ele não se deitou
com ninguém, mas orou ao Senhor. (Gn 25:21).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Esaú andou por vista, olhando a comida e acabou perdendo a bênção de
Deus junto a primogenitura. (Gn 25:27-34).

Jacó andou por fé, olhando para a bênção da primogenitura que não pode ver, nem tocar, nem
comer, e o seu nome esta para memória eterna junto ao nome de Deus que disse:

Esse é meu nome eternamente: O Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. (Ex
3:15).

Andar por fé é atravessar desertos sem rumo certo como Abraão (Gn 12:1), passar pelo meio
da crise como Isaque (Gn 26:1-2), e até aceitar humilhação como Jacó (Gn 30:27-36).

Mas no deserto Deus abre poço e manda água (Gn 26:18), na crise Deus faz multiplicar a
colheita 100 vezes mais (Gn 26:12), e a humilhação Deus transforma em bênção! (Gn 31:7-9).

Então creia na palavra do Senhor, estude essa palavra para conhecer a vontade de Deus em
todas as áreas da vida.

 No namoro,
 No casamento,
 No trabalho,
 Nas finanças,
 Na criação de filhos,

Em todas as áreas da vida, a bíblia tem orientação que revela a vontade de Deus.

Leia, medite, estude, pratique, e viva pela fé!

Quem não faz isso, é porque acha que sabe mais do que Deus, e não precisa de orientação. E
por isso o texto começa dizendo:

Eis que a sua alma está orgulhosa, não é reta nele; (Hb 2:4a).

Mas enquanto os soberbos e orgulhosos ficam tentando viver por suas próprias convicções,
nós viveremos conforme a palavra de Deus, que diz: mas o justo pela sua fé viverá!

Mensagem 3/3 Semana de Habacuque

Como Ser Feliz no Apocalipse


Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o
produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada
sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação. (Habacuque 3:17,18)

E se você soubesse que o Brasil irá ser completamente destruído em questão de alguns meses,
o que você faria?

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E se os aeroportos não funcionassem mais, e os ônibus de viagem
parassem completamente, não havendo qualquer possibilidade de sair do país em veículo
nenhum.

E não somente isso, se os inimigos do povo brasileiro, ficassem nas fronteiras para matar
qualquer brasileiro que tentasse sair do país. O que você faria?

E o exército do inimigo sendo 3x maior que o povo brasileiro e invadindo estado por estado,
cidade por cidade, bairro a bairro matando todo mundo na frente... E aí meu irmão?

Isso tudo aconteceu em Jerusalém nos dias do profeta Habacuque. E confesso a você, que não
sei exatamente o que eu pregador Manassés, iria fazer em uma situação dessas.

Mas eu admiro o profeta Habacuque naquilo que ele fez. Pois é muito fácil fazer promessas
para Deus, quando esta tudo bem;

É muito fácil prometer ser fiel ao Senhor, quando não existe perseguição;

É muito fácil dizer que vai adorar a Deus em qualquer situação, quando você acabou de
receber uma vitória;

É muito fácil jurar e prometer fidelidade ao Senhor, quando tudo esta indo muito bem!

Porém, quando o profeta Habacuque faz essa promessa de fidelidade ao Senhor, de fé ao


Senhor, de louvor ao Senhor em qualquer situação;

Ele esta descrevendo tudo que irá acontecer em breve, porque o Senhor mostrou isso para ele
e os outros profetas confirmam. (Hb 3:17. Jr 7:20, 8:13. Sf 1:13. Mq 2:4).

Quando Habacuque diz:

“Porque ainda que a figueira não floresça,” é porque ele sabe que isso vai acontecer.

nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não
produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não
haja gado;

É porque ele sabe que tudo isso vai acontecer. E diante de Deus esta fazendo essa declaração,
como também se preparando para enfrenta-la dizendo:

Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação!

Oh meus irmãos, quando o Brasil irá aprender que só é possível encontrar a verdadeira
felicidade em Deus?

 Escutem crianças, a felicidade não esta nas brincadeiras;


 Escutem jovens, a felicidade não esta nos relacionamentos nem no casamento;
 Escutem homens, a felicidade não esta nos prazeres da vida;
 Escutem mulheres, a felicidade não esta no dinheiro e na beleza;

Como diz o salmista:

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual
escolheu para sua herança. (Salmos 33:12)

Pois não importa o que estamos passando.

 Se necessidade ou fartura,
 Se tempestade ou bonança,
 Se derrota ou vitória,
 Se sucesso ou fracasso,
 Se salvação ou apocalipse!

O que importa mesmo em qualquer situação é: Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR
e anda nos seus caminhos. (Salmos 128:1).

Que o Senhor nos dê dessa mesma confiança que tem o profeta Habacuque.

Mensagem 1/2 Semana de Sofonias

Estudo Bíblico em Sofonias


Palavra do SENHOR, que veio a Sofonias, filho de Cusi, filho de Gedalias, filho de Amarias, filho
de Ezequias, nos dias de Josias, filho de Amom, rei de Judá. (Sofonias 1:1)

Sofonias significa: O Senhor esconde, ou ainda, o Senhor protege! Profetizou entre 640 a 609
a.C. Ele é o ultimo profeta pré-exílio na sequência dos profetas em nossa bíblia.

Este incrível profeta, exerceu seu ministério nos dias do rei Josias, certamente contribuiu com
a reforma religiosa que Josias realizou. (2Cr 34,35).

Ele nasceu durante o reinado de Manassés, e viu a destruição religiosa que ele e Amom
fizeram no povo. Mas só iniciou seu ofício profético no reinado de Josias.

Interessante notar que após a morte de Josias, o juízo de Deus começa imediatamente contra
Jerusalém, ele morre no final do capítulo 35 e a destruição de Jerusalém acontece no capítulo
36 de 2Crônicas. Ou seja, as profecias de Sofonias se cumpriram muito rápido!

Sofonias vem de uma família abençoada, trazendo uma herança espiritual tremenda. E assim
aprendemos a importância da família.

Em sua genealogia, vemos homens de Deus, o grande rei Ezequias, que foi rei fervoroso, cuja
oração é uma das mais rápidas que Deus respondeu na bíblia, (2Re 20:3-5).

E Ezequias gerou a Amarias, 1° geração. E Amarias gerou a Gedalias, 2° geração. E Gedalias


gerou a Cusi, 3° geração. E este gerou a Sofonias, 4° geração. (Sf 1:1).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Ou seja, a 4° geração de uma família de homens de Deus, é geralmente
muito abençoada! Pois foi a quarta geração de Abraão, pai da fé, que saiu do Egito
abençoadíssima. (Gn 15:16. Cf 2Re 10:30. 15:12. Jó 42:16. Ex 20:5).

O tema do livro de Sofonias é: O Dia do Senhor! Suas profecias tratam da destruição de


Jerusalém, porém elas alcançam um tempo que ainda não chegou, que é o juízo de Deus no
mundo inteiro.

Preste atenção nessas palavras, como são abrangentes:

Hei de consumir por completo tudo de sobre a terra, diz o Senhor. (Sf 1:2)

Ai da rebelde e contaminada, da cidade opressora! Não obedeceu à sua voz, não aceitou o
castigo; não confiou no Senhor; nem se aproximou do seu Deus. (Sf 3:1,2)

Exterminei as nações, as suas torres estão assoladas; fiz desertas as suas praças, a ponto de
não ficar quem passe por elas; as suas cidades foram destruídas, até não ficar ninguém, até
não haver quem as habite. (Sf 3:6)

Porém, ele termina seu livro falando de consolação, como Israel será restaurado e suas
palavras apontam para a volta do cativeiro Babilônico, mas também para os dias do reino
milenar de Cristo na terra. (Ap 20:6. Sf 3:8,9).

Seu maior ensinamento é: O dia do Senhor é certo!

Seu maior conselho é: Buscai o Senhor, quem sabe não sereis guardados do juízo. (Sf 2:3).

Mensagem 2/2 Semana de Sofonias

Quais São as Vantagens de Aceitar a Jesus


O Senhor afastou os teus juízos, exterminou o teu inimigo; o Senhor, o rei de Israel, está no
meio de ti; tu não verás mais mal algum. (Sofonias 3:15)

O que acontece conosco quando aceitamos a Jesus? Quais vantagens têm agora que estamos
com Cristo? De forma profética, Sofonias responde. E esta é uma verdade espiritual, a qual
satanás não quer que você saiba!

Assim como uma vez, satanás impediu o grande apóstolo Paulo (1Ts 2:18), hoje ele impede
muitos líderes de estudarem a bíblia, e assim eles não tem condições de ensinar as verdades
espirituais aos novos convertidos.

E não somente isto, satanás consegue levar muitos líderes e pastores ao orgulho de achar que
após um diploma, não precisam estudar mais, que com apenas o certificado já podem pregar
todo dia sem precisar passar horas diante das escrituras. (1Tm 4:13. 2Tm 2:15).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E assim, seu ensino e sua pregação são fracos, porque a mente é falha. E
qual o resultado? A igreja demora dias e semanas para ganhar uma alma. Quando deveria
ganhar almas todo dia, ou a cada culto! (At 2:47).

E quando você não conhece as vantagens que tem, por aceitar a Cristo, por estar em Cristo;
Então o inimigo consegue colocar facilmente o ódio e a falta de perdão no seu coração para te
afastar do rebanho (2Co 2:10).

Mas quais são as vantagens que tenho por aceitar a Cristo, pregador Manassés? Vejamos no
texto:

1. O Senhor afastou os teus juízos,


2. exterminou o teu inimigo;
3. o Senhor,
4. o rei de Israel,
5. está no meio de ti;
6. tu não verás mais mal algum.

1 – O Senhor afastou os teus juízos, quer dizer, o Senhor Jesus afastou as sentenças que eram
contra ti.

Pois a lei de Deus condena eternamente a todo pecador (Rm 2:12. 3:23. 6:23. Sl 14:3)! E
somente o Senhor Jesus pela sua morte pode salvar os pecadores da condenação eterna (At
4:12. Mt 18:11. 2Co 5:15. Jo 3:16).

Então, agora que você aceitou a Cristo, nenhuma condenação há! (Rm 8:1). E é por isso, que a
lei não tem mais poder de condenar você (Rm 6:14), pois quando o justo juiz olha para você,
ele vê o sangue de Cristo (1Jo 1:7. Ef 2:13. Hb 10:19), e bate o martelo dando o veredito:
INOCENTE!

2 – Exterminou o teu inimigo, quer dizer, os inimigos do homem não podem mais vencê-lo!
Pois são 2 principais inimigos, o diabo e a morte.

Porque fomos derrotados no éden pela serpente, e a morte passou a reinar sobre nós (Rm
5:12), mas agora Cristo já venceu a serpente por nós, na tentação no deserto, mostrou que a
palavra vence facilmente a satanás, (Mt 4. Lc 4). E não somente isto, na cruz ele derrotou
satanás de uma vez por todas!

Porquanto diz: E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do
homem seja levantado; (João 3:14)

Quer dizer, a serpente é figura de satanás. E quando Moisés levantou a serpente no deserto,
era de metal, ou seja, vencido! Quem olhasse para ela, vivia. (Nm 21:9).

Olhe para satanás morto, totalmente vencido, e viverás! Porque aquela serpente nunca jamais
conseguiu sair dali (2Re 18:4). Assim como satanás nunca jamais conseguiu voltar a ser o que
era no céu.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mas olhe para Jesus na cruz, aquele a quem o diabo e a morte não
consegue vencer, porque não tem pecado! (1Co 15:55). Só morreu porque se entregou (Jo
10:18. Lc 23:46).

Este venceu o diabo e a morte na cruz, e como prova disso ressuscitou ao terceiro dia para
nossa justificação! (Rm 4:25. Mt 28:6).

3 – O Senhor, este é Deus, o todo poderoso. Como diz: O Senhor é varão de guerra, Jeová é o
seu nome (Ex 15:3). Ele esta no meio de ti, habitando em ti (Jo 14:23).

Agora você não é escravo do pecado, nem do diabo, mas sim de Deus, ele é SENHOR na tua
vida. E a presença do Deus de Israel contigo, é garantia de vitória em qualquer batalha. Como
diz:

Não te espantes diante deles; porque o Senhor teu Deus está no meio de ti, Deus grande e
terrível. (Dt 7:21).

Porém, não somente isto, porque tem mais alguém com você:

4 – O rei de Israel, quer dizer, Jesus Cristo (Jo 1:49). E isso significa que agora Jesus reina em
sua vida, como disse Paulo:

Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que
agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si
mesmo por mim. (Gl 2:20).

5 – Esta no meio de ti, e meio é lugar de controle, de comando, é Deus quem governa sua vida
e seu destino através da sua palavra, como diz o salmista:

Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho. (Salmos 119:105)

Agora que você aceitou a Cristo, só anda no caminho que a palavra ilumina! Por isso anda na
luz. (Ef 5:8).

6 – tu já não verás mal algum, quer dizer, nada nessa vida é páreo para você. Nada te assusta,
nada te abala, por causa do poder e da grandeza do teu Deus. Como diz Davi:

Porque contigo entrei pelo meio duma tropa, com o meu Deus saltei uma muralha. (Sl 18:29)

E para cada gigante que aparecer, você não vai temer, não o verás como desafio porque
grande é o teu Deus, e irá dizer:

porém eu venho a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem
tens afrontado. (1Sm 17:45b)

Essa são as vantagens que você tem agora que aceitou a Cristo! Use elas.

1. O Senhor afastou os teus juízos – Salvação.


2. exterminou o teu inimigo – Libertação.
3. o Senhor – Você é servo dele.
4. o rei de Israel – Você é soldado dele.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
5. está no meio de ti – Sempre ao seu lado.
6. tu não verás mais mal algum – Você é mais que vencedor.

Amém.

Mensagem 1/3 Semana de Malaquias

Como Deus Vê as Ofertas e Dízimos


O filho honra o pai, e o servo o seu senhor; se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu
sou senhor, onde está o meu temor? diz o SENHOR dos Exércitos a vós, ó sacerdotes, que
desprezais o meu nome. E vós dizeis: Em que nós temos desprezado o teu nome? (Malaquias
1:6)

Você honra ao Senhor? Você respeita o seu Deus? Não é Malaquias que esta cobrando isso,
mas Deus. (Ml 1:1).

Usando o seu servo, Deus requer honra do seu povo, começando pelos sacerdotes que
oferecem ofertas defeituosas no altar do Senhor. (Ml 1:7,8). Ou seja, Deus vê as ofertas como
honra ao Senhor.

Entenda: Quem traz a oferta é o povo. Quem oferece no altar, é o sacerdote! Ou seja, o povo
traz qualquer coisa, e ao invés do sacerdote rejeitar e ensinar o certo, ele oferece no altar de
Deus.

Diferente de Amós que anunciou que Deus não recebe ofertas de quem cuja vida não é
exemplo diante de Deus (Am 5:21-27), Malaquias fala algo a mais:

Ele diz que Deus não recebe oferta de qualquer jeito. (Ml 1:6-14). E não somente isto, ele diz
que Deus amaldiçoa o ofertante que oferta qualquer coisa, e também amaldiçoa o sacerdote
que recebe a oferta defeituosa. (Ml 1:14. 2:1-3).

Na nossa cultura brasileira, maldição é coisa séria, muitos temem serem amaldiçoados, pois
aprenderam que maldição é para sempre. Porém não é assim na bíblia, na palavra de Deus
vemos maldições serem quebradas. (Gl 3:13. Nm 16:48. Sl 106:30. 107:14. Sf 3:15).

Mas também vemos muitos atraindo a maldição sobre si. Ou seja, a maldição é uma escolha
que fazemos conforme nossa decisão de obedecer ou não a Deus. (1Sm 15:23. Dt 11:26. Pv
3:33. 26:2. Sl 109:17,18).

Nesse caso em Malaquias, a maldição não é dada a qualquer um, mas sim a alguém que esta
constantemente, há um bom tempo, desonrando ao Senhor. A alguém que esta tão longe de
Deus, que não consegue ver a bênção de Deus. Como diz:

Eu vos tenho amado, diz o Senhor. Mas vós dizeis: Em que nos tens amado? (Ml 1:2).

Eles estão tão frios e distantes, que mal conseguem perceber o amor de Deus sobre eles. É o
tipo da coisa que o dinheiro faz. Ou ama a Deus, ou ama o dinheiro. (1Tm 6:10. Mt 6:24).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Através do profeta, Deus os acusa de não perceberem o amor do Senhor,
e mostra a raiz do problema, que é o amor ao dinheiro, sendo tão grande, que entregam o pior
a Deus e ficam com o melhor. (Ml 1:13,14).

Por isso diz o Senhor: Onde esta a minha honra? (Ml 1:6).

A pergunta é: Se este é o pecado do povo, qual o remédio para isso? O profeta responde:

Vocês devem tornar para Deus (Ml 3:7). E eles estão tão distantes que não conseguem
interpretar a palavra do Senhor corretamente. O amor ao dinheiro os impede de compreender
a palavra de Deus.

Por isso o profeta precisa explicar aos detalhes, quase que desenhar para que entendam:

Desde os dias de vossos pais vos desviastes dos meus estatutos, e não os guardastes; tornai-
vos para mim, e eu me tornarei para vós, diz o Senhor dos Exércitos; mas vós dizeis: Em que
havemos de tornar?
Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos
dízimos e nas ofertas. (Malaquias 3:7,8)

No capítulo 1 ele começa falando de ofertas, (Ml 1:6-14) porque toda a questão do livro são
ofertas, no plural, o que inclui o dízimo que é também uma oferta de primícias. E somente aqui
ele fala claramente, “dízimos e ofertas,” no plural, para intensificar.

No capítulo 1, fica claro que o povo estava trazendo ofertas. Mas como isso vira roubo? Vira
roubo porque tiram o melhor das ofertas e deixam em casa, e trazem o resto para Deus. (Ml
1:14. 3:8).

É simples: 1 real significa alguma coisa para você? Então por que razão você irá entregar isso
em oferta ao Senhor? Esse é o roubo que o povo estava cometendo, trazendo resto para Deus.

Se vai ofertar ao Senhor, dê o seu melhor. Honre ao Senhor! Pois tudo que você têm, é Dele,
confiado a você para administrar. Como a bíblia diz:

Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos;
(Provérbios 3:9)

Ou seja, o principal motivo da oferta não é a necessidade da igreja, nem da obra, nem do
pastor. O principal motivo pelo qual você será um ofertante de peso, é porque você honra ao
Senhor! Para Deus o seu melhor.

Conforme suas condições, se 5 reais não valem nada para você, muito menos para Deus. Dê a
partir da quantia que tem valor para você, isto é honrar ao Senhor.

E essa questão de honrar com ofertas é tão importante, que Deus diz que precisa ser
voluntário, (Ex 25:2), e por quê? Porque a pessoa que não honra ao Senhor, nunca irá sentir de
ajudar voluntariamente.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Assim, voluntário, somente os que honram ao Senhor, irão ofertar de livre
e espontânea vontade (1Sm 2:30b). Porém os que desonram irão achar motivos para não
ofertar e muito menos devolver o dízimo.

Começando por atitudes pequenas, como nunca lembrar de separar dinheiro para cultuar ao
Senhor, e aparecer sempre vazio diante de Deus; ou ainda sempre separar os trocados para
entregar na casa de Deus.

Em resumo, Deus vê a oferta como honra. E a ausência dela como pecado, porque é roubo. (Ex
20:15. Rm 2:21. Ml 3:8).

Que o Senhor derrame sobre nós o temor, para que sejamos filhos que honram a Deus. Como
se diz: é hipocrisia pura não dar o seu melhor ao Senhor, mas quer o melhor dele.

Mensagem 2/3 Semana de Malaquias

Dízimos são para Hoje?


Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois
fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e
não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.
(Malaquias 3:10)

Dízimos são para hoje? Essa é a dúvida de muitos, por causa dos liberais (atuais saduceus), que
pregam dizendo que dízimos não são mais para hoje.

A pergunta é: A bíblia tem autoridade? Por que a bíblia teria autoridade em todos os profetas
exceto Malaquias?

É normal aceitar o profeta quando ele abençoa ou aponta o erro dos outros, assim como é
normal rejeitar e até odiar o profeta quando ele fala do seu erro. Malaquias é o profeta que
esta engasgado na garganta de muitos liberais.

Ora, quando o profeta acusa o pecado dos outros, gritamos: Fala Deus! Mas quando ele acusa
você de ser tão avarento ao ponto de roubar a Deus nos dízimos e ofertas, então você procura
desculpas para dizer que tem razão em reter o dízimo?

Dizem: O dízimo é da lei. Ora, não é a oferta também da lei? Então por que rejeita só o dízimo?

É porque na oferta é fácil roubar a Deus ofertando sobras (Mc 12:44), mas no dízimo tem um
número estipulado, 10% é alto demais para quem não honra ao Senhor, mas baixo demais
para quem lhe deve a vida que foi salva na cruz. (1Co 9:11).

Dizem: O novo testamento não fala de dízimo. Ora, a bíblia quase toda não fala de dízimo,
porque a prioridade é salvação, mas quando o povo estava passando dos limites no dízimo,
Deus levanta Malaquias para denunciar. (Ml 3:7-10).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E o novo testamento fala sim de dízimos (Hb 7), e fala melhor do que
qualquer outro texto. Como diz:

E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se
testifica que vive. (Hebreus 7:8).

Aqui, fala do sacerdócio levítico, na lei. Mas quando diz ali, fala do sacerdócio superior de
Melquisedeque, que é o de Cristo, o sacerdócio da graça, dada aos gentios. Ou seja:

Aqui, na lei, homens que morrem recebem dízimos, os sacerdotes, no plural, “homens”. Mas
ali, na graça, um só homem, um só sacerdote, o Senhor Jesus. E o autor explica tudo isso a
partir de Abraão e Melquisedeque. (Hb 7:1).

Embora Abraão e Melquisedeque sejam antes da lei de Moisés, ele não deixa de mencionar a
lei, pois ela tem valor em toda a bíblia sagrada, e tem valor ainda hoje. (Rm 7:12. 3:31).

Tudo isso junto ao fato de que o autor aos Hebreus em toda sua carta, esta exortando os
irmãos a não voltarem ao judaísmo (Hb 2:3. 10:39), e a forma como ele convence os irmãos a
não voltar, é mostrando que na graça, Cristo é melhor, superior a tudo no judaísmo.

E nisso ele mostra que até a entrega do dízimo é superior, porque aquele que os recebe, vive
para sempre. (Hb 7:8).

E não somente isto, Jesus também foi dizimista, visto que procuravam qualquer coisa para
acusá-lo (Jo 8:6. Mt 22:35. Lc 20:25,26), e não podiam acusa-lo de roubo dos dízimos, até
porque a oferta era feita em público (Lc 21:1), por isso ele tinha moral para repreender
aqueles que devolvem mal os dízimos. (Mt 23:23).

Jesus foi exemplo em tudo, por isso, o máximo que eles conseguiram achar para acusar Jesus
foi em questões bobas, como lavar as mãos (Mt 15:2), ou como curar no sábado sendo que
isso não é proibido na lei (Mc 3:2. Mt 5:17).

Porém, não se faz tão necessário falar de dízimos no novo testamento, já que nesse tempo, o
povo era muito generoso (At 4:34-37), e a prioridade continua sendo salvação, agora mais do
que nunca.

Mas não é o caso no tempo de Malaquias, onde o povo é tão incrédulo, que o Senhor diz:
“Fazei prova de mim!” (Ml 3:10).

E por que fala isso? Ora, é como se Deus estivesse dizendo: Eu conheço a incredulidade de
vocês, então devolvam o dízimo e vejam se a bênção virá ou não.

Logo, devolver o dízimo, esta ligado diretamente com o coração, mas principalmente com a
falta de fé. Nos dias de Malaquias havia uma frieza espiritual muito grande, tanto que:

 Não sentiam o amor de Deus, (Ml 1:2)


 Não percebiam seu próprio pecado, (Ml 1:6)
 Repudiavam suas mulheres, (Ml 2:16)
 Roubavam a Deus, (Ml 3:8)

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
 E estavam cansados de servir a Deus, dizendo que é inútil, (Ml
3:14)

A religiosidade é justamente servir a Deus de aparência, de maneira que coisas como o dízimo
não importam tanto assim, afinal, para manter a aparência não precisa ser dizimista.

Muitos focam na bênção quando olham Malaquias 3:10. Porém, o cristão que tem temor a
Deus, irá focar em obedecer, cumprindo o maior mandamento, de amar a Deus acima de todas
as coisas.

Pois se o dízimo não fosse importante, Abraão não teria devolvido o dízimo (Gn 14:20), e
também Jacó não iria prometer algo sem valor a Deus, em troca de proteção e prosperidade. (
Gn 21:20-22). E isso antes da lei.

Os mesmos que não creem nos dons, nem no Batismo com Espírito Santo, são os que pregam
contra o dízimo. Se eles erram em sua interpretação sobre questões de pura fé, como dons,
milagres e línguas estranhas; então como poderiam estar certos em outra questão de fé, que é
o dízimo?

Toda honra ao Rei dos reis, e Senhor dos senhores.

Mensagem 3/3 Semana de Malaquias

O Dízimo Garante a Bênção de Deus?


E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a
vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos. (Malaquias 3:11).

Se você congrega em uma igreja que prega o dízimo, já deve estar cansado de ouvir, que ao
entregar o dízimo, Deus irá abençoar sua vida. O problema é: Isto não é fazer troca com Deus?

Vivemos dias, onde muitos saíram da igreja, por causa do dízimo. E elas podem dar a desculpa
que quiserem; pode falar que é culpa do pastor, da administração, etc e etc.

Mas o motivo é sempre o mesmo: Deixaram a avareza dominar seus corações e decidiram
servir a mamom. E não rejeite essa palavra agora, pois a bíblia diz:

Pobreza e afronta virão ao que rejeita a instrução, mas o que guarda a repreensão será
honrado. (Pv 13:18).

E Sim, é esse o motivo de sempre. Pois se você saiu da igreja porque suspeitou que lá tinha
roubo, ok, mas se não fosse avarento, teria procurado uma igreja correta para continuar
honrando ao Senhor com seus bens. (Jr 17:9. 1Tm 6:10. Pv 3:9).

Ou seja, se aproveitou que na sua igreja tinha um erro, e esta usando isto como desculpa até
hoje para não ser membro em igreja nenhuma, e não ter a responsabilidade de ser dizimista.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Em outras palavras, seu problema não é com dízimo, nem com igreja, nem
com pastor... Mas sim com sua avareza que te faz fugir de qualquer responsabilidade que
mexa com seu dinheiro.

Você seria capaz de doar um rim, só para não dar 10% do seu salário.

E muitos que usam o dízimo como desculpa, porque na verdade, pensaram que ser dizimista é
ganhar na loteria, e só entregaram o dízimo com o objetivo de ter atendidos seus desejos, que
não são de Deus, como diz Tiago:

Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. (Tiago 4:3)

Ou seja, você orou, fez campanha, e Deus não atendeu. Porque seu desejo é mal ou porque
você é tão infantil que não aceita não como resposta, ou ainda tão desocupado que não
consegue esperar o tempo de Deus.

Então você apelou para o dízimo, e também não recebeu. E agora fica aí, criticando todo
mundo e blasfemando.

E tudo isso você fez, porque esta sendo guiado pela avareza, e por isso saiu da igreja, e finge
ser cristão em casa. (Sl 122:1. Mt 16:18. Mt 18:17. At 3:1).

E outros ainda dizem que ao invés de dar na igreja, ajudam os pobres com seu dízimo, mas
Deus esta te vendo rebelde. (Nm 18:21. Pv 15:3. 2Pe 3:16).

Tudo isso é por causa da sua avareza, você se entregou a ela, e servindo a mamom luta contra
Deus, luta contra a palavra, luta contra os pastores e morre de raiva do Malaquias. Já dizia
Jesus:

Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância


do que possui. (Lucas 12:15). E Paulo diz que avareza é idolatria, porque é servir a mamom. (Cl
3:5).

Olhe para dentro de si, se é que tens coragem. E veja se não é nos bens materiais que seu
coração esta focado. Ah se você soubesse que este é o motivo da prosperidade nunca chegar
para ti. Como a bíblia diz:

Uns dão com generosidade e têm cada vez mais; outros retêm mais do que é justo e acabam
na pobreza. (Provérbios 11:24)

Agora responderei a pergunta que me fizeram: Pregador Manassés, porque às vezes damos o
dízimo e parece que não somos abençoados? Afinal, o dízimo garante a bênção ou não? Como
funciona?

É simples. O ato de devolver o dízimo não é uma garantia de bênção imediata! Porque isto
seria claramente uma compra, ou uma troca. E assim:

 Ninguém seria dizimista por honra ao Senhor;


 Ninguém seria dizimista por amor a obra de Deus;
 Ninguém seria dizimista por temor e obediência a santa palavra;

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mas todos seriam dizimistas, por interesse, e a igreja não passaria de um
bando de materialistas que colocam o dinheiro acima de Deus, pois com ele podem comprar
as bênçãos do Senhor.

Pois a avareza nada mais é, do que o desejo dos prazeres, do conforto dos bens, na tentativa
de fazer da vida uma festa, alguém que só pensa nessa terra e esquece o céu. E a bíblia diz:

O que ama os prazeres padecerá necessidade; o que ama o vinho e o azeite nunca
enriquecerá. (Provérbios 21:17)

Mas Deus esta dizendo que vai abençoar, e aí? (Ml 3:11). Sim, porém é preciso entender a
bênção de Deus, pois o que Ele promete é:

 Abrir as janelas do céu


 Repreender o devorador, para que não consuma os produtos da terra,
 Não deixar que as suas videiras nos campos fiquem sem frutos, (Ml 3:10,11).

Todas essas coisas, os homens não podem fazer. A bênção de Deus sobre a vida do dizimista é:
O SENHOR irá agir naquilo que você não pode fazer! O impossível.

Agora, aquilo que você pode fazer, faça, trabalhe! (Pv 6:10,11. Ec 9:10).

Afinal, quem controla a chuva? Quem controla o devorador? Quem controla a quantidade de
frutos? E isso tudo era literal para eles nos dias de Malaquias, mas hoje, para nós, é espiritual.

Abrir a janela do céu é chuva. Chuvas falam de tempos e estações, é a providência de Deus no
tempo certo para tua vida.

Então para de ser bobo, pensando que ao devolver o dízimo hoje, já vai chover amanhã. Pois
quem controla a chuva é Deus e não você!

E é por isso, que dízimo é um ato de fé. Só devolve quem tem fé que Deus vai cumprir sua
palavra e no tempo certo mandar as chuvas de providência.

Qual o exemplo do pai da fé? Ao entregar seu filho, que não tem nada a ver com dízimo, mas o
princípio de entrega ao Senhor é o mesmo.

Ele disse: Deus proverá (Gn 22:8). Porque ele tinha fé na providência de Deus. E por isso disse:
“e havendo adorado, tornaremos a vós.” (Gn 22:5). Ele sabia pela fé que Isaque voltaria com
ele. (Hb 11:18,19).

Repreender o devorador, no caso de Israel, tratava-se de um gafanhoto que destruía tudo.


Mas no nosso caso, é espiritual. E qual a base para saber que é espiritual? Ora, a bíblia toda é
proveitosa para nós. (2Tm 3:17).

Veja como Paulo mostra nas escrituras, que tudo é para nós, mesmo algo sobre bois, é para
nós. (1Co 9:9,10). Veja também: (Rm 4:23,24. Rm 15:4. Lc 24:45. 1Co 10:11).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E para nós, o devorador é uma entidade maligna, cujo único objetivo é
destruir nossa vida financeira, pois faz parte dos planos do inimigo, enquanto Deus quer lhe
dar uma vida abundante. (Jo 10:10).

Deus usa essa linguagem quando diz que vai acabar com a prosperidade de Nínive. (Naum
3:16).

Pois a opinião de satanás sobre o homem, ainda que este seja santo, honesto e justo como Jó,
é:

Não é verdade que tu mesmo puseste uma cerca ao redor dele, da sua casa e de tudo o que
ele tem? Abençoaste a obra de suas mãos, e os seus bens se multiplicaram na terra.
Mas estende a tua mão e toca em tudo o que ele tem, para ver se ele não blasfema contra ti
na tua face. (Jó 1:10,11)

Para satanás não importa quem você é. Ele alega que você só serve a Deus em troca de alguma
coisa. Por isso, para provar, ele vai atacar sua vida financeira, para provar que você não serve a
Deus de coração.

Sendo assim, repreender o devorador quer dizer que Deus irá frustrar os planos de satanás,
para que ele não destrua o fruto do seu trabalho. Porém, você só terá fruto se realmente
trabalhar dignamente, ou seja, se você é assalariado, a bíblia diz:

Quanto a vocês, servos, obedeçam a seus senhores aqui na terra com temor e tremor, com
sinceridade de coração, como a Cristo,
não servindo apenas quando estão sendo vigiados, somente para agradar pessoas, mas como
servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus. (Efésios 6:5,6)

Ser dizimista não te dá liberdade de ferir outros princípios da palavra de Deus. Pois quando há
pecado, o Senhor costuma bloquear a chuva. (Dt 11:16,17. 1Re 17:1).

Mas ser dizimista fiel, prova que você não serve ao dinheiro e nem serve a Deus por trocas,
mas de coração, e por isso o Senhor irá te abençoar, como ele mesmo diz que honrará aos que
lhe honram. (1Sm 2:30. Pv 10:22. Ag 1:9).

Não deixar que o fruto da vide seja estéril. Significa que o Senhor não vai deixar faltar nada na
sua mesa, nem na sua casa. Como diz: encherão os teus celeiros. (Pv 3:9. Mt 6:31-33. Fl
4:18,19).

Enfim, o dízimo garante a bênção de Deus? Com certeza, dentro de algumas condições.

 Se você entende o que é dízimo e porque esta devolvendo, conforme tudo que te
expliquei.
 Se você tem coração de adorador, e dá com alegria, sabendo que esta honrando ao
Senhor. (2Co 9:7).
 Se você não esta de olho nas bênçãos materiais, como fazem os avarentos, mas confia
que Deus irá mandar a chuva quando for preciso. (Mt 6:33).
 Se você não esta ferindo outros princípios da palavra de Deus, como por exemplo no
que diz respeito ao trabalho, ao amor, a justiça, a misericórdia e a fé. (Mt 23:23).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
 Se você entende que não tem autoridade para administrar seu
dízimo, mas que o Senhor o deu aos sacerdotes para administrarem. (Nm 18:21).

Os ímpios podem dizer: Sou abençoado e não sou dizimista! Esse tal não entendeu nada.
Porque a bênção de Deus não tem nada a ver com aquilo que os ímpios desejam e alcançam
pela sua cobiça. (Mq 2:2,3).

Pois o dizimista fiel não é alguém que cobiça tudo nesta terra, antes olha para o céu (Cl 3:1-3),
pois os avarentos querem medir o reino de Deus pelo dinheiro e querem pesar os resultados
de tudo na vida pelos dízimos e ofertas.

Pois para eles, tudo gira em torno do dinheiro. Tanto é, que não falam de outra coisa sem
envolver o seu deus mamom.

Como disse Paulo: Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário,
cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos
ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas. (2 Timóteo 4:3,4)

Que o Senhor liberte os que são seus (2Tm 2:19. Na 1:7. Ml 3:1-4).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 1/2 Semana de Ageu

Você é Casa de Deus, Por Dentro e Por Fora


Esperastes o muito, mas eis que veio a ser pouco; e esse pouco, quando o trouxestes para
casa, eu dissipei com um sopro. Por que causa? disse o Senhor dos Exércitos. Por causa da
minha casa, que está deserta, enquanto cada um de vós corre à sua própria casa. (Ageu 1:9).

Já aconteceu com você, de orar bastante, buscar muito a Deus, porém ter pouco ou nenhum
resultado? Vamos entender isso hoje através de Ageu.

O profeta Ageu é usado por Deus para nos ensinar que existe um equilíbrio entre o povo e o
templo do Senhor.

Ageu é levantado por Deus para dizer, que a forma como o povo cuida do templo do Senhor, é
também a forma que o Senhor cuida do povo. (Ag 1:9). Quando diz:

Esperastes o muito, é porque eles plantaram muito. O texto original hebraico sugere que eles
espalharam muitas sementes e trabalharam pra valer. Mas diz palavra:

mas eis que veio a ser pouco; ou seja, o trabalho não vingou, a colheita foi inferior ao plantio.
E Deus esta dizendo que isto aconteceu, porque eles não cuidam da casa de Deus, não se
importam em construir o templo.

E como se trabalhar muito e colher pouco não fosse suficiente, Deus ainda diz mais:

e esse pouco, quando o trouxestes para casa, eu dissipei com um sopro.

Trabalhar muito e colher pouco são dificuldades, porém, quando esse pouco é assoprado por
Deus, é provação! E qual o motivo dessa provação? Deus diz:

Por que causa? Disse o Senhor dos Exércitos. Por causa da minha casa, que está deserta,
enquanto cada um de vós corre à sua própria casa. (Ageu 1:9).

Qual a lição aqui? É simples.

O Templo do Senhor é uma referência a sua santa e gloriosa igreja. (1Co 3:16).

E não somente isto, pois construir o templo, a casa de Deus, possui um significado. Que é o
bom testemunho cristão.

Trata-se do crente amadurecer o suficiente construindo assim o templo do Senhor, que é sua
vida, para que todos vejam que Deus habita nesta casa, que é você. (Mt 5:14-16).

Mas o povo só se preocupava com a sua própria casa. (Ag 1:2-11). E casa é também o mesmo
significado, nós somos a casa de Deus. De maneira que:

O templo fala da igreja por fora, enquanto que a casa do povo é a igreja por dentro.

 Por dentro, eles cuidavam somente da sua própria casa.


 Por dentro, cuidavam apenas dos seus interesses e sonhos.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
É quando no seu coração você só se importa com você mesmo. E faz tudo
só por você. Corre pelos seus sonhos e objetivos esquecendo totalmente de Deus, mas
equivocado pensa que esta fazendo isso para Deus, ou que é isso que Deus quer.

E até quando vai na igreja, só vai por você, só ora por você, só busca por você mesmo. Ou seja,
só cuida da casa dentro, e esquece-se do templo por fora.

 O templo por fora é o testemunho da igreja. O seu testemunho.


 O templo por fora é marca da igreja, a diferença que ela faz no mundo.

E é assim que muitos crentes estão hoje no Brasil, cuidam somente de sua própria casa,
enquanto que não se preocupam com o testemunho cristão, que é o templo por fora.

Sendo mais direto, escandalizam o evangelho e fingem que esta tudo bem. Dão péssimo
testemunho aos de olham sua vida, e depois vão a igreja buscar vitória para si.

Por isso quando diz:

Esperastes o muito, quer dizer, vocês trabalhou bastante, frequentou culto, campanha, vigília,
subiu monte e orou demais. Porém;

Mas eis que veio a ser pouco, quer dizer, como você não se importa em dar o bom testemunho
cristão, só se importa consigo mesmo, a colheita de tanta busca, de tanta oração, foi pequena.

E não somente isto, mas diz mais:

Esse pouco que você buscou, “quando o trouxestes para casa, eu dissipei com um sopro.” (Ag
1:9).

E assim, você sente que não buscou nada, sente que suas orações e tudo que faz em busca de
Deus, não esta adiantando de nada. Não há crescimento. É trabalhar em vão.

E por que Deus faz isto?

Ora, é porque não adianta nada você cuidar somente dos interesses do seu coração, e buscar
de Deus as suas vitórias e respostas ás suas orações, quando lá fora os que olham para você:

 Seus parentes que não são crentes;


 Seus colegas de escola e de trabalho;
 Seus vizinhos;

Estão todos sendo escandalizados pelo seu testemunho cristão!

 Precisamos honrar ao Senhor, diante desse mundo tenebroso.


 Precisamos ser realmente luz em meio às trevas.
 Precisamos cuidar do templo por fora, pois é este que o mundo esta olhando.

Sejamos parecidos com Cristo, aos olhos de todos que nos rodeiam, e não somente aos nossos
próprios olhos.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 2/2 Semana de Ageu

Estudo Bíblico no Profeta Ageu


Acaso, é tempo de habitardes vós em casas apaineladas, enquanto esta casa permanece em
ruínas? (Ageu 1:4).

Ageu significa alegria, regozijo, festivo. Um nome que remete as festas israelitas. Seu
ministério é um dos mais rápidos, ele profetizou durante alguns meses apenas. (Ag 1:1,15.
2:1,10,18).

Porém ele é o profeta que foi aceito pela autoridade política, pela autoridade religiosa e pelo
povo. (Ag 1:13,14). E isto só é possível porque os 3 poderes estavam abatidos e humildes,
devido o cativeiro recente.

Por volta do ano 538 a.C. O povo voltou do cativeiro babilônico, tendo a liderança de
Zorobabel. E todo o povo se animou e correu a reconstruir suas casas, enquanto que a casa de
Deus, o templo de Salomão, estava em ruínas.

E é este o ministério do profeta Ageu. Ele foi levantado por Deus para animar o povo a
reconstruir o templo, dessa vez, com madeira e pedra. (Ag 1:8).

Ao reconstruírem o templo, os idosos choraram de tristeza, porque se lembraram do templo


de Salomão, que era todo feito em ouro, enquanto este novo templo, era menor e feito de
madeira e pedras. (Ed 3:12. Ag 2:3).

Então o profeta Ageu anima o povo novamente e faz uma promessa incrível. Ele diz:

A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o Senhor dos Exércitos; e, neste
lugar, darei a paz, diz o Senhor dos Exércitos. (Ag 2:9).

A primeira casa, era toda feita em ouro, figura da glória de Deus na eternidade, antes de ser
revelada ao mundo. (Jo 17:4,5).

Já a segunda casa, é toda feita de madeira e pedras, figura da glória de Deus revelada ao
mundo na pessoa de Jesus Cristo. (Fl 2:7).

A madeira fala da humanidade de Cristo, ele foi 100% homem, pois Deus não morre, mas o
Jesus homem sim, morreu por mim e você.

A pedra fala da eternidade de Cristo, tanto como homem, bem como Deus.

Pois o mesmo corpo humano que ele nasceu aqui, o mesmo corpo que saiu do ventre de Maria
quando era virgem, este corpo ressuscitou, subiu aos céus, foi glorificado e esta no trono
celestial, ele vive e reina para sempre.

Jesus é a glória de Deus, pois sim, toda a terra esta cheia da sua glória (Is 6:3). E é esta glória
que entra na segunda casa, embora os anciãos chorando, não o reconheçam. Pois são figura
dos fariseus, saduceus, sacerdotes, escribas entre outros que não deram crédito ao Senhor
Jesus Cristo. (Is 53:1).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
A glória da segunda casa não entrou pelo santo dos santos, pois Jesus
nunca acessou essa parte do templo de Zorobabel. Mas ele entrou pelo pátio, a porta da
frente, o átrio externo. (Mt 24:1. Mc 11:15. Lc 2:27).

E como “os mais santos e religiosos ficavam no lugar santo,” não puderam receber o Senhor
Jesus, e é por isso que os primeiros a recebê-lo foram os pobres, as viúvas, os publicanos e
pecadores. (Mt 21:31,32).

Que possamos ouvir a profecia de Ageu, quando diz para deixar as casas em segundo plano e
dar prioridade ao templo do Senhor. (Ag 1:4).

Pois esta profecia reflete o espírito de Davi, quando desejou que a casa de Deus fosse melhor
que a sua (2Sm 7:1-2). E ainda reflete o ensinamento de Cristo, que diz:

Buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
(Mt 6:33).

Mensagem 1/3 Semana de Zacarias

Quando Deus Começar a Agir ao seu Favor


E respondeu-me, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força nem
por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos. (Zacarias 4:6)

Este texto trata de uma batalha espiritual, onde podemos ver o agir de Deus em favor de seu
povo.

A força que fala aqui é humana, mas também é tipo das forças malignas que lutam contra nós.
(Ef 6:12).

Zacarias é um profeta pós-exílio, que ao lado de Ageu, anima o povo a construir o templo de
Zorobabel. Porém, os inimigos lutaram muito para fazer parar a construção. (Ed 4:24).

E agora através de Ageu e Zacarias, Deus fala diretamente para Zorobabel e Josué, a liderança
civil e a liderança religiosa, para se esforçarem a levantar o templo. (Ag 2:4. Ed 5:1).

Porém, os inimigos atacam novamente, dessa vez, (Ed 5:6-17) enviam uma carta ao rei Dario,
relatando que os judeus estão edificando o templo.

Afinal, foi por carta que o rei Artaxerxes fez parar a obra da casa do Senhor (Ed 4:11,17,21).
Então agora, os inimigos tentam essa jogada mais uma vez, enviando carta ao novo rei, Dario.

Zorobabel é descendente do Rei Davi, e é incrível como alguém da casa de Davi é usado por
Deus para guiar o povo de volta a Jerusalém e ainda a levantar o templo, assim como seu pai
Davi fundou essa cidade e nela pôs a arca do Senhor. (1Cr 11:5. 2Sm 6:12).

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Tal qual Davi, Zorobabel talvez tenha considerado usar a força de um
exército para afastar os inimigos e continuar a construção. Porém, para acalmar seu coração, o
profeta Zacarias lhe diz:

E respondeu-me, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força
nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos. (Zc 4:6).

O agir do Espírito de Deus foi primeiro na resposta dos trabalhadores, quando o inimigo veio
questionar. (Ed 5:11-13). De maneira que isto levou o rei Dario a verificar os arquivos da
Babilônia. (Ed 6:1).

E agora, o agir do Espírito de Deus é no rei Dario, que poderia respeitar a decisão de
Artaxerxes, mas preferiu ser fiel a Ciro, servo do Senhor. (Is 44:28).

E agora o rei Dario fez um novo decreto garantindo tudo para que a construção do templo
acontecesse o mais rápido possível. Estas são as ordens do rei, resultado do agir de Deus, pelo
seu Espírito:

O rei manda os opositores se afastarem. (Ed 6:6). Em outras palavras, nessa guerra, Deus irá
afastar os inimigos.

O rei manda suprir as necessidades do povo em Jerusalém com o dinheiro dos inimigos. (Ed
6:8). Em outras palavras, quando Deus começa a agir, até os inimigos irão financiar tua vitória.

O rei manda suprir as necessidades para o templo (Ed 6:9). Quer dizer, Deus irá atender a sua
oração, como diz o texto: “segundo o pedido dos sacerdotes”, ou seja, tem resposta de Deus
para você.

O rei manda matar aquele que tentar contra este projeto (Ed 6:11). Em outras palavras, Deus
vai destruir os inimigos que se levantarem para impedir tua vitória.

O rei decreta urgência na execução da obra da casa de Deus (Ed 6:12). Quer dizer, a vitória
chegará bem rápido, pois quando Deus começa a agir, ele tem pressa em abençoar.

Quando Deus começa a agir, tudo começa a dar certo. E creio que essa palavra veio para
alguém, que vê a obra de Deus parada em sua vida, mas o Senhor diz: É tempo de
reconstrução.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 2/3 Semana de Zacarias

A Vitória de Cristo no Armagedom


E o SENHOR será visto sobre os filhos de Sião, e as suas flechas sairão como o relâmpago; e o
Senhor DEUS fará soar a trombeta, e irá vencendo entre os redemoinhos do sul. (Zacarias 9:14)

O que é Armagedom? Ora, é a ultima batalha que irá acontecer na segunda vinda de Cristo.
(Ap 16:13-16).

Zacarias é um profeta que traz um pouco de Isaías, ele fala do Messias, e um pouco de Daniel,
ele fala do fim dos tempos.

No capítulo 9:9-16, Zacarias fala da primeira e segunda vinda de Cristo ao mesmo tempo.

Talvez daí a confusão dos judeus que não reconhecem Jesus como o messias, pois a descrição
de Zacarias faz parecer que o Messias entraria em Jerusalém em um jumento e dali mesmo
começaria dominar tudo, tal qual foi o domínio do rei Davi.

E por isso disse Jesus: Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu
próprio nome, a esse aceitareis. (Jo 5:43).

Porque o Anticristo virá em seu próprio nome. E não temos certeza de quem ele será. Mas
certamente não será o papa como dizem alguns.

Pois se os judeus irão aceitá-lo, significa que será um judeu também ou algum filho de Abraão,
como vindo de Esaú (Ob 1:2-4. Ml 1:2,3. Rm 9:13).

Existe muita especulação sobre este tema, e algumas interpretações diferentes. Mas o foco
dessa mensagem é louvar a vitória do nosso Cristo, a qual Paulo indica que essa batalha será
na segunda vinda de Cristo (2Ts 2:8).

Na melhor tradução, Zacarias diz: O SENHOR será visto sobre os filhos de sião. Isto quer dizer:

Durante a perseguição dos judeus por parte do Anticristo, no meio da batalha, aparecerá no
céu o sinal do todo poderoso. (Mt 24:27-30. 26:64).

É o que diz Zacarias, em outras palavras digo: O exército do anticristo estará olhando para o
povo de Deus, quando levantarão a cabeça mais acima e verão, o SENHOR todo poderoso que
veio para salvá-los e destruir o anticristo com o sopro da sua boca (2Ts 2:8).

Mas antes uma luta incrível irá acontecer. Jesus Cristo glorificado, com olhos como chama de
fogo, lutando contra o exército do anticristo. Ele diz:

e as suas flechas sairão como o relâmpago; e o Senhor DEUS fará soar a trombeta, (Zc 9:14).

Essas flechas saindo como relâmpago são uma exibição e demonstração de poder. É o primeiro
ataque de qualquer exército, primeiro os flecheiros, depois o toque da trombeta para que
avance o exército.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
E aquele que é fiel e verdadeiro estará a frente do exército, assim como na
bíblia é chamado várias vezes por este nome: O SENHOR DOS EXÉRCITOS. (Is 6:3). Veja uma
descrição desse momento glorioso:

E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e
Verdadeiro; e julga e peleja com justiça.
E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e
tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo.
E estava vestido de veste tingida em sangue; e o nome pelo qual se chama é A Palavra de
Deus.
E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.
E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de
ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso.
(Apocalipse 19:11-15)

Eita glória, te cuida anticristo, que o Messias vem com tudo!

Zacarias por fim diz assim: e irá vencendo entre os redemoinhos do sul. (Zc 9:14). Quer dizer,
que o nosso campeão irá correr por entre o exército inimigo deixando um rastro de mortos
para trás. Como diz Isaías:

Porque com fogo e com a sua espada entrará o Senhor em juízo com toda a carne; e os mortos
do Senhor serão multiplicados. (Is 66:16. Veja também: Sl 37:20. Is 30:30-32. Ap 19:16-21).

E então alguém perguntará a Ele:

Por que está vermelha a tua vestidura, e as tuas roupas como as daquele que pisa no lagar? (Is
63:2)

E Ele responderá dizendo:

Eu sozinho pisei no lagar, e dos povos ninguém houve comigo; e os pisei na minha ira, e os
esmaguei no meu furor; e o seu sangue salpicou as minhas vestes, e manchei toda a minha
vestidura.
Porque o dia da vingança estava no meu coração; e o ano dos meus remidos é chegado.
E olhei, e não havia quem me ajudasse; e admirei-me de não haver quem me sustivesse, por
isso o meu braço me trouxe a salvação, e o meu furor me susteve.
E atropelei os povos na minha ira, e os embriaguei no meu furor; e a sua força derrubei por
terra. (Is 63:3-6).

Que privilégio de Zacarias em ver ao menos em parte estas coisas. E que privilégio teremos nós
que com Cristo somos mais que vencedores.

Amém.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Mensagem 3/3 Semana de Zacarias

Você é Um Tição Tirado do Fogo


Mas o Senhor disse a Satanás: O Senhor te repreenda, ó Satanás, sim, o Senhor, que escolheu
Jerusalém, te repreenda; não é este um tição tirado do fogo? (Zacarias 3:2)

O que é um tição tirado do fogo? E o que isso tem a ver com você?

O sumo sacerdote Josué, veio a Jerusalém junto com Zorobabel da Babilônia. Ele é alguém que
nasceu na Babilônia.

Conjecturo que ele cresceu ouvindo seus pais contando histórias de como era bom viver em
Jerusalém nos seus melhores anos. E passou sua juventude estudando na sinagoga os motivos
da queda de Jerusalém e os por quês do cativeiro babilônico.

E agora, possui a importante missão de ser o guia espiritual do povo de Deus na cidade santa. E
assim também é todo servo de Cristo, somos preparados no cativeiro, quer dizer, prova,
dificuldade, para sermos aprovados na cidade santa, a nova jerusalém.

O texto diz que ele é um tição tirado do fogo. Isto é, um pedaço de raiz que foi tirado das
chamas, em outras palavras, uma brasa viva!

O fogo aqui é o cativeiro babilônico, como sendo a fornalha da aflição (Is 48:10). Josué foi
tirado do cativeiro, do meio das chamas, e esta pronto para ser usado por Deus.

Assim também somos nós, sacerdotes do Deus vivo, forjados no fogo da aflição, das
tribulações, da perseguição, das angústias e dos perigos mil. Pois isto é a escola dos servos do
Senhor.

Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a


fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? (Rm 8:35).

O que você tem passado até então? Toda essa luta é a escola de Deus, te preparando para
uma grande missão. Pois é na escola de Deus que:

 Os profetas são formados


 Os sacerdotes são consagrados
 E Onde Homens e mulheres de valor são reconhecidos

Antes do cativeiro babilônico, todos os profetas do Senhor foram ignorados. Eles anunciaram a
verdade e não foram ouvidos pelo povo.

Mas depois do cativeiro, não foi necessário enviar tantos profetas, porque todos que voltaram,
haviam sido forjados no fogo e estavam prontos a ouvir a voz de Deus.

Assim é todo cristão que já amadureceu e que não precisa mais aprender uma lição no
cativeiro. Ele fica sensível a voz do Senhor, e por isso, vive cheio do Espírito Santo.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
O seu eu (orgulho) já foi totalmente queimado e transformado por Deus,
de maneira que agora, ele é como brasa viva, um tição tirado do fogo, quem olhar para ele, só
verá o brilho da glória de Deus.

E verá a incandescente chama do fogo do Deus vivo dentro de si.

Pois uma vez tendo sido provado e aprovado, nada mais te abala, seu grito de guerra em meio
as lutas e dificuldades agora é:

Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem
as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de
Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. (Rm 8:38,39)

E quando vem a dificuldade, e todos pensam que você foi derrotado; é aí que você vai
declarar:

Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou
instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer
necessidade.
Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. (Filipenses 4:12,13).

A prova esta ficando cada vez mais difícil? Deixe queimar, pois Deus sabe o que esta fazendo, e
no final, o resultado é brasa viva.

Porque em toda uma multidão, somente os 3 jovens foram lançados n fornalha. Assim
também é você, esta no meio de muitos, porém és o único a ser lançado no fogo, para ser
tirado de lá honrado por Deus.

Então deixe a fornalha aquecer 7 vezes mais, assim como o cativeiro durar 70 anos. Aguente
firme, pois esta chegando o tempo em que Deus irá tirá-lo daí, como uma brasa viva pronta
para deixar uma marca por onde passar.

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/
Você quer ser um pregador da palavra de Deus?
Se você já tem o Espírito Santo de Deus em sua vida, agora só lhe falta a capacitação.

Sabia que todas essas mensagens foram feitas uma por dia, de segunda a sexta entre
os dias 15 de Julho á 27 de setembro de 2019?

Isso é possível porque tenho o Espírito Santo na minha vida. Se você também tem, saiba que o Espírito
de Deus não é limitado, nem se desgasta. Ele não acaba, nem diminui. Pelo contrário, ele só aumenta
em nós!

Mas se você também tem o Espírito Santo, então porque é tão difícil ler a bíblia e fazer uma pregação?
Ora, é porque precisa estudar e aprender, como eu fiz durante toda a vida.

Quando eu tinha 9 anos de idade, Deus usou uma irmã, para profetizar e dizer que eu seria um pregador
da palavra de Deus, e iria ganhar muitas almas. Desde então, eu comecei a pregar. Mas advinha....

Na minha primeira pregação, tive 10 minutos para falar, porém, falei por 2 minutos e agradeci a
oportunidade. Porque não sabia pregar. Nem tinha domínio do texto bíblico. E então lutei muito para
aprender, já investi só em livros, mais de 15 mil, e continuo aprendendo, pois quero fazer o melhor para
Cristo, pois ele me salvou sem eu merecer.

Mas ainda Há quem pense que é só abrir a bíblia e Deus irá injetar coisas na sua cabeça para falar. Mas
isso não existe. A própria bíblia manda meditar no texto bíblico dia e noite. (Sl 1:1-3. Js 1:5-9). E o
apóstolo Paulo disse para Timóteo:

Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá. (1 Timóteo 4:13)

Por falta de conhecer a própria bíblia, as pessoas confundem a palavra de Deus. Jesus disse assim:

E sereis até conduzidos à presença dos governadores, e dos reis, por causa de mim, para lhes servir de
testemunho a eles, e aos gentios. Mas, quando vos entregarem, não vos dê cuidado como, ou o que
haveis de falar, porque naquela mesma hora vos será ministrado o que haveis de dizer. (Mateus
10:18,19)

Jesus estava falando da perseguição que viria em Jerusalém, e que o Espírito Santo iria ajuda-los a se
defender diante das autoridades. Isso não tem nada a ver com o ensino e a pregação dentro da igreja
para os irmãos.

Afinal, os maiores pregadores do evangelho, foram todos homens estudados. Não digo que todos tem
faculdade. Mas digo que todos tem conhecimento na bíblia sagrada. Como diz:

Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar,
que maneja bem a palavra da verdade. (2 Timóteo 2:15)

Você pode tentar sozinho e fazer o longo caminho que eu fiz. Ou pode pegar um atalho e aprender
direto comigo.

Se Você Quer Aprender a Interpretar a Bíblia e Extrair


Dela as Mais Incríveis Pregações, Clique Aqui

Elaborado por: Pregador Manassés – Clube de Pregadores


Acesse: https://clubedepregadores.com.br/

Você também pode gostar