Você está na página 1de 78

COMO ROUBAR COM EDIR MACEDO

Emerson Silva
eeras@hotmail.com

As Técnicas de Extorsão da Igreja Universal do Reino de Deus

ÍNDICE
 Introdução
 Parte I, "Sexta Feira da
Libertação"
 Parte II, "Domingo do Encontro
com Deus"
 Parte III, "Segunda Feira,
Corrente dos Empresários"
 Parte IV, "Quarta Feira, Santa
Ceia"
 Parte Especial, "Fogueira Santa de
Israel"
 Conclusão

Introdução
O artigo 171 do Código Penal Brasileiro, classifica como crime de
estelionato, entre outras coisas: "Obter, para si ou para outrem,
vantagem ilícita, em prejuízo alheio[..] Quem: vende, permuta, dá em
pagamento ou em garantia coisa própria inalienável". O artigo 158 do
mesmo código cita ainda: "Constranger alguém, mediante violência ou
grave ameaça, e com o intuito de obter para si ou para outrem indevida
vantagem econômica, a fazer, tolerar que ser faça, ou deixar de fazer
alguma coisa." Durante fevereiro de 1999 à outubro de 2000, eu me vi
no meio de uma grande quadrilha de estelionatarios, pessoas que,
inescrupulosamente abusam da fé do povo, usam da bíblia como
instrumento de extorsão, como garantia das bênçãos, que são,
oportunamente trocadas por gordas ofertas.
Como pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, eu
presenciei pastores serem lançados a rua, por simplesmente
não conquistarem suas metas financeiras. Vi membros
perderem seus bens, sua família, até a vontade de viver,
depois de darem seu "tudo" em determinadas campanhas da
instituição.
A cada dia, mais e mais pessoas caem nas ambiciosas
garras da quadrilha de Edir Macedo, Romualdo Panceiro,
Carlos Rodrigues e Marcelo Crivela. Homens que pouco, ou
nada se importam com a situação emocional dos dois
milhões de fieis de seu pequeno banco imobiliário. O
importante, é, antes de tudo, tirar-lhes até o ultimo
centavo, depois disso, assumem a confortável situação de,
delegar a um Deus a responsabilidade pelo sucesso dos
ofertantes.
Esse sucesso quase nunca chega, casos isolados de
pequenas conquistas, estas graças ao suor dos membros,
são exaltados como verdadeiros milagres. Placebos são
elevados ao status de cura fenomenal. A manipulação
hipnótica, pela qual pessoas são submetidas a condições
humilhantes, é tratada com euforia, um status que nem os
exorcismos medievais recebiam, o poder dos bispos e
pastores, sob os ditos "demônios", é festejado, um dos
maiores atrativos da igreja.
A Universal vem ha quase três décadas conquistando
corações e mentes, no Brasil e em mais de 70 países pelo
mundo, um câncer que cresce, e corrompe nossa sociedade.
Agora se infiltra sorrateiramente pelas veredas da política
nacional, com planos de eleger um presidente da republica a
longo prazo. Isso tem que parar!
Homens corajosos, como Mario Justino, denunciaram as
bestialidades dos bastidores do "Reino de Deus", revistas e
jornais de porte nacional já denunciaram suas falcatruas. O
governo do Chile já proibiu a entrada de seus pastores em
seu território (fato que foi prontamente resolvido, graças ao
recém adquirido poder político da quadrilha). Mas nada
parece conter o avanço da trupe capitalista de Edir Macedo.
Algo tem que ser feito. Minha contribuição está nas paginas
que seguem, vou passar a diante o que me foi
exaustivamente ensinado, o que se ensina até hoje por traz
da magia dos altares da igreja. Verdadeiras aulas de como
se engana, se ilude um povo crédulo, indefeso, como o povo
brasileiro. Tentarei ao máximo desviar o foco da atenção da
minha experiência pessoal, mostrando o lado técnico e frio,
com que o assunto financeiro é tratado dentro dos
escritórios da igreja. Embora saiba, que, em determinado
momento será impossível não me recordar de fatos
marcantes, gostaria de mostrar a todos, como o que é
tratado por santo nos púlpitos, nada mais é que moeda de
poder dentro da igreja.
Bispos e pastores importantes se divertem em clubes,
hotéis, e em viagens internacionais, promovem orgias as
custas do bem alheio, que sim, lhes foi doado por livre e
expontânea vontade. Mas minha pergunta maior é, por que
o Fisco, ou o Ministério Publico Federal nunca se
interessaram pelo fato de uma instituição que deveria
promover a salvação, e bem estar do povo, insiste em pedir,
em todas as reuniões dinheiro.
Em quatro partes, vou relatar uma sinopse das reuniões de,
sexta, domingo, segunda e quarta feira, respectivamente, e
em uma ultima parte, mais extensa, vou mostrar como é
feita, em detalhes, a Fogueira Santa de Israel. Esta ultima, a
campanha crucial da igreja, o tudo, para a vida do povo, e
dos pastores. Em "As Técnicas de Extorsão da Universal",
vou abrir, como em poucas vezes foi aberto, os tão restritos
escritórios pastorais, reuniões da Igreja Universal mostradas
sem o véu do fanatismo, da fé cega e submissa que é
pregada, como maneira de prender os fieis.

Índice
Parte I:02
"Sexta Feira da
Libertação"
Você conhece alguém que participa regularmente da igreja
universal? Se conhece com certeza sabe dos envelopes
interessantes com os quais de vez em quando essa pessoa
aparece, o que você não sabe, é que para que essa pessoa
pegar esse envelope houve uma cuidadosa preparação,
desde a confecção do mesmo, até a pregação usada para
convencer as pessoas a pega-lo, e mais, que esse envelope
na maioria das vezes é a ultima e desesperada tentativa do
pastor dessa pessoa para alcançar seu minguado mês.
Todos as igrejas Universal e muitas outras igrejas que
pregam a teoria da prosperidade tem um chamado "Livro do
Mês", nesse livro, dia após dia são anotados os valores
obtidos pelas igrejas, e seus respectivos pastores, existem 4
cópias desse livro, na igreja, na sede regional, sede
estadual, e na sede nacional, assim é medido o desempenho
do pastor que toma conta de uma igreja, esses livros já
vieram a tona em reportagens da revista "Veja", e salvo
enganos no "Jornal Nacional", mas como tudo nessa nossa
nação acabaram em pizza, e uma pizza bem recheada com
suborno e pressão política.
O "Mês" de uma igreja funciona assim, se em janeiro sua
igreja arrecada R$ 1000,00, em fevereiro tem de arrecadar
mais que isso, não importa as variações do ano, o mês tem
que sempre subir, se houve uma Fogueira santa em maio e
sua igreja arrecadou R$ 6000,00, e houver outra em
setembro, nessa de setembro o seu mês tem que ser maior
que o de maio, não que o de agosto, se não houver Fogueira
santa, ou outra campanha nacional seu mês de setembro
tem que ser maior que o de agosto, espero ter sido claro.
Se o mês de um pastor cresce, sua igreja e moral com os
lideres também cresce, é assim que funciona, uma queda
em três meses já é suficiente para o afastamento de um
pastor, embora não seja uma regra, geralmente acontece
assim, se um pastor nunca alcança o mês, ele é "retirado da
obra de deus" pois isso é um indicador segundo o "sábio"
bispo Edir Macedo de que o pastor não está bem com Deus,
impuro espiritualmente, por isso é de importância vital para
um pastor da I.U.R.D. ter os gráficos de sua igreja sempre
crescentes.
Para "pegar o mês" o pastor recorre a todo o tipo de
artimanhas, nessa série em 4 partes pretendo mostrar-lhes
os 5 dias da semana que são melhores em arrecadação, na
verdade os 4 em que se arrecada alguma coisa, são eles
Segunda, Quarta, Sexta e Domingo, as terças, quintas e
sábados o movimento da igreja costuma cair, contudo para
resolver isso a direção estabeleceu nas terças feiras a
reunião do descarrego, eu já havia saído quando isso
aconteceu, não sei quais as técnicas usadas para esse dia,
devem ser semelhantes as de sexta-feira, as quintas sempre
se pode distribuir algum envelope para a família, na verdade
essa reunião só se mantém com esses envelopes mesmo,
alguns pastores casados colocam suas esposas para uma
reunião especial nesse dia, quase sempre aumenta a
arrecadação, nos sábados pode-se fazer um vale do sal, ou
uma reunião sentimental, mas não costuma dar certo, tem
sempre a escovinha das crianças, se as obreiras forem
competentes e conseguirem pelo menos 100 crianças, cada
uma com R$ 1,00, temos assim garantida a oferta de
Sábado, com pelo menos R$ 70,00, um bom movimento na
média, não se espante, nem as crianças escapam na
I.U.R.D., na verdade se o bairro for de classe média, a
escolinha das crianças pode até mesmo corresponder entre
10 e 15% do mês da igreja.
Bem, vou começar pela "Sexta Feira", a reunião de
libertação geralmente corresponde a 30% do mês de uma
igreja, podendo fazer mesmo a diferença, ela tem a grande
vantagem de pegar as pessoas frágeis ou assustadas com os
exorcismos, ou perplexas diante da autoridade de deus e
seus pastores, isso abre seus corações e seus bolsos como
dizia o sábio bispo Sérgio Von Helder, um ícone na igreja,
dizem as más línguas que ele pede melhor que o bispo
Macedo, e essa técnica de hoje foi lançada por ele, e me
passada em uma fita pelo pastor Reginaldo, espero que
todos estejam sentados, e preparem-se para aprender a
como pedir ofertas na igreja universal.
Para fazer esse desafio é necessário uma mesa coberta com
papel laminado dourado, e bastante azeite de oliva, se não
tiver bastante azeite misture olho de cozinha mesmo, o
importante é falar pro povo que é de oliva, de preferência
misture algum aroma ou fragrância, assim dá pra dizer que
colocou um pouco de "Óleo de Israel", vamos lá, vou colocar
no modo de encenação, e quando julgar necessário algum
comentário faço em parênteses.
(depois de terminada a oração de libertação, canta-se uma
musica leve, para acalmar as pessoas, faz-se uma oração de
entrega pra deus, e...)
—Amém pessoal, podem sentar.
—Abram suas bíblias em Levitico capitulo 24, versículo 5, preste
atenção no que deus quer falar a sua vida hoje:
LV 24:5 - Também tomarás da flor de farinha, e dela cozerás doze pães; cada
pão será de duas dízimas de um efa.
LV 24:6 - E os porás em duas fileiras, seis em cada fileira, sobre a mesa de
ouro puro, perante o SENHOR.
LV 24:7 - E sobre cada fileira porás incenso puro, para que seja, para o pão,
por oferta memorial; oferta queimada é ao SENHOR.
Amém? Preste atenção que Deus aqui pede para que as pessoas coloquem
ofertas na mesa do tabernáculo, no versículo um está escrito:
LV 24:1 - E FALOU o SENHOR a Moisés, dizendo:
Da mesma maneira que deus falou a Moisés naquele tempo, hoje ele tocou
em meu coração para abençoar a vida de vocês, em êxodo capitulo 25,
versículo 23:
ÊX 25:23 - Também farás uma mesa de madeira de acácia; o seu
comprimento será de dois côvados, e a sua largura de um côvado, e a sua
altura de um côvado e meio.
ÊX 25:24 - E cobri-la-ás com ouro puro:
—Hoje eu fiz como deus mandou a Moisés, fiz a representação de
uma mesa de ouro, e deus vai abençoar sua vida através dessa
mesa, amém! Quem crê diga "Graças a deus".
—Pessoal, quem já ouviu falar de Davi?
—A bíblia fala que Davi foi muito abençoado, sim ou não?
— Abra então a sua bíblia no Salmo 23, e leia ele para mim: (aí as
pessoas leem em voz alta junto com o pastor o salmo)
SL 23:1 - O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
SL 23:2 - Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas
tranqüilas.
SL 23:3 - Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor
do seu nome.
SL 23:4 - Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria
mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
SL 23:5 - Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos,
unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
SL 23:6 - Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os
dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias.
—Davi, como vocês enfrentou um gigante, enfrentou e venceu, quem
aqui crê que o gigante de sua vida foi derrubado hoje?
—Mas eu pergunto a quem crê de verdade, quem tem fé para dizer,
— Pastor, a partir de hoje, deus vai mudar minha vida, o diabo que
me amarrava foi derrotado, eu sou um vencedor! Se você crê nisso
de todo o seu coração diga: "Amém!"
—No versículo 5, Davi diz "Preparas uma mesa perante mim na
presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o
meu cálice transborda", aqui você vê a gloria de deus, deus está com
Davi, ele prepara uma mesa perante os inimigos de Davi, ele unge a
cabeça de Davi com óleo, isso tudo por que Davi creu nas
promessas de deus, ele não teve medo dos seus gigantes ele
enfrentou a todos em nome de quem? (as pessoas respondem : "Em
nome de Jesus!", é comum na I.U.R.D. o uso desses truquinhos de
interação com o povo, usa-se muito por exemplo o truque de o
pastor dizer "Tá Ligado?" e as pessoas baterem palmas duas vezes,
baseado no versículo que Jesus diz a Pedro o que ligares na terra
está ligado no céu, isso põe o povo em alerta e da ênfase a
autoridade do pastor sobre eles.)
—Se você crê que deus te libertou mesmo hoje, eu vou lhe propor
um desafio, o desafio de Davi, hoje deus quer colocar uma mesa
diante de seus inimigos, quer ungir sua cabeça com óleo, pra isso
ele precisa que você mostre sua fé nele, como Davi fez, Davi tinha
tudo mas antes de ter tudo ele teve de entregar tudo a deus, Abraão
teve de entregar Isaque para que deus soubesse de fato e de
verdade que ele cria em suas promessas, sim ou não? Então hoje,
se você crê de fato no deus de Abraão, Isaque, no deus de Davi!
Você vai fazer um sacrifício a deus, amém?
—Fiquem de pé, estendam suas mãos em direção ao altar diga com
fé:
—Meu deus! Meu deus! Com mais fé pessoal! Com toda sua fé! (é
comum os pastores fazerem as pessoas gritarem o máximo
que podem, como sempre isso tudo para fazer o povo
acreditar na sua autoridade)
—Abençoa essa mesa, coloca sua benção nesse óleo, quando o
óleo for derramado sobre ela que seja como o óleo que ungia a
cabeça de Davi, que quando eu colocar meu sacrifício nessa mesa
que meu cálice transborde com suas bênçãos senhor!
—Coloque as mãos sobre seu coração, deixe-me orar por você
agora, "Senhor deus de Davi, eu sei bem que a situação dessas
pessoas não é fácil meu pai, mas sei também que segundo a sua
palavra só há uma maneira de ser abençoado, e essa maneira é
ofertando ao senhor, que é dando que se recebe, plantando que se
colhe, portanto meu deus que quando essa pessoa colocar seu
TUDO sobre essa mesa dourada, representando senhor espírito
santo à própria mesa que está no tabernáculo celeste, meu deus que
ela receba todas as suas promessas, pois senhor Jesus não adianta
ser liberto dos demônios se os inimigos riem dela, o senhor tem que
colocar um basta nisso, tem que colocar uma mesa diante dos
adversários dessa pessoa, ou o senhor se mostra ou de que adianta
ela vir aqui nessa noite, de que adianta ela se libertar, injeta fé no
coração dessa pessoa meu pai e desde já amarra todo o mau que
faz com que ela tenha medo de ofertar nessa casa (agora o
tecladista toca um fundo de terror, o pastor já nervoso e eufórico
ordena que as pessoas coloquem as mãos sobre a cabeça e faz
uma oração forte, vai até a pessoa mais sugestivel da igreja e faz
com que ela se manifeste, eis uma síntese do processo)
—Diga meu deus! Meu deus! Amarra agora todo o espírito da dúvida,
em nome de Jesus que todo o mau saia agora, sai, sai, e em nome
de Jesus! Sai!
—Amém.
—Olha quem está aqui pessoal:
—Qual o teu nome demônio?
—Qual o teu nome? (aí o demônio responde, e ele segue
perguntando o que ele deseja, qual a missão dele naquela
igreja, influenciada pela pregação a pessoa vai responder
que o diabo quer que as pessoas não dêem ofertas).
—Por que você não quer que elas ofertem a deus diabo?
(mais uma vez a resposta vai ser por que elas vão ser
abençoadas se o fizerem, não se esqueçam que ele passou
toda a reunião dizendo que era o diabo que impede as
pessoas de ofertarem, essa resposta sempre acontece,)
—Viu só pessoal, quem é que fica falando no seu coração, quem é
que fica falando...
—O que é que você diz pra essas pessoas demônio? (a resposta
vai ser que ele fica falando pras pessoas que o pastor é
ladrão, que o dinheiro é pra ele que o marido ou a mulher
vai brigar se ele der uma oferta grande, e tal, isso também
é geralmente dito antes, a resposta é perfeitamente
programada na mente da pessoa).
—Viram só? Quem já pensou isso? (várias pessoas levantam a
mão, na verdade todos já pensaram isso do pastor, quem
não pensa?)
—Deus quer te abençoar, olha só o que acontece com esse espírito
imundo quando ele chega perto da mesa: (ele leva a pessoa
manifestada até a mesa com óleo e obriga ela a colocar a
mão, a pessoa grita, pois ele sugestionou que a mesa ardia
com as chamas de deus, não é necessário dizer que a
pessoa dita possessa está em transe hipnótico, ela faria
qualquer coisa que ele manda-se).
Estenda as mãos para essa pessoa vamos libertá-la (ai ele
faz uma breve oração e dá o sai, prossegue a reunião).
—Amém pessoal? Viram só? Quem quer um diabo desses na sua
vida?
—Como eu ia dizendo, deus quer te abençoar, e hoje eu quero fazer
um desafio entre você e deus, mas esse desafio é pra quem tem fé
(às vezes eu acho que existe uma ligação entre o João
Kleber e a I.U.R.D., os pastores enrolam pior que ele,
contudo eu estou sendo fiel, uma reunião dessas duras em
média 2 horas e meia, podendo se estender até por 3 horas,
isso depende do pastor), se você não tem essa fé, por favor, não
se levante, essa oferta não é pra mim, não é pro bispo, nem pra
igreja, é pra deus, amém?
—Pastor, minha vida é difícil, eu até não tenho emprego, meu
negócio vai mal, mas eu tenho a fé de Davi, eu creio que o mesmo
deus que me libertou hoje pode e vai abençoar minha vida, eu quero
as mesmas bênçãos de Davi, se você é assim, pegue tudo que você
tem na carteira e coloque aqui nessa mesa, molhe suas mãos no
óleo e deixe seu tudo aqui na mesa de deus!
(para uma igreja entre 75 e 200 pessoas, que é a média que
eu estou usando, vão se levantar entre 10 e 20, o problema
é que o tudo delas varia bastante, não da pra se fazer uma
média, depois de uns 10 minutos de insistência e de chamar
as pessoas de covardes, o pastor pede que elas fechem os
olhos, isso na verdade é para ele dar uma olhada no arrecadado
até o momento, assim ele tem uma base pra continuar).
—Amém, pastor, eu ainda não tenho essa fé para dar meu tudo, mas
eu quero fazer um sacrifício a deus, veja bem quando eu digo
sacrifício, eu falo de seu melhor pra deus, não faça como gideão,
deus não quer seu cabrito, ele quer seu melhor, amém?
—Se você tem três notas na carteira, uma de R$100, 00, uma de R$
10,00, e uma de R$ 5,00, e diz, eu vou levar a de R$ 10,00, por favor
nem levante, deus quer seu melhor, ele quer o boi, olha pastor eu
tenho aqui cem reais, é meu melhor, eu vou ofertar a deus, coloque
aqui na mesa e deus vai te abençoar, não esqueça de ungir as mãos
no óleo sagrado.
(pra encurtar, ele vai baixando, até que apela geral)
—Pastor, eu tenho cinco, dois, um real, eu tenho o vale transporte,
mas é o dinheiro do pão, da condução, eu não posso dar, é do leite
de meu filho.
—Eu tenho uma pergunta a fazer a você, Jesus disse assim lá em
Lucas 12:24, "Observai os corvos, os quais não semeiam, nem
ceifam, ou seja, não plantam nem colhem, amém? Continuando: não
tem despensa nem celeiros; todavia, Deus (esse deus tem que ser
enfatizado tem que ser forte tem que surpreender) Deus os sustenta.
Olhem a palavra de nosso senhor Jesus cristo: Quanto mais valeis
vós do que as aves!”.
—Jesus diz aqui que não faz sentido se preocupar, portanto não
importa se esse é o dinheiro do vale transporte, se é o pão de seu
filho, deus quer transformá-lo em oferta, deus quer que esse dinheiro
imundo, esse dinheiro que vem do mundo se transforme em oferta
perante seus olhos, como Jesus transformou nossos pecados em
salvação. (aí vem à hipocrisia, o cara ajoelha no altar e ora quase
chorando, foi difícil digitar isso eu não parava de rir lembrando das
vezes que fiz isso).
—Meu pai, eu não sei como fazer com que essas pessoas
creiam que é o senhor que está falando, mas eu sei também ó
deus que é o teu espírito que convence, esse dinheiro que
está aqui sobre essa mesa não é do Edir Macedo, não é do
pastor Emerson, não meu pai, nem da igreja universal, é da
sua obra Jesus, portanto mostra isso a estas pessoas, mostra,
faz tua obra meu pai!
—Pastor, é pouco, mas é tudo que eu tenho, venha e coloque nessa
mesa sua moeda, seus dois, três reais, seu vale transporte, unja sua
mão com óleo santo, em nome de Jesus!(canta-se um corinho
animado, eu podia colocar a letra mais já estamos na pagina
4, preciso terminar a reunião, há, nessa altura já
conseguimos quase R$ 500,00, ou mais, numa igreja com
mês de R$ 3000,00 já é uma ótima porcentagem para um
dia, e vem as piores partes agora)
—Pastor, eu não tenho dinheiro aqui comigo, mas tenho no banco,
eu tenho fé para fazer um desafio com deus, pegue sua folha de
cheque e preencha um cheque com todo o extrato de sua conta,
coloque sobre essa mesa (é um desafio alto, mas se der certo,
você pega o mês na hora, um grande lance de sorte se você
tem um cara de classe média com uns R$ 1000,00 no banco
no mínimo), pastor minha conta está no vermelho, mas eu vou
preencher um cheque pré datado e semana que vem eu tenho
certeza que vou ter em minha conta esse valor, preencha o cheque,
vá pela sua fé em deus!
—Eu não tenho conta em banco, eu nem emprego tenho, mais fé eu
tenho pastor, eu deixei esse envelopes dourados aqui atrás do
púlpito pra isso gente, você vai colocar nesse envelope tudo que
passar em suas mãos durante essa semana e trazer até o altar de
deus semana que vem, se você tem essa fé os envelopes estão em
cima da mesa dourada (antes disso o pastor pede para que as
pessoas fechem os olhos para abençoar mais uma vez os
envelopes, enquanto isso ele dá uma olhada no montante
arrecadado e manda o auxiliar guardar tudo no escritório,
afinal não quer que nenhum engraçadinho pegue e coloque
dinheiro no envelope vazio, já ouviu o ditado que todo o
ladrão é desconfiado?), pastor eu não tenho essa fé mas eu vou
semana que vem trazer de cem a cinqüenta reais, venha e pegue
seu envelope, não se esqueça de ungir a mão.
(essa coisa de envelope com tudo é muito útil no final do
mês, a pessoa pega esquecida que o salário está por vir, e
acaba por pressão entregando todo o salário no envelope, é
um ato de sorte, mas se der certo o pastor ganha o mês).
—De R$ 50,00 à R$ 10,00 venha aqui e pegue seu envelope, em
nome de Jesus, de R$ 10,00 à R$ 5,00 venha aqui e faça seu voto
com deus, pastor eu não tenho como dar uma oferta semana que
vem, ou sou novo na igreja, deus um dia vai te dar essa fé, venha
aqui e coloque as mãos no óleo santo (o ato de misericórdia, da
um tom de amabilidade a reunião, faz com que as pessoas
não pensem que a igreja é tão materialistas, se bem que há
pastores que nem isso fazem, dizem que não vão enganar
as pessoas).
—Amém, quem crê que deus abençoou sua vida hoje? Diga graças
a deus, vamos fazer a oração final para que você vá para casa em
paz, alguns nem vale transporte tem, mas vão com a benção de
deus.
(o pastor faz a oração final, e acabada a reunião vai ansioso
para o escritório contar as ofertas, se consegue pelo menos
15% do mês seus objetivos foram alcançados, se não há
ainda a esperança da próxima semana, com os envelopes, o
bispo Von Helder já chegou a pedir carros ou casas em suas
reuniões, e por incrível que pareça, segundo ele um senhor
depositou a chave e os documentos do carro em cima da
mesa, eu nunca ousei isso, já soube de pastores que
tentaram e perderam o povo da igreja, há muitas variações,
alguns usam mesas brancas, e mais versículos são ditos,
contudo eu já extrapolei o tamanho, são no meu editor de
texto 5 paginas).
Bem pessoal, assim se foi a primeira parte de minha
humilde série, semana que vem se o unicórnio quiser, eu
posto aqui a Segunda parte, "O Domingo do encontro com
Deus" estou pensando se vou usar a consagração dos
dizimistas ou um voto com envelope, não sei direito.

Índice
Parte II:03
"Domingo do Encontro
Com Deus"

Domingo é um dia santo, não se devia nem pedir oferta,


quanto mais fazer desafio, dizia o pastor Gilberto, um pacato
senhor com seus 40 anos de idade, quando eu ainda era um
obreiro (não que isso seja dito aos obreiros, mas eu
praticamente morava na igreja, estava sendo preparado
para ser pastor), claro que o pastor Gilberto vivia sua
pregação, tanto que acabou sendo mandado para o
Nordeste e assumiu uma igreja miserável no interior, nem
sua esposa que tinha muitas influencias no escritório da
igreja pode salvá-lo quando ele pegou a Nova Porto Velho
(uma antiga sede regional aqui em Porto Velho) com um
mês de R$ 15000,00 e deixou com R$ 7000,00, me
disseram as más línguas depois que me tornei pastor.
O fato é que fazer ou não desafios aos domingos depende
muito da necessidade da igreja, se o seu mês está bem, não
há motivos para saturar esse dia com mais desafios, afinal
ele já é bem abastecido com os dízimos, que são
direcionados para ele, e duas ou três vezes por ano ainda
temos a Fogueira Santa de Israel, que sempre cai nos
domingos, mas talvez esse seja um capitulo a parte nessa
série, no entanto se você ainda não pegou o mês no
segundo Domingo é bom começar a pensar em estabelecer
um desafio lá pelo terceiro, é sempre um dia fértil para isso,
já que o núcleo endinheirado da igreja está presente, e os
obreiros são sempre mais sugestíveis.
Vamos fazer um desafio simples, algo de fé, e que não
surpreenda o povo, algo perfeito para Domingo (se bem que
eu preferia faze-lo as segundas feiras) vamos fazer nesse
Domingo "O Dizimo da Fé", algo perfeito para a semana
seguinte a consagração dos dizimistas, vamos a reunião:
(para essa reunião, vamos precisar de uma cruz de madeira,
e quanto maior a cruz melhor o efeito, uns 3 litros de suco
de uva natural, sete taças com azeite de oliva, e muitos
envelopes em branco)
(estamos simulando uma consagração de dizimistas, num
Domingo normal, isso acontece todo o mês, é o momento
em que o pastor derrama óleo na cabeça das pessoas que
são fiéis com seus dízimos, assim ele pode começar a
reunião já pedindo – e isso é muito bom para quem está
desesperado, ele pega o alforje manda o auxiliar contar, e
antes de terminar a oração já tem o valor, lhe dando uma
base para continuar ou não a pedir, ou pode fazer isso
depois da pregação do encontro com Deus, nesse caso,
vamos apelar, fazer de tudo para arrancar até o ultimo
centavo das pessoas, vou seguir aqui um arremedo do
exemplo do Bispo Sérgio Von Helder – o que chutou a santa,
e começar a reunião pedindo os dízimos).
(entra calado, dobra os joelhos sobre uma cruz que está no
altar, cheia de envelopes brancos, e com uma bacia com
suco de uva, os obreiros vão para frente do altar, o povo
assim é exortado a se levantar e orar).
—Senhor meu deus e meu pai, faz dois mil anos que tu sacrificaste
num madeiro como este teu único filho, quando Jesus morreu
crucificado nenhum de nós estava vivo, nenhum de nossos pecados
havia sido cometido, mas o Senhor sabia Espírito Santo, sim meu
pai, tu sabias bem que iríamos pecar, e por isso antes mesmo que
pecássemos ofereceu em oferta como sacrifício perfeito teu único
filho, nosso senhor, aleluia! (é aconselhável nesse momento
orar com tom de emoção e tristeza, quase um choro) Ó Deus
de Israel, de Abraão, Isaque, Deus de Davi, hoje eu lhe apresento,
diante de teu trono, a vida daqueles que levantam tua santa obra
(traduzindo, dos otários que me fazem pegar o mês), eu
coloco diante de ti seus anseios, seus problemas, suas dificuldades,
pois eu não sei uma pequena parte das dificuldades do Teu povo,
mas tu sabes, foi o senhor que disse que não estava dormindo, nem
surdo para os problemas de Israel, e aqui está o Novo Israel, aleluia!
Aqui está a descendência de Abraão, a grande nação celestial —
Fale com seu deus meu irmão, conte pra ele seus problemas, agora
é você e ele, fale com seu pai! (eu aconselharia nesse momento
cantar uma canção da Leonor, acho ser esse o nome da
cantora do Macedo, esposa de um pastor que há pouco
tempo atrás era de Brasília, chama-se "O Novo Israel", eis
algumas partes: Olha o novo Israel / Pela fé descendente de
Abraão / Um povo remido na terra / Eleito para morar em
Sião, muito das reuniões de desafio é a emoção e a
intimidade com deus que é levada as pessoas, isso sempre é
de grande valia).
—Dois mil anos se passaram Senhor Jesus Cristo, essa cruz foi
vencida, a própria morte o foi, por ti, que hoje em o teu santo e
poderoso nome, a morte que está na vida dessa pessoa seja
vencida! (ainda de joelhos) consagra essas sete taças, abençoa o
azeite que as preenche, faz com que a vida dessas pessoas
transborde, cobre o teu povo com tuas bênçãos (agora de pé).
—Meu irmão e irmã, você que trouxe seu dizimo a casa de deus,
venha com seu envelope aqui à frente.
—Esse envelope é sinal de sua aliança com deus, coloque ele no
coração, em nome de Jesus.
—Feche seus olhos, vamos falar com nosso pai.
(uma musica nesses momentos é imprescindível, para levar
o fiel a concentração).
Senhor neste momento, eu estou aqui
Vem me ouvir pois tenho tanto pra contar
Por toda minha vida eu te procurei
E só aqui eu pude te encontrar
São tantos os problemas que eu já passei
Que eu nem sei por onde posso começar
Perdoa pelas vezes que eu te entristeci
Vem me estender as mãos vêm me ajudar
Toca em minha vida Espírito Santo
Vem me envolver Espírito Santo
Faz o teu querer Espírito Santo
Molda o meu ser Espírito Santo
—Sim meu deus e meu pai, toca na vida dessas pessoas, cumpre na
vida dos teus servos suas promessas, sabemos senhor que não
merecemos nada, mas foi tu que prometeste, e como Jacó, hoje o
teu povo veio segurar no pé do anjo, hoje eles vieram a tua casa
para cobrar tuas promessas, e assim será feito em nome de Jesus.
—Amém.
—Venha agora aqui no altar de Deus, você vai colocar seu envelope
aos pés da cruz, e ficar de joelhos, eu vou derramar o santo óleo
sobre sua cabeça, em nome de Jesus, depois continue na frente do
altar, por que a partir da hora que você é fiel com deus, não adianta
o pastor orar por você, tem que fazer como Israel, brigar com Deus,
desafiar o todo poderoso, amém!
—Mas pastor, quem sou eu pra desafiar deus?
—Você é um servo fiel a ele, isso basta, diga graças a Deus.
—Venha agora aqui no altar, mostre ao Senhor sua fidelidade.
(agora o tecladista toca alguma musica de louvor, esse é pra
ser um momento solene, vou sugerir para o momento,
contudo a musica "Perfume Universal" de Marcelo Crivela,
acho que essa muita gente conhece, mas vale uns
versinhos, enquanto o pastor consagra os dizimistas, espero
que vocês estejam podendo visualizar todo o ritual, por isso
estou sendo detalhista)
Ela veio movida na força do amor de seu coração
Sem ser convidada entrou na casa de Simão
Nas mãos um vaso de mármore
E os olhos molhados de lágrimas
Para entrar na história do amor
Trazendo o perfume para ungir no nosso senhor
Horas mais tarde os senhor foi levado aquela cruz
Havia tantas feridas e ninguém para curar
Mas o vento daquela tarde fria soprando em toda a colina
Trazia espalhando no ar o perfume de amor derramado em nosso senhor
Na perseguição que a Universal sofre me todo o lugar
Na dor de ver o seu líder levado a prisão
Na força que existe entre nós
Na fé que nos põe de pé
Na união que faz todos irmãos
Ainda existe aquele perfume espalhado no ar (2x)
No gesto de nossos pastores que deixam tudo e vão
Levados no vento pra onde deus mandar
Na palavra pregado ao que sofre
Na fé que cura o enfermo
Na oferta trazida ao altar
Ainda existe aquele perfume espalhado no ar (2x)
Que a tua igreja senhor seja sempre esse perfume
Que o vento do teu espírito há de espalhar
E ainda que em lutas e perseguições
A vida tenhamos que dar
Com certeza pra sempre estará
Aquele perfume de amor espalhado no ar
Aquele perfume de amor espalhado no ar
O perfume universal que nunca vai acabar
(Eu tenho um Cd dele aqui em casa tem umas 4 musicas
ideais para a ocasião, mas Perfume Universal traduz bem o
espírito da igreja, é muito usada, varias musicas são
tocadas, como o pastor mandou que as pessoas brigassem
com deus, nenhuma musica agitada demais pode ser
executada, alguns usam apenas fundo musical, eu preferiria
usar musicas do Crivela, que está em alta no momento)
(Terminada a consagração, o pastor se ajoelha na cruz
novamente para entregar a deus os dízimos, é um momento
engraçado, onde dependendo do desespero do cara, ele abre
envelope por envelope, como um gordo numa fabrica de
chocolate, fica olhando, olhando, faz careta, não sei se
lembram de um escândalo denunciado pela globo nos EUA,
onde o Bispo Gerson Cardoso conta os dólares de uma igreja
nova, é bem pior que aquilo no dia a dia, creiam)
(Terminou a oração, isso tomou ao todo mais de uma hora,
vai começar agora nossa técnica de extorsão de hoje, o
pastor vai propor um desafio com os dizimistas, pra isso já
posicionou aos pés da cruz, envelopes brancos, e bacias com
suco de uva "o sangue do cordeiro" como eles preferem
chamar, foi aliás numa reunião mais ou menos assim que fui
consagrado obreiro, vamos lá, para nos ambientarmos,
estamos com todos os membros sentados, os obreiros de pé
ao redor do salão, tudo calmo, e vamos ao golpe)
—Nós estamos vivendo a fé de Jacó, amém?
—Como descendência de Abraão, temos por obrigação que viver
essa fé, uma fé abnegada, viva, só assim através desta fé nós
podermos agradar a Deus.
—A Bíblia diz que o sacrifício de Jesus foi apresentado a Deus como
sacrifício suave, abra sua bíblia em Filipenses, capítulo 4 versículo
12:
FILIPENSES 4:
12- Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas
as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim
de abundancia como escassez;
13-tudo posso naquele que me fortalece.
14-Todavia, fizestes bem, associando-vos na minha tribulação.
15-E sabeis também vós, ó filipenses, que no inicio do evangelho, quando
parti da Macedônia, nenhuma igreja se associou comigo no tocante a dar e
receber, senão unicamente vós outros;
16-porque até para Tessalonica mandastes não somente uma vez, mas duas,
o bastante para minhas necessidades.
17-Não que eu procure o donativo, mas o que realmente me interessa é o
fruto que realmente aumente vosso crédito.
18-Recebi tudo e tenho abundância; estou suprido, desde que Epafrodito me
passou às mãos o que me veio da vossa parte como aroma suave, como
sacrifício aceitável e aprazível a Deus.
19-E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória , há de suprir, em Cristo
Jesus, cada uma de vossas necessidades.
(eu tinha que fazer uma observação aqui, se leu com
atenção, vai ver que Paulo fez sutilmente uma menção as
ofertas recebidas, mostrando que desde os primórdios do
cristianismo dava-se ênfase as igrejas que tinham melhor
oferta, o cristianismo é em sua essência uma Universal,
desde Paulo).
—Tem gente por aí que diz que nós da universal roubamos, por que
pedimos demais, quem já ouviu isso levanta a mão.
—Só que essas pessoas parecem nunca ter lido a bíblia, por que
pessoal é que Paulo disse que deus irai suprir todas as
necessidades dos filipenses?
—Por que eles não tiveram medo de dar a deus, assim como Paulo,
nós da família Universal não damos a mínima para sua oferta, seja
ela de mil, ou de um real, como disse o apóstolo, no versículo 17:
17-Não que eu procure o donativo, mas o que realmente me interessa é o
fruto que realmente aumente vosso crédito.
—Quer dizer, a gente não quer saber o tamanho de sua oferta, mas
sim o tamanho de seu sacrifício, diga graças a deus.
—Quando o pastor vem no altar, pede seu dízimo ou sua oferta, não
é pra que ele ou a igreja tenha mais ou menos dinheiro, é pra que
sua vida seja levada a deus como sacrifício suave, aroma agradável,
por isso você não vê aqui no altar a gente te pedir merreca, esmola,
como servos de deus, nós vivemos nossas vidas despojadas pra que
vocês o povo de deus tenham uma vida abundante, em 2ª Coríntios,
11,7 Paulo fala mais uma vez sobre isso, e eu faço minhas as
palavras de Paulo, será que é pecado a gente largar nossas vidas,
pra viver nesse altar, abdicar de nossas bênçãos para que vocês
tenham vida em abundância?
—Vocês estão me entendo, sim ou não?
—Quando a gente propõe um voto com deus, não é pra encher o
bolso do bispo, do pastor, é pra abençoar sua vida, amém pessoal?
HEBREUS 11
1-Ora, a fé é a certeza de cousas que não se esperam, a convicção de fatos
que se não vêem.
2-Pois, pela fé, os antigos obtiveram bom testemunho./
3-Pela fé, entendemos que foi universo pela palavra de Deus, de maneira que
o visível veio a existir das cousas que não aparecem.
—Vejam a glória de Deus, é a fé que testemunha a nosso favor, é
pela fé que nós mostramos de quem somos filhos, se somos filhos
do mundo, nossa fé vai ser a do mundo, é aquela fé do quem sabe,
talvez, se deus quiser, tão me entendo, sim ou não?
—Agora os filhos de deus, do Deus de Abraão, do deus que abriu o
mar vermelho, os filhos deste deus têm uma fé sobrenatural, uma fé
que move montanhas, é a fé do com certeza! É a fé do vou vencer,
pro meu Deus, meu Pai quer! Não tem essa de se deus quiser não,
ele já prometeu, Abraão morreu sem ver a promessa cumprida, mas
deus deu aos filhos dele, a chance de receber integralmente suas
promessas.
—Hoje, nós consagramos os dizimistas, mas eu sei que tem muita
gente aqui que não deu o dizimo de quanto gostaria, tem filho de
deus aqui que trouxe dizimo de salário mínimo, de mesada, tá
amarrado isso pessoal, amém!
—Tá amarrado esse diabo da miséria, filho de deus não é pra
ganhar salário mínimo não, filho de deus é pra ser cabeça, não
cauda, tá ligado!!
(não sei se já disse, mas tem pastores que usam o tá ligado
pra manter o povo esperto, assim quando dizem o "tá
ligado" o povo responde com duas batidas de palma
consecutivas)
—Quem aqui quer mudar esse quadro?
—Quem diz, olha pastor, eu tenho fé, mas não é a fé do mundo não,
é a fé de deus, eu quero amarrar esse espírito que me impede de
prosperar, eu quero vencer, em nome de Jesus!
—Levanta a mão.
(quase todos vão levantar a mão, vem a brincadeira pra
descontrair)
—Tá amarrado isso pessoal!
—Não é, eu quero, isso é coisa do mundo, é eu vou, em nome de
Jesus, por que Deus quer, e se ele quer, meu irmão, minha irmã,
então nada, nada nesse mundo pode te deter, amém!
—Hoje eu quero te propor um desafio, um desafio com o seu Deus,
pra amarrar esse dízimo de merreca que você traz, pra te fazer
prosperar.
—Deixe eu orar por você, sentado mesmo ponha as mãos sobre o
seu coração.
—Senhor deus e pai, não é fácil pro seu povo viver humilhado,
vendo os filhos do diabo vencendo e eles ficando pra trás, filho de
pai rico tem que ser rico, onde já se viu, um pai rico e um filho
miserável, isso não pode senhor espírito santo, tá amarrado isso, eu
lhe peço ó deus, que venha sobre a vida dessa pessoa e injeta nela
a fé que moveu os patriarcas, que moveu Josué, uma fé que vai
mudar a vida dela, em nome de Jesus, amém.
—Pastor, deus toca no meu coração, e semana que vem vou trazer
um dizimo de fé,
—Hoje você foi consagrado com óleo, representando o Espírito
Santo, semana que vem, sua vida vai ser consagrada com o sangue
de Jesus, amém?
—O que é um dizimo de fé, pastor?
—Simples, você quer receber de deus R$ 1000,00, qual ia ser o
dízimo?
—R$ 100,00, amém, você vai trazer o dizimo de quanto você quer
que deus lhe dê, se você tem essa fé, você vai subir no altar, pegar o
seu envelope branco aos pés da cruz, molhar metade do envelope
no sangue, sinalizando que você está fazendo sua parte, na parte
que ficou branca, você vai escrever seu pedido, na parte que ficar
vermelha, vai escrever seu agradecimento a deus, quem tá me
entendendo?
—Na semana que vem, você vai rasgar o envelope no meio, à parte
com o agradecimento, você vai trazer seu dizimo de fé, seu
sacrifício, a outra você vai deixar no sangue do cordeiro, que vai ficar
sendo abençoado todos os dias, e vai levar um saquinho com um
pouco desse sangue pra casa, pra ungir sua vida, amém?
—Mas veja bem, isso não é o dizimo de quanto você vai ganhar na
semana, é o de quanto você tem fé pra dar, você tem fé que deus vai
te dar um milhão, então traga o dizimo de cem mil, é isso mesmo,
não é um dinheiro que você tem, ou está para ganhar, é um dinheiro
que você tem fé que deus vai te dar, não importa como, graças a
deus, eu nem vou estipular valores, já falei de fé, já te mostrei por
que a gente pede sua oferta a deus, não preciso dizer que sua fé
tem que ser alta graças a deus pessoal?
—Venha aqui no altar pegue seu envelope e faça seu voto com o
senhor Jesus.
(pronto, o pastor já fez o desafio, durante a semana vai ficar
martelando aquilo, Segunda ele vai pregar sobre Ananias e
safira, Terça sobre o jovem rico, Quarta vai falar sobre os
patriarcas em hebreus 11, Quinta sobre o nascimento de
Samuel, Sexta vai dar uma trégua, e Domingo recebe os
envelopes, é importante numa campanha como essa ficar
martelando, é o ultimo Domingo do mês, e ele precisa de
algo forte, talvez convide as pessoas 4ª feira a dobrar o
voto, o básico é fazer com que as pessoas não percam o
pique)
(estamos numa igreja com mês de mais ou menos R$
3.000,00, numa Sexta feira conseguimos uns R$ 500,00, na
outra mais uns R$ 300,00, são R$ 800,00, temos as outras
sextas, com digamos R$ 100,00 cada assim estamos com R$
1000,00 garantidos, temos que arrebentar o mês, pra isso
tem que passar em muito os R$ 3000,00 com os quais
pegamos a igreja, agora com a consagração conseguimos
mais ou menos uns R$ 700,00, se for isso temos R$
1700,00, mais a oferta dos outros dois domingos, contando
com R$ 300,00 por Domingo, temos até agora um mês de
R$ 2300,00, só faltam outros R$ 700,00 para pegar o mês,
mas temos o desafio do próximo Domingo, que vai garantir
mais ou menos uns R$ 500,00, com as outras ofertas
passamos quase que tranqüilos, mas vamos fazer uma
reserva, se passarmos muito do mês podemos
perfeitamente esconder numa gaveta o que acharmos
conveniente e ir colocando esporadicamente.)
É feito um louvor, pede-se a oferta, e terminamos a reunião.
Bem pessoal, assim chegamos ao fim da segunda parte,
num Domingo conseguimos bastante coisa, desculpem o
atraso, espero que a espera tenha valido a pena, obrigado
ao Júnior por ter me cobrado, ao Mythirill por ter dado uma
força quanto ao tamanho (graças a ele esse tem umas
linhas a mais, isso por que não fiz nenhuma introdução
como no primeiro), e a todos os que leram as duas partes,
para quem não leu a primeira parte "sexta-feira da
libertação", aqui está o endereço, se tudo der certo semana
que vem eu venho com a terceira parte, "Segunda feira,
corrente da prosperidade", vamos dessa vez arrebentar com
o mês, assim quem sabe o bispo até nos dá uma igreja
maior, autoriza um namoro ou dá um carro, depende, até lá.

Índice
Parte III:

"Segunda Feira,
Corrente dos
Empresários"
Todo mundo quer dinheiro, isso nem se discute, essa é
uma premissa na I.U.R.D. dar as pessoas aquilo que elas
querem, falar o que elas querem ouvir, por isso faz o
sucesso que faz, oferecem de maneira fácil dinheiro, família,
tudo que uma pessoa pode querer, saúde, felicidade, em um
sentido mais amplo, a universal não passa de uma fabrica
de ilusões, onde os pastores covardemente manipulam os
sonhos das pessoas, escravizando assim, o seu modo de
vida, o que se tem com o tempo são zumbis, que nada vêem
além do que lhes é permitido ver pela direção da igreja, eles
foram muito sábios nessa questão, adotando todos os meios
possíveis de manipulação de massas, com seus vinte e
poucos anos a igreja de Edir Macedo tem em seus domínios
uma grande editora gráfica, uma boa gravadora, varias
rádios espalhadas por todo o país, e duas emissoras de TV
de porte nacional, a saber, a redes, Record e Mulher, todo
esse aparato não seria possível sem grandes doações a
igreja feitas em sua maioria por empresários.
Em São Paulo a igreja tem duas lendas vivas, dois sócios
que vão de helicóptero pra os cultos da catedral, eles são
citados como exemplo de prosperidade para a igreja, não se
fala contudo que são os únicos exemplos conhecidos, e eu
não tenho conhecimento de casos de grandes executivos
que participam das reuniões.
Antes que eu diga mais coisas, é necessário sublinhar um
fato importante, os depoimentos tidos como mais marcantes
dentro da I.U.R.D. são os dos empresários, pessoas que
chegaram a igreja falidos e com o tempo voltaram a
prosperar, é nesse ponto que precisamos meditar, a
esmagadora maioria dessas pessoas tinha suas empresas
para administrar, sabia como tocar um negócio, e tinha
curso superior, competência de sobra pra vencer na vida,
quantos empresários não passam por dificuldades enormes
e depois por mérito próprio vencem? Os casos apresentados
pela igreja universal são esporádicos, sendo que eu já vi
pessoas que chegaram a igreja com uma situação boa
beirarem a falência justamente por fazerem campanhas
demais e receberem bênçãos de menos para se ter uma
idéia, só na Regional que fiquei mais tempo, em Ariquemes
Rondônia, tínhamos 3 obreiros falidos, e dois nesse
processo, todos chegaram a igreja em melhor situação do
que as que se encartavam quando os vi pela ultima vez,
exemplos como esses são claros em toda a igreja,
principalmente entre os obreiros, basta procurar, eu poderia
citar, também que no tempo que estive na igreja, não vi
ninguém abrir a própria empresa e prosperar, as pessoas,
quando muito voltam a sua situação original,
Conclui-se então que os testemunhos nada têm de sobre
humano, todos são justificados pelo trabalho e esforço das
pessoas, que fariam aquilo com ou sem ajuda divina, e
principalmente sem ser necessário que para isso
desembolsem os montantes pedidos pela igreja de Edir
Macedo.
Como eu ia dizendo, os empresários são vitais dentro da
igreja, tanto que são bajulados, e receberam um dia
especialmente para eles, Segunda Feira, corrente da
prosperidade, que hoje ganhou o apelido de Corrente dos
Empresários, um dia totalmente dedicado a pregações sobre
a vida financeira.
Entendam algo, quando eu falo bajulados, eu quero dizer
isso mesmo, eles são cativados ao máximo, tanto que os
pastores vez por outra fazem visitas em suas casas, num
caso muito particular de desespero pra pegar mês, eu me vi
com um chifre melado de óleo visitando casas e fazendas
em Monte Negro, interior de Rondônia, numa campanha
para trazer os empresários para minha reunião, mas isso é
assunto pra outro dia, se me permitem, vou voltar a nossos
tópicos, na parte um, sexta-feira conseguimos R$ 500,00
aproximadamente, colocando os resultados de todas as
sextas, temos R$ 1000,00, por cima, acontece que
acabamos de pegar essa igreja, e o pastor que nos
antecedeu deixou um mês de R$ 3000,00, nas sextas temos
33% do mês, isso é um bom começo, e dava pra garantir o
mês do antecessor, contudo temos que mostrar serviço,
para assim, talvez o bispo nos brindar com um carro e quem
sabe com um noivado, ou casamento, por isso apelamos até
no domingo, a parte II da nossa série, e fomos bem
sucedidos, arrecadando mais ou menos R$ 1300,00,
chegando por tanto nos 75% do mês, algo que certamente
com ofertas menores é facilmente coberto, contudo somos
vorazes pedintes, temos que arrebentar o mês, e já é
chegada a hora de lhes explicar algo, na I.U.R.D.
dependemos de metas, e precisamos de uma meta para
essa igreja nova, não podemos pensar baixo, e para esse
mês temos que superar todos os meses do pastor anterior
para isso vamos turbinar as reuniões, e propor uma meta de
R$ 5.000,00, 66% a mais que o antecessor, para isso temos
que refazer a contabilidade.
Vamos pedir mais nas sextas feiras, aumentando assim
nossa arrecadação para R$ 1.500,00, vamos forçar os
obreiros no domingo, assim podemos chegar em R$
2.000,00 nos domingos, só aí já passamos o mês do cara,
mas temos uma meta, e R$ 3.500,00 está longe dela,
precisamos de mais mil e quinhentos reais, e o dia certo pra
isso é segunda feira, provavelmente vamos passar dessa
meta no mês, mas podemos tranqüilamente guardar em
uma espécie de fundo de caixa, para o caso de a
arrecadação cair no próximo mês, guardar dinheiro assim,
embora proibido pela direção é comum entre os pastores, e
se sua duvida é se eles ficam mesmo fazendo essas contas,
sim é a resposta, antes mesmo de se preparar a pregação
são feitos os cálculos para se pegar o mês, ou agora em
nosso caso a meta.
Uma coisa que um pastor não pode ter, é medo de pedir
oferta, não lembro se já disse isso aqui, mas certa vez, o
bispo Macedo disse:
—Se você tem dó do seu povo e não pede oferta, saiba de
uma coisa, é o diabo te usando para amarrar a vida do
povo, por que a pessoa não tem como ser abençoada sem
dar as ofertas para casa de deus.
—E tem muito pastor sendo usado pelo diabo, que tem
medo de chegar no altar e pedir, esse tipo de gentinha vai
ser arrancado da obra de deus!
—Aqui não é lugar pra frouxo não!
—Se você olha pra velhinha ou pro vovô e diz : "Coitado, a
aposentadoria não dá nem pro remédio, como é que eu vou
pedir oferta dele", você tá amarrando a vida do velho, não
tem essa de coitado! Ou a pessoa dá ou ela vai viver a vida
amarrada, depois um sujeito desses sai da igreja por que
não prosperou, e não prosperou por que não ofertou, e não
ofertou por que você teve medo de pedir, e vai pro inferno,
volta pro mundo, saiba pastor, que a alma dele vai ser
cobrada de você, por tanto aprenda uma coisa, se não pedir
o povo não dá, e se o povo não der, a vida deles e a sua vai
ser amarrada!
Tem mais coisa, mas essa pregação foi grande e não me
lembro dos detalhes, quisera eu ainda ter os k7 com essas
reuniões de pastores, ia ser um escândalo, mas a partir daí
da pra ter uma idéia de por que os pastores pedem tanto,
pedem por que se a igreja deles for amarrada, sem
crescimento $$ eles não vão pra frente na igreja também,
conheci pastores com anos de igreja, que nunca tinham
casado, nem namorado, pois só os que pegam o mês podem
namorar e noivar, e também conheci pastores com menos
de um ano de igreja que estavam transando alegremente
com suas esposas, por que sabiam roubar, mas o caso do
namoro é assunto para outra hora também, vamos a
reunião de hoje.
Para essa reunião vamos precisar só de envelopes brancos,
faremos apenas um pequeno desafio durante a oração, e no
fim lançaremos envelopes para a próxima Quarta feira.
(o pastor entra)
—Boa noite filhos de Deus, fiquem de pé, fechem os olhos e
coloquem as mãos sobre o coração, em nome de Jesus!
(é importante desde esse momento uma postura educada,
porém superior e autoritária do pastor, temos que lembrar
que ele está diante de pessoas cultas, empresários que em
sua esmagadora maioria tem mais escolaridade que ele, ele
não pode em hipótese alguma se contradizer ou deixar de
olhar nos olhos dos fiéis nessa reunião, por isso que o Edir
Macedo exorta a não ter dó do povo, não ter medo de pedir,
ele com o microfone em punho inicia a reunião).
Eu vim buscar
Minha prosperidade
Somente deus
Tem poder pra dar
Só Jesus me satisfaz
A prosperidade ele vai me dar
Eu confio em nosso senhor
Com fé esperança e amor
Eu confio em nosso senhor
Com fé esperança e amor
Queremos deus
Que é o nosso rei
Queremos deus que é o nosso pai
Queremos deus
Que é o nosso rei
Queremos deus que é o nosso pai
Se as águas do mar da vida
Quiserem te afogar
Segura na mão de deus e vai
Se as tristezas dessa vida quiserem te sufocar
Segura na mão de deus e vai
Segura na mão de deus
Segura na mão de deus
Segura na mão de deus e vai
Daí nos senhor vitória
Fé esperança e amor
Daí nos senhor vitória
Fé esperança e amor
Queremos deus
Que é o nosso rei
Queremos deus que é o nosso pai
Queremos deus
Que é o nosso rei
Queremos deus que é o nosso pai
—Senhor meu deus e meu pai, deus de Israel, Jesus de Nazaré,
hoje teu povo não veio aqui para buscar saúde, paz, libertação, não
meu senhor, o teu povo aqui veio hoje para vencer na vida financeira
foi o senhor que disse, não foi outro não, o senhor disse que o teu
povo ia ter vida e vida em abundância, que o teu povo ia ser cabeça
e não calda!
—Meu amigo e minha amiga, hoje é o seu dia de pedir a deus o
cumprimento das promessas dele em sua vida, você tem esse
direito, por tanto o exerça agora, fale com seu deus, mostre a ele o
que você quer em nome de Jesus!
E é por isso que eu vou
Eu vou
Eu vou
Eu vou eu vou
Vou buscar lá no Sinai a promessa de meu pai
Deus jurou a Abraão nos fazer uma grande nação
Ta amarrado a escravidão!
O povo de deus
Não nasceu pra ser escravo
Nem pra ser acorrentado na promessa do diabo
O povo de deus
Não pode ser endividado
Ver a terra prometida e não lutar pra conquistar
E é por isso que eu vou
Eu vou
Eu vou
Eu vou eu vou
Vou buscar lá no Sinai a promessa de meu pai
Deus jurou a Abraão nos fazer uma grande nação
Ta amarrado a escravidão!
—Diga amém, e graças a deus!
—Amém pessoal?
—Tá amarrada ou não tá a escravidão?
—O nosso deus nos fez grandes promessas, como fez a Moisés, a
Abraão, como fez a todos os profetas do passado, quem tá me
entendendo?
—Pela fé, Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício do que
Caim; pelo qual obteve testemunho de ser justo, tendo a aprovação
de Deus, amém?
—Para me acompanhar abra sua bíblia em Hebreus capitulo 11, do
versículo 4 em diante, em nome de Jesus.
Hebreus; Capitulo 11:
6- De fato, sem fé, é impossível agradar a deus, portanto é necessário que
aquele que se aproxima de deus creia que ele existe e que se torna
galardoador dos que o buscam.
11- Pela fé, também, a própria Sara recebeu poder para ser mãe, não obstante
o avançado de sua idade, pois teve por fiel aquele que lhe havia feito a
promessa.
13- Todos eles morreram na fé, sem ter obtido as promessas; vendo-as,
porém de longe, e saudando-as, e confessando que eram estrangeiros e
peregrinos sobre a terra.
—Prestem atenção no versículo 11, por que é que Sara se tornou
mãe?
—Sara acreditou na promessa de deus, acreditou que quem fez a
promessa era fiel, amém?
—Sem fé é impossível!
—Sem fé é impossível agradar a deus, quem me entende?
—Se você não tiver fé você não vai a lugar nenhum nessa vida,
segundo a bíblia, se você não tem fé é melhor não acreditar em
deus, se for pra você buscar a deus sem fé, é melhor que você seja
mais um ateu, miserável, vazio, amem?
—Abra sua bíblia em Mateus capitulo 19, versículo 16, em nome de
Jesus, feche seus olhos, deixe eu orar por você.
—Senhor Espírito Santo, eu sei que não é fácil falar de fé para essas
pessoas, mas meu pai eu te peço que abençoe essa palavra, que ela
venha a injetar fé nos corações do seu povo e desde já amarra todo
o espírito maligno de dúvida amarra o diabo que não permite que
seu povo alcance suas bênçãos pela fé! Amém.
Mateus; capitulo 19: "O jovem rico":
16- E eis que alguém, aproximando-se lhe perguntou: Mestre, que farei eu de
bom, para alcançar a vida eterna?
17- Jesus respondeu: Por que me perguntas acerca do que é bom? Bom só
existe um. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.
18- E ele perguntou: Quais? Respondeu Jesus: Não matarás, não
adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho;
19- honra teu pai e tua mãe e amarás a teu próximo como a ti mesmo.
20- Replicou-lhe o jovem: Tudo isso tenho observado; que ainda me falta?
21- Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende todos os teus bens, dá
aos pobres e terás um tesouro no céu; depois vem e segue-me.
22- Tendo, porém, o jovem ouvido esta palavra, retirou-se, por ser dono de
muitas propriedades.
23- Então Jesus disse a seus discípulos, Em verdade vos digo que um rico
dificilmente entrará no reino dos céus.
—Amém pessoal?
—Abra sua bíblia agora em Marcos capitulo 12, versículo 41:
Marcos, 12, "a oferta da viúva pobre"
41- Assentando-se no gazofilácio, observava Jesus como o povo lançava ali
o dinheiro. Ora, muitos ricos depositavam grandes quantias.
42- Vindo, porém, uma viúva pobre, depositou duas pequenas moedas
correspondentes a um quadrante.
43- E, chamando os discípulos disse-lhes: Em verdade vos digo que esta
viúva pobre depositou no gazofilácio do que fizeram todos os ofertantes.
44- Porque todos eles ofertaram do que lhes sobrava; ela porém, de sua
pobreza deu tudo quanto possuía, todo o seu sustento.
—Aqui a palavra de deus nos mostra dois tipos de ofertantes,
amém?
—Um tinha de tudo, tinha muito, a outra não tinha nada, agora eu
pergunto, qual a diferença principal entre os dois?
—Alguém sabe? Qual a diferença entre os dois ofertantes?
—É a diferença de Hebreus 11:06, sem fé é impossível agradar a
deus, e o jovem rico seguia todos os mandamentos mas não tinha fé.
—A fé é à base de sustentação do cristão, do filho de deus, quando
você está no mundo, você é abastecido pelo combustível do mundo,
ou seja, você vive na base da malandragem, na base da esperteza,
entendem? Agora quando você nasce da água e do espírito santo de
deus, o seu combustível é a fé, só pela fé, você pode agradar o seu
deus.
—Tem muito crente em deus com a vida amarrada, andando de
bicicleta, e ainda é aquela bicicleta velha, com pneu remendado,
anda na lotação, cheirando o cheiro do sovaco dos outros, é ou não
é? Aí ele olha pro rico lá no seu Audi, no carro zero e diz cheio de si
"Graças a deus que eu não sou rico, porque Jesus disse que o rico
não ia entrar no reino de deus”, tá amarado isso pessoal!
—Quem conhece a historia de Abraão? Ele foi pobre? Miserável? Ele
no seu tempo andava de lotação ou de carro zero? Ele morava em
barraco ou em mansão? Ele comia banquete ou marmita? Abraão
era rico, a bíblia diz que ele era prospero, por que ele tinha fé em
deus, mesmo quando deus chamou ele pra sacrificar o seu filho, ele
foi, amém?
—Esse tipo de crente pode até ser salvo, mas vai ser como o jovem
rico, sem fé pra vencer na vida, uma vergonha pro reino de deus.
—Tem crente que critica a Igreja Universal por que a gente pede
dinheiro, diz que é materialismo, mas vai ver a vida deles, vai ver se
de vez em quando até fome eles não passam, por que não acreditam
na palavra de deus, são como os escribas, hipócritas, você não vê
deus na vida deles, é ou não é? A gente pede sim, e pede muito,
pede como Jesus pediu pro jovem rico, pra ver sua vida abençoada,
como a da viúva foi, graças a deus?
—Tem muita gente aqui como o jovem rico, tem empresário que tem
tudo na vida, mas não tem felicidade, você chega na igreja universal
em busca de deus, da vida eterna, talvez tenha vindo até de outra
igreja, sei lá, da católica, e sai daqui, sai do culto da universal triste,
como o jovem rico saiu da presença de Jesus, no versículo 23 diz
assim "tendo, porém, o jovem ouvido esta palavra, retirou-se triste"
amém? Como é que o jovem se retirou? Triste. Ele saiu triste por que
tinha muita coisa, com certeza ele foi todo feliz pra Jesus pensando:
"Eu vou chegar lá, dar uma boa oferta e o mestre vai me abençoar,
vai dizer que eu vou pro céu".
—Gente, vocês tem que aprender uma coisa muito importante, sua
benção não se compra, de maneira nenhuma com sua oferta você
vai comprar uma benção de deus, não adianta você chegar aqui na
frente e fazer um voto de R$ 1.000,00 (eu tinha que interromper
agora, quando a gente falava isso dava uma dor no coração,
na verdade bem que podia aparecer um doido sem fé pra
dar mil assim de mão beijada) e trazer no altar se essa quantia
pra você não é nada, sua oferta não vai passar do teto da igreja, vai
feder pra deus, por que não te fez falta, de que adianta uma oferta
dessas pra Jesus?
—Deus mandou um anjo pra morrer por nossos pecados?
—Quantos anjos deus têm? Você pode imaginar? Agora, quantos
filhos ele tem? Quantos são deuses junto com ele e o espírito santo?
Entendam isso, o próprio deus se sacrificou por nós, por que a única
maneira de se ser abençoado é sacrificando pra deus, é isso que a
gente fala quase todo o dia e ninguém parece perceber.
—Você tem um Deus enorme, Quarta feira eu vou falar aqui da
grandeza do seu deus, não é o deus da macumba não! Você não
serve ao Exu Caveira, você não serve ao deus desse mundo, o seu
deus é o criador desse mundo, amém?
—Aí você vem e diz, mas pastor, o diabo é o senhor desse mundo,
eu te respondo, o seu pai é o dono, o criador, agora você tem que
entender uma coisa, deus ama você, e por ele te amar, e isso é
importante que você entenda, ele não te dá tudo de mão beijada, ele
exige que haja um sacrifício da sua parte, olha o exemplo do povo de
Israel, eles saíram do Egito com a promessa da terra santa, sim ou
não? Agora eu pergunto, eles receberam a terra assim, deus chegou
e falo, olha aqui povo de Israel, a terra santa é sua, agora é só
plantar e colher? Foi assim?
—Não! Deus só fez isso uma vez, e foi no Éden, deu no que deu e
até hoje estamos aqui, voltando ao jovem rico, deus quer que você
se doe pra ele, ele tem promessas infinitas pra sua vida, ele quer te
dar vida e vida em abundância, mas será que você é capaz de ser
fiel a ele depois disso? Será que você vai ser fiel a deus se ele te der
tudo? O jovem rico amava Jesus? Não ele amava o dinheiro dele,
agora, será que Abraão amava deus? Essa amava, por que deus
ensinou ele a dar, é dando que se recebe, amém?
—Quem tá me entendendo?
—É pra isso que existe essa reunião, tem muito neguinho que vem
aqui na universal cheio de esperança, é deus vai me dar isso, aquilo,
deus me dá, deus faz isso, tá me entendendo? Já chega querendo
fazer de deus o empregado dele, como se ele tivesse fazendo um
favor a deus, tem empresário que chega na Segunda feira, se
ajoelha no altar e diz:
(essa parte tem que ser engraçada, o pastor faz toda a
caricatura, ajuda se as pessoas estiverem descontraídas
antes de meter a mão no bolso)
—Meu deus, olha aqui, se o senhor é deus vai ter que me dar um
monte de coisa, vai tirar a firma da falência, a conta do vermelho, se
não o senhor não é deus.
—E vai pra casa, fica esperando, esperando, esperando, na hora de
dar oferta, ele diz — Como eu vou dar oferta se deus não abençoou
ainda? Como eu vou dar dizimo, se não sobra?
—Fica esperando, só isso, não move uma palha, não vai, vende tudo
o que tem e da aos pobres, como o moço rico, ele pensa que deus
vai ajudar ele do jeito que ele esta, e não é assim. Tem de haver um
sacrifício, e hoje é o dia de você mostrar que você tem fé em deus!
—Tem que sair daqui hoje a oferta da viúva pobre.
(a viuva é pobre, mas o ideal ao dizer essas palavras tem
que ser o de um empresário forte resolver ofertar toda a
renda do mês)
—Você que esta precisando de deus na sua vida financeira, venha
aqui na frente, você que diz, pastor, eu quero que deus faça uma
mudança na minha vida, mas primeiro eu quero me entregar a ele,
eu quero orar por você.
(é importante que o tom dessa oração seja bem autoritário,
você respira fundo antes de começar, e fica meio que
brigando com deus no meio da oração, e aí vem a surpresa,
no meio da reza você vai simular meio que uma revelação
divina, e vai pedir pro povo esvaziar os bolsos)
—Ó Deus de Abraão, Isaque, senhor Deus de Israel, esta escrito que
sem fé é impossível agrada-lo e é pela fé que essas pessoas estão
aqui agora, pela fé depositada em sua pessoa, meu pai, o teu povo
geme nas mãos de faraó como Israel gemia no Egito, ele sofre
senhor num mundo dominado pelo mau, tem servo do diabo que
anda de carro importado e o teu servo anda de bicicleta, sim meus
deus, o teu povo geme e isso não tá certo não, tem que haver uma
diferença, a luz tem que dominar as trevas, portanto senhor Jesus
cristo, tu que se ofereceu como sacrifício, vem agora e injeta no
coração desse povo a fé da viúva pobre, amarra o demônio do jovem
rico, sim deus, o diabo sabe que se essa pessoa ofertar ela vai ser
abençoada, se ela der a deus, o próprio deus fica obrigado a
devolver a ela, a meu pai queima esse diabo (é necessário nesse
ponto da oração um tom de grito mesmo, ele deve nesse
momento esta de joelhos diante do povo no altar, se ele for
bom da uns murros no chão, tudo pra dar o clima, afrouxa a
gravata, e faz de tudo pra suar, isso da uma boa impressão
nos fieis, segundo é ensinado pelo bispo Romualdo
Panceiro), meu deus amarra a miséria que tira a fé dessa pessoa,
tem gente aqui que passa fome, tem empresário falindo, meu amigo
minha amiga, fale com deus agora, esse é o seu momento, diga pra
deus o seu problema, vamos, use a sua fé, deus esta te ouvindo
agora, fale com seu deus!!
—Deus meu, eu não estou de joelhos aqui nesse altar pra tomar o
dinheiro de ninguém, o senhor sabe muito bem que pouco importa
pra mim se as pessoas derem um milhão ou um real de oferta, o que
eu quero meu pai é que eles sejam abençoados, eu preciso disso, é
pra isso que eu vivo, então senhor espírito santo, honra a fé desse
teu servo, sou eu que estou pedindo, abençoa essa pessoa, em o
nome de Jesus.
— Continue falando com seu deus, mas não abaixe a cabeça não,
olhe pra cima, olhe por céu, deus esta agora te olhando, e se ele não
te abençoar hoje eu rasgo minha bíblia, eu deixo de ser pastor! Ele
tem que te abençoar, mas você tem que ter fé pra se oferecer a ele
como sacrifício!
—Se você crê de fato e verdade em seu deus, venha agora aqui no
altar, a bíblia esta aberta na parte da viúva pobre, deposite tudo que
você tem contigo agora, mostre pro seu deus que você crê nele, em
nome de Jesus!
(o pastor fica de joelhos perante a bíblia aberta, de olhos
fechados, a maioria quando pratica esse tipo de coisa de vez
em quando abre os olhos pra ver se aparece alguma nota de
cinqüenta ou cem, ele vai insistir e no fim vai pedir mesmo
durante a oração a oferta livre, digo, sem a imposição do
desafio, agora pra terminar a reunião ele vai lançar o
envelope)
—Graças a deus, você pode ter certeza, sua fé será honrada,
amém? Eu podia chegar agora e lançar um envelope para você
trazer na próxima segunda-feira, para abençoar sua vida financeira,
mas deus tocou no meu coração (quando um pastor fala isso, com
certeza ele esta se referindo a um dia da semana que esta mais
fraco, assim invés de lançar o envelope pra segunda-feira ele vai
passar pra quarta-feira, que não anda lá essas coisas), eu senti que
essa igreja precisa de uma benção espiritual, e consagrei aqui esses
envelopes brancos, você vai escrever nele seu pedido espiritual, e
trazer sua oferta de entrega a deus na próxima quarta-feira, eu vou
estar falando aqui das grandezas de nosso deus, se você tem fé, e
eu não vou ficar aqui estipulando oferta, você vai dar o que sentir no
seu coração, você vai ser a viúva pobre mais uma vez, venha aqui
no altar pegue das minhas mãos o envelope, por que esta escrito, o
que suceder ao sacerdote também sucederá ao povo, assim se deus
é comigo, se o espírito dele esta em minha vida, na quarta-feira do
encontro com deus, esse mesmo espírito vai te inundar, amém?
—Quem aqui é batizado com o espírito santo?
(na próxima parte eu explico também um pouco sobre o que
é esse tal batismo, que nada tem há ver com o das águas,
mas adianto que a carga emocional desse tal batismo não é
menor que a dos exorcismos)
—Se você não é ainda, na quarta-feira você vai ser, diga graças a
deus. Venha aqui no altar e pegue seu envelope, em nome do
senhor Jesus cristo.
(aí ele abençoa os envelopes e as pessoas, e acaba a
reunião, na Quarta ele vai lançar mais um envelope, e
vamos começar a preparação para a grande Fogueira Santa
de Israel, no Monte Sinai, o mais importante evento na
igreja universal depois da santa ceia, segundo o bispo
Macedo)
Bem pessoal, assim acabamos a reunião de segunda-feira,
falei demais e acabei não ensinando nada sobre a vida
financeira em si, mas essa é uma tática usada para imprimir
a imagem de descompromisso com o dinheiro, a Fogueira
santa esta chegando, temos que enfatizar o lado espiritual,
na quarta-feira vamos falar bastante também, o importante
é levar o povo a crer que os nascidos de deus tem fé, e essa
fé só é manifestada através do sacrifício, uma introdução a
Fogueira santa, claro que para que tudo funcione, nas
próximas segundas ele deve ensinar os empresários a
ganhar dinheiro, pra isso vez por outra os pastores recebem
aulas de empreendedorismo ou coisa parecida.
Como anda nosso mês? Já aumentamos a meta pra R$
5.000,00, estávamos com R$ 3.500,00 com as segundas
chegamos fácil nos R$ 4.200,00 e com criatividade podemos
passar disso, é só saber pedir, logo precisamos de cerca de
R$ 800,00 para as quartas, esse montante não vai ser
alcançado com os envelopes de hoje, a experiência mostra
que envelopes de oferta livre não funcionam muito bem, fica
meio que na sorte, vamos bater estaca em um envelope de
sacrifício para as quartas feiras, conseguir pelo menos R$
1.200,00 em todas as quartas do mês, assim passamos a
meta em R$ 400,00 que vai ser guardado em uma espécie
de caixa dois para uma ocasião de necessidade, até a
Quarta parte da série e preparem o fôlego para a campanha
de Israel.

Índice
Parte IV:056
"Quarta Feira, Santa
Ceia"
Conquistar o coração e a mente, foi esse o lema do exercito
da coalizão anglo americana contra o Iraque, e esse é ainda
que com outras palavras o lema da I.U.R.D., nesse
momento eu ouço um k7, de uma série de oito, gravados
por mim assim que saí da igreja, eles ficaram lacrados,
escondidos até hoje, e neles eu falava comigo mesmo,
comigo no futuro, é impressionante, mas em todas as fitas
eu descrevia um medo imenso, o medo de voltar a ser o que
eu era, o "monstro" que eu me julgava antes de conhecer
Jesus, são muitos os ex-pastores da igreja universal, e se
você for buscar a historia deles depois da igreja, vai ver
muitas vidas destruídas, muitos se entregam ao vicio,
desistem de viver, isso por que a vida deles é ligada
intimamente a igreja, os ídolos, as paixões, tudo, o ar que
eles respiram é a igreja universal, a teia que é tecida em
volta dos membros da universal é quase sempre mortal,
quando se sai, se morre, se desiste da vida, por sorte, eu
tinha meu monstro vivo, e por mais que eu mesmo nessas
fitas estivesse apavorado com a possibilidade desse monstro
voltar, era nesse monstro que estavam depositadas minhas
esperanças. Conheço ex-pastores que hoje vivem doentes,
tem um que é presidiário, como sempre diz, o Edir Macedo,
os que saem da presença de deus, estão fadados a vagarem
na escuridão, a serem a escoria da humanidade, não sei se
tenho raiva, medo ou mesmo ódio do estado de fragilidade
em que fui remetido por aquele povo, sei que a
responsabilidade foi toda minha, mas os frangalhos de mim
mesmo que são encontrados nesses arquivos provam de
maneira incontestável que o que se faz na igreja universal é
nada mais que entorpecer as pessoas, oferecer a elas um
antídoto a seu ID, esse é o objetivo da reunião de quarta-
feira:
"Se você quer saber se existe Deus ou não, basta olhar pra
fora, por que se você olhar pra dentro, você vai ver que o
que existe é um eu fantasiado de cordeiro, mas que é um
lobo por dentro, mas se você olhar pra fora, vai ver o
tamanho das nuvens, das estrelas, vai ver o azul do céu e
vai compreender que deus é bem maior que o seu eu, e se
você vai seguir esse deus e esquecer esse eu, você vai se
tornar uma pessoa vencedora, por que você vai ter
derrotado seu pior inimigo, você vai ter se vencido, como eu
quero me vencer." (eu mesmo, me evangelizando, assim
que saí da igreja)
Como diria Duda Mendonça, a esperança venceu o medo,
costumo dizer que ser ateu é olhar para dentro de você e
enfrentar seus piores pesadelos sem covardemente buscar a
necessidade de um criador, sentia medo na época
justamente do cético que eu tinha sido antes de entrar na
I.U.R.D., e a prova que voltei ao normal são esses tópicos.
Usei meu exemplo para descrever como os pastores
dominam a mente das pessoas, com promessas de
felicidade, cura da depressão, vida eterna, com palavras
bonitas, de carinho e afeto os pastores da igreja universal
conquistam o coração e a mente do povo, para depois
conquistar seus bolsos, creio as vezes que a reunião de
quarta-feira nem existiria caso não fosse necessário ganhar
primeiro o coração.
O pastor é antes de tudo um operário que segue sua vida
com um propósito, sugar de todas as formas possíveis o
dinheiro dos fieis, chegamos numa reunião importante da
igreja, freqüentada pelos membros interessados em crescer
espiritualmente, e são esses justamente os mais abertos a
ofertar, e os mais sugestionáveis da igreja, é importante
saber balancear, se possível, nem lançar desafios nessas
reuniões, tudo para imprimir ao povo um ar de desapego ao
que é material, mas temos um mês a pegar, uma meta a
cumprir, e a Fogueira santa esta chegando, temos que
aquecer a fé das pessoas, e ao mesmo tempo prende-las a
igreja, estabelecer um compromisso, uma aliança, portanto
nessa reunião de hoje, abordaremos as grandezas de deus,
e decidi de ultima hora fazer também a santa ceia, que é
segundo o Edir Macedo o momento mais importante na
igreja, ela é ministrada duas vezes por mês, num Domingo e
numa quarta-feira, salvo enganos, não me lembro bem os
dias, é oferecida a todos, e sempre com um aviso severo, se
a pessoa que cear não estiver disposta a um compromisso
com deus é melhor nem fazer, que não é brincadeira, são
dados exemplos terríveis de pessoas que tomaram a ceia e
voltaram ao pecado e como castigo ficaram cegas e algumas
até morreram, mas os pastores que dizem isso sempre
acham exemplos em outros estados, tipo um membro de
São Paulo, uma irmã do Rio de Janeiro, pessoalmente já vi
até mesmo pastores tomarem a ceia e depois pegar o
telefone e fazer sexo verbal com suas namoradas e nada
acontecer, pelo contrario, eles sempre cresciam na igreja, o
propósito por traz dessa ceia liberal, onde até os que não
são batizados podem participar é em síntese ganhar a
confiança e, sobretudo obrigar a pessoa a manter a
fidelidade a deus, com medo do que pode acontecer se
tomar a ceia e voltar ao pecado devem lembrar que
fidelidade no vocabulário da I.U.R.D. é sempre dar o dizimo,
e nunca, jamais deixar de cumprir um voto. Fidelidade,
aliás, é tão levado a sério, que de vez em quando, fazem
campanhas para as pessoas cumprirem todos os votos
atrasados, um envelope onde ela coloca todos os que não
pode cumprir (com uma gorda oferta, claro), o pastor
Samuel ensinava aqui que isso é como aquelas campanhas
de loja que dão desconto na divida do cliente, tudo pra
receber um pouco, no caso dessas campanhas sempre é
citado que um envelope em casa é uma maldição, as
pessoas pegam muitos envelopes, cumprem em média
setenta por cento, e sempre fica algum em casa, como
nunca vêem nenhum resultado em suas campanhas essa
teoria do envelope amaldiçoando cai como uma luva,
cumprir a oferta é assim a maneira mais eficiente de ser
abençoado, claro que os pastores lançam mais e mais
campanhas, assim o povo da igreja universal é cada vez
mais atrasado, e cada vez culpa mais a ele mesmo e ao
diabo por seus problemas, e valoriza o cumprimento dos
votos, que nunca trazem nada, ou me diga, quantas pessoas
você viu entrarem na igreja universal e conseguirem
dinheiro, muito dinheiro, se for maior que a media nacional,
eu dou minha cara a tapa. A abordagem das grandezas de
deus serve, segundo palavras do Bispo André Luiz, que foi
quem me colocou como pastor para mostrar para as pessoas
que deus é grande, elas são formigas, que tem que se
sujeitar a esse deus serve para gerar medo e dependência,
formar justamente o quadro em que eu me encontrava em
minhas fitas de diário pessoal da época que saí da igreja,
vamos a reunião:
(para hoje reserve uns envelopes brancos e varias
fotocópias do desenho de uma águia)
(quarta-feira é um dia solene, o pastor entra cabisbaixo, se
posiciona no altar, diante do púlpito, pede a todos para se
levantarem, colocar as duas mãos sobre o coração, inicia
com uma musica na maioria dos casos)
Em espírito em verdade te adoramos te adoramos (2x)
Rei dos reis e senhor te entregamos o nosso viver (2x)
Pra te adorar ó rei dos reis
Foi que eu nasci ó rei Jesus
Meu prazer é te louvar
Meu prazer é estar na casa do senhor
Meu prazer é viver na casa de deus onde flui o amor
Espírito enche minha vida
Enche-me com teu poder
Pois de ti eu quero ser
Espírito enche meu ser
As minhas mãos eu quero levantar
E em louvor te adorar
Meu coração quer derramar diante do teu
Diante do teu
Diante do teu altar
—Senhor deus e pai, humildemente nos colocamos em tua presença
nesse dia, hoje o teu povo não veio pedir bênçãos materiais, hoje, o
teu povo quer a cura da mente, da alma, do coração, pois meu deus,
muitos são os problemas que afligem o novo Israel, teus filhos são
por todos os lados pressionados, o mundo ignora essas pessoas,
quando elas decidiram vir a tua santa presença elas perderam os
amigos, muitos até mesmo a família, tem gente senhor Jesus que
depois que passou a freqüentar a igreja, foi até abandonada pelo
marido, tem mãe que apanhou do filho, e tem até filho que é
ameaçado de ser expulso de casa (notem mais uma vez que a
oração pode ser dirigida da Jesus, mas os alvos são os membros,
quanto mais problemas forem abordados, mais pessoas serão
atingidas), tem gente aqui senhor que não tem paz na família, e teu
povo veio justamente a esta casa de oração hoje para clamar pelo
teu abraço, pelo teu carinho de pai, pela tua proteção, portanto vem
agora Senhor Espírito Santo sobre a tua igreja, sim ó deus vem
sobre o teu povo, em nome de Jesus, vem ó Espírito Santo:
Toca em minha vida Espírito Santo
Vem me envolver Espírito Santo
Faz o teu querer Espírito Santo
—Meu amigo minha amiga, é hora de clamar a deus, de pedir para
ele te batizar, não o batismo com água, mas sim o batismo com o
espírito santo, o fogo de deus vai descer sobre você esta noite, em o
nome do senhor Jesus, se você diz, pastor eu estou desesperado,
eu sofro, só deus mesmo pra me devolver a felicidade, olha pastor,
eu nunca fui feliz, mas em nome de Jesus eu vou hoje mesmo
receber o espírito de deus, venha aqui na frente agora.
Pai sei que os teus olhos
Estão sobre a terra a procurar
Alguém que te adore me espírito
Alguém que te adore em verdade
Pai como achaste a Davi
Vem e derrama sobre mim
O óleo precioso da unção
E me faz segundo o teu coração
Ache em mim
Verdadeiro adorador
Com vestes de louvor
Quero contemplar teu rosto ó pai
Vem ungir minha oferta de amor
Dou a ti meu coração
Meu deus
Meu pai
Ache em mim um verdadeiro adorador
—Ó Espírito Santo, os teus olhos passam agora sobre o teu povo,
acha em cada um deles um verdadeiro adorador, vem ó espírito da
criação, ó senhor deus criador do universo, o mundo não crê em ti,
mas esse povo sabe que tu estais aqui, ele pode te sentir, portanto
em de Jesus, pelo sangue que um dia foi derramado, vem sobre o
teu povo, aleluia, aleluia espírito santo, batiza agora tua igreja,
derrama o fogo do espírito, o cálice com o verdadeiro vinho, vem
senhor Jesus sobre a tua igreja, vem agora ó deus.
—Abra os seus olhos, olhem aqui pra mim, quem já é batizado com
o espírito santo? Levanta a mão, olha gente, de nada adianta você
vir pra igreja, receber o batismo nas águas, tomar a santa ceia, se
você não tiver o batismo com o fogo do espírito santo, amém?
—Os obreiros vão agora trazer o pão e o vinho, se você tiver certeza
que quer um encontro com deus, você vai pegar esse pedaço de pão
e esse cálice de suco de uva, que quando eu orar, pela fé, vai se
tornar o corpo e o sangue de cristo, e vai comer e beber, mas preste
bastante atenção, isso aqui não é pra matar a fome não (mentira,
quando eu passava fome nas igrejas, às vezes o pão da ceia era
como um maná do céu, tudo que eu comia na janta e no almoço do
dia seguinte), essa é uma aliança que você faz com deus, um
compromisso./
—Pastor, eu não sou batizado, posso tomar a ceia?
—Se você quer estabelecer um compromisso com deus, pode, a
ceia é pra quem quer uma intimidade com deus, claro que se você
tomar a ceia hoje, o próximo passo é o batismo nas águas, como eu
disse a ceia é um compromisso, uma aliança, que não pode ser
quebrada, amém?
—Os obreiros passem agora e ofereçam a ceia, pode continuar aqui
na frente pessoal, algo muito forte esta para acontecer nessa igreja
hoje.
(O apelo emocional é ponto forte na ceia, é como uma
sexta-feira, só que pra membros fixos, ao invés de tirar o
demônio, o pastor induz a pessoa a receber o espírito santo,
enquanto os obreiros distribuem a ceia, o tecladista toca
uma musica bonita, eu não me lembro de nenhuma agora,
afinal desde novembro de 2000 eu não ponho os pés numa
I.U.R.D. e faz muito tempo que eu não ouço um culto pelo
radio, mas tem que ser uma musica de entrega, vamos
pular essa parte e ir logo a oração da ceia)
—Feche seus olhos, coloque o cálice e o pão perto do seu coração,
faça silencio (a maioria dos pastores usam um tom de voz quase que
choramingando, isso envolve mais as pessoas, quando vemos
alguém chorando sentimos na maioria das vezes vontade de chorar,
assim as pessoas choram e como sabemos, ficam mais suscetíveis,
tudo parte do jogo para entrar no coração do povo), deixe que eu ore
por você, o espírito santo vai entrar na sua vida hoje.
—Senhor Espírito Santo, eu me ponho de joelhos agora, por que eu
nada sou diante de ti, eu nada posso fazer agora, não tenho essa
autoridade, não posso batizar essa pessoa com fogo, mas tu podes,
eu te peço ó deus, pelo amor que o senhor sente por mim, pelo
sangue que foi derramado no calvário, entra agora na vida dessa
pessoa (é bom que nesse momento ele comece a chorar,
assim mostra pro povo que esta sentindo algo, na maioria
das vezes o choro é bem forçado, chega a ser fácil perceber
a farsa), meu pai, abraça o teu povo, abraça esse teu servo, todo
mundo rejeita ele, todo mundo magoa, se o senhor abandonar essa
ovelha, a meu deus, se até o senhor abandonar ela não vai mais ter
motivos pra viver, eu lhe suplico espírito santo, desce agora, aleluia,
desce sobre a tua igreja.
—Para o fundo musical.
(até agora a oração era feita com musica de fundo, mas como o
povo já esta suficientemente envolvido, um ambiente de silencio
absoluto ajuda bastante no transe, a desculpa que o Macedo da pra
isso, é gerar uma fé sem emoção, mas as palavras ditas trazem
muito mais emoção que qualquer melodia, e o ambiente de silencio
gera uma ansiedade enorme)
—Não é pela emoção meu pai que essa pessoa vai te servir, é pelo
espírito santo, que esta aqui agora.
—Meu irmão, minha irmã, é hora de você orar a deus, confesse seus
pecados, seja humilde pra reconhecer seus erros, abra o seu
coração. Entrega a ele seus caminhos, sua vida, agora é você e
deus, ele esta aqui, fala com teu pai.
(nesse momento, ele larga o microfone, os mais experientes deixam
o mic cair levemente no chão ligado, assim da pro povo perceber, se
segue o silencio, com um leve murmúrio no fundo, os pastores mais
sinceros oram nessa hora, mas a maioria fica mesmo é pensando
em como fazer pra tirar proveito financeiro disso depois, esse
silencio do pastor dura uns cinco dez minutos, quando ele vê que
cessaram os murmúrios ele toma de novo o microfone e a frente da
oração)
—Há meu senhor, meu pai, tu conheces o coração dessa pessoa, tu
sabes dos problemas, vem, perdoa, lava a alma dessa pessoa,
passa uma esponja com o sangue de Jesus, sim senhor Jesus passa
uma esponja com teu sangue agora no nosso coração (agora ele
vai remeter a oração a primeira pessoa), apaga nossos
pecados, limpa nossa alma, vem senhor perdoa todos nossos
deslizes, vacilos, só tu tens o perdão, aleluia, aleluia.
Vem cear o mestre chama vem cear
Mesmo hoje tu te podes saciar
Poucos pães multiplicou
Água em vinho transformou
Vem amigo tua sede saciar
—Levante o pão e o vinho ao céu.
—Senhor meu deus, aqui está o corpo e o sangue do teu filho, o
sangue da nova e eterna aliança, eu lhe peço ó espírito santo, unge
e consagra esse pão e esse vinho, que pela fé, agora são o corpo e
sangue de Jesus!
—E, tomando um pão, tendo dado graças, o partiu e o deu a seus
discípulos dizendo: Isso é o meu corpo oferecido por vós; fazei isso
em memória de mim.
—Meu irmão, coma agora do corpo do senhor Jesus cristo, receba a
força de deus, a vida nova, a cura de todo o mau da carne, aleluia,
gloria a nosso senhor, que ressuscitou dentre os mortos, aleluia!
—Depois de cear tomou o cálice, dizendo: Este é o cálice da nova
aliança no meu sangue derramado em favor de muitos para a
remissão dos pecados
—Beba agora do sangue do senhor Jesus, que se mistura com seu
sangue, o sangue da sua aliança com deus, que te liberta de todo o
pecado, seja agora um com deus, em nome de Jesus, receba o
perdão, sinta deus entrar no seu coração, o seu sangue se mistura
com o de Jesus, aleluia.
—Aleluia Espírito Santo, aleluia, glória a ti ó deus de Israel, vem
sobre as nossas vidas, batiza meu pai, santifica agora o teu povo,
vem deus...
Não há deus maior
Não há deus melhor
Não há deus tão grande
Como nosso deus
Criou os céus criou a terra
Criou o Sol e as estrelas
Tudo ele fez tudo criou tudo formou
Para o seu louvor
Para o seu louvou
Para o seu
Para o seu
Para o seu louvor
—Meu pai, não há deus como o senhor, nossa vida agora
entregamos diante do seu altar, nosso coração é derramado, como
oferta suave, como sacrifício vivo,
Não há deus maior
Não há deus melhor
Não há deus tão grande
Como nosso deus
Criou os céus criou a terra
Criou o Sol e as estrelas
Tudo ele fez tudo criou tudo formou
Para o seu louvor
Para o seu louvou
Para o seu
Para o seu
Para o seu louvor
—Ó deus que mediu o céu a palmos, que abriu o mar vermelho, que
venceu a morte e que hoje habita no mais alto céu, nós te adoramos,
nós te louvamos, abrace o seu corpo agora meu amigo minha amiga,
sinta o abraço de deus, sinta a força viva que provém do trono de
gloria do nosso senhor, fala deus, nossos dias tem sido
amargurados, nossos ouvidos só ouvem palavras negativas, somos
açoitados por este mundo, só a tua voz meu pai para trazer de volta
a alegria, a paz, aleluia, sinta a presença de deus meu irmão,
aleluia...
(olha pessoal, desculpem, mas meu forte nunca foi mesmo
reuniões de Quarta feria, e convenhamos, não consigo
escrever essas mentiras sem, ou ter um acesso de riso, ou
sentir vontade de quebrar o teclado, vocês não tem idéia do
tamanho do sacrifício que é escrever essa "adoração a
deus", me consola o fato de eu fazer isso tudo pra zombar
mesmo, mas vamos aos fatos, nesse momento vamos
chegar à indução máxima do transe, o pastor vai impor o tal
batismo com fogo, vai novamente tirar o fundo musical, na
igreja se ouve murmúrios, lagrimas, sempre tem um obreiro
que começa com isso, mas não é combinado não, aí o pastor
começa a falar em línguas estranhas, uma das supostas
provas incontestáveis do tal batismo, eu nem preciso dizer,
mas posso inventar um sem numero de línguas estranhas
agora, Tolkien fez isso mundo bem, aliás, na Terra Média,
tudo isso tem sido muito abreviado, a reunião vai ser longa,
bem mais longa que essas linhas, devo lembrar que ainda
não passamos da primeira parte, temos ainda a pregação e
para não faze-lo perder o seu tempo lendo, nem eu perder o
meu escrevendo louvores ao famigerado YHWH, vamos
acabar logo a parte chata, e partir pra hora da oferta, esse
tópico é pra ensinar a roubar dinheiro mesmo, não sei se
falei, mas vamos lançar um envelope branco, com um
coração dentro dele, de preferência vermelho, vamos falar
de grandeza de deus, mas o momento é propicio para uma
oferta de entrega, de renuncia, vamos tomar a pregação
como um preparativo para Israel).
—Que coisa gloriosa, olhem aqui pra mim, o próprio deus está na
sua vida, amém? O sangue do senhor Jesus corre agora em suas
veias, quem crê nisso? Levanta a mão.
—Diga graças a deus, podem voltar a seus lugares.
Isaías cap. 41
12-Quem na concha de sua mão mediu as águas e tomou a medida do céu a
palmos? Quem recolheu na Terça parte de um efa o pó da terra e pesou os
montes em romana e os outeiros em balança de precisão?
13-Quem guiou o Espírito do Senhor? Ou, como seu conselheiros, o
ensinou?
14-Com quem tomou ele conselho, para que lhe desse compreensão? Quem
o instrui na vereda do juízo, e lhe ensinou sabedoria, e lhe mostrou o
caminho de entendimento?
15-Eis que as nações são consideradas por ele como um pingo que cai dum
balde e como um grão de pó na balança; as ilhas são como o pó fino que se
levanta.
16-Nem todo o Líbano basta para queimar, nem os seus animais, para um
holocausto.
17-Todas as nações são perante ele como coisa que não é nada; eles as
considera como menos que nada, como um vácuo.
18-Com quem comparareis a Deus? Ou que coisa semelhante confrontareis
com ele?
19-O artífice funde a imagem, e o ourives a cobre de ouro e cadeias de prata
forja para ela.
20-O sacerdote idólatra escolhe madeira que não se corrompe e busca um
artífice perito para assentar uma imagem esculpida que não oscile.
21-Acaso não sabeis? Porventura, não ouvis? Não vos tem sido ensinado
desde o principio? Ou não atentaste para os fundamentos da terra?
22-Ele é o que está assentado sobre a redondeza da terra, cujos moradores
são como gafanhotos; é ele quem estende os céus como cortina e os
desenrola como tenda para neles habitar;
23-é ele quem reduz a nada os príncipes e torna em nulidade os juizes da
terra.
24-Mal foram plantados e semeados, mal se arraigou na terra o seu tronco, já
se secam, quando um sopro passa por eles, e uma tempestade os leva como
palha.
25-A quem pois me comparareis para que eu lhe seja igual? — diz o Santo.
26-Levantai ao alto os olhos e vede. Quem criou estas coisas? Aquele que
faz sair o seu exército de estrelas, todas bem contadas, as quais ele chama
pelo nome; por ser ele grande em força e forte em poder, nem uma só vem a
faltar.
27-Por que, pois, dizes, ó Jacó, e falas, ó Israel: O meu caminho está
encoberto ao Senhor, e o meu direito passa despercebido ao meu Deus?
28-Não sabeis, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o criador dos fins
da terra não se cansa, nem se fadiga? Não se pode esquadrinhar o teu
entendimento.
29-Faz forte ao cansado e multiplica as forças aos que não tem nenhum
vigor.
30-Os jovens se cansam e se fadigam, e os moços de exaustos caem.
31-Mas os que esperam no senhor renovam as suas forças, sobem como
águias, correm e não se cansam, caminham e não se fadigam.
—Esse é o seu deus, amém?
—Tem uma coisa que você tem que entender se quiser permanecer
na igreja universal, e mais ainda, se quiser permanecer na presença
do próprio Deus, você tem que saber, tem que ter a certeza de que o
seu senhor é o dono de todo o universo! Ele é que comanda tudo, só
ele faz o que? O que é que está escrito no versículo 22 do capítulo
41 do livro de Isaias? Abra sua bíblia, e desta vez leia comigo:
Isaias 41:
22-Ele é o que está assentado sobre a redondeza da terra, cujos moradores
são como gafanhotos; é ele quem estende os céus como cortina e os
desenrola como tenda para neles habitar;
23-é ele quem reduz a nada os príncipes e torna em nulidade os juizes da
terra.
—Não sei se a sua bíblia esta escrita igual a minha, mas aqui diz
que o seu deus reduz a NADA, a nada os príncipes da terra, que a
sentença do juiz é nula perante ele, você percebe isso? Para ele os
moradores da terra são como gafanhotos, amém?
25-A quem pois me comparareis para que eu lhe seja igual? — diz o Santo.
—A quem você pode comparar a deus? O Exu é melhor que deus? É
maior? Aparecida é maior que deus? A quem comparareis para que
eu lhe seja igual, disse Jesus.
18-Com quem comparareis a Deus? Ou que coisa semelhante confrontareis
com ele?
19-O artífice funde a imagem, e o ourives a cobre de ouro e cadeias de prata
forja para ela.
20-O sacerdote idólatra escolhe madeira que não se corrompe e busca um
artífice perito para assentar uma imagem esculpida que não oscile.
—Os deuses desse mundo, talvez os deuses a quem você tenha
servido sua vida toda, não são nada diante do Santo de Israel.
—Tem que colocar um pesinho no santo tem que equilibrar, por que
ele é fraco, é de barro, madeira, pode até ser de ouro, mas é fraco, o
deus que você clama aqui na I.U.R.D. não, ele é vivo, diga graças a
deus!
—Existem pessoas que não adoram Maria, os santos, mas adoram o
ouro deste mundo, tem gente que faz do dinheiro o seu motivo de
vida, talvez tenha empresários aqui hoje que tem de tudo, mas não
tem a felicidade, por que o deus a quem eles tem servido, o dinheiro
não traz vida pra eles, o ouro que eles fundem suas vidas é ouro de
tolo, por que só o deus vivo pode te dar ouro e prata em abundância,
ouro verdadeiro, a vida eterna.
27-Por que, pois, dizes, ó Jacó, e falas, ó Israel: O meu caminho está
encoberto ao Senhor, e o meu direito passa despercebido ao meu Deus?
—Às vezes você fala, meu deus, minha vida é derrotada, eu sou
infeliz, meu marido tem amante, meu filho usa droga, é rebelde, eu
vivo doente, devo a todo mundo, o senhor não olha pra mim, você
chora por isso, pensa em sair da igreja, se revolta, deus quer falar
contigo esta noite...
26-Levantai ao alto os olhos e vede. Quem criou estas coisas? Aquele que
faz sair o seu exército de estrelas, todas bem contadas, as quais ele chama
pelo nome; por ser ele grande em força e forte em poder, nem uma só vem a
faltar.
—Sai lá fora, olha pro céu, veja as estrelas, o deus que te chama
esta noite criou todas elas, foi isso que ele disse pra Abraão, — Olha
Abraão, sai pra fora da tenda, olha pro céu, conta as estrelas se é
que podes. Você pode contar as estrelas? Pode? E nem pode ver,
tem muita gente que não pode ver por que esta na tenda de Abraão,
e não sai pra fora, aí fica na tenda revoltada, deus não faz isso, não
faz aquilo, mas eu pergunto, você tem confiado em deus? Por que:
30-Os jovens se cansam e se fadigam, e os moços de exaustos caem.
—Mas acontece alguma coisa com quem crê no deus vivo, ...
31-Mas os que esperam no senhor renovam as suas forças, sobem como
águias, correm e não se cansam, caminham e não se fadigam.
—E tem mais:
29-Faz forte ao cansado e multiplica as forças aos que não tem nenhum
vigor.
31-(...) sobem como águias, correm e não se cansam, caminham e não se
fadigam.
—Diga graças a deus.
—Tem gente que vive cansada na igreja, o pastor manda levantar a
mão, e ela levanta até o peito (é importante que o pastor faça
imitações engraçadas no meio da reunião, isso como eu já
disse quebra a monotonia ajuda bastante para ganhar a
confiança) Aí vem e fala, com aquela voz fraca, mais ou menos
assim: —Ai jisuis, ajuda eu, por favor, olha capetinha, você tá
amarrado, tá? Eu não gosto de você, minino mau minino feio!
Abençoa eu jisuis.
—O filho de deus, o que espera no senhor não é assim, ele
determina, ele amarra o diabo, e a benção pode demorar, ele nunca
se cansa, ele nunca esmorece, ele confia em deus e por isso, por ele
esperar no seu deus ele sobe como águia, corre e não cansa, ele
vence, pode acontecer de tudo, pode ter uma montanha no caminho
dele, mas ele vence, nem que seja preciso derrubar a montanha, ele
bota o monte abaixo, mas ele vence, por que ele tem fé! É uma fé
viva, num deus vivo. Quem aqui tá me entendendo, levanta a mão
fazendo o favor. É que a gente fala, fala e parece que a pessoa
nunca aprende, quantas pessoas você conhece que fizeram
campanha de Israel, não receberam na hora e se revoltaram? Ela
diz: —Puxa, eu dei meu tudo e não recebi nada, esse deus não deve
existir é tudo mentira.
—Tá me entendendo, ela até blasfema contra deus, chama o pastor
de ladrão, tudo isso por que a fé dela é do eu quero agora, não é a
de meu deus vai me dar, aconteça o que acontecer, venha o diabo
que vier, eu vou correr e não me cansar, eu vou subir como águia.
—Pra uma formiga é fácil escalar uma montanha? Até uma mesa pra
uma formiga é uma jornada imensa, é um monte, e agora, pra águia,
como é que ela vê um monte? Ela vê por cima, amém pessoal? Ela
esta por cima de tudo, assim é o que confia em deus, quem crê
nessa palavra?
—A Fogueira santa de Israel está se aproximando, você vai fazer
seu sacrifício, vai realizar o seu sonho, mas talvez o principal você
ainda não tenha recebido, você ainda não confia plenamente no seu
deus, você crê, mas é uma crença mais ou menos, você está
cansado de tudo, você precisa se reavivar na fé em deus, semana
que vem eu vou orar, vou fazer um jejum forte, para começar a fé de
Israel e determinar que deus venha sobre a sua vida e acenda a
chama dele em você, e eu quero te abençoar na próxima quarta-
feira, quero que o Espírito Santo de Deus te torne uma águia, mas
pra isso você vai exercitar a sua fé, tem aqui no altar de deus, um
envelope com uma águia dentro, o desenho de uma águia, nesse
desenho você vai escrever o seu pedido espiritual, vai pedir pra que
deus lhe de visão grande, pra que as montanhas sejam como nada
pra você, vai pedir pela sua vida espiritual, amém?
—Mas pastor, e lá em casa, e minhas dividas? Esquece tudo isso,
viu como você esta olhando para os seus problemas? Coloca uma
coisa na sua cabeça: "Não diga para deus o tamanho dos seus
problemas, diga para os seus problemas o tamanho do seu deus!"
—Quarta vai ser o ultimo dia que esse altar vai ser usado, ele vai ser
lavado durante a reunião com o sangue que sobrou da ceia de hoje,
pra santificar, por que no próximo Domingo, nós vamos entrar na fé
do monte Sinai, vai existir aqui um santuário, e pra santificar esse
lugar, nós vamos colocar aqui as suas ofertas, vamos queimar as
águias, o fogo sobe alto, sim ou não? Ele vai subir ao céu na
próxima quarta-feira, venha aqui no altar, e pegue o envelope na
minha mão, na minha mão, no Domingo da Fogueira santa eu te
explico por que, em nome de Jesus! Venha cantando:
Jesus é maior que o medo mais profundo
Jesus é maior, que os cuidados desse mundo
Jesus é maior por que ele é senhor
Sobre toda autoridade
Poder ou potestade
Jesus é maior
Deus é maior que os portais do inferno
Deus é maior, seu governo é eterno
Deus é maior, por que ele é senhor
Sobre toda autoridade
Poder ou potestade
Jesus é maior
(depois que todos pegaram o envelope ele pede a oferta, e
faz a oração final, que hoje vai ser mais comprida um
pouco)
—Senhor meu deus e meu pai, em O nome e para a gloria do senhor
Jesus, eu entro mais uma vez no teu santuário esta noite, meu
amigo minha amiga levanta sua águia para o céu, mas levanta com
fé, é deus que tá te vendo agora! Sim meu pai, esta pessoa talvez
tenha uma vida amarrada por que ate hoje não creu em ti como
deveria, ela crê no pastor, na igreja universal, mas em ti nada meu
pai, ela confia no dinheiro, na família, ela não depende de ti, mas a
partir de hoje, tudo isso vai mudar, meu irmão, clama a seu deus
agora, diz pra ele que você quer confiar na vontade dele de hoje em
diante, fala com seu deus, aleluia!
Clamo a ti
de todo o coração
meu deus ouve a minha oração
são tantos os que querem o meu mau
e desejam ver o meu fim
mas eu clamo
De todo o coração
vem ouvir minha oração
rei dos reis
Senhor Jesus
Eu clamo vem me ajudar
—Senhor meu pai, está escrito, clama a mim no dia da angustia e eu
te responderei, não é clama a mim no dia da bonança não, e esta
pessoa talvez esteja angustiada, ela tem perdido a fé dia após dia,
por que o senhor não responde, ela é ansiosa, o diabo planta nela
esta ansiedade, e a verdade é meu pai, que se o senhor não fizer
algo, a vida desta pessoa corre o risco de ser entregue ao mundo,
portanto, pelo amor que eu sinto pela tua obra, vem agora, e aviva
esta fé, injeta a fé de Moisés, de Davi, de Salomão, prepara nossos
corações, por que a Fogueira esta acendendo meu senhor, vem aí a
Fogueira de Israel, e é tudo ou tudo, é vencer ou vencer, em nome
do senhor Jesus, receba agora uma fé nova, renovada, sinta o
espírito santo lhe regenerando a fé, agora vem ó deus de Jacó, vem
santo de Israel, e muda a vida desse teu servo, em nome de Jesus:
A quem livrei do abismo
do lugar mais longínquo da terra
Eu disse, tu és meu servo.
eu te escolhi
não temas por que não te rejeitei
Eu sou contigo
não temas
nem te espantes
eu sou teu deus
eu sou teu amigo
Te fortaleço e te ajudo
e te sustento com o meu poder
estou contigo
Eis que serão
envergonhados
e confundidos
todos os que te perseguirem
Serão todos reduzidos a nada
aqueles que demandam contra ti
Eu sou contigo
não temas
nem te espantes
eu sou teu deus
eu sou teu amigo
Te fortaleço e te ajudo
e te sustento com o meu poder
estou contigo
—Cante com toda a sua fé:
Eis que serão
envergonhados
e confundidos
todos os que te perseguirem
Serão todos reduzidos a nada
aqueles que demandam contra ti
—Aleluia, faça com que tua palavra se cumpra ó pai:
Eu sou contigo
não temas
nem te espantes
eu sou teu deus
eu sou teu amigo
te fortaleço e te ajudo
e te sustento com o meu poder
estou contigo
Eu sou contigo
não temas
nem te espantes
eu sou teu deus
eu sou teu amigo
te fortaleço e te ajudo
e te sustento com o meu poder
estou contigo
Não há deus maior
Não há deus melhor
Não há deus tão grande
Como nosso deus
Criou os céus criou a terra
Criou o Sol e as estrelas
Tudo ele fez tudo criou tudo formou
Para o seu louvor
Para o seu louvou
Para o seu
Para o seu
Para o seu louvor
—Abraça o teu corpo agora, deixa que eu ore por você, em nome de
Jesus:
—Sabe meu deus, tem muita gente que critica a igreja universal, diz
que nós não temos direito de lhe cobrar nada, que somo arrogantes,
prepotentes, mas nossa fé nos proíbe de ser o contrario, não fomos
nós que escrevemos a bíblia, foi o teu espírito, e em Isaias, 41 diz
meu senhor, que tu nos tirou do abismo mais profundo, nos elegeu,
aleluia...
—Deus fala no seu coração agora meu amigo minha amiga, tu és
meu servo, eu te escolhi, não temas, por eu não te rejeitei, ele diz
que é contigo, que te fortalece, sinta agora a força de deus, aleluia,
sinta o poder de deus fluir em seu coração, coloca esta águia junto
ao seu coração, não diga nada, você já falou com seu deus, agora
ele te responde, sinta deus fluir na sua vida, receba o Espírito Santo,
ele te diz: Eu te fortaleço e te ajudo, eu te sustendo com minha
destra fiel, não temas ó vermezinho de Jacó, povozinho de Israel, eu
te ajudo, aleluias, gloria a ti senhor, sinta o espírito fluir agora, em
nome de Jesus...
Pai sei que os teus olhos
Estão sobre a terra a procurar
Alguém que te adore me espírito
Alguém que te adore em verdade
Pai como achaste a Davi
Vem e derrama sobre mim
O óleo precioso da unção
E me faz segundo o teu coração
Ache em mim
Verdadeiro adorador
Com vestes de louvor
Quero contemplar teu rosto ó pai
Vem ungir minha oferta de amor
Dou a ti meu coração
Meu deus
Meu pai
Faz de mim verdadeiro adorador
É meu prazer te adorar senhor
É meu prazer ministrar louvor
Ache em mim
Verdadeiro adorador
Com vestes de louvor
Quero contemplar teu rosto ó pai
Vem ungir
Minha oferta de amor
Dou a ti meu coração
Meu deus
Meu pai
Ache
—Senhor meu deus e meu pai, acha em cada um de nós um
verdadeiro adorador, coloca em nossos corações a fé de Davi, e nos
prepara para a realização de nossos sonhos no monte Sinai, diga:
—Meu deus, meu deus, em nome de Jesus, que meu coração esteja
preparado para lhe oferecer o melhor de mim, que minha fé esteja
avivada, seja comigo, por que eu confio em ti, em nome de Jesus,
diga amém, diga graças a deus.
—Quem sentiu a presença de deus agora, aqui? Ele vai te
acompanhar por toda a vida, não é só aqui na igreja não, em nome
de Jesus, quem crê diga amém.
—Presta atenção numa coisa, você vai trazer uma oferta quarta-feira
que vem, junto com o seu coração, vai ter uma oferta em dinheiro,
mas presta bastante atenção, ouve o que o espírito santo te fala
agora: "A oferta chama a atenção de Deus, o sacrifício traz ele até
você". Amém?
—Que o senhor te abençoe e te guarde, que faça resplandecer
sobre ti a sua santa luz, que ele te livre de todo o mau no caminho
de casa, que ele seja contigo, quem crê diga amém e graças a deus.
—Podem ir, que deus seja com você, tecladista toca aquela musica
da Leonor, pra queimar a Fogueira santa, vai cantando, em nome de
Jesus.
É deus que chama o seu povo
pra esta causa santa
o espírito santo
já se move em nós
já se move em nós ungidos do senhor
é o pastor juntando ovelhas
pra este avivamento
o sinal dos tempos
novo pentecostes
Já começa nós ungidos do senhor
deixa queimar esta Fogueira santa
por que este fogo não se apagará
esta Fogueira tem poder de deus
poder de deus neste lugar
Assim terminamos mais uma parte de minhas técnicas de
extorsão, quarta-feira não é um dia muito financeiro, os
pastores mexem com a alma das pessoas, tocam no mais
fundo de seu coração, para falar mais poeticamente, esse
mecanismo já foi mais que estudado pela psicanálise, e pode
muito bem ser descrito por qualquer profissional da área, a
manipulação das massas pelo pessoal da I.U.R.D., começa
na mente, com as reuniões de sexta-feira (agora terça-feira
também), passando por Domingo e quarta-feira, três dias
dedicados há conquistar o coração e mente das pessoas,
para depois, com o tempo induzi-las a processos mais
complexos do que eles chamam de "exercício da fé".
Entre estes exercícios está a Fogueira santa, e todas as
campanhas que envolvem dinheiro, quando questionado
sobre a santidade da ceia, posso dizer abertamente, que
para os pastores nada tem de santo, sendo mais uma rotina,
já soube de casos de caras que se masturbavam na mesa
em que algumas horas depois seria servida a tal ceia, ela
pode ser importante para os membros, mas para a maioria
dos pastores, sobretudo os velhos de igreja é algo simbólico,
onde ele pode ganhar mais fieis para a igreja, acreditem
quase não existe sinceridade na I.U.R.D., achei interessante
falar disso, por que como me disse o Mythrill um dias desses
no IRC vai que você resolva se infiltrar na igreja, tome a
ceia e sinta algo branco no vinho, ou se veja comendo
aquele pão de American Pie, com o qual o garoto se
masturba (isso era pra ser engraçado, mas meu humor anda
péssimo, também, se imagina ficando horas na frente do pc,
com uma bíblia e uma chave bíblica na mão, lembrando de
coisas horríveis que você fez no passado, ninguém merece,
ainda bem que tá acabando).
Na ultima quarta-feira estive novamente numa igreja
universal, como tinha dito fui a catedral da fé daqui para
fazer uma espécie de "upgrade" de minhas lembranças, o
que aconteceu eu pretendo postar em um tópico separado,
mas os efeitos já podem ser vistos na Segunda parte desse
texto, e serão mais ainda no tópico sobre a Fogueira santa,
no fim de tudo vou colocar os arquivos de textos disponíveis
para download, é muito mais fácil a leitura num editor como
o word, coloquei as musicas e as citações da bíblia
destacadas (duvido que eu tenha paciência de fazer isso no
fórum, geralmente só colo, não sou muito bom em editar), e
a impressão é muito melhor num editor, tenho algumas
novidades para o tópico sobre a Fogueira, entre elas um
pequeno arquivo em MP3 de uns trinta segundos com um
trecho de reunião de pastores, onde o bispo Romualdo
Panceiro diz: ...(bem o que ele diz você vai saber só no
próximo tópico), talvez demore um pouco, mais uma coisa,
não tive tempo de revisar o texto todo, portanto se prometi
algo que não cumpri me avisem, por favor, sinto que
esqueci de algo, mas não sei o que é, assim que tiver tempo
reviso os 4.
Obrigado a todos os que responderam, a todos os que se
interessaram em ir até uma igreja para se "infiltrar",
desculpem o tamanho, está ficando cada vez menor, ainda
bem que é o penúltimo, tem no meu editor onze paginas,
gostaria de dizer que estou aberto a sanar qualquer dúvida,
e que ainda estou dia sim dia não depois da meia noite e
nos fins de semana na sala #STR da Brasnet (putz, parece
papo de pastor, ligue já que eu vou te atender, desculpe),
não estranhem, andei ouvindo umas fitas minhas como
disse, onde eu tentava me converter no futuro, mas elas já
foram devidamente devolvidas ao limbo. Espero
comentários, e em breve vou postar tudo isso no fórum da
Arca Universal, já até me inscrevi, aguardem,  e mais uma
vez obrigado.

Índice
Parte Especial:

"A Fogueira Santa de


Israel"
Mais importante de todas as campanhas da I.U.R.D., e o
meio mais fácil de se arrecadar dinheiro depressa. A
Fogueira Santa de Israel é um dos pilares da igreja de Edir
Macedo. O famoso "Tudo ou nada", a hora da verdade, a
vitória da fé sobre a razão, o dia em que os bispos vão subir
um monte, e a vida da pessoa vai mudar! Essa conversa
fácil, de uma guinada na vida, em todos os sentidos é
pregada neste momento em uma igreja Universal, enquanto
escrevo este artigo, pessoas tomam posse de envelopes,
para, no dia 13 de julho depositar nos altares dos templos
todo o seu dinheiro, ou, como preferem dizer os bispos e
pastores, "seu sacrifício", seu "tudo".
O limite mínimo para se participar dessa campanha é de R$
200,00. Não há teto. Confesso que fiquei surpreso, já que
quando eu era pastor, não se admitia menos que um salário
mínimo. Porém os tempos são difíceis e como bons
comerciantes que são, os bispos foram sensatos ao diminuir
o preço da bênção de Deus. Assim que saí da igreja o
próprio Edir Macedo chegou a diminuir o valor da campanha
para algo quase irrisório. Não sei se por arrependimento (o
que acho improvável, para não dizer impossível) ou por uma
estratégia de marketing. O fato é que não deu certo e prova
disso foram as campanhas que se sucederam. Esta, para
mim, é a parte mais importante da minha série.
Pessoas dão, literalmente, tudo o que possuem para a
igreja, lares são desfeitos, vidas destruídas. Tudo em nome
de uma bênção que nunca chega. Os testemunhos
mostrados na TV são casos raros dentro da igreja. E se você
prestar atenção, ano após ano, são as mesmas pessoas,
com ínfimas variações. Isso reforça minha afirmação de que
na I.U.R.D, ninguém cresce. O máximo que acontece são
casos de vitórias financeiras perfeitamente justificados pela
competência do próprio indivíduo.
Pretendo contar em detalhes todas as etapas. Isso com
certeza tornará o artigo mais extenso. Por isso, desde já,
peço desculpas. Mas considero altamente necessário ser
detalhista nesse caso. Nesse artigo narrarei:

o reuniões do conselho de bispos - das


quais nunca participei, mas que me
foram narradas fielmente por
pessoas que participaram;
o reunião de pastores em São Paulo, que
conta com uma amostra de áudio ( logo
depois explicarei como a consegui );
o reunião estaduais, nas quais participam
pastores e bispos, para explicar os
temas das campanhas;
o estabelecimento das metas de
campanha, que selam o futuro dos
pastores.

Contarei casos que me marcaram na campanha de Israel,


dos quais não fui mero espectador, mas também
participante ativo e que gostaria de tê-los apagados da
memória. Por fim, narrarei também uma reunião típica da
Fogueira Santa. Mostrarei mais uma vez como uma pessoa é
coagida a doar até mesmo o leite dos próprios filhos para
que bispos e pastores passem algumas semanas viajando e
segundo alguns, participando de orgias sexuais com o
dinheiro ofertado pelos fiéis.
 Como é decidido o tema da
campanha:
É marcada uma reunião do conselho dos bispos, que é
formado pelos bispos mais influentes da igreja. Os principais
são: Marcelo Crivela, Clodomir, Eduardo Cardoso, Gerson
Cardoso, Romualdo Panceiro, Carlos Rodrigues, e claro, o
líder de todos, Edir Macedo. Há muitos outros, porém não
me recordo deles. O conselho reúne os que sabem a
verdade sobre a igreja e tem ciência do destino da renda da
igreja, bem como todas as operações efetuadas com ele.
Nessa reunião são decididos detalhes triviais, como o
formato do envelope, a meta financeira a ser atingida etc.
Assim, quando a reunião termina, o conselho convoca todos
os responsáveis estaduais, regionais e internacionais para
dizer o que foi definido.
Há boatos de que durante essas reuniões ocorrem orgias
sexuais, as quais serão discutidas mais adiante.
 A reunião dos líderes: passando o
espírito da campanha
Advirto a todos que já faz três anos que deixei de ser
pastor, então algumas informações que vou passar aqui
podem ser imprecisas, ou desatualizadas. Se não me
engano, a sede mundial da I.U.R.D localizava-se no RJ e era
conhecida como "O Tempo da Glória do Novo Israel" e a
sede nacional localizava-se em SP. As reuniões nacionais
eram executadas pelo bispo Romualdo Panceiro, bispo da
Catedral da Fé, em SP, e que também era o bispo
representante das nossas igrejas brasileiras. Ao decorrer do
texto mostrarei alguns arquivos de áudio (MP3) com trechos
de uma reunião de pastores ministrada por ele. Eu possuía
mais fitas com conteúdo semelhante, que foram copiadas do
acervo pessoal do pr. Antônio Carlos, que auxiliei em
Ariquemes, Rondônia. As fitas eram muito valiosas para
mim, já que me ensinavam lições práticas sobre como pedir
o dízimo, como falar ao povo, como pedir ofertas.
Infelizmente durante uma crise emocional destruí quase
todo o conteúdo das gravações, com gravações de relatos
pessoais. Em seu conteúdo original, essas fitas, seriam mais
que suficientes para abertura de um processo contra a igreja
pela violação dos arts. 171 e 153 do Código Penal Brasileiro
(Decreto Lei N° 2.848 — de 7 de dezembro de 1940).
Contudo, o que restou foram apenas trechos insignificantes,
onde nada de comprometedor em termos jurídicos é dito.
Vamos voltar nossa atenção para uma reunião de pastores,
conduzida pelo bispo Romualdo Panceiro, em algum lugar de
São Paulo - provavelmente na Catedral da Fé. Nessa reunião
o bispo falava sobre a Fogueira Santa. Ele começa com uma
oração. Aqui está a transcrição da primeira parte da reunião,
bem como o arquivo correspondente:
(Observação: a transcrição é fiel ao arquivo, conservando
elementos como a redundância na fala e erros gramaticais.).

Transcrição:

"—Acende a chama do primeiro amor".

—Venha nos dirigir, nos orientar, para que


venhamos trabalhar, segundo a direção
do teu espírito. E aonde formos colocar
as mãos e os pés, floresça, floresça,
como a vara de Arão para a glória e
louvor no teu nome. Meu Pai abençoa as
esposas meu pai, abençoa as esposas,
em nome de Jesus meu pai, dá sabedoria
às esposas, dá direção às esposas, dá
sabedoria às esposas, e essa
consciência de que a salvação, o bem
estar com deus, a paz, depende da
comunhão dela com o teu espírito (...)".
Esta é a introdução da reunião. Como o Quasar já observou,
alguns pastores acreditam sim no conteúdo de sua
pregação, como os fiéis, isso, contudo, não os exime da
responsabilidade. Eles sabem que possuem metas a cumprir
e fazem de tudo para atingir seus objetivos. Isso ocorre até
mesmo devido á desigualdade de tratamento entre pastores
"bons de caixa" e "ruins de caixa". Se um pastor ruim de
caixa adoece todos ficam sabendo de sua doença e ele é
afastado. Se um pastor "bom de caixa" adoece, o caso é
abafado e ele é levado para a catedral enquanto se trata
Vamos ao o próximo trecho:

Transcrição:
"Ah, meu Deus, se tem alguém enfermo...
alguma criança enferma, ou se tem
alguém enfermo... então meu pai cura
agora! (O povo grita" "cura!!" ao fundo )
Agora! Seja curado! Seja curada! Em o
nome e para a glória de Jesus, todos
digam "amém". (os pastores respondem).
Podem sentar."
Dispensa comentários.
É a partir daqui que as coisas começam a ficar
interessantes:

Transcrição:

"Nós vamos dar o envelope, que já tá


sendo feito."
Comentários:

Nesse trecho não há nada de comprometedor (sinto, mas


pareço o Colim Powel, em fevereiro, no conselho de
segurança das Nações Unidas, apresentado trechos sem
nexo, mas é importante que se tenha idéia, de como é
passado o "espírito" da campanha aos pastores). No trecho
que eu apaguei ele falava sobre fé, sobre "arrebentar na
obra" etc.
O quarto trecho é, sem dúvida o mais impressionante. Nele,
Romualdo ensina os pastores a falar com o público e é
categórico: diz "eu quero tudo." Na reunião ele faz uma
alusão a Moisés no Egito, observe:
Transcrição:
"—Eu quero tudo. Não vai ficar NADA no
Egito. Nós vamos raspar. Tudo tem que
sair tudo. Raspar tudo! NEM UMA
UNHAZINHA vai ficar. UMA UNHA não
quer que fique! Eu quero TUDO! - E ele
falou cara a cara com o faraó. TUDO! Eu
quero tudo! Você vai ter que deixar tudo!
Vai ter que sair tudo! Toda a riqueza,
tudo! ALÉM DA SALVAÇÃO, ALÉM DA
LIBERTAÇÃO, ELES COMERÃO DO
BOM E DO MELHOR! ELES SERÃO
RICOS. TUDO! TODA ESSA FORTUNA
QUE ESTÁ AÍ, VAI VIR PARA AS MÃOS
DO POVO. O povo de Deus".
Tem ainda uma ultima parte, quando o foco da reunião é
voltado para o crescimento dos pastores, não farei nenhuma
transcrição, mas o arquivo está disponível, caso queiram
conferir.
Talvez você pergunte, como um pastor da I.U.R.D. possa ser
tão convincente, a ponto de fazer as pessoas colocarem todo
o seu salário em um envelope. Os pastores da igreja
universal, antes de enganar aos membros, antes de lhes
roubar a vida, o dinheiro, enganam a si mesmos, ou se
deixam enganar, isso não os exime de modo algum da culpa
pela extorsão, eles sabem muito bem os fins do dinheiro,
sabem que a igreja pouco se importa com a salvação, com
as pessoas, que a I.U.R.D. quer o dinheiro e só, e ainda
assim continuam se enganando, e, infelizmente enganando
a muita gente.
Na conclusão de tudo isso, eu disponibilizarei dois trechos do
meu diário pessoal, que, creio eu, mostram bem o grau de
dependência que a igreja exerce sobre os pastores, gravei
eles apenas duas semanas depois de ser expulso.
Assim, é decidido o tema da campanha, cada pastor, daqui
pra frente tem de lutar para alcançar suas metas, caso
contrario, seu futuro está em jogo.
 Metas de Israel: o quanto cada pastor
tem que arrecadar
Só há um motivo para se colocar um pastor numa igreja, ele é
obrigado a arrebentar lá, o que no linguajar dos bispos significa
arrecadar bastante. A prova de fogo de um pastor é a campanha de
Israel, a cada um é estabelecida uma meta, que tem que ser
cumprida, ou ao menos aproximada. Se alcança a meta, é vitorioso,
mas não o suficiente para ser visto com bons olhos, apenas vai ficar
na igreja, se ele ultrapassa a meta, é promovido, se não a alcança, é
rebaixado. E em casos extremos, até mesmo expulso da igreja. Isso
faz parte de uma ordem do próprio Macedo, se o pastor não cresce,
é (e ele não usou outras palavras) arrancado da obra, lançado fora,
para secar e servir de lenha ao inferno.
Assim a Fogueira santa se torna crucial na vida de um
pastor, um amigo levantou uma questão muito interessante
sobre metas na I.U.R.D. esses dias no chat, ele disse que na
igreja perto da casa dele, os pastores não duram mais de
dois meses, segundo ele, sua mãe diz que é pro povo não se
apegar. Mentira! Observe uma igreja universal,
principalmente em tempos de Israel, eu posso até te dar um
balanço da campanha pelo estado do pastor. Se ele
continua, a campanha foi estável, ele alcançou a meta, e
continuou lá, se ele saiu, olhe pra onde foi, se foi pra um
lugar pior, ou ficar de molho na catedral ou sede regional,
ele se deu mau, se foi pra um lugar melhor, ele roubou
direitinho, arrebentou.
Assim que entrei na igreja, o pastor Reginaldo, que era
regional na antiga I.U.R.D. da Nova Porto Velho, avenida
amazonas, foi promovido para a recém inaugurada regional
de Ji Paraná, soube depois de me tornar pastor, que ele, na
campanha que sucedeu sua mudança, tinha batido um
Record na igreja, salvo enganos, R$ 24.000,00, algo que
nem o pastor Gerson Jardim conseguira, foi esta meta aliás,
que derrubou o pastor Gilberto, além do mês da igreja que
despencou, como eu já disse anteriormente.
Pouco antes de me expulsar da igreja, o pastor Antônio
Carlos conseguiu ultrapassar sua meta na igreja regional de
Ariquemes, onde eu o auxiliava. Foram mais de R$
30.000,00. Não foi uma meta realmente monstruosa, porém
era muito mais do que a igreja estava acostumada. Este
homem não só se tornou responsável pelas igrejas de Ji
Paraná, mas por todas as igrejas do interior de Rondônia.
Já o pastor que dirigia Ji Paraná foi transferido, por ter um
desempenho ruim, para uma igreja menor. O pastor Sílvio,
que era o segundo pastor mais importante da Catedral de
Porto Velho, foi transferido para o pequeno município de
Pimenta Bueno, justamente pelos motivos citados acima. O
pastor Reginaldo, foi para o lugar dele, assumindo o
segundo posto na hierarquia da igreja, isso para citar alguns
exemplos da Fogueira Santa em Rondônia.
O fato, é que por mais que seus membros e bispos neguem,
a Universal visa somente o lucro. Até aí nada de errado, já
que se as pessoas querem ser enganadas, que sejam. O
problema é que a igreja não declara suas verdadeiras
intenções para o Fisco. Se for um fato que a igreja almeja o
lucro, por quê ela não assume isso de uma vez? Por quê diz
que é uma organização sem fins lucrativos? E minha maior
pergunta: onde está o Ministério Público?
 Meus testemunhos da Fogueira Santa
de Israel
A maior vergonha de minha vida, não é ter sido
deliberadamente enganado, ter permitido que me usassem
em prol de interesses mesquinhos na I.U.R.D., disso eu não
me arrependo, já que eu o permiti, e além do mais, nada
posso fazer para mudar o que foi vivido. O que me
envergonha, o motivo de todo o arrependimento, raiva,
remorso, são as pessoas que eu enganei, são as vidas que
eu vi serem destruídas, e nada fiz para mudar. Pessoas que
muitas vezes dependiam de uma palavra minha para ajuda-
las, e eu omitia esta palavra, vou contar alguns casos de
fogueira santa, que me fazem chorar, não vou citar nomes,
em parte por que não me lembro de todos, e também para
não expor ninguém.
o Em meu primeiro contato com a Fogueira Santa,
ainda como obreiro, eu morava na I.U.R.D Fergel,
uma igreja há muito desativada em Porto Velho. Um
senhor acabara de tornar-se membro de nossa
igreja. Era micro-empresário, sempre aparecendo
nas minhas reuniões das três da tarde. Apesar de ser
um membro ativo, sempre ofertando, ele era um ex-
viciado em drogas. O pastor Henrique forçou-o a
participar das reuniões principais. Veio então a
Fogueira Santa. Então, Henrique tomou como base
tudo que eu havia contado-lhe sobre a vida desse
homem como palavra para a reunião. Mas não parou
por aí. Fez também inúmeros apelos para que o
micro-empresário pegasse o envelope, e nada. Este,
não agüentando a pressão do pastor, sai da igreja e
volta para o mundo das drogas. Desde então, nunca
mais tive notícias dele.
o I.U.R.D. Liberdade, também na capital, o atual
vereador eleito pela igreja, Flávio Lemos tinha com
muita chantagem passado a freqüentar a igreja do
pr. Gomes, onde eu auxiliava, o Gomes babou tanto
o cara, o citando verbalmente nas reuniões, que
metade dos membros da igreja se afastou, o Flávio
não cumpriu o voto no Liberdade.
o Cito também meu primeiro núcleo, uma espécie de
igreja que me foi entregue pelo pastor Reginaldo.
Situava-se Pombal, um bairro no subúrbio de Porto
Velho. Enquanto eu o auxiliava, na regional da Nova
Porto Velho. Convenci dois membros da Catedral da
Fé a cumprirem a Fogueira Santa no meu núcleo.
Eles moravam logo em frente. Foi a primeira vez que
menti na igreja. Falei para eles que Deus tinha falado
ao meu coração, e que seriam muito abençoados se
ofertassem ali. Porém, o que de fato aconteceu é que
o pastor Reginaldo falou ao meu coração. Disse que
se eu conseguisse seus votos seria abençoado com
uma igreja. Eles cumpriram seus votos comigo, R$
5.000,00, o casal. Depois disso viajei para
Ariquemes, onde assumi minha primeira e única
igreja. Não houve Fogueira Santa em Ariquemes III,
a igreja da qual eu tomava conta. Ela era menor que
um núcleo e foi fechada por não conseguir um mês
de R$ 2.500,00, a qual era minha meta. Levantei lá
dois obreiros, um jovem que havia afastado-se da
igreja e uma senhora recém-chegada da Bahia.
Depois do fechamento, o jovem saiu da igreja. Não
sei de seu paradeiro.

O pior de todos os casos, I.U.R.D. pedrinhas, Capital, eu


auxiliava um pastor Cearense, do qual eu não me lembro o
nome, era recém chegado, foi a primeira igreja que ele
assumiu na vida, pegou logo de cara uma fogueira santa, de
todos os membros fixos da igreja só uma senhora não pegou
o envelope. Uma aposentada, de idade avançada, o filho
vivia na cadeia, ela sobrevivia basicamente da
aposentadoria e do churrasquinho que vendia, o desgraçado
do pastor ia todos os dias comer o churrasco dela de graça,
ela era uma fiel dizimista, e ofertava o que podia.
Num Domingo, o pastor chamou todos os membros que
estavam participando da campanha para frente do altar, ela
ficou quase que sozinha nos bancos, o que já é uma
humilhação. Foi mais ou menos assim que o pastor orou
naquele dia:
—Estenda agora suas mãos em direção a
igreja, diga meu deus! Meu deus! Em o
nome de Jesus, amarra todo o espirito da
enganação, queima o diabo que não
deixa as pessoas terem fé, diga:
—Diabo, você tá amarrado, amarrado, sai
desta vida em nome de jesus!
Claro que o diabo se resumia naquela pobre mulher, coitada,
bem, o pastor me deu o microfone, já tinha terminado a
oração, e foi orar na cabeça da senhora, ela estava
chorando, não sei se de medo ou de vergonha.
Pela primeira vez eu não soube o que fazer na igreja, me
limitei a cantar um corinho, que diz mais ou menos : "fogo
no diabo da cabeça aos pés", o povo com as mãos
estendidas agora unicamente para a mulher, o pastor a
rodopiando, eu ficando desesperado, mas tendo que manter
as aparencias, ela não estava possuída, não dava qualquer
sinal disso, mas ele insistia.
Ela deitou no chão, o pastor afastou os bancos, a empurrou
até a frente do altar, foi o primeiro caso de violência fisica,
de simulação de exorcismo que eu vi, estava chocado, parei
de cantar, dei o microfone pra ele, ela não respondia a suas
perguntas, estava em estado de choque.
Ela confiava em nós, e nós a havíamos traído, o pastor deu
vários "Sai", ela levantou, ele praticamente a obrigou a
pegar o envelope, depois da reunião, ela chorou
desesperadamente num banco, e eu ouvindo seus lamentos,
não pude dizer nada, só fiz suprimir minha vontade de
chorar, ou de quebrar a cara do desgraçado do pastor,
passei boa parte daquele Domingo chorando trancado no
banheiro.
Aquela senhora passou fome pra cumprir o voto, faz um ano
que a vi pela ultima vez, nada de novo na vida dela.
Na primeira oportunidade levei o assunto ao bispo, sabe o
que ele disse?
—Ela não pegou o envelope?
—Então qual o problema?
Só isso foi o que o bispo disse, meu coração arde quando
lembro disso, nunca fiz algo parecido, mas me torno
cúmplice de um caso desses, pelo fato de eu estar lá.
Eu poderia passar dias lhes narrando os casos de derrota
financeira, fracasso familiar, depressão, todos causados
diretamente pela pressão exercida pela campanha de Israel,
posso citar os obreiros da sede regional de Ariquemes, que
deviam muito, e com as campanhas só faziam aumentar
suas dividas, a obreira do núcleo de Campo Novo de
Rondônia, que cumpria todas as suas obrigações, e como
benção de deus só recebia espancamento do seu marido, eu
disse e não me canso de repetir, não existe vitoria financeira
dentro da igreja universal, só dor, magoa, extorsão, vamos
a reunião:
O envelope abaixo me foi entregue em uma incursão que fiz
na Catedral da Fé de Porto Velho, ganhei também, uma
miniatura do Monte Sinai, a oferta que deveria constar nesse
envelope, em 13 de Julho de 2003, era de R$ 200,00, usarei
nessa reunião, parte do que me foi passado na quarta-feira,
em que estive fazendo trabalho de campo na igreja, pra
quem ficou com medo de eu me converter  , o envelope
serve como um troféu, são menos R$ 200,00 nos bolsos da
quadrilha de Edir Macedo.
O atraso é explicado por esse trabalho de campo, e por uma
série de contratempos que não vale a pena citar, o Mythirill
se precipitou postando um tópico na área ateísmo com o
conteúdo parcial dessa parte, segue agora, o que faltava, fiz
alterações no texto que antecede essa mensagem, em parte
por que não gostei do estilo da edição, e por que faltavam
algumas coisas, bem poucas na verdade, fui exigente
comigo mesmo, para essa fase da série, como já disse, a
considero de longe a mais importante. Espero que
aproveitem, e, sem mais delongas, obrigado pela paciência,
fiquem com a simulação de uma reunião da: "Fogueira
Santa De Israel"

(o tema desta campanha vai ser "Monte Sinai, o sinal da realização dos
seus sonhos", vai ter como base a visão de Moisés no Sinai, a
sarçaardente. Segundo os bispos, o sonho de Deus era livrar o povo,
esse sonho era o mesmo sonho de Moisés, hoje, não seria diferente,
deus sonha em abençoar o povo, se o sonho do povo for receber as tais
bênçãos de deus, eles vão ter que sacrificar como Moisés, nos altares
das igrejas serão montados santuários, um monte de véu, com um
desenho do Sinai, uma arca, e algo que lembre a sarça ardente, isso
varia muito de igreja para igreja, já que não é subsidiado com as ofertas
e sim com o dinheiro dos obreiros, atrás do Sinai, está o lugar onde vai
ser depositado o "sacrifício". Essa campanha é, em minha opinião uma
das mais apelativas, brincar com o sonho das pessoas não é algo fácil.
Só uma coisa, se por algum motivo decidirem aprender a musica inicial,
eu tenho um arquivo bem tosco, comigo cantando a musica, contudo,
minha voz como ateu já é feia pacas, imagina cantando uma musica
crente, ela foi tirada de minhas fitas de diário pessoal da época)

(o pastor entra, é um dia solene, muitos usam terno, ele se põe diante
do altar, olhando para o Santuário, o povo de pronto fica em pé, sem
mais rodeios ele começa a cantar)

Eu não posso ter nas mãos o meu destino

E mudar o que eu não quero que aconteça

Cada Noite a esperar que um novo tempo

Recomece assim que o dia amanheça

Sou humano tenho sonhos faço planos

Como qualquer outro homem

Quero ser feliz

Mas os sonhos que eu tiver

Sei que posso realizar

Por que eu creio em deus

E ele sempre cumpre o que diz

Ansiedade, medo duvidas, também posso ter

Por que sou fraco sou barro sou pequeno,

mas os sonhos que eu tiver

sei que posso realizar

Por que creio em deus

E ele sempre cumpre o que diz

Sonhos quem nunca teve um sonho pra sonhar

Eu sei que muitos cansam de esperar

e perdem a fé

a fé em deus
Sonhos

Na vida de quem guarda a sua fé

É só uma questão de tempo

nunca aconteceu

De Jesus abandonar um filho seu

—Senhor meu deus e meu pai, em o nome santo do senhor jesus cristo, nós nos
colocamos ante teu santuário hoje, por que ó deus, o senhor tem um sonho, o teu
sonho é abençoar a vida das pessoas, como no passado, tu ouves o clamor do teu
povo, em meu pai, como no passado a sarça ardeu pra Moisés, hoje o teu povo
vai ouvir tua voz. Por que meu deus, o mundo vem crescendo, os filhos de faraó
tem a prosperidade, e o teu povo fica ver navios, isso não pode mais acontecer,
não vai mais acontecer, por que o senhor é conosco, como os grandes homens do
passado, através do sacrifício, nossas vidas vão mudar, vão em o nome e para a
gloria do senhor jesus, dia amém, e graças a deus.

—Os obreiros, por favor, tragam o azeite sagrado, tragam o óleo que os bispos
trouxeram de Israel (na verdade, o que é entregue aos pastores, quando
muito é um vidro com 50 ml ou menos de um azeite branco, bem
parecido com óleo de soja, os bispos nos diziam que era vindo de Israel,
aí se mistura esse azeite com mais um pouco de óleo de oliva daqui
mesmo, e dizem pro povo que tudo veio de Israel, que foi consagrado a
deus no Sinai), presta atenção pessoal, deus tocou no meu coração, e antes de
começarmos a reunião, eu quero lhe consagrar com esse azeite, Davi disse:
Unges-me a cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Nós vamos colocar um
pouco desse óleo, que veio do Sinai nas suas cabeças, pra que o espirito daquela
montanha sagrada, esteja em suas vidas, amém?

—Venham aqui na frente, deus quer abençoar sua vida.

deus que chama o seu povo

pra esta causa santa

o espirito santo

já se move em nós

já se move em nós ungidos do senhor

é o pastor juntando ovelhas

pra este avivamento

o sinal dos tempos

novo pentecostes

já começa nós ungidos do senhor

deixa queimar esta Fogueira santa


por que este fogo não se apagará

esta Fogueira tem poder de deus

poder de deus neste lugar

(toda a igreja está envolvida no clima da campanha, atrás de cada banco temos
um cartaz da Fogueira, a empolgação é total, contagiante, todos recebem o óleo,
agora, começa a extorsão emocional)

—Em nome jesus, servos de deus, estendam suas mãos em direção a este altar,
que a partir de agora, pela fé, vai ser o monte de deus, em nome de jesus.

(o tom começa com firmeza, depois, aquele quase choro típico, como
quem se importa com a situação do povo, na verdade, muitos pastores
choram de verdade, mas de medo de sua campanha fracassar, e ele
perder os privilégios adquiridos)

—Ó deus do Sinai, eu clamo agora ao mesmo deus que chamou Moisés, no


mesmo deus que disse: Eu sou quem sou! Eu clamo ao deus de Abraão, Isaque,
Jacó, eu clamo ao rei dos reis, o senhor do universo, o teu povo está com as mãos
estendidas teus servos também, e eu como teu sacerdote, consagro agora este
santuário, eu determino em nome de jesus, que esse altar agora se torna o santo
dos santos, o lugar do sacrifício, o lugar onde, no dia 13, o fogo santo vai descer, e
como as línguas de fogo, que lamberam o sacrifício de Elias no monte carmelo,
como o fogo que consumiu o boi de Gideão, o próprio deus vai descer do céu, e
aceitar o sacrifício do seu povo, não vai ser oferta não meu deus, não vai ser
dizimo, não! Vai ser o tudo, tudo, o seu povo vai colocar o seu tudo no teu altar,
todo o sustento, e o senhor vai ter que ouvir.

—Meu pai, abençoa este teu servo hoje, por que não é fácil falar a teu povo, não é
fácil pedir um sacrifício, mas o senhor sabe bem, a tua palavra se nos ensina, que
só há uma maneira de receber sua benção, e essa maneira é sacrificando, Caim
ofereceu do fruto da terra, a bíblia diz que ele não foi aceito, mas Abel, meu deus,
Abel deu do melhor do seu rebanho, deu o tudo, o senhor abençoou Abel, põe em
nós o espirito de Abel, põe em nós o fogo de Elias, a fé de Davi, a autoridade de
Moisés, nós te pedimos, vem sobre tua igreja, e prepara nosso coração para
sacrificar, prepara nosso coração para sangrar, como o teu sangrou, senhor jesus,
prepara nossas vidas.

A quem livrei do abismo

do lugar mais longínquo da terra

eu disse, tu é meu servo

eu te escolhi

não temas por que não te rejeitei

Eu sou contigo

não temas

nem te espantes
eu sou teu deus

eu sou teu amigo

te fortaleço e te ajudo

e te sustento com o meu poder

estou contigo

Eis que serão

envergonhados

e confundidos

todos os que te perseguirem

serão todos reduzidos a nada

aqueles que demandam contra ti

Eu sou contigo

não temas

nem te espantes

eu sou teu deus

eu sou teu amigo

te fortaleço e te ajudo

e te sustento com o meu poder

estou contigo

—Pai, se tu és conosco, nossa vida tem que mudar, o teu povo tem sonhos, eu
não sei qual o sonho dessas pessoas, mais o meu sonho, e o seu sonho, é ver a
vida delas mudar, vem espirito santo, desce desse monte, queima o coração do
teu povo, toca com as brasas do altar de deus, o teu povo não pode aceitar, não
pode se sujeitar a dominação de faraó, faz essas pessoas entenderem o valor do
sacrifício.

—Israel foi escravo, até o momento em que eles sacrificaram, até quando eles,
pela fé, mataram um cordeiro e colocaram nas portas de suas casas, nesse
momento em diante, o senhor passou a ser responsável pela vida daquele povo, o
livramento estava ali, mas o senhor nada podia fazer, a benção só veio depois do
sacrifício, só depois que o povo ofertou, aí sim, o senhor se manifestou, quebrou o
coração de faraó, e libertou Israel.

—Tem muita gente na igreja meu deus, que é como o povo do passado, clama ao
senhor, até te serve, mas na hora de sacrificar fica com medo, tem medo do faraó
das dividas, tem medo do faraó do marido, tem medo dos faraós da vida, tem
muita gente, que é escrava ainda do faraó da bebida, da prostituição, tem gente
meu deus que é escrava do faraó do homossexualismo! Isso tem que acabar, mas
o senhor nos ensina que só há um modo de mudar, a oferta chama a tua atenção,
como a oferta de Gideão chamou, mas o senhor quis mais, quis tudo, quis o boi,
quis o sacrifício, por que deus, o sacrifício o traz até nós, só através do sacrifício,
o senhor desce do céu, e muda a vida das pessoas!

—Meu amigo minha amiga, Israel clamou a deus, o povo de Israel exigiu também
de deus a resposta para suas suplicas, suas dores, fala pra deus agora o seu
sonho, fala pra ele qual o seu propósito nessa campanha, mostra pro seu deus pra
que você veio aqui, fala com teu pai, hoje ele te ouve, em nome de jesus.

(é importante colocar as pessoas pra falar com deus, antes do golpe do


envelope, por que, segundo o bispo Romualdo, isso a coloca quase que
num compromisso de participar da campanha, note que tudo que esta
sendo dito, é no sentido de justificar a atenção de deus, somente
através do sacrifício, isso é muito importante, as pessoas tem que crer,
que deus só olha pra elas se elas sacrificarem, que a benção só vem
depois que ela der o tudo, esse é o espirito da campanha)

Senhor, tivemos um sonho

De compor uma canção

Que voe pelo ar

E que venha a pousar

Como uma língua de fogo

Em quem veio te Buscar

Queremos ser a terra

Que o senhor semeia o trigo

A fonte de água viva

De onde nascem os rios

Nos reveste neste canto

Como fazes aos lírios do campo

Ó fogo que vem do céu

Vem e arde dentro de mim

Como a sarça do deserto

Vai queimando sem ter fim

Eis que tudo se faz novo

E voltamos ao início

Cordeiros consagrados
Para ser teu sacrifício

Como um filho pede o pão

Nossa humilde oração

Derrama, senhor, neste canto

A unção do Espírito Santo

—Diga, meu deus, meu deus! Em nome de jesus, derrama na minha vida a unção
do teu espirito, derrama ó pai, me dá forçar para sacrificar, se comigo, com tu
fostes com Moisés, muda minha vida nesse dia! Quem crê diga amém, e graças a
deus.

—Palmas pra jesus. Podem sentar.

—Nós estamos vivendo a fé de Moisés, amém?

—A palavra de deus, nos fala, que Moisés estava pastoreando seu rebanho, aos
pés do Sinai, quando, uma voz veio do céu, o chamando para o alto do monte.
Todo o ano, os bispos da igreja universal, vão a terra santa, com o seu pedido, e o
consagram a deus, a igreja não quer sua oferta, deus não quer uma oferta sua,
como não quis de Moisés, deus mandou Moisés largar tudo. Tudo mesmo, pra
servir a ele e libertar o povo de deus do Egito, os pais de Moisés eram escravos,
um dos sonhos dele era ver o seus pais livres, o sonho de deus era libertar o
povo, que clamava por justiça.

—Quando, o seu sonho e o sonho de deus, são os mesmos, aí meu amigo, minha
amiga, ninguém pode te segurar, ninguém, nem todo o exercito de faraó pode
segurar Moisés, nem todo os demônios do mundo podem contra um servo de
deus que sacrifica, quem crê diga graças a deus.

—Abra sua bíblia em Êxodo, capitulo 3, feche seus olhos, coloque a mão sobre
sua bebia, sobre a palavra de deus, vamos orar:

—Senhor Espirito Santo, esta escrito que és tu que convence da verdade, portanto
eu peço, convence o teu povo da verdade da tua palavra nesse momento, faz com
que eles enxerguem a vontade do pai, mostra a essa gente, o que o senhor tem
mostrado aos bispos da tua igreja, abre nossos olhos, corações, nossas mentes.

Sou humano tenho sonhos faço planos

Como qualquer outro homem

Quero ser feliz

Mas os sonhos que eu tiver

Sei que posso realizar

Por que eu creio em deus

E ele sempre cumpre o que diz


Ansiedade, medo duvidas, também posso ter

Por que sou fraco sou barro sou pequeno,

mas os sonhos que eu tiver

sei que posso realizar

Por que creio em deus

E ele sempre cumpre o que diz

Sonhos quem nunca teve um sonho pra sonhar

Eu sei que muitos cansam de esperar

e perdem a fé

a fé em deus

Sonhos

Na vida de quem guarda a sua fé

É só uma questão de tempo

nunca aconteceu

De Jesus abandonar um filho seu

—O senhor nunca abandonou Moisés, meu pai, se com o teu povo nesse
momento, em nome de jesus, nós te pedimos, abra nossas mentes para a sua
palavra, amém,

(é importante que se diga, que esse não é um comportamento padrão


da igreja, varia de pastor para pastor, eu apenas usaria esse, estou
mesclando o conteúdo de reuniões que eu ouvi, dos bispos, Clodomir,
Romualdo, Sérgio Von Helder, e Carlos Rodrigues, particularmente
nunca tive a oportunidade de ouvir o Edir Macedo pregando Israel, estou
sendo brando, para, quando aplicar o golpe do envelope, pegar as
pessoas, o mais abertas possível, isso tira bastante trabalho futuro, para
explicar a necessidade de dar tudo, a maioria das pessoas, pega o
envelope atraída pela conversa fácil do pastor, depois, acaba cumprindo
o voto, pela imposição feita nos demais cultos, "hoje vamos dar o
envelope, a parte mais fácil, mas, se não for bem feita, perdemos todo
nosso trabalho, temos que fisgar a pessoa pelo coração, faze-la entrar
no espirito e participar da campanha, para, assim, poder exigir, cobrar
dela a fidelidade, assim, no dia da campanha a gente arrebenta",
ensinava o bispo Carlos Alberto Rodrigues, hoje deputado federal, em
uma gravação de reunião ministrada aos pastores do Distrito Federal,
cuja cópia eu possuía)

Êxodo cap. 03
1-Apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu soro, sacerdote de Midiã; e, levando o
rebanho para o lado ocidental do deserto, chegou ao monte de deus, a Horebe.

2-Apareceu-lhe o anjo do senhor numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou,
e eis que a sarça não se consumia.

3-Então, disse consigo mesmo: Irei para lá, e verei essa grande maravilha; por que a sarça
não se queima?

4-Vendo o senhor que ele se voltava para ver, deus, do meio da sarça, o chamou e disse:
Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui!

5-Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que
estás, é terra santa.

6-Disse mais: Eu sou o deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de
Jacó. Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus.

7-Disse ainda o senhor: Certamente, vi a aflição do meu povo, que está no Egito, e ouvi o
seu clamor por causa dos seus exatores. Conheço-lhe o sofrimento;

8-por isso, desci a fim de livra-los da mão dos egípcios e para faze-lo subir daquela terra a
uma terra boa e ampla, terra que mana leite e mel; o lugar do cananeu, do heteu, do
amorreu, do ferezeu, do heveu e do jebuseu.

9-Pois o clamor dos filhos de Israel chegou até a mim, e também vejo a opressão com que
os egípcios os estão oprimindo.

10-Vem, agora, e eu te enviarei a Faraó, para que tires o meu povo, os filhos de Israel, do
Egito.

11-Então, disse Moisés a Deus: Quem sou eu para ir a Faraó e tirar do Egito os filhos de
Israel?

12-Deus lhe respondeu: Eu serei contigo, e este será o sinal que eu te enviei; depois de
haveres tirado o povo do Egito, servireis a Deus nesse monte.

13-Disse Moisés a Deus: Eis que, quando eu vier aos filhos de Israel e lhes disser: O deus
de vossos pais me enviou a vós outros; e eles me perguntarem: Qual o seu nome? Que lhes
direi?

14-Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel:
EU SOU me enviou a vós outros.

15-Disse Deus ainda mais a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: O SENHOR, o Deus de
vossos pais, Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me enviou a vós outros;
este é o meu nome eternamente, e assim serei lembrado, de geração em geração.

16-Vai, ajunta os anciãos de Israel e dize-lhes: O SENHOR, o deus de vossos pais, Deus de
Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me apareceu, dizendo: Ene verdade vos tenho
visitado e visto o que vos tem sido feito no Egito.

17-Portanto, disse eu: Far-vos-ei subir da aflição do Egito para a terra do cananeu, do heteu,
do amorreu, do ferezeu, do heveu e do jebuseu, para uma terra que mana leite e mel.

18-E ouvirão a tua voz; e irás, com os anciãos de Israel, ao rei do Egito e lhe dirás: O
SENHOR, o Deus dos hebreus, nos encontrou. Agora, pois, deixa-nos ir caminho de três
dias para o deserto, a fim de que sacrifiquemos ao SENHOR, nosso Deus.

19-Eu sei, porém, que o rei do Egito não vos deixará ir se não for obrigado por mão forte.
20-Portanto, estenderei a mão e ferirei o Egito com todos os meus prodígios que farei no
meio dele; depois, vos deixará ir.

21-Eu darei mercê a este povo aos olhos dos egípcios; e, quando sairdes, não saíram de
mãos vazias.

22-Cada mulher pedirá à sua vizinha e à sua hóspeda jóias de prata, e jóias de ouro, e
vestimentas; as quais poreis sobre vossos filhos e sobre vossas filhas; e despojareis os
egípcios.

—O povo de Israel clamou, amém?

—Deus se voltou para ele, deus moveu sua atenção para o sofrimento seu povo, e
mandou Moisés para liberta-los das mãos dos que os oprimiam.

—Moisés estava pastoreando o rebanho quando deus lhe chamou para Horebe, o
monte de deus, o monte Sinai,

2-Apareceu-lhe o anjo do senhor numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou,
e eis que a sarça não se consumia.

3-Então, disse consigo mesmo: Irei para lá, e verei essa grande maravilha; por que a sarça
não se queima?

4-Vendo o senhor que ele se voltava para ver, deus, do meio da sarça, o chamou e disse:
Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui!

5-Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que
estás, é terra santa.

6-Disse mais: Eu sou o deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de
Jacó. Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus.

GÊNESIS cap. 15

[...]

10-E ele tomando todos estes animais, partiu-os pelo meio e lhes pôs em ordem as metades,
umas de fronte das outras, e não partiu as aves.

[...]

17-E sucedeu que, posto o Sol, houve densas trevas; e eis um fogareiro fumegante e uma
tocha de fogo que passou entre aqueles pedaços.

18-Naquele mesmo dia, fez o SENHOR aliança com Abrão, dizendo: À tua descendência dei
esta terra, desde o rio do Egito, até o grande rio Eufrates;

—Qual o sonho de um escravo?

—A liberdade, sim ou não?

—E qual o sonho de um pai?

—Se você fosse um pai, e seu filho estivesse escravizado, qual seria o seu
sonho?
—Entendam, deus tinha uma aliança com Israel, uma aliança feita com Abraão,
Isaque, Jacó, deus tinha a responsabilidade pela felicidade do povo dele, foi feita
uma promessa:

GÊNESIS cap. 15

[...]

10-E ele tomando todos estes animais, partiu-os pelo meio e lhes pôs em ordem as metades,
umas de fronte das outras, e não partiu as aves.

[...]

17-E sucedeu que, posto o Sol, houve densas trevas; e eis um fogareiro fumegante e uma
tocha de fogo que passou entre aqueles pedaços.

18-Naquele mesmo dia, fez o SENHOR aliança com Abrão, dizendo: À tua descendência dei
esta terra, desde o rio do Egito, até o grande rio Eufrates;

—Abrão sacrificou, e recebeu a resposta de deus, deus havia prometido dar


aquela terra nas mãos da descendência de Abrão, amém? A partir daquele
momento, a responsabilidade pelos filhos de Abraão estava nas mãos do próprio
deus, o povo que era escravo no Egito, se lembrou daquela promessa e clamou a
deus.

ÊXODO 2

[...]

23-Decorridos muitos dias, morreu o rei do Egito; os filhos de Israel gemiam sob a servidão
e por causa dela clamaram, e o seu clamor chegou até a Deus.

24-Ouvindo Deus o seu gemido, lembrou-se da sua aliança com Abraão, Isaque e com Jacó.

25-E viu deus os filhos de Israel e atentou para sua condição.

—Durante esses últimos dias, nós estamos clamando a deus, quem esteve
clamando conosco?

(É normal que antes da campanha de Israel, sejam feitos votos na


igreja, micro ofertas, ou propósitos de oração, o objetivo é envolver as
pessoas no tal espirito de Israel, na verdade, esse tipo de campanha
visa preparar terreno para o dia do golpe.

No exemplo citado aqui, o pastor vem clamando a dias, ou semanas


com as pessoas pela resposta de deus, assim, a Fogueira Santa vem
como uma resposta as suplicas, como na mitologia judaica, Moisés era a
única solução possível para o povo, o sacrifício é a única maneira de
mudar a vida do ouvinte, esse método de preparação em geral sempre
se mostrou eficiente)

—Esse clamor inclinou os ouvidos de deus até nós, quem está me entendendo?

—Deus tem uma aliança conosco, uma aliança firmada no calvário, amém? Essa
aliança é mais forte ainda que a aliança feita com Abraão, quando o senhor jesus
morreu ele disse: "Esse é o sangue da nova e ETERNA aliança" , a semelhança
do povo de Israel, nós temos uma aliança com deus, e muita gente dentro da
igreja tem sido oprimida nas mãos de faraó.

(agora começa a parte emocional)

—Mas quem é faraó hoje em dia? Quem é que te oprime? Tem gente aqui na
igreja, pessoas que tem anos de igreja anos mesmo, mas se você for olhar pra
vida dela, vai ver uma vida destruída, vai ver amarração, ela até tem uma aliança
com deus, tem seu batismo nas águas, toma a santa ceia, é liberta, mas o faraó
continua oprimindo ela, hoje deus se lembrou da sua aliança, diga graças a deus,
deus se lembrou, deus se lembrou de você hoje, mas foi o fato de deus se lembrar
que livrou Israel?

—Deus desceu do céu e colocou o povo na terra prometida? Foi assim? Quem
acha que foi levanta a mão. A gente vem ha alguns dias falando da historia do
povo de deus, abra sua bíblia em:

ÊXODO 12

[...]

3-Falai a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mes, cada um tomará para si um
cordeiro, segundo a casa dos pais

[...]

5-O cordeiro será sem defeito, macho de um ano

[...]

7-Tomarão do sangue e o porão em ambas as ombreiras e na verga da porta.

[...]

13-O sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes

[...]

36-E o SENHOR fez com que seu povo lograsse favor da parte dos egipcios, de maneira que
lhes davam o que pediram. E despojaram os egípcios.

[...]

40-Ora, o tempo que os filhos de Israel habitaram no Egito foi de quatrocentos e trinta anos.

41-Aconteceu que, ao cabo de quatrocentos e trinta anos, nesse mesmo dia, todas as
hostes do SENHOR saíram da terra do Egito.

—Só depois que o povo sacrificou, só depois de derramar o sangue.

—Só assim aconteceu o livramento.

—Deus esta olhando pra você, deus tem o sonho de mudar a sua vida, deus ouve
o seu clamor, mas só o seu sacrifício é capaz de mover a mão de deus. Só
através do sacrifício.
—Aprenda, a oferta, seja ela em oração, dinheiro, jejum, ela chama a atenção de
deus, como o clamor do povo de Israel chamou a atenção dele, mas o sacrifício, o
sacrifício traz ele até você.

—Abra sua bíblia em Gênesis, capitulo 4:

GÊNESIS cap. 04

[...]

3-Aconteceu que no fim de uns tempos trouxe Caim do fruto da terra uma oferta ao
SENHOR.

4-Abel, por sua vez trouxe das primícias do seu rebanho e da gordura deste. Agradou-se o
SENHOR de Abel e de sua oferta;

5-ao passo que de Caim e de sua oferta não se agradou.

—Todos conhecem o fim dessa historia, Caim se revoltou e matou Abel, mas
vejam só o que deus disse para Caim:

[...]

10-E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama da terra a mim.

—A voz do "sangue" de Abel clamava, por que deus tinha se agradado do


sacrifício de Abel, deus se moveu quando o sangue dele foi derramado, quem tá
me entendendo?

—Abra a sua bíblia em Juizes capitulo 6:

JUÍZES 6

[...]

19-Entrou Gideão e preparou um cabrito e bolos asmos dum efa de farinha; a carne pôs num
cesto, e o caldo numa panela; e trouxe-lho até debaixo do carvalho e lho apresentou.

20-Porém o Anjo de Deus lhe disse: Toma a carne e os bolos asmos, põe-nos sobre esta
penha e derrama-lhes por cima o caldo. E assim o fez.

21-Estendeu o Anjo do SENHOR a ponta do cajado que trazia na mão e tocou a carne e os
bolos asmos; então, subiu fogo da penha e consumiu a carne e os bolos; e o Anjo do
SENHOR desapareceu da sua presença.

[...]

25-Naquela mesma noite, lhe disse o SENHOR: Toma o boi que pertence a teu pai, a saber o
segundo boi de sete anos, e derriba o altar de Baal que é de teu pai, e corta o poste-idolo
que está junto ao altar.

26-Edifica ao Senhor, teu Deus, um altar no cume deste baluarte, em camadas de pedra, e
toma o segundo boi, e oferecerás em holocausto com a lenha do poste-ídolo que vieres a
cortar.

—Gideão deu sua oferta, mas Deus só firmou sua aliança com ele depois do
sacrifício, ninguém até hoje, em toda a historia da bíblia foi abençoado sem que
houvesse um sacrifício, lembram do jovem rico? Lembram de Davi? O maior
exemplo de todos, o próprio senhor Jesus.

—Deus tem o sonho de abençoar sua vida, deus quer cumprir a aliança feita com
você, mas, para isso, para que ele mova a mão dele em sua direção é necessário
um sacrifício!

—Sem fé, é impossível agradar a deus, o justo viverá pela fé, quem tiver a fé do
tamanho de um grão de mostarda pode transportar uma montanha, só há uma
maneira de você mostrar essa sua fé em deus, sacrificando . Fiquem de pé,
fechem seus olhos, em nome de jesus, vamos falar com o deus, com o qual nós
temos uma aliança.

Senhor, tivemos um sonho

De compor uma canção

Que voe pelo ar

E que venha a pousar

Como uma língua de fogo

Em quem veio te Buscar

Queremos ser a terra

Que o senhor semeia o trigo

A fonte de água viva

De onde nascem os rios

Nos reveste neste canto

Como fazes aos lírios do campo

Ó fogo que vem do céu

Vem e arde dentro de mim

Como a sarça do deserto

Vai queimando sem ter fim

Eis que tudo se faz novo

E voltamos ao início

Cordeiros consagrados

Para ser teu sacrifício

Como um filho pede o pão

Nossa humilde oração


Derrama, senhor, neste canto

A unção do Espírito Santo

—Pai, o teu povo já clamou, e da mesma maneira que o senhor instituiu Moisés
para libertar o povo do Egito, o senhor instituiu a igreja universal do reino de deus
para livrar estas pessoas de faraó. Deus, o teu povo é escravo de faraó, o teu
povo sofre, é chicoteado pelos egípcios, o diabo ri da cara do teu servo, e isso não
pode acontecer, tá amarrado pai, em nome de jesus, tá amarrado esse demônio,
esse capeta que tranca os caminhos dessa pessoa!

—Ela é escrava das dividas, escrava do juro do banco, escrava do agiota, e é


você que faz isso diabo, você é o faraó dessa pessoa, sai daí, em nome de jesus.

—Meu amigo, minha amiga, coloque as mãos sobre a sua cabeça, tem diabo aqui
que não quer te ver participando da campanha de Israel, o diabo sabe que quando
o seu pedido chegar no Sinai, sua vida vai mudar, e ele vai fazer de tudo pra não
te deixar pegar o envelope, mas nós vamos orar, e deus vai te livrar desse capeta.

—Espirito Santo de deus, vem agora sobre essas pessoas, e passa, como uma
língua de fogo, passa arrancando pela raiz todo o diabo, todo o capeta que
impede ela de ter fé, vem com o teu poder meu deus, vem agora.

—É você que se chama faraó, você que se chama Zé Pilintra, você Zé Pilintra é o
faraó do marido dela, ele é escravo da bebida, você mesmo, você Exu Caveira, o
filho dela usa droga, ele só se veste de preto, e é por tua causa, sai desse corpo
agora.

—Vamo, eu sei que tem diabo aqui, tem capeta escondido, vamos demônio,
manifesta agora, a deus eu peço, a ti eu mando diabo, a deus eu peço, a ti eu
mando, sai agora dessa vida, eu quero a Pombagira, você mesmo Pombagira, o
marido dela tem muitas amantes, por que você ganhou champanhe pra fazer isso,
você foi paga para destruir o casamento dela, sai dessa vida Pombagira, agora,
em nome de jesus, sai, sai, sai. O filho dela é gay, ele gosta de homens, e você é
responsável por isso, sai daí espirito que causa o homossexualismo, sai desse
corpo, agora, sai, em nome de jesus, tem diabo ali obreiro, tem gente passando
mau, presta atenção obreiro.

—Vem Espirito de deus, passa agora, essa pessoa fica, mas você sai capeta, em
nome de jesus.

—Feche seus olhos, em nome de jesus, deixe eu orar por você, deixa o espirito
santo te ajudar, concentra seu pensamento em deus, confia nele, em nome de
jesus.

—Exu da Morte, é com você que eu falo, sai desse corpo, ela tem desejo de
suicídio, ela tentou se matar, ele tentou a morte, eles tem desejo de morrer, e é
você que faz isso capeta, sai daí, agora, sai!!!

—Lucifer, você mesmo Lucifer, você ganhou um boi pra matar esse homem, e ele
vive doente, e não sabe por que, é você que faz isso, vamos, manifesta, agora,
em nome de jesus, cai de joelho cão.
—A Deus eu peço, a ti eu mando diabo, sai daí agora, você mesmo, Tranca Ruas,
o comercio deles não vai pra frente e você esta bem na porta, você que é o faraó
dessa vida, sai daí agora em nome do senhor jesus.

—Meu deus, como o senhor chamou Moisés no Sinai, o senhor me chamou um


dia, se o senhor está comigo, eu quero que agora, todo o diabo que resta nessa
igreja se manifeste agora, em nome de jesus, obreiro presta atenção, vai cair tudo
que é cão agora, em nome de jesus, três, dois, um em nome de jesus, manifesta
agora, em nome de jesus.

—Abra seu olhos, olha aqui o faraó de hoje, olha quem manda na vida das
pessoas.

—Qual teu nome demônio?

—Exuuuuuuu Caveeeeeiiiiiirrrrraaaaaaa!

—O que você esta fazendo na vida desse jovem?

—Eu quero sangue, eu vou matar ele, ah ra raaaaaaaa

—Ha quanto tempo você esta aí?

—Quando ele nasceu a mãe dele deu ele pra mim, ele é meeuuuuuuuuuuuuuu,
meuuuuu!!!!

—O que você ganhou?

—Não faloooooooooooooo!

—Fala, fala ou não fala pessoal!

—Auxiliar, me traz o envelope da Fogueira santa.

—Olha aqui demônio, sabe o que é isso?

—Fogo, ai, aiiiii, tá queimando.

—Tirraaaaaa, tiraaaa isso daqui, aiiiiii.

—O que você ganhou, fala!!

—Fala, fala agora diabo!

—Galinha, bode, boi, eu ganhei a vida dele, a vida dele é minha, eu vou matar ele,
ele vai se matar!!!!!!!!

—Há há há, ele vai se matar, eu vou matar ele, ele ja é meu, meu meu, há há há!!!

—Tá amarrado em nome de jesus.

—Diabo, vira o rosto pro altar, vira agora, em nome de jesus!


—Há, não vai virar não?

—Estende a mão pra cá povo de deus, que eu só vou estender o envelope, grita
comigo:

—Queima jesus, queima, queima, queima, queimaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

—Tá olhando lá em cima?

—Dia 13 de julho, lá naquele lugar, você vai estar de uma vez por todas fora da
vida desse rapaz.

—Em nome do meu...

—Aiiiiiiiiiiiiiiii, argggggghhhhhhhhh, (ruídos e grunhidos)

—O que foi, você não pode ouvir o nome do meu deus?

—Em nome do deus de Israel, você vai ser derrotado na Fogueira santa de Israel.

—Tem mais diabo por aqui gente, qual o teu nome demônio?

—Pombagiraaaaaaaa, há há há!

—Por que você tá rindo Pombagira?

—Por que o filho dela é meu! Ele é meu, a namorada dele deu ele pra mim, há há
hááááááááááaááááá

—Qual tipo de problema você causa na vida do filho dele?

—Ele gosta de homem!

—Tu tá amarrada Pombagira!

—Ele gosta de dar o c*, ele é meu, ele vai acabar na rua, vai virar travesti, ele é
meu, meuuuuuuu!

—Viu só pessoal?

—Eu preciso falar alguma coisa? Tem filho do diabo que diz que isso é normal,
olha o normal aqui, olha o que é normal nesse mundo.

—O que mais você faz na família dessa mulher Pombagira?

—O marido dela tem amante, ela bebe, fuma, eu vou matar ela, eu quero ver ela
na fossa primeiro, ela vai perder tudo, tudo, eu vou acabar com ela.

—Tá vendo pessoal? Olha o que o diabo quer fazer, esse é o faraó, talvez você
mãe fique desesperada com seu filho, ele tem voz fina, é afeminado, olha a causa,
é isso aí que faz.

—Tem mais um aqui.


—Qual o seu nome, demônio?

—Tranca Rua, Tranca Rua, ahhhhhhhhhhh

—Tem quantos contigo aí?

—Três mil, a vida dele é minha, ele é meu, o comercio dele é amarrado, eu fico na
porta, ninguém entra, ele vai falir, há há há, eu acabei com ele, acabei com a vida
dele, ele quer morrer, eu coloco na cabeça dele pra ele matar a família e se matar,
e eu vou conseguir!!

—Levanta a cabeça dele Tranca Rua, agora! Vamo levanta a cabeça dele. Em
nome de jesus.

—As vezes, você tem um comercio, só que ninguém entra lá, você faz promoção,
dá brinde, e nada, olha quem fica na porta da sua loja, olha quem te amarra a
vida, isso aqui [...] Levanta a cabeça demônio, olha pro povo, olha./

—Em nome de jesus, levanta a cabeça, agora.

—Isso aqui, esse diabo, amarra a tua vida, amém?

—Ele é o faraó, e só tem uma maneira de amarrar faraó, sacrificando a deus.

—Quer ver uma coisa:

—Tranca Rua, você quer que ele pegue o envelope de Israel? [...] Responde
capeta, responde.

—Não quer falar não, auxiliar, me dá aqui um envelope, eu vou colocar na boca
desse diabo, quero ver ele não responder.

—Ai, para, para, tirar essa merda daqui, tira isso, seu babaca, tira essa por**
daqui ,agora, tira, ai.

—Fala, você quer que ele participe da Fogueira santa?

—Não, eu não vou deixar.

—Por que?

—Fala capeta, fala, fala, em nome de jesus, fala agora.

—Por que ele vai ser abençoado, eu vou ter que deixar ele, o cara lá de cima vai
ganhar, mas eu não vou deixar, eu não vou deixar, não, não.

—Diga graças a deus, o "cara lá de cima" vai ganhar se você participar de Israel,
só o diabo tem a perder, amém?

—Qual o chefe desse corpo? Quem manda aí?

—Eu, eu mando, eu ganhei um monte de coisa, colocaram o nome dele na boca


do sapo, ele é meu.
—Mentira, qual o chefe?

—Eu quero o chefe, agora, agora, vamos, no três vai manifestar o chefe, um, dois,
[...]

—Tá amarrado, segura o corpo dele, vamo, de pé, de pé. Três, pronto. Qual o teu
nome?

—Lucifer, eu mando em tudo, o mundo é meu, meu, meu.

—O mundo é do meu deus, você tá amarrado Lucifer, amarrado.

—Eu quero é ver, não vou deixar ninguém pegar o envelope, um bando de
covardes, covardes, eu vou levar todos vocês pra miséria, eu vou colocar dúvida,
eu quero matar, eu vou ganhar, há, há, há.

—Olha pra cá pessoal, olha quem fica falando no seu coração:

—O que você fica assoprando no ouvido dessas pessoas demônio?

—Eu falo que você tá roubando elas, eu falo pra elas saírem da igreja, eu falo que
deus não existe, eu coloco dúvida, eu quero matar elas.

—Virão só? Até de deus o diabo faz você duvidar, quem já duvidou aqui, levanta a
mão.

—Esse é o faraó, e você tem que sacrificar pra ele sair da sua vida, só assim você
se liberta dele, só assim você se liberta do cão, amém?

—Diabo, pega tudo que você ganhou para entrar na vida dele, tudo, traz toda a
legião de demônios pra cá, pega tudo, em nome de jesus, agora!

—Não, eu não posso, eu não posso voltar sem ele, não vou.

—Deus, em nome de jesus, que esse envelope, que eu desde já tomo como meu,
onde eu vou colocar meu sacrifício, seja como o cajado de Moisés, em nome de
jesus. Quando eu tocar nesse diabo, que ele venha a trazer todo a legião, todo o
trabalho que ele ganhou, e que esse empresário seja liberto, em nome do senhor
jesus.

—Traz tudo, eu quero tudo agora, no meu pé, bem aqui, nem uma unha vai ficar,
eu quero tudo que vocês ganharam tudo mesmo, traz toda sua família de
demônios, todos aqui agora, coloca tudo aqui, em nome de jesus.

—Ai, tira isso das minhas costas, tá queimando, tira isso de mim, agora, tira,
pronto, tá tudo aqui, tudo.

—Mentira, tem mais coisa aí, tem mais aí eu mandei tudo, agora, tudo faraó.

—Pronto, (choro)

—Tá chorando por que diabo?


—Meu chefe vai me bater, quando eu chegar lá, eu vou apanhar.

—Coloca as mãos pra traz, eu piso agora em tudo que você ganhou, pega todos
os demônios, coloca nas suas costas, todos, agora, tá tudo desfeito, em nome de
jesus, do senhor jesus, sai, sai, saaaaaaaiiiiiii, sã, sã, agora, em nome de jesus,
de uma vez por todas, sai.

—Amém, graças a deus, pode ficar de pé senhor.

—Qual o nome do senhor?

—Flávio.

—Seu Flávio, faz quanto tempo que o senhor vem a igreja universal?

—Tem uns dois meses, onde eu estou, o que aconteceu comigo?

—Seu Flávio, tinha vários espíritos malignos na sua vida, nós o libertamos em
nome de jesus.

—Seu Flávio, o que o senhor pensava da Fogueira santa de Israel enquanto eu


pregava? Pode ser sincero.

—Pastor, eu tinha dúvida, eu pensava que era pra me roubar, eu dizia que eu
nunca ia dar meu dinheiro, desculpa, pra esses ladrões.

—E agora, seu Flávio?

—Eu vou participar da campanha pastor, deus vai mudar a minha vida.

—Graça a deus, gente, fiquem de pé, vamos libertar todas essas pessoas aqui, e
continuar nossa reunião, coloquem as mãos sobre a cabeça, em nome do senhor
jesus cristo.

(Uma pausa aqui. Há uma regra na I.U.R.D., quando tudo falhar, ainda há o
exorcismo, ou como dizem por lá: "Oração Forte". Como eu considerei a reunião
que eu estava escrevendo muito fraca, resolvi usar essa arma especial. O Bispo
André Luiz usou uma vez na Catedral da Fé de Porto Velho, eu me lembrei em
boa hora. Os demônios sempre respondem o que os pastores querem. Não sei se
você já percebeu isso, mas se presta atenção nas reuniões isso é um fato. O que
quase ninguém percebe é que os pastores e bispos vivem de "conversas de pé de
ouvido" com as pessoas ditas manifestadas.

Durante esses diálogos, as ordens são proferidas, como já disse, essas


manifestações não passam de transe hipnótico, e as falas, em sua maioria
seguem a orientação dada nesse "pé de ouvido", os pastores dizem, por exemplo:
"—Vou colocar esse envelope e, em nome de Jesus você vai sentir fogo", "—Eu
quero o chefe, Lucifer, é o chefe, eu quero ele", "—Eu quero o galinha que você
ganhou", tudo isso bem baixinho, só as pessoas em transe ouvem, eu sei por que
isso me foi ensinado, e claro, já o fiz. Sobre os problemas, já dizem nos cultos que
certos demônios são responsáveis pelo desejo de suicídio, pelo
homossexualismo, pela bebida, as pessoas só exteriorizam essas premissas.
O mais alarmante nisso tudo, é que, depois de passar por uma situação dessas é
quase impossível para a pessoa não pegar o envelope. No caso de meu
personagem aqui, o sr. Flávio, ele acaba de ser informado, das causas dos seus
problemas, e da respectiva solução, ele está confuso, assustado, é difícil usar a
razão quando você acaba de se levantar, todo sujo, suado, e sem lembranças do
que aconteceu. Voltando a reunião...)

—Os obreiros, segurem firme os demônios por favor, cuidado para não machucar
as pessoas, vamos orar forte, pra mandar embora todo o mau dessas pessoas,
fechem os olhos.

—Senhor meu deus e meu pai, eu estendo o meu envelope da Fogueira santa, e
determino, que ele seja como o cajado de Moisés, e em nome do seu filho senhor
jesus cristo, eu amaldiçôo esse diabo, eu praguejo faraó, e ordeno que tudo o
mau, saia, saia, e saia em nome de jesus.

—Repita com fé:

—Meu deus, meu deus, eu rejeito todo o espirito de dúvida, todo o mau que me
confunde, eu quero viver a fé de Moisés, por tanto, em nome de jesus todo o mau,
todo o mau, sai, sai, e sai, em nome de jesus: Sai.

—Coloque a mão no seu coração.

—Senhor meu deus, meu pai, eu entrego nas suas mãos a vida dessas pessoas,
eu já falei quem tu és, já disse que tudo tu podes, agora cabe a ti convence-las,
cabe ao senhor meu pai trazer a fé ao coração delas, eu te peço isso em nome de
jesus, injeta a fé verdadeira nessas vidas, injeta meu deus, o espirito de Gideão,
de Davi, de Abraão, em o nome e para a gloria do senhor jesus, quem crê diga
amém, e diga graças a deus.

—Podem sentar.

—Aqui está o envelope da Fogueira Santa de Israel, você já viu quem é


responsável pela dor, pelo sofrimento, viu quem é o faraó da sua vida, cabe a você
exercer, ou não a sua fé, eu como Moisés estou oferecendo a livração do mau, a
fé, e a vida é sua.

—Pastor, eu tenho fé, e em nome de jesus, no dia 13 de julho, eu vou subir o


monte Sinai, e trazer meu sacrifício, meu sacrifício vai ser de R$ 50.000,00, ou
mais, venha aqui na frente e pegue o envelope na minha mão.

—Pessoal, deus tocou no meu coração agora, você vai vir até aqui, pegar o
envelope na minha mão e colocar a sua mão na minha cabeça, vamos fazer um
pacto, abra sua bíblia no livro de Isaías, capitulo 24:

ISAÍAS 24

[...]

2-O que suceder ao povo isso sucederá ao sacerdote;


—Eu vou colocar a minha mão na sua cabeça, você vai colocar a sua mão na
minha cabeça, tudo que acontecer com você vai acontecer comigo, eu vou ser fiel
a deus, se você for fiel, como eu, nós vamos vencer, amém?

(O que não deixa de ser verdade, isso é uma maneira de se assegurar o


cumprimento do voto, mas, pode muito bem ser tido como verdade
absoluta, se as pessoas não forem fieis, o pastor se ferra. Essa tática
também serve para prender a pessoa a igreja e ao pastor, é comum
pastores espertos induzirem membros de outras igrejas a cumprir seus
votos nas suas, eu mesmo já fiz isso, então, com um compromisso
firmado, fica difícil pra pessoa cumprir em outro templo.)

—R$ 50.000,00, em nome de jesus, ou mais.

(Claro que é muito difícil, quase impossível disso acontecer numa igreja
pequena, numa catedral, não é tão incomum, mas o pastor tem que
mostrar que tem fé, sempre joga lá em cima a oferta inicial)

—De R$ 50.000,00 à R$ 25.000,00, em nome de jesus, é seu sacrifício, tem gente


que diz: Pastor, mas eu não tenho tudo isso, aprenda isso, sacrifício não é o que
você tem em casa, é o que você não tem, isso sim é sacrifício. De R$ 25.000,00 à
R$ 15.000,00, pegue seu envelope.

—A oferta chama a atenção de deus, o sacrifico traz deus até você, de R$


15.000,00 à R$ 10.000,00, em nome de jesus, venha pegar seu envelope.

—De R$ 10.000,00 à R$ 5.000,00, traga deus até você com essa oferta, agora
mesmo, não deixe o diabo falar no seu coração, como ele falou no coração de
Caim, não permita, deus quer te abençoar, mas você precisa de um sacrifício de
verdade. Pastor, um sacrifício para mim é R$ 4.000,00, R$ 3.000,00, R$ 2.000,00,
venha aqui na frente, chame a atenção de deus, agora mesmo.

—Não deixem para amanhã, não esperem, amarra esse diabo que fala pra você
não participar meu irmão, deus é maior, seja fiel a ele, ouça a voz de deus.

(Eu estou sendo muito rápido, na verdade, os pastores insistem muito


nas partes mais baixas, ficam um tempo martelando idéias, mas não vou
me prolongar )

—Pastor, meu tudo, é de R$ 1.000,00, pegue seu envelope.

—Pessoal, você vai trazer dentro desse envelope seu sonho, o seu sonho de
libertação, e como está escrito na bíblia, dia 13 de julho:

ÊXODO 03

12-Deus lhe respondeu: Eu serei contigo, e este será o sinal que eu te enviei; depois de
haveres tirado o povo do Egito, servireis a Deus nesse monte.

—Você vai servir a deus no Sinai, vai trazer seu voto de fé, seu sonho escrito num
papel, em nome de jesus, amarra o diabo da dúvida agora, se você diz: Pastor,
meu sacrifício é de R$ 900,00, R$ 800,00, até R$ 500,00, venha aqui agora,
coloque a sua mão na minha cabeça, no dia 13 de Julho, você vai, nessa igreja
trazer seu sacrifício a deus.

—Pastor, olha, a coisa tá feia, o meu tudo vai ser de R$ 400,00, é meu salário do
mês, venha aqui e pegue seu envelope.

—Pastor, tudo que eu posso dar, é R$ 300,00.

—Olha gente, R$ 300,00 quase não é dinheiro, mas se você for vender latinha no
sinal, se você for vender balinha de porta em casa, se for catar lata na rua, se isso
for seu tudo, venha aqui e pegue seu envelope.

—Seu sacrifício vai ser de R$ 200,00, isso é o mínimo que nós podemos fazer, eu
não posso te pedir menos, se eu fizesse estaria mentido pra você, menos de R$
200,00 não é sacrifício, se seu tudo vai ser de R$ 200,00 venha aqui e pegue seu
envelope, dia 13 de julho, você vai sacrificar a deus no monte Sinai.

(para encurtar, ele canta uma musica, muitas pessoas pegam, ele fala
algo sobre fidelidade, vamos terminar a reunião)

—Senhor deus de Abraão, de Isaque, de Israel, consagra agora o envelope dessa


pessoa, meu amigo, você que esta como eu participando da Fogueira santa,
venha agora na frente do altar, vamos cobrar de deus, mas só você que esta
participando da Fogueira santa, em nome de jesus.

—Cobre de deus agora sua benção, exija dele, diz pra ele seu sonho, em nome de
jesus, por que através do seu sacrifício ele te ouve, fala com teu deus agora meu
amigo, minha amiga.

(segue-se gritos, batidas de mão, choro)

—Espirito Santo de deus, em tuas mãos eu entrego a vida destas pessoas, que o
senhor te abençoe e te guarde, que ele te faça repousar tranqüilamente, e que a
fé do sacrifico nunca saia do teu coração, quem crê diga amem, graças a deus,
palmas pra jesus.

—Podem ir.

É importante que se diga, que esta é a primeira reunião, a partir daí,


durante todo o período até o dia do sacrifício, bispos e pastores vão se
dedicar inteiramente a falar da Fogueira Santa, seja nos cultos, no
radio, na TV, na Folha Universal, toda a igreja estará envolta nesse
espirito, de tudo é feito para garantir a fidelidade dos participantes.

Acho que algumas duvidas surgiram sobre a campanha, de antemão


gostaria de elucidar as que eu imagino são mais comuns.

O destino dos envelopes será mesmo Israel?

Sobre isso, tudo que eu tenho são boatos, Mario Justino cita em seu
livro "Nos Bastidores do Reino", algo sobre isso, nunca cheguei tão perto
dos bispos para poder falar com autoridade sobre o assunto. Mas, posso
garantir que nem todos os envelopes chegam a Israel.

Durante minha estadia na Catedral da Fé de Porto Velho, Rondônia,


pude queimar certa vez um saco de lixo cheio de envelopes de Israel,
isso, dois dias depois da campanha, em Ariquemes, cerca de 100
envelopes foram esquecidos pelo pastor Antônio, eu também os
queimei.

O esquema da campanha de Israel é forte, nas grandes regiões carros


são alugados, seguranças contratados, um forte esquema de segurança
é armado para proteger o dinheiro, no interior de Rondônia, por
exemplo, os pastores trocam de carro com os obreiros, se hospedam em
hotéis por até uma semana. O medo de ser roubado é grande, soube de
casos de assaltos seguidos de morte em igrejas, de seqüestro de
pastores, tudo para levar o dinheiro da Fogueira Santa, meu pai sempre
diz: "Todo ladrão é desconfiado", e eu completo com os que usurparam
as igrejas: "Ladrão que rouba ladrão, tem 100 anos de perdão".

Bem, eu agradeço a todos pela paciência, peço desculpas pela demora,


só para constar, o exorcismo descrito na reunião foi completamente
simulado.

Se tudo der certo, na próxima semana eu posto aqui a conclusão dos


tópicos, só não fiz ainda por que estou editando todos os outros, quero
colocar tudo num só documento, e disponibilizar para download, acho
que facilitaria a consulta e impressão aos interessados, a exemplo do
primeiro tópico, peço desculpa pelo tamanho, são 20 páginas, mas como
disse no inicio, era necessário o detalhismo, no Domingo, dia 13,
milhares de pessoas estarão entregando seu suor nas mãos dos
pastores, é algo grave demais para passar despercebido pela sociedade,
como passa.

Na conclusão ainda, eu gostaria de discutir a legalidade do que é feito


na igreja, citei durante essa série muitas vezes as palavras, "extorsão",
"estelionato", ambas qualificam crime no código penal, preciso de
justificar os motivos de tais citações. Adianto que, embora a carga
emocional seja enorme no momento, não acuso a I.U.R.D., apenas pelo
que aconteceu comigo, tenho motivos sólidos para afirmar isso, e os
defenderei na conclusão, que já esta pronta, só precisa de uma edição
meticulosa, mais uma vez, muito obrigado a todos que se deram ao
trabalho de ler. Continuo aberto a duvidas, espero os comentários, e, se
quiserem falar ao vivo, acessem a sala #STR, na rede de IRC Brasnet,
costumo estar lá após a uma da manhã, horário de Brasília. Até a
próxima.

Índice
Conclusão:

"mentir pra si mesmo é


sempre a pior mentira"
"É natural que as pessoas experimentem vários sistemas de crenças, para ver se
têm valia. E, se estamos bastante desesperados, logo nos dispomos a abandonar
o que pode ser visto como a pesada carga do ceticismo. A pseudociência fala as
necessidades emocionais poderosas que a ciência freqüentemente deixa de
satisfazer. Nutre as fantasias sobre poderes pessoais que não temos e desejamos
ter (como aqueles atribuídos aos super-heróis das estórias em quadrinhos
modernas, e, no passado, aos deuses). Em algumas de suas manifestações,
oferece satisfação para a fome espiritual, curas para as doenças, promessas de
que a morte não é o fim. Renova nossa confiança na centralidade e importância
cósmica do homem. Concede que estamos presos, ligados ao Universo. Às vezes
parece uma parada no meio do caminho entre a antiga religião e a nova ciência."
(Carl Sagan, Um Mundo Assombrado pelos Demônios, Companhia das Letras, pg. 29)
Uma manhã de terça-feira, por volta das oito, resolvi voltar a pé do
trabalho, uma caminhada saudável de cinco quilômetros, a rota que eu
havia escolhido passava por um templo da I.U.R.D.
—Emerson! Vem cá cara.
Havia anos eu não ouvia aquela voz, ele tinha sido o pastor mais jovem
do estado em minha época, nos conhecemos na Catedral da Fé de Porto
Velho, ele tinha acabado de chegar para fazer o IBURD (instituto bíblico
Universal do Reino de Deus, nada mais que um pequeno período, onde o
candidato a pastor convive com a cúpula da igreja, para, "pegar a
manha" da instituição, eu passei direto por essa fase, mas é muito bom
para tirar as desilusões iniciais do altar), nossa amizade começou
comigo dando comida, gravatas, o pouco que eu tinha dividia com ele e
dois gêmeos de Ariquemes, que estavam na mesma situação, quando se
faz IBURD não se tem salário, e costuma faltar tudo, de pasta de dente
a cobertor.
Ele tinha acabado de terminar o culto das 7 da manhã, duas velhinhas,
e uma senhora, terça é um dia "fraco", quanto mais as sete da manhã.
Fingi que não o conhecia, mas não deu certo, ele insistiu, e eu me
sentiria mau se não correspondesse ao chamado dele.
Tivemos uma longa conversa, começou mau, quando falei a ele do meu
ateísmo, do posicionamento cético, e por fim, dessa série que estou
escrevendo, ouvi umas trinta vezes: "tá amarrado", acabamos com uma
triste confissão, que eu uso para começar a conclusão do meu trabalho:
"Eu estou há 4 anos nessa obra, não passo de um auxiliar,
já peguei igreja, todas fecharam por falta de oferta, sei bem
o objetivo da igreja, mas me diga: o que eu posso fazer?
Minha vida é isso aqui, quando entrei na obra, larguei minha
família, não tenho estudo, casa, se deixar isso aqui eu morro
de fome, sei lá, eu vivo de Deus."
Ouvir isso de um jovem de pouco mais de 18 anos é especialmente
doloroso, difícil não agir com emoção quando se vê coisas desse tipo,
quando se lê o livro do Mario Justino, quando eu penso que, esse
inevitavelmente seria meu destino. Essa por ser a ultima, pode ser a
parte mais emotiva, e talvez, por isso mais falaciosa de toda a série,
esse é o grande problema em todos os processos movidos na justiça
contra a quadrilha de Edir Macedo, é muito difícil para um ex-pastor
enfrentar a I.U.R.D. com a razão, quase impossível quando se tem
mulher e filhos para criar, e não se tem emprego, nem esperanças de
conseguir um.
As vitimas favoritas para o "altar" são todas muito jovens, como eu e
meu ex - amigo, de treze há vinte anos, no máxiimo, todos com sonhos,
ambições, desejo de poder.
Ainda me lembro da imponência do pastor Reginaldo pregando de traz
do púlpito, sempre bem vestido, loquaz, de sua autoridade contra
demônios, de seu poder sobre as pessoas, tudo isso nos atrai, das
respostas fáceis, no meu caso, que costuma ser uma exceção, já estava
mais que atormentado por buscar com ceticismo respostas, reprimido,
precisava de algo pratico, que elucidasse todas as duvidas, e a exemplo
do dono do barco de um conto de Willian K. Cliffort:
[...]ele foi de fato culpado da morte desses homens. Admite-se que ele acreditasse sinceramente
nas boas condições do seu navio; mas a sinceridade de sua convicção não o ajuda de modo
algum, por que ele não tinha o direito de acreditar na evidencia que estava diante de si. Não
adquirira a sua opinião conquistando-a honestamente pela investigação paciente, mas
reprimindo suas duvidas...
Como o barqueiro, eu sabia no fundo das implicações éticas de tudo
aquilo, sabia que existiam explicações mais serias para as possessões,
para as curas, e mais adiante, mesmo antes de ser pastor de fato, eu fui
apresentado a realidade das ofertas e campanhas. Todos os pastores o
são, claro que o único que conheci em Rondônia com alguma formação
cética era eu mesmo, mas mesmo assim, por mais jovens e
inexperientes que sejam, tem todos uma chance (como eu tive) de
deixar tudo, minha pergunta: por que não fazem? Por que mesmo sendo
expulsos, como eu fui, voltam para a igreja, ou debandam para a Igreja
da Graça, para a Renascer, por que?
Porque são educados, desde cedo a suprimir as suas duvidas, as
palavras da cúpula da igreja são a expressão máxima da verdade,
Macedo é o messias, o papa, a continuidade de Jesus, por mais que se
negue, é assim que todos os pastores pensam.
Pedi para que ele olhasse para minha roupa, eu estava sujo, vindo de 1
hora de caminhada, e ainda assim melhor vestido que ele, que tinha um
sapato furado, uma camisa velha, e uma gravata desbotada, perguntei
se era justo, se era certo que os pastores que nada faziam andassem de
carro zero, comprassem em grifes de São Paulo, insisti em perguntar o
salário dele, depois de muito relutar ele me disse, R$ 240,00,
descontando o dizimo, INSS, ofertas, uma contribuição para uma
associação de bispos e pastores, sobra menos de R$ 150,00 para ele
comer, beber, se vestir, nada mais é dado pela igreja, só aquela "ajuda
de custo", ele vive assim há 4 anos, e ainda tem medo de sair de lá.
Ele nada respondeu, senti que estava muito constrangido, talvez
decepcionado por eu não pensar mais como ele, eu já estava
cambaleante de sono, continuei meu caminho para casa, agradecendo
sinceramente pelos meses de depressão que seguiram minha saída da
igreja. Nunca isso me afetou tanto, mas escrever estes artigos de certa
forma me projetou novamente ao seio da I.U.R.D., me coloquei de novo
como pastor, só não consigo mais entender o que os mantém naquela
vida.
"Aquele que cura pela fé pode pensar ou não em fraude, no inicio. Mas, para sua surpresa, os
pacientes parecem realmente melhorar. Suas emoções são genuínas, sua gratidão sincera.
Quando os curandeiros são criticados, essas pessoas se apressam em defende-los." (Carl Sagan)
Essa frase me lembrou uma lista de discussão da I.U.R.D. que eu andei
lendo esses dias, nela, uma jovem da igreja responde a um e-mail que
recebeu, com o livro de Mario Justino, o que se via era uma defesa
ardorosa da pureza da igreja, do belo trabalho dos bispos e pastores.
Talvez se estes textos forem apresentados a membros da igreja eu
acabaria sendo chamado de endemoniado, ou charlatão, o mundo
maravilhoso de Edir Macedo é muito mais eficaz que qualquer parque de
diversões jamais criado, é como diriam alguns, a verdadeira Matrix, se
cria um mundo tão maravilhoso, que ilude todos os membros, e
transforma os pastores em seres virtuais, sem vida propria, escravos de
um sistema.
Ia a caminho do cinema dia desses quando na sede estadual da Igreja
da Graça um jovem pastor me chamou. Eclesiaste o nome dele.
Tínhamos trabalhado juntos na I.U.R.D. em Ariquemes. Há cinco meses
ele foi expulso da igreja, não me falou por que, com mulher e uma
filhinha recém nascida. Sua opção de vida? Continuar sendo pastor. Não
teve vergonha de me relatar sua insatisfação, me convidou para ir lá
qualquer dia, mas não falei a ele sobre mim, estava atrasado para o
filme. Ele elogiou minha boa forma, minha seriedade, e seguimos nossas
vidas.
Tudo isso me perturba bastante, analisando tudo que se diz contra a
Igreja Universal, temos relatos deprimentes de ex-pastores que à
processam por causas trabalhistas, li numa reportagem um pastor que
dizia:
"Ninguém mais agüenta viver na miséria enquanto a cúpula da Igreja fatura cada vez mais
alto"(revista veja, Edição 1 622 - 3/11/1999)
Ora, longe de mim criticar esses homens, que com certeza tem motivos
para mover tais processos, mas, convenhamos, eles sabiam bem onde
estavam indo, mais uma vez como o dono do barco suprimiram suas
duvidas, aceitaram a vida fácil.
Quando eu uso um termo do código penal para descrever o que
acontece na I.U.R.D., não o faço por vingança pessoal simplesmente,
leiam por favor o que diz o Decreto lei n° 2.848 no seu artigo 158:
Extorsão
Art. 158 - Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, e com o intuito de
obter para si ou para outrem indevida vantagem econômica, a fazer, tolerar que se faça
ou deixar fazer alguma coisa:
Pena - reclusão, de 4 (quatro) a 10 (dez) anos, e multa.
§ 1º - Se o crime é cometido por duas ou mais pessoas, ou com emprego de arma, aumenta-se
a pena de um terço até metade.
§ 2º - Aplica-se à extorsão praticada mediante violência o disposto no § 3º do artigo anterior
( FONTE )
Agora considerem comigo, quando o pastor chega para o fiel e diz: "se
você não sacrificar você está pecando". O que mais isso é que não uma
grave ameaça? Não foi Jesus que disse que: "O salário do pecado é a
morte"? Se a pessoa é ameaçada por essa igreja de cair em pecado se
não der o dizimo ou oferta, se cada campanha é minuciosamente
articulada com esse objetivo, se até mesmo para uma reunião de cunho
espiritual se pedem ofertas de "entrega a deus", o que fazem não é uma
grave ameaça de lançar os fieis ao inferno caso não contribuam? Qual o
intuito disso tudo? Não é obter vantagem? Segue o Código Penal:
Estelionato
Art. 171 - Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou
mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:
Pena - reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos, e multa.
[...]
§ 2º - Nas mesmas penas incorre quem:
I - vende, permuta, dá em pagamento, em locação ou em garantia coisa alheia como própria;
O que é feito dentro da I.U.R.D.? Não vendem eles as bênçãos de deus
como se fossem deles? Numa linha de defesa mais especulatoria: Quem
lhes deu direitos sob as bênçãos de deus?
Acuso sim a Igreja Universal de extorsão, e estelionato, nos termos dos
artigos 158 e 171 do Código Penal Brasileiro, infelizmente, o Ministério
Publico Federal nunca teve esta ousadia. Uma instituição com poder
político o suficiente para controlar o partido do vice-presidente da
republica, com uma movimentação financeira estimada em R$ 2 bilhões
por ano, uma instituição dessas não pode, ou deve ser investigada? Há
algo de podre por traz dos púlpitos, dentro dos escritórios da Universal,
há planos em curso, o dinheiro extorquido dos fieis está sendo usado
sim, mas para que?
"o reconhecimento do vínculo de emprego só é admissível quando há desvirtuamento da
instituição, ou seja, quando a Igreja estabelece o comércio de bens espirituais, mediante
pagamento. "Pode haver instituições que aparentam finalidades religiosas e, na verdade,
dedicam-se a explorar o sentimento religioso do povo, com fins lucrativos", disse. Apenas nessa
situação, ressaltou, é que se poderia enquadrar a igreja evangélica como empresa e o pastor
como empregado." (Ives Gandra, ministro do TST sobre um caso de vinculo empregaticio de
pastor contra a I.U.R.D. fonte: Portal Infojus),
O bispo Milton me disse algo com razão uma vez:
"Não pense que é sair por aí e processar a igreja, basta eu estalar os
dedos e uma turma de 70 advogados desembarca de São Paulo para
defender a igreja, toda e qualquer ação movida contra nós será perdida,
disso você pode ter certeza"
Não se pode ganhar de uma instituição espiritual sem antes provar o
"desvirtuamento" dos ideais espirituais da mesma. E não se faz isso
mostrando para todo mundo como os pastores foram coitados,
enganados. Se faz com argumentos sólidos, ainda que testemunhais,
mas sólidos, com fatos. Foi isso que eu pretendi mostrar ao longo desta
série.
Textos que, em sua maioria podem ser comprovados com uma simples
visita a igreja, a extorsão é implícita, como diria Jesus: "Quem tiver
ouvidos para ouvir ouça". Ter ouvidos para ouvir, buscar uma solução
lógica para seus problemas ao invés de suprimir suas duvidas, falta isso
aos pastores que se sentem presos a igreja, e também aos que movem
processos emocionais contra ela.
Foi levantado um fato interessante, se as pessoas dão o dinheiro por
que querem, o que há de errado nisso?
Coloque-se no lugar de um fiel da Universal, você chega a igreja, a
solução de todos os seus problemas lhe é proposta, basta um sacrifício,
você participa da campanha, agora me responda: Você participou por
que tinha dinheiro a vontade, e gostaria mesmo de ajudar a igreja, ou,
participou porque lhe foi oferecida a solução para seus problemas?
Porque segundo o pastor, só assim você iria vencer?

Não sei na terra de vocês, mas na minha isso é estelionato sim. Abusam
da fraqueza das pessoas, da boa fé, da credulidade. Como disse Carl
Sagan: "A credulidade mata". Nesse caso mata várias vezes, a cada
campanha a pessoa perde um pouco de si, é terrível a manipulação
psicológica empregada às pessoas. A cada fracasso lhe é atribuído um
demônio novo, a pessoa se sente possuída a maior parte do tempo e
fica obrigada a dar mais dinheiro, fazer mais sacrifícios por uma
libertação que nunca chega. Tem velhinhas, que além de doar toda a
aposentadoria recolhem latinhas nas ruas para ofertar na campanha de
Israel. O que é isso? Amor? Você cataria latas na rua se não tivesse
interesses maiores? Desafio a igreja Universal a me apresentar
estatísticas de que, na Fogueira Santa, pessoas recebem "bênçãos"
acima da média nacional, que participantes prosperam mais que
qualquer brasileiro com agilidade para negócios.
Se eu pretendo processar a I.U.R.D.? Sinceramente, agora não. Tenho
uma vida a seguir. Não há muito tempo e com muito custo retomei as
rédeas de minha vida, estou começando do zero, e tem muita coisa pela
frente até que eu me sinta capaz de ganhar deles na justiça. Tudo que
mais queria na vida era poder esquecer daqueles meses em que fui
pastor.
Ainda vejo o rosto das velhinhas, as lagrimas no rosto dos jovens que
de certa forma invejavam meu cargo nas reuniões de Quarta e
Domingo. Ainda me lembro do olhar inquisidor do bispo sobre cada um
de nós, dos sonhos que todos tínhamos, dediquei parte da minha vida
àquela quadrilha. Fiz dela minha família, meu lar.
Fui também eu um estelionatário. Menti como todos os pastores para
obter dinheiro das pessoas, por isso posso com toda a firmeza defender
meu ponto de vista. Por muito pouco tempo acreditei realmente em toda
a idéia de salvação que eu pregava, a exemplo de todos os outros
pastores. O sonho de poder falou mais alto.
Pouco depois de ter me batizado, uma obreira me perguntou: O senhor
deseja ser pastor? Eu fiquei quieto, até aquele momento a idéia não me
tinha vindo a mente, pensei: Porque não? Não tenho nada mesmo a
perder. Disse que sim, que gostaria de ser pastor.
Foi o maior engano da minha vida, como
"Anjo caído, fiz questão de me esquecer, que mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira"
(Renato Russo em "Quase sem querer")
Se me arrependo de ter sido pastor? Não, isso ajudou e muito na
formação final do meu caráter. Mas por que, você me pergunta, por que
dizer todas estas coisas, o que pretende?
Como já disse aqui, ao enganar a mim mesmo, a me eximir da
responsabilidade de buscar respostas convincentes para minhas
dúvidas, eu enganei varias pessoas, extorqui, menti. Pessoas crédulas
depositaram na Igreja Universal, por meu intermédio, toda a sua
esperança, e em todos os casos se decepcionaram.
Meu maior objetivo com esses artigos é, de alguma maneira, tirar as
pessoas do fosso de enganação que é a I.U.R.D. Se ao menos uma
pessoa abandonar essa igreja absurda por causa dos meus textos, tudo
vai ter valido a pena. Se um dia eles vão ser responsabilizados por todas
as pessoas que enganaram? Espero que sim.
O programa prendeu minha atenção e a partir dali me manteve cativo todas as noites. Esperava
com ansiedade ouvir o tema de abertura e, quando isso acontecia, eu já tinha colocado sobre o
radinho de pilha um copo cheio da água que beberia depois da "prece poderosa". Ainda hoje não
estou bem certo do que me atraia naquela programação. Afinal de contas, tinha apenas quinze
anos, uma fase em que a maioria dos jovens não ocupa a mente com determinados problemas
que afligem os adultos. Porém, eu era diferente. Estava sempre preocupado com as dificuldades
dos meus pais. Além disso, eu era uma criança profundamente triste. Desde muito pequeno,
escondia-me pelos cantos do quintal. Era um obstinado que buscava indiscriminadamente a
solidão. Em certas ocasiões, sem nenhuma razão aparente, passava horas calado e triste. Esse
vazio acabou por impulsionar-me ao meu destino. Foi ele, o vazio, que me levou a sair de casa
naquela noite rumo ao centro de São Gonçalo procurando o lugar onde, de acordo com o
programa de radio, "um milagre espera por você". O milagre esperava por mim no velho prédio
do Cine Santa Maria
[...]Ora, não se faca de imbecil! Você sabe por que tem de ir. Mas vou refrescar sua mente. Você
não pode mais ficar com a gente porque tem AIDS! Quando Edir Macedo, o bispo da Igreja
Universal do Reino de Deus, me chamou em seu escritório, no fundo eu sabia que era isso que
ele me diria. (Mario Justino, em Nos Bastidores do Reino, a vida secreta da I.U.R.D., no
momento em que entrou, e quando foi expulso da igreja)
Se jovens puderem ser privados do sofrimento que Justino passou, para
mim já é mais que suficiente, Acho que entendo a fala de Mario ao
dizer: "Não pretendo a vingança", mais que vingança, esses textos são,
para mim, uma forma de remissão, de pedir perdão a todos que
enganei, as vidas que, de certa forma destruí, enganando a mim
mesmo, e a todos que em mim confiavam. Algo tem que ser feito contra
a IURD, esta é minha pequena contribuição.
Por fim, agradeço a todos que leram meus artigos, aos que até
postaram em outros fóruns atraindo assim, mais leitores, em especial
aos usuários do Fórum STR que responderam, ao Quasar, Lílian, Elton,
Bruno, O Encosto, APODman, que me disse muito oportunamente que
todo o tempo na igreja não foi perdido.
Ao Júnior que me foi quase que um consultor, a Juliana, ao Mythrill que
me mostrou a maioria dos erros e desvios da grafia, ao José Roberto
Zoner da sala #astrofisica da Brasnet (que foi de vital importância nesta
conclusão), a todos que até imprimiram. Tudo isso começou com uma
brincadeira com o Ricardo Braida, estávamos criando uma religião nova,
foi quando me dei por conta de quanto me lembrava das técnicas de
Extorsão da I.U.R.D., decidi fazer textos rápidos no fórum, percebi que
não era possível fazer num só tópico, acho que estes são os primeiros
tópicos em serie do fórum da STR, foi muito bom escrevê-los.
Mais que vingança, remissão, esses textos para mim foram como uma
vela na escuridão, deixei de me sentir culpado de muita coisa por causa
deles, me foram como uma terapia, mais uma vez, muito obrigado, aos
que leram e divulgaram.
E a vida continua ...
"Eu também sou vitima de sonhos adiados, de esperanças dilaceradas,
mas, apesar disso, eu ainda tenho um sonho, porque a gente não pode
desistir da vida."
Martin Luther King

Você também pode gostar