Você está na página 1de 17

1) Quais motivos levaram os portugueses a introduzir o cultivo da cana-de-açúcar em

sua colônia?
R. Em primeiro lugar era um produto de grande valor comercial na Europa, em
segundo lugar os colonos portugueses tinham experiência no plantio e produção.

2) Onde se deu, em que era baseada a produção açucareira no Brasil?


- A produção se deu em fazenda monocultoras, ela era baseada no trabalho escravo.

3) Qual o objetivo da produção açucareira no Brasil?


O objetivo era exportar o açúcar e não para consumo no mercado interno.

4) Quando e por quem e onde foi instalado o primeiro engenho no Brasil?


R. Em 1532, na administração de Martim Afonso de Souza, na capitania de São
Vicente.

5) A partir de quando e Onde se concentrou o maior volume de açúcar?


R. A partir do século XVI, no atual nordeste, em especial Bahia, Pernambuco e
Paraíba.

6) O que foi região conhecida por Zona da Mata açucareira?


R. Foi o local de domínio da grande lavoura de cana e sua transformação em açúcar.

7) Do que se trata a Zona da Mata açucareira?


R. Trata-se de uma sub região costeira do atual nordeste que se estende do Rio
Grande do Norte até o Sul da Bahia.

7) O que desobrigava os colonos a aperfeiçoar as técnicas do cultivo do solo?


R. A abundância de terras férteis, pois quando a produtividade se esgotava,
desmatavam novas áreas e as preparavam para o plantio.

8) O que era um engenho?


R. A fazenda que cultivava e processava a cana-de-açúcar.

O que fazia parte de um engenho?


R. Casa grande, plantações, senzala, capela, moenda

9) De que forma o engenho movimentada a colônia?


R. O engenho era o centro da vida econômica colonial. O senhor da propriedade, sua
família, escravos, trabalhadores livres, todos estavam ligado de forma direta ou
indireta ao engenho.
10) De que forma os poderes do senhor do engenho iam além de suas
propriedades, chegando a interferir na vida política da colônia?
R. O senhor do engenho exercia cargos nas câmaras municipais e indicava protegidos
seus, como filhos, parentes, amigos para ocupar postos nos serviços públicos de mais
prestígio.

Quem trabalhava num engenho?


R.

1. Como se classifica o sujeito da oração “As professoras estão em reunião.”?


a) Sujeito determinado composto
b) Sujeito determinado simples
c) Sujeito indeterminado composto
d) Sujeito indeterminado simples

3. Assinale as opções com frases que apresentam sujeito indeterminado.


a) Já amanheceu!
b) Pediram muito dinheiro por aquele equipamento.
c) Ontem adormeci na aula de filosofia.
d) Há tapioca com vários recheios.
e) Gasta-se muito dinheiro na educação dos filhos.
f) É urgente diminuir a produção de lixo.

Classifique o sujeito das seguintes orações.


a) Pedro pediu licença para entrar na sala. .__________________________
b) Precisa-se de pessoas com boa vontade neste mundo! .__________________________
c) Nesta época do ano, chove todos os dias. .__________________________
d) São muito caras a mesa e as cadeiras. .__________________________

Indique as situações em que ocorrem orações sem sujeito ou com sujeito


inexistente.
a) Com o verbo fazer indicando tempo decorrido.
b) Com o verbo haver com sentido de existir.
c) Com verbos conjugados no infinitivo impessoal.
d) Com verbos que indicam fenômenos atmosférico e da natureza.

. Indique o núcleo do predicado das frases abaixo apresentadas.


a) Finalmente, meu filho parece feliz. .__________________________
b) Comi um brigadeiro delicioso! .__________________________
c) A funcionária trabalhava descontente. .__________________________
d) Fernanda já nasceu! .__________________________

Indique o sujeito das seguintes orações.


a) Irá durar muito tempo este temporal.__________________________
b) Fomos almoçar no restaurante do Rodrigo. .__________________________
c) No sábado nevou. .__________________________
d) Fazer marrom glacê é muito difícil. .__________________________

0. Na frase “Precisa-se de colaboradores.”, o sujeito é indeterminado porque…


a) tem um verbo impessoal conjugado na 3.ª pessoa do singular.
b) a partícula se atua como partícula indeterminadora do sujeito.
c) a partícula se atua como partícula apassivadora.

1 – Terceira pessoa do plural sem o responsável

2 – Terceira pessoa do singular mais a partícula se

3 – Verbo no infinitivo impessoal (fazer)

Eu fazer

3. Assinale as opções com frases que apresentam sujeito indeterminado.


a) Já amanheceu!
b) Pediram muito dinheiro por aquele equipamento.
c) Ontem adormeci na aula de filosofia.
d) Há tapioca com vários recheios.
e) Gasta-se muito dinheiro na educação dos filhos.
f) É urgente diminuir a produção de lixo.

Eu canto
Tu canta
Ele canta
Nós cantamos
Vós cantais
Eles cantam
]
Relacione as orações com os tipos de sujeito:
a) ( ) Choveu muito ontem à noite.
b) ( ) Cantar faz bem para a alma.
c) ( ) As chaves e as malas da Joana já estão no carro.
d) ( ) Não encontraram o culpado.
e) ( ) Perdi o voo.
I. Sujeito composto.
II. Sujeito oculto.
III. Oração sem sujeito.
IV. Sujeito indeterminado.
V. Sujeito simples.

Questão 2
Identifique os sujeitos das orações a seguir e classifique-os:
a) A festa continuou madrugada a fora.
b) Encerrou satisfeito a reunião o diretor da empresa.
c) Bateram no meu carro.
d) Faz muitos anos que ele partiu.
e) Estudo e dedicação são essenciais para a aprovação.

Questão 3
“Nunca me faltou ajuda nas dificuldades”. Qual é o sujeito e o tipo de sujeito dessa oração?
a) ( ) Nunca / Sujeito simples.
b) ( ) Dificuldades / Sujeito simples.
c) ( ) Ajuda nas dificuldades / Sujeito composto.
d) ( ) Ajuda / Sujeito simples.
e) ( ) Sujeito indeterminado.

Questão 4
(TJ-SC-2010) Na oração “Trabalhar no Tribunal de Justiça é um grande desejo meu”:
a) ( ) O sujeito é “trabalhar”.
b) ( ) O sujeito é oculto: eu.
c) ( ) É uma oração sem sujeito.
d) ( ) O sujeito é indeterminado.

Questão 5
(TJ-SC-2008) Há sujeito indeterminado em:
a) ( ) Não deve haver problemas com a sua contratação.
b) ( ) Precisa-se de mais computadores no escritório.
c) ( ) Dê-se ciência às partes da decisão.
d) ( ) Alugam-se apartamentos.
e) ( ) É preciso entrar com novo recurso.

RESPOSTA

Respostas

Questão 1
a) (III) Oração sem sujeito.
b) (V) Sujeito simples.
c) (I) Sujeito composto.
d) (IV) Sujeito indeterminado.
e) (II) Sujeito oculto.

esposta Questão 2
a) A festa – sujeito simples.
b) O diretor da empresa – sujeito simples.
c) Sujeito indeterminado.
d) Oração sem sujeito.
e) Estudo e dedicação – Sujeito composto.

Resposta Questão 3
Letras D.
voltar a questão

Resposta Questão 4
Letras A.
voltar a questão

Resposta Questão 5
Letra B.
voltar a questão
Questões
Questão 1 – Aponte o sujeito da frase dita por Calvin no primeiro quadrinho da tira:
R:

Questão 2 – O sujeito, apontado na questão anterior, tem como núcleo o termo:


a) “pesca”
b) “esporte”
c) “chato”
d) “mundo”

Questão 3 – Identifique o sujeito oculto na oração “Estamos sentados aqui por vinte minutos
[…]”:
R:

Questão 4 – Classifique o sujeito do verbo destacado na frase, numerando conforme


indicação:
1. Sujeito simples
2. Sujeito composto
3. Sujeito oculto
4. Sujeito indeterminado

( ) Os amigos estavam pescando. Depois, foram para a casa.


( ) Não se sabe o que aconteceu com Calvin.
( ) Calvin e Haroldo estavam pescando.
( ) Calvin entediou-se com a pescaria.

Questão 5 – “Havia poucos peixes naquele lago!”. Pode-se afirmar que essa frase:
a) apresenta sujeito simples.
b) apresenta sujeito composto.
c) apresenta sujeito oculto.
d) não apresenta sujeito.

RESPOSTA

NO OUTRO ARQUIVO DO WORD


SUJEITO

1. Na oração: "Reprovam alguns autores esta história", qual é o núcleo do sujeito:

a) história; b) alguns autores; c) reprovam; d) autores e) alguns.

2. Sujeito composto está em:


a) Deus, Deus, que farei?
b) Os livros contemplei, os quadros e as outras obras de arte.
c) Nós, os homens de futuro, venceremos.
d) Foram João e Maria.
e) Ontem foi João, e José hoje.

3. Em "Na mocidade, muitas coisas lhe haviam acontecido", temos oração:


a) sem sujeito; b) com sujeito simples e claro;
c) com sujeito oculto; d) com sujeito composto;
e) com sujeito indeterminado.

4. No texto:
"Batem leve, levemente,
Como quem chama por mim...
Será chuva? Será gente?
Gente não é certamente
E a chuva não bate assim." (Augusto Gil)
Qual é o sujeito de "Batem leve, levemente"?

a) sem sujeito; b) sujeito indeterminado;


c) sujeito oculto; d) sujeito composto;
e) sujeito simples.

5. Havia alunos no parque. O sujeito é:


a) oculto; b) simples; c) não existe sujeito; d) composto.

6. (Universidade do Estado de SP) Sujeito indeterminado está em:


a) Vivo feliz. b) Vive-se feliz. c) Chove muito. d) Fui à Europa. e) Faz calor

7. Mostre a oração que não possui sujeito:


a) A noite caiu repentinamente sobre a cidade.
b) Nesse mês, vai fazer um ano ano de sua partida.
c) Choveram tomates sobre o orador.
d) O dia amanheceu bastante límpido.
e) Não havia existido ninguém com tantas qualidades.

8. Em qual das orações abaixo o termo em itálico não é sujeito?


a) "Deus sabe como os presos lá dentro viviam e comiam..."
b) "(...) e a professora traçava no quadro-negro nomes de países distantes."
c) "- Continue, Juquita. Você ainda será um grande escritor."
d) "Vocês estão rindo do Juquita."
e) "E a escola, nove de quatro ou cinco anos, era o lugar menos estimado de todos."

09. O recurso da indeterminação do sujeito, conforme preconiza a gramática


normativa, pode ser encontrado em
a) “Havia as belas casas, os jardins,”
b) “Só entravam no condomínio os proprietários…”
c) “Decidiram eletrifi car os muros…”
d) “Quem tocasse no fi o de alta tensão…”
e) “Ninguém precisa temer pelo seu patrimônio…”

10- Analise a charge e ocnsidera as afirmações:

I. A resposta esperada pela menina era “a rua”.


II. Na frase de Mafalda, no segundo quadrinho, Miguelito é o sujeito da oração.
III. Em português, o sujeito de uma oração pode ser inexistente, como em “Choveram
reclamações na empresa por causa do apagão na Internet.”
IV. A resposta de Miguelito seria compatível com a pergunta:

Ao prefeito cabe que responsabilidade?


Pela leitura das afirmações, conclui-se que

A) nenhuma delas está correta. D) apenas III e IV estão corretas.


B) apenas I e III estão corretas. E) todas elas estão corretas.
C) apenas II e III estão corretas.

11- "Anoitecia silenciosamente." Nesta oração temos:


a) Sujeito simples
b) Oração sem sujeito.
c) Sujeito indeterminado.
d) Sujeito oculto.

12. Defina o tipo de sujeito desta oração: "Fazia um calor infernal no sertão."
a) Sujeito indeterminado
b) Oração sem sujeito.
c) Sujeito simples
d) Sujeito oculto

13. "Nunca ninguém acariciou uma cabeça de galinha." Qual é o sujeito e o tipo de
sujeito desta oração?
a) Nunca ninguém / composto.
b) Ninguém / simples.
c) Ninguém /indeterminado.
d) Nunca / simples.

14. "Corriam por aqueles dias boatos da revolução." Nesta oração o tipo de sujeito é:
a) Sujeito simples.
b) Sujeito oculto.
c) Oração sem sujeito.
d) Sujeito indeterminado.
RESPOSTA

SUJEITO - EXERCÍCIOS GABARITO COMENTADO


Sujeito - exercícios - GABARITO - comentado
1-D – autores é o núcleo do sujeito
2-D – João e Maria foram ( sujeito composto João, Maria)
3-B – Muitas coisas (Sujeito simples e claro)
4-B – sujeito indeterminado( não se sabe quem bate)
5-C – O verbo haver é impessoal( sem sujeito) quando pode ser
substituído pelo existir)
6-B- não se sabe exatamente quem vive ( sujeito indeterminado pela
palavra se)
7-B – fazer é verbo impessoal( sem sujeito)
8-C – Juquita é vocativo, o sujeito é você ( oculto no verbo continue)
9-C – o que define o sujeito indeterminado é o verbo na 3ª. Pessoa do
plural( não se sabe exatamente quem decidiu eletrificar os muros)
10-A – nenhuma está correta porque o sujeito é ESSE LIXO. 2º.
Quadrinho( O que enfeia a rua? )
11-B – oração sem sujeito ( anoitecer indica fenômeno da natureza)
12-B – oração sem sujeito ( verbo fazer indica fenômeno da natureza)
13-B – sujeito simples - ninguém
14-A – Boatos da revolução – sujeito simples.
SUJEITO - EXERCÍCIOS GABARITO COMENTADO
Sujeito - exercícios - GABARITO - comentado
1-D – autores é o núcleo do sujeito
2-D – João e Maria foram ( sujeito composto João, Maria)
3-B – Muitas coisas (Sujeito simples e claro)
4-B – sujeito indeterminado( não se sabe quem bate)
5-C – O verbo haver é impessoal( sem sujeito) quando pode ser
substituído pelo existir)
6-B- não se sabe exatamente quem vive ( sujeito indeterminado pela
palavra se)
7-B – fazer é verbo impessoal( sem sujeito)
8-C – Juquita é vocativo, o sujeito é você ( oculto no verbo continue)
9-C – o que define o sujeito indeterminado é o verbo na 3ª. Pessoa do
plural( não se sabe exatamente quem decidiu eletrificar os muros)
10-A – nenhuma está correta porque o sujeito é ESSE LIXO. 2º.
Quadrinho( O que enfeia a rua? )
11-B – oração sem sujeito ( anoitecer indica fenômeno da natureza)
12-B – oração sem sujeito ( verbo fazer indica fenômeno da natureza)
13-B – sujeito simples - ninguém
14-A – Boatos da revolução – sujeito simples.
Assunto: Termos da oração – sujeito e predicado
1. Nas orações: Fiquei em casa. Necessita-se de ajuda. temos, respectivamente, sujeito:
a. ( ) indeterminado e indeterminado
b. ( ) simples e simples
c. ( ) oculto e indeterminado
d. ( ) simples e inexistente
e. ( ) indeterminado e inexistente

2. Aponte a oração em que o sujeito é simples:


a. ( ) Você e ele também são importantes.
b. ( ) Fala-se muito.
c. ( ) Há muitas vagas.
d. ( ) Chegaram ele e o irmão.
e. ( ) Apareceu no bairro um novo circo.

3. Assinale a oração sem sujeito:


a. ( ) Iremos à festa.
b. ( ) Chove muito nesta cidade.
c. ( ) Regressaram os trabalhadores.
d. ( ) Perdeu-se uma boa oportunidade.
e. ( ) Estou aqui.

4. Em: “Construiu-se a ponte”, o sujeito é:


a. ( ) indeterminado
b. ( ) simples (se)
c. ( ) inexistente
d. ( ) composto
e. ( ) simples (a ponte)

5. Assinale a única oração que não possui sujeito:


a. ( ) Os tomate caíram sobre ele.
b. ( ) Queixou-se da prova.
c. ( ) Havia saído o aluno.
d. ( ) Não existe essa possibilidade.
e. ( ) Neva muito na Europa.

6. Assinale a alternativa que tem oração sem sujeito:


a. ( ) Existe um povo que a bandeira empresta.
b. ( ) Embora com atraso, haviam chegado.
c. ( ) Existem flores que devoram insetos.
d. ( ) Alguns de nós ainda tinham esperança de encontrá-lo.
e. ( ) Há de haver recurso desta sentença.

7. Identifique, nas orações abaixo, o sujeito e seu núcleo e classifique-o:


a) A menina distraída perdeu o anel.
Sujeito ___________: ________________________
Núcleo do sujeito: ___________________________

b) O cachorro barulhento e o papagaio tagarela chamam a atenção.


Sujeito ___________ : _____________________
Núcleo do sujeito:________________________________________

c) Os alunos deram um duro na prova.


Sujeito ____________ : ______________
Núcleo do sujeito: _________________________________________

d) O motorista novo errou o caminho.


Sujeito ______________: __________________
Núcleo do sujeito: ____________________________

e) Ali vêm os meus amigos.


Sujeito __________: __________________________
Núcleo do sujeito: _____________________________

f) Divertiam-se muito as crianças.


Sujeito ____________: __________________________
Núcleo do sujeito :_______________________________
g) Nosso time venceu a partida.
Sujeito ______________: ___________________________
Núcleo do sujeito: __________________________________

h) A torcida, animada, aplaudia os atletas.


Sujeito ____________: ________________________
Núcleo do sujeito:______________________________

8. Transforme o sujeito simples em sujeito composto, usando a palavra entre parênteses,


e fazendo as adaptações necessárias na frase:
a) A mãe estava eufórica. (filhos)
b) O terreno é nosso. (casa)
c) A jabuticabeira está carregada de frutos. (abacateiro)
d) O jasmin perfuma o ar. (cravo)
e) A casa é nossa. (cachoeira)
f) O vale é verde. (montanha)
g) O filho concordou. (filha)
h) Desculpou-se o rapaz. (moça)

9. Escreva nos parênteses – OSS para oração sem sujeito; SC para sujeito composto; SS
para sujeito simples; SI para sujeito indeterminado; SO para sujeito oculto.
a. ( ) A escola ficava num morro.
b. ( ) Os meninos e as meninas estavam no pátio.
c. ( ) Venta d. ( ) e chove.
e. ( ) Há muitos trabalhadores na fábrica.
f. ( ) A abelha e o beija-flor sugam o néctar das flores.
g.( ) Faz dois meses h. ( ) que cheguei.
i. ( ) Já faz três anos.
j. ( ) Roubaram os documentos.
k. ( ) Gosto da natureza.

10. Transforme os sujeitos compostos em sujeitos simples, sem alterar o sentido da frase:
a) Eu e você iremos à festa.
b) Eu e tu faremos a tarefa.
c) Eu e ele discutimos bastante.
d) Tu e ela voltastes cedo.
e) Tu e eles obtivestes sucesso.
f) Ele e ela vivem discutindo.

11. Retire da frase o que se pede entre parênteses:


a) Helena defendeu Henrique. (sujeito)
b) O velho pátio estava vazio. (núcleo do sujeito)
c) Minha jóia desapareceu. (predicado)
d) Tu era conscienciosa. (sujeito)
e) Você acertou. (predicado)
f) O rapaz desistiu. (predicado)
g) A pulseira nova sumiu. (núcleo do sujeito)
h) Os cochichos eram muitos. (núcleo do sujeito)

GABARITO
Questões: 1. c 2. e 3. b 4. e 5. e 6. e
Questão 7.
a) Sujeito simples: a menina distraída Núcleo do sujeito: menina

b) Sujeito composto: o cachorro barulhento e o papagaio tagarela Núcleo do sujeito:


cachorro, papagaio

c) Sujeito simples: os alunos Núcleo do sujeito: alunos

d) Sujeito simples: o motorista novo Núcleo do sujeito: motorista

e) Sujeito simples: os meus amigos Núcleo do sujeito: amigos

f) Sujeito simples: as crianças Núcleo do sujeito: crianças

g) Sujeito simples: nosso time Núcleo do sujeito: time

h) Sujeito simples: a torcida Núcleo do sujeito: torcida

Questão 8
a) A mãe e os filhos estavam eufóricos.
b) O terreno e a casa são nossos.
c) A jabuticabeira e o abacateiro estão carregados de frutos.
d) O jasmin e o cravo perfumam o ar.
e) A casa e a cachoeira são nossas.
f) O vale e a montanha são verdes.
g) O filho e a filha concordaram.
h) Desculparam-se o rapaz e a moça.
Questão 9
a. ( SS ) b. ( SC ) c. ( OSS ) d. ( OSS ) e. ( OSS ) f. ( SC ) g.( OSS ) h. ( SO ) i. (
OSS) j. ( SI ) k. ( SO )

Questão 10
a) Nós iremos à festa.
b) Nós faremos a tarefa.
c) Nós discutimos bastante.
d) Vós voltastes cedo.
e) Vós obtivestes sucesso.
f) Eles vivem discutindo.

Questão11.
a) Helena
b) pátio
c) desapareceu
d) Tu
e) acertou
f) desistiu
g) pulseira
h) cochichos

SUJEITO INDETERMINADO

- Verbo na terceira pessoa do plural


- Verbo na terceira pessoa do singular + pronome ou partícula se
- Verbo no infinitivo pessoal