Você está na página 1de 26

Linhas de Transmissão

Prof. João Henrique Pereira Silva

joao.pereirasilva@usf.edu.br

Engenharia Elétrica Universidade São Francisco - USF

Prof. João Henrique Pereira Silva joao.pereirasilva@usf.edu.br Engenharia Elétrica Universidade São Francisco - USF
Prof. João Henrique Pereira Silva joao.pereirasilva@usf.edu.br Engenharia Elétrica Universidade São Francisco - USF
Prof. João Henrique Pereira Silva joao.pereirasilva@usf.edu.br Engenharia Elétrica Universidade São Francisco - USF
Prof. João Henrique Pereira Silva joao.pereirasilva@usf.edu.br Engenharia Elétrica Universidade São Francisco - USF
Prof. João Henrique Pereira Silva joao.pereirasilva@usf.edu.br Engenharia Elétrica Universidade São Francisco - USF
Prof. João Henrique Pereira Silva joao.pereirasilva@usf.edu.br Engenharia Elétrica Universidade São Francisco - USF

Conteúdo Conceitos básicos

com Lista

de Conteúdo

Introdução

O Arduino UNO

O ATMega328

Programação

Trabalho com Bits

Exemplos de códigos

Gravação do Firmware

Assembly

Linguagem C

IDE do Arduíno

Registradores do ATMega328

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

INTRODUÇÃO a LTS de Conteúdo com Lista •

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

Linhas de Transmissão (LT) são condutores através dos quais

energia elétrica é transportada de um ponto transmissor a um

terminal receptor.

transportada de um ponto transmissor a um terminal receptor. • Os sistemas de transmissão proporcionam à

Os sistemas de transmissão proporcionam à sociedade um

benefício reconhecido por todos: o transporte da energia

elétrica entre os centros produtores e os centros

consumidores.

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

Rede de transmissão: conjunto de equipamentos responsáveis

pelo transporte de energia elétrica do ponto de geração até os

locais de consumo. Podem operar em diferentes níveis de

tensão.

de energia elétrica do ponto de geração até os locais de consumo. Podem operar em diferentes

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

INTRODUÇÃO a LTS • de Conteúdo com Lista

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

Frequência; (50Hz e 60 Hz)

Nível de tensão;

Ultra Alta Tensão acima de 765KV

Extra Alta Tensão 345, 440 e 500 KV

Alta Tensão 69,138 e 230 KV

Quantidade de potência a ser transmitida;

Modo de transmissão (Aéreo OU Subterrâneo E CC OU CA);

Distância entre os terminais transmissor e receptor;

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

Esquemas de linhas de transmissão de HVDC e HVCA

INTRODUÇÃO a LTS de Conteúdo com Lista • Esquemas de linhas de transmissão de HVDC e
INTRODUÇÃO a LTS de Conteúdo com Lista • Esquemas de linhas de transmissão de HVDC e

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

INTRODUÇÃO a LTS • de Conteúdo com Lista

INTRODUÇÃO a LTS

Comparação CC e CA

de Conteúdo com Lista

INTRODUÇÃO a LTS • Comparação CC e CA de Conteúdo com Lista

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

Sistema interligado nacional

O sistema de transmissão é formado por duas linhas de ±600 kV, com extensão de aproximadamente 810 km, entre as subestações de Foz do Iguaçu (PR) e Ibiuna (SP). Sendo a

transmissão realizada através de quatro linhas, uma em cada

polo. Esse sistema começou a operar em 1984.

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

INTRODUÇÃO a LTS • • de Conteúdo com Lista Sistema interligado nacional

Sistema interligado nacional

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

INTRODUÇÃO a LTS de Conteúdo com Lista •

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

Sistema radial: a corrente flui em um único sentido. Menor

confiabilidade (uma única fonte para cada parcela de carga),

falhas na transmissão ou na geração podem prejudicar ou

mesmo comprometer totalmente a sua alimentação.

de carga), falhas na transmissão ou na geração podem prejudicar ou mesmo comprometer totalmente a sua

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

Sistema interligado: a corrente flui em um único sentido. Menor confiabilidade (uma única fonte para cada parcela de

carga), falhas na transmissão ou na geração podem prejudicar

ou mesmo comprometer totalmente a sua alimentação.

de carga), falhas na transmissão ou na geração podem prejudicar ou mesmo comprometer totalmente a sua

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

COMPONENTES DE UMA LT

Cabos condutores;

Isoladores;

Estruturas de suporte (torres, postes);

Pára-raios.

DE UMA LT • Cabos condutores; • Isoladores; • Estruturas de suporte (torres, postes); • Pára-raios.

INTRODUÇÃO a LTS

CONDUTORES:

São os elementos ativos das linhas;

Determinam o desempenho e o custo da transmissão;

Os condutores ideais tem as seguintes característica:

de Conteúdo com Lista

Alta condutibilidade elétrica;

Baixo custo;

Boa resistência mecânica;

Baixo peso específico;

Alta resistência à oxidação/corrosão.

INTRODUÇÃO a LTS

CONDUTORES:

Os metais que apresentam o maior número dessas

de Conteúdo com Lista

propriedades são o Cobre e o Alumínio.

Vantagens do Cobre: condutividade maior, é necessária seção menor do condutor em relação ao Alumínio;

Vantagens do Alumínio: possui peso menor em relação ao

cobre, pode ser usado em estruturas

de sustentação mais leves, custo mais baixo.

Atualmente utilizam-se condutores de Alumínio.

INTRODUÇÃO a LTS

CONDUTORES:

O alumínio apresenta um problema de baixa resistência

de Conteúdo com Lista

mecânica. A solução encontrada é um fio de aço de baixa

resistência colocado no centro do conductor (ACSR Aluminium Conductor Self Reinforced)

é um fio de aço de baixa resistência colocado no centro do conductor (ACSR – Aluminium

INTRODUÇÃO a LTS

CONDUTORES:

No processo de encordoamento, os fios descrevem uma

trajetória helicoidal em torno do centro do conductor.

Os cabos sofrem uma deformação provocada pelo seu peso, formando uma curva denominada catenária. O comprimento

de Conteúdo com Lista

real do cabo é um pouco maior que a extensão da linha.

curva denominada catenária. O comprimento de Conteúdo com Lista real do cabo é um pouco maior
curva denominada catenária. O comprimento de Conteúdo com Lista real do cabo é um pouco maior

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

ESTRUTURAS DAS LINHAS DE TRANSMISSÃO:

As estruturas são os elementos de sustentação dos cabos das

LTs (cabos condutores e pára-raios)

Suas dimensões e formas dependem da disposição dos condutores, distância entre os condutores, materiais

estruturais e número de circuitos.

Materiais: aço, concreto, madeira:

Nas LTS emprega-se:

Disposição triangular

Disposição horizontal

Disposição vertical

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

ESTRUTURAS DAS LINHAS DE TRANSMISSÃO:

INTRODUÇÃO a LTS de Conteúdo com Lista • ESTRUTURAS DAS LINHAS DE TRANSMISSÃO:

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

ESTRUTURAS DAS LINHAS DE TRANSMISSÃO:

INTRODUÇÃO a LTS de Conteúdo com Lista • ESTRUTURAS DAS LINHAS DE TRANSMISSÃO:

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

ESTRUTURAS DAS LINHAS DE TRANSMISSÃO:

INTRODUÇÃO a LTS de Conteúdo com Lista • ESTRUTURAS DAS LINHAS DE TRANSMISSÃO:

INTRODUÇÃO a LTS

de Conteúdo com Lista

ESTRUTURAS DAS LINHAS DE TRANSMISSÃO:

INTRODUÇÃO a LTS de Conteúdo com Lista • ESTRUTURAS DAS LINHAS DE TRANSMISSÃO:

INTRODUÇÃO a LTS

ISOLADORES:

Tem a função de fixar e isolar

de Conteúdo com Lista

• Tem a função de fixar e isolar de Conteúdo com Lista os cabos às estruturas.

os cabos às estruturas. São

fabricados em vidro temperado, porcelana e resina sintética. Os esforços são

transmitidos pelos isoladores

às estruturas, que devem absorvê-los.