Você está na página 1de 3

UMA VERDADE INCONVENIENTE

Em primeiro lugar o filme “ uma verdade inconveniente “ deixou


uma mensagem para começar de que talvez todos nós nos achamos
grandes profissionais,recebemos medalhas,somos promovidos,sentimo-nos
realizados mas que no fim tudo foi em vão. Esta-se a destruir o planeta e
para salva-lo ninguem faz nada.
Relata o furacão katrina(29/08/2005) como um desastre inigualavel.
Uma catastrofe posta de parte porque reconheceram que algo tinha
de mudar mas faltava a coragem.
Apollo 17 – 11 Dezembro de 1972

“ os continentes não se movem “


Este filme prova que com as novas tecnologias é possivel avaliar e
concluir de que o que foi dito no passado era a verdade possivel
tendo em conta os meios e ou estudos realizados da epoca.
“ o planeta é tão grande que nada nos afecta”
O que é certo é que até então o calor que entra na atmosfera vindo do
sol , só em parte ficava retido na terra, o suficiente permitindo
temperaturas equilibradas á estabilidade das vida. A poluiçao
produzida fica retida na atmosfera bloqueando a saida do calor
provocando o aquecimento global.
É importante demonstrar e provar de que esta tese está certa.
Então , reunindo varios dados ao longo dos anos e dos estudos
realizados como por exemplo , lançamento de balões metereologicos
para a atmosfera como forma de registar a temperatura do ar ao
longo dos anos.
Para demontrar o aquecimento global organizaram-se audiencias,
mesas redondas sobre ciência,escreveram-se livros para chamar a
atenção,aprovaram-se impostos para continuar a lidar com o
problema.

Segundo as fotos apresentadas no filme não restam duvidas das


alterações provocadas ao longo dos anos com o aquecimento da terra.
Num estuda efectuado e representado em grafico nos ultimos
650.000 anos,quando á maior quantidade de dioxido de carbono as
temperaturas sobem pois o calor do sol fica retido na atmosfera.
As temperaturas dos oceanos aumentam e ultrapassam todas as
espectativas.
Catastrofes,desastres naturais provocam mortos, prejuizos enormes e
tudo isto depois dos avisos constantes de cientistas e especialistas.
Estamos no perido das consequências.
Estudos indicam que nos proximos 50 a 70 anos o artico no verão
desaparece e a esplicação parece bastante obvia : quando os raios
solares batem no gelo ,provocado pelo efeito de espelho ,repelem
novamente para a atmosfera. Os que incidem na agua e quanto maior
for essa incidencia , provocando o aquecimento da agua , esta fará
derreter inevitavelmente o gelo.
Se metade da gronelândia e metade da Antártida ocidental
degelassem muita quantidade de terra ficaria submerssa,os mapas
teriam de ser redesenhados, mas o pior de tudo é que o planeta não
mais seria o mesmo,centenas de milhar de pessoas teriam de
refugiar-se...
Sem duvida de que tudo o que nos rodeia deve ser bem tratado.
Sem duvida de que as mudanças bruscas climatericas afecta todos
nós.
Separar a verdade da ficção é o que todos temos a obrigação de fazer.
O aquecimento global acontece de forma muito rapida mas
demasiado lento aos nossos olhos,acomodamo-nos, não reagimos, ou
seja não fazemos nada.
É com muita tristeza que recordo a noite de 22 de Dezembro de
2009,onde uma forte tempestade destruiu tudo por onde passou,as
pessoas ficaram sem energia eléctrica varios dias,casas distruidas ,
colheitas. Foi um grande susto para todos e felizmente não passou
disso.
Eu, na minha casa fiquei com algumas telhas levantadas, sem luz
electrica,arvores partidas. Uma experiência inolvidavel sem duvida.
Quando era pequeno(com 8 anos), visitava uma tia-avó em Torres
Vedras e a sua casa tinha umas grande raxas nas paredes e tecto e
contava ela “a terra tremeu e distruiu algumas casas e a minha ficou
assim...” , … “foi um grande susto... ”. O Sismo de 69.
Ao longo da minha vida recordo que dizia-se que o mundo com as
baixas temperaturas terminará congelado. Mais tarde com o aumento
das temperaturas e os degelos fala-se que terminará com um dilúvio.
Sem duvida que ao visionar o filme “uma verdade inconveniente” me
senti sensibilizado, primeiro com a forma de como tudo foi
apresentado,os graficos, as imagens,os exemplos , as lógicas...
Tudo me deixou a apreensivo ou mesmo chocado.
A minha opinião final do pouco que vi e penso saber é a de que
independentemente de tudo o foi dito e irá continuar a dizer-se,ainda
bem que o filme foi realizado.
Fez-me reflectir, discutir,investigar,e ,é aqui que que eu quero deixar
a minha mensagem – sozinhos não fazemos muito,mas todos bem
informados podemos fazer muito.

João Travado