Você está na página 1de 3

Fundamentos do Comércio Eletrônico

Fundamentos do Comércio Eletrônico A internet está redefinindo o modelo para o comércio eletrônico de modo

A internet está redefinindo o modelo para o comércio eletrônico de modo a abranger a relação completa vendedor-comprador. Este modelo implica promover e comunicar informações sobre a empresa e o produto para uma clientela mundial de usuários, aceitar pedidos e pagamentos para bens e serviços online, entregar software e produtos de informação online, fornecer suporte constante ao cliente e praticar a colaboração online para o desenvolvimento de novos produtos ( Cathy J. Medich, diretora-executiva da CommerceNet).

Comércio eletrônico ou e-commerce é definido como a produção, propaganda, venda e distribuição de produtos através de redes de telecomunicação. Os principais instrumentos do comércio eletrônico são: telefone, fax, televisão, sistemas de pagamento e transferência de moeda, troca eletrônica de dados incluindo informações, documentos e internet.” (in O Brasil e a OMC: os interesses brasileiros e as futuras negociações multilaterais. Org. BARRAL, Welber. Florianópolis : Diploma Legal).

Para empresas interconectadas na era da Internet, intranets e extranets, o comércio eletrônico é mais do que a mera compra e venda de produtos online. Em lugar disso, ele engloba o processo online inteiro de desenvolvimento, marketing, venda, entrega, atendimento e pagamento por produtos e serviços comprados por comunidades mundiais de clientes virtuais, com o apoio de uma rede mundial de parceiros comerciais.

A intranet é uma rede de computadores semelhante à Internet, porém é de uso exclusivo de uma determinada

organização.

A extranet é uma extensão da intranet. Funciona igualmente como a intranet, porém sua principal característica é a

possibilidade de acesso via internet, ou seja, de qualquer lugar do mundo você pode acessar os dados de sua empresa. A idéia de uma extranet é melhorar a comunicação entre os funcionários e parceiros além de acumular uma base de conhecimento que possa ajudar os funcionários a criar novas soluções.

A definição de internet é um conglomerado de redes locais espalhadas pelo mundo, o que torna possível e

interligação entre os computadores utilizando o protocolo de internet. A internet é uma das melhores formas de pesquisa hoje encontrada, de fácil acesso e capacidade de assimilação do que é buscado. A internet serve como um dos principais meios de comunicação inventados pelo homem. A capacidade de transmitir dados à longa distância faz com que a internet tenha milhões de adeptos diários. Com a internet se pode transmitir texto, fotos, vídeos, fazer ligações por voz ou vídeo com pessoas do outro lado do mundo instantaneamente.

O comércio eletrônico pode incluir, por exemplo, processos de marketing interativo, pedidos e pagamentos na Rede Mundial de Computadores, acesso por extranet a bancos de dados de estoque pelos clientes e fornecedores, acesso por intranet a cadastros de clientes por representantes de vendas e atendimento ao consumidor e no desenvolvimento de produtos via grupos de notícias da Internet e trocas de e-mails.

As empresas se dedicam a três categorias básicas de aplicações de comercio eletrônico:

Processos empresa-consumidor (B2C – “business-to-consumer”): Nesse tipo de comércio as empresas precisam desenvolver praças de mercado eletrônico para atrair e vender produtos e serviços aos consumidores. No momento, ocorre maior destaque e tendência ao crescimento no tipo de comércio de business-to-consumer pois é nele que as vantagens de comércio realizado pela rede são potencializados.

Empresa-a-empresa (B2B - business-to-business”) : envolve mercados comerciais eletrônicos e ligações diretas de mercado entre as empresas.Muitas empresas, por exemplo, oferecem à comunidade dos negócios uma multiplicidade de informações de marketing e produtos na Rede Mundial de Computadores. Outras também recorrem ao intercâmbio eletrônico de dados (EDI) pela Internet ou extranets para a troca direta computador-a-computador de documentos de transações comerciais com seus clientes e fornecedores.

Processos Empresariais Internos: Todas as funções organizacionais e muitos processos empresariais são afetados por atividades de comércio eletrônico, Muitas empresas interconectadas são movidas pelos clientes e pelo mercado. Elas monitoram e avaliam constantemente as informações online sobre seus clientes, fornecedores e concorrentes a partir de seus sites e grupos de discussão na internet. Essas informações são disponíveis via intranets para todos as funções organizacionais e utilizadas para moldar o desenvolvimento de produto, programas de marketing, atendimento ao cliente e estratégias competitivas de uma empresa.

TECNOLOGIAS DE COMERCIO ELETRONICO

A maioria das tecnologias da informação e da Internet estão especificadas na arquitetura de comercio eletrônico (vide imagem)

e da Internet estão especificadas na arquitetura de comercio eletrônico (vide imagem) transações e pagamentos.
e da Internet estão especificadas na arquitetura de comercio eletrônico (vide imagem) transações e pagamentos.

transações e pagamentos.

utilizando o intercâmbio eletrônico de dados (EDI) e outras cadeias de suprimento e sistemas e bancos de dados financeiros.

de suprimento e sistemas e bancos de dados financeiros. colaborarem em apoio às suas atividades de

colaborarem em apoio às suas atividades de trabalho de comércio eletrônico.

às suas atividades de trabalho de comércio eletrônico. desenvolver e gerenciar o conteúdo e operações dos

desenvolver e gerenciar o conteúdo e operações dos sites e outros recursos de comércio eletrônico da empresa.

sites e outros recursos de comércio eletrônico da empresa. A figura mostra uma arquitetura de comércio

A figura mostra uma arquitetura de comércio eletrônico proposta pela Sun Microsystems e seus parceiros comerciais.