Você está na página 1de 19

15/11/2019

Disciplina Portal

Teoria da Natação

Aula 1: : Aspectos históricos e conceituais da natação

INTRODUÇÃO

Aspectos históricos e conceituais da natação INTRODUÇÃO Para o estudante de Educação Física, conhecer a

Para o estudante de Educação Física, conhecer a história, as características, os conceitos e os tipos de nados faz parte de sua formação acadêmica. Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, isso representa uma oportunidade de ingresso no mercado de trabalho.

A nal, há muitas ofertas de estágios associadas a essa prática que permitem vivenciar experiências aquáticas, com o

15/11/2019

Disciplina Portal

propósito de garantir o domínio do corpo na água, o que evita afogamentos e favorece a aprendizagem dos nados.

Nesta aula, veremos que a natação sempre esteve presente em nosso no dia a dia. Em determinados períodos históricos, essa modalidade esportiva foi extremamente valorizada por algumas civilizações.

Também estudaremos sua organização para as competições – situação relativamente recente (século XIX).

Além de conhecer a história e analisar conceitos de alguns autores, descobriremos os benefícios da natação, destacando sua importância na prevenção de afogamentos – que, de acordo com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), são responsáveis pela morte de 17 brasileiros por dia.

Vamos nos aprofundar no assunto?

OBJETIVOS

por dia. Vamos nos aprofundar no assunto? OBJETIVOS Explicar a evolução histórica da natação – desde

Explicar a evolução histórica da natação – desde sua importância para a sobrevivência na Pré-história até sua organização como esporte competitivo a partir do século XIX e nos dias atuais.

Listar os benefícios da prática da natação para a população em geral – de bebês a idosos.

Identi car a importância dessa modalidade esportiva para a sobrevivência, com vistas à prevenção de afogamentos em águas abertas e piscinas.

15/11/2019

Disciplina Portal

NATAÇÃO COMO ESPORTE

Vamos começar nosso estudo listando os fatores que caracterizam este tipo de atividade física como modalidade esportiva.

A natação possui regras e instituições que a regem, e tem movimentos especí cos, os quais apreciamos especialmente em competições, na execução dos nados, das saídas e das viradas.

na execução dos nados, das saídas e das viradas. Enquanto esporte, essa modalidade é regida

Enquanto esporte, essa modalidade é regida internacionalmente pela Federação Internacional de Natação (FINA) (glossário) e, no Brasil, pela Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos (CBDA).

Ambas as instituições são responsáveis não apenas pela natação mas também pelos demais esportes aquáticos, como, por exemplo, o polo aquático e o nado sincronizado.

Mas a natação não está associada somente às competições e ao treinamento de alto rendimento.

Essa atividade é considerada excelente para promover o condicionamento físico, principalmente a aptidão cardiorrespiratória, pois seus movimentos com grandes grupos musculares exigem muita resistência aeróbica.

grupos musculares exigem muita resistência aeróbica. Fonte da Imagem: Shutterstock Além disso, este é o
grupos musculares exigem muita resistência aeróbica. Fonte da Imagem: Shutterstock Além disso, este é o

Fonte da Imagem: Shutterstock

Além disso, este é o primeiro tipo de atividade física organizada no formato de sessões e com objetivos estabelecidos que indicamos para o ser humano, cujas aulas podem ser geralmente oferecidas a partir de 6 meses de idade.

Para bebês e crianças, o exercício físico “natação” pode auxiliar no seu desenvolvimento motor, socioafetivo e cognitivo.

CONCEITUANDO NATAÇÃO

15/11/2019

Disciplina Portal

Vamos analisar, agora, os conceitos de natação apresentados por alguns autores:

Natação = ação para propulsão na água

alguns autores: Natação = ação para propulsão na água De acordo com Andries Junior, Wassal e

De acordo com Andries Junior, Wassal e Pereira (2002):

água De acordo com Andries Junior, Wassal e Pereira (2002): ] [ nadar se refere a

] [

nadar se refere a qualquer ação motora que o indivíduo realiza intencionalmente para propulsionar-se através da água.

intencionalmente para propulsionar-se através da água. Para esses estudiosos do tema, o ato de nadar e

Para esses estudiosos do tema, o ato de nadar e a natação apresentam as seguintes diferenças:

Nadar = diversas possibilidades de movimentar-se na água; Natação = esporte que visa, pela execução de movimentos com base em técnicas especí cas, a títulos e a vitórias.

Natação = esporte aquático de alto rendimento

15/11/2019

Disciplina Portal

15/11/2019 Disciplina Portal De acordo com Nolasco, Pável e Moura (2013, p. 232), a natação é:

De acordo com Nolasco, Pável e Moura (2013, p. 232), a natação é:

com Nolasco, Pável e Moura (2013, p. 232), a natação é: ] [ esporte aquático que

] [

esporte aquático que tem como objetivo imediato para o atleta vencer determinada distância em meio líquido no menor tempo possível.

distância em meio líquido no menor tempo possível. Os pré-requisitos para a redução dos tempos nas

Os pré-requisitos para a redução dos tempos nas distâncias das provas de natação são:

A

realização de movimentos com um padrão técnico apurado;

O

aprimoramento de algumas qualidades físicas.

Natação = ação de movimento e de sustentação na água

Natação = ação de movimento e de sustentação na água

15/11/2019

Disciplina Portal

De acordo com a FINA (ROHLFS, 1999, p. 43), a natação é a:

acordo com a FINA (ROHLFS, 1999, p. 43), a natação é a: ] [ ação de

] [

ação de autopropulsão e autossustentação na água que o homem aprendeu por instinto ou observando os animais.

que o homem aprendeu por instinto ou observando os animais. Esse conceito traz duas palavras fundamentais

Esse conceito traz duas palavras fundamentais para que possamos distinguir indivíduos que sabem daqueles que não

sabem nadar: autopropulsão e autossustentação.

Natação = ação de movimento e utuação na água

. Natação = ação de movimento e utuação na água De acordo com Soares (2016, p.

De acordo com Soares (2016, p. 8):

e utuação na água De acordo com Soares (2016, p. 8): ] [ nadar pressupõe a

] [

nadar pressupõe a capacidade de movimentar-se e manter-se utuando sem auxílio externo. Dessa maneira, uma pessoa que nada somente com o uso de materiais que possibilitam a utuação não saberia nadar.

15/11/2019

Disciplina Portal

15/11/2019 Disciplina Portal

Movimentar-se sem depender de ajuda externa e com boa capacidade de utuação é importante na prevenção de afogamentos – como veremos mais adiante.

Além disso, atualmente, este é um dos principais objetivos na iniciação da atividade, independente da faixa etária.

Analisando esses conceitos, entendemos que a natação pode ser praticada por pessoas de diferentes idades para a obtenção de múltiplos benefícios e com ns competitivos.

EVENTOS ESPORTIVOS

Antes de estudar a história da natação, é importante que você conheça os dois eventos mais representativos dessa modalidade esportiva, que apresentam algumas diferenças em sua periodicidade e em seu programa de provas.

São eles:

em sua periodicidade e em seu programa de provas. São eles: Olimpíadas Em Jogos Olímpicos, a

Olimpíadas

Em Jogos Olímpicos, a única prova realizada na distância de 50 metros é o nado livre. A prova de 800 metros é exclusivamente feminina, e a prova de 1.500 metros é masculina.

Esse evento ocorre a cada quatro anos.

metros é masculina. Esse evento ocorre a cada quatro anos. Campeonatos Mundiais Nos Campeonatos Mundiais, homens
Campeonatos Mundiais
Campeonatos Mundiais

Nos Campeonatos Mundiais, homens e mulheres percorrem tanto os 800 metros quanto os 1.500 metros no nado livre. Além disso, recentemente, em 2015, na Rússia, houve a inclusão das provas de revezamento misto, nas quais dois homens e duas mulheres formam uma equipe para nadar 4 X 100 metros no nado livre ou 4 X 100 metros no nado medley.

Esse evento ocorre a cada dois anos.

15/11/2019

Disciplina Portal

SURGIMENTO DA NATAÇÃO

Desde a Pré-história, o ser humano precisou encontrar formas de movimentar-se na água.

humano precisou encontrar formas de movimentar-se na água. Se era preciso atravessá-la, e a profundidade não

Se era preciso atravessá-la, e a profundidade não permitia que se mantivessem de pé, de alguma forma, eles realizavam movimentos com os braços, com as pernas ou com ambos para transpor a distância até o outro lado.

Talvez, esses povos tenham feito movimentos iniciais inspirados em animais – como os cães e os sapos – ou de forma instintiva (MASSAUD, 2008).

Atenção

,

O fato é que, por sobrevivência, para se refrescar ou como lazer, o homem usou a água. Isso está registrado em um desenho de aproximadamente 9.000 anos que foi encontrado na África, em uma caverna na Líbia.

que foi encontrado na África, em uma caverna na Líbia. Os gregos incluíam aulas dessa atividade

Os gregos incluíam aulas dessa atividade para meninos e jovens ao longo do processo educacional, pois consideravam muito importante que tal habilidade fosse dominada.

Os romanos, por sua vez, estendiam essa prática à população em geral, em locais denominados termas (glossário).

Além disso, a história nos conta que, em um naufrágio, o líder militar e político romano Júlio César (100 a.C.-44 a.C.) conseguiu salvar documentos importantes nadando uma distância signi cativa até chegar à Alexandria (RAMOS,

1983).

15/11/2019

Disciplina Portal

15/11/2019 Disciplina Portal Exemplo , Um exemplo foi o livro do professor alemão de Linguística Nykolaus

Exemplo

,

Um exemplo foi o livro do professor alemão de Linguística Nykolaus Wynmann (1510-1550), intitulado O nadador ou o diálogo sobre a arte de nadar (1538), que defendia o ensino do nado de peito com a cabeça fora da água. Na época, os movimentos das pernas eram feitos com os dorsos dos pés.

HISTÓRIA DA NATAÇÃO

Partindo para o estudo da história mundial da natação, Massaud (2008) apresenta diversos fatos que mostram o crescimento dessa atividade esportiva a partir do século XIX.

Vejamos:

No Japão, realizou-se a primeira competição de natação, mas os vencedores não foram registrados.

Algumas provas aconteceram em Londres, das quais um nobre britânico de nome Lord Byron participou, estimulando a prática do esporte.

Nas primeiras competições da Inglaterra, a partir de 1837, foram apresentadas diversas formas de movimentação na água.

Um exemplo foi o nado em decúbito lateral, com os braços dentro da água, acompanhados por uma pernada simulando a ação de uma tesoura – que cou conhecido como braçada lateral.

Aos poucos, foi-se experimentando retirar um (single over arm stroke) e, depois, os dois braços (double over amr stroke) da água.

Nessa ocasião, o nado passou a ser em decúbito ventral. Um pouco mais tarde, foi substituído pelo crawl australiano, que trazia um novo padrão de pernadas, alternadas para cima e para baixo, e não mais para os lados, de maneira simultânea (COLWIN,

2000).

Desde então, os nados foram desenvolvidos e aperfeiçoados para melhorar o deslocamento aquático, roupas especiais foram criadas – e, com o tempo, proibidas –, e novas tecnologias permitiram o estudo aprofundado das técnicas dos nados.

Em Londres, todas as provas de um campeonato foram vencidas pelos norte-americanos.

A

primeira instituição voltada ao esporte foi criada em Londres, dando início ao estabelecimento de normas e regras.

O

primeiro recorde mundial foi atribuído ao inglês Winston Cole, que percorreu 92 metros (equivalente à distância de 100 jardas)

em 1 minuto e 15 segundos.

O Canal da Mancha foi atravessado pela primeira vez. Nesse feito, o capitão da Marinha Mercante britânica Matthew Webb nadou

61 quilômetros em zigue-zague.

15/11/2019

Disciplina Portal

Finalmente, a natação foi uma das modalidades esportivas dos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna, realizados em Atenas, com as provas exclusivamente para homens nas distâncias de 100 metros, 500 metros e 1.200 metros no nado livre. Atenção: No programa olímpico atual, apenas a distância de 100 metros permaneceu.

A FINA foi criada no nal dos Jogos Olímpicos de Londres, em 19 de julho deste ano, e a natação adaptada cresceu

principalmente após a Segunda Guerra Mundial.

Curiosidade

,

Grandes nomes marcaram a história da natação. Por exemplo, o estadunidense Michael Phelps conquistou, até 2016, nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, 28 medalhas: 23 de ouro, 3 de prata e 2 de bronze., , Michael Phelps executando o nado borboleta

, ,

bronze., , Michael Phelps executando o nado borboleta , , , , Disponível em: https://goo.gl/Ch4HPL
bronze., , Michael Phelps executando o nado borboleta , , , , Disponível em: https://goo.gl/Ch4HPL

, ,

Disponível em: https://goo.gl/Ch4HPL (https://goo.gl/Ch4HPL). Acesso em: 15 set. 2017.

HISTÓRIA DA NATAÇÃO NO BRASIL

Para que você conheça alguns pontos importantes da história da natação no Brasil, vamos apresentar as informações organizadas por Nolasco, Pável e Moura (2013).

Vejamos:

Nos jornais, constaram a realização de uma travessia na Baía de Guanabara, disputada por dois indivíduos, com largada na praia da Armação, em Niterói, e chegada na Praça XV, no Rio de Janeiro.

A primeira piscina brasileira foi construída às margens do Rio Guaíba, no Rio Grande do Sul.

A União de Regatas Fluminense, formada por 4 clubes, foi fundada em 1985 objetivando organizar competições de remo, mas

também realizou campeonatos de natação.

Com uma distância de 4.100 metros, foi realizada a tradicional travessia da Baía de Guanabara. Em outros estados, também aconteceram provas em águas abertas – especialmente em rios.

15/11/2019

Disciplina Portal

Na primeira competição sul-americana, na Argentina, o brasileiro Abrão Saliture venceu as provas de 100 metros e 500 metros no nado livre.

Inaugurou-se o primeiro parque aquático do Brasil nas dependências do Fluminense Futebol Clube.

A

primeira participação da natação masculina do Brasil aconteceu na Antuérpia (Bélgica).

O

Clube Atlético Paulistano construiu a primeira piscina clorada do País, que media 33 metros.

Aconteceu o primeiro Campeonato Brasileiro com disputas por pontos em função das colocações nas diversas provas. O Clube de Regatas Gragoatá, de Niterói, venceu a competição com 39 pontos.

Maria Lenk foi a primeira mulher a competir nos Jogos Olímpicos, somente em Los Angeles.

Em competições sul-americanas, iniciou-se a participação feminina, com destaque para Maria Lenk.

Maria Lenk foi a primeira mulher no mundo a executar o então estilo butter y nos Jogos Olímpicos de Berlim (Alemanha). Outra mulher que merece destaque como pioneira da natação competitiva é Piedade Coutinho, que, aos 16 anos, chegou a duas nais olímpicas.

Maria Lenk conquistou quatro recordes mundiais nos 200 metros e nos 400 metros dos nados peito e borboleta.

A

partir desta década, foram construídas mais piscinas País afora, aumentando o número de adeptos da modalidade.

O

Brasil conquistou a primeira medalha olímpica, com Tetsuo Okamoto, nos 1.500 metros no nado livre. Além disso, foi

inaugurada a primeira piscina aquecida com 25 metros, em São Paulo.

A Confederação Brasileira de Natação foi criada. Além disso, Manoel Coutinho conquistou o bronze nos Jogos Olímpicos de

Roma, na prova de 100 metros no nado livre.

Manoel Coutinho obteve o recorde mundial, no Rio de Janeiro, da prova de 100 metros no nado livre.

José Sílvio Fiolo quebrou o recorde mundial dos 100 metros no nado peito, na piscina do Clube de Regatas Guanabara, no Rio de Janeiro.

Muitos campeonatos começaram a acontecer no País a partir desta década.

Patrocinadores iniciaram seus investimentos a partir desta década.

Ricardo Prado foi recordista mundial da prova do nado medley.

Ricardo Prado foi medalha de prata, em Los Angeles, nos 400 metros no nado medley. Além disso, a Confederação Brasileira de Masters foi criada.

Surgiu a CBDA.

Nesta década, dois grandes nomes nas provas de velocidade obtiveram importantes conquistas: Gustavo Borges e Fernando Scherer.

A

natação feminina apresentou ótima evolução nos Jogos Olímpicos de Atenas, chegando a três nais.

O

momento mais importante da natação em Olimpíadas aconteceu em Pequim (China), quando Cesar Cielo se tornou campeão

nos 50 metros no nado livre e, também, quando trouxe o bronze nos 100 metros. Neste ano, a maratona aquática – que devia acontecer, naturalmente, em águas abertas – começou a ser disputada na capital

15/11/2019

Disciplina Portal

chinesa.

Cesar Cielo estabeleceu, na piscina do Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, o recorde mundial para os 50 metros no nado livre:

20 segundos e 91 centésimos. Esse recorde foi obtido na era dos trajes, das vestimentas especiais que aumentavam a utuabilidade e reduziam bastante a resistência (arrasto).

Nas Olimpíadas de Londres, Cesar Cielo cou com o bronze em sua principal prova (50 metros no nado livre), e Thiago Pereira conquistou a prata na prova de 400 metros no nado medley.

Poliana Okimoto conquistou o Campeonato Mundial na maratona aquática (10 km) e o vice-campeonato nos 5 km.

Thiago Pereira tornou-se o maior medalhista pan-americano, com 33 medalhas no total.

Neste ano, chegou a tão sonhada medalha da natação feminina em Olimpíadas com Poliana Okimoto na maratona aquática (10 km).

No Campeonato Mundial, realizado em Budapeste, destacou-se outro resultado inédito: pela primeira vez, uma mulher brasileira foi campeã em piscina de 50 metros. Etiene Pires Medeiros foi a responsável por essa conquista no nado costas.

Nesse mesmo evento, também obtivemos medalhas de prata. Clique aqui (galeria/aula1/docs/pdf_medalhas_de_prata.pdf) e veja na tabela.

Curiosidade

,

Nesta breve revisão, enfatizamos bastante as conquistas olímpicas, mas, recentemente, o Brasil tem obtido excelentes colocações em Campeonatos Mundiais, tanto em piscina olímpica (50 metros) quanto em piscina curta (25 metros)., , Daniel Dias com uma das medalhas de ouro obtidas no Rio de Janeiro (2016)

, ,

das medalhas de ouro obtidas no Rio de Janeiro (2016) , , , , Disponível em:
das medalhas de ouro obtidas no Rio de Janeiro (2016) , , , , Disponível em:

, ,

Disponível em: https://goo.gl/PNX4AU (https://goo.gl/PNX4AU). Acesso em: 15 set. 2017.

BENEFÍCIOS DA NATAÇÃO

Talvez você já tenha ouvido que a natação é um esporte completo e que traz muitos benefícios a seus praticantes (de bebês a idosos) – seja em aulas recreativas, seja em treinamentos de alto rendimento.

15/11/2019

Disciplina Portal

De fato, muitos estudos já foram publicados demonstrando o grande potencial dessa modalidade para:

Promover a aptidão física; Auxiliar no desenvolvimento motor e cognitivo; Favorecer a integração social, a autoestima e a autocon ança.

a integração social, a autoestima e a autocon ança. Fonte da Imagem: Shutterstock As aulas para
a integração social, a autoestima e a autocon ança. Fonte da Imagem: Shutterstock As aulas para

Fonte da Imagem: Shutterstock

As aulas para bebês e crianças objetivam a completa adaptação ao ambiente aquático pela realização de atividades que contribuem com a coordenação motora, o equilíbrio, a noção de espaço e tempo, bem como o esquema corporal.

Além disso, quando ocorrem em grupos, essas aulas proporcionam momentos de integração, o que geralmente acontece em escolas e academias.

Após revisarem 20 artigos e livros cujo tema foi a natação para bebês, Raiol, P. A. F. S. e Raiol, R. A. (2011) concluíram que essa prática possibilita o aprimoramento de capacidades físicas, a socialização, e o desenvolvimento da independência e da proatividade.

Na Austrália, uma pesquisa muito abrangente, publicada em 2013 após quatro anos de estudo, analisou os efeitos dessa atividade física em crianças menores de 5 anos. A pesquisa revelou que as adeptas da modalidade apresentaram mais habilidades do que as não praticantes – fato identi cado por meio de entrevistas com os pais e de testes especí cos (JORGENSEN, 2013).

Entre jovens, adultos e idosos, um dos motivos para a prática é a melhoria da aptidão física – especialmente dos componentes relacionados à saúde.

São eles:

Aptidão cardiorrespiratória; Forças dinâmica e de resistência – Resistência Muscular Localizada (RML); Flexibilidade; Composição corporal.

15/11/2019

Disciplina Portal

Soares (2016) apresenta alguns argumentos que justi cam os ganhos de aptidão física com a atividade da natação, desde que haja regularidade e que os estímulos impostos ao organismo sejam adequados.

Vejamos:

Aptidão cardiorrespiratória
Aptidão cardiorrespiratória

Para o desenvolvimento desta aptidão, devemos priorizar os exercícios aeróbicos. Sendo assim, re ita:

A execução dos nados envolve grandes grupos musculares?

As sessões de natação têm a duração mínima de 20 minutos recomendada pelo Colégio Americano de Medicina Esportiva? Se você respondeu essas duas questões positivamente, acertou. Lembre-se: geralmente, as aulas duram entre 30 a 45 minutos para este público (jovens, adultos e idosos).

O ideal é que sejam feitas três sessões semanais, mas um indivíduo iniciante aprimorará

sua resistência cardiorrespiratória com duas sessões por semana.

O professor pode aumentar a intensidade das atividades à medida que seu aluno evolui, de

maneira a favorecer um ganho signi cativo desse importante componente da aptidão física

– diretamente relacionado à prevenção de doenças coronarianas.

Forças dinâmica e de resistência
Forças dinâmica e de resistência

Quanto às capacidades neuromusculares, a força dinâmica e a RML têm na água um agente natural para sua melhoria: a resistência aos movimentos, existente em função da adesão (união de moléculas de água entre si) e da coesão (pele de quem está imerso na água).

O nome usado para tratar dessa resistência e de seus tipos é arrasto – que estudaremos na

próxima aula.

Flexibilidade

Outra importante componente da aptidão neuromuscular, que também pode ser aprimorada com as aulas de natação, pois os movimentos dos nados são feitos em grandes amplitudes articulares. Inclusive, esta é uma qualidade física fundamental para o alto rendimento.

Composição corporal
Composição corporal

15/11/2019

Disciplina Portal

Neste caso, devemos pensar, especialmente, no que diz respeito ao percentual de gordura, já que o sobrepeso e a obesidade trazem riscos de doenças e de problemas articulares.

O grande papel do exercício físico para o controle de uma adequada composição corporal

ou para o emagrecimento é o maior gasto calórico que será acumulado com sua prática regular.

A natação pode gerar um dispêndio energético signi cativo, em particular conforme o aluno

vai adquirindo resistência para realizar os movimentos continuamente e, também, em maior intensidade.

PREVENÇÃO DE AFOGAMENTOS

e, também, em maior intensidade. PREVENÇÃO DE AFOGAMENTOS Fonte da Imagem: Shutterstock Como vimos, na
e, também, em maior intensidade. PREVENÇÃO DE AFOGAMENTOS Fonte da Imagem: Shutterstock Como vimos, na

Fonte da Imagem: Shutterstock

Como vimos, na Pré-história, as formas de nadar tinham bastante relação com os aspectos voltados à sobrevivência – especialmente durante os deslocamentos do homem.

Atualmente, nada mudou: saber nadar também tem relação com a preservação da vida, pois é fundamental para prevenir afogamentos.

As estatísticas nacionais e mundiais demonstram que os afogamentos são uma das principais causas de morte entre crianças e jovens.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA) (SZPILMAN et al, 2015):

Diariamente, 17 brasileiros morrem afogados. Os afogamentos atingem mais o sexo masculino. Até os 29 anos, ocorrem 49% de todos os óbitos. Entre 1 e 9 anos, os afogamentos são a segunda causa de mortalidade, e 51% deles acontecem em piscinas e residências. A partir dos 10 anos, crianças se afogam mais em águas naturais (praias, rios, represas, lagoas).

15/11/2019

Disciplina Portal

Entre 10 e 14 anos, os afogamentos são a terceira causa de mortalidade, e, entre 15 e 24, a quarta. Quase metade de todos os afogamentos no País (44%) ocorre entre novembro e fevereiro. No mundo, cerca de 372.000 mortes por ano se devem a afogamentos não intencionais.

Atenção

, Provavelmente, esses números são maiores, mas o material produzido pela SOBRASA coleta os dados registrados em atestados de óbitos. Dessa forma, infelizmente, podemos subestimar as estatísticas de afogamentos. A região Norte é aquela que apresenta mais casos, provavelmente pelas altas temperaturas convidativas aos banhos nos diversos locais disponíveis – em especial nos rios.

IMPORTÂNCIA DA NATAÇÃO PARA A SOBREVIVÊNCIA

Como vimos no início da aula, o ato de nadar não está associado exclusivamente ao domínio dos nados o ciais.

Saber nadar, mesmo que de forma rudimentar, implica manter-se utuando logo abaixo da superfície da água, bem como realizar movimentos com pernas e braços que possibilitem o deslocamento do corpo.

Em uma situação de risco de afogamento, provavelmente, os indivíduos bem adaptados ao meio aquático e que conhecem técnicas de sobrevivência terão mais chances de se salvar.

de sobrevivência terão mais chances de se salvar. Aproveite essas informações e divulgue a seus familiares

Aproveite essas informações e divulgue a seus familiares e amigos! Saber nadar pode salvar sua vida.

ATIVIDADE

1. Por que a pedagogia moderna da natação no Brasil associa muito essa atividade à sobrevivência?

Resposta Correta

15/11/2019

Disciplina Portal

2. Acesse o portal da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA) e analise os dados nacionais e internacionais sobre afogamentos no Boletim epidemiológico no Brasil – ano 2017 (glossário).

epidemiológico no Brasil – ano 2017 (glossário) . Leia atentamente as estatísticas disponíveis na página

Leia atentamente as estatísticas disponíveis na página 10. Em seguida, responda as seguintes questões:

a) Por que os afogamentos com crianças acima de 10 anos acontecem principalmente em águas naturais, como rios,

represas e praias?

b) Como evitar acidentes devido à sucção da bomba em piscinas?

c) Por que 44% dos afogamentos ocorrem entre novembro e fevereiro – mais de 65% nos nais de semana e feriados?

Resposta Correta

EXERCÍCIOS

1- Sobre as características e conceitos de natação, analise as a rmações a seguir:

I. A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos é a instituição que organiza o esporte no Brasil.

II. Para crianças, a natação é bastante indicada para auxiliar o desenvolvimento motor.

III. A solicitação muscular na natação não é expressiva a ponto de aprimorar a aptidão cardiorrespiratória.

Entre os itens anteriores, estão CORRETOS:

Entre os itens anteriores, estão CORRETOS: a) b) c) d) e) I e II I e

Entre os itens anteriores, estão CORRETOS: a) b) c) d) e) I e II I e

Entre os itens anteriores, estão CORRETOS: a) b) c) d) e) I e II I e

Entre os itens anteriores, estão CORRETOS: a) b) c) d) e) I e II I e

Entre os itens anteriores, estão CORRETOS: a) b) c) d) e) I e II I e

a)

b)

c)

d)

e)

I e II I e III II e III Apenas I Apenas II

Justi cativa

2- Indique quais distâncias de nado pertencem ao programa de provas dos Campeonatos Mundiais, mas não dos Jogos Olímpicos:

50 metros nado peito e 50 metros nado costas.dos Campeonatos Mundiais, mas não dos Jogos Olímpicos: a) 100 metros nado borboleta e 200 metros

a)

100 metros nado borboleta e 200 metros nado medley . medley.

b)

400 metros nado livre e 800 metros nado livre feminino.a) 100 metros nado borboleta e 200 metros nado medley . b) c) 10 quilômetros em

c)

10 quilômetros em águas abertas e 200 metros nado costas.400 metros nado livre e 800 metros nado livre feminino. c) d) 100 metros nado borboleta

d)

100 metros nado borboleta e revezamento 4 x 100 metros livre.quilômetros em águas abertas e 200 metros nado costas. d) e) Justi cativa

e)

Justi cativa

15/11/2019

Disciplina Portal

3- Assinale a opção que apresenta a sequência evolutiva das provas de nado livre no século XIX:

Crawl australiano, single over arm stroke e double over arm stroke . australiano, single over arm stroke e double over arm stroke.

a)

Braçada lateral inglesa, crawl australiano e double over arm stroke . crawl australiano e double over arm stroke.

b)

Double over arm stroke, single over arm stroke e crawl australiano. e crawl australiano.

c)

Braçada lateral americana, single over arm stroke e crawl australiano. single over arm stroke e crawl australiano.

d)

Braçada lateral inglesa, single over arm stroke e double over arm stroke . single over arm stroke e double over arm stroke.

e)

Justi cativa

Glossário

FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE NATAÇÃO (FINA)

Órgão máximo de organização e de controle deste esporte.

TERMAS

15/11/2019

Disciplina Portal

Instalações públicas ou privadas para banhos que possuíam diversos ambientes, como bibliotecas e locais de repouso, além de espaços para treinamento nos quais se nadava.

NATAÇÃO ADAPTADA

Assim como a tradicional, a natação adaptada – cujos praticantes têm de ciências diversas – pode ser uma atividade competitiva ou com objetivos de inclusão, maior autonomia e saúde.