Você está na página 1de 4

Curso de Magia

Imagens mentais

Bruxo Magno Página 1


Índice

1 – O uso das imagens no passado

2 – Funcionamento

3 – O que são imagens mentais

4 – Criando imagens mentais

5 – O poder do rito

6 – Criando o ritual certo

7 – Criando o receptáculo para a imagem mental

8 – Energizando o receptáculo

9 – Consagração

*Objetivo do curso: Aprender a criar imagens mentais e projeta-las no plano físico através de
rituais mágicos.

Bruxo Magno Página 2


1 - O uso das imagens no passado.

Se voltarmos a 40.000 anos atrás, certamente presenciaremos criações de imagens


mentais expressas em pinturas rupestres, onde nossos ancestrais pintavam animais sendo
perseguidos e abatidos para terem assim, uma boa caça na vida real.

A crença por traz disso era que, se fosse feito uma imagem do objeto, situação ou ser e
através de rituais que imitavam a ação verdadeira eles teriam melhores chances de conquistar
o objeto desejado.

Hoje podemos encontrar este mesmo fundamento em selos mágicos, símbolos e uma
infinidade de caracteres que sempre nos levam a uma ideia primordial.

Figura 1 Representação das leis magicas Figura 2 Selo magico do sol

Podemos encontra uma biblioteca gigantesca de símbolos em grimorios e tratados de


magia, pois com a perseguição da igreja e para que o conhecimento oculto não caísse em mãos
erradas, foi codificado em imagens que expressão a ideia primordial e assim o conhecimento
se manteve intacto.

Como exemplo dessa arte de codificação, podemos citar o selo de Salomão, o


Pentagrama e dentro da bruxaria natural podemos citar os símbolos dos quatro elementos, o
quadrado simbolizando a terra, lua simbolizando a água, o circulo simbolizando o ar e o
Triangulo simbolizando o fogo.

Bruxo Magno Página 3


Fica muito claro que podemos sintetizar uma ideia em imagens e o melhor de tudo é
que nossa mente utiliza esse esquema para se comunicar; Podemos verificar isso ao meditar
sobre nossos sonhos onde a mente mostra toda sua criatividade em projetar imagens para
fazer a comunicação entre o subconsciente e o inconsciente.

Podemos verificar essa forma mental também em meditações onde em um estado


alterado de consciência os símbolos e imagens parecem nascer da escuridão mental e se
estendem em nossa tela mental.

Se pensarmos em tarô passaremos horas, dias, meses e anos analisando suas laminas e
ainda assim encontraremos novos significados em suas imagens, pois os símbolos e as imagens
falam profundamente ao nosso subconsciente, tornam-se chaves que abrem as mais diversas
portas do reino oculto fazendo jorrar ao adepto a mais divina benção. Através de imagens
podemos expressar o inexpressável, podemos dar forma as mais diversas ideias e assim trazer
da esfera das ideias para o plano físico concretizando nossos desejos.

Agora sabemos que as imagens não só servem de ótimo criptograma como também
são ferramentas que se bem preparadas podem afetar nosso universo material, através dos
símbolos também podemos acessar diversos níveis de consciência e comunicarmos forças
como as classes angelicais e seres de outras dimensões, sendo assim o poder das imagens e
símbolos tomam proporções cósmicas.

Bruxo Magno Página 4