Você está na página 1de 32

Conceitos básicos de

comunicação

Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Conceitos básicos de comunicação

A

processo de

de

informações entre dois pontos por meio da

comunicação

é

um

transferência e processamento

voz, escrita, sinais visuais, etc.

Nas redes de computadores, basicamente,

é

pode

constituída por:

dizer

comunicação

se

que

a

-

Conceitos básicos de comunicação

Informação: sinal digital ou analógico

Transmissor: condicionamento para saída;

Canal:

é

o

meio

de

transmissão

onde

a

informação passa com atrasos e atenuação;

Receptor:

condicionamento

do

sinal

de

entrada.

Conceitos básicos de comunicação

Informação

Transmitida

básicos de comunicação Informação Transmitida Transmissor Ruído Canal Atenuação Receptor Informação

Transmissor

Ruído

básicos de comunicação Informação Transmitida Transmissor Ruído Canal Atenuação Receptor Informação recebida
básicos de comunicação Informação Transmitida Transmissor Ruído Canal Atenuação Receptor Informação recebida

Canal

básicos de comunicação Informação Transmitida Transmissor Ruído Canal Atenuação Receptor Informação recebida

Atenuação

básicos de comunicação Informação Transmitida Transmissor Ruído Canal Atenuação Receptor Informação recebida

Receptor

básicos de comunicação Informação Transmitida Transmissor Ruído Canal Atenuação Receptor Informação recebida

Informação

recebida

Transmissão Analógica

É a transmissão de um sinal analógico por

ondas eletromagnéticas ou elétricas constantes usadas no ar em cabos na transmissão de uma informação cuja variação é contínua em relação a um tempo.

pode

Essa

transmissão

variar conforme a

amplitude,

analógico.

fase

e

frequência

do sinal

Transmissão Analógica

Na comunicação de dados, essa transmissão

apresenta limitações pela largura da banda ou velocidade da comunicação por estar sujeito a

interferência no sinal.

apresenta limitações pela largura da banda ou velocidade da comunicação por estar sujeito a interferência no
apresenta limitações pela largura da banda ou velocidade da comunicação por estar sujeito a interferência no

Transmissão Digital

É a transmissão do sinal digital por meio de

uma sequencia de pulsos com amplitude fixa geralmente representada pelos números 0 ou

1.

do sinal digital por meio de uma sequencia de pulsos com amplitude fixa geralmente representada pelos
do sinal digital por meio de uma sequencia de pulsos com amplitude fixa geralmente representada pelos

Modulação

É o processo de enviar um dado com alteração

das características do sinal.

Existem

vários

tipos

de

modulação:

BPSK,QPSK, OQPSK, 8PSK, GSM, etc.

Modulação

Modulação

Codificação

é um sistema utilizado por

sistemas de sinais digitais no processo de conversão de sinais.

A

codificação

Codificação é um sistema utilizado por sistemas de sinais digitais no processo de conversão de sinais.

Degeneração de sinais

Os sinais ao serem transmitidos podem sofrer

degeneração ocasionado erros no processo de transmissão conhecidos como atenuação, distorção, ruído e interferência.

Atenuação

É a perda da intensidade do sinal transmitido

com a distância.

À medida que um sinal vai percorrendo um caminho, o seu sinal elétrico vai perdendo força chegando ao destino com uma tensão

menor não permitindo a identificação.

Atenuação

Atenuação

Distorção

Alteração

do

sinal

devido

a

sistema de transmissão;

problemas

no

Distorção • Alteração do sinal devido a sistema de transmissão; problemas no

Interferência

É a contaminação do sinal por outros sinais

com a mesma frequência do sinal transmitido.

Essa degeneração é muito comum em sistemas de que utilizam o ar, como: redes sem fio.

Interferência

Interferência

Ruído

É um sinal aleatório gerado por um sistema

interno ou externo que pode interferir ou impedir a comunicação.

Ruído • É um sinal aleatório gerado por um sistema interno ou externo que pode interferir

Ruído

Ruído

Multiplexação

É uma técnica que otimiza a infraestrutura de

uma rede permitindo que um único canal de comunicação seja compartilhado por vários outros simultaneamente.

Existem

basicamente

multiplexação:

duas

técnicas

de

FDM (Frequency Division

Multiplexing)

É a divisão da frequência total de transmissão

por canal em vários subcanais em várias frequências.

Essa

portadora analógica.

técnica

é

utilizada

em

sistemas

de

FDM (Frequency Division

Multiplexing)

FDM (Frequency Division Multiplexing)

TDM (Time Division Multiplexing)

É a técnica mais adequada para a transmissão

de sinais digitais dividindo em canais e subdivididos em espaços de tempo chamados de Frames ou quadros.

que

Os

Frames

são

subdivididos

slots

em

possuem um tamanho variável.

TDM (Time Division Multiplexing)

TDM (Time Division Multiplexing)

Transmissão de Sinais

Para que haja uma transmissão de sinais entre

dois dispositivos em uma via de comunicação são necessários elementos como modo de

transmissão e sincronização entre esses

dispositivos.

Atualmente, a comunicação troca de informações

ou transmissão de dados acontece por meio da

transmissão e recepção dos dados ocorrendo de três formas: simplex, halfduplex e fullduplex de

acordo com a ANSI e ITU-T.

Simplex

É a comunicação é unidirecional, ou seja,

obedece apenas a uma direção.

Simplex • É a comunicação é unidirecional, ou seja, obedece apenas a uma direção.

Halfduplex

É uma comunicação bidirecional, o meio de

comunicação sendo o mesmo, não é possível transmitir e receber ao mesmo tempo.

comunicação bidirecional, o meio de comunicação sendo o mesmo, não é possível transmitir e receber ao

Fullduplex

É a comunicação bidirecional transmitindo e

recebendo os dados simultaneamente.

Fullduplex • É a comunicação bidirecional transmitindo e recebendo os dados simultaneamente.

Transmissões Síncronas

É a transmissão de informações de uma única

vez em blocos determinado pelo sinal de clock de sincronismo.

Isso significa dizer que essas informações não podem ser transmitidas a qualquer momento

para emissor só no tempo certo determinado

pelo relógio (clock) interno do receptor.

Transmissões Síncronas

A transmissão síncrona foi criada pela IBM e

utiliza um protocolo chamado de SDLC (Synchronous Data Link Control) da chamada enlace do modelo OSI.

A verificação dos erros é realizada por técnica

de CRC, caso seja identificado no bloco, todo

ele é transmitindo.

Transmissões Síncronas

Dentre as vantagens na adoção desse modelo

é o suporte de mais informações em velocidades mais altas.

Transmissão Assíncrona

Nessa

transmissão

não

nenhum

receptor.

mecanismo

de

um controle por

pelo

sincronização

As informações são enviadas em sequência de

um byte (conjunto de 8 bits) que contêm uma

indicação de início e fim de cada agrupamento.

Portanto, o emissor ao enviar um dado para o receptor, insere nele um padrão para a formação

da sequência desse byte.