Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS


FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Profª Maria Brasil de Lourdes Silva


Curso: Ciências Contábeis PERÍODO: 1º.
Código:CIC1005 Nome da Disciplina: Instituições de Direito
TEMA: Direito: Conceito, Objetivo, função, dimensão,
UNIDADE I – Direito – Teoria – Conceito e finalidade, sistemas, direito objetivo e subjetivo, ramos.
ramos.
Aula 1 Data: 13/03/2019

OBJETIV0: Conhecer as normas, em especial a norma jurídica – o DIREITO, etimologia, conceito,


objetivo, função social, dimensão, sistemas jurídicos, Direito Objetivo e Direito Subjetivo. Ramos do
Direito.

CONTEÚDO

NORMAS:

1. ÉTICAS
2. MORAIS
3. JURÍDICAS

DIREITO:

Etimologia: DIRECTU (m) – acusativo singular de forma participial adjetiva – DIRECTUS

Possui vários significados: norma, lei, regra, faculdade, etc

Conceito: “Direito é o conjunto de princípios, de regras e de instituições destinado a regular a


vida humana em sociedade” (Prof. Sérgio Pinto Marques)

Objetivo: É regular a vida em sociedade, estabelecendo para esse fim, normas de conduta que
devem ser observadas pelas pessoas.

Finalidade: Realização da paz e da ordem social (também vai atingir as relações individuais das
pessoas).
Função social: O ordenamento jurídico visa reger as relações jurídicas para a convivência das
pessoas.

Dimensões: O Direito tem três dimensões, a saber: a) os fatos que ocorrem na sociedade; b) a
valoração que se dá a esses fatos e c) a norma que pretende regular as condutas das pessoas, de
acordo com os fatos e valores.

Sistemas jurídicos: - Direito romano-germânico – Normas escritas - Tribunais


- Common Law – Direito consuetudinário - Tribunais

Direito Objetivo – complexo de normas de caráter universal

Direito Subjetivo – faculdade de a pessoa postular por seu direito, vidando a satisfação de seus
interesses.

Direito é um DEVER-SER – Prescreve uma conduta gen[erica para o futuro.


O Direito não é apenas descritivo, mas prescritivo de como devem ser as condutas.
O Direito deve ser estável, não estático.

Ramos do Direito:
- Direito Natural – norma criada pela natureza e não pelo homem. Princípios gerais e universais.
Para os jusnaturalistas – a lei deve ser justa, se não for não gem validade.

- Direito Positivo – Norma emanada do Estado.

REFERÊNCIAS

Obra: Constituição Federal


Editora: Saraiva
Ano: 2018

Obra: Instituições de Direito Público e Privado


Autor: Sérgio Pinto Martins
Editora: Atlas
Ano: 2011