Você está na página 1de 2

Gotas de Matemática Marcos Paizante

WhatsApp: (21)99294-9496 Instagram: @paizantemarcos

Equações Diferenciais Separáveis

Motivação

Nesta nota vamos apresentar uma equação diferencial separável. Uma equação difer-
encial é uma equação que envolve uma função y(x), suas derivadas y 0 , y 00 , · · · e a variável
x. Nesta nota vamos estudar equações diferenciais de primeira ordem (envolvem apenas y
e y 0 , onde podemos separar as variáveis, ou seja, proceder como mostraremos a seguir.

Separação de Variáveis
Seja a equação diferencial

y 0 = f (x).g(y) (1)
Reescrevendo a equação na forma
dy
= f (x).g(y),
dx
podemos separar as variáveis fazendo,
1
dy = f (x)dx, se y 6= 0.
g(y)
A partir daı́ podemos integrar ambos os membros da equação anterior e temos
Z Z
1
dy = f (x)dx
g(y)
1 R
Denominando G(y) = dy e F (x) = f (x)dx, temos:
g(y)
G(y) = F (x) + C ⇒
y = G−1 (F (x) + C).

Vejamos como isto funciona na prática.


Exemplo Prático
Resolva a equação diferencial
y 0 = yx
Solução:

Reescrevendo a equação diferencial temos:


dy
= yx, separando as variáveis, temos,
dx
1
dy = xdx, agora integrando ambros os membros da equação
y
lny = x2 + c
2
y = ex +c
2 C
y = ex .ec , pois ec é uma constante
2
y = Cex .
Esta é chamada solução geral da equação diferencial.

Se tivéssemos um problema de valor inicial


(
y 0 = yx
y(0) = 3

sua solução seria única e temos que encontrar a constante C. Para isto devemos fazer

21
y(0) = C.e0 = 3 ⇒ C = 3,
portanto terı́amos como solução do problema de valor inicial a função
2
y = 3ex .