Você está na página 1de 1

Tiristor

Símbolo esquemático de um tiristor

O Tiristor é um dispositivo semicondutor multicamada biestável, composto de três ou


mais junções, que permitem o chaveamento do estado de corte para estado de condução e
vice-versa. Como exemplo, podemos citar o SCR e o TRIAC.

Um tiristor é funcionalmente diferente de um diodo porque mesmo quando o dispositivo


está diretamente polarizado ele não irá conduzir enquanto não ocorrer um pulso na porta.
Ao invés de precisar de um sinal continuamente na porta (como nos TBJs e MOSFETs),
os tiristores são ligados por um pulso. Para os SCRs, o sinal de controle é um pulso de
corrente, tiristores DB-GTO usam um pulso de tensão e os LASCRs um pulso de luz.
Uma vez ligado, o tiristor continua ligado enquanto o dispositivo estiver diretamente
polarizado.

Os SCRs (Silicon Controlled Rectifier) são dispositivo semicondutores cuja condição de


sentido direto é comandável através da aplicação de um determinado sinal ao eletrodo de
controle (Gate). A condução, uma vez iniciada se mantém, mesmo na ausencia do sinal
de comando, até que a corrente que o atravessa caia abaixo de um determinado valor,
chamado corrente de operação. Em sentido inverso, o SCR comporta-se como um diodo
normal. Os SCR's são empregados em corrente alternada como retificadores, e quando
utilizados em corrente contínua comportam-se como chaves. O SCR é apenas um tipo de
tiristor, mas devido ao seu disseminado uso na indústria, muitas vezes os termos tiristor e
SCR são confundidos. Os TRIAC's são dispositivos semicondutores comumente
utilizados em comutação de corrente alternada.

Tipos de tiristores
• SCR
• DB-GTO
• TRIAC, um dispositivo bidirectional contendo dois tiristores