Abordagem Comportamental da Administração Tornou-se popular a partir de 1951, com os resultados dos trabalhos desenvolvidos pela Fundação Ford

, que preocupada em conhecer melhor o comportamento dos indivíduos no ambiente de trabalho, financiou um programa de estudo de seis anos, finalizando pela criação da Fundação para Pesquisa em Comportamento Humano, por volta de 1952. Os objetivos dessa fundação eram promover suporte para as pesquisas comportamentais que contribuíssem para a administração de empresas do setor produtivo, de órgãos do governo e outros tipos de organizações formais. A ciência comportamental, de maneira abrangente, pode ser definida como o estudo das observações e verificações do comportamento humano a partir de processos científicos. Caracteriza-se por ser uma ciência que focaliza o indivíduo e utiliza bases teóricas de outras ciências. Dentre vários contribuidores para a abordagem comportamental, destacam-se Chester Barnard e Elton Mayo, que militaram em estudos anteriores, Herbert Simon, Selznick, Amitai Etzioni e Cris Argyris. A abordagem comportamental – também chamada behaviorista (em função do behaviorismo na psicologia) – marca a mais forte influência das ciências do comportamento na teoria administrativa e a busca de novas soluções democráticas, humanas e flexíveis para os problemas organizacionais. Enquanto o estruturalismo foi influenciado pela sociologia, especificamente pela sociologia organizacional – a abordagem comportamental recebe forte influência das ciências comportamentais – especificamente da psicologia organizacional. Behaviorismo – nome dado à Psicologia Comportamental (ou behaviorista). Em administração, significa abordagem que enfatiza o sucesso organizacional através das variáveis humanas dentro da organização. Comportamento – maneira pela qual um indivíduo ou uma organização age ou reage em suas interações como o seu meio ambiente e em resposta aos estímulos que dele recebe. Comportamento organizacional – é o estudo do comportamento de indivíduos e grupos em função do estilo administrativo adotado pela organização.
1

Compete quando seus objetivos são disputados e pretendidos por outros. 5. de mudar seu comportamento e atitudes em direção a padrões cada vez mais elevados. homem é um animal dotado de aptidão para aprender. 3.As ciências comportamentais detectaram uma variedade de conclusões a respeito da natureza e características do ser humano. homem caracteriza-se por um padrão dual de comportamento: pode cooperar como competir com os outros. 2 . o homem tem capacidade de abstração da realidade e de comunicação com as outras pessoas. mas comum a todas as pessoas quanto à sua estrutura. complexos e eficazes. Os objetivos individuais são complexos e mutáveis. 2. homem tem capacidade de articular a linguagem com o raciocínio abstrato. o homem desenvolve relacionamentos cooperativos e interdependentes que o levam a viver em grupos ou em organizações sociais e conviver com outras pessoas. ou seja. O conflito torna-se parte virtual de todos os aspectos da vida humana. a saber: 1. homem é um animal social dotado de necessidade – dentre as necessidades humanas sobressaem as necessidades gregárias. O seu sistema psíquico permite uma organização perceptiva e cognitiva particular no seu conteúdo. 4. comportamento humano é orientado para objetivos. Coopera quando seus objetivos individuais precisam ser alcançados através do esforço comum coletivo. isto é. isto é. Daí a importância dos objetivos humanos básicos a fim de compreender claramente o comportamento das pessoas. homem é um animal dotado de um sistema psíquico – o ser humano tem capacidade de organizar suas percepções em um todo cognitivo integrado. 6.

2. Necessidades de segurança: proteção. Motivação (para o trabalho) – é o processo pelo qual o esforço ou ação que leva ao desempenho profissional de uma pessoa é impulsionado por motivos:  Internos: surgem das próprias pessoas. ambição. 3 . inter-relacionamento humano. Necessidades de auto-realização: crescimento pessoal. exceção. 3. conforto. De acordo com Abraham Maslow. Desempenho – é o resultado que uma pessoa consegue com a aplicação de algum esforço intelectual ou físico. amor. Ex. ordem. interesses. que serão abordadas a seguir. valores e habilidades da pessoa. egocentrismo. sexo.Com a abordagem comportamental a preocupação com a estrutura organizacional se desloca: • para a preocupação com os processos e dinâmica organizacionais e • do comportamento das pessoas na organização para o comportamento organizacional.: necessidades humanas. *** Predomina-se a ênfase nas pessoas – inaugurada com a Teoria das Relações Humanas. as necessidades humanas são divididas em cinco categorias: 1. vestimenta. sucesso pessoal. senso de responsabilidade. aceitação de desafios. 5. mas dentro de um contexto organizacional. aptidões. Necessidades básicas: abrigo. Para o auxílio do entendimento do comportamento dos indivíduos nas organizações destaca-se o estudo da motivação e da liderança. Necessidades de estima: status. consciência dos perigos e riscos. autonomia. fome. que lhe serve de meio ambiente mais próximo. 4. sede. Necessidades de participação: amizade.

porque outra pessoa tem a expectativa de que essa transformação ocorra. segundo Maslow Auto-realização Estima/Ego Participação Segurança Básicas Evolução das necessidades  Externos: criados pela situação ou ambiente em que a pessoa se encontra.: desafio proposto pelo gerente de vendas. a motivação e o desempenho de uma pessoa dependem em parte da forma como ela é tratada por outros. Efeito Pigmalião nas relações humanas Efeito pigmalião ou profecia auto-realizadora é a transformação que se opera numa pessoa. Ex. escala de progressão salarial. Quatro fatores influenciam este efeito. mas o comportamento baseado nessa expectativa. Efeito Pigmalião nas organizações Significa que o desenvolvimento. em particular pelo superior (chefes).Hierarquia das necessidades. segundo Rosenthal: 4 . a perspectiva de ganhar comissão sobre vendas ou uma viagem ao exterior como prêmio de produtividade. Não é a simples expectativa que opera a transformação.

expressão corporal e expressão facial. econômica e política. 4. e conjuntura social. prêmios. ajudando a cumprir sua tarefa. até a participação dos funcionários no processo decisório. mais abertos estarão os canais de comunicação. Os Sistemas Motivacionais: • Compreendem todos os tipos de incentivos e recompensas que as organizações oferecem a seus empregados na tentativa de conseguir o desempenho que possibilite a realização de seus objetivos. quanto mais favorável – o clima. programas de enriquecimento do trabalho e planos de carreira. Resultado final – um gerente Pigmalião tentará mostrar ao funcionário as recompensas que virão com a realização do objetivo. características da organização. Liderança – quando uma pessoa consegue conduzir as ações ou influenciar o comportamento de outra(s) pessoa(s). tom de voz. mas uma combinação complexa de quatro variáveis ou elementos: 1. Clima – compreende a maneira de falar. 3. 2. Feedback – sobre como ele está realizando suas tarefas. não é um atributo da pessoa. passando por benefícios. 3. Informações – que orientam o desempenho do funcionário. atitudes. Segundo Douglas MacGregor. 2. em especial a tarefa a ser realizada. • Abrangem desde os elogios e desafios propostos pelos gerentes. 4. Três componentes do processo da Liderança 5 . nos lucros ou na propriedade da empresa. características do líder. necessidades e outras características pessoais dos liderados.1.

3. Democracia – divisão dos poderes de decisão entre chefe e grupo. Para melhor entendimento seguem as principais tarefas do líder: (kawaniscka:1989) 1. o verdadeiro compromisso da organização. 4. Definir a missão institucional – o estabelecimento de objetivos é uma função criativa. 6 . porém. 2. excesso de poder. Quatro estilos de liderança estudados desde a antiguidade. Moldar o caráter da organização. Defender integridade institucional – preocupação com a manutenção dos valores e da identidade.Liderança Líder Seguidores Missão A liderança estabelece objetivos. 3. Administrar o conflito interno – em organizações de grande porte formam-se grupos de interesses diferenciados que demandam muita atenção dos líderes para garantir a máxima cooperação entre o grupos. Tirania – abuso de autoridade. leva em consideração o que já foi previamente determinado pela organização. 4. (Maximiano:2002) 1. Dar forma institucional ao objetivo – construir uma estrutura social e definir políticas. 2. descobrir. Autocracia – centralização de poder de decisão no chefe. ou seja. Demagogia – busca da popularidade com os liderados.

Caso: A motivação que leva ao lucro 7 . ela promete recompensas materiais. tais como: promoções.Continuando o mesmo autor seguem mais dois tipos de liderança: 1. criando um sentido de comprometimento em relação aos objetivos. às necessidades básicas dos seguidores. aumentos salariais. flexibilidade de horário etc. Liderança Carismática ou Transformadora – é capaz de incentivar os seguidores a superar seu desempenho passado e seu interesse pessoal. Liderança Transacional – apela aos interesses. 2.

Foi essa expressão. fique lenta e não acompanhe as rápidas mudanças no mercado. raça. Na área de computação. Primeira: a HP não discrimina as pessoas por sexo. o jeito HP de administrar os negócios e as pessoas. A empresa quer um ambiente de trabalho com maior diversidade possível. o que o mercado já conhece é o chamado HP Way.Carlos Ribeiro foi escolhido para comandar a subsidiária brasileira da Hewlett-Packard (HP). a tarefa é transformar a HP em uma empresa reconhecia por sua atuação na Internet. que atua em 120 países e fatura 47 bilhões de dólares anuais. idade ou religião. Sua quebra é a única falta grave que pressupõe demissão sumária. caso isso seja importante para o seu crescimento profissional – sem ser barrado pelo chefe. dividindo-a em duas empresas: uma para cuidar dos produtos de computação e imagem e outra para os produtos de medição. Mas havia um porém: ele não poderia abandonar o cargo que já ocupava na diretoria de vendas. Os funcionários 8 . a ética é um valor inesgotável. A filosofia do HP Way cria um ambiente interno apropriado. A proposta da HP é estabelecer um relacionamento duradouro com seus funcionários. Há uma regra que todo novato aprende quando começa a trabalhar na HP: ali não há senhor ou senhora. A informalidade é uma norma geral e o tratamento pessoal sem barreiras faz parte do seu sistema de valores. flexibilidade e inovação. cunhada pelos fundadores William Hewlett e David Packard na década de 1930. Todas as demissões precisam ter o aval de mais de uma pessoa. Mas. trabalho em equipe. Essas são as principais condições para que as pessoas façam um ótimo trabalho e os resultados apareçam. O objetivo é evitar que a companhia. Os valores e princípios da HP são seus mais fortes atrativos para os funcionários. Terceira: a HP não distingue as pessoas pelo cargo que elas ocupam. A HP está passando por um processo mundial de reestruturação. que fez a HP ser reconhecida por suas práticas de recursos humanos. Qualquer funcionário pode candidatar-se on line a outras funções e mudar de área. Quarta: na HP. a segunda maior empresa de computação do mundo. o HP Way envolve ética. Além do tratamento informal. Não existem salas fechadas. O HP Way se assenta em quatro políticas principais. Por trás desse acúmulo de funções está uma nova estratégia da HP: todos os presidentes da empresa no mundo serão também responsáveis por uma área de negócios. de motivação e estímulo. confiança e respeito às pessoas. A informalidade aproxima as pessoas e não quer dizer falta de respeito. Segunda: na HP ninguém é demitido sem ter a chance de melhorar seu desempenho. que montam planos de carreira e cuidam do próprio desenvolvimento pessoal.

como assistência médica e seguro de vida. diz o presidente. creche. Nunca encontrei tantas oportunidades de crescimento. O valor pode ser usado para reembolsar despesas com educação. Como você caracterizaria o estilo de administração que existe na HP? 2. Meu papel. e o de todos os principais executivos da empresa. o pessoal da HP no Brasil tem direito a uma verba mensal equivalente a 5% do salário. nas quais recebem uma classificação de desempenho baseada na comparação com outros colegas que ocupam o mesmo cargo. A subsidiária brasileira está contribuindo para aprimorar o HP Way exportando algumas de suas práticas de RH. Como você descreveria o HP Way? 3. Além dos benefícios que a maioria das empresas oferece. Demissão sumária? Só por falhas de conduta. Quem estaciona no nível 1 recebe uma advertência e tem três meses para melhorar. Por que a HP pretende ser uma empresa ágil e esperta? 9 . Quem atinge o nível 5 ganha mais na remuneração variável e recebe ações da companhia. saúde e alimentação ou ser acumulado para situações de emergência.passam por avaliações e retroações freqüentes. diz o presidente. Trata-se de uma maneira de respeitar as necessidades diferentes das pessoas. E o respeito é um de nossos principais valores. é construir o melhor lugar para trabalhar. Questões 1. Até que ponto a Teoria Comportamental influenciou o HP Way? 4.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful