Você está na página 1de 23

Biocombustíveis

Disciplina: Química Orgânica III

Discentes:Julia Carolina Yano Pedrozo


Juliane Peixoto
Michelle Simões da Silva
Docente: Viviane Nardini Takahashi
INTRODUÇÃO
Segundo o Painel Intergovernamental de Mudanças

Climáticas (PIMC), biocombustível é qualquer combustível

líquido, gasoso ou sólido, produzido a partir de matéria

orgânica animal ou vegetal (biomassa), como, por exemplo,

O que são
o óleo de soja e o álcool da fermentação do açúcar.

São considerados um tipo de energia renovável, ou seja,

biocombustíveis? provém de fontes que podem se recompor num ritmo

capaz de suportar sua utilização sem restrições ou risco de

esgotamento.

Não contribuem com o acúmulo de gases do efeito estufa.


● Cana-de-açúcar;
● Mamona
Principais ● Soja

matérias-primas
● Milho
● Girassol

dos
● Dendê
● Biomassa vegetal (sólido)

biocombustíveis ● Resíduo orgânico (biogás)


Tipos de biocombustíveis
● Biodiesel
O nosso país tem um dos maiores índices de participação de fontes de
● Bioetanol
energias renováveis na sua matriz energética, representando atualmente
● Biogás
cerca de 45% (média mundial = 14%).
● Biomassa

● Biometanol

● Biohidrogênio Os principais biocombustíveis usados no Brasil são:

A base de éteres: ● etanol obtido a partir de cana-de-açúcar.

● Bioéter dimetílico ● biodiesel produzido a partir de óleos vegetais ou de gorduras

● Bio-ETBE animais e adicionado ao diesel de petróleo em proporções variáveis.

● Bio-MTBE
Fonte: https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Repositorio/matprima1_000g7pcetcc02wx5ok0wtedt32e6jis7.pdf
A HISTÓRIA DOS BIOCOMBUSTÍVEIS
➔ Brasil pioneiro nas pesquisas com biocombustíveis: início entre 1905 e
1925;
➔ Anos 30: incentivo governamental à utilização da mistura de gasolina e
álcool;
➔ Anos 60: descoberta de petróleo no Oriente Médio - queda no interesse
comercial global nos biocombustíveis;
➔ Anos 70: Crise mundial do petróleo: novo ascenso na busca por fontes
alternativas de energia. Proálcool e Pró-óleo* são criados no Brasil;
➔ 1980: descoberta do biodiesel de algodão - Prof. Expedito Parente (UFC)
➔ 1998: Congresso sobre biocombustíveis no Paraná - inserção do biodiesel
no plano de matrizes energéticas do Brasil.
PRINCIPAIS APLICAÇÕES PARA OS
BIOCOMBUSTÍVEIS
➔ Motores de combustão, especialmente os de veículos de transporte, urbano
ou agrícolas. (álcool hidratado, álcool anidro, biodiesel e o diesel produzido
pelo processo HBio - Petrobrás);
➔ Geradores de energia elétrica a exploção, utilizados principalmente por
comunidades não-urbanas;
➔ Biogás: Substituição do GLP, aquecimento de instalações para animais
muito sensíveis ao frio ou no aquecimento de estufas de produção vegetal.
Resíduo da produção pode ser usado como fertilizante
➔ Madeira e carvão vegetal: utilizados em aquecedores, lareiras,
churrasqueiras e fogões a lenha
ETAPA 5: ETAPA 1:
O CO2. EMITIDO É ABSORVIDO DURANTE A A MATÉRIA PRIMA PARA O ETANOL OU
RESPIRAÇÃO CELULAR DAS PLANTAS (RAPTO BIODIESEL, SÃO COLIDA E TRITURADAS.
DE CARBONO).

Ciclo do
ETAPA 4: Biocombustível
O BIOCOMBUSTÍVEL É ENTÃO UTILIZADO ETAPA 2:
EM VEÍCULOS DE MOTOR A COMBUSTÃO NO BIODIESEL, O ÓLEO É EXTRAÍDO DOS
QUE EMITEM CO2. GRÃOS ; NO ETANOL, OS AÇÚCARES DA
CANA E DO MILHO SÃO SEPARADOS.

ETAPA 3:
ESSA MATÉRIA ORGÂNICA PASSA
POR UM PROCESSO DE SÍNTESE ATÉ
QUE SE FORME O PRODUTO FINAL.
Vantagens do uso dos biocombustíveis:

● Possibilita o fechamento do ciclo do carbono;


● No caso do Brasil, há grande área para cultivo de plantas que
podem ser usadas para a produção de biocombustíveis;
● Geração de emprego e renda no campo;
● O biodiesel substitui bem o óleo diesel sem necessidade de
ajustes no motor;
● Redução do lixo no planeta (pode ser usado para produção de
biocombustível);
Desvantagens:

● Consome grande quantidade de energia para a produção;


● Aumento do consumo de água na irrigação;
● Redução da biodiversidade;
● Alto consumo de fertilizantes nitrogenados, com liberação de
óxidos de nitrogênio, que também são gases estufa;
● A queima da cana libera grandes quantidades de gases
nitrogenados, que retornam ao ambiente na forma de “chuva seca”
de fertilizantes;
● Devastação de áreas florestais para plantio das culturas;
Como são
produzidos os
biocombustíveis?
Obtenção do Biodiesel

1. Tudo começa pela prensagem das sementes, isto faz


com que o etanol seja separado da torta (bagaço triturado);

2. O etanol é então transformado em óleo bruto e só então


começa a Transesterificação;

3. Durante o processo, a glicerina é retirada do óleo vegetal,


deixando-o mais fino e menos viscoso.

4. O produto final do processo de Transesterificação é o


Biodiesel.
Reação de Transesterificação

Reação envolvida na transesterificação de triglicerídeos; Fonte: Suarez et al. 2007


Utilização de catalisadores básicos:
Utilização de catalisadores ácidos:
Para o Biodiesel
Etanol
● É um álcool, um composto orgânico oxigenado, também denominado álcool etílico, e
sua fórmula química é o C2H5OH.
● No nosso país, é produzido pela fermentação, por leveduras (especialmente a
Saccharomyces cerevisiae e Saccharomyces pombe), do caldo extraído da
cana-de-açúcar. Em outras partes do mundo também se usa como matérias-primas o
milho, a mandioca e a beterraba (amido).
● Também pode ser produzido por destilação de líquidos alcoólicos ou pela síntese, a
partir de etenos ou etinos, gases de petróleo e hulha (carvão mineral).

Fonte:
http://docente.ifrn.edu.br/samueloliveira/disciplinas/tecnologia-de-fabricacao-de-biocombustiveis/bioetanol/apostila-1-processo-de-producao-de-etanol-
de-cana-de-acucar/at_download/file
Etanol

Fonte: https://www.researchgate.net/figure/Figura-3-Processo-simplificado-da-producao-de-etanol-Fonte-Os-autores-2015_fig1_319128334
H-BIO

● Combustível composto por n-parafinas (hidrocarbonetos lineares saturados)


idênticos aos principais constituintes do óleo diesel mineral, além de propano.

Fonte:
http://docente.ifrn.edu.br/samueloliveira/disciplinas/tecnologia-de-fabricacao-de-biocombustiveis/introducao-a-biocombustiveis/capitulo-1-tipos-e-as-ge
racoes-dos-biocombustiveis/at_download/file
Biogás

◦ Mistura gasosa de dióxido de carbono e


metano produzida naturalmente em meio
anaeróbico pela ação de bactérias em
matérias orgânicas, que são fermentadas
dentro de determinados limites de
temperatura, teor de umidade e acidez.

Fonte:
http://docente.ifrn.edu.br/samueloliveira/disciplinas/tecnologia-de-fabricacao-de-biocombustiveis/introducao-a-biocombustiveis/capitulo-1-tipos-e-as-ge
racoes-dos-biocombustiveis/at_download/file
Conclusão

Mediante a eminente escassez de petróleo e outros combustíveis fósseis


(não-renováveis) e o avanço contundente dos problemas climáticos gerados pela alta
emissão de gases do efeito estufa por conta do uso dessa matriz energética, é urgente o
desenvolvimento de fontes alternativas de energia, em especial as renováveis, para que
seja possível seguir nosso cotidiano nesse planeta. O Brasil é um grande exemplo de
desenvolvimento tecnológico na área de biocombustíveis, principalmente por conta da
existência da Petrobrás e de um histórico comprometimento do nosso estado em
fomentar o desenvolvimento dessas fontes energéticas. É preciso seguir investindo e
produzindo novos tipos de combustíveis e tecnologias desse tipo em nosso país, inclusive
para seguir sendo um exemplo para o resto do mundo, que ainda é bastante atrasado no
uso de fontes renováveis de energia.
Referências
FOGAÇA, Jennifer Rocha Vargas. "Reações de Transesterificação"; Brasil Escola. Disponível em:
https://brasilescola.uol.com.br/quimica/reacoes-transesterificacao.htm. Acesso em 03 de novembro de 2019.

SOUZA, Líria Alves de. "Obtenção do Biodiesel"; Brasil Escola. Disponível em:
https://brasilescola.uol.com.br/quimica/obtencao-biodiesel.htm. Acesso em 03 de novembro de 2019.

OLIVEIRA, S. A. Capítulo 1 - Tipos e as gerações dos biocombustíveis. Disponível em:


http://docente.ifrn.edu.br/samueloliveira/disciplinas/tecnologia-de-fabricacao-de-biocombustiveis/introducao-a-biocombustiveis/ca
pitulo-1-tipos-e-as-geracoes-dos-biocombustiveis/at_download/file

Petrobrás e Ministério de Minas e Energia. Biocombustíveis 50 Perguntas e Respostas Sobre Este Novo Mercado. Disponível
em: https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Repositorio/matprima1_000g7pcetcc02wx5ok0wtedt32e6jis7.pdf

Você também pode gostar