Você está na página 1de 9

A ESCOLA E A FAMÍLIA SÃO AS BASES PARA O

DESENVOLVIMENTO DO ALUNO

RESUMO

O objetivo deste artigo é mostrar ao leitor o importante papel do envolvimento da família no


desenvolvimento educacional e no processo de ensino e aprendizagem da criança, tendo como base
de que o inicio de todo esse processo educacional se da dentro do ambiente familiar, através do Commented [A1]: início
contato social e afetivo. Este trabalho tem a intensão de mostrar como é significativa a participação Commented [A2]: dá
dos pais, familiares e ou responsáveis pelo processo de aprendizagem do individuo. Ficando evidente
Commented [A3]: intenção
que com a ajuda e colaboração dos familiares a escola consegue desenvolver e realizar um trabalho
significativo e de qualidade com o aluno, e o mesmo se sente muito mais seguro e estimulado com a
participação e interesse da família nas suas ações escolares.

Palavras-chave: Família. União. Escola. Desenvolvimento do aluno.

1. INTRODUÇÃO

O propósito deste trabalho é trazer o conhecimento através de pesquisas bibliográficas da


importância e contribuição que a família tem para o processo de ensino e aprendizagem da criança.
Que a família é a base para o desenvolvimento social e afetivo do individuo, é dentro do ambiente Commented [A4]: indíviduo

familiar que se começa a educação. A família junto com a escola forma uma união favorável para o
desenvolvimento desse processo. Através dessa colaboração é que a escola consegue ter com o aluno
uma conexão entre o que ele aprende nela e o que faz fora dela; conexão entre o ensino formal e o
informal, entre o conhecimento e a vida prática do aluno.
O aluno se sente muito mais motivado quando se tem a presença da família envolvida no seu
processo educacional, assim contribuindo para desenvolver seus afazeres dentro do ambiente escolar,
nas suas ações pedagógicas, e também nas suas relações afetivas seja com seus professores e ou
colegas. Para os professores também fica muito mais fácil trabalhar com o aluno tendo o apoio e
colaboração dos familiares, ajudando assim a entender o aluno quando este apresenta algum tipo de
dificuldade dentro do ambiente escolar.

2. FAMÍLIA – PRIMEIRA INSTITUIÇÃO EDUCACIONAL DA CRIANÇA


2

Sabemos que a família sempre foi a base para quaisquer formações existente na vida de um
ser humano, além de ser onde realizamos nosso primeiro contato social e afetivo. Inseridos no
ambiente familiar desde que nascemos, é dentro do nosso lar que começamos a receber educação,
amor, e carinho. É desde bebês que nossos pais começam a nos mostrar o que é certo ou errado,
aprendemos a valorizar o próximo, a reconhecer nossos erros e somos preparados para iniciarmos no
ambiente escolar.

Entretanto, com o decorrer dos anos, podemos perceber que grandes partes dos ensinamentos
de nossos pais estão sendo desvalorizados e deixados para trás, toda transmissão de valores,
significados e crenças estão se perdendo no tempo. Em razão de todas as transformações econômicas,
políticas e também as sociais contemporâneas, o modelo de família tradicional vem se reduzindo, e
dessa forma abrindo espaço para o surgimento de novas composições familiares, nas quais usam de
outros meios para educar seus filhos, meios que talvez não sejam tão eficazes como os de antigamente.

Como mencionamos anteriormente, o processo educacional de uma criança inicia-se desde


seus primeiros momentos de vida. É obrigação da família empenhar-se em direcionar esta educação
do melhor modo possível. Compreendemos que nos dias atuais educar não é uma missão fácil de
realizar, e sim muito complexa, principalmente na contemporaneidade com tantas mudanças, avanços
e inovações. No entanto, independente de tantas transformações, a família continua sendo a base para
o processo inicial e constante do desenvolvimento social e educacional de uma criança. Um ambiente
familiar sólido e afetuoso pode certamente favorecer para que haja um processo educacional seguro
e construtivo. Os pais acabam tornando-se espelhos para seus filhos, sendo maiores influenciadores
e motivadores na educação dos mesmos, consequentemente serão capazes de estabelecer e estimular
a construção de um bom caráter, ou, dificultar a concepção dessa nova personalidade como pessoa
em uma comunidade.

A família é a primeira instituição onde a criança vai começar a desenvolver sua aprendizagem,
pois é nela que se formam os primeiros grupos sociais dos quais elas fazem parte.

A reunião das pessoas em um lar, como entidade familiar, é o centro mais perfeito
de aprendizagem e de formação espiritual. Há na família a transmissão de cultura e de
experiência, pela qual se molda a personalidade de uma pessoa, pois é na família que a criança
passa a maior parte do tempo, é nela que se fornecem as condições de aprender e discernir
entre o certo e o errado (Weschenfeder, 2007, p.15). Commented [A5]: Utilizar fonte tamanho 10 e não utilizar
parágrafo na citaçãlonga

A convivência familiar é importantíssima para o desenvolvimento de uma criança, é no seio


familiar que naturalmente conseguiremos transmitir todo nosso conhecimento, simplesmente através
das nossas atitudes perante a ela. As crianças são muito espertas, atentas, e observadoras, possuem
3

um raciocínio muito rápido, diante disso aprendem muitas coisas simplesmente observando e
memorizando ações e comportamentos realizados cotidianamente pelos seus familiares mais
próximos, no caso, seus pais e irmãos.

É natural que os pais se preocupem com seus filhos, pois querem que eles cresçam, se
desenvolvam, e sonham com as conquistas que eles terão quando adultos, idealizam um futuro
brilhante e desejam as mais belas vitórias para suas crianças. Esforçam-se para dar o melhor para eles,
existindo a possibilidade criam até mesmo rotinas de aprendizado com diversas aulas extras
curriculares, como de idiomas, esportes, artes, entre outras, querem prepara-los para que alcancem Commented [A6]: Prepará-los

uma boa colocação no mercado de trabalho e assim garantir um padrão de vida com qualidade.

No entanto, é essencial que os pais promovam em seus filhos a autoconfiança, autoestima,


autocrítica, entre outras. Todas essas características e habilidades são capazes de levar as crianças a
desenvolverem relações intrapessoais e interpessoais saudáveis, firmada na ética e honestidade.
Consequentemente, a criança cresce sabendo a respeitar as diferentes concepções, debater, dialogar e
não impor ideias, solucionar problemas, trabalhar em equipe e tantos outros ensinamentos que
contribuirão para o seu crescimento e desenvolvimento como pessoa.

É fundamental que as crianças sejam estimuladas no seu ambiente familiar a serem crianças e
agirem como uma, é preciso que possam vivenciar sua infância da maneira mais saudável possível,
através das suas habilidades, brincadeiras, usando sua imaginação, criatividade e inteligência. Elas
têm necessidade de inventar, criar, frustrar-se e experimentar as emoções como, sentir raiva, tristeza,
alegria, amor e as mais várias outras emoções que existem dentro delas, e o melhor meio pra que isso
ocorra é dentro do ambiente familiar, isso contribuirá grandemente com o seu desenvolvimento
pessoal, social e educacional.

3 - A IMPORTANCIA DOS PAIS NA FORMAÇÃO DOS SEUS FILHOS. Commented [A7]: Colocar ponto e não traço
3.
Commented [A8]: Não utilizar ponto final

Quando a Criança sente em seus pais o interesse pelos seus estudos e por todas as experiências
escolares vividas, esta criança sente-se valorizada, e assim certamente desenvolvera de maneira Commented [A9]: desenvolverá

segura uma boa autoestima. Estes interesses pelos progressos de aprendizagem escolar e até de
demonstração de estar interessado em outros setores da vida daquela criança é fundamental para seu
progresso na aprendizagem.
4

FIGURA 1: A IMPORTANCIA DA FAMILIA

FONTE: https://blog.saudebig.com.br/entenda-a-importancia-da-familia-na-qualidade-de-vida/

Durante sua vida escolar a criança adquiri experiências no convívio que lhe permiti formar
uma determinada visão de si mesma, o que significa ampliar o âmbito de reações. Neste ambiente ela
conviverá com crianças de sua idade, e que deverá compartilhar uma parte das suas experiências,
além disso, também irá estabelecer uma relação com outros adultos que não pertencem a sua família.

A criança que tem os pais presentes e que acompanha seu crescimento nota-se, que suas
habilidades sociais são aumentadas tais como; comunicação, civilidade, enfrentamento, empatia,
trabalho em grupo e a positividade.

Quanto mais seus pais estão envolvidos em sua vida escolar, mais facilidade elas terão de
fazer amigos.

3.1 DIREITOS E DEVERES Commented [A10]: Não utilizar negrito no título da seção
secundária
O conhecimento na vida escolar dos filhos é de grande importância para a atuação da criança,
pois quando os pais acompanham os filhos em todo o seu método de desenvolvimento educacional;
sendo assim a mesma se sente cuidada, amada e valorizada e se sentindo parte importante na vida dos
seus pais. Os sentimentos só cooperam para o seu aprendizado. Commented [A11]: Colocar espacejamento de 1,5 entre
linhas nesta seção

Dialogar requer além de possibilitar que os pais falem sobre o seu conhecimento,
também, “È olho no olho, estar junto, inteiro; querer saber como o filho esta indo, suas Commented [A12]: Verificar estas aspas, se a mesma já se
conquistas, temores, expectativas de vida, visão de mundo, preocupações, etc.” Assim, encontra no texto original, aqui ela deverá estar como
através da troca de experiencias, e informações, pais e filhos podem construir junto uma apostrofo
educação repleta de valores necessários para a vivencia no mundo atual. (VASCONCELOS
1989, p. 123). Commented [A13]: Não utilizar parágrafo nas citações
longas

Existem muitas maneiras em que os pais podem participar mais ativamente da vida escolar da criança Commented [A14]: Colocar o parágrafo

como:
 Ler ou ajudar a criança na leitura
5

 Trazer sempre o assunto escolar para dentro do lar.


 Acompanhar as lições de casa.
 Verificar sempre se o material está em ordem
 Observar se a criança cumpre com as regras da escola
 Participar das reuniões
 Conversar sempre que possível com os professores

3.1.1 E QUAIS SÃO OS DIREITOS DA FAMILIA? Commented [A15]: Colocar o número 3.1.1 nesta seção,
apenas a primeira letra deve estar em maiúsculas pois se trata
de uma seção terciária

Conhecer as instalações e principalmente a equipe pedagógica, com os funcionários é


fundamental e isso pode ser feito antes ou depois da matricula e serve para que os gestores expliquem
a rotina escolar, as regras e a finalidade de cada ambiente.
Ver respeitados valores culturais, dotes artísticos e culturais; valores, estes ,próprio do
contexto social de cada aluno.
Acompanhar o processo de desenvolvimento do seus filhos e buscar diariamente
informações referente ao processo pedagógico da criança e adolescente.
Participar da gestão escolar ( gestão democrática do ensino publico na forma da Lei – ar.206,VI Commented [A16]: Lei

CF/88) Commented [A17]: Incluir nas referências

Ser atendidas as necessidades especiais de seus filhos de acordo com a legislação


educacional pertinente.

4. A PRESENÇA DOS PAIS NA ESCOLA

Quanto maior for a união entre a escola e a familia, mais positivos e expressivos sera os
resultados da evolucão da criança. A participação dos pais na educação dos filhos precisa ser firme e
consciente , de acordo com Parolim (2007, p. 36):

“A qualidade do relacionamento que a familia e a escola


construirem será catégorica para o bom andamento do processo
de aprender e de ensinar do estudante e o seu bem viver em
ambas as instituições”.

A obrigação da familia com o método escolar e a consideração do aspecto no conjunto escolar


é expressamente obrigado na legislacao brasileira e nas Diretrizes do Ministério da educação
6

aprovadas no decorrer dos anos 90. A algumas destas constatações podem ser verificadas em
publicações como o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a Lei 8.069/90 em seu artigo 205 Commented [A18]: Incluir nas referências

destaca que: Commented [A19]: Reescrever este parágrafo, encontrado


em:
http://ns1.planetaeducacao.com.br/portal/imagens/artigos/ed
A educação, direito de todos é obrigação do estado e da família, ficará requerida e ucacaoetecnologia/ARTIGO-FAMILIA-ESCOLA-.pdf

incentivada com a cooperação da sociedade, apontando ao total crescimento da pessoa, sua


prepararação para sua prática de cidadania e sua designação para o trabalho. Commented [A20]: Reescrever este parágrafo, encontrado
em:
http://ns1.planetaeducacao.com.br/portal/imagens/artigos/ed
FIGURA 2: Familia e Educação ucacaoetecnologia/ARTIGO-FAMILIA-ESCOLA-.pdf

FONTE:www.institutomaximodeeducacao.com.br/uploads/familiaescola.png Commented [A21]: Tirar o negrito daqui

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9394/96) em seu artigo 12‫ ﹿ‬envolve as
obrigações da familia como uma das responsaveis pelo crescimento educacional da criança, bem além
de mante-la a par sobre sua sugestão pedagogica e outras dados como frequênçia e rendimento do
aluno. Mas também enfatiza algumas normas obrigatórias no procedimento educacional da criança: Commented [A22]: Reescrever este parágrafo, encontrado
em:
Art 2‫ ﹿ‬Aeducação, dever da familia e do Estado , inspirada nos principios de liberdade e nos http://ns1.planetaeducacao.com.br/portal/imagens/artigos/ed
ideais de solidariedade humana , tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, ucacaoetecnologia/ARTIGO-FAMILIA-ESCOLA-.pdf

seu preparo para o exercicio da cidadania e suas qualificações para o


trabalho.(LDB,1998,p.13). Commented [A23]: Nas citações longas não utilizar
parágrafos, e utilizar espacejamento simples entre linhas

Desta maneira , a familia requer o préstimo não apenas para aprendizagem da criança, mas
a maneira de educação que é ministrada no espaço escolar, participar da vida escolar da criança ,além
do fator relevante , para que o aluno se conheça e se sinta incentivado para o aprendizado, tal ocasião
é incapaz em inúmeras oportunidades o que podem ser sugeridas pela escola, afim de quê a família
venha a se integrar no processo de aprendizagem da criança . Commented [A24]: Reescrever este parágrafo, encontrado
em:
http://ns1.planetaeducacao.com.br/portal/imagens/artigos/ed
ucacaoetecnologia/ARTIGO-FAMILIA-ESCOLA-.pdf
Deverá ser incluso no texto da fundamentação teósica citações curtas e indiretas, pois estes
itens serão pontuados.
7

5. MATERIAIS E MÉTODOS

Este trabalho foi desenvolvido através de pesquisas bibliográficas realizadas para melhor
compreender os significados da realidade estudada. Os materiais utilizados para a pesquisa foram,
artigos científicos associados com o nosso estudo, obras de alguns autores que estão correlacionadas
com o assunto aqui abordado, para nos tentar entender e enriquecer nossos conhecimentos sobre o
tema.
Para elaboração do trabalho foram selecionados vários artigos científicos, foi realizada a
leitura e interpretação do que cada um poderia nos trazer de melhor para enriquecer nosso
conhecimento, e nos ajudar na análise e investigação de nosso tema. Durante a edificação do trabalho,
foram antepostos inclusive algumas obras de autores que são estudiosos desta temática, procuramos
destacar citações dos mesmos para corroborar com nossas ideias aqui apresentadas.

FIGURA 3:Escola e Família

FONTE:https://danyefamilia2017.blogspot.com/2017/10/resultado-de-imagem-para-imagens- Commented [A25]: Indicar aqui:


escola.html FIGURA 3 e colocar o título da imagem

O desenvolvimento da pesquisa se deu na seguinte sequência, com a elaboração da Commented [A26]: Tirar o negrito

fundamentação teórica, expressando os estudos realizados através de leituras, análises e investigações


sobre o assunto abordado, sendo dividido em itens e subitens, cada um sendo descrito da maneira
mais concreta possível. Seguido da construção da introdução, destacando pontos importantes que fará
uma breve abertura ao conteúdo estudado. Logo após foi produzido o resumo, apresentando de forma
sucinta e objetiva o conteúdo descrito no interior do trabalho. E por fim finalizado com a construção
das conclusões finais, onde relataremos um pouco sobre o que estudamos e quais os benefícios que
adquirimos através da realização da presente pesquisa.

6. RESULTADOS E DISCUSSÃO
8

A pesquisa aqui exposta deve nos ajudar a analisar, discutir e entender sobre os resultados
aqui obtidos. O texto indica o tema, itens e subitens, que descreve e interpreta os estudos feitos pelos
autores deste trabalho e de alguns outros autores que foram aqui utilizados para uma melhor reflexão
sobre a importância da família na introdução da educação na vida de uma criança e de sua participação
na vida escolar da mesma. Propõe-nos também, discutir sobre a prática da atuação da família dentro
do ambiente escolar, no empenho que a escola faz para trazer os familiares para dentro das escolas e
participar ativamente das atividades pedagógicas de seus filhos, durante todo ano letivo. Mostrando-
nos como é importante para o educando se sentir seguro, motivado e capaz através de um simples ato
de carinho e afeto de seus pais com eles e seus interesses escolares.

Os tópicos apresentam ao leitor de forma clara e objetiva que a família é a base para todo
desenvolvimento social, educacional e afetivo de um individuo, e assim o mesmo pode adquirir os
mais diferentes saberes e conhecimentos, e ao longo de toda trajetória de estudos na vida desse sujeito,
que a união da família e instituição educacional é algo essencial e indispensável para o um próspero
desenvolvimento no seu processo de ensino e aprendizagem.

7. CONCLUSÃO
Através deste artigo podemos observar que a escola e a família precisam trabalhar juntas para
o processo educacional .
A família exerce um papel determinante na educação, juntamente com a escola, é assim a
união da escola e da família é de suma importância para desenvolver os seus afazeres.
Mas para que isso ocorra os pais têm que promover a autoconfiança, autoestima e a autocrítica.
Assim é na família, através do diálogo podem se construir informações, voltados para atuação
na sociedade, onde o respeito a si e ao outro e aos princípios éticos de comportamento no ambiente
social, são assimilados desta forma.
O diálogo é o principal instrumento para conseguir fazer com que o educando estude. Commented [A27]: Reescrever a conclusão, encontrado
em:
http://ns1.planetaeducacao.com.br/portal/imagens/artigos/ed
ucacaoetecnologia/ARTIGO-FAMILIA-ESCOLA-.pdf

REFERÊNCIAS
BRASIL ,Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional-LDB. Lei Darcy
Ribeiro num 9.394/96.Brasília-1998,p.13.

PAROLIM, Isabel Cristina Hierro. Pais e Educadores: quem tem tempo de educar? Porto Alegre:
Meditação, 2007,p.36.

VASCONCELLOS, Celso dos Santos, Disciplina: construção da disciplina consciente e interativa


em sala de aula e na escola.7.ed.São Paulo: Libertad, 1989.
9

WESCHEFELDER, Susimara. A educação começa em casa. Jornal Zero Hora. Ano 44, nº. 15.360;
Porto Alegre, RS, 17 setembro de 2007, p.15.